Page 1

Proposta de parceria


Proposta de parceria


Apresentação Há mais de dez anos a Minas Trekking com muito orgulho e satisfação é a empresa responsável por implementar o esporte Enduro a Pé no Estado de Minas Gerais, através da organização do Circuito Mineiro de Trekking, e em cada etapa do campeonato procuramos credibilizar o Trekking de Regularidade no estado e no país promovendo a conscientização ecológica e o turismo sustentável, proporcionando um ambiente democrático, ético e saudável com um público realmente especial. Além de promover o crescimento deste esporte no estado, a Minas Trekking com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Belotur, e o BHCVB- Belo Horizonte Convention & Visitors Bureau realiza a cinco anos etapas especiais URBANAS de lançamento do circuito, sempre inseridas em importantes campanhas de valorização do turismo de Belo Horizonte como as campanhas “Eu Amo BH Radicalmente” e “BH Espera Por Você”, todas com o objetivo de destacar e fomentar os importantes pontos turísticos da capital de todos os mineiros, uma historia de parceria e muito sucesso que já faz parte do COFEM- Calendário Oficial de Eventos do Município. A primeira etapa urbana teve a largada na Rua Goiás em frente à sede da Prefeitura e destacou os pontos turísticos da região centro sul de BH como o Mercado Central, a Praça da Estação, Museu de Artes e Ofícios, Museu Abílio Barreto entre outros. A segunda prova urbana foi realizada na região da Pampulha e teve como pontos de destaque a Igreja São Francisco, O Parque Ecológico e o Zoológico, a terceira prova teve a largada na Praça do Papa e destacou o Bairro Mangabeiras, Serra do Curral e o Parque das Mangabeiras, a quarta edição urbana aconteceu na Lagoa Seca Bairro Belvedere e os participantes fizeram um rapel no meio do percurso na ponte do Belvedere. Em 2011 toda a estrutura para largada, chegada e concentração das equipes aconteceu na Praça da Liberdade e foram destacados todos os Pontos turísticos do Circuito da Praça da Liberdade, como Espaço TIM o Palácio do Governo e muitos outros atrativos na região da Savassi. No ano de 2012 destacamos uma importante região de BH já famosa e frequentada pelos adeptos da atividade física regular, a Arena ponto para concentração, largada e chegada da prova foi montada na Praça Deputado Renato Azeredo, localizada no Bairro Sion, durante o percurso os participantes tiveram a oportunidade de visualizar BH de um ângulo incomparável, alcançando uma altitude de mais de 1300 metros na Av. Celso Portillo Machado localizada no Bairro Bandeirantes. A cada evento realizado ficou comprovada a valorização turística de BH, e a satisfação de cada participante em conhecer lugares que normalmente passavam desapercebidos na correria de nosso dia a dia alem e claro do incentivo e da conscientização da importância da atividade física regular.


O Esporte Enduro a pé ou Trekking de regularidade A prova de enduro se resume em realizar um percurso pré-determinado pela organização através de uma planilha de orientação, superando obstáculos naturais e percorrendo estradas, trilhas, riachos, montanhas, etc; com o tempo mais próximo do ideal estabelecido. Esta prova em especial será uma prova urbana. Não é uma prova de velocidade e sim de orientação e regularidade, onde são fornecidas velocidades médias, e distâncias entre referências que constam na planilha, possibilitando a equipe calcular o tempo exato de passagem em cada ponto. A equipe deve ter de 3 a 7 integrantes, sendo necessário dividir as tarefas entre os participantes. - Navegador: A pessoa que interpreta a planilha e conduz a equipe pelas referências. É imprescindível que o mesmo possua uma bússola. A leitura da bússola é direta, basta posicionar o norte e verificar o grau solicitado na planilha.

- Contador de passos: É o responsável pela estimativa de distâncias. As distâncias são fornecidas em metros, normalmente entre uma referência e outra. O Contador pode determiná-la contando os passos (ex: na planilha é indicado 80 metros até a passagem de um riacho, se o passo da pessoa tem 80cm, deverá contar 100 passos até o local indicado e assim sucessivamente). Isso pode ser feito através de uma simples calculadora, de um contador manual ou guardando mentalmente o número de passos. (essa estratégia é um pouco arriscada, já que o contador pode se distrair e esquecer em que passo estava...). Esta é uma função muito importante, pois sem a precisão do contador a navegação fica muito difícil. Esse membro da equipe deve ter a sensibilidade de saber a variação do passo para diversas situações como subidas, descidas, rios ou terreno plano, avisando o navegador da proximidade da referência.

- Calculista: É a pessoa responsável por todos os cálculos antes e durante a prova. Calcula os tempos de todas as quadriculas e trechos para a chegada da equipe nas referências, e pode também controlar se a equipe está atrasada ou adiantada. A fórmula utilizada para os cálculos é: velocidade média = distância / tempo.A planilha fornece a velocidade média e a distância entre as referências. A partir daí calcula-se o tempo para se estar em cada ponto.


O tempo é controlado com um cronômetro, verificando se a equipe está atrasada ou adiantada nos trechos indicados pelas distâncias. Na categoria trekkers (iniciantes) as contas podem ser feitas através de uma máquina de calcular simples, visto que as equipes recebem a planilha com bastante antecedência, e têm tempo suficiente para largar com toda a prova já calculada. Veja como as funções são integradas e ocorrem simultaneamente: O Navegador interpreta a planilha através de Símbolos (desenhos) em cada referência, assim observa qual será a próxima e a sua distância. Com estas informações o Calculista informará qual o tempo de chegada naquele ponto.O Contador de Passos estabelece se a distância confere com a fornecida na planilha e por fim o Navegador visualiza se o local confere com o desenho apresentado na referencia. O tempo de chegada no local é checado no cronômetro, controlando o ritmo da equipe, aumentando ou diminuindo a velocidade de caminhada. Quando a equipe tem mais de 3 integrantes ela pode duplicar essas funções de acordo com sua estratégia, possibilitando uma maior precisão nas informações.

- Vencedor: Por se tratar de uma competição de regularidade, considera-se vencedora a equipe que for mais precisa em relação à velocidade média ideal, e perder menos pontos na contagem final, depois de apurados os tempos de passagem pelos postos de controle colocados no percurso. A perda de um destes postos de controle implica em penalização para a equipe que o perdeu. Os pontos são computados da seguinte forma: a cada segundo adiantado, há uma penalização de 2 pontos, e a cada segundo atrasado, uma penalização de 1 ponto.


Um Público Especial Perfil do Target: O target participante das provas, segundo dados da ANEP (Associação Nacional de estudos de pesquisas) encontra-se na faixa etária de 15 a 50 anos, classe econômica A e B (padrão ABAPA / ANEP Critério Brasil), grande parte profissionais liberais, gerentes diretores entre outros. É um target com grande potencial para consumo. Devido a forma de viver buscam, em sua essência, usufruir ao máximo a competição que lhes proporcionam uma melhor qualidade de vida. São pessoas seguras e decididas no momento de suas compras, ou seja, fazem um investimento buscando como retorno o seu bem estar. Seus investimentos giram em torno de bens, saúde, Internet, esportes, alimentação e principalmente em diversão.

Público Estimado em cada etapa: * Competidores – cerca de 100 equipes – 500 pessoas * Público acompanhante (de arena) –1000 pessoas Total de público esperado – 1.500 pessoas na etapa de lançamento

Categorias: Graduados Elite Graduados Trekkers Novatos Categoria Especial- Portadores de deficiência


Infra estrutura Estrutura da Prova/ Características do evento. Em cada edição é escolhido um local para a montagem da ARENA – ponto para largada, chegada e concentração das equipes, são infladas mais de dez tendas para acomodação dos atletas e acompanhantes, um Portal Inflável é utilizado na largada e na chegada das equipes, e todo um estudo e preparação para garantir a divulgação turística do local com barracas de artesanato comida típica. Uma loja Serra Adventure itinerante com apresentação de equipamentos, calçados e vestuário de nossos parceiros, especialmente desenvolvidos para a prática da modalidade como os calçados Macboot. Antes da largada todos os competidores passam pelo check-in, onde serão conferidas as inscrições, entregue as planilhas, os brindes, e qualquer informação extra para a execução da prova.


Nossa Equipe - Cronograma de Trabalho Staff – Organização PC´S “Postos de Controle”, equipe responsável pelos registros dos horários em que cada equipe passa naquele ponto onde foram posicionados antes do início da prova por uma equipe de resgates. Resgates A equipe técnica é composta por profissionais especializados em Turismo, escalada, com formação em curso de primeiros socorros e técnicas verticais, são responsáveis na recolocação das equipes perdidas no percurso correto e para um pronto atendimento aos competidores caso necessário. Apuração Eletrônica: Terceirizada por empresa de reconhecimento nacional e com um programa desenvolvido especialmente para o Enduro a Pé. Organização de Arena: Motoristas, montadores, eletricista, check-in, etc Equipe técnica de montagem: Equipe responsável pelo levantamento do percurso e análise de segurança do mesmo. Resumo Executivo: Para a elaboração de uma prova de trekking de regularidade são realizados as seguintes etapas de produção, e os seguintes serviços técnicos. Levantamento e reconhecimento de campo;


Montagem do percurso; Elaboração e confecção das planilhas de navegação; Infra estrutura de ARENA- Ponto de largada e chegada da prova com portal e tendas Infláveis para acomodação dos participantes e acompanhantes. Montagem e realização do check-in escritório para conferência das inscrições e controle de cadastro de participantes. Apuração eletrônica e apresentação de resultados mediante a chegada de cada equipe. Consultoria de um diretor de prova para instruções ou dúvidas dos participantes; Equipe Médica especializada em socorrismo de esportes de aventura com UTI Móvel. Staff treinado e especializado para monitoramento no decorrer do percurso da prova.


Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural A Responsabilidade Social e o Relacionamento Humano e Ambiental Quando se fala em atividades esportivas em meio à natureza, surgem dúvidas quanto aos impactos, sejam de pequenas ou grandes proporções. No caso do Enduro a Pé, o que é mais relevante entre a organização e os competidores é a conscientização ecológica, e a ética dos organizadores em elaborar, planejar e executar a prova. É importante salientar que por definição, a relação entre a natureza e o homem é capaz e eficaz para ambos, a prática esportiva em meio natural promove uma perfeita harmonia entre o ambiente, despertando o interesse em preservar e conhecer melhor os meios físicos e bióticos, interagindo uma consciência holística que é perfeitamente sociável à natureza, gerando assim um impacto positivo em busca da disciplina ambiental e a qualidade de vida. Sabemos que para a sobrevivência da atividade do Enduro a Pé é imprescindível a sobrevivência do meio onde é praticado, aumentando ainda mais a responsabilidade em querer que o Enduro a Pé se perpetue para novas gerações. Em todas as etapas do campeonato, a Minas trekking promove a responsabilidade social de seu evento, durante o check-in é recolhido dos competidores alimento que são doados a cada etapa do campeonato. Esses alimentos são entregues as entidades carentes da cidade onde está acontecendo a etapa, gerando assim um vínculo social com a comunidade receptora. A atividade do Enduro a Pé ajuda as pessoas a se relacionarem em vários sentidos: saber usar o controle emocional, Ter liderança, enfrentar novos desafios, traçar estratégicas e promover uma qualidade de vida através do contato com a natureza. Essas qualidades que o trekking proporciona estão atraindo novos participantes em busca de novos horizontes, onde é possível uma perfeita harmonia com o ambiente e o relacionamento com novas pessoas, gerando um alto índice satisfatório de amizade. A infra-estrutura é fundamental para a qualidade do evento, sendo que não é apenas a organização e os competidores que buscam um bom local para as provas, os familiares amigos também participam do processo competitivo, são os competidores “passivos” que dão o apoio emocional para àqueles que estão nas trilhas em busca de bons resultados. Diferente de outros esportes de aventura o trekking de regularidade é extremamente ecológico porque analisa todo o trajeto a ser percorridos pelos atletas levando em consideração as áreas onde não se devem passar, como nascentes, sítios arqueológicos, plantios de mudas, períodos de reprodução animal e outros, as trilhas utilizadas são trilhas já existentes não provocando assim novo desmatamento.


Plano de Mídia Exposição dos parceiros: O material anexo apresentado vem comprovar o poder de divulgação dos parceiros na realização de cada etapa do Circuito Mineiro de Trekking, a começar pelo material impresso flayers explicativos e cartazes, outra importante ferramenta e a divulgação virtual nos sites mais visitados no segmento aventura como www.minastrekking.com.br, www.webventure.com.br. O campeonato é sempre acompanhado pelos maiores jornais do estado como Estado de Minas, Hoje em dia, O Tempo inclusive como matérias de capa, além de uma grande cobertura televisiva, como Rede Globo Minas, Programa Mais Ação, e várias Tv´s universitárias. A cada etapa são produzidos 500 camisetas e outros brindes para serem dstribuídos aos participantes, onde os parceiros se destacam não só no dia do evento, mas a cada prática do esportista em seus treinamentos. No dia do evento constantes promoções de locução, sorteio de brindes e apresentação de tecnologias de vestuário, calçado ou até mesmo alimentação desenvolvidas especialmente para os atletas fazem da divulgação de ARENA- Ponto de largada, chegada e concentração das equipes um espelho do que a de melhor no mercado do esporte de aventura e a possibilidade do produto ser apresentado diretamente ao Target de interesse dos apoiadores. Além de toda exposição descrita acima fica também comprovado que ligar a marca ao Circuito Mineiro de Trekking é associar-se a imagem de uma empresa que preza pela excelência e satisfação no desenvolvimento da atividade, na importância dos bons hábitos no dia a dia, como a prática da atividade física regular, boa alimentação, e a preservação ambiental de forma vivenciada. A cada etapa o retorno de Mídia como descrito acima é sempre superior a R$550.000,00 valor este cerca de dez vezes maior ao investimento do apoiador.


Proposta - Planilha de Custos


proposta minas trekking  

proposta, bh360

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you