Page 78

O caipira e o elevador O caipira vai com a família passar uns dias na cidade. Ao chegar a um hotel, parou estupefato em frente ao elevador tentando entender para que servia uma porta com tanta luzinha piscando. De repente, uma senhora bem velhinha entra no elevador, a porta se fecha e ela desaparece. Pouco depois a porta se abre novamente e o caipira dá de cara com uma garota gostosíssima. Entusiasmado, ele grita para o filho: - Josias, vá correndo chamar a sua mãe!! brincadeira de advogado Aquele advogado recém-formado estava sendo entrevistado para um emprego. - E quais são suas pretensões salariais? perguntou o entrevistador, depois de ouvir as longas digressões do candidato sobre a sua própria capacidade de assumir responsabilidades. E o salário????? - Aproximadamente uns 10.000 reais por mês, mais benefícios. - e com ar todo empertigado, perguntou: - Quais os benefícios que a sua empresa oferece? O empregador responde: - Normalmente férias de 6 semanas por ano, fundo de pensão para complementar sua aposentadoria, um Vectra novo a cada dois anos, cartões de crédito, título de um clube, plano de saúde integral para todos os dependentes e viagem aos Estados Unidos duas vezes por ano. - O senhor está brincando? - pergunta o advogado. - É claro! Mas foi você quem começou!

78

O MOTOCICLISTA Um motociclista ia a 140 km/h por uma estrada e, de repente, deu de encontro com um passarinho e não conseguiu esquivar-se: PÁ!!! Pelo retrovisor, o cara ainda viu o bichinho dando várias piruetas no asfalto até ficar estendido. Não contendo o remorso ecológico, ele parou a moto e voltou para socorrer o bichinho. O passarinho estava lá, inconsciente, quase morto. Era tal a angústia do motociclista que ele recolheu a pequena ave, levou-a ao veterinário, foi tratado e medicado, comprou uma gaiolinha e a levou para casa, tendo o cuidado de deixar um pouquinho de pão e água para o acidentado. No dia seguinte, o passarinho recupera a consciência. Ao despertar, vendo-se preso, cercado por grades, com o pedaço de pão e a vasilha de água no canto, o bicho põe as asas na cabeça e grita: - CARAMBA!, MATEI O MOTOQUEIRO ! O BEBADO NO RESTAURANTE Um bêbado estava em um restaurante tentando pegar uma azeitona de seu prato com garfo. Quando ele tentava pegar, a azeitona ia para o lado, quando ele ia de novo, a azeitona ia para o outro lado e assim por diante. Uma hora o garçon chegou para ele e falou: “Senhor, não é assim que se pega uma azeitona, vc tem q encurralar ela, quer vê.” O garçon pegou o garfo e pegou a azeitona sem nenhum problema. O bebado falou: “Tambem eu já tinha deixado ela cansada”!!!!

fama22  
fama22  

Cinthia Ribeiro Negócios Cultura e Lazer Informativo Mensal - Ano 02 Número 22 Palmas-TO O próximo registro está no início do século XVII, q...

Advertisement