Issuu on Google+

BRASIL

ROTARIO A REVISTA REGIONAL DO ROTARY NO BRASIL

SETEMBRO 2013 ANO 88 Nยบ 1095

EXCLUSIVO

O Afeganistรฃo visto por dentro

www.brasilrotario.com.br

Capa final.indd 30

9/8/2013 12:53:25


Na BRASIL ROTÁRIO sua foto ganha prêmio Participe do nosso Concurso Cultural Rotary em Foco e concorra a câmeras fotográficas

Fotos já publicadas na Brasil Rotário retratando ações de clubes. Elas estão aqui com efeito meramente ilustrativo. Use sua criatividade!

Além da imagem, nesta mensagem você deve informar: nome completo; data de nascimento;  CPF;  cidade e estado de origem;  telefone de contato (com DDD);  uma breve texto explicativo a respeito da imagem, descrevendo a situação em que ela foi feita;  e, caso você faça parte da Família Rotária, o clube e distrito aos quais pertence. 

Fotografe um projeto de algum Rotary Club brasileiro, Casa da Amizade, Rotaract, Interact ou ainda do Rotakids e envie a imagem em alta resolução para o e-mail

concurso@brasilrotario.com.br

Leia o regulamento completo no site da revista www.brasilrotario.com.br As inscrições vão até o dia 30 de setembro

capa concurso fotografia.indd 31

8/8/2013 12:02:18


Sumário 05

MENSAGEM DO PRESIDENTE Ron D. Burton

10

COLUNA DA DIRETORA DO ROTARY INTERNATIONAL Uma meta de esperança Celia Giay

12

MEDICINA Síndrome alcoólica fetal José Mauro Braz de Lima

14

CAPA O Afeganistão que a guerra escondeu Wan Yu Chih com fotos exclusivas de Gloriann Liu

22

EM CIMA DO FATO Propostas rotárias? Ricardo VLM Gondim

24

COLUNA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA THE ROTARY FOUNDATION ABTRF, uma opinião Mário de Oliveira Antonino

26

MENSAGEM DO EDITOR A edição digital da Brasil Rotário Ricardo VLM Gondim

27

GLOBAL OUTLOOK Aproveite sua associação, conecte-se para fazer o bem Material produzido pelo RI (texto e arte)

35

IMAGEM PÚBLICA Redes sociais a serviço do Rotary Marco Aurélio Cinaqui Amaral

38

COLUNA DOS COORDENADORES REGIONAIS DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA Centros Rotary pela Paz José Carlos Carvalho e Celso Alves

39

COLUNA DO CHAIR DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA Invista no futuro do mundo DK Lee

Gloriann Liu

14

Crianças do Afeganistão, uma das últimas fronteiras da poliomielite

Seções 04 Cartas e recados  Saudades 06 Curtas 36 Cultura 42 Clubes e distritos em revista 62 Interact e Rotaract 64 Senhoras em ação 66 Reconhecimentos da Fundação Rotária 70 Rotarianos que são notícia  Os 50 mais 71 Aconteceu 72 Relax BRASIL

ROTARIO

Capa: arte de Armando Santos com foto de Gloriann Liu

Sucessora de “Notícias Rotárias” e “Rotary Brasileiro”. Publicação mensal dedicada à divulgação do Ideal de Servir. Revista regional do Rotary International para os rotarianos do Brasil.

sumário.indd 1

9/8/2013 19:24:27


RotaRy InteRnatIonal

One ROtaRy CenteR

Conselho diretor 2013-14 PRESIDENTE Ron Burton

VICE-PRESIDENTE Anne Matthews TESOUREIRO Andy Smallwood

evanStOn, IllInOIS, eua

www.rotary.org

Curadores da Fundação rotária 2013-14

DIRETORES Ann-Britt Åsebol Bryn Styles Celia Elena Cruz de Giay Gideon Peiper Holger Knaack Jacques di Constanzo John Boag Larry Lunsford Mary Beth Growney Selene

PRESIDENTE ELEITO Gary Huang

1560 SheRman avenue

Michael Webb P. T. Prabhakar Sang Koo Yun Seiji Kita Steven Snyder Takeshi Matsumiya SECRETÁRIO-GERAL John Hewko

Noel Ba At Ray Klinginsmith Samuel Owori Stephanie Urchick Stephen Brown

CURADORES Antonio Hallage Ian Riseley Jackson Hsieh Julio Sorjús Kalyan Banerjee Kazuhiko Ozawa Monty Audenart

CHAIR Dong Kurn Lee CHAIR ELEITO John Kenny VICE-CHAIR Michael McGovern

SECRETÁRIO-GERAL John Hewko

Governadores de distrito no Brasil em 2013-14 DISTRITO 4310 Wilson Takada Jr. RC de Indaiatuba, SP

DISTRITO 4510 Ricardo Bermejo RC de Assis-Norte, SP

DISTRITO 4610 Claudio Moyses RC de São Paulo-Barra Funda, SP

DISTRITO 4700 Rudimar Borghetti RC de Caxias do Sul, RS

DISTRITO 4390 Carlos Lucena RC de Feira-Leste, BA

DISTRITO 4520 Iracema Ferreira RC de Teófilo Otoni-Norte, MG

DISTRITO 4620 Wellington Hoshino RC de Tatuí-Cidade Ternura, SP

DISTRITO 4710 Antônio Santos RC de Londrina-Sudeste, PR

DISTRITO 4410 Robson Vilela RC de São Gabriel da Palha, ES

DISTRITO 4530 Raimundo Pinheiro RC de São Luiz de Montes Belos, GO

DISTRITO 4420 José Joaquim Ferreira RC de São Paulo-Sul, SP

DISTRITO 4540 Antônio Sader RC de Sertãozinho, SP

DISTRITO 4630 Antonio Cardoso RC de Campo Mourão, PR

DISTRITO 4720 João Oliveira RC de Redenção, PA

DISTRITO 4430 Antônio José Costa RC de São Paulo-Alto da Mooca, SP

DISTRITO 4550 Ricardo Becker III RC de Cruz das Almas, BA

DISTRITO 4640 Paulo Camargo RC de Foz do Iguaçu-Ponte, PR

DISTRITO 4730 Luiz Scorsin RC de Curitiba-Oeste, PR

DISTRITO 4440 José Silva RC de Cuiabá-Taiamã, MT

DISTRITO 4560 Virgílio Bandeira RC de Lavras-Sul, MG

DISTRITO 4650 Leopoldo Defaci RC de Itapoá, SC

DISTRITO 4740 Luiz Karloh RC de Herval D’Oeste, SC

DISTRITO 4470 José Corrêa RC de Campo Grande-São Francisco, MS

DISTRITO 4570 Fernando Moreira de Faria RC do Rio de Janeiro-Ipanema, RJ

DISTRITO 4651 César Menezes RC de Criciúma, SC

DISTRITO 4750 Luiz Oscar Spitz RC de Araruama, RJ

DISTRITO 4480 Ricardo Maluf RC de Cafelândia, SP

DISTRITO 4580 Ângela Maria Rezende RC de Congonhas, MG

DISTRITO 4660 Derci Moraes RC de Santo Ângelo-Norte, RS

DISTRITO 4760 William Ramos RC de Pirapora, MG

DISTRITO 4490 Dejarino Santos Filho RC de Maranguape, CE

DISTRITO 4590 Marco Ginciene RC de Cajamar, SP

DISTRITO 4670 Loreni Feistler RC de Canoas-Integração, RS

DISTRITO 4770 Elcimar Oliveira RC de Bom Jesus, GO

DISTRITO 4500 Alexandre Inojosa RC de Petrolina, PE

DISTRITO 4600 Janilson Teixeira RC de Resende-Campos Elíseos, RJ

DISTRITO 4680 Marco Antônio Luz RC de Pelotas-Suleste, RS

DISTRITO 4780 Rubem Beraldo dos Santos RC de Cachoeira do Sul-Princesa do Jacuí, RS

cOOPERATIVA EDITORA BRASIL ROTÁRIO Conselho de administração 2013-15

Diretoria Executiva Presidente Ricardo Vieira Lima Magalhães Gondim Vice-Presidente de Operações Milton Ferreira Tito Vice-Presidente de Administração Waldenir de Bragança Vice-Presidente de Finanças Wilmar Garcia Barbosa Vice-Presidente de Planejamento e Controle Bemvindo Augusto Dias Vice-Presidente de Marketing José Alves Fortes Vice-Presidente de Relações Institucionais José Luiz Fonseca Vice-Presidente Jurídico Jorge Bragança memBros eFetivos

Dulce Grünewald Lopes de Oliveira Eduardo Alvares de Souza Soares Fernando Antonio Quintella Ribeiro Herlon Monteiro Fontes Joper Padrão do Espírito Santo José Ubiracy Silva Vicente Herculano da Silva

memBros suPlentes

Alberto de Freitas Brandão Bittencourt Carmelinda Amália Maria Maliska Paulo César Tinoco Gerente eXeCutivo

Gilberto Geisselmann assessores

Abel Mendes Pinheiro Júnior Alice Cavaliere Lorentz Antonio Vilardo Aroldo Mendes de Araujo Eduardo de Barros Pimentel Geraldo da Conceição Sebastião Cony Dantas Taketoshi Higuchi Conselho FisCal

Membros efetivos Orlando Graneiro Ril Moura Sebastião Porto Suplentes Cláudio da Cunha Valle José Moutinho Duarte Wanderley Chieza Conselho Consultivo de Governadores

Membros natos efetivos Governadores 2013-14 Representante junto ao Conselho de Administração Fernando Moreira de Faria

Conselho editorial Consultivo

Presidente Ricardo Vieira Lima Magalhães Gondim Membros Bemvindo Augusto Dias Fernando Antonio Quintella Ribeiro Fernando Moreira de Faria Jorge Bragança José Alves Fortes José Luiz Fonseca José Ubiracy Silva Mário César de Camargo Milton Ferreira Tito Waldenir de Bragança Wilmar Garcia Barbosa Comissão editorial eXeCutiva

Presidente Ricardo Vieira Lima Magalhães Gondim Membros Bemvindo Augusto Dias Gilberto Geisselmann José Alves Fortes Luiz Renato Dantas Coutinho Manoel Magalhães Milton Ferreira Tito Nuno Virgílio Neto Renata Coré

Revista de Propriedade da Cooperativa Editora Brasil Rotário CNPJ 33.266.784/0001-53  Inscrição Municipal 00.883.425 Av. Rio Branco, 125, 18º andar CEP: 20040-006 – Sede própria Rio de Janeiro – RJ  Tel: (21) 2506-5600 / Fax: (21) 2506-5601 Conselho suPerior Mário de Oliveira Antonino (Recife-PE) EDRI 1985-87

Hipólito Sérgio Ferreira (Belo Horizonte-MG) EDRI 1999-01

Themístocles A. C. Pinho (Niterói-RJ) EDRI 2007-09

Gerson Gonçalves (Londrina-PR) EDRI 1993-95

Alceu Antimo Vezozzo (Curitiba-PR) EDRI 2001-03

Antonio Hallage (Curitiba-PR) EDRI 2009-11

José Alfredo Pretoni (São Paulo-SP) EDRI 1995-97

Luiz Coelho de Oliveira (Limeira-SP) EDRI 2003-05

José Antonio Figueiredo Antiório (Osasco-SP) DRI 2011-13

Carlos Henrique de Carvalho Fróes (Rio de Janeiro-RJ) EGD 1986-87 e ex-presidente da Cooperativa Editora Brasil Rotário eXPediente Editor: Ricardo Vieira Lima Magalhães Gondim Jornalista responsável: Luiz Renato D. Coutinho – Jorn. Prof. MtB 25583 RJ Redator-chefe: Nuno Virgílio Neto – Jorn. Prof. MtB 24490 RJ Redação: Alex Mendes, Armando Santos, Luiz Renato D. Coutinho, Manoel Magalhães, Maria Cristina Andrade, Maria Lúcia Ribeiro de Sousa, Nuno Virgílio Neto e Renata Coré Impressão: Log & Print Gráfica e Logística S.A. Digitalização: Alex Mendes, Armando Santos e Maria Cristina Andrade Tiragem desta edição: 59.000 exemplares E-mail da Redação: redacao@brasilrotario.com.br Homepage: www.brasilrotario.com.br Facebook: www.facebook.com/revistabrasilrotario As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos seus autores. A Brasil Rotário, consciente de sua responsabilidade ambiental e social, utiliza papéis com certificado FSC (Forest Stewardship Council) para a impressão desta revista. A Certificação FSC garante que uma matériaprima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado.

ÉTICA. Um princípio que não pode ter fim. Campanha em prol de mais elevados padrões de ética. Apoio dos Rotary Clubs do Brasil 2

pag0203.indd 2

| SETEMBRO dE 2013

6/8/2013 09:46:51


Quantos somos Em todo o mundo Número de clubes: 34.629; Total de rotarianos: 1.215.608 (sendo 220.378 mulheres); Países e regiões onde o Rotary está presente: 215; Número de distritos rotários: 532; Rotaract Clubs: 5.862 (em 189 países, reunindo um total de 133.860 rotaractianos); Interact Clubs: 15.904 (em 155 países, reunindo um total de 365.792 interactianos); Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário: 7.690 (em 92 países, reunindo um total de 176.870 voluntários não rotarianos).

No Brasil Número de clubes: 2.387; Total de rotarianos: 56.250 (sendo 12.192 mulheres); Número de distritos rotários: 38; Rotaract Clubs: 475 (reunindo um total de 10.925 rotaractianos); Interact Clubs: 853 (reunindo um total de 19.619 interactianos); Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário: 345 (reunindo um total de 7.935 voluntários não rotarianos).

Fonte: Escritório do Rotary International no Brasil (dados de julho de 2013).

Vamos entrar em contato com a Brasil Rotário? Escreva para nossos e-mails. Para enviar textos e fotos sobre as ações do seu clube, escreva para redacao@brasilrotario.com.br

Para informações sobre pagamentos e boletos bancários, escreva para cobranca@brasilrotario.com.br

Se você quer informações sobre a remessa da revista, alterar o endereço de envio ou atualizar o número de assinantes, escreva para expedicao@brasilrotario.com.br

Brasil Rotário: servindo por meio da comunicação

Leia

Um convite do editor Ricardo VLM Gondim

N

este número, a Brasil Rotário apresenta em sua matéria de capa uma reportagem muito instigante. Intitulada O Afeganistão que a guerra escondeu, trata da realidade de um país remoto e quase desconhecido para nós brasileiros, talvez associado apenas a notícias – muitas vezes sensacionalistas e chocantes – sobre instabilidade política, guerra de guerrilhas, intolerância e perseguição religiosa e a intervenção, pela força, das chamadas grandes potências mundiais. O Afeganistão é, em virtude mesmo desta situação política e social, um dos últimos lugares do mundo em que a pólio ainda não foi erradicada, dificultando que seja atingido na íntegra um dos maiores objetivos a que o Rotary se propôs em toda a sua existência. A matéria tem como base duas entrevistas exclusivas. Uma é com um médico, nosso companheiro do Rotary Club de Jalalabad e presidente da Comissão Nacional Polio Plus no Afeganistão, contando os desafios da vacinação no país, um dos três onde a poliomielite ainda é endêmica, e descrevendo a situação do rotarismo em um país devastado por décadas de guerras. A outra é também uma conversa sobre aquele país com uma premiada fotógrafa americana que, a pedido de um rotariano brasileiro, aproveitou a viagem ao Afeganistão para registrar, a par com a vida cotidiana do país, as atividades rotárias lá desenvolvidas. Algumas de suas belíssimas fotografias, exclusivas para a Brasil Rotário, ilustram nossa reportagem, e mostram o que é desenvolver serviços às comunidades em meio a tantas dificuldades. Sem dúvida, a disposição de servir à sociedade é um ideal rotariano que exige desprendimento, disposição para se afastar da chamada “zona de conforto”, e muitas vezes coragem física e moral. Isto coincide com a mensagem – independente de crenças ou sectarismos religiosos – trazida pelo papa Francisco em sua recente visita ao Brasil, e que se pode resumir em três grandes pontos: a paz, a ética e a disposição para ir, com coragem, ao serviço do próximo. Neste número, a Brasil Rotário aborda as coincidências (coincidências?) entre tais pronunciamentos e os nossos princípios rotários. Ainda na área de prestação de serviços, trazemos importante matéria sobre a síndrome alcoólica fetal, abordando os danos que podem ocorrer à criança quando a mãe ingere bebidas alcoólicas durante a gravidez, e também sugerindo ações ao Rotary para ajudar a sociedade a evitar tais problemas. Neste número, no Global Outlook, suplemento produzido pelo Rotary International para publicação em todas as revistas rotárias, há informações básicas sobre a nossa instituição, sua estrutura e os principais projetos desenvolvidos por rotarianos em todo o mundo. É uma excelente ferramenta para instrução rotária aos novos companheiros e para a divulgação externa da nossa instituição. Também a destacar neste suplemento é o uso da nova marca do Rotary, até o momento ainda não lançada oficialmente, mas que certamente o será em breve e merecerá a atenção da Brasil Rotário e de seus leitores. Estas e muitas outras matérias de interesse estão neste número da nossa revista. Leia! SETEMBRO DE 2013|

pag0203.indd 3

3

9/8/2013 20:31:35


C ARTAS E RECADOS A revista em seu clube Foi com satisfação que li a matéria Faça como eles: incentive a leitura da Brasil Rotário em seu clube na edição de julho (página 6). Sou responsável pela revista em meu clube e, além das atividades de abril [mês dedicado pelo Rotary às suas revistas], incluo em nosso calendário a leitura periódica da Brasil Rotário. Seguindo uma escala, cada companheiro lê no clube a matéria que mais lhe chamou a atenção na edição do mês. Edson Pedro da Veiga, associado ao Rotary Club de Paranaguá-Rocio, PR (distrito 4730).

Saudades Fernando Teixeira Reis de Souza, associado e ex-presidente do Rotary Club do Recife, PE (distrito 4500). Ele também presidiu o Rotary Club do Rio de Janeiro e era assessor do Conselho de Administração da Cooperativa Editora Brasil Rotário, tendo sido um grande colaborador da revista ao longo de muitos anos. 

Bruno Bucci, presidente 1963-64 do Rotary Club de Orlândia, SP (distrito 4540). 

Euclides Quandt de Oliveira, presidente do Rotary Club de Petrópolis, RJ (distrito 4570), nos anos rotários 2006-07 e 2007-08. Primeiro presidente da Telebrás, criada em 1972, foi também ministro das Comunicações entre os anos de 1974 e 1979, sendo reconhecido como responsável por diversos avanços do setor no Brasil. 

Alberto Cássio Barreto Portugal, ex-presidente do Rotary Club de Juiz de Fora-Sul, MG (distrito 4580). 

Sérgio Luiz Bugnotto, governador 1985-86 do distrito 4740 e associado ao Rotary Club de Pinhalzinho, SC.

ERRAMOS

Diferente do que foi publicado na edição de julho (página 58), o concurso de poesia que premiou nove estudantes na cidade paranaense de Apucarana não foi realizado pelo Rotary Club de Apucarana, mas sim pelo Rotary Club de Apucarana-28 de Janeiro (distrito 4710).

A Seu Serviço Escritório do RI no Brasil Home page: http://www.rotary.org.br Endereço Rua Tagipuru, 209 – Perdizes São Paulo – SP – Brasil CEP: 01156-000 Tel: (11) 3826-2966 Fax: (11) 3667-6575 Horário: 2ª a 6ª, de 8h às 17h Gerente Celso Fontanelli celso.fontanelli@rotary.org Quadro Social (Assistência aos Governadores de Distrito e aos Clubes) Débora Watanabe debora.watanabe@rotary.org Supervisor da Fundação Rotária Edilson M. Gushiken edilson.gushiken@rotary.org Supervisor Financeiro Carlos A. Afonso carlos.afonso@rotary.org Encomendas de Publicações, Materiais e Programas Audiovisuais Clarita Urey clarita.urey@rotary.org Tel.: (11) 3826-2966 Fax: (11) 3667-6575 Rotary International Secretaria (Sede Mundial) 1560 Sherman Avenue,Evanston, Il 60201 USA Phone: 00-21-1847 866-3000 Fax: 00-21-1847 328-8554 Horário: 8h30 às 16h45 (horário de Washington)

Sobre o uso e a publicação de textos e imagens

As correspondências para estas seções devem ser enviadas para o e-mail redacao@brasilrotario.com.br ou para a Avenida Rio Branco, 125/18º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ; CEP: 20040-006. Em razão do seu tamanho ou para facilitar a compreensão, os textos poderão ser editados.

4

pag04.indd 4

O leitor que contribui com a Brasil Rotário por meio do envio de conteúdo – tais como fotos, informações, textos e frases, entre outros – aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado à revista, bem como pela obtenção da autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à Brasil Rotário, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por eventuais danos morais e/ou materiais causados à Brasil Rotário, à Cooperativa Editora Brasil Rotário ou a terceiros. Entre os direitos da Brasil Rotário incluem-se, também, os de adaptação, condensação, resumo, redução, compilação e ampliação dos textos e imagens enviados à revista.

| SETEMBRO DE 2013

9/8/2013 18:53:32


M ENSAGEM DO PRESIDENTE

P NA REDE

Leia os pronunciamentos e as notícias do presidente do RI Ron D. Burton acessando o site www.rotary.org/president

aul Harris escreveu a famosa frase: “Este é um mundo em mudança: precisamos estar preparados para mudar com ele. A história do Rotary deverá ser reescrita diversas vezes.” Apesar de jamais sabermos o que o rotariano Paul Harris pensaria a respeito desta nossa era da internet, acho que sei o que ele diria sobre a ideia de um site para o Rotary: que não apenas devemos ter um, mas que ele deve ser o melhor possível – e ser atualizado em sua tecnologia, atendendo sempre às necessidades dos rotarianos. Estou orgulhoso em anunciar que, depois de dois anos de reestruturação do conceito e da aparência, está entrando no ar o novo site Rotary.org, disponível para os rotarianos e para os usuários da internet de qualquer lugar. Ele contém vários dos recursos que vocês pediram, sobretudo uma ferramenta de busca e navegação mais funcional, com novas formas de conexão com companheiros rotarianos ao redor do mundo e uma experiência mais personalizada, que conectará cada um à informação que mais lhe interessar. O novo site do Rotary é, na verdade, dois sites: um para a Família Rotária e outro para pessoas interessadas em descobrir mais sobre o Rotary. Quando você criar uma conta e fizer o login como associado, terá acesso a uma série de novas ferramentas. Uma que eu espero que todos vocês utilizem é a Rotary Club Central, uma forma eficiente e efetiva para que os clubes determinem objetivos, acompanhem seu progresso e garantam continuidade entre uma administração e outra. Vocês também podem criar um grupo de Rotary ou juntar-se a algum que já exista, e participar desse espaço interativo para discussões que proporcionará formas e caminhos para encontrarmos e conversarmos com rotarianos que tenham interesses parecidos. Com isso, vocês poderão trocar ideias e experiências, e aprender com a experiência de outros rotarianos ao redor do mundo, a qualquer hora do dia ou da noite. É uma ferramenta com um maravilhoso potencial para incrementar nosso serviço ao nos permitir aprender diretamente com outras pessoas já envolvidas em projetos semelhantes aos que estejamos planejando. Para os não rotarianos, o novo site mostrará o que o Rotary é e o que fazemos, destacando o diferencial do Rotary e como os Rotary Clubs dão força a suas comunidades. Eles poderão ter uma amostra dos nossos diferentes projetos e áreas de atuação, descobrir mais sobre como trabalhamos e explorar formas de se envolver. Estou animado com essa nova janela aberta para o mundo do Rotary e convido vocês para visitarem, explorarem e aprenderem – enquanto, juntos, rescrevemos a história do Rotary. Acesse: www.rotary.org

RON D. BURTON PRESIDENTE DO ROTARY INTERNATIONAL SETEMBRO DE 2013|

pag05.indd 5

5

13/8/2013 14:41:00


C urtas Ravindran é selecionado presidente 2015-16 do Rotary International K. R. “Ravi” Ravindran (foto), associado ao Rotary Club de Colombo, Sri Lanka, foi selecionado presidente do Rotary International para o período rotário 2015-16 pela Comissão de Indicação. Ele se tornará o presidente indicado em 1º de outubro, caso nao haja candidato opositor. Ravindran aproveitou para declarar que sua maior prioridade para a organização será o aumento do quadro associativo, o que chamou de base de toda organização. “Precisamos continuar com enfoque nas gerações mais jovens. Além disso, gostaria de atrair os recém-aposentados e pessoas mais experientes”, disse. “Albert Einstein definiu a loucura como fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. Em muitos aspectos, esta tem sido a história do desenvolvimento do quadro associativo”, avaliou. “Felizmente nossa abordagem

foi finalmente estudada e modificada. Dividimos o quadro associativo em 22 regiões, de modo que cada uma desenvolva e implemente um plano de acordo com suas necessidades”, concluiu. Formado em comércio, Ravindran é fundador e CEO da empresa Printcare PLC, líder global na indústria de chás, e presidente fundador da Associação Antinarcóticos de Sri Lanka, a maior organização do gênero no país. Como presidente da Comissão Polio Plus do Sri Lanka, Ravindran liderou uma força-tarefa com representantes governamentais, o Unicef e o Rotary, e ajudou a negociar tréguas dos combates no norte do Sri Lanka para a realização dos Dias Nacionais de Imunização. Rotariano desde 1974, o presidente selecionado também liderou um projeto rotário que reconstruiu 25 escolas destruídas pelo tsunami de 2004. O projeto beneficiou 15 mil crianças.

Combatendo a pólio e a desconfiança no Paquistão

U

sman, de 32 anos, morador de Karachi, a cidade mais populosa do Paquistão, manca de uma perna. Ele foi vítima da poliomielite e fez questão de vacinar os seus três primeiros filhos contra a doença. Mas, quando nasceu Musharaf, seu filho mais novo, Usman estava furioso. É que a agência central de inteligência dos EUA, mais conhecida como CIA, havia produzido uma falsa campanha de vacinação para descobrir Osama Bin Laden – a operação militar, concluída em 2011, é tema do filme A hora mais escura, que foi indicado ao Oscar. O paquistanês também estava indignado com a operação dos aviões norte-americanos teledirigidos (os drones), sem pilotos, um dos quais matou o filho de um conhecido seu. Em janeiro último, Musharaf, com dois anos, tornou-se a primeira criança no mundo a contrair a poliomielite em 2013. “Sei agora que errei”, desabafa Usman. “Mas os americanos causaram dor em minha comunidade. Eles pagam pela campanha contra a pólio, e isso é bom. Mas usaram

uma campanha humanitária para fins militares”, disse. O caso foi retratado pelo jornalista Donald Gerald McNeil e publicado na edição de 21 de julho do jornal New York Times. “Raiva como essa em relação à política externa norte-americana resultou em um retrocesso desastroso para o esforço global contra a pólio”, escreveu Donald. Em dezembro, nove vacinadores foram mortos no Paquistão e dois líderes talibãs proibiram a vacinação em suas áreas. Em janeiro, foi a vez da Nigéria, onde 10 vacinadores foram mortos. A reportagem ainda destaca o grande esforço do Rotary dentro do Paquistão na luta final contra a pólio. A boa notícia é que o próprio governo do país vem se empenhando em erradicar a doença e tomou várias medidas nesse sentido. Criou um ministério para o assunto, duplicou o valor das diárias dos funcionários vacinadores, cujo contingente foi aumentado, e tem ganhado o apoio de autoridades religiosas muçulmanas locais para o trabalho de imunização.

Leia nesta edição uma reportagem sobre a batalha final contra a pólio no Afeganistão a partir da página 14 6

pag0607.indd 6

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 18:39:23


Billabong

N

a Austrália, uma porção de água em forma de lua crescente, normalmente gerada na curva de um rio sinuoso quando este muda de curso, é conhecida como billabong (em português, o acidente geográfico ganha o nome de braço morto ou lago em ferradura). Durante a estação chuvosa, o billabong enche-se e torna-se um rico habitat para a vida selvagem – um ponto de encontro para pássaros e outros animais. Rotarianos que participarem da Convenção do Rotary International em Sydney, capital da Austrália, de 1º a 4 de junho, terão um ponto de encontro: A Casa da Amizade Billabong (Billabong House of Friendship no original). Os rotarianos se reunirão ali para aprender com seus companheiros – estandes serão montados na Casa da Amizade com informações de vários projetos e grupos do Rotary. O espaço estará localizado na Sydney Showground Dome, uma arena cujo domo, com diâmetro de

The Rotarian

Convenção de Sidney

97 metros, é o maior do Hemisfério Sul. Tom Sweeney, diretor de teatro em Sydney e membro do Rotary Club de Crows Nest, será o mestre de cerimônias para a programação de entretenimentos. E essa programação será variada: fiquem atentos para as demonstrações de tosquia de ovelhas, para os eventos culturais aborígenes e de povos do Pacífico, desfiles de moda e uma mostra de um zoológico australiano. Quer uma pausa? Cibercafés estarão disponíveis. Obtenha informações sobre a nossa organização, seus programas, áreas de enfoque e a Fundação Rotária visitando a página http://bit.ly/16AjUmE

Inscreva-se para a Convenção do RI de 2014 acessando www.riconvention.org INFORME PUBLICITÁRIO

SETEMBRO dE 2013|

pag0607.indd 7

7

9/8/2013 12:36:41


C urtas

Novas celebridades brasileiras entram na luta contra a pólio

O

esforço empreendido pelo Rotary há mais de duas décadas para erradicar globalmente a poliomielite acaba de receber o apoio de duas celebridades brasileiras. Uma delas é a modelo internacional Isabelli Fontana. Aos 30 anos e mãe de dois filhos – Zion, de dez, e Lucas, de sete –, ela posou para um anúncio da campanha Falta Só Isto, que já conta com a adesão de figuras públicas como o fundador da Microsoft, Bill Gates, o prêmio Nobel e arcebispo da Igreja Anglicana Desmond Tutu, o ator Jackie Chan e o músico Ziggy Marley, entre outros. Em www.rotary. org/mediacenter, os rotarianos podem baixar o anúncio e divulgá-lo. Isabelli é a primeira embaixadora global brasileira do Falta Só Isto. Ela apoiou a campanha de imunização no Brasil pela primeira vez em 2011, quando levou seu filho mais novo para ser vacinado pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na abertura da campanha daquele ano. “Aceitei o convite para participar da campanha global do Rotary porque a pólio tem de ser erradicada. É um objetivo alcançável”, afirmou a modelo, que tomou parte também no Maior Comercial do Mundo, a inovadora iniciativa digital do Rotary para promover o trabalho de erradicação da doença. Além de Isabelli, quem também somou forças ao Rotary para lutar contra a pólio foi o músico Renato Borghetti, mais conhecido como Borghettinho. O acordeonista e folclorista, artista de renome do Rio Grande do Sul, aceitou colaborar com o distrito 4700, permitindo a divulgação de sua imagem. Ele agora é embaixador do distrito na Campanha de Combate à Poliomielite. No início de julho, o músico foi homenageado pelo coordenador assistente de Imagem Pública, o governador 2011-12 Gilmar Fiebig, com uma placa alusiva. A participação no Maior Comercial do Mundo é aberta a todos aqueles que estiverem interessados em colaborar com a erradicação da pólio. Para tanto, basta visitar o

8

pag0809.indd 8

site da campanha, em thisclose.endpolio.org/pt, e incluir uma foto fazendo o gesto falta só isto. Desde agosto de 2012, mais de 33 mil participantes de 152 países aderiram à iniciativa. Só o Brasil já foi responsável por mais de 3.500 inserções, incluindo o ator Thiago Lacerda e o cantor Michel Teló.

| SETEMBRO dE 2013

5/8/2013 17:11:28


Festejos, alegria e saudade

O

cantor, compositor e sanfoneiro José Domingos de Moraes, o Dominguinhos, falecido em 23 de julho, deixará saudade e a lembrança de um bom momento entre os rotarianos do distrito 4490. No ano passado, alguns deles tiveram a oportunidade de confraternizar com o músico durante um show beneficente em Fortaleza, capital do Ceará, sem saber que o alegre encontro era também uma despedida. Solicitado pelos rotarianos do distrito 4490, Dominguinhos aceitou apoiar a campanha Falta Só Isto, desenvolvida pelo Rotary International nesta reta final de erradicação global da poliomielite. O sanfoneiro, então, se apresentou vestindo a camiseta do 1º Raid End Polio Now e, junto com Otaciano Lopes, o governador distrital Dejarino Santos Filho e o secretário geral do distrito, Alderi Sousa, posou fazendo o gesto falta só isto. O Raid End Polio Now é um passeio 4x4 por praias

Divulgação

do Ceará promovido por 22 Rotary Clubs da Grande Fortaleza. Mais de 60 automóveis participam do evento e, em duas edições, os rotarianos já distribuíram mais de 48 cadeiras de rodas e mais de 500 cestas básicas para a comunidade, além de terem conseguido 15 mil dólares para o combate à pólio.

Reconhecimento para os cônjuges

E

liane Patrício, esposa do rotariano Disraeli Patrício, associado fundador do Rotary Club do RecifeApipucos, PE (distrito 4500), e Companheiro Paul Harris, foi agraciada com o Prêmio a Cônjuge/ Parceiro de Rotariano por Prestação de Serviços, concedido pelo Rotary International (RI). Em 9 de julho, por ocasião da posse da nova diretoria do clube, ela recebeu uma placa comemorativa personalizada. A premiação é outorgada a no máximo cem candidatos por ano, selecionados por um representante do presidente do RI, e homenageia cônjuges ou parceiros

de rotarianos que tenham prestado serviços humanitários exemplares por meio da nossa instituição. No caso de Eliane, o mérito de seus serviços, entre outros, foi a criação da Oficina Rotária de Apipucos em 2001, mesmo ano de fundação do clube. Em atividade desde então, a oficina oferece diversos cursos de artesanato.

SETEMBRO dE 2013|

pag0809.indd 9

9

5/8/2013 17:18:37


Coluna da diretora do rotary international Celia Giay

uma meta de esperança Precisamos apoiar nossa Fundação Rotária “Se você ajuda uma pessoa a ter esperança, não terá vivido em vão”

Reação positiva Essa afirmação se sustenta nos encorajadores relatórios dos primeiros 60 dias de aplicação do novo plano com re– Martin Luther King lação à quantidade dos projetos, à qualidade dos bolsistas e ao grande número de equipes de treinamento vocauerida Família Rotária: assim como o cional apresentadas, o que demonstra uma reação muito aumento do número de associados e a positiva ao novo modelo de operação da nossa Fundação. melhoria da imagem pública de nossa Agora é possível prever que o total de projetos incluídos organização, o apoio à nossa Fundação nos Subsídios Distritais, Globais e Predefinidos a serem é uma meta do presidente Ron Burton realizadas este ano irá superar a marca de 10.000. São para este ano. A visão de um rotariano projetos de serviço feitos com muito maior facilidade, deu nascimento à Fundação Rotária. A eficácia, transparência e sustentabilidade quando comgenerosidade e o traparados aos do passado. Essa é uma mubalho de muitos outros nos permitiram dança radical na forma como a Fundação Rotary e a chegar aos 96 anos de vida fazendo o Rotária opera e também uma abordagem bem no mundo. Fundação Rotária diferente, no sentido de que a solução dos Algumas pessoas pensam que sem o problemas que afligem o nosso povo seja complementam- transformada em ações de verdadeiro imRotary International não haveria a Fundação Rotária e outras acreditam que sem se mutuamente pacto na comunidade. a Fundação Rotária o Rotary InternatioO que importa é reconhecer que, – e a existência quanto mais crescerem os nossos apornal não poderia existir. Talvez a gente deva reconhecer que foi o Rotary que susdo primeiro está tes, maiores benefícios poderemos atrair tentou a Fundação durante toda a sua capara as nossas comunidades e para o noscondicionada à so povo. O exemplo deixado por certos minhada, e é muito provável que seja ela que sustente o Rotary no futuro. Pessoaldistritos-piloto tem sido eloquente. Os da segunda mente, considero que o Rotary e sua Funclubes da Guatemala, por exemplo, dedação complementam-se mutuamente – e monstraram que cada dólar contribuído a existência do primeiro está condicionada à da segunda. foi multiplicado por oito sob a forma de projetos, o que Felizmente, a Fundação Rotária vem progredindo vem se repetindo em outras partes do mundo rotário. sempre e agora ingressou no tempo das grandes mu- Nossa tarefa fundamental é nos capacitarmos para fazer danças com o lançamento global do Plano Visão de projetos e aproveitarmos o leque de possibilidades à nosFuturo. O espírito inovador e criativo de um grupo de sa disposição. rotarianos atualizou seu funcionamento, deixando-a pronta para celebrar um glorioso centenário em 2017, Um compRomisso provocando grande expectativa com relação a sua futu- Nosso presidente Ron Burton afirma que ser rotariara projeção. no é um compromisso que vai além de comparecer às

Q

10

pag1011.indd 10

O

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 13:48:45


O que importa é reconhecer que, quanto mais crescerem os nossos aportes, maiores benefícios poderemos atrair para as nossas comunidades e para o nosso povo

Monika Lozinska/Rotary International

Alguns dos projetos desenvolvidos pelos rotarianos da Guatemala em parceria com a Fundação Rotária são voltados às crianças reuniões do clube uma vez por semana. “Significa ver o mundo e o nosso papel nele de uma maneira verdadeiramente única”, ele diz. Então, para cumprirmos nossa meta de sustentar a Fundação Rotária seria bom que neste mês de setembro, dedicado às Novas Gerações, além de continuar apoiando a campanha pela erradicação da pólio, nosso serviço fosse orientado aos jovens por meio de um projeto que

lhes possibilite estudar, trabalhar ou se preparar melhor para enfrentar a vida. Estou absolutamente convencida de que se hoje aproveitarmos as oportunidades oferecidas pela nossa Fundação com o intuito de incentivarmos o desenvolvimento comunitário, a educação, a saúde e a paz, então nossa obra de serviço continuará tendo sucesso e seguirá sustentando o movimento rotário muito além do fim das nossas vidas. BR

Para fazer comentários e sugestões sobre o tema deste artigo, escreva para celiagiay@virtualred.com.ar SETEMBRO dE 2013|

pag1011.indd 11

11

9/8/2013 13:49:24


M edicina

Síndrome alcoólica fetal A doença, lembrada no dia 9 deste mês, deve ser encarada como um caso de saúde pública mundial José Mauro Braz de Lima*

U

iStockphoto

m dos mais intrigantes problemas de saúde maternoinfantil e uma das principais causas de déficit cognitivocomportamental, além de relevante causa de má-formação congênita, a síndrome alcoólica fetal, conhecida pela siga SAF, representa um verdadeiro desafio não só para as autoridades médicas como uma séria questão de ordem socioeconômica e educativa. Esta condição clínica de significante prevalência no Brasil, a exemplo de outros países, decorre do consumo de bebidas alcoólicas durante a gravidez, provocando severas alterações no desenvolvimento de diversos órgãos, como cérebro, fígado e coração, além de promover o nascimento de crianças de baixo peso e baixa estatura, microcefalia e alterações faciais do tipo microftalmia, retrognatismo e ausência do sulco naso-labial – alterações estas que dão um aspecto facial peculiar a estas crianças. É importante ressaltar que um grande número de crianças pode nascer sem grandes alterações faciais ou orgânicas, mas ainda assim apresentar problemas de rendimento psicopedagógico na idade escolar, além de importantes distúrbios de comportamento e de adaptação social. Um outro lado da questão é o fato de que essas crianças ou adolescentes muitas vezes se envolvem em conflitos com a lei, conforme relatos de diversos estudos.

12

pag1213.indd 12

INCIDÊNCIA DA SAF Embora a síndrome tenha sido observada há muito tempo, só a partir dos anos 1970 passou a chamar a atenção das autoridades médicas diante da sua crescente prevalência associada ao grande aumento do consumo de álcool em muitos países, incluindo o Brasil, nas últimas décadas. Na França e nos EUA, sobretudo, a SAF passou a ser considerada uma questão de saúde pública pela sua crescente incidência e prevalência: de dois a 10 casos por mil nascimentos vivos – ou seja, 1% das crianças nascidas

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 12:24:03


No caso do Brasil, teríamos cerca de 30 mil crianças com SAF a cada ano, considerando-se os cerca de 3 milhões de partos anuais anualmente. No caso do Brasil, teríamos cerca de 30 mil crianças com SAF a cada ano, considerando-se os cerca de 3 milhões de partos anuais. Neste sentido, para se ter uma dimensão de grandeza, podemos estimar que a SAF seja 30 vezes mais frequente do que a síndrome de Down, cuja incidência é de um caso por 3.000 nascimentos vivos. Levando-se em conta a expectativa de vida média destes pacientes em 35 a 50 anos, viveriam no Brasil mais de 1 milhão de pacientes. Do ponto de vista socioeconômico, relativizando dados de estudo dos EUA, essa população representaria alguns bilhões de reais em gastos com saúde e dependência. RISCO ANUNCIADO E EVITÁVEL No nosso país, haja vista os relatos nos meios de comunicação na última década, o aumento e a banalização do consumo de bebidas alcoólicas, principalmente cerveja, entre jovens e mulheres faz parte das estratégias de uma maciça propaganda. Uma situação preocupante considerando-se o consumo de álcool também por grávidas. Hoje somos um dos maiores produtores e consumidores de bebidas alcoólicas do mundo. O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de cerveja, com mais de 13 bilhões de litros ao ano, e o maior produtor mundial de destilados, alcançando 1,4 bilhão de litros ao ano. Por conta disso, a SAF deve merecer toda a atenção pelas autoridades brasileiras e pela nossa sociedade em geral. CAMPANHA SAF BRASIL Diante de tamanho desafio, a partir de 2006, quando eu era membro do Rotary Club do Rio de Janeiro-Botafogo, RJ, e contando com o inestimável e destacado apoio dos companheiros do clube, foi possível dar uma nova dimensão e divulgação à SAF. Sobre este importante problema de saúde eu já vinha trabalhando desde 1998 em um programa acadêmico, no âmbito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). E apesar da consistente produção acadêmica ali elaborada, somente com o engajamento do Rotary Club do Rio de Janeiro-Botafogo, e posteriormente com o apoio de outros clubes do distrito 4570, como o Rotary Club do Rio de Janeiro-Tijuca, tivemos a grande divulgação da SAF na cidade do Rio de Janeiro e em outros municípios.

Foram muitas as atividades, seminários, encontros, atos e audiências públicas, envolvendo parcerias com prefeituras, universidades, instituições privadas, Forte de Copacabana (vinculado ao Exército), Consulado da França, programa SAF France, Câmara Municipal e Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, entre outros destacados parceiros. Na organização dessas iniciativas estavam o Cepral-UFRJ e a Sociedade Brasileira de Alcoologia (SBA). Em 2009, com o apoio da SAF France, e agora contando com o Comitê Internacional de Prevenção da SAF, foi instituída a campanha SAF Brasil, por mim idealizada e formada por meio de parceria com especialistas de vários países. Desde então inúmeras ações se desenvolveram direcionadas a públicos os mais diversos, com resultados expressivos, ainda que a SAF seja pouco conhecida. Entre esses frutos, vale destacar um projeto implementado este ano pelo governo do Piauí por meio da Secretaria Estadual de Saúde. Com o engajamento efetivo do Rotary Club do Rio de Janeiro-Tijuca, estamos somando nova energia, que com certeza será da mais alta importância no incremento da campanha de conscientização para a SAF, já em andamento em muitos municípios e estados. Tal campanha sem dúvida continuará a atrair novos parceiros, pois a SAF é um dos mais sérios e preocupantes problemas de saúde pública, comprometendo não só crianças e adolescentes, mas também acarretando enorme peso para famílias, sociedade e governos em geral. No dia 9 deste mês, Dia Mundial de Prevenção e Conscientização da Síndrome Alcoólica Fetal, haverá audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, e no dia 15 ocorrerá um ato público na Praia de Copacabana. Também na segunda semana de setembro, na mesma cidade, está previsto um ciclo de palestras, para o qual foi convidado o presidente do SAF France, o médico pediatra Denis Lamblin. BR * O autor é associado ao Rotary Club do Rio de Janeiro-Tijuca, RJ (distrito 4570), médico neurologista e professor da UFRJ, membro do Comitê Internacional de Prevenção da SAF, coordenador do Programa Acadêmico de Álcool e Drogas da UFRJ e presidente da Associação de Neurologia do Estado do Rio de Janeiro. SETEMBRO dE 2013|

pag1213.indd 13

13

9/8/2013 12:24:30


C apa

O Afeganistão que a Em duas entrevistas exclusivas à Brasil Rotário, rotariano afegão e fotógrafa norte-americana revelam detalhes do combate à pólio e do dia a dia neste país ainda desconhecido

Wan Yu Chih* Fotos: Gloriann Liu

T

erra de uma rica herança cultural, o Afeganistão continua sendo um mistério para a maioria das pessoas, que costumam associá-lo apenas à guerra contra o Talibã, foco principal das frequentes notícias sobre o país.

Em entrevistas exclusivas com o rotariano Ajmal Pardis, médico e presidente da Comissão Nacional Polio Plus no Afeganistão, e a fotógrafa norteamericana Gloriann Liu, autora das imagens que ilustram esta reportagem, você saberá como está a situação do combate à pólio no país, um dos últimos onde o vírus ainda é endêmico, e conhecerá um pouco da vida e dos costumes de sua gente. Esta matéria é mais uma parceria entre a Brasil Rotário e a Campanha End Polio Now Santa Catarina, do distrito 4651.

14

pag1423b.indd 14

| SETEMBRO dE 2013

13/8/2013 16:04:08


e a guerra escondeu

Acervo/SPTuris

 Crianças nas ruas de Cabul, capital do país: histórias de gente que ama, sonha, resiste

 SETEMBRO DE 2013|

pag1423b.indd 15

15

13/8/2013 15:58:26


C apa

Um país cada vez mais perto do fim da poliomielite

A

ssociado ao Rotary Club de Jalalabad, Ajmal Pardis é uma das principais autoridades no combate à pólio no Afeganistão. Lutando contra a falta de recursos e a resistência de parte da população à vacina, ele nos fala dos desafios dessa reta final da erradicação: “Se não estivermos comprometidos com seu fim, o vírus poderá infectar novamente as pessoas e os países onde foi erradicado”

WAN YU CHIH: Qual é o papel do presidente da Comissão Nacional Polio Plus no Afeganistão? AJMAL PARDIS: Sou o representante da Fundação Polio Plus do Rotary International (RI) no Afeganistão. Assim, participo das reuniões governamentais e de fronteira com o Paquistão, represento o RI nos encontros com os doadores e me encontro com os líderes islâmicos para que eles apoiem a vacinação. Além disso, participo dos treinamentos de voluntários e do monitoramento das campanhas, faço a defesa da causa do país junto à Fundação Rotária para que nos doem recursos e comunico o governo toda vez que uma doação é feita pelo Rotary ao Unicef ou à Organização Mundial da Saúde. Também falo com a imprensa sobre o apoio do Rotary ao programa de erradicação da pólio. Como foi que o senhor chegou a essa posição? n Sou médico e atuo há 15 anos na área da saúde pública. Fui diretor de Saúde da Região Ocidental e coordenador de pediatria dos hospitais da província de Nangarhar. Em 2008, ingressei no Rotary Club de Jalalabad e participei de um Intercâmbio de Grupo de Estudos do Rotary na Califórnia. No ano seguinte, fui convidado a assumir a posição que ocupo hoje no Rotary. O que aconteceu com os Rotary

16

pag1423b.indd 16

Ajmal Pardis Clubs do país durante as três décadas de guerras? n Em 2009, tínhamos 30 associados em Jalalabad, e agora somos cinco. Apesar de o Rotary ser uma organização internacional apolítica e não religiosa, a maioria das pessoas daqui pensa que somos apoiados por cristãos ou judeus, imagem que dificulta o crescimento do quadro associativo no país. Achávamos que o último caso de pólio no Afeganistão tivesse acontecido em março deste ano. Todavia, soubemos pelo senhor que um novo caso da doença foi descoberto em junho. Como o senhor se sente a respeito? n O governo está comprometido com a causa e temos uma força-tarefa

interministerial. Os governadores e diretores de saúde das províncias também estão comprometidos e reúnem-se frequentemente. O governo criou uma equipe exclusiva para o combate e o monitoramento da pólio. O país está usando tecnologia móvel e negociadores para atuar em áreas de segurança comprometidas. Tudo isso tem dado bons resultados. A região sul, que é endêmica do vírus, não tinha um caso há mais de sete meses. Mas, infelizmente, foi detectado um caso recente em junho, de um menino [vírus possivelmente importado do Paquistão]. Em matéria de saúde, existem duas categorias de doenças: algumas são erradicáveis e as outras, não. A pólio é uma doença que pode ser erradicada. O Afeganistão faz fronteira com o Paquistão, país também endêmico. Quais são os perigos e desafios do combate à pólio nessa fronteira? Qual é o papel do Rotary nesse trabalho? n Os perigos estão associados aos ataques dos grupos contrários ao governo existentes na região. Diariamente, mais de 2.000 crianças cruzam a fronteira por Torkham [localizada 70 quilômetros a oeste de Jalalabad]. Boa parte do trabalho do Rotary é dedicada a reduzir a rejeição contra a vacinação. O grande desafio para os dois países é o monitoramento da doença na extensa fronteira [cerca de 2.000 quilômetros], com vários pontos de travessia sem controle.

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 14:35:56


Nome oficial: Estado Islâmico do Afeganistão Localização: Ásia Central Capital: Cabul Línguas: pashtu, dari (oficiais) e outras 30 línguas População: 30.419.928 habitantes (estimativa de 2012) IDH (2012): 0,374

Vítima da pólio num hospital da Cruz Vermelha e criança sendo imunizada: erradicação entra em sua reta final

 SETEMBRO DE 2013|

pag1423.indd 17

17

9/8/2013 19:56:03


C apa Existem cerca de 30 idiomas de etnias minoritárias. Não existem dificuldades de comunicação durante as campanhas de imunização? n A maioria fala um dos dois idiomas oficiais. Mas temos problemas com os programas de comunicação organizados pelo governo central. A comunicação precisa ser mais descentralizada e delegada às províncias para que os diferentes grupos étnicos sejam atingidos com mais eficiência. Como estão as relações das equipes de vacinadores com o Talibã? O bloqueio à vacinação pode voltar? n As relações variam dependendo do local. No sul, existe um conflito entre o governo e o Talibã, que dificulta a realização dos programas de imunização. Na região ocidental, alguns grupos do Talibã são cooperativos e outros não, especialmente na província de Kunar [100 quilômetros ao norte de Jalalabad, perto da fronteira com o Paquistão]. A Iniciativa Global de Combate à Pólio liderada pelo Rotary e seus parceiros começou em 1988. O Afeganistão faz parte de um grupo de países que iniciou tardiamente as campanhas de vacinação, somente depois do ano 2000. Por que isso aconteceu? n Nosso país se encontrava ocupado combatendo conflitos e guerras. Existem programas de saúde realizados em outros países que sequer cogitamos adotar, por limitação de recursos. O Rotary e seus parceiros já colocaram muito dinheiro para acabar com a pólio. Existem críticas de que o dinheiro e o esforço gastos no combate à pólio poderiam ser usados para sanar doenças como sarampo, tuberculose ou diarreia, que afligem um número maior de crianças que a pólio. O que o senhor pensa a respeito? n As pessoas estão cansadas da vacinação contra a pólio e perguntam até quando terão que vacinar seus filhos. Todo programa, quando chega perto do fim, encontra resistência da população. De um modo geral, o povo reclama por saúde básica. Nas áreas remotas, reclama por ambulatórios e hospitais. Quando olhamos para trás, vemos que a poliomielite era uma pandemia mundial, com mais de 300 mil vítimas por ano, e por isso tornou-se uma prioridade. Agora, a doença está quase no fim e limitada aos países endêmicos. Se não estivermos comprometidos com seu fim, o vírus poderá infectar novamente as pessoas e os países onde foi erradicado.

18

pag1423b.indd 18

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 14:58:53


Histórias de vida que precisam ser contadas

P

rofessora de artes durante 20 anos, a fotógrafa norte-americana Gloriann Liu vive hoje em San Luis Obispo, na Califórnia. Com trabalhos publicados em grandes jornais como o The New York Times, a nosso convite ela registrou as ações do Rotary no combate à pólio no Afeganistão – as imagens, gentilmente cedidas à Brasil Rotário, ilustram esta reportagem. Na entrevista a seguir, Gloriann comenta sua experiência: “Espero contribuir de alguma forma para tornar o mundo um lugar melhor” WAN YU CHIH: Você viajou ao Afeganistão diversas vezes por mais de 10 anos. Como foi que surgiu o seu interesse por esse país e o seu povo? GLORIANN LIU: Recordo-me da primeira vez em que vi imagens do Afeganistão e tive um sentimento incrível de espanto e admiração. Em 2003, após ter viajado por muitos anos pelo Oriente Médio, tive a oportunidade de ir à Ásia Central. O Afeganistão é um país cheio de contrastes, que vão do encantamento ao extremo caos. Como muitos viajantes, me sinto reverenciada pelo cidadão comum, cuja hospitalidade e generosidade são desconhecidas pela maioria das pessoas de fora. Devido à

Gloriann Liu sua localização geopolítica, o país tem sido flagelado por guerras e conflitos, sujeitado a mercenários há séculos. A maioria que vive fora das cidades é analfabeta, e muitas tradições são inaceitáveis para o mundo externo. Apesar disso, ainda me sinto encantada e tenho um constante desejo de retornar ao Afeganistão. Por que você aceitou o convite para colaborar com o Rotary? n Conhecendo o enorme esforço que os Rotary Clubs espalhados pelo mundo têm feito para ajudar os mais necessitados, me senti honrada quando fui convidada a ajudar a divulgar o enorme desafio de erradicar a pólio no Afeganistão.

SETEMBRO dE 2013|

pag1423b.indd 19

19

9/8/2013 15:03:43


C apa

Ao fundo, a fachada do escritório em Jalalabad da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio

O que mais lhe chama a atenção nas pessoas do Afeganistão? n A grande semelhança entre o povo afegão e outros povos que conheço é a necessidade básica de amor e de cuidar das suas famílias. Ao entrar em qualquer casa, não importa a situação econômica da família, o visitante é sempre bem recebido. Mesmo no lar de um pedinte, oferecem a você chá e comida, se houver. Essa é a maior diferença e a que mais me agrada. Em cada um desses países existem

20

pag1423b.indd 20

histórias que precisam ser contadas. Histórias de pessoas vitimadas pela guerra, por conflitos, pobreza e injustiça.

bem-estar. Tenho sempre em mente o que Franklin Roosevelt disse: “A única coisa que devemos temer é o medo”.

Você já sentiu medo alguma vez fazendo o seu trabalho no Afeganistão? n Sem dúvida, o perigo é algo sempre presente no Afeganistão. Sou muito afortunada por ter ao meu lado pessoas em quem confio e que se preocupam com a minha segurança e

Você também trabalhou em projetos no Egito, Líbano, Sri Lanka, Bangladesh e Síria. Existe um denominador comum? n Eu tento documentar a condição humana nesses lugares e como as pessoas superam o sofrimento e as dificuldades. Tento sempre es-

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 15:14:15


Menino vítima da pólio e a mãe pedindo ajuda nas ruas

A neve castiga o inverno em Cabul, onde vivem mais de 3,5 milhões de pessoas

tabelecer uma relação de empatia com as pessoas que fotografo. As fotografias são de alguma forma um autorretrato do fotógrafo, e em meu trabalho há sempre uma busca do meu ser interior. Espero contribuir de alguma forma para tornar o mundo um lugar melhor. BR *O autor é presidente da Subcomissão Polio Plus do Rotary no distrito 4651 (Santa Catarina) e associado ao Rotary Club de Florianópolis.

“A

o entrar em qualquer casa, não

importa a situação econômica da família, o visitante é sempre bem recebido. Mesmo no lar de um pedinte, oferecem a você chá e comida, se houver”

SETEMBRO dE 2013|

pag1423b.indd 21

21

9/8/2013 15:15:20


E m c i m a d o f at o

Propostas rotárias? Como as palavras do papa Francisco podem ser analisadas sem sectarismo ou espírito religioso Ricardo VLM Gondim*

T

ivemos recentemente, no Rio de Janeiro, a Jornada Mundial da Juventude, a chamada JMJ Rio 2013. Toda a imprensa brasileira, e também do mundo inteiro, ocupou-se intensamente do evento. Falou-se das centenas de milhares de visitantes que acorreram à cidade, em sua grande maioria jovens, com um expressivo percentual de estrangeiros, além de brasileiros de todas as partes do país. Descreveram-se eventos e reuniões onde a frequência foi enorme, vários deles envolvendo alguns milhões de pessoas. Comentaram-se as dificuldades percebidas e como a infraestrutura da cidade – transporte, alimentação, alojamento, espaços públicos etc. –, mesmo especialmente adaptada, nem sempre se mostrou adequada ou deu conta das enormes tarefas que lhe eram exigidas. Sempre, entretanto, foram destacados o ambiente ordeiro e bem-humorado, a alegria que reinava, o colorido e a animação desta simpática invasão que durante alguns dias tomou conta do Rio de Janeiro. Avultou-se, então, no núcleo deste movimento, a figura de um líder mundial, chefe de Estado, surgido havia pouco tempo no cenário internacional, e de quem pouco se conhecia além do que a imprensa tem mostrado nos últimos meses. Ele tem ligações com o Rotary, mas não veio ao Brasil com alguma tarefa ou missão específica da nossa instituição. Esteve neste último mês de julho no Rio de Janeiro e na cidade de Aparecida, no Estado de São Paulo. Cumpriu uma programação intensa, certamente estafante e dura, principalmente para um homem já idoso. Encontrou-se com altas autoridades, tanto do Brasil como de países próximos e, no cumprimento dos objetivos de sua visita, reuniu-se com grupos diversos, alguns realmente grandes, outros simplesmente incalculáveis, avaliados em milhões de pessoas.

Atenção às pessoAs Este líder certamente fez mais discursos, distribuiu mais apertos de mãos e abraços, deu mais atenção às pessoas que os mais ativos dos nossos líderes rotários, sejam presidentes ou diretores do Rotary International, governadores de distrito ou presidentes de clubes. E todos os que o viram, ao vivo ou pela televisão, e mesmo nos jornais ou revistas, se quedaram fascinados pelo seu sorriso doce e verdadeiro e pela sua oratória simples, direta e sincera.

22

pag2223b.indd 22

Fez inúmeros pronunciamentos e alocuções, muitas vezes longos, mas que não pareciam cansativos, escutados que foram com atenção pelos milhões – sim, milhões! – de ouvintes. Em alguns momentos, sugeria a todos alguns instantes de silêncio e meditação, e as multidões, de milhões de pessoas, se calavam, em recolhimento. Silêncio, atenção total? Poucos, dentre nossos líderes rotários, conseguiram algo semelhante (será que algum deles conseguiu?) nas nossas plenárias de clubes ou mesmo nos nossos grandes eventos... Ele é muito próximo a Rotary Clubs de sua cidade natal, Buenos Aires, na Argentina, que até já o homenagearam. Constou mesmo que algum já o tinha feito associado honorário. Amigo do Brasil, ele soube conquistar-nos, mesmo brincando com as tradicionais rivalidades que colocam em posições contrárias os argentinos e os brasileiros, mas que nos unem numa mesma e jovial implicância... Recentemente, por razões de trabalho, mudou-se para a Europa, e vive no Estado-Cidade do Vaticano. Chama-se Jorge Mário Bergoglio. Como é de costume, entretanto, adotou como “nome de guerra” (de “guerra”? Prefiro, por várias razões, dizer que adotou um “nome de paz”!) Francisco, em lembrança ao doce santinho medieval italiano, amigo dos pobres e dos animais. É o papa Francisco, líder de alguns bilhões de fiéis da religião católica. Sua formação é jesuítica. Desenvolveu-se na aguerrida Companhia de Jesus, que vem do século 16, talvez a última das ordens militares-religiosas derivadas da Idade Média, mas formada no calor da chamada Contrarreforma. Ele recebeu, como os seguidores de Inácio de Loyola, a solidez doutrinária, a profundidade no estudo, a disciplina e o pragmatismo que os levam, em rumo certo, aos objetivos traçados. Verifica-se, porém, nos seus atos, nas suas palavras, na sua simplicidade e no seu sorriso, uma doçura mais própria a um religioso humilde, discípulo do “Pobrezinho” de Assis, do que ao guerreiro firme e lutador, sempre a serviço e em defesa da Igreja e do papa... Mas ele é o próprio papa!... Contradições!... tRês VeRtentes Suas mensagens, ou propostas, podem ser sistematizadas em três vertentes, como aliás, didaticamente, gostam de raciocinar os próprios jesuítas. Numa delas, conclama

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 19:46:40


Paula Giolito/Agência O Globo

próprios interesses. Não podem iludir ou enganar as pessoas, de forma populista ou demagógica, aproveitando-se da boa fé do povo. Indica que deve haver ética nas relações de trabalho, de produção e de comércio. Num ambiente economicista, como é o mundo moderno, procura-se maior eficiência e produtividade, e as recompensas são o ganho e o lucro. É necessário, porém, o efeito moderador da ética, para trazer um real sentido hu“Reunião plenária” em Copacabana durante a Jornada Mundial da Juventude... manístico a todo este ambiente que as pessoas, ou os povos, seja qual for a religião que naturalmente competitivo, e evitar o que ele chamou de professem (e eu penso que tal convite também pode incluir “exclusão dos extremos”, ou seja, das “pontas” do sistema, os não crentes, os sem religião ou sem fé), se encontrem a desvalorização ou o abandono dos jovens, dos velhos, e e se juntem para trabalhar em prol das comunidades e da de outros que são menos produtivos. humanidade, esquecendo, mesmo que por momentos, Ele não disse explicitamente, mas nós pensamos, à animosidades. “Depois conversaremos sobre as nossas maneira rotária: sem dúvida, ética é um princípio que não diferenças”, diz ele. pode ter fim. Reconheço nisto um poderoso apelo à paz, seja entre religiões, seja entre povos. E recordo-me das ações pela paz de nossa “Ide, sem medo, servIr” instituição, as ações concretas que o Rotary tem feito pela paz Encerrou suas exortações com uma frase simples, também em situações de conflito aberto ou de crise ameaçadora. Ape- dividida em três elementos: “Ide, sem medo, servir”. “Ide” nas para citar duas, e aqui mais próximas a nós: lembro a ação incita ao movimento, a sair da chamada zona de conforto decisiva dos clubes rotários de alguns países sul-americanos para buscar os objetivos, enfrentando eventuais dificulmediando, e mesmo conseguindo, o encerramento do dolo- dades, obstáculos, e mesmo riscos. Cabe aí a expressão roso conflito que feriu o Paraguai e a Bolívia nos anos 1930, a “sem medo”. Por vezes, é necessária coragem. Lembro-me, chamada Guerra do Chaco. Mais recentemente, houve a ação por exemplo, de rotarianos que chegaram até a sacrificar de rotarianos do Uruguai, da Argentina e do Chile para evitar suas vidas, em países remotos e hostis, durante missões que uma guerra surgisse entre Argentina e Chile na disputa de vacinação contra a pólio (leia na página 6). “Servir”, pela região do Canal de Beagle, no extremo sul do continente. sem dúvida, é o objetivo básico da nossa ação. Servimos à E, por coincidência – coincidência? – a solução encontrada sociedade, por meio de nossos clubes. Servimos por ações foi buscar a arbitragem do então papa, João Paulo 2º. Por sua de benemerência, mas também e principalmente por nossa atuação nestes e em muitos outros episódios, nossa instituição posição de liderança nas comunidades, onde nós rotarianos, certamente merece o Prêmio Nobel da Paz. Vamos lutar por de forma independente da riqueza ou do poder político, ele, que é de justiça recebê-lo!... Mas isto é outra disputa, é somos formadores de opinião, e podemos influenciar e uma outra história... modificar beneficamente os ambientes em que vivemos e Numa segunda vertente de seus pronunciamentos, trabalhamos. o papa Francisco clamou várias vezes por ética. Ética Assim falou Francisco. Mais que um chefe religioso, ele que se deve inserir em todos os componentes das rela- falou de forma ecumênica, como um chefe de Estado e um ções humanas, sejam interpessoais, políticas e, muito líder da humanidade. Suas palavras podem ser analisadas importante, que atue como um necessário regulador da sem sectarismo ou espírito religioso ou partidário. Paz, ética economia e dos negócios. Ele clama por ética face aos e um movimento decidido, firme e corajoso, com o objetivo jovens, que têm direito à utopia, ao inconformismo e de servir. Foi esta, em resumo, a essência dos ensinamentos mesmo a uma certa rebeldia idealista e sonhadora, mas e das conclamações do papa Francisco nesta sua recente que não podem ser instrumentalizados por ideologias ou visita ao Brasil. por forças políticas. Vocês não acham que estas também são propostas Exige ética por parte dos próprios políticos, que devem rotárias? Cartas e respostas para a Redação... BR combater a corrupção e o abuso do poder. O seu objetivo deve ser o bem comum, e não, prioritariamente, seus * O autor é presidente e editor da Brasil Rotário. SETEMBRO dE 2013|

pag2223b.indd 23

23

9/8/2013 15:34:34


Coluna da assoCiação brasileira da the rotary foundation (abtrf) Mário de Oliveira Antonino*

abtrf, uma opinião

Construindo canais de comunicação entre o Rotary e a comunidade

N

ão me canso de ressaltar a importância da criação da Associação Brasileira da The Rotary Foundation (ABTRF), brilhante ideia e trabalho de consolidação do dileto companheiro José Alfredo Pretoni, seu primeiro presidente, diretor 1995-97 do Rotary International, tesoureiro do Rotary International e curador da Fundação Rotária. Imediatamente após a sua criação, passou a ABTRF a procurar o necessário apoio financeiro, o que tem sido conseguido graças a duas estratégias tão práticas quanto criativas: os programas Seguro Solidário e Empresa Cidadã. Pelo muito que tem sido informado, especialmente por meio deste formidável veículo de comunicação que é a revista Brasil Rotário, em sua coluna mensal sobre a ABTRF, preferi não ser repetitivo com dados já bem divulgados, mas enveredar por uma proposta de reflexão, no meu modesto entender tão pertinente quão urgente. Trata-se de ideias que poderão resultar em tomadas de consciência, maior interesse, pesquisa e até mesmo estratégias de gestão. l A primeira destas ideias é o envio de um questionário bem simples dirigido aos governadores dos 38 distritos brasileiros – com cópia para os governadores 2014-15 – e também aos presidentes dos clubes. As perguntas seriam do seguinte tipo: a) O seu distrito (ou clube) já tem contribuído para a ABTRF? b) Que contribuição poderá ser feita durante o corrente ano rotário? De que forma? c) Você deseja que um palestrante explique no seu distrito (ou clube) a importância da ABTRF e as suas formas de contribuição? Provavelmente tal questionário terá ótimos desdobramentos. l A segunda ideia visa à criação de um canal de comunicação aberto e acessível entre a diretoria da ABTRF e os distritos (e clubes), estimulando o interesse pela implementação de projetos. É por meio dos serviços que o Rota-

24

pag2425.indd 24

ry se torna conhecido e mais admirado pelas comunidades. l A terceira ideia é a realização de encontros com novas estratégias para a sensibilização das lideranças. Percebe-se claramente que os encontros distritais ou aqueles realizados no âmbito dos clubes têm sido muito superficiais. As atividades praticadas por rotarianos, em sua grande maioria verdadeiros líderes na sociedade, terão tanto mais resultados quanto mais aprofundadas forem as suas discussões e tomadas de posição. Fazendo-se pResente Se o Rotary é uma empresa de amizade e serviço com inquestionável destaque em todo o mundo, o mais recomendável é que ele possa se fazer presente em todos os assuntos que interessam a esta sociedade tão plena de necessidades e rica em oportunidades. Buscar parcerias nos mais diferentes setores é tão prático como inadiável. Como fazer um Rotary cada vez mais presente numa sociedade moderna e exigente, com parcerias verdadeiramente transformadoras? Esse trabalho é difícil? Não. Educação, educação inclusiva, saúde, meio ambiente, recursos hídricos, saneamento, mobilidade urbana, segurança, paz, infância, juventude, terceira idade, mulher, relações internacionais e dezenas e dezenas de outros temas urgentes e de grande relevância: para tudo isso faz-se necessária a implementação de um planejamento estratégico nos quais estejam presentes o mínimo de conhecimento e o máximo de interesse e disposição para o servir. Trabalhos bem feitos com continuidade e resultados sempre se desdobram em novas atividades e dão sentido ao ser rotariano, no qual crescem o comprometimento e o amor por tão nobre ideário. A situação em que a ABTRF se encontra emula a todos a serem cada vez mais participativos. As diretorias anteriores, presididas pelos queridos José Alfredo Pretoni e Themístocles Américo Caldas Pinho (diretor 2007-09 do Rotary International), deixaram nas mãos de Hipólito Sérgio Ferreira (diretor 1999-01), o novo presidente,

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 20:08:51


iStockphoto

Como fazer um Rotary cada vez mais presente numa sociedade moderna e exigente,

o iSt

ckp

ho

to

com parcerias verdadeiramente transformadoras? Esse trabalho é difícil? Não

um legado organizado e pronto para a construção de um novo futuro. E essa tarefa não pode prescindir de um só daqueles que desde o início têm emprestado à ABTRF muito do seu tempo, das suas energias e da bondade que carregam no coração. Numa empresa de amizade e serviço, na qual os recursos humanos representam o seu maior patrimônio, o seu maior tesouro, fazer o bem e buscar a felicidade para si e para o próximo devem ser a principal preocupação. Isso

só se torna possível quando a pessoa fica impregnada da vontade de Viver Rotary e, servindo, Transformar Vidas. Que a ABTRF possa ser uma abençoada obstinação e um luminoso caminho. BR * O autor é diretor 1985-87 do Rotary International, associado ao Rotary Club do Recife-Largo da Paz, PE (distrito 4500), membro do Conselho Superior da Brasil Rotário e presidente do Conselho Consultivo da ABTRF.

ASSOCIAÇÃO BR ASILEIR A DA

THE ROTARY FOUNDATION

Conheça o portal da ABTRF na internet: www.abtrf.org.br SETEMBRO dE 2013|

pag2425.indd 25

25

9/8/2013 20:10:01


M ensageM do editor

A edição digital da Brasil Rotário

Em breve o leitor poderá optar por uma revista adaptada ao equipamento de sua preferência

C

iStockphoto com arte da Redação

om a recente orientação do Rotary International, oferecendo a opção de o rotariano receber a revista rotária em papel ou em formato digital, nos próximos meses a Brasil Rotário dará outro passo em sua evolução, colocando à escolha de seus assinantes ou a edição tradicional, em papel, ou a edição eletrônica. Lembramos que o valor da assinatura seguirá inalterado para ambas as versões, como já praticado pela revista oficial The Rotarian. Nossa revista poderia ter efetivado tal mudança de forma quase instantânea, simplesmente disponibilizando no site a edição corrente, do mês em curso, e não apenas as dos meses anteriores, como ocorre atualmente. Isto deixaria ao alcance de todos que visitassem a nossa página eletrônica a edição digitalizada, a mais recente, da revista. Nosso site, entretanto, é aberto. Seu acesso é livre a todos, rotarianos ou não, o que atende ao interesse da maior difusão da imagem pública da nossa instituição, o Rotary. Entendemos, porém, que estaríamos agindo contra os direitos dos nossos assinantes, que devem ter a exclusividade no acesso à edição do mês em curso, seja na forma impressa, seja no formato digital. Em adição, desejamos oferecer ao leitor um produto diferenciado – dentro dos prazos estabelecidos pelo Rotary International. Assim, a edição digital, cujo conteúdo será absolutamente idêntico ao da revista impressa em papel, propiciará maior flexibilidade quanto ao suporte eletrônico em que ela for recebida (por exemplo, computador, tablet ou smartphone). Para tal, estamos preparando diversos formatos de visualização, de maneira que o conteúdo se adeque tanto a um computador de mesa quanto aos equipamentos portáteis disponíveis – netbooks, smartphones e tablets. Alguns desenvolvimentos técnicos se fazem necessários para que se ofereça ao leitor essa forma mais confortável de leitura, e mais bem adaptada

26

pag26.indd 26

Simulação de como ficaria a edição deste mês em tablets e smartphones ao equipamento empregado. Planejamos ter a edição de outubro próximo neste formato digital flexível, oferecido experimentalmente. Nesta fase, prevista para durar três meses, avaliaremos o produto e corrigiremos suas eventuais imperfeições com a valiosa ajuda de um grupo de leitores que farão uso da edição digital e certamente apresentarão comentários e sugestões. Prevemos que a partir de janeiro de 2014 o assinante já terá optado em definitivo ou por receber a edição tradicional, em papel, que será distribuída em seu clube, ou por acessar a edição digital, com a máxima flexibilidade, seja em sua residência, local de trabalho, seja em qualquer outro ponto com acesso à internet, utilizando o equipamento de sua preferência. Nas próximas edições da Brasil Rotário traremos informações mais detalhadas quanto ao modo de inscrição, o uso de senha e os procedimentos de acesso. RicaRdo VLM GondiM PResidente e editoR da BRasiL RotáRio

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 14:36:37


APROVEITE

SUA ASSOCIAÇÃO

CONECTE-SE PARA FAZER O BEM 

JUNTE-SE A LÍDERES | TROQUE IDEIAS | ENTRE EM AÇÃO www.rotary.org SETEMBRO DE 2013|

pag2734.indd 27

27

8/8/2013 13:24:48


Sua associação começa no clube. Quanto mais você se envolve nos assuntos e atividades de seu clube, mais você desenvolve suas habilidades de liderança e seu conhecimento, além de fazer amizades para o resto da vida. O Rotary congrega pessoas como você, que querem fazer a diferença. Nós podemos dar-lhe os recursos e oportunidades para melhorar sua comunidade e transformar o mundo.

28

pag2734.indd 28

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 09:58:45


 SETEMBRO dE 2013|

pag2734.indd 29

29

7/8/2013 17:23:16


CONEXÕES PARA O BEM DA COMUNIDADE As duas razões principais pelas quais as pessoas se associam e permanecem no Rotary são: contribuir para a melhoria do lugar onde vivem e conhecer pessoas com os mesmos interesses. O que o motivou a se associar? O que você pretende conquistar como rotariano?

NOSSO IMPACTO COLETIVO O Rotary reúne pessoas de todas as culturas e ocupações profissionais e que usam seus talentos para fazer o bem. Gente com a consciência de que é necessário contribuir para a melhoria de suas comunidades, que encara os desafios até alcançar seus objetivos. Nós capacitamos jovens, atuamos na área da saúde, promovemos paz e ajudamos a melhorar o mundo.

Um Subsídio Global forneceu água limpa e sanitários novos, além de instruções sobre higiene e prevenção de doenças, a 2.500 alunos de quatro escolas em Adana, Turquia. Parceiros: Rotary Clubs de AdanaCukurova, Turquia; e de Frutal, MG, Brasil

Com 1,2 milhão de associados, nosso movimento global causa um impacto tremendo e está em expansão. Quando nós nos comprometemos com uma causa, como a cruzada contra a paralisia infantil, provocamos um impacto colossal. Com o apoio de rotarianos como você, continuaremos lutando contra a pólio até o fim. Você entrou para o Rotary porque queria fazer a diferença e Dar de Si Antes de Pensar em Si. Você veio porque é uma pessoa íntegra e com vontade de provocar mudanças, e porque sabia que aqui teria a oportunidade de atingir todo seu potencial.

PROVA QUÁDRUPLA Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos:

30

pag2734.indd 30

É a VERDADE?

Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES?

É JUSTO para todos os interessados?

Será BENÉFICO para todos os interessados?

Paz e prevenção/ resolução de conflitos

Prevenção e tratamento de doenças

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 14:41:52

Re


O 1,2 milhão de associados aos Rotary Clubs se unem na melhoria das comunidades, fornecendo água potável, acesso à saúde e educação, e muito mais.

Subsídio Global em desenvolvimento econômico e comunitário permitiu a expansão da Jhoole, confecção de roupas que emprega tecelãs na Índia. Parceiros: Rotary Club de Crystal Palace e de Norwood, Grande Londres, Inglaterra; e distrito 6420, EUA

Subsídio Global Adopt-a-Village possibilitou a reforma de salas de aula; fornecimento de livros, computadores e móveis; instalação de sistema de coleta de água; viagem de equipe de formação profissional; e treinamento em microcrédito a 25 grupos em Nkondo, Uganda. Parceiros: Rotary Club de Kampala-North, Uganda; e distrito 5340, EUA

Conte histórias de seu clube em blog.rotary.org

Recursos hídricos e saneamento

Saúde maternoinfantil

Educação básica e alfabetização

Desenvolvimento econômico

e comunitário

SETEMBRO dE 2013|

pag2734.indd 31

 

31

9/8/2013 14:43:41


ENVOLVA-SE Além de beneficiar seu clube e sua comunidade, você também se beneficia com o envolvimento em atividades e projetos rotários. No Rotary você se torna um orador melhor, aprende a gerenciar projetos e a planejar eventos, e conhece gente de diversos países. Nas reuniões você discutirá as questões mais importantes para o clube e verá como melhor contribuir para a comunidade. São muitas as oportunidades de ser útil no Rotary. Veja alguns exemplos.

Fale sobre suas ideias de como alcançar resultados e ofereça-se para gerenciar projetos. Suas sugestões podem gerar o próximo grande projeto de seu clube.

GANHE O MUNDO COM O ROTARY Participe de projetos internacionais. Leia sobre outros projetos no Rotary Showcase (www.rotary.org/pt).

COMECE LOCALMENTE

Apoie a Fundação Rotária, que outorga milhões de dólares em subsídios no mundo todo.

Trabalhe no principal projeto de seu clube.

Compareça a eventos para trocar ideias e celebrar as conquistas do Rotary.

Participe de programa patrocinado por seu clube.

Hospede estudantes do Intercâmbio de Jovens.

Identifique uma necessidade comunitária e elabore um projeto para tratá-la.

Congregue com outros rotarianos em uma Convenção Internacional do Rotary.

Colabore com outros clubes, incluindo Interact e Rotaract Clubs, em um projeto ou evento conjunto.

Doe ao Polio Plus e junte-se à campanha End Polio Now. Uma dose da vacina custa só 60 centavos de dólar.

32

pag2734.indd 32

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 14:49:07


FAÇA CONTATOS No Rotary você faz amizades com pessoas de todos os lugares, o que pode levar a excelentes parcerias.

ONLINE

Atualize seu perfil em www. rotary.org/pt para receber informações sob medida a respeito de temas importantes para você e se conectar com pessoas que partilham dos mesmos interesses. Seu perfil serve para os líderes de clube saberem quais são seus interesses e aproveitarem seus talentos.

para saber como trabalhar com Subsídios Globais e Predefinidos.

estiver em viagem, para formar amizades e parcerias.

Use as mídias sociais para buscar parcerias, trocar ideias, divulgar o Rotary e inspirar outros a seguirem seu exemplo.

Conheça uma nova cultura. Passe um tempo na casa de rotarianos por meio do Intercâmbio Rotário da Amizade.

PESSOALMENTE

Junte-se a um Grupo de Companheirismo ou Grupo Rotarianos em Ação. Neles você conhecerá pessoas que partilham dos mesmos interesses.

É importante saber que não é preciso ter um computador para fazer conexões. Veja como:

Leia histórias inspiradoras no blog Rotary Voices.

Faça do Rotary um assunto de família. Explore as oportunidades oferecidas pelo Interact, Ryla e Intercâmbio de Jovens para seus filhos e leve seu cônjuge às reuniões do clube.

Conheça projetos do mundo inteiro no Rotary Showcase, onde você pode postar seus projetos também.

Participe da Convenção Internacional. Aprenda e faça novas amizades nesta grande celebração das conquistas do Rotary.

Leia sobre subsídios em www.rotary.org/pt/grants

Participe de reuniões em outros Rotary Clubs quando

RECURSOS

Assista aos vídeos da Rotary Video Magazine e leia sua revista rotária, Rotary News e boletins com ideias, dicas e fatos. Adquira publicações em shop.rotary.org

COMECE A SE CONECTAR HOJE MESMO!

PARTICIPE DAS CONVERSAS www.rotary.org /socialnetworking

 SETEMBRO dE 2013|

pag2734.indd 33

33

9/8/2013 14:53:08


FAMÍLIA ROTÁRIA: ALÉM DOS CLUBES O Rotary é muito mais do que seus clubes. Tendo em mente que o desejo de prestar serviços não tem idade, o Rotary oferece programas para adolescentes e jovens que querem descobrir novas culturas, aprender sobre liderança e contribuir na comunidade. Todos os membros da Família Rotária encontram algo interessante para fazer, como: Interact — clubes para pessoas de 12 a 18 anos patrocinados por Rotary Clubs. Com mais de 15.900 Interact Clubs em 155 países, o Rotary está inspirando as próximas gerações a serem líderes socialmente responsáveis e globalmente conscientes. Rotaract — clubes para pessoas de 18 a 30 anos patrocinados por Rotary Clubs. Nos mais de 5.800 clubes em 189 países, os jovens amadurecem, se preparam para suas carreiras e fazem mudanças positivas local e globalmente. Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitários (NRDCs) — grupos de não rotarianos que prestam serviços comunitários. São mais de 7.600 NRDCs em 92 países, organizados e patrocinados por Rotary Clubs para ajudar a melhorar suas respectivas comunidades. Intercâmbio de Jovens do Rotary — para estudantes de 15 a 19 anos. Mais de 8.000 estudantes viajam ao exterior por meio do Rotary em programas de imersão cultural e educacional. A experiência, que pode durar uma semana ou um ano letivo completo, dá a eles a chance de aprender uma nova língua e cultura, o que contribui à compreensão internacional. Prêmios Rotários de Liderança Juvenil (Ryla) — treinamento para adolescentes e jovens adultos com ênfase em responsabilidade social, cidadania e crescimento pessoal. Bolsas Rotary pela Paz — mestrado ou programa de certificado nas universidades parceiras. Os bolsistas estudam relações internacionais e resolução de conflitos para promover a paz em suas carreiras.

34

pag2734.indd 34

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 15:05:48


i magem pública

Redes sociais a serviço do Rotary Usando bem, todos ganham Marco Aurélio Cinaqui Amaral*

É

irreversível a importância que as redes sociais tomam nos dias atuais. Quando fazia parte do Rotaract eram raros os rotarianos que usavam e-mail, e isso foi em 2002. Hoje vejo muitos daqueles que mal usavam e-mail comentando e postando no Facebook, e muitos inclusive com Instagram, Twitter e blogs. O que mudou neles? Nada, ainda são os mesmos. E o que muda entre usar o e-mail e uma rede social? Bem, neste ponto, é mais fácil notar. Enquanto o e-mail sempre foi uma ferramenta formal de troca de mensagens, as redes sociais também têm este lado, mas aproximam as pessoas. Trocamos 200 e-mails com alguém e não temos a mesma sensação de proximidade de um tweet ou de um curtir em algum comentário. Mas como isso pode ajudar o Rotary? Como fazer isso do jeito certo? Mais de 1 bilhão de pessoas estão no Facebook, e cerca de 62% passam, semanalmente, oito horas ou mais conectadas. Nossas reuniões rotárias nos mantêm por uma hora semanal em contato. Então teríamos uma hora no clube e mais oito horas para mantermos contato. Mais tempo falando e vendo coisas do Rotary vai nos ajudar a falar mais dos nossos serviços, dos nossos projetos e do quanto é gratificante sermos rotarianos e trabalharmos em prol da paz mundial. O Facebook disponibiliza duas ferramentas gratuitas para estreitarmos os contatos: grupos e fan page. Os primeiros possibilitam que sejam discutidos os assuntos do dia a dia, de companheirismo, os projetos, e isso poderia tornar nossas reuniões mais agradáveis também. As fan pages oferecem recursos para acompanhar quem curtiu, quantas visualizações já temos em uma publicação, mas, além disso, possibilitam que as atividades sejam compartilhadas e possam ser curtidas, ou seja, tenhamos amigos ilimitados. O perfil que usamos não deve ser usado por nossos clubes, pois além de infringir a regra do Facebook, não oferece nenhuma daquelas opções que citei de uma fan page.

Para evitar que o perfil seja deletado, uma migração pode ser feita acessando o link http://goo.gl/wNywX – mas lembre-se de fazer backup por meio do próprio Facebook do conteúdo que você tem lá. A última dica para usar as redes sociais para promover o Rotary é: uma postagem em nome de um Rotary Club, mesmo na internet, deve seguir todas as limitações que tem o clube no mundo real. Por exemplo, uma fan page de um clube não pode ser usada para fazer campanha política, ainda que seja de um associado. BR *O autor é associado do Rotary Club de São PauloAlto da Mooca, SP (distrito 4430), e responsável pelas redes sociais da Comissão de Imagem Pública Distrital. SETEMBRO dE 2013|

pag35.indd 35

35

9/8/2013 19:00:33


C ultura

Renata Coré

Paulo Mendes Campos no país da crônica Esgotada por anos, obra do escritor mineiro está sendo resgatada

O

Divulgação

autor mineiro Fernando Sabino certa vez escreveu que “a crônica é algo para ser lido enquanto se toma o café da manhã, pois ela busca o pitoresco ou o irrisório no cotidiano de cada um”. “É o fato miúdo: a notícia em que ninguém prestou atenção, o acontecimento insignificante, a cena corriqueira”, descreveu o escritor. Filha do jornal e da era da máquina, como classifica o crítico literário Antonio Candido, e herdeira do folhetim – pode-se acrescentar –, a crônica foi concebida para ser um gênero textual de caráter transitório. Mas não na história da literatura brasileira, onde ganhou um capítulo especial. O folhetim – tradução do francês feuilleton – foi inventado pelo Journal des débats em 1800 e consistia em uma seção horizontal no rodapé da página dedicada à divulgação de anúncios de eventos teatrais. Aos poucos, esse espaço foi tendo suas características modificadas, passando a abrigar críticas literárias e teatrais e, mais tarde, relatos dos fatos da semana. Encurtado, substituindo a intenção de informar pela de divertir e fazendo uso de linguagem leve e descompromissada, transformou-se na crônica como hoje é conhecida, praticada e apreciada no Brasil. Mais lembrado como autor do romance A moreninha, Joaquim Manuel de Macedo é apontado pelo jornalista Joaquim Ferreira dos Santos como o responsável por, em 1861, contribuir com a inserção no gênero de um caminho que os cronistas continuam a seguir nos dias de hoje. Trata-se da figura do flâneur, o andarilho que comenta o que vê pelas calçadas. Antonio Candido, por sua vez, diz que foi no decênio de 1930 que a crônica moderna se definiu e consolidou no país como um gênero bastante brasileiro, cultivado por um número crescente de escritores e jornalistas. Foi também naquela década que nomes como Mário de Andrade, Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade se afirmaram no gênero em questão. E foi também quando surgiu Rubem Braga, um cronista por excelência.

36

pag3637.indd 36

Paulo Mendes CaMPos Percorrendo diferentes épocas e cidades, longa é a lista dos escritores brasileiros que se dedicaram à crônica e contribuíram para fixar o gênero no país. Um deles foi Paulo Mendes Campos, mineiro de Belo Horizonte que viveu a maior parte da vida no Rio de Janeiro. Ao lado de Sabino e Rubem Braga, mas menos famoso do que eles, foi um dos responsáveis pelo prestígio que o gênero ganhou no país nas décadas de 1950 e 1960. Nascido em 1922, Campos ingressou na vida literária ainda bem jovem e integrou a geração mineira de 1945. Para ele, a crônica era um ganha-pão. Apesar disso, não menosprezava o gênero, como fazia Olavo Bilac, que gostaria de conseguir viver só de poesia e se considerava um profanador da arte. Em agosto de 1945, aos 23 anos de idade, Paulo Mendes Campos decidiu viajar ao Rio de Janeiro porque queria conhecer pessoalmente o poeta chileno Pablo Neruda,

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 16:47:18


que visitava a cidade. Se ficasse em Belo Horizonte, o mineiro – que começou, mas não concluiu, os estudos de odontologia, veterinária e direito e quase foi piloto – teria a possibilidade de aceitar o cargo de assessor da diretoria de um banco. O chamado da aventura venceu e ele desembarcou no Rio sem profissão e sem emprego. Mas conseguiu conhecer Neruda. Hospedado e alimentado provisoriamente por Sabino e também por Vinicius de Moraes, Paulo Mendes Campos, que havia dirigido o Suplemento Literário da Folha de Minas, empregou-se na área editorial antes de conseguir uma vaga no Correio da Manhã. Superou a penúria vivida inicialmente no Rio e, nos anos seguintes, passou por outros veículos então importantes na imprensa, como o Jornal do Brasil, Diário Carioca e a revista Manchete. Obra literária Ao longo de 33 anos, Paulo Mendes Campos publicou 15 livros, boa parte deles compilações de suas crônicas para a imprensa. Sua obra, que tem como marcas o humor e o lirismo, esteve esgotada por anos, até ser reorganizada pelo jornalista Flávio Pinheiro. Desde o ano passado, a Companhia das Letras lançou três títulos do escritor: Primeiras leituras, O amor acaba e, mais recentemente, O mais estranho dos países. Até 2014 sairão mais cinco. A maioria das crônicas publicadas em O mais estranho dos países, lançado este ano, foi publicada na revista Manchete entre as décadas de 1940 e 1980. O livro é dividido em duas seções: Brasil brasileiro, dedicada à exaltação do país, e Murais de Vinicius e outros perfis, em que o autor pratica a arte do perfil. Na primeira metade, Paulo Mendes Campos faz descrições de Minas, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Pernambuco e Amazônia em textos dos tempos que datam do nascimento da bossa nova e do cinema novo. Há ainda a crônica em que ele retrata o

processo de criação de Murilo Rubião, que levou 26 anos para finalizar um conto. Na segunda parte estão textos sobre Vinicius de Moraes, Ari Barroso, Antônio Maria e Antônio Houaiss, para citar alguns. rapaziada mineira Se escreve sobre os amigos em O mais estranho dos países, Paulo Mendes Campos vira personagem no livro de um conterrâneo. É em O desatino da rapaziada, do jornalista Humberto Werneck, espécie de inventário biográfico da intelectualidade mineira entre os anos 1920 e 1970 escrito a pedido de Antonio Fernando de Franceschi para o Instituto Moreira Salles (IMS). Werneck, que é cronista de O Estado de S. Paulo, reúne no livro histórias de sucessivas gerações literárias de Minas Gerais que guardam em comum o fato de terem ganhado existência em torno de revistas e jornais. Autores como Drummond, Sabino, Rubião, Rubem Braga (um mineiro nascido no Espírito Santo), Otto Lara Resende, Pedro Nava, Cyro dos Anjos, Autran Dourado, Fernando Gabeira, Affonso Romano de Sant’Anna, Ivan Angelo e Roberto Drummond, entre tantos outros. Quase todos os retratados foram entrevistados para o livro – uma crônica, segundo Werneck –, lançado pelo IMS e pela Companhia das Letras em 1992 e relançado em 2012, depois de anos indisponível, exatamente no momento em que a editora vem reeditando alguns dos famosos mineiros que tem em seu catálogo. Nas duas décadas que separam a primeira edição da segunda, vários dos personagens deixaram de existir. Em razão disso, alguns verbos foram transpostos para o passado. Apesar de o jornalista considerar o livro datado, pouco mudou além disso. Mexer mais, segundo ele, seria escrever outro livro. E isso, ele diz na abertura, é um desatino que, a esta altura da vida, prefere deixar para a rapaziada. BR SETEMBRO dE 2013|

pag3637.indd 37

37

9/8/2013 16:48:27


Coluna doS CooRdEnadoRES REGIonaIS da FundaÇÃo RoTÁRIa José Carlos Carvalho e Celso Alves*

Centros Rotary pela Paz Contribuindo para a missão da Fundação Rotária de apoiar iniciativas em prol da humanidade

C

om o aumento para 125 milhões de dólares da iniciativa de doações extraordinárias aos Centros Rotary pela Paz, será possível assegurar plenamente o financiamento anual de até 120 Bolsas Rotary pela Paz, o que representa um benefício enorme à promoção da paz e à resolução de conflitos. A decisão foi tomada na última reunião do Conselho de Curadores da Fundação Rotária e está sendo recebida com entusiasmo pelas lideranças rotárias e parceiros. Sem dúvida, um passo importante para a continuidade deste programa que tão bem faz à humanidade. A iniciativa arrecada fundos de dotação, promessas de doação e contribuições únicas para apoiar os seis Centros Rotary pela Paz, localizados em sete universidades. Os Centros Rotary pela Paz oferecem a futuros líderes a oportunidade de obter mestrado ou certificado de aperfeiçoamento profissional em relações internacionais, estudos sobre paz, resolução de conflitos e áreas afins. Além disso, contribuem ao avanço de pesquisas, trabalho de campo, diálogo e à educação e ampliação de conhecimentos sobre assuntos relacionados à paz mundial. A indicação de candidatos às 110 bolsas anuais é importante para o êxito do programa. Por ano são selecionados até 60 bolsistas para o mestrado e 50 para o certificado de aperfeiçoamento profissional. Critérios de elegibilidade Os critérios de elegibilidade buscam o compromisso do candidato com a paz e a compreensão mundial, demonstrado por intermédio de realizações acadêmicas e profissionais, atividades pessoais, humanitárias e de liderança. Para o curso de aperfeiçoamento profissional, o candidato deve ter no mínimo cinco anos de experiência e atuar em posição de responsabilidade (nível médio ou alto) em período integral. Deve também apresentar

38

pag3839.indd 38

iStockphoto

proficiência em inglês e sólida formação acadêmica. Para o mestrado, o candidato deve ter três anos de experiência na área, em empregos remunerados ou não, em período integral, proficiência em inglês, além de lhe ser recomendado um segundo idioma e diploma de bacharel ou equivalente.

o rotarY e a PaZ Os participantes da Convenção do Rotary International em Lisboa puderam ver pela primeira vez a Declaração de Paz de Lisboa, que complementa as declarações adotadas nos três Fóruns Rotary pela Paz Global, que ocorreram em Berlim, Honolulu e Hiroshima, com a participação total de mais de 6.000 pessoas. A Declaração de Paz de Lisboa foi apresentada complementando as adotadas nos fóruns. É bom lembrar que muitos clubes e distritos também realizaram eventos semelhantes. Para a continuidade da busca da paz mundial nós devemos nos empenhar na promoção de ações e projetos voltados ao tema. Uma neCessidade, Uma oPortUnidade Infelizmente, as iniciativas em prol da paz, tanto no âmbito das nações quanto em escala internacional, continuam a ser frustradas por guerras, fome, miséria e doenças. Mais de 100 milhões de pessoas foram mortas ou gravemente feridas em conflitos nacionais e internacionais desde 1945. De acordo com o Conselho de Segurança da ONU, na última década 2 milhões de crianças pereceram em choques armados, 12 milhões de pessoas perderam suas moradias e muitas outras sofreram traumas psicológicos. O Unicef declarou recentemente que é necessário haver maior empenho no combate às raízes da violência e da miséria por intermédio de investimento em mediação e resolução de conflitos para conseguirmos proteger as crianças dos conflitos armados e da fome generalizada resultante. O programa da Fundação Rotária forma mediadores

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 16:55:11


O

COLUNA DO CHAIR DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA

programa forma mediadores experientes,

essenciais a qualquer processo de estabelecimento e manutenção da paz

experientes, essenciais a qualquer processo de estabelecimento e manutenção da paz, capacitados a lidar com as raízes dos conflitos e desenvolver modelos eficazes de cooperação. Informações sobre os Centros Rotary podem ser encontradas em www.rotary.org/rotarycenters EX-PARTICIPANTES O prêmio da Fundação Rotária por Serviços à Humanidade e o Prêmio Associação de Alumni 2013-14 visam reconhecer as atividades humanitárias e realizações profissionais de ex-participantes de programas da Fundação Rotária que exemplificam o ideal rotário de Dar de Si Antes de Pensar em Si. O vencedor mundial é homenageado na Convenção do Rotary International. Qualificam-se ao reconhecimento todos os alumni da Fundação, ou seja, ex-participantes dos seus programas. Desde 1947, mais de 116 mil pessoas participaram dos programas da Fundação, dentre os quais bolsas educacionais, Bolsas Rotary pela Paz, Intercâmbio de Grupos de Estudos, Subsídios Rotary para Professores Universitários e vários outros subsídios. Ex-participantes servem como voluntários em projetos comunitários e internacionais e têm enorme potencial para se tornar rotarianos. Contate o presidente da Subcomissão Distrital de Alumni de seu distrito para identificar aqueles que estariam disponíveis para dar palestras em reuniões ou participar de atividades do clube. Considere indicar um ex-bolsista que tenha se destacado para o Prêmio por Serviços à Humanidade, a maior honraria da Fundação a um alumni. Cada distrito rotário pode indicar um ex-participante qualificado por ano. Se seu distrito ou região não tem uma associação de ex-participantes de programas da Fundação Rotária, você pode tomar a iniciativa de mobilização para formar um grupo pioneiro. Contate alumni@rotary.org para mais informações sobre a rede de alumni da Fundação Rotária, as associações e os encontros de alumni do Rotary. BR

* Os autores são coordenadores regionais da Fundação Rotária para as Zonas Rotárias 22A e 23A, e para a Zona 22B, respectivamente.

Para fazer comentários e sugestões sobre esta coluna, escreva para mkgcarvalho@uol.com.br e/ou para celsogalves@gmail.com

DK Lee *

Invista no futuro do mundo

T

odo ano, 6,9 milhões de crianças morrem antes de completar cinco anos. Quase dois terços delas – 4,4 milhões – morrem de doenças infecciosas que, em sua maioria, poderiam ser evitadas. O que ocorreria se 1,2 milhão de rotarianos continuassem seus esforços com serviços direcionados à água, ao saneamento, à saúde, fome e alfabetização, mas tendo as crianças em mente? Se rotarianos fornecerem telas com tratamento de inseticida, menos crianças sucumbirão à malária. Se construirmos poços e abordarmos os problemas de saneamento, mais crianças terão água limpa para beiStockphoto ber e correrão menos riscos de contraírem doenças transmitidas pela água. E se os Rotary Clubs realizarem eficientes projetos de nutrição, poderemos salvar algumas das quase 2,6 milhões de crianças que morrem a cada ano desnutridas. Podemos fazer ainda mais, se proporcionarmos à comunidade uma parteira treinada, uma enfermeira que faça visitas frequentes, uma simples clínica ou um programa de alimentação escolar. Essas são iniciativas diretas que salvam vidas de crianças. Crianças estão morrendo, não porque não podemos ajudá-las, mas porque com frequência ninguém as ajuda. Se cada um de nós fizer a sua parte, poderemos desafiar os altos números da estatística de mortalidade infantil e salvar a vida de milhares delas. Em 2008-09, eu pedi aos rotarianos que abrissem seus olhos para as necessidades de crianças em comunidades próximas e distantes. Neste mês, o Rotary celebra o Mês das Novas Gerações, e não há melhor momento do que agora para se concentrar em oferecer a todas as crianças a oportunidade de ter o futuro que elas merecem. BR

* O autor é presidente do Conselho de Curadores da Fundação Rotária. SETEMBRO DE 2013|

pag3839.indd 39

39

9/8/2013 19:59:06


Como faço para enviar notícias e artigos à revista?

A melhor maneira de divulgar o Rotary é mostrar às pessoas o que nossa organização faz por meio da prática do seu Ideal de Servir. Por isso, a Brasil Rotário prioriza as notícias sobre projetos – realizados – dos nossos clubes voltados à melhoria das nossas comunidades. Dessa maneira, oferecemos aos leitores um banco de projetos que podem ser replicados país afora.

Informações indispensáveis Para ver uma ação de seu clube ou distrito publicada na revista, é preciso que você informe alguns detalhes preciosos: l O nome completo do seu Rotary Club e o distrito ao qual ele pertence. l A data e o local em que foram realizadas as ações. l Um breve relato do projeto, explicando sua importância e seu alcance junto à comunidade. l Os nomes dos parceiros do projeto no Brasil e no exterior. l Os nomes e sobrenomes das pessoas envolvidas diretamente nas ações relatadas. Mas, lembramos, o foco da notícia será sempre nas ações realizadas e não nas pessoas.

Capriche nas fotos

As imagens enviadas precisam ter uma boa qualidade para serem aproveitadas na revista. Alguns procedimentos simples podem garantir o sucesso neste sentido: l Selecione a opção alta resolução de sua câmera. l Fotos tremidas e com pouca luminosidade não podem ser aproveitadas. l Não cole as imagens no corpo da mensagem do e-mail ou em documento de Word. l Envie sua imagem sempre como anexo a um e-mail. l Pedimos que os anexos de cada e-mail não superem, no total, 2 MB.

Envie seu material para o e-mail redacao@brasilrotario.com.br

Como é feita a seleção Tradicionalmente, a Brasil Rotário publica apenas ações e projetos já concluídos. n A revista somente noticia as visitas dos governadores e demais lideranças rotárias aos clubes quando estas estão vinculadas a ações e projetos realizados. As visitas, por si só, são um procedimento rotineiro durante todo o mandato do governador – e não seria justo publicarmos algumas delas e deixarmos todas as outras de fora. n Da mesma forma, não poderíamos publicar a posse de alguns rotarianos esquecendo tantos outros. E publicar todas as posses – o Brasil tem cerca de 2.400 clubes – seria inviável. n Por fim, lembramos que, por motivos técnicos, não extraímos notícias de links sugeridos e de boletins e cartas mensais, mesmo em sua versão eletrônica.

BRASIL

ROTARIO A REVISTA REGIONAL DO ROTARY NO BRASIL

MAIO 2013 ANO 88 Nº 1091

A VIOLÊNCIA SILENCIOSA DO ABUSO INFANTIL

www.brasilrotario.com.br

capa2.indd 32

9/4/2013 12:35:40

BRASIL

ROTARIO A REVISTA REGIONAL DO ROTARY NO BRASIL

JUNHO 2013 ANO 88 Nº 1092

DOAÇÃO DE SANGUE

Estendendo o braço para a vida

www.brasilrotario.com.br

n

Artigos Envie, sem compromisso, o seu artigo para a nossa Redação. Ele será avaliado e poderá ser aproveitado nas páginas da revista ou no seu site. Mas, lembre-se: ao colaborar com um texto, dê preferência a temas atuais e sempre o relacionando ao papel do Rotary. Caso você escolha um assunto já bastante consagrado, como Prova Quádrupla ou vida de Paul Harris, por exemplo, utilize uma abordagem original.

Confirmação de envio Confirmamos o recebimento de todas as mensagens enviadas à Redação com material destinado à publicação. Portanto, se você não receber essa confirmação é porque seu e-mail não chegou até nós. Reenvie-o ou nos telefone para saber o que está ocorrendo. Nosso número é 21-2506-5614.

capa.indd 30

10/5/2013 15:38:08

BRASIL

ROTARIO A REVISTA REGIONAL DO ROTARY NO BRASIL

JULHO 2013 ANO 88 Nº 1093

Em casa com Ron Burton e Jetta Conheça o novo casal presidente do Rotary International www.brasilrotario.com.br

capa.indd 30

3/6/2013 15:20:40

BRASIL

ROTARIO A REVISTA REGIONAL DO ROTARY NO BRASIL

AGOSTO 2013 ANO 88 Nº 1094

Para saber mais

Visite a seção Multimídia do site da revista e, na área de Downloads, baixe o arquivo PDF com o Guia rápido do leitor. Nele você encontra informações completas sobre a rotina de trabalho da Redação e também dos setores de Cobrança e Expedição.

O endereço do nosso portal é www.brasilrotario.com.br INTERCÂMBIO

bRAsIl

ROTARIO Servindo por meio da comunicação. pag40.indd 40

Jovens embaixadores da paz e da compreensão mundial capa.indd 30

www.brasilrotario.com.br

10/7/2013 12:40:32

9/8/2013 10:18:23


Rotary em Ação Paz e prevenção e resolução de conflitos

Saúde materno-infantil

O

Prevenção e tratamento de doenças

Recursos hídricos e saneamento

Educação básica e alfabetização

Desenvolvimento econômico e comunitário

que podemos fazer para transformar o mundo? Os rotarianos acreditam que é preciso Dar de Si Antes de Pensar em Si. Nos cerca de 2.400 Rotary Clubs existentes em todo o Brasil, assim como nos clubes de Rotaract, Interact e nas Casas da Amizade, você encontrará homens e mulheres prestando serviços voluntários para melhorar as condições de vida em nossas comunidades. Nas páginas deste suplemento, nós mostramos um pouco desses projetos, que poderão inspirar você, leitor, a copiá-los em seu clube – ou fazer com que você, que ainda não faz parte da Família Rotária, encontre bons motivos para estar ao nosso lado e associar-se. A título de estímulo, e sem que isso signifique apoio oficial ou financiamento por parte da Fundação Rotária, a revista atribui os símbolos acima a algumas dessas iniciativas. Eles identificam os projetos que desenvolvem as seis áreas de enfoque do Rotary e da Fundação Rotária.

Clubes e distritos em revista .................................................. página

e Rotaract ................................................................... página

62

Senhoras em ação .................................................................. página

64

 Interact

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag4145.indd 41

42

SETEMBRO DE 2013|

41

13/8/2013 14:42:58


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA

CLUBES E DISTRITOS EM REVISTA

Hospital de Brasília recebe equipamentos de última geração Parceria entre clubes e Fundação Rotária auxilia cirurgias de reparação facial Há cerca de dois anos, associados ao Rotary Club de Brasília-Leste, DF (distrito 4530), e senhoras da Casa da Amizade conheceram a difícil realidade do processo das cirurgias de reparação facial em crianças e adolescentes carentes, portadoras de fissura labiopalatal, comumente chamada de lábios leporinos, realizadas no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília. A reparação facial demanda, por vezes, de quatro a cinco cirurgias no mesmo paciente e a fila de espera contém o nome de aproximadamente 200 pessoas. Esta difícil situação sensibilizou os rotarianos. Estudos e pesquisas foram realizados em conjunto com a equipe médica do HRAN e a conclusão foi no sentido de que a forma para melhorar o quadro seria aumentar a disponibilidade de bandejas de material cirúrgico. Com o apoio da Fundação Rotária, do Rotary Club de Simi Sunrise e dos distritos dos clubes envolvidos – 4530 e 5240 (Califórnia, EUA) –, foram adquiridos

42

pag4145.indd 42

| SETEMBRO DE 2013

Rotarianos agradecem a parceria do clube da Califórnia materiais e equipamentos de última geração, perfeitamente adequados em suas dimensões para os delicados procedimentos cirúrgicos nas crianças. Todo o material, inclusive armários próprios para guardá-lo, foi entregue aos médicos Marconi Delmiro Neves da Silva, coordenador do Serviço Multidisciplinar de Tratamento das Fissuras Labiopalatais, e Luciano Gazzoni Machado e Diderot Parreira, integrantes da equipe de cirurgiões. A solenidade de doação foi coordenada pelo associado Adilson Bai, responsável pelo projeto, e pelo presidente do clube, José Avila, e realizada na Associação dos Rotarianos de Brasília, na presença dos associados, das senhoras da Casa da Amizade, de médicos do HRAN, do Grupo

O material ajudará na diminuição do tempo de espera da cirurgia de Rotarianos Motociclistas e do presidente da Comissão Distrital da Fundação Rotária, governador 2009-10 Adriano Souto. Na avaliação da equipe médica presente à solenidade, o material recebido triplicará, nessa área, a capacidade cirúrgica do hospital.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 20:02:02


Distrito 4310

RC de Porto Feliz, SP – Em parceria com o Cartório de Registro Civil da cidade, promoveu no dia 1º de junho o 4º Casamento Comunitário, quando 40 casais de baixa renda tiveram a oportunidade de regularizar a documentação. A cerimônia de casamento civil foi realizada na sede do clube, com a mobilização dos associados, que com o auxílio de voluntários e comerciantes prepararam para os casais uma festa e realizaram doações de fotos e recordações.

RC de Piracicaba, SP – Promoveu, em 3 de julho, na Casa da Amizade de Piracicaba, duas palestras com professores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, com os temas Produção de Vinho e Produção de Cachaça. Na mesma ocasião homenageou a Casa do Produtor Rural – centro de atendimento criado pela Esalq para auxiliar os produtores rurais e disseminar os conhecimentos gerados na escola superior –, pelos relevantes serviços prestados ao agronegócio no Brasil. Na foto, os palestrantes, os coordenadores da Casa do Produtor e o presidente do clube, Durval Dourado (1º à direita).

RC de Lençóis Paulista, SP – O 10º Boi no Rolete realizado pelo clube reuniu cerca de 600 pessoas e teve a renda destinada à Legião Mirim da cidade. O evento já faz parte do calendário de festas de Lençóis Paulista.

RC de Macatuba, SP – No dia 3 de junho, o presidente 2012-13 do clube, Lourival Francisco Oliva, entregou um cheque de 5.000 reais para a secretária da Irmandade da Santa Casa de Macatuba, Maria Aparecida Ferreira. O valor da doação foi obtido com a realização do evento Porco no Rolete.

Distrito 4390 RC de Aracaju-Jardins, SE – Homenageou o jornalista Osmário Santos com a comenda Padre Arnóbio Patrício de Melo pelo seu trabalho de militância em defesa do meio ambiente. A medalha é entregue anualmente pelo clube a personalidades sergipanas que prestam relevantes serviços à sociedade. Na foto, o homenageado ao lado do associado ao clube Max Augusto.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag4145.indd 43

SETEMBRO DE 2013|

43

9/8/2013 19:35:06


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4390 RC de JaguarariPilar, BA – Os associados ao clube participaram, no dia 8 de junho, da 34ª Campanha de Vacinação contra a Pólio, realizada no distrito de Pilar.

RC de Xique-Xique, BA – Doou uma cadeira de rodas especial para uma criança da comunidade local.

Distrito 4410 RC de Venda Nova do Imigrante, ES – Doou, em parceria com a Fundação Rotária, um carro duplo (quente e frio) de servir alimentação (foto), para o Hospital Padre Máximo, que auxiliará no melhor atendimento aos pacientes. Em outro momento, na sede da Apae da cidade, distribuiu os lucros do sorteio beneficente de um automóvel Corolla GLI e dois prêmios em dinheiro de 10 mil reais cada, realizado durante a 25ª Festa de Emancipação de Venda Nova do Imigrante, em maio, e em benefício do Hospital Padre Máximo, da Apae, da Pastoral da Saúde e do Rotary Club, que utilizará os recursos em ações em prol da comunidade.

RC de Marataízes, ES – Recebeu na sua sede, no dia 4 de junho, visita da equipe de intercambistas da cidade de Birmingham, Inglaterra (distrito 1060). Em outra ocasião, em 18 de maio, realizou, com a participação da Casa da Amizade, o 5º Festival de Caldos (foto), com renda destinada à Campanha do Agasalho e ao Banco de Cadeiras de Rodas do clube.

Distrito 4420 RC de Santos-Porto, SP – Apoiou o churrasco beneficente em prol do Lar Espírita Mensageiros da Luz, realizado no dia 26 de maio, no Educandário Santista, em comemoração aos 50 anos da entidade, e que teve a presença de cerca de 400 pessoas. O evento contou com o patrocínio de várias empresas da cidade e com a colaboração da loja maçônica ARLS Irmãos e Amigos nº 431. Na foto, o momento da entrega do cheque de 23 mil reais para a presidente da entidade, Edna Kodja Daguer, que foi homenageada pelo clube, em reunião festiva, pelos relevantes serviços prestados à comunidade de Santos. O lar atende em regime de abrigo crianças, adolescentes e adultos com paralisia cerebral, com trabalho extensivo às famílias.

44

pag4145.indd 44

| SETEMBRO DE 2013

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 20:08:02


Distrito 4420

RC de Santos-Vila Belmiro, SP – Concedeu certificados de empresa cidadã a AGE Technology, RF Maluf Gerenciamento de Resíduos, World Freight e RF Maluf & Figuccio. O clube, na ocasião, também fundou seu banco de cadeiras de rodas.

RC de São Bernardo do Campo-Norte, SP – Recebeu certificado do Rotary International oficializando a criação do Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário da comunidade do DER, no município. O clube também doou material escolar e de papelaria à Casa Santa Clara, entidade que atua na comunidade.

RC de São PauloCidade Dutra, SP – Promoveu a quinta edição da festa Ser Diferente é Normal, evento voltado a crianças com síndrome de Down e mobilidade reduzida. A ação, que abordou o tema Festa Junina, teve a renda destinada a instituições beneficentes do município.

RC de Santos-Oeste, SP – Inaugurou a Sala de Alfabetização de Adultos na Ordem Franciscana Secular da Igreja Santo Antônio do bairro Valongo, no município. A iniciativa contou com o apoio da Fundação Rotária, da Secretaria de Educação de Santos e da Construtora e Incorporadora Engeplus. O espaço de alfabetização já começa suas atividades contando com dez alunos.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag4145.indd 45

SETEMBRO DE 2013|

45

9/8/2013 16:36:10


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4420 RC de Cubatão, SP – Doou 40 cobertores ao Bazar do Fundo Social de Solidariedade de Cubatão. Os cobertores serão repassados a pessoas cadastradas pela entidade.

Distrito 4430

Distrito 4470

RC de São Paulo-Vila Carrão, SP – Homenageou Irene Ribeiro, diretora da Escola Estadual Pedro Arbues, pela parceria com o clube em ações como o Projeto Rumo e o Concurso de Redação, e também Paulo Gaspar, mantenedor do Colégio Santa Marina, parceiro do clube em algumas iniciativas.

RC de Andradina-Urubupungá, SP – Realizou a quarta edição da Festa do Vinho e do Queijo, evento que recebeu cerca de 700 convidados e teve renda destinada à Fundação Rotária, Camenor e Recanto do Senhor Jesus.

RC de São Paulo-Artur Alvim, SP – Participou do Bazar da Kodomo-No-Sono, entidade que ajuda crianças com deficiência. Os rotarianos ficaram responsáveis pela barraca de lanches de calabresa e a renda foi destinada à instituição parceira.

RC de Dourados-Água Boa, MS – Doou um computador ao Centro de Integração do Adolescente Dom Alberto, entidade que ajuda cerca de 600 crianças e adolescentes no município. A iniciativa contou com o apoio da Fundação Rotária.

46

pag4649.indd 46

| SETEMBRO DE 2013

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 17:56:34


Distrito 4470

RC de DouradosGuaicurus, MS – Doou uma cadeira de rodas e uma cadeira de banho a um morador do bairro Jardim Canaã, no município. A doação foi motivada por uma matéria publicada na mídia local. RC de Caarapó, MS – Promoveu a Campanha do Agasalho, iniciativa que arrecadou cerca de 6.000 peças de roupas, encaminhadas a entidades do município.

Distrito 4480

RC de Itápolis, SP – Entregou, em parceria com a Casa da Amizade local, cerca de 2.000 fraldas geriátricas ao Lar e Abrigo Rainha da Paz. Em outra ocasião, o clube realizou um almoço beneficente com renda destinada à Paróquia do Divino Espírito Santo de Itápolis, ao Lar São José e também ao Lar e Abrigo Rainha da Paz.

RC de São José do Rio Preto, SP – Construiu uma piscina aquecida para a Apae Rural do município, que será utilizada para atividades recreativas e terapêuticas. A ação contou com a parceria da Fundação Rotária e do Rotary Club de Taipei Fu-Jung, de Taiwan.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag4649.indd 47

SETEMBRO DE 2013|

47

9/8/2013 17:59:32


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4480 RC de São José do Rio Preto-Jardins, SP – No dia 21 de junho, foi inaugurada a sala de integração sensorial da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), montada com uma verba de 8.000 reais doada pelo clube para a compra de equipamentos e o custeio da instalação. Com o novo espaço, o primeiro do gênero numa unidade da AACD no interior paulista, cerca de 2.000 crianças e adolescentes com dificuldades motoras agora podem exercitar-se brincando.

Distrito 4490 RC de FortalezaPlanalto, CE – Ex-presidentes na reunião em que foram comemorados os 25 anos de fundação do clube. Realizada no salão nobre do Ideal Clube, a cerimônia foi marcada pela entrega da Medalha Mozart Soriano Aderaldo, uma homenagem dos rotarianos ao Instituto Lurdes Viana, entidade filantrópica que atua na comunidade de Barra do Ceará. Também foram homenageados os associados fundadores Carlos Cartaxo Aderaldo, José Ednardo de Assis, José Fialho Neto, José Luiz Lins dos Santos, Marcus Pontes O’Grady e Septimus Roland de Andrade.

RC de Barbalha, CE – Rotarianos e integrantes da Casa da Amizade lideraram o clube em sua participação na Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio, em junho.

48

pag4649.indd 48

| SETEMBRO DE 2013

RC de Picos, PI – Durante a solenidade de abertura na cidade da primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Pólio, em junho, a prefeitura de Picos e a Secretaria Municipal de Saúde homenagearam o clube pela participação do Rotary na erradicação mundial da doença. A placa de reconhecimento foi entregue à presidente 2012-13 Odete Villa Verde.

RC de Bom Jesus, PI – Com apoio financeiro para a compra de troféus e medalhas, colaborando com a divulgação no rádio e na internet, e ajudando a organizar o trânsito no dia do evento, o clube foi um dos realizadores da 6a Mini Maratona de Bom Jesus, já tradicional na cidade.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 18:00:37


Distrito 4500

RC de Cabo de Santo Agostinho, PE – Em três momentos, participou da abertura da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite; por meio de um Subsídio Distrital, doou mobília à Ampare, instituição que assiste crianças com o vírus HIV; e, para comemorar seus 12 anos de fundação, entregou sete enxovais de bebê a gestantes pobres da região.

RC de MamanguapeCentenário, PB – Os alimentos arrecadados durante a inscrição para o passeio ciclístico organizado pelo clube em parceria com o Rotaract Club de Mamanguape-Litoral foram doados para a Campanha SOS contra a Seca. O percurso do passeio foi da sede do clube até o Sesi da cidade de Rio Tinto, onde os ciclistas foram recebidos com café da manhã e sorteio de brindes, entre eles equipamentos de ciclismo e camisas do Rotary e do Rotaract.

RC de João Pessoa-Tambaú, PB – Presenteou com um robe cada moradora do Abrigo Vila Vicentina Júlia Freire e, com uma toalha de banho, cada criança abrigada na Casa da Criança – Núcleo de Apoio à Criança com Câncer, da Paraíba.

Distrito 4510

Érika Sonja Helen, do Canadá, intercambista do Rotary Club de Assis-Fraternal, SP, e Brenda Nathalie Zepeda Fernandez, do México, intercambista do Rotary Club de Assis do Vale, SP, falaram sobre as culturas dos seus países para os alunos do Centro para o Desenvolvimento do Potencial e Talento, do departamento de Psicologia Experimental e do Trabalho da Faculdade de Ciências e Letras de Assis.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag4649.indd 49

SETEMBRO DE 2013|

49

9/8/2013 19:07:04


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4510

RC de Marília-Pioneiro, SP – O concurso Paz nas Escolas, promovido pelo clube, premiou professores, coordenadores e alunos em seis modalidades: teatro, música, blog, desenho, vídeo e redação. Em uma parceria com o Supermercado Tauste, dentro do programa de responsabilidade social da empresa, os prêmios para os dois primeiros colocados de cada modalidade variaram entre tablets, aparelhos de som, filmadora digital e viagens para o Hotel Fazenda Campo Belo.

Em 27 de maio, organizou um porco no rolete, com parte da renda líquida entregue à Casa do Abrigo. Na foto, alguns dos participantes do evento.

RC de Piratininga, SP – Carlos Fernando, Moisés Ribeiro e José Roberto de Oliveira receberam diplomas de reconhecimento do clube pela iniciativa da reconstrução, manutenção e plantio da praça Rotary, localizada no centro da cidade. Na foto, o governador do distrito 201112, Márcio Cavalca Medeiros, os homenageados e a presidente 2012-13 do clube, Nathalia Maria Salvadeo Fernandes Perizoto.

RC de Presidente Prudente-Sudoeste, SP – Proporcionou aos alunos do projeto Capoeira: A Arte que Educa uma palestra motivacional com o atleta Claudinei Quirino (ao centro, de boné), um dos maiores medalhistas olímpicos do Brasil.

Distrito 4520 RC de Ipatinga-Archimedes Theodoro, MG – Em parceria com a Academia Bolha D’Água participou com as crianças moradoras da Ilha do Rio Doce da Maior Aula de Natação do Mundo, evento que ocorreu simultaneamente em pelo menos 15 países e tem como objetivo conscientizar a população para a importância do aprendizado sobre natação e prevenção ao afogamento.

50

pag5053.indd 50

| SETEMBRO DE 2013

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 19:13:33


Distrito 4520

RC de São Gonçalo do Rio Abaixo, MG – Apoiou a publicação, o lançamento e divulgação do livro de poemas de Ronize de Souza Timóteo (foto). A iniciativa fez parte do projeto do clube Descobrindo Talentos, cujo objetivo é fomentar talentos artísticos na comunidade.

RC de Pedro Leopoldo, MG – Arrecadou e doou 143 cobertores para as entidades filantrópicas São Vicente de Paula e Casa do Caminho. A campanha de arrecadação se deu nos meses de maio e junho.

Distrito 4540

RC de Cássia, MG – Distribuiu mil cestas básicas para famílias do município. A iniciativa contou com a participação do Rotaract Club de Cássia.

RC de Serrana, SP – O Rotary Kids patrocinado por esse clube realizou em 16 de março o Bazar de Prato Pronto (foto), cuja renda foi destinada a um abrigo para idosos do município. Em outra oportunidade, o clube doou fraldas geriátricas para a mesma instituição.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5053.indd 51

SETEMBRO DE 2013|

51

7/8/2013 10:24:16


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4550

RC de Ubaitaba, BA – Promoveu o 6º Forró do Rotary, em 16 de junho, ocasião em que houve venda de camisas alusivas ao evento. A ação teve o apoio da Casa da Amizade local e toda a renda obtida foi destinada à compra de cobertores para doação e de unidades para o Banco de Cadeiras de Rodas e Muletas do clube.

RC de Ipiaú, BA – Em 13 de junho entregou uma casa para uma família carente do bairro de Santa Rita, em Ipiaú. Uma semana antes, o clube realizou um brechó, com renda destinada aos projetos em prol da comunidade.

Distrito 4560 RC de Bom Sucesso, MG – Realizou a festa gastronômica Comida de Boteco em 18 de maio, que teve renda destinada à compra de filtros de água para famílias carentes da cidade. Em 27 de junho, o clube promoveu a formatura dos alunos da rede pública que participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência.

RC de Caxambu, MG – Esteve à frente do plantio de 100 árvores frutíferas e ornamentais no Parque das Águas de Caxambu em dezembro. A iniciativa teve o apoio do Rotaract local, de empresas e do poder público municipal.

Distrito 4570 RC de Irajá, RJ – Doou em 18 de junho um cheque à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de Nilópolis, RJ, para a compra de alimentos para 65 peregrinos poloneses que participaram da 28ª Jornada Mundial da Juventude, ocorrida no Rio de Janeiro, em julho. Na foto, de pé, a partir da esquerda, Deise Rodrigues do Nascimento, presidente atual do clube; Elias Medeiros Lins, presidente 201213; e Doris Hipólito, presidente da Casa de Amparo Pró-Vida São Frei Galvão, representando a paróquia.

52

pag5053.indd 52

| SETEMBRO DE 2013

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 17:43:17


Distrito 4580

RC de Além Paraíba, MG – Realizou em junho um encontro pelos seus 70 anos de serviços prestados à comunidade – o clube foi fundado em 1943. Muitos líderes rotários e do poder público estiveram presentes à festiva, que contou com homenagem ao cinquentenário de vida rotária de José Alves Fortes, governador 1993-94 do distrito 4580 e vice-presidente de Marketing da Brasil Rotário. Na oportunidade, ações marcantes do clube foram lembradas, dentre elas a recente doação de dez camas fawler, cinco berços neonatais, uma incubadora e uma mesa cirúrgica para o Hospital São Salvador, iniciativa possível graças a um Subsídio da Fundação Rotária de 22,7 mil dólares envolvendo uma parceria com o Rotary Club de Point Pleasant Boro, dos EUA. Na foto, a partir da esquerda, Waldenir de Bragança, ex-governador distrital e vice-presidente de Administração da Brasil Rotário; José Alves Fortes; Mauri Roberto Leite Felipe, então presidente do clube aniversariante; Ricardo Vieira Gondim, rotariano, presidente e editor da Brasil Rotário; e Maurício de Miranda Teixeira, decano do Colégio de Governadores do distrito 4580.

RC de Ponte Nova-Piranga, MG – Entregou mil fraldas geriátricas para a Pastoral da Saúde de Ponte Nova. O material, arrecadado em campanha de apoio à terceira idade, será doado a hospitais e asilos.

RC de Itabirito, MG – Fundando em 25 de junho de 1963, comemorou o seu cinquentenário com três eventos: palestra sobre novas lideranças na Casa de Cultura Maestro Dungas, para mais de 300 jovens entre 16 e 20 anos, em 20 junho; festiva, no dia seguinte; e missa de Ação de Graças celebrada na Igreja da Matriz de Nossa Senhora da Boa Viagem, em 23 de junho.

RC de Viçosa, MG – De maio a julho emprestou 25 cadeiras de rodas a pessoas e instituições da comunidade, como ocorreu em 2 de julho, quando a Apae local recebeu duas cadeiras e o Banco de Cadeiras de Rodas de Viçosa recebeu oito.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5053.indd 53

SETEMBRO DE 2013|

53

24/7/2013 12:46:38


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4590 RC de Atibaia, SP – Em nome do clube, o presidente 2012-13 Flávio Fernando Braz recebeu da intercambista americana Kestral Johnston a doação de 500 dólares para o programa Polio Plus. O valor foi arrecadado com a venda de móbiles da paz durante a 56ª Conferência Distrital, em Águas de Lindoia.

RC de Araras-Alvorada, SP – Entregou 265 cobertores de casal ao Fundo Social de Solidariedade de Araras. A renda para a ação foi obtida com uma macarronada servida pelos rotarianos em 19 de maio.

Distrito 4600

RC de Caçapava-Jequitibá, SP – Com o propósito de arrecadar fundos para entidades carentes da comunidade e também para a Fundação Rotária, associados ao clube trabalharam na festa local de São João.

RC de Taubaté-União, SP – Fundado a partir da fusão dos Rotary Clubs de Taubaté-Sul, TaubatéJacques Félix e Taubaté-Urupês, no início de julho, o clube tornou-se o quarto maior do distrito.

54

pag5457.indd 54

| SETEMBRO DE 2013

RC de Engenheiro Paulo de Frontin, RJ – Realizou em 19 de junho mais uma edição do Educar, projeto permanente do clube para premiar os melhores alunos do ensino fundamental a partir do segundo segmento, ensino médio, educação de jovens e adultos e educação especial, além de homenagear os professores que se destacaram na tarefa de educar. Este ano, o projeto contemplou 95 alunos – premiados com certificado, medalha e camiseta personalizada – e 15 professores em cerimônia no Centro Recreativo Fluminense. Estiveram presentes o prefeito Marco Aurélio Sá Pinto Salgado, os vereadores Mônica Balthazar e Ricardo Amâncio e a provedora da Irmandade da Nossa Senhora da Soledade, Marise Soares de Azevedo. Daniele Alberigi e Geraldo Lacerda Machado Filho representaram, respectivamente, a Secretaria Municipal de Educação e os diretores dos colégios.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 23/7/2013 14:47:25


Distrito 4620

Rita Roesener

RC de Avaré, SP – Utilizou 2.850 reais para adquirir uma cadeira de rodas especial para um menino da comunidade que é portador de paralisia cerebral.

RC de SorocabaVergueiro, SP – Cumprindo o lema Viver Rotary, Transformar Vidas, o clube entregou ao jovem José Vitor Vilas Boas Alonso uma cadeira de rodas especialmente adaptada às suas necessidades

RC de Avaré-Jurumirim, SP – Em 6 de julho, apoiou a coleta de sangue que o Corpo de Bombeiros de Avaré, o hemocentro do campus de Botucatu da Universidade Estadual Paulista e a Santa Casa de Misericórdia da cidade promoveram em comemoração pela passagem do Dia do Bombeiro, celebrado em 2 de julho. Mais de cem bolsas de sangue foram colhidas. Além disso, o clube permanentemente incentiva a doação de sangue por meio de uma iniciativa própria, a campanha Doe Sangue Salve Vidas.

Distrito 4630

RC de MaringáAeroporto, PR – Entregou um veículo Fiat Doblô para o SOS – Serviços de Obras Sociais de Maringá. O projeto teve a participação do Rotary Club de Ciudad del Este, Paraguai, da Fundação Rotária e dos distritos 4630 e 4845.

RC de Santa Fé, PR – Participou da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, no Núcleo Integrado de Saúde. Na foto, o rotariano Sergio Biato, a secretária de Saúde Katia Bernardino da Silva Batista, Suelen Arias e Laura Rocha, os rotarianos Reginaldo Arias e Flavio Zunta e o intercambista David Leonardo Hosman Galindo.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5457.indd 55

SETEMBRO DE 2013|

55

9/8/2013 18:18:23


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4640

Severino Soranso

RC de Francisco BeltrãoIntegração, PR – Promoveu o 5º Jantar da Codorna no Rolete e destinou a renda obtida à Associação Sensibilizar, que cuida de crianças e adolescentes em situação de risco social, e ao Banco Ortopédico do próprio clube, que dispõe de 476 itens, como cadeiras de rodas e camas hospitalares, para atender a comunidade.

RC de Marechal Cândido Rondon-25 de Julho, PR – Doou uma máquina de banho-maria hospitalar para o Hospital Rondon, parceiro do Projeto Aleitamento Materno Rondon. O equipamento é utilizado para aquecer substâncias líquidas e sólidas que não podem ser expostas diretamente ao fogo e que precisam ser aquecidas lenta e uniformemente.

Distrito 4651

RC de Florianópolis-Atlântico, SC – Em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, o clube promoveu uma série de atividades no Colégio Estadual Getúlio Vargas para conscientizar os alunos sobre a importância de uma vida sustentável. Houve concurso de desenhos sobre o meio ambiente, gincana e sorteio de camisetas com dizeres ambientais. As ações se estenderam aos cuidados com a própria saúde e higiene, e as crianças do primeiro e segundo anos do ensino fundamental receberam kits de saúde bucal. Os alunos ganharam lanche e, por fim, foram premiados com um passeio.

56

pag5457.indd 56

| SETEMBRO DE 2013

Um grupo formado por 38 rotarianos e cônjuges dos Rotary Clubs de Itajaí, Itajaí-Porta do Vale, Itajaí-Norte, Balneário Camboriú, Balneário Camboriú-Atlântico, Balneário Camboriú-Praia, Florianópolis-Leste e Florianópolis-Trindade, SC, viajou a Portugal para participar da Convenção Internacional do Rotary em Lisboa, de 23 a 26 de junho. Os rotarianos catarinenses aproveitaram a oportunidade para entregar uma camisa e tirar fotos com o presidente 2012-13 do Rotary International, Sakuji Tanaka.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 18:47:05


Distrito 4660

RC de Santa RosaCruzeiro, RS – Estes alimentos arrecadados durante o Grenal Solidário – torneio de futebol entre torcedores do Grêmio e do Internacional –, organizado pelo clube, foram repartidos entre as sete instituições assistenciais de Santa Rosa. Cada jogador doou cinco quilos e a entrada era um quilo de alimento. Ainda houve sorteio de camisas oficiais dos times e outros brindes.

RC de São Borja-Norte, RS – Doou a renda do tradicional Baile do Chopp, organizado anualmente, para o Hospital Ivan Goulart; participou do Jantar dos Cozinheiros, evento beneficente organizado pela – e em prol da – Liga de Combate ao Câncer; e, em sua sede, o prefeito Antonio Carlos Rocha Almeida e o vereador Osmar Herberto Jungton assinaram a lei que torna o clube de Utilidade Pública. Com essa iniciativa o clube pode receber doações nacionais e internacionais.

Distrito 4680

RC de Santa Cruz do Sul, RS – Doou 1.600 reais à Associação de Amparo à Terceira Idade. O dinheiro será usado na aquisição de esquadrias para a construção do prédio Residencial do Bem Viver, instituição que abrigará idosos. Na foto aparecem Claudete Sulzbacher; César Spohr, presidente do clube; e Émerson Halmenschlager, presidente 2012-13.

Distrito 4700 RC de Passo Fundo, RS – Os associados levaram os integrantes do Rotakids para visitar o Lar da Vovó. As senhoras do lar foram agraciadas com leitura de textos, danças e cantos, além de um delicioso lanche. As crianças ficaram tão encantadas que já programaram a próxima visita com filme e lanche.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5457.indd 57

SETEMBRO DE 2013|

57

9/8/2013 20:14:47


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4700

RC de Caxias do SulPérola das Colônias, RS – Em parceria com a Casa da Amizade, realizou o projeto Sorrindo com as Crianças na Entidade de Assistência à Criança e ao Adolescente de Caxias do Sul. A iniciativa teve a finalidade de criar hábitos de higiene bucal em crianças integrantes de grupos familiares com baixo ou nenhum meio de subsistência. Na ocasião, foram entregues 200 unidades de escovas infantis.

RC de GuajaráMirim, RO – Além de doar cestas básicas a famílias carentes, o clube patrocinou a construção da garagem da Casa do Ancião e distribuiu sopão em bairros pobres. Tudo isso em parceria com a Casa da Amizade.

Distrito 4720 RC de Belém-Norte, PA – Com o empenho dos associados, o clube está desenvolvendo um projeto para doar 30 cadeiras de rodas durante o atual período rotário. Na foto, as três primeiras unidades.

Distrito 4730

RC de Curitiba-Sul, PR – “Agora fazemos parte da turma” foi a frase dos alunos da Escola Municipal Erico Verissimo, do bairro Alto Boqueirão, ao receberem os uniformes doados pelo clube.

58

pag5861.indd 58

| SETEMBRO DE 2013

RC de São José dos PinhaisIguaçu, PR – Cerca de mil pessoas participaram do 9º Barreado do Bem, realizado pelo clube e com renda destinada à Apae local e à manutenção da Casa do Idoso.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 20:25:57


Distrito 4730

RC de Piraí do Sul, PR – Durante a 2ª Tarde Dançante para a Terceira Idade, organizada pelo clube, foi feito um bingo com prêmios doados pelos empresários locais e renda destinada para as famílias da comunidade que sofreram com enchentes.

Distrito 4740

RC de União da Vitória, PR– Porto União, SC – Na festiva de comemoração do 27º aniversário do clube, Antonio Budal, Françoise Gohl Parise, Luiz Alberto Pasqualin, Luís Darci Hobi e a presidente 2012-13, Cássia Marília Antoszczyszyn, foram homenageados com o certificado Amigo do Rotary por terem colaborado nos eventos do clube.

RC de São Miguel do Oeste, SC – Firmou uma parceria com o Leite Terra Viva e o Supermercado Treviso em prol da Pastoral da Criança. Nesta parceria estão sendo repassados mensalmente produtos alimentícios para aproximadamente 700 crianças assistidas pela pastoral. Na foto, o associado Cláudio Telo, Cléria Cobalchini e o presidente do clube, Luiz Guerini.

Distrito 4750 RC de Macaé-Cavaleiros, RJ – Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, realizou a 1ª Ecopedalada Rotary pela Saúde, com o objetivo de incentivar a população local para a prática do ciclismo aliada à qualidade de vida e preservação ambiental. O evento teve apoio da Fundação de Esporte e Turismo do município.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5861.indd 59

SETEMBRO DE 2013|

59

9/8/2013 19:42:09


C L U B E S E D I S T R I T O S E M R E V I S TA Distrito 4750

RC de Campos, RJ – Doou 240 cestas de alimentos não perecíveis às 17 entidades assistidas pelo programa Transformando Lixo em Doações, em parceria com a Sociedade de Apoio à Criança. Na foto, representantes do clube e das entidades beneficiadas.

RC de Magé, RJ – Mesa principal da 3ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, organizada pelo clube em defesa dos que sofrem preconceitos ou discriminação. RC de Maricá, RJ – Participou da Campanha de Vacinação contra a Pólio e doou alimentos para famílias necessitadas da região.

Distrito 4760

RC de Unaí-Centenário, MG – Mais de 4.000 pessoas estiveram presentes no tradicional Leilão Beneficente Arca de Noé, realizado pelo clube no Parque de Exposições. Neste ano o leilão foi além das expectativas e ultrapassou a meta de arrecadar 350 mil reais. A renda foi distribuída entre diversas entidades, entre elas o Abrigo Frei Anselmo e a Apae local.

60

pag5861.indd 60

| SETEMBRO DE 2013

RC de Belo HorizonteLiberdade, MG – Com o objetivo de amenizar os gastos do Lar das Cegas da Associação de Cegos Louis Braille, o clube, em parceria com a Agência Nacional de Energia Elétrica e a Companhia Elétrica de Minas Gerais, instalou no local um aquecedor solar.

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. 9/8/2013 19:12:25


Distrito 4770

Distrito 4780

Visando a uma integração maior, todos os clubes de Rotary de uberaba, incluindo interact, Rotaract e casas da amizade, participaram do Rotary em ação. Esta iniciativa foi realizada em 8 de junho com objetivo de prestar serviços de orientação médica sobre formas de prevenção de doenças, prática de esportes, controle de peso, equilíbrio de alimentação, orientação sobre dívidas e impostos. Durante o evento houve uma caminhada com participação de 1.800 pessoas e arrecadação de duas toneladas de alimentos que foram doados às entidades assistenciais locais.

RC de BagéCampanha, RS – Durante a festiva de 10 anos de fundação do clube, cléo Vasconcellos Nocchi, viúva do primeiro presidente do clube, Enio Del Geloso Nocchi, recebeu o título de associada benemérita.

DicaS PaRa PuBlicação

RC de Arroio Grande, RS – Participantes da campanha do agasalho, organizada pelo clube em parceria com a Rádio Studio FM, a prefeitura, a casa da amizade e o lions club local.

RC de Cachoeira do Sul-Princesa do Jacuí, RS – com a ajuda do Exército, que preparou as refeições, e de empresas parceiras que doaram os ingredientes, o clube realizou o 3º carreteiro do Movimento Rotário da cidade em benefício da liga Feminina de combate ao câncer. Foram arrecadados 10 mil reais com a venda dos ingressos.

Como ver seu clube no site ou na revista

P

ara que os companheiros de todo o país conheçam as ações realizadas pelo seu clube em prol da comunidade, é importante que as notícias cheguem à Redação contendo as seguintes informações: n o nome completo e o distrito de seu clube; n a data e local em que foram realizadas as ações; n um breve relato sobre o projeto, explicando sua importância e o alcance dele junto à comunidade; n os nomes dos parceiros, no Brasil e no exterior; n e os nomes e sobrenomes de todos os que aparecerem nas fotos com até seis pessoas, relacionados a partir da esquerda, para o caso de eles serem mencionados na legenda feita pela Redação. Mas lembre-se, o foco da notícia será sempre nas ações realizadas e não nas pessoas.

a publicação é gratuita. Basta que o assunto se encaixe em nosso perfil editorial e que o seu clube esteja em dia com a assinatura da revista. atenção: a Brasil Rotário não publica posses ou outros fatos que possam obter o merecido destaque nos boletins de seu clube. confirmamos o recebimento de todas as mensagens enviadas à Redação com material destinado à publicação. Portanto, se você não receber essa confirmação é porque seu e-mail não chegou até nós. Reenvie-o ou nos telefone para saber o que está ocorrendo.

FOTOS: as imagens digitais precisam ter uma boa qualidade de impressão. Por isso, selecione a opção alta resolução de sua câmera. Se o envio for feito por e-mail, pedimos que o tamanho dos anexos não supere 2 MB. Não cole suas imagens em documentos de Word: anexe-as ao e-mail como arquivos independentes.

Anote os nossos endereços: avenida Rio Branco, 125 – 18o andar – Rio de Janeiro, RJ cEP: 20040-006 e-mail: redacao@brasilrotario.com.br o telefone da Redação é (21) 2506-5614.

MUITO IMPORTANTE: informe também um telefone de contato (com o código de DDD) para que possamos falar com você no caso de qualquer dúvida.

Estamos esperando para ver seu clube na revista!

Acesse www.brasilrotario.com.br e leia mais notícias dos clubes. pag5861.indd 61

SETEMBRO dE 2013|

61

9/8/2013 20:13:45


INTERACT E ROTARACT

Rotaract distribui brinquedos

N

o último dia 19 de junho, o Rotaract Club Universitários Natal Sul, RN (distrito 4500), viveu um dia especial. Depois de meses de trabalho para arrecadar brinquedos educativos para as crianças do Centro de Reabilitação Infantil, em Natal, seus integrantes reuniram-se com o Rotaract Club de Ímola, da Itália, representado por seu presidente Davide Zanghi, para fazer a entrega dos presentes à instituição, que abriga crianças e jovens portadores de necessidades especiais. No total, foram arrecadados mais de 100 brinquedos. A ação foi registrada por uma equipe da TV Ponta Negra, afiliada local do SBT.

O Rotaract Club de Alta Floresta, MT (distrito 4440), ficou responsável pela barraca do milho cozido na festa junina realizada no Centro de Tradições Gaúchas do Alta Floresta Clube, que reuniu mais de 3.000 pessoas. O dinheiro arrecadado foi destinado aos projetos do clube. Os rotaractianos também participaram da 17a edição da Campanha Mão Amiga, desenvolvida em parceria com Rotary, Lions, Maçonaria e outras entidades de serviço locais. Eles arrecadaram alimentos, roupas, brinquedos e livros didáticos infantis para serem distribuídos entre a população.

O Interact Club de Guaiçara, SP (distrito 4480), voltou para casa com diversos prêmios depois do Encontro Distrital de Interact Clubs. Os destaques foram o primeiro lugar na Apresentação Cultural, o prêmio de Caravana Mais Organizada, o primeiro lugar entre os melhores projetos distritais do último ano e a cobiçada Menção Presidencial.

62

pag6263.indd 62

A Câmara Municipal de Castilho, SP, sediou o encontro entre os Rotaract Clubs da área 4 do distrito 4470, realizado com o objetivo de promover integração e companheirismo com mesas redondas e palestras. Organizado pelo Rotaract Club de Castilho, o evento teve a participação do então governador distrital José Lotfi Corrêa.

| SETEMBRO DE 2013

9/8/2013 17:48:49


Os integrantes do Rotaract Club de Tenente Ananias, RN (distrito 4500), doaram fraldas geriátricas e material de higiene pessoal a um jovem tetraplégico morador da cidade.

Mais de 100 jovens rotaractianos de 11 clubes diferentes participaram da 24a Conferência do Distrito 4510, realizada na sede do Rotary Club de Lucélia, SP, com a presença de seis governadores distritais. “Foi um evento de elevado nível e de boa organização”, elogiou o governador 2012-13, Luiz Carlos Gonçalves.

Durante a última Conferência Distrital de Interact e Rotaract Clubs, o Rotaract Club de Itaúna-Cidade Universitária, MG, recebeu pelo segundo ano consecutivo o troféu de Melhor Clube do Distrito 4560, além de outras nove premiações. Seus integrantes começaram o ano rotário 2013-14 doando doces e tortas para uma barraca na festa junina do Asilo Frederico Ozanan, da cidade mineira de Itaúna. Feita com a ajuda dos rotaractianos, a venda dos doces gerou recursos que foram destinados à instituição.

Atividades de treinamento e de companheirismo marcaram a Conferência Distrital de Interact Clubs do distrito 4520, realizada entre os dias 30 de maio e 2 de junho. Os ex-governadores José Luiz Scaglioni e Geraldo Eustáquio fizeram palestras. BR

SETEMBRO DE 2013|

pag6263.indd 63

63

7/8/2013 18:01:38


SENHORAS EM AÇÃO

A Casa da Amizade de CachoeiroOeste, ES (distrito 4410), doou 150 pacotes de fraldas geriátricas ao Lar João 23, que abriga 82 idosos e é mantido pelo Movimento de Cursilho de Cristandade da Diocese local. E, ao Abrigo Institucional Municipal Recanto das Crianças, a casa doou seis cadeiras giratórias, cinco cadeiras fixas, quatro longarinas de três lugares e dois computadores, adquiridos por meio do Projeto Rotary Digitando Inclusão Social. O projeto foi criado em parceria com o Rotary Club local e consiste no reaproveitamento de computadores doados.

A renda do 9º Chá Beneficente organizado pela Associação das Senhoras de Rotarianos de Ouro Fino, MG (distrito 4560), foi destinada ao seu Banco de Fraldas Geriátricas.

64

pag6465.indd 64

Momento da entrega das fraldas doadas pela Casa da Amizade de Votuporanga, SP (distrito 4480), ao Lar São Vicente de Paula.

A Casa da Amizade de Rio do Sul, SC (distrito 4650), reformou um quarto do Hospital Samária.

| SETEMBRO DE 2013

9/8/2013 18:10:57


Dando continuidade aos trabalhos com a comunidade, a Casa da Amizade de Itapema, SC (distrito 4651), entregou mais um kit de bebê para uma mãe da região.

A renda da tradicional Festa Junina realizada pela Casa da Amizade de Betim, MG (distrito 4760), com as parcerias do Rotary, Rotaract e Interact clubs locais e da comunidade foi destinada à compra de brinquedos pedagógicos e materiais odontológicos. Duzentas crianças matriculadas na creche Casa da Amizade de Betim foram beneficiadas com a ação.

A Casa da Amizade de Caxias do Sul, RS (distrito 4700), vem doando mensalmente 40 enxovais completos de bebê para os hospitais da região. Desta vez, o beneficiado foi o Hospital Nossa Pompeia.

A quantia arrecadada na terceira edição da Cesta de Café da Manhã, promovida pela Casa da Amizade de Coromandel, MG (distrito 4770), em parceria com o Rotary Club local, foi destinada à Fundação Rotária, à compra de muletas e a outros projetos. BR

SETEMBRO DE 2013|

pag6465.indd 65

65

9/8/2013 18:08:47


R econhecimentos da fundação RotáRia O que significam Contribuinte Especial

Qualquer pessoa que contribui com 100 dólares é automaticamente reconhecida como Contribuinte Especial.

Companheiro Paul Harris

Uma pessoa, rotariana ou não, que contribui com o valor de 1.000 dólares rotários à Fundação Rotária, ou em cujo nome é feita tal contribuição, recebe como reconhecimento o título de Companheiro Paul Harris (l), que consiste de certificado e distintivo – com a opção de medalha, ao custo de 15 dólares rotários.

Contribuições múltiplas

O Companheiro Paul Harris que faz contribuições múltiplas de 1.000 dólares rotários à Fundação Rotária, ou em cujo nome elas são feitas, recebe distintivo com safiras (l), rubis (l) ou Major donors (l) – doador Extraordinário, com contribuição pessoal de 10.000 a 249.999 dólares –, de acordo com o valor do aporte acumulado.

Paul Harris Society

Pessoas que assumem o compromisso de contribuir anualmente com 1.000 dólares recebem distintivo especial e certificado do distrito. Este reconhecimento é válido para contribuições múltiplas.

Benfeitor

Uma pessoa se torna Benfeitor da Fundação Rotária ao incluir um dispositivo em seu testamento em benefício do Fundo de dotação, para o qual efetua uma contribuição de 1.000 dólares ou mais. O doador recebe um distintivo especial e diploma.

Sociedade de Doadores Testamentários

Refere-se a pessoas individualmente ou casais que façam promessas de doação de 1.000 dólares ou mais em testamentos ou seguros de vida. Estes doadores recebem peça de cristal e distintivo.

Sociedade Arch C. Klumph

doadores que contribuem com 250.000 dólares ou mais qualificam-se para a Sociedade Arch C. Klumph. Eles são convidados para cerimônia de admissão na sede mundial do Rotary International, em Evanston, EUA, e podem escolher ter suas fotos colocadas na Galeria Arch C. Klumph e no terminal interativo. Esses doadores também recebem distintivo, certificado e convites para eventos especiais.

Os fundos

As doações formam diversos fundos. São eles: Fundo Anual de Programas, Fundo Polio Plus e Fundo de dotação. Se as doações forem de empresas, serão encaminhadas à Associação Brasileira da The Rotary Foundation (ABTRF). As contribuições servem para Projetos de Subsídio distrital ou Global, que financiam programas humanitários, educacionais e culturais.

Novos agraciados

Distrito 4310

RC de Piracicaba, SP Damião Bernardo Dias, com a primeira safira Etore Geraldo Avólio l Guilherme Ilário Correr l Ilário Correr, com o primeiro rubi l José Aref Sabbagh Esteves, com a quinta safira l Manuela Nóbrega Dourado l Nádia Milori Simi de Ramos l l

Antônio Wilson Rigolin, ex-governador do distrito, com a quinta safira l Cláudio Masanobu Terasaka, com a segunda safira l Clébes Martins Fagundes, com a segunda safira l Daniel Barnabé Júnior, com a primeira safira l Ênio Tomazini, com a segunda safira l Felipe José Mestieri, com a terceira safira l Giácomo Dalla Vecchia, com a segunda safira l Gilberto José Garavello, com a segunda safira l Johnny Carlos Lara Santos, com a segunda safira l Júlio Nilo Milioni, com a primeira safira l Natale Dalla Vecchia, com a quinta safira l Paulo César Corazza, com a terceira safira l Pedro Rudine Tonello, com a segunda safira l

pag6669.indd 66

l

Distrito 4390

RC de Aracaju-Jardins, SE Arivaldo Barreto, presidente do clube Guilherme Ficonni l José Carlos l Marcos Sampaio l Max Augusto l

RC de Salto, SP

66

Roberto Saladini, com a quarta safira Roseli Bernadete Deblassi, com a primeira safira l Rubens Milioni, com a terceira safira l Rubens Ronaldo Milioni, com a segunda safira l Vagner Donizeti Casagrande, com a segunda safira l Vanderlei Lázaro, com a primeira safira l Weber Dalla Vecchia, com a terceira safira l

l

Distrito 4410 RC de Guaçuí, ES l l

Hélio José Simões Alves Hércules Ciro Kashima

Distrito 4420

RC de São Bernardo do Campo-Norte, SP José Macedo Luiz Carlos João, com três rubis l Maria Luiza Mendaçolli Zago, com três rubis l l

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 19:32:49


RC de São Vicente-Antônio Emmerich, SP l

Roberto Martins, com a quinta safira

RC de Lins, SP Aziz Ahmad Leila, com uma safira José Luiz Bittencourt Leão l Marino Bovolenta Junior, com uma safira l Narciso Martinez l Plácido Félix Pereira, com duas safiras l Ricardo Santos Martins l l

RC de Santos-Vila Belmiro, SP Ana Coccimiglio, com uma safira Ricardo Felippe Maluf, ex-presidente do clube, com a terceira safira l Thais Maluf, com a terceira safira l l

Distrito 4430

Distrito 4490

RC de Bom Jesus, PI Sandra Genovez, presidente do clube

RC de São Paulo-Vila Carrão, SP

l

Beatriz Furtado Viegas Crisostomo Chagas, com a quinta safira l Giulia Balderrama Palhares Pinto l Romualdo Nogueira de Oliveira

Distrito 4510

l l

Distrito 4440

RC de Arenápolis, MT l

Rogaciano Oliveira Sampaio Filho

RC de Cuiabá-CPA, MT l

Luiz Antonio Almeida de Oliveira

Distrito 4470

RC de Araçatuba-Centenário, SP l l

Graciele Gomes Saraiva Márcia Cristina da Cunha

RC de Garça Azul, SP l l

RC de Palmital, SP l l

Maria Aparecida Correia Pereira l Osvaldo Pontin l

Distrito 4480

RC de Fernando Prestes, SP l

Antonio Orlando Cavichia Filho, presidente do clube

RC de Itápolis, SP Ana Carolina Zelli da Silva l Claudinice Biondo Janes, com uma safira l Cleonice Polotto, com uma safira l Irani Monclair Biazotti, com uma safira l Luciano Martins Cogo, com uma safira l Márcio Florido, com uma safira l Maria Carolina Caspani l Maria Inês F. Silva l Nivaldo A. Ferraro l Olívia Bonan Costa, com uma safira l Roselaine de Campos, com uma safira l

Alexandre Andrade da Silva Francisco Catalano Neto, presidente do clube

Distrito 4520

RC de Itabira-Cauê, MG l l

Anselmo Lopes Valadão Milton Dias dos Santos

Distrito 4530

RC de Brasília-Centenário, DF l

RC de Naviraí-Integração, MS

Lucy Therezinha Lustri, com uma safira Teresinha Maria Borges

Anita Esmeralda Butruille

RC de Iporá, GO l

Davina Abadia de Moura

RC de São Luiz de Montes Belos, GO l

Orlandina Ferreira Machado

Distrito 4540

RC de Sertãozinho-Aparecida, SP l

Andréia Cristina Bernardi

Distrito 4570

RC do Rio de Janeiro-Tijuca l l

Luiz Fernando Pinto, com três safiras Sonia Rocha de Assis Silva, com cinco safiras

Distrito 4580 RC de Viçosa, MG

Maria do Carmo Novaes Petrônio Fonseca l Rosa Emília Soares l l

Se você foi agraciado recentemente com algum desses títulos, informe-nos pelo e-mail redacao@brasilrotario.com.br SETEMBRO dE 2013|

pag6669.indd 67

67

9/8/2013 19:33:47


R econhecimentos da fundação RotáRia Distrito 4600

RC de Barra Mansa-Sul, RJ l l

Francisco José de Oliveira Rezende, com uma safira Vitor João Galhardo de Melo

Distrito 4610

RC de São Paulo, SP Maria Aparecida de Moraes Gomes Pereira, com a quinta safira l

Arion Toledo Cavalheiro Junior, com um rubi Beatriz Schmidt Lotice l Carlos Antonio Farias l Cínara Gomes Nadir l Diogo Ribas Teixeira l Glacir Vanzela l Guilherme Fiorentin l l

RC de Francisco Beltrão-Marrecas, PR l

Distrito 4630

RC de Colorado, PR Alessandro Rigonato, presidente do clube l Claudinei Tomé l Gustavo Mendes de Campos l João Geraldo Soares l Márcio José de Oliveira, ex-presidente do clube l Rodrigo Moia l

RC de Maringá-Novo Centro, PR André Luiz Febraio Sanches Salinas, com duas safiras l Arcelino Cláudio Mentor Neves de Couto Melo l Graziela Cristina Battiston l Yvaldyne Maria Neves de Couto Melo, com cinco safiras l

RC de Marechal Cândido Rondon-25 de Julho, PR Jairo Inácio Ruver Genz l Vitor Giacobbo, com uma safira l

Distrito 4650

RC de Joinville-Norte, SC Fernando Wendhausen Rothbarth l Nei José Martins l

Distrito 4651

RC de Balneário Camboriú-Atlântico l l

l l

Hugo Berti, com o terceiro rubi Vitorino Manoel Lopes Marques

RC de Santa Fé, PR Cláudio José Zunta, com uma safira l Flávio Zunta, com um rubi l Reginaldo Arias l

l

RC de Santa Maria-Vento Norte, RS Bernadete Debus Filippe l Hilton Brust, com uma safira l

Distrito 4680

RC de Porto Alegre-Sudeste, RS l

Leandro Nobre de Siqueira

l

Distrito 4640

Geraldo Antônio Tonelli Osny Müller

Distrito 4660

RC de Tatuí-Cidade Ternura, SP l

Ildemar Luiz Favoreto, com uma safira Luiz Rodrigues Ribeiro

RC de Brusque, SC l

RC de Moreira Salles, PR

Selito Moacir Zanferari, com uma safira

Adão Severo Pinto, ex-presidente do clube Alzira Mary Vargas Gomes-Hummel l Herivelto Fraga da Silva

RC de Francisco Beltrão-Integração, PR

Distrito 4730

Amanda Behne l Amery Moisés Nadir l Antonio Luza

l

l

68

pag6669.indd 68

RC de Curitiba-Oeste, PR l

Adélcio Volpi, com a segunda safira Aline Fernanda Pessoa Dias da Silva

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 19:34:23


Augusto Melek, com a primeira safira l Carlos Alexandre Dias da Silva, com a primeira safira l Carlos Gilberto Machado, com a primeira safira l Eliete de Melo Bardall, com a terceira safira l Fábio Henrique Paiva l Hilton Dácio Trevisan, ex-governador do distrito, com a segunda safira l Ilian Vasconcelos, com a primeira safira l Ilma Brandalize Machado, ex-governadora do distrito, com a terceira safira l José Paulo Pegoraro Filho l Newton Dan Faoro, com a quarta safira l Paulo Salamuni l Roberto Elizeu Preosck l Sérgio Luiz Sottomaior Pereira, com a segunda safira l Tiago Ruppel l Vicente Tarcisio Machado

l

Distrito 4760

RC de Frutal-Sul, MG

l

RC de Montes Claros-São Luiz, MG Christian Kleber Cardoso de Almeida Eron Gonçalves da Cruz, com uma safira l Geraldo Machado l Hamilton Alves Gondin Filho, com uma safira l Iesus Racine Gonzaga l Ivair Antonio de Jesus, com uma safira l João França Figueiredo Filho l José Adilson de Matos l Neustan Boaventura da Silva l Paulo Mendes Cangussu l Renilson Alves Xavier l Rogério Alves da Silva l l

RC de Patos de Minas-Guaratinga, MG José Ricardo Stábile Luiz Ferreira da Conceição, ex-presidente do clube l Reginaldo Nunes da Silva, com uma safira l l

Distrito 4770

RC de Catalão, GO Aline Fleury de Melo Guimarães, com a primeira safira l Altamiro dos Santos l Cristovam Raimundo da Silva, com a segunda safira l

Fernando Antonio Aires, com a segunda safira Fernando Cesar de Oliveira de Azevedo, com a segunda safira l João Ferreira l José Tarcísio de Araújo Alló l Júlio Orestes Paschoal l Ivan Martins de Sales l Luciano de Oliveira, com a segunda safira l Luís Henrique da Silva Borges l Luzia Oliveira de Carvalho l Marcelo de Alcântara Rosa l Marcus Vinícius Ayres Barreto l Maria Auxiliadora Aires de Mesquita Campos l Maria Inês de Souza, com a primeira safira l Ney Campos l Ozires Rodrigues Rosa l Rubson dos Santos Moura, com a primeira safira l

Carlos Humberto Flávio de Lima l Clemente José da Mata l David Carlos de Oliveira, com uma safira l Deny Jorge Miziara Júnior l Edgard Luiz Mendonça l Gerson José de Queiroz, com uma safira l Jomasio Silva Arantes l José Aparecido Gualberto, com uma safira l José Humberto Leonel de Souza, com uma safira l Laerte José Lupino, com uma safira l Márcio Henrique de Faria l Nivaldo Leal da Silva l Ocimar Donisete da Mata, com uma safira l Olisiomar Tito da Mata, com uma safira l

Distrito 4780

RC de Dom Pedrito-Obelisco da Paz, RS l

Gislaine Freitas, ex-presidente do clube

RC de Dom Pedrito-Ponche Verde, RS l l

José Antonio Peterle Sabino Virgílio Moro

RC de Paraíso do Sul, RS l

Geraldo Luiz Schmidt, ex-presidente do clube

Se você foi agraciado recentemente com algum desses títulos, informe-nos pelo e-mail redacao@brasilrotario.com.br SETEMBRO dE 2013|

pag6669.indd 69

69

9/8/2013 19:57:45


R OTARIANOS QUE SÃO NOTÍCIA

N

esta seção abrimos espaço para os rotarianos que foram eleitos ou nomeados para cargos de governo, da administração direta ou indireta, ou que ainda receberam homenagens ou assumiram função em organizações da sociedade civil nas esferas federal (1o, 2o e 3o escalões), estadual (1o e 2o escalões) e municipal (1o escalão).

 Claudia de Bulhões, associada ao Rotary Club de MaceióFarol, AL (distrito 4390), tomou posse como membro efetivo na Academia Maceioense de Letras. Ela ocupa a cadeira de número um, que pertenceu ao escritor e poeta Aristheu Bulhões.  O rotariano José Wellington Cardoso de Andrade foi um dos agraciados com a Medalha do Mérito Industrial Simplício Dias, outorgada pela Federação das Indústrias do Estado do Piauí em reconhecimento ao trabalho de profissionais que contribuíram para o desenvolvimento daquele Estado. Ele é associado ao Rotary Club de Parnaíba-Igaraçu, PI (distrito 4490), presidente do Sindicato das Indústrias da Construção no Estado do Piauí e diretor do grupo Constrol.

Associado ao Rotary Club de Almenara, MG (distrito 4520), Washington Souza Araújo foi homenageado por ter ficado em primeiro lugar no programa Sou + Copasa. Trata-se de uma premiação concedida a funcionários da Companhia de Saneamento de Minas Gerais que tenham se destacado no desempenho de suas funções.

 Vertinho de Oliveira, ex-presidente do Rotary Club de Formosa-Centro, GO (distrito 4530), é o atual secretário de Economia e Finanças da Prefeitura de Formosa.  Em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à comu-

nidade, José Vitor Batista de Freitas e José Francisco Martins, associados ao Rotary Club de Divinópolis-Leste, MG (distrito 4560), receberam da Câmara Municipal de Divinópolis

título de Cidadão Honorário. José Maria Ribeiro, do mesmo clube, foi agraciado com a Medalha Candidés.  O governador 1986-87 do distrito 4570 e ex-presidente e editor da Brasil Rotário, Carlos Henrique de Carvalho Fróes, foi agraciado com a Medalha Montezuma na sessão solene que comemorou o aniversário de 170 anos de fundação do Instituto dos Advogados Brasileiros, no início de agosto.

O presidente 2012-13 do Rotary Club de Viçosa, MG (distrito 4580), Carlos Sigueyuki Sediyama, foi agraciado com a Comenda do Mérito Arthur Bernardes 2013. A distinção foi criada em 1983 pela Associação Comercial de Viçosa e, a cada dois anos, é entregue a três cidadãos comprometidos com o povo brasileiro e que, pela sua inteligência, cultura e devotamento à causa pública, se mobilizam em diferentes atividades.

 O rotariano Luiz Cláudio Stahelin, associado ao Rotary Club de Florianópolis-Atlântico, SC (distrito 4651), é o atual presidente da regional Florianópolis da Associação Brasileira de Recursos Humanos. Associado fundador do mesmo clube, Gean Marques Loureiro foi nomeado presidente da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina pelo governador daquele Estado, Raimundo Colombo.  Pelo seu pioneirismo na área de comércio na cidade, o rotariano Luiz de Aquino Vieira, do Rotary Club de Balneário Camboriú, SC (distrito 4651), recebeu da Associação Empresarial local a Medalha Baltazar Pinto Corrêa.

O S 50 MAIS Aos 86 anos de idade, Vlademir Marangoni completou cinco décadas de vida rotária. Ele foi admitido no Rotary Club de Penápolis, SP (distrito 4470), em 30 de junho de 1963 e o presidiu em 1972-73, tendo sido primeiro secretário em três oportunidades e também vicepresidente. Em 1976-77 foi primeiro tesoureiro do distrito e em 1980 participou da Convenção Internacional do Rotary em Chicago. Por suas contribuições à Fundação Rotária, foi agraciado com duas safiras.

Adolfo Milani Filho comemorou em 5 de julho meio centenário como rotariano. Ele presidiu no período 1979-80 o Rotary Club de São Paulo, SP (distrito 4610), o segundo clube rotário mais antigo do Brasil. Também ocupou os mais variados cargos no Conselho Diretor, presidiu inúmeras comissões e é um dos mais atuantes associados ao clube.

A história de Clélio Marques Brandão no Rotary começou em 15 de março de 1963, quando ingressou no Rotary Club de Santiago, RS (distrito 4780). Nos 50 anos seguintes, ele passaria pelos Rotary Clubs de São Borja e Santa Rosa, RS (distrito 4660), os quais presidiu, Cruz Alta e São Luiz Gonzaga, no mesmo distrito, e Porto Alegre-Navegantes e Porto Alegre-Leste, RS (distrito 4670), tendo sido presidente também nestes dois últimos. Foi governador do distrito 4670 em 2002-03 e atualmente é associado ao Rotary Club de Porto Alegre-Anchieta.

Se você tem 50 anos de Rotary ou mais, envie para a Brasil Rotário uma foto em que apareça sozinho:  E-mail: redacao@brasilrotario.com.br  Endereço postal: Avenida Rio Branco, 125 – 18o andar – Centro – Rio de Janeiro – CEP: 20040-006

70

pag70.indd 70

| SETEMBRO DE 2013

9/8/2013 19:11:01


A conteceu em 1973

Luiz Renato D. Coutinho

A professora tirânica dá sua aula A banda britânica de rock progressivo Pink Floyd lança seu álbum mais popular, Dark side of the moon, um sucesso imediato de público e crítica. A obra, que usou recursos sonoros bastante sofisticados para dar vida a ideias grandiosas, ainda carrega uma lenda: haveria uma correspondência entre o álbum e o filme O mágico de Oz, quando os dois são apreciados simultanemente.

u

ro. O monólogo, hoje um clássico, traz uma professora, Margarida, interpretada por Marília Pera, que se utiliza de todo tipo de recursos – desde sedução despudorada e demagogia a chantagem e repressão escancarada – para tiranizar sua turma de alunos e envolvê-los nos seus devaneios. Visto por muitos como uma metáfora do Brasil daquele momento, Apareceu ganhou diversas encenações na Alemanha, França e EUA.

O Queen, outro grupo britânico, lança seu primeiro álbum, também sob influência do rock progressivo e do heavy metal. u A Associação BraO trabalho é majoritariamente bem recebisileira de Municípios do pela crítica. A revista Rolling Stones, por se queixa do persoexemplo, escreve: “O Queen tem os instrunagem coronel Camentos neceso de 73 br tu ou u, o Cé Revista Sétim navieira, o prefeito sários para reicorrupto e demagogo vindicar que o Primeiro álbum do Queen criado por Chico AníLed Zeppelin abdique do trono do heavy sio para o seu humorístico na TV Glometal”. O nome Queen ha- bo, Chico City, e ganha a questão. A via sido dado pelo seu voca- Censura Federal obriga a emissora a destituir o personagem do comando lista, Freddie Mercury. da prefeitura fictícia e explica o mou Em setembro, a peça de tivo: “No Brasil não existem prefeitos corruptos”. teatro Apareceu a Margarida, escrita por Roberto Athayde u Em 11 de setembro um golpe de estado cai sobre o Chile. aos 21 anos e dirigida por O palácio La Moneda, sede do governo chileno, é bombarAderbal Freire Filho, é um deado e o presidente Salvador Allende se suicida. Assume grande sucesso no Teatro o líder do movimento militar, o general Augusto Pinochet. Ipanema, no Rio de Janei- São presas 45 mil pessoas. u

E a Brasil Rotário trazia em setembro daquele ano... Américo Luzio de Oliveira, associado ao Rotary Club de Niterói, mostrou-se preocupado. “A população mundial, que em 1970 era da ordem de 3,6 bilhões de habitantes, atingirá, à taxa de crescimento médio de 2,1% ao ano, 7 bilhões no ano 2000, o que é realmente de estarrecer o mais pacato dos cidadãos. Enquanto a humanidade cresce em ritmo geométrico, força é reconhecer que o Rotary International se satisfaz com simples progressão aritmética, de maneira que os 700 mil rotarianos de hoje dificilmente atingirão a cifra de 1 milhão ao ano de 2000”, escreveu. Para o autor, o progresso da ciência e da tecnologia, que “solucionou pro-

l

blemas antes sequer equacionados”, estava exigindo do Rotary novos desafios em termos de prestação de serviços. A conclusão de Américo é a de que “o Rotary deve expandir-se neste final de século afim de acompanhar o crescimento exorbitante da população do globo terrestre”, havendo urgência na criação de novos clubes. Quantos éramos? No Brasil: 28.460 associados de 914 Rotary Clubs. No mundo: 736.750 associados de 15.703 Rotary Clubs. A organização estava presente em 150 países e regiões geográficas.

l

l O 3º Encontro Luso-Brasileiro, ocorrido em Póvoa do Varzim, Portugal, em abril,

é o mote para a publicação de dois artigos que discorrem sobre a solidariedade entre nós e os portugueses. Boaventura Gravina, ex-governador brasileiro, relembra a vinda dos despojos de dom Pedro 1º ao Brasil, que permitiu uma grande comemoração ufanista em 1972, principalmente pelas cidades brasileiras por onde o esquife passou. Alberto Pires Amarante, presidente da Brasil Rotário, lembrou que em 31 de agosto de 1939, às vésperas da Segunda Guerra Mundial, encontrava-se em uma estação de trem em Lisboa, quando um senhor português aproximou-se oferecendo abrigo em caso de necessidade ao grupo do qual Amarante fazia parte. BR

SETEMBRO dE 2013|

pag71.indd 71

71

9/8/2013 17:59:27


ReLAX Rodrigo

No consultório O médico reclama com o paciente: – O cheque que o senhor me deu pra pagar o tratamento voltou. – É? Minha artrite também. Conclusão estatística Indignado, o inspetor da seguradora chama a atenção do novo corretor: – O senhor está doido? Fazer um seguro de vida para um homem de 99 anos? – É que eu li uma estatística dizendo que morre pouquíssima gente com essa idade... Colaborações enviadas por Hertz Uderman, governador 1995-96 do distrito 4570 e associado ao Rotary Club do Rio de Janeiro-Méier, RJ.

72

pag72.indd 72

| SETEMBRO dE 2013

9/8/2013 19:07:29


www.brasilrotario.com.br A sua Brasil Rotário na internet DIVULGE Isabelli Fontana, Michel Teló e Thiago Lacerda. O que essas celebridades brasileiras têm em comum? Os três participaram da campanha Maior Comercial do Mundo, que divulga na internet a luta do Rotary contra a pólio. Em nosso site você pode conferir todas as celebridades que participaram da campanha e ficar por dentro de todos os detalhes da iniciativa. Confira nosso resumo no endereço: http://bit.ly/maiorcomercial

/brasilrotario

/revistabrasilrotario

/brasilrotario

CONHEÇA Como continuação da pauta sobre o Intercâmbio de Jovens do Rotary, da edição passada, publicamos um relato do estudante paranaense Leonardo Cardoso, intercambista que realizou seu período de estudos na Bélgica. Leonardo recebeu o título de Embaixador da Província de Liège e conta detalhadamente sua experiência com o programa de intercâmbio. Acesse o link http://bit.ly/relatointercambio e saiba mais sobre a vivência de um embaixador da paz.

FOTOGRAFE Participe do nosso Concurso Cultural Rotary em Foco e concorra a três câmeras fotográficas! Basta ler o regulamento no endereço http://bit.ly/regulamento_cc, produzir uma fotografia que registre um projeto realizado por algum Rotary Club brasileiro, Casa da Amizade, Rotaract e Interact Club, ou ainda clube de Rotakids, e enviá-la com os dados solicitados no regulamento para o e-mail: concurso@brasilrotario.com.br

ACESSE O SITE DA BRASIL ROTÁRIO EM SEU SMARTPHONE OU TABLET Baixe um leitor de QR code em seu aparelho, fotografe o código e tenha acesso instantâneo ao nosso website

capa3 site.indd 30

 Acompanhe  Leia

nossas notícias http://bit.ly/notíciasBR

artigos inéditos http://bit.ly/artigosBR

 Visite nosso acervo http://bit.ly/acervoBR BRASIL

ROTARIO

Servindo por meio da comunicação.

9/8/2013 19:17:38


Capa 4.indd 30

19/12/2011 15:40:43


Brasil Rotário - Setembro de 2013