Issuu on Google+

FREE

THE BRAZILIAN COMMUNITY NEWSPAPER

O JORNAL DA COMUNIDADE BRASILEIRA

TORONTO - 2ª edição de novembro - 2011 - ano 15 - número 286 - www.brasilnews.ca

Foto: José Paulo Cardeal/TV Globo

Em 2012, governo promete desconto de 30% no valor de universidades e colleges em Ontário  PÁG.: 04

Membro do Grupo Nacional de Imprensa Étnica do Canadá

Protestantes do Occupy Toronto se recusam a sair do St James Park mesmo com ordem de despejo   PÁG.: 03

Ninguém está imune à DEPRESSÃO. Fique atento a tristeza constante e pensamento de suicídio  PÁG.: 07

Um mundo sem cigarro Dr. Drauzio Varella, em entrevista exclusiva ao jornal, convida a todos para dar fim ao vício e mostra que o desafio é possível. Ele também dá dicas de como vencer a abstinência provocada pelo cigarro, que é a droga que mais vicia. Entre nessa campanha você também! Páginas 14 e 15.

Já pensou em enviar dinheiro para o Brasil através de um clique?  PÁG.: 17

Confira empregos, aluguel e muito mais nos Classificados  PÁG.: 25

Crise nas Dívidas? Os juros do seu cartão de Resolver seu problema financeiro

Uma homenagem do Brasil News e amigos ao cantor Marcelo Neves  PÁG.:11 NÓS TEMOS A SOLUÇÃO monica@rumanek.com Direct Line:

416-452-3751

crédito estão muito altos? sem declarar bancarrota (falência). 416-665-8326 ext-307 Fala-se Português e Inglês Oferecemos flexíveis formas de pagamento

RUMANEK & COMPANY LTD ADMINISTRADORES DE PROPOSTAS, CONSOLIDAÇÃO DE DÍVIDAS E TRUSTEE DE BANCARROTA HEAD OFFICE: 1280 Finch Avenue West, Suite 714, Toronto, Ontario M3J 3K6 www.rumanek.com

E t o b i c o ke | M i s s i s s a u g a | S c a r b o r o u g h | To r o n t o D o w n t o w n | To r o n t o M i d t o w n | B a r r i e | C r e e m o r e | N i a g a r a Fa l l s

MONICA G. STANLEY Estate Coordinator

BIA Registered Insolvency Counsellor


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  2

editorial

imigração | immigration

por tania nuttall  brasilnews@brasilnews.com

por marcia casado e jane desmond informe publicitário

Cigarro: problema de sempre Por que estender seu visto?

D

ados da Organização Mundial da Saúde revelam que metade dos fumantes morrem por conta do cigarro. São seis milhões de pessoas por ano que morrem por fumar ou por fumo passivo. As doenças causadas são inúmeras, então é preciso dar um basta nessa situação. Dr. Drauzio começou uma série no “Fantástico”, que é uma campanha, Brasil sem cigarro. Ele ajuda os telespectadores a vencerem umas das piores fases para largar o cigarro: a abstinência. Em entrevista ao jornal, ele dá dicas e convida a todos, fumantes ou não, a entrar nessa luta. Ainda falando de saúde, Dr. Artur Pinto notou um aumento de pacientes disgnosticados com depressão e então esclarecemos o assunto. É importante perceber que é uma doença mais comum do que imaginamos, então fique atento aos sintomas. Na editoria Comunidade, apresentamos uma entrevista com Carla Dias e Jô Lutério, do Sintonia Carioca. As duas têm conquistado o público em Toronto e em breve gravam o primeiro CD. Quem está de despedida é o cantor Marcelo Neves. No dia 02 de dezembro ele vai para o Brasil, mas antes disso fãs e amigos

terão a oportunidade de vê-lo em um show com banda para lançar seu novo CD “Nunca é tarde prá recomeçar”. Ele fará falta! Veja só nos recados que amigos deixaram para o artista. Sergei Soares, pesquisador brasileiro, palestrou em Toronto sobre o Bolsa Família e os avanços provocados pelo projeto. Ele rebateu as críticas ao programa e mostrou que estamos no caminho certo. Confira entrevista. No mesmo caminho, investindo em educação, está a província de Ontário. Premiê da província anunciou um desconto de 30% na mensalidade de universidades e colleges para pessoas com uma certa renda. Você pode ser um dos beneficiados. O Star Remittance estará com novidades em breve. Além de um novo site, remessas totalmente online serão possíveis através do website. Será só facilidade para todos. E o Papai Noel chegou a cidade de Toronto com a Santa Claus Parade que corta a cidade. Muitas crianças esperaram pelo bom velhinho no domingo, 20 de novembro. Valeu a pena a espera, veja só na coluna Highlights. Faça uma boa leitura. E até a próxima.

G

o s t ar í am o s d e dedicar esta edição para o esclarecimento de uma dúvida muito frequente entre nossa comunidade: o pedido de extensão de vistos de visitante, estudante ou de trabalhador temporário. Primeiramente é importante ressaltar que é ilegal permanecer no país até mesmo um dia após o vencimento do seu visto e, se a pessoa nesta situação for detida pela imigração, ela poderá ter problemas sérios. Todos os dias o Canadá recebe pessoas de todas as partes do mundo que vem para este país a fim de fazer turismo, estudar ou trabalhar. Ao chegarem ao Canadá, elas recebem em seus passaportes um carimbo indicando a sua data de chegada. Receber este carimbo normalmente indica que a pessoa tem autorização de permanecer no Canadá

por um período de até 6 meses a partir daquela data.  Porém, existem outras situações que podem Jane Desmond Márcia Casado modificar esta condição. Algumas vezes, ao apre- deste visto para que a pessentar o passaporte, o ofi- soa possa permanecer no cial da imigração além país legalmente. de carimbar o passaporOutro fato importante com a data de chegada, te que gostaríamos de saele ainda faz uma anota- lientar é que, se você deção indicando a data em seja convidar alguém que que a pessoa deve deixar esteja fora do Canadá – no o país. Neste caso, a auto- Brasil, por exemplo – para rização é válida até a data visitar você e sua família, indicada pelo oficial. nós podemos ajudar neste Um terceiro cenário é o processo também. caso de pessoas que além Podemos fazer todo o de receberem a data para processo por aqui, assesaída do país, também re- gurando, desta forma, que cebem a instrução de que toda a documentação sedevem se apresentar ao ja avaliada individualdepartamento de imigra- mente e que a sua estadia ção no aeroporto no dia seja analisada em relação de sua saída. a este pedido dispensanCada um destes casos do assim a necessidade exige procedimentos dife- de contratarem os servirentes, mas é sempre pos- ços de um despachante no sível pedir uma extensão Brasil.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

3  |

Mundo | World POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

Revolta árabe Ativistas acreditam em manobra do Exército

O

s ministros integrantes do governo interino do Egito renunciaram nesta segunda-feira, 21 de novembro, em virtude de uma nova onda de protestos que pede pressa na implementação de reformas democráticas no país. Manifestantes armaram barricadas e voltaram a atacar as forças de segurança com pedras e paus. A nota publicada pela agência oficial de informações diz que a Junta Militar, que comanda o país desde a queda de Hosni Mubarak, ainda não aceitou a renúncia.

Mais de 20 pessoas já morreram e 1.800 ficaram feridas nos protestos Os ativistas, a maioria ligado a grupos islâmicos, reclamam da demora na

Occupy Toronto: vai ou fica? Ordem de despejo não tira protestantes

G transferência de poder da Junta Militar aos civis e acusam os militares de planejarem incluir na futura Constituição do Egito um artigo que dê ao Exército a função de “guardião” da lei máxima do país. Na prática, o artigo abriria caminho para os militares darem a última palavra nas questões dos futuros governos. As primeiras eleições no Egito

desde a queda de Mubarak estão marcadas para ocorrer em duas semanas. Mais de 20 pessoas já morreram e 1.800 ficaram feridas nos protestos que voltaram a encher a praça Tahir, no centro do Cairo, epicentro das manifestações que resultaram na queda do regime de três décadas de Mubarak, em fevereiro.

rande parte dos manifestantes do Occupy Toronto prometeram permanecer no acampamento no St James Park depois de terem sido emitidas ordens de despejo por oficiais. Acompanhados pela polícia, oficiais da lei chegaram no local na segunda-feira, 21 de novembro, à tarde para afixar às barracas anúncios de transgressão da propriedade da igreja. A ação começou depois que um juiz da Corte Superior decidiu que os manifestantes do Occupy Toronto

A polícia disse que estava no local para manter a paz enquanto os oficiais faziam seus trabalhos, mas a chegada dela causou uma nova onda de barulho das dezenas de pessoas (Ocupar Toronto) devem arrumar suas barracas e deixarem o local, onde eles acamparam por mais de um mês. Os avisos dizem que os protestantes são proibidos de instalar ou manter barracas ou outras estruturas e

de se recolher na propriedade entre meia-noite e 5h30. A polícia disse que estava no local para manter a paz enquanto os oficiais faziam seus trabalhos, mas a chegada dela causou uma nova onda de barulho das dezenas de pessoas. Ao mesmo tempo, um grupo parecia construir uma barricada. A estrutura estava sendo feita em torno da biblioteca improvisada do acampamento. Alguns gritavam obcenidades contra a polícia, enquanto alguns empacotavam seus equipamentos.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  4

Toronto | toronto da redação

expediente | masthead Uma publicaÇÃo do BrasilNews Publisher INC. Todos os Direitos Reservados® www.brasilnews.ca 390 Burnhamthorpe Road. Toronto, ON - Canada - M9B 2A8 Tel: (416) 538.4298 | Fax: (416) 538.9171 Publisher: Tania Nuttall brasilnews@brasilnews.ca Editora-chefe: Carolina Ladeira editor@brasilnews.ca

Corte nas mensalidade de universidades e colleges em Ontário Famílias com renda anual menor de $160.000 estarão aptas a receber o auxílio

A

Administrativo: Fernando Goscinscki brasilnews@brasilnews.ca Vendas: Fernando Goscinscki fernando@brasilnews.ca Diagramação: Marcus Sampaio designer@brasilnews.ca Colaboradores: Brian Bowen, Cleida Steinmetz, Cristiano de Oliveira, Dave Burke, Everalda Sidaravicius, Fernando Goscinscki, Fred Itioka, Isis Juliana Neves-Müller, Jandy Sales, Mauricio Dreher, Olavo Queiroz, Rafaela Freitas, Renato Takahashi, Rodolfo Torres, Saul Porto, Solange Escosteguy Cardoso, Stéphanie Pires, Steve Philipp e Tony Silva Próxima Edição: 06/12/2011 Colunas e artigos assinados podem não expressar a opinião do jornal. É proibida a cópia ou reprodução de qualquer artwork sem autorização prévia do BrasilNews.

partir de janeiro de 2012, haverá um corte de 30% no valor das mensalidades de universidade e colleges para famílias que recebam $160.000 por ano ou menos. Isso é o que promete o premiê Dalton McGuinty, governador de Ontário, que afirma que a concessão trará uma economia anual para as família de $1.600 por aluno na universidade e $730 por aluno em colleges. “Isso é bom para as famílias, é bom para os jovens e para a economia ao mesmo tempo”, afirmou o premiê durante o anúncio do plano no Don Mills Collegiate Institute, em 17 de novembro. “Quanto mais tempo

você permanecer na escola, mais provável que você consiga um bom emprego”, complementou. O corte custará $201 milhões no próximo ano.

Quanto mais tempo você permanecer na escola, mais provável que você consiga um bom emprego O objetivo do governo é certificar-se que a educação superior permanece acessível e disponível àquelas famílias com renda anual abaixo de $160.000. Esse auxílio estará disponível por

McGuinty com estudantes no Don Mills Collegiate Institute, em Toronto

até quatro anos para cursos de tempo integral e passa a valer no semestre de início em 1º de janeiro de 2012. 86 % da população estudantil será beneficiada. “Para construir uma economia forte, precisamos do melhor de todos os jovens

de Ontário. É por isso que estamos empenhados em ajudar nossos jovens a alcançar o sucesso na escola, ir para a faculdade e conseguir um bom emprego”, afirmou Glen Murray, Ministro da Educação, Colleges e Universidades.

SOMOS UMA IGREJA BEM PENTECOSTAL E BEM FAMILIAR! Comemorando nossos 12 anos de vitórias Domingo Terça-feira Quinta-feira Sexta-feira

Grande Culto Evangelístico Estudo Bíblico Culto da Vitória Círculo de Oração Culto de Adolescentes

6:00 pm 7:30 pm 7:30 pm 7:00 pm 7:30 pm

Sábado

Culto de Jovens Ministério Elizer

7:30 pm 8:00 pm

Dufferin St.

Caledonia Rd.

Benton Rd.

Colville Rd. Sheffield St.

Keele St.

Lawrence Ave. W.

2011 O ANO DE NEEMIAS Então eles disseram: “Sim, Levantemonos e edifiquemos. E esforçaram as suas mãos para a realização deste bom projeto.” Neemias. 2.18b.

416 531-8111

www.cfnministry.org 75 Colville Rd., Toronto (Keele & Lawrence)

Pr. Wagner da Costa PRESIDENTE


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

Foto: carolina ladeira

5  |

canada | canada da redação

Bolsa Família e os avanços brasileiros Através da transferência de renda do Bolsa Família, Brasil pode erradicar a miséria

“O

Bolsa Família é um dos programas mais bem sucedidos do mundo”. É com essa declaração otimista que Sergei Soares, pesquisador de estudos sociais do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), explicou o quanto o Brasil tem diminuído os índices de desigualdade na última década. Ele palestrou para uma plateia interessada na York University em Toronto, em 16 de novembro, quarta-feira. Uma foto da favela da Rocinha com a Lagoa Rodrigo de Freitas ao fundo, ambas no Rio de Janeiro, abriu a apresentação. “Lugares tão perto e com oportunidades tão diferentes. Se você nasce na Rocinha, a chance de ganhar bem e ser bem-sucedido, é muito pequena. Já no bairro da Lagoa, já nasce com muitas oportunidades”, observa. Partindo da colonização portuguesa, passando por outros momentos da história brasileira, Soares mostrou que as desigualdades sempre foram altíssimas até que fosse observada uma queda significativa em 2003, tendo os anos de 2005 a 2009 como um ótimo cenário. Isso se deu principalmente devido à transferência de renda dos ricos para os pobres, que é a

principal premissa do Bolsa Família. Iniciado no governo do presidente Luís Inácio Lula da Silva, esse projeto consiste na reorganização dos vários outras iniciativas que já existiam com características diferentes, como o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação, o Cartão Alimentação e o Auxílio Gás.

Se continuarmos nesse ritmo, em 10 anos alcançaremos os índices de desigualdade dos EUA e em 20 os do Canadá “Se continuarmos nesse ritmo, em 10 anos alcançaremos os índices de desigualdade dos EUA e em 20 os do Canadá”, afirma o pesquisar ao analisar gráficos. Ele destaca que não é somente com esse programa que o Brasil avançará, também há a questão do mercado de trabalho, salário mínimo, entre outros problemas. Mas que além do Bolsa Família ser capaz de acabar com a miséria (pessoas que possuem menos de $1.25 por dia para viver), as crianças passam mais tempo na escola. “Investimento na educação é a chave para o crescimento”. A palestra faz parte do Ciclo de Debates sobre a

Realidade Brasileira organizado pela Cátedra Brasil – Simone Bohn é a representante da York – em parceria com o Consulado-Geral do Brasil em Toronto. No dia seguinte de sua palestra, o Brasil News teve a oportunidade de conversar com Soares, um apaixonado por sua pesquisas, em especial a do Bolsa Família. Confira a entrevista. Há quanto tempo você trabalha com o tema Bolsa Família? Desde antes dele começar, em 98 e 99. Em 2005, quando voltei para o Brasil do meu trabalho no Banco Mundial, foi quando demos conta da queda das desigualdades, e desde então meu foco é: Bolsa família, desigualdade e pobreza. A partir de 2007, passamos a trabalhar com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome e grande parte dos estudos são a pedido deles, que precisam entender um aspecto para tomar decisões. Somos bem ativos quando recebemos ataques errôneos ao Brasil Família. Em particular escrevemos textos defendemos o programa de críticas do efeito preguiça, de que o bolsa família levaria as pessoas a se retirarem do mercado de trabalho. Investigamos e descobrimos

Embaixador Afonso Cardoso, Simone Bohn, Sergei Soares e Ministra Wanja Nóbrega

que não existe, a não ser por parte das mulheres com filhos. Mas nesse caso para que elas, em vez de acorrentarem os filhos, fiquem em casa cuidando deles, o que é totalmente positivo. Dilma e sua equipe decidiram não aumentar recursos do Bolsa Família para investir na geração de oportunidades. Foi uma decepção? O plano possui três frentes: transferência de renda (Bolsa Família), geração de oportunidades e melhorias de infraestrutura. Esperávamos que com um forte investimento conseguiríamos acabar com a miséria no ano que vem, por isso foi uma decepção muito grande. Haverá uma expansão no Bolsa Família, mas modesta. Segunda a PNAD 2009, são aproximadamente 9 milhões de brasileiros na miséria e, para o Censo 2010, perto de 16 milhões. Qual a diferença entre aumentar as oportunidade e aumentar a transferência de renda? A sabedoria popular diz que é melhor ensinar a pescar do que dar o peixe, mas nesse caso eu discordo pelos seguintes motivos. Desde pelo menos o final da década de 80 o Brasil tenta implantar projetos de geração de oportunidades com fracassos quase ininterruptos. Programa de apoio ao primeiro produtor, Comunidade Solidária, Fome Zero, Território da Cidadania e agora Brasil

sem Miséria. Todos essas iniciativas tiveram seus sucessos, mas não tiveram capacidade de fazer com o que os pobres gerassem sua próprias rendas. Iniciativas semelhantes fracassaram na América Latina. Isso porque os pobres não são pobres por acaso. A eles falta tudo que as demais pessoas tem. Eles não possuem capital humano geral, que é não saberem ler, interpretar frases e matemática, o que os impede de adquirir capital específico, que é a habilidade de trabalhar como marceneiros, pedreiros, por exemplo. Então no final do curso de treinamento profissional, eles não aprenderam, porque não frequentaram à escola. Outro ponto é a falta de redes sociais. Pobres conhecem pobres e as oportunidades não aparecem porque eles não conhecem pessoas. Na América Latina, quase todos os empregos são encontrados por contato pessoais. A falta de capital cultural é outra questão: não sabem se portar em situações, a importância de chegar na hora, pois não foram para a escola e não participaram de uma sociedade regida pela relógio. Por isso a geração de oportunidades para pobres é difícil de trazer resultados. A renda melhora 15%, mas ainda não saem da pobreza. A ideia é que os filhos irão aprender a pescar, os pais não. Há iniciativas parecidas em países desenvolvidos? O meu último argumento a favor do Bolsa Família

é exatamente que, fora os EUA, não há nenhum país desenvolvido que não tenha projeto semelhante. Canadá, Inglaterra, França, são exemplos. Não há limite de permanência e o apoio financeiro é incondicional para aquelas pessoas que já passaram por tudo e não conseguiram. Pois sempre haverá aquelas pessoas que não têm condições de arranjar emprego e pelo menos os filhos deles não têm que pagar por isso. No Canadá é bem parecido com o Bolsa Família, mas é um direito e possui patamares de corte mais próximos. Mais pobre recebe mais, menos pobre recebe menos. Quando que a fila de espera para o Bolsa Família acabará? Espera-se que a fila seja zerada no próximo ano. Como não é um direito (como aposentadoria, em que dinheiro não pode faltar e o Executivo aprova mais rapidamente), há um orçamento anual e que não é complementado durante o ano, é preciso esperar o próximo. Iniciativas estaduais que que têm aparecido também estão ajudando a acelerar o fim da miséria. É importante destacar que milhares de pessoas já devolveram o cartão, porque saíram da miséria. E para incentivar essa devolução, estamos planejando que quando a pessoa devolver, ela não vá para o final fila. No caso de precisar novamente, ela poderá ter em um mês o benefício.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  6

direto de brasília por rodolfo torres  rodolfo.brasilia@gmail.com

As análises de Ciro Gomes e a saúde da democracia no Brasil Uma voz quase única na política brasileira

É

preciso reconhecer que o ex-deputado Ciro Gomes tem um estilo bastante peculiar na política brasileira: fala o que quer. Esse traço de personalidade faz um bem danado à democracia porque oxigena o processo político, além de dar um tempero todo especial à cobertura política brasileira. Aparentemente, Ciro não aparenta maiores preocupações em relação às consequências de suas palavras. Como diria o empresário Nizan Guanaes, tratase de um caso clássico de “sincericídio”. Ao programa "Poder e Política - Entrevista" - conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues no estúdio do Grupo Folha em Brasília ele teceu considerações sobre a relação do Partido dos Trabalhadores com a sociedade civil. Segundo Ciro, o partido de Lula e

Dilma Rousseff deixou “tudo dominado”. “Cooptou tudo o que é, aspas, sociedade civil organizada no Brasil... Tudo. Centrais sindicais, movimento estudantil. 'Tá tudo dominado'. Agora até a ADA, Amigos dos Amigos que era lá do Nem [traficante preso em operação da policia do Rio] na Rocinha acabou-se também. Então os movimentos de trabalhadores e de estudantes no Brasil estão acéfalos", afirmou Ciro Gomes. Para ele, os tucanos José Serra e Geraldo Alckmin estão fora da disputa presidencial de 2014. Em relação ao senador mineiro Aécio Neves (PSDB), Ciro avalia que o parlamentar tem déficit de leitura e não consegue construir uma aliança política capaz de lançá-lo. Não é a primeira vez que Ciro analisa o cenário político nacional com toda

peculiaridade. Em abril de 2010, Ciro ainda disputa a legenda do PSB para concorrer à Presidência da República. Ao jornalista Kennedy Alencar, Ciro falou so-

Cooptou tudo o que é, aspas, sociedade civil organizada no Brasil... Tudo. Centrais sindicais, movimento estudantil. 'Tá tudo dominado'. Agora até a ADA, Amigos dos Amigos que era lá do Nem na Rocinha acabou-se também bre o PMDB (partido que fez aliança com o PT para concorrer ao Planalto): “É que, hoje, quem manda no PMDB não tem o menor escrúpulo: nem ético, nem republicano, nem compromisso público, nada! É um ajuntamento de assaltantes,

na minha opinião. Eu acho que o Michel Temer hoje é o chefe dessa turma.” Sobre Lula e o PT, Ciro afirmou naquela ocasião: “O Lula e o PT ficaram contra a Constituição brasileira de 1988. Vamos lá! O Fernando Henrique começou a experiência de governança dele, como presidente da República, já com a obra fundamental para a história brasileira em curso, que era o Plano Real. E o PT ficou contra! O Lula ficou contra! O Lula ficou contra o governo Fernando Henrique a ponto de o PT, não Lula, ter feito uma campanha golpista: “Fora FHC”. Com a oposição sem rumo e o governo mandando e desmandando no Congresso, é sempre bom ver que ainda temos um Ciro Gomes para falar essas coisas. Pena que é uma voz quase única por essas bandas. Vida longa ao moço!

Ciro Gomes

Para o bem de toda a nossa democracia. Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Rodolfo Torres trabalhou na revista

Caros Amigos (São Paulo) e atualmente mora em Brasília, onde atuou como consultor de uma agência da ONU e repórter – especializado em tramitação legislativa – do site Congresso em Foco.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

7  |

canada | canada POR Artur Pinto  pintoart2003@yahoo.com

Informe-se sobre a depressão Tristeza, falta de energia, mudanças no apetite e até pensamento de suicídios são sintomas da depressão

C

onsiderada uma das mais devastadoras doenças da atualidade, costumamos achar que estamos imune à depressão até o momento que somos afetados por ela. Estudos apontam que cerca de 10 a 20 % dos canadenses sejam vítimas de depressão. É possível que os números não sejam muito diferentes entre os membros da comunidade brasileira. Ao contrário do que se imagina, não podemos atribuir a depressão a circunstâncias passageiras, tais como a perda de emprego ou um acontecimento triste em nossas vidas. Ao contrário, devemos tratar a depressão como uma doença de origem orgânica que pode e deve ser combatida com ajuda médica, seja através de medicamentos e/ou terapias de suporte cognitivo.

Como identificar

Deve-se suspeitar de depressão todas as vezes que nos sentimos tristes durante boa parte do dia, to-

Atualmente procura-se tratar a depressão através da associação de terapias não medicamentosas, como a psicoterapia, com o auxílio de medicamentos chamados antidepressivos dos os dias por mais de 2 semanas. Outros sintomas e sinais que geralmente acompanham a depressão seriam os seguintes: perda do interesse por atividades antes apreciadas, mudanças no sono e apetite, falta de energia e concentração e, finalmente, a percepção de sentimentos inapropriados

de desesperança, desprezando-se como pessoa e até mesmo se culpando por doenças e/ou doenças que afetam outras pessoas. Em situações extremas, passam a surgir pensamentos de suicídio, os quais podem ser extremamente perigosos quando não tratados de maneira adequada. A partir do momento em que se suspeite de depressão, é importante procurar atendimento médico e psicológico para que possa ser devidamente diagnosticado o quadro depressivo.

Tratamento

Atualmente procura-se tratar a depressão através da associação de terapias não medicamentosas, como a psicoterapia, com o auxílio de medicamentos chamados antidepressivos. Até o momento não existe um único medicamento

que possa ser usado por todos os pacientes acometidos pela depressão, assim como não existme medicamentos que tenham efeito imediato sobre os sintomas da depressão. Geralmente deve-se utilizar o mesmo medicamento por pelo menos 4 a 6 semanas antes que se observe uma melhora significativa nos sintomas

da depressão. A duração do tratamento de depressão varia muito de pessoa para pessoa em decorrência do grau de severidade da mesma. É importante lembrar que o passo mais importante é também o mais difícil: reconhecer que podemos estar acomentidos pela depressão. Na dúvida, vale a pena

procurar ajuda profissional. Dr. Artur Pinto é formado pela Universidade Federal do Pará e fez residência médica em Medicina da Família pela Universidade de Ottawa. Atualmente é médico da família na MCI The Doctor's Office localizado na 80 Thickson Road south, em Whitby, Ontário, telefone: (905) 668-6448 .

Você sabia que pode acessar a versão online do Brasil News? www.brasilnews.ca

MIRIAN * Especialista em Químicas * Corte e Escova * High Lights e Coloração * Tratamento Marroquino * Escova Progressiva s/ Formol * Cauterização * Alisamento * Escova definitiva * Plástica Capilar * Depilação * Design de sobrancelha c/ aplicação de Hena

Atendimento com hora marcada

647 248-3231

CAbeleIReIRA bRAsIleIRA Tratamento Marroquino

ANTes

DePOIs


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  8

Finanças | Finances por Mauricio Dreher  mauricio@dreher.ca

RRSP ou Mortgage? Uma boa ideia seria investir em RRSP e fazer um pagamento extra no financiamento ao mesmo tempo

A

maioria dos meus clientes me pergunta: eu deveria investir em RRSP (Registered Retirement Savings ) ou deveria pagar o meu mortgage? Na verdade, as duas alternativas iriam ajudar você a criar riquezas. A melhor opção depende de vários fatores.

Se você investir no RRSP Neste caso, você poderá obter uma dedução de imposto de renda que geralmente irá proporcionar uma devolução, e investindo esta mesma devolução, você terá um potencial maior de aumento do seu investimento para aposentadoria. Se você estiver pensando em usar somente a sua casa para a sua aposentadoria, isso pode não ser a melhor ideia; melhor seria se você também tivesse um

certo montante investido em RRSP para aumentar a diversificação, ao invés de ter todo o dinheiro em um único bem. Se você pagar o seu mortgage? Se você pagar o seu mortgage de forma mais rápida, você terá valor adquirido do seu bem também mais rapidamente, e os custos gerados pelos juros ficarão menores. Contudo, esta decisão poderá ser afetada quanto mais perto você estiver da sua aposentadoria, visto que a maioria das pessoas tenta pagar a casa antes de se aposentar, para que não precise se preocupar com o mortgage no momento em que não estiverem mais recebendo salário. E se você fizer os dois ao mesmo tempo? Uma boa

ideia seria fazer os dois: investir em RRSP e fazer um pagamento extra no seu mortgage. Contribua o máximo que puder no seu RRSP para diminuir o seu imposto de renda, e utilize a devolução

Dependendo do seu “marginal tax rate”, sua contribuição no RRSP poderá gerar até 46.41% em devolução de impostos. Você então poderá usar este dinheiro para pagar o seu mortgage de imposto para fazer um pagamento extra no seu financiamento. Dependendo do seu “marginal tax rate”, sua contribuição no RRSP poderá gerar até 46.41% em devolução de impostos.

Você então poderá usar este dinheiro para pagar o seu mortgage; desta forma, você aumentará o montante investido para a sua aposentadoria, aumentará o valor adquirido da sua casa, diminuirá o balanço no mortgage e, consequentemente, diminuirá o custo dos juros no financiamento, tudo ao mesmo tempo. Planejamento financeiro pode ajudá-lo a determinar a melhor decisão que lhe trará o melhor benefício. Por isso você deveria conversar com o seu CFP - Certified Financial Planner; para ajudá-lo(a) a aumentar a sua riqueza através da melhor decisão.

Mauricio Dreher, CFP, possui mais de 15 anos de experiência na indústria financeira, tendo certificação reconhecida internacionalmente como Certified Financial Planner. Trabalha com Investimentos e Seguros, com ênfase em estratégias de Redução de Impostos na Canfin Financial Group. Bus: (905) 829-0094 ext 528 or Cell: (416) 876-3644

As declarações contidas neste artigo são baseadas em material que acredita-se ser confiável e serve apenas para a informação geral. Onde estas declarações são baseadas no todo ou em parte em informações providas por terceiros, elas não têm a garantia de serem corretas ou completas. As informações não têm a intenção de prover conselho específico ou personalizado incluindo, sem limitações, investimento, financeiro, legal, contábil ou de impostos.

Solutions Immigration Consulting Inc. Imigração em Geral - Assistência de Profissionais no assunto

Está regressando ao Brasil?

PODEMOS ASSISTI-LO NO CANADA, USA E OUTROS PAÍSES

Não sabe como levar seus pertences?

CONFIE

nas mãos de quem entende Mais de 10 anos de experiência

- Mudanças para todo o Brasil via aérea ou marítima - Todos os meses, envio de cargas consolidadas, ou seja, frete mais barato para quem está mudando. * Para receber os pertences, isento de impostos, é necessário estar no Brasil. Por isso, é obrigatório que a pessoa esteja de mudança. Não fazemos remessas de caixas, somente pertences pessoais.

PROMOÇÃO: Bônus de 15% no frete aéreo para quem apresentar este anúncio

Tel.: 416 465-3459

Nadia Silva (ramal 30)

100 Broadview Ave suite 318 nadia@mellohawk.com

w w w. m e l l o h a w k . c o m

Sol Gombinsky - Presidente Especialista em Imigração desde 1967 Membro Licenciado da CSIC Ex-gerente da Imigração do Canada

Formada em Lei Canadense Gerente - Língua Portuguesa E-mail: ivaniam@immsol.com

Ivania Menezes

(416) 661-6376

(416) 828-7666

1183 Finch Ave. West, Suite 508 Toronto, ON - Canada

www.immsol.com SOS CES PRO AçÃO EM R ESA MIG DE I O/EMPR P GRU

Abertura de Companhias, Traduções, Small Claim, Landlord & Tenant

NO CANADA Classe Familiar, Permanente Residente, Refúgio, Humanitário e Compaixão, Extensão de Vistos, Troca de Visto, Apelos e Cortes, Programa de Live-in Caregiver, Cidadania

FORA DO CANADA Permanente Residente, Trabalhador Capacitado, Negócios, Classe Familiar, Contrato de Trabalho, Visto de Estudante, Refúgio


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

9  |

Cotidiano | Everyday life por Stéphanie Pires  stephanie_gpires@yahoo.com.br

Felicidade fingida não dura

N

ão chora. Vai passar. Deixa isso pra lá. Vai sair, se divertir. A fila anda. Bola pra frente. Esses são os conselhos de mestre, que todo mundo já ouviu e já falou um dia. Porque a tristeza é quase um tabu. Algo a ser evitado a qualquer custo, maquiado com sorrisos, enterrado com remédios, tratado com chocolates e/ou psicólogos. Dizemos “esquece isso, enxuga as lágrimas”, pois ninguém gosta de ver o outro, querido, sofrendo. Lamentando-se com os “e se” da vida, construindo sua infelicidade na exata proporção em que o examante declara alegria no Facebook, olhando pela janela o emprego perdido, relembrando um tropeço extremo, a morte de alguns sonhos. A regra nessas horas parece ser a de se distrair ao máximo. Forçar-se a

encenar alto-astral até que essa mentira se torne verdade. Beijar mil bocas, beber mil cervejas, ir a mil churrascos, ver mil comédias já que o constante movimento e barulho não abre brechas para suspiros deprimentes, impede que seu raciocínio vagueie pelos setores da insatisfação. Mente ociosa é tentação para o diabo, certo? Enquanto a agitação te força a viver no agora.

O mundo esqueceu que, às vezes, a melhor solução para a tristeza é justamente chorar Mas ninguém consegue manter o barulho para sempre. As luzes da boate se apagam, o furor enfraquece, as pessoas se dissipam cada uma para o seu canto. Uma hora,

cedo ou tarde, vem o silêncio e o peso inevitável de sentimentos que, por mais ignorados que sejam, jamais se calam completamente. O mundo esqueceu que, às vezes, a melhor solução para a tristeza é justamente chorar. Ignorar as vozes alheias para ouvir somente a si mesmo, o próprio drama espetacular, sem a necessidade de censurar no desabafo as declarações que outros não querem ou não devem escutar. Permitir-se um momento em que você pode maldizer o universo por suas piadinhas de mal gosto, xingar, espernear. Ou apenas se encolher no canto da cama, cantar alto músicas breguíssimas, devorar um pote de sorvete enquanto olha fotos antigas. Reservar uma tarde da vida para sentir a tristeza em toda sua intensidade,

lágrimas rolando soltas pelo rosto, admitindo para si até os motivos mesquinhos da sua infelicidade, é uma forma de exorcismo. Joga no ar em vez de empurrar para o fundo da mente as lembranças que apagam seu sorriso. O perigo de se tornar um deprimido incurável

não está no pranto, mas em achar que a tristeza nunca passará ou, pior, que ela vai desaparecer se você fingir que ela é irreal. A verdade é que existe um bom choro. Aquele que te alivia, tira o nó da garganta e, no final, te permite recolher os pedaços quebrados, sacudir a poeira e dizer chega!

Consumir a tristeza até sua exaustão te ajuda a entender que quase nenhuma dor é mortífera. E o momento em que o mar de lágrimas seca é sua hora de parar com a auto-piedade, erguer a cabeça como alguém qu e c on h e c e a própria tristeza, mas que também faz questão da felicidade. Quando isso acontece, não há mais a necessidade de forjar sorrisos e forçar como um desesperado que a fila ande. Isso acontece naturalmente, é sincero. Uma alegria que se mantém até na quietude dos finais de noite. Nordestina emigrante. Escorpiana. Graduada em Jornalismo. Pessimista, às vezes. Inconstante.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  10

Imóvel | real State por Tony silva  tony@asilva.ca

Valor líquido imobiliário A importância do valor líquido e de aumentá-lo mais rápido

U

m dos principais objetivos de adquirir sua casa própria deve ser o de maximizar seu valor líquido. O valor líquido de uma propriedade é simplesmente a diferença entre o valor atual e o total de todas as obrigações hipotecárias. Por exemplo, se você tem uma casa avaliada em $375.000,00 dólares (com base em uma avaliação ou uma análise comparativa do mercado) e um saldo de hipoteca de $ 175.000, você tem $200.000 (375.000 $ $ 175.000) em valor líquido em sua casa. Contanto que o mercado permaneça estável, isto é como dinheiro no banco. Ao mesmo tempo que o valor da sua casa aumenta e os pagamentos de sua hipoteca reduz a sua dívida, o valor líquido aumenta. Por que é importante? Simplificando, a valorização do capital em uma casa é um dos caminhos mais fáceis e mais bem sucedidos de riqueza que está disponível para você. Em grande medida, você quase nem se dá conta mas, ao fazer o pagamento da hipoteca, a dívida é reduzida. O valor da casa, a média de tempo, está

aumentando. Como resultado, seu cestinho de ovos (nest egg) vai crescendo. Quanto mais rápido você se encontrar em posse de 100% de sua propriedade, menos estresse financeiro você terá e mais verdadeira será sua riqueza.

abater na dívida principal) tem um duplo efeito no valor líquido. Primeiro, cada dólar que você contribui reduz a dívida pelo mesmo montante. Uma dívida menor significa menos

Como obter um valor líquido mais rápido e maior? Há uma série de maneiras para construir o valor líquido de casa mais rapidamente, alguns mais fáceis do que outros, mas todos eficazes. Aqui estão algumas sugestões: ӹӹ Aumentar o pagamento inicial (downpayment) A maneira mais óbvia de obter um valor líquido adicional maior é na primeira oportunidade, pagando uma entrada maior no momento da compra. Esse dinheiro extra é imediatamente “depositado” na casa, sendo muito menos tentador gastar. ӹӹ Pagamentos adicionais a abater da dívida principal. Fazer pagamentos extras (ou apenas adicionando dinheiro ao seu pagamento mensal designado para

juros a pagar, o que significa que cada mês mais do seu pagamento vai para o principal e menos vai para juros. ӹӹ Hipoteca de mais curto prazo. As menores taxas de juros de hipotecas que temos visto recentemente são atribuídas a prazos mais curtos. Para muitos compradores significa que eles são capazes de inicialmente obter uma hipoteca com uma duração mais curta ou, se o estão atualmente em uma hipoteca a longo

prazo (como 30 anos) podem requerer um refinanciamento e mudar para uma a curto prazo. Prazos mais curtos de hipotecas significam que você estará pagando sua dívida principal muito mais rápido e, portanto, aumentando o valor líquido de sua propriedade mais rapidamente. ӹӹ Melhorias (home improvements). Quando você melhora a qualidade ou o tamanho de sua casa, você

também aumenta o valor e seu patrimônio. Esteja ciente, porém, que embora praticamente todos os projetos da melhoria tenham o objetivo de trazer algum retorno, alguns são muito mais vantajosas do que outros. Por exemplo, tradicionalmente a remodelação de cozinhas ou banheiros trazem um retorno maior do que a adição de amenidades de lazer, como uma piscina ou até mesmo uma hidromassagem.

Há 22 anos no Canadá, o carioca Antonio (Tony) Silva é Corretor Imobiliário licenciado pelo Real Estate Council of Ontario (RECO) e membro do Toronto Real Estate Board (TREB), Ontario Real Estate Association (OREA) e Canadian Real Estate Association (CREA). Tony trabalha como representante de vendas da Re/ Max 2000 Realty Inc., Brokerage. Contato: (416)656-3500 ou (647)409-6624.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

11  |

comunidade | community POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

Para você, Marcelo Neves Amigos enviam mensagem em homenagem ao cantor, que faz seu último show em Toronto

N

o próximo dia 26 de novembro, Marcelo Neves fará sua última apresentação no Canadá, no Ukrainian Hall. Acompanhado por sua banda, o sertanejo lançará o seu novo CD antes de ir para o Brasil em 02 de dezembro, ainda sem data marcada de retorno. Em homenagem a esse grande artista, amigos e parceiros de trabalho deixam aqui seu recado para o cantor.

“Eu sou uma Marcelete. (risos) Vou falar do Marcelo sem o chapéu, fora do palco: um ser humano fantástico que reúne várias qualidades - amigo fiel, humilde, amoroso e muito carismático. Tudo que conquistou foi por mérito próprio e muito merecedor. Esta viagem é um até breve. Estaremos aqui esperando por você. Acreditamos no seu sucesso e no seu retorno. Amamos você”, Silvinha Santos

“Eu não vou pensar que ele vai embora, vou apenas pensar que ele vai de férias e vai regressar muito em breve para compartilhar o talento dele com as comunidades brasileira e portuguesa que o acarinhou. Ele é um grande amigo, talento e tive um imenso prazer

trabalhar com um artista que gosta daquilo que faz. Vou ficar com muitas saudades enquanto não voltar!”, Hernani Raposo

“Neste momento palavras perdem o sentido diante das lágrimas contidas na saudades que irei sentir, mas sorriso é o que te demonstrarei neste instante por ser o motivo deste até logo a volta ao seu aconchego. Aproveite esta oportunidade que a vida está te oferecendo. Ficarei aqui torcendo pelo seu sucesso e breve retorno. Boa sorte, anjo, e que Deus seja seu companheiro constante”, Angela Mesquita

“Desejo uma boa viagem e toda sorte ao Marcelo, foi um prazer a trabalhar com ele. Ele é como minha família, foram sete anos fantásticos gravando com ele. Muita alegrias, aprendemos muito juntos e a música sertaneja brasileira foi introduzida com uma voz muito bonita”, John Ferreira

“Falar de uma pessoa tão especial, de um ser humano tão evoluído, é falar do Marcelo. Desde que comecei a acompanhar sua carreira, também tive o prazer

de conhecer a pessoa de coração enorme, bondade única, que realmente marca as nossas vidas. Você irá fazer muita falta, mas saiba que estaremos na torcida pelo seu sucesso seja onde for, porque uma estrela como você nunca deixa de brilhar. Que deus te ilumine mais ainda. Volta logo!”, Irvana Mazza

“Marcelo é meu melhor amigo aqui no Canadá. Durante sete anos sempre estivemos próximos e o considero amigo, filho, uma pessoa muito especial! Esteve ao meu lado em tempos difíceis para mim e

demos risadas juntos por amarmos a vida e não enxergarmos obstáculos. Não o conheci por acaso e não é por acaso que nos deixará saudades. Querido, ficaremos felizes com sua felicidade, estará sempre em nossos corações, te amamos!", Dolores e Yvon

“Sua caminhada entre nós foi repleta de experiências muito boas! Você fez amigos, realizou sonhos e aprendeu a reconhecer os reais valores da vida em cada dificuldade. Você é especial e saiba que o seu jeito simples de distribuir alegria e esperança continuará

a marcar corações através de sua música.Sua presença entre nós foi muito marcante. Que Deus te acompanhe hoje e sempre! Me sinto privilegiada em poder chamá-lo de meu amigo!”, Lina Melo

“Você é um ser iluminado que foi capaz de aquecer o nosso coração nesta terra tão fria e distante da nossa. Você marcou nossas vidas com sua música e seu carisma e vai deixar muitas saudades! Vai deixar um pouquinho de você e vai levar um pouco de cada um de nós! Que Nossa Senhora Aparecida

lhe acompanhe nessa sua nova jornada, meu amigo”, Carlos Dornelas

“Conheci o Marcelo no Yummy Yummy, bar dos tios dele. Um dia ouvi ele cantando com o tio e fiquei assustado com o poder da voz dos dois! Foi uma honra poder tocar e gravar com ele e tenho certeza que se ele colocar o trabalho na mão da pessoa certa lá em SP, ele não volta mais pro Canadá! Tenho orgulho de dizer que acima de tudo o considero um grande amigo. Muita luz, sorte, e som bom!”, Alan Hetherington

Dra. Verônica Yoshiura

DENTiSTa fORMaDa pELa UNivERSiDaDE DE SãO paULO

  odontologia geral e cosmética   implantes   clareamento de dentes   atendimento de emergência   aceitamos a maioria dos seguros dentários

cuidando da saúde de seus dentes

416 538 4828

D o v e r c o u r t F a m i ly D e n t a l

984 Bloor Street West Toronto, ON M4R 1L8 (Esquina com Dovercourt)


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  12

comunidade | community POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

O som e o gingado do Rio de Janeiro

E

las foram chegando de fininho. Aos poucos o nome Sintonia Carioca foi sendo ouvindo com mais frequência, elas estiveram no palco do Brazilian Day Canada deste ano e agora um CD à vista. Carla Dias e Jô Lutério, as cariocas por trás do nome da banda, fazem um show na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro, às 21h, no Lula Lounge, com toda renda destinada para gravação do primeiro trabalho da dupla. “O show terá uma pouco mais de 1h e no repertório músicas novas, tanto autorais quanto covers. Será muito especial, com a apresentação do Maracatu Baque de Bamba e algumas participações mais do que especiais, mas é surpresa! (risos) Esperamos todos lá para conferir!”, convidam as duas, que tocam desde samba até reggae. Amigas desde os 13 anos

de idade, Carla e Jô se uniram em torno de uma paixão em comum, a música. Mas foram as diferentes características que fizeram a parceria dar certo. “O timbre de voz, a maneira de se apresentar no palco, são diferentes. A minha voz é mais grave e a dela mais

O timbre de voz, a maneira de se apresentar no palco, são diferentes. A minha voz é mais grave e a dela mais aguda. Eu sou tímida, ela nem tanto... E esses fatores fazem com que a gente se complete aguda. Eu sou tímida, ela nem tanto... E esses fatores fazem com que a gente se complete”, revela Jô, que é a responsável pela composição das músicas da banda. E onde Toronto entra nisso tudo? Numa festa para

recepcionar a Carla no Rio de Janeiro – ela estava voltando do Canadá –, as duas se apresentaram juntas e perceberam que davam certo. Além disso, a cidade foi o local escolhido para o primeiro CD da dupla. “Como eu comecei minha carreira aqui, já tinha alguns contatos e queria que a Jô tivesse a mesma experiência. Viemos também para gravar o primeiro CD do Sintonia Carioca”, explica Carla, que é formada em Biologia. E elas caíram nas graças do público em Toronto. Por vezes acompanhadas pela percussionista Mari Palhares, em shows menores, ou por músicos contratados, o Sintonia Carioca se sente à vontade seja em solo brasileiro, ou canadense. “É interessante a reação dos estrangeiros. Eles gostam bastante! Também tocamos para muitos brasileiros aqui. A única diferença que sentimos é

Foto: DIvulgação/Sintonia Carioca

Sintonia Carioca faz show em Toronto em busca da gravação do primeiro CD

“A música é o nosso prazer, nossa amizade, nossa união”, definem Jô Lutério e Carla Dias

que no RJ o público já está acostumado com a gente e se solta mais. Aqui ainda estamos conquistando nosso espaço”, afirma Jô, que é estudante de Produção Fonográfica. “Estar no palco é muito

bom. Ainda mais cantar músicas próprias e sentir que a galera está curtindo. Inexplicável”, contam. Depois da gravação do CD, o plano das duas é voltar para o Rio de Janeiro para divulgar o material. Quem quiser

conferir o som do Sintonia Carioca, o Lula Lounge fica na 1585 Dundas St West. O ingresso custa $10 e pode ser adquirido na porta do evento ou antecipadamente no Brasil Remittance ou no site www.ticketweb.ca.

LEARN ENGLISH aT

NiGhT School

Melhore seu Inglês! Melhore sua vida! ƒ GeNeral eNGliSh ƒ power Speaking & listening

ƒ ToeFl preparation ƒ advanced english for Success

ƒ Business english ƒ ielTS preparation

Melhor preço da cidade !!!

$300/4 semanas

e por e s e l u c Matri nas e ganh a 8 sem e GRAÇA!! d 2

Aulas regulares: Segunda-Quinta 14:00 -16:00 ou 16:00 -18:00 ou 18:30 -20:30

416 935.0011

www.ilacnightschool.com 771 YoNGe ST. (YoNGe & Bloor)

e-Mail:

nightschool@ilac.com


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

13  |

s Visite -no


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  14

Foto: José Paulo Cardeal/TV Globo

especial | special POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

Sim, é possível parar de fumar Dr. Drauzio Varella, do “Fantástico”, ajuda fumantes a vencer a batalha contra o cigarro

C

igarro parece coisa do passado, mas ainda é uma realidade. No mundo inteiro restrigem-se as propagandas, proíbe-se o fumo em local fechado, mas lá estão os fumantes. Cientes de todo o mal para si, como ataque cardíaco, câncer e doenças respiratórios, e para as pessoas que o cercam (fumo passivos), muitas vezes se sentem impotentes diante do vício, que parece nunca acabar. Porém largar o cigarro é possível. E uma vida melhor o espera. “Parar de fumar é realmente difícil, traz uma sensação ruim, porque você fica ansioso. Fica faltando alguma coisa na sua vida e não é psicológico. É algo que você precisa fazer naquele momento e não pode. É muito ruim nos primeiros

dias, mas é suportável. Se você estiver realmente decidido, consegue ficar sem”, afirma o Dr. Drauzio Varella, responsável pela série Brasil Sem Cigarro no “Fantástico”.

O cigarro é a droga que mais vicia, porque provoca a síndrome de abstinência em minutos. Nenhuma outra droga faz isso. O usuário de cocaína fuma e cheira e depois ele é capaz de passar um dia, uma semana sem usar a droga Em entrevista ao Brasil News, Varella diz entender o desafio que é deixar o cigarro, já que é ex-fumante há mais de 20 anos. “A

pessoa tem que estar decidida. Tem que tentar, ter força de vontade, mesmo que não vá conseguir na primeira tentativa. Marcar uma data também é fundamental. As pesquisas mostram que se não marcar uma data, ninguém consegue parar de fumar. Você vai adiando e não para. Tem que marcar data e tomar coragem de cumpri-la”, aconselha. Ele mesmo não esquece o dia em que parou de fumar: foi num 15 de novembro.

Droga que mais vicia

Segundo Varella, o cigarro é a droga que mais vicia, porque provoca a síndrome de abstinência em minutos. “Nenhuma outra droga faz isso. O usuário de cocaína fuma e cheira e depois ele

é capaz de passar um dia, uma semana sem usar a droga, para só então usá-la novamente. O crackeiro a mesma coisa. Se você tira o crackeiro do lugar e leva para outro, ele fica nervoso, agitado, mas aguenta horas e horas sem a droga. O fumante não”, afirma o médico. Segundo relatório do INCA de 2008, o Brasil tem 25 milhões de fumantes entre a população com mais de 15 anos. Como médico, é uma satisfação para Varella ajudar milhões de pessoas, Brasil a fora, a reduzir as estatísticas e ter uma vida saudável.

Personagens

Através do site do programa, Varella escolheu três fumantes para acompanhar o dia a dia no processo de

Dr. Drauzio Varella está engajado em ajudar fumantes a largar o vício largar o cigarro e mostrar os desafios e como superálos. Conheça os personagens que você acompanha na televisão. Depois que ver que sua esposa conseguiu largar o vício, e de notar problemas na própria saúde, Carlos Cesar, de 50 anos, espera que, com ajuda, consiga

vencer o tabagismo. Ele é supervisor em uma oficina mecânica e fuma dois maços de cigarro por dia há mais de 30 anos. Tabagista há 30 anos, Cristiane Góes, 43 anos, fuma quase dois maços por dia e teve questões sérias com sua saúde por conta do vício: a voz apresenta


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

15  |

Dicas do Dr. Drauzio para amenizar as crises de abstinência do cigarro Tenha sempre água ao seu alcance da mão  Espalhe garrafas de água pela casa inteira e no local de trabalho. Todos concordam que beber água ajuda a vencer a abstinência. Cada vez que tiver vontade de fumar, tome alguns goles de água. uma grande rouquidão e seus dentes tiveram diversos problemas. Mesmo com os inúmeros pedidos de seus dois filhos, ainda não conseguiu vencer o cigarro. A funcionária pública está

Camila Cidade, com 29 anos de idade, [...] não concebe a ideia de fazer a tão sonhada viagem de lua de mel com seu noivo pela ansiedade de ter que ficar muitas horas em um avião sem poder fumar confiante de que a série a ajude nessa batalha. A mais nova dos três selecionados é Camila Cidade, com 29 anos de idade. Por fumar quase três maços diários, ela apresenta sintomas

de tabagistas mais velhos. Seu hobby é cantar e, com o fumo constante, sua voz já não atinge as mesmas notas de antigamente. Psicóloga de formação, Camila não concebe a ideia de fazer a tão sonhada viagem de lua de mel com seu noivo pela ansiedade de ter que ficar muitas horas em um avião sem poder fumar. Ao longo da série Brasil sem cigarro, serão realizados eventos populares abertos ao público em 10 cidades do Brasil com a participação do médico. De acordo com pesquisas, o risco de doenças é diretamente proporcional à duração do tempo em que a pessoa fuma e à quantidade fumada. Então, quanto antes a pessoa parar de fumar, maiores a chances de se recuperar. Nunca é tarde, não desista.

Evite café e refrigerantes  A cafeína é um psicoestimulante que aumenta a vontade de fumar. O cigarro depois do cafezinho faz parte da rotina da maioria dos fumantes. Procure reduzir drasticamente ou eliminar as doses de café que você toma habitualmente pelo menos por algumas semanas. Os refrigerantes também contêm açúcar e ajudam a aumentar a vontade de fumar.

causada pela falta de nicotina, bebendo muito mais do que costumavam. Não faz sentido trocar uma droga por outra. Mude seu comportamento de rotina  O uso de qualquer droga está associado a determinados rituais desenvolvidos ao longo de anos: o cigarro depois do café da manhã, depois do almoço, ao telefone, na hora de ler o jornal... Procure identificar e evitar rituais associados ao prazer de fumar. Fuja dos locais favoritos para fumar  Todo fumante prefere fumar em determinados locais. Nos dias que se seguem à decisão de parar, a permanência nesses lugares deve ser evitada ou restringida ao menor tempo possível para evitar recaídas.

Prepare alimentos pouco calóricos  Como a ansiedade, muitas vezes, é descarregada na comida, pique cenoura, pepino, salsão, nabo, couve-flor, tomate e outros alimentos calóricos, mergulhe-os em recipientes contendo água com sal e deixe-os a seu alcance para descarregar neles a voracidade compensatória da ausência do fumo. Evite a qualquer preço os chocolates e doces. O exagero fará você engordar e voltar para o cigarro com o intuito de emagrecer.

Evite a falta de atividade  Ficar parado com o olhar na direção do teto em nada ajudará. Nos primeiros dias, procure marcar vários compromissos para se distrair da falta do cigarro. Vá ao cinema, ao teatro, a museus. Procure manter-se ocupado em locais onde seja proibido fumar.

Cuidado com as bebidas alcoólicas  A ingestão de álcool facilita a excreção de nicotina, fenômeno associado ao aumento do consumo de tabaco. Por esse mecanismo, cria-se quase um automatismo para que um cigarro seja aceso assim que se toma o primeiro drinque. Alguns fumantes descarregam no álcool a ansiedade

Abandone a vida sedentária  Praticar atividade física talvez seja a medida mais importante de todas. Ninguém sente vontade de fumar enquanto corre, nada ou anda de bicicleta. Exercícios extenuantes são contraindicados, a menos que você esteja previamente habituado(a) a eles, porque os anos de cigarro podem ter comprometido suas condições cardiorrespiratórias.

FRANK PENNER Corretor/Broker 647-221-2755

Um corretor brasileiro, honesto e competente

de 22 anos c n ia e experiê de a id r integ

Garden City Realty Inc., Brokerage 416 828-5990

LiNdo apartameNto

Não perca!!

completamente renovado. Um dos maiores apt. de 2+1 quartos no prédio. Cozinha nova com balcão de granito e piso de mármore, eletro-domésticos novos. Sala e copa e todos quartos com piso novo. Quarto do casal com suite. Sun-room, lavanderia, estacionamento interno, segurança 24 hrs, piscina, quadra de tênis, salão de festas, lavacarro interno e muito mais.

$151,500.00 Apartamento muito bonito, espaçoso com 1 quarto + den. Lavanderia, estacionamento interno, segurança 24 hrs, piscina, quadra de tênis, salão de festas, lava-carro interno e muito mais.

Pensando em vender seu imóvel?

Pensando em comprar?

Ligue para o corretor que entende. Ofereço avaliação grátis de seu imóvel e aconselhamento profissional para venda rápida e melhor preço.

Confie no corretor com 22 anos de experiência. Ligue para saber suas opções.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  16

destaques | highlights

Fotos: carolina Ladeira

POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

20/11 Santa Claus Parade A temporada natalina está oficialmente aberta com a 107ª edição da Santa Claus Parade em Toronto. Partindo de Christie Pits, o desfile de bonecos e carros alegóricos ao som de bandas escolares cortou a cidade até terminar no St Lawrence Market. Milhares de pessoas enfrentaram o frio que fazia para que as crianças, enfim, ouvissem o "Feliz Natal" do Papai Noel.

Dr. Jose Olavo Queiroz & Associados Odontologia Geral, Cosmética e Implantes

 Horário flexível - atendemos aos sábados e no final da tarde  Aceitamos a maioria dos seguros odontológicos

416 538 8338

 Facilidade de acesso  Variedade de serviços  Aceitamos novos pacientes

É LAVO E DR. O LA PUC D E P M O O O AD TUA C TO FORM A E S RON PINA CAM STA EM TO I T DENS ESDE 1995 D

1304 Dundas St. West, Toronto, ON info@dentalcareondundas.com


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

17  |

meu negócio | my business POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

Remessas de dinheiro totalmente online

P

erto de completar 10 anos de existência, o Star Remittance, empresa em Toronto de remessas de dinheiro para o Brasil, está preparando uma novidade. “O novo sistema de envio de valores totalmente online será fantástico. É só vantagem para os clientes: de onde a pessoa estiver, em um clique poderá mandar dinheiro para o Brasil”, adianta Rogério Pereira, proprietário do estabelecimento. “Sem precisar vir à loja, nem ligar. Apenas é necessário ser cadastrado, o que também pode ser feito pelo website”, completa. O novo sistema de remessas online para o Brasil será lançado em breve e todos os clientes já cadastrados estarão automaticamente aptos a utilizá-lo. Os envios serão efetuados com cartão de débito e os detalhes serão explicados pela companhia a partir do momento em que o software passar a funcionar. A ideia de implantar esse sistema surgiu de modo a facilitar a vida das pessoas e viabilizar o uso por

moradores de outras cidades e províncias. Atualmente, para realizar remessas de valores é necessário ir ao Star Remittance, se cadastrar e, mediante a apresentação de identidade e pagamento de uma taxa de C$10, é efetuado o envio para o Brasil. São abertas algumas exceções para envios por telefone, quando a pessoa já é cadastrada

Com o atual fuso horário de 3h de diferença, se for até meio-dia, o dinheiro chega [no Brasil] no mesmo dia, em questão de minutos

e deixou algum saldo anteriormente porque não tinha certeza da data que precisaria enviar ou para esperar um melhor câmbio. É importante observar o câmbio cobrado pelo estabelecimento no dia do envio, o que determinará a quantia

em reais. “Com o atual fuso horário de 3h de diferença, se for até meio-dia, o dinheiro chega no mesmo dia, em questão de minutos”, explica Rogério. Quando o valor enviado é acima de US$3 mil, Rogério destaca há mais burocracia, por exigência do Banco Central do Brasil, e é preciso que o beneficiário no Brasil apresente documento de identidade e assine uma procuração ao Banco Rendimento, que é o banco brasileiro responsável pelo recebimento. “No início os clientes não entendiam, mas agora já se acostumaram,” conta.

Remessas Brasil-Canadá

O Star Remittance também recebe remessas vindas do Brasil. No valor de até US$3mil, a pessoa pode retirar no local e, no caso de uma quantia maior, será depositada diretamente na conta bancária da pessoa no Canadá. As informações de taxas e câmbio devem ser obtidas com o Banco

Foto: carolina ladeira

Star Remittance lança em breve website próprio e com envio online de dinheiro para o Brasil

Rogério Pereira, ao fundo, com Roberto Pereira e Ana Claudia Teixeira, da equipe do Star Remittance Rendimento, que é o responsável pelo envio. A troca de cheques é outro serviço com grande procura. A uma taxa de 2% do valor do cheque, a pessoa pode ter o dinheiro na hora, sem precisar esperar os cinco dias úteis que os bancos demoram para disponibilizar o dinheiro na conta bancária. O estabelecimento também faz envio e recebimento de fax, venda de cartões telefônicos e auxílio em serviços consulares, como renovação de

passaportes. O Star Remittance localiza-se ao lado do restaurante Brazilian Star e não é por acaso. Rogério e sua esposa, Márcia Neves, já possuíam o restaurante quando ela pensou em abrir um novo negócio. “As pessoas iam trocar cheques no Brazilian Star e, com o aumento da demanda, vimos essa oportunidade”, conta o mineiro. E os dois negócios sempre funcionaram juntos: os clientes de um, se tornaram do outro,

Carlos Dornelas Sales Representative

885 Don Mills Road, Suite 110 Toronto, ON M3C 1V9

Mobile: (647) 96-HOUSE (46873) Office: (416) 479-3891 e-mail: carlos@carlosdornelas.com www.carlosdornelas.com

Compre ou venda seu imóvel com quem fala a sua língua!

A maior variedade de produtos brasileiros Tel: (416) 588-1208

1473 Dundas St. West (@Dufferin St.)

* CDs, DVDs e Livros * Aluguel de novelas, Fantástico, filmes e shows * Biquinis e sandálias Havaianas * Cosméticos e perfumes Boticário e Natura * Produtos Alimentícios e muito mais... * Temos produtos da Avon - Canada

Venha r conferi s a s nos ofertas

e muitos procuram Rogério no restaurante quando o horário de expediente na agência já acabou. “É um trabalho quase 24h”, brinca ele. “Mas o que fazemos é trabalhar sério e as pessoas confiam, pois é um tipo de negócio que precisa ter credibilidade.” O Star Remittance fica na 1240 Dundas St. West, tel: (416) 537 -1305, e funciona das 9h às 19h de segunda a quinta-feira, das 9h às 20h na sexta-feira e aos sábados das 9h às 17h.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  18

crônica | chronicle por rodolfo torres  rodolfo.brasilia@gmail.com

Scorsese apresenta Harrison

O

diretor de cinema americano Martin Scorsese lançou recentemente o documentário “George Harrison - Living in the Material World”, no qual mostra a trajetória do guitarrista solo dos Beatles, o caçula do quarteto, o integrante “quieto” da banda mais importante da história. Pelo que li, são quatro horas de filme dedicadas ao gênio morto em 2001, vítima de um câncer. Como estamos falando de documentário, a receita é mais ou menos conhecida: depoimentos de amigos e familiares, recortes de jornal, imagens de arquivos, fotos e outros apetrechos de família, etc. Inclusive, foi a esposa de Harrison, Olivia, quem procurou o diretor para que ele fizesse o registro. Cheguei a ver trechos na internet. Tudo na maior competência técnica. Aliás, Scorsese é um diretor

de cinema CDF. Faz tudo certinho, irritantemente certo. Talvez por isso prefira os caras mais caóticos. Mas esse é um assunto para outra coluna. Desta vez vamos falar do filme sobre o George.

Cheguei a ver trechos na internet. Tudo na maior competência técnica. Aliás, Scorsese é um diretor de cinema CDF. Faz tudo certinho, irritantemente certo. Talvez por isso prefira os caras mais caóticos

O filme é muito bom. Bom até demais. Dá até aquele nozinho na garganta quando temos contato com o lado Mecenas daquele homem, filho de um motorista de ônibus e de uma dona de casa.

Mas eu não sou a melhor referência para tratar desse assunto porque qualquer coisa sobre os Beatles me interessa. Qualquer coisa mesmo. Principalmente as notinhas de jornaleco feitas por um redator que não sabe quase nada do grupo. Imaginem um documentário de quatro horas feito por Martin Scorsese sobre George Harrison. Tenho uma verdadeira adoração pelo quarteto de Liverpool. Quantos e quantos momentos difíceis de minha vida foram suavizados pela música deles... Os Beatles deixaram há muito de ser uma banda e passaram a ser um ente familiar para milhões de seres humanos espalhados pelos quatro cantos. Além disso, as músicas do George são sinônimos de elegância. E de complexidade também! Mas tudo harmonizado dentro de uma canção. O Beatle

não era daquele tipo que faz firula para dizer que sabe tocar guitarra. Quer um exemplo bastante prático? A música “Something”, gravada em 1969 no álbum Abbey Road. Para Frank Sinatra, a mais bela canção de amor escrita no Século 20. Pa r a q u e m entende de música, uma combinação perfeita de notas musicais em três minutos. Para quem gosta de boa música, sugiro uma espiadela no material. De preferência, ao lado da pessoa amada, num sábado à tarde, com vinho branco e toda vontade para que o relacionamento dê certo. Vale à pena...

Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Rodolfo Torres trabalhou na revista Caros Amigos (São Paulo) e atualmente mora em

Brasília, onde atuou como consultor de uma agência da ONU e repórter – especializado em tramitação legislativa – do site Congresso em Foco.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

19  |

esporte | sports por  fernando goscinscki  fernandogoscinscki@yahoo.com

Brasil tem maior vencedor Blatter prevê renúncia de da história do Parapan cartolas por corrupção No topo, país teve um total de 197 medalhas Foto: Marcio Rodrigues / FOTOCOM.NET

C

omo no Rio-2007, o Brasil terminou o Parapan-Americano de Guadalajara no topo do quadro de medalhas. Foram 197 pódios no total (81 de ouro, 61 de prata e 55 de bronze), à frente dos 132 dos EUA (51, 47 e 34) e dos 165 dos anfitriões (50, 60 e 55). O evento do México também consagrou o nadador brasileiro Daniel Dias, 23. O atleta ganhou 11 ouros em Guadalajara, que, somados às oito medalhas douradas de 2007, o fazem o maior vencedor da história do Parapan. “Tinha expectativa em conquistar essas medalhas, mas não sabia se ia acontecer pois também dependia dos revezamentos”, disse Dias, que nasceu com má formação congênita dos membros superiores e da perna direita.

Segundo BCC, Teixeira é um dos envolvidos

Daniel Dias

Depois de Dias, o atleta com mais ouros em Guadalajara foi o também nadador André Brasil, com seis. Brasil, que teve poliomielite aos três meses e ficou com uma pequena sequela na perna esquerda, já tinha conquistado quatro ouros, uma prata e um bronze em 2007. O Brasil encerrou sua campanha no Parapan de Guadalajara com o ouro no

RMOTORS IO

futebol de 5 (para cegos) ao derrotar neste domingo a Argentina na decisão, por 1 a 0, na prorrogação. O judô (para deficientes visuais) rendeu duas medalhas no último dia de competições. Karla Ferreira conquistou o ouro na categoria até 48 kg, e Magno Marques ficou com a prata até 66 kg. Fonte: (Hector Guerrero-/ France Presse)

O

presidente da Fifa, Joseph Blatter, declarou que a investigação de casos de corrupção e a reabertura do processo envolvendo a ISL, exparceira de marketing da entidade, que envolveria Ricardo Teixeira, deverá resultar na saída de membros do Comitê Executivo da federação. “Não são tantos os envolvidos, mas parece que alguns não poderão permanecer no Comitê Executivo”, afirmou Blatter em entrevista, domingo, no diário alemão “Frankfurter Allgemeinen Zeitung”. O caso ISL foi o maior escândalo de corrupção da Fifa. O processo, encerrado em 2010 sob sigilo da Justiça suíça, concluiu que foram pagos US$ 100 milhões em propina a dirigentes nos anos 90. Os nomes dos acusados

nunca foram divulgados. Segundo a rede BBC, entre os cartolas envolvidos está Ricardo Teixeira, presidente do CBF e do COL (Comitê Organizador Local da Copa-2014). Blatter já prometeu reabrir o caso em dezembro, quando acontecerá uma reunião do Conselho Executivo da Fifa. “Posso apenas dizer que não há nenhum suíço na lista de pessoas que aceitaram pagamentos em dinheiro”.

O presidente da Fifa ainda atribuiu ao Comitê Executivo a responsabilidade pelos casos de corrupção na Fifa. “A unidade de liderança é o Comitê Executivo, que não é nomeado pelo presidente. Compartilho a liderança com pessoas de diferentes culturas. (...) Eu não as escolhi. Não posso ser responsabilizado pelos atos delas. Sou o rosto da entidade, mas não sou um ditador”, afirmou.

Ricardo Teixeira

LIZANDRO O SEU MECÂNICO BRASILEIRO Agora em novo endereço:

2381 St Clair Avenue West - Toronto

416 535-7375


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  20

psicologia | psychology por everalda sidaravicius  e.sidaravicius@gmail.com

Meditação e cura Estudos científicos comprovam os benefícios da prática diária de meditação

N

ossa vida é permeada por altos e baixos. O excesso de preocupação com o trabalho, com a família, os afazeres domésticos, tudo isso cria um ritmo mental acelerado provocando uma constante tensão física e emocional. O resultado disso é que a saúde física e mental vai se debilitando, aparecendo dores musculares, insônia, irritação, negativismo, entre outros. A meditação é uma das técnicas mais simples de autocura, equilibra quase que imediatamente a ansiedade, que é a vilã de toda história de irritação, nervosismo e stress. A meditação faz com que o cérebro trabalhe com ondas elétricas muito sutis, que são chamadas ondas ALFA. Existem quatro tipos diferentes de estados de ondas

cerebrais que experimentamos ao longo da vida. A primeira: ondas BETAS, são aquelas que nos fazem ficar com olhos abertos, acordados, ligados, neste estado a mente torna-se acelerada e assim nos tornamos estressados, seus picos variam de 13 a 30 HZ.

Quando olhamos para dentro de nós através da meditação, percebemos que a vida não é o barulho que escutamos lá fora Segunda: ondas ALFA, que nos permitem desacelerar a mente, e mesmo de olhos abertos permanecemos tranquilos e serenos,

seus picos variam de 8 à 13 HZ. Terceira: ondas TETA, que nos fazem ficar sonolentos e nela até podemos curtir um sono leve, seu ritmo de 5 à 7 HZ. Quarta: nas ondas DELTA entramos em sono profundo, é nesse estado entre 1 e 4 HZ que surgem os sonhos. Todos nós, de forma quase geral, vivemos nossa vida experienciando apenas três estados de consciência: acordados, sonolentos ou dormindo profundamente. Quando estamos acordados nossas mentes estão ocupadas em solucionar problemas, resolver conflitos, executar atividades motoras, além de sentir e expressar emoções. Já quando estamos sonolentos ou dormindo profundamente, nosso corpo e nossa mente descansam e assim se recuperam para enfrentarmos

todas as atividades do dia seguinte. Quando entramos no estado ALFA através da meditação, nossa consciência permanece alerta, como quando estamos acordados, mas em um estado único de percepção sem nada que possa interferir, percebemos apenas uma desaceleração em nossa forma de pensar e surge uma paz que não sabemos de onde vem. A meditação comprovadamente auxilia em processos de ansiedade, e conseguimos nos recuperar mais rapidamente do stress que ela causa, além de amenizar estados de depressão

moderada, raiva e hostilidade, hipertensão, irregularidades cardíacas, dor crônica, tensão pré-menstrual, menopausa, insônia e doenças relacionadas ao estresse. Já foram realizados mais de 500 estudos científicos sobre os benefícios da prática da diária de meditação e foram publicados em revistas cientificas renomadas, tais como o Scientific American Science, Hypertension and Strooke da American Heart Association entre muitos outras. Quando olhamos para dentro de nós através da meditação, percebemos que

a vida não é o barulho que escutamos lá fora. E no silêncio conseguimos encontrar nossa luz interior que com seu intenso brilho desfaz todas as sombras e todas as dúvidas, e assim permitimos que a luz flua através de nossa consciência e se reverta em cura para nossos males físicos, mentais e espirituais. Um forte abraço com muita luz e paz. Everalda Sidaravicius é psicoterapeuta humanista. Seu escritório fica na 489 College Street, sala 201. O telefone é (416) 929-1816 x329

Pensou em remessa de dinheiro? Pensou Star Remittance!  Remessas de dinheiro para o Brasil e do Brasil para o Canada  Cartões telefônicos e serviços de Fax  Melhores cotações na compra e venda de Dólares e Euros

1240 DUNDAS ST. W. | 416 537-1305 FAX: 416 537-2391

Venha saborear o melhor da comida brasileira no Canada!

• Picanha na Chapa ou no espeto • Peito ao Catupiry • Virado à Paulista • Frango com Quiabo • Peito à Parmegiana • Bife à moda da Casa SEMPRE TEMOS PRATOS ESPECIAIS DURANTE A SEMANA!

Estamos fechados às segundas. Ás terças abrimos a partir do meio dia. Aos domingos temos música ao vivo com Carlinhos a partir das 19hs

1242 DUNDAS ST. W. 416 588-2967


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

21  |

saúde | health por Dr. olavo queiroz  info@lawrenceparkdental.com

A relação entre ronco, apneia e odontologia O ronco é um problema social sério, atingindo cerca de 30% da população

A

apneia do sono é a obstrução das vias aéreas por alguns momentos durante a noite, pela aproximação dos tecidos da garganta, fechando a passagem do ar e impedindo a respiração por alguns segundos, várias vezes por noite. Já o ronco é a vibração dos tecidos da garganta quando o ar passa. Esses problemas são frequentes no homem a partir dos 30 anos e nas mulheres a partir da menopausa. Recentemente, o tratamento desses problemas através de aparelhos orais tem ganhado importância, pela facilidade de adaptação e eficácia dos aparelhos. Os principais sintomas da apneia do sono são o ronco e a sonolência diurna excessiva. O ronco é também um fator de desagregação familiar, muitas vezes levando a pessoa que ronca a dormir em quarto separado, bem como torna a pessoa motivo de piadas entre companheiros de trabalho, de pescarias ou

acampamentos, ou quando tem que dividir quarto de hotel etc. Para que seja possível determinar a presença e a severidade da apneia do sono, o paciente deve ser submetido a uma avaliação polissonográfica (exa-

Para que seja possível determinar a presença e a severidade da apneia do sono, o paciente deve ser submetido a um [...] exame em que o paciente dorme uma noite em um laboratório de sono e é então avaliado em tudo o que acontece com ele durante a noite me em que o paciente dorme uma noite em um laboratório de sono e é então avaliado em tudo o que acontece com ele durante a noite). É através desse exame que se pode medir se o

paciente tem uma apneia leve, moderada ou grave, também pode verificar se existem outros distúrbios do sono que têm sintomas parecidos com a apneia, mas tratamentos diferentes. Para que se possa avaliar os resultados do tratamento, faz-se uma antes e uma depois para comparar os resultados. Os aparelhos orais são placas presas aos dentes, que se articulam entre si avançando a mandíbula e com isso afastam os tecidos da garganta, evitando o ronco e a apneia do sono. De fácil adaptação, são indicados nos casos de ronco primário (sem apneia) e nas apneias obstrutivas leves e moderadas. Tem sido a alternativa mais conservadora no tratamento do ronco e da apneia do sono. São adaptados por dentistas com conhecimento e treinamento específicos. Importante dizer que o uso do aparelho não cura, ou seja, o aparelho não produz nenhuma mudança física no paciente,

resolvendo o problema apenas enquanto estiver sendo usado. É mais ou menos como os óculos, que corrigem a visão mas não modificam o olho.

Dr. Olavo Queiroz é formado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e atua como dentista em Toronto desde 1995. Atende em dois endereços: 20 York Mills

Rd (estação York Mills do metrô) e 1304 Dundas St. West. Dúvidas ou comentários, envie e-mail para info@dentalcareondundas.com ou endereço no topo da coluna.


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  22

Caderno 2 | entertainment por Cristiano de Oliveira  bonitaodocaderno2@gmail.com

O sistemático em Praga, parte 3 Conheça a cidade com o turista mais fechado da praça

S

audações, violeiros. E esta é a minha coluna de número 180 no Brasil News. Ele não para! Ele não sossega! Ele é insaciável! São sete anos de Caderno 2, meus amigos. Comecei na flor da idade, e hoje, apesar de já estar no cacto da idade, eu continuo mandando ver. Quando chegar à 200, vou juntar tudo e fazer um livro altamente mais ou menos. Bom, meu eterno agradecimento a você e aos demais seis leitores que continuam lendo isso aqui (eram sete, mas como eu já disse, mãe abandonou). Obrigado com força pela preferência de sintonia. Bom, voltando ao assunto que eu venho arrastando espertamente pelas últimas colunas pra poder render bem, lá estava eu, perdido em Praga, na República Tcheca. Perdido mesmo, pois tinha acabado de trocar

meu telefone pra Koodo, e só quando viajei é que descobri que Koodo não funciona fora do Canadá, a não ser que você habilite um esquema lá que eu não sabia. Com isso, meu telefone novo com GPS, bússola, caçador de loja de chocolate, rastreador de cerveja, guia turístico... só serviu pra marcar hora.

Eu, como grande atirador de espingarda de chumbinho em goiaba, tive que experimentar. Muito legal, mas fiquei com pena dos soldados daquela época. Deviam dar um tiro e morrer Tudo era mais complicado. Resolvi entrar no supermercado pra comprar água, pois cada garrafinha no frigobar do hotel era o preço

de uma cerveja na rua. Mas como eu já disse, em Tcheco não dá pra entender nem se o cara disser "Romário". E como é que eu vou saber qual água é com gás e sem gás? Uma é "cistou vodou", a outra é "perlivá voda". Passei duas horas sacudindo as garrafas pra ver qual que dava bolha, e ainda consegui levar a errada. Um momento divertido foi a visita ao castelo de Praga, considerado o maior do mundo, com 570 metros de extensão, e que abrigou desde os reis da Boêmia até o atual presidente da República Tcheca. É visita para o dia inteiro, e tem de tudo: troca de guarda, calabouço, exposição de armaduras, e até um lugar onde você pode atirar com uma balestra (ou besta, como queira) antiga. Eu, como grande atirador de espingarda de chumbinho em goiaba, tive que experimen-

tar. Muito legal, mas fiquei com pena dos soldados daquela época. Deviam dar um tiro e morrer, porque até armar de novo aquela porcaria, o inimigo tinha tempo de matálo até com uma escova de cabelo. Ah, mas nem tudo é bonito. Na praça principal do centro histórico, onde se vende muito presunto na grelha e pão doce no torno (o trdelnik), pessoas fuçam as lixeiras procurando comida, e a cena é triste. Enquanto a turistada paga preços exorbitantes por alguns pedaços de presunto, um cara revira a lixeira ao lado da barraquinha. Dá até vergonha de estar ali, na vida boa.

Pois muito bem. Acho que na próxima edição poderemos encerrar a história, e na seguinte passaremos ao meu guia pessoal de cervejas alemãs e tchecas, pra você parar com essa tristeza de ficar comprando Molson Canadian no LCBO e espantando suas visitas. Calma que o tio vai dar dica boa. Adeus, cinco letras que choram. Cristiano de Oliveira é mineiro de Belo Horizonte, atleticano de passar mal do coração, formado em Ciência da Computação no Brasil e pós-graduado em

Sapecando flecha de balestra Marketing Management no Canadá. Começou escrevendo sobre música no Brasil News em 2004, mas agora já descambou.

Receitas | recipes por Pâmela Brandão  www.pamelabrandao.com

04/12

Lançamento clipe D-Snow

Filé de Peixe ao Vinho

Com Djs Zico, Vince e Douggy » The Mod Club Theatre – 722 College St

07/12

Café com Letras com Valeria Sales » 5ª edição terá tema “Português como língua de herança” » Cajú 922 Queen St. West » $15 café buffet » 9h30 » Confirmar presença até 05/12 através de cafecomletrastoronto@gmail. com

23/11

Forró Nite Despedida de Aline Morales e Maninho Costa » Último show de 2011 » The Garrison 1197 Dundas St. West » 22h

Ingredientes:

Modo de preparo: 1kg de filé de peixe de pescada (ou de sua preferência) Tempere os filés com sal e limão. Deixe descansar um pouco no tempero. Depois passe os filés na farinha de Farinha de trigo para empanar trigo e acomode num refratário. No preparo do molho, Para o molho: para tirar a pele do tomate, faça um corte raso em X na parte superior do tomate e coloque em uma panela 1 cebola pequena picada com água fervente por 20 segundos, escorra e coloque 2 colheres(sopa) de manteiga numa vasilha com água e gelo (choque térmico), a 200g de camarão limpos e picados pele sairá com facilidade. Em uma panela, aqueça a 1/2 xícara cheia de champignons fatiados manteiga com um fio de azeite, doure a cebola, adicione 2 tomates maduros sem a pele picados os champignons, o vinho, os tomates, os camarões, o 1 xícara de vinho branco orégano e tempere com o sal e a pimenta. Se preferir, Suco de 2 limões pode colocar meio suco de limão. Coloque a colher de 1 colher (sopa) de farinha de trigo farinha de trigo. Despeje o molho sobre os filés e leve ao 1/2 colher (sopa) de orégano forno pré-aquecido a 200°C por 15 minutos. Sal e pimenta a gosto

11 a 25/01

25/11

Chin Portuguese Winter Picnic » Catalonia Bavaro Beach

Exibição gratuita filme “O Ano que meus pais saíram de férias” » York University - Nat Taylor Cinema » Ross Building North N102 » 18h

25/11

26/11

Marcelo Neves e Eduardo Costa » Lançamento de CD e

com Baque de Bamba e Dj Jeruza Nasdaq » Lula Lounge 1585 Dundas St West » $10 » 21h

despedida Marcelo » Ukrainian Cultural Centre – 83-85 Christie St. Toronto » 21h » Ingressos Brasil Remittance, Portugal Mix e Star Remittance

25/11

04/12

Amarula Restaurant & Lounge » 1474 St. Clair Avenue West » Entrada gratuita com sugestão de $10 » 21h

Toronto Centre for the Arts 5040 Yonge St » $39, $34 e $14 » 15h, com papo às 14h15

Sintonia Carioca

Zé Fuá – Pé de Serra

Concerto para crianças Orchestra de Toronto

Golf & Casino Resort » Punta Cana, República Dominicana Informações: Acadia Travel Agency (416) 537-2643 (Bento’s Tours (416) 588-2000


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

23  |

English Corner por Brian Bowen  teacherbowen@yahoo.com

O que não dizer em inglês

L

ate one night in Malaysia, the taxi driver taking me back to my hotel used the opportunity to practice his limited English. After asking the standard questions such as “Where are you from?” and “What do you do?” he asked me, “How much money do you make?” I started to panic because I thought I was about to be robbed. I later learned that someone’s salary was an acceptable topic for small talk in Malaysia.

In Japan, I was sometimes asked how many “lovers” I’d had, but I’ve never even told my wife this In this situation, the problem wasn’t about language, but about cultural differences. However, English learners can sometimes

create a bad first impression without even knowing it by asking or saying something inappropriate. For language learners, the problem might not be how they say something, but what they say. Small talk is conversation on safe or superficial subjects, so some topics are inappropriate, rude or even offensive. Here’s a short list of what not to discuss with people you don’t know very well: Politics: I can’t tell you how many times students have asked me who I vote for, but this topic is better left for close friends. Marital status/Intimate relationships: In Japan, I was sometimes asked how many “lovers” I’d had, but I’ve never even told my wife this. Religion: When someone asks me my religion, that’s my signal to run away—I expect I’m about to be given a sermon on

the “truth.” Age: “How old are you?” may be a harmless or even necessary question in some cultures, but not here. Weight: More than once students have told me I’m “fat.” First of all, I don’t think I am, and secondly, even if I was, you can’t say that to people: It’s incredibly insulting. Criticizing app earance: When you don’t like my shoes, just follow the English proverb: “If you can’t say anything nice, don’t say anything at all.” Flattery can be dangerous too, because it may be misinterpreted as flirting. Sales: The father of one of our students tries to direct me to a website he is running

sports, news events, celebrities, origins (In Toronto, almost everyone is from somewhere else), traffic/ public transportation, and the scenery. The ability to make ‘small talk’ is a very important skill. Small talk ‘breaks the ice’ to make friends or to start business conversations. However, remember not to get too personal or be too negative.

every time he comes into the office. Needless to say, I always find an excuse to leave as soon as I see him. Death: Even at funerals, I never know how to respond to people who have lost someone close to them.

Personal finances: Like my experience with the salary question in Malaysia, as soon as people bring this up, I wonder what they want. More suitable topics for small talk are the weather (a Canadian standard),

Born and raised in Toronto, Brian Bowen has a BFA in Creative Writing from York University. He has been teaching English for almost 25 years as a high school English teacher, and as an ESL instructor at Seneca College and with the Japan YMCA. He currently owns and runs the Canadian Academic Success School, 5336 Yonge St. #201(near North York station). You can contact Brian at (416) 7688456 or visit his website at CanadianAcademicSuccess.com

Informações: 647 985-4784


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  24

UNIVERSO FREDIANO por FRED ITIOKA  oka1999@hotmail.com

Mudanças

E

sta foi a última caixa. Dentro dela um pouco de cada pedaço de mim. Inúmeras facetas de uma estória inacabada. Arrumar as gavetas sempre fez parte da minha vida. Acho que é um resquício da infância, na qual éramos errantes em busca da melhor escola. Na visão pouco ortodoxa da minha mãe educadora, as crianças não deveriam ter os mesmos coleguinhas por anos a fio. Sendo assim, ela nos trocava de colégios a cada quatro anos – o tempo de uma Olimpíada, de uma Copa do Mundo. E assim, a cada temporada nos despedíamos dos amigos com lágrimas nos olhos e o coração a tremer.

A cada quatro anos, mudei de casa. E a cada quatro anos, eu desapegava de coisas que não caberiam na nova casa, ou melhor, na minha nova etapa de vida

Na verdade, a minha irmã sofria. Eu ficava excitado com a possibilidade de um novo recomeço, de novos ares, possibilidades e uma agenda telefônica repleta de números diferentes. E enquanto minha irmã escrevia seus reclamações no diário,

minha mãe tentava nos explicar os benefícios da mudança. Ela traria maior capacidade de adaptação, de flexibilidade, de desapego. Uma maior tolerância ao novo e às diferenças. Quando saí da casa dos meus pais, minha mãe foi às lágrimas e aí foi a minha vez de explicar o lado positivo deste movimento. E desde que arrumei minha gaveta e guarda roupa, deixei para trás aquele mimo típico dos filhos caçulas para me tornar homem. Deixei um pouco da preguiça de lado e do conforto para arregaçar as mangas e enfrentar as primeiras dificuldades caseiras: a lâmpada que queima, a roupa mal lavada, a geladeira vazia e a comida pronta. A gente enfrenta tudo com alegria quando mantém o frescor da novidade. E aí o exercício para uma vida toda: conseguir enxergar as coisas mais corriqueiras de uma forma criativa, quase lúdica, mesmo quando estoura um cano. Se os constantes deslocamentos de escola me marcaram, disto não tenho dúvida: a cada quatro anos, mudei de casa. E a cada quatro anos, eu desapegava de coisas que não caberiam na nova casa, ou melhor, na minha nova etapa de vida. Muito foi encaixotado. E coloco nestes quadros,

mais do que papéis e fotos antigas. Encaixotei tristezas, frustrações, estórias mal sucedidas, amores e desamores. E mandei pra longe. Porque mudar requer esta boa vontade consigo mesmo. Este olhar generoso consigo mesmo. Mudar é permitir-se ser mudado. E esta metamorfose é o que nos torna mais reais, mais preparados para as esquinas e correntezas que nos aguardam. A última caixa foi despachada. Ela é imaginária mas com tantas realidades

Você sabia que pode acessar a versão online do Brasil News? www.brasilnews.ca

que me assustam só de pensar. Nela vai tudo que não me serve mais. Lá seguem os dissabores e os pequenos dramas.

Esta é fácil de fazer sumir. Basta um DELETE. E pronto. Estou pronto para as mudanças que 2012 trará. Frederik Itioka é jornalista,

produtor de TV e escritor. Nasceu brasileiro com ancestralidade oriental e canadense de coração. É apaixonado por cachorros, cinema, literatura japonesa, culturas exóticas e Toronto.

Dr REYHANIAN’S D en t a l

c l ini c

Precisa-se de assistente de dentista D aremos o treinamento

416 656-4222 LEIA e ASSINE um ano - (24 edições) por apenas CAN$50

Nome Endereço Cidade Província Cod. Postal E-mail

Telefone

Preencha os dados acima e remeta juntamente com cheque nominal ao BrasilNews para: 390 Burnhamthorpe Road.Toronto, ON - M9B 2A8 Canada


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

25  |

Envie seu classificado* para o Brasil News pelo e-mail brasilnews@brasilnews.ca ou fax- 416 538-9171 *O BrasilNews se reserva o direito de editar e publicar os anúncios segundo as normas da redação. Todos os anúncios estão sujeitos a aprovação. Precisa-se ff Precisa-se  de assistente com ou sem experiência para instalação de portas e janelas de alumínio. Tel: (416) 651-1432 ff Precisa-se  de condutores e ajudantes para remoção de neve. Tel: (416) 783-3500 ff Precisa-se  de carpinteiros de acabamentos com experiência. Tel: (647)884-1476 ff Precisa-se  de empregados de limpeza com experiência. Tel: (416) 939-8279 ff Precisa-se  de carpinteiro de cofragem. Tel: (416) 624-5309 ff Precisa-se  de padeiro/pasteleiro para área de Brampton. Tel: (905) 459-5641 ff Precisa-se  de carpinteiro de acabamentos com ou sem experiência. Tel: (416) 919-7538 ff Precisa-se  de ajudante para renovações. Tel: (647) 500-4383 ff Precisa-se  de carpinteiro de acabamentos com experiência. Tel: (647) 215-7727 ff Precisa-se  de carpinteiros finish com mínimo de 6 meses de experiência que seja trabalhador, caprichoso e disposto a aprender mais. Charles. Tel: (416) 825-9335 ff Precisa-se  de carpinteiro com experiência. Oscar da Silva. Tel: (416) 219-0071 ff Precisa-se  de empregados de limpeza. Tel: (416)581-8830 ff Precisa-se  de operários com experiência em renovações, demolição e carpintaria. Tel: (647) 427-4771 ff Precisa-se  de empregados de limpeza, incluindo limpeza de fogões. Tel: (416) 537-7772 ff Precisa-se  de empregados de limpeza para as áreas de Mississauga e Oakville. Paulo. Tel: (416) 880-3590

ff Precisa-se  de operários para a construção de passeios, de preferência com carro próprio. Tel: (416) 881-0571 ff Precisa-se  de empregados de limpeza, para Mississauga e Brampton. Tel: (905) 455-5414 ff Precisa-se  de empregados de limpeza, para a área de Toronto. Tel: (905) 542-3697 ff Precisa-se  de Senhoras para limpeza de lar de idosos, com conhecimento de inglês. Tel: (416) 234-5125 ff Precisa-se  de pessoa para trabalhar com drywall de casa, necessário ter experiência. Tel: (416) 830-4015. ff Precisa-se  de homem para trabalhar com drywall de casa, necessário ter experiência. Tel: (416) 830-4015. Jorge. Tel: (647) 463-2148. ff Precisa-se  de pessoa para trabalhar com Flat roof, preferencialmente com experiência. Marco. Tel: (416) 990-8554. ff Precisa-se  de motorista com Van própria para trabalhar em empresa de mudanças - Brasil Express Moving. Warley. Tel: (647) 654-1236. ff Precisa-se  de pessoa para trabalhar em bar, part-time, com experiência. Carina. Tel: (647) 294-6829. ff Precisa-se  de Superintendents and cleaners for condominiums in Toronto area and Mississauga available immediately please call 416 850 9676 or fax resume to 905 8326614

Aluga-se / Vende-se ff Alugam-se  quartos CN$ 360,00 e CN$ 400,00 St Clair/Dufferin. Disponível de imediato. Despesas incluídas. Não fumantes. Glaucia. Tel: (416) 546-8576 ff Aluga-se  quarto para moças estudantes, com TV a cabo, internet wireless e home phone. Localizado perto da Dundas e Dufferin. Rosangela. Tel: (647) 502-1013. ff Aluga-se  quarto grande localizado na

área da Dufferin e Dundas. Tel: (647) 898-1411. ff Aluga-se  quarto para mulher, localizado na área da College e Dufferin. Claudia. Tel: (647) 832-2856. ff Aluga-se  apartamento de um dormitório, cozinha, banheiro e varanda. Localizado na área da Bloor e Dufferin próximo ao subway. Preço: $650,00 p/ 1 pessoa, $750,00 p/ 2 pessoas. Vanderlei. Tel: (647) 785-6913. ff Aluga-se  quarto em casa de família com alimentação incluída. Tel: (416) 940-0565. ff Aluga-se  quarto em condomínio com academia e lavanderia. Localizado entre Eglinton e Jane a 12 minutos do subway. Tel: (416) 604-7829. ff Aluga-se  quarto mobiliado com frigobar, globo, internet, café da manhã e 5 refeições (jantar) por semana. Localizado na área da Dufferin e Bloor. (647) 502-5664. ff Aluga-se  quarto em apartamento, com cozinha e banheiro compartilhados. Localizado na área da Yonge e Bloor. Preço: $450,00. DeRomeio. Tel: (647) 721-0165. ff Aluga-se  quarto com cozinha e sala compartilhados e vaga de garagem. Gabby, Tel: (647) 856-6244 ou Jack, Tel: (647) 857-1898. ff Vende-se  Dirt bike, modelo Honda CRF 230, ano 2007. Preço: $ 3.500,00. Tel: (647) 274-9108. ff V e n d e - s e   Chevrolet Venture, 160.000 KM, bom estado e revisado. Preço: $3.500,00. Tel: (647) 856-8808.

Procura-se / doa-se ff Doam-se  livros de Literatura, Artes, Cultura, Sociologia, Antropologia, Economia, entre outros – inglês, português, francês, alemão e espanhol. Os livros pertenciam a um professor da UofT. Newton, tel: (416) 997-2883 ou (416) 463-2880 e newtonmoraes@hotmail.com ff Procura-se   programador PHP e MySQL (LAMP) com alguma experiencia em

desenvolvimento para web. Trabalho parttime ou full time. Boa oportunidade para estudantes ou novos emigrantes. contactar por email: filipe.magellan@gmail.com ff Procura-se  jovem para dividir apartamento. Preço: $200,00. Maria. Tel: (416) 537-9436. ff Procura-se  pessoa ou casal para dividir apartamento localizado na St.Clair e Dufferin. Preço do quarto: $550,00. Werner. Tel: (416) 881-0609. ff Procura-se  trabalho em restaurantes ou lojas. Milena Tagliaferro. Telefone: (647) 765-4636. ff Procura-se  trabalho como ajudante de bricklayer, possuo experiência. Marco Télis. Tel: (647) 686-4286. ff Procura-se  trabalho em qualquer área. Experiência como garçonete e limpeza. Bruna Baroni. Tel: (647) 705-8785. ff Procura-se  trabalho part-time em qualquer área. Possuo experiência em fábricas e laboratório. Vinicius. Tel: (416) 824-8876. ff Procura-se  emprego em restaurantes ou padarias. Eliza. Tel: (647) 770-2312. ff Procura-se  trabalho em qualquer área, possuo inglês fluente. Otávio Praxeres. Tel: (647) 385-5422. ff Procura-se  trabalho, possuo experiência como vendedor, metalúrgico, cleaner etc. Walter. Tel: (416) 856-3561. E-mail: w.a.curti@hotmail.com. ff Procura-se  trabalho como cleaner, ajudante de cozinha ou construção. Disponibilidade part-time, das 18h às 12h e finais de semana. José Armando. Tel: (647) 853-4560. ff Procura-se  trabalho para finais de semana com limpeza ou restaurante. Tainá. Tel: (647) 765-2750. ff Procura-se  emprego part-time com limpeza, construção ou ajudante de cozinha. Possuo disponibilidade às tardes e noites. Rafael. Tel: (647) 8561851.

Precisa-se

cabeleireiro ou cabeleireira

416 722 4061


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  26

Connection City Fotos por Steve Philipp  heuristx@yahoo.com

Sunnybrook park

Palco de jogos de cricket e passeios em família

L

ocalizado ao norte da vizinhança chamada Leaside, Eglinton East com Leslie, Sunnybrook park já foi palco de um torneio de cricket. Além de jogos de cricket nas tardes de verão, o parque recebe muitas famílias que fazem piqueniques, correm, passeiam com seus cães etc, atraídos pela beleza e tranquilidade do local. Steve é fotógrafo e engenheiro de software. Começou a tirar fotos com uma câmera analógica SRL e, quando as câmeras digitais se tornaram melhor do que as de filme, renovou seu interesse pela fotografia. Seu trabalho pode ser visto em www.moltovivo.zenfolio.com

CORRETOR IMOBILIÁRIO BRASILEIRO AO SEU SERVIÇO 2000 Realty Inc., Brokerage

Each Office Independently Owned and Operated

Representative Antonio (Tony) Silva Sales

Office: 416 656.3500 Direct: 647 409.6624 Fax: 416 656.9593 Toll Free: 1.888.915.5050

1281 St. Clair Avenue West, Toronto, ON M6E 1B8

Falamos português  Bookkeeping & Accounting Services  Payroll Services  Objections & Appeals  Small Business  ITN Applications  WSIB & Union Remittances  Unfiled Tax & Unreported Income  Corporate Tax Services  Audit Assistance/CRA correspondence

416 516 4949

info@bermanassociates.ca 1444 Dupont St, unit 1B Toronto - ON M6P 4H3

OBTENHA UMA AVALIAÇÃO DE SUA CASA GRATIS E SEM OBRIGAÇÕES

Minha inteira dedicação para sua completa satisfação e-mail: tony@asilva.ca

website: www.asilva.ca


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

27  |


BRASIL NEWS  |  2ª edição de novembro  |  22.11.2011

|  28

JANuAry 11– 25, 2012

CHIN

Portuguese WINter PICNIC at the All Inclusive Catalonia Bavaro Beach golf & Casino resort

Punta Cana, Dominican republic

Meals prepared by Chef Manuel de Paulos from europa Catering Dance provided by t Nt Productions entertainment with Paulo Filipe, soraia Mejdoubi, stephanie tavares

For more info and reservations contact:

and toy


2 ed nov 2011