Page 1

056

PÁG.

VACILÔMETRO ADESIVOS DE SURF Ver um adesivo de surf no carro é o caminho mais fácil para ladrões identificarem quem provavelmente está dentro da água. SOLUÇÃO: mantenha seu carro sem adesivos. Assim, ninguém poderá sacar que é um veiculo de surfista, mesmo que você esteja no line-up.

VAGAS ISOLADAS O repórter da Califórnia conta que muitos surfistas americanos param o carro longe das máquinas de cobrança de estacionamento, os parquímetros. No Brasil, seria mais correto dizer que evitamos parar na cara do gol para fugir dos “flanelinhas”. SOLUÇÃO: tente estacionar num pico visível, ou num estacionamento, mesmo que tenha que desembolsar uns trocados. Se for uma praia isolada, estacione perto dos outros carros ou das casas de moradores locais.

CARRO LOTADO

FLAGRANTE PROVEITOSO O QUE VOCÊ FARIA SE DESSE DE CARA COM UM LADRÃO TENTANDO ARROMBAR O SEU CARRO?

PICAPE Qualquer carro que facilite o acesso para seu interior é uma presa fácil. SOLUÇÃO: proteja o seu carro. Se você tem uma caminhonete com janela de correr no vidro traseiro, certifique-se de que esteja sempre trancada. Bergman explica: “O ladrão que encontrei pode entrar e sair de uma caminhonete como essa em menos de 30 segundos”.

ESCONDER A CHAVE Este é de longe o erro mais comum cometido por surfistas, tanto aqui como lá fora. Colocamos a chave sobre o pneu, amortecedor ou na portinha do combustível. Ou então buscamos um local por perto, como ninjas disfarçados à procura do esconderijo perfeito. “Normalmente fazemos isso à vista dos ladrões, que estão à espreita”, avisa Bergman. SOLUÇÃO: amarre a chave na cordinha da bermuda ou do neoprene e leve-a consigo. Se for uma dessas chaves eletrônicas, peça a um chaveiro que faça uma chave reserva comum. 

LATAS VELHAS “Vamos encarar: surfistas às vezes fazem questão de andar em latas enferrujadas sobre rodas, muito mais vulneráveis”, Bergman diz. Bem, esse talvez seja um ponto em comum. Nem aquele repórter e nem este encontraram uma solução para esse problema ainda.

© MUNIR EL HAGE

Num texto publicado recentemente no site da revista “Surfer”, o repórter Ray Bergman conta que foi exatamente o que aconteceu com ele ao sair do mar antes do previsto, numa manhã ensolarada na Califórnia. “Quebrei uma quilha e minha session já era”, começa Bergman, no artigo intitulado “How to not get robbed” (como não ser roubado, em português). “O crowd era intenso e o estacionamento estava lotado. Foi quando o vi. Ele parecia ter mais ou menos 40 anos e vestia roupas de corrida. Mas era um ladrão de carros. Fiquei observando de longe, e, quando chegou no meu carro, eu estava pronto.” Então Bergman aproximou-se de mansinho, agachou-se por atrás do capô e surpreendeu o ladrão: “Está vendo alguma coisa de que gosta?”, perguntou. O bandido estava encurralado. Em vez de sair na porrada ou chamar a polícia, no entanto, o repórter surfista decidiu dar uma chance ao meliante, com a condição que ele abrisse o jogo. “Quero saber como você faz isso. Não quero saber o motivo, quero saber como.”  Na meia hora seguinte, o ladrão detalhou todos os pontos fracos que observa nos carros dos surfistas desatentos. Bergman fez uma lista de seis itens que os larápios levam em consideração antes de arrombar nossos carros. Depois liberou o bandido, que caminhou até sua Toyota e sumiu. Bergman anotou a placa e ligou para a polícia, que prendeu o ladrão em menos de meia hora.  Claro que poucas coisas desse episódio se encaixariam na realidade do Brasil. Jamais veríamos por aqui um criminoso travestido de maratonista concordar em detalhar seus métodos e, de quebra, sair fora num Toyota. Muito menos nossa polícia seria capaz de prender um ladrão em menos de meia hora. Sendo assim, adaptamos as dicas de prevenção a roubo sugeridas por Bergman ao cenário brasileiro. (B.A.)

“Encher o carro com três ou quatro camaradas, e seus equipamentos, com certeza é mais barato e divertido do que ir sozinho”, diz Bergman. O problema é que essa tralha empilhada dentro do carro também chama a atenção dos larápios. SOLUÇÃO: fique esperto ao esconder mochilas e equipamentos dentro do carro. Se estiver na orla, é aconselhável pagar um estacionamento.

Pauta: como não ter seu carro roubado enquanto você surfa - Maio de 2013, Fluir.  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you