Issuu on Google+

282

23 VENDA PROIBIDA • NOT FOR SALE

PRODUTOS DUFRY Our pick of 282 Dufry products

TAMANHO-FAMÍLIA VISITA AOS ESTÚDIOS DE HARRY POTTER E O QUE LEVAR NA MALA PARA A DISNEY

junho 2013 – agosto 2013 June 2013 – August 2013

A visit to the Harry Potter studios and what to take in the luggage for Disney

E MAIS

O HUMORISTA FABIO PORCHAT NO JAPÃO

Humorist Fabio Porchat in Japan

Sebastião Salgado UMA REPORTAGEM EXCLUSIVA SOBRE UM DOS MAIORES FOTÓGRAFOS DE TODOS OS TEMPOS E SUAS VIAGENS INCRÍVEIS

An exclusive essay on one of the greatest photographers of all time and his amazing journeys

Dufry23_CAPA3.indd 1

nº 23 18/06/13 20:31


DUFRY23_FOLDER TOMMY_Pag02.indd 1

6/18/13 1:20 PM


DUFRY23_FOLDER TOMMY_Pag03.indd 1

6/18/13 1:19 PM


editorial FROM THE EDITORS

{ the back of beyond }

ONDE O VENTO FAZ A CURVA CERTO ESTAVA O FOTÓGRAFO FRANCÊS CARTIERBRESSON quando afirmou que para conhecer o mundo é preciso ser um andarilho inveterado. Nós aqui da Dufry World não só assinamos embaixo, como aproveitamos para exibir em nossa capa um legítimo representante da categoria: Sebastião Salgado. Ao longo de mais de 40 anos, pouca gente no mundo circulou tanto pelo planeta quanto o fotógrafo mineiro radicado em Paris. Foram tantas as andanças, que ele mesmo diz ter conseguido descobrir em que lugar “o vento faz a curva”. E é justamente esta a nossa missão: viajar para onde os ventos podem nos levar. Pegar carona na imaginação, ir pelos ares, cruzar fronteiras, voar sem limites... E, já que a ordem é essa, nossa primeira parada é pelos arredores de Londres, mais ao norte, nos estúdios onde os filmes de Harry Potter foram rodados. Agora o local pode ser visitado pelo público. Kate, William e Harry – sim, os próprios, os da família real britânica – já estiveram por lá, uma semana antes da presença do nosso repórter. Seguindo em frente em nossa viagem fantástica, um pit-stop pela história de Caran d’Ache, a Ferrari do mundo do lápis de cor, e um ensaio de moda baseado nos contos de fadas – com direito às presenças ilustres de Chapeuzinho, Alice, Peter Pan e Dorothy. E, para finalizar a receita, uma pitada especial: uma entrevista exclusiva com o jovem chef catalão Albert Adrià, o irmão de Ferran. O que os ventos sinalizam é que o garoto tem tudo para ser o seu sucessor. Boas férias e ótima viagem! Os editores

FOTO CAPA /COVER PHOTO DAVID AZIA/AP PHOTO/GLOW IMAGES

Dufry23_editorial.indd 10

FRENCH PHOTOGRAPHER CARTIER-BRESSON was right when he said that to get to know the world, one must be an inveterate walker. Here at Dufry World, we not only agree, but also take the chance to show on our cover a genuine member of that category: Sebastião Salgado. Over more than 40 years, few people have globetrotted more than that photographer from the Brazilian state of Minas Gerais, who now lives in Paris. He has traveled so much that he says he has found where “the back of beyond” actually is. That is exactly our mission: to travel wherever winds take us. To take a ride in imagination, let everything burst, cross borders, fly with no limits... So, appropriately, our first stop is in the northern outskirts of London, in the studios where the Harry Potter films were shot. Now the place can be visited by the public. Kate, William and Harry – yes, themselves, from the British royal family – have already been there, a week before our reporter’s visit. Continuing on our fantastic voyage, a pit stop in the history of Caran d’Ache, the Ferrari of color pencils, and a fashion essay based on fairy tales – complete with Little Red Riding Hood, Alice, Peter Pan and Dorothy. We finish the recipe with a special pinch: an exclusive interview with young Catalan chef Albert Adrià, Ferran’s brother. What winds signal is that the kid has all it takes to be Ferran’s successor. Have great vacations and a nice trip! The editors

FOTO PHOTO SEBASTIÃO SALGADO/AMAZONAS IMAGES

17/06/13 14:09


colaboradores CONTRIBUTORS Expediente Staff Dufry World #23 Presidente President JOSÉ CARLOS ROSA Conselho Editorial Editorial Board CARLOS SARLI, DANIELLE TROCCOLI, CRISTINA COELHO, MÁRIO PORTELA, RAQUEL SALOMÃO, NELI GANDRA, MARIO ROLLA e TAINAH CORRÊA

Idealizador do portal de humor Porta dos fundos, FABIO PORCHAT é o tipo de viajante que gosta de explorar o mundo sem roteiro. Na crônica, ele relata suas experiências com toque de improviso. Creator of the Porta dos Fundos (“Backdoor”) humor portal, Fabio Porchat is a traveler who likes to explore the world with no itinerary. In the essay, he tells about his experiences with a touch of improvisation.

DANIEL ARATANGY já fotografou para as revistas mais importantes de moda e lifestyle. Expert no assunto, comandou os cliques do editorial desta edição. Daniel Aratangy has photographed essays for the most important fashion and lifestyle magazines. He signs the clicks of our fashion editorial.

12

EVA UVIEDO, artista gráfica, é argentina, mas encontrou seu lugar em São Paulo. Prefere desenhar à moda antiga: pincéis, canetas e tintas, cola e durex. Criadora do site www.evauviedo.com.br, fez a ilustração do ensaio “Era uma vez ...”. Graphic artist Eva Uviedo is Argentine, but found her place in São Paulo. She prefers to draw in the old-fashioned way: brushes, pens and paint, glue and tape. Creator of www. evauviedo.com.br, she illustrated the essay “Once Upon a Time...”. FELIPE PAGANI vive em Londres há dez anos e trocou a carreira de músico pelas lentes. Ele registrou os cenários dos filmes da saga Harry Potter durante o tour pelos estúdios da Warner Bros. Felipe Pagani has been living in London for ten years and traded his musician’s career for lenses. He clicked the sets of the Harry Potter movies on the Warner Bros. studios tour.

NELSON VASCONCELOS é editor executivo do grupo Ejesa, que publica os jornais O Dia, Meia Hora e Brasil Econômico. Apaixonado por fotografia, escreveu o perfil de Sebastião Salgado para a Dufry World. Nelson Vasconcelos is the executive director of Ejesa Group, which publishes the newspapers O Dia, Meia Hora and Brasil Econômico. Passionate about photography, he wrote Sebastião Salgado’s profile for Dufry.

Revista Dufry World Dufry World Magazine Editor Publisher PAULO LIMA Diretor Superintendente Superintendent Director CARLOS SARLI Diretor Editorial Editorial Director FERNANDO LUNA Diretora de Criação Creative Director CIÇA PINHEIRO Diretora de Núcleo Unit Director RENATA LEÃO Diretor Financeiro Finance Director AGENOR S. DOS SANTOS Diretora Comercial Commercial Director ISABEL BORBA Diretora de Eventos e Projetos Especiais Proprietários Special Proprietary Events and Projects Director ANA PAULA WEHBA Projeto Gráfico Graphic Design ESTÚDIO SAMAMBAIA Diretora de Redação Pro-tem Copy Director MALU VERGUEIRO Diretora de Arte Design Director MARINA GARCIA Editoras Editors LETICIA DE CASTRO e RAQUEL FORTUNA Produção Executiva Executive Producer JULIANA PROCESSO Editora de Arte Design Editor MARIA EUGÊNIA GATTAZ Produção Production STEPHANIE STUPELLO e VIVIAM ALMEIDA Produção Gráfica Graphic Production WALMIR S. GRACIANO Produtor Gráfico Graphic Producer CLEBER TRIDA Tratamento de Imagens Image Treatment ROBERTO LONGATTO e ROBERTO OLIVEIRA Coordenadora de Revisão Proofreading Coordination ECILA CIANNI Revisão Proofreading ADRIANA RINALDI, JANAÍNA MELLO e MARCOS VISNADI Coordenador de Pesquisa de Imagens Image Research Coordinator ALDRIN FERRAZ Bibliotecário Librarian DANIEL ANDRADE Estagiárias Interns GABRIELA LIE e NATALY RODRIGUES Departamento Comercial Publicidade Commercial Advertising Department Diretor de Publicidade Advertising Director HEITOR PONTES Supervisora de Projetos Especiais e Planejamento Comercial Special Projects and Commercial Planning Supervisor ANA CAROLINA COSTA OLIVEIRA Assistente Comercial da Diretoria Commercial Assistant to the Publisher GABRIELA TRENTIN Gerente de Publicidade Mercado Segmentos Advertising Manager for Special Markets CLAUDIA ATALA Coordenadora Comercial e Atendimento Commercial and Service Coordination VANESSA SOARES Assistente de MKT Publicitário Commercial Advertising Assistant FABIANA CORDEIRO Gerentes de Contas Account Managers FLAVIA MARANGONI, PAULO PAIVA e ROBERTA RODRIGUES Executivos de Contas Account Executives MARCELO MILANI E THAIS MENEGHELLO Gerente de Contas On-line On-Line Account Manager MARCO GUIDI Executiva de Contas On-line On-Line Account Executive FERNANDA SIQUEIRA Assistente Comercial On-line On-Line Commercial Assistant SHARON AJZENTAL Tráfego Comercial Flow ALINE TRIDA Assistente de Opec Commercial Operations Assistant CRISTIANE ALMEIDA Para anunciar Advertising Contact publicidade@trip.com.br 55 11 3898-8227 International Sales International Sales MULTIMEDIA, INC. (USA) info@multimediausa. com Representantes Representatives ARGENTINA ROBERTO RAJMILEVICH ra@ar.inter.net BA ROMÁRIO JÚNIOR romario@upmidia.info DF ALAOR MACHADO alaormachado@a2representacao.com.br MG RODRIGO FREITAS rodrigobox@me.com PE WLADMIR ANDRADE wladmir.recife@omegamidia.com. br PR RAPHAEL MÜLLER raphaelmuller@consultoriaresultado.com.br RJ JULIANA ROCHA juliana.rocha@gsbmidia.com.br RJ (Trip e Tpm) X REPRESENTAÇÃO alexandralibero@gmail.com RS/SC ADO HENRICHS ado@trip.com.br SE PEDRO AMARANTE pedroamarante@gabinetedemidia.com.br SP INTERIOR DANIEL PALADINO dpaladino@ld2comunicacao.com.br Gerente de Negócios Business Manager IZABELLA ZUANAZZI Colaboraram nesta edição Contributors for this issue Texto Text BETTINA HANNA, CAIO FERRETTI, FABIO PORCHAT, FÁTIMA TELLES, GABRIEL WEIL, GABRIELA BORGES, NELSON VASCONCELOS, PATRÍCIA COLOMBO e VALÉRIA FRANÇA Edição de Moda Fashion Editor PATRIZIA RAMALHO Foto Photography CAROLINA QUINTANILHA, CRUZ MENDIZABAL, DANIEL ARATANGY, EDUARDO DELFIM, FELIPE PAGANI, FLAVIO BATTAIOLA e ROGÉRIO MIRANDA Ilustrações Illustrations EVA UVIEDO, KAUÊ GARCIA e MAURÍCIO PIERRO Produção de Moda Fashion Producer MARIANA ROTTA Beleza Makeup CELSO FERRE (ABÁ MGT) e MÔNICA SANTANA Tradução Translator GOYTÁ F. VILELA JR. Revisão do Inglês English Proofreading MÁRIO VILELA Impressão Printing IBEP GRÁFICA A revista Dufry World é uma publicação trimestral da Trip Editora e Propaganda S/A. www.tripeditora.com.br Redação e Publicidade: Rua Cônego Eugênio Leite, 767. CEP: 05414-012, São Paulo, SP. Tel. 55 11 2244-8747. Envie seus comentários para a redação pelo e-mail: dufryworld@trip.com.br. Dufry World magazine is a quarterly publication by Trip Editora e Propaganda S/A. Rua Cônego Eugênio Leite, 767 CEP: 05414 012, São Paulo, SP, Brazil. Tel. 55 11 2244 8747. Send your comments or suggestions to dufryworld@trip.com.br. A Trip Editora, consciente das questões ambientais e sociais, utiliza papéis Suzano com certificação FSC (Forest Stewardship Council) na impressão deste material. A certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. Impresso na IBEP Gráfica – certificada na cadeia de custódia – FSC.

FOTOS PHOTOS COLABORADORES DIVULGAÇÃO/ ARQUIVO PESSOAL

Dufry23_COLABORADORES_2.indd 12

18/06/13 18:21


edição 23 • junho a agosto de 2013 issue 23 • June - August 2013

O ANDARILHO { the walker }

{

O mestre da fotografia Sebastião Salgado e seus caminhos pelo mundo

Master photographer Sebastião Salgado and his trails throughout the world

{

itinerário ITINERARY

26

32 14

16

VOLTA AO MUNDO { around the world } Dicas imperdíveis, histórias e outras descobertas pelo planeta

Mustn’t-miss tips, stories and findings around the globe

26

DICA DE VIAJANTE { travelers’ tips } Boas compras nas lojas Dufry Brasil

Great shopping at Dufry Brazil stores

40

UM DIA DE BRUXO { wizard for a day } Nosso repórter foi conhecer os estúdios da Warner Bros., em Londres, onde os filmes de Harry Potter foram rodados

Our reporter saw the Warner Bros. studios in London where the Harry Potter films were shot

48

LÁ EM CASA { at home} Tom e Patricia, os donos do hotel-butique Home, em Buenos Aires, recebem os hóspedes como velhos amigos

Tom and Patricia, owners of the Home boutique hotel in Buenos Aires, welcome guests like old friends

54

O SUCESSOR { the successor } Um perfil de Albert Adrià, o irmão caçula do chef catalão Ferran Adrià que também descobriu a paixão pela gastronomia

A profile of Albert, Catalan chef Ferran Adrià’s younger brother, who also developed a passion for gastronomy

40

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO TASCHEN (O ANDARILHO); CRUZ MENDIZABAL (LÁ EM CASA); FELIPE PAGANI (UM DIA DE BRUXO)

Dufry23_SUMARIO_2.indd 14

18/06/13 18:22


58

48 58

TRAÇO PERFEITO { perfect lines } A história da Caran d’Ache, a marca dos lápis de cor mais famosos do mundo

70

The history of Caran d’Ache, maker of the world’s most famous color pencils

66

FAMÍLIA AO MAR { family at sea }

78

A blogueira Sut-Mie Guibert dá detalhes de uma viagem de navio com crianças a bordo

Blogger Sut-Mie Guibert tells the details of a cruise with children aboard

70

MODA { fashion } Os contos de fada inspiram os looks do ensaio fotográfico da edição

Fairy tales inspire the looks of this issue’s photographic essay

78

PRODUTOS DUFRY BRASIL { products from Dufry Brazil } Os tons dos esmaltes e batons da temporada

The hues of this season’s nail polishes and lipsticks

94

CRÔNICA { essay } A viagem do humorista Fabio Porchat ao Japão

Humorist Fabio Porchat’s trip to Japan

98

ÚLTIMA CHAMADA { last call } A elegância da bolsa Selma, de Michael Kors

The elegance of the Selma satchel purse by Michael Kors

Dufry23_SUMARIO_2.indd 15

94 18/06/13 18:22


Dicas imperdíveis, boas histórias e descobertas pelo planeta // Mustn’t-miss tips, great stories and findings

VOLTA AO MUNDO Edição By PATRÍCIA COLOMBO E RAQUEL FORTUNA Colaboração Contributors BETTINA HANNA E CAIO FERRETTI

around the world

16

CROÁCIA Croatia

A PARTILHA Quando o assunto é fim de casamento, há quem fique em pé de guerra, há quem jogue as coisas pela janela. No caso do ex-casal croata Olinka Vistica e Drazen Grubisic, a situação deu origem a uma ideia no mínimo inusitada. Percebendo a dificuldade de definir o destino daqueles objetos de valor afetivo que fizeram parte da história do casamento, a dupla resolveu transformar os pertences em arte e criou uma exposição que já rodou o mundo – e que deve vir ao Brasil ainda este ano. Além dos itens dos curadores, a coleção conta com doações de anônimos que passaram pela mesma situação. O material pode ser conferido também no Museum of Broken Relationships, Relationships que nasceu com o sucesso da mostra itinerante e fica instalado em Zagreb, na Croácia.

ASSET DIVISION – When a marriage ends, some people go into a state of war, while others throw things out of the window. In the case of former Croatian couple Olinka Vistica and Drazen Grubisic, what arose from that was unusual, to say the least. Realizing how difficult it was to define the fate of objects with emotional value that were part of the marriage, they decided to turn their belongings into an art exhibit that has traveled the world – and should come to Brazil later this year. In addition to the curators’ items, the collection has some from anonymous donors who had the same problem. The material can also be checked in the Museum of Broken Relationships, in Zagreb, Croatia, which appeared after the success of the traveling exhibit. www.brokenships.com

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 16

17/06/13 14:17


recuerdos

RECUERDOS Marina Klink,

fotógrafa photographer

“Amyr [Klink, seu marido] encontrou esta manilha em uma antiga estação baleeira na Geórgia do Sul, numa poça de lama de elefantes-marinhos, em frente às ruínas da antiga casa do gerente do local. Foi ali que o explorador Ernest Shackleton buscou ajuda durante uma tentativa de travessia da Antártica a pé, em 1914. Chamamos o suvenir de Manilha do Shackleton.” “Amyr [Klink, her husband] found this manacle in an old whaling station in South Georgia, in an elephant seal mud puddle in front of the ruins of the old station manager’s house. It was there that explorer Ernest Shackleton went to look for help during an attempt to cross Antarctica on foot in 1914. We call the souvenir Shackleton’s Manacle.”

BORDEAUX Bordeaux

TRILHA DE HEMINGWAY Produtora de alguns dos vinhos mais apreciados do mundo, a região de Bordeaux, na França, já contou com habitués ilustres, como o escritor Ernest Hemingway e o ex-presidente dos EUA Thomas Jefferson. O primeiro, inclusive, escolheu o nome de sua neta, a atriz e modelo Margaux, em homenagem ao requintado Château Margaux. Inspirado nesses personagens, o Grand Hôtel de Bordeaux & Spa criou roteiros com visitas aos locais prediletos da dupla, com direito a degustação de vinhos. HEMINGWAY’S TRAIL – Producing some of the world’s most appreciated wines, the Bordeaux region in France has had illustrious frequent visitors, such as writer Ernest Hemingway and U.S. President Thomas Jefferson. Hemingway even chose the name of a granddaughter, actress and model Margaux, as a tribute to classy Château Margaux. Inspired by such personalities, the Grand Hôtel de Bordeaux & Spa has created tours visiting the two men’s favorite places, including wine tasting. www.ghbordeaux.com FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO (BOURDEAUX) ; FLAVIO BATTAIOLA (STILL RECUERDOS); ARQUIVO PESSOAL (MARINA KLINK)

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 17

17/06/13 14:17


volta ao mundo AROUND THE WORLD

EDIMBURGO Edinburgh

PARA ESCOCÊS VER Por By Caio Ferretti

18

Edimburgo, na Escócia, não costuma estar no roteiro de viagem de quem vai ao Reino Unido, mas deveria

FOR SCOTSMEN’S SAKE – Edinburgh, Scotland, is not usually in the itinerary of visitors to the United Kingdom, but it should

HÁ ALGO QUE OS ESCOCESES adoram ressaltar logo no início de uma conversa: eles são mais acolhedores e animados que os vizinhos ingleses. É com esse discurso, aliás, que o simpático Andy Fraser, um homem de bochechas rosadas vestido com um típico kilt escocês, nos recebe no luxuoso hotel The Balmore, onde trabalha, enquanto serve uma dose de whisky. Há de se concordar com Andy. E Edimburgo prova que ele tem razão. Fato é que os escoceses gostam de fazer tal comparação por saberem que, em geral, os turistas de passagem pelo Reino Unido se limitam a visitar Londres. E ignorar a capital escocesa é, sim, um equívoco. A própria rainha Elizabeth II tem em Edimburgo sua residência de férias, o palácio de Holyroodhouse, onde costuma ir no verão. Além da visita real, na mesma estação do ano a cidade também recebe o Festival Internacional de Edimburgo. Por três semanas acontecem eventos de música, arte e teatro. A capital é pequena – não chega a 500 mil habitantes – e pode ser separada em cidades velha e nova. A primeira mantém o estilo medieval, costurada por pequenas vielas e com vista para o castelo de Edimburgo. A segunda, apesar do nome, começou a ser construída em 1766 e tem vários parques e prédios georgianos. Em comum, só o fato de serem Patrimônio da Humanidade pela Unesco – e a população com as comparações com os ingleses. A seguir, o que você não pode deixar de conhecer por lá.

THERE IS SOMETHING THAT SCOTS love to stress right at the start of a talk: they are more hospitable and livelier than their neighbors, the English. It is saying so, by the way, that congenial Andy Fraser, a pink-cheeked man dressed in a kilt, welcomes us at the luxurious The Balmore, the hotel where he works, while he serves us a draft of whisky. One has to agree with Andy. And Edinburgh proves him right. It is a fact that Scots like to compare themselves to the English because they know that, generally, tourists in the United Kingdom limit their visits to London. And ignoring the Scottish capital is, yes, a mistake. It is there that Queen Elizabeth II herself has her vacation home, Holyroodhouse Palace, where she usually goes in summer. In the same season, the city hosts the Edinburgh International Festival, with three weeks of music, art and theater events. The capital is small – less than 500,000 inhabitants – and can be divided into two parts: Old Town and New Town. The former keeps the medieval style, held together by little alleys overlooking Edinburgh Castle. The New Town started being built in 1766 and has several Georgian parks and buildings. In common, they have the fact of being Unesco World Heritage sites – and the same lively population. We have highlighted what you cannot miss seeing in the city.

FOTOS PHOTOS ALAN COPSON / GETTY IMAGES (ABRE) ; WARWICK KENT / GETTY IMAGES (CASTELO EDIMBURGO)

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 18

17/06/13 14:18


2

THE SCOTCH WHISKY EXPERIENCE

1

CASTELO DE EDIMBURGO O castelo fica no topo de uma rocha e dali se veem a diferença entre as duas cidades, nova e velha, e um braço do mar do Norte no horizonte. A vista, por si só, já vale a ida. Mas o imponente castelo também tem séculos de importância política. A pedra em que são coroados os reis britânicos fica exposta lá. EDINBURGH CASTLE The castle stands on top of a rock, and from there you can see the difference between both parts of the city, New and Old, and an inlet of the North Sea on the horizon. The sight by itself is worth going there, but the imposing castle also has centuries of political importance. The stone on which British monarchs are crowned is exhibited there.

This is the world’s largest collection of whisky bottles. There are almost 3,500 pieces, which, curiously, were gathered by a man from São Paulo, Claive Vidiz. Four years ago, the collection was bought by Diageo beverage company and taken there. One can also take a tour at the place explaining the production of the drink. 354, Castlehill, The Royal Mile www.scotchwhiskyexperience.co.uk

19 { DUFRY }

Ali está a maior coleção de garrafas de whisky do mundo. São quase 3.500 peças que, curiosamente, foram reunidas por um paulista, Claive Vidiz. Há quatro anos a coleção foi comprada pela empresa de bebidas Diageo e levada para lá. No lugar também é feito um tour que explica a produção da bebida e os diferentes tipos, além de haver degustação.

THE ELEPHANT HOUSE A placa na entrada do café diz: “Lugar de nascimento do Harry Potter”. Foi ali que a autora J. K. Rowling começou a rabiscar as primeiras palavras do livro que viraria sucesso. O terceiro livro da série, aliás, também foi escrito na cidade, no quarto 552 do hotel The Balmore.

3

The sign at the entrance says: “Harry Potter’s birthplace.” It was there that author J.K. Rowling started to scribble the first words of the series that would become a success. The third book of the series, by the way, was also written in the city, in The Balmore’s room 552. 21, George IV Bridge – www.elephanthouse.biz

www.edinburghcastle.gov.uk

FOTOS PHOTOS ILPO MUSTO/REX FEATURES/GLOW IMAGES ; NEIL MORRISON/CAMERA PRESS/OTHER IMAGES ; PHIL REES/REX FEATURES; DIVULGAÇÃO

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 19

17/06/13 14:18


volta ao mundo AROUND THE WORLD

HIGHLAND PARK

ORIENTE-se orientation

20

LOS ANGELES LADO B Los Angeles, side B VISITAR A CALÇADA DA FAMA, o famoso Chinese Theatre e tirar fotos com a placa de Hollywood ao fundo são passeios típicos de quem vai a Los Angeles. Mas existe uma região da “cidade proibida” que vale o desvio de rota: Highland Park. Antes tida como um gueto latino, essa área vem conquistando cada vez mais artistas, músicos e pessoas interessadas em uma LA menos caricata. Com casas em estilo vitoriano e muitas opções para a noite, Highland Park definitivamente é a bola da vez. Tudo acontence na York Boulevard e o Café de Leche pode ser considerado um dos estabelecimentos pioneiros na revitalizaçao do lugar. O café é realmente bom e o mais popular é a orchata com espresso. Não muito longe dali você vai encontrar a Wombleton Records, Records uma simpática loja de vinil com inúmeras raridades e um staff bem atencioso, que não vai fazer cara feia se você for lá só para olhar. Se a ideia é tomar uns drinks, vá ao The York. Eles gostam de dizer que é um gastropub, já que o lugar fica York animado durante a noite mas também conta com menu interessante – com direito a brunch aos sábados e domingos. Outro lugar ótimo é o Sonny’s Hideaway, Hideaway um pouco mais arrumadinho, mas sem perder a linha casual do bairro. Experimente o Napali Death Toll, um drink à base de rum, maracujá, limão e canela vietnamita. Mais um detalhe: se por acaso a sua visita cair no segundo sábado do mês, aproveite o festival de arte Second Saturday, com as lojas abertas até altas horas, exposições nas ruas Saturday e “food trucks” com muitas opções do que comer. Por By Bettina Hanna

VISITING THE WALK OF FAME and the famous Chinese Theatre and taking pictures with the “Hollywood” lettering behind are typical of a Los Angeles tour. But there is an area of the city that is worth a detour: Highland Park. Formerly considered a Latin ghetto, this area has been attracting more and more artists, musicians and persons interested in a less caricatural LA. With Victorian houses and many options for the night, Highland Park is definitely the current trendy spot. Everything happens on York Boulevard, and Café de Leche can be considered one of the pioneer places in revitalizing the area. The coffee is really good, and the most popular is horchata with espresso. Not far from there is Wombleton Records, a nice vinyl record store with countless rarities and helpful staff who will not frown upon you going there just for a look. If the idea is having some drinks, go to The York. They like to say it is a gastropub, as the place gets lively at night but also has an interesting menu, including a Saturday and Sunday brunch. Another great place is Sonny’s Hideaway, a little neater, but still in the district’s casual style. Try the Napali Death Toll, a drink with rum, passion fruit, lime and allspice. One more thing: if your visit happens on the month’s second Saturday, enjoy the Second Saturday art festival, with stores open until late night, exhibitions on the streets and food trucks with lots of choices to eat. THE YORK 5.018, York Blvd, www.theyorkonyork.com

SONNY’S HIDEAWAY 5.137, York Bldv, www.sonnyshideaway.com

CAFÉ DE LECHE 5.000, York Blvd, www.cafedeleche.net

WOMBLETON RECORDS 5.123, York Blvd, wombletonrecords.com

SECOND SATURDAY www.2ndsaturdaysdowntown.com MAPA MAP MAURICIO PIERRO

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 20

17/06/13 14:18


airplane tales

HISTÓRIAS

de AVIÃO

“Certa vez, em um voo em que eu estava, um homem viajava sozinho com

www.corralco.com

CHILE Chile

NA PISTA

ON THE SLOPE – A less obvious option when it comes to skiing in South America, Valle Corralco Mountain & Ski Resort, in the MalalcahuelloNalcas National Reserve, Chile, opens its first hotel in June. The Valle Corralco Hotel & Spa has 54 luxury rooms and spaces such as a nursery, movie theater, gym, restaurant with a selection of Chilean wines, and a modern spa, ideal to relax between descents on some of the mountain’s 25 slopes. Rates from US$191.

um bebê. Só que a criança, que era filha de uma amiga dele e ia encontrar os avós, não parava de chorar. Foi então que eu resolvi ajudar. Troquei fraldas, coloquei roupa e dei leite, até contornar a situação. No fim, o bebê ficou no meu colo por mais de 8 horas de voo e acabou sendo entregue por mim aos avós.” “Once I was on a flight and a man was traveling alone with a baby, but the child didn’t stop crying. She was the daughter of a friend of his and was to be given to her grandparents. So I went to help. I changed diapers, put clothes on her, gave formula, and gradually the situation was worked around. The baby stayed on my lap for over eight hours, and I was the one who gave her to the grandparents.”

21 { DUFRY }

Opção menos óbvia quando o assunto é esqui na América do Sul, o Valle Corralco Mountain & Ski Resort, a 1h30 de Temuco, no sul do Chile, abre em junho seu primeiro hotel. O Valle Corralco Hotel & Spa conta com 54 quartos de luxo, sala de cinema, ginásio, restaurante com selecionada carta de vinhos chilenos, e spa, ideal para relaxar entre uma descida e outra em alguma das 25 pistas da montanha. Diárias a partir de US$ 191.

Astrid Fontenelle, apresentadora TV host

www.corralco.com

NOVA YORK New York

RITMO DE FESTA Disco music, swing, salsa, calipso e jazz são alguns dos ritmos que poderão ser conferidos no Midsummer Night Swing, Swing festival que completa 25 anos e conta com shows de artistas de diversos gêneros, como a Spanish Harlem Orchestra (foto) e a cantora Calypso Rose. Há ensaios de dança antes das apresentações e o evento rola a céu aberto, entre 25 de junho e 13 de julho no Damrosch Park, no Lincoln Center. As entradas por dia custam US$ 17 e há pacotes de ingressos com preços que variam entre US$ 60 e US$ 170.

PARTY MOOD – Disco music, swing, salsa, calypso and jazz are some of the rhythms that will be at the Midsummer Night Swing festival, which is turning 25 and has shows of artists of several genres, such as the Spanish Harlem Orchestra (pictured) and singer Calypso Rose. There are dance rehearsals before presentations, and the event happens outdoors, from June 25 through July 13, in Damrosch Park, in the Lincoln Center. Day tickets cost US$17, and there are ticket packages ranging from US$60 to US$170. midsummernightswing.org

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 21

17/06/13 14:19


volta ao mundo AROUND THE WORLD

22

PARA MENORES MANTER AS CRIANÇAS OCUPADAS durante as férias é um verdadeiro desafio para os pais. A boa notícia é que há uma infinidade de atividades inusitadas para garantir a diversão dos pequenos onde quer que se esteja. KEEPING CHILDREN BUSY on vacation is a real challenge for parents. The good news is that there are lots of unusual activities to ensure the kids’ fun wherever you are. SUÍÇA SWITZERLAND

International Summer Camp Montana No acampamento de verão dos Alpes é possível praticar atividades como golfe, tênis, escalada, além de

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 22

aulas de idiomas como inglês, francês e espanhol. In this summer camp in the Alps, it is possible to do activities such as golf, tennis and climbing and learn languages such as English, French and Spanish.

{ for children }

vacation program includes lodging and soccer lessons with the team’s coaches for the young categories. It appeared in Italy, but ended up being adopted in other countries, including Brazil www.milanjuniorcamp.com

www.campmontana.ch

FRANÇA FRANCE ITÁLIA ITALY

Milan Junior Camp O programa de férias do Milan conta com hospedagem e aulas de futebol monitoradas por treinadores das categorias de base do clube. Nasceu na Itália, mas acabou sendo adotado em outros países, inclusive no Brasil, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. For boys and girls good at soccer, Milan’s

Cook’n with Class Na escola, que fica em Paris, as aulas para os pequenos são em inglês e duram 2 horas. O cardápio traz receitas locais, como fondant e mousse de chocolate. In this Paris school, classes for kids are in English and take 2 hours. The menu has local recipes, like fondant and chocolate mousse. www.cooknwithclass.com

17/06/13 14:19


layover

O que conhecer quando a parada é no aeroporto de Schiphol What to see when the layover is at Schiphol Airport

4h

O mercado flutuante de flores Bloemenmarkt, no canal Singel, é um dos Bloemenmarkt pontos mais tradicionais da cidade. A 25 minutos do aeroporto.The Bloemenmarkt floating flower market, on the Singel canal, is one of the city’s most traditional spots, 25 minutes from the airport.

AMSTERDÃ Amsterdam

ESCALA

Singel, 610-616. Tel.: +31 20 625 8282

23 { DUFRY }

6h

GRÉCIA GREECE

Sandcastle O Kids Club hospeda crianças de 5 a 12 anos e fica no Westin Costa Navarino Resort. As atividades incluem aulas sobre cultura grega e passeios ecológicos. This kids’ club hosts children aged 5 to 12 in the Westin Costa Navarino Resort. Activities include Greek culture lessons and ecological rides. www.westincostanavarino.com/sandcastle

ESTADOS UNIDOS U.S.A.

Metropolitan Museum of Art O museu nova-iorquino oferece atividades gratuitas, como leitura e aulas de educação artística, para crianças de 1 ano e meio a 12 anos, com

a presença dos pais. The New York museum offers free activities, like reading and art lessons, for children from 1.5 year to 12, with the parents’ presence.

Vá conhecer a loja Concerto, Concerto com 50 anos de tradição, que conta com achados de CDs e vinis. A 25 minutos do aeroporto. Go see the Concerto store, with a 50-year tradition in rare records, both vinyl and CD, 25 minutes from the airport. platomania.eu

www.metmuseum.org

AUSTRÁLIA AUSTRALIA

Sydney Trapeze School Na escola de circo em Sydney, as crianças aprendem atividades como malabares e acrobacias. É preciso reservar a visita com antecedência. In the circus school in Sydney, children learn activities like juggling and acrobatics. Visits must be booked in advance. sydneytrapezeschool.com

8h O Museu Van Gogh, Gogh que acaba de ser reformado, abriga a maior coleção do mundo de obras do pintor pósimpressionista. The newly renovated Van Gogh Museum hosts the world’s largest collection of works by the Post-Impressionist painter. www.vangoghmuseum.nl

FOTOS PHOTOS VISUALS CINTRACT ROMAIN / HEMIS.FR / GLOW IMAGES (BLOEMENMARKT); JOHN KELLERMAN / ALAMY / GLOW IMAGES (MUSEU VAN GOGH); DIVULGAÇÃO (ACAMPAMENTOS); KICK SMEETS/HOLLANDSE-HOOGTE (CONCERTO)

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 23

17/06/13 14:20


CHECK-in

volta ao mundo AROUND THE WORLD 1

TERRA DA FANTASIA Recém-inaugurada, a nova Fantasyland é o maior projeto de expansão em mais de 40 anos do Magic Kingdom e conta com mais atrações e cenários. Não deixe de levar a câmera na bolsa para registrar tudo. FANTASYLAND Brand-new Fantasyland is the largest expansion project in the Magic Kingdom in over 40 years and has more attractions and sets. Don’t forget the camera to click everything. 2

4

3

DOMINGO NO PARQUE PARA APROVEITAR DIAS DE DIVERSÃO NA DISNEY, DESTINO MAIS DO QUE EM ALTA NESTA TEMPORADA, INVISTA EM ITENS BÁSICOS NA MALA DE VIAGEM

24

READY FOR FUN TO ENJOY FUN DAYS AT DISNEY, A TOP DESTINATION THIS SEASON, INVEST IN BASIC ITEMS IN YOUR LUGGAGE

5

6

LOOK DO DIA

7

8

9

O uniforme diário deve ser leve e confortável. Boné e óculos escuros para proteger do sol, relógio para controlar o tempo e um bom par de tênis são indispensáveis. DAY LOOK The day attire should be light and comfortable. A cap and shades for protection from the sun, a watch to to keep track of time and a good pair of sports shoes are indispensable. 10

1. Bonecos Pop Disney Branca de Neve e Pateta Pop Disney Snow White and Goofy puppets 2. Jogo Carros 2 Copag Copag Cars 2 card game 3. Bolsa Tommy Hilfiger Tommy Hilfiger purse 4. Polo Tommy Hilfiger Tommy Hilfiger polo 5. Relógio Adidas Adidas watch 6. Boné Gap Gap baseball cap 7. Tênis Lacoste Lacoste sneakers 8. Havaianas Disney Havaianas Disney flip-flops 9. Filmadora JVC JVC moviecam 10. Óculos Carrera Carrera sunglasses

FOTOS PHOTOS EDU DELFIM (STILLS); DIVULGAÇÃO

Dufry23_VoltaAoMundo5.indd 24

17/06/13 14:20


Site Dufry Shopp.indd 1

6/6/12 12:57 PM


viajante DICAS DE

DESCUBRA O QUE UMA TURMA QUE COSTUMA RODAR O MUNDO TEM COMPRADO NAS LOJAS DUFRY

FIND OUT WHAT FREQUENT FLIERS LIKE TO SHOP FOR AT DUFRY STORES

Perfume Pe Davidoff Da Cool Water Co Da Davidoff Co Cool W Water pe perfume

Óculos Polo Ralph Lauren Polo Ralph Lauren sunglasses

Bolsa Guess Guess purse

Estojo de sombras Guerlain

Nintendo 3DS

Guerlain eyeshadow kit

Nintendo 3DS

26 Sombras Bourjois Bourjo Bourjois eyeshad ow kit eyeshadow

Chocolate Lindt

Relógio Nivada

Lindt chocolate

Nivada watch

Demaquilante D Lancôme L

Lenço Hermès

Bolsa DKN DKNY Y

Hermès scarf

DKNY purse pur e

L Lancôme m make-up cleanser

“Na volta da última viagem a Nova York, passei no duty free para comprar presentes que faltaram para a família. Para mim, levei o Lancôme demaquilante Bi-Facil, da Lancôme.” “Back from my last trip to New York, I stopped by the duty free shop to buy some remaining gifts for my family. For myself, I got Lancôme’s Bi-Facil make-up cleanser.”

DICA DE VIAJANTE.indd 26

LETÍCIA SPILLER atriz / actress

17/06/13 19:45


Casaco C co Gap Kids G

Castelo Princesas

Esmalte O.P.I. Es

Relógio Puma

Princesses castle

O O.P.I. nail polish

Puma watch

G Gap K Kids cardigan

Chiclete Mentos Bubble Gum

Óculos Emporio Armani

Mentos bubble gum

Emporio Armani sunglasses

Sombra M.A.C adow M.A.C eyeshadow

27 Copag Princesses Princesses card game

Livro Paper Dolls

{ DUFRY }

Jogo Princesas sas Copag

Paper Dolls book

Pelúcia Penguin DC Comics D DC Comics p n plush Penguin

Estojo Vaquinha h Milka lk Milka Cow kit

Havaianas Disney ney Havaianas Disney flip-flops

“Gosto daquelas canetinhas mágicas, que a cor aparece só quando você pinta. Adoro as Havaianas da Disney, Disney principalmente as das princesas. E minha mãe também sempre compras coisas da Gap para crianças.” GABRIELA CASTRO FROIS 6 anos / 6 years old

“I like those magic pens whose color only appears when you paint. I love Havaianas Disney flip-flops, especially the Princesses ones. And my mother always buys Gap Kids things.”

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATAIOLLA E DIVULGAÇÃO (STILLS); TV GLOBO – JOÃO MIGUEL JÚNIOR / TV GLOBO / DIVULGAÇÃO (LETÍCIA SPILLER); ARQUIVO O PESSOAL (GABRIELA)

DICA DE VIAJANTE.indd 27

17/06/13 19:46


Pelúcia P ia Doki e Mundi

Perfume Perfum me Kenzo Ken zo

Gloss L’Oréal Paris

Mala Samsonite

Do & Mundi Doki ush dog plush

Ken zo Kenzo perfum me perfume

L’Oréal Paris glo o gloss

Samsonite suitcase

Chocolate Chocola M&M’s M&M’s chocolat chocolate

28 8

Óculos Ray-Ban

Arara Barbarella

Ray-Ban sunglasses

Barbarella macaw

Casaquinho Gap

Câmera Nikon

Relógio Casio

Gap knit coat

Nikon camera

Casio watch

Chocolate Kit Kat Kit Kat chocolate

“Quando entro em uma loja Dufry, tenho vontade Kat de comprar tudo! Kit Kat, acessórios, balas, perfumes, maquiagem, esmaltes...” “When I go to a Dufry store, I want to buy everything! Kit Kat, accessories, candy, perfume, make-up, nail polish...”

JULIA SANCHIS 10 anos, estudante e bailarina / 10 years old, schoolgirl and ballerina

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATAIOLLA E DIVULGAÇÃO (STILLS); TV GLOBO - RENATO ROCHA MIRANDA / TV GLOBO / DIVULGAÇÃO (RAPHAEL VIANA); ARQUIVO PESSOAL (JULIA)

DICA DE VIAJANTE.indd 28

6/17/13 4:43 PM


Polo Lacoste acoste

Gravata Emporio Armani

Lacos Lacostee polo

Emporio o Armani tie t

Pasta Pas sta Emporio Empor rio o Armani Arma an ni Empor rio Emporio Arm ani Armani sa hel satchel Perfume Scuderia Ferrari Black Scuderia Ferrari Black perfume

Sapato to Salvatore re Ferragamo o Fone The Sharper Image

re Salvatore mo Ferragamo es shoes

Caneta Montblanc M M Montblanc pen

Headphones The Sharper Image

29 { DUFRY }

Monitor cardíaco Polar Polar heart monitor

Uísque sque Johnnie Walker alker Black Label alker Johnnie Walker Black Label hisky whisky

Óculos Nike Nike sunglasses

Cinto Hugo Boss Hugo Boss belt

“Gosto de comprar roupas no duty free, principalmente quando emendo uma viagem na outra e a mala já está revirada. Na volta do Chile, recentemente, trouxe também uma caixa de Black Label para o meu pai.” RAPHAEL VIANA ator / actor

DICA DE VIAJANTE.indd 29

“I like to buy clothes at the duty free shop, particularly when one trip follows another and the suitcase is already messy. Back from Chile, I recently also brought a box of Black Label for my father.”

6/17/13 4:44 PM


Chocolate sortido Toblerone Toblerone assorted chocolates

Vodca Stolichnaya S Sticki Queijo cheddar Président

Funghi secchi Marabotto

Pré résid si ent Cheddar Chedd dar cheese Président

Marabotto dried mushrooms

S Stolichnaya Sticki vodka

Limoncino moncino Bottega Bottega moncino Limoncino

Polo Lacoste Lacoste polo

Óculos Polaroid

30

Polaroid sunglasses

Chocolatess C Jubileu u

Perfume fume Diesel

u Jubileu chocolatess

Diesel fume perfume

Queijo camembert Président Président Camembert cheese

“Estive no Havaí no começo do ano e na volta parei para comprar caviar e queijo camembert. camembert Como adoro cozinhar, fiz um estoque e tenho preparado muitos pratos com eles.” “I was in Hawaii earlier this year and on my way back, I stopped sto to buy caviar and Camembert cheese. As I love to cook, I stocked up and have been cooking lots of dishes with them.”

MAX FERCONDINI ator / actor

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATTAIOLA E DIVULGAÇÃO (STILLS); DIVULGAÇÃO - TV GLOBO / DIVULGAÇÃO (MAX FERCONDINI); RENATO ROCHA MIRANDA / TV GLOBO / DIVULGAÇÃO (DÉBORA NASCIMENTO)

DICA DE VIAJANTE.indd 30

6/17/13 4:46 PM


Bolsa carteira Guess

Sombra M.A.C

Guess wallet purse

M.A.C eyeshadow

Champanhe nhe Moëtt & Chandon don

Relógio Puma Puma watch

ët & Moët don Chandon gne champagne

Caneta C Cross C C Cross pe pen

Blush L’Oréal L’Oréal blush

Gloss Victoria’s Secret Victoria’s Secret gloss

31 Esmalte Bourjois

Carolina Herrera 212 Summer perfume

Bourjois nail polish

{ DUFRY }

Perfume 212 Summer Carolina Herrera

Polo Lacoste Lacoste polo

Perfume Polo Ralph Lauren Big Pony Polo Ralph Lauren Big Pony perfume

Câmera Samsung

Óculos Carrera Ó

Perfume Hot Couture Givenchy hy

Samsung camera

Carrera sunglasses

me Givenchy Hot Couture perfume

“Adoro comprar maquiagem no duty free. Sou louca por aquelas maletinhas, com miniaturas de batom, blush e sombra. Outra coisa que sempre levo é o meu perfume Couture preferido, Givenchy Hot Couture.” DÉBORA NASCIMENTO atriz / actress

DICA DE VIAJANTE.indd 31

“I love to buy make-up at the duty free shop. I get crazy with those little cases with miniature lipstick, blush and eyeshadow. Another thing I always buy is my favorite perfume, Givenchy Hot Couture.”

6/17/13 4:47 PM


capa COVER

O ANDARILHO Pouquíssimas pessoas circularam tanto pelo planeta quanto o fotógrafo mineiro Sebastião Salgado. Desta vez, por conta de seu mais recente projeto, Genesis, ele foi buscar registros nos lugares mais inóspitos do mundo

Dufry23_MAT CAPA.indd 32

Por By Nelson Vasconcelos

{ the walker } Very few people have roamed the world as much as Brazilian photographer Sebastião Salgado. This time, his most recent project, Genesis, made him go for clicks in some of the world’s most inhospitable places

17/06/13 14:12


33 { DUFRY }

FOTO PHOTO YASUYOSHI CHIBA/ AFP PHOTO / GETTY IMAGES

Dufry23_MAT CAPA.indd 33

17/06/13 14:12


capa COVER

Mulheres da povoação Zo’é Towari Ypy usam o urucum para colorir seus corpos. Pará, Brasil, 2009 Women from the Zo’é Towari Ypy village covering themselves with annatto body paint. State of Pará, Brazil, 2009

MESTRE DOS MESTRES DA FOTOGRAFIA, o francês Henri Cartier-Bresson (1908-2004) deixou claro que, para conhecer o mundo, é necessário ser um andarilho inveterado. Impossível não lembrar desse mandamento quando nos embrenhamos na obra de Sebastião Salgado. Trata-se de um cigano contemporâneo, que passou os últimos 40 anos correndo continentes atrás não apenas de lindas imagens, mas também de vidas em estado bruto, alternando poesia e história, esperança e dor, natureza adulterada e miséria. Sebastião Salgado é, pois, um legítimo andarilho inveterado. Pouquíssimas pessoas circularam tanto pelo planeta. Tome-se como exemplo sua mais recente obra, Genesis, que rendeu um livro (editora Taschen), o documentário A luz e a sombra (dirigido por seu filho Juliano Salgado e pelo cineasta alemão Wim Wenders) e uma exposição que já passou por Londres, Roma e Toronto – e chegou ao Rio de Janeiro, no Museu do Meio Ambiente, Jardim Botânico, em 28 de maio. Por lá, as 245 fotos ficarão em cartaz até 26 de agosto. A partir de 11 de setembro, elas seguem para São Paulo (Sesc Belenzinho). Depois disso, devem desembarcar em Porto Alegre, Belo Horizonte e Vitória.

Dufry23_MAT CAPA.indd 34

FRENCH PHOTOGRAPHER HENRI CARTIER-BRESSON (1908-2004) made it clear that in order to get to know the world, one must be an inveterate walker. It is impossible not to remember that when one explores Sebastião Salgado’s work. He is a contemporary gypsy who spent the last 40 years crossing continents after not only beautiful images, but also lives in their raw state, alternating poetry and history, hope and pain, degraded nature and misery. Thus, Sebastião Salgado is a legitimate inveterate walker. Very few people have roamed the planet as much. Take, for example, his most recent work, Genesis, which originated a book (published by Taschen), the Shade and Light documentary (directed by his son Juliano Salgado and German moviemaker Wim Wenders) and an exhibition that has been run in London, Rome and Toronto and arrived in Rio de Janeiro, in the Museu do Meio Ambiente (Environment Museum), on May 28. The pictures will be exhibited there until August 26. From September 11, they will be in São Paulo (SESC Belenzinho). Then they should

17/06/13 14:13


Pinguins sobre icebergs entre as ilhas Zavodovski e Visokoi. Ilhas Sandwich do Sul, 2009 Penguins on icebergs between Zavodovski and Visokoi islands. South Sandwich Islands, 2009

Genesis fez Salgado percorrer alguns dos lugares mais distantes da “civilização” e sua proposta foi levar seus milhares de fãs a alguns pontos dos 46% do planeta que se conservam da mesma maneira desde o princípio dos tempos. Da Antártica à Zâmbia, das Ilhas Galápagos a Madagáscar, Indonésia ou Papua-Nova Guiné, passando pelas entranhas da África, da Ásia e do Brasil, o fotógrafo consumiu oito anos de viagens intensas. No fim das contas, foram 36 expedições, geralmente partindo de Paris, onde vive desde os anos 60. Embarcou em aviões de todos os tipos, helicópteros, balões, navios de vários portes, botes de borracha, trenós. Também gastou muito sapato, assim como milhares de rolos de filmes e, nos últimos cinco anos, outros tantos cartões de memória nas suas Leicas. “Meu objetivo não era ir aonde o homem nunca fora antes, embora a natureza selvagem seja geralmente encontrada em lugares inacessíveis. Eu apenas queria mostrar a natureza no seu auge, independentemente do lugar onde a encontrasse”, escreveu ele no prefácio do livro recém-lançado, também disponível em uma edição especial e limitada, em que cada exemplar é vendido a 3 mil euros. “Na Sibéria, por exemplo, acompanhei uma viagem com homens

be exhibited in Porto Alegre, Belo Horizonte and Vitória. Genesis made Salgado go to some of the remotest places, and his aim was to take his thousands of fans to some spots of the 46 percent of the planet that has been the same way since the start of time. From Antarctica to Zambia, from the Galapagos Islands to Madagascar, Indonesia or Papua New Guinea, through the heart of Africa, Asia and Brazil, the photographer spent eight years of intense traveling. In the end, there had been 36 expeditions, usually starting in Paris, where he has lived since the 1960s. He boarded planes of all kinds, helicopters, balloons, ships of various sizes, rubber boats, sledges. He also spent a lot of shoe soles, as well as thousands of film rolls and, in the last five years, as many memory cards on his Leicas. “I just wanted to show nature in its prime, regardless of where I found it,” he wrote in the preface of the newly published book, also available in a special limited edition sold for 3,000 euros a piece. “In Siberia, for example, I followed a journey with men from the Nenets people, taking 6,000 reindeer toward the

FOTOS PHOTOS SEBASTIÃO SALGADO/AMAZONAS IMAGES

Dufry23_MAT CAPA.indd 35

17/06/13 14:13


capa COVER ESTANTE A obra de Sebastião Salgado ao longo do tempo: uma volta ao mundo sob o olhar do fotógrafo

UM INCERTO ESTADO DE GRAÇA, 1995 An Uncertain Grace, 1995

36

TRABALHADORES, 1996 Workers, 1996

TERRA, 1997 Terra: Struggle of the Landless, 1997

SERRA PELADA, 1999

da tribo Nenets, levando 6 mil renas em direção ao Círculo Polar Ártico. Foram 47 dias sem tomar banho, porque era simplesmente impossível transformar o gelo em água”, contou Salgado para Dufry World no Rio, durante os preparativos para o lançamento da exposição Genesis no Brasil. “Sabe aquele paninho umedecido que se usa para limpar bumbum de neném? Pois era com aquilo que eu me virava, e dentro do saco de dormir”, revela ele. E os quatro dias de tensa navegação, usando até bote inflável, para chegar às Ilhas Sandwich do Sul? Foi um longo tempo entre icebergs, circundando geleiras gigantescas e praticamente conversando com pinguins, leões-marinhos, baleias de 15 metros de comprimento e 40 toneladas. “Descobri que é lá que o vento faz a curva”, brinca o viajante. Já na outra “ponta” do planeta, no Alasca, Salgado armou uma tenda e ficou sozinho por 15 dias, aprendendo a ver como a natureza e a luz se comportavam. “Aquilo servia para que eu tivesse uma espécie de ‘autorização’ para fotografar”, conta ele, explicando que gosta de viver essa experiência. No coração da África, fotógrafo e equipe seguiram trilhas de tribos nômades que vivem perambulando entre vários países. Na Amazônia, entraram em contato com índios que dificilmente recebem o “homem branco”. No Alto Xingu, Salgado realizou o sonho de fotografar o quarup, a grande festa que celebra os mortos ilustres de várias tribos. Nas Galápagos, entendeu a força da natureza em sua plenitude, como Darwin fez há quase dois séculos. Com essa curiosidade insana, às vezes parece que ele chega até a beirar o exagero, o limite. Que tal pensar numa caminhada de 55 dias pela Etiópia? Foram mais de 800 quilômetros entre montanhas altíssimas – que chegaram a matar cinco burros de exaustão! Nada mau, sobretudo quando pensamos que, em fevereiro deste 2013, nosso personagem completou 69 anos. “Nessas trilhas traçadas há milênios por pés descalços, e não por braços, me senti com 10 mil

Dufry23_MAT CAPA.indd 36

OUTRAS AMÉRICAS, 1999 Other Americas, 1999

RETRATOS DE CRIANÇAS DO ÊXODO, 2000 The Children: Refugees and Migrants, 2000

Arctic Polar Circle. I spent 47 days without showering, because it was simply impossible to melt the ice,” Salgado told Dufry World in Rio, while preparing to open the Genesis exhibition in Brazil. “Do you know those moist wipes you use to clean baby buttocks? That was how I got along, and inside a sleeping bag.” And what about the four days of tense sailing, using even inflatable boats, to get to the South Sandwich Islands? A long time amid icebergs, going around gigantic glaciers and practically chatting with penguins, sea lions, and whales 15 meters (50 feet) long weighing 40 tonnes. “I found out that’s where the back of beyond is,” the traveler jokes. In Alaska, Salgado pitched his tent up and was alone for 15 days, learning to see how nature and light behaved. “That had the purpose of giving me a kind of ‘permit’ to photograph,” he tells, explaining he likes to live that experience. In the heart of Africa, the photographer and his team followed nomadic tribes that roam through several countries. In the Amazon, he contacted natives who rarely receive “white men.” In the upper Xingu valley, Salgado fulfilled his dream of photographing Quarup, the great feast celebrating the illustrious dead from various tribes. In the Galapagos, he understood nature’s strength at its fullest, as had Darwin almost two centuries earlier. Sometimes it seems he verges on his limit. What about a 55-day trek through Ethiopia? Over 800 km (500 miles) amid towering mountains, which killed five donkeys out of exhaustion! Not bad, especially when we think that our character turned 69. “On those tracks traced millennia ago by bare feet, not by arms, I felt like I was 10,000 years old,” he says. “I had the privilege of being there to take time from life and live it. This is essential for photography.”

17/06/13 14:13


{ bookshelf } Sebastião Salgado’s works over time: around the world under the photographer’s eye

ÊXODOS, 2000 Migrations, 2000

O FIM DA PÓLIO, 2003 The End of Polio, 2003

O BERÇO DA DESIGUALDADE, 2005 The Cradle of Inequality, 2005

anos”, diz ele, com a paixão característica com que relata suas andanças. “Tive o privilégio de estar lá para tomar o tempo da vida e viver o tempo da vida. Isso é essencial para a fotografia”, define.

GENESIS, 2013

AMONG COWS AND PIGS The photographer’s childhood already gave clues that he would have long paths to trail. Born in the little town of Aimorés, on the Doce river, state of Minas Gerais, Sebastião Ribeiro Salgado Júnior was raised among the cows and pigs that his father farmed there and sold in other towns. Father and son used to spend months on the road, “winding our way through other farms and many rivers,” as the photographer says. From that start, it did not take much to get used to a thousand paths. Already married to his inseparable companion, Lélia Wanick Salgado, architect and curator of his work, he went to live in Paris in 1969. With a degree in economics, he worked in the International Coffee Organization in London until 1973. Back to Paris, photography entered his life for good. Lélia, having worked with Cartier-Bresson, gave her husband the camera he started his work with. Soon taken up by the great photography agencies, Salgado traveled the world with his talent and often some luck. In 1981, in charge of covering the 100 first days of then U.S. President Ronald Reagan, he was the only one to click the assassination attempt that almost killed the old cowboy in Washington, D.C. His pictures were published in newspapers and magazines throughout the world. With the income from selling those images, our walker financed the first of his great expeditions to Africa and also “a wee apartment” in Paris. Then nothing stopped the photographer, always trying to denounce extreme situations, in which oppression and intolerance go hand in hand. The tireless traveler was certainly never lazy to go wherever there was a strong story. In the 1980s and 1990s, he turned Latin America inside out.

37 { DUFRY }

ENTRE BOIS E PORCOS A infância do fotógrafo já dava pistas de que ele teria mesmo longos caminhos a percorrer. Nascido na pequena Aimorés, no Vale do Rio Doce, o mineiro Sebastião Ribeiro Salgado Júnior cresceu entre bois e porcos que o pai criava em sua fazenda e vendia em outras cidades. Passavam meses tocando a vida pelas estradas, “serpeando outras fazendas, serpeando muitos rios”, como diz ele. Daí para acostumar-se com mil caminhos, foi um pulo. Já casado com sua companheira inseparável, a arquiteta e curadora de sua obra Lélia Wanick Salgado, foi morar em Paris em 1969. Formado em economia, atuou na Organização Internacional do Café, em Londres, até 1973. De volta a Paris, a fotografia entrou definitivamente em sua vida. E, tendo já trabalhado com Cartier-Bresson, Lélia foi a responsável pela câmera com que o marido começou a fotografar. Rapidamente absorvido pelo mercado das grandes agências de fotografia, Salgado correu o mundo acompanhado de talento e, frequentemente, alguma sorte. Em 1981, encarregado de cobrir os cem primeiros dias de governo do então presidente americano Ronald Reagan, foi o único a registrar um atentado que quase matou o velho caubói, em Washington. Suas fotos ganharam jornais e revistas de todo o planeta. Com a venda das imagens, nosso andarilho financiou a primeira de suas grandes expedições à África. De quebra, também comprou “um apartamentinho” em Paris. Depois disso, nada mais parou o fotógrafo, sempre empenhado em denunciar situações-limite, em que opressão e intolerância caminham juntas. Certo é que o incansável viajante nunca teve preguiça de embarcar para onde houvesse uma história forte. Nos anos 80 e 90, revirou a América Latina de cima a baixo. Ao fim do projeto

ÁFRICA, 2007 Africa, 2007

FOTOS PHOTOS REPRODUÇÃO

Dufry23_MAT CAPA.indd 37

17/06/13 14:14


capa COVER

As mulheres mursi e surma são as últimas do mundo a usar discos para estender os lábios. Dargui, Etiópia, 2007 Mursi and Surma tribeswomen are the only ones in the world who still use lip plugs. Dargui, Ethiopia, 2007

Êxodos, que se tornou livro em 2000, visitara cerca de 40 países, registrando milhares de pessoas numa fuga permanente e frequentemente degradante. Não foi diferente em inúmeras de suas outras reportagens, que também geraram livros, como Trabalhadores (1996) ou África (2007). Sempre em preto e branco, as fotos de Salgado deixam de lado a sedução das cores, provocando reflexão e imaginação por parte de quem as contempla. “Quando você imagina as cores, a foto deixa de ser apenas minha e passa a ser sua também”, ensina.

By the end of the Migrations project, which became a book in 2000, he had visited about 40 countries, clicking thousands of people that were in a permanent and often degrading escape. It was not different in many of his other reports, which also generated books, such as Workers (1996) or Africa (2007). Always in black and white, Salgado’s photos give up the seduction of colors. “When you imagine colors, the photo stops being just mine and starts being yours, too,” he teaches.

CRISE PROFUNDA Tantas histórias mostram que nada do que é humano é estranho a Sebastião Salgado. Mas isso tem um peso. No fim da década de 1990, depois de muito caminhar, o fotógrafo sentiu-se mal. Tinha testemunhado muito sofrimento, muita violência e brutalidade. Percorrera inúmeros campos de refugiados, presenciara as várias caras do horror. Resultado: “A minha esperança no futuro da humanidade tinha se perdido”, conta ele. “Estava mal física e psicologicamente. Não me sentia mais em condições de fotografar.” Salvaram-no de uma crise profunda as velhas Minas Gerais. De volta à fazenda onde fora criado, no Vale do Rio Doce, Sebastião

DEEP CRISIS So many stories show that nothing human is foreign to Sebastião Salgado. But this has had its toll. In the late 1990s, after walking a lot, the photographer felt sick. He had witnessed a lot of suffering, violence and brutality. He had been to countless refugee camps, seen the many faces of horror. The result: “My hope in the future of humankind had been lost,” he tells. “I felt bad both physically and psychologically. I felt I was no longer able to photograph.” The old Minas Gerais saved him from that deep crisis. Back to the farm where he had been raised, in the Doce river valley,

Dufry23_MAT CAPA.indd 38

17/06/13 14:14


Vista da confluência do Colorado e do Little Colorado, a partir do território dos navajos, onde começa o Parque Nacional do Grand Canyon. Arizona, Estados Unidos, 2010 Confluence of Colorado and Little Colorado rivers, seen from Navajo lands, where the Grand Canyon National Park starts. Arizona, United States, 2010

Salgado ocupou-se cada vez mais fortemente com a conscientização sobre o meio ambiente. Estava preocupado com a devastação da região, que fora um paraíso durante sua infância, mas emitia nítidos sinais de que precisava de ajuda. “Aquela região estava tão doente quanto eu”, lembra. “Imagine que destruímos 93% da nossa Mata Atlântica.” Foi a companheira Lélia quem deu a ideia: por que não fazer o replantio das árvores? Não seria uma tarefa fácil, mas o casal nunca se preocupou com empreitadas difíceis. Eles calcularam que deveriam replantar cerca de 2,5 milhões de árvores, de mais de 300 espécies. Com isso, a dupla tratou de fechar acordos, conseguir patrocínios e levantar financiamentos para reflorestar uma área gigantesca. Assim foi feito. Ao fim de poucos anos, a natureza, com seus bichos e verdes, começou a ocupar novamente o espaço que lhe fora tomado pela erosão e pela exploração da terra. No fim de 2012, 2 milhões de árvores haviam sido replantadas. “Hoje já temos até onças, além de outros inúmeros mamíferos e mais de 70 espécies de pássaros”, comemora o andarilho, com os olhos verdes a brilhar, indicando que sua próxima viagem está apenas começando. Como tem sido há muitos e muitos anos.

Sebastião Salgado increasingly devoted himself to environmental awareness. He was worried with the devastation of the region, a paradise in his childhood, but now sending clear signs that it needed help. “That region was as sick as I was,” he remembers. “Imagine that we had destroyed 93 percent of our Atlantic rainforest!” It was Lélia who had the idea: why not replant the trees? It would not be an easy task, but the couple never cared about difficult tasks. They calculated that they should replant about 2.5 million trees of over 300 species. So the couple closed deals, got sponsorships and raised financing to reforest a huge area. And so it was done. After a few years, nature, with its animals and trees, started occupying again the space that had been taken from it by erosion and exploitation of the land. By the end of 2012, 2 million trees had been replanted. “Today we have jaguars, as well as many other mammals and over 70 species of birds,” celebrates the walker, his green eyes twinkling, indicating that his next trip is only beginning. Just as it has been for many years.

FOTOS PHOTOS SEBASTIÃO SALGADO/AMAZONAS IMAGES

Dufry23_MAT CAPA.indd 39

17/06/13 14:14


parque de divers천es AMUSEMENT PARK

40

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 40

6/17/13 3:49 PM


UM DIA DE BRUXO

Nosso repórter conheceu os estúdios onde os filmes de Harry Potter foram rodados. De aulas de varinha mágica a degustação de cerveja amanteigada, por ali ele viveu as mais fantásticas experiências

{ wizard for a day } Our reporter saw the studios where the Harry Potter movies were shot. From magic wand lessons to butterbeer sampling, he lived the most fantastic experience Por By Gabriel Weil, de Londres from London Fotos Photos Felipe Pagani

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 41

6/17/13 3:49 PM


parque de diversões AMUSEMENT PARK

42

FÃS DE HARRY POTTER NÃO TÊM IDADE OU ESTILOS DEFINIDOS. Eu mesmo conheço uma porção: adultos, crianças, homens e mulheres, pais, avós, adolescentes... Eles estão por toda parte. Quando um livro, um filme ou uma música agrada diferentes faixas etárias e conquista futuras gerações, podemos dizer que se trata de um clássico. E Harry Potter, a série literária sobre as aventuras de um aprendiz de feiticeiro criada pela autora britânica J. K. Rowling, é, sem dúvida, a grande febre dos anos 2000. Não à toa, ganhou oito filmes e está entre as maiores bilheterias da história. Por isso, não titubeei quando recebi o convite para conhecer o recém-lançado Warner Bros. Studio Tour London – Making Of Harry Potter, atração aberta ao público instalada nos estúdios onde a saga foi filmada, ao norte de Londres. Antes de ir, resolvi estudar o assunto. Entre mil descobertas e outros muitos questionamentos, me pergunto como alguém – principalmente crianças e adolescentes – consegue decorar aquela infinidade de nomes complicadíssimos de vilarejos, personagens, monstros e até palavras mágicas! Duas semanas antes da minha visita, que aconteceu em meados de maio, estiveram ali o duque e a duquesa de Cambridge mais o príncipe Harry. O hype em torno da presença de Kate Middleton e William me animou. Comprei até as revistas de fofoca com matérias sobre a visita. Diferente do meu caso, quem acompanhou o tour real foi a autora J. K. Rowling. Mas o que me consola é que tanto eu quanto a realeza bancamos os aprendizes de feiticeiros e aprendemos a manusear a famosa varinha mágica usada pelos verdadeiros bruxos do filme. Na tal atração, disponível para todos os visitantes, um vídeo orienta a fazer os movimentos e a prática acontece na frente de um espelho. MANÍACOS POR HARRY POTTER No dia marcado, acordei cedo e fui para a estação pegar o trem de Euston, centro de Londres, até Watford Junction. Esse trajeto dura 15 minutos. Em seguida, deve-se embarcar em um ônibus – que passa a cada 5 minutos na estação e por 1 libra leva rapidamente ao estúdio. Tranquilo. Chegando lá, conversando com uma funcionária que nos esperava na porta, descobri a expressão potterheads, que se refere aos maníacos por Harry Potter. Segundo ela, todos que trabalham no estúdio têm o tal título, e sabem responder a qualquer pergunta a respeito da série. Sobre o público que eu encontraria

HARRY POTTER FANS HAVE NO DEFINITE AGE OR STYLE. I know many of them myself: adults, children, men and women, parents, grandparents, teenagers... They are everywhere. When a book, a film or a song pleases various age ranges and conquers future generations, one can say it is a classic. And Harry Potter, the book series about the adventures of an apprentice wizard created by British author J.K. Rowling, is without a doubt the greatest fever of the 2000s. Not incidentally, it resulted in eight films that are among the greatest box-office hits ever. So, I did not hesitate when I was invited to see the new Warner Bros. Studio Tour London – Making of Harry Potter, an attraction open to the public in the studios where the saga was filmed, north of London. Before going, I decided to study the subject. Among a thousand discoveries and just as many questions, I asked myself how someone – particularly children and teenagers – can learn by heart that infinity of complicated names of villages, characters, monsters and even magic spells! Two weeks before my visit, which happened in mid-May, the Duke and Duchess of Cambridge were there, as well as Prince Harry. The hype around the presence of Kate and William encouraged me. I even bought the gossip magazines with stories on the visit. Unlike my case, author J.K. Rowling guided the royal tour, but I find solace in that both me and the royals played sorcerer apprentices and learned to handle the famous magic wand used by the films’ characters. In that attraction, available for all visitors, a video teaches how to make the movements, and practice happens in front of a mirror. HARRY POTTER MANIACS On the appointed date, I woke up early and went to Euston Station, central London, to catch a train to Watford Junction. This ride takes 15 minutes. Next, one must board a bus that calls at the station FOTOS PHOTOS FELIPE PAGANI; DIVULGAÇÃO (FAMÍLIA REAL)

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 42

6/17/13 3:50 PM


Diagon Alley, a ruela com lojas que “vendem” o material escolar dos aprendizes de magos Diagon Alley, with stores “selling” the school supplies that sorcerer apprentices use

O repórter Gabriel Weil faz cara de Harry Potter durante o tour Reporter Gabriel Weil making his best Harry Potter face

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 43

O príncipe Harry e a duquesa e o duque de Cambridge, Kate e William, no estúdio Prince Harry and Kate and William, the Duchess and Duke of Cambridge, on the studio

6/17/13 3:50 PM


1

parque de diversões AMUSEMENT PARK

A famosa sala das poções The famous potions room

44

Figurinos do filme em exposição Displaying the film wardrobe

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 44

18/06/13 18:20


OS MAIS ABSURDOS EDIFÍCIOS No segundo prédio, aprende-se mais sobre os efeitos especiais. Mas nada de computador. O foco é na arte que vai muito além da animação. Próteses, perucas, máscaras, robôs, uma colaboração de trabalho artesanal, artístico e técnico na produção de personagens e objetos fantásticos que tornam a narrativa um tanto real. Na sequência, chega-se a Diagon Alley, a ruela de paralelepí-

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 45

every five minutes and, for one pound, quickly takes you to the studio. Easy. From an employee who waited for us at the door I learned the term “Potterheads,” referring to Harry Potter maniacs. She told me that all who work at the studio have said title, and they can answer any question about the series. As for the public I would find there, the girl suggested me not to find it strange if I saw adults in costume as characters (the first book was published over 15 years ago, after all), parents more enthusiastic than their children, and kids flying on brooms... In short, madness! The visit starts with an introduction video starring the leading actors: Daniel Radcliffe (Harry Potter), Emma Watson (Hermione Granger) and Rupert Grint (Rony Weasley). They tell behind-thescenes stories and how it was to grow up in the studio; after all, they not only worked there, they also studied and made friends. Just to give an idea, Daniel was only 11 when he acted in Harry Potter and the Sorcerer’s Stone, the first of the series’ eight films, released in 2001. When the last one, Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2, was released in 2011, he was already a grown man at 22. Continuing the tour, doors then open to the Grand Hall. Among other costumes, the first uniform worn by little Harry is exposed there (complete with cloak!). So are several props, such as stained glass, cutlery and doorknobs, all genuine! OK, I will go easy. I promise not to spoil surprises. Leaving the Grand Hall for the next stage, the visit is no longer guided. One enters a large space with a sequence of famous locations, such as the scene of the chocolate banquet from Harry Potter and the Goblet of Fire; the potions room, where Harry’s class used to brew their magical recipes; and even the office of Professor Dumbledore, the headmaster of the School of Witchcraft and Wizardry. At the end of the visit to the first building, one can have a break beside the Knightbus – the triple-decker bus that appeared in the saga, inspired by the famous London buses. I took the opportunity to have a snack and had a tuna sandwich (light option). So I could tell about it, I tried the iconic butterbeer of the wizards, which is caramel-flavored. To my relief, it

45 { DUFRY }

ali, sugeriu a moça que eu não estranhasse adultos fantasiados de personagens (afinal o primeiro livro foi lançado há mais de 15 anos), pais mais empolgados que os filhos e crianças voando em vassouras… Enfim, uma loucura! A visita começa com um vídeo de apresentação estrelado pelos atores que interpretam os protagonistas: Daniel Radcliffe (Harry Potter), Emma Watson (Hermione Granger) e Rupert Grint (Rony Weasley). Eles relatam bastidores e contam como foi crescer no estúdio, afinal, além de trabalhar, por lá também estudavam e faziam amizades. Para se ter uma ideia, Daniel tinha apenas 11 anos quando participou de Harry Potter e a pedra filosofal, o primeiro dos oito filmes da série, lançado em 2001. Na estreia do último, Harry Potter e as relíquias da morte – Parte 2, de 2011, aos 22, ele já era um homem feito. Seguindo o tour, portas então se abrem para o Grand Hall. Entre outras fantasias do figurino, fica exposto ali o primeiro uniforme (com capa e tudo!) usado pelo pequeno Harry. Diversos objetos da cenografia, como vitrais, talheres e maçanetas, também. Tudo de verdade! Ok, vou pegar leve. Prometo não estragar surpresas. Do Grand Hall para a próxima etapa, a visita deixa de ser guiada. Entra-se em um grande espaço com uma sequência de famosas locações do filme, como a mesa do banquete de chocolates, de Harry Potter e o cálice de fogo, a sala das poções, onde a turma de Harry costumava preparar suas receitas mágicas, e até o escritório do professor Dumbledore, o reitor da escola de magia e bruxaria. Ao fim da visita do primeiro prédio, dá para fazer um break ao lado do Knightbus – o ônibus de três andares que aparece na saga, inspirado no famoso bus londrino. Aproveitei para fazer um lanche e fiquei no sanduíche de atum (opção light). E, para poder contar, experimentei a Butterbeer, a icônica “cerveja amanteigada” dos magos, com sabor de caramelo. Que, para o meu alívio, não passa de um refrigerante, naturalmente sem álcool. Qual foi a minha impressão? Não vou revelar. Um pouco de medo do desconhecido faz parte de qualquer aventura.

6/17/13 3:51 PM


parque de diversões AMUSEMENT PARK

46

pedos com as lojas que “vendem” o material escolar dos aprendizes de magos. A rua, que passou por mudanças de um filme a outro, e trata-se de uma das mais importantes locações da história, é um dos trechos que também faz sucesso entre os visitantes. Admirei as vitrines como se fossem de verdade, especialmente a sorveteria. Aproveite e tire fotos ali. A luz é ótima! Talvez você se pergunte quem projeta todos esses cenários. A explicação vem logo em seguida: chega-se a um escritório de arquitetura com plantas e maquetes dos mais absurdos edifícios. Já pensou poder criar construções-fantasia com a única função de fazer o espectador viajar? Posso apostar que muitas crianças saem do estúdio sonhando com uma profissão como essa. O tour termina com uma maquete gigante de Hogwarts, o lugar onde se passa a história de Harry Potter. Sem deixar de destacar também a incrível sala com milhares de varinhas mágicas, todas personalizadas com o nome do staff completo da produção. A diversão ali é encontrar a peça referente ao seu ator preferido. Se a visita vale a pena? No Warner Bros. Studio Tour London – Making Of Harry Potter você não vai encontrar montanha-russa, roda-gigante nem carrossel, mas se gostar de Harry Potter, de cinema ou for apenas curioso, passará algumas horas no mais absoluto fascínio. Pode apostar.

MATINÊ { matinée } Outras atrações culturais para crianças e adolescentes não faltam na cidade Other cultural attraction for children and teenagers are in no short supply in the city

THE LONDON DUNGEON Agora no County Hall, o tour conta com esquetes de teatro sobre a história de Londres. A atmosfera é divertida e “assustadora”. Now in the County Hall, the tour has theater sketches about the history of London. The atmosphere is fun and “frightening.” www.thedungeons.com

MADAME TUSSAUDS O museu de cera apresenta até 11 de julho estátuas dos garotos da banda One Direction, sensação do mundo pop. Until July 11, the wax museum features statues of the kids from band One Direction, a pop sensation among teenagers. www.madametussauds.com/london

KIDS WEEK De 1º a 31 de agosto crianças e adolescentes de até 16 anos, acompanhados de um adulto pagante, têm entrada gratuita em teatros. From August 1st through 31, children and teenagers up to 16 in the company of a paying adult have free admission to theaters. www.kidsweek.co.uk

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 46

is just a soft drink, non-alcoholic, of course. How did I like it? I am not going to tell. A little bit of fear of the unknown is part of any adventure. THE MOST ABSURD BUILDINGS In the second building, one learns more about the special effects, but there are no computers. The emphasis is on art, which goes much further than animation. Prostheses, wigs, masks, robots, a collaboration of handicraft, artistic and technical work in the production of characters and fantastic objects that make the narration quite real. Next, one comes to Diagon Alley, the cobblestone lane with the shops that “sell” the apprentice wizards’ school supplies. The street, which changed from one film to the other and is one of the most important locations ever, is another great success with visitors. I admired the windows as if they were real, especially the ice-cream parlor. Take the chance to take pictures, light is great there! Maybe you ask yourself who designs all those sets. The explanation comes next: one comes to an architecture bureau with blueprints and maquettes of the most absurd buildings. Have you ever thought of creating fantasy buildings with the sole purpose of making the spectator dream? I bet that many children leave the studio dreaming of a profession like that. The tour ends with a giant maquette of Hogwarts, the place where Harry Potter’s story unfolds. There is also the incredible room with thousands of magic wands, all personalized with the names of the entire production staff. The fun there is to find the piece referring to your favorite actor. If the visit is worth? At the Warner Bros. Studio Tour London – Making of Harry Potter, you will find no rollercoaster, Ferris wheel or carousel, but if you like Harry Potter, if you like cinema or are just curious, you will spend a few hours of most absolute fascination. You can bet.

6/17/13 3:52 PM


1

Crianças em fila para aprender a usar a varinha mágica Children in line to learn how to use the magic wand

Sala de caracterização e efeitos especiais Make-up and special effects room

TREM Para comprar bilhetes de trem de Londres (Euston) a Watford Junction, visite: www.tfl.gov.uk TRAIN To buy train tickets from London (Euston) to Watford Junction, visit: www.tfl.gov.uk ESTÚDIO Funciona de segunda a domingo, durante todo o ano, exceto nos dias 25 e 26 de dezembro. Os ingressos, que variam de 21 a 29 libras, devem ser reservados com antecedência e comprados apenas pelo site: www.wbstudiotour.co.uk STUDIO Open daily throughout the year, except on December 25 and 26. Tickets range from 21 to 29 pounds and must be booked in advance and bought only on-line: www.wbstudiotour.co.uk

Dufry23_HARRY_POTTER3.indd 47

6/17/13 3:52 PM


charme portenho BUENOS AIRES CHARM

Primeiro dos hotéis-butiques de Buenos Aires, o Home vai além da hospedagem: é ponto de encontro de gente interessante à procura de boa música

LÁ EM CASA Por By Gabriela Borges, de from Buenos Aires

48

{ at home } The first boutique hotel in Buenos Aires, Home goes beyond lodging: it is a meeting point of interesting people in search of good music FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO (HOTEL), CRUZ MENDIZABAL (RETRATO)

Dufry23_buenosaires6.indd 48

6/17/13 4:36 PM


Os donos, Tom e Patricia, recebem os hรณspedes como se fossem amigos; na pรกgina ao lado, o jardim, um dos espaรงos mais concorridos do Home Owners Tom and Patricia receive guests as if they were old friends; on the previous page, the very popular garden

49 { DUFRY } FOTO PHOTO STOCKPHOTO/MAMMUTH

Dufry23_buenosaires6.indd 49

6/17/13 4:36 PM


charme portenho BUENOS AIRES CHARM Pratos leves e ótima carta de vinhos estão no menu do resto-bar The restobar offers light dishes and a great wine list

A fachada verde do hotel Home Home Hotel’s green façade

50 QUEM ENTRA NA RECEPÇÃO DO HOTEL HOME, em Buenos Aires, logo se sente em casa. Mas não em uma residência qualquer. Parece a casa daquele amigo moderno, que vive viajando, enche as salas e os quartos de móveis assinados e sempre coloca música boa para tocar. E essa era exatamente a ideia de Patricia O’Shea e Tom Rixton quando, em 2002, inauguraram o primeiro hotel-butique da capital argentina. O casal se conheceu na Irlanda, onde o inglês produzia um disco e a relações-públicas argentina vivia havia 16 anos, e logo decidiram se casar e mudar para a América do Sul. Se hoje é normal encontrar diferentes tipos de hotéis-butiques, aqueles com poucos quartos e decoração exclusiva, na época o casal não achou nenhum lugar bacana para hospedar os amigos. “Estávamos surpresos, era tudo muito formal”, diz Tom. “A oferta na cidade era muito limitada, não havia nenhum hotel mais personalizado e os tradicionais não combinavam com o estilo de nossos amigos”, conta Patricia. Depois da maratona para conseguir alojar a turma toda, surgiu a ideia de construir um hotel com tudo aquilo que esperavam encontrar, algo com uma atmosfera tranquila, sem formalidades, e uma estética moderna. “Acendeu uma luz. Aqui fal-

WHOEVER ENTERS THE HOME HOTEL in Buenos Aires soon feels at home, but not just any home. It looks like the home of a trendy friend who travels a lot, fills the rooms with designer furniture and always plays good music. That was exactly what Patricia O’Shea and Tom Rixton had in mind in 2002, when they opened the Argentine capital’s first boutique hotel. The couple met in Ireland, where the Englishman was producing a record and the Argentine PR had been living for 16 years. They soon decided to marry and move to South America. It is usual today to have a choice of boutique hotels, those with few rooms and exclusive décor, but at that time the couple could not find a cool place to host their friends. “We were surprised, it was all too formal,” says Tom. “The choice was very limited here, there wasn’t a more personalized hotel, and the traditional ones didn’t fit our friends’ style,” tells Patricia. Ater a hard time lodging everyone, they had the idea of building a hotel with everything they expected to find, something with a quiet atmosphere, no formalities and a modern aesthetics. “It struck us. The city lacked a place FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO (HOTEL)

Dufry23_buenosaires6.indd 50

19/06/13 10:56


tava um lugar para receber pessoas como os nossos amigos: gente criativa, entre 30 e 40 anos, que trabalha com arte, moda, música, jornalismo, gastronomia”, diz Patricia.

to host people like our friends: creative people, 30 to 40,

CÉU AZUL E BOA MÚSICA Atualmente, o Home coleciona prêmios, como o de melhor hotel design concedido pela revista Wallpaper. São 20 quartos com décor que mistura peças dos anos 50 e 60 e objetos modernos feitos sob medida. Os ambientes são conectados por paredes de vidro, piso de cimento e estruturas de madeira. Para Tom, o principal atrativo é a luz. “Na Europa, o céu nunca é azul assim.” Por isso, vale destacar o jardim, com árvores e plantas nativas, e o gramado, onde estão a a piscina e o fireplace (lareira externa para as noites de inverno), além de belas espreguiçadeiras. A pedido dos amigos, o resto-bar é a área mais social do hotel. Aberto também para quem não está hospedado por ali, conta com uma boa carta de vinhos argentinos, coquetéis e um brunch com pratos leves e variados. Já no spa são oferecidas massagens ayurvédicas.

BLUE SKY AND GOOD MUSIC

Dufry23_buenosaires6.indd 51

gastronomy,” says Patricia.

Since then, the Home has won many prizes, such as the best design hotel, from Wallpaper magazine. There are 20 rooms, whose décor blends pieces from the 1950s and 1960s with custom-made modern objects. Living areas are connected by glass walls, a concrete floor and wooden structures. For Tom, the chief attraction is light. “In Europe, the sky is never this blue.” Thus, the garden with native trees and plants should be mentioned, as well as the lawn, with the pool, an outdoor fireplace for winter nights and beautiful pool chairs. By request from the owners’ friends, the “restobar” is the hotel’s most social area. Also open for non-guests, it has a good selection of Argentine wines, cocktails and a brunch with light and

51 { DUFRY }

Um dos quartos: decoração exclusiva, mas sem formalidades One of the rooms: exclusive décor, but no formality

who work with art, fashion, music, journalism,

19/06/13 10:56


charme portenho BUENOS AIRES CHARM

O Home conta com dois lofts ao lado do hotel, perfeitos para hospedar famílias Home boasts two neighboring lofts, which are perfect for family lodging

52

Quanto à trilha sonora do local, um dos itens mais preciosos na lista de highlights do Home, Tom acredita que uma boa seleção musical faz toda a diferença. Comprador fanático de vinis, o inglês prepara setlists para cada ambiente do hotel. São 40 EPs em rotação. No resto-bar e no jardim há uma compilação para cada estação do ano, que muda durante o dia e a noite. “A música influencia a estadia no hotel”, diz. Vira e mexe, ele arma jam sessions com outros amigos DJs. Só no dia 21 de novembro o silêncio toma conta, pois o hotel participa do No Music Day, projeto criado pelo artista escocês Bill Drummond, que leva as pessoas a passarem um dia inteiro sem música. Atualmente, Buenos Aires está lotada de hotéis-butiques, fenômeno, por sinal, muito comum ao redor do mundo. Mas o que de fato diferencia o Home dos demais – e o que o torna tão especial – é que se trata realmente de uma extensão da personalidade de seus donos. “É um hotel para os nossos amigos. E tratamos todos os hóspedes assim”, diz Patricia.

varied dishes. The spa offers Ayurvedic massages. As for the soundtrack (one of the most precious items on the Home’s list of highlights), Tom believes that a good musical selection makes all the difference. A fanatic buyer of vinyl records all over the world, the Englishman prepares setlists for each area of the hotel. There are 40 EPs in rotation. In the restobar and the garden, there is a selection for every season, changing for the day and the evening. “Music influences the stay in the hotel,” he says. He often holds jam sessions with other DJ friends. Only on November 21 silence takes over, as the hotel joins the “No Music Day,” a project created by Scottish artist Bill Drummond that leads people to spend a whole day without music. Currently, Buenos Aires is full of boutique hotels, just as it is now usual everywhere, but what really sets the Home apart – and what makes it so special

TOP FIVE Músicas para a temporada The season’s songs por by Tom Rixton

1. Data 70 – Space Loops vol.1 2. Paul McCartney – Balearic Rarities 3. Foals – Holy Fire 4. Primal Scream – More Light 5. Ptaki/Maciek Sienkiewicz – The Very Polish Cut-Outs vol. 1 EP

Dufry23_buenosaires6.indd 52

– is that it is really an extension of its owners’

personality. “This is a hotel for our friends, and this is how we treat all our guests,” says Patricia.

HOME HOTEL www.homebuenosaires.com Diárias a partir de Rates from US$ 150

18/06/13 18:19


Praça Palermo Viejo Palermo Viejo Square

Restaurante Ocho Once Ocho Once Restaurant

ACHADOS { finds } Patricia O’Shea, do Home, elege o melhor de Buenos Aires Patricia O’Shea, of the Home Hotel, chooses the best of Buenos Aires RESTAURANTE { restaurant }

LOJA { shop } CALZADOS CORREA – “Sapatos masculinos feitos à mão. Seus clientes incluem políticos, celebridades e membros de famílias reais. Um mês de espera não é nada para ter um dos melhores do mundo.” “Handmade men’s shoes. Their customers include politicians, celebrities and members of royal families. A month’s wait is nothing to have one of the world’s best.” Calle Mario Bravo, 750 – Almagro. www.calzadoscorrea.com.ar

NOITE { night } NICETO CLUB – “Um clássico que

não perde relevância. Muito eclético.” “A classic that stays relevant. Very eclectic.” Niceto Vega, 5.510 – Palermo. www.nicetoclub.com

ANTIQUÁRIO { antiques } MERCADO DE LAS PULGAS – “Reformado recentemente, é o maior da cidade. É possível encontrar verdadeiras joias de design. É lá que compramos muitos de nossos móveis.”

“Recently renovated, it’s the city’s largest. One can find true design gems. We bought much of our furniture there.” Av. Dorrego, 1.600 – Palermo.

FEIRA DE RUA { street market } FERIA DE MATADEROS – “É a nossa feira favorita, com bandas e danças de folclore e a Carrera de Sortijas, uma clássica corrida equestre. É a tradição do campo argentino em meio à cidade.” “Our favorite street market, with folkloric bands and dances and the Carrera de Sortijas, a classic horse race. That’s the tradition of the Argentine countryside in the middle of the city.” Av. de los Corrales, 6.500 – Mataderos. www.feriademataderos.com.ar

GALERIA DE ARTE { art gallery } BRAGA MENÉNDEZ – “Uma das melhores da

cidade. Localizada em Palermo Hollywood, bairro que está se convertendo em um polo artístico com várias novas galerias.” “One of the city’s best, located in Palermo Hollywood, a neighborhood that’s becoming an art hub, with several new galleries.” Calle Humboldt, 1.574 – Palermo Hollywood. www.galeriabm.com

CAFÉ { café } PRÓSPERO VELAZCO – “Conhecido como o

gênio da sobremesa, Próspero Velazco abriu as portas de seu pequeníssimo café em uma linda esquina de Palermo Hollywood”. “Known as the genius of desserts, Próspero Velazco opened his tiny café in a beautiful Palermo Hollywood corner.” Calle Arévalo, 1.947 – Palermo. www.prosperovelazco.com

PARA ESCUTAR BOA MÚSICA

{ for listening to good music } LA TRASTIENDA CLUB – “Segue sendo um dos melhores lugares na cidade para escutar bandas argentinas e internacionais.” “It remains one of the best places in town to listen to Argentine and international bands.” Calle Balcarce, 460 – San Telmo. www.latrastienda.com

53 { DUFRY }

– O endereço é passado mediante reserva, por telefone. “É o melhor restaurante ‘portas fechadas’ na cidade, sob o comando do renomado chef Gonzalo Bazterrica. Imperdível.” The address is given upon reservation, by telephone. “It’s the city’s best ‘closed-doors’ restaurant, headed by renowned chef Gonzalo Bazterrica. Not to be missed.” Tel.: +54 9 11 3614-5719. OCHO ONCE

Próspero Velazco

AO AR LIVRE { outdoors } – “Aos fins de semana há uma feira de artesanatos, rodeada de barzinhos. Brinquedos e atividades para as crianças também.” “On weekends there is a handicraft market, surrounded by bars. There are toys and activities for children, too.” Entre Between Calle Armenia e and Calle Costa Rica – Palermo PRAÇA PALERMO VIEJO

LIVRARIA { bookstore } ETERNA CADENCIA – “Pertinho do Home

está essa pequena galeria, onde se sente o amor dos portenhos pela leitura. Tem também um bom café.” “Very close to the Home, there is this small gallery, where one feels the love of Porteños for reading. It also has a good café.” Calle Honduras, 5.574 – Palermo. www.eternacadencia.com

LOJA DE DISCOS { record store } EXILES RECORDS – “Ótima loja de CDs e vinis

importados e nacionais, novos e usados.” “Great store for imported and local CDs and vinyl records, both new and used.” Calle Honduras, 5.270 – Palermo. www.exilesrecords.com

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO; YADID LEVY / ALAMY / GLOW IMAGES (PALERMO VIEJO)

Dufry23_buenosaires6.indd 53

18/06/13 18:19


receita de família

FAMILY RECIPE

54

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO

Dufry23_adria2.indd 54

18/06/13 11:27


O SUCESSOR Na vanguarda da cozinha espanhola, o chef catalão Albert Adrià dá sequência ao legado do irmão, Ferran

{ the successor } At the cutting edge of Spanish cuisine, Catalan chef Albert Adrià continues the legacy of his brother Ferran Por By Raquel Fortuna FERRAN ADRIÀ’S YOUNGER BROTHER ALBERT used to be the Catalan chef’s right hand at the award-winning elBulli, a Spanish restaurant located in the coastal town of Roses, closed in 2011 and soon to be replaced by elBullifoundation. At elBulli, where he started working at 15, Albert found out that the passion for cooking was in his DNA as well, and he went through all required steps before joining the main team. “I learned a lot with Ferran. We are alike in some respects, but each of us has his own personality,” he told Dufry World in an interview. Today, their partnership still goes on – Albert often talks about what “we” do, “our” cuisine. Now, the difference is that Ferran works more behind the scenes and Albert is more on the front line, heading three restaurants the brothers own in Barcelona: Tickets, a tapas bar ranking 77th on British Restaurants magazine’s list; the 41º Experience, with a finger-food menu of 41 courses; and Pakta, with a mix of Japanese and Peruvian cuisines. And the new setup appears to be working. Brazilian chef Carla Pernambuco admits having identified herself more with 41º Experience than with elBulli: “What I liked most was the somewhat funky ambience, music, light and surprising food.” The critic from the Paladar (“Taste”) supplement of O Estado de S. Paulo newspaper, Luiz Américo Camargo, has only praise for Tickets. “Albert proposes a reinvention of tapas, with creative dishes inspired in cutting-edge techniques. The food is good, and products are top-quality. Everything is very informal, but very professional,” he tells.

55 { DUFRY }

IRMÃO CAÇULA DE FERRAN ADRIÀ, ALBERT ADRIÀ foi braço direito do chef catalão no premiado elBulli, restaurante espanhol localizado na cidade de Roses (a cerca de 150 km de Barcelona), fechado em 2011 e que dará lugar em breve a elBullifoundation, dedicada a pesquisas na área. Ali, onde começou a trabalhar aos 15 anos, Albert descobriu que a paixão pela culinária também estava no seu DNA e cumpriu todas as etapas até integrar o núcleo principal. “Aprendi muito com Ferran, formamos uma grande equipe. Somos parecidos em algumas coisas, mas cada um tem a sua personalidade”, diz ele em entreWorld vista à Dufry World. Hoje, a parceria da dupla ainda segue – tanto que Albert se refere muitas vezes ao que “fazemos”, à “nossa” cozinha. Agora, a diferença é que Ferran atua mais nos bastidores e ele, na linha de frente, no comando de três restaurantes em Barcelona, dos quais são sócios: Tickets, um bar de tapas que ocupa o 77º lugar no ranking de melhores restaurantes da revista britânica Restaurant; 41º Experience, com menu de finger foods em 41 etapas; e Pakta, que faz um mix das culinárias japonesa e peruana. E a nova configuração parece estar dando certo. A chef Carla Pernambuco confessa ter se identificado mais com a experiência do 41º do que com a do elBulli: “O que mais me agradou foi a atmosfera meio funk, música, luz e comidas surpreendentes”. Já o crítico do caderno “Paladar” do jornal O Estado de S. Paulo, Luiz Américo Camargo, é só elogios ao Tickets. “Albert propõe a reinvenção das tapas, com pratos criativos inspirados em técnicas de vanguarda. A comida é boa e os produtos são da melhor qualidade. Tudo é muito informal e descomplicado, mas bastante profissional”, conta. Para

Na página ao lado, o chef Albert Adrià; o ambiente do 41º Experience; e alguns dos pratos que integram o menu do restaurante, em Barcelona: lâmina em escabeche de açafrão, “viagem ao México” e manga com morangos On the previous page, chef Albert Adrià; the ambience of 41º Experience; and some of the dishes from the restaurant’s menu, in Barcelona

Dufry23_adria2.indd 55

18/06/13 11:28


receita de família

FAMILY RECIPE

ele, os princípios do elBulli ainda ecoam e Albert, enquanto condutor da história, mantém aquela chama acesa, mas com altas doses de surpresas. Por sinal, novos projetos estão a caminho. Só neste ano, dois espaços devem ser inaugurados: a Bodega 1900, em julho, e o mexicano Yauarcán, em novembro, ambos também em Barcelona.

He thinks elBulli’s principles still echo, and Albert keeps that flame lit, but with plenty of surprises. Talking about that, new projects are on their way. Just this year, two new spaces will be opened: Bodega 1900, in July, and Mexican restaurant Yauarcán, in November, both also in Barcelona.

O prato mais esquisito que já provou em uma viagem. Sashimi de coração de veado. Tinha muito sangue.

The weirdest dish you ever tasted on travel... Venison’s heart sashimi. Too much blood.

E o mais gostoso, um sabor que não sai da sua cabeça? Alguma pizza que comi em Nápoles, na Itália.

And the tastiest, a flavor that does not leave your head? Some pizza I ate in Naples, Italy.

Para evitar roubadas gastronômicas quando se está em país desconhecido é preciso... Ir bem informado, não comer na rua se não tiver certeza que é seguro.

In order to avoid gastronomic disasters when in an unknown country, one needs... To go well informed and not to eat on the street if one is not sure it is safe.

Um ingrediente que vem à cabeça quando se pensa no Brasil. Frutas. Na Espanha não temos essa variedade.

An ingredient that comes to mind when you think of Brazil... Fruit. In Spain we do not have as much variety.

O que você conhece da culinária brasileira? Pouco, mas já provei a feijoada, entre outros pratos. Acredito que alguns chefs do Brasil estarão ligados ao futuro da área. Um amigo brasileiro. Alex Atala.

56

Na sua infância, a gastronomia... Não era algo interessante, mas em casa, comer sempre foi um ritual. E isso está se perdendo hoje em dia.

What do you know about Brazilian cuisine? Little, but I have tasted feijoada, among other dishes. I believe some Brazilian chefs will be associated to this field’s future. A Brazilian friend... Alex Atala. In your childhood, gastronomy... Was not interesting, but at home, eating was always a ritual.

Hoje, a gastronomia... É uma profissão desde 1985 e uma paixão desde 2000.

Today, gastronomy... Is a profession since 1985 and a passion since 2000.

A melhor receita de família. Dois pratos que lembram a minha mãe: as codornas em escabeche e a tortilha de alcachofras.

The best family recipe... Two dishes that remind me of my mother: quail escabeche and artichoke tortilla.

Um aroma que traz memória afetiva. O de um limoeiro.

A scent that brings emotional memories... A lemon tree.

A cozinha molecular é... Respeito, mas me recuso a associar esse termo ao nosso trabalho. Só entendemos que existem duas cozinhas, a boa e a má, e tentamos fazer a boa.

Molecular cuisine is... I respect it, but I refuse to associate that term to our work. We believe there are only two cuisines, the good and the bad one, and we try to make the good one.

Fast-food quando e por quê? Quando dá vontade. Só não se pode esquecer de manter uma alimentação equilibrada, com frutas, verduras e peixes.

Fast food: when and why? When one feels like it. One just cannot forget to have a balanced diet, with fruit, vegetables and fish.

Um pecado da gula que vale a pena. Tudo aquilo que te apetece de verdade.

A gluttony sin that is worth having... Everything that truly pleases you.

Um pecado da gula que não vale a pena. Qualquer excesso.

A gluttony sin that is not worth having... Any kind of excess.

A experiência como um bom assistente de Ferran foi... A melhor da minha vida, tanto profissionalmente como pessoalmente.

The experience as a good assistant to Ferran was... The best of my life, both professionally and personally.

Ter bons assistentes é... Considero que não tenho assistentes. São minha equipe e, portanto, sem eles não existem Tickets, 41º Experience nem Pakta.

Having good assistants is... I consider I have no assistants. They are my team, hence there would be no Tickets, 41º Experience or Pakta without them.

Quando parar de cozinhar... Vou cozinhar em casa e ter uma horta à beira-mar.

When you stop cooking... I am going to cook at home and have a vegetable garden by the sea.

FOTOS PHOTOS TRAVEL DIVISION IMAGES/ALAMY/GLOW IMAGES (1); DIVULGAÇÃO (2 E 4); © AFLO CO. LTD./ALAMY (3); LATINSTOCK/© ATLANTIDE PHOTOTRAVEL/CORBIS/CORBIS (DC) (5); ISTOCKPHOTO (6); ROBIN TOWNSEND/EFE (7)

Dufry23_adria2.indd 56

18/06/13 11:29


1

2

3

BARCELONA, POR ALBERT ADRIÀ { Barcelona, by Albert Adrià } LOJA { shop } 1. VINÇON Referência em design. A reference in design. HOTEL { hotel } 2. O ARTS fica de frente para o mar e tem uma vista incrível de Barcelona. ARTS is on the seashore and has an incredible view of Barcelona. 7

MUSEU { museum } 3. MUSEU MARÍTIM DE BARCELONA. The Barcelona Maritime Museum.

57 { DUFRY }

PARA TOMAR UM DRINK { drinks } 4. Vou puxar para o meu lado, 41º EXPERIENCE. I am going to look after number one: 41º EXPERIENCE.

LUGAR PARA COMPRAR TEMPEROS { spice shop }

5. CASA GISPERT

PONTO TURÍSTICO { sightseeing } 6. LA BOQUERÍA, o mercado de Barcelona. LA BOQUERÍA, Barcelona’s market.

4

FESTA AO AR LIVRE { street party } 7. O CARNAVAL DA CIDADE DE ROSES, a cerca de 150 km de Barcelona, não é igual ao brasileiro, mas pode ser considerado uma grande festa. CARNIVAL IN THE TOWN OF ROSES, which is not the same as the Brazilian one but can be considered a great party. 6 5

Dufry23_adria2.indd 57

18/06/13 11:29


marca registrada TRADEMARK

TRAÇO PERFEITO

{ perfect lines }

58

Por By Valéria França

Como a Caran d’Ache, marca suíça que faz os lápis de cor mais desejados do mundo, conseguiu manter a atmosfera de exclusividade ao longo de seu quase um século de vida How Caran d’Ache, the Swiss brand that makes the world’s most coveted color pencils, has managed to keep an atmosphere of exclusiveness for nearly a century

Dufry23_marcaregistrada6.indd 58

18/06/13 11:32


59 { DUFRY }

FOTO PHOTO EDU DELFIM

Dufry23_marcaregistrada6.indd 59

18/06/13 11:32


marca registrada TRADEMARK

SUPPA,

ilustradora illustrator “DURANTE A INFÂNCIA, LEMBRO DE UMAS AMIGAS DA MINHA MÃE QUE TRAZIAM VÁRIAS COISAS LEGAIS DE FORA PARA VENDER. TINHA DE CAMISOLA A CAIXAS DE LÁPIS CARAN D’ACHE. MINHA MÃE COMPRAVA MUITA COISA E GUARDAVA NUMA GAVETA TRANCADA, PARA DAR AOS POUCOS. EU ADORAVA OS LÁPIS, COM SUAS CORES INTENSAS QUE DESLIZAM SOBRE O PAPEL. HOJE, TAMBÉM TENHO UMA GAVETA TRANCADA, MAS SÓ COM LÁPIS COLORIDOS, PARA QUE MEUS FILHOS NÃO PEGUEM”

60

LÁPIS DE COR TEM A VER COM INFÂNCIA. Ou será que há ser humano no mundo que tenha experimentado os primeiros traços com uma caneta esferográfica? Muito difícil. Depois, na adolescência, como resistir aos estojos de lata da Caran d’Ache, a Ferrari do mundo dos lápis coloridos? A partir daí, para fins profissionais ou apenas como hobby, eles entraram de vez para o universo de muita gente grande que gosta de desenhar. E até item de colecionador acabaram virando, com direito a fabricação de linha premium e tudo. A história da marca começou em 1924, em Genebra, quando o empresário suíço Arnold Schweitzer comprou a fábrica de crayons Ecridor, fundada em 1915. Sob o seu comando, a empresa passou a se chamar Caran d’Ache. O nome foi uma homenagem ao caricaturista russo Emmanuel Poiré, que usava o pseudônimo Caran d’Ache, morava em Paris e ficou conhecido pelas tiras publicadas em jornais como Les Lundis du Figaro. Até hoje, os produtos Caran d’Ache são fabricados em Genebra, mas já podem ser encontrados em mais de cem países – inclusive nas lojas Dufry. Desde 2009, em algumas cidades, como Paris e

“When I was a child, I remember some friends of my mother’s used to buy cool things abroad to resell here in Brazil. They had everything from nightgowns to Caran d’Ache color pencil cases. My mother bought lots of things and kept them in a locked drawer, dispensing them a piece a time. I loved the pencils, which had intense colors and glided on paper. Today, I have a locked drawer, too, but only for color pencils, so that my children don’t get them”

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO/ARQUIVO PESSOAL; ILUSTRAÇÕES REPRODUÇÃO

Dufry23_marcaregistrada6.indd 60

18/06/13 11:33


CADÃO VOLPATO, escritor e desenhista writer and draftsman “COMECEI A GOSTAR DE DESENHO AINDA NA INFÂNCIA, QUANDO VI AS ILUSTRAÇÕES DE DOM QUIXOTE FEITAS POR [CANDIDO] PORTINARI.

HOJE, QUANDO VEJO UMA CAIXA DE LÁPIS DE COR, TODOS ARRUMADOS

{ DUFRY }

FIQUEI CHOCADO E FASCINADO.

61

LADO A LADO, EM DÉGRADÉ, TENHO

COLOR PENCILS HAVE EVERYTHING to do with childhood. Or is there anyone in the world who has drawn one’s first lines with a ball-point pen? Hardly. Later, in adolescence, how can one resist the tin foil cases of Caran d’Ache, the Ferrari of color pencils? That is when teens enter for good the universe of lots of grown-ups who like to draw, either professionally or as a hobby, and the pencils even become collector’s items, complete with premium line and all. The brand’s history started in 1924, in Geneva, when Swiss businessman Arnold Schweitzer bought the Ecridor crayon factory, founded in 1915. Under his command, the company was renamed Caran d’Ache. The name was a tribute to Russian caricaturist Emmanuel Poiré, who used that pseudonym, lived in Paris and became known for the strips published in newspapers such as Les Lundis du Figaro. Today, Caran d’Ache products are still manufactured in Geneva, but they can be found in over 100 countries – and at Dufry stores. Since 2009, in some cities, like Paris and Tokyo, concept stores, named Bar à Couleurs (“Bar of the Colors”), have been cre-

Dufry23_marcaregistrada6.indd 61

MUITA VONTADE DE DESENHAR. É INSTINTIVO, INCONSCIENTE. DESENHO EM QUALQUER LUGAR QUE ESTEJA E ISSO É FÁCIL PORQUE FAÇO CARICATURAS. BASTA OLHAR E COMEÇAR A RABISCAR”

“I started enjoying to draw still as a boy, when I saw [Candido] Portinari’s illustrations for Don Quixote. I was shocked and fascinated. Today, when I see a case of color pencils, all neatly arranged side by side in gradual shades, I have an urge to draw. It’s instinctive, unconscious. I draw anywhere I am, and that’s easy, because I draw caricatures. I just look and start to scrawl”

18/06/13 11:33


IVALD GRANATO,

artista plástico visual artist “MANTENHO VÁRIOS LÁPIS ESPALHADOS PELA CASA, É QUASE UM VÍCIO. A CARAN D’ACHE TEM UMA COLEÇÃO DE AQUARELADOS EXUBERANTE E VENDE ESSE PRODUTO COMO SE FOSSE UM PRESENTE ESPECIAL. QUANDO VIAJO, É QUASE OBRIGATÓRIO TRAZER. PARA UMA CRIANÇA, GANHAR UM CARAN D’ACHE TEM O MESMO VALOR DO QUE UM ADULTO RECEBER FLORES. MINHA NETA, POR EXEMPLO, JÁ MEXE COM IPAD, MAS É APAIXONADA PELO MATERIAL”

“I keep several pencils scattered through my house, it’s almost an addiction. Caran d’Ache has an exuberant collection of watercolor pencils and sells them as special gifts. When I travel, it’s almost mandatory to bring some. For a child, getting a Caran d’Ache is like getting flowers. My granddaughter, for example, already uses an iPad, but she’s in love with the material”

62

LU AZEVEDO, ilustradora do estúdio Lalelilolu illustrator at Studio Lalelilolu “OS LÁPIS DA CARAN D’ACHE SEMPRE FORAM OS MEUS PREFERIDOS. NA ADOLESCÊNCIA, LEMBRO DE TER FEITO UMA RIFA NA ESCOLA PARA CONSEGUIR DINHEIRO E COMPRAR MEU MATERIAL DE DESENHO E PINTURA, INCLUINDO UMA CAIXA COM 36 LÁPIS (MEU SONHO!). TODO MUNDO QUE AJUDOU GANHOU UM DESENHO DEPOIS”

“Caran d’Ache pencils have always been my favorite. As a teenager, I remember I made a raffle at school so I could pay for my drawing and painting material, including a 36-pencil case (my dream!). All those who helped me got a drawing later”

Dufry23_marcaregistrada6.indd 62

ated to gather all product lines. In all of them, it is possible to try what is on display. “Over the years, we have sought to add value not only by launching new products, but also by placing our bets in special spaces, so the consumer can have an intense experience,” says Martine Depresle, the brand’s international marketing manager. “To display our collections in this fashion is a way of making colors evoke emotions.” Caran d’Ache’s coveted cases are available in several sizes and types – the smaller has 12 pieces and the largest 120. Created in 1931, the most wanted collection is still Prismalo, with the first watercolor pencils ever to hit the market. They work by wetting the tip, so that the lead produces an effect similar to gouache paint. Almost 90 years later, many things have changed in

18/06/13 11:33


EDUARDO KOBRA,

grafiteiro graffiti artist “TODAS AS OBRAS QUE FAÇO NA RUA, OU MESMO AS DECORATIVAS COM CENAS ANTIGAS NAS PAREDES DE CASAS E APARTAMENTOS, COMEÇAM NO PAPEL E COM UMA BOA CAIXA DE LÁPIS DE COR, COM TODOS OS TONS. E TEM DE SER NOVA. FUNCIONA COMO UMA FONTE DE INSPIRAÇÃO”

Tóquio, lojas-conceito, batizadas de Bar à Couleurs (bar das cores), foram criadas para reunir todas as linhas. Em todas elas é possível testar o que está nos mostradores. “Ao longo dos anos, procuramos agregar valor não apenas com o lançamento de novos produtos, mas também apostando em espaços especiais, para que o consumidor tenha uma experiência intensa. Mostrar as coleções assim é um jeito de fazer com que as cores evoquem emoções”, diz Martine Depresle, gerente internacional de marketing da marca. Os estojos-desejo da Caran d’Ache estão disponíveis em vários tamanhos e tipos – o menor tem 12 unidades e o maior, 120. Quanto à cartela de cores, são mais de 120 tons. Criada em 1931, até hoje a coleção mais disputada é a Prismalo, com os primeiros lápis aquarelados lançados no mercado. Funciona assim:

63 { DUFRY }

“All my street works, or even decorative ones with old scenes on walls of houses and apartments, start on paper with a good case of color pencils, with all hues. And it has to be a brand new case. It works as a source of inspiration.”

the brand’s trajectory. Current products, for example, go much further than pencils: there are also pens, crayons, gouaches and other objects. In 1929, the company developed its first clutch pencil, all in metal, called Fixpencil. Another point is the environmental commitment, with the support of WWF, an entity that fights for the preservation of natural resources. On the other hand, even with so many advances, Caran d’Ache’s atmosphere of exclusiveness has been curiously kept, starting with the number of employees: about 280, relatively little compared to similar companies. Not incidentally, even today the company often receives letters from customers with stories of colorful cases that have been in the same family – and in use – for over 60 years.

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO/ARQUIVO PESSOAL; ILUSTRAÇÕES REPRODUÇÃO

Dufry23_marcaregistrada6.indd 63

18/06/13 11:34


marca registrada TRADEMARK

basta umedecer a ponta para que o grafite produza um efeito semelhante ao da tinta guache. Quase 90 anos depois, muita coisa mudou na trajetória da marca. A produção atual, por exemplo, vai muito além dos lápis: também há canetas, crayons, guaches e outros objetos. Em 1929, a empresa desenvolveu a primeira lapiseira, toda em metal, chamada de Fixpencil. Outro ponto é o compromisso com o meio ambiente, como o apoio da WWF, entidade que luta pela preservação dos recursos naturais. Por outro lado, mesmo com tantos avanços, o curioso é que a atmosfera de exclusividade da Caran d’Ache foi mantida, a começar pelo número de funcionários: cerca de 280, relativamente pequeno se comparado ao de outras empresas do gênero. E ,não à toa, até hoje a Caran d’Ache costuma receber cartas de clientes, histórias de estojos coloridos que estão na mesma família – e na ativa – há mais de 60 anos.

64

PAULO VON POSER,

artista plástico, visual artist “LÁPIS DE COR LEMBRA ALGO DOCE, COMO SE AS CORES TIVESSEM TERNURA. É COMO O AROMA DO CAFÉ QUE ESTÁ SENDO PASSADO, QUASE MELHOR QUE O GOSTO. DÁ VONTADE DE DESENHAR. GANHEI A MINHA PRIMEIRA CAIXA DA CARAN D’ACHE NA FACULDADE DE ARQUITETURA. FOI MARCANTE!”

“Color pencils remind me of something sweet, as if colors had tenderness. It’s like the aroma of coffee being brewed, almost better than the taste. I got my first Caran d’Ache case in architecture school. It was so striking!”

FOTO PHOTO DIVULGAÇÃO/ARQUIVO PESSOAL; ILUSTRAÇÃO REPRODUÇÃO

Dufry23_marcaregistrada6.indd 64

18/06/13 11:34


An_Decolar_Hoteis_DutyFree_20.8x27.5cm_AF.pdf

1

6/6/13

12:30 PM


álbum ALBUM

FAMÍLIA AO MAR { family at sea}

Depois de embarcar em uma viagem pelo Caribe com as filhas, a blogueira Sut-Mie Guibert comprovou que cruzeiro é, sim, programa para crianças After boarding a Caribbean cruise with her daughters, blogger Sut-Mie Guibert could see that yes, cruises are for children, too Por By Raquel Fortuna

66

Dufry23_album4.indd 66

6/17/13 3:55 PM


CRUZEIROS NUNCA FIZERAM PARTE DOS PLANOS DE VIAGEM DE SUT-MIE GUIBERT. Ainda mais em família. “Achava que poderia ser chato e monótono”, diz. Autora do blog viajandocompimpolhos.com, no começo deste ano ela resolveu encarar a aventura e embarcou no Allure of the Seas, da Royal Caribbean, na companhia das filhas Clara, 5 anos, e Nina, 2. E qual não foi sua surpresa ao descobrir ali um universo interessante, com direito a vistas incríveis, mordomias e mil opções de lazer. “É um misto de resort all inclusive, onde não é preciso organizar nada porque já tem alguém pensando por você, e parque de diversões”, define. Foram sete dias de roteiro, saindo de Fort Lauderdale, na Flórida, e passando por Labadee, na costa do Haiti, Jamaica e Ilha de Cozumel, no México. Nas paradas em terra firme, os dias eram dedicados a explorar as praias paradisíacas, com grande variedade de atividades. “Podíamos escolher entre nadar com golfinhos, visitar cachoeiras ou apenas dar uma volta”, conta. No entanto, exatamente pela intensidade, a blogueira pondera que este não é o tipo de viagem para conhecer a fundo os destinos: “Você tem uma pitadinha de cada lugar. Mas o que vale no cruzeiro é justamente a multiplicidade de experiências”.

CRUISES WERE NEVER PART OF SUT-MIE GUIBERT’S TRAVEL PLANS, let alone with family.“I thought it could be boring and monotonous,” she says. Author of the viajandocompimpolhos.com (“traveling with kids”) blog, early this year she decided to go for the adventure and boarded Royal Caribbean’s Allure of the Seas with daughters Clara, 5, and Nina, 2. She was surprised to find an interesting universe of incredible views, luxury treats and lots of leisure options. “A mix of an all-inclusive resort, where you need to organize nothing because someone already did that, with an amusement park,” she defines it. It was a seven-day voyage, sailing from Fort Lauderdale, Florida, and docking in Labadee (Haiti), Jamaica and Cozumel island (Mexico). In stopovers, days were spent exploring the paradise beaches, with a large assortment of activites. “We could choose to either swim with dolphins, visit waterfalls or just stroll around,” she tells. However, exactly because of the intensity, the blogger ponders that this is not the kind of trip to get to know the destinations in depth: “You get a pinch of each place, but what’s worthwhile in a cruise is exactly having multiple experiences.”

67

2 3

Clara e Nina no playground do navio Clara and Nina in the ship’s playground

1. Sut-Mie e as filhas na parada em Labadee, no Haiti 2. Momento de embarque no Allure of the Seas 3. Vista da praia na Jamaica 1. Sut-Mie and her daughters in the stopover in Labadee, Haiti 2. Boarding the Allure of the Seas 3. View of the beach in Jamaica 1

FOTOS PHOTOS ARQUIVO PESSOAL; ISTOCK (PÉ DE PATO)

Dufry23_album4.indd 67

6/17/13 3:56 PM


Clara com Mork, um dos personagens a bordo. Clara with Mork, one of the characters on board

Café no quarto com a irmã, Nina Breakfast in the room with sister Nina

Brincando de Barbie, uma das atividades do cruzeiro. The Barbie Experience, one of the cruise activities

68

TROCA DE CULTURA Coisa de criança? Sim. Para Sut-Mie, o mais legal de levar os filhos para um cruzeiro é o contato com diferentes nacionalidades. “Eles interagem sem a necessidade da língua. É interessante ver essa troca de cultura. O inglês fica amigo do mexicano, que fica amigo do brasileiro... E os pais acabam se conhecendo também”, observa. Isso sem contar a parte de recreação a bordo. Além dos tradicionais shows temáticos, o navio no qual ela esteve tinha pista de patinação no gelo, muro de escalada, tirolesa, kids club, área verde com árvores naturais, entre outras atrações. Um dos destaques é a Experiência Barbie, na qual as crianças vivenciam diferentes situações que remetem ao universo da boneca, como aula de customização de roupinhas, chá de bonecas e desfile. “Minhas filhas adoraram. Até os adultos acabavam participando. Mães brincando de Barbie, pais corujas tirando foto, uma diversão só!”, comenta.

AVISO AOS NAVEGANTES

CULTURE EXCHANGE A child’s thing? Yes. Sut-Mie thinks the coolest thing about taking the children on a cruise is contact with different nationalities. “They interact without needing the language. It’s interesting to watch that cultural exchange. The English kid befriends the Mexican one, who befriends the Brazilian – and parents get to know each other as well,” she notes. Not to mention on-board recreation. In addition to the traditional theme shows, the ship had an ice skating rink, a climbing wall, a zip-line, a kids’ club, a garden with natural trees and other attractions. One of the highlights was the Barbie Experience, in which girls live different situations related to the doll’s universe, such as wardrobe customization lessons, a doll tea party and a fashion show. “My daughters loved it. Even adults ended up joining, mothers playing with Barbie, proud parents taking pictures, pure fun!” she comments.

{ notice to mariners }

Confira as dicas de Sut-Mie Guibert para quem planeja fazer um cruzeiro com crianças: • Para quem tem filhos pequenos, é importante levar o carrinho, já que se anda muito dentro no navio.

• Não esqueça de levar casaco, independentemente do tempo. O ar-condicionado do navio costuma ser forte.

• Como a programação sempre chega um dia antes, dá para organizar o que fazer com antecedência – e de acordo com o estilo da criança. Algumas atrações se repetem ao longo dos dias.

• Dica básica é ficar de olho nas crianças perto de varandas e sacadas. Mas nada diferente dos cuidados que se tem em casa.

• Vestir a trupe toda antes de sair pode demorar. Por isso, pedir o café da manhã no quarto pode ser mais prático e evita o risco de perder a programação.

• Para a experiência ser bemsucedida, escolha o tipo, o roteiro e a época: de nada adianta levar a família em um cruzeiro de solteiros e é bom saber que no Natal, no Anonovo ou nas férias de julho tudo fica lotado e com filas maiores.

Check Sut-Mie Guibert’s tips for those who plan to go on a cruise with children:

• Don’t forget to take a jacket, regardless of weather. The ship’s air conditioning is often chilly.

• Those who have babies or toddlers should take the cart, as one walks a lot inside the ship.

•A basic tip is to keep an eye on children near balconies and sills, but it’s not different from the precautions you have at home.

• Since the schedule arrives one day earlier, you can plan ahead what to do – according to the child’s personal style. Some attractions are recurring. • Getting all the gang dressed before going out may take some time. So, ordering breakfast in the room may be more practical and prevents you from missing the schedule.

• For a successful experience, choose well the type of cruise, the route and the time: it’s no use taking the family on a singles’ cruise, and remember that for Christmas, New Year’s and the July vacations, everything is crowded and has longer queues.

FOTOS PHOTOS ISTOCK (SNORKEL); ARQUIVO PESSOAL

Dufry23_album4.indd 68

6/17/13 3:56 PM


moda FASHION { once upon a time... }

ERA UMA VEZ... A fantasia das histórias infantis dá o tom de um ensaio de moda cheio de cores e imaginação The fantasy of children’s tales sets the tone of a fashion essay full of colors and imagination Fotos Photography DANIEL ARATANGY Ilustrações Illustrations EVA UVIEDO Edição de moda Fashion Editor PATRIZIA RAMALHO Styling MARIANA ROTTA

70

Dufry23_MODA.indd 70

6/17/13 5:22 PM


NESTA PÁGINA

Mãe: calça e camisa Armani Jeans, Jeans Gap, lenço Hermès Hermès, blazer Gap Dior, bolsa Guess óculos Dior Gap Menina: vestido e colete Baby Gap, sapato Gap Kids

POR LEWIS CARROLL

NA PÁGINA AO LADO

Menino: polo e camisa Tommy Hilfiger ger, Kids tênis Armani Junior bermuda Gap Kids, Menina: vestido e casaco Gap Kids THIS PAGE

Mother: Armani Jeans trousers and shirt, Gap blazer, Hermès scarf, Dior sunglasses, Guess purse Girl: Baby Gap dress and vest, Gap Kids shoes

Alice in Wonderland, by Lewis Carroll ““Would you tell me, please, which way shall I take to get out of here?”

PREVIOUS PAGE

Boy: Tommy Hilfiger polo and shirt, Gap Kids short trousers, Armani Junior sports shoes Girl: Gap Kids dress and jacket

71 { DUFRY } POLTRONA ESTÚDIO GLORIA WWW.ESTUDIOGLORIA.COM.BR; CADEIRAS E ALMOFADA VERMELHA COQUELICOTS WWW.COQUELICOTS.COM.BR; TAPETES E COELHO DE PELÚCIA MUNDO DO ENXOVAL WWW.MUNDODOENXOVAL.COM.BR; MESAS DBOX WWW.DBOX.ART.BR; LIVROS ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS LIVRARIA DA VILA WWW.LIVRARIADAVILA.COM.BR; LOUÇAS TANIA BULHÕES WWW.TANIABULHOES. COM.BR; ABAJUR CUPCAKE, VASO DE FLORES E XÍCARAS BRANCAS ART E LAR (R. ARTUR DE AZEVEDO, 1.315, SÃO PAULO, SP. TEL: 11 3057-3446); CUPCAKES CUPCAKEITO WWW.CUPCAKEITO.COM.BR; ALMOFADA LISTRADA E AZUL MISSONI HOME WWW.MISSONIHOME.COM.BR; PORTAS CUPCAKES LOJA DA CASA WWW.DACASAECIA.COM.BR; ALMOFADAS BORDADAS CASA 8 WWW.SHOPPINGCIDADEJARDIM.COM/LOJAS/29_CASA+8

Dufry23_MODA.indd 71

6/17/13 5:22 PM


moda FASHION

POR L. FRANK BAUM

The Wizard of Oz, by L. Frank Baum “There is no place like home...”

72

Dufry23_MODA.indd 72

6/17/13 5:22 PM


NESTA PÁGINA

Menina: vestido Armani Junior Klein Menino: calça Calvin Klein, Lacoste, suéter e polo Lacoste tênis Armani Junior NA PÁGINA AO LADO

Mãe: calça Armani Jeans, Jeans ger, casaco Tommy Hilfiger Ferragamo lenço Salvatore Ferragamo, Lacoste, bolsa DKNY DKNY, sapatilha Lacoste óculos Dolce & Gabbana Menina: vestido e casaco Armani Junior Pelúcia mico-leão-dourado THIS PAGE

Girl: Armani Junior dress Boy: Calvin Klein trousers, Lacoste polo, Armani Junior sweater and sports shoes PREVIOUS PAGE

Mother: Armani Jeans trousers, Tommy Hilfiger coat, Salvatore Ferragamo scarf, Lacoste slippers, DKNY purse, Dolce & Gabbana sunglasses Girl: Armani Junior dress and cardigan Plush golden lion tamarin

POLTRONA E SOFÁ ESTÚDIO GLORIA WWW.ESTUDIOGLORIA.COM.BR; BAÚ HITS WWW.HITS.COM.BR; VASO TANIA BULHÕES WWW.TANIABULHOES.COM.BR; PUF E FUTTONS COQUELICOTS WWW.COQUELICOTS.COM.BR; ALMOFADAS BORDADAS CASA 8 WWW.SHOPPINGCIDADEJARDIM.COM/LOJAS/29_CASA+8

Dufry23_MODA.indd 73

6/17/13 5:23 PM


moda FASHION NESTA PÁGINA

Menina: camisa Calvin Klein, Klein camiseta Lacoste, calça Armani Junior, Lacoste Junior cardigã Tommy Hilfiger, ger sapato Armani Junior ger lenço e bolsa Mãe: vestido Tommy Hilfiger, Salvatore Ferragamo, Ferragamo sapatilha Lacoste Lacoste, Secret relógio Puma óculos Victoria’s Secret, NA PÁGINA AO LADO

Menina: vestido e sapato Armani Junior, Junior Kids bolsa Guess cardigã Gap Kids, Gap, polo Lacoste Lacoste, Menino: camisa Gap calça Calvin Klein THIS PAGE

Girl: Calvin Klein shirt, Lacoste T-shirt, Armani Junior trousers, Tommy Hilfiger cardigan, Armani Junior shoes Mother: Tommy Hilfiger dress, Salvatore Ferragamo scarf and purse, Lacoste slippers, Victoria’s Secret sunglasses, Puma watch NEXT PAGE

Girl: Armani dress and shoes, Gap Kids cardigan, Guess purse Boy: Gap shirt, Lacoste polo, Calvin Klein trousers

74

BARCO TRENZINHO WWW.TRENZINHO.COM.BR; POLTRONA, ALMOFADAS E FUTONS COQUELICOTS WWW.COQUELICOTS.COM.BR; MESA DBOX WWW.DBOX.ART.BR; BAÚ QUADRADO HITS WWW.HITS.COM.BR; MANTA LISTRADA E ALMOFADA AZUL MISSONI HOME WWW.MISSONIHOME.COM.BR; VASO TANIA BULHÕES WWW.TANIABULHOES.COM.BR; LIVRO PETER PAN LIVRARIA DA VILA WWW.LIVRARIADAVILA.COM.BR

Dufry23_MODA.indd 74

6/17/13 5:23 PM


POR J. M. BARRIE

Peter Pan, by J.M. Barrie “Happy thoughts make you fly.”

Dufry23_MODA.indd 75

6/18/13 11:10 AM


POR CHARLES PERRAULT

Little Red Riding Hood by Charles Perrault “What big eyes you have!”

SOFÁ ESTÚDIO GLORIA WWW.ESTUDIOGLORIA.COM.BR; ALMOFADA VERMELHA COQUELICOTS WWW.COQUELICOTS.COM.BR; MANTA MUNDO DO ENXOVAL WWW.MUNDODOENXOVAL.COM.BR; GUARDANAPOS BLAUSS MAISON WWW.BLAUSSMAISON.COM.BR; VASOS ART E LAR (R. ARTUR DE AZEVEDO, 1.315 TEL: 3057-3446); ALMOFADAS BORDADAS CASA 8 WWW.SHOPPINGCIDADEJARDIM.COM/LOJAS/29_CASA+8; LIVRO CHAPEUZINHO VERMELHO LIVRARIA DA VILA WWW.LIVRARIADAVILA.COM.BR; VASO TRANSPARENTE TANIA BULHÕES WWW.TANIABULHOES.COM.BR

Dufry23_MODA.indd 76

6/17/13 5:24 PM


NESTA PÁGINA

Menina: blusa e calça Tommy Hilfiger, ger cardigã Calvin Klein NA PÁGINA AO LADO

Mãe: camisa Lacoste Lacoste, cardigã Gap Gap, calça Armani Jeans, Jeans lenço Hermès Hermès, óculos de Clark, relógio Fossil leitura Clark ger, calça Gap Menina: polo Tommy Hilfiger Kids, casaco Armani Junior Kids Kids polo vermelha e Menino: Calça Gap Kids, Lacoste, polo Tommy Hilfiger boné Lacoste casaco e tênis Armani Junior THIS PAGE

Girl: Tommy Hilfiger blouse and trousers, Calvin Klein cardigan PREVIOUS PAGE

Mother: Lacoste shirt, Gap cardigan, Armani Jeans trousers, Hermès scarf, Clark reading glasses, Fossil watch Girl: Tommy Hilfiger polo, Gap Kids trousers, Armani Junior coat Boy: Gap Kids trousers, Lacoste red polo and baseball cap, Tommy Hilfiger polo, Armani Junior coat and sports shoes Beleza Beauty CELSO FERRE (ABÁ MGT) Cenário Scenery MARINA GARCIA Produção de objetos Props Production JULIANA PROCESSO, STEPHANIE STUPELLO, VIVIAM ALMEIDA Modelo Model GRAZIELLE GRASSONE (Ford Models) Crianças Kids EVELYN FRANÇOIS, CRISTIANO WILKEN E SOFIA AMADIO (Vogue Kids) Assistente de Foto Assistant Photographer FERNANDO FUCHIGAMI

77 { DUFRY }

Dufry23_MODA.indd 77

6/17/13 5:24 PM


compras SHOPPING

ESTAÇÃO DAS CORES

Fotos Photos Edu Delfim

Tons de nude, alaranjados e vermelhos são as apostas da temporada nos esmaltes e batons. Encontre a sua cor preferida nas lojas Dufry SEASON OF COLORS Shades of nude, orange and red are the season’s bets for nail polish and lipstick. Find your favorite color at Dufry stores.

O.P.I Gouda Gouda Two Shoes

M.A.C Dangerously Fun

Dior 999 Rouge Altesse

Givenchy 117 Loving Red

78 Bourjois Rose Cupcake Bourjois Rose Lounge

O.P.I Are We There Yet?

YSL Rouge Pure Shine 1

Dior Rouge Dior 999

M.A.C Lady Bug

YSL Rouge Pure Shine 10

Bourjois Rouge Casino

Bourjois Rouge Edition 17

Lancôme Rouge in Love 322M

M.A.C Faux AB2

M.A.C Angel

FOTO PHOTO ARQUIVO PESSOAL (NADIA)

Dufry23_abrecompras4.indd 78

6/18/13 11:31 AM


Givenchy Rouge Interdit 20

Lancôme Rouge in Love 181N

Dior – Rouge Dior 638

Guerlain Rouge Automatique 121

Bourjois Rouge Edition 03

Lancôme L’ Absolu Nu 201

Dior 386 Rose Aristocrate

Lancôme L’ Absolu Nu 302

Shiseido PK417

Bourjois Beige Glamour Bourjois Beige Élégant

O.P.I Italian Love Affair

O.P.I I Eat Mainely Lobster

Bourjois Rouge Diva

Maquiadora do salão Marcos Proença, em São Paulo, e queridinha entre atrizes globais e it girls, NADIA TAMBASCO dá dicas para não errar na escolha dos esmaltes e batons. Make-up artist at the Marcos Proença beauty salon in São Paulo, NADIA TAMBASCO shares her tips to hit the spot in your choices of nail polish and lipstick.

79 Dior 853 Rouge Massaï

DUFRY A cor do esmalte deve harmonizar DUFRY: Tambasco Não com a maquiagem? Nadia Tambasco: necessariamente. Mas, se for optar por uma maquiagem mais colorida, é melhor evitar excessos e escolher um esmalte neutro, como nude, preto ou azul-marinho.

DUFRY: Should the nail polish color be in harmony with the make-up? Nadia Tambasco: Not necessarily. But if you go for a more colorful make-up, it’s better to avoid excesses and choose a more neutral nail polish, like nude, black or navy blue.

Tons de nude, alaranjados e vermelhos: com que tipos de pele essas cores combinam? Com todos os tipos, só é preciso prestar atenção às variações de tons. Quem tem pele morena, por exemplo, deve evitar o nude quase branco e dar preferência aos rosados ou alaranjados.

Nude, orange and red. What kinds of skin do these colors match? All kinds. One just has to watch for hue variations. Those with darker skin, for example, should avoid offwhite nudes and prefer pinks and oranges.

Quais são as regras para não errar na escolha do batom e do esmalte? Se a ideia é atrair olhares, deve-se investir em cores. Já o nude é indicado para quem não quer chamar a atenção e vai bem quando a maquiagem dos olhos é mais forte.

{ DUFRY }

M.A.C Hangin’ Loose

What are the rules to choose the right lipstick and nail polish? If the idea is to attract looks, one must invest in colors. Nude is indicated to those who don’t want to attract attention and goes well when the eye make-up is bolder.

Tudo à venda na Dufry Brasil All for sale at Dufry Brasil

Dufry23_abrecompras4.indd 79

6/18/13 11:31 AM


compras SHOPPING

1

2

3

4

6 5

7

8

80

9

10

11

12

1. Polo Lacoste Lacoste Polo 2. Lenço Hermès Hermès scarf 3. Licor Amarula Amarula liqueur 4. Bolsa Salvatore Ferragamo Salvatore Ferragamo purse 5. Estojo de maquiagem Estée Lauder Estée Lauder make-up kit 6. Óleo de banho L’Occitane L’Occitane shower oil 7. Leite hidratante Roger & Gallet Roger & Gallet hydrating milk 8. Sapatilha Armani Armani slippers 9. Óculos de sol Dior Dior sunglasses 10. Pincel M.A.C M.A.C. make-up brush 11. Bolsa DKNY DKNY purse 12. Coffret de miniaturas Lancôme Lancôme perfume kit

Pague com o cartão Santander Dufry Platinum e ganhe 10% de desconto em qualquer produto das lojas Duty Free Dufry Brasil e Dufry Shopping. Promoção por tempo limitado, exclusiva para o pagamento com o cartão de crédito Santander Dufry Platinum. Desconto não cumulativo com outras promoções.

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATTAIOLA E DIVULGAÇÃO

Dufry23_compras4.indd 80

6/17/13 3:58 PM


PARA ELA for her 1

2 3

4

5

5

6

81

8

9

10

{ DUFRY }

7

15

14 11

13 13

12

13

1. Vestido Armani Jeans Armani Jeans dress 2. Cinto Armani Jeans Armani Jeans belt 3. Relógio Bulova Bulova watch 4. Ó Óculos de sol Marc by Marc Jacobs Marc by Marc Jacobs sunglasses 5. Lenço Salvatore Ferragamo Salvatore Ferragamo scarf 6. Kit de esmaltes Revlon Revlon nail polish kit 7. Bolsa Lacoste Lacoste purse 8. Óculos de leitura Clark Clark reading glasses 9. Capa de celular Victoria’s Secret Victoria’s Secret cell phone case 10. Perfume Desire Dolce & Gabbana Dolce & Gabbana Desire perfume 11. Carteira Emporio Armani Emporio Armani wallet 12. Clarifying lotion Clinique Clinique clarifying lotion 13. Estée Lauder Day Wear BB Cream Estée Lauder Day Wear BB Cream 14. Batom Dior Dior lipstick 15. Suéter Armani Jeans Armani Jeans sweater Charge to Santander Dufry Platinum for 10% off on products at Duty Free Dufry Brasil and Dufry Shopping stores. Valid for a limited time only and exclusive for payments with the Santander Dufry Platinum credit card. Discounts are non-cumulative with other promotions.

Dufry23_compras4.indd 81

18/06/13 18:17


compras SHOPPING 1

2

4

3

8

6

7

82 5

9

10 11

12

13

14

1. Suéter Tommy Hilfiger Tommy Hilfiger sweater 2. T 2 Mala Samsonite Samsonite suitcase 3. Relógio Lacoste Lacoste watch 4. Sapato Salvatore Ferragamo Salvatore Ferragamo shoes 5. Carteira Victorinox Victorinox wallet 6. Gravata Hermès Hermès tie 7. Óculos de sol Ralph Lauren Ralph Lauren sunglasses 8. Polo Lacoste Lacoste polo 9. Barbeador Philips Philips electric shaver 10. Perfume CK Encounter CK Encounter perfume 11. Perfume Paco Rabanne Paco Rabanne perfume 12. Shiseido Skin Empowering Cream Shiseido Skin Empowering Cream 13. Relógio Fossil Fossil watch 14. Boné Lacoste Lacoste baseball cap Pague com o cartão Santander Dufry Platinum e ganhe 10% de desconto em qualquer produto das lojas Duty Free Dufry Brasil e Dufry Shopping. Promoção por tempo limitado, exclusiva para o pagamento com o cartão de crédito Santander Dufry Platinum. Desconto não cumulativo com outras promoções.

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATTAIOLA E DIVULGAÇÃO

Dufry23_compras4.indd 82

6/17/13 4:02 PM


PARA ELE for him PA 1

2

3 4

7

5

8

6

83 { DUFRY }

7

9

12 9

10

11

1. Suéter Lacoste Lacoste sweater 2. Gravata Hermès Hermès tie 3. Dock para iPod Amethyst Amethyst dock for iPod 4. Óculos de sol Prada Prada sunglasses 5. Cinto Calvin Klein Jeans Calvin Klein Jeans belt 6. Lenço Salvatore Ferragamo Salvatore Ferragamo scarf 7. Calça Armani Jeans Armani Jeans trousers 8. Relógio Victorinox Victorinox watch 9. Uísque Jim Beam Jim Beam bourbon whiskey 10. Perfume CH Men Sport CH Men Sport perfume 11. Óculos de sol Emporio Armani Emporio Armani sunglasses 12. Camisa Hugo Boss Hugo Boss shirt Charge to Santander Dufry Platinum for 10% off on products at Duty Free Dufry Brasil and Dufry Shopping stores. Valid for a limited time only and exclusive for payments with the Santander Dufry Platinum credit card. Discounts are non-cumulative with other promotions.

Dufry23_compras4.indd 83

6/17/13 4:04 PM


1

compras SHOPPING

JARDIM DE INFÂNCIA kindergarten g 4

1

2

3

5

84

6

7

9

8

10 1111

12

1. Sandália Havaianas Mickey Havaianas Mickey flip-flops 2. Boneca Pop Cinderella Pop Cinderella doll 3. Jogo Nintendo Wii Nintendo Wii game 4. Calça Tommy Hilfiger Tommy Hilfiger trousers 5. Jogo de baralho Copag Copag card deck 6. Tigre de pelúcia Plush tiger 7. Boné Armani Junior Armani Junior baseball cap 8. Dock Hello Kitty Hello Kitty docking station 9. Vestido Tommy Hilfiger Tommy Hilfiger dress 10. Carro colecionável All Stars All Stars collectible car 11. Sapatilha Armani Junior Armani Junior slippers 12. Boneca Chloe Chloe doll

Pague com o cartão Santander Dufry Platinum e ganhe 10% de desconto em qualquer produto das lojas Duty Free Dufry Brasil e Dufry Shopping. Promoção por tempo limitado, exclusiva para o pagamento com o cartão de crédito Santander Dufry Platinum. Desconto não cumulativo com outras promoções.

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATTAIOLA E DIVULGAÇÃO

Dufry23_compras4.indd 84

6/17/13 4:06 PM


MADE IN BRAZ BRAZIL 2

1

3

4

6

7

8

5

85 { DUFRY }

9

10

13 3

11

14

12 2

1. Perfume Natura Ekos Natura Ekos perfume 2. Hidratante corporal Natura Ekos Natura Ekos body hydrating lotion 3. Leão de pelúcia Nici Nici plush lion 4. Baralho Copag Romero Britto Copag Romero Britto card deck 5. Camisa polo Brasil Brasil polo 6. Cinzeiro Calçadão de Copacabana Copacabana Sidewalk ashtray 7. Copo shot Calçadão de Copacabana Copacabana Sidewalk shot glass 8. Moletom Brasil Brasil sweatshirt 9. Mico de pelúcia Plush tamarin 10. Garrafa térmica Thermos bottle 11. Socador (tucano) Toucan pestle 12. Socador (arara) Macaw pestle 13. Sandálias Havaianas Havaianas flip-flops 14. Cachaça Busca Vida Busca Vida cachaça Charge to Santander Dufry Platinum for 10% off on products at Duty Free Dufry Brasil and Dufry Shopping stores. Valid for a limited time only and exclusive for payments with the Santander Dufry Platinum credit card. Discounts are non-cumulative with other promotions.

Dufry23_compras4.indd 85

6/17/13 4:08 PM


compras p SHOPPING

1

GOURMET

2

6

3

4

7

5

8

86

9

10

11

12

13

Azeite Azall A Azall olive Grimelli balsamic vinegar 3. Risoto Marabotto Marabotto risotto 11. A i A li oil il 2 2. A Aceto balsâmico b l â i Villa Vill Grimelli G i lli Villa Grime 4. Rum Bacardi Bacardi rum 5 5. Uí Uísque Th The FFamous G Grouse Th The F Famous Grouse whisky 6. Chocolate Godiva Godiva chocolate spread 7. Patê de fígado de pato Rougié Rougié foie gras de canard 8. Chá Twinings Twinings tea 9. Chocolates Opus Guylian Opus Guylian chocolates 10. Moedor de pimenta e sal Studii Studii pepper and salt grinder 11. Vodca Belvedere Lemon Tea Belvedere Lemon Tea vodka 12. Chocolate Lindt Lindt chocolate 13. Chocolate Jubileu Jubileu assorted nut bonbons Pague com o cartão Santander Dufry Platinum e ganhe 10% de desconto em qualquer produto das lojas Duty Free Dufry Brasil e Dufry Shopping. Promoção por tempo limitado, exclusiva para o pagamento com o cartão de crédito Santander Dufry Platinum. Desconto não cumulativo com outras promoções.

FOTOS PHOTOS FLAVIO BATTAIOLA E DIVULGAÇÃO

Dufry23_compras4.indd 86

6/17/13 4:09 PM


GADGETS 1

3

2

4

5

6

87 { DUFRY }

7

8

9

10

11

1. Dock Ninja Amethyst Amethyst Ninja dock for iPhone 2. Caneta para tablet Amethyst Amethyst tablet stylus 3. Piano The Sharper Image Piano The Sharper Image piano 4. Aerador de vinho The Sharper Image The Sharper Image wine aerator 5. DVD portátil Coby Coby portable DVD player 6. Câmera Nikon Nikon camera 7. Fone wireless Sony Sony wireless headphones 8. iPod Shuffle Apple Apple iPod Shuffle 9. MP3 Soul Soul MP3 player 10. Babá eletrônica Topcom Topcom baby alarm 11. Cafeteira Nespresso U Pure Nespresso U Pure coffee maker

Charge to Santander Dufry Platinum for 10% off on products at Duty Free Dufry Brasil and Dufry Shopping stores. Valid for a limited time only and exclusive for payments with the Santander Dufry Platinum credit card. Discounts are non-cumulative with other promotions.

Dufry23_compras4.indd 87

6/17/13 4:10 PM


Shopping_Dufry.indd 1

9/5/12 12:16 PM


NOTÍCIAS

news

NOVAS LOJAS Com o objetivo de oferecer ainda mais conforto e praticidade aos viajantes na hora das compras, as lojas Dufry de embarque e desembarque do Terminal 2 do Aeroporto Internacional de Guarulhos estão passando por um grande processo de expansão, que será concluído em breve. O espaço vai ser mais do que duplicado, ganhará novas marcas e tecnologias modernas, um conceito criado pela empresa inglesa JHP Design. A Dufry é líder em travel retail nas Américas e está entre os top 3 do travel retail mundial. NEW STORES Aiming to make travelers’ shopping experience even more comfortable and practical, Dufry departure and arrival stores in Guarulhos International Airport Terminal 2 are undergoing a large expansion process, scheduled to be completed soon. Floor area will more than than double, and the stores will offer new brands and modern technologies, in a concept created by British company JHP Design. Dufry is the market leader in travel retail in the Americas and is among the world’s top three travel retail companies.

O cartão de crédito internacional Santander Dufry Platinum oferece uma série de vantagens e benefícios para seus clientes: 10% de desconto* nas lojas Duty Free Dufry e Dufry Shopping do Brasil. US$ 1 gasto = 1,5 bônus. Os bônus não expiram e podem virar milhas ou produtos no Programa Superbônus Santander. Isenção da primeira anuidade e até cinco adicionais gratuitos. Seguro de viagem para passagens compradas inteiramente com o cartão Santander Dufry Platinum.** Peça já o seu: 0800 884 4444 Sujeito a aprovação cadastral e creditícia e às demais condições do produto. * Promoção por tempo limitado. Desconto não cumulativo com outras promoções em vigor. ** Os seguros são inteiramente de responsabilidade das bandeiras Mastercard ou Visa.

{ DUFRY }

Cartão de crédito exclusivo

89

EXCLUSIVE CREDIT CARD The Santander Dufry Platinum international credit card has a full range of advantages and benefits: 10% off* on all purchases at Duty Free Dufry and Dufry Shopping stores in Brazil. Each US$1 spent = 1.5 bonus point. Bonuses do not expire and can be converted into air miles or products under the Santander Superbônus Program. Annual fee waived for the first year and up to five additional cards for free. Travel insurance provided for tickets charged entirely to the Santander Dufry Platinum card.** Apply for one right now: 0800 884 44 44. Subject to credit and reference file analysis and the product’s additional terms and conditions. * Promotion valid for a limited time only. Discounts are noncumulative with other promotions. ** Insurance is the exclusive responsibility of the Mastercard or Visa providers.

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO

Dufry23_vermelhas6.indd 89

18/06/13 12:33


SERVIÇOS SERVICES

{ Meet Dufry }

Onde estamos WHERE WE ARE

CONHEÇA

Visite as lojas Duty Free Dufry em todo o Brasil: Visit Dufry Duty Free throughout Brazil:

A DUFRY

RIO DE JANEIRO Aeroporto Internacional Tom Jobim – Galeão SALVADOR Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães PORTO ALEGRE Aeroporto Internacional Salgado Filho RECIFE Aeroporto Internacional Guararapes – Gilberto Freyre SÃO PAULO Aeroporto Internacional Governador

Saiba mais sobre quem somos e onde encontrar nossas lojas

André Franco Montoro – Guarulhos BELO HORIZONTE Aeroporto Internacional Tancredo Neves – Confins FORTALEZA Aeroporto Internacional Pinto Martins FLORIANÓPOLIS Aeroporto Internacional Hercílio Luz BRASÍLIA Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek NATAL Aeroporto Internacional de Natal – Augusto Severo CURITIBA Aeroporto Internacional Afonso Pena

Learn more about us and where to find our stores Quem somos

WHO WE ARE

Desde 2006, a Dufry opera as lojas duty free dos principais aeroportos do Brasil. Presente em 43 países, a Dufry opera mais de 1.370 lojas, entre Duty Free e Duty Paid, em aeroportos, navios, portos e pontos turísticos em todo o mundo. As lojas Duty Free Dufry comercializam mais de 6 mil produtos importados e nacionais, com a qualidade e a tradição das marcas mundialmente consagradas. Essa atividade

90

RIO DE JANEIRO Tom Jobim Intl. Airport – Galeão SALVADOR Luís Eduardo Magalhães Intl. Airport PORTO ALEGRE Salgado Filho Intl. Airport RECIFE Guararapes Intl. Airport – Gilberto Freyre SÃO PAULO Governador André Franco Montoro Intl. Airport – Guarulhos BELO HORIZONTE Tancredo Neves Intl. Airport – Confins FORTALEZA Pinto Martins Intl. Airport FLORIANÓPOLIS Hercílio Luz Intl. Airport BRASÍLIA Presidente Juscelino Kubitschek Intl. Airport NATAL Augusto Severo Intl. Airport CURITIBA Afonso Pena Intl. Airport

proporciona um importante volume de recursos para a manutenção da infraestrutura aeroportuária no Brasil e para o desenvolvimento das atividades de fiscalização

Conheça também as lojas Dufry Shopping, onde você paga em real com a alíquota de impostos vigente em cada estado, nos seguintes endereços:

aduaneira. Comprar nas lojas Duty Free Dufry é

Also, visit our duty-paid Dufry Shopping stores, where you can pay in local currency, at the following addresses:

permitido apenas aos viajantes internacionais. Since 2006, Dufry has operated duty free shops in the major Brazilian airports. With a presence in 43 countries, Dufry operates over 1,370 stores (which are either duty-free or duty-paid) in airports, on ships, in ports and at tourist spots worldwide. Dufry’s Duty Free stores sell more than 6,000 different imported and domestic items, and they boast the quality and

SÃO PAULO Aeroporto Internacional de Congonhas e Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro – Guarulhos RIO DE JANEIRO Aeroporto Santos-Dumont, Aeroporto Internacional Tom Jobim – Galeão e Rua da Assembleia, 51, Centro BELO HORIZONTE Aeroporto Internacional Tancredo Neves BRASÍLIA Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek RECIFE Aeroporto Internacional Guararapes – Gilberto Freyre PORTO ALEGRE Aeroporto Internacional Salgado Filho NATAL Aeroporto Internacional de Natal – Augusto Severo CAMPINAS Aeroporto Internacional de Viracopos BELÉM Aeroporto Internacional de Belém – Val de Cans

tradition of world-renowned brands. The substantial revenues generated this way are important to maintain Brazil’s airport infrastructure and improve customs inspections. Only international travelers are allowed to shop at Dufry Duty Free stores. WWW.DUTYFREEDUFRY.COM.BR WWW.DUFRYSHOPPING.COM.BR WWW.DUFRYSHOPPING.COM WWW.TWITTER.COM/DUTYFREEDUFRY WWW.TWITTER.COM/DUFRYSHOPPING

0800 72 38379

SÃO PAULO Congonhas Intl. Airport and Gov. André Franco Montoro Intl. Airport – Guarulhos RIO DE JANEIRO Santos-Dumont Airport, Tom Jobim Intl. Airport – Galeão and 51Assembleia St. – Downtown BELO HORIZONTE Tancredo Neves Intl. Airport BRASÍLIA Presidente Juscelino Kubitschek Intl. Airport RECIFE Guararapes Intl. Airport – Gilberto Freyre PORTO ALEGRE Salgado Filho Intl. Airport NATAL Augusto Severo Intl. Airport CAMPINAS Viracopos Intl. Airport BELÉM Val de Cans Intl. Airport

no facebook: www.facebook.com/dutyfreedufry

Dufry23_vermelhas6.indd 90

no twitter: www.twitter.com/dutyfreedufry

18/06/13 12:34


serviços duty free DUTY FREE SERVICES Cotas e direitos de compra

Bens a declarar

QUOTAS AND PURCHASE CEILINGS

DECLARING GOODS

EMBARQUE Não existe limite de cota para as compras no embarque, devendo ser respeitados os limites de entrada nos países de destino e o limite de compras permitido no regresso. De acordo com resolução da Anac, na compra de líquidos nas lojas de embarque, eles deverão estar em sacolas transparentes e lacradas e assim permanecer até o destino final.

DEPARTURE No quotas apply to departure shopping, except for the arrival limits at destination countries and the limit allowed on the return leg. According to a resolution by ANAC, the Brazilian Aviation Agency, liquids purchased upon departure must be placed in sealed transparent bags and remain sealed when passing through customs upon return.

DESEMBARQUE O valor máximo de compra por passageiro nas lojas duty free é US$ 500, mediante a passagem e o documento de viagem, independentemente do que for adquirido no exterior. Limites para a quantidade de produtos por passageiro:

ARRIVALS The purchase ceiling at the duty free stores is US$500 per passenger, with required presentation of the airline ticket and a valid travel document, regardless of any other purchases made overseas. Ceilings for number of items per passenger/passport:

20 MAÇOS DE CIGARROS DE FABRICAÇÃO ESTRANGEIRA (TOTAL DE 400 UN.) ** 25 UN. DE CHARUTOS OU CIGARRILHAS **

24 BOTTLES OF ALCOHOLIC BEVERAGES, IN A MAXIMUM OF 12 UNITS PER CLASS.

* Menores de 18 anos, mesmo acompanhados, não podem comprar bebidas alcoólicas ou artigos de tabacaria. ** Produtos de tabacaria não podem ser reservados pelo site. *Persons under 18 cannot purchase alcoholic beverages or tobacco items, even if accompanied. ** Tobacco products cannot be reserved via website.

20 PACKS OF IMPORTED CIGARETTES (400 UNITS TOTAL).**

250 G DE FUMO PREPARADO PARA CACHIMBO **

25 UNITS OF CIGARS OR CIGARILLOS.**

10 PRODUTOS DE PERFUMARIA E COSMÉTICOS

250g OF PIPE TOBACCO.**

3 UN. DE RELÓGIOS, BRINQUEDOS, JOGOS

10 FRAGRANCE AND COSMETIC PRODUCTS.

OU INSTRUMENTOS ELÉTRICOS OU ELETRÔNICOS

Incoming travelers must provide a Luggage Declaration to the Federal Revenue Bureau. If the US$ 500 foreign quota is exceeded, a customs duty of 50% shall be levied on the amount in excess.

3 UNITS OF WATCHES, TOYS, GAMES OR ELECTRONIC INSTRUMENTS

Regulamentos alfandegários

Normas da Receita Federal

CUSTOMS REGULATIONS

As sacolas de desembarque Duty Free Dufry, uma vez lacradas, não podem ser abertas antes de deixar o aeroporto. Os produtos comprados na Duty Free Dufry são para uso pessoal e não podem ser comercializados posteriormente. Once sealed, Duty Free Dufry bags and packages may not be opened prior to leaving the airport. Products purchased at Dufry Duty Free are for personal use only and cannot be resold.

91 { DUFRY }

24 GARRAFAS DE BEBIDA ALCOÓLICA (MÁXIMO DE 12 UN. POR CATEGORIA) *

Todo viajante vindo do exterior deve apresentar à Receita Federal sua Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA). Quando a cota do exterior (US$ 500) for ultrapassada, o tributo sobre o valor excedente será calculado incidindo a alíquota única de 50%.

FEDERAL REVENUE REGULATIONS

O viajante procedente do exterior que ingressar no país por via aérea está isento de impostos relativos a: Travelers arriving by air are exempt from taxes on: Roupas e objetos de uso pessoal em quantidades compatíveis com duração e finalidade de sua viagem. Clothing and personal effects in a quantity consistent with the duration and purpose of the trip.

1

2

Livros e periódicos. Books and periodicals.

Quaisquer objetos, até o limite total de US$ 500. Esse limite é individual e intransferível e o valor da aquisição dos artigos de vestuário e acessórios inclui-se no limite de isenção. Objects up to a total of US$500. The limit is personal and nontransferable, and the purchase price of garments and accessories does count toward this quota.

3

FOTOS: CAROLINA QUINTANILHA; MODELO: SINTIA GRASEL (JOY MODEL); ASS. DE FOTO: ISABEL NOVAES; BELEZA: MÔNICA SANTANA; PRODUÇÃO: JULIANA PROCESSO

Dufry23_vermelhas6.indd 91

18/06/13 12:34


reserva de produtos PRE-ORDER SERVICE

RESERVE SUAS { Placing Orders } COMPRAS Aproveite o serviço de reserva de produtos nas lojas Duty Free Dufry de embarque e desembarque e ganhe vantagens e benefícios exclusivos Take advantage of the product ordering services at Dufry Duty Free shops in arrival and departure areas and get exclusive advantages and benefits

92

pelo site

atendimento on-line

WWW.DUFRY.COM WWW.DUTYFREEDUFRY.COM.BR

WWW.DUFRY.COM WWW.DUTYFREEDUFRY.COM.BR

Acesse nosso site e veja os lançamentos e as ofertas especiais da Duty Free Dufry Brasil. Escolha os produtos desejados e solicite a sua reserva. Faça o seu login ou cadastro e monte sua lista de produtos com antecedência máxima de 35 dias e mínima de três dias úteis da data da retirada do produto. Visit our website to view Duty Free Dufry Brasil’s product launches and special offerings. Select your items and place an order. Log in or sign up to place orders no more than 35 days and no less than three business days before the pickup date.

Basta solicitar, entre 7 e 19 horas (exceto domingos e feriados), os produtos desejados, e o atendente fará sua reserva com antecedência máxima de 35 dias e mínima de 24 horas da data da retirada do produto. From 7 AM to 7 PM, request the desired products and our clerks will place an order no more than 35 days and no less than 24 hours before the pickup date.

DO QUE VOCÊ PRECISA PARA FAZER SUA RESERVA Para realização da reserva é necessário informar: data de embarque e/ou desembarque, aeroporto, documento de viagem, companhia aérea e número do voo.

DISPONIBILIDADE DE PRODUTOS Nas reservas feitas pelo site da Dufry Brasil pelo 0800 72 38379 ou pelo Atendimento On-line, os produtos solicitados passam por uma verificação de estoque e você receberá um e-mail confirmando os produtos disponíveis. Você pode alterar a sua reserva pelo 0800 72 38379 ou pelo Atendimento On-line com no mínimo três dias úteis antes

Dufry23_vermelhas6.indd 92

da data da retirada da reserva em loja. Um novo e-mail será encaminhado. Nas reservas feitas nas lojas de embarque você receberá a confirmação dos seus produtos no ato da realização da solicitação da reserva. Sua reserva estará disponível na loja 24 horas antes da data da retirada e permanecerá até 24 horas depois.

18/06/13 12:35


Com o objetivo de oferecer comodidade em seus ser-

For our customers’ convenience, Duty Free

viços, a Duty Free Dufry Brasil disponibiliza em seu site

Dufry Brasil allows orders to be placed at its

www.dutyfreedufry.com.br, no 0800 72 38379 e diretamente

stores in the arrival and departure areas in

nas suas lojas de embarque Duty Free Dufry Brasil a reserva dos

Brazil’s main international airports, at its website

produtos de suas lojas duty free, situadas nas áreas de embarque

(www. dutyfreedufry.com.br), by phone (0800 72

e desembarque dos principais aeroportos internacionais do

38379) and directly at departure stores. Customers

Brasil. Através desse serviço, o cliente reserva os produtos de sua

can order their choices at the current price and pick

preferência, garantindo o preço, e os recebe no momento de seu

them up upon departure or arrival.

embarque ou desembarque.

Before traveling, check our site or Service Center

Antes de viajar confira no site ou em nossa Central de Aten-

for product launches, prizes and promotions.

dimento os lançamentos, as ofertas com brindes e os produtos em

Placing orders in advance expedites your travel.

promoção. Ao ter as suas compras reservadas, tudo fica mais rápido.

Upon departure or arrival, just go to the check-

Ao embarcar ou desembarcar basta ir até o caixa, apresentar seu

out, show your travel document, ticket and

documento de viagem, passagem aérea e número da reserva e

order number, and wait a few moments for

aguardar alguns instantes pelos produtos que foram previamente

your previously prepared order, which you

separados. Você só efetua a compra se quiser.

can purchase at your discretion.

Dessa forma você não perde tempo com as compras no exterior, aproveitando muito mais sua viagem sem preocupações.

This prevents wasting time shopping abroad and allows you greater enjoyment of your trip.

pelo telefone

nas lojas de embarque Reserve suas compras com nossa equipe nas lojas de embarque com antecedência máxima de 35 dias e mínima de 24 horas da data da retirada do produto e retire nas lojas de desembarque.

Basta solicitar, entre 7 e 19 horas (exceto domingos e feriados), os produtos desejados, e o atendente fará sua reserva com antecedência máxima de 35 dias e mínima de 24 horas da data da retirada do produto.

{ DUFRY }

0800 72 38379

93

Place your order with our departure store staff no more than 35 days and no less than 24 hours before the date of pickup at arrival stores.

From 7 AM to 7 PM, request the desired products and our clerks will place an order no more than 35 days and no less than 24 hours before the pickup date.

WHAT YOU NEED TO PLACE AN ORDER Placing an order requires informing: date of departure and/or arrival, airport, travel document, airline and flight number.

PRODUCT AVAILABILITY For orders placed on the Dufry Brasil website or by phone at 0800 72 38379, or through our online service, the requested products will be checked against inventory and you will receive an e-mail confirming availability. You can change your orders by phone at 0800 72 38379 or Online

Dufry23_vermelhas6.indd 93

Service at least three business days prior to the pickup date. A new e-mail will be sent. For orders placed at departure stores, availability will be confirmed at the time of the order. Orders will be available at the store from 24 hours beforehand to 24 hours after the scheduled pickup time.

18/06/13 12:36


crônica ESSAY

Com poucas informações e nada de planos, o comediante embarcou para o Japão – o melhor lugar do mundo para quem é bom de mímica 

DE IMPROVISO

94

Texto Text Fabio Porchat Ilustração Illustration Kauê Garcia

{ on the spur of the moment } With little information and no plans, the comedian went to Japan — the world’s best place for those who can mime

GOSTO DE TUDO O QUE ENGLOBA VIAGEM. Pensar num destino, pesquisar, comprar a passagem, o aeroporto, tudo. Até da comida do avião eu gosto. Acho que viajar te tira do porto seguro. Te joga em um lugar onde você não tem nenhuma segurança ou confiança. E precisamos disso na vida. Gosto de viajar para lugares como Vietnã, Egito, Camboja e Marrocos. Ter a sensação de que posso me virar pelo mundo. Hoje, com a internet e a globalização, viajar ficou muito fácil. A gente sabe tudo o que vai encontrar. Tem fotos, descrições, blogs contando detalhes, análises de especialistas, pessoas próximas que já foram para lá... Quando você chega e se depara com as pirâmides, com o templo Angkor Wat ou com a torre de Pisa, tem a leve impressão de que no fundo já tinha ido ali. E tinha mesmo. De tanto ver e ouvir falar, não existe mais a surpresa.

I LIKE EVERYTHING ABOUT TRAVELING. Choosing a destination, researching it, buying the ticket, the airport. I even like plane food. I think traveling takes you out of your safe haven, throws you where you don’t feel secure or confident. I like places like Vietnam, Egypt, Cambodia and Morocco, the feeling that I can fend for myself out there. Now, with the Internet, traveling is easy, we know what we’ll find. There are pictures, descriptions, blogs telling the details, specialist reviews, people close to you who have been there... When you get there and see the Pyramids, the Angkor Wat Temple or the Tower of Pisa, you have a feeling that you’d been there before. And you had. You’ve seen and heard so much about it that there are no more surprises. FOTO PHOTO MARCELO CAMELO

FOTOS PHOTOS DIVULGAÇÃO (FABIO PORCHAT)

Dufry23_cronica.indd 94

17/06/13 14:24


“ACHO QUE VIAJAR TE TIRA DO PORTO SEGURO. TE JOGA EM UM LUGAR ONDE VOCÊ NÃO TEM NENHUMA SEGURANÇA OU CONFIANÇA. E PRECISAMOS DISSO NA VIDA”

“I THINK TRAVELING TAKES YOU OUT OF YOUR SAFE HAVEN, THROWS YOU WHERE YOU DON’T FEEL SECURE OR CONFIDENT, AND WE NEED THAT IN LIFE.”

95 { DUFRY }

Imagino como era viajar para a Tunísia há 40 anos. Que dinheiro levar? O que comer? O que encontrar? Devia ser uma aventura de verdade ficar sem comunicação com todos por aqui. “Onde está fulano?”. “Não sei, viajou para a Rússia faz duas semanas e ainda não voltou.” Meu 3G não deixa espaço para o sumiço! Eu passei o Ano-novo numa tribo indígena no Acre e lá tinha orelhão. Sim, no meio da selva tinha um orelhão. Eles usavam para casos de emergências, como incêndio, desmatamento ilegal... mas que glamour, né? Ligar para minha mãe e dizer que eu tinha chegado no meio da tribo foi bem frustrante. Talvez, para ter mais graça, a viagem tenha que ser de supetão, do nada, para algum lugar que você não sabe muito a respeito. Quando fui ao Japão, não me informei muito sobre nada. Isso foi em 2007. Há muito tempo, considerando a velocidade com

Dufry23_cronica.indd 95

I wonder what it was like to travel to Tunisia 40 years ago. What currency to take? What to eat? What to find? It must have been a real adventure to be incommunicado. “Where is that guy?” “I don’t know, he went to Russia two weeks ago and isn’t back yet.” My 3G leaves no room for disappearances! I spent New Year’s in an indigenous tribe in Acre, northern Brazil, and they had a payphone. Yes, in the middle of the jungle there was a payphone. They used it in emergencies, like fires or illegal deforestation... Such glamour, isn’t it? Calling my mom and telling her I’d arrived at the tribe was rather frustrating. Maybe in order to be more fun, a trip must be by impulse, out of nothing, to somewhere you don’t know much about.

17/06/13 14:25


crônica ESSAY

96

que as coisas mudam no planeta. Fui para lá fazer show de humor para brasileiros, foram cinco. Shows, claro. Brasileiros são muitos. É o terceiro país estrangeiro com mais brasileiros no mundo. Fiquei muito bem impressionado: organização, segurança, limpeza, enfim, aquilo tudo que podemos esperar dos japoneses. Mas foi Kyoto que me fez viver um dos momentos mais incríveis da minha vida. Eu estava em Nagoya e tinha um dia livre. No susto, resolvi fazer um programa sozinho. Peguei um trem-bala para uma cidade que no meu guia dizia ser histórica, antiga e tal. Não sei se você se lembra, mas no Japão se fala japonês. E não sei se você sabe falar japonês, mas eu tenho a leve sensação que ninguém sabe, eles inventam tudo na hora, como se fosse uma língua do pê que só quem mora lá conhece. Não é possível aquela língua. Aos trancos e barrancos consegui fazer tudo sozinho, chegar em Kyoto e pegar um táxi por lá. Se você é bom de mímica, o Japão pode ser a sua pedida. Pedi para o motorista, pedir na verdade é um termo forte, me expressei ao motorista para me levar para um mercado qualquer. No meio do caminho, olhei para o lado e notei um grande templo. Resolvi saltar ali, do nada. Me deu na telha. Sorte, pois era só o maior templo budista do mundo. Acompanhei um rito inacreditável, passei por dentro daquele lugar tão diferente e segui em direção a um outro templo, que ficava mais no alto. Caminhei por lojinhas que vendiam de tudo, objetos surreais, lindos – japoneses, né? E fui entrando em outros templos, passando por imagens de Buda, até chegar no topo. Árvores enormes, um vento que vinha varrendo a cidade e terminava ali. Muita fumaça de incenso, muito turista, mas um silêncio, uma paz... Eu sou agitado, ansioso, faço mil coisas ao mesmo tempo, mas naquele momento tudo parou e eu fiquei olhando a vista. Quando percebi, já estava de novo lá embaixo. Entrei numa espécie de transe da absoluta paz em que nada mais importava, só estar ali. Fiquei uma hora assim. Kyoto me modificou. Sem papo religioso, sem papo transcendental, simplesmente fui embriagado pelo clima da cidade. Eu não sei o nome do templo nem como faz para chegar lá, mas é exatamente o que quero provar aqui. Ir sem saber de nada é uma aventura que pode mudar a sua vida!

Dufry23_cronica.indd 96

I didn’t research a lot when I went to Japan in 2007. It was long ago, considering how fast things change in this planet. I went there to do a humor show for Brazilians. They were five. Shows, of course – there are lots of Brazilians there. It’s the third foreign country with most Brazilians. I was very well impressed: organization, security, cleanliness – in short, everything one can expect from the Japanese. But it was Kyoto that gave me one of the most incredible moments. I was in Nagoya and had a day off. Out of the blue, I decided to go somewhere by myself. I caught a bullet train to a city that my guide said was historic, ancient and such. Not sure you remember, but in Japan they speak Japanese, and I don’t know if you speak Japanese, but I have a feeling that nobody does; they make that up on the spot, like a language game only locals know. By fits and starts, I managed to do everything alone, arriving in Kyoto and getting a taxi. If you’re a good mime artist, Japan may be the place for you. I expressed to the driver I wished to be taken to a market somewhere. On our way there, I looked around and saw a big temple. I decided to stop there – it just occurred to me, out of nothing. I was lucky, as that was simply the world’s largest Buddhist temple. I witnessed an unbelievable ritual, then I crossed inside that unusual place and went toward another temple higher up. I passed little shops that sold everything, beautiful, surreal objects. And I entered other temples until I reached the top. There were huge trees, a wind that swept the city and ended there. Lots of frankincense smoke and tourists, but such silence... I’m a hectic guy, I’m anxious, I do lots of things at once, but at that moment, everything stopped and I kept watching the view. I went into a trance of peace where nothing else mattered. I spent an hour that way. Kyoto changed me. I was just inebriated by the atmosphere. I don’t know the name of the temple or how you get there, but this is exactly my point. Going without knowing anything is an adventure that may change your life!

17/06/13 14:25


“MAS FOI KYOTO QUE ME FEZ VIVER UM DOS MOMENTOS MAIS INCRÍVEIS DA MINHA VIDA” “BUT IT WAS KYOTO THAT GAVE ME ONE OF THE MOST INCREDIBLE MOMENTS IN MY LIFE”

97 { DUFRY }

“EU SOU AGITADO, ANSIOSO, FAÇO MIL COISAS AO MESMO TEMPO, MAS NAQUELE MOMENTO TUDO PAROU E EU FIQUEI OLHANDO A VISTA”

“I’M A HECTIC GUY, I’M ANXIOUS, I DO LOTS OF THINGS AT ONCE, BUT AT THAT MOMENT, EVERYTHING STOPPED AND I KEPT STILL, WATCHING THE VIEW”

Dufry23_cronica.indd 97

17/06/13 14:25


última chamada LAST CALL

MENOS É MAIS { less is more }

98

Regra número um para um guarda-roupa elegante: investir em clássicos. E, quando o assunto é acessório, a dica é ter sempre à mão uma boa bolsa de couro em tom neutro. Entre as linhas da Michael Kors, o destaque é o modelo Selma, com alça removível, disponível em várias cores, perfeito para dar um toque sofisticado a qualquer produção. Rule number one for an elegant wardrobe: invest in classics. And when it comes to accessories, the best tip is to always have at hand a good leather purse in a neutral hue. Among Michael Kors’ lines, the highlight is the Selma satchel, available in several colors, perfect for a touch of sophistication in any outfit.

FOTO PHOTO ROGÉRIO MIRANDA

Dufry23_ultimachamada.indd 98

18/06/13 18:15


* Opções de parcelamento a partir de US$ 100,00. Promoção por tempo limitado nas compras acima de US$ 490,00 nas lojas de desembarque e US$ 1.000,00 nas lojas de embarque. Somente para compras em Real. Maiores informações nas lojas Duty Free no Brasil.



Catálogo da Durfy até 31/10