Page 1

1035'0-*0%& "326*5&563"

#36/0'&--*1&%&+&4643&4&/%&

63#"/*4.0

"3"$"+64&




APRESENTAÇÃO ESTE PORTFÓLIO REPRESENTA O ESFORÇO DE DOIS ANOS PARA O CRESCIMENTO NA ÁREA DA ARQUITETURA.E URBANISMO. LEVANDO COMO BASE A CULTURA NORDESTINA, COM FOCO NA CULTURA SERGIPANA, OS PROJETOS APRESENTADOS POSSUEM O ESTUDO DAS NECESSIDADES DO POVO E SEUS DESEJOS. O ESTUDO DESSAS VERTENTES ABRE CAMINHOS PARA TER ACESSO À INFORMAÇÕES DE OUTROS LOCAIS. VALORIZAR A CULTURA DE ONDE VIM NO ÂMBITO PROFISSIONAL SE TORNA NECESSIDADE, DE FORMA QUE POSSAMOS SER REPRESENTADOS DE DIVERSAS FORMAS EM QUALQUER LOCAL.IDADE.


CONTEÚDO 





OQUESETORNA A (À)RUA 2017 | PROJETO DE USO MISTO COM CONSERVAÇÃO DA ARQUITETURA EXISTENTE

IDENTIFICAÇÃODOPOTENCIALABANDONADO 2018 | PROJETO DE USO MISTO COM REFORMA E AMPLIAÇÃO ARACAJU - SE | BAIRRO ATALAIA

REPRESENTAÇÃOEMESCALAREDUZIDAI 2018 | MODELO DO PROJETO DE USO MISTO PRÉSIO DE USO MISTO - RESIDENCIAL E COMERCIAL



REPRESENTAÇÃOEMESCALA REDUZIDAII



PERCEPÇÃODOESPAÇOPÚBLICO



2018 | MODELO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA

2018 | CONCURSO DE PARADA DE ÔNIBUS SÃO CRISTÓVÃO - SE

SERGIPEÉARTE,RESISTSTÊNCIA,EPATRIMÔNIO 2019 | SÉRIE DE IMAGENS PARA DIVULGAÇÃO DO ENCONTRO REGIONAL DE ESTUDANTES DE ARQUITETURA E URBANISMO


01. O QUE SE TORNA A (À) RUA

Projeto de uso misto com conservação da arquitetura existente . ATELIÊ DE PROJETOS HABITACIONAIS I - 2017.2 Instrutores: Ezio Deda, Heloísa Diniz Time: Beathriz Lima, Bruno Fellipe, Larissa Localização: Avenida Ivo do Prado, 334. Centro - Aracaju-SE

O projeto , além de se tratar da concretização das necessidades apresentadas pela área, também se tratou da preservação da arquitetura já existente no local. A casa térrea - mesma da foto ao ladoapresentava um teor histórico, que não poderia ser retirado . Todo o restante do terreno deveria ser utilizado de forma habitacional e comercial. Por apresentar um perfil irregular, e em grande parte estreito, tivemos que otimizar o projeto, levando em consideraçao seus afastamentos e coeficientes. A casa já existente ficou responsável por abrigar um centro de apoio para os comerciantes da área, tanto do prórpio terreno como das redondezas - caracterizada por possuir grande gama de lojas, já que está localizada no centro da cidade. A ideia foitransformar o térreo da construção em um ambiente aberto à população, com abertura para a avenida e para o centro cultural existente ao lado.


Localização

Todas as edificações presentes nesse treixo da Avenida possuem uma fachada que inibe a passagem do olhar , transformando a calçada em um ponto inseguro durante o fechamento dessas edificações. O conceito do projeto traz a necesidade de gerar uma abertura nesse “paredão”. A construção procura também atender um gabarito de altura que não altere o skyline da região.

Térreo s/e

1° pav. s/e

2° pav. s/e


2° pav.- 1 tipologia de apartamento, teto verde com observatório.

1° pav.- 3 tipologias de apartamentos, bar e restaurante.

Téreo - praça, centro de apoio aos funcionários da área, praça residencial, estacionamento residencial.


Perspectiva do projeto inserido no terreno (estudo de gabarito)


02. IDENTIFICAÇÃO DO POTENCIAL ABANDONADO

Projeto de Uso Misto com Reforma e Ampliação Consultor: Thiago Perez Conceito: Permeabilidade Trabalho Individual Localização: Avenida Rotary s/n- Atalaia - Aracaju - SE

O projeto se trata da reforma e ampliação do edifício existente no Bairro Atalaia, paralelo à Avenida Rotary, em Aracaju-Se. O terreno totalestá entre as ruas Desembargador Otávio Souza Leite e Avenida Rotary, tendo suas outras demarcações na Rua Cel. José Figueiredo de Albuquerque e no lote 210 (hoje um centro de treinamento físico - Crossfit). O terreno em sua totalidade possui6846.57m², sendo que, o bloco existente já ocupa 33,87% do mesmo. A preocupação, desde o início do projeto de reforma foi visando a autossuficiência do empreendimento, além de possuir preocupação com o bairro e, consequentemente, com a cidade.


ESTUDO DA POPULAÇÃO A polpulação residente na área da Atalaia, mais exatamente nas proximidades da edificação, foi levada em consideração, para que não houvesse nenhum tipo de dano para a comunidade. O comércio da região também doi levada em consideração.

CAMINHABILIDADE Por ser localizado proximo ao Terminal de Ônibus do bairro, o movimento dos pedestres influenciaria diretamente na atividade da construção,e vice versa. O conceito da permeabilidade veio dessa circunstância, de movo que facilitasse o uso da edificação.

ÁREAS INFLUENCIADAS Por ser de uso misto, a influência do seu uso traria consequências para as áreas próximas. O comércio e a moradia deveria atender às necessidades do local, assim como também criar novas gamas de uso para a região, como os tipos de comércio e moradia.


CONCEPÇAO


CORTES E PERSPECTIVA


PERPECTIVA HUMANIZADA - TÉRREO


PARA MAIS INFORMAÇÕES PLANTAS TÉCNICAS


03. REPRESENTAÇÃO EM ESCALA REDUZIDA I

Modelo do Projeto de Uso Misto com Reforma e Ampliação ATELIÊ DE PROJETOS HABITACIONAIS II - 2018.1 Instrutor: Thiago Perez Trabalho individual Materiais: Acrílico transparente, acrílico vermelho, MDF, lixa n° 320, cola instantânea. Maquete volumétrica para representação do projeto. A escolha do material para a maquete veio do conceito do projeto, o qual se trata da permeabilidade. A transparência do modelo traz a ideia de ter acesso a todos os cantos, asism como é pensado para a utilização do lote pelas pessoas que circulam na área do bairro. Em destaque (acrílico vermelho) estão os pilotis, que substituiram um dos pavimentos do edifício original, a circulação vertical , aberta para todos os públicos e as pasarelas que fazem a ligação com o edifício garagem.


04. REPRESENTAÇÃO EM ESCALA REDUZIDA II

Modelo da Secretaria Municipalda Assistência Sociale Cidadania (Esc.: 1:75) TEORIA E CRÍTICA DA ARQUITETURA V - 2018.1 Instrutor: Rogério França Time: Beathriz Lima, Bruno Fellipe, Fabiana Serafim, GabrielCâmara, Renata Souza Materiais: Papelcouro | Papelcanson | Papelondulado | Tinta Acrílica | Papel Transparência | Cola de Isopor Essa maquete foi solicitada como forma de estudo dos elementos da arquitetura histórica de Aracaju. Situada na Travessa José de Faro n° 216 - Centro, a construção apresenta arquitetura eclética, com afastamentos, portão de ferro, sotão e movimento de fachada através da alvenaria. A maquete foiexecutada inteiramente à mão, desde o seu esqueleto até aos acabamentos. O estudo da construção posibilitou a compreensão das técnicas construtivas e acabamentos utilizados na edificação.


05. PERCEPÇÃO DO ESPAÇO PÚBLICO

Concurso Culturalde Parada de Ôibus de São Cristóvão - SE Consultor: GrabrielFranco Conceito: Reisado Trabalho Individual 1° colocado -voto do juri técnico (etapa 1) 3° colocado no voto popular (etapa 2) A ideia do concurso se inicia com a notoriedade da necessidade da população em paradas de ônibus com qualidade. São Cristóvão, cidade histórica e com centro tombado pelo IPHAN, possui uma carga de cultura e conhecimento, que precisava ser representada, mesmo que em espaços efêmeros, como os pontos de ônibus. A cultura, a vida das pessoas, a circulação das mesmas, tudo foi levado em consideração para a formatação do projeto. Com um programa de necessidades específico, o projeto necessitava de uma gama de opções para diversos locais da cidade, marcada pela presença de calçadas estreitass e acidentadas.


Estudo da forma Um dos pontos mais importantes para a decisão do perfil da parada de ônibus foi a condicionante do passeio presente na cidade. Por possuir pouco espaço de passagem, a base da estrutura deveria ser mais esguia possível, não afetando ainda mais a circulação dos pedestres.

Conceito O reisado foi escolhido para ser conceito do projeto por possuir uma gama de cores e movimentos que se destacam em relação às outras danças da cidade de São Cristóvão. O elemento das fitas se faz presente em toda a estrutura da parada de ôni ônibus.


Prancha apresentada Ă banca do concurso


06. SERGIPE É ARTE, RESISTÊNCIA E PATRIMÔNIO

Imagens para promoção do Encontro de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo TEORIA E CRÍTICA DA ARQUITETURA V - 2018.1 Instrutor: Rogério França Trabalho Individual Ferramentas: Photoshop, Adobe Illustrator

O EREA RAIZES, assim chamado o XIEncontro Regional de Arquitetura e Urbanismo , se deu início atraves da união dos centros acadêmicos e estudantes de Arquitetura e Urbanismo de Sergipe. O mesmo tem como tema principal o patrimônio cultural do Estado, além da resistência, historicidade, etc. A identidade visual do Encontro veio através da necesidade da representaçao da temática, se tratando de colagens com diversos pontos do Estado, mostrando suas paisagens, construções, danças, grupos ,fotos antigas, entre outros.


@brunofellipi

facebook.com/bruno.fellipe.54

Profile for Bruno Resende

Bruno Resende | Portfólio de Arquitetura e Urbanismo | 2017-2019  

Bruno Resende | Portfólio de Arquitetura e Urbanismo | 2017-2019  

Advertisement