Page 1

Governo patronal Revista do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte/Oeste do Estado de São Paulo Ano 17 • Edição 42 • Dezembro de 2018

Exclusivo para OS associados

Novos convênios com parques aquáticos Confira nesta edição!

Bolsonaro extingue Ministério do Trabalho e deixa direitos do trabalhador na berlinda Página 4



Palavra do Presidente

A palavra do momento é “reinventar” P

ode até parecer absurdo, mas os momentos de crise são excelentes oportunidades para que possamos nos reinventar. Tanto no trabalho quanto na vida pessoal, precisamos ter novas ideias, mudar hábitos e rotinas, ser melhor do que já somos. Nas crises descobrimos aptidões, desenvolvemos habilidades que nós mesmos não sabíamos que tínhamos. Não deixe que o estresse te atrapalhe, impedindo seu crescimento e o poder da criatividade. Há quem diga que “nada está tão ruim, que não possa piorar”. O clima de apreensão, insegurança e desconfiança que o país está passando neste momento, tira das pessoas a capacidade de se desenvolver, seguir em frente

e vencer todas as barreiras. Mantenha o ânimo e o otimismo, encare as coisas pelo lado positivo e, com certeza, você terá um desfecho favorável. É com esse espirito de vencer todas as dificuldades que nós do Sinterc finalizamos mais um ano de trabalho com muita esperança que melhores tempos virão e que a cada dia criamos mais força e vontade de lutar por nossa categoria profissional, por mais emprego, melhores condições nos locais de trabalho e de vida dos trabalhadores e seus familiares. Nesse ano em que o sindicato completou 25 anos de fundação, conseguimos manter as convenções coletivas intactas, garantindo a manutenção de todos os benefícios e melhoramos através da

negociação os impactos da reforma trabalhista, não permitindo a precarização da mão de obra e a retirada dos direitos dos trabalhadores da nossa categoria profissional. Desejamos a todos um Feliz Natal e um próspero Ano Novo repleto de saúde e de muitas felicidades. São os votos da diretoria.

Waldir Aparecido Avanzo Presidente do Sinterc

Edição nº 42 • Dezembro de 2018 • A revista Põe na Mesa é uma publicação do Sinterc − Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas da Região Norte e Oeste do Estado de São Paulo. Sede: Rua Cussy Júnior, 11-16, Centro, Bauru-SP, CEP 17015-022. Telefone/FAX: (14) 3234-9763. Diretor Presidente: Waldir Aparecido Avanzo. Suporte Administrativo: Francisco Viana. Suporte Jurídico: Dr. Bruno Avanzo. Jornalista responsável: Gabriel Pelosi - MTB 46.273-SP. Projeto Gráfico, diagramação e arte: Bruno Gonçalves − www.brunogoncalves.com.br. Impressão e pré-impressão (CTP): Grafilar − www.grafilar.com.br − Telefone: (14) 3812-5700. Tiragem: 3.000 exemplares. Todas as matérias, textos e imagens publicadas nesta revista são de estrita responsabilidade da diretoria do Sinterc.

Dezembro de 2018

3


Direitos do trabalhador

Governo patronal Bolsonaro extingue Ministério do Trabalho e deixa direitos do trabalhador na berlinda

A

o extinguir o Ministério do Trabalho, criado há 88 anos para defender os direitos do trabalhador, e desmembrar suas atribuições entre as pastas da Economia, Justiça e Cidadania, o presidente Jair Bolsonaro deu um duro golpe no assalariado. Antes mesmo de iniciar efetivamente o seu mandato, o presidente eleito já deu provas de que fará um governo para os patrões. Em uma reunião com a equipe de transição, Bolsonaro afirmou que mesmo após a reforma trabalhista, continua sendo difícil ser patrão no Brasil. Segundo Bolsonaro, tamanhos são os benefícios de empregados, que os patrões estariam em uma situação “horrível”. “Alguns falam até que poderíamos nos aproximar de legislações trabalhistas queexistem em outros países, como Estados Unidos. Eu acho que seria aprofundar demais, mas a última reforma trabalhista, que eu votei favorável, já teve um reflexo positivo: o número de ações trabalhistas praticamente diminuiu à metade. E hoje em dia continua sendo muito difícil ser patrão no Brasil, não há dúvida”, afirmou Bolsonaro em entrevista coletiva a jornalistas na saída do CCBB em Brasília,

4

Dezembro de 2018

onde funciona o governo de transição. “Eles (setor produtivo é que) tem dito, não sou eu, que o trabalhador que vai ter que decidir: um pouquinho menos de direito e emprego ou todos os direitos e nenhum emprego”, afirmou. Bolsonaro defendeu aprofundar a Reforma Trabalhista, disse que ela defende o emprego: “não basta você ter direitos, só direitos, se não tem empregos, esse é o grande problema que existe. Agora, na guerra da informação, tenho dito para os empregadores que eles têm que entrar nessa guerra, não deixar a cargo do governo”. E defendeu a decisão, anunciada de extinguir e desmembrar o Ministério do Trabalho em outras três pastas: “elas são de recordações aqui que não faz bem à sociedade. Ali funcionava como um sindicato do trabalho e não como Ministério do Trabalho. Nenhum trabalhador vai perder os seus direitos, até porque todos estão garantidos no artigo sétimo da Constituição. Então nenhum trabalhador vai ser prejudicado tendo em vista a não existência mais do Ministério do Trabalho”.


Maíra Alves/G1

Servidores dão abraço simbólico no prédio do Ministério do Trabalho. Manifestação é reação coletiva ao anúncio de extinção da pasta

Agência Brasil

Centrais repudiam Cinco das principais centrais sindicais do País, incluindo a Força Sindical, manifestaram repúdio ao anúncio, pela equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro, da extinção do Ministério do Trabalho (MT). Em nota conjunta, disseram que o fim da pasta “é preocupante”. “Para a classe trabalhadora, isto representará um retrocesso político que vai resultar em enormes prejuízos aos trabalhadores da ativa, aos aposentados e aos pensionistas”, afirmaram. Para as centrais sindicais, a possibilidade de transferência do registro sindical para o Ministério da Justiça “tem o claro propósito de criminalizar a ação sindical”. “O Brasil precisa de um Ministério do Trabalho técnico, forte, parceiro e protagonista na luta contra a recessão e pela retomada do crescimento econômico do país, com respeito aos direitos sociais, previdenciários e trabalhistas da classe trabalhadora, geração de empregos, distribuição de renda e inclusão social”, diz a nota.

A declaração de Jair Bolsonaro de que “é horrível ser patrão no Brasil” também foi criticada. “Reflete sua falta de consideração e demonstra total desconhecimento da situação causada pela reforma trabalhista, que resultou em perda de direitos e não gerou empregos no país”, argumentaram as centrais sindicais. “É lamentável que, em uma nação com 13 milhões de desempregados, o presidente eleito faça tal declaração para agradar apenas aos empresários, que financiaram e apoiaram sua eleição”, completam. Além da Força Sindical, assinaram a nota a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Central dos Trabalhadores Brasileiros (CTB) e a Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST). É bom lembrar que o Brasil ainda tem uma elevada jornada de trabalho e o salário mínimo aqui é menor do que em outros países na América do Sul, como Argentina e Uruguai. Além disso, os sindicatos dos trabalhadores estão enfraquecidos por sucessivas legislações encomendadas pelos empresários e a precarização geral impede a qualificação da mão de obra para a inovação e aumento da produtividade. Porém, para Jair Bolsonaro, difícil, de verdade, seria a situação dos patrões. Dezembro de 2018

5


Política

Sucessão presidencial O

ano de 2019 mal começou e a expectativa é que muitas mudanças ocorram já nos próximos meses. A decisão das urnas apontou para isso. Eleito com 55,13% dos votos, Bolsonaro materializou nas urnas o apoio que cultivou e ampliou a partir das redes sociais e em viagens pelo Brasil. Durante a campanha, por meio da web e do aplicativo de mensagens WhatsApp, apostou em um discurso conservador nos costumes, de aceno liberal na economia, de linha dura no combate à corrupção e à violência urbana e opositor da esquerda. Na economia, a eleição do capitão reformado do Exército até afastou as previsões mais pessimistas para o Brasil. Ao longo da campanha, o então candidato do PSL ganhou o benefício da dúvida de que deve manter uma agenda reformista, sobretudo na área fiscal. Uma das principais promessas de campanha, que era a de reduzir o número de ministérios de 29 para 15 ele já não conseguiu cumprir. Até o início de dezembro de 2018, o desenho do futuro governo tinha 22 ministros. Sete

6

Dezembro de 2018

Rogério Melo/PR

A montagem da equipe de Bolsonaro e o que esperar do novo governo que assume em primeiro de janeiro

pastas a mais do que foi prometido durante a campanha eleitoral.

Estrutura do novo governo Abaixo do presidente, de um lado terá a vice-presidência, gabinete do presidente, Assessoria Especial, Assessoria de Comunicação, Advocacia-Geral da União e Banco Central, estes dois com status de ministério. Do outro lado, também como ministros, Casa Civil, Secretaria Geral, Secretaria de Governo e Gabinete de Segurança Institucional, como já é hoje. E mais: Economia, fusão dos ministérios da Fazenda e Planejamento, vai também agregar a Receita Federal, e parte do atual Ministério da Indústria e Comércio Exterior; Justiça e Segurança Pública; Cidadania, que é uma fusão de três pastas: Esporte, Cultura e Desenvolvimento Social. O Ministério do Trabalho vai ser extinto e incorporado por esses três ministérios: Economia, Justiça e Segurança Pública e Cidadania. Os outros ministérios são: Agricultura; Ciência, Tecnologia e Comunicação; Relações Exteriores; Defesa; Educação; Saúde; Turismo; Infraestrutura, que vai cuidar de Transportes; Desenvolvimento Regional, uma fusão dos ministérios da Integração Nacional e Cidades; Transparência, que hoje é a Controladoria Geral da União; Minas e Energia; Meio Ambiente; e Direitos Humanos, que vai incluir as políticas para as mulheres e ficará responsável pela gestão da Fundação Nacional do Índio (Funai),


entidade que dá assistência aos povos indígenas. A entidade vai deixar o guarda-chuva do Ministério da Justiça a partir do ano que vem.

Reformas As reformas da previdência e trabalhista estão entre as prioridades do novo governo. Bolsonaro também prometeu fazer a reforma política, propondo o fim da reeleição, flexibilizar a posse de armas de fogo e privatizar estatais. Para isso, o novo presidente vai precisar de apoio dos partidos e dos parlamentares. O partido de Bolsonaro, o PSL, elegeu 52 deputados, a segunda maior bancada da Câmara. O DEM, legenda que tem se mostrado mais próxima do presidente eleito e que comanda a Casa Civil com Onyx Lorenzoni, terá 43. Juntas as duas legendas somam 95 deputados, ou 19% da casa. Por outro lado, 148 deputados de oito partidos devem fazer oposição ao presidente – entre eles o PT, que elegeu a maior bancada: 56. No Senado, o PSL elegeu quatro e o DEM, seis. Juntos, têm dez senadores, 12% do total. Além da composição do Congresso, a distribuição de cargos no Executivo também é uma das formas usadas para consolidar a base de apoio de governo. Porém, durante a campanha, Bolsonaro repetiu diversas vezes que não trocaria a concessão de cargos no governo por apoio político. O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que a base do governo no Congresso pode

Jair Bolsonaro, Presidente da República eleito

chegar a 350 dos 513 deputados. E a pouco mais de 40 dos 81 senadores. Número que no Senado não dá garantia ao governo para aprovar projetos importantes. Ainda durante a transição, no início de dezembro, Bolsonaro esteve reunido com a bancada do MDB na tentativa de angariar cadeiras para aprovar as reformas. Para alguns emedebistas que participaram do encontro, no entanto, a sensação é a de que se o futuro governo não buscar atender as demandas parlamentares, especialmente em suas bases nos estados, será difícil garantir o apoio em determinadas matérias. E a disputa pelo comando das casas legislativas já começou. O MDB publicou dois textos em suas redes sociais afirmando que, por ter a maior bancada do Senado, tem “direito” a indicar o futuro presidente da Casa. Este procedimento sempre funcionou numa espécie de entendimento prévio entre os partidos, mas que, diante da atual fragmentação partidária no Congresso, dificilmente será respeitado. Hoje, o MDB tem a maior bancada tendo apenas 12 dos 81 senadores e Renan Calheiros é o favorito da legenda. “A sociedade, através do voto, credenciou o MDB como partido majoritário a indicar o presidente do Senado Federal. Em que pesem as opiniões divergentes e tantos capacitados pretendentes, este é um direito que foi dado pelos eleitores e este nome será escolhido pela bancada quando for o momento dessa discussão. Conveniente ressaltar ainda que essa discussão será feita também com os senadores eleitos que tomam posse em fevereiro de 2019”, dizem as postagens do partido. Dezembro de 2018

7


Mulher

Menopausa Confira algumas dicas para reduzir os sintomas e encarar a diminuição do estrogênio de forma saudável

D

e acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), com o aumento da expectativa de vida e queda da taxa de natalidade observada nos países em desenvolvimento, estima-se que em 2030, 1 bilhão de mulheres estarão na menopausa em todo o mundo. Atualmente no Brasil, 13,5 milhões de mulheres estão no período conhecido como climatério. O climatério é o período de transição. Nele, a mulher passa da fase reprodutiva para a fase de pós-menopausa. A menopausa é um fato que ocorre durante o climatério, quando há uma diminuição das funções do ovário. Nesse período, os ciclos menstruais se tornam irregulares até cessarem por completo. A menopausa costuma ocorrer em média entre 45 e 55 anos. É a data que marca a última menstruação devido à interrupção da produção de hormônios femininos pelos ovários. Considerada pelo público feminino uma grande vilã durante o envelhecimento, a menopausa é um processo fisiológico que começa um ano após o último fluxo menstrual e que todas as mulheres terão que enfrentar em algum momento da vida. Cerca de quatro anos antes da menopausa ocorre a perimenopausa, quando caem os níveis de estrogênio, hormônio produzido pelos ovários, levando à irregularidade menstrual e aos primeiros sintomas da menopausa.

8

Dezembro de 2018

Outras causas A menopausa pode ter outras causas, como a histerectomia total, procedimento cirúrgico que remove o útero e os ovários e leva à menopausa imediata. Nesse caso, a menstruação para imediatamente e é comum a mulher sentir ondas de calor e outros sintomas, que podem ser fortes, já que essas mudanças hormonais ocorrem abruptamente. Tratamentos com quimioterapia ou radioterapia também podem levar à menopausa precoce. Essas terapias contra o câncer causam sintomas como ondas de calor durante ou logo após o tratamento. A interrupção da menstruação e da fertilidade nem sempre é permanente após a quimioterapia, portanto, medidas de controle da natalidade ainda são cabíveis. Ir regularmente ao médico ginecologista é importante para confirmar se, de fato, a mulher entrou na menopausa. Em alguns casos, a menstruação vai se espaçando com um intervalo cada vez maior, até parar. “Só se saberá que é a última depois de um ano sem nenhum sangramento”, explica o ginecologista e psicólogo Jorge José Serapião, professor do Instituto de Ginecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Sintomas Um dos principais sintomas da menopausa é o ressecamento vaginal. Por conta das alterações hormonais, a tendência é que as mucosas da vagina e da uretra fiquem finas e secas, tornando-se mais sensíveis. As consequências são dificuldade na relação sexual e infecções urinárias de repetição. A mulher fica mais suscetível a essas infecções neste período justamente porque o estrogênio oferece proteção para todo o trato urinário. Com a diminuição desse hormônio, ocorrem a elevação do pH e


Shutterstock

alteração da flora vaginal. “Com a redução da quantidade de lactobacilos, bactérias que oferecem proteção natural, o organismo fica mais suscetível à Escherichia Coli, responsável por 80% dessas infecções”, explica a médica ginecologista Daniela Gouveia. Mulheres que têm histórico de infecções urinárias na juventude costumam apresentar a infecção de repetição durante a menopausa. Por isso, é importante tratar o problema o quanto antes e adotar medidas preventivas, como o uso de lubrificantes vaginais antes das relações sexuais e fazer reposição hormonal via vaginal para restabelecer os tecidos e a flora vaginal. Outro sintoma que costuma acometer a mulher com menopausa é a insônia. O problema predomina entre o sexo feminino, independentemente da idade, informa o neurologista José Renato Felix Bauab, pesquisador do Departamento de Neurologia da Universidade Federal Paulista (Unifesp). A tendência à insônia aumenta naturalmente, com a idade e, nas mulheres, especialmente na fase do

climatério, em que o desequilíbrio hormonal as torna vulneráveis à depressão, além de sujeitas aos suores e ondas de calor — os chamados fogachos —, bem como a problemas urinários. “Os hormônios atuam sobre o relógio biológico da mulher e podem alterá-lo quando entram em desequilíbrio”, diz o neurologista. Nessa fase, é ideal que a mulher faça consultas regulares com outros profissionais além do ginecologista habitual. Um cardiologista ou até um psicólogo podem auxiliar neste momento. Devido à redução do metabolismo ocasionado pela idade, pode haver ganho de peso, aumento do nível do colesterol e, consequentemente, da pressão arterial. Por isso a importância do auxílio de outros profissionais. Dezembro de 2018

9


Mulher A terapia de reposição hormonal é sempre um assunto que divide opiniões, tanto médicas quanto das mulheres que sentem os incômodos da menopausa. Isso porque, apesar de ser o climatério uma fase natural na vida de todas as mulheres a partir dos 50 anos, é preciso considerar a relação risco x benefícios da reposição hormonal, individualmente, de acordo com o histórico de saúde de cada paciente. A ginecologista e mastologista Juliana Pierobon, da Altacasa Clínica Médica, explica que há alguns critérios que devem ser avaliados na prescrição do tratamento dos sintomas da menopausa, como idade, tempo de climatério, dosagem hormonal, via de administração dos hormônios , entre outros. Estudos sobre o tema apontam para possíveis riscos decorrentes da reposição hormonal. Dentre eles, está o aumento de incidência de câncer de mama e doença tromboembólica nas mulheres submetidas à terapia de reposição hormonal. “Apesar de a incidência em números absolutos de efeitos adversos ser baixa e o risco individual, no primeiro ano de tratamento, ser muito pequeno, esses riscos são cumulativos com o tempo de uso de hormônios”, afirma a ginecologista, que reforça a necessidade de avaliação caso a caso. De acordo com a especialista, essa terapia pode ser indicada preferencialmente na perimenopausa (fase que antecede a menopausa, com as últimas menstruações) ou nos primeiros anos da menopausa, em mulheres sintomáticas na faixa dos 50 a 59 anos de idade. A reposição hormonal, nestes casos, serve para combater as famosas ondas de calor, além de sintomas de ressecamento vaginal, problemas urinários, diminuição da 10

Dezembro de 2018

Shutterstock

Reposição hormonal

libido e perda de memória e cognitiva. Além disso, esse tratamento atua contra a perda de massa óssea precoce, conhecida como osteoporose – que confere maior risco de fraturas às mulheres – e aumenta a proteção cardiovascular, diminuindo o risco de Infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral). “Nessa população até 59 anos, a terapia de reposição hormonal pode conferir enormes benefícios, mas se o tratamento de reposição hormonal começar depois de mais de 10 anos do início da menopausa, pode levar a efeitos colaterais perigosos”, pondera. Uma forma natural de amenizar os sintomas da menopausa, que pode ser realmente incômoda para algumas mulheres, é adotar um estilo de vida saudável, prestando mais atenção à alimentação e praticando atividades físicas. “A transição da menopausa pode estar associada a um declínio considerável na qualidade de vida decorrente da diminuição dos níveis de hormônios circulantes no organismo feminino. Então, manter um estilo de vida com alimentação adequada, exercícios físicos e práticas de atividades redutoras de estresse, como meditação e yoga, podem auxiliar muito essas mulheres a passar pelas modificações dessa fase com mais qualidade de vida”, explica a médica Juliana Pierobon. A ginecologista dá ainda outras dicas para amenizar os incômodos da menopausa: Manter uma dieta rica em cálcio, com suplementação de vitamina D e alimentos derivados da soja (isoflavona), associada a exercícios físicos regulares, auxiliam a manutenção de massa óssea e muscular, além de propiciar bem-estar físico e manutenção do peso corporal; O uso de medicamentos fitoterápicos, como borago officinalis, glicynemax, cimifuga racemosa, hipericum perforatum, entre outros, podem ter efeito bastante positivo no tratamento dos sintomas menopáusicos; Medicamentos não hormonais, como alguns

ΔΔ

ΔΔ ΔΔ


antidepressivos, podem ser utilizados no tratamento de fogachos e alterações de comportamento, como depressão e ansiedade. Neste caso, consulte um médico de sua confiança antes de iniciar o tratamento. Hormônios tópicos vaginais podem trazer alívio para sintomas de ressecamento na vagina e dores nas relações sexuais. O uso em conjunto com hidratantes vaginais e lubrificantes nas relações também pode melhorar a saúde sexual da mulher. Além disso, técnicas que utilizam laser e radiofrequência vaginais apresentam bons resultados contra esses sintomas. Lembrando que é imprescindível a consulta com um médico especialista antes de iniciar qualquer tratamento.

ΔΔ

Principais sintomas da menopausa: da menstruação ΔΔAusência vaginal ΔΔRessecamento (secura) de calor ΔΔOndas Suores ΔΔInsônia noturnos ΔΔDiminuição no desejo ΔΔsexual da atenção e ΔΔDiminuição memória de massa óssea ΔΔPerda (osteoporose) do risco ΔΔAumento cardiovascular na distribuição ΔΔAlterações da gordura corporal ΔΔDepressão

Novo governo O governo que assumirá o comando do Brasil o ano que vem receberá um país agonizando. Foram dois anos de recessão e mais dois anos de baixo crescimento econômico, fazendo com que produzíssemos hoje o equivalente a 2012, portanto, estamos seis anos defasados. Em particular a área econômica será comandada pelo economista Paulo Guedes que anunciou a criação do denominado superministério da Economia. Guedes, formado pela Escola de Chicago, tem vertente liberal. Ser liberal quer dizer privilegiar a economia de mercado. Preconiza, entre outras questões, um Estado mais enxuto e eficiente. No tocante a relação de trabalho, como todo liberal, tende a flexibilizar leis trabalhistas, introduzindo a livre negociação entre as partes. Evidentemente que não poderá atuar acima das leis, mas é o que acredita. Por este prisma é possível projetar ações nas seguintes direções: 1. Manter a minirreforma trabalhista já em curso e ampliar seu escopo geral, flexibilizando-a; 2. Canalizar esforços para diminuir o tamanho do Estado, com enxugamento da máquina pública, que passa pela fusão de Ministérios e redução de quadro de servidores,

notadamente os comissionados; 3. Iniciar profundo estudo das estatais culminando com a privatização da maioria delas; 4. Equacionar o déficit público, com reforma da previdência, reforma tributária e reforma administrativa; 5. Trabalhar para a independência do Banco Central brasileiro; 6. Investir em infraestrutura básica. Essas e outras ações visam retomar a confiança dos agentes econômicos. Não serão tarefas fáceis, mas fica evidenciado que estará em curso a introdução de um novo modelo econômico. Sempre haverá o risco de as ideias de Guedes não serem as mesmas do presidente eleito Jair Bolsonaro, o que pode levar a especulações, sem contar, a necessária negociação com o Congresso Nacional, pelo qual tem que passar as principais reformas pretendidas. Historicamente, mudanças de governo inauguram períodos de prosperidade. Para o trabalhador, independentemente do modelo adotado, é fundamental a retomada do crescimento econômico e, com ela, o aumento do emprego e geração de renda. São apostas, mas as cartas serão essas. A torcida é que o governo Bolsonaro tenha sucesso e com ele a roda da economia volte a girar.

Reinaldo Cafeo Economista, especialista em engenharia econômica, mestre em comunicação e doutor em economia. 8 www.planetaeconomia.com.br Dezembro de 2018

11


Saúde

Mau hálito? Fique atento! O constrangimento causado pela halitose afeta o convívio social e pode ser o alerta para doenças graves no organismo

Q

uando se fala em mau hálito, os primeiros pensamentos são relacionados à cárie, tártaro e doenças periodontais. No entanto, o que muitos não sabem é que o odor desagradável pode acontecer devido a diversos fatores. Além da má higienização da boca, infecções na gengiva e doenças periodontais, a halitose, como é chamado o mau hálito, pode ser sinal de disfunções mais sérias que surgem no organismo. Segundo Darlene Triveloni, coordenadora de regulação e prevenção do São Francisco Odonto, diversos são os motivos para o desenvolvimento do mau hálito, mas 90% dos casos são de origem bucal. “Entre os principais fatores geradores do mau hálito estão: má higienização bucal, saburra lingual, que é a massa composta de células, bactérias, muco da

12

Dezembro de 2018

saliva e restos alimentares que aderem à superfície da língua, placa bacteriana, cáries dentárias, doenças gengivais, neoplasias, estomatite, restaurações ou próteses mal adaptadas, diminuição do fluxo salivar, anquiloglossia, que é uma anomalia na língua, além de cigarro, álcool e cáseo amigdaliano, que é a formação de cálculo no interior das amígdalas”. Alguns problemas corriqueiros das estações mais secas e frias do ano, como a bronquite, sinusite e laringite, também afetam o hálito. De acordo com o cirurgião dentista Carlos Cordeiro, as doenças respiratórias podem produzir secreções nos brônquios e laringe, que são notadas através da fala por conta do odor exalado. “Ao resfriar ou ser afetado por um desses problemas o ideal é aliar o tratamento da patologia com os cuidados com a boca. Escovar os dentes após cada refeição, usar fio dental e gargarejar com um enxaguante bucal são passos fundamentais para controlar o mau hálito nessa fase”, explica.


Shutterstock

A halitose também pode ser indício de doenças mais graves, provenientes de deficiências ou complicações em partes do organismo. Nesse âmbito, são diversos os motivos pelos quais o corpo reage em forma de mau hálito bucal, como exemplo doenças renais, estomacais e diabetes. No caso das doenças renais, o corpo acumula grandes quantidades de ureia e creatina no organismo, pois a função de filtrar do rim está comprometida. Essas substâncias se acumulam na corrente sanguínea e são expelidas via pulmonar. “O ar expelido possui um odor bem característico, semelhante à amônia ou urina. Por isso conseguimos desconfiar da doença e encaminhar o paciente para a especialidade a ser consultada”, afirma Cordeiro. Já os diabéticos também possuem um hálito característico. Devido a alteração na glicose, a pessoa é capaz de produzir um hálito cetônico, semelhante a frutas envelhecidas. Outro caso que merece atenção

especial é o câncer de estômago, no qual o avanço do tecido canceroso provoca um hálito necrótico. O curioso em relação ao mau hálito é que os portadores não conseguem perceber o odor desagradável que exalam. Darlene explica que isso ocorre porque o olfato vai se acostumando com o cheiro. O mesmo ocorre quando se utiliza um perfume por muito tempo. São as pessoas próximas que notam e muitas ficam constrangidas em avisar. “Às vezes, nem toda a intimidade do mundo justifica uma atitude como essa. Assim, a pessoa que tem halitose não sabe do problema e acaba não sendo tratado como deveria, podendo acarretar em prejuízos profissionais, afetivos e sociais”, aponta. “Na maioria dos casos, a halitose é uma resposta do organismo para indicar o mau funcionamento de determinada parte do corpo. No caso dos problemas bucais, o tratamento pode ser facilmente realizado por dentista”, explica Cordeiro. Em todos os casos, a halitose é um aviso vital para que o paciente dê uma atenção redobrada ao funcionamento de seu corpo, haja visto que o mau hálito só é natural do organismo quando se passam horas sem comer, sem ingerir líquidos ou após a noite de sono. O dentista vai saber qual o melhor método para identificar a origem do problema. “Se for descartada a origem bucal do mau hálito é necessário encaminhar o paciente ao médico para tratamento adequado”, explica Darlene. Dezembro de 2018

13


Saúde

Métodos de diagnóstico da halitose a partir do ΔΔHalimetria: sopro, quantifica compostos

de Bana: por meio de uma fita específica, ΔΔTeste identifica bactérias relacionadas à produção de

sulfurados voláteis no ar contido na boca e no ar expirado. Sialometria: mede volume e densidade da saliva.

odores, alterando a cor da fita para azul. Esfregaço de saburra lingual: verifica nível de descamação e composição do composto. Teste organoléptico: checagem do hálito pelo olfato humano.

ΔΔ

ΔΔ ΔΔ

Dúvidas frequentes Darlene Triveloni, coordenadora da São Francisco Odonto, responde algumas questões sobre o mau hálito. Confira: Por que quando ficamos muito tempo sem comer o mau hálito aparece? Toda vez que você ficar longos períodos sem comer sua glicemia vai cair e seu corpo vai precisar queimar os ácidos graxos (massa gorda) para manter seu funcionamento. E geralmente isso vai provocar mau hálito, bem como a diminuição do fluxo salivar. É normal ter mau hálito matinal? Durante a noite a produção das glândulas salivares é reduzida, para que não ocorra o risco de se afogar com a própria saliva. Este processo possibilita o rápido crescimento das populações de bactérias anaeróbicas, aumentando a produção de enxofre dentro da boca. Como se prevenir do mau hálito? Na realidade, as recomendações para prevenir o mau hálito no 14

Dezembro de 2018

dia a dia são simples: beber bastante água e higienizar bem a boca. O consumo de líquidos abaixo do ideal – cerca de 2 litros por dia – faz com que as glândulas salivares não produzam a quantidade adequada de saliva, essencial no combate à halitose. Já com relação à higiene bucal, a dica é simples: escove os dentes e use o fio dental três vezes ao dia após todas as refeições, higienize a língua e, se usar enxaguante bucal, dê preferência para os produtos sem álcool e sem corantes. Existem produtos específicos que ajudam no tratamento do mau hálito? Sim, existem escovas linguais e raspadores com ou sem cerdas, géis ou spray para higienização da língua, e enxaguatórios bucais. A pessoa que sofre de mau hálito deve procurar um dentista ou um médico? Deve procurar um dentista de sua confiança para revisões periódicas e pedir o apoio dele nesse diagnóstico. Certamente, se necessário, ele fará o encaminhamento para um médico especialista.


Shutterstock

Dezembro de 2018

15


Beleza

Prepare-se para o verão N

ão é novidade que a beleza de verão é algo que se constrói durante o ano todo, cuidando da pele, dos cabelos, e do corpo como um todo, apostando principalmente em atividades físicas e alimentação saudável e muito protetor solar. Mas se o foco não foi o seu forte durante o outono, inverno e primavera, comece agora mesmo seu projeto verão. Com hábitos simples e práticos, e um pouco de dedicação você vai se sentir linda e, o melhor, saudável.

Corpo Para estar feliz com o seu corpo é importante se preparar. O educador físico, Emerson Felix, da academia Bio Ritmo, ressalta que para emagrecer com qualidade e, principalmente, com saúde, é importante que o processo aconteça gradualmente e seja aliado com a prática de exercícios físicos e hábitos alimentares saudáveis. Pensando nisso, ele preparou algumas estratégias para alcançar o shape desejado. “As dicas que listei partem de 3 vertentes muito importantes: alimentação, treino 16

Dezembro de 2018

e disciplina. Mas lembre-se, manter a rotina de exercícios o ano todo é fundamental para o sucesso dos seus resultados”, comenta Felix. Aumente a intensidade dos treinos: a carga de treino tem relação direta com os resultados. Progredir sua intensidade irá garantir um aumento no gasto calórico, o que reflete na redução da gordura corporal. Como sugestão, inserir exercícios aeróbios, treino intervalado de alta intensidade e outras atividades que acelerem a frequência cardíaca durante o treino. O professor ressalta que esse aumento deve ser gradual e com a orientação de um profissional. Escolha alimentos ideais: prestar atenção na alimentação é essencial para um bom resultado em emagrecimento. Evite alimentos que aumentam o percentual de gordura corporal, como gorduras saturadas, farinha refinada e açúcar. Escolha proteínas magras, como o peito de frango, peixes, ovos, ricota, entre outros. “Peça orientação a um nutricionista. Ele poderá montar um cardápio adequado e personalizado à sua necessidade”, orienta Emerson. Invista em treinamentos compostos: quando se fala em reduzir percentual de gordura, o treino composto tem um papel importantíssimo. Ele mescla tanto o trabalho de força muscular (musculação), quanto o trabalho cardiovascular (corrida, por exemplo) na mesma sessão de treino. “O resultado é que a pessoa fica com seu metabolismo acelerado o resto do dia, gastando mais calorias e aumentando a produção de testosterona, um dos principais hormônios envolvidos na queima de gordura corporal. Esse processo vai

Tom Wang

Com dicas para cuidar do corpo, da pele e dos cabelos, você vai entrar na estação do sol mais linda e saudável


otimizar os resultados”, explica o educador físico. Frequência semanal de treino: quanto mais você treinar, mais rápido atingirá seus objetivos. O ideal é praticar seis vezes por semana, de 30 a 45 minutos por dia. Se não conseguir ter essa rotina, a sugestão do profissional é que você corra perto da sua casa, substitua o elevador do prédio pela escada ou vá trabalhar de bicicleta, por exemplo. O importante é gastar calorias. Durma bem: sem descanso o seu corpo não se

recupera e não trabalhará corretamente a hipertrofia, definição e emagrecimento. “Tente dormir sempre no mesmo horário e na quantidade certa que para você seja o ideal. O recomendado são de 7 a 9 horas por noite, assim seu corpo terá o repouso adequado para reparar todos os estímulos recebidos ao longo do dia”, finaliza Felix. Dezembro de 2018

17


Beleza

18

Dezembro de 2018

Kzenon/Getty Images

Durante o verão, a rotina de cuidados com a pele deve ser redobrada. Por isso, a biomédica Luciana Goudinho esclarece alguns mitos e verdades sobre a pele no verão. Alimentação: uma alimentação balanceada influencia no bronzeamento. Alguns alimentos até ajudam a deixar a pele mais corada quando associados à exposição solar de maneira correta. A cenoura, por exemplo, ajuda a deixar a pele mais bronzeada. “Isso ocorre porque a cenoura é rica em betacaroteno e logo após a digestão os pigmentos são incorporados. Ele está ligado à produção de melanina e influencia na cor ou tonalidade do bronzeado”, explica a biomédica. Por isso, manter uma alimentação rica em alimentos alaranjados, como mamão, abóbora, laranja, entre outros, durante o verão prolonga o efeito bronzeado na pele. A hidratação também é essencial quando nos expomos ao sol. “Uma boa hidratação é necessária durante os 365 dias do ano, mas principalmente no verão. O cuidado deve ser redobrado já que há maior transpiração”, destaca Luciana. A recomendação é tomar água, água de coco, isotônicos, sucos etc. Além disso, comer saladas e frutas, que também contêm sais minerais, auxiliam na hidratação. Protetor solar: o uso do filtro solar é sinônimo de bronzeamento saudável. A maioria dos casos de envelhecimento da pele são causados pelo sol. Os primeiros problemas da falta do uso de protetor solar são as queimaduras. Depois a vermelhidão, bolhas, sardas, manchas, rugas e até a flacidez da pele. “Quando utilizamos

Shutterstock

Pele o protetor solar, os raios ultravioleta chegam em menor intensidade. Portanto, a pele fica menos avermelhada e agredida”, explica Luciana. O bronzeamento acontece cerca de 48 horas após a exposição ao sol e permanece por mais tempo quando utilizamos o protetor solar. Ele deve ser aplicado sempre 30 minutos antes da exposição ao sol, ser reposto ao longo do dia, a cada duas horas e reaplicado depois do banho, exceto se for à prova d’água. Lembrando que a pele morena e clara não devem usar o mesmo tipo de protetor. Cada uma tem uma característica e, por isso, pedem fórmulas diferentes. Assim como as secas e oleosas, que exigem filtros diferentes. Peles mais claras, por exemplo, exigem filtro solar fator 30 ou maior. Já a pele morena pode utilizar fator de proteção menor. Mas é importante sempre consultar um dermatologista, que vai indicar a melhor proteção para o seu tipo de pele.


Cabelos sobre os cabelos a cada duas horas”, recomenda. Mar e piscina: Jane recomenda uma ducha com aplicação de brumas em spray ou água termal sempre que voltar do mar ou piscina, além da reaplicação do leave-in com filtro solar. “Isso porque todas as vezes que o cabelo é exposto ao mar, à areia ou ao cloro da piscina ocorre um dano à estrutura da cutícula. Com isso, o cabelo pode mudar de coloração e ficar mais fino”, alerta a especialista. A mudança de coloração é, inclusive, muito comum em pessoas que passaram por um processo químico e entraram em contato com o cloro da piscina.

Hidesy/IStock Photo

Engana-se quem acredita que os processos químicos, como as escovas progressivas e a mudança da coloração, são os únicos capazes de causar danos aos cabelos. Fatores como o sol, a água do mar e da piscina também podem causar grandes danos aos fios, principalmente agora com a chegada das estações mais quentes. Por isso, nessa época, é fundamental redobrar os cuidados com os cabelos para evitar problemas como queda, quebra e ressecamento dos fios. Jane Alves, hair dresser do salão Lefil Beauty, de São Paulo, explica como se prevenir contra os danos causados no cabelo durante o verão. Prender os cabelos: “apesar de ser uma ótima maneira de diminuir o calor, especialmente para quem tem muito cabelo, prender os fios em excesso é prejudicial, principalmente quando os fios estão molhados. Isso porque, a curto prazo, os prendedores podem quebrar os fios e enfraquecer o cabelo. Já a longo prazo, a tração constante pode provocar queda capilar. Então o melhor é evitar, principalmente os prendedores de silicone, os de borracha ou grampos. Mas se o calor for muito, uma alternativa é usar os “hashis” de madeira ou plástico para segurar as madeixas”, diz a profissional. Os cortes mais curtos podem ajudar a evitar isso. Danos do sol: segundo Jane, o sol danifica os cabelos, pois, a luz solar degrada as proteínas dos fios e pode causar desde descoloração até a redução da força e perda de brilho. “Para proteger os fios, o ideal é utilizar um leave-in que conte com filtro solar de, no mínimo, fator 50 que deve ser reaplicado

Lavagem: ao contrário do que muitos pensam, lavar os cabelos todos os dias não é errado, principalmente no verão, quando utilizamos do banho para aliviar o calor. Segundo a profissional, não existe um número correto de vezes para se lavar o cabelo. Tudo vai depender da necessidade de cada um. “Cabelos secos, por exemplo, precisam ser menos lavados e altamente hidratados, enquanto cabelos oleosos precisam ser limpos mais frequentemente para retirar o excesso de oleosidade e impurezas”, destaca. Além disso, independentemente da quantidade de vezes que você for lavar seu cabelo, é importante não usar a água muito quente, pois, a longo prazo, este hábito pode deixar os fios frágeis e secos. O ideal é usar água morna e realizar um último enxágue com água fria, para fechar as cutículas do fio. Dezembro de 2018

19


Logo Ali

Sales Banhada pelo Rio Tietê e afluentes, a cidade é alternativa para quem busca contato próximo com a natureza

C

om aproximadamente 5 mil habitantes, Sales é um município privilegiado. Suas áreas com remanescentes de vegetação nativa e as águas da inundação da barragem de Promissão têm permitido a descoberta de um novo potencial de desenvolvimento econômico e humano: o turismo. Banhado pelo rio Tietê, o município de Sales fica a 445 quilômetros da capital paulista e possui um cenário rico em água doce, propício para a prática do ecoturismo, turismo de aventura e de pesca. Por conta dessa realidade, a cidade conquistou em maio de 2017, o título de Município de Interesse Turístico (MIT) sancionado pelo então governador Geraldo Alckmin. O turismo em Sales é aproveitado diante de suas três principais prainhas: Cerquinho, Richelieu e Torres. Todas dispõem de boas hospedagens para o turista aproveitar seu tempo perto da natureza. Em Sales, o turista também conta com estrutura de camping, com quiosques, churrasqueiras, lanchonetes, lojas de conveniência e estacionamento

20

Dezembro de 2018

Rio Tietê banha Sales e favorece o turismo

fechado. Infraestrutura que demonstra que o foco do município é, mesmo, o turismo. Tida como um dos cartões postais, a praia de Torres é a mais procurada pelo viajante. A praia tem mais de 23 mil m² de natureza, proporcionando uma bela vista da cidade. Além disso, Sales desfruta de festas regionais que impulsionam ainda mais o turismo local como, por exemplo, o Baile do Hawai, que ocorre todo ano no mês de novembro. Ao conquistar o título de MIT, o município espera


Marco Aurélio Esparza

Fotos: Divulgação/Prefeitura Municipal de Sales/SP

Fonte luminosa da praça central de Sales

Portal da entrada de Sales-SP

Área de lazer na praia do Richelieu

desenvolver ainda mais esse segmento junto à Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, visando criar meios para que o viajante tenha melhor conforto e lazer no município. Para quem gosta de uma boa pescaria, corvina e porquinho são os peixes mais encontrados na região. Sales é muito frequentada por pescadores, que utilizam as margens ou até mesmo pequenos barcos para a pesca. A população flutuante de Sales chega a triplicar em finais

de semana de verão com o fluxo de visitantes nas três praias artificiais às margens dos rios Tietê e Cervinho. Conheça um pouco desse paraíso tropical com cara de litoral em pleno interior do Estado: uma cidade pacata, de gente hospitaleira, com equipamentos públicos que permitem conforto aos seus moradores e visitantes. Dezembro de 2018

21


Logo Ali Praia do Torres A Praia do Torres é o xodó turístico de Sales. Foi batizada pelos turistas de “Paraíso”. São 23.958 m2 de pura natureza, às margens do rio Tietê, a 11 quilômetros do centro da cidade. Possui toda estrutura que um ponto turístico pode oferecer para um belo final de semana ou uma temporada prolongada: iluminação, água, energia elétrica, estrada asfaltada, quiosques com churrasqueiras, bar e restaurante, estacionamento, área de camping, mini campo para a prática de esportes e sanitários.

Praia do Cervinho Também chamada de “Prainha”, a Praia do Cervinho fica a dois quilômetros da área central de Sales, às margens do rio Cervinho e próxima ao bairro Jardim Beira Rio. O local tem lanchonete, churrasqueira, quiosques, área de camping arborizada e sanitários. O rio Cervinho, de beleza inconfundível, tem oito quilômetros de extensão por 600 metros de largura. É apropriado para prática de esportes aquáticos e muito utilizado por amantes de jet sky. Passeando pelas águas calmas e límpidas do rio Cervinho, é comum encontrar pescadores às margens ou em botes e ainda barracas de acampamentos em trechos mais desertos.

Praia do Richelieu A praia do Richelieu, em areias naturais do rio Tietê, é o terceiro grande investimento turístico de Sales e promete ser, talvez, o mais sofisticado. Em fase de implantação, foi construído no local um grandioso 22

Dezembro de 2018

centro de eventos com praça de alimentação, palco para eventos, lojas de conveniência e o projeto anseia ainda a criação de 50 quiosques, área de camping, minicampo, estacionamento e um mirante, de onde o turista poderá apreciar as belezas naturais da região. Localizada em uma área municipal de dois alqueires, ao lado de três condomínios de médio e alto padrões, a praia do Richelieu deve se tornar uma grande opção para os turistas que visitam Sales.

Cemitério dos Esquecidos Um cemitério dentro de uma mata onde estão enterrados corpos de índios e brancos que viveram na região no final do século XIX e início do século XX. Esse é o Cemitério dos Esquecidos, localizado dentro das matas às margens do Rio Cervinho, um dos principais pontos turístico da cidade de Sales.


Fotos: Divulgação/Prefeitura Municipal de Sales/SP

Praia do Cervinho

Praia do Richelieu André Moura de Souza

O que hoje é o curioso ponto turístico de Sales foi construído pelos índios guaranis que habitavam as proximidades do Córrego do Barreiro do Meio. O cemitério é considerado um patrimônio histórico pelos moradores da cidade. No local estão enterrados 115 corpos, entre eles chefes indígenas, além dos primeiros moradores do vilarejo “Capoeirinha”, antigo nome da cidade de Sales e que foi fundado no final do século XIX. Registros no cartório da cidade comprovam que os primeiros brancos que povoaram o vilarejo foram enterrados lá. Assim como os demais pontos turísticos de Sales, vale a pena a visita a esse local cheio de história dos primeiros moradores da região. Fontes:

ΔΔhttp://www.turismo.sp.gov.br ΔΔhttp://www.sales.sp.gov.b

Dezembro de 2018

23


Diretoria do Sinterc toma posse em evento realizado na sede da entidade N

o dia 10 de novembro, foi realizada a posse da nova diretoria do Sinterc, com man- TRABALHO DE BASE dato vigente entre 2018 e 2023. Na ocasião, em evento simples com a presença dos membros da nova diretoria eleita e alguns convidados, entre eles estavam o Dr. Marcos Vinicius Vicente (Advogado e Presidente do pleito), Dr. Bruno Avanzo (Advogado), Jenival Lima da Silva e Bruno Gonçalves, os presentes puderam debater questões relevantes sobre a categoria, direitos dos trabalhadores e o novo cenário político. No momento, o Presidente Waldir Aparecido Avanzo passou

24

Dezembro de 2018

a seguinte mensagem aos diretores: “O movimento sindical precisa se reinventar, buscar novas alternativas de receitas para

manter a estrutura, melhorar seus canais de relacionamento e buscar mais e melhores benefícios para os trabalhadores”


IO! C Í F NE ADOS! E O B SSOCI V NO OS A A PAR

DESCONTO DE

30%

*

NO PARQUE AQUÁTICO

DESCONTO DE

10%

*

NO CELEBRATION RESORT

Diversão, lazer e comodidade O Hot Beach contempla, em um só lugar, brinquedos radicais, pura adrenalina, emoção e tranquilidade, bom serviço, e hospitalidade. O Hot Beach Olímpia é um moderno parque aquático com incríveis atrações para toda a família distribuídas em 80 mil m2. São cerca de 100 milhões de litros de água quente natural que garantem a diversão dos visitantes. Todos os equipamentos são certificados, possuem total segurança e são monitorados com equipes treinadas.

CELEBRATION RESORT OLÍMPIA Acomodações amplas, com total conforto e comodidade. Aqui você relaxará e usufruirá de serviços e atividades exclusivas, além de contemplar um visual exorbitante! Divirta-se e celebre os momentos mais marcantes de sua vida no local que você e sua família merecem!

Informações e reservas

 (17) 3280-2323 |  (17) 3279-1999 |

(17) 99209-8109  www.hotbeach.com.br Av. Governador Adhemar Pereira de Barros, 1700, Olímpia/SP, CEP 15400-000

Sinterc / Benefícios

 (14) 3234-9763 |  0800 777 9763 |

(14) 99707-2006

(*) Promoção com válida Outubro de 2019. Para mais informações, entre em contato com a Central de Benefícios do Sinterc.

para associados e seus dependentes


Sinterc marca presença na primeira edição do Sindimais

Fotos: Paulo Segura

N

o dia 23 de novembro, o Maksoud Plaza Hotel sediou o SindiMais 2018 que, já em sua TRABALHO DE BASE primeira edição, é considerado um dos maiores eventos direcionados ao setor sindical no Brasil. A abertura teve a ilustre presença do governador de São Paulo, Márcio França, e do deputado federal Paulinho da Força. França enalteceu a importância da iniciativa: “Neste momento de transição de governos, é preciso que haja uma organização que proteja os principais direitos das pessoas que trabalham. A solução é encontrar instituições que façam isto, sem pensar no lado político-partidário”. Paulinho da Força, que tem suas origens ligadas ao movimento sindical, ressaltou que o país passa por momentos muito difíceis e o sindicalismo, diante disto, precisa retornar às origens e ser repensado. “Tenho certeza que o movimento sindical sairá desse seminário, com muito mais ideias”, afirmou o deputado. O evento contou com mais de 400 participantes, tanto do setor público quanto do privado, que lotaram o auditório e participaram ativamente durante as mais de dez horas de evento. O número reflete o sucesso deste congresso,

26

Dezembro de 2018

que promoveu as discussões sobre as mudanças na atuação sindical e na legislação trabalhista. Mesmo após um ano completo da implementação da Lei 13.467/17, que sancionou a Reforma Trabalhista, o cenário ainda é incerto e muitos questionamentos permanecem, tanto para os empresários quanto para os trabalhadores. Para esclarecer dúvidas, apresentar soluções, expandir horizontes e expor diferentes pontos de vista, o SindiMais 2018 contou com 11 palestrantes, que representaram os segmentos laboral e patronal. Paulo Ritz, idealizador do SindiMais, comemorou o sucesso inaugural. “Uma ótima oportunidade de diálogo para ouvirmos todos os lados e encontrarmos alternativas para este novo momento que o país está vivendo.

Muito obrigado pela presença e pela participação de todos. A segunda edição promete ser ainda melhor”, assegurou Ritz. Para Juliana Vilela, diretora da Efettiva Comunicação e Eventos e, também, organizadora do evento, promover e organizar o congresso foi um grande desafio e uma enorme satisfação: “Os objetivos traçados foram amplamente alcançados, gerando resultados. Contamos com a participação de renomados palestrantes, que apresentaram conteúdos de alto nível. Além disso, patrocinadores e expositores do evento puderam não apenas consolidar suas marcas, como também gerar negócios junto a um público com poder de decisão”. ΔΔFonte: Agência Effetiva e Assessoria de Imprensa do Sintercamp


IO! C Í F NE aDoS! E O B SSocI V NO oS a a Par

DeSconto De

20%

*

O paraíso das águas termais! ✓Lazer e diversão para você e sua família ✓Águas ricas em propriedades benéficas para a saúde ✓Possuem bicarbonato, vanádium, fluor e PH aproximado de 9,5

Informações e reservas ) (18) 3637-5000 |

(18) 98193-6693  www.hotplanet.com.br Rua Keisaburo Fujihara, 390, Jardim Pinheiros, Araçatuba/SP

Sinterc / Benefícios

) (14) 3234-9763 | ) 0800 777 9763 |

(14) 99707-2006

(*) Promoção válida até Outubro/2020. Para mais informações, entre em contato com a Central de Benefícios do Sinterc.

para associados e seus dependentes


Sinterc participa do II Workshop de Refeições Coletivas palestra sobre os riscos da terceirização, ministrada pelo Dr. Raimundo Simão de Melo – consultor jurídico e advogado especialista em relações rrabalhistas e sindicais. Dr. Raimundo fez uma reflexão sobre a precarização da mão de obra em razão da terceirização e enfatizou que, embora diminua a folha de pagamento das empresas, ela pode causar sérios prejuízos a longo prazo por questões judiciais. Na sequência os participantes acompanharam a apresentação de um aplicativo de benefícios da Força Sindical, trazida

Fotos: Assessoria de imprensa do Sintercamp

N

a manhã do dia 29 de novembro (q u i nt a-fe i r a ), na sede do Sintercamp em TRABALHO Campinas – SP DE BASE aconteceu o II Workshop da Categoria de Refeições Coletivas. O evento foi promovido pela ANATERC – Associação Nacional dos Trabalhadores em Refeições Coletivas, em parceria com a FETERCESP - Federação dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas, Cozinhas Industriais e Afins do Estado de São Paulo e contou com a presença de representantes de diversos sindicatos laborais, do patronal, de empresas de Refeições Coletivas e convidados. O Workshop teve início com uma

pelo consultor institucional, político e sindical da central, Marcos Valério Castro. O objetivo do evento foi debater o cenário da terceirização e da quarteirização na nossa categoria, além de buscar alternativas para aproximar os trabalhadores do seu sindicato. Nesse momento de muitas mudanças na legislação trabalhista e na relação capital X trabalho, a troca de informações e o debate é extremamente importante para fortalecer o movimento sindical.

Sinterc tem suceso em ações trabalhistas Processo nº 000117996.2010.5.15.0091 O Sinterc moveu ação de cumprimento na Justiça do Trabalho no ano de 2010 contra a empresa Lopes Refeições Coletivas Ltda. em favor dos trabalhadores que prestavam serviços em varias unidades. Após todas as fases de recursos, saiu o resultado procedente para pagamento aos trabalhadores no valor total de R$ 85.431,14. Os valores já estão sendo levantados pelos advogados do Sindicato, dr. Bruno e dr. Marcos, que estão entrando em contato com os dez trabalhadores

28

Dezembro de 2018

envolvidos na ação para que sejam depositados os valores correspondentes ao período trabalhado.

Processo nº 001117152.2015.5.15.0141 O Sinterc moveu ação de cumprimento na Justiça do Trabalho no ano de 2015 contra a empresa Essencial Comercio e Serviços em Nutrição Ltda em favor dos trabalhadores que prestavam serviços na unidade Gelita do Brasil na cidade de Mococa-SP. Após todas as fases de recursos, saiu o resultado procedente para pagamento

aos trabalhadores no valor total de R$ 32.614,88. Os valores já foram levantados pelos advogados do sindicato, dr. Bruno e dr. Marcos, que, até o fechamento desta edição, já haviam sido pagos os valores correspondentes a oito dos dez trabalhadores envolvidos nesta ação. Os demais estão sendo localizados para que seja feito o pagamento. Em ambos os casos, o Sindicato prestou Assistência Jurídica gratuita para os trabalhadores. Desejamos que façam bom uso dos seus valores e que tenham um final de ano bem mais feliz. Juntos somos fortes!


IVO S U L S! EXC

O ÍCIO SOCIAD F E BEN OS AS A PAR

Diversão para todas as idades O Thermas dos Laranjais é um dos maiores parques aquáticos termais do Brasil, instalado numa área de mais de 260 mil m2. Recebendo anualmente mais de um milhão e cem mil visitantes, é hoje o parque aquático mais visitado do Brasil. Localizado na cidade de Olímpia, região noroeste do estado de São Paulo, fica a 400 km da capital e apenas a 30 minutos do aeroporto de São José do Rio Preto. O complexo turístico Thermas dos Laranjais possui uma completa estrutura de lazer, sendo um dos maiores do país, composto por mais de 50 atrações: toboaguas, tirolesa, bublle-up (bolha gigante: adulto e infantil), rio lento, pista de surf, parque aquático infantil e baby, piscinas de ondas, quadra poliesportivas, quadras de tênis, quadras de areia, além de praças de alimentação com restaurantes e lanchonetes.

Informações e reservas  (17) 3279 3500

 www.termas.com.br Avenida do Folclore, nº 1543, Jardim Santa Ifigênia, Olímpia-SP Consulte a Central de Benefícios do Sinterc:  (14) 3234-9763 |  0800 777 9763 |

(14) 99707-2006


Reunião com as cozinheiras escolares da empresa Soluções Serviços Terceirizados Eireli na cidade de Sertãozinho-SP No dia 24 de outubro a equipe do Sinterc se reuniu com as trabalhadoras da empresa Solu- TRABALHO DE BASE ções, que presta serviços de fornecimento de mão de obra no preparo e distribuição da Merenda Escolar nas escolas estaduais no município de Sertãozinho-SP. As trabalhadoras tinham dúvidas sobre seus direitos e também apresentaram várias reclamações.

Ficou claro para o sindicato que a empresa vem descumprindo a Convenção Coletiva da categoria e irá tomar providências cabíveis para solucionar o impasse.

Sindicato se reune com trabalhadoras da empresa JLA Alimentação em Promissão-SP No dia 30 de novembro, a equipe do Sinterc esteve na unidade Hospital Geral de Promissão-SP da empresa JLA Alimentação, que presta serviços no fornecimento de refeições a pacientes e funcionários do hospital. A visita se deu por conta de atraso no pagamento da 1ª parcela do 13º salário, do adiantamento salarial e do vale compras. A empresa teria enviado ao sindicato uma proposta de parcelamento do 13º salário em 4 vezes e o sindicato rejeitou a proposta absurda e ainda deu prazo para que a empresa quitasse os pagamentos em atraso. 30

Dezembro de 2018

Na reunião o sindicato reiterou com os trabalhadores o prazo estabelecido para o cumprimento e caso não fosse cumprido tomaria as providencias cabíveis. No dia seguinte as trabalhadoras fizeram contato com o diretor do sindicato dizendo que os pagamentos tinham sido feitos. Juntos somos fortes!


IVO S U L S! EXC

o ÍCIO SocIad F E BEN oS aS a par

Viva bons momentos em família!

O Novo Thermas de Piratininga conta com 11 piscinas de água fria entre grandes, pequenas, toboáguas e cascatas que garantem a diversão de todas as idades e piscina de água quente e thermal para tirar todo o stress e relaxar. Quadras poliesportivas, campos

de grama, areia, playground, recreações e banho de espuma, é diversão pura! Quer mais? Que tal, um lago com praia artificial tranquila para você desfrutar de bons momentos com os amigos e família? Aproveite de uma pescaria rodeada de Natureza!

Informações e reservas

) (14) 3265-9100 |  contato@novothermas.com  www.novothermas.com Rod. Elias Miguel Maluf, s/n - Chácara Boa Esperança, Piratininga - SP, 17490-000

Sinterc / Benefícios

) (14) 3234-9763 | ) 0800 777 9763 |

(14) 99707-2006


Reunião do Sinterc e trabalhadoras(es) da Zampetec em Catanduva-SP O Sinterc, atendendo a solicitações, reuniu no dia 03/12 algumas trabalhadoras (es) da TRABALHO DE BASE empresa Zamptec Serviços Eireli, que prestam serviços de preparo e distribuição de alimentação escolar (merenda escolar) na rede pública estadual na cidade de Catanduva-SP. A empresa vem descumprindo suas obrigações trabalhistas no tocante a pagamentos de salários e benefícios. O sindicato já havia notificado a empresa para quitação imediata das obrigações sob pena de tomar medidas judiciais cabíveis. A empresa recentemente ganhou através de licitação um lote de escolas estaduais na cidade Ribeirão Preto-SP e, mesmo com o pouco tempo do contrato (três meses), as trabalhadores de lá também já estão passando pelo mesmo problema. Após o movimento em Catanduva, a empresa resolveu abrir o bolso e pagar parte do que deve aos trabalhadores.

O Sindicato está tomando todas as medidas para combater os desmandos dessas empresas e

vai cobrar as multas previstas na Convenção Coletiva de Trabalho. Estamos de olho!

Veja também outras visitas realizadas

Sapore, unidade Frigorífico Barra Mansa em Sertãozinho-SP 32

Dezembro de 2018

Sodexo, unidade Caldema em Sertãozinho-SP

Usina Moreno, em Luiz Antônio-SP



Peru ao molho de damasco Ingredientes RECEITA DO CHEF

Foto: Divulgação

1 peru temperado 2 xícaras (chá) de caldo de galinha natural Gengibre em pó a gosto 150 g de damasco 1 xícaras (chá) de suco de laranja Sal rosa do himalaia a gosto Pimenta do reino a gosto 1 colher (café) de açúcar mascavo

Modo de preparo 1) Assar o peru conforme as instruções da embalagem e depois tirá-lo da assadeira e reservá-lo. 2) Temperar o peru com caldo de galinha e gengibre em pó e depois levar a assadeira ao fogo alto. 3) Após ferver, passar a mistura do caldo por uma peneira fina e transfira-la para uma panela. 4) Acrescentar os damascos e deixar cozinhar por mais 10 minutos. Depois disso, deixar o líquido esfriar e batê-lo no liquidificador. 5) Acrescentar o restante dos ingredientes: suco de laranja, sal, pimenta-do-reino e açúcar e reservar. 6) Quando for servir, aquecer esse molho e servir com o peru.

Pudim de panetone Ingredientes

Foto: Ormuzd Alves

2 e 1/2 xícaras (chá) de leite integral 1 lata de leite condensado 1 colher (sopa) de manteiga sem sal 3 ovos 1 colher (café) de canela em pó 1 xícara (chá) de açúcar para calda 2/3 de panetone ou chocotone (pouco mais de 300g)

Modo de preparo

34

Dezembro de 2018

Imagens ilustrativas.

1) Comece batendo no liquidificador o leite integral, o leite condensado, a manteiga sem sal, os ovos e a canela em pó. Reserve. 2) Para a calda, coloque na boca do fogo a fôrma com o açúcar. Deixe em fogo baixo, mexendo de vez em quando para não queimar. Quando a calda estiver dourada, desligue o fogo e mexa a fôrma para que a calda se espalhe. 3) Corte o panetone (ou chocotone) em fatias finas e cubra as laterais e o centro da forma para pudim, pressionando com as pontas dos dedos. 4) Sobre esta “caminha” de panetone, despeje a mistura do liquidificador. 5) Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio (180°), por cerca de 45 minutos. É essencial que o pudim cozinhe em banho-maria, na grade superior do forno, para alcançar o ponto ideal. 6) Depois de pronto, deixe na geladeira de um dia para o outro (no mínimo 6 horas, para ele ficar bem firme). 7) Desenforme e sirva.



Responsável técnico: Maria Beatriz Brisotti – CROSP nº 94.194

Responsável técnico: Dr. Roberto Correia Gusmão - CRM nº 15.020


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.