Page 1

NOSSA EMPRESA . PÁG.03

Conquista da certificação OEA confere ainda mais segurança e agilidade nas operações RESPONSABILIDADE SOCIAL . PÁG.05

Arte e Esporte por um futuro cada vez melhor: conheça os novos projetos sociais apoiados pela Nossa Empresa

INFORMATIVO DESTINADO AOS COLABORADORES BTP JUNHO/JULHO/AGOSTO . 2017 . EDIÇÃO 21

CONHEÇA O SETOR . PÁG.07

Entenda como funciona o setor que está presente em todos os outros setores da Nossa Empresa

ACONTECEU NA BTP . PÁG. 08

A criançada invadiu o terminal! Pelo terceiro ano consecutivo, o Férias na BTP fez a alegria dos filhos dos colaboradores e proporcionou um dia de muito aprendizado aos pequenos


PALAVRA DOPRESIDENTE

de pátio e recorde em agosto, com a marca de 89.905 contêineres movimentados nos berços. O desafio gerado por esse alto índice de armazenagem e movimentação de carga em nosso terminal tem revelado um time comprometido com a melhor solução logística, disposto ao diálogo e à cooperação na obtenção do melhor resultado para o nosso negócio. Essa é a demonstração de que estamos nos preparando bem para o novo patamar de Nossa Empresa, que em julho consolidou a liderança no porto de Santos assumindo o primeiro lugar na movimentação de contêineres. Embora esse resultado seja importante, temos que ter em mente que o primeiro lugar é apenas consequência, pois o nosso objetivo é estarmos prontos para prestar serviços com excelência aos nossos clientes.

À medida que o ano avança percebemos o quanto já fizemos acontecer, ao mesmo tempo em que temos a certeza de que conseguiremos fazer ainda mais até que 2017 se encerre. E ao avaliarmos os resultados já obtidos, podemos destacar algumas importantes ações colocadas em prática nos últimos meses. Uma delas é a conquista da certificação de Operador Econômico Autorizado (OEA), que assegura a confiabilidade nas operações do terminal, garantindo mais segurança e agilidade na liberação da sua carga e redução no tempo de trânsito aduaneiro. Destacamos também o avanço substancial da nossa proposta para solucionar os recorrentes problemas de dragagem, que impacta nossas operações e nos impede de atender com eficiência nossos clientes. Conseguimos pela primeira vez na história e de forma inédita, reunir todas as associações e entidades ligadas ao porto em torno do mesmo objetivo que é implantar o projeto do condomínio ‘Santos 17’. Juntos, já alcançamos o comprometimento do governo federal a partir da criação de um grupo de trabalho para avaliar a proposta de gestão privada da dragagem em Santos, fundamental para o nosso País avançar. Nesse ano, igualmente importante tem sido nosso empenho no planejamento operacional, em especial nos últimos meses. Fatores externos como mau tempo e congestionamento de navios no Sul, além de restrições significativas no canal de navegação, somados ao aumento de volumes movimentados chegaram a gerar picos de 90% de ocupação

E falando em preparação, foi importante e proveitoso o encontro que organizamos para reunir toda a liderança da BTP - de supervisor a diretor. Pela primeira vez, estivemos juntos para falar do nosso negócio, apresentando inclusive, e em primeira mão, nosso plano de longo prazo. Nesse dia, também tivemos uma inspiração extra sobre inovação e criatividade. Mas o mais importante desse encontro foi ter a certeza de que o diálogo e a informação são essenciais para o engajamento, pois sem eles além de não termos dimensão exata da nossa rota ficamos sem entender o porquê do caminho. No encontro que tivemos, assumimos o compromisso de que essas conversas continuem, agora dos líderes com suas equipes, para que todo o time BTP esteja consciente dos objetivos estratégicos que, juntos, temos que perseguir. Pela frente ainda temos importantes desafios. Já iniciamos a fase de auditorias rumo à certificação do nosso SGI, segundo as normas ISO de qualidade (9001), meio ambiente (14001), saúde e segurança (18001). O calendário prevê auditoria com o órgão certificador em dezembro. Essa certificação garante competividade e atesta qualidade nos serviços que prestamos aos nossos clientes, no cuidado que temos com o meio ambiente e a segurança e saúde dos nossos colaboradores. Vamos em frente, mantendo a atitude inovadora, o empenho pessoal e o espírito de equipe – sem jamais descuidar da segurança - para celebrarmos ainda mais conquistas até o final deste ano. Obrigado, Antonio Passaro CEO

Projeto gráfico: Oficina de Ideias l Redação: Jéssica Nunes - Assistente de Comunicação Corporativa e Resp. Social Larissa Saviello - Assistente de Comunicação Corporativa e Resp. Social l Coordenação: Yara Motta - Gerente de Comunicação Corporativa e Resp. Social l Diretor Presidente: Antonio P. Passaro l Diretor de Assuntos Corporativos: Joel Contente


NOSSA EMPRESA

Por: Jéssica Nunes

Somos OEA!

Reconhecida internacionalmente, a certificação assegura a confiabilidade nas operações do terminal, garantindo mais segurança e agilidade Em setembro, Nossa Empresa obteve, de maneira oficial, o certificado de Operador Econômico Autorizado (OEA), na Modalidade OEA/Segurança, o qual é concedido pela Receita Federal, conforme publicação no Diário Oficial da União. Com a certificação, a BTP passa a integrar a restrita lista de terminais portuários do Brasil que atendem às exigências do Programa Mundial do Comitê da Organização Mundial das Aduanas (OMA). O principal objetivo do Programa de OEA é facilitar a integração entre as Aduanas e todos os operadores envolvidos na cadeia do comércio internacional. O certificado é emitido aos intervenientes da cadeia logística que representam baixo risco em suas operações e que atendem aos requisitos estipulados pela OMA. Para obter o certificado, a BTP passou por uma rigorosa auditoria da Receita Federal que analisou os novos procedimentos de padrão internacional adotados, os quais trazem diversos benefícios para os clientes e aumentam a vantagem competitiva do Terminal. O programa OEA faz parte de um padrão de segurança da OMA, chamado de SAFE (Estrutura Normativa para a Segurança e Facilitação do Comércio Global), que visa inibir o terrorismo internacional, garantir a segurança na arrecadação

de receitas com impostos e promover a facilitação do comércio em nível mundial. Devido ao alto grau de confiabilidade dos intervenientes com a certificação OEA, a Nossa Empresa passa a oferecer mais agilidade para os clientes, principalmente no que se refere à aceleração na liberação da carga e redução na duração do trânsito aduaneiro, além do exame prioritário para participação em todos os novos programas de processamento da carga perante a Receita Federal. O programa é de adesão voluntária e o certificado deve ser renovado periodicamente, garantindo que o Terminal esteja sempre alinhado ao que há de mais moderno no mercado internacional. Julio D’Assunção, coordenador de Qualidade e Processos, destaca que esta certificação coloca a BTP em condição de exportador seguro, aumentando a credibilidade da empresa no mercado internacional. “Foi um grande desafio e ficamos (equipe responsável pelo OEA – Décio Cunha, Fábio Carvalho e eu) muito felizes pelo reconhecimento da efetividade de nossos controles e também pela Receita Federal nos identificar com padrão de boas práticas para processos relacionados ao OEA. Foi e é uma grande satisfação conquistar mais esse objetivo para BTP”, destaca o coordenador. Atualmente, 84 empresas possuem esta certificação no Brasil. Podem se enquadrar como OEA (operadores econômicos autorizados) fabricantes, importadores, exportadores, despachantes aduaneiros, transportadores, agentes de carga, intermediários, administradores de portos e aeroportos, operadores de terminais, operadores de transporte multimodal, permissionários e concessionários de recintos alfandegados.


GESTÃO Por: Jéssica Nunes

Liderança Inovadora Comunicar de forma clara e transparente, criar novas oportunidades de engajamento, encorajar e inspirar são os principais objetivos do “LeaderSHIP – Encontro de Líderes BTP”. Lançado no dia 10 de agosto, o evento reuniu toda a liderança da Nossa Empresa para conversar sobre nosso negócio e os principais desafios do futuro. A ideia é que estes encontros aconteçam semestralmente, acompanhado de uma palestra que desperte o líder para uma gestão ainda mais efetiva e participativa. O primeiro encontro foi realizado no Novotel, do Gonzaga, em Santos, e contou com a participação de mais de 80 líderes. Além da apresentação dos principais resultados da BTP do 1º semestre e de julho, pelos diretores, a programação contou com o anúncio da 2ª edição do Clic (programa de Capacitação de Liderança Corporativa) e demais projetos a longo prazo.

Colocar todos na mesma página: Esse foi o principal resultado do nosso 1º encontro de Liderança. Ter todos os setores alinhados sobre as prioridades da empresa e seu direcionamento futuro é fundamental. Só assim podemos unir esforços, focando nossa energia naquilo que a Nossa Empresa precisa para crescer com vigor e focada na excelência Joel Contente, diretor de Assuntos Corporativos.

Da esq. para a dir.: Alex Nunes Vieira (coordenador de Infraestrutura TI) , Felipe Sa Ness (supervisor de Operações) e Kátia Soares Shnaptis (gerente de Controladoria)

Abertura do evento foi feita por Dr. Antonio Passaro, nosso diretor-presidente

Liderança BTP reunida no 1º Encontro de Líderes - LeaderSHIP

Para ‘começar com o pé direito’, o tema central deste primeiro encontro foi Criatividade e Inovação, que contou com a presença da palestrante Martha Gabriel. A pensadora e influenciadora digital, autora de best seller, e professora de MBA fomentou esses dois conceitos entre os gestores, essenciais para o sucesso. Nesse contexto, Martha Gabriel defendeu que uma das principais habilidades que as empresas e indivíduos precisam ter para sobreviver e ter sucesso é a capacidade de inovar. “Sem liderança inovadora não se consegue desenvolver inovação sistêmica em uma organização, e para continuar sendo líder de mercado, a cultura corporativa inovadora precisa ser cultivada constantemente”, diz Martha Gabriel. E finaliza: “É sempre muito gratificante participar de eventos focados em inovação, principalmente quando se trata de academia de líderes e de empresas que já são inovadoras, como é o caso da BTP”. Para Paulo Rogério Lima, supervisor de Operações, a experiência foi muito positiva e estabelece um diálogo aproximativo. “Nós conseguimos, por meio desses encontros, estar mais próximos da alta diretoria e ter acesso às informações sobre a empresa e discutir sobre as ambições para o futuro. Com isso, conseguimos transmitir, de forma ainda mais assertiva, as informações para as nossas equipes e alinhar os nossos objetivos”, conta.


RESPONSABILIDADE SOCIAL

Por: Larissa Saviello

Arte e Esporte por um futuro melhor É com muita honra e alegria que avançamos comprometidos com o desenvolvimento da comunidade e anunciamos o apoio da BTP para a realização de dois projetos sociais em 2017! Os projetos ‘Coral Porto dos Anjos’ e ‘Gotas no Judô’ ajudam a traçar novos caminhos para as crianças da região por meio do incentivo à arte e ao esporte. Coral Porto dos Anjos Inscrito na Lei Federal de Incentivo à Cultura e lançado em 2017, o projeto oferece curso gratuito de canto e música para 48 crianças, entre 7 e 12 anos de idade, matriculadas nas redes pública e privada de ensino. Durante as aulas, que envolvem formação em teoria musical, preparação vocal, percussão corporal, prática coral de músicas do universo infantil e folclóricas, todos os alunos recebem material didático, uniforme e lanches. Além do aprendizado do canto, a iniciativa contribui para a formação educacional e social das crianças, e conta com equipe formada por professor-regente, preparador vocal, pianista, diretora artística e coordenadora pedagógica. Entre os benefícios para o crescimento dos alunos, o curso é capaz de aprimorar o desempenho escolar pois estimula melhorias para a leitura, compreensão de textos e memória, e desenvolve conceitos como trabalho em equipe e desinibição, ao promover a convivência social das crianças. “Precisamos considerar que a educação é mais abrangente do que aquilo que se ensina nas escolas. Nossas múltiplas inteligências precisam de diferentes estímulos para se desenvolver e, ao participar do Coral durante a infância, os reflexos serão bastante positivos nos adultos do amanhã”, aponta o diretor-geral do Coral Porto dos Anjos, Pedro Sorensen.

A BTP mantém seu compromisso com as crianças da região e apoia iniciativas que ajudam a transformar sua realidade. Assim, incentivamos a cultura e a educação e promovemos valores primordiais à infância, como amizade, respeito e alegria, em ambientes saudáveis e com condições favoráveis para o desenvolvimento da garotada Yara Gonçalves da Motta, gerente de Comunicação Corporativa e Resp. Social

Gotas no Judô Desenvolvida pela Assistência à Infância de Santos Gota de Leite e possibilitada pelo Programa Municipal de Incentivo Fiscal de Apoio ao Esporte (PROMIFAE), a iniciativa oferece aulas gratuitas de judô para 120 crianças e adolescentes, de 6 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social. Iniciado há quatro anos, o projeto busca despertar nos jovens conceitos como disciplina, cooperação e trabalho em equipe por meio do esporte. Durante as aulas, realizadas duas vezes por semana no ginásio da Gota de Leite, em Santos, sob a coordenação técnica de judocas experientes, as crianças são apresentadas à teoria, metodologia e prática do judô, e, entre treinamentos e golpes, aprendem a importância de participar e competir, independentemente dos resultados. Todos os participantes recebem um kit com quimono, faixa e camiseta, além de lanche após as aulas. Os judocas da Gota de Leite precisam, ainda, mostrar dedicação e comprometimento fora do tatame. Isso porque, para continuar frequentando as aulas ao longo do ano, os alunos precisam comprovar boas notas e bom rendimento na escola. Além da responsabilidade desenvolvida nas crianças, a iniciativa promove a integração e a inclusão social ao envolver a participação das famílias e da comunidade nas competições e eventos em que participa. Para o segundo semestre de 2017, diversas competições do calendário da Federação Paulista de Judô são esperadas, além de apresentações locais, como o Festival Gotas no Judô, em que vários clubes e escolas voltados para o judô competem entre si. Segundo a coordenadora de Captação de Recursos e Projetos da Gota de Leite, Marise Hashimoto, lidar com crianças que estão em constante transformação traz um sentimento enorme de realização. “Sinto-me honrada em acompanhar a evolução dos alunos que não sabiam nenhum golpe e, hoje, vislumbram federar e competir com grandes atletas. Muitos deles já participam de competições da Federação Paulista de Judô e, inclusive, dos 20 participantes da Competição Regional, ocorrida no início de agosto em Praia Grande, 19 deles conseguiram se classificar para o Campeonato Paulista – Fase Inter Regional - que ocorreu no fim do mesmo mês. Quem sabe, do Gotas no Judô surgirão os representantes do Brasil para as próximas Olimpíadas?”, destaca Marise.


NOSSO CLIENTE

Por: Jéssica Nunes

Mais uma parceria de sucesso Uma ida ao mercado é algo relativamente simples. Mas você já parou para pensar que por trás de toda esta facilidade de se ter os produtos à mão, organizados e em bom estado de conservação, existe um processo minucioso de logística? Desde alimentos até bicicletas, é necessário que todo o trabalho de importação, movimentação, armazenamento e distribuição seja focado na excelência para que esses produtos mantenham sempre o nível elevado de qualidade. Entre as opções mais procuradas pelos brasileiros na hora de fazer as compras do mês está o Carrefour, uma rede internacional de hipermercados fundada na França, em 1959. A empresa foi criada quando duas famílias de comerciantes, Fournier e Defforey, uniram suas forças para começar um novo empreendimento. Concretizada a parceria entre as duas famílias, surgiu então o Carrefour. Somente no ano seguinte, a empresa inaugurou seu primeiro supermercado na cidade francesa de Parmelan, na região da Haute-Savoie. O sucesso da primeira loja foi imediato, fazendo com que a empresa criasse, em 15 de junho de 1963, um novo conceito de lojas: o hipermercado. Com 2.500 metros quadrados de área de vendas e 400 vagas para estacionamento, o Carrefour abriu suas portas na cidade de Sainte-Geneviéve-Des-Bois, próxima de Paris. Já no Brasil, o Grupo Carrefour foi pioneiro no mercado varejista do país com as lojas de hipermercados. Há pelo mundo mais de 10.860 lojas com mais de 360 mil colaboradores, num total de 33 países. E só no Brasil são mais de 72 mil funcionários, com mais de 500 lojas.

E em que a BTP contribui nisso tudo? A parceria BTP e Carrefour começou em novembro de 2016 quando, após várias tentativas de negociação, Nossa Empresa conseguiu a oportunidade de iniciar alguns testes operacionais com os contêineres de importação. Com o sucesso destes testes e com a comprovação de que a BTP seria um diferencial estratégico nas operações do Grupo Carrefour, a parceria se estendeu. Hoje, nossa movimentação de contêineres do Carrefour vem aumentando a cada dia, especialmente no segundo semestre - devido ao aumento natural de cargas vindas da Europa com o período da safra de frutas e o período de festejos Natalinos, em que a rede já precisa estar pronta para a demanda de compras. Para se ter uma ideia, em julho de 2017, movimentamos mais de 200 contêineres deste importador, incluindo caixas metálicas descarregadas em outros terminais da Margem Direita. Segundo a executiva de Contas e responsável pelo atendimento deste cliente, Roberta Amaro Moreno, podemos dizer que a Nossa Empresa é, sem dúvida, uma importante parceira do Carrefour. “Os números nos apontam como um dos operadores mais importantes de toda a cadeia logística do Carrefour. Me sinto feliz em dizer que todos estão alinhados e em sintonia sobre a importância deste cliente operando conosco. Desde nosso Armazém, Comercial, Financeiro e demais setores da Empresa, priorizamos com afinco todas as solicitações que partem do Carrefour, atendendo-os com excelência”, finaliza Roberta Amaro Moreno.


Por: Jéssica Nunes

Administrativo: O setor que está presente em todos os setores Você saberia dizer quantas ligações a Nossa Empresa recebe por dia? E quantos colaboradores utilizam o transporte interno? Para os integrantes do setor Administrativo, essas respostas fazem parte do dia a dia. Isso porque são eles os responsáveis por cuidar de inúmeros processos, equipamentos e fluxos da BTP, em todos os outros setores. Entre algumas das responsabilidades deste setor estão: Gerenciamento e distribuição de material de escritório, gestão e controle de prestadores de serviços (exemplo: restaurante), controle de frota de veículos internos e ônibus, limpeza convencional e industrial, atendimento a visitantes e telefonia, e outros. A atuação do administrativo é tão vasta que podemos dizer que este setor está “presente” em praticamente tudo em Nossa Empresa: desde o momento em que o colaborador entra no ônibus fretado para dirigir-se à empresa, no seu horário de refeição ou para a retirada do lanche, no material do escritório que ele necessita para efetuar seu trabalho, na ligação que ele recebe de um cliente ou fornecedor, na pausa para o café, até a hora de sua saída. O Administrativo interage com toda a empresa de diversas formas, oferecendo suporte para todas as áreas e as acompanhando por meio de três grandes sistemas de gestão: o SAF (Sistema Ativo Físico), integrado ao SAP; Service Desk, plataforma em que as tarefas solicitadas são controladas; e o GED (Gestão Eletrônica de Documentos). Entenda como o GED e Service Desk otimizam o trabalho e simplificam os processos: Service Desk É um sistema de gerenciamento de chamados e demandas para realização de serviços diversos no terminal, tais como: solicitação de táxi e material de escritório. De forma prática, o usuário pode rastrear e acompanhar constantemente as suas solicitações abertas. Todas as etapas do chamado, desde a solicitação até a conclusão, são efetuadas por meio do sistema, o que simplifica o processo tornando-o mais rápido e eficaz. GED Já o GED é um sistema de Gestão Eletrônica de Documentos, ou seja, um arquivo de documentos em forma digital. A utilização do GED permite eliminar caixas físicas, o que gera ganho de espaço no ambiente de trabalho. Além disso, também colabora com o Meio Ambiente, pois reduz a necessidade de impressões. Com mais agilidade na localização dos documentos e por estar disponível em ambiente web, o GED possibilita atender a clientes e órgãos públicos de maneira mais eficaz, com comunicação direta por e-mail. Por isso, é importante que todos os gestores utilizem estas ferramentas que tornam Nossa Empresa ainda mais produtiva.

Da esq. para a direita (em pé): Magda Favero, Wagner Vaz, Fábio Mello, Rafaela Oliveira, Renato Esteves, Marina Vilalta, Samantha Almeida e Roseclea Fernandes. Da esq. para a direita (sentadas): Júlia Gosn, Marinete Pardal, Maria de Fátima Borges, Rita Avelar e Virgínia Alves.

Oportunidades de crescimento e desenvolvimento são palavras-chave no administrativo. A exemplo disso, temos os colaboradores Renato Esteves, Marina Vilalta, Rita Avelar e Roseclea Fernandes, que iniciaram suas trajetórias na BTP como prestadores de serviço terceirizados e hoje compõem o quadro da equipe administrativa. Além disso, o setor contou com a vinda do colaborador Wagner Vaz, a partir do Programa Propor de oportunidades. Antes, o colaborador atuava no Gate.

Nossa missão é garantir o suporte para todas as áreas da empresa com a prestação dos serviços de apoio administrativo e logístico com eficiência e qualidade, gerenciando e otimizando todos os recursos Maria de Fátima Borges, gerente Administrativo

Você sabia?

São digitalizados, em média, mais de 150 mil documentos legais, mensalmente inseridos no GED. O setor atende, aproximadamente,

400 chamados via Service Desk mensalmente.

4.400 bens imobilizados são inventariados por ano.

O setor administrativo controla

2.700 chaves usadas no Terminal. O costado e navios consomem, em média, 490 galões de água por mês. A telefonia atende, em média, mais de

15 mil ligações por mês, em 12 horas diárias de segunda a sábado.


ACONTECEU NA BTP

Por: Jéssica Nunes

Aqui tem diversão!

Barraquinha de pipoca, brinquedo pula-pula, palhaços, show de mágica, teatro, oficina circense e risada de criança. O dia 22 de julho começou assim na Nossa Empresa. O motivo? A visita mais do que especial dos filhos dos nossos colaboradores que, literalmente, fizeram a festa na 3ª edição do evento totalmente dedicado a eles: o “Férias na BTP”, que, neste ano, teve toda a sua programação girando em torno do tema circense. Aproximadamente 150 crianças de 4 a 12 anos participaram do dia e puderam conhecer, de perto, o local de trabalho dos seus pais. Além das brincadeiras e atividades desenvolvidas, as crianças também fizeram um tour pelo terminal e, as mais velhas também puderam operar o simulador de equipamentos.


Demonstração da atuação do caminhão de Bombeiros foi um dos momentos mais aguardados pelas crianças

Voluntariado O evento contou ainda com o apoio imprescindível dos voluntários, colaboradores que acompanharam as crianças em todas as atividades do dia. São eles: Lucas de Brito Rodrigues, Anderson Tamaio Azevedo, Mayara de Jesus, Felipe Mafra Melo, Letícia Ribeiro dos Santos, Paulo Rogério Lima, Luis Sérgio da Silva, Alexandre Exaltação, Renata Crês Vieira, Bruna Campos, Marcelo Silva, Ronaldo do Nascimento, Kelly dos Santos Penteado, Cristiane Amaral dos Santos, Sigrid Class, Rui Diego Veloso, Sandrine Gabriela e Kauene Ferreira.

Aproximadamente 150 crianças participaram do evento

Foi uma experiência maravilhosa poder participar desse projeto encantador, pois tudo se torna fácil e prazeroso quando o assunto é criança. Existiram alguns momentos que ficaram marcados como, por exemplo, o tour feito pelo pátio e a passagem pelo costado, foi nítido e contagiante os olhares e sorrisos de alegria das crianças ao verem o local de trabalho de seus pais e ao se deparem com os navios. Isso nos transmitiu um sentimento de missão cumprida relembra Kelly Penteado, assistente Fiscal e uma das voluntárias no evento.

De EPIs, as crianças conheceram

toda a Infraestrutura do terminal Oficinas circenses fizeram parte da programação


Da esq. para a dir.: Joel Contente, Thomas Bulow, Sr. Mogens Larsen, Antonio Passaro, Sr. Morten Engelstoft, Cláudio Oliveira e Márcio Guiot Por: Jéssica Nunes

Novo CEO da APM Terminals esteve em Nossa Empresa

Recebemos, pela primeira vez em Nossa Empresa, a visita do novo CEO (Chief Executive Officer) da APM Terminals, Sr. Morten Engelstoft no dia 15 de setembro. Esta primeira vinda do executivo à BTP fez parte da programação de sua visita aos terminais do grupo que estão presentes na América Latina. Sr. Morten, que estava acompanhado do Sr. Mogens Larsen – membro do ‘Board’ pela APM Terminals - chegou à BTP ainda pela manhã para reunir-se com nossos diretores. A programação incluiu, ainda, uma visita ao terminal e uma apresentação para nossos diretores, gerentes e coordenadores na Casa do Visitante.

Estamos cada dia mais próximos das certificações ISOs e OHSAS! No fim do ano, todas as áreas da Nossa Empresa passarão por auditoria externa para a conquista das certificações NBR ISO 9001, NBR ISO 14001 e OHSAS 18001. Por isso, lembre-se sempre de reler os procedimentos e processos internos de sua área e manter-se informado. Dessa forma, contribuiremos para que a Nossa Empresa seja certificada nestas normas internacionalmente reconhecidas.

BTP entre as mil maiores Pela primeira vez, Nossa Empresa integra o ranking do Especial 1.000 Melhores e Maiores Empresas da Revista Exame. A edição 2017 foi divulgada na primeira semana de agosto. Há meio século, este anuário reúne as principais empresas que contribuem para o crescimento e desenvolvimento do País. A BTP foi classificada na 676ª posição no ranking geral, ocupando a liderança entre os terminais de contêineres do Brasil.

Além disso, é muito importante ter conhecimento sobre as diretrizes que regem a nossa Política do SGI, publicada em abril de 2017. Relembre: “A Brasil Terminal Portuário – BTP, empresa de operação portuária de contêineres, tem o compromisso de garantir a qualidade dos seus serviços, a segurança e saúde ocupacional dos seus colaboradores e terceiros, bem como a preservação do meio ambiente e da comunidade onde atua. A BTP assume o compromisso de cumprir as especificações técnicas, as legislações aplicáveis e atender aos interesses de seus acionistas, clientes e demais partes interessadas, aprimorando continuamente o seu negócio”.


Recorde de arrecadação na Campanha do Agasalho 2017

A Campanha do Agasalho 2017, na BTP, teve recorde de arrecadação. No total, foram doadas 330 peças de roupas que foram destinadas a diversas entidades assistenciais da região pelo Fundo Social de Solidariedade de Santos.

Certificação CONAMA Recebemos, em julho, o relatório da auditoria ambiental independente para atendimento da resolução nº 306 de 2002, estabelecida pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), demonstrando que Nossa Empresa está em total conformidade com a normativa do Ministério do Meio Ambiente. A auditoria engloba a avaliação dos sistemas de gestão e controle ambiental nos portos do País.

Premiação da 9ª edição do BTP Educa No dia 27 de julho, Nossa Empresa e a Prefeitura Municipal de Santos premiaram os vencedores da 9ª edição do BTP Educa durante evento no auditório da Secretaria de Educação de Santos (Seduc). No total, foram entregues 38 prêmios aos Se a gente jogar no lixo errado, isso alunos, professores e escolas. Entre os vencedores está a aluna Cauane Alves dos Santos pode ser perigoso para as pessoas e para o Carvalho, do 5º ano da escola UME 28 de fevereiro, que criou meio ambiente. Cauane Alves dos Santos, aluna da UME 28 de fevereiro uma apresentação sobre como destinar os resíduos tecnológicos corretamente. “Foi muito divertido participar do BTP Educa. A professora ajudou a pesquisar para poder montar uma apresentação bonita no computador. Aprendi que todo resíduo tem seu lugar certo para jogar fora, até mesmo os celulares. Se a gente jogar no lixo errado, isso pode ser perigoso para as pessoas e para o meio ambiente”. Esta edição, que trabalhou o tema “Descarte Correto de Resíduos”, contou com 2.879 trabalhos inscritos, o que representa um índice de 78,9% de adesão entre os alunos matriculados nas 10 escolas da rede Antonio Passaro, diretor-presidente da Nossa Empresa, com os alunos premiados pública participantes.


NOSSA GENTE

Por: Larissa Saviello

Novos rumos para histórias de sucesso Renato Batista André, supervisor de Manutenção de Equipamentos, participou do Propor em 2014 quando exercia a função de Técnico de Elétrica e buscava novos desafios em Nossa Empresa. Em menos de um mês de processo seletivo, o colaborador conquistou a vaga de Líder de Turno e, com ela, um novo estímulo para sua carreira:

O Propor, nosso programa interno de oportunidades, completa 4 anos e, desde sua implantação, se tornou o grande responsável por transformar a vida de colaboradores que desejam embarcar em novos desafios profissionais em Nossa Empresa. De 2013 para cá, cerca de 400 colaboradores já se inscreveram nos processos seletivos do programa e, desse total, 107 corresponderam com os critérios de cada vaga e foram selecionados para assumir novas jornadas em Nossa Empresa. Para a escolha do candidato ideal para a vaga em questão são respeitadas algumas etapas do processo, que são eliminatórias. Primeiro, o colaborador se candidata à vaga por meio do Portal do Colaborador. Após isso, a equipe de Recursos Humanos analisa se o colaborador atende a todos os pré-requisitos exigidos para aquela determinada vaga. Além disso, são feitas avaliações comportamentais, provas técnicas (dependendo do cargo), entrevista com o gestor e, se o colaborador for aprovado em todas estas etapas, por último, passa por exame médico. Conheça aqui alguns colaboradores que encontraram no Propor a oportunidade para reescrever suas histórias em Nossa Empresa: Vanessa Andrade, analista de Compras sênior, participou de uma das primeiras seleções do Propor, em 2013. A colaboradora, assistente financeiro na época, lembra que decidiu se inscrever para a vaga de analista de Compras Jr. no último minuto do prazo e, durante todo o processo seletivo, se questionava sobre ter tomado a decisão correta. Porém, assim que o resultado foi divulgado, a sensação de incerteza começou a ser deixada para trás:

Quando vi que seria a nova integrante da equipe de Compras da BTP, fiquei muito animada! Interagir com todas as áreas é algo mágico, pois cada processo possui sua particularidade e me possibilita trocar e adquirir novas experiências o tempo todo. Foi graças ao Propor que pude me encontrar profissionalmente.

Brasil Terminal Portuário Av. Engenheiro Augusto Barata, s/nº - Alemoa Santos - SP - Brasil CEP: 11095-907

Foi um momento de muita alegria, com satisfação pessoal e profissional em ter uma chance de crescimento dentro da BTP. Saber que contamos com uma ferramenta como essa confirma que Nossa Empresa reconhece e respeita as aptidões de cada um. Para nós, colaboradores, o Propor é sinônimo de oportunidade, crescimento e valorização, pois a empresa agrega confiança e responsabilidade junto ao seu time.

Participante de um dos processos seletivos mais recentes, Wagner da Silva Vaz atuava como operador de gate quando se interessou pela vaga de assistente administrativo, aberta em julho de 2016:

Participar do Propor foi um desafio seguido por uma grande conquista, já que diferentes talentos de diversas áreas estavam em busca da mesma oportunidade de crescimento. Para mim, ter sido aprovado para exercer uma nova função na BTP, e em uma área completamente diferente, representou a valorização e o reconhecimento pelo meu trabalho realizado ao longo dos anos na Empresa

Para comunicar condutas consideradas como violação às legislações, políticas/procedimentos internos, valores e princípios da BTP, utilize o e-mail ouvidoria@btp.com.br.

Nosso Jornal - Edição 21 (Junho/Julho/Agosto 2017)