Page 1

FREE

THE BRAZILIAN COMMUNITY NEWSPAPER

O JORNAL DA COMUNIDADE BRASILEIRA

TORONTO - 1ª edição de dezembro - 2010 - ano 14 - número 263 - www.brasilnews.ca

Otimismo na comemoração do Dia mundial de luta contra a Aids   PÁG.: 03

Membro do Grupo Nacional de Imprensa Étnica do Canadá

Lula dá posse aos representantes dos brasileiros no exterior   PÁG.: 05

Durval Terceira fala dos benefícios oferecidos pela local 183   PÁG.: 11

Guerra no Rio de Janeiro

imagem: jogo modern warfare

Entenda o conflito que foi chamado de guerra e veja relatos de quem viveu dias de terror na cidade maravilhosa. Páginas: 14 e 15

Confira dicas de compras brasileiras e canadenses em Toronto  PÁG.: 12

Limpeza de neve para idosos e deficientes físicos  PÁG.: 04

A repórter Mila Burns e os desafios estrada afora  PÁG.: 13


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  2

editorial

imigração | immigration

por tania nuttall  brasilnews@brasilnews.com

por marcia casado e jane desmond informe publicitário

Tempo de esperança

Quem pode ser sponsor

a última semana, o mundo inteiro noticiou o que passou a ser chamado de Guerra do Rio de Janeiro. O Brasil, país do Carnaval e da alegria, tomado por bandidos que atiravam sem direção. Um terror que chocou o mundo. Agora, quando a vida clama por voltar ao normal, nos perguntamos: o problema da criminalidade no Rio de Janeiro será resolvido? Questões que até especialistas fogem de responder. Mas o mundo não é somente tristeza. No Dia Mundial de Luta contra a Aids, boas notícias foram divulgadas para que continuemos a caminhar com força para o fim desta doença, ainda sem cura medicinal. E querem saber quantas pessoas há no Brasil? O censo 2010 acaba de ser divulgado pelo IBGE. Somos 190 milhões! Sem contar com os 3 milhões de brasileiros que estão fora de sua terra natal. Na última semana, o Conselho de Representantes dos Brasileiros no Exterior, foi empossado pelo Presidente Lula na Conferência Brasileiros no Mundo, no Rio de Janeiro. O Cônsul-Geral do Brasil em Toronto, Afonso Cardoso, e Ester SanchesNaek, uma das representantes da região

ostaríamos de dedicar esta edição para esclarecer algumas dúvidas que parecem ser muito frequentes entre pessoas que desejam iniciar o processo de imigração por sponsorship para seus cônjuges. Pessoas que ainda não sejam legalmente divorciadas podem ser sponsors? Sim. Embora não exista a possibilidade do casamento civil, é possível se iniciar um processo de imigração através do common-law. A aplicação nesta forma prevê casos de pessoas que, por diversos motivos, não possam ou não desejam se casar legalmente. Para fins de imigração, é necessário estabelecer que o casal vive junto maritalmente por um período de, no mínimo, um ano antes de se iniciar o processo de sponsorship. Ė necessário, ainda, provar, através de documentos, cartas, fotografias etc, que este é um relacionamento genuíno.

N

América do Norte e Caribe, estiveram por lá. Atrás das bravas histórias desses compatriotas está Mila Burns. A jornalista capixaba, que ama viajar, colocou o pé na estrada este ano em busca de ouvir as experiências e entender como vivem essas pessoas. A bordo do motorhome, passou perrengues e alegrias, que ela diz ter sido importante em todos os aspectos de sua vida. Quem também conversou com a nossa nova editora, Carolina Ladeira, foi Durval Terceira, um homem de liderança e que implementou importantes mudanças à frente da Local 183. Ela teve a oportunidade de conferir as instalações da sede, dos centros de treinamentos e também de ver construções em que brasileiros trabalham duro todos os dias. E você já se preparou para manter suas calçadas limpas da neve que em breve tomará conta da cidade? A Prefeitura divulgou o maquinário disponível para a estação e, ainda, que idosos e deficientes físicos podem pedir o serviço se este não chegar em suas ruas. Natal é tempo de união e... também de compras. Sigam as nossas dicas e se preparem para ter uma festa com harmonia, paz e muita fartura. Boa leitura e bom trabalho para a Carolina!

G

Eu recebi apenas $20,000 no ano passado. Posso ser sponsor? Sim. Para casos de sponsorship de cônjuge ou de filhos, não existe uma renda mínima que deve ser comprovada. Eu declarei bankruptcy pessoal. Posso ser sponsor? Sim, desde que você já tenha recebido o seu aviso de discharge. Este documento deverá ser anexado ao processo para a consideração do oficial de imigração que vai analisar o caso. Gostaria de incluir meus filhos em minha aplicação. Isso e possível? Sim. Seus filhos são considerados seus dependentes até que atinjam 22 anos. Existem alguns casos em que mesmo maiores de 22 anos podem ser considerados dependentes, porém é necessária uma análise mais detalhada para que se possa estabelecer isto. Sou mais velha que meu sponsor. Ele ainda pode ser meu sponsor apesar da diferença de idade? Sim. Os oficiais de imigração

ao analisarem o caso de sponsors h ip s e Márcia Casado concentram em verificar se o relacionamento é legítimo e que o apliJane Desmond cante não tenha como intuito único conseguir a residência permanente no país. Tenho um processo de Humanitário e Compaixão. Posso inserir meu pedido de sponsorship nesta minha aplicação? Sim. É possível “aproveitar” esta aplicação de Humanitário e Compaixão e incluir os documentos pertinentes ao processo de sponsorship. Lembre-se que estas informações são gerais e que cada caso é diferente. Para uma análise específica, entre em contato conosco pelo telefone (647) 430 7420.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

3  |

Mundo | World por  carolina ladeira carolinaladeira@ig.com.br

Os avanços na luta contra a Aids Dia Mundial é comemorado com otimismo

1

º de dezembro é o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Uma doença que não possui cura e que já matou cerca de 30 milhões de pessoas desde o início da epidemia, na década de 80. Somente no ano passado, foram dois milhões de mortos. Especialistas da ONU, Organização das Nações Unidas, acreditam que 33,4 milhões de pessoas vivem hoje com o HIV no planeta. Embora os números sejam assustadores, a última quarta-feira foi também tomada pelo sentimento de esperança. Desde 1999, as novas transmissões reduziram em 19%, alcançando o número de 2,6 milhões em 2009, segundo a Unaids, agência da ONU para combate à doença. O número de mortos também está diminuindo, resultado dos novos tratamentos desenvolvidos e dos meios de prevenção

da transmissão. Os números de acesso aos tratamentos ampliaram. Mais de 5,2 milhões de pessoas obtiveram antirretrovirais nos países em desenvolvimento, quando em 2004 não chegavam aos 700 mil beneficiários. Outro dado animador revela que as nações ricas quadruplicaram o financiamento de programas de saúde nos países pobres entre 1990 e 2010.

No entando, ainda há muito o que fazer. 10 milhões de pessoas continuam à espera de um tratamento No entanto, ainda há muito o que fazer. O diretor executivo da Unaids, Michel Sidibé, recordou que 10 milhões de pessoas continuam à espera de tratamento e os avanços obtidos até agora

são muito frágeis por causa da situação financeira mundial. Como ainda não existe uma vacina que cure a doença, apenas remédios que a controlem, as formas de prevenção são muito importantes no combate aos casos. Atualmente, os métodos são: uso de preservativo, tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, conhecimento de seu status sorológico graças à detecção, circuncisão masculina, programas de troca de seringas e meios terapêuticos de substituição da heroína para os viciados.

A situação brasileira

No Brasil, a epidemia permanece estável. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de soropositivos ultrapassa os 600 mil desde 1980. A taxa de incidência oscila em torno de 20 casos por 100 mil habitantes e,

Austrália

USA

Rio de Janeiro Estátua do Cristo Redentor iluminada de vermelho, no Dia Mundial de Combate à Aids

ÍNDIA somente em 2009, foram notificados 38.538 infectados.

Mundo vermelho

Comemorada desde 1987, este ano a data foi marcada por diferentes manifestações em todo o mundo em busca de soluções e conscientização sobre o uso de preservativos. Pontos turísticos de 13 países, como o Cristo

Redentor, no Rio de Janeiro, o edifício Empire State, em Nova York, e a Opera House, em Sydney, na Austrália, foram iluminados por uma luz

vermelha, por iniciativa de uma entidade beneficiente. Essa cor predominou ao redor do planeta em um grande apelo por mudanças.

BLEED

HOC-489-10_Brasil News.indd 1

12/1/10 10:35:34 AM


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  4

CanadÁ | Canada expediente | masthead Uma publicaÇÃo do BrasilNews Publisher INC. Todos os Direitos Reservados® www.brasilnews.ca 1554 Dundas St. W suite 201, Toronto ON M6K 1T8 Tel. 416 538-4298 Fax 416 538-9171 Publisher: Tania Nuttall brasilnews@brasilnews.ca Editor-chefe: Carolina Ladeira editor@brasilnews.ca Administrativo: Fernando Goscinscki brasilnews@brasilnews.ca Vendas: Fernando Goscinscki fernando@brasilnews.ca Diagramação: Marcus Sampaio designer@brasilnews.ca Colaboradores: Brian Bowen, Carlos Valente, Cleida Steinmetz, Cristiano de Oliveira, Everalda Sidaravicius, Fernanda Beziaco, Fernando Goscinscki, Fred Itioka, Jandy Sales, Olavo Queiroz, Rafaela Freitas, Renato Takahashi, Rodolfo Torres, Saul Porto, Stéphanie Pires e Steve Philipp Próxima Edição: 21/12/2010 Colunas e artigos assinados podem não expressar a opinião do jornal. É proibida a cópia ou reprodução de qualquer artwork sem autorização prévia do BrasilNews.

da redação

Cidade se prepara para a neve Idosos e deficientes físicos têm ajuda da Prefeitura em locais onde as máquinas não chegam

N

a maior parte de Toronto, a limpeza de neve nas ruas e calçadas é oferecida pela Prefeitura, porém há áreas em que as máquinas não têm acesso. Nesses locais, no caso de idosos ou deficientes físicos, é também de responsabilidade do governo a retirada de neve da frente das casas.

Nossos maquinários estão prontos para manter as ruas de Toronto limpas O estacionamento de carros e a estrutura das ruas e calçadas são alguns dos motivos que impedem a chegada de máquinas a certos lugares. Para solicitar o serviço, basta ligar para 311 ou preencher um formulário de candidatura no site. O mapa com os locais onde

há limpeza regular está disponível em www.toronto. ca/transportation/snow/sidewalks.htm. “O inverno já está chegando e os nossos maquinários estão prontos para manter as ruas de Toronto limpas”, disse Gary Welsh, Gerente-geral de Serviços de Transporte. A Prefeitura da cidade de Toronto se mostra preparada para enfrentar a estação, qualquer que seja a sua intensidade. Em 25 de novembro foram anunciados que serão cerca de 1000 equipamentos, entre caminhões de sal e de retirada de neve, além de 1600 funcionários envolvidos no trabalho de limpeza.

das áreas onde o serviço mecânico não chega. Para isso, a Prefeitura pede que o gelo e a neve sejam limpos nas calçadas adjacentes às suas propriedades dentro de 12h após uma nevasca, sob pena de multa no valor de 125 dólares. Outras recomendações aos cidadãos são: não empurrar a neve de volta para

as ruas, depois de limpar a frente de suas casas; evitar estacionamento nas ruas, a fim de facilitar o acesso das máquinas; e usar o transporte público sempre que possível. A aplicação da quantidade adequada de sal é essencial, mas também indica-se o uso de produtos alternativos a essa substância.

Seja um bom vizinho

A cooperação dos moradores e donos de empresas da cidade é muito importante para a impecabilidade

A máquina de derretimento de neve é um dos equipamentos da Prefeitura


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

5  |

CanadÁ | Canada da redação

Representantes dos brasileiros no exterior tomam posse III Conferência Brasileiros no Mundo contou com a presença do Presidente Lula

“P

arabéns. Vocês vão ganhar mais responsabilidade e prazer de servir o Brasil lá fora”, discursou o Presidente Luís Inácio Lula da Silva ao empossar os 16 membros eleitos para representar os brasileiros no exterior. A terceira edição da Conferência Brasileiros no Mundo, realizada nos dias 2 e 3 de dezembro, no Rio de Janeiro, trouxe também novo fôlego para as propostas de melhorias das políticas governamentais para as comunidades brasileiras que vivem fora do país. “O encontro significou uma oportunidade única para um grande intercâmbio de ideias entre eles”, contou o Cônsul-Geral do Brasil em Toronto, Afonso

Cardoso, que foi ao Rio de Janeiro participar. Cônsules, convidados oficiais e oficiosos estiveram presente ao evento. Nos dois dias de encontro e ainda o dia que antecedeu, os membros do Conselho de Representantes de Brasileiros no Exterior (CRBE), escolhidos por votação pela comunidade que brasileira no exterior, elegeram um presidente, definiram formas de trabalho, além de fazer uma leitura crítica da Ata Consolidada, documento redigido como resultante das discussões realizadas nas Conferências anteriores. Uma das preocupações pertinentes a todos os presentes foi quanto ao ensino da língua portuguesa

às crianças e à validação dos diplomas. Segundo Cardoso, houve uma ênfase na questão de como “articular a comunicação entre as diferentes comunidades e os conselheiros, de forma que possam melhor representar as comunidades tão amplas e espaçadas que representam”. Outros temas também discutidos foram: a ampliação do alcance das ações dos consulados; a extensão da rede de previdência social em outros países e facilitação das contribuições; assistência à saúde dos brasileiros no exterior; disseminação de informações sobre assistência social e direitos humanos, entre outros. Ester Sanches-Naek,

representante eleita nas áreas da América do Norte e Caribe, ressaltou durante a mesa de discussão a importância da criação de um portal que facilite a comunicação entre as comunidades e o conselho. Atenta à toda essa discussão estava Victoria Mull, convidada pelo Itamaraty para ser uma representatividade de Toronto na reunião. A advogada fez uma análise positiva do encontro: “Foi muito produtivo ouvir a respeito do problemas que os emigrantes

brasileiros estão experimentando em diferentes partes do mundo e trocar informações e experiências”. Entre as propostas defendidas por ela, foi a necessidade da criação de uma vaga fixa para o Canadá. O CRBE foi criado para mediar a comunicação

do governo brasileiro e as comunidades espalhadas pelo mundo. Para Lula, o seu sonho é ver esses compatriotas de volta. “Hoje temos orgulho de dizer que o Brasil oferece mais oportunidades que muitos países. Tem muita gente voltando para o Brasil e acho que esse será uma tendência”, declarou o presidente.

Victoria Mull, Fernando Jacques de Magalhães Pimenta, Cônsul-Geral de Vancouver, Maria Lucia Fauchinelli, presidente da Casa do Brasil em Montreal, durante a Conferência Brasileiros no Mundo

MIRIAN * Especialista em Químicas * Corte e Escova * High Lights e Coloração * Tratamento Marroquino * Escova Progressiva s/ Formol * Cauterização * Alisamento * Escova definitiva * Plástica Capilar * Depilação * Design de sobrancelha c/ aplicação de Hena

Atendimento com hora marcada

647 248-3231

CAbeleIReIRA bRAsIleIRA Tratamento Marroquino

ANTes

DePOIs


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  6

brasil | brazil POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

FAST NEWS

190 milhões em ação Censo brasileiro de 2010 mostra crescimento da população nos últimos 10 anos, principalmente no número de mulheres

Q

uem está fora do país já está acostumado às frequentes perguntas sobre o número de habitantes do Brasil. Então lá vai a informação atualizada: são 190.732.694 pessoas no país, segundo o último censo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na segunda-feira, 29 de novembro. O crescimento apresentado nos últimos 10 anos foi de 12,3%, marca inferior ao último censo, em 2000, que teve 15,6% de aumento.

Esperamos que as informações se transformem em políticas públicas em prol da sociedade

O estudo demográfico revelou também que a população urbanizou-se ainda mais, tendo parcela de 84% em áreas urbanas, contra 81% na década anterior. O único município do país a ter todas as pessoas em situação rural é Nova Ramada, no Rio Grande do Sul. Embora tenha perdido em participação, a região

número de homens pode ir para Balbinos, Pr a c i n h a ou Lavínia, em São Paulo. Ou encontrar a maior con-

30 anos sem Jonh Lennon Lennon se tornou lenda e símbolo de uma época. O ex-Beatle havia se tornado pacifista há tempos quando foi assassinado na noite de 8 de dezembro de 1980, em Nova York. Ele acabara de completar 40 anos, e, se estivesse vivo, teria completado 70 em 9 de outubro passado. A cada ano, os fãs se concentram nos dias 9 de outubro e 8 de dezembro em uma área do Central Park batizada de "Strawberry Fields", em alusão ao título de uma canção dos Beatles. Um mosaico no chão traz a inscrição "Imagine", uma das músicas mais famosas compostas por Lennon em 1971, após o rompimento dos "quatro jovens de Liverpool".

centração de mulheres em Santos e S ã o C a e t an o do Sul, em São Paulo, e em Recife, Pernambuco. Sudeste continua a ser a mais populosa do Brasil, com 80.353.724 habitantes. Já as regiões Norte e Centro-Oeste registraram aumento nos percentuais populacionais em relação às outras áreas. Entre os estados brasileiros, São Paulo lidera com cerca de 41 milhões de pessoas, enquanto Roraima fica na outra ponta, com 451 mil. De acordo com o IBGE, 19 municípios mais que dobraram sua população desde 2000. O de maior crescimento foi Balbinos, em São Paulo, com 199,47% de aumento; seguido por Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, com 190,39%; e Pedra Branca do Amapari, no Amapá, com 168,72%.

Com relação à idade, a Bahia é a unidade da federação a contar com mais brasileiros centenários (3.525), seguida por São Paulo (3.146) e Minas Gerais (2.597). No total, há 23.760 brasileiros com mais de 100 anos. O equilíbrio entre o número de homens e mulheres continua a não existir. Atualmente são 97.342.162 mulheres e 93.390.532 homens, o que significa que há 95,9 homens para cada 100 mulheres no Brasil. Um aumento na disparidade que, em 2000, era de 100 para 96,9. Porém nem tudo está perdido. Quem quiser morar em um local com maior

Na ocasião da divulgação dos resultados, Eduardo Pereira Nunes, presidente do IBGE, agradeceu a colaboração de toda a população e falou da finalidade das pesquisas. “Esperamos que a produção dessas informações venha a se transformar em políticas públicas em prol da sociedade”, comentou. Iniciado em agosto deste ano, o censo demográfico compreendeu um levantamento de todos os domicílios do país, que somam 67,6 milhões, nos 5.565 municípios brasileiros. Os três métodos utilizados foram entrevista presencial, questionário pela internet e a estimativa do número de moradores em casas fechadas.

Documentário brasileiro em Toronto Até 8 de dezembro é possível conferir “Waste Land”, dirigido por Lucy Walker, nas telas do cinema Bell Lightbox, localizado 350, King Street West. Filmado durante três anos, o já premiado filme mostra o trabalho do artista brasileiro Vik Muniz com os catadores do lixão em Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro. Da ideia inicial de pintar os trabalhadores com o lixo, ele passou a recriar imagens com os objetos encontrados. O documentário é uma mostra do poder transformador da arte na vida das pessoas.

info@bermanassociates.ca 1444 Dupont St, unit 1B Toronto - ON M6P 4H3 Tel. 416 516 4949

RIO AUTO

REPAIRS 416 535-7375

falamos s Portuguê

LIZANDRO O SEU MECÂNICO BRASILEIRO

Uma oficina brasileira para você chamar de sua, com mecânico capacitado e de confiança » Revisão de Freios » Suspensão » Amortecedores

» Limpeza de bicos » transmissões e embreagens » Injeção eletrônica

» Baterias , Tune-up » Afinação de Motores » Troca de óleo

1405 Bloor St. West, Unit 1 Toronto (Bloor & Symington)


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

7  |

direto de brasília por rodolfo torres  rodolfo.torres@ig.com.br

Cesta básica poderá ter isenção de tributos federais Autor da proposta argumenta que a deficiência na alimentação está entre os problemas brasileiros

T

ramita na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados um projeto de lei que isenta dos tributos federais os produtos alimentícios da cesta básica (arroz, açúcar, café, farinha de mandioca, feijão, fubá, macarrão, óleo e sal refinado). Dessa forma, os produtos supracitados teriam a isenção dos seguintes tributos: Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), Contribuição para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/ PASEP), e Contribuição para Financiamento da Segurança Social (Cofins). E nt re t ant o, a pro posta ressalta que a isenção oferecida não se aplica a operações

destinadas à exportação e industrialização. O autor da proposta, deputado federal Neilton Mulim (PR-RJ), argumenta que a incapacidade de muitas famílias brasileiras de oferecer alimentação adequada a seus integrantes está entre os graves problemas do país.

A isenção contribuirá para melhorar a qualidade da alimentação da população de baixa renda “Perto de 22 milhões de brasileiros vivem em condições de indigência. Aproximadamente 34% da população vivem em condições de pobreza. Os números sobre a miséria do povo brasileiro podem variar, de acordo com o critério e metodologia utilizados, mas, em todos os casos,

revelam uma realidade extremamente preocupante”, justifica o congressista fluminense. Para ele, a isenção dos tributos federais sobre os alimentos da cesta básica contribuirá para melhorar a qualidade da alimentação da população de baixa renda, além de estimular a produção e a circulação desses produtos. Como consequência, mais empregos e renda serão gerados e, indiretamente, mais impostos. “Além disso, preços mais baixos de alimentos podem contribuir para a manutenção de níveis de inflação aceitáveis, ajudando a sustentar o equilíbrio macroeconômico”, justifica. O parlamentar ainda destaca que apresentará requerimento de informações ao ministro da Fazenda para que seja informado o montante da renúncia tributária com as isenções constantes

do projeto de lei. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), o Brasil é o país que mais cobra impostos no setor de alimentos num ranking de 15

países ricos e emergentes. “Na realidade, nosso Brasil é um dos poucos países do mundo que taxa os alimentos. A média da carga tributária nacional embutida nos preços dos

alimentos atinge 18,35% se considerados ICMS, PIS e Cofins, que correspondem a quase 70% do peso dos tributos”, analisa o professor e economista Paulo Cezar Ribeiro.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  8

negócios | business por Cleida Steinmetz  cleida@aol.com

O dinheiro e suas relações Quer ser milionário? Uma pesquisa da Forbes mostra que existem hoje no mundo 678 pessoas que fizeram milhões de dólares começando do zero. E você tem o que é necessário para fazer parte desse grupo? Segundo a pesquisa, algumas das características seriam: ser homem (apenas 15% do milionários que não vieram de famílias ricas são mulheres); ter nascido em setembro (64% nasceram neste mês); mudar-se para a Califórnia (onde 71% dos 272 multimilionários americanos vivem), Nova York ou Texas; ter mais de 62 anos; ter estudado numa das universidades da Ivy League nos USA (porém 9% dos ricos nunca terminaram a faculdade, como Bill Gates, por exemplo); ter sido das forças armadas; conseguir um trabalho na Wall Street e ter sido demitido.

A propósito Curiosamente a maioria dos ricos fez seus milhões depois de ter perdido seus empregos nas empresas onde trabalhavam por anos. O magnata John Paul DeJoria ficou sem casa e dormia no carro. Donald Trump quebrou na década de 1990, e Steve Jobs teve que sair da universidade porque não tinha dinheiro para pagar a matrícula. Todos esses homens hoje possuem milhões de dólares.

Compras e mais compras Milhares brasileiros viajaram ao exterior em 2010, deixando em seus destinos mais de 13 bilhões de dólares. Trata-se de um recorde histórico, segundo o Banco Central brasileiro, com gastos equivalentes a 43,3 milhões de dólares por dia. Só

em outubro passado foi US$ 1,69 bilhão. Os recordes estariam relacionados ao aumento da renda e à queda do dólar, o que tornam os gastos no exterior mais baratos para os brasileiros.

Destinos preferidos As Américas e a Europa compreendem os três destinos internacionais preferidos dos turistas brasileiros: Argentina, Estados Unidos e França. A CVC, maior operadora de viagens do país, este ano fechará com cerca de 875 mil turistas brasileiros que usaram seus serviços para ir ao exterior – número jamais registrado, nem mesmo no início do Plano Real, quando havia paridade com o valor do dólar.

Empregos do futuro Mais da metade dos novos empregos da próxima década serão em ocupações profissionais e prestação de serviços. O Escritório de Estatísticas do Trabalho norte-americano fez uma pesquisa sobre o tema e descobriu que os empregos para os quais mais se irá contratar nos próximos dez anos são: enfermeira, auxiliar de saúde, contador e auditor, trabalhadores de construção civil, motorista de caminhão pesado e trator, médicos e cirurgiões, analistas de comunicação de dados e sistemas de rede, trabalhadores que preparam e servem alimentos, inclusive comida rápida, supervisores de primeira linha, gerentes de escritório e pessoal de apoio administrativo, babá, secretária executiva, auxiliar administrativo e professor de faculdade.

Bush, está sendo um verdadeiro sucesso de vendas. Na primeira semana do lançamento foram 775 mil cópias vendidas, anunciou a Crown Publishers, editora do livro, que espera que seja o título mais comercializado nesta temporada de feriados. As memórias de Bush receberam todo tipo de críticas e ainda assim foram destaque de vendas no site Amazon. com, antes mesmo de serem publicadas. No livro, Bush fala dos ataques de 11 de setembro, da sua decisão de enviar soldados ao Afeganistão e Iraque e da resposta dada após o furacão Katrina. Sem dúvida, leitura imperdível!

O livro de Bush

Dinheiro traz felicidade

“Pontos de decisão”, escrito pelo ex-presidente George

O dinheiro traz felicidade sim, pelo menos até certo

ponto, segundo resultado de um estudo científicio recente. Mas e que ponto é esse? A pesquisa mostra que o bem estar emocional dos norte-americanos, ou seja, sua felicidade, aumenta na medida em que seus ganhos financeiros aumentam ao ponto de chegarem a $75 mil anuais. Quem ganha menos do que isso estaria tão longe de realizar seus sonhos materiais que seria difícil ser feliz, descobriu a revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, que ouviu 450 mil pessoas entre 2008 e 2009.

exemplos de desculpas esfarrapadas que empregados dão para faltar ao trabalho, segundo pesquisa feita pela Careerbuilder. Ela perguntou a 2400 empresas as desculpas mais comuns usadas pelos empregados para não irem trabalhar. O estudo descobriu que no ano passado cerca de 30% dos empregados avisaram ao chefe que estavam doentes, quando na verdade não estavam. A razão principal? Simplesmente não estavam a fim de ir trabalhar. Outros diziam que estavam precisando dormir mais ou simplesmente relaxar.

Desculpas

Desculpas II

Uma galinha atacou a minha mãe! Eu fiz um transplante de cabelo que deu problemas! Meu pé está preso em uma caixa de lixo! Esses são apenas alguns

Um quarto dos empregados se dizem doentes porque estariam estressados por causa da economia, conforme responderam as empresas. Agora, se você é

um daqueles que gosta de dar desculpas esfarrapadas, é melhor ter cuidado. Pelo menos 30% das companhias ouvidas pela Careerbuilder confirmaram que conferem se é verdade que o empregado está doente. 16% delas acabaram demitindo pessoas que não apresentaram uma boa justificativa para faltar ao trabalho. Cleida Steinmetz é gaúcha, formada em Jornalismo pela Universidade do Vale do Sinos e pós-graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Especializada na área de negócios, no Canadá também trabalha com financiamento de imóveis, sendo agente de mortgage licenciada na província de Ontário. Visite seu website www.brmortgages.com. Contatos e comentários sobre a coluna podem ser enviados para cleida@aol.com.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

9  |

Cotidiano | Everyday life por Stéphanie Pires stephanie_gpires@yahoo.com.br

Eu, Eu, Eu

T

ravei para escrever minha primeira coluna. Divaguei por milhões de temas, mas nada parecia digno de estreia: sexo é forçado, amor é meloso, política é pesado, religião não se discute. Uma hora eu concluí que eu podia pensar em mim e veio esse assunto: “Faça algo por você”. Isso devia ser uma lei na mente das pessoas. Há de se admitir que o egoísmo, por mais que possa ser um defeito grave, razão de inúmeros males, é também necessário em alguns momentos. Um fator de equilíbrio para quem insiste em se anular pelos outros ou não consegue defender os próprios desejos, como se mil obrigações fossem sempre mais urgentes. Esses esquecem que tomar a decisão certa requer, às vezes, desconsiderar o resto do mundo e pensar honestamente no que é que você necessita, qual é a revolução que fará da sua vida um lugar

melhor para seu cotidiano. Afinal, ninguém mais está grudado no seu corpo 24 horas por dia. E a pessoa a ser 100% afetada por cada um dos seus passos é justamente você.

Há de se admitir que o egoísmo é também necessário em alguns momentos Uma das últimas coisas que fiz por mim foi Toronto. Um presente que podia ter sido freado por inúmeros fatores: o inconveniente da empresa em treinar um substituto, o peso financeiro para a amiga que dividia o apartamento comigo, a saudade que forçaria meus pais a sentirem, os altos gastos e a burocracia chata que envolvem toda viagem. Se eu fosse pensar além de mim, teria dito mil "nãos" ao Canadá. No entanto, "eu preciso disso" foi o argumento a que sucumbi. E deu

certo para todos. Porque o mundo é sabiamente adaptável. Não houve um colapso no meu ex-trabalho. Minha amiga não faliu. Meus pais começaram uma vida de aventuras que não existiria se eu estivesse lá. Minha conta bancária segue azul e nenhuma burocracia me impediu de chegar aqui. Mas, calma! Fazer algo por você não tem que ser um exercício praticado no nível “Hitler” de obsessão. Excessos são prejudiciais, mesmo quando é coisa boa demais – até sexo tem um patamar considerado doentio. O segredo está no egoísmo controlado. O cinema mesmo vive contando histórias como essas. A escritora desiludida que decide mudar de país e, “voilà”, encontra novas comidas, outras religiões e um grande amor. A vida real também tem seus relatos. Já ouvi uma amiga dizer que não podia terminar um namoro porque há

contas pendentes no cartão de crédito do parceiro, porque a família ficará triste e é chato voltar ao ponto zero, recontar histórias bobas, mostrar novamente as fotos da infância, se readaptar aos gostos do outro. Um dia ela concluiu que não estar feliz era o que bastava para se livrar do comodismo daquela relação. Então, ela descobriu como é bom ser solteira e, quando se encantou por um jiu-jiteiro, não reclamou do recomeço. Vale a pena se pôr em primeiro lugar de vez em quando. Fazer questão de buscar alegrias em uma página em branco, quando a trama de agora já não tem o mesmo brilho de antes. Não temer dar um ponto final, trocar os protagonistas, matar os vilões. A maior verdade é que a vida consegue se reprogramar quando decidimos mudar algo nela para melhor. Sempre que eu acreditei nisso, fui feliz. Como agora.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  10

destaques | hightlights

Cavalcade of Lights 28/11

À esquerda, Ucal Powell, Secretário Executivo de Finanças da Local 27, com o brasileiro Vitor Almeida, representante do sindicato ao centro

Inauguração da decoração natalina de Toronto e da temporada de patinação do gelo

Comemoração de final de ano 02/12

Comemoração do aniversário da cantora Cibelle no Rio 40º

Parabéns 03/12

Tania Nuttall e Mike Yorke, Presidente da Local 27, durante a festa

Afonso Cardoso, Cônsul-Geral do Brasil em Toronto, e sua esposa, Solange Cardoso, com a maestrina Danielle Lisboa

concerto 05/12

Foto: carolina ladeira

Foto: Jandy Sales

POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

11  |

Fotos: Carolina Ladeira

comunidade | community por  carolina ladeira carolinaladeira@ig.com.br

“O trabalho na construção é uma arte” Durval Terceira, Gerente de Negócios da Local 183, fala dos benefícios oferecidos pelo sindicato

I

gualdade. Esse é o princípio básico de Durval Terceira e sua equipe à frente da Liuna Local 183, o maior sindicato da construção civil da América do Norte, que existe há 56 anos. Depois de estender os direitos sindicais a pessoas ilegais, os esforços estão concentrados na ampliação de benefícios às classes. E vem mais por aí. Um homem enérgico e humilde que entende do ofício, já que começou a vida exatamente nas obras. E o seu amor pelo Canadá não deixa dúvidas que lutará pelo bem-estar dos companheiros nesse país em construção. Confira a entrevista concedida por Terceira ao Brasil News. Quais os benefícios de ser um membro da Local 183? Primeiro, o sindicato existe para negociar um contrato de trabalho com as

companhias, porque é uma tarefa complicada. Além disso, temos atendimento dentário, óticas e farmácias espalhadas por Toronto. Investimos em três centros de treinamento, onde oferecemos diferentes cursos para iniciantes e experientes trabalhadores. Advogados estão à disposição para ajuda em geral. Ainda oferecemos aos reformados [aposentados] uma ótima pensão. Todos esses benefícios estão incluídos na mensalidade, sem precisar pagar a mais. Queremos dar a melhor condição de trabalho aos quase 30 mil trabalhadores. Quais foram as mudanças realizadas desde a posse desta equipe? Antes de 2007, quem era ilegal trabalhava sem sindicato, o que provocava abusos no trabalho. Hoje somos o único sindicato na América do Norte a oferecer direitos

iguais a legais e ilegais que estejam no sindicato. Uma mulher, por exemplo, ilegal, mas com sindicato, se tiver uma criança doente cobrimos o atendimento no hospital até um valor estipulado. Também estendemos os benefícios aos reformados. Quais são os projetos que deseja implementar? Hoje um aposentado já tem os mesmos direitos de um trabalhador ativo, mas queremos que eles parem de pagar e continuem a ter direitos. Uma pessoa trabalha por 20, 30 anos na construção já deu o seu sangue ao trabalho e ao sindicato. O sindicato dá de volta aos trabalhadores aquilo que eles nos dão. Nosso sonho é ter 40 mil membros. Durante o inverno, época em que a oferta de trabalho é menor, o que é aconselhável fazer?

O português Durval Terceira começou a trabalhar na construção aos 18 anos

Esse momento, em que estão menos ocupados, oferecemos muitos cursos, todos de graça, de carpintaria, soldagem, entre outros. Como são 26 tipos diferentes de trabalho, ela tem mais opções de se qualificar. Existem também alguns cursos obrigatórios, como o de segurança no trabalho. Os brasileiros existem em número significativo no sindicato? Felizmente há um grande número de brasileiros, tanto que agora temos um representante dessa nacionalidade. É importante quando há alguém da sua comunidade para se comunicar melhor. Ele foi uma boa escolha para nós. É importante para nós que a comunidade se sinta feliz na construção e veja que, se trabalhar, o retorno vem.

Qual o trabalho realizado em relação à valorização dos trabalhadores? O trabalho da construção, seja qual for, é uma arte. Tudo é feito com a mão e com uso da imaginação, de um papel para o físico. Precisamos de alguém para construir casas e uma cidade com pontes,

estradas e edifícios bonitos. Quando passo com os meus filhos pelos lugares em que construí, eu mostro e eles ficam impressionados. É um trabalho muito digno. E o Canadá é o segundo maior do mundo, que ainda tem muito a crescer. Esse é o melhor lugar para se viver.

Um representante no sindicato Desde março deste ano os trabalhadores brasileiros possuem um companheiro no sindicato que fala a sua língua: Fabiano de Almeida. “Minha função é ter certeza que os trabalhadores estão tendo seus direitos reservados”, garante o representante, que está sempre presente nas construções orientando seus companheiros de trabalho.

Cursos oferecidos nos centros de treinamento

Jack Gonçalves e Fabiano de Almeida, representantes do sindicato

ROSA Cabeleireira Brasileira m i n h a s

e s p e C i a L i d a d e s

Escova Definitiva sem formol Escova Cristal Escova Selagem Escova Marroquina Escova Inteligente Hidratação Profunda a laser Mechas, Balaiage, High lights Tintura

Weston e Lawrence

a a a a a a a a

partir partir partir partir partir partir partir partir

de de de de de de de de

$120.00 $120.00 $120.00 $120.00 $120.00 $ 50.00 $ 30.00 $ 40.00

Trabalhadores brasileiros com seu representante ao centro

anuncie aqui: brasilnews@brasilnews.ca

416 783-0082

Juliano Maia 647 991-5192 julianomaia79@hotmail.com


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  12

comunidade | community POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

Compras natalinas Algumas dicas de locais onde encontrar artigos de todos os tipos para presentear a quem amamos

O

nascimento de Jesus Cristo, no dia 25 de dezembro, é comemorado no mundo por cristãos e nãocristãos. O Natal é sinônimo de união, paz, fraternidade e amor. Um momento de alegria em que a família se reúne e tem as esperanças renovadas. Entre os símbolos desta festa, está a troca de presentes, que está relacionada aos magos que levaram um agrado para o menino Jesus. Para ajudar nas compras, o que nem sempre é uma tarefa fácil, o Brasil News reuniu uma lista de locais em Toronto ou nas redondezas onde presentes de todos os preços e tipos podem ser encontrados. Aproveitem!

Eaton Centre

Localizado no centro financeiro de Toronto, é o

principal ponto de compras da cidade e possui mais de 250 estabelecimentos numa área de 150 mil metros. Uma infinidade de lojas variadas onde é possível encontrar lojas especializadas em joias, artigos de moda, livros, brinquedos, fotografia, entre muitos outros. Situa-se na 110 Yonge Street.

Kensington Market

Bairro multicultural e dinâmico, o Kensington possui um grande mercado ao ar livre. Nas suas ruas estreitas, concentra lojas interessantes e brechós com artigos baratos. O endereço é Augusta e Kensington Avenue

Chinatown

Bairro da comunidade chinesa em que é possível encontrar lembrancinhas a baixo preço. Situa-se na área

da Spadina Avenue com Dundas e Queen St.

Yonge Street

A principal rua de Toronto possui diversas lojas de grife, principalmente nas interseções com as ruas Dundas e Queen St. Para quem está disposto a gastar, a região da Yorkville concentra sofisticadas lojas com preços nas alturas.

Dufferin Mall

Possui lojas de todos os tipos com preços acessíveis. Reúne muitos brasileiros e é também uma boa parada na época de Natal. Durante esse período, fica aberto por mais uma hora. Localiza-se em 900 Dufferin St.

St, o outlet possui lojas de grife canadense a baixos preços. Por lá é possível encontrar de produtos de beleza, roupas a utensílios de cozinha.

para as compras, é um bom lugar para procurar produtos de marca a bons preços. Situa-se em 1 Bass Pro Mills Drive Vaughan.

Orfus Road Outlet

Outlet Vaughan Mills

O maior shopping asiático fechado da América do Norte possui mais de 500 lojas com uma grande

Situado ao norte da Lawrence Avenue, entre a Caledonia Road e a Dufferin

Um espaçoso shopping que dispõe de lojas de ponta de estoque. Se tiver tempo

Pacific Mall

variedade de produtos. O endereço é 4300 Steeles Ave. East, Markham.

Brazil Direct

Para produtos brasileiros, a Brazil Direct é parada obrigatória. A loja também oferece cestas de Natal por encomenda. Fica na 1473 Dundas St West.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

13  |

Fotos: arquivo pessoal

Televisão | television POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

O retrato do imigrante brasileiro Os desafios enfrentados por Mila Burns em “Planeta Brasil"

R

oteiro na mão e pé na estrada. Ou melhor, ideias na cabeça e uma rota a ser definida. Assim Mila Burns e Francisco Quinteiro passaram o ano de 2010 atrás de brasileiros que vivem no exterior. E haja histórias! Na última quarta-feira, 1º de dezembro, os dois gravaram o último “Planeta Brasil” da temporada. O momento, agora, é de merecidas férias. “Foi uma temporada maravilhosa, não esperava tanto sucesso. Conseguimos

ver a comunidade com olhar mais amplo. Assim como os estados americanos são diferentes, os brasileiros também têm suas peculiaridades”, conta Mila, em entrevista por telefone ao Brasil News. A jornalista, há oito anos na Rede Globo, explica que nos EUA há mais um milhão de brasileiros, apesar do censo oficial apresentar apenas 350 mil. “Nosso objetivo é mostrar a cara de uma comunidade que nunca foi retradada como

Mila e Chico com Jamil e Ana, brasileiros de Newark

deveria, que trabalha muito e vive nas sombras”, justifica. São também esses brasileiros que mandam: “Eles se sentem donos do programa e de fato são. Pelo blog, facebook e nas ruas tenho retorno e recebo dicas de pauta. Muita gente convida de brincadeira, mas vamos mesmo. O nosso roteiro é delineado pelo telespectador”, fala Mila, com entusiasmo. O atual formato do programa, diferente dos anos anteriores, foi criado pela repórter a partir da demanda dos brasileiros, que realmente cobravam a ida a lugares ainda não visitados. E a ideia de morar na estrada, veio de sua vida. “Adoro viajar e costumava acampar com os meus pais. Então por que não fazer isso no programa?”, conta a apresentadora, natural de Vitória, Espírito Santo. A experiência em viagens, porém, não impediu que

www.lawrenceparkdental.com

as dificuldades surgissem. Além de nunca ter dirigido um caminhão, obstáculos do clima e até um alerta de tufão apareceram no caminho. Aí é preciso alterar o roteiro. Em um dos momentos, a água começou a congelar nas torneiras do motorhome e já não havia condição de cozinhar e tomar banho, por exemplo.

Passamos por muitas roubadas e nem todas vão ao ar “Somos eu, Chico, minha cachorra e minha gata. Passamos por muitas roubadas e nem todas vão ao ar porque somos nós dois para resolver e gravar", conta. Debaixo de chuva, os dois já precisaram desatolar o caminhão e só pensavam: “A gente tinha que estar filmando!” A boa parceria com o cinegrafista é um aspecto facilitador. E quem não

acredita que são somente os dois na estrada, pode conferir pessoalmente. “Uns moradores de Nova Orleans foram ao camping ver que eu lavo louça, Chico carrega a mangueira de esgoto”, conta. Em algumas das ocasiões difíceis, a jornalista chegou a pensar que não conseguiria superar, mas tudo mudou pela riqueza das descobertas: “Encontrávamos brasileiros que nos davam um novo fôlego. São muitas histórias especiais que mexem com as nossas vidas.” No último Brazilian Day, em setembro deste ano, a dupla esteve em Toronto. Além de adorar a cidade, Mila diz ter sido consquistada pelos brasileiros daqui: “É uma comunidade grande em número, que se faz ainda maior pelas pessoas que

aí estão”. Outra percepção na rápida vinda foi que, diferente dos EUA, o Canadá incentiva a entrada de imigrantes, um retrato bacana de se mostrar, segundo ela. Em suas viagens, uma recente que a marcou foi a Nova Orleans, onde esteve a pedido do Bom Dia Brasil. Cinco anos após o furacão Katrina, a cidade continua devastada. De acordo com a também escritora, essa e outras histórias são importantes demais para ficarem apenas na TV. Por isso já começou a providenciar com Francisco um livro do programa. “Teremos histórias para contar aos nossos bisnetos. É um aprendizado muito grande”, conclui. O “Planeta Brasil”é exibid na TV Globo Internacional às 22h50 aos sábados e às 8h15 aos domingos.

Boas ! s a t s e F


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  14

especial | special

Uma cruel realidade Rio de Janeiro tem uma semana de violência com mortes, veículos queimados e muito medo

A

foto da capa foi tirada de um jogo de videogame, chamado Modern WarFare, que em uma das suas edições se ambienta nas favelas do Rio de Janeiro. Antes a imagem fosse de mentira. Mas é real. Dos dias 20 ao dia 27 de novembro esse foi um dos cenários da cidade maravilhosa. E a pontuação negativa foi: drogas e armas apreendidas, 181 veículos incendiados, 39 mortes, 200 detenções para averiguação e quase 70 prisões. Segundo especialistas, essa foi uma das maiores operações policiais já realizada nas favelas da cidade, ao que chamaram de Guerra do Rio de Janeiro. E a causa foi associada à implantação das Unidades

de Polícia Pacificadoras (UPPs) nas favelas da cidade, o que diminuiria o espaço de ação para traficantes. Segundo informações da polícia, pessoas da Rocinha atuariam com criminosos do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro. Suspeitou-se também que criminosos comandaram ataques de dentro da prisão, por isso dezoito presidiários foram transferidos. A situação chegou a tal ponto que o Governo do Estado pediu ajuda à Polícia Federal, Exército e Marinha. No dia 04 de dezembro, último sábado, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, informou que, controlados os ataques, o Exército será responsável pelo comando da nova

etapa das operações. Será criada uma força de paz controlada pelos militares, que terão agora poder para "subir o morro", conforme destacou o ministro. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) será mantido até a chegada da unidade de paz das Forças Armadas. Os atos de covardia chocaram a população, que se fechou em suas casas. Ruas vazias e comércios fechados era o cenário. Escolas não funcionaram. Dados revelam que a cidade possui 968 favelas e somente 27 não estão sob controle do crime organizado. A imprensa mundial repercutiu o ocorrido. As reações foram as mais diversas, porém a capacidade do Rio de Janeiro sediar

as Olimpíadas de 2016 e a Copa do Mundo foi questionada. As redes sociais foram amplamente usadas para comentários e informações das áreas em que os ataques oconteciam. O filme “Tropa de Elite” era citado em alusão aos ataques. A cidade parou para assistir, ao vivo, uma triste realidade.

Sucessão dos fatos 20 de novembro

Na tentativa de promover um arrastão na Rodovia Rio-Magé, em Duque de Caxias, grupo de

criminosos causa morte de um motorista de ônibus.

21 de novembro

Seis homens armados de fuzis abordaram três automóveis na Linha Vermelha, via expressa na altura da Rodovia Washington Luis. Dois veículos foram incendiados e um abandonado. Em fuga, os homens alvejaram um carro oficial da Aeronáutica.

22 de novembro

Cabines da Polícia Militar sofrem ataques de noite e durante a madrugada seguinte.

23 de novembro

Efetivo da Polícia Militar foi para as ruas e pedido de ajuda ao Exército e Polícia Federal foi feito, o que foi concretizado no restante da semana.

24 de novembro

Carros foram incendiados na Zona Norte e um suspeito, que assumiu agir a pedido de traficantes do Complexo do Alemão, foi detido. Uma onda de ataques aconteceram em diferentes pontos da Estado: veículos queimados, pessoas machucadas e mortas, assaltos a transportes


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

15  |

O relato de quem esteve na cidade em dias de ataque

públicos, no Rio de Janeiro, Niterói e Cabo Frio. Pedido inédito foi feito à Marinha do Brasil para ajudar no controle.

25 de novembro

Os atos sem alvo direto continuaram a ocorrer nas diferentes áreas do Rio de Janeiro. Muitos veículos queimados durante todo o dia, pessoas inocentes feridas, granadas foram lançadas em um estacionamento. Uma pessoa foi presa em São Gonçalo. O serviço telefônico para denúncias da população, o DisqueDenúncia, bateu recorde

de chamadas. A população se mostrava contra o crime. Neste dia, o Bope entrou na Vila Cruzeiro, no Complexo de favelas da Penha, com duzentos policiais, e ocupou o local. Cenas na televisão mostraram a fuga de 200 criminosos para o Complexo do Alemão, um conjunto de 13 favelas.

26 de novembro

Apesar da reação da polícia, os ataques continuaram a ocorrer. Enquanto policiais militares, civis e federais faziam a segurança dos acessos à comunidade do Alemão, famílias foram

deixando o local. A madrugada foi de violência.

27 de novembro

A cidade parecisa fantasma à noite. Pelas ruas de São Conrado e Gávea não tinha carro. Como a zona sul é sempre o foco de atenção das autoridades, não fiquei com medo porque era um local com muita polícia.

As pessoas modificaram seus hábitos, elas ficaram apavoradas. Mas o medo deu lugar à esperança, porque a resposta da polícia foi rápida e contundente. Pela primeira vez, a maior parte da sociedade apoiou as ações policiais e, talvez, até perdoaram algum tipo de excesso, ou seja, a morte dos marginais.

Presenciei uma cena inacreditável ao ver o Centro da cidade do RJ sem nenhum carro em uma quinta-feira, às 19h. As pessoas ficaram em pânico.

Walter Costa - morador da Zona Norte.

Alex Carvalho - morador da Zona Norte

Paula Lordello - moradora da Zona Sul da cidade

As ações foram diminuindo, apesar de carros aparecerem queimados. 31 traficantes se renderam. A passagem para o dia seguinte foi a primeira madrugada sem ocorridos.

28 de novembro

Os morros do Alemão foram ocupados por três mil oficiais. Foram apreendidas mais de 33 toneladas de drogas, 350 automóveis, 135 armas, explosivos e munições.

pensando em vender seu imóvel?

Ligue para o corretor que entende. Ofereço avaliação grátis de seu imóvel, e aconselhamento profissional para venda rápida e melhor preço.

Garden City Realty Inc., Brokerage

Broker/Corretor

416 828-5990

Um corretor brasileiro, honesto e competente. 22 anos de experiência e integridade.

pensando em comprar? Confie no corretor com 22 anos de experiência. Ligue para saber suas opções, mesmo não tendo o dinheiro da entrada.

647 221-2755 1 Hickory Tree #1408 não Pe

o d i d ven

$299,00.00 Ponto de ônibus em frente à casa, esta propriedade fica pertinho da Caledonia e St. Clair, Duas moradas, estacionamento para 2 carros (até mais). Piso de madeira, um quintal cercado. Ligue ainda hoje para não perder esta oportunidade.

rcA

ALUGA-se ApArtAmento 2 quartos, 2 banheiros em um prédio seguro, garagem interna, piscina, salão de festas e mais. Tudo incluído.

9235 Jane MAPLe

oPorT Lindíssimo ApArtAmento de 2 qUArtos 2 banheiros todo renovado com balcão de granito, cozinha nova, piso novo. Piscina interna, salão de festas, academia, lava carro segurança 24 horas e muito mais.

unidA

mArAviLhoso

de

ApArtAmento de 1+1 qUArtos

em Maple pertinho de Canada’s Wonderland. Nova decoração, cozinha moderna, balcão de granito, lavanderia, segurança 24 horas, e muito mais. Ligue agora para obter mais informações.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  16

Comportamento | life style por Rafaela Freitas  rafaelafreitas@hotmail.com

Esfriou. E agora? Veja algumas das opções para encarar o inverno

A

s baixas temperaturas chegaram a Toronto e não pense que frio é sinônimo de confinamento e tédio. Pelo contrário, existem diversas atividades que podem ser feitas durante o inverno. Basta vestir roupas e calçados adequados e aproveitar os próximos meses. Jaquetas ou casacos vindos do Brasil, muitas vezes não aquecem o suficiente, pois são feitos de acordo com a temperatura do país tropical. Por isso é importante comprar roupas que suportem o inverno de temperaturas abaixo de zero, mas que seja adequado ao frio de Toronto, para que você não corra o risco de sentir frio ou calor, e de preferência de material impermeabilizado, para evitar ficar com a roupa úmida. O mesmo vale para os calçados, que devem ser à prova d’água com solado

emborrachado e antiderrapante. Eles também garantem o aquecimento dos pés para temperaturas muito baixas, mas meias térmicas são fundamentais para manter os pés quentinhos. Em dias de muito frio, use calças e blusas térmicas, que são colocadas embaixo da calça e casaco, como uma segunda pele. Importante escolher um casaco com capuz, usar protetor de orelha, touca, luvas e cachecol.

Se este for seu primeiro inverno no Canadá, experimente um pouco de cada coisa Agora você está pronto para encarar uma das muitas pistas de patinação que já estão abertas na cidade. Basta levar seus patins e aproveitar. É de graça! Para quem não tem o seu, os preços variam dos

mais baratos aos mais caros, é só procurar, desde lojas de departamento até lojas especializadas. Não quer comprar? Não tem problema, é só alugar. Não adianta dizer que não sabe patinar, pois existem aulas básicas para os interessados. A patinação no gelo é um esporte que pode ser praticado por qualquer pessoa, desde crianças a adultos. Só é preciso ter disposição. Em breve as estações de esqui também estarão abertas e aí sim a aventura é de verdade. Você tem a opção de fazer snowboarding ou esquiar, depende da sua preferência. Para os que nunca praticaram nenhum dos esportes, aulas também estão disponíveis nas estações. Instrutores dão dicas básicas de como se locomover, parar, cair e levantar. Sem esquecer que você está no país do hóquei, quem sabe se arriscar em

uma partida? Se você não gosta de aventuras e prefere o conforto e aconchego do seu lar, convide os amigos para um jogo de cartas, tabuleiro ou vídeogame, assistir filme ou para um fondue. Com o tempo frio as pessoas adoram se reunir para comer, sem contar que a queda de temperatura deixa o nosso apetite mais aguçado, pois nosso corpo gasta mais energia para se aquecer, o que nos leva a consumir mais calorias e,

se não tomarmos cuidado, quilos extras aparecem sem percebermos. O cardápio de inverno combina com caldos, cremes ou sopas, vinhos encorpados e queijos, chocolate quente com uma fatia de bolo. Vale lembrar que por mais saborosas que sejam, estas delícias do inverno que invadem nossas mesas devem ser consumidas com moderação, pois são calóricas e gordurosas. Quando estiver na rua, não exagere em bebidas calóricas.

Intercale, por exemplo, o chocolate quente com chás. Diga não ao chantilly! Mantenha a disciplina, afinal o inverno acaba e você não quer encarar o verão acima do peso, certo? Há muito o que se fazer durante os próximos meses, basta escolher o que você mais se identifica e tem afinidade. Se este for seu primeiro inverno no Canadá, experimente um pouco de cada coisa. Certamente o inverno será sinônimo de divertimento.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

17  |

inverno | winter POR CAROLINA LADEIRA  editor@brasilnews.ca

A sua pele no frio Os cuidados com o maior órgão do corpo é imprescindível no inverno

N

a estação mais fria do ano, a nossa pele é atingida não só pelas variações térmicas, mas também pelas mudanças de hábitos. Com isso, é comum aparecer áreas mais ressecadas que chegam a apresentar rachaduras e até sangramento. A perda de oleosidade na epiderme pode ser amenizado se seguidas algumas dicas. E viva um inverno com saúde e beleza!

Hidratação

A maior preocupação que se deve ter com a pele durante o inverno é em hidratar a camada mais superficial da pele, a epiderme. Para entender, a hidratação deste órgão se dá por via interna e externa: a primeira acontece quando o suor, constituído por água e sais minerais, atravessa as várias camadas da pele, chegando à epiderme; a segunda se dá quando introduzimos água, por meio

de produtos farmacêuticos e cosméticos, nas camadas mais externas. No inverno, a produção de suor diminui e o corpo deixa de contar com esta alternativa de hidratação, sendo fundamental usar hidratantes. E para que estes cumpram seu papel, a pele precisa estar limpa.

Esfoliação

O uso da bucha é permitido para o corpo, pois ajuda a eliminar células mortas e auxilia na absorção do hidratante. Porém esse tipo de processo deve ser feito com cuidado, pois retirase um pouco da gordura da superfície da pele, que serve de proteção. Por isso, a hidratação após a esfoliação deve ser mais cuidadosa e, dependendo do tipo de pele, vale ser feita semanal, quinzenal ou mensalmente. Atenção aos produtos com álcool: eles ressecam ainda mais a pele.

Banho

Os banhos quentes e demorados são deliciosos, mas cuidado com a temperatura. O ideal é que eles sejam curtos com água morna, quase fria. O enrugamento normal que acontece na pele quando ficamos muito tempo na água indica que sua pele está desidratada. Outro alerta importante é aos sabonetes alcalinos que, assim como a água quente, removem a capa de proteção natural, fazendo com que a pele perca água para o meio e desidrate.

Proteção ao sol

De duas a três vezes por dia, depois do hidratante, é importante não descuidar do uso do protetor solar, mesmo no inverno. Mais de 80% da radiação ultravioleta que atinge a pele durante a vida corresponde a essa exposição do dia a dia – mais do que em praias.

Água, água, água

Não se esqueça que hidratar por dentro é fundamental. Beber dois litros de água é uma regra a ser praticada diariamente, faça frio ou calor. Reforçar a alimentação com frutas ricas em água, como laranja, melão, manga e melancia, também é uma opção. Comidas gordurosas, que são os primeiros costumes adquiridos durante o inverno, devem ser evitadas, pois elas colaboram para uma pele menos saudável.

Rosto

À noite, é aconselhável limpar sempre o rosto antes de dormir, para retirar as impurezas acumuladas durante o dia e desobstruir os poros, para melhor

absorção do hidratante. Cada pele requer um tipo de produto, lembrando que muitas vezes o creme usado no verão não vai funcionar tão bem no inverno, e viceversa. Não se deve utilizar buchas ou esponjas para essa área tão sensível. O ideal é usar uma loção ou gel de limpeza, com ação mais profunda. A boca também requer atenção, por ser uma região que sofre muito com a ação do frio, rachando e criando feridas. Por isso o protetor labial não deve ser esquecido.

Joelho e pés

Não esqueça de dar atenção às áreas com poucas glândulas sebáceas, como os joelhos e os pés. Uma boa dica é aplicar o hidratante

Venha saborear comida autêntica brasileira!!!!

nos pés antes de dormir e logo depois calçar meias.

Tratamento estético

Se além de proteger a pele, ainda quiser fazer um tratamento estético, esta é uma boa época. Como a incidência do sol está menor nesses meses, a chance de que alguma complicação aconteça por causa da maior sensibilidade da pele é baixa.

Doenças

Muita gente não sabe, mas o frio pode causar doenças na pele, como a dermatite atópica e a dermatite seborreica. O mais indicado, nesses caso, é procurar um dermatologista, pois a problema pode ser agravado com o uso indevido de medicamentos.

inaugu rado

9 de jun

ho

(647) 340-4036 1702 st. clair aVe. W. toronto on


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  18

crônica | chronicle por rodolfo torres  rodolfo.torres@ig.com.br

Um conselho a quem estiver a passeio nos dias quentes

H

á pouco fazia um balanço sobre o que deveria ter feito no Canadá. Caminhava e tentava puxar pela memória para descobrir o que faltou para minha temporada em Toronto ter sido mais proveitosa. Mas nada parecia faltar, nadinha. Até que um estalo fez o favor de me lembrar que não vi barcos. Um pecado. Se bem que na época em que por aí estive, a náutica não me interessava. Mas o arrependimento tardio consegue ser até mesmo pior... Por que não fui à Marina daí para olhar as embarcações, de preferência as menores, mais próximas dos sonhos? Teria sido bom tomar um café e olhar aquele molejo preguiçoso que serve até para arrancar algumas tristezas mais teimosas. Agora mesmo olho fotos da Toronto Island Marina. E poderia fazer nada por lá, ao invés de ter caminhado

pelo centro da cidade, vendo “mendigos” lendo filosofia e jovens com uma invejável beleza e seguridade social pedindo dinheiro para o Kiss Army.

Há neles [nos barcos] uma inexplicável sensação de paz e ordem Quem sabe trocaria minhas visitas quase diárias ao jornal canadense ao qual Hemingway mandou seus textos da Europa por velas e motores. Atualmente, seria até mesmo capaz de trocar a memória de um artista tocando Across The Universe no metrô, com a voz de Lennon, pelo deslizar de embarcações. Meu interesse por barcos, assim como muita coisa na vida, não tem explicação. Poderia até mesmo dizer que gosto de vê-los porque há neles uma inexplicável sensação de paz e ordem.

Sem indústria de multa, buzinas, congestionamentos e outras agruras que acompanham o brasileiro ao volante. Mas não é só isso. É mais... Talvez seja até mesmo uma tentativa de embarcar numa fuga onde o principal é fugir. Sem destino certo, sem necessidade de parar a viagem; apenas a fuga pela fuga. O olhar de quem está prestes a se despedir de algum lugar sempre tem ternura. É gentil para com a paisagem. E cheio de solidariedade para com quem fica com aqueles insuportáveis problemas miúdos, porém capazes de enlouquecer pela insistência os melhores corações. Será que é feliz apenas aquele que parte? Quem fica em terra, observando os movimentos naquela falsa sensação de estabilidade, terá folga em sua dor? Provavelmente não. Mas um café e uma água com gás sempre ajudam...

falam Portu os guês 1444 Dupont St, unit 1B Toronto - ON M6P 4H3 Tel. 416 516 4949

DANIEL FERNANDES

Até tentei redigir algumas linhas em Puerto Madero. Mas era noite, estava frio demais e o vinho descia perigosamente macio. A conversa seguia boa, além disso estava sem lápis, papel e saudade. Ficamos de voltar. Não foi possível.

Do que foi dito, certo é que meu conselho de visitar a Marina de Toronto não é o mais adequado nesta época do ano. O frio que imagino que faça por aí não é recomendável a esse tipo de aventura. Melhor mesmo é esperar até os dias quentes

e, até lá, se contentar com fotos de barcos debaixo do sol dos trópicos. E se a vida me permitir retornar a Toronto, vou à sua Marina. Porque uma segunda chance é preciosa demais para não enchê-la com vida.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

19  |

esporte | sports por  fernando goscinscki  fernandogoscinscki@yahoo.com

Com Muricy, Fluminense é campeão Campeonato Brasileiro é conquistado por time carioca

O

argentino Conca foi indiscutivelmente o melhor jogador do Fluminense neste Campeonato Brasileiro, mas o principal personagem da conquista é o técnico Muricy Ramalho. "Mestre" nos pontos corridos, o treinador chega, agora, ao seu quarto título brasileiro. Ele ganhou a metade de todas as edições disputadas no sistema de

pontos corridos, implantado em 2003. De 2005 até agora, Muricy havia conseguido três títulos com o São Paulo (2006, 2007 e 2008), um vice-campeonato com o Internacional (em 2005) e uma quinta colocação com o Palmeiras (em 2009) nesta última, liderou boa parte da competição, mas fracassou no final. Com a conquista, além de

se firmar c om o o treinador com mais títulos brasileiros em campeonatos de pontos corridos - os outros campeões foram Vanderlei Luxemburgo (2003 e 2004), Antônio Lopes (2005) e Andrade (2009) -, Muricy se tornou

apenas o segundo a conseguir ganhar o Brasileirão por equipes paulistas e cariocas. Antes dele, somente Antônio Lopes, campeão com o Vasco em 1997 e com o Corinthians em 2005, havia alcançado tal feito.

Leandrinho faz apenas três pontos em derrota de Raptors

O

domingo não foi nada bom para Leandrinho Barbosa. O armador brasileiro acertou apenas um dos nove arremessos que tentou, terminando a partida contra o New York Knicks com apenas três pontos. Além disso, viu seu

ex-companheiro Amar’e Stoudemire ter uma grande atuação e levar o adversário a uma vitória por 116 a 99 sobre o Toronto Raptors, no Canadá. Stoudemire foi o cestinha da partida e ainda fez um duplo-duplo, com 31 pontos e 16 rebotes. Do

lado dos Raptors, Amir Johnson também fez um duplo-duplo, com 22 pontos e 16 rebotes. O maior pontuador do Toronto foi Jerryd Bayless, com 23 pontos. Além dos três pontos, Leandrinho pegou dois rebotes e deu duas assistências.

Bola de Ouro: a jogadora Marta busca o penta

O

s espanhóis Xavi Hernández e Andrés Iniesta e o argentino Lionel Messi, todos os três do Barcelona, são os finalistas da Bola de Ouro da Fifa, que premiará no dia 10 de janeiro, em Zurique, na Suíça, o melhor jogador de 2010. O anúncio aconteceu nesta segundafeira, 06 de dezembro, em Paris. Entre as mulheres, a brasileira Marta, vencedora nos últimos quatro anos, disputará o prêmio com as alemãs Birgit Prinz e Fatmire Bajramaj.

Os espanhóis Vicente del Bosque e Pep Guardiola e o português José Mourinho são os três finalistas na c ate gor i a d e mel hor treinador. A votação do melhor jogador do mundo em 2010 teve a participação dos técnicos e capitães das seleções nacionais das 208 federações da Fifa, além de um painel de 154 jornalistas internacionais. Na pré-lista de 32 nomes também possuía os brasileiros Daniel Alves, Maicon e Julio Cesar.


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  20

Arte & Cultura | arts & culture enviado por Solange Escosteguy Cardoso  www.solangetoronto.wordpress.com

Maestrina brasileira encanta público de todas as idades Danielle Lisboa rege concerto em teatro lotado

N

este domingo, 5 de dezembro, Danielle Lisboa, nossa maestrina brasileira, apresentou com grande sucesso seu segundo concerto como titular da Orquestra de Toronto. Desta vez, com

um repertório direcionado para as crianças, Danielle fez uma apresentação que cativou o público infantil e, sem dúvida, encantou também os adultos. Com simplicidade e muito carisma, ela introduzia cada música

contando sua história e o significado de cada frase musical, uma forma bem didática. Para nós, brasileiros, reservou ainda a emoção de uma belíssima apresentação da abertura de “O Guarani”, de Carlos Gomes, que encantou também canadenses. O teatro do Toronto Centre for the Arts, com capacidade para 1000 pessoas, ficou lotado. Foi uma noite para nos deixar orgulhosos. Antes do início do concerto, os instrumentos musicais estavam à disposição para as crianças experimentarem. Uma inteligente maneira de atrair o público infantil e jovem para a música. Apesar de fotos não serem permitidas durante a apresentação, foi possível fotografar ao final, quando a maestrina foi homenageada com um buquê de flores. Ano que vem tem mais!

Danielle com seus dois filhos e membros da comunidade brasileira que prestigiaram o evento

No encerramento, Danielle Lisboa e o solista Adrian Anantawan, um exemplo de superação por ter nascido sem a mão direita

Está regressando ao Brasil? Não sabe como levar seus pertences?

Consult e sobre a -nos nossa prom CAIX A $ oção 35 para o B 0 (USD) rasil 1 me tro cúbic o

CONFIE

nas mãos de quem entende Mais de 10 anos de experiência - Mudanças para todo o Brasil via aérea ou marítima - Todos os meses, envio de cargas consolidadas, ou seja, frete mais barato para quem está mudando. * Para receber os pertences, isento de impostos, é necessário estar no Brasil. Por isso, é obrigatório que a pessoa esteja de mudança. Não fazemos remessas de caixas, somente pertences pessoais.

PROMOÇÃO: Bônus de 15% no frete aéreo para quem apresentar este anúncio

Tel.: 416 465-3459 100 Broadview Ave suite 318

w w w. m e l l o h a w k . c o m

Rodrigo Abreu (ramal 22) rodrigo@mellohawk.com

Matheus Maia (ramal 28) matt@mellohawk.com


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

21  |

saúde | health por Dr. Carlos Valente carlos@rogers.com

Um bom começo O uso de aparelhos auditivos pode parecer complicado, mas os benefícios compensam

C

omo novo utilizador de aparelho auditivo, um bom começo é muito importante. A maioria dos aparelhos auditivos modernos está equipada com uma série de características que podem compensar a maior parte das perdas de audição e serem ajustadas individualmente de forma a que o utilizador obtenha uma imagem sonora nítida, natural e agradável. Mas a transição para o uso de aparelho também representa a entrada em um novo mundo, onde é necessário aprender coisas novas. Como principiante, é necessário habituar-se em primeiro lugar a: •• Conhecer todos os novos sons; •• Ter um objeto estranho no ouvido e a sensação de estar fechado dentro de uma pipa; •• Ouvir a própria voz e os sons da mastigação de uma forma diferente. Tanto os ouvidos como o cérebro devem habituar-se aos novos sons, pois pode ser embaraçoso ouvi-los de repente. Por isso, é da maior importância que o aparelho fique ajustado corretamente

e, evidentemente, que seja utilizado. Se ficar metido numa gaveta em vez de colocado nos ouvidos, será dificil verificar se o ajustamento efetuado é o melhor. Nos primeiros dias, pode sentir-se pouco à vontade ouvir através dos aparelhos e pode ser difícil distinguir os diversos sons. Nada soa como antes. E nada é como antes, ou seja, é melhor! É recomendável utilizar os aparelhos auditivos por períodos curtos de cada vez, por exemplo, uma hora de cada vez, várias vezes por dia – e de preferência em situações de escuta diferentes. Mas não comece por utilizar durante um dia inteiro em companhia animada de muita gente. Seria uma experiência demasiado violenta. Não se trata apenas de habituar-se aos novos sons, o que varia de pessoa para pessoa, mas também de ter um corpo estranho no ouvido. É necessário controlar se os aparelhos estão colocados corretamente. Quer se trate do molde de um aparelho retroauricular ou de um aparelho intracanal, este deve estar todo junto, senão podem não funcionar

da melhor maneira ou podem provocar realimentação (feedback). Nos primeiros dias poderá sentir a sensação de uma ligeira pressão e o ouvido pode ficar um pouco dolorido, o que é completamente normal. Mas se esta situação não desaparecer depois de uma semana, é necessário ajustar o molde ou a concha, respectivamente. Depois de algumas semanas de utilização, os aparelhos auditivos necessitam quase sempre de uma regulação de precisão e, quanto mais informações puder dar ao técnico sobre as suas primeiras impressões, mais facilitará a sua tarefa. Portanto, quando

voltar à consulta, procure especificar se são os sons graves ou agudos que incomodam. Analise também se os sons fortes ficam de-

É importante que o aparelho fique ajustado corretamente e que seja utilizado com frequência

masiado fortes, enquanto o som em ambientes calmos parece conveniente. Escute os sons, por exemplo, dos talheres e dos pratos, da

torneira, dos carros, dos passos no chão duro, das vozes de crianças, da música, do bater das portas, dos risos, das máquinas etc. Experimente se estes sons soam naturalmente no resto do universo sonoro. Se houver um desequilíbrio em todos estes sons cotidianos ou se houver determinadas coisas que soam mal ou incomodam, isso poderá ajudar o técnico a definir o problema. Na maioria dos aparelhos digitais é possível ajustar o equilíbrio entre os sons fortes e os sons fracos. Procure examinar se todos os sons fracos (o tiquetaque do relógio, o zumbido do frigorífico, os carros ao longe)

são invulgarmente fortes. Mas repare também que normalmente são estes os sons que não ouvia antes. Seja qual for o problema, é importante contactar o técnico se o aparelho não funcionar satisfatoriamente. Se tiver uma audição reduzida, poderá justamente ser o aparelho auditivo o caminho para uma maior alegria e uma maior qualidade de vida. Portanto, mesmo se no início tudo parece complicado, a compensação acaba quase sempre por vencer. E lembre-se: só há uma pessoa que pode decidir se o aparelho auditivo funciona conforme pretendido – o próprio utilizador.

¡Cuéntame! Conta-me! A Primeira pesquisa com homens que falam português ou espanhol na Grande Toronto Para quem é? Se você é homem de expressão portuguesa ou hispânica e teve relações sexuais com outro homem no último ano, essa pesquisa é para você. Participe!

Visite cuentame.ca ou contame.ca Contacte Marcelo Paolinelli: conta-me@ohtn.on.ca Tel: 416 642.6486 ext 2205


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  22

Caderno 2 | entertainment por Cristiano de Oliveira  bonitaodocaderno2@gmail.com

Lóki – O Documentário sobre Arnaldo Baptista Parte 2 Pra acabar

S

audações, figuras alegóricas. Entramos em dezembro, o mês oficial do saco cheio. Sério, chega essa época do ano e eu fico doido pra ir embora daqui. “Ah, Cristiano, mas Natal com neve é tão bonito...” Pode estar nevando muito bonito, pode estar caindo neve de ouro, Telesena premiada, caixa de Skol, Chicabon, carne de sol com mandioca, Underberg com soda... Não adianta, não há beleza no mundo que supere a beleza de vó. Fim de ano, eu só quero a minha avó. Bom, vou terminar então o assunto da edição passada. Estávamos falando do DVD “Lóki”, o documentário sobre o lendário fundador dos Mutantes, Arnaldo Baptista. Em resumo, eu disse que o DVD fala da banda, da carreira solo de Arnaldo, a

volta dos Mutantes em 2006 e sua vida atual. Mas a história é o de menos. Enquanto a história se desenrolava, aquele cérebro brilhante apanhava igual cambista em final de campeonato ao tentar – e obviamente não conseguir – controlar as pequenas coisas incontroláveis da vida. Arnaldo não conseguiu controlar a paixão desenfreada por Rita Lee, primeira namorada e pessoa que, segundo ele, foi responsável pela sua primeira internação em um sanatório. Rita Lee, aliás, não participou do documentário, e acho que foi melhor assim, porque ela não tem mesmo nada de bom pra falar. Independente do que rolou entre o casal (afinal, ser casada com Arnaldo não devia mesmo ser fácil), ela sempre foi chata. Sempre fez o maior

drama pra explicar sua saída dos Mutantes, sendo desmentida por várias pessoas. Criou uma carreira solo muito das fuleiras, não consegue falar duas palavras sem reclamar, se acha a pessoa mais divertida e original da Terra, e como se não bastasse, ainda cantou “Cadê Zazá”! Aí não! Zazá?? Rita Lee é o óleo de fígado de bacalhau da música brasileira. A Emulsão Scott da MPB. Arnaldo não conseguiu controlar o passar do tempo. Longe de Rita e vendo a idade chegar, não deixou de ser extremamente criativo e irônico, mas certa melancolia passou a permear suas composições. Por fim, ele não conseguiu se controlar frente ao mundo que o escutava. Constantemente chamado de louco, eternamente

incompreendido, visto sempre como “aquele cara que passou pelo manicômio”, como ele mesmo relata, foi internado pela quinta vez e jogou-se da janela na esperança de se livrar da camisa de força de qualquer jeito, nem que fosse morrendo. Entrou em coma, sofreu sérios danos cerebrais, desapareceu de cena aos olhos do povo como aquele cara que se não morresse, ficaria

mais louco do que já era. Arnaldo Baptista sobreviveu. Acordou do coma um dia, e ao seu lado estava Lucinha, uma fã que não arredava pé dali desde que ele entrara no hospital. Os dois se casaram e vivem há mais de 20 anos em uma fazenda em Juiz de Fora, onde ele pinta seus quadros e, dizem, recebe as pessoas que vão até lá querendo conversar com ele. Com a dicção

e o raciocínio complicados, o homem que, segundo seu irmão Sérgio Dias, “simplesmente estava 20 anos à nossa frente”, ajuda a contar sua própria história nesse documentário cheio de boa música, excelente conversa e uma coleção invejável de cenas e fotos. Como diria Tica Bicheiro de Alvinópolis, o cara “é feijão sem bicho”. Adeus, cinco letras que choram.

Receitas | recipes Rabanada Rendimento: 10 porções

Ingredientes

1 pão tipo baguete amanhecido 3 ovos 1 lata de leite condensado 2 xícaras de leite Açúcar e canela em pó para polvilhar Oléo para fritar

Modo de preparo

Corte o pão em fatias na largura de um dedo. Misture os ovos e o leite. Passe as fatias na mistura e frite em óleo quente. Escorra em papel toalha e polvilhe o açúcar com canela. Se preferir, asse no forno em forma untada com manteiga.

Tirinhas | COMICS por Renato Takahashi  takren@gmail.com

26/11 a 17/04 Exposição Tim Burton Diretor de sucessos como “Alice no país das Maravilhas” e “Noiva Cadáver” TIFF Bell Light Box - 350 King St. West. Ingressos a partir de $18

12/12

25/12 a 30/12

Natal da Casa dos Açores

Disney on Ice

Almoço e brincadeiras para as crianças. Doação de alimento não perecível como entrada. 1136 College St. 14h

Espetáculo de patinação Rogers Centre Ingressos a partir de $90

18/12

31/12

Natal na Igreja Sto Antônio

Réveillon Maná

Shows de cantores da comunidade. Ingressos a $10. 1041 Bloor Street West 20h

Ritmos brasileiros com Djs. Ingressos antecipados a $10. 722 College St. West 23h

19/12

31/12

2º Concurso de forró

Réveillon (Marcelo Neves)

Ingressos antecipados a $10. Lula Lounge 1585 Dundas St. West 17h às 22h

Sport Club Lusitânia of Toronto Reservas: (416) 410-0474 103 Ossington Avenue. 19h30


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

23  |

English Corner por Brian Bowen  teacherbowen@yahoo.com

S

ome time ago, I was talking to a student about his job situation. He had found a new job and was wondering if he should just stop going to his current job. My advice to him was that he shouldn’t “burn his bridges”. This turned out to be no advice at all, because he didn’t understand what I was talking about. I was referring to the English proverb, “Don’t burn your bridges behind you”, which means don’t destroy your chances of going back to a situation--often a job--but he was not familiar with it. A proverb is a short saying that expresses advice. Every culture has them but, because they are based on traditional beliefs and moral judgements, they may not translate to other cultures easily. However, in order to learn the language

of a culture, it is necessary to understand its proverbs. Here a just a few common English proverbs and their meanings: “A fool and his money are soon parted” means people who aren’t careful with their money spend it quickly. These people don’t believe “a penny saved is a penny earned”, which means saving money is a way to make money. This proverb is similar to “waste not want not”, meaning if you save your resources (food, money, etc.), you won’t lack them in the future. “A stitch in time saves nine” means it’s better to fix a small problem now because it may become a larger problem later. It’s similar to “the early bird catches the worm”, but that proverb stresses quick action will bring a reward. Another proverb on this theme is

www.truewhiser.com

Os provérbios da língua inglesa

“Make hay while the sun shines”, which means you should take advantage of an opportunity while you have it because it may not last. The proverb, “actions speak louder than words”, means what a person does is more important than what they say. It is related to the idea “you can’t tell a book by its cover”, which means people are not always as they appear. When it comes to things, remember “all

Solutions Immigration Consulting Inc.

Imigração em Geral - Assistência de Profissionais no assunto PODEMOS ASSISTI-LO NO CANADA, USA E OUTROS PAÍSES

that glitters is not gold”, or things may not be as valuable as they appear to be. For lovers, we have “all’s fair in love and war”, which compares competition in love to waging war, allowing people to do anything in order to win. There’s also “love is blind”, which means when two people are in love they don’t see each others faults. (This latter proverb comes from Shakespeare, who used it in several of

his plays, including Two Gentlemen of Verona, Henry V and The Merchant Of Venice.) Of course, if it doesn’t work out, “there are plenty of fish in the sea”, meaning that you will find someone else. There are literally thousands of English proverbs, but don’t worry if the number seems overwhelming. “Rome wasn’t built in a day” (it takes time) and “practise makes perfect”.

Born and raised in Toronto, Brian Bowen has a BFA in Creative Writing from York University. He has been teaching English for almost 25 years as a high school English teacher, and as an ESL instructor at Seneca College and with the Japan YMCA. He currently owns and runs the Canadian Academic Success School, 5308A Yonge St. You can contact Brian at 416 7688456 or visit his website at CanadianAcademicSuccess.com

Pensou em remessa de dinheiro? Pensou Star Remittance!  Remessas de dinheiro para o Brasil e do Brasil para o Canada  Cartões telefônicos e serviços de Fax

OÇÃO PROM /12

a 25 de 15 X free T

 Melhores cotações na compra e venda de Dólares e Euros

Sol Gombinsky - Presidente Especialista em Imigração desde 1967 Membro Licenciado da CSIC Ex-gerente da Imigração do Canada

Formada em Lei Canadense Gerente - Língua Portuguesa E-mail: ivaniam@immsol.com

Ivania Menezes

(416) 661-6376

(416) 828-7666

1240 DUNDAS ST. W. | 416 537-1305 FAX: 416 537-2391

Venha saborear o melhor da comida brasileira no Canada!

1183 Finch Ave. West, Suite 508 Toronto, ON - Canada

www.immsol.com SOS CES PRO AçÃO EM R ESA MIG DE I O/EMPR P GRU

Abertura de Companhias, Traduções, Small Claim, Landlord & Tenant

NO CANADA Classe Familiar, Permanente Residente, Refúgio, Humanitário e Compaixão, Extensão de Vistos, Troca de Visto, Apelos e Cortes, Programa de Live-in Caregiver, Cidadania

FORA DO CANADA Permanente Residente, Trabalhador Capacitado, Negócios, Classe Familiar, Contrato de Trabalho, Visto de Estudante, Refúgio

• Picanha na Chapa ou no espeto • Peito ao Catupiry • Virado à Paulista • Frango com Quiabo • Peito à Parmegiana • Bife à moda da Casa SEMPRE TEMOS PRATOS ESPECIAIS DURANTE A SEMANA!

Estamos fechados às segundas. Ás terças abrimos a partir do meio dia. Aos domingos temos música ao vivo com Carlinhos a partir das 19hs

1242 DUNDAS ST. W. 416 588-2967


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  24

UNIVERSO FREDIANO por FRED ITIOKA  oka1999@hotmail.com

Sonhos

N

ão foi preciso fechar os olhos. Nem esperar o anonimato da noite, nem tampouco fazer algum esforço. Basta saborear esta palavra pequena e de tão imenso valor. Afinal, viver sem ele seria monótono, maçante, cinzento. Tê-lo nos braços e na alma traz aconchego, fé e aquele estímulo pra seguir adiante mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, como diria Lenine. O sonho. Eu sou daquele tipo que se perde nos sonhos. Sonho de olhos bem abertos para não perder nenhum detalhe. Me dou o direito de ser bem ridículo, quando no cotidiano a gente é obrigado a ser certinho e não sair das rédeas. E neste meu momento de

comunhão comigo mesmo posso assumir facetas até então despercebidas, personas bizarras, situações limite, cenários distantes e dispares. Sonhar traz soluções. Inspirações, sinais. Traz saúde e riqueza. Riqueza de espírito, de ideias e criatividade. Traz aquele ouro que não é contado, nem avaliado. Aquele é tão somente seu e de ninguém mais! E por isto, tão valioso. Sonhar é o mistério. Em uma destas noites com latidos distantes e vento sussurrante, sonhei que invadia o sono e sonho das pessoas. Era como abrir as portas dos estúdios de cinema: em um set, esbarrava com uma cavalaria. Em outro, nevava. Subindo as escadas, do

outro lado, a realeza bailava ao som de violinos. Acordei animado sobre os sonhos alheios e resolvi abrir uma enquete sobre os sonhos para 2011 entre os amigos em uma rede social. Marcela sonha com mais chocolate e menos culpa. A Valéria concorda. E todos queremos uma vida mais doce! Verinha sonha com felicidade. Simples assim! Nelsinho e Maysa assinam embaixo. Rita ainda adiciona: felicidade e reinvenção! Que assim seja. O Bip sonha com paz e amor. A Célia e a Mariana também. E quem não sonhou com esta dupla nos anos setenta, não é John Lennon? Não, o sonho não morreu. E se Martin Luther King sonhou com um mundo

Acordei animado sobre os sonhos alheios e resolvi abrir uma enquete em uma rede social mais justo, o Júlio também. O Nélio, que deu aulas de alfabetização nas favelas do Rio, continua sonhando com educação para todos! A Paula sonha com a soma das diferenças. A Kátia sonha e pede decência. O Bruno sonha com um Brasil de casa e cara limpas. O Ross sonha em viver de arte, o Rafael quer prosperidade. E a Renata quer tempo. Ah o tempo. Quanto tempo leva para que os nossos sonhos se tornem realidade? Entre um piscar

de olhos, no cair da areia na ampulheta, nas estações do ano? Às vezes eu acredito que o sonho e o tempo brincam com a tal da paciência. Então é preciso continuar sonhando! E com certeza o Rafa ainda vai querer menos trânsito na cidade. O Almir: abrir um novo negócio. Sucesso! O Zezé continuará rabiscando o mapa múndi em direção a Sicilia, assim como a Fabiana já de malas prontas para uma nova viagem. Marzio continuará piadista. Sonhando com uma vida mais engraçada. O Renato sonhando com o desapego! A Silvana quer o novo apartamento e a vida tranquila com sua filha. O Horácio quer fazer a unha da Lady Ga Ga. Sonhar é se

permitir! Que venha, Lady Ga Ga! Eu me vejo em cada um destes sonhos como um jardineiro que passa a manhã regando as mudinhas. E assim como a Yara eu sonho com as amizades florescendo. Sonho com saúde física e espiritual para todos, como a Aline! Com qualidade de vida, como a Carla. Com um futuro próspero para quem chega a este mundo, como a Valéria. Sonho em compartilhar as descobertas e as alegrias desta caminhada com amigos como o Luis. Sonho de olhos cada vez mais abertos. E enquanto a areia da ampulheta cai de grão em grão, sonho em fazer destes segundos uma eternidade. Bons sonhos a todos.

LEIA e ASSINE um ano - 24 edições) por apenas CAN$50 Nome Endereço Cidade Província Cod. Postal E-mail

Telefone

Preencha os dados acima e remeta juntamente com cheque nominal ao BrasilNews para 1554 Dundas Street West, Toronto, ON M6K 1T8Canada


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

25  |

Classificados

Envie seu classificado* para o Brasil News pelo e-mail brasilnews@brasilnews.ca ou fax- 416 538-9171. Funciona! EMPREGOS & SERVIÇOS Vende-se cadeira de cabeleireiro cor preta e tapete. Valor cadeira: $ 150,00 ou melhor oferta e tambem todo equipamento para montar um salão de cabeleireiro. Ligar: 416 535 2787 Procura-se uma senhora para ensinar Portugues(do Brasil) para a minha filha de 5 anos-Aulas uma vez por semana(sabado ou domingo) - Estou situada perto da Royal York subway station. Ligar para 416-993-1217 CARPINTEIROS FINISH - Com experiencia, idade ate 35 anos-trabalhar com custom homes em Toronto. Entrar em contato somente se possuir os requisitos. Ligar para Charles 416.825.9335 Precisa-se de live-in caregiver fluente em portugues para cuidar de 2 criancas e servicos domesticos. Dormir no emprego. Necessario 2 grau completo, 2 ou + anos de experiencia nos ultimos 3 anos. Salario $10.25/hour (30 h/week). Acomodacoes privativas (deducao de $85.25/ week). Enviar e-mail para dcrios@rogers.com para agendar entrevistas. Procura-se por emprego em restaurantes ou cuidando de crianças. Somos formadas em Comunicação Social. Temos experiência nas duas áreas. Já trabalhamos em restaurantes nos USA e cuidamos de crianças no Brasil. Contato pelo 647 893-8395, Marcella e Larissa. livros didaticos - Estou dando aulas de Inglês e Francês numa ONG em Santos para

jovens carentes, tenho dificuldades de conseguir livros didáticos sobre o Canada. Caso tenham informações por favor envie e-mail para claudiomgentil@yahoo.com.br Precisa-se com urgência de uma geladeira para o ministério S.O.S. Rescue Team. Necessitamos também de cobertores e casacos de inverno para os menos protegidos. Quem quiser fazer doações entrar em contato com a pastora Jacinta pelo e-mail churchofpromise@bellnet.ca aluga-se cadeira em salão de cabelereiro na área da St. Clair / Dufferin. Interessados ligar para 416-654-0001 falar com Lina PRECISA-se de Tapers com experiência. Favor de contactar Samurai Drywall pelo telefone 647924-2599 ou 647-966-2499. precisa-se de ajudante de cozinha para churrasqueira, interessados ligar para 416 220 7282 falar com John

precisa-se de Tapers com experiência. Contactar Maria Coelho pelo 416 410 4272 GRATUITO - estudante de higiene oral precisa de pacientes para limpeza e polimento dos dentes, aplicação de flúor etc. Não é necessário apresentação de nenhum documento. Aceito adultos e crianças. CONTATO: 647-894-8840.

ALUGUEL de Imóveis Aluga-se Apt. Dufferin/St.Clair ( Earlscourt Ave.) renovado, mobiliado com ¼ , sala e cozinha, quintal p/ BB , com internet, TV Globo tudo incluido $1100.00 , lavanderia. Disponivel: 1 de Janeiro. call 416-936.4250 Aluga-se Quartos CN$ 360,00 e CN$ 400,00 St Clair/Dufferin. Despesas incluidas. Procurar Glaucia 416 546 8576

Precisa-se urgente de cozinheira para churrasqueira. Favor entrar em contato com John pelo telefone 416-220-7282.

Aluga-se quarto mobilhado (com banheiro privado novo) em uma linda townhouse semi-nova. Para MULHER, no 1º andar, com TV a cabo, internet, mini-geladeira privada, microwave, partilhar cozinha. Nao fumantes e sem animais. EGLINTON & WESTON RD. Contactar: 416-270-4775.

Procura-se empregada doméstica para residência em Richmond Hill. Com ou sem moradia. Procuramos também uma passadeira imediatamente. Ligar - 905) 886-5107 ou- 647) 403-4241.

Aluga-se Basement com quarto, cozinha e banheiro. Area St.Clair & Dufferin. Laundry , estacionamento disponivel e despesas inclusas. $650./mensal. (416) 654 5177 ou (416) 648 2109.

precisa-se de pedreiros com experiência, capaz de preparar e assentar tijolos. Salário $34.00/hr. Enviar resume p/ masonryhr@gmail. com.- empresa de Toronto)

Aluga-se basement, mobiliado, entrada separada, utilities+ cable com TV Globo. $650, proximo Dufferin & ST Clair. Contactar Maria Helena 647-294-8075

Aluga-se apartamento primeiro andar, renovado, entrada privada, quarto, sala,cozinha, banheiro e solarium. Lavanderia. Disponível 1 de novembro. 1646 Dufferin Street/ St. Clair. Informações:- 416) 654 5177- 416) 841-0666 ou416) 648-2109 Aluga-se excelente quarto mobiliado. Ossigton e College. $500 mensal. Somente com primeiro e último mês pago. Contato pelo e-mail: deboramacaro@yahoo.ca Aluga-se quarto mobilado em apt com internet, TV, serventia de cozinha e banheiro, ideal para estudante ou pessoa só, $300 tudo incluído. Tel. 647-273 5696. Falar com Dionisio. basement for rent - 2 bed. no smoking no pets $800,00 Laurence/Keele call 416-654-0001 tratar com Lina. Aluga-se quartos CN$360,00 St Clair/Dufferin Despesas incluídas. Contato Djalma 416 546 8576. aluguel temporário -Excelente quarto mobiliado para brasileiro(a) de passagem ou estudando em Toronto. Queen/Woodbine a 3 min. do lago e do TTC. $620 mensal. Mmínimo 1 mês. Ver quarto na web: www.colibrihouse.com, tratar pelo e-mail: amorris@yorku.ca Aluga-se apartamento renovado c/ entrada privada no 2º andar. Sala, cozinha, 2 quartos, banheiro deck grande, quintal grande p/churrasco, máquina de lavar e secar, lava-louça e microondas, tudo novo, estacionamento, tv a cabo, internet. Contato- 416) 262 4145. Aluga-se quarto Dundas/Ossington. Mobiliado com Internet, Globo e lavanderia dentro do apartamento. $350. Falar com Maria 647 764-5051

* PARA RETIRAR o seu anúncio, favor identificá-lo fazendo a solicitação pelo e-mail designer@brasilnews.ca O BrasilNews se reserva o direito de editar e publicar os anúncios segundo as normas da redação. Todos os anúncios estão sujeitos a aprovação.

Royal CRown aluminum

is an eavestrough company seeking hard-working individuals wanting an opportunity for excellent earning. Must have a driver’s license. Some lifting and ladder climbing is required. We provide paid training, dental and medical benefits.

Call 416 213.1772 or e-mail sales@gtaeaves.com

anuncie aqui: brasilnews@brasilnews.ca


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

|  26

Connection City Imagens por Steve Philipp  heuristx@yahoo.com

St. Lawrence Market

U

m dos dois maiores mercados de Toronto – o outro é o Kensington Market –, St. Lawrence Market é um ótima pedida em época de Natal. Situado a oeste da Jarvis

St., entre as ruas King East e Esplanade, ele é um complexo de três prédios que têm características diferentes: a parte ao norte reúne tradicionalmente aos sábados agricultores da província, e

aos domingos possui um mercado de antiquidades; ao sul, há uma grande variedade de vendedores de frutas, carnes, peixes e pães, além de uma galeria de exposições. Vale a pena conferir!

Decore sua casa com Marina’s Interior Design Tudo que você precisa em um só lugar!

Faça-nos um consulta, visite nossa loja e confira nossas promoções. erto Agora ab gos in m o aos d 4pm das 11 às Tintas Benjamin Moore e C.I.L.

TINTAS

MIN BENJAR E* O O M

Cortinados feitos sob medida, persianas verticais e horizontais HUNTER DOUGLAS. Pisos laminados hardwood em bamboo e engineering wood, V.C. tiles e Marmoleum.

pra *Na Com es lõ a g de 4 . free 1 C.I.L

Excelente seleção de Tapetes com diferentes estilos, padronagens e cores. Acessórios, móveis e objetos de decoração do clássico ao moderno.

COR

com d TINAS escon tos de

25%

TA

PISOS HARDWOOD com preços especiais

com d PETES escon tos de

35 a 4 0%

www.decorterminal.ca Tel: 461 537-3467/535-0007 | Fax: 416 537-8010 1554 Dundas Street West Toronto ON M6K 1T8


BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

27  |


|  28

BRASIL NEWS  |  1ª edição de dezembro  |  07.12.2010

1a edição dez 2010  

Brasilnews 1a edição dez 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you