Page 1

MST reúne 16 mil em Brasília

entrevista | pág. 5

"Situação não muda com 500 mil PMS nas ruas" Christina Amaral

Pablo Vergara

1 | mundo brasil | pág. 8

Yvonne Bezerra Mello ajudou jovem negro que foi torturado e amarrado nu em um poste no Flamengo

Manifestação pacífica levou milhares às ruas, mas foi recebida com violência pela polícia

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014 | ano 11 | edição 39 | distribuição gratuita | www.brasildefato.com.br | facebook.com/brasildefato

cidades | págs. 3 e 4

Quando um jornalista vira notícia

cultura | pág. 11

Blocos misturam rock e samba no carnaval de rua Toca Rauuuul e Cru arrastam foliões de diversas tribos

Alexandre Vidal/Fla Imagem

Divulgação

Geraldo Bubniak/Fotoarena

AcostumAdo Aos bAstidores dA informAção, o trabalhador Santiago Andrade, 49 anos, virou notícia na última quinta-feira (6). Em uma zona de conflito entre Polícia Militar (PM) e manifestantes, Santiago (sem equipamento de segurança) registrava as imagens de mais um ato contra o aumento das passagens. Atingido por um rojão aceso por manifestantes, agora ele engrossa as estatísticas de jornalistas que morrem em coberturas e, também, de mortos em manifestações. O velório acontecerá nesta quintafeira (13), das 7h às 11h, no Cemitério do Carmo, no Caju.

esporte | pág. 16

Fla estreia com derrota na Libertadores Com Amaral expulso Flamengo luta mas perde no México por 2 a 1


02 | opinião

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

editorial | Brasil

Uma bandeira política de massas A trágicA morte do cinegrafista da Band, Santiago Andrade, atingido por um rojão na cabeça enquanto registrava uma manifestação no rio de Janeiro, suscita uma justa onda de solidariedade em todo o Brasil. Ao mesmo tempo, a tragédia nos possibilita qualificar o debate sobre as tarefas políticas e as formas de luta das forças populares nesse momento. As manifestações de junho, além de elevarem a disposição para a luta na sociedade, também legitimaram a luta popular. contudo, essa conquista está em risco. isto porque ações desastradas têm marcado as manifestações pós-

junho de 2013. A banalização da ação direta, e o recurso à violência, mais como um fetiche “radicaloide” do que como necessidade real de luta política, está estreitando as margens do direito de manifestação. A imprensa conservadora aproveita para explorar erros primários, como a queima do fusquinha de um trabalhador em uma manifestação ou a trágica morte do cinegrafista, para desconstruir no imaginário popular a legitimidade das lutas sociais. todo povo tem o direito de usar o recurso da violência para defender sua soberania nacional. Nas socie-

O desafio é ter um programa e uma bandeira política que agregue toda a sociedade

_______________________________________

dades democráticas, o recurso à violência pelas forças populares deve ocorrer em última instância e como uma reação às agressões dos inimigos do povo. cair em provocações das forças de repressão e banalizar a violência afasta os trabalhadores das manifestações de rua. Assim, a direita se aproveita das ações violentas para pedir mais repressão. Aliás, a ação dos “Blacks

Bloc’s” no Brasil é algo típico de uma sociedade que busca retomar as lutas das grandes massas. Há uma crise na esquerda e o sintoma disso é que grande parte da juventude ainda não tem um modelo de organização a seguir. No momento em que ocorrer uma entre os trabalhadores e a juventude em relação a um programa político popular, tendo como síntese uma bandeira polí-

tica das massas, certamente o fenômeno “Black Bloc” perderá espaço. O desafio fundamental está em ter um programa e uma bandeira política que sejam um polo agregador na sociedade. As forças populares precisam urgentemente superar esse momento de crise. caso contrário, perderemos o tempo político e uma onda conservadora poderá varrer nosso país. O momento é propício para avançarmos no desafio da definição de um lema e a proposta da constituinte para reforma do sistema político tem um enorme potencial para isso.

editorial | Rio de Janeiro

Para qual direção seguiremos? Um ANtigO peNSAdOr disse que “se uma pessoa não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”. dito de outra forma, se não sabemos quais os nossos objetivos, como podemos atingi-los? Qual rio de Janeiro e Brasil você quer construir? Nós achamos que é impossível avançar na luta peLO povo, só que Sem o povo. então, como enfrentar os desafios sem organizar o povão nas ruas, sem movimento de massas? Só conseguiremos dar outro rumo às manifestações se superarmos as ações que não agregam gente. É neces-

Redação Rio: redacaorj@brasildefato.com.br

Para anunciar: (21) 4062 7105

sário apontar lutas objetivas, trazendo a população novamente para as ruas. A mudança da qualidade do transporte público e dos seus custos, a exigência por saúde, por educação e moradia dignas, além do fim das remoções forçadas, a desmilitarização da polícia e a democratização dos meios de comunicação são objetivos claros; mas só possíveis se mudarmos a forma de fazer política. Você já viu “pessoa jurídica” entrar na fila da sua zona eleitoral para votar? claro que não! então, é fundamental acabar com a força do poder econômico

que, por meio do financiamento privado das campanhas, elege políticos comprometidos com os interesses das empresas. temos que conquistar espaços em que o povo exerça diretamente o poder, como os referendos e os plebiscitos. por que aqueles que se dizem seus representantes podem decidir que o dinheiro dos impostos vai para as “arenas da copa” e não para a escola e para o posto de saúde do seu bairro ou para a melhoria do transporte?

O jornal Brasil de Fato circula semanalmente em todo o país e agora com edições regionais em São Paulo, Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Queremos contribuir no debate de ideias e na análise dos fatos • Ed do ponto de vista da necessidade de mudanças • Ed sociais em nosso país e em nosso estado.

Só mudaremos essa realidade com a organização de um plebiscito popular por uma constituinte exclusiva e Soberana do Sistema político. Se quisermos melhorar nossas vidas, temos que saber que direção seguir. O contrário disso é abrir espaço

para confusão, para a manipulação da rede globo e para a violência do estado e dos famigerados “justiceiros”. em uma de suas músicas chico Science fez uma pergunta que é muito boa para o momento atual: “de que lado você samba, você samba de que lado”?

conseLHo editoriAL rio de JAneiro: Antonio Neiva, Aurélio Fernandes, Joaquín Piñero, Mario Augusto Jakobiskind, Rodrigo Marcelino, Vito Giannotti AdministrAção: Carla Guindani e Valdinei Siqueira distribuição: Kleybson Andrade diAGrAmAção: Stefano Figalo editor-cHefe: Nilton Viana (MTb 28.466) editorA reGionAL: Vivian Virissimo (MTb 13.344) rePÓrteres: Gilka Resende, Bruno Porpetta coLunA sindicAL: Claudia Santiago estAGiÁriA: Mariane Matos fotÓGrAfo: Pablo Vergara iLustrAdor: Latuff


Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

cidades | 3

Morte de Santiago: quando um jornalista vira notícia VIOLÊNCIA Cinegrafista da Band Santiago Andrade engrossa estatísticas de mortes de profissionais da comunicação VivianVirissimo do rio de Janeiro (rJ) Acostumado aos bastidores da informação, o trabalhador Santiago Andrade, 49 anos, virou notícia na última quinta-feira (6). em uma zona de conflito entre polícia militar (pm) e manifestantes, Santiago (sem equipamento de segurança) registrava as imagens de mais um ato contra o aumento das passagens. Atingido por um rojão aceso por manifestantes, agora ele engrossa as estatísticas de jornalistas que morrem em coberturas e, também, de mortos em manifestações. O velório acontecerá nesta quinta-feira (13), das 7h às 11h, no cemitério do carmo, no caju. No corre-corre do protesto, o idoso tasman Amaral Accioly, de 72 anos, foi atropelado por um ônibus e também morreu. Segundo dados do instituto de defesa dos direitos Humanos (iddH), já são 10 mortes desde o início das jornadas de junho. dessa vez, diferente dos outros casos, a polícia agiu rapidamente e já prendeu os

dois suspeitos, Fábio raposo e caio Silva de Souza. Números da Associação Brasileira de Jornalismo investigativo (Abraji) apontam que 118 jornalistas foram vítimas de agressão e violações durante a cobertura de manifestações desde junho. do total, 75 foram casos de vio-

lência intencional, sendo 60 cometidos pela polícia e 15 por manifestantes. Segundo a ONg repórteres Sem Fronteiras, este foi o quinto óbito de jornalistas no Brasil, no exercício de sua profissão. Fato que torna o país o mais letal da América. O Sindicato dos Jornalis-

tas do rio pediu ao ministério público do trabalho (mpt) providências imediatas sobre a falta de segurança para jornalistas na tV Bandeirantes. Segundo a entidade sindical, a emissora deve ser investigada por submeter os funcionários a riscos, seja pela falta de equi-

pamentos de proteção, de equipes de apoio ou de treinamento adequado. Nos próximos dias, as demais empresas de comunicação que atuam no rio, nacionais e estrangeiras, serão notificadas para exigir o cumprimento de normas básicas de segurança. Fernando Frazã o/ABr

Jornalistas fizeram ato em memória do colega Santiago

Ministra lembra riscos da profissão dos jornalistas DIREITOS HUMANOS Maria do Rosário participou de ato em solidariedade aos jornalistas na ABI do rio de Janeiro (rJ) em ato promovido na sede da Associação Brasileira de imprensa (ABi), a ministra da secretaria de direitos Humanos, maria do rosário, condenou o uso da violência em manifesta-

ções. “Os responsáveis por aquilo [morte de Santiago] são aqueles que vão portando artefatos, algo que não deveria fazer parte de uma manifestação democrática. A violência não é o caminho”, falou. “Quando o Santiago foi atingido, também foi atingida a liberdade do exercício

de sua profissão. como em tantos outros casos que acontecem no Brasil”, completou maria do rosário. Segundo ela, um grupo de trabalho sobre “direitos humanos dos jornalistas” monitora 77 casos de violência em todo o país. O grupo vai finalizar um rela-

tório que será encaminhado ao ministério da Justiça na próxima semana. “este é um caso que aconteceu diante das câmeras, ele próprio segurando uma, e é provável que isto impeça que a impunidade exista. mas não é a mesma realidade dos casos que envol-

vem grupos de extermínio e de agentes do estado contra jornalistas”, disse maria do rosário. ela frisou que as empresas de comunicação tem responsabilidade sobre os trabalhadores que atuam em áreas de conflito, qualificados por ela como “pontas de lança”. (VV)


4 | cidades

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Professor de Direito da Puc-Rio critica atuação da Polícia Militar DIREITOS PM não prioriza integridade física das pessoas, sejam profissionais da comunicação ou manifestantes, diz professor Pablo Vergara

VivianVirissimo do rio de Janeiro (rJ) Na avaliação do professor de direito constitucional, Adriano pilatti, a atuação da polícia militar não tem garantido a integridade física de profissionais da comunicação, manifestantes e transeuntes. “A pm tem colocado as pessoas em risco de forma desnecessária. isso fica claro com tudo que precedeu o trágico incidente da última quinta. A preocupação com a garantia da integridade física de todas as pessoas parece não existir como prioridade nos locais

Atual postura da PM instaura clima de insegurança, diz professor

de manifestação”, argumentou pilatti. Segundo ele, é preciso que as polícias revejam a postura diante das manifestações. “caso contrário, elas assu-

mem o triste papel de instaurar um clima de insegurança e intranquilidade, que acaba, como numa reação em cadeia, produzindo outros atos lamentáveis e con-

denáveis”, falou. Nesta terça (12), o secretário de segurança José mariano Beltrame esteve em Brasília articulando com os senadores uma lei que caracterize a prática da desordem nos protestos. “É o vício de responder aos traumas com medidas legais monstruosas, de pegar carona na comoção justa para impor medidas injustas contra a liberdade. A história dos parlamentos comprova que não se deve votar medidas contra a liberdade num clima de histeria, sobretudo quando essa histeria é manipulada pela mídia”, completou o professor pilatti.

Mais de 50 organizações repudiam tipificação do crime de Terrorismo do rio de Janeiro (rJ) desde o ano passado, organizações e movimentos da sociedade civil divulgam um manifesto para repudiar as propostas para a tipificação do crime de terrorismo que estão sendo debatidas no congresso Nacional, através da comissão mista, apresentas pelos

senador romero Jucá (pmdB) e deputado miro teixeira (pdt). Segundo o texto, a tipificação do crime tende a reprimir e controlar manifestações de grupos organizados. “É sabido que as lutas e manifestações de diversos movimentos sociais são causadas por motivos políticos, o que, certamente, é amplamente resguardado

pela nossa constituição. Assim, fica claro que este dispositivo, caso seja aprovado, será utilizado pelos setores conservadores contra manifestações legítimas dos diversos movimentos sociais”, indica a nota. Até agora, são mais de 50 entidades comprometidas, entre elas: Associação Juízes para a democracia – AJd, central de movimen-

tos populares – cmp, comitê popular da copa e das Olimpíadas do rio de Janeiro, Federação interestadual dos Sindicatos de engenharia – FiSeNge, instituto Brasileiro de Análises Sociais e econômicas – iBASe, Justiça global, mães de maio, movimento Nacional de Luta pela moradia – mNLm, movimento passe Livre – mpL. (VV)

Receba o Brasil de Fato RJ por e-mail. Inscreva-se no link: www.e.eita.org.br/assinebrasildefatorj

FATOS EM FOCO

Ônibus incendiados no Engenho Novo revoltados com a morte de um jovem durante conflito entre policiais militares e traficantes, moradores do morro São carlos, zona norte, incendiaram três ônibus na noite desta quarta-feira (12). Ao afetar fios de alta tensão, o fogo se espalhou para três lojas. desde 2011, a favela está ocupada por uma Unidade de polícia pacificadora (Upp). O protesto ocorreu na rua Barão do Bom retiro, no engenho Novo, que chegou a ser interditada. Bombeiros e defesa civil foram chamados para controlar o fogo. Quatro pessoas foram detidas e levadas para a 25ª dp, no mesmo bairro.

Outras duas mortes na Praça Seca mais uma manifestação ocorreu na tarde desta quarta-feira na praça Seca, em Jacarepaguá, na zona oeste. Houve conflitos entre policiais e manifestantes da favela Bateau mouche. O clima ficou tenso e o comércio baixou as portas. Outros dois atos ocorreram na terça-feira (11), de manhã e à noite. com isso, já são dois dias de protestos na região contra a morte de dois moradores durante ação policial.


Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

entrevista | 5

"Situação não muda com 500 mil PMS nas ruas" JUVENTUDE YvONNE BEzERRa Mello diz que aumentar policiamento não resolve criminalidade entre crianças e adolescentes Christina Amaral

GilkaResende do rio de Janeiro (rJ)

ela defende uma política de juventude de qualidade e que realmente ressocialize. “podem colocar 500 mil pms que as crianças vão continuar indo para as ruas. Não se pensa nas causas, apenas numa solução”, critica. Yvonne Bezerra mello ajudou um jovem negro de 15 anos, torturado e amarrado nu em um poste no Flamengo, zona sul. depois, passou a ser ameaçada nas mesmas redes sociais que deram visibilidade ao caso. Nesta entrevista, a coordenadora do projeto Uerê critica a ideia de se fazer “justiça com as próprias mãos”. Comorecebeuanotíciade queumadolescenteestava presoaumposte? eu já estava deitada quando me telefonaram. todo mundo sabe que eu lido com a camada mais pobre da população e achei natural que se lembrassem de mim. Quando cheguei, já tinham chamado os bombeiros. A providência que estava sendo tomada era conseguir um maçarico. Ficamos esperando e fui conversar com o rapaz. Eleestavamuitoassustado? Quase não conseguia falar. estava muito machucado na cabeça. Só disse que estava passando com os amigos e que chegou um grupo que se intitulava “Justiceiros”. eu chamei a pm. Ah, muita gente disse: ‘ninguém fez na hora o BO [Boletim de Ocorrência]’. Não. ele deveria ter sido feito pela polícia. Se ela saiu dali e não comunicou a ninguém, não pensei nisso. Os bombeiros

Reprodução

chamaram a ambulância. Na hora que o rapaz entrou nela, ele estava nas mãos do estado. pensei assim. Oquevocêesperavaaofazer a denúncia nas redes sociais? Nem fiz uma denúncia. eu contei a história. Olha, fui tirada da cama e vi essa cena. Masqualreaçãoesperava? Sesurpreendeu? completamente. Foram não sei quantas mil mensagens negativas ao ato de ‘acolher um menor infrator’. eu nem tinha noção de quem ele era. Não me interessou. No momento, me interessava tirálo do poste e entregá-lo nas mãos do estado. No meu entender, uma atitude cidadã. mas veio uma onda de ódio. Fiquei perplexa.

Sou contrária a redução da maioridade penal. temos uma superpopulação nos presídios. O que precisamos é de uma política de juventude

________________

Muitosfalaramem“justiça comasprópriasmãos”.Ela seriajustificável? de maneira nenhuma. Um país que deixa a população fazer isso é um país falido. Não pode acontecer uma ‘ajeitação’ como as milícias. O papel da polícia militar é prender em flagrante delito. Se não houve, a pessoa deve ser encaminhada de outra maneira. Aquele menino não estava fazendo nada!

Um país que permite “justiça com as próprias mãos” é um país falido, disse Yvonne

Vocêtambémrecebeuuma ligação em 1993. Na ocasião,porcontadaChacina da Candelária. De lá para cá,oquemudou? Não mudou nada na organização do estado brasileiro. Somos o 88º país [ranking daUnesco] no mundo em educação. temos que fazer um grande esforço para que a escola brasileira pública seja única para todos. enquanto ela for só para pobres, você não vai ter integração de classes. chamo atenção para outra coisa. Naquela época, eu também recebi muitos xingamentos. mas isso veio de homens e mulheres. dessa vez, 90% dos e-mails ou postagens foram de homens, de 25 e 50 anos. pouquíssimas mulheres me ameaçaram. essa passou a ser uma preocupação na minha vida. Oquequerdizer?Vocêrelacionaria à opressão do machismo? Sim. Não estamos conseguindo ter uma igualdade de gênero. Os educadores e as escolas têm que refletir sobre isso. eu acho que é um dado bastante interessante de ser estudado pelos sociólogos e antropólogos para que analisem o que está acontecendo.

Oqueasenhoratemadizerparaosquedefendem areduçãodamaioridade penal? Sou contrária. temos uma superpopulação nos presídios. O que precisamos é de uma política de juventude e de abrigos que ressociabilizem. Aí as pessoas falam que defendo bandido. Não defendo nada. defendo que todas as crianças possam ter um bom atendimento. com falhas na família, o estado tem que entrar. e entrar com qualidade. Quem co-

mete um delito, não importa quem seja, deve ser responsabilizado. ponto.

temos que fazer um grande esforço para que a escola brasileira pública seja única para todos

________________

Dois suspeitos de “justiceiros” são reconhecidos Nesta terça-feira (11), a polícia civil indentificou dois suspeitos de amarrarem o adolescente ao poste, em 31 de janeiro. Os acusados foram reconhecidos por dois adolescentes que estavam junto à vítima e conseguiram fugir. eles prestaram depoimento na 9ªdp, do catete. Segundo informações de O dia, a identificação só foi possível após um caso semelhante ocorrer quatro dias depois, também no Flamengo. Um grupo de 14 homens foi idetificado e fotografias foram mostradas aos jovens, que apontaram os suspeitos. para a delegada monique Vidal, que investiga a questão, essa é mais uma prova de que existe um grupo de “justiceiros” atuando na zona sul do rio. “isso é uma reviravolta no caso”, garantiu.


6 | cidades

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Por melhores condições de trabalho, professores tomam as ruas de Itaguaí

SINDICAL

EDUCAÇÃO Adesão à greve é de 70% do funcionalismo público do município

Servidores públicos federais aprovam greve para março deste ano. A plenária Nacional estatutária, realizada pela Federação de Sindicatos de trabalhadores em educação das Universidades Brasileiras - Fasubra Sindical, reuniu representantes de 39 entidades. A decisão foi tomada ressaltando, principalmente, o posicionamento do governo quanto à pauta específica da categoria, o caos após a criação da eBSerH, a rejeição em garantir os turnos contínuos (30 horas) e o não reconhecimento dos títulos de qualificação e capacitação dos aposentados, acordado durante a greve de 2012.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

RichardClaytonReis de itaguai (rJ) Os profissionais da rede municipal de itaguaí decretaram greve em assembleia realizada pela categoria, na última quinta-feira (6). Após 3 dias úteis de intensa mobilização, 70% do funcionalismo público da educação está de braços cruzados. essa é a primeira paralisação da categoria do município, administrado pelo o prefeito Luciano motta (pSdB). Os profissionais reclamam do processo de descaso e má administração da educação pública na cidade. Nesta terça-feira (11), o comando de greve, juntamente com o Sindicato estadual dos profissionais da educação (Sepe), organizou um grande ato com mais de mil pessoas que percorreram as ruas da cidade para criticar a política de sucateamento da educação municipal. com muita criatividade e animação, os manifestantes gritavam: “Fora Luciano!” e “Adeus célia” (secretária de educação). eles ocuparam as principais vias do centro de itaguaí e na frente da prefeitura, tentavam diálogo com um prefeito que se recusou a receber uma comissão de servidores. No ato, os professores denunciaram que falta água em

70% do funcionalismo público de Itaguaí está de braços cruzados

mais de mil pessoas percorreram as ruas da cidade para criticar a política de sucateamento da educação municipal

_________________

muitas escolas, algumas estão funcionando sem merenda, professores foram proibidos de levar comida para a escola, já se somam dois anos seguidos sem a compra de material escolar e uniforme, além de o plano de carreira do fun-

cionalismo público do município, prometido para o ano passado, até hoje não ter sido sequer mandado para a câmara de Vereadores. O comando de greve informa que o motivo da paralisação é a sobrevivência da educação. também informou que e suas principais reivindicações são a manutenção da grade curricular de 2013, para todos os segmentos, a aprovação do plano de carreira elaborado pela comissão especial de trabalho (cet), o cumprimento da Lei federal de 1/3 da carga horária para planejamento e capacitação profissional, infraestrutura adequada ao exer-

cício pedagógico, como por exemplo, funcionamento dos aparelhos de ar-condicionado e ventiladores nas escolas, reparo de banheiros e etc. A manutenção dos 6 tempos de aula por turno, o fim do assédio moral, a manutenção dos desvios que estão prestes a se aposentar, a construção democrática de um currículo mínimo para educação municipal e a exoneração imediata da secretária de educação, célia Neves do pSdB foram igualmente citados como reivindicações primordiais. A próxima assembleia será nesta quinta-feira (13), às 14h, em itaguaí onde serão decididos os rumos da greve.

Receba o Brasil de Fato RJ por e-mail. Inscreva-se no link: www.e.eita.org.br/assinebrasildefatorj

Greve na Educação

Reunião com governo iniciada na última quarta-feira (12), a reunião de negociação do comando de greve da Saúde Federal e do Sindsprev-rJ com representantes do governo terá continuidade na manhã desta quinta-feira (13). Os servidores lutam pela manutenção da jornada de 30 horas, melhores condições de trabalho, suspensão da instalação do ponto eletrônico e garantia de que os hospitais não serão entregues a nenhuma empresa e privatizados.


Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

cidades | 7

ato em Petrópolis pede desapropriação da Casa da Morte DITADURA O objetivo é transformar o centro clandestino de tortura em espaço de memória RenataSequeira do rio de Janeiro (rJ) transformar a casa da morte, que funcionou na década de 70 como centro clandestino de tortura e assassinato de presos políticos, em espaço de memória foi objetivo do ato “50 anos do golpe – A história que tortura petrópolis”, organizado pela comissão da Verdade do rio e diversas entidades da sociedade civil, como o centro de defesa dos direitos Humanos (cddH) de petrópolis, além da prefeitura. O ato aconteceu nesta segundafeira (10), na praça pedro ii, quando a deputada Jandira Feghali (pdoB/rJ) anunciou uma emenda no orçamento da União, no valor de r$ 600

mil, para a criação do memorial. A luta, agora, é para conseguir o dinheiro para a desapropriação da casa. “A pauta da liberdade nos movimenta e a casa da morte é um símbolo nacional da tortura. estaremos dando um grande exemplo tirando esse carimbo negativo do local ao transformá-lo em centro de memória. É preciso reforçar a luta, destinar recursos, mas,

É preciso criar uma consciência para que nunca mais se repita o que aconteceu na ditadura

________________

Ministra anuncia grupo de trabalho para tombar Casa da Morte DIREITOS HUMANOS Objetivo é somar esforçar para transformar em centro de memória do rio de Janeiro (rJ) em evento na comissão da Verdade do rio (ceVrio), na tarde desta terçafeira (11) a secretária de direitos Humanos da presidência da república, ministra maria do rosário, anunciou a criação de um grupo de trabalho formado pela secretaria da ministra e a prefeitura de petrópolis, para o qual será convidado a participar o governo do estado do rio, com o objetivo de somar esforços para desapropriar, tombar e

transformar num centro de memória a chamada casa da morte, local usado para a tortura e o assassinato de opositores políticos durante a ditadura militar. A cerimônia desta terça foi dirigida pelo presidente da comissão da Verdade do rio, Wadih damous, e teve na mesa, além da ministra, a viúva do presidente João goulart, maria teresa, o Frei Leonardo Boff, o procurador do município de petrópolis, marcos Santiago, e Nadine Borges, integrante da ceVrio. (RS)

acima de tudo, criar uma consciência para que nunca mais se repita o que aconteceu na época da ditadura”, disse a parlamentar. A iniciativa pela desapropriação da casa e transformação em centro de memória é uma demanda do grupo de trabalho (gt) casa da morte, criado em 2013, e coordenado pela ceV-rio, a partir da campanha pela desapropriação do local, lançada em 2010, pelo centro de defesa dos direitos Humanos de petrópolis (cddH). A ceV-rio tem trabalhado de forma integrada com a prefeitura e a Secretaria de direitos Humanos da presidência da república para conseguir essa verba. A prefeitura já iniciou o processo de desapropriação da casa, inclusive com o levantamento do valor do imóvel,

Paulo de Tarso

Diversos segmentos sociais participaram do ato

avaliado em r$1 milhão e 200 mil reais. “este ato foi o resultado da articulação de diversos segmentos sociais cuja reivindicação é uma só: a desapropriação da casa da morte. depois desse passo dado, é preciso garantir, ainda, um projeto museológico e ar-

quitetônico. Acredito que hoje seja um dia para comemorar, porque as coisas estão caminhando”, destacou Nadine Borges, que esteve acompanhada, no ato, por outros membros da ceV-rio como João ricardo dornelles, geraldo cândido e álvaro caldas.

Coronel atesta que ditadura montou farsa sobre Rubens Paiva TORTURA Informação consta em depoimento de coronel do rio de Janeiro (rJ) em novembro de 2013, a comissão da Verdade do rio obteve a confirmação de que o deputado rubens paiva morreu nas dependências do quartel do 1º Batalhão da polícia do exército, em decorrência de torturas. A informação consta de depoimento do coronel reformado raymundo ronaldo campos, de 78 anos de idade, à comissão da Verdade do rio. Na época da repressão, o oficial exercia função no dOicodi e utilizava o codinome

“capitão Aranha”. em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (10), o presidente da ceV-rio, Wadih damous, apresentou ainda outros documentos relativos ao caso rubens paiva. “desmontar essa farsa é importante porque mostra um dos métodos utilizados pela repressão: montar uma fábrica de versões. recontando a história é que podemos montar a cadeia de comando e ver de onde partiam as ordens. É preciso agora que tanto o ministério da defesa e o exército venham a público dizer o que,

efetivamente, aconteceu”, declarou Wadih. este novo depoimento desmente versão que perdurava há 43 anos: a de que rubens paiva desapareceu ao ser resgatado por guerrilheiros na madrugada de 22 de janeiro de 1971. A versão sustentada pelo exército dava conta de que rubens paiva teria desaparecido após seu carro, conduzido por militares, ser cercado por outros dois veículos que abriram fogo. O ex-deputado teria, então, saído do Fusca, que foi incendiado, e desaparecido. (RS)


8 | brasil

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

ato do MST reúne 16 mil em Brasília MOVIMENTO Manifestação pacífica levou milhares às ruas da capital, mas foi recebida com violência pela polícia Leonardo Melgarejo

AlanTygel e MárcioZonta  de Brasília (dF) Os cerca de 16 mil camponeses que participam do Vi congresso do mSt, em Brasília, marcharam 9 km pelas principais vias da capital federal para denunciar a paralisia da reforma agrária no Brasil. “está uma vergonha. No último ano, foram assentadas sete mil famílias, sendo que só o mSt possui 90 mil famílias debaixo da lona preta. No total, são 150 mil famílias acampadas no Brasil, muitas delas há mais de 10 anos”, afirmou Kelli marfort, do setor de gênero do mSt. violência policial Apesar de pacífica, a marcha foi reprimida pela polícia militar quando os camponeses protestavam em frente à embaixada dos estados Unidos. integrantes do mSt colaram cartazes nos muros do prédio pedindo liberdade aos cubanos presos nos eUA e dando apoio a todos os que lutam contra o império. em seguida, a marcha seguiu rumo ao Supremo tribunal Federal (StF), para protestar contra a morosidade da Justiça nos julgamentos dos crimes cometidos no campo, em decorrência dos conflitos agrários. Nesse mo-

No último ano, foram assentadas sete mil famílias, sendo que só o mSt possui 90 mil famílias debaixo da lona preta

_______________

mento, bombas de efeito moral e gás de pimenta foram lançados contra a multidão que se acumulou em frente

pudiou a violência policial. “esse tratamento da polícia contra os movimentos sociais é histórica no Brasil, basta lembrarem dos massacres de eldorado de carajás e curumbiara.”, lamentou. parte dos manifestantes cruzou a praça dos três poderes em direção ao palácio do planalto. Lá, foram recebidos da mesma forma. Quinze policiais atacaram camponeses que preparavam uma intervenção teatral. No total, 12 manifestantes ficaram feridos e um militante do mSt foi preso. O ministro gilberto carvalho, da Secretaria-geral da presidência da república, chegou a propor uma reunião Militantes do MST denunciam paralisia da reforma agrária no país com a presidenta dilma rousseff para esta quintaao órgão do judiciário. “Vinte próprio movimento. O músico paraense rafael feira (13). Segundo a pmpoliciais agiram com brutalidade no meio de quinze Lima, que acompanhava a dF, cerca de 30 policiais fimil pessoas para criar um manifestação, também re- caram feridos. fato político e legitimar a vioJean Britto lência contra a gente”, reclamou Fábio tomas, do mSt de São paulo. O comandante da unidade de polícia regional metropolitana da pm-dF, coronel cesar, disse que um grupo de pessoas começou a agredir os policiais, arrebentando uma grade que impedia o acesso à praça dos três poderes. porém, o coronel afirmou não ser possível determinar que o grupo que começou a agresCerca de 20 policiais agiram com brutalidade contra manifestantes são era de infiltrados ou do

Camponeses querem acesso à terra e novo modelo de agricultura Pablo Vergara

JoanaTavares de Brasília (dF) mais de 16 mil camponeses estão em Brasília essa semana, para o Vi congresso do mSt. tendo como lema “Lutar, construir reforma

Agrária popular”, o encontro vai apresentar para a sociedade brasileira um novo programa agrário, com propostas para a reformulação da organização do campo e da agricultura. “É necessário democratizar o acesso à terra, garantir

o acesso aos recursos naturais e a produção de alimentos saudáveis. para isso, é preciso investimento em uma nova matriz tecnológica, a agroecologia, além de uma política de soberania alimentar e uma assistência técnica de qualidade para os produ-

tores”, destacou diego moreira, da coordenação nacional do mSt. Além disso, o congresso está celebrando os 30 anos de fundação do movimento, que assegurou a conquista de terra para mais de 350 mil famílias em todo o país. Nas áreas de reforma agrária, o mSt prioriza a agroecologia e desenvolve agroindústrias para a produção de alimentos.


Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

mundo | 9

EUa usam vigilância digital para ordenar ataques com drones DOCUMENTOS Pela primeira vez, é provada ligação entre esquema de ciberespionagem e assassinatos extrajudiciais de São paulo (Sp) Os estados Unidos passaram a adotar o sistema de vigilância eletrônica da NSA (Agência de Segurança Nacional dos eUA), exposto pelo informante edward Snowden, como o principal método de espionagem para a identificação dos alvos dos ataques letais com drones – veículos aéreos não tripulados. A revelação foi feita pelos jornalistas glenn greenwald e Jeremy Scahill, no lançamento da plataforma de jornalismo investigativo cha-

mado e intercept, na segunda-feira (10). É a primeira vez em que há uma ligação clara entre o sistema de espionagem digital vazado por Snowden e o método de assassinatos extrajudiciais praticado pelos eUA, por meio de bombardeios com drones ou operações militares, a exemplo da que matou Osama Bin Laden em maio de 2011. Sabia-se que a NSA cooperava com outras agências de inteligência dos eUA, mas não de qual jeito. entre as revelações feitas por Snowden estão a coleta de metadados

(dados sobre outros dados) de chamadas telefônicas, o controle do tráfego e do conteúdo de grande parte da internet e o acesso a informações armazenadas pelos gigantes da web. Os jornalistas argumentam que o método norte-americano é controverso: ele se baseia apenas na localização do telefone que o alvo supostamente está usando. como dispensa a confirmação física de um espião local, o sistema não é confiável e pode causar a morte de civis inocentes que acabam não sendo identificados.

Wikicommons

Sistema é confiável e pode causar a morte de civis

União Europeia aprova retomada de diálogo com Cuba COOPERAÇÃO Cuba é o único país da América Latina que não possui acordos oficiais com o bloco europeu Wikicommons

dente a falta de coerência da posição comum. isso é o que obriga a Ue a dialogar diretamente com representantes cubanos, pois a ilha

LeandraFelipe de Bogotá (colômbia) Os ministros de assuntos exteriores dos 28 estadosmembros da União europeia anunciaram nesta semana, em um encontro em Bruxelas, que pretendem dar início a negociações para um tratado político, social e econômico com cuba. Na prática, o acordo termina com a política comum europeia em relação à ilha caribenha, aprovada em 1996. O acordo foi firmado devido a uma onda de prisões pelo governo cubano de seus dissidentes, que já foram soltos. cuba é o único país da América Latina que não possui nenhum tipo de acordo oficial com o bloco europeu.

Ilha caribenha atualmente ocupa a presidência da CELAC

O governo cubano saudou a decisão europeia. “cuba considera o convite formulado pela parte europeia respeitoso, construtivo e de acordo com a sua soberania e os interesses nacionais”, disse o vice-chanceler rogelio Sierra, em um comunicado. O apoio do restante de

países da América Latina foi um dos fatores que levaram a Ue a modificar oficialmente a política em relação a cuba. A criação e a institucionalização da ceLAc (comunidade de estados Latino-Americanos e caribenhos) como principal órgão interlocutor da região com o bloco europeu deixou evi-

caribenha não só pertence à comunidade como atualmente ocupa a presidência da mesma. (Com informações do Opera Mundi)


10 | cultura

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

O legado de Henfil CARTUNISTA Mesmo após 26 anos de sua morte, as críticas de sua obra continuam contemporâneas Reprodução

BrunoPavan de São paulo (Sp) O desenhista, jornalista e escritor, Henfil, estaria completando 70 anos em 2014. conhecido como o cartunista mais combativo na época da ditadura militar, foi pai de personagens emblemáticos como a graúna, cumprido e Baixim, Zeferino e Ubaldo. Natural de minas gerais, nasceu em fevereiro de 1944, e foi responsável pela renovação do desenho humorístico nacional. Abraçando o projeto de “descolonização” cultural americana, criou uma legião de heróis notáveis.

Personagens de Henfil sempre tiveram algum teor político

teve suas tirinhas publicadas no pasquim, consagrado jornal de esquerda da época, e seus personagens sempre tiveram algum teor político. graúna, por exemplo, era uma nordestina que

criticava os políticos e a seca do nordeste. Ubaldo, o paranoico, era um tipo que representava o medo de viver num regime autoritário potencializado depois da assinatura do Ai5.

A atualidade de sua obra se deve não apenas a seu traço simples e aparentemente inocente, mas também à sua criatividade aliada ao seu e ngaja m e nt o político e social. como homeHenfil morreu em 1988, no rio de Janeiro, após con- nagem a sua obra, ivan contrair o vírus da AidS. Assim senza de Sousa, único filho como seus outros dois irmãos do cartunista, fundou, em o sociólogo Herbert de Souza 2009, o instituto Henfil. em (1935-1997) e o violonista 2013, o instituto publicou 12 Francisco mário (1948-1988). números da revista Fradim, O desenhista era hemofílico. lançadas por Henfil entre as com apenas 43 anos dei- décadas de 70 e 80, e prexou um legado que continua tende publicar o restante até rendendo até os dias de hoje. o fim deste mês.

AGENDA

FLAViA N BLOcãO 2014 O “grande encontro de Blocos” de 2014 está marcado para este final de semana. A ideia consiste em unir diversos blocos para um grande ensaio e confraternização pré-carnaval. São quase 30 blocos confirmados e mais alguns a confirmar. entrada gratuita. Sá-

esta semana a cantora Flavia N se apresentará no imperator. de volta ao Brasil após uma temporada em madri, traz um repertório que mescla samba, forró e flamenco. entrada gratuita. Quinta-feira (13), à 19h30. centro cultural João Nogueira, rua dias da cruz, 170 – méier.

“reSiStir É preciSO”

bado (15), às 15h. Aterro do Flamengo, próximo à marina da glória.

exposição resgata a história da resistência à ditadura militar. marcada pelos completos 50 anos do regime ditatorial no Brasil (1964-1985), a mostra revive a luta pela reconstrução da democracia. reúne obras de arte e documentos que denunciavam os abusos e cri-

mes da ditadura. entrada gratuita. em cartaz até 7 de abril, de terça a domingo, das 9h às 21h. ccBB, rua primeiro de março s/no – centro.

valesca, o bloco visa diversão aliada ao fortalecimento da luta por uma cidade de direitos. entrada gratuita domingo (16), às 8h. candelária – centro.

múSicA BrASiLeirA Novos nomes da música brasileira ganham espaço no Shopping Via parque. todas as quintas-feiras deste mês, os palcos do projeto “Sunset Via parque” recebem um artista diferente. esta quinta-feira (13), às 19h, será a vez de mariana Volker, que faz releituras como “divino maravilhoso” e “eclipse Oculto” de caetano Veloso, “dê um rolê” dos Novos Baianos. entrada gratuita. Av. Ayrton Senna, 3000 – Barra da tijuca.

cArNAVANdALiríSmO O bloco “Nada deve parecer impossível de mudar” está organizando uma diferente ocupação das ruas, o blocAto. convidando para aproveitar a energia carna-

rádiO FUNK esta semana acontece a 2a edição da festa “rádio Funk”. em um tributo aos ritmos afro-tropicais, a noite será uma junção de funk, groove, beat, afrobeat, junglebeat, ska, jazz, cumbia, e muito mais. Além dos djs pajé e dom coimbra, terá também show da banda  tree. entrada gratuita. Sábado (15), às 18h. pedra do Sal – gamboa.


cultura | 11

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Blocos misturam rock e samba no carnaval de rua do Rio CHICLETE E BANANA Blocos como Toca Rauuul e Cru arrastam foliões de diversas tribos Raphael Feitoza

GabrielAraujo do rio de Janeiro (rJ) O carnaval é uma festa democrática. É neste espírito que alguns dos blocos mais originais do carnaval de rua do rio misturam, sem restrições, o rock com ritmos carnavalescos como o samba, o frevo e a marchinha. Bloco cru e toca rauuul estão entre os blocos que experimentaram a combinação de "chiclete com banana" da famosa canção de Jackson do pandeiro. para Lu Baratz a 'front woman' do Bloco cru, que se apresentará na tarde da segunda-feira de carnaval na praça XV, no centro, a música transcende fronteiras e estigmas. "carnaval no amplificador. metallica num ponto de Ogum. canto de Ossanha, mutantes, João Bosco e patti Smith. A universalidade do

ria, oficina de percussão criada pelo cru. "Além dos foliões, os roqueiros também se sentiram acolhidos e agregamos diferentes tribos", conta Lu Baratz, que comandará o desfile do cru, este ano, grávida de 7 meses de catarina, que nasce em maio, fruto do casamento com um dos ritmistas do bloco, Felipe Bellard. AGENDABLOCOCRu

Lu Baratz comandará o desfile do Cru, este ano, grávida de 7 meses

rock e o brasileirismo das raízes. e tudo isso cru", afirma o texto de apresentação do cru na internet. este será o sexto ano do carnaval "moderninho" do cru, que começou, em 2009,

na porta da casa da matriz, reunindo cerca de 3 mil pessoas. Na formação principal estão o 'power trio' de rock formado por Felipe Aranha (guitarra), eliza Schinner (Baixo) e emile Saubole (Ba-

teria), junto aos ritmistas, egressos de escolas de samba: Léo Arruda (percussão), thadeu meira (Surdo) e pedrinho Ferreira (percussão). Na bateria, os ritimistas da escola de rock e Batuque-

•16e23/02 Solar de Botafogo/rio ingresso: r$ 40, r$ 30 e r$ 20 •02/03 SeSc/Barra mansa-rJ •03/03 desfile de carnaval no rio •04/03 desfile de carnaval em São gonçalo-rJ

Clarissa Pivetta

Carnaval "Maluco Beleza" do bloco Toca Rauuul SUCESSO Grupo já se apresentou em São Paulo, Belo Horizonte, Ouro Preto e Juiz de Fora do rio de Janeiro (rJ) A frase que se tornou uma brincadeira em bares e casas de show Brasil afora foi a escolhida para dar nome ao bloco que homenageia o mais brasileiro dos roqueiros, raul Seixas. Um grupo de fãs do artista tiveram a ideia de fundar o bloco, depois que um deles, o músico ricardo dias, mostrou versões de canções do rei do rock brasileiro em

ritmo de marchinha. Além da marchinha, as canções de raulzito são misturadas ao frevo, samba, maracatu, ijejá, funk, surf music, reggae, de acordo com o que cada música sugere. Outra marca do grupo são as fantasias escolhidas para representar personagens inspirados nas canções. este ano, a apresentação do toca rauuul acontece na tarde do domingo de carnaval, na praça tiradentes.

Os músicos contam que a escolha das combinações se dá por meio de um trabalho minucioso, respeitando ao máximo a originalidade de cada canção. "Além das misturas de ritmos, pegamos também músicas eventuais,, temas de clássicos do carnaval e de outros artistas do rock e 'injetamos' nas músicas. isso faz com que o universo carnavalesco não seja deixado de lado", pontua dias. (GA)

Apresentação do Toca Rauuul acontece na tarde do domingo de carnaval

AGENDA TOCARAuuuL •22/02 cultural Bar/Juiz de Fora-mg

•02/03 desfile de carnaval no rio

•04/03 SeSc/ Barra mansa-rJ


12 | variedades

HORÓSCOPO

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

6 a 12 de fevereiro de 2014

Keka Campos, astróloga

Áries

Câncer

Libra

Capricórnio

(21/3 a 20/4)

(21/6 a 22/7)

(23/9 a 22/10)

(22/12 a 20/1)

Seus objetivos e planos contam com uma dose alta de energia e boa vontade para pô-los em prática. Você está mais confiante e animado e pode receber sinais intuitivos claros de como obter o sucesso que tanto deseja.

Há muita confiança e energia positiva nesta semana, principalmente na vida familiar. Está focado em manter suas relações da melhor maneira possível, baseadas na confiança e compreesão mútuas, o que lhe faz muito feliz.

A área dos desejos está em foco. Poderá atrair quem goste de viver intensamente. No início pode ser excitante, mas com o tempo, poderá sentir-se muito abalado e confuso com isso. Estabeleça limites claros e seguros.

Touro

Leão

Escorpião

(21/4 a 20/5)

(23/7 a 22/8)

(23/10 a 21/11)

Está exalando magnetismo pessoal, o que pode lhe causar elogios, alta popularidade e uma boa imagem perante os outros. Bons relacionamentos, principalmente nas questões amorosas, e a saúde também está fortalecida.

Sentimentos em harmonia com as outras pessoas. Sentirá facilidade em expressar suas vontades e desejos para os outros e em relação a eles, pois sua comunicação é agradável, criativa e conta com um toque de bom humor.

Facilidade na comunicação com crianças e todos que tenham atitudes mais abertas e sinceras perante a você. Não está com paciência para desvendar as intenções alheias, preferindo a transparência neste momento.

Gêmeos

Virgem

Sagitário

(21/5 a 20/6)

(23/8 a 22/9)

(22/11 a 21/12)

As atividades intelectuais estão favorecidas e você pode aproveitá-las viajando ou conhecendo alguma cultura nova. Poderá conhecer pessoas diferentes, vindas de outros lugares e até iniciar uma relação amorosa.

O intelecto está ativo e perspicaz. Jogos e exercícios de atenção ou estratégia o ajudam a gastar essa energia mental e se reorganizar. Tente encarar um novo desafio intelectual para ultrapassar os limites já conhecidos.

Na área profissional há conflitos e mudanças drásticas. Estabeleça metas práticas e bem estruturadas e um plano detalhado para passar pelas crises. Assim, atravessará esta fase mais produtivamente.

Fase positiva para por em prática os projetos planejados anteriormente. É hora de praticar tudo que aprendeu na teoria e testar seus métodos e planos. Seja atento e crítico para captar as falhas e aperfeiçoar suas criações.

Aquário (21/1 a 19/2) Passará por conflitos de forma tranquila e produtiva. Se utilizar sua intuição e originalidade para resolver as situações complicadas, num piscar de olhos elas se tornarão muito simples e até divertidas.

Peixes (20/2 a 20/3) Energias fluindo harmoniosamente em seu meio e com as pessoas. Estará se sentindo parte do todo e alcançará um estado de plenitude várias vezes. Propague este sentimento aos outros e se sentirá ainda melhor.


Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Molho de mostarda e mel Ingredientes ½ copo de iogurte natural

BOA E BARATA Por Fernanda Jatobá

1 colheres de sopa de mostarda (pode variar, se você preferir mais forte ou mais fraca) 1 colher de sopa de mel ½ colher de sopa de azeite de oliva

Molhos de salada A coluna Boa e Barata dessa semana vem com mais uma dica que tem tudo a ver com o verão: molhos para incrementar a sua salada! Sabemos que salada é uma ótima opção para o verão, refrescante e nutritiva, mas que a gente enjoa se não souber variar. por isso, trazemos três receitas de mo-

lhos para sua salada ficar mais gostosa e atraente, fugindo do tradicional azeite e vinagre. Você pode colocar os ingredientes que quiser, abuse das folhas, do pepino e da cenoura, que refrescam e ajudam na digestão. Se combinados com grãos, ou uma proteína, vira uma refeição completa!

Modo de preparo em todos os casos, misture bem os ingredientes e sirva, em uma tigela ou misturado na salada.

NOSSA SAÚDE

Molho Oriental Ingredientes molho oriental Suco de 1 limão 3 colheres de sopa de azeite de oliva 1 colher de sopa de molho de soja “shoyu” 1 colher de sobremesa de açúcar ½ colher de sopa de gengibre ralado 2 ramos de cebolinha picadinha

Quem tem medo dos Genéricos?

FlávioArcangelis* em circulação há 15 anos e amplamente utilizados no SUS, os medicamentos genéricos continuam sendo alvo de muita desconfiança. O que muita gente não sabe é que por trás dos nomes e caixas bonitinhas dos remédios de referência, que custam boa parte do salário, existem medicações com os mesmos princípios ativos daqueles mais baratos da caixinha simples com tarja amarela e uma letra g. Os genéricos passam por rigorosos testes de qualidade antes de terem seu registro e comercialização * Médico da Atenção Primária

autorizados, por isso, têm a mesma qualidade que o medicamento de referência e produzem os mesmos efeitos no organismo. mas se a qualidade é a mesma, por que os médicos confiam tanto nos mais caros? de acordo com estudos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o marketing feito pela indústria farmacêutica interfere diretamente na conduta e na busca por informações realizada pelos médicos. Outro mito é que muitos médicos e pacientes acreditam que o medicamento genérico é mais barato por ser feito de matéria-prima de qualidade inferior. porém, o preço do genérico

é menor porque seus fabricantes não necessitam investir em pesquisas, pois as formulações já estão definidas. Além disso, não existem custos com marketing, já que seus fabricantes não precisam fazer propaganda, pois não há marca. com preços no mínimo 35% menores que os medicamentos de marca, os genéricos cumprem importante papel no tratamento, sobretudo dos pacientes mais pobres que historicamente têm dificuldade no acesso a medicações. certamente se tornaram uma alternativa viável e segura para seguir as prescrições médicas corretamente.

variedades | 13

NOSSOS DIREITOS

Luiz José Duarte Filho

você sabe o que realmente é o auxílio-reclusão? Ao contrário do que muitas pessoas afirmam, o auxílio-reclusão não é um salário pago a todos presidiários e muito menos foi criado pelo atual governo federal. em verdade, o auxílio-reclusão é um benefício previdenciário que existe em nossa legislação, há mais de 50 anos e que tem a finalidade de garantir o sustento daqueles que dependiam economicamente da pessoa que foi presa.

É um benefício pago pela previdência Social (iNSS) aos dependentes do segurado que se encontram preso sob o regime fechado ou semiaberto. Ou seja, o benefício não é um direito do preso, mas sim de seus dependentes, que são o cônjuge ou companheiro (a), filhos menores de 21 anos e, em alguns casos, irmãos menores de 21 anos e pais do detento. e não são todos os presos que produzem esse direito aos seus dependentes, pois o benefício é devido somente aos dependentes dos presidiários que eram segurados da previdência Social quando foram presos. Além disso, tem direto ao benefício apenas os dependentes do preso-segurado de baixa renda. Atualmente, a previdência Social considera de baixa renda aquele que recebe salário até r$ 1.025,82. em relação ao valor do benefício, ele é calculado da mesma forma que é somada a dos outros benefícios previdenciários, ou seja, o cálculo é feito levando-se em conta a média das contribuições do preso-segurado à previdência Social. Luiz José Duarte Filho Advogado Trabalhista e Previdenciário

dúvidas sobre direitos? Encaminhe e-mail para redacaorj@brasildefato.com.br


14 | opinião

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Latuff

Mário augusto Jakobskind

Programa dos EUa faz cooptação de cubanos médicos no Brasil

Dora Martins

Drama da prostituição infantil no ano da Copa mAriA tem QUASe 17 ANOS e 8 meses e mora, com seus dois filhos, de 3 e 2 anos,

em uma instituição de acolhimento para mães adolescentes. ela mal terminou a terceiro ano do ensino básico e fugiu de casa, no início da adolescência. Abandonou a família e foi abandonada pelos parentes. da vida pelas ruas aos filhos foi um passo e hoje, prestes a completar 18 anos e ter que deixar o abrigo em que vive, está com medo ante a incerteza do mundo que a espera. A gravidez na adolescência, muita vezes fruto de violência sexual, é realidade de milhares de meninas brasileiras. e, agora, esse nosso país do "samba (do funk!)  e do futebol"  prepara-se para o maior evento dos últimos tempos: a copa do mundo. Haverá jogos em 12 cidades no Brasil. grandes centros, que já contabilizam um número expressivo, em torno de 70%, de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes, no país. milhares de turistas estão a chegar e muitos imaginam um Brasil de futebol e festas, e festas com conotação sexual. É preciso que a população abra os olhos, observe, não finja que não vê e denuncie a violência sexual praticada contra

nossas crianças e adolescentes. inúmeras ações e campanhas estão sendo desencadeadas para esclarecer e proteger a população infanto-juvenil. No entanto, é preciso que cada cidadão participe e denuncie. É importante que haja diálogo com os jovens nas escolas, que pai e mãe conversem com seus filhos, que o assunto não fique escondido. Falar de sexo com o filho ou com a filha é difícil? mais difícil é curar a dor de uma criança que foi forçada a fazer sexo com um adulto. É ver crianças nascerem de mães meninas abandonadas. São marcas de violência física e psicológica que não se desfazem, nem com o tempo. A prostituição infantil e a violência sexual são uma triste marca do Brasil. em tempos de torcida, de gol, de apostas, não é possível concordar com a violência dentro ou fora do campo. Se desconfiar, denuncie, mesmo no anonimato. disque 100 ou procure o conselho tutelar de sua cidade ou bairro. Dora Martins é juíza da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de SP

A OpOSiçãO, sem uma reivindicação própria, agradece à médica cubana ramona matos rodrigues por ter abandonado o programa mais médicos e acusado o governo de receber salário reduzido. A mídia de mercado está deitando e rolando, mas, como sempre, apresentando a versão de um dos lados, exatamente a que está sendo aproveitada pela oposição sem bandeira. em nenhum momento, foi informada a existência de um programa com o nome de Cuban Medical Profesional Parole, no departamento de estado norte-americano, cujo objetivo buscar é a deserção de cubanos médicos e do pessoal de enfermagem atuando em várias partes do mundo. Segundo o governo cubano, nos últimos quatro anos cerca de 83 mil médicos e enfermeiros prestaram ou estão prestando serviços médicos no exterior. e deste total, 1,89%, ou seja, 1574 foram cooptados pelo organismo dos eUA em 65 países. É curioso o fato de o protetor de ramona, o deputado ruralista ronaldo caiado, crítico do que considera “escravidão médica” em cuba, ser no Brasil opositor radical ao projeto de emenda constitucional (pec) do trabalho escravo, apresentado exatamente para acabar com esse absurdo ainda existente no país, em pleno terceiro milênio. tão logo ramona chegou à Brasília, a primeira providência adotada foi pedir na embaixada dos estados Unidos asilo para entrar no país. É interessante acompanhar qual será mesmo o destino final da doutora. Os mais de seis mil médicos cubanos que participam do programa mais médicos não vieram para o Brasil forçados e aceitaram o contrato oferecido com a intermediação da Organização pan-americana de Saúde. Aceitaram o salário de 900 dólares a receber no Brasil e a outra parte através do depósito de 600 dólares mensais em uma conta bancária em cuba. com isso, no fim de três anos de contrato, o pessoal cubano terá 21.600 dólares ou moeda local correspondente. É necessário assinalar as diferenças entre o médico que vem ao Brasil individualmente e o que vem com a intermediação do estado, neste caso o cubano, que investiu na formação do profissional. isso poderia servir de exemplo para o Brasil, que deveria cobrar do formando em medicina em escolas públicas a prestação de serviços médicos pelo que nele foi investido, por exemplo, com trabalho no interior do país, pelo SUS (Sistema único de Saúde). Se isso fosse feito, provavelmente os brasileiros nesses rincões não estariam tão carentes de médicos. É possível até que o Brasil não necessitasse, tanto como agora, da presença de médicos de outros países para suprir a carência. Mário Augusto Jakobskind é jornalista e presidente da Comissão de DH da ABI


esporte | 15

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Keila Costa abre o ano com bronze na França

­

BINÓCULO Lebron no Top 4? O astro da NBA e do miami Heat, Lebron James, está, em sua opinião, entre os quatro maiores da história do basquete norte-americano. Os demais são michael Jordan, Larry Bird e magic Johnson. O atleta mandou essa quando perguntado sobre o seu “monte rushmore” (monumento com o rosto de quatro ex-presidentes dos eUA) do basquete.

SALTO TRIPLO Brasileira estreia na temporada com marca de 13,69m

em sua primeira competição em 2014, a saltadora brasileira Keila costa disputou o meeting Feminino de Val d’Oise, em eubonne, na França, e obteve a terceira melhor marca na competição de salto triplo. À sua frente ficaram a ucraniana Olga Saladukna,

Cristiano Andujar

Brasil luta para retornar à elite do tênis

Brasil volta aos playoffs da Fed Cup, após 10 anos TÊNIS Equipe brasileira venceu o Paraguai e garantiu vaga do rio de Janeiro (rJ) O Brasil assegurou vaga nos playoffs da Fed cup – competição feminina semelhante à copa davis – ao vencer o paraguai no Zonal Americano, depois de 10 anos de ausência no grupo mundial ii. A vaga foi conquistada com 10 vitórias em 10 jogos, e segundo a capitã da equipe, carla tiene, foi fruto da confiança das jogadoras: “A gente foi acreditando que aquele lugar era nosso.” em 2004, foi a última vez

que o Brasil esteve presente no grupo mundial ii, sendo derrotado pela croácia, em São paulo. A equipe brasileira jogará nos dias 19 e 20 de abril, em casa, contra a Suíça. Se vencer, garantirá vaga no grupo mundial i, além de assegurar sua presença neste grupo para 2015. Os outros confrontos do grupo mundial ii foram formados pela Suécia que recebe a tailândia, a Holanda que joga em casa contra o Japão e a romênia que, em seu país, enfrenta a Sérvia. (BP)

LeBron James/wikipedia

do rio de Janeiro (rJ)

que estabeleceu a marca de 14,60m, seguida pela portuguesa patrícia mamona, com 13,92m. O próximo desafio da brasileira é o gp de Birmingham, na inglaterra, preparatório para o mundial indoor da modalidade, que será disputado em Sopot, na polônia, de 7 a 9 de março. (BP)

Belfort dentro da lei O empresário dana White, dono do UFc, defendeu o lutador brasileiro Vitor Belfort na polêmica sobre o uso de trt, substância que repõe testosterona no organismo: “ele seguiu as regras”. Fla na Liga américas Após uma breve pausa no NBB, o time de basquete do Flamengo foca na Liga Américas. O grupo viajou para Quito, onde disputará a primeira fase entre os dias 14 e 16 de fevereiro. O campeão joga o mundial de clubes contra o campeão da euroliga.

opinião | Bruno Porpetta

À procura de um nove com a copa do mundo batendo na porta, o Brasil vive um drama incomum para um país com tradição em ter grandes atacantes. todos sabem da preferência de Felipão por Fred e o esquema com um homem de referência na área, mas não estamos bem servidos nesta posição. O centroavante do Fluminense é, sem dúvida, o melhor brasileiro da posição no momento. mas dá para confiar em suas pernas, sem pre lesionadas? Ao mesmo tempo, as alternativas não transmitem segurança. dá pra imaginar uma seleção campeã do mundo cuja referência na frente é Jô? Ou Leandro damião? Ou Hernane? Felipão está aguardando até o último minuto para contar com Fred. resta-nos saber se toda esta expecta-

tiva irá se realizar. O drama maior é saber que Felipão dificilmente jogará sem centroavante. em todo o mundo, as seleções tem preferido jogar sem alguém como referência no ataque. Até porque as opções pelo mundo são poucas e a melhor delas não estará na copa – o sueco ibrahimovic. As razões para tamanha dificuldade estão na formação dos nossos garotos na base. Os clubes têm apostado em centroavantes com porte físico de brutamontes. O talento com a redonda não tem sido tão fundamental. Acaba que as opções ficam escassas. Fred reúne essas qualidades, mas se o físico não ajudar, deu ruim. Ah! Se o imperador tivesse levado a carreira um pouco mais a sério...

Carioca | 8ª rodada Macaé

X

Nova Iguaçu

Sábado 15/02 | 17h | Moacyrzão

Friburguense X

Audax

Sábado 15/02 |17h |Eduardo Guinle

Volta Redonda X

Madureira

Sábado 15/02 |19h |Raulino de Oliveira

Fluminense

X

Boavista

Sábado 15/02 |19:30h | Maracanã

Cabofriense

X

Resende

Sábado 15/02 |19:30h | Correão

Vasco

X

Flamengo

Domingo 16/02 |16h |Maracanã

Bonsucesso X Bangu Domingo 16/02 |16h |Teixeira de Castro

Duque de Caxias X Botafogo Domingo 16/02 |18:30h |Raulino de Oliveira


16 | esporte

Rio de Janeiro, 13 a 19 de fevereiro de 2014

Com um a menos, Flamengo estreia com derrota na Libertadores LIBERTADORES Amaral é expulso em lance infantil e prejudica o rubro-negro BrunoPorpetta do rio de Janeiro (rJ) O Flamengo perdeu para o León, no méxico, por 2 a 1, jogando com um a menos em quase toda a partida. O volante Amaral foi expulso logo aos 11 minutos do primeiro tempo, prejudicando a nova formação proposta pelo treinador Jayme de Almeida. O treinador entrou com Lucas mugni, cáceres, everton e Samir, cuja escalação foi defendida até por Zico, montando

Alexandre Vidal/Fla Imagem

o time num 4-2-3-1 com elano mais aberto pela direita, everton pela esquerda e mugni centralizado no meio-campo. com a expulsão, o Flamengo teve que se reorganizar em campo, mas levou tempo para isso. Antes que conseguisse se achar no jogo, o árbitro marcou um pênalti para o León. O experiente Boselli cobrou e abriu o placar, aos 31 minutos. Após levar o gol, o Flamengo passou a tocar mais a bola, levando perigo nas bolas paradas. em uma dessas cobranças de falta, elano coloca a bola na

1X2 Flamengo

León

México | Estádio León |12/02 |22h (Brasília)

De olho na seleção, Fred volta ao time do Flu CARIOCA Atacante está de volta ao time que defenderá a liderança, após se recuperar de lesão

cabeça de cáceres, que empata a partida aos 42 minutos. No segundo tempo, o León impôs sua superioridade numérica, criando chances de gol e tornando o goleiro Felipe um dos nomes do jogo, mas não evitou o segundo gol em

uma bobeira da defesa rubronegra. A bola sobrou para Arizala que chutou para desempatar, aos 22 minutos. O Flamengo tentará a recuperação na competição no dia 26, contra o emelec (eQU) no maracanã.

No embalo da Liberta, Botafogo quer subir no Carioca NOVIDADES Ronny pode estrear no Botafogo; Júnior César será titular pela primeira vez

do rio de Janeiro (rJ) enfim, o centroavante Fred retorna ao time do Fluminense na partida contra o Boavista, no sábado, às 19h30min no maracanã. O jogador está recuperado de um edema na coxa direita, o mesmo local que tirou Fred de campo nos últimos três meses do ano passado. A princípio, ele havia sido poupado nos jogos contra Audax e Bangu, mas a lesão reapareceu às vésperas do clássico contra o Flamengo, o que preocupou, inclusive, ao treinador da seleção brasileira, Luis Felipe Scolari. de volta aos gramados, o atacante é bastante cotado para a convocação de jogadores que atuam no Brasil para o amistoso contra a áfrica do Sul, no dia 5 de março. (BP)

•NOVASCO, o meia douglas está regularizado e liberado para jogar o clássico contra o Flamengo, domingo, às 16h no maracanã. •OJOGO entre goytacaz e Quissamã, em campos, vencido pelo time da casa por 2 a 1, pela série B do carioca, acabou em confusão. torcedores do goytacaz acusam o árbitro daniel Wilson Barbosa de castro de ameaça-los com uma arma. O delegado do jogo desmente a versão, dizendo que o objeto era uma bandeira.

De volta ao time titular, Cáceres foi o autor do gol rubro-negro FICHa TÉCNICa

TOQUES CURTOS

do rio de Janeiro (rJ) O Botafogo enfrenta o Bonsucesso nesta quinta-feira (13), às 17h, em moça Bonita, tentando sair de uma incômoda 12ª colocação na tabela do carioca, com apenas cinco pontos ganhos. O jogo é válido pela sexta rodada e foi adiado por conta do jogo de volta da primeira fase da Libertadores, quando o Botafogo goleou o deportivo Quito por 4 a 0. É neste embalo que o Botafogo tenta, com seus reser-

vas, vencer o Bonsucesso e subir na tabela. Uma vitória pode colocar o time até na oitava colocação, a cinco pontos da zona de classificação para as semifinais. O lateral-esquerdo Junior cesar, que estreou na vitória contra o San Lorenzo pela Libertadores, entrando no segundo tempo, jogará a partida contra o Bonsuça a partir do início e dá a fórmula para o Botafogo se recuperar no carioca: “temos de voltar a fazer no carioca o que o Botafogo está acostumado: ganhar.”, disse o reforço alvinegro. (BP)

•MESSi vem mostrando que pode realmente dar muito trabalho aos adversários na copa. recentemente recuperado de lesão, o craque argentino voltou a marcar gol na semifinal da copa do rei, no empate do Barcelona em 1 a 1 contra a real Sociedad. O astro já havia marcado dois gols na vitória do Barça pelo campeonato espanhol, contra o Sevilla, no último final de semana. O Barça enfrenta o real madrid na final da copa, no dia 19 de abril, ainda sem local definido. •OCRuZEiRO também foi derrotado em sua estreia na Libertadores, por 2 a 1, pelo real garcilaso. O volante tinga, do cruzeiro, foi vítima de racismo por parte da torcida peruana. Os torcedores imitavam macacos toda vez que o cruzeirense pegava na bola.

Brasil de Fato RJ - 039  

Folheie abaixo ou baixe o PDF da edição RJ - número 39

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you