Issuu on Google+

Folha do Litoral Edição Semanal

Balneário Camboriú, Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015

ANO VI, nº 283

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Balneário e Itajaí entre as cidades que mais fecharam empresas Itajaí registrou mais de 500 extinções de empresas e ficou na 5ª posição, já Balneário Camboriú ficou no 7º lugar, registrou 483 fechamentos. O primeiro lugar ficou com a capital catarinense, com quase 2 mil fechamentos [Página 3] Joaquim Lacerda Bastidores da política local e do dia a dia [Página 3]

Política

Mais um vereador de Itajaí é preso na Operação Dupla Face [Página 4]

Ariane Gonçalves Agenda Rock n’Roll do final de semana [Página 8]

No Estado o número de microempresas que fecharam as portas aumentou 44% [Página 3]

Entrevista

Célio José Bernardino, Secretário Executivo da AMFRI PÁGINA 5

Política

Thiago Morastoni se filia ao PMDB

Asteróide atinge a Terra

próxima semana?

PÁGINA 4

Conspiracionistas acreditam que o desastre é inevitável [Página 3]

Geral

A polêmica da CPMF PÁGINA 7


2

Folha do Litoral

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

opinião 1200 Este é o número aproximado de páginas da Operação Dupla Face que acaba de prender preventivamente mais um vereador de Itajaí na segunda-feira. Desta vez do PMDB o vereador Afonso Arruda. A julgar pelo que ouço nos bastidores de pessoas que estão tendo algum tipo de acesso ao processo, isso tudo ainda vai longe. E vem outras operações por aí.

Afastamento O vereador Afonso Arruda (PMDB) após sua prisão preventiva pelo Gaeco na Operação Dupla Face, encaminhou para a mesa diretora da Câmara o seu pedido de afastamento por 31 dias. A cadeira deverá ser ocupada pelo suplente que neste caso é o Sadi Pires ex-secretário de habitação que também foi detido pelo Gaeco na

JOAQUIM Lacerda

primeira etapa da Operação Dupla Face. Espero que o bom senso prevaleça na direção do partido e do próprio Sadi Pires. Convenhamos, não é a hora de assumir cadeira na câmara. Passa para o terceiro suplente.

Interessante A informação de que o vereador Afonso Arruda foi comunicado por telefone sobre sua prisão e compareceu espontaneamente ao Gaeco. Se considerarmos as outras prisões esta foi um pouco diferente da prática exercida, nestes casos pelo Gaeco.

Merenda Escolar O caso da merenda escolar em Itajaí já deu o que falar no ano passado após uma intervenção do Observatório Social da cidade. Aparentemente o erro de muitos

milhões foi resolvido. Mas, eis que segundo o Observatório Social o problema retornou. Ou seja, estão agora entregando menos refeições do que contratado e ainda o contrato sofreu reajustes. Fiz umas contas e não quis acreditar no valor unitário de cada refeição. É no mínimo brincadeira. O pessoal do Observatório está aguardando uma manifestação do Ministério Público sobre o assunto. Acho que esta poderá ser mais uma das operações na cidade. Quem viver verá!

PT x PMDB A saída dos Morastoni do PT migrando para o PMBD peixeiro foi como um balde de água fria no PT da cidade. Apesar de manterem a empáfia dizendo que não irão sentir a saída e a velha história de que já estamos preparados, o certo é que não tem nenhum nome a altura capaz de disputar o paço municipal

Redação Jornal Folha do Litoral

na próxima eleição.

Décio Lima A válvula de escape seria o deputado federal Décio Lima que é de Itajaí, mas fez toda sua carreira política em Blumenau. Um nome que teria uma boa aceitação em Itajaí junto ao povo. O difícil é acreditar que ele entraria em uma disputa com seu amigo Volnei Morastoni. Será ele estaria disposto a correr este risco e perder de vez o seu eleitorado para Federal de Blumenau.

PSDB Quem começou a botar as mangas de fora em Itajaí, após todos estes acontecimentos que envolvem pessoas ligadas diretamente a administração municipal, foi o PSDB que não faz parte da extensa lista de partidos da base do governo

Bellini. O vereador Dedé da Murta (ex-PP) assina no próximo dia 25/09 sua filiação. O vereador está sem partido e tem uma liminar do TSE que garante a ele a mudança de sigla sem perder o mandato. Segundo o próprio Dedé a assinatura terá a presença de muitos medalhões do PSDB estadual.

Outra no ninho Quem também está de malas prontas para assinar com o PSDB é a vereadora Anna Carolina Martins. A filiação deverá ocorrer nos próximos dias. Anna adiantou que mesmo que venha a perder o mandato ela fará esta troca. Será? Se considerarmos todos os últimos acontecimentos na cidade acho que a vereadora deverá esperar mais um pouquinho. Uma coisa é certa ela de boba não tem nada!

Artigo Lula e a Standard& Poor’s por Júlio César Cardoso Luiz Inácio Lula da Silva, diante de uma plateia embasbacada em seminário na Argentina, ao tentar minimizar a decisão da agência de classificação de risco Standard & Poor’s de tirar o grau de investimento do Brasil, de forma demagógica disse que o rebaixamento “não significa nada”.

Click da

semana

Na tarde de ontem (17), um forte temporal deixou várias ruas de Itajaí alagadas. Na foto, a Avenida 7 de Setembro, no centro, ficou coberta de água. Outros pontos da cidade também apresentaram transtornos devido à chuva.

CULTURA Téspis Cia de Teatro estreia peça com apresentações gratuitas em vários bairros de Itajaí Perto de completar 22 anos de atividades e com 18 montagens na carreira, a Téspis Cia de Teatro embarca em nova experiência teatral ao estrear o espetáculo “Tomara que não chova ou a história do homem que se transformou em cachorro”. A peça que fará parte da programação do Aldeia Palco Giratório do Sesc Itajaí, com apresentação gratuita no Teatro Municipal, terá uma temporada de estreia em espaços alternativos como escolas, centros de convivência de idosos e instituições da cidade. Serão 10

18/09

19/09

20/09

apresentações, de 28 de setembro a 7 de outubro. Com este trabalho, o grupo mantém seis espetáculos em repertório, sendo os outros: “Pequeno Inventário de Impropriedades”; “Meteoros”; “Um, dois, três: Alice!”, “Esse corpo meu?” e “Cabeça de Papel”. “Tomara que não chova ou a história do homem que se transformou em cachorro” utiliza poucos elementos de cenário, fazendo uso basicamente de uma estrutura de canos de PVC e spots de iluminação fria.

21/09

22/09

23/09

24/09

Absolutista e bravateiro de sempre, Lula não tem pejo de contradizer-se, quando necessário. Em 2008, ele se ufanava festejando a decisão da S & P. Assim, vale aqui reproduzir aos nefelibatas entusiastas do ex-presidente Lula, que aplaudem as suas verborragias, o artigo do ESTADÃO, de 23/03/2014, para mostrar que não se deve confiar em um impostor. “Em 2008, decisão da S&P foi festejada por Lula. Nova inimiga número 1 do governo federal, a agência de classificação de risco Standard & Poor’s caiu nas graças do Palácio do Planalto em abril de 2008, quando conferiu ao Brasil o título de grau de investimento. O anúncio, na ocasião, foi celebrado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que viu na medida um reconhecimento da política econômica desenhada pelo Planalto - uma postura diametralmente oposta à dos tempos atuais, quando ministros criticaram o rebaixamento da nota do Brasil e colocaram em xeque a credibilidade da agência. “Primeiro, nós temos que ter uma euforia comedida, porque o jogo tem muito tempo pela frente e nós sabemos que estamos construindo um processo de macroeconomia neste País que vai levar algum tempo ainda para a gente poder estar consolidado definitivamente como uma grande nação e como uma grande economia”, afirmou Lula, em entrevista concedida à TV Cultura logo após o anúncio da S&P, há seis anos. “Eu acho que houve uma combinação de esforços feita por todos os brasileiros que permitiu que nós pudéssemos, hoje, estarmos felizes porque é uma coisa importante

para o Brasil (o grau de investimento), é uma vantagem extraordinária nesse mundo globalizado.”

Metáforas.

Três dias depois, em uma cerimônia de assinatura de ordens de serviço de obras do PAC, em Teresina, Lula voltou a comentar o anúncio da S&P, menos contido. “Vocês viram na televisão, na semana passada, eu não sei nem dizer direito, mas eu estava em casa vendo televisão, e dizia assim: ‘O Brasil agora virou investment grade’. Eu nem sabia o que era isso. Aí, já fui ligar para o Celso Amorim: ‘Que diabo de palavra é essa?’. Aí, ele falou para mim: ‘é grau de investimento’. Eu fiquei mais confuso ainda”, disse Lula. O presidente recorreu a uma de suas tradicionais metáforas, comparando a figura de dois trabalhadores. Um deles é um homem comportado, que cuida da família, paga o aluguel e não tem vícios. “Esse é o investimento grade”, explicou Lula. O outro recebe o dinheiro, torra tudo em mesa de jogo ou bebe demais e está quebrado. “Então, era assim que era o Brasil. O Brasil estava quebrado, não tinha credibilidade. Não podia sequer pagar as suas importações. Todo mundo lembra quanta faixa tinha aqui, da dívida externa. Cada vez que ia em um lugar era: ‘Fora FMI’, Acabou isso. Acabou!”, disse o presidente, exaltado. A euforia com a S&P também acabaria, quase seis anos depois.” Quando o vento é desfavorável ao cenário do governo do PT, Lula costuma exorcizar as adversidades, desqualificando as instituições. Trata-se de um cidadão muito perigoso, pois a coisa que mais aprendeu a fazer foi politicagem, bem como, sorrateiramente, tirar vantagem da política, como se pode hoje dimensionar o seu patrimônio econômico e financeiro, agora sabido, derivado da bondade de empreiteiros arrolados na Operação Lava-Jato.

Expediente

O autor é Bacharel em Direito e Servidor Federal aposentado

Folha do Litoral www.jornalfolhadolitoral.com.br

Circulação nos municípios do Litoral Norte catarinense.

Fale Conosco www.folhadolitoral.com.br contato.folhadolitoral@gmail.com

fb.com/folhadolitoralcatarinense

Redação (47) 3264-5178 Comercial (47) 9688-2381 Av. Rui Barbosa, 259 - Praia dos Amores Balneário Camboriú/SC | Cep 88331-510

Editora Geral Lierge Coradini Reportagens Miguel Angelo Sachetti contato.folhadolitoral@gmail.com

O Jornal Folha do Litoral é um veículo de comunicação da Editora Bravos Amores Ltda

Colaboradores

Impressão Gráfica Rio Sul Impressões Gráficas.

Leonardo Fischer

Ariane Gonçalves Joaquim Lacerda Júlio César Cardoso


Folha do Litoral

3

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

especial Balneário e Itajaí estão entre as 10 cidades que mais fecharam empresas desde o início do ano Segundo dados da Jucesc, a Junta Comercial do Estado de Santa Catarina, Itajaí e Balneário Camboriú estão entre as 10 cidades que mais fecharam empresas de janeiro até agosto. Itajaí, registrou 599 extinções de empresas e ficou na 5ª posição, já a “Maravilha do Atlântico”, que ficou no 7º lugar, registrou 483 fechamentos. O primeiro lugar foi amargurado pela Capital Catarinense, que sozinha fechou 1737 empresas. Em contraponto, Itajaí registrou 2352 aberturas de empresa. A maior parte dos fechamentos não é relacionada com a crise político-econômica que o país vive, e sim em função das mudanças na legislação que diminuíram a burocracia e, assim, facilitaram o processo para as empresas que já vinham sem movimentação a algum tempo, sem ter oficialmente fechado. No Estado o número de microempresas que fecharam as portas aumentou 44%. Mas houve um crescimento de 7% na abertura de novos negócios. Segundo dados da Junta Comercial, foram criadas 41.045 novas empresas no Estado. Com a crise e o aumento do desemprego, estes números tendem a au-

mentar ainda mais. Como alternativa, o desempregado acaba abrindo um negócio próprio como solução para voltar ao mercado de trabalho. Segundo pesquisa do Monitor Global de Empreendedorismo (GEM), 76% dos brasileiros pensam em abrir um negócio próprio e 50% o fará em menos de 5 anos. Mas o que acontece muitas vezes é que, sem preparo, o novo empresário confunde o faturamento da empresa com o pessoal e acaba ficando sem capital de giro para a empresa e o negócio acaba fechando. Ou seja para abrir um negócio é necessário muito mais do que vontade e capital inicial. É preciso ter preparo e estudar bem o mercado em que se vai entrar, e acima de tudo, não se “empolgar” quando os primeiros faturamentos aparecerem. Na região, o ranking de extinção de empresas é liderado por Itajaí e Balneário Camboriú, seguidos pela cidade de Brusque, que fechou 333 negócios (mas abriu outros 1.093 novos), Itapema com 223 e Navegantes com 194 fechamentos. Camboriú registrou 165 cancelamentos, Porto Belo, 73, Bombinhas, 72, e Penha, 67. Piçarras fechou outras 63 empresas.

No Estado o número de microempresas que fecharam as portas aumentou 44%

Conspiracionistas acreditam que um asteroide atinja a terra na próxima semana O exército norte-americano tem praticado exercícios de “ocupação” dos estados onde os insurgentes ganharam força e, portanto, a situação se tornou “ingovernável” para as cidades. Uma forma de respostas as manifestações que vinham ocorrendo contra os assassinatos cometidos por policiais . A Operação “Jade Helm 15”, que contou com cerca de 1300 soldados, acabou na terça-feira(15) e percorreu quase todos os estados do sul dos Estados Unidos. Conspiradores ligaram este

exercício às suas previsões de que um enorme asteroide irá atingir a Terra nos próximos dias somados a informações de que vários militares de alto escalão norte-americanos estariam se demitindo e se dirigindo a Bunkers com suas famílias. Um blogueiro do site Whistleblower800, que afirma investigar a corrupção no governo dos EUA, disse ter descoberto a razão para o treinamento. Ele sugeriu que o “Jade Helm” seria uma “apólice de seguro” no caso de um asteroide se chocar com a Terra e tumultos pro-

liferarem pelo país. Vários blogueiros em sites de conspiração dizem ter previsto que a catástrofe iminente cairá em algum momento entre 22 e 28 desse mês. Já os teóricos Bíblicos, afirmam que o asteroide iniciará o arrebatamento e o início da tribulação (o período aflitivo de 7 anos que antecede a volta do Messias). O que reforça a teoria, no Brasil, foi o fato do programa dominical “Fantástico” da Rede Globo de Televisão, no último dia 13, apresentou uma matéria sobre como sobreviver em caso de um choque de um

Bate-papo com Empresários e Trabalhadores

meteoro na terra. O que deixou os teóricos conspiracionistas do país em polvorosa. A Nasa afirmou que não conhece nenhum asteroide ou cometa que esteja em rota de colisão com a Terra. E garantiu que nenhum objeto grande vai se chocar com a terra em centenas de anos. Na última quarta-feira (16), um jornal da região trouxe uma matéria sobre uma previsão de Valter Silva Ferreira, o Valter Arauto, publicada no dia 09 em sua rede social, que dizia que uma onda gigante iria varrer a cidade de Balneário

Camboriú do mapa. A publicação diz: “São coisas do futuro, Querida Camboriú, Serão fortes as imagens, Após um grande vagalhão”. - Vagalhão é uma expressão usada por marinheiros para descrever grandes ondas. A matéria gerou grande repercussão nas redes sociais. Coincidentemente, na noite da quarta-feira, no Chile, ocorreu um grande terremoto que provocou um alerta de Tsunami na costa oeste do continente. Os tremores puderam, inclusive, ser sentidos, em escala menor, nos prédios mais altos de Balneário, Itajaí e Itapema.

por Juiz Leonardo Fischer

Critérios para demissão por JUSTA CAUSA A dispensa por justa causa ou motivada é a sanção maior prevista no Direito do Trabalho e decorre da prática de falta extremamente grave pelo empregado, de forma a eliminar a confiança necessária na relação de emprego. Mas as reclamações que chegam à Justiça do Trabalho mineira revelam que muitas vezes o empregador não segue os critérios legais para a aplicação da medida, o que acaba levando à reversão da justa causa para dispensa sem justa causa. Na 2ª Vara do Trabalho de Ituiutaba, o juiz substituto Henrique Alves Vilela analisou uma reclamação em que o empregador soube trilhar o caminho para a imposição da penalidade. Por esse motivo, a reclamação em que a trabalhadora pedia a invalidação do ato foi julgada improcedente. Na sentença, o julgador lembrou que o empregador possui o poder

disciplinar, que decorre do contrato de trabalho. Isto significa que, na condução do negócio, ele pode impor sanções aos empregados quando descumprir suas obrigações contratuais. Citando lição do Ministro Maurício Godinho Delgado, o magistrado destacou que a aplicação da justa causa exige que sejam analisados, de forma conjunta, três grupos de requisitos: os objetivos (apuração da conduta praticada pelo trabalhador), os subjetivos (dolo ou culpa em relação ao ato ou omissão praticados) e os circunstanciais (nexo causal, proporcionalidade entre a falta e a pena aplicada, imediatidade da punição, ausência de discriminação e gradação de penalidades, entre outros). Na avaliação do juiz, todos esses requisitos foram cumpridos no caso. Primeiro, o patrão aplicou duas orientações verbais à empregada: uma por correr nas dependências

da empresa e outra por faltar injustificadamente nos dias 15/06/2013 e 27/09/2013. Em seguida, em razão de faltas ocorridas nos dias 05/10/2013, 19/10/2013 e 14/11/2013, aplicou uma advertência escrita e duas suspensões, sendo uma de três dias e outra de 10 dias. Por fim, no dia 25 de fevereiro de 2014, a empregada foi dispensada por justa causa por ter chegado atrasada ao serviço no dia 24 de fevereiro de 2014. “As penalidades foram aplicadas imediatamente após cada falta, sendo que foram proporcionais às mesmas, observando uma gradação e visando o caráter pedagógico do poder disciplinar exercido”, registrou o juiz na sentença. Ele rejeitou os argumentos da trabalhadora, destacando que somente a faltas injustificadas levaram a punições. Já as faltas legalmente justificadas, foram devidamente abonadas, conforme provado em docu-

mentos, nada havendo de errado na conduta adotada pelo empregador. O magistrado também identificou a imediatidade na aplicação da sanção. Conforme ponderou, a reclamada precisou do dia 24/02/2014 para apurar se o atraso ocorrido neste dia seria ou não injustificado. A dispensa ocorreu logo depois, ou seja, no dia 25/02/14. “Caem no vazio as alegações da Reclamante ao impugnar todas as punições que lhe foram aplicadas, já que foram aplicadas duas orientações, uma advertência e duas suspensões antes da dispensa por justa causa, demonstrando que as penas foram adquirindo maior gravidade até a aplicação da pena máxima”, destacou, ainda, o julgador, concluindo que o patrão trilhou o caminho correto para a aplicação da pena máxima. A existência de perdão tácito ou a aplicação de mais do que uma pu-

nição para cada falta também não foi constatada. Tratase de erro comumente praticado por empregadores. Muitas vezes os empregados faltam, sem justificativa, são advertidos, suspensos, mas em vez de esperar uma nova falta a empresa simplesmente remete às faltas anteriores para dar a justa causa, o que faz com que haja a duplicidade de punição. Essa aplicação de mais de uma penalidade para a mesma falta não é admitida pelo Direito do Trabalho. Mas isso não foi o que ocorreu no caso, razão pela qual o magistrado considerou válida a dispensa, com amparo no artigo 482 da CLT, por desídia no desempenho da função. Não houve recurso e a decisão transitou em julgado. ( 00640201417603000) Fonte: informativo 12a. Hora do TRT12. Até a próxima. colunadotrabalho@gmail.com


4

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

política Operação Dupla Face prende mais um vereador em Itajaí Na tarde da última segunda-feira (14) o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, efetuou mais 4 prisões relacionadas com a operação Dupla Face. Entre eles, o vereador do PMDB, Afonso Arruda. O gabinete do vereador já tinha sido alvo de mandado de busca e apreensão no início das prisões da investigação. De acordo com a assessoria do vereador, ele ficou sabendo do mandado de prisão por telefone e se apresentou ao Gaeco voluntariamente. A Operação Dupla Face já prendeu 13 pessoas, entre agentes públicos e privados, inclusives nomes bem conhecidos da população. Douglas Cristino, Sadi e Afonso Arruda somaram juntos 5.541 votos nas eleições de 2012 quando foram eleitos (exceto Sadi que ficou como suplente e assumiu com o falecimento de Elói Camilo da Costa). A Operação investiga a existência de um grupo formado por agentes públicos que visa obter vantagens ilícitas de empresários para liberar projetos e obras, ou seja “criar dificuldades para vender facilidades”.

Inscrições para o concurso fotográfico da Câmara de Itajaí terminam terça-feira Termina nesta terça-feira (22) as inscrições para o concurso fotográfico da Câmara de Vereadores de Itajaí, que tem como tema Itajaí meu lar, porto hospitaleiro, bom lugar para ancorar. O concurso segue as regras de licitação, por isso, os interessados devem baixar o edital no link licitações do site www.cvi.sc.gov.br Podem participar fotógrafos profissionais e amadores que morem ou trabalhem em Itajaí.

PEN cogita lançar Fernando Baumann como candidato à Prefeito O empresário Fernando Baumann não descartou a possibilidade de se lançar como pré-candidato do Partido Ecológico Nacional (PEN) para prefeito nas eleições municipais de 2016. Nada ainda foi confirmado, e o possível vice seria o Major Jefferson Schmidt, sub-comandante da Polícia Militar em Navegantes, um dos fundadores do PEN em Balneário Camboriú. Baumann, até um tempo atrás, dizia que não tinha planos de participar, novamente, de uma eleição. O possível pré-candidato, em 2012, concorreu pelo PV e fez 970 votos para vereador. “Achamos que a hora é agora, mas ainda estamos convesando” - afirmou, dizendo também que o partido defende as mesmas idéias e projetos que ele.

Davi Spuldaro/Câmara de Vereadores de Itajaí

Folha do Litoral

Thiago Morastoni acompanha o pai e também se filia ao PMDB Na última segunda-feira (14), em ato realizado em Florianópolis, o ex-prefeito de Itajaí e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Volnei Morastoni, que era do PT, assinou a sua filiação ao PMDB, como anunciado no Folha do Litoral da semana passada. Ao contrário das expectativas, o seu filho, Thiago Morastoni, vereador em exercício cidade de Itajaí, seguiu o caminho do pai e também se filiou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro no mesmo dia e local. “Hoje estou duplamente feliz, pois além de fazer parte da família peemedebista, inicio minha caminhada no mesmo mo-

mento que meu pai. E hoje estamos aqui, unindo forças para chegarmos a juntos a vitória”, afirma o vereador. Ainda que tenha afirmado, anteriormente, que com uma mudança de partido não mudaria o seu posicionamento como vereador de oposição, Thiago agora faz parte de um partido aliado ao governo Jandir Bellini (PP). Thiago comanda a CPI da codetran, que já tem um representante do PMDB, o vereador Laudelino Lamin. Fica no ar o questionamento: a entrada dos Morastoni no PMDB vai refletir na CPI? Já que foram derrotados na eleição de 2014, qual será o futuro político dos dois?

ITAPEMA

Suplentes do DEM tomam posse na Câmara de Vereadores

Vereador do PMDB, Afonso Arruda

Três novos vereadores estão na composição da atual Legislatura da Câmara de Vereadores de Itapema, desde a última Sessão Ordinária, realizada dia 14. Os suplentes do partido DEM, José Carlos Quadros, Romeu Luiz da Silva e Vilson Possamai ocuparam as cadeiras dos vereadores Zulma Souza (DEM), Mouzatt Barreto (DEM) e Wanderley Dias (DEM), respectivamente. Os três suplentes ocupam o cargo pelos próximos 30 dias.

O rodízio com os suplentes é comum, e permite aos correligionários eleitos como suplentes na última eleição, participar da vida política do município e conhecer o trabalho legislativo. O vereador Romeu, que já ocupou o cargo em outras legislaturas, não precisou fazer novamente o juramento à bandeira. Vilson e José, antes de ocuparem o seu acento, no Plenário, fizeram o juramento de posse.


Folha do Litoral

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

5

entrevista “O plano é unir de Piçarras até Bombinhas” Célio José Bernardino, Secretário Executivo da AMFRI faz 27 anos, recebeu a nossa equipe para uma entrevista onde explicou como funciona a Associação e quais as principais ações que ela vem desenvolvendo. O que é a AMFRI? A AMFRI é uma associação de municípios e, hoje, ela presta diversas assessorias. Nós prestamos assessoria em diversos segmentos. Vamos citar, por exemplo, o movimento econômico dos municípios é feito aqui. Temos assessoria jurídica, assessoria pra educação, assessoria contábil, de assistência social. Mas o carro chefe da AMFRI, hoje, está sendo assessoria em projetos de engenharia. Em projetos, hoje, nós estamos muito bem, muito fortes. Tem um quadro bom de funcionários que trabalham em projetos de pavimentação, creches, postos de saúde, praças, enfim, uma série de coisas. Um fator muito importante, também, que tem aqui na AMFRI são os colegiados. São 15, que se reúnem no mínimo uma vez por mês e discutem os problemas regionais de forma integrada. Nós também estamos desenvolvendo os planos municipais de mobilidade urbana, pros 10 municípios associados. Queremos entregar até o final do ano para os 10 municípios. Também temos o consórcio de Saúde, que atende as demandas de exames a preço de SUS, o que sai muito mais barato para os 10 municípios. Como as consultas são pagas em quantidade, pagamos preços muito melhores do que se os municípios fosse arcar com as despesas separadamente. Temos, também, o consórcio de Turismo. Entre outras coisas, em uma feira, por exemplo, a AMFRI vai representando os 10 municípios, e gasta muito menos do que seria gasto se cada um fosse separadamente. E de onde vem o Orçamento da AMFRI? Existe um valor, já estatutário, que é repassado para a AMFRI de 1,5% do FPM, que os municípios recebem. Quais os municípios que compõem a AMFRI? Bombinhas, Porto Belo, Itapema, Camboriú, Itajaí, Navegantes, Penha, Piçaras, Luis Alves e Ilhota. Balneário Camboriú está de fora. Qual foi o impacto da saída da cidade? Pra gente, nenhum. Teve impacto pro Prefeito, o Piriquito. Os outros prefeitos ficaram surpresos com a atitude dele. Enquanto o mundo se une pra buscar soluções para os problemas, Balneário Camboriú se isolou. Antes

Divulgação

é pesado novamente, e na taxa de lixo dele, vai o desconto referente a quantidade de material que ele ajudou a coletar e reciclar. É o estado dando o suporte e o morador fazendo a parte dele. Durante a temporada a quantidade de lixo produzido na nossa região aumenta muito. E quanto ao turista, existe algo nesta esfera? É um bom ponto pra gente pensar. Mas o caminho, eu acredito, é pela população. A criação da ParlaAMFRI divide opiniões, alguns vereadores são contra por acreditam que eles deveriam ser aceitos na AMFRI e não só Prefeitos? Essa é Uma questão técnica. O estatuto da AMFRI, quando ela foi criada em 73, não contempla a participação dos vereadores, como as outras associações de municípios ao redor do estado. Não é o Célio que não quer, é uma questão estatutária. Mas é uma questão que pode ser discutida numa assembleia com os prefeitos. Mas nunca ouve pedido dos vereadores nesse sentido. O que fizeram foi criar o ParlaAMFRI, que hoje funciona numa sala emprestada pela gente. Mas o que eu ouço dos vereadores pelos corredores, é que uma câmara participa, a outra não. Então não acontecem muitas ações. Na verdade, não tenho muitas informações sobre eles, por que não tem nenhuma conexão com a AMFRI. O maior problema deles é que há disputa pelo controle. Nos meus 27 anos de AMFRI, só uma vez houve disputa pela direção, nas outras vezes sempre houve consenso. E eles, já começaram com disputa, daí claro que ninguém vai concordar com nada. eu falei da Mobilidade Urbana, mas como a gente vai tratar disso, se tem um buraco ali no meio, Balneário Camboriú. Mas fazer o quê, é uma decisão dele.

Enquanto o mundo se une pra buscar soluções para os problemas, Balneário Camboriú se isolou” O Plamob deveria ter sido entregue no início do segundo semestre, agosto ou setembro, está atrasado porquê? A gente quer até o fim do ano entregar para os municípios. São muitas pesquisas e projetos, o que acaba fugindo um pouco dos planos. Também estamos tentando um convênio

com o Governo do Estado, por que é interessante ter um plano. Ele dá diretrizes, norteia, o que fazer. Mas fica nisso aí, e para dar a sequência nisso, a gente tá pensando no segundo passo, que será um pouco mais difícil, que é a definição de qual meio de transporte é mais viável para o cruzar a região. O plano é unir de Piçarras até Bombinhas, por algum meio de transporte, provavelmente ônibus. Para depois, numa terceira etapa, partir para o projeto. Mas tem que discutir antes com toda a população qual é o melhor caminho. Se é trem, se é ônibus. O plano de redução de resíduos sólidos foi entregue aos municípios no ano passado. Como as prefeituras reagiram, estão cumprindo as metas? Os municípios hoje se livraram do problema do lixo. Nós não temos mais aterros nos municípios. Todos os lixos foram terceirizados, as empresas pagam e levam o lixo para outros pontos, em Brusque e Florianópolis, exceto Itajaí, que tem tem o seu aterro próprio aqui, legalizado. Mas estamos começando outro projeto aqui, que tem relação com os Volumosos. Que é um grande problema na região.

O que são os Volumosos? Como funciona esse projeto? É o lixo da contrução civil. É o armário, que o cidadão, quando não presta mais, coloca na calçada para o município recolher. A poda da árvore. Nós estamos levantando nos municípios, para se ter uma noção. A gente vai ter que fazer um trabalho voltado para definir pontos para serem colocados os materiais. Definir ações em que a população contribua com o trabalho, levando o lixo até o ponto, ganhando desconto no IPTU. Mas de forma regional, Bombinhas, por exemplo, pode não ter um local, então usaria outra cidade. Em não mais que um mês a gente vai definir profissionais que vão nos ajudar a desenvolver esse programa para o que fazer com todo esse lixo. Existe algum plano de conscientização para o morador nesse projeto, hoje? Exatamente. Ainda não tem, e dentro deste programa vai ter. Temos que buscar ações como nós vimos na Austria, em Viana. O morador chega de carro em um galpão com vários containers divididos por tipo de material, o carro é pesado, ele deixa o material, o carro

Existem conversas de que a AMFRI seja uma instituição para troca de favores entre os prefeitos. Principalmente para “liberar” exames para quem os prefeitos indicam. Como funciona exatamente o consórcio de saúde? Isso é um absurdo, quem fala isso não sabe nem como funcionam as coisas. Para que o consórcio libere um exame, o paciente tem que ser atendido, primeiro de tudo no posto de saúde do município X. O médico vai dar uma requisição para o paciente, que vai até a secretaria de saúde, onde o técnico entra no sistema online, e agenda o exame. Parte de lá para cá. A AMFRI não dá exame pra ninguém, quem libera o exame é o município. Se não é liberado é por que o município não liberou. Isso sem falar que o agendamento de exames é bloqueado no nosso sistema, só é possível a liberação feita pelo técnico do município. Tem muita gente que fala muita besteira. Até já ouvi funcionário de prefeitura dar desculpa que “a AMFRI não liberou a verba para o exame”, sendo que quem “libera a verba” é a prefeitura. Vem de lá pra cá. A gente só paga mais barato que eles, por que não é um município, são 10.


6

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

geral

INFESTAÇÃO

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Ciclistas querem ser os primeiros a cruzar os andes de Bicicleta Fixa A viagem vai acontecer no final do ano. Atletas sairão de Balneário Camboriú Um grupo de ciclistas de Balneário Camboriú fundou o projeto La Liebre, que visa produzir um documentário e web série da travessia dos andes a bordo das “fixed gears”, bicicletas fixas, sem marchas. A viagem vai acontecer no final do ano, onde atletas de SP, PR, SC e do México sairão de Balneário Camboriú de van, e econtrarão com outros atletas na Argentina, e de lá partem para a travessia de pedal. A La Liebre lançou na última terça-feira (15) a campanha de financiamento coletivo para fomentar a travessia e a produção do documentário e da web série em altíssima qualidade. A contribuição para o projeto pode ser feita pelo site Banque, com valores que variam entre R$ 10 e R$ 300. E, de quebra, quem participar ganha recompensas

como kit de adesivos, spoke card, pôster, foto exclusiva, dvd e convites para a festa de lançamento do documentário. O projeto foi idealizado por Adan Souza, Aliakim de Sá e Pedro Krug, atletas de Balneário Camboriú. “Começou com uma cervejada e um convite para um pedalzinho de boas em um lugar mais bacana, e acabou se transformando no primeiro desafio fixedgear nos Andes, e um encontro de atletas de 5 países” - declarou Adan Souza. A rota entre Uspallata (ARG) e Santiago (CHL) totaliza 250 quilômetros de pedal e mais de 2500 metros de subidas e levará cerca de 2 dias para ser percorrida. Como se não fosse o suficiente: descidas íngremes, curvas fechadas, fortes ventos, frio e a altitude serão um desafio à parte.

>> Você pode contribuir com o trabalho dos rapazes através do site banque.com.br/campanhas/desafio-fixed-gear-en-los-andes

Itajaí e Navegantes capturam mais de 600 escorpiões amarelos Este ano, as prefeituras de Itajaí e Navegantes capturaram mais de 600 escorpiões amarelos da espécie “tityus serrulatus”, considerada a mais perigosa e letal do mundo. O número é considerado alto para um perímetro urbano. A recomendação da equipe do Núcleo de Controle de Zoonoses é para que os moradores mantenham terrenos e quintais limpos, livres de entulhos e fechem bem seus pontos de armazenagem de lixo (sacos, lixeiras, latões, ou outros), pois os escorpiões se abrigam nestes locais e se alimentam de outros animais, como baratas, aranhas, cupins e até mesmo pequenos vertebrados. Além de combater o escorpião, a limpeza do ambiente evita o surgimento de roedores e também que ocorra o acúmulo de água, importante para o controle do mosquito da dengue. Nas regiões onde tem aparecido estes animais, além da limpeza do ambiente, é recomendado fechar as soleiras das portas, cuidar com as frestas nas paredes e manter os ralos vedados. Ao deitar, a recomendação é para que a pessoa inspecione a cama, os lençois e travesseiros. Verificar as roupas e sapatos antes de vesti-los, pois os escorpiões tem o hábito de ficarem ali escondidos.

Teatro em Balneário Camboriú

ACONTECEU

Incêndio arrasa apartamento do Hotel Marambaia

Polícia Militar-divulgação

No último domingo (17) um incêndio, provocado por um notebook, atingiu um dos prédios mais antigos da Avenida Atlântica, o Hotel Marambaia, que tem a fachada tombada pelo patrimônio histórico de Balneário Camboriú. O corpo de bombeiros, que levou quatro minutos para atender a ocorrência, utilizou 8 mil litros de água para conter as chamas que ficaram confinadas no apartamento 1006 do Hotel. Embora o fogo tenha sido controlado a tempo, a fumaça e a fuligem atingiram outros apartamentos do hotel. Os hóspedes que não conseguiram sair pelas janelas foram auxiliados pelo corpo de bombeiros. Vinte pessoas foram conduzidas ao hospital por inalar fumaça, inclusive alguns policiais militares que atendiam a ocorrência. Segundo o Instituto Geral de Perícias, o IGP, a causa do incêndio foi o superaquecimento de um notebook, que ficou ligado e pegou fogo enquanto o hospede tomava banho. Ao perce-

Folha do Litoral

Sábado tem espetáculo Corpo Oral no Mov’Café Drama, comédia, risada, choro, desabafo, dor ... Essas emoções que fazem parte do cotidiano são a essência da peca Corpo Oral que no sábado, 19 de setembro, pode ser vista no Mov’Café & Bistrô, às 20h30. O espetáculo é uma adaptação do livro Corpo Oral, do escritor brusquense Rafael Zen, que transformou relatos anônimos de mulheres em contos intitulados pelos nomes dos personagens. No elenco estão as atrizes Lieza Neves e Patricia Souza que interpretam a história de nove mulheres. A peça mistura ficção e realidade através de falas coletadas em trajetos de ônibus percorridos

pelo autor. Adalina, Bianca, Giselle, Marciana e outras tecem um emaranhado de sentimentos e situações cotidianas que conduzem o espectador em uma viagem de altos e baixos embalados pelas histórias. “Essas nuances fazem de Corpo Oral um espetáculo delicioso. São 50 minutos em que o espectador entra na vida dessas mulheres de forma muito particular, vivendo com elas cada sentimento, fazendo parte da história de cada uma”, destaca a atriz Patrícia Souza. O texto com linguagem coloquial e simples cria uma identificação imediata com o cotidiano das pessoas. O couvert artístico é de R$15,00.

Causa do incêndio foi o superaquecimento de um notebook

Vinte pessoas foram conduzidas ao hospital por inalar fumaça, inclusive alguns policiais militares que atendiam a ocorrência

ber incêndio, o homem conseguiu sair rapidamente pela janela do apartamento. Os peritos alertam para que as pessoas não deixem os computadores ligados sobre colchões, sofás ou tecidos sob risco de provocar um incêndio devido a facilidade com que estes materiais entram em combustão.

Praia dos Amores

Baln. Camboriú - SC

Fones: 9967-0854 9983- 2482 9252-3648


Folha do Litoral

7

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

geral Governo propõe volta da CPMF para financiar Previdência Valter Campanato

revolta entre os brasileiros foi a redução em gastos com a Saúde Publica. Se a proposta for aprovada, o SUS, Sistema Único de Saúde contará com R$ 3,8 bilhões a menos em 2016. Segundo o governo, a proposta é de recompor posteriormente este valor com emendas parlamentares.

DA REDAÇÃO Na última segunda -feira (14) o governo federal anunciou que vai propor a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). A proposição, cujo impacto desejado é de R$ 32 bilhões, sendo responsável pela metade do valor do conjunto da proposta de medidas fiscais de R$ 64,9 bilhões para garantir a meta de superávit primário de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2016. A alíquota proposta é de 0,2%. O imposto deve ser cobrado sobre as transações bancárias, e os valores arrecadados serão integralmente injetados na Previdência Social. Na última vez que a CPMF existiu, a proposta era que seria investida totalmente na saúde, mas não foi o que aconteceu. O imposto vigorou por 10 anos e arrecadou R$ 222 bilhões para os cofres públicos, sendo abolido em 2007, quando o foi derrubado pelo senado. Segundo o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, o objetivo é que, desta vez, a CPMF não dure mais que quatro anos, diferente de quando existiu previamente. Em coletiva de imprensa, Levy ainda declarou que “se o próximo governo quiser, ele pode revogar a CPMF quando entrar”. Em tese, a CPMF trata-se de uma contribuição de dois milésimos do valor de tudo que o contribuinte comprar. “Você teria, por exemplo, dois milésimos de uma entrada de cinema que você comprar para diminuir o déficit da Previdência Social”, declarou o ministro.

A CPMF

A Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras é o cha-

Standards & Poors

Ministros Nelson Barbosa e Joaquim Levy mado “imposto do cheque”, que incidia sobre transações bancárias, como transferências, pagamentos de contas via boleto, saques e pagamentos de faturas de cartão de crédito. Com a alíquota de 0,2%, se o contribuinte comprar um imóvel, ou um automóvel no valor de R$ 200 mil, ele irá pagar R$ 400 reais de CPMF. Se o caso for um valor de R$ 10 mil, o imposto será de R$ 20,00. Segundo o anuncio dos ministros, imposto seria utilizado exclusivamente para financiar a Previdência Social, garantir o pagamento dos aposentados. Essa seria a prova definitiva de que a Previdência está quebrada e exige urgentemente uma revisão e reestruturação.

O Pacote de ajuste

Mesmo que na semana passada a presidenta Dilma Rouseff tenha afir-

mado que o governo cortou “tudo o que poderia ser cortado”, os Ministros Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento, propuseram um pacote com mais cortes no orçamento público. O objetivo das medidas anunciadas é tentar reequilibrar a

Na última vez que a CPMF existiu, a proposta era que seria investida totalmente na saúde, mas não foi o que aconteceu

peça orçamentária do ano que vem que foi apresentada ao congresso na semana passada. Na proposta, o país fecharia o ano de 2016, pela primeira vez na história, com déficit (gastos maiores que a arrecadação) de 30,5 bilhões, ou seja 0,5% do PIB. Entre as medidas haverá redução de cargos de confiança e ministérios, gerando uma economia de R$ 200 milhões. Reajustes de servidores, eliminação do abono de permanência, que é um benefício dado aos funcionários em idade de se aposentar que continuam trabalhando, e suspensão de concursos públicos também estão entre as propostas do pacote de ajuste do governo. Também haverão reduções de quase R$ 5 bilhões no programa Minha Casa Minha Vida e nos investimentos do PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento. Mas a proposta que mais causou

A intenção também é evitar novo rebaixamento do grau de investimento do Brasil na Standard & Poors, agência de internacional de classificação de risco. A nota do Brasil caiu de BBBpara BB+, o que, para os investidores estrangeiros, torna o país um pouco menos confiável para investir. Isso faz com que quantidade menor de dólares circule no mercado interno, aumentando ainda mais o valor da moeda norte-americana. A agência rebaixou, também este ano, a nota da Rede Globo de Televisão. É importante destacar que a agência, em 2008, classificava como investimento seguro (A) o banco Lehman Brothers, até a manhã do dia que quebrou, causando a maior crise financeira recente, que gera até hoje conseqüências por todo o mundo. Ninguém foi responsabilizado, pelo contrário, a agência continua sendo referência e dando notas para empresas e nações.

Mundo

Além do Brasil, outros países também apresentaram previsão de déficit para o ano que vem. A Espanha previu déficit 5,8% do valor do PIB, o Reino Unido, 5,2%. A França também vai gastar cerca de 4% a mais do que vai arrecadar. Portugal com 4,5%, Itália com 3% e até mesmo os Estados Unidos com 2,4% também integram essa lista de países com déficit nas contas Públicas.


8

LITORAL CATARINENSE | SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015

Folha do Litoral

Ariane Gonçalves

divulgação

Ariane Gonçalves

Uma onda de ROCK N’ROLL

Richard Junker

No Lançamento da Coleção do verão 2016 da Mardu Biquinis em Ilhota registrei esse time de lindas! Ana Carolina Castro, Roberta Helena, Carla Brunha, Katiely Coutinho e Daiana Hencks.

A atriz global SOPHIA ABRAHÃO, it girl das mais requisitadas do País e nova menina dos olhos da gigantesca empresa Musical de Fernando e Sorocaba vai estar em Itajaí, na próxima quinta-feira, dia 24. Trata-se do lançamento do verão 2016 da grife CHOLET que acontecerá na loja ANA VARGAS. Sophia é hoje um dos maiores nomes da Publicidade brasileira. Quem pode, pode.

Eunice Mariano entre os profissionais Moacir Schmitt Junior, Salvio Moraes Junior, Maurício Christen e Claudio Schramm em festa que promoveu para comemorar os dois anos da sua Artezanalle, a abertura da Mostra Artezanalle, inauguração da nova galeria Natuzzi Editions e seu aniversário. Parabéns Eunice!

InstaMoment Ton Antony

Receberam convidados na Inauguração do Espaço La Villa, em Balneário Camboriú, Adry Pires, Liane Costamilan e Isabelle Pires.

#15dasgemeas - E foi

assim com # e num clima super descontraído cheio de modernidades que os 15 anos das minhas pecurruchas (ok, agora mocinhas) Luana e Estela filhas da minha grande amiga Dulce aconteceu no último domingo! Um luxo!

Guma Miranda

@ jonesegisele Direto de terras Italianas a Linda Gisele Santana comemora 5 meses do pimpolho Felippe.

E de repente quem reparou que o bom e velho Rock n’Roll está mesmo voltando a cena? No último final de semana o festival Rock n’ Beer registrou recorde de público. Cerca de quatro mil e quinhentas pessoas circularam pelo pavilhão central do Centreventos Itajaí e agora neste final de semana 3 casas de BC trazem programações repletas do ritmo.

No Gas Station Pub (www.gasstationpub.com.br )hoje, tem a banda Rock N Roll Shoes, tocando The Strokes, Wolfmother, Foo Fighters, Kings of Leon, White Stripes e muito mais. E no sábado tem a banda Club Soda de Curitiba tocando os grandes sucessos de A-ha, The Beatles, The Cure, Depeche Mode, Dire Straits, Elvis, Queen, The Rolling Stones, Talking Head. O Didge Steakhouse Pub apresenta hoje à noite a banda paranaense Radiophonics, formada pelos músicos Rodrigo Castellani (guitarra e vocal), Ronan Rommel (baixo) e Rômulo Machado (bateria), o trio está concorrendo à indicação de Melhor Álbum de Rock Nacional no Grammy Latino. A banda faz uma releitura dos grandes nomes do Rock Nacional e internacional, como Legião Urbana, Ultrage a Rigor, Los Hermanos, Raul Seixas, The Beatles, Led Zeppelin, The Clash, Eric Clapton, Rolling Stones, Ramones e muito mais. E o TAJ recebe a banda These Days considerada a maior cover do Bom Jovi na América Latina neste sábado, 19/09. A Banda apresenta em seus shows todos os hits antigos e atuais do grupo. A performance ao vivo é baseada no DVD de maior sucesso do Bon Jovi nos anos 90, o Live From London.


Folha do Litoral - Edição 283