Page 1

LUÍ S COR R EI A C AR ME LO

*

M A R IACH IA R A

DI

GIO RGIO


TÍTULO ORIGINAL

1.ª EDIÇÃO

Matilde

Maio, 2018

© TEXTO

ISBN

Luís Correia Carmelo

978-989-8166-39-5

© ILUSTRAÇÃO

DEPÓSITO LEGAL

Mariachiara di Giorgio

440802/18

© EDIÇÃO

Todos os direitos reservados.

Bruaá editora REVISÃO

Helder Guégués IMPRESSÃO

Norprint, Artes Gráficas S.A.

B RUA Á E D I T O R A R. Dr. Santos Rocha, 17 r/c 3080-124 Figueira da Foz bruaa@bruaa.pt | www.bruaa.pt


LU ÍS CO R R EI A C A R M ELO * M A R I ACHI A R A

DI

G I ORG I O


O Senhor Narciso fazia jus ao nome. NĂŁo havia na vila pessoa com maior autoestima e que mais se prezasse pela prĂłpria aparĂŞncia.


Um dia, ao sair de manhã, descobriu que havia uma nova loja mesmo por baixo da sua casa: a Boutique Esmeralda. Parou à frente da montra, maravilhado. Não pelas coisas expostas! Era uma loja de senhoras. O que realmente encantara o Senhor Narciso fora aquele vidro enorme em que ele se podia ver refletido, desde os sapatos bem engraxados ao cha­ péu impecável, passando pelo fato engomado religiosamente e, claro, a bengala com cabo de marfim, que ao Senhor Narciso nunca os pobres elefantes vinham à consciência.


No segundo dia em que parou à frente da boutique para se admirar ao espelho, a Menina Matilde lá estava, recém-empregada, sentada atrás do balcão, distraída com as palavras-cruzadas. Ela levantou os olhos e viu um homem elegante, o vizinho de cima, do lado de fora da loja, olhando-a fixamente através da vitrine. O homem sorriu e foi-se embora... e a Menina Matilde derreteu-se toda.


No terceiro dia, o vizinho veio outra vez e parou Ă frente da loja a olhar para ela. Ele sorriu e tirou o chapĂŠu num cumprimento... e a Menina Matilde, corando nas faces, fez-lhe um adeus tĂ­mido.


ISBN 978-989-8166-39-5

Matilde  

Texto: Luís Correia Carmelo | Ilustração: Mariachiara di Giorgio | Bruaá, 2018

Matilde  

Texto: Luís Correia Carmelo | Ilustração: Mariachiara di Giorgio | Bruaá, 2018

Advertisement