Issuu on Google+


Ficha técnica:

Capa:

Diretor Comercial: Pedro de Paula Paone Editora Chefe: Eliana Salles - MTB: 20.128 Entrevistas: Fernando de Syllos (FS) Coordenação PontoALL Noivas: Márcio Barbosa

Criação: Foto: Duostúdio (Guaxupé) | Cabelo e Makeup: Centro de Beleza Noivas & Cia By Humberto Arlencar (Guaxupé) | Vestido: Noivas & Cia (Guaxupé) | Arranjo: Flori- Fabiano Rossi cultura e Decoração Noivas & Cia (Guaxupé) | Modelo: Amanda Notta Pereira.

Arte final e diagramação: Rafael Polississo

Carta ao leitor:

A

primavera chegou e, com ela, a quarta edição da REVISTA PONTOALL NOIVAS E PONTOALL MAGAZINE, que está com novo formato e cheia de novidades! Nosso caderno de Noivas traz, nesta edição, as principais empresas do ramo de nossa região, com colunistas especializados que trazem muitas dicas para quem vai se casar. Na PONTOALL MAGAZINE, trazemos muitas novidades em entrevistas na área de saúde, arquitetura e decoração e o que há de melhor na gastronomia regional. Com certeza, nestas páginas variadas, você, leitor, poderá encontrar os

Impressão: Gráfica Riopardense

melhores profissionais e as melhores empresas de cada segmento. E não paramos por aí. E nem bem distribuímos esta edição, estamos correndo na elaboração da edição de dezembro, data em que a REVISTA PONTOALL completará seu primeiro aniversário e para a próxima edição, nossa equipe continuará trabalhando sério, buscando sempre novidades e muita criatividade para enriquecer cada vez mais esta mídia que chegou para ficar. Um abraço até a próxima edição.

REVISTA PONTOALL

Colaboradores: Ana Paula Pereira Agradecimentos: Alex Matheus B ataglia Ana Beatriz Godey Isoldi Gustavo Agostinelli Pablo Bataglia Soares Márcio Buffoni D’Ávila e Silva Revista PontoALL Av. Independência, 306 conj. C - Centro São José do Rio Pardo - SP (19) 3681.6567 revistapontoall@revistapontoall.com.br Elogios, críticas e sugerstões revistapontoall@revistapontoall.com.br Quero anunciar: revistapontoall@revistapontoall.com.br rossisalles@terra.com.br (19) 9148.0092 (Pedro) (19) 3681.6567

42 14 18 22 36 40 10

Musicas tradicionais nas cerimônias

44

Odontologia Veterinária Entrevista: Genezio Donizeti de Lima

Noivas, Festas e Eventos

nosso de 52 Azeite cada dia

Casamento ao ar livre

58 Entrevista: Regina Pinesi

DTM - muito sentida, mas desconhecida Os avanços da Odontologia

66 Pérolas não tem idade 2012 Saias 70 Verão longas

“Revista PontoAll não tem responsabilidade pelos conceitos emitidos nos artigos assinados e informes publicitários”.

Distribuição: Você encontra a Revista PontoALL nos anunciantes, no cartório de registro civil da sua cidade, em bancas de jornais e nas ACI e ACE. A Revista PontoALL poderá ser enviada também pelo correio pagando apenas o valor da postagem.


Músicas tradicionais nas Cerimônias Alex Matheus Bataglia (Arranjador Musicalle Orquestra)

A

Ave Maria é uma oração principal da Igreja Católica e foi escrita originalmente em latim. Ao passar dos anos, a oração da Ave Maria foi traduzida para diversos idiomas. Nos casamentos, é comum pedir a uma Soprano ou a um Tenor para cantar a Ave Maria, sendo normalmente um solista com voz especial. Outras opções para a Ave Maria cantada são a Soprano (voz feminina) ou Coral. A versão da Ave Maria em português, também pode ser cantada, mas sempre sugerimos a versão original, em latim. A Ave Maria mais famosa é a Ave Maria de BachGounod, mais conhecida como Ave Maria de Gounod (pronuncia-se Gunô), seguida pela Ave Maria de Schubert. Existem dezenas de composições com a letra da Ave Maria, composta através dos séculos. Outras versões mais conhecidas são a de Donatti, Somma e Mascagni.

14

Quais os tipos de Macha Nupcial mais usados em casamento? A Marcha Nupcial é, sem dúvida, a música mais tocada em casamentos. Todos sempre esperam a tradicional Marcha Nupcial de Mendelssohn na entrada da noiva. O famoso “tan tan tan tan...”, anunciado pelos trompetes ou clarins no altar, costumam causar muita emoção na hora da entrada da noiva. Normalmente, o noivo é quem escuta os clarins primeiro, pois fica no altar à espera da noiva; mas ao abrir a porta, a marcha nupcial

sempre emociona todos os convidados.Os DOIS TIPOS DE MARCHA NUPCIAL mais tocados são as de Mendelssohn e de Wagner. As duas são muito diferentes uma da outra e colocamos arquivos Midi (som de computador), apenas para você aprender a diferenciar as duas músicas.

Como todos já sabem que a cor do vestido da noiva é branco, sem dúvidas, também duas músicas não podem ser diferentes na cerimônia: Ave Maria e a Marcha Nupcial. Estas que se tornaram tradicionais, ao longo dos anos nas cerimônias religiosas, nunca mais saírao da memória dos presentes. É por isso que a Musicalle Orquestra sempre oferece estas músicas, com o objetivo de emocionar ainda mais, pois é um momento único e especial. Nesta 4º edição da PontoAll Noivas, veremos a diferença entre as músicas mais tocadas, e seus autores.

Para ouvi-las, acesse nosso site: www.musicalleorquestra.com.br

Veja como a letra original em Latim foi traduzida para o português

Latim Ave Maria, gratia plena Dominus tecum Benedicta tu in mulieribus Et benedictus fructus ventris tui Jesus. Sancta Maria, Mater Dei, Ora pro nobis peccatoribus Nunc et in hora mortis nostrae Amen.

Português

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amén.


Raquel e Fábio N

o dia 20 de Agosto de 2011, às

19h30, foi realizado o casamento de Raquel e Fábio Henrique. A noiva estava belíssima, com vestido da Dedo de Moça. A cerimônia foi realizada na presença dos pais da noiva, Ana de Fátima Martins da Silva e Natal Aparecido da Silva e de Neusa Angelini Celeste e Paulo Antônio Celeste, pais do noivo, e de amigos em local decorado por Fernanda Andreolli.


18


20


22


24


31


! a r e v a m i r P As flores anunciam a chegada da

A

tendência floral é recorrente na moda, e anuncia a chegada da primavera. Ela alegra as coleções, além de transmitir o clima de romantismo e nos preparar para receber os dias quentes do verão. Os designers mergulharam fundo nesse tema e trouxeram uma série de acessórios inspirados nas flores da primavera; em vários tamanhos e estilos elas enfeitam garantindo ares romântico, retrô e até mesmo étnico... portanto não importa se a cliente é loira; ruiva ou morena... clássica, moderna ou contemporânea... basta estar em harmonia para escolher o acessorio que melhor se adequa ao seu perfil e também esteja em sintonia com o penteado escolhido... INSPIRE-SE!!!

SONHE... REALIZE... SURPREENDA...

by Gustavo Agostinelli

Loira e Gustavo estética e beleza 32


A

evolução de técnicas, materiais e condutas é constante e evidente

em todas as áreas da saúde.

É com essa

filosofia, que o Dr. Márcio Buffoni D’Ávila e Silva, cirurgião-dentista, busca diariamente a excelência em seus tratamentos nas áreas de Reabilitação Oral, com implantes e Odontologia Estética. “Muitas pessoas não

Os Avanços da

sabem, mas a Odontologia moderna oferece possibilidades que até há pouco tempo,

Odontologia

eram extremamente limitadas”, observa Dr. Márcio. “Destaco, dentre essas possibilidades, as avanços na implantodontia e as porcelanas odontológicas que atingiram um nível de extrema naturalidade”.

Porcelanas de

última geração

Transformação de sorriso com clareamento e porcelanas

Implantodontia

de ponta

“Todo tratamento reabilitador, seja ele com implantes dentários ou não, começa com um planejamento minucioso. Considero esta a etapa chave do sucesso de um tratamento”, diz o cirurgião-dentista. “Além disso, há o tipo de implante a ser utilizado. Implantes não são todos iguais”, completa. Com base nisso, sua clínica faz questão de buscar o que há de mais avançado em materiais, trazendo implantes alemães que têm eficácia comprovada em diversos estudos ao longo de 20 anos de existência.

Em sua prática clínica diária, o Dr. Márcio conta com a mais recente tecnologia em transformação de sorrisos: as cerâmicas (ou porcelanas) de fluoroapatita. São materiais que conseguiram atingir um grau de altíssima semelhança com o dente natural, e em muitas ocasiões não demandam desgaste dentário. “Com muito planejamento e cuidado, são confeccionadas lâminas de porcelana extremamente delgadas, que são capazes de mudar toda a fisionomia de uma pessoa. Os resultados são empolgantes”, explica.


Treinamento na

Alemanha Em agosto último, o Dr. Márcio esteve em Frankfurt, Alemanha, para treinamento especializado em Implantes. Na oportunidade, foram ministradas palestras e procedimentos “ao vivo” pelos professores Paul Weigl, docente da Universidade de Frankfurt e referência mundial em prótese sobre implantes, e Bernhard Giesenhager, inventor de uma técnica pioneira em implan-

Grupo de especialistas em Frankfurt, Alemanha.

todontia cirúrgica. “Foram dias de intenso aprendizado e treinamento, com conhecimentos valiosíssimos para nossa conduta diária”, detalha o profissional que, durante a viagem, ainda teve a oportunidade de conhecer as instalações industriais da empresa Dentsply-Friadent, na cidade de Hanau, fabricante dos implantes Ankylos, utilizados pelo Dr. Márcio em sua clínica.

Prof. Bernhard Giesenhager

Dr. Márcio e Prof. Dr Paul Weig (Universidade de Frankfurt)

Dr. Márcio

Buffoni D’Ávila e Silva

• Graduado pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto – USP • Especialista em Dentística Restauradora • Pós-graduado em Odontologia Estética com ênfase em Reabilitação Oral • Pós-graduado em Implantodontia pelo International Team for Implantology • Assistente do curso de Aperfeiçoamento profissional em Reabilitação Oral – EAP/AORP

Instalações da empresa Dentsply em Hanau, Alemanha

marciobdavila@hotmail.com (19) 3608 3102 | 3608-4152


Odontologia Veterinária

nos dias atuais.

Drª Ana Paula Sarti Médica Veterinária - CRMV: 26.739

A

odontologia veterinária é uma área de atuação da medicina veterinária que cresce a passos largos, hoje em dia, no Brasil e no mundo, e é cada dia maior o número de clínicos que agregam a odontologia ao rol de serviços prestados em seus estabelecimentos. Uma das razões para esse crescimento atual é o passado negligenciado: enquanto a introdução de vacinas e alimentos nutricionalmente balanceados contribuiu para a quase erradicação de muitas doenças, as enfermidades bucais cresciam em proporções de epidemia, sobretudo em carnívoros domésticos. Sentiu-se então a necessidade de pesquisas e estudos mais abrangentes na área bucal dos animais, sendo que a Europa foi o continente pioneiro em publicações de pesquisas; no Brasil, a partir dos anos 90, a especialidade veio a se desenvolver e tornou-se área de grande interesse dos profissionais médicos veterinários. Atualmente, sabemos que nossos animais de estimação precisam de cuidado com os dentes, tanto quanto nós, até porque várias doenças podem mostrar sinais clínicos por meio de avaliação da cavidade bucal em geral. Os sintomas mais comuns são mau hálito, salivação intensa, presença de secreção ou muco acentuado, sangramento gengival, dor, dificuldade em apreender, mastigar ou engolir alimentos, sangramento nasal, espirros frequentes e aumentos de volume, causando deformação na boca ou nariz. Esses são os principais sinais que mostram ao proprietário de que algo não está bem com o animal. Os procedimentos odontológicos realizados em animais de estimação, devem ser realizados com equipamentos, materiais e técnicas semelhantes aos usados em seres humanos. O médico veterinário odontologista é o profissional com habilidade e conhecimento sobre a especialidade para a realização desse tipo de trabalho que requer local adequado e habilitação para estes serviços. Todos os procedimentos odontológicos realizados em animais são realizados sob anestesia geral inalatória, mas a anestesia local pode ser aliada como método anti-inflamatório, no controle da dor. As áreas de tratamento disponíveis hoje, são de igual

42

abrangência aos de seres humanos; até a ORTODONTIA (aparelho fixo ) é empregada em animais que possuem dentes mal posicionados e não conseguem se alimentar corretamente (as técnicas ortodônticas são aplicadas para corrigir a maloclusão das arcadas. Além da ortodontia, existe tratamento na área de endodontia (tratamento de canais), de dentística (restaurações, prótese e implantes), de cirurgias orais (tumores,fissuras de palato e labiais) e da periodontia (doença periodontal), que é, sem dúvida, a mais comum, principalmente, em cães e gatos. O tratamento da doença periodontal é realizado com o objetivo de interromper a destruição do suporte dentário. É feita uma remoção dos cálculos (pedras) que provocam o mau cheiro, e trata-se também o periodonto (suporte do dente), com técnicas cirúrgicas adequadas, conforme a condição observada no exame clínico e na imagem radiográfica. Em muito dos casos, quando a doença encontrase muito avançada, muitos dentes perdem o suporte pelo tamanho da invasão bacteriana na estrutura óssea; cria-se uma mobilidade grave e o dente acaba por fraturar e ser extraído. Como prevenção da doença periodontal, a profilaxia dentária é destinada aos animais que ainda não desenvolveram a doença, ou outra afecção dentária. Neste procedimento, é realizado a remoção do cálculo dentário superficial e o polimento com pasta profilática. É recomendado realizar tal procedimento anualmente a partir da idade jovem. A escovação dos dentes (com pasta dental e escova “pet”) feita pelo proprietário é fundamental para a manutenção da saúde oral e para controlar o prazo de reincidência de cálculo. Vale ressaltar que os gatos principalmente, são animais muito sensíveis aos problemas orais. Muitos deixam de se alimentar rapidamente e são tomados por uma debilidade física perigosa. A avaliação da cavidade oral dos felinos pode revelar problemas sérios, como a estomatite dos felinos - uma doença que causa muita dor levando o animal à impossibilidade de ingerir o alimento devido ao desconforto -, e a lesão de reabsorção dentária, - que se estabelece destruindo a raiz e base interna do dente, até sua fratura, causando dor aguda durante muito tempo. Os roedores e logomorfos (coelho, porco da índia, hamster, chinchila, etc) também são animais criados e mantidos como animais de estimação por muitas pessoas, e eles também necessitam de uma manutenção saudável dos dentes. A patologia mais comum encontrada nesses animais é o crescimento irregular dos dentes, podendo causar lesões na mucosa oral, dificultando a ingestão de alimentos. Além da interrupção da alimentação, o animal pode apresentar salivação intensa e dores fortes na boca. O tratamento deve ser a correção da oclusão e o ajuste da dieta. Portanto, já é mais do que hora de cuidar da boca do seu bichinho de estimação e ficar atento a qualquer sintoma que possa direcionar a algum problema de ordem odontológica. As técnicas preventivas básicas, como escovação dental semanal e alimentação saudável podem ser perfeitamente introduzidas na rotina dos proprietários; só basta um pouco de paciência e carinho!! Seu bichinho agradece!!


44


Azeit e nosso de cada dia.

Quando se fala em comida, não podemos nos esquecer dele. Muito apreciado desde a antiguidade pelo seu valor gastronômico hoje, ainda mais pelas suas propriedades preventivas e terapêuticas - o azeite é uma gordura absolutamente insubstituível. Mas qual de seus tipos? Virgem, extra virgem/ virgem extra? Essas e outras questões serão respondidas a seguir.

Pablo Bataglia Soares

Pela Saúde:

Segundo os especialistas, o azeite de oliva se consumido moderadamente (de uma a duas colheres de sopa por dia), faz muito bem para saúde, sendo ele a única gordura vegetal que pode ser ingerida virgem e crua. Estudos realizados provaram que em países que o consomem diariamente, a incidência de doenças cardiovasculares é menor. O azeite é uma gordura essencialmente monoinsaturada, rica em vitamina E e antioxidantes naturais (caroteno e polifenóis) que ajudam no combate aos “radicais livres”, que são responsáveis pelo envelhecimento celular; assim, previnem-se os efeitos nocivos da idade sobre as funções cerebrais e o envelhecimento dos tecidos e órgãos em geral. Pelo seu alto teor em ácidos gordos monoinsaturados, é também utilizado no auxílio do controle da diabetes, influenciando positivamente os valores de açúcar e gordura no sangue. Esses são apenas alguns de seus efeitos benéficos, mas não se esqueça de que, por ser uma gordura (mesmo sendo “boa”), deve ser consumida com moderação. Mas, e agora? Qual escolher?

A Escolha:

Utilizado desde os tempos mais antigos como ingrediente culinário, o azeite vem sendo redescoberto, pois, a cada dia, ele é mais e mais utilizado na cozinha moderna e saudável. O azeite tem “alma” e, como um bom vinho, possui certas características, as quais devem estar em harmonia com os demais ingredientes de uma preparação. Portanto p r e s t e atenção nessas d i cas!

Não se deixe influenciar pela: • Acidez do azeite, pois não está ligada diretamente ao seu sabor, mas sim relacionada ao estado fitossanitário das azeitonas; por outro lado, o sabor, cor e cheiro do azeite são dados por pequenos compostos chamados “menores”. • Cor do azeite, pois não está relacionada com a qualidade. Azeites mais verdes são provenientes de azeitonas mais verdes, enquanto azeites mais amarelos são provenientes de azeitonas mais maduras. Preste atenção: • Na data de fabricação, pois o azeite inicia processos de deterioração a partir do momento em que é extraído; logo, não deve ser armazenado por muito tempo. Portanto, quanto mais novo, melhor! • Na ampla gama de azeites disponíveis no mercado. Escolha em função da sua utilização culinária e do seu gosto pessoal, sendo que os tipos disponíveis são: Azeite Virgem Extra ou Extra Virgem Possui qualidade superior, com sabor e cheiro intensos, acidez igual ou inferior a 0,8%. O azeite virgem extra de sabor mais suave é ideal para o tempero de saladas e alimentos com sabor mais suave, bem como para a doçaria. Já o de sabor mais intenso é melhor com alimentos de sabor mais marcante e pode ser utilizado para a confecção de alguns molhos. Azeite Virgem Azeite de boa qualidade com sabor e cheiro de azeitona sã e acidez igual ou inferior a 2%. Ideal para assados, sopas, refogados ou marinadas. Azeite – contém azeite refinado e azeite virgem Nada mais é que azeite refinado, enriquecido com azeite virgem, aromático e frutado, com grau de acidez igual ou inferior a 1,0%, ideal para frituras devido à sua elevada resistência em altas temperaturas. É o tipo mais barato. Mesmo assim, mantém o seu valor nutritivo, tendo ponto de fumo elevado, o que permite aumentar o seu número de utilizações. Além disso, forma uma crosta na superfície dos alimentos, a qual impede a penetração do azeite no interior dos mesmos, obtendo-se assim frituras mais secas e crocantes. Entre os azeites que podem ser encontrados no mercado, existem ainda os Azeites com Denominação de Origem Protegida (DOP), os Azeites da Agricultura Biológica e os Azeites Elementares ou Monovarietais. Os azeites DOP têm sua origem numa área geográfica delimitada, com solos e clima característicos e são


exclusivamente elaborados com azeitonas de certa variedade de oliveiras. Esses fatores, aliados à forma e à tradição do saber-fazer conferem a esses azeites características inigualáveis. Já os Azeites da Agricultura Biológica são provenientes de olivais conduzidos de acordo com o modo de produção biológico, tal como previsto pela Regulamentação Europeia. E por fim, temos os Azeites Elementares ou Monovarietais, feitos apenas de uma variedade de azeitona. • Na qualidade e nos defeitos, tendo-se por qualidade sabores e aromas frutados, amargos, picantes, que remetam a maçã e amêndoa, conferidos pela variedade e pelo estado de maturação da azeitona; como defeitos o ranço e o mofo. A degustação de azeites está se tornando mais comum dia após dia. Não só por parte dos profissionais da área, mas também por qualquer pessoa que se identifique com o produto. Você que aprecia a iguaria, ou deseja ampliar seu conhecimento gastronômico, pode fazer em casa o seguinte teste: > Coloque, em um copo escuro, 15 ml de azeite; > Tape imediatamente o copo com a mão; > Coloque a outra mão na base do copo, para aquecer um pouco o azeite (o azeite, quando aquecido a uma temperatura de 28ºC, libera mais facilmente o seu aroma). > Agite o copo para mover o azeite; > Destape e inspire lentamente; > Volte a tapar o copo de prova e espere um pouco; > Engula uma pequena porção de azeite, deixando percorrer toda a cavidade bucal e descer até à garganta (durante a prova é importante inspirar um pouco de ar); > Entre provas, beba água e coma uma pequena porção de maçã, não sendo aconselhável que prove mais de 3 azeites sucessivamente, por ser laxativo, quando consumido em grande quantidade.

Curiosidades

Margarina

1 colher de chá 1 colher de sopa 2 colheres de sopa ¼ xícara ⅓ xícara ½ xícara 2/3 xícara ¾ xícara 1 xícara

Azeite

¾ colher de chá 2 ¼ colher de chá 1 ¼ colher de sopa 3 colheres de sopa ¼ xícara ¼ xícara + 2 colheres de sopa ½ xícara ½ xícara + 1 colher de sopa ¾ xícara

1 - Em bolos, pode ser usado azeite em vez de margarina, seguindo a tabela de conversão abaixo: 2 - Quando sujeito a temperatura muito baixa, o azeite pode se solidificar. Contudo, ele retomará o seu aspecto inicial, quando voltar à temperatura ambiente, sem perder suas características. 3 - O azeite deve ser guardado em recipiente de vidro, de preferência escuro, ou em recipientes de folha de flandres ou de aço inox. Deve ser mantido em local fresco, sem luz e longe de produtos com cheiros intensos para evitar que os absorva. 4 - Para extrair 1 litro de azeite são necessários, em média, 5 a 6 kg de azeitonas. Agora é só relaxar e compartilhar a experiência de degustar um bom azeite, em salgados ou doces.

Pablo

Bataglia Soares pablob_s@hotmail.com

27 anos, é formado em Cozinheiro Chef Internacional e Pâtissier, em Bacharel em Gastronomia, pela Universidade do Vale do Itajaí – SC. É autor de um estudo localizado sobre Cervejas Artesanais abordando a história da cerveja no mundo e no Brasil: estilos de cervejas, cerveja em números e cerveja artesanal; selecionado para apresentação no I Encontro Catarinense de Turismo e Gastronomia, em Balneário Camboriú.


64


Saias longas Verão 2012

A

s mulheres têm uma vasta opção quando falamos de roupas, são calças, blusas, vestidos saias, bermudas, e diversos modelos de roupas, que valorizam o corpo feminino, e que tem o poder de deixar o visual ainda mais bonito, mais elegante, e além disso, deixa o visual da mulher, muito mais feminino. Uma roupa que não pode faltar no guarda roupas de uma mulher, sem sombra de duvida, são as saias longas, principalmente no verão, afinal, essas peças são super frescas, leves e deixam o visual da mulher muito mais bonito e muito mais elegante. Além disso, essas saias são encontradas em diversos materiais, com diversas estampas, fazendo com que você combine com inúmeras peças de roupas. Porém, mesmo com tantos modelos, a moda vai ficar por conta das saias estampadas, que dão um up no visual. Separei aqui alguns modelos de saias longas para vocês darem uma olhadinha.



Pontoall Noivas Magazine - Setembro/2011 - 4ª edição