Page 1

CMYK

Veículos CORREIO BRAZILIENSE • Brasília, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Editor: Renato Ferraz renatoferraz.df@dabr.com.br e-mail: veiculos.df@dabr.com.br Tel: 3214-1196

OFERTAS NESTAEDIÇÃO:

4.232 VEÍCULOS

, o n e Pequ retrô e

e t n e l va

Primeiro carro produzido pela Suzuki no Brasil tem visual diferente, mas motor com disposição para enfrentar pesados circuitos off-road, sem perder a suavidade nas pistas » ATAIDE DE ALMEIDA JR. ENVIADO ESPECIAL

um ogi Guaçu (SP) — Personalidade é indi a ne defi que conjunto de atributos serisso e — oa pess vidualidade de uma mve muito bem para conceituar o recé carO uki. Suz da to lançado Jimny, o SUV compac começa a ser ro, que está há 43 anos no mercado, ificações mod mas produzido no Brasil com algu retrô e look um ntem no visual, mas que ainda gara andeir Ban ta Toyo o uma ligeira semelhança com pricom de m 3,67 te. O pequeno — tem apenas e parecer frámento e 2,25m de entre-eixos — pod , 16 válvu1.3l de or gil à primeira vista, mas o mot reduzi(com ão traç las e 85cv, aliado ao sistema de ele é que tra mos ões da) de série em todas as vers los. tácu obs s ado plic valente em ultrapassar com ” ade alid rson “pe o Assim, o substantivo feminin e. fort : tivo adje um passa a ser acompanhado de

M

» Leia mais na página 3

Pedro Bicudo/Divulgação

CMYK


CMYK

CORREIO BRAZILIENSE • Brasília, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 • Veículos • 3

CONTINUAÇÃO DA CAPA

Vai a qualquer lugar Pedro Bicudo/Divulgação

a carga, que deixa a frenagem e a direção mais eficientes. Para a versão 2013, o design também ganhou detalhes para ressaltar a “robustez”. A frente tem maior volume, há um scoop no capô (modelo 4Sport), e o para-choque, o para-lamas, além da grande dianteira ganharam novos desenhos, com traços quase imponentes. As rodas de liga leve de 15 polegadas completam o visual. Por dentro é que se percebe como o modelo é compacto. Na frente, vão tranquilo dois adultos de alta estatura, mas atrás, é mais indicado para levar crianças ou adolescentes. Tamanho de porta-malas, então, nem se fala. São apenas 113 litros, que podem chegar a 324 litros ao rebater os bancos. Como novidade para a versão 2013, o Jimny ganhou encostos de cabeça com novo design, nova padronagem de tecido para os bancos e as portas, e um conjunto de som com rádio, CD, MP3, USB e Bluetooth. Na versão 4Sport e 4Sun, o carro pode vir equipado com um tela de LCD para que o passageiro assista a vídeos. Apesar de ter fabricação brasileira — primeiro na fábrica de Catalão (GO) e, em seguida, em Itumbiara (GO) ––, o Jimny ainda peca no preço: a partir de R$ 55.990 (veja Quanto custa). O modelo vem em seis opções regulares de cores (prata, preto, branco, vermelho, verde Amazônia e verde tropical), além de cinco colorações por encomenda (amarelo, roxo, laranja, rosa e azul).

Jimny mostra que, mesmo com motor 1.3 de 85cv, tem força para enfrentar pistas off-road. No entanto, a ausência do ABS e do airbag, que serão obrigatórios em breve, é o principal problema do carro » ATAIDE DE ALMEIDA JR. ENVIADO ESPECIAL

o g i Guaçu (SP) — O Jimny apresenta características tão únicas para um modelo SUV compacto que é complicado estabelecer até mesmo um concorrente na mesma categoria. Para começar, o carro chega em quatro versões: 4All, modelo de entrada; 4Sport, que, como o nome diz, é mais esportivo; 4Sun, que vem com o teto solar de série; e o 4Work, que pode ser personalizado e é vendido sob encomenda. Debaixo do capô, está um motor 1.3 16V e 85cv de potência a 6 mil rpm, algo próximo a um carro popular. No entanto, ao se levar em conta o torque de 11,2kgfm a 4.100rpm e a tração 4x4 (com reduzida) de série em todos os modelos, o veículo ganha outra cara: mais robusto e pronto para encarar, sim, terrenos complicados. E como enfrentar essas pistas exige um carro resistente, a montadora tratou de incluir corrente de comando, velas de longa duração e escape de aço inox. Segunda a empresa, o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) avaliou o veículo e atribuiu nota 35 para o índice de reparabilidade — no mesmo

M

patamar que carros populares. No teste do Inmetro, que avalia a economia do carro, o Jimny passou com a letra A. Outra particularidade do Jimny é que ele conta com uma construção de carroceria sobre chassi heavy duty, que o prepara para serviços mais pesados, além de ter um altura em relação ao solo de 20cm e peso de apenas 1.060kg. Para se ter uma ideia, o TrollerT4 –– que, apesar das grandes diferenças de preço e motorização, é considerado o concorrente do carro –– tem 2.065kg. Ocarropodevirequipadocom pneus Mud, que proporcionam melhor aderência na lama, e engates para reboques na traseira e na dianteira, o que facilita o engate de carretas. Aliás, manobrar o Jimny é tão ou mais fácil que um veículo “comum”. O representante da Suzuki tem apenas 3,67m de comprimento, 1,6m de largura, 1,7m de altura (com rack de teto), 2,25m de entre-eixos e um raio de giro de 4,9 metros, que auxilia o motorista em trechos estreitos e ao estacionar em vagas apertadas. Além disso, por se tratar de um SUV compacto, ele apresenta a principal característica desses modelos: posição de dirigir alta e boa visibilidade.

As versões 4Sport, 4Sun e 4Work vêm preparadas para todos os tipos de trabalho: multifunções

Jimny, 43 anos

Segurança

Mesmo com uma longa estrada no currículo, o Jimny ainda é pouco conhecido no Brasil. No entanto, lá fora, o carro coleciona fãs. Já foram 2,5 milhões de unidades vendidas em 188 países. Há centenas de publicações, principalmente na Ásia, que ajudam os consumidores a comprar, a personalizar e a manter o veículo. Até agora, foram três gerações: 1970, 1981 e 1998. A que chegou ao Brasil é esta última com algumas mudanças no design e motor.

No quesito segurança, o Jimny tem barra de proteção lateral, coluna de direção retrátil e cintos de três pontos. Faltaram os airbags e os freios ABS, que serão obrigatórios nos veículos em breve, e todas aquelas letrinhas que se está acostumado a ver na maior parte dos carros: EBD, EPS e BAS. Talvez como forma de compensar, o carro tem as pinças dos freios da dianteira mais elevadas –– para facilitar a transposição em trechos alagados e evitar a retenção de terra e lama –– e freio a tambor na traseira com válvula sensível

Teste Antes de o carro ir para o mercado, o Cesvi o recebe e realiza crash-tests dianteiro e traseiro, faz os reparos necessários e uma análise individual das peças envolvidas. Em seguida, é feito um cálculo que considera os custos da reparação dianteira e traseira, a cesta dos tempos de substituição e a cesta básica de peças. Assim, a empresa atribui uma espécie de nota, que vai de 10 a 60 — sendo que quanto menor o número, melhores as suas características de reparabilidade.

O jornalista viajou a convite da Suzuki

Murilo Mattos/Green Pixel

Ficha técnica 1.3, 16V a gasolina, em alumínio de 85cv de potência a 6.000rpm e 11,2kgfm de torque a 4.100rpm Suspensão/direção – Trilink com eixo rígido na dianteira e traseira /hidráulica

Dimensões (metro) Comprimento, 3,68; Largura, 1,60; altura, 170; distância entre-eixos, 2,25

carro

tem que ser

Seminovo sem stress e na Seminovos Localiza. solution

Motor

Peso 1.060kg

Visual mudou: novos detalhes no para-choque garantem a “robustez”

SANDERO EXPRESSION 1.6 2012 COMPLETO

Carga útil (passageiros + bagagem) 330kg

Durante o rápido teste com Jimny, em três circuitos diferentes, no Autódromo Vello Città, que pertence à Mitsubishi (ambas as marcas são comandadas pelo mesmo dono no Brasil), foi possível entender a proposta do modelo –– a mistura de jipe com utilitário –– para o país. Primeiro, o modelo 4All, de entrada, foi levado para a pista de corrida do local. A posição alta de dirigir, o pouco barulho que passa para dentro do habitáculo e, mesmo com a falta de um sistema de estabilidade, a segurança que o carro passou em curvas mais acentuadas foram os pontos positivos. Já o engate pouco macio das marchas e o acabamento dos bancos e do painel desagradam. A velocidade máxima obtida foi de 140km/h, conseguida após muito ruído do motor. Em seguida, no mesmo circuito, foi a hora de testar a habilidade — do carro e do motorista — em passar por locais apertados. As dimensões reduzidas e o raio de giro ajudaram a transpor os obstáculos com facilidade. Um representante da empresa, inclusive, engatou um

reboque no carro e fez o mesmo percurso sem problemas. Em um terreno off-road dentro de uma fazenda, mas com poucos desafios, o Jimny mostrou que tem um sistema de suspensão bem calibrado (trilink com eixo rígido e molas helicoidais tanto na traseira quanto na dianteira), que não passa tanto as imperfeições do solo para o motorista. Ainda ponto negativo para as marchas de difícil engate. Nessa pista, foi possível testar o 4x4, que pode ser ativado em velocidades de até 100km/h. Por último, dessa vez com a versão 4Sport com pneus Mud e todos os adereços opcionais, foi a hora de encarar um off-road pesado. Com a tração 4x4 reduzida ligada (essa deve ser acionada com o carro parado e no ponto morto), o Jimny subiu e desceu montanhas íngremes, atravessou grandes valas e caiu na lama sem medo de atolar. A estabilidade foi ponto alto nesse trajeto. Ao voltar para a pista asfaltada e desligar o 4x4, o pequeno valente voltou a desfilar o charme retrô como se nada tivesse acontecido. (AAJ)

DE R$

Porta-malas 113 litros e 324 litros com banco traseiro rebatido

45°/51°/31°

4Sun 4Sport 4Work

À VISTA, A PARTIR DE R$

28.990,

NOVO UNO VIVACE 4P 2012 COMPLETO

Quanto custa 4All

31.990,

POR

Ângulos de entrada/saída/ventral

OS CARROS COMPLETOS VÊM COM:

Ar-condicionado Direção hidráulica Vidros elétricos Travas elétricas Pintura metálica

À VISTA, A PARTIR DE R$

R$ 55.990 R$ 59.990 R$ 61.990 a partir de R$ 55.990

25.490, 469,

*

OU ENTRADA + 36X DE R$

*

Concorrente? Troller T4 As diferenças entre os dois modelos são enormes, mas como a proposta é a mesma, o jipe é o concorrente mais indicado. Ele tem motor 3.2 16V de 165cv e custa R$ 93.900.

VIABILIZAMOS TROCA | ABERTO TODOS OS SÁBADOS E DOMINGOS WWW.SEMINOVOSLOCALIZA.COM.BR QUILOMETRAGEM

GARANTIDA

www.correiobraziliense.com.br

LIGUE: 0800 200 2000

NOSSAS LOJAS: • SIA • CIDADE DO AUTOMÓVEL

Respeite a sinalização de trânsito. Confira galeria de fotos e itens de série e opcionais

CMYK

Desempenho nas estradas

Sandero Expression 1.6 11/12. *Uno Vivace 1.0 4P 11/12, à vista, a partir de R$25.490 ou entrada de R$12.750, sendo R$2.750 no ato da compra + R$10.000 parcelados em até 10x sem juros no cartão de crédito + 36x de R$469. Valor total do carro financiado: R$29.634. Condições válidas para financiamentos na modalidade CDC pelo banco BV, com taxas de 0,99% a.m. e 12,55%a.a. Entrada/financiamento sujeitos à aprovação de crédito pela financeira/adm. do cartão de crédito. Fotos ilustrativas. Ofertas válidas até 28/2/13 ou enquanto durarem nossos estoques.

Suzuki Jimny  

Reportagem veiculada no jornal Correio Braziliense do dia 28 de fevereiro de 2014 sobre o carro Suzuki Jimny

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you