Page 1


VI EDIÇÃO


Porque você continua a ser indiscutivelmente um dos que para nós possui um significado muito especial, felicito-o uma vez mais por ter escolhido o Destino Porto e Norte de Portugal para aqui recolher saborosas “experiências” e convido-o a percorrer o território acompanhado deste “guia” que preparamos propositadamente para si, contendo apetitosas propostas, dando corpo à programação dos 20 Fins-de-Semana Gastronómicos, a realizar entre 17 de Janeiro e 01 de Junho de 2014, com a participação de 800 restaurantes e 400 empreendimentos turísticos, oferecendo descontos que variam entre os 10% e os 15%.

FINS-DE-SEMANA GASTRONÓMICOS 2014 Melchior Moreira Presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, E.R.

2

fds gastronómicos ‘14

Conscientes da crescente importância do produto “Gastronomia e Vinhos” para a afirmação de um destino de férias como o nosso, que alberga agora a totalidade do Douro, entendemos por bem dar continuidade a um trabalho que visa diversificar e enriquecer um sugestivo leque de propostas, podendo deste modo encontrar sugestões complementares para o seu fim-desemana, permitindo-lhe prolongar a sua estadia num dos muitos locais à escolha e a preços convidativos, especialmente trabalhados para o efeito em colaboração com as unidades de alojamento e restauração aderentes. Assim, porque sabemos que é um apaixonado pelas coisas boas da

vida, informe-se junto de nós e procure obter toda a informação útil, permitindo-lhe viajar ao longo dos “Fins-de-Semana Gastronómicos”, usufruindo de uma oferta multifacetada que lhe proporcionará experiências únicas no Porto e Norte de Portugal – um destino fantástico que tem sempre muito mais para descobrir!...

3

fds gastronómicos ‘14


8 10

17, 18, 19 JAN. 28 Marco de Canaveses Anho assado com arroz de forno Fatias do Freixo

12 12

24, 25, 26 JAN. Paços de Ferreira Capão à Freamunde Sopa seca

30

32 14 16

31 JAN. 1, 2 FEV. Chaves Arroz de fumeiro Rabanadas com mel

18

índice

Santa Marta de Penaguião Bacalhau à tasquinha Leite creme

20 20

7, 8, 9 FEVEREIRO Guimarães Naco à Conquistador Toucinho do céu

22 22

14, 15, 16 FEV. Valença Bacalhau à S. Teotónio Borrachinhos de Valença

24

Vieira do Minho Couves com feijão Pera bêbeda

26 26

21, 22, 23 FEV. Bragança Butelo com cascas Pudim de castanhas

4

fds gastronómicos ‘14

34

36 38

40

42

44

48

Caminha Robalo escalado do Mar da Ínsua Leite creme queimado Lousada Cozido à portuguesa Leite creme queimado

52

Miranda do Douro Posta mirandesa Bola doce mirandesa

54

Mirandela Alheira de Mirandela

56

Moimenta da Beira Medalhões de porco com puré de maçã Tarte Tartin

58

Montalegre Posta Barrosã Compota de castanha com queijo

60

São João da Pesqueira Torresmos com batata cozida e grelos Leite creme

Monção Lampreia à moda de Monção Barrigas de freira Paredes Rojões e papas de sarrabulho Sopa seca

28 FEV. 1, 2 MAR. Amares Papas de sarrabulho Pudim de laranja

62 62

7, 8, 9 MAR. Barcelos Galo Assado à moda de Barcelos Doçaria de Barcelos

64

Oliveira de Azeméis Rojoada Creme queimado

66

Ponte de Lima Arroz de sarrabulho Leite creme

70

Ribeira de Pena Milhos Chila no forno

Cabeceiras de Basto Couves com feijão Rabanada com mel Castelo de Paiva Borrego assado no forno Sopa seca doce Esposende Lampreia Clarinhas de Fão Melgaço Cabrito do monte assado no forno Bucho doce

5

fds gastronómicos ‘14

72 72

14, 15, 16 MAR. Arcos de Valdevez Carne da cachena com arroz de feijão tarrestre Charutos de ovos com laranja do Ermelo

74

Celorico de Basto Cabrito assado no forno Pão-de-ló com doce de camélia

76

Penafiel Arroz de lampreia de Entre-os-Rios Bolinhos de amor

78

Póvoa de Lanhoso Cabrito à S. José Rochas do pilar

80 80

21, 22, 23 MAR. Baião Arroz de favas com frango alourado Perâs bêbedas e creme d’água

82

Gondomar Arroz de lampreia Bolo Coração de Gondomar

86

Terras de Bouro Cozido de couves com feijão Rabanadas de mel do Gerês

88

Vizela Rojões Bolinhol


90 90

28, 29, 30 MAR. 108 Alfândega da Fé Tarte de borrego com legumes assados Farófias c/ caldudo de castanhas 110 aromatizado com tomilho limão

92

Mondim de Basto Posta maronesa Pão-de-ló húmido

94

96

112

130 132

2, 3, 4 MAI. Arouca Espetada ou posta de vitela Arouquesa grelhada Doçaria conventual ou regional

Santo Tirso Bacalhau assado no forno Jesuítas e licor de Singeverga Viana do Castelo Bacalhau à Viana Meias luas – doce conventual

134

Valongo Bacalhau com broa Rabanadas

Vila Verde Pica-no-chão Pudim Abade de Priscos

118

Vila do Conde Petinga à moda das Caxinas Pão doce tradicional

136

Vila Nova de Cerveira Galo de cabidela Biscoito de milho

Vila Pouca de Aguiar Cabrito à serrana assado no forno Pudim de castanhas

138 138

9, 10, 11 MAI. Paredes de Coura Cozido à moda de Coura Formigos de Coura

18,1 9, 20 ABR. Matosinhos Pratos de peixe e marisco Leite creme

140

Trofa Rojões Leite creme

120

102

Póvoa de Varzim Cambitos de raia com arroz de hortaliça Rabanada à Poveira

122 122

Vale de Cambra Rojões à moda de Cambra Leite creme

124

11, 12, 13 ABR. Braga Bacalhau à moda de Braga Pudim Abade de Priscos

126 126

6

Mogadouro Posta à mogadourense Queijo de cabra ou ovelha com compotas

114

4, 5, 6 ABR. Ponte da Barca Posta barrosã Rabanadas de mel

106 106

Santa Maria da Feira Ensopados de Eirós Tigelada de fogaça com mirtilos

128

Resende Anho assado Cavacas de Resende

98 100

104

Felgueiras Cabrito assado no forno Pão-de-ló de Margaride

fds gastronómicos ‘14

Porto Bacalhau D’ouro Leite creme 25, 26, 27 ABR. Armamar Cabritinho de Armamar Leite creme de maça

142 142

16, 17, 18 MAI. Fafe Vitela assada à moda de Fafe Doces de gema

144

Maia Bacalhau à lidador Lidadores e doçaria regional e Conventual da Maia

7

fds gastronómicos ‘14

146

Vinhais Cozido à moda de Vinhais Pudim de castanha

148 148

23, 24, 25 MAI. Vila Real Carne maronesa - DOP Cavacórios com vinho do Porto

150 152

30, 31 MAI. 1 JUN. Sabrosa Favas guisadas com enchidos Bolo borrachão

154

Vila Nova de Gaia Bifes de cabeça chata com arroz de hortos Leite creme

158

Alojamento

Legenda prato sobremesa animação restaurantes


janeiro

Em janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a chorar, se vires nevar, põe-te a cantar. provérbio popular

8

fds gastronómicos ‘14

9

fds gastronómicos ‘14


Anho assado c/ Arroz de forno O anho deve ser bem untado com um molho próprio (cebola, alho, salsa picada, colorau, sal, azeite/ óleo e vinho verde branco) e, assim, deve ficar por algumas horas. O arroz é colocado num alguidar que já deverá ter uma calda bem fervida. As batatas são colocadas na pingadeira e regadas com o molho, que pode ser o que sobrou do tempero da carne. Disponha o arroz, as batatas e o anho, cozinhando-os na mesma fornada. O forno, a lenha, tem de ser previamente aquecido, durante sensivelmente 2 horas.

Situado entre dois rios internacionais, o Douro e o Tâmega, o concelho do Marco de Canaveses convida o visitante à descoberta de sensações e tradições. Em terras de Carmen Miranda descubra os nossos vinhos premiados e outros néctares da nossa Rota dos Vinhos do Marco, que devem acompanhar a nossa gastronomia regional. Propomos a quem nos visita, o tradicional Anho Assado com Arroz de Forno, o Verde e a Lampreia.

Para os gulosos, deixamos tentações como as Fatias e as Cavacas do Freixo, os Biscoitos de Soalhães, o Pão-de-ló e o PãoPodre. No final do repasto, aproveite para visitar a Igreja de Santa Maria ou a cidade romana de Tongobriga.

(dia 18 às 21h00 e dia 19 às 15h00); Visitas guiadas ao Museu Carmen Miranda ou ao Museu da Pedra (marcação prévia pelo: turismo@cm-marco-canaveses. pt); Visitas guiadas às quintas da Rota dos Vinhos do Marco (marcação prévia pelo: turismo@cm-marco-canaveses.pt); Compras no comércio local (horário: 9:00h - 19:00h).

Albufeira Rua Rainha D. Mafalda, 709 255534420 Cancela Velha Praça Movimento das Forças Armadas, 36 255523630

Fatias do Freixo Doces regionais do Marco de Canaveses com verdadeira tradição histórica. Pensa-se que tiveram origem no séc. XVII, sendo fabricados, à data, num convento de freiras. Aparecem referenciados no ano de 1819, data de construção da Casa dos Lenteirões. O rei D. Luis exigia a presença dos Doces do Freixo nos seus banquetes. A arte da sua fabricação tem passado de geração em geração. Preparadas à base de ovos, açúcar e farinha são um segredo familiar, muito bem guardado.

Momento’s Rio Parque Fluvial do Tâmega, R. Caldas de Canaveses, 332 933407126 Penhadouro Rua do Ladário, 14 – Penhalonga 255582994 Pensão Magalhães Largo António Queirós Montenegro, 31 255522134 Plátano Largo António Queirós Montenegro,57 255523137 Sampaio Av. Jorge Nuno Pinto da Costa, 862 – Tuías 255534540

Animação 18 e 19 de Janeiro - Encontro de Cantadores de Janeiras e dos Reis - Salão dos Bombeiros Voluntários 10

fds gastronómicos ‘14

Silva Rua de Sobretâmega, 127 – Sobretâmega 255535079

11

fds gastronómicos ‘14

MARCO DE CANAVESES 17, 18, 19 JAN.


O Património Gastronómico de Paços de Ferreira é expresso na arte de bem cozinhar sendo rico e variado, contemplando diversas especialidades gastronómicas, como o Cabrito ou Anho assado com arroz de forno, Cozido à Portuguesa ou os Rojões, mas aquele que se destaca é o “Capão á Freamunde*” como grande anfitrião do saber fazer da nossa gente, acompanhado com Batata Assada e grelos. O Capão mereceu atenção de vários autores como Gil Vicente, D. Francisco Manuel de Melo, Camilo Castelo Branco e Eça de Queirós, referindo-o nas suas obras como “Manjar dos Reis”. Confecionado “À Freamunde”, coleciona

apreciadores famosos, que todos os anos não perdem a Semana Gastronómica, que se realiza todos de 1 a 13 de Dezembro, sendo 13 dia da famosa Feira dos Capões. Diz o provérbio popular “Do frango capão a perna, e da galinha o peito”, o escritor Camilo Castelo Branco, autor de Amor de Perdição (1862), aconselhava-o ligeiramente flambado com aguardente velha e conduzido à mesa com a pele estaladiça. Para acompanhar esta tão “mui nobre e sublime iguaria”, aconselha-se a nossa doçaria tradicional a Sopa Seca. Saboreie os pratos e doces típicos da Gastronomia Tradicional, venha a Paços de Ferreira …. 12

fds gastronómicos ‘14

Conhecer no Lugar Certo. Experimente. Não se vai arrepender... * Indicação Geográfica Protegida/ época – Outubro a Março. Há restaurantes que o confecionam o ano todo mediante marcação prévia Nota: Aconselhamos marcação prévia para grupos com 24 horas de antecedência

Capão à Freamunde Ingredientes: capão; vinho branco; sal q.b.; limão; alhos; vinho do Porto; azeite; pimenta ou piripiri; cebolas; manteiga ou gordura animal; farófia; salpicão; presunto Embriaga-se o capão, com um cálice de vinho do Porto e passada meia hora, mata-se, depena-se, abre-se e lava-se. Depois de estar em água fria com rodelas de limão, cerca de uma hora, põe-se a escorrer e mergulha-se em “vinha d’alhos” ficando assim 24 horas. No dia de o consumir, põe-se ao lume uma caçarola com azeite, gordura de porco e cebolas às rodelas. Quando a cebola está estalada, deita-se uma boa colher de sopa de manteiga, meio quartilho (2,5 dl) de vinho branco e vinho do porto sal q.b.. Escorre-se o capão, esfrega-se todo com este novo molho. Antes de meter no forno recheia-se com o seguinte picado refogado: azeite, cebola, alho, miúdos do capão, presunto, salpicão, chouriço de carne, carne de vaca, vinho branco, piripiri, louro, salsa, etc. Depois de guisado é passado e bem misturado com “farófia” no resto do molho de guisar para ligar bem. Enche-se a barriga do capão e cose-se. Coloca-se na “pingadeira” de barro, e leva-se ao forno a assar lentamente (cerca de 3h), coberto com papel de alumínio para não queimar demais, deve picar-se

com um garfo de vez em quando, ao mesmo tempo que se rega com o molho da assadeira e vinho do porto. A operação de picar com o garfo deve ser cuidadosa para não ferir a pele que deve ficar estaladiça e loura. Meia hora antes, tira-se o papel para alourar. Acompanha-se com batatas assadas e grelos. Sopa seca Ingredientes: 1 “alguidar” de barro; trigo de Padronelo (Trigo de Ovelhinha); 1 coxa de frango caseiro;1/4 de presunto; 1/4 de carne de vaca; mel q.b.; açúcar louro a gosto; rodela de limão sem casca; canela q.b. Retira-se a calda das carnes de porco, vaca e galinha provenientes do cozido à portuguesa para um “alguidar” de barro e adiciona-se à calda bastante mel, açúcar louro, limão e canela. Parte-se o pão de ovelhinha às fatias. No fundo do “alguidar” de Barro deita-se uma boa camada de açúcar louro e canela e vai-se alterando com uma camada de pão e uma camada de calda até encher o “alguidar”. O pão terá que ficar bem molhado com a calda. Por fim rega-se as camadas com a restante calda e polvilha-se com açúcar louro. Depois de preparado o alguidar de barro, esta vai ao forno durante ½ hora, coberto com papel de alumínio para apurar. Quando ferver, retira-se o papel e deixa-se 13

fds gastronómicos ‘14

PAÇOS DE FERREIRA 24, 25, 26 JAN.

ficar mais um pouco no forno para a Sopa Seca ganhar cor. Deve ser servida bem quente. Animação Museu Arqueológico da Citânia de Sanfins Tel.: 255 963 643 Museu Municipal de Paços de Ferreira / Museu do Móvel Praça Doutor Luís Tel.: 255 860 706 Aidé - Paços Ferrara Hotel Avenida 1ª de dezembro, 137 255 962 548 O Gusto Rua Martinho Caetano - Freamunde 255 870 166 O Penta 2 Rua 6 de Novembro, 8 255 963 861 O Tarasco Av. Da Liberdade, 62 – Figueiró 255 881 794 O Telheiro Rua Nova de Ferreiró, 235 – Ferreira 255 892 739


fevereiro

Quando não chove em fevereiro, nem prados nem centeio. provérbio popular

14

fds gastronómicos ‘14

15

fds gastronómicos ‘14


CHAVES 31 JAN. 1, 2 FEV.

A Gastronomia Flaviense é única e inigualável. Qualidade, sabor e textura fazem dos seus pratos iguarias para mais tarde recordar. O famoso presunto de Chaves, célebre por cá e por terras de além, o Pastel de Chaves que comemora 150 anos, sendo produto com indicação geográfica reconhecida, de massa folhada tenra e estaladiça, recheado com um sublime refogado de carne de vitela, os milhos acompanhados dos melhores enchidos da região, enfim, o melhor é passar um fim de semana em Chaves e provar tudo o que de bom esta região tem para lhe oferecer.

16

fds gastronómicos ‘14

Arroz de fumeiro Cozem-se chouriço de cabaça, salpicão, linguíça e um bocado de pernil fumado. Escolhem-se os espigos, lavam-se e reservam-se. Guarda-se o caldo de cozedura das carnes. Faz-se um estrugido com azeite e cebola picada e colorau. Partem-se as carnes em rodelas e colocam-se no estrugido quando a cebola estiver alourada. Salpica-se com água da cozedura, tapa-se e deixa-se apurar. Vai-se acrescentando com água e caldo da cozedura, tempera-se de sal e malagueta. Quando tiver fervido algum tempo, escaldam-se os espigos e juntam-se-lhes. Lava-se o arroz, e coze na calda anterior. Mexe-se, tapa-se e deixa-se cozer.

Rabanadas com mel Corta-se o pão de forma, ou cacete, duro, em fatias médias. Mergulhamse em azeite morno temperado de açúcar. Escorre-se o excesso de leite e passam-se por ovos caseiros batidos. Fritam-se em leite, deixando alourar, virando de um lado e de outro. Colocam-se numa travessa comprida, polvilhando-se de açúcar e canela ou, como se comem no Natal, banhadas por uma calda, feita com açúcar, água, vinho fino, um pau de canela e um vidrado de laranja. “O segredo das rabanadas está em deixá-las demolhar, quase a desfazerem-se, no molho de leite”. Animação Consultar programa específico. 17

fds gastronómicos ‘14

Casa da Vinha Velha Cruzamento da Vinha Velha, Sesmil S. Pedro de Agostém 276346514 Flor do Tâmega Av. Bracara Augusta - Fonte Nova 276324888 Hotel Casino de Chaves Lugar do Extremo – Valdanta 276309600 Primavera Perfume Hotel Av. Teixeira de Sousa, 2 - Vidago 276907230 Solar de Oura Rua do Olmo,37 – Oura - Vidago 276999070 Vidago Palace Hotel Parque de Vidago 276990920


SANTA MARTA DE PENAGUIÃO 31 JAN. 1, 2 FEV.

Venha visitar as iguarias da concha douriense. Receitas caseira e típicas do Norte de Portugal. Visite Santa Marta de Penaguião.

Bacalhau à tasquinha O bacalhau à tasquinha é constituído por bacalhau frito e puré de batata, sobe uma cama de molho de cebola, acompanhado por alface e tomate.

Misture com a ajuda de um batedor de varas. Junte a seguir os ovos e as gemas. Mexa energicamente. Retire do leite a canela e as cascas de limão. Verta o preparado dos ovos em fio para o leite. Leve novamente ao lume até este engrossar a gosto. Não pare de mexer até obter a consistência desejada. Divida o preparado por taças e leve ao frigorífico até estar bem fresco.

Leite creme Ingredientes: 1 Litro de leite magro; 1 Pitada de sal; 2 Cascas de limão; 2 Paus de canela; 2 Ovos; 3 Gemas; 10gr de açúcar baunilhado; 160gr de açúcar; 80gr de farinha Leve ao lume o leite, com uma pitada de sal, os paus de canela e as cascas de limão. Deixe ferver. Desligue e reserve. Entretanto numa taça misture a farinha, o açúcar e o açúcar baunilhado. 18

fds gastronómicos ‘14

Animação Visitas Gratuitas: - Museu das Caves de Santa Marta de Penaguião - Caves de Santa Marta de Penaguião Atividades: 19

fds gastronómicos ‘14

- Festa em Honra da Nossa Senhora da Graça - Festa em Honra de Nossa Senhora das Candeias A Tasquinha Rua trás da Câmara 254 811 497 A Taberna Travessa da Democracia 254 821 130 Nossa Srª do Viso Lugar do Barreiro - Fontes 254 814 013 Sto. António Ruas das Àrvores 254 822 154


Naco à Conquistador Ingredientes: coração de alcatra (vitela) entre as 180g as 300g, batata cartão 150g ou +, grelos 80g, alho 10g, azeite qb, azeitona qb, sal grosso qb. Cortar o naco de carne e temperar de sal grosso. Levar as batatas ao forno com sal grosso, depois de assadas sacudir o sal e saltear em azeite e alho. Cozer e saltear os grelos em azeite e alho. Grelhar o naco e de seguida dispor no prato ou travessa com a batata e os grelos, espetar a espada. Por fim, decorar com pasta de azeitona e um talo de alecrim.

A qualidade e genuinidade da gastronomia vimaranense estão intimamente associadas ao valor patrimonial e à riqueza de um produto turístico de qualidade, oferecido por uma cidade que se orgulha de ser Património Cultural da Humanidade. Em Guimarães, cultura e gastronomia, são indissociáveis, pelo que nos dias 07, 08 e 09 de Fevereiro Guimarães move-se ao ritmo da dança contemporânea. Depois de experimentar a gastronomia local, não pode perder a oportunidade de assistir aos espetáculos do GUIdance, Festival internacional de dança contemporânea que tem trazido a Guimarães algumas das mais conceituadas companhias e 20

fds gastronómicos ‘14

criadores nacionais e internacionais. No decorrer desta edição Guimarães convida a conhecer a excelência dos seus estabelecimentos e os sabores da Mesa Vimaranense, com o “Naco à Conquistador” e o Toucinho-doCéu.

Animação Descontos nos bilhetes dos espetáculos do dia 7 e 8 de Fevereiro do GUIdance, a quem participar na iniciativa. Para obtenção do desconto nos bilhetes deverá adquirir um voucher no Posto de Turismo da Praça de S. Tiago. 7 de fevereiro, visitas guiadas à Zona Histórica e Património Mundial, com entrada gratuita no Museu Alberto Sampaio, Paço dos Duques de Bragança, Castelo de Guimarães e Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Visitas com início às 10h00 e 15h00. Inscrições obrigatórias: info@guimaraesturismo.com ou no Posto de Turismo da Praça de S. Tiago. 7, 8 e 9 de fevereiro - Mostra de Produtos – Posto de Turismo da Praça de S. Tiago com a colaboração da Adega Cooperativa de Guimarães, Casa Costinhas e Pastelaria Clarinha.

Toucinho-do-céu Ingredientes: açúcar 500 gr, amêndoa 200 gr, doce de chila (3 colheres), Gemas (18), farinha, manteiga e açúcar pilé. Derreter o açúcar em 2 dl de água até atingir o ponto pérola. Adicionar a amêndoa ralada e deixar ferver um pouco. Misturar as gemas com as claras e juntar ao preparado anterior, depois de este arrefecer. De seguida juntar as gemas e colocar ao lume até engrossar. Deixar arrefecer e deitar numa forma untada com manteiga, polvilhar com farinha e levar ao forno em lume brando. Por fim, tirar do forno, deixar arrefecer, sacudir a farinha, polvilhar com açúcar e enfeitar.

Batista (Típico) Rua A, n.º 280, Mesão Frio, Urb. Cruz da Argola 253432216 Clave de Sabores Rua João Lopes de Faria nº71 - Oliveira do Castelo 253297005 Condado Rua João XXI, n.º 319 253412774

21

fds gastronómicos ‘14

GUIMARÃES 7, 8, 9 FEV.

Côr de Tangerina (vegetariano) Largo Martins Sarmento, nº 89 – 1º andar 253542009 Dan José Parque São Cristóvão - Penha 253418844 Fentelhas Rua Pedro Homem Melo, n.º111, S. Torcato 253551292 Histórico By Papaboa Rua de Valdonas, n.º 4 253412107 Pimenta Moscada Largo dos Laranjais, N.º 85 253419020 Solar do Arco Rua de Santa Maria, n.º 48/50 253513072


Bacalhau à S. Teotónio Fritar levemente a posta de bacalhau em azeite. Preparar um pequeno refogado de tomate, cebola e alho. Temperar com sal e pimenta. Refrescar com vinho verde branco. Cobrir a posta de bacalhau com a cebolada e um pouco de maionese. Levar ao forno a gratinar. Acompanhar com puré de batata (ou como opção dos comensais ou do restaurante  batata frita às rodelas). Decorar com gomo de tomate e ovo cozido, azeitonas pretas e pimento morrone. 

Valença, os Sabores Mágicos da Fortaleza

Em Valença Bacalhau é Rei. Há séculos que, por Valença, se apuram os sabores e a arte de apresentar as receitas do Bacalhau, do Caldo Verde (uma das 7 maravilhas gastronómicas de Portugal) e dos conventuais Borrachinhos de Valença. A tradição do bem comer faz de Valença um destino gastronómico privilegiado. A Fortaleza, a Ecopista do Rio Minho, os trilhos de mil encantos e o emblemático comércio tradicional são um convite irresistível para um dia idílico.

22

fds gastronómicos ‘14

Borrachinhos de Valença Ingredientes: 250g de pão de trigo, 100g de açúcar, 5/6 ovos, de colher de chá de canela, raspa de limão (pouca). Calda: 7,5dl de vinho verde tinto /ou branco, 250g de açúcar, 2dl de mel, casca de limão, 1 pau de canela, uma pitada de sal Tiram-se as côdeas ao pão e desfazem-se muito bem com as mãos. Juntar o açúcar e a canela com os ovos, não deixando a massa muito dura. Se necessário, juntar mais ovos. Numa frigi deira com óleo a ferver vão-se fritando os borrachinhos dando-lhes a forma de pastéis de bacalhau. Depois de fritos, escorre-se-lhes o óleo e deitam-se num tacho. Cobrem-se com o vinho, junta-se a casca de limão, o pau de canela e o açúcar. Deixa-se ferver, mais ou menos durante 30 minutos, para encharcarem.

Animação Dia 14, 15 e 16 – Fortaleza de Namorados – Decoração de montras alusivas a S.Valentim de estabelecimentos, comerciais e de hotelaria e simillares , intra e extramuros. Dia 15 Fev. 14h00-17h00 IIIº Workshop “Bordar Lenços de Namorados” MUSEUS Núcleo Museológico Municipal 2ª a Sáb. 9h-17h – T. 251806020; nmuseologico@cm-valenca.pt Núcleo Museológico do Caminho de Ferro – Museu Ferroviário Marcação prévia Tel. 251 806020 Museu do Bombeiro Segunda a Sábado* – 10h -17h; *abertura quinzenal aos sábados Museu Etnográfico/Grupo Folclórico de Ganfei - Marcação prévia T. 251822491 Tlm. 962459357 E-mail: grupofganfei51@gmail.com Museu Rural de Taião - 13h/17h. Exceto 3ª-feiras. T. 251822 130

Coroa Verde Rua do Jardim nr. 15 251825759

VALENÇA 14, 15, 16 FEV.

Cristina Centro Comercial Lara 251825368 Delícias do Minho Ed. Porta A. Cunha Avª. Miguel Dantas 251818227 Esplanada Avenida Miguel Dantas nº1 251809462 Ibéria Avenida Miguel Dantas nr.75 251825039 Merendola Oliveira da Mosca nr. 13 - Ganfei 251822201 Neves Lugar do Monte - S. Pedro da Torre 251839309

Quinta do Prazo Lugar da Urgeira - Quinta do Prazo 251821230

O Campónio Ed. J – Ferreira – Bl 1 Ervelho – Arão 251823458

Rocha e Grill Ed. Cidade Nova, Bl 8-LjE – R. Dr. Ibérico Nogueira 25182645

O Cozinheiro Lugar do Miúdal - Verdoejo 251921070

Adega do João Lugar de Passos -Estrada Nacional 201 - Cerdal 251839359

Pousada S.Teotónio Baluarte do Socorro - Valença 251800260

Baluarte Rua Apolinário da Fonseca 251824042

Prata do Minho Travessa Secretaria Militar 300303354

Bom Jesus Largo do Bom Jesus – Coroada 251822088

Quinta do Amorinho Quinta do Amorinho – Arão 251824307

23

fds gastronómicos ‘14

S.Gião Centro Comercial Alvarinho 251821095 Solar do Bacalhau Rua Mouzinho de Albuquerque, 99 251822161 Valença do Minho (Hotel) Lugar de Tróias - Arão 251824392


VIEIRA DO MINHO 14, 15, 16 FEV.

A gastronomia é tão variada quanto o património natural e cultural. Esta está intimamente ligada às principais atividades económicas e aos recursos naturais do concelho provenientes da produção agrícola e da criação animal. São várias as propostas regionais capazes de saciar o apetite mais guloso, tais como, Vitela Barrosã, Cabrito, Couves com feijão, Cozido à Portuguesa, enchidos, presunto...

24

fds gastronómicos ‘14

Couves com feijão As Couves com Feijão é uma das iguarias que melhor projeta os sabores vieirenses. Tradicionalmente, as Couves com Feijão são confecionadas nos meses de inverno, entre Novembro e Março, após a matança do porco, e depois dos presuntos e enchidos estarem secos e curados. Para a preparação deste prato, são necessárias as melhores carnes caseiras e o que de melhor se produz nos campos e hortas: carne de porco, enchidos, couve-galega, feijão amarelo, batatas cortadas aos quadrados, bom azeite e alho picado.

Pera bêbada Para finalizar, delicie-se com uma sobremesa simples e perfumada, com uma suculenta pera bêbada cozida em vinho tinto, açúcar q.b. e um pau de canela. Animação Exposições na Casa Museu Adelino Ângelo, exposição de artesanato e produtos locais no posto de turismo.

A Tasquinha Rua Pe. Casimiro José Vieira 917170488

Retiro da Cabreira Tabuadela – Pinheiro 932905447

Adelaide Cerdeirinhas – Tabuaças 253647106 Bela Vista Cerdeirinhas – Tabuaças 934571692

Senhora da Fé Rua Camilo Costa 253647495 Sol da Cabreira Rua Pe. José Carlos Alves Vieira 213 253647369   Zé da Estrada Penelas – Guilhofrei 253656184

Casa Pancada Salgueiros – Mosteiro 253647252 Central Praça Guilherme de Abreu 19 253647179 Flor da Cabreira Cerdeirinhas – Tabuaças 965431645

25

fds gastronómicos ‘14


“Quando a ousadia é merecida e se procuram milagres perfeitos, é a hora de desfraldar a bandeira da vitória, ferrar o galho em sonhos de princesas encantadas, desenferrujar e afiar os gumes dentários, excomungar dietas e reclamar: Cascas com Butelo!!”

Uns chamam-lhe Butelo, outros, chouriço de ossos, outros…enfim, são vários os nomes para produtos semelhantes do fumeiro regional da Terra Fria Transmontana. Se é certo que os nomes podem variar consoante as suas origens, dos diversos pontos do Nordeste Transmontano e até da vizinha Espanha, também a confeção e as carnes utilizadas apresentam algumas diferenças. Trata de um produto gastronómico regional, muito apreciado, que distingue o fumeiro tradicional da terra fria nordestina de muitos outros. Não admira, por isso, que sendo um “chouriço” que se identifica com facilidade, sobretudo pelo

In “Crónicas Comestíveis”, António Monteiro, pp. 103

26

fds gastronómicos ‘14

aspecto exterior e pelo singular sabor, esteja sempre presente, não só em diversos cartazes de Feiras de Fumeiro, ou afins, como também nas bancas dos expositores/vendedores. Sobretudo nos dias frios de inverno, serão poucos os transmontanos/nordestinos que, ao calor da lareira, não apreciem um bom Butelo com casulas, que se devem fazer acompanhar, de algumas batatas e, para quem goste, uma ou duas cebolas, umas choiriças, uns pés de porco e umas “orelheiras”. Tudo devidamente cozido, de preferência no pote, naturalmente! Se estes produtos forem de qualidade e confecionados de acordo com a genuína tradição secular, teremos, por certo, uma iguaria de fazer crescer a água na boca. Uma refeição deste género requer uma confeção afectiva, dedicada e com tempo suficiente para que todos os ingredientes surjam na mesa sem perderem as qualidades e os sabores específicos. Como complemento, uma refeição de Butelo com Casulas, deve ser “regada” com um bom néctar dos Deuses, oriundo das nossas cepas, e temperada com azeite de qualidade, futo da azeitona das nossas oliveiras, não podendo, também, faltar o pão regional, para além de outras iguarias com identidade local.

Butelo com casulas Demolhe um quilo de cascas (vagens de feijão secas e cortadas aos bocadinhos). Coza-as em água e sal com um butelo (chouriço com vários tipos de carne). À parte, leve também a cozer pezinhos do porco, a orelheira e algumas costelas. Retire o butelo e as outras carnes e parta-as aos pedaços. Coloque tudo numa travessa e regue bem com azeite cru.

Académico Av. D.Sancho I Zona Desportiva 273331449

Pudim de castanhas Cozem-se as castanhas podendo deitar-se na água da cozedura uma pitada de sal e erva doce. Depois de bem cozidas, descascam-se as castanhas e reduzem-se a “polme”, passando este por uma peneira para que fique bem fino. De seguida pesa-se 0,5Kg do “polme”, amassa-se juntando 1/2 chávena de leite, 4 colheres de sopa de manteiga, 2 chávenas de açucar, uma colher de chá de canela em pó, 2 colheres de sopa de vinho fino branco, 8 gemas de ovos e 4 claras em castelo. Coloca-se o preparado na forma de pudim, previamente barrada com manteiga e polvilhada de farinha e leva-se ao forno a cozer. Depois de cozido, retire o pudim da forma e coloque-o num prato. Decore o prato com castanhas inteiras e sirva. Bom apetite.

Ares de Serra Rua Comandante Sacadura Cabral Bairro S. Tiago 273332487

O Pote Rua Alexandre Herculano, nº 186 273333710

Casa Nostra Rua Dr. Francisco Felgueiras, nº8/10 273382221

Panorama Estrada do Turismo km1 – Samil 273312410

Chefe Ruca Av. do Sabor - Est. de Gimonde, lote 13-A 273328670

Poças Rua Combatentes da Grande Guerra, nº 200 273331428

O Copinhos Rua Conde de Ariães nº9 - Campo Redondo 934206251 Emiclau Rua Almirante Reis, nº35 Cave 273324114 Lá em Casa Rua Marques de Pombal nº7 273322111 Nordeste Quinta das Carvas - EN 218 273381211

Animação Consultar programa específico. 27

BRAGANÇA 21, 22, 23 FEV.

Pousada S. Bartolomeu Estrada do Turismo 273331493 Rota dos Sabores Forte S. João de Deus - Mercado Municipal 914844251 Quinta das Covas Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510 Solar Bragançano Praça da Sé nº34- 1º andar 273323875

O Acácio Rua de Vale d´Alvaro Qta. da Braguinha R/C Esq Lote F 273324617

São Lázaro Av. Cidade de Zamora 273302700

O Geadas Rua do Loreto s/n 273324413

Tic Tac Rua Emídio Navarro, nº85 273331373

O Javali Qta do Reconco - Estrada do Portelo 273333898

Típico D. Roberto Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510

O Manel Rua Oróbio de Castro nº26 273322480

Turismo Estrada do Turismo - Cabeça Boa 273324204

fds gastronómicos ‘14


Na desembocadura do rio Minho e no seu encontro com as águas do Atlântico foi erigido o Forte do Ínsua outrora ocupado por frades franciscanos. Esta magnífica fortificação defensiva de outras épocas é marca incontornável da paisagem litoral Caminhense e o abrigo ideal para o desenvolvimento de uma das espécies marinhas mais apreciadas nestas paragens. O “Mar da Ínsua”, assim batizado pela existência desta fortificação, é fonte inesgotável de alimento para os selvagens robalos que ali vivem, cuja carne branca e delicada já fez parte da gastronomia dos povos romanos.O robalo do “Mar da Ínsua” é pescado “à linha” pelas 28

fds gastronómicos ‘14

mãos corajosas e agrestes do bravo pescador. Pela enorme dificuldade em pescá-lo o pescador paga, não raras vezes, com a própria vida, a ousadia de enfrentar a rebentação das revoltosas ondas, para colher os melhores robalos e poder levá-los até à mesa dos restaurantes do concelho de Caminha. Ao escalado robalo e à sua frescura, os nossos cozinheiros juntam apenas o tempero necessário, pois a grelha faz o resto. Acompanhado pelas batatinhas a murro e pelos deliciosos legumes salteados, constitui um manjar único e digno dos mais requintados palatos. Para coroar este repasto, deliciamonos com o nosso tradicional Leite Creme queimado, capaz de fazer as delícias dos mais exigentes gastrónomos. De facto, a frescura de todos os produtos do campo, desde os ovos, passando pela farinha e pelo leite, permitem a realização deste verdadeiro manjar, tão tradicional das nossas terras. Robalo escalado do Mar da Ínsua Leite creme queimado Animação Consultar programa em www.caminhaturismo.pt. Museu Municipal de Caminha Rua Dr. Luciano Amorim e Silva 4910-153 Caminha Tel. 258 710 310

e-mail: museu@cm-caminha.pt Núcleo Museológico do Centro Histórico de Caminha Praça Conselheiro Silva Torres 4910-122 Caminha, Tel. 258 921 952 (entrada gratuita no fim de semana 21, 22 e 23 de fevereiro)

Dona Belinha - Hotel Meira Rua 5 de Outubro, 56 – VPA 258911111

Adega do Chico Rua Visconde Sousa Rego, n.º 30 258921781 Amor de Caminha Praça Conselheiro Silva Torres, 25 258722564 Ancora Mar Rua Cândido dos Reis, 14 – VPA 258911183 Ancora Parque Largo Dr. Ramos Pereira, 32. – VPA 258912664 Camarão Av. Forte do Cão, 497 – Âncora 965704489 Churrasqueira Atlântico R. Laureano Brito – VPA 258951983 Coral Campo do Castelo, 74 – VPA 258911098 Design & Wine Hotel, Rest. Praça Conselheiro Silva Torres, nº 8 258719040 Do Cais Rua Conselheiro Miguel Dantas 258922196

29

CAMINHA 21, 22, 23 FEV.

Duque de Caminha Rua Ricardo J. Sousa 258722046

Primavera Praça Conselheiro Silva Torres, 99/101 258921306

Espelho D’ Água - Hotel Porta do Sol Avenida Marginal, lote 1 258710360

Rei do Churrasco R. 5 de Outubro, R/C, Esq.,1217 - VPA 258912115

Fonte Nova R. Miguel Bombarda, 20 – VPA 258911191

Remo Av. Dr. Dantas Carneiro 258722707

Foz do Ancora - Casa dos Caracóis Rua 13 de fevereiro, n.º 36 - VPA 964517751

Rias Baixas Avenida Dr. Ramos Pereira, r/c, 231 - VPA 258915110

Foz do Minho Rua de Esteiró – Vilarelho 258921784

Rio Coura Avenida Saraiva de Carvalho, 1 258921142

Gaivota Rua do Cruzeiro – Moledo 258921661

S. Bento Av. Joaquim Portela, EN 13 – Seixas 258727402

Ínsua Praia da Foz do Minho – Vilarelho 258722177

Sereia da Gelfa Pinhal da Gelfa – Âncora 258911630

Muralha de Caminha Rua Barão de S. Roque, 69 258728199

Solar do Pescado Rua Visconde Sousa Rego, n.º 85 258922794

O Palma Rua 25 de Abril - Moledo 969215552

Verde Pinho Estrada Nacional, 13 – Moledo 258911544

O Portinho R. dos Pescadores, 22 - VPA 258911577

Verdes Lirios Avenida Dr. Ramos Pereira – VPA 258911113

Portobello Avenida Dr. Ramos Pereira, 22 - VPA 258951949

Vitória Mar Avenida Dr. Ramos Pereira, 100 – VPA

fds gastronómicos ‘14

258405109


LOUSADA 21, 22, 23 FEV.

Cozido à portuguesa O cozido à portuguesa é um prato usado em qualquer época do ano, mas tem sempre lugar em festa de cerimónia. Este prato leva muita variedade de carne. Coloca-se uma panela com água a ferver e deita-se-lhe presunto, galinha, salpicão, chouriço, toucinho fresco e carne de vaca. Quando a carne estiver cozida tira-se da panela e parte-se. Deitam-se-lhe as pencas e as cenouras, depois de estarem meio cozidos juntam-se-lhe as batatas. Este prato serve-se normalmente acompanhado de arroz de forno.

A gastronomia de Lousada é um desfile de preciosas iguarias, com as sopas, saladas e frutas a completarem um naipe de volúpia e encantamento de um banquete tradicional que surgem, sobretudo, como a consagração da suculência de uma cozinha respeitadora de um legado de gerações. Nela se prepara o abastado cozido à portuguesa, o fervilhante arroz de cabidela, a tentadora rojoada com arroz de sarrabulho, a generosa feijoada ou o original bazulaque, guisado de fígado e bofes de carneiro. O cabrito assado, que também pode ser substituído por anho com o mesmo efeito saboroso, é igualmente uma das mais tentadoras propostas do 30

fds gastronómicos ‘14

cardápio lousadense, presente nos principais convívios familiares e nos mais importantes eventos sociais. À sobremesa, os beijinhos e bolinhos de amor, pão-de-ló, rosquilhos e o leite-creme queimado surgem como os exemplos mais tentadores de uma doçaria variada, que se estende aos bolos de abóbora, sonhos, rabanadas ou formigos, especialmente recomendados na época natalícia.

Leite creme queimado Ingredientes: 1 litro de leite, 6 gemas de ovo, 12 colheres de açúcar, 2 colheres de farinha maizena, 1 casca de limão. Num recipiente junta-se um pouco de leite com as gemas, a farinha e o açúcar. Mistura-se tudo muito bem. O restante leite é colocado a aquecer juntamente com a casca do limão. Quando levantar fervura, junta-se aos poucos a mistura, mexendo sempre até estar no ponto.

Brazão Rua Santo António - Silvares 255811532

Quinta do Caseiro Rua de Carrazedo, nº707 - Ordem 255814001

Campos Freire Rua da Escola nº23 - Aveleda 255912880

Visconde Rua Visconde de Alentém 4/6 255815008

Casa de Sedoura Rua 1º de Maio - Boim 229810568 Estrada Real Avenida Estrada Real, 414- Torno 255733154 Pedro&Inês Rua Santa Isabel nº835 - Ladares 913051522

Animação V Festival Internacional de Camélias de Lousada - 22 e 23 de Fevereiro de 2013

Quinta de Cedovezas Rua de Cedovezas Nº 102 - Pias 255811513

31

fds gastronómicos ‘14


Monção, berço do Alvarinho e vila termal, é igualmente uma referência pela gastronomia tradicional. Para além do Cordeiro à Moda de Monção, a Lampreia acompanhada pelo arroz malandro apresenta-se como um dos exlibris gastronómico desta vila raiana. Nos dias 22 e 23 de Fevereiro, o município celebra mais uma iniciativa gastronómica dedicada à Lampreia do Rio Minho e às barrigas de freira, doce conventual, delicioso, magnífico. Participam alguns restaurantes e, como é habitual, realiza-se, no domingo, mais uma edição do Rali à Lampreia, prova de perícia no centro histórico da vila que reúne milhares de pessoas. Estes

motivos apelativos para os amantes da boa mesa e apaixonados pelo desporto automóvel, podem ser complementados com um passeio pelo casco urbano, zona ribeirinha ou lugares magníficos dos nossos rios e montanhas. Aqui e ali, encontrará uma paisagem, um sorriso amável de uma pessoa ou recanto inesquecível. Venha a Monção. Nós saberemos recebê-lo.

32

fds gastronómicos ‘14

Lampreia à moda de Monção Prepara-se a lampreia para cozinhar. Em seguida, parte-se aos bocados dentro de um tabuleiro para aproveitar o sangue. Deixa-se a marinar durante duas horas, juntam-se-lhe um ramo de salsa, uma folha de alho picado e mais vinho e vinagre, se necessário. Faz-se um refogado com duas cebolas picadas, dois dl de azeite, 1 colher de sopa de banha e 100g de presunto picado. Juntam-se-lhe os bocados de lampreia, sal, pimenta e cravos de cabecinha a gosto. Deixar estufar 10 minutos. Retira-se a lampreia para uma caçola de barro. Acrescenta-se à calda um pouco de água quente e deita-se o arroz (400g para quatro pessoas). Quando o arroz estiver a ficar cozido, introduzem-se de novo os bocados de lampreia, junta-se-lhe o sangue, o vinho e o vinagre onde esteve a marinar e polvilha-se com salsa picada. Esta última operação deve durar apenas o tempo suficiente para aquecer a lampreia. Barrigas de freira Ingredientes: 250 g de pão-deló, 500 g de açúcar, 125 g de amêndoa, 9 gemas de ovo, 1 ovo inteiro. Leva-se o açúcar a ponto de pasta, corta-se o pão-de-ló em fatias que se colocam numa travessa e se regam com metade do açúcar em ponto. Pelam-se as amêndoas e

passam-se pela máquina. Juntamse ao açúcar restante e deixa-se ferver um pouco. Tira-se do lume, deixa-se arrefecer e junta-se-lhe as gemas bem batidas com o ovo inteiro. Mistura-se bem e volta ao lume brando. Mexe-se sempre até engrossar, retira-se e deita-se por cima das fatias do pão-de-ló, cobrindo tudo. Polvilha-se com canela e guarnecem-se com cerejas cristalizadas.

Deu-La-Deu Praça da República 251652137

MONÇÃO 21, 22, 23 FEV.

Dona Maria Quinta da Caldeira Estrada de Melgaço 251656187 Firmino’s Praça Deu-La-Deu 251652491 Flor do Minho Largo João de Deus 251651420

Animação Numa jornada festiva onde a Lampreia do Rio Minho acompanhada pelos melhores vinhos da região, são os protagonistas, venha visitar-nos e degustar estas riquíssimas iguarias. Disfrute ainda do XXXVII Rali à Lampreia, prova de perícia automóvel, na Praça Deu-La-Deu, tradicional jornada festiva, com provas às 11 horas e 16 horas.

Lagoa Verde* Lugar da Lagoa 251652458 Fonte da Vila Hotel Fonte da Vila Estrada de Melgaço 251640050 O Rosal Rua D. Pedro V 251656372 Pedro Macau/Casa da Ponte Ponte do Mouro - Ceivães 251538153

A Galiza Mail’o Minho Avenida das Caldas 251030092

D’Alice Portas do Sol 251656348

Cabral Rua 1º de Dezembro 251651775

Rua “D” Rua Direita 251656381

Central Praça Deu-La-Deu 251652805

Sabores Lodeira - Cortes 251648888

A Cozinha do Convento Qtª do Convento de Sto António 251640090

Sete à Sete Rua Conselheiro João da Cunha 251652577

33

fds gastronómicos ‘14

Tasquinha do Orlando Rua Cano 967957312 Val de Poldros* Sto António de Val de Poldros Riba de Mouro 251561401 Petiscos.come Avenida da Boavista, Bloco A, Fracção C 919762957 A Lagoa Urbanização Boavista 962543771 Café das Termas Rua Conselheiro João da Cunha 251652404 Minho’s Grill Rua Sá da Bandeira 251656176 Casa do Rio* Ponte do Mouro - Ceivães 251538331 * mediante reserva


A exemplo do sucedido em anos anteriores, o Município de Paredes volta a associar-se à iniciativa do Turismo Porto e Norte de Portugal, proporcionada pelos “Fins-desemana Gastronómicos”. Uma aposta de sucesso que visa promover e divulgar a riqueza dos sabores tradicionais da gastronomia do Concelho de Paredes, numa oportunidade para os visitantes disfrutarem da beleza das nossas paisagens e da riqueza do nosso património.

Prevista para o fim-de-semana de 21, 22 e 23 de fevereiro de 2014, esta edição terá os rojões, papas de sarrabulho e a sopa seca como iguarias selecionadas nas refeições servidas pelos estabelecimentos de restauração aderentes.

Rojões e papas de sarrabulho Perna de porco sem pele, mas com gordura; vinho verde branco; colher de sopa de banha; dentes de alho; folhas de louro; colorau; sal e pimenta; tripa enfarinhada; fígado de porco; sangue cozido. Corta-se a perna de porco em pedaços grandes, tendo o cuidada de todos ficarem com gordura. Faz-se urna marinada com os alhos, sal, pimenta, colorau, louro e vinho. Derrete-se a banha e vai-se alourando nesta os rojões, de forma a que fiquem todos lourinhos por igual. À parte, fritam-se as tripas, cortadas aos bocados, e as iscas de fígado. Depois de temperadas, alouram-se também. Aos rojões, depois de refogados, junta-se o sangue de porco cozido e cortado em fatias finas. Deixa-se tudo a refogar mais um pouco.

Casa do Baixinho R. do Baixinho, n.º579 255785808 Churrasco do Vasco R. de Timor n,45 255783214 Cozinha da Terra Casa de Louredo Lugar da Herdade, n.º8 Louredo 255780900 O Chalé R. Central de Vandoma n.º564 Vandoma 224160207 O Rei R. Central de Mouriz, n.º 630 – Mouriz 255781798 O Requinte Av. do Visalto, 313Sabrosa 255866338 Os Frades R. Chão dos Frades Nº 317 Vilela 918214322

Sopa seca O pão deve ter dois dias para estar mais duro. Parte-se o pão em fatias que devem ser envolvidas numa calda de água, com açúcar, um pau de canela, uma casca de limão e uma folha de hortelã. Depois envolvido o pão nesta calda leva-se ao forno para secar um pouco. Decora-se com canela em pó e umas folhas de hortelã. Normalmente faz-se num alguidar de barro.

fds gastronómicos ‘14

Zangão Tanque – Baltar 224152978 Zé D’Adélia R. da Candeeira, n.º50 – Rebordosa 224444564

Sabor &Arte R. da Maiata n.º 58 Ed. Diagonal - Lordelo 224446029 Terra Mar R. Dr. António Mendes Moreira Loja 51 255784064 Varandas D’Á Quatro Praceta Encosta de Parada Parada de Todeia 224152115

Animação Visita ao Circuito Aberto de Arte Pública e Centro de Interpretação. 34

PAREDES 21, 22, 23 FEV.

Xarcutão R. Timor, 51/59 255782143

35

fds gastronómicos ‘14


março

Quem em março come sardinha, em agosto lhe pica a espinha. provérbio popular

36

fds gastronómicos ‘14

37

fds gastronómicos ‘14


AMARES 28 FEV. 1, 2 MAR.

O Fim-de-semana Gastronómico de Amares integra-se no Festival das Papas de Sarrabulho. Este evento visa, por um lado, dinamizar as actividades económicas, promover o seu património gastronómico, turístico e cultural e, por outro lado, contribuir para a preservação e valorização de um prato típico da região, feito à base de carnes de porco e pão de trigo. As papas, confeccionadas apenas no Inverno, por altura da matança do porco, são servidas como sopa, acompanhadas por rojões à moda do Minho, que respeitando o receituário, fazem desta especialidade um “ex-libris” da gastronomia tradicional.

38

fds gastronómicos ‘14

Papas de sarrabulho 1º - Cozer a carne de vaca, galinha velha, osso da suã, presunto e cravinhos, uma cenoura pequena, cebola (pequena), louro, salsa e sal. 2º depois retirar as carnes e desfiá-las. 3º logo que possa, coar o caldo e juntar pão de trigo cortado à mão, em pedacinhos. 4º mexer bem até ficar coma consistência de sopa forte. 5º juntar sangue de porco cozido, esfarelado previamente num “passe-vite” e temperar com cominhos, sumo de limão e pimenta. As quantidades ficam ao critério de cada um, uma vez que nem todo o pão é igual. Deve ficar um caldo saboroso.

Pudim de laranja Ingredientes: 400g de açúcar; 8 ovos; uma chávena (de chá) de sumo de laranja de Amares. 1º Bata os ovos inteiros, junte o açúcar e continue a bater um pouco. 2º Junte o sumo de laranja e mecha bem. 3º Coza em banhomaria numa forma previamente caramelizada. Animação O programa de animação do Festival das Papas de Sarrabulho assenta, essencialmente, na oferta de Música Tradicional / Popular Portuguesa, onde estão incluídas as concertinas, os cantares ao desafio, o folclore e os grupos de música tradicional. 39

fds gastronómicos ‘14

A complementar este programa de animação, o Festival das Papas de Sarrabulho oferece, exposições de artesanato, com artesãos a trabalharem ao vivo, produtos agrícolas locais e regionais e animação volante alusiva ao Carnaval. Museu do Santuário da Nª Sr.ª da Abadia - Bouro Santa Maria (visita sujeita a marcação prévia) Contactos: Real Confraria de Nossa Senhora da Abadia Tel. +351 253 371 197 Tel. +351 253 377 994

Dos Fins de Semana Gastronómicos farão parte todos os restaurantes aderentes ao Festival das Papas de Sarrabulho.


carnes, acrescentam-se os feijões cozidos, as couves segadas, as batatas e o sal (se necessário), ficando a cozer mais 10 minutos. Côa-se e serve-se numa travessa, acrescentando-se alho picado e azeite.

Com objetivo de promover e valorizar o que Cabeceiras de Basto tem de mais genuíno, convidamos os nossos visitantes a desfrutar da XVIII Festa da Orelheira e do Fumeiro que vai decorrer de 28 de Fevereiro a 3 de Março. Aproveite esta edição 2014, dos Fins-de-Semana Gastronómicos onde poderá saborear os nossos sabores autênticos, que resultam da relação do homem com a terra.

40

fds gastronómicos ‘14

Couves com feijão Ingredientes: Meia tigela de feijão amarelo pequeno (feijão moleirinho); Couve-galega; Batata pequena; Carnes de porco, de preferência de raça bísara: pé de porco, entrecosto, chispe, toucinho salgado e fumado, orelheira fresca e fumada, presunto, chouriço, salpicão e chouriça de sangue; Azeite, q.b.; Dentes de alho; Sal, q.b. Comece por cozer todas as carnes numa panela grande/pote, noutra panela/pote coze-se o feijão em 4 litros de água, segam-se as couves (cortam-se finas) e descascam-se as batatas, assim que estiverem cozidas, vão-se retirando os enchidos. Na água de cozer as

A Cafreal Av. General Humberto Delgado 253662690

CABECEIRAS DE BASTO 28 FEV. 1, 2 MAR.

A Maria Largo do Souto - Cavez 253654519 A Paragem Portela - Alvite 253662771

Rabanada com mel Ingredientes: 1 prato de sopa com leite, fatias de pão de véspera, 3 colh. açúcar, 1 colher de sopa de mel, canela e limão. Misturar bem o mel e o açúcar no leite morno. Colocar num prato com leite algumas fatias de pão, deixar que fiquem submersas durante 2 minutos, para que o pão absorva o leite. Pôr um tacho a aquecer com margarina e fritar o pão. O pão deve fritar até que fique dourado dos dois lados. Revestir uma travessa com papel absorvente, para retirar o excesso de gordura. Deve servir-se bem quente e regado com uma pequena porção de mel, ou então polvilhar com canela e açúcar.

Cá te Espero Ribeiro do Arco - Cavez 253654275 Cabeceirense Praça da República 253662220 Casa Américo Boavista 253662295

Animação XVIII Festa da Orelheira e do Fumeiro - 28 de Fevereiro a 3 de Março de 2014 Entradas Gratuitas: Núcleo Museológico do Baixo Tâmega – Arte Sacra Casa do Tempo Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe – Museu das Terras de Basto 41

Casa de Lobos Cambeses - Riodouro 253664040

O Botas Arosa - Cavez 253654171

Churrasqueira do Paço Lugar do Paço - Arco de Baúlhe 253665051

O Caneiro Caneiro - Arco de Baúlhe 253663566

Cozinha Real de Basto Rua de S. Sebastião 253661795

S. Miguel Av. General Humberto Delgado 253661034

Lojinha d´Ávó Praça da República 253666302

Tasquinha do Pinheiro Rua Alto do Pinheiro 962756607

Marisqueira Cabeceirense Praça da República 253768096

Vale Verde Lamas - Alvite 253 664 565

Nariz do Mundo* Moscoso - Riodouro 253662746

*(só por marcação)

fds gastronómicos ‘14


CASTELO DE PAIVA 28 FEV. 1, 2 MAR.

A manutenção da gastronomia típica é cada vez mais um elemento de inserção do ser humano no contexto da sua territorialidade e identidade cultural: conquistada a possibilidade de cozedura dos alimentos com a descoberta do fogo, o Homem foi desenvolvendo ao longo dos tempos dietas próprias e regionais. Castelo de Paiva não foi excepção. Com hábitos passados de geração em geração, chegou aos nossos dias uma tradição gastronómica de qualidade e diversificada, que além da carne provinda dos pastos e dos montes, apresenta também pratos de peixe, graças aos cursos de água que atravessam o concelho. 42

fds gastronómicos ‘14

Borrego assado no forno com batatas e arroz do forno Sugere-se um borrego tenro do monte assado no forno: mergulhase em água com limão e louro durante 12 horas, depois coloca-se na assadeira sobre cebola às rodelas e rega-se com um caldo de azeite, vinho branco, piri-piri, alho, colorau, sal e salsa. Vai ao forno a assar com as batatas. Ambos os pratos devem ser acompanhados com vinho verde de Castelo de Paiva.

dias), coloca-se em camadas num alguidar de barro e adiciona-se a calda que sobrou. Polvilha-se com canela e um raminho de hortelã. Vai ao forno até ficar dourado! Animação Centro de Interpretação da Cultura Local, com mostra permanente de actividades tradicionais e várias exposições temáticas temporárias. Podem ainda visitar a sala de produtos regionais, montra de vinhos e do artesanato concelhio.

Sopa seca doce Ferver água com açúcar louro, pau de canela, casca de limão e um cálice de vinho do porto. Mergulha-se o pão às fatias nesta calda (pão já com alguns

A Casa do Zé Av. General Humberto Delgao - Sobrado 255689929

43

fds gastronómicos ‘14

Da Villa Praça da Independência, 59-62 - Sobrado 255696591 D. Amélia Quinta do Casal - Bairros 255698773 Iguarias e Vitaminas Rua Dr. Ribeiro Chaves, nº 20 - Soobrado 912633061 O Cantinho Lugar do Cantinho Oliveira do Arda - Raiva 255762196 O Malhadoura Malhadoura - Real 255699927 O Ramadinha Rua das Concas - Pedorido 255762046


ESPOSENDE 28 FEV. 1, 2 MAR.

O concelho de Esposende - Terra de Mar do distrito de Braga presenteia-nos com uma gastronomia baseada na excelência dos peixes e mariscos, preparados e cozinhados com arte e mestria pelos profissionais da restauração. Realce-se, em época, a lampreia do rio Cávado, passando pelos robalos e polvos do mar de Apúlia, para além dos sargos, fanecas, carapaus, congros, sardinhas e ainda tantos outros mimos que fazem o gosto aos comensais. Da multiplicidade de Sabores do Mar que caracterizam a gastronomia de Esposende, merecem especial referência outros produtos endógenos como os Vinhos Verdes 44

fds gastronómicos ‘14

de quinta dos produtores engarrafadores do concelho, os hortícolas da franja litoral, a doçaria local com destaque para as conceituadas Clarinhas de Fão, ou ainda os queijos e manteigas dos Lacticínios de Marinhas.

Lampreia A lampreia sangra-se suspensa, retirando a tripa e abre-se a cabeça, tira-se o fígado, as ovas e corta-se o rabo. Limpa-se cuidadosamente e corta-se às postas (toros) mergulhando-se em vinho. O sangue deve ser recolhido numa tigela de loiça e emulsionado em vinagre e vinho. Deixa-se marinar 2h com o sangue, vinho, sal, pimenta, alho e salsa. No tacho coloca-se a cebola picada, água, chouriço e os toros da lampreia escorridos. Refoga 10min. Retira-se a lampreia e acrescenta-se a calda com água. Quando ferver, lança-se o arroz e quando estiver quase pronto deita-se o sangue. Ao ir para a

mesa junta-se a lampreia. Deixa-se ficar um “arroz a fugir”. Clarinhas de Fão Doce de Chila: Coze-se a chila depois de descascada e tirada a “tripa”. Esfia-se e deixa-se de molho 2 dias. Em seguida espreme-se, pesa-se e põe-se igual porção de açúcar. Vai ao lume o açúcar até ganhar ponto de rebuçado, seguidamente deita-se chila e depois de estar em ponto leve, retira-se do lume e misturase as gemas necessárias (6 gemas aproximadamente). Massa Tenra: Põe-se uma porção de farinha num alguidar, abre-se uma cova ao meio e deita-se nela um pouco de manteiga. Vai-se 45

fds gastronómicos ‘14

amassando, colocando uns golos de água tépida temperada com sal. Amassa-se bem e depois de repousar um pouco, estendem-se os pastéis e recheiam-se com a chila. Vão a fritar em pingue e rilada e, finalmente, polvilham-se com açúcar moído ou “icing sugar”. Animação 1 março Roteiro de Visita Visita de autocarro ao concelho de Esposende (Castro de São Lourenço, Centro de Educação Ambiental, Barca do Lago…). Concentração, às 14h00, junto às Piscinas Foz do Cavado. Inscrições até às 14h00 do dia 27 de Fevereiro


tel. 253 960 100 turismo@cm-esposende.pt 2 março: Manhã - Animação de Rua - Zés Pereiras - Cidade de Esposende, Fão e Apúlia 10h00-19h00 -Feira de Velharias - Largo Rodrigues Sampaio Cidade de Esposende Tarde - Insufláveis - Cidade de Esposende (Frente Ribeirinha), Fão (Ofir) e Apúlia (Frente de Mar) 15h00 - Festival Infantil de Folclore - Largo Fonseca Lima - Cidade de Esposende participação dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia, Cantares e Dançares de Antas e Danças e Cantares de Marinhas

A Salgueira Rua da Salgueira- Apúlia 253982538 Agua Pé Av. Henrique Barros Lima nº 06 253968519   Azeite e Alho Rua do Facho, entr. 13- Apúlia 253987048 Biqueirão lugar dos Lírios - Fão 253968517   Bom Fim Rua Antonio Pascoal nº14 r/c 253962407 Camelo Rua do facho, 14 - Apúlia 253987600

46

fds gastronómicos ‘14

Cantinho dos Lírios Rua dos Lírios - Fão 253982381 Casa Salé Largo do Pelourinho,nº7 967461557 Castelinho d’Apulia Av. Marginal- Apulia 253964046 D. Quina Av. Marginal- Apulia 253982717   D. Sebastião Rua Conde Castro nº 3 253961414   Desfile d’aromas Praça das Lampreias 253965102 Foz do Cávado Av. Eng. Arantes de Oliveira, nº58 253966755   Lima Rua Ponte D. Luis Filipe- Gandra 253961686   Mananita Largo Rodrigues Sampaio 253963888   Martins dos Frangos Av. Visconde S.Januário nº24- Fão 253981865   Martins Zende Av. Henrique de Barros Lima 253969090   Mira Rio Rua Ponte D. Luis Filipe- Gandra 253964429  

Varandas do Cávado Av. Eng. Arantes de Oliveira 253969400 Zé dos Leitões Av. Marcelino Queirós nº 130- Forjães

Moinho de Vento Av. da Praia, nº 45- Apulia 253989299 O Barrote - Adega Regional Largo Fonseca Lima,nº1 253963884   O Buraco Avª Eng., Arantes de Oliveira,nº50 253986385   O Forno - Adega Regional Avª da praia,54- Apulia 253982647   Pé no Rio Av. Eng. Arantes de Oliveira,50 935010010   Reguenga Rua de Ribes- Antas 253871523   Rita Fangueira Rua Azevedo Coutinho,nº23 - Fão 253981442   Santo António Rua das Velascas,nº8 Palmeira do Faro 253965115   Senhora Peliteiro Largo Com. Correia Leite, nº7, Fão 253966051   Tio pepe Rua dos Bombeiros - Fão 253981510   Tiro no Prato Rua Miguel Pacheco- Azevedo -Antas 253989290   Três Arcos Rua Augusto José Teixeira- Fão 253966049  

253876074

47

fds gastronómicos ‘14

ESPOSENDE 28 FEV. 1, 2 MAR.


MELGAÇO 28 FEV. 1, 2 MAR.

O concelho de Melgaço constitui paragem obrigatória para todos os apreciadores da boa mesa, já que a sua rica gastronomia, de origens ancestrais e desde sempre fortemente influenciada pelo ciclo das culturas e do rio Minho, é baseada numa cozinha simples mas de grande qualidade! Típicos são os pratos de cabrito assado no forno (de cozer o pão), a lampreia com arroz, à bordalesa, frita com ovos ou assada, as trutas do Rio Minho abafadas, o sarrabulho, os grelos com rojões, a bola da frigideira, o bolo da pedra, a água d’unto, o bucho doce, as migas doces, os pastéis mimosos e muitas outras iguarias a descobrir e a saborear. 48

fds gastronómicos ‘14

O afamado presunto de Melgaço, reconhecido há mais de 500 anos, os enchidos, acompanhados com a excelência do vinho Alvarinho, são igualmente motivos de deleite e mais uma das razões para que a sua estadia em Melgaço se torne inesquecível!

Cabrito do monte assado no forno Ingredientes: 1 cabrito pequeno; 4 dentes de alho; 1 cebola; salsa; 2 dl de vinagre de vinho; 3 colheres de sopa de sal grosso; 4 colheres de sopa de banha; 1 colher de sopa de colorau; 1 colher de chá de pimenta; 200 g de toucinho. Para o arroz: 1 kg de arroz; 300 g de presunto gordo; os miúdos do cabrito; 1 chouriço de carne; 1 colher de chá de açafrão; 2 cebolas; salsa e louro; 2 colheres de sopa de banha Na véspera, esfola-se o cabrito, retiram-se os miúdos. Esmagam-se os dentes de alho e junta-se a cebola picada, o vinagre,

o sal grosso, o colorau e a pimenta. Esfrega-se o cabrito com esta papa. No dia de se assar, fazem-se vários golpes no cabrito e introduzem-se nesses golpes tirinhas de toucinho. Atam-se as patas e barra-se com a banha. Põe-se sobre uma grelha de paus de loureiro na boca do alguidar do arroz e leva-se a assar no forno. Deixa-se assar o cabrito, 1 hora de cada lado. Preparação do arroz: Faz-se um refogado pouco apurado com uma cebola e a banha. Junta-se a água, o presunto, os miúdos do cabrito e o chouriço de carne. Deixa-se cozer. Introduz-se o açafrão no forno, 49

fds gastronómicos ‘14

embrulhado num papel para torrar ligeiramente. Mede-se o arroz, lava-se e enxuga-se. Retiram-se as carnes e mede-se o caldo, duas vezes o volume do arroz, que se deita num alguidar de barro. Junta-se ao caldo uma cebola cortada às rodelas, o açafrão, um ramo de salsa, uma folha de louro e o arroz. Este coze no forno ao mesmo tempo que se assa o cabrito. Serve-se o arroz numa travessa contornada pelas rodelas de chouriço, tirinhas de presunto e os miúdos cortados aos bocados. Noutra travessa, coloca-se o cabrito inteiro e enfeita-se com salsa.


ecotura@ecotura.pt tel.: 251 465 025 Centro Hípico de Melgaço telm.: 916 783 100 Vertigem Trilhos vertigemtrilhos@gmail.com telm.: 934 650 844

Museu do Cinema tel.: 251 401 575 museudecinema@cm-melgaco.pt Museu Memória e Fronteira tel.: 251 418 106 memoriaefronteira@cm-melgaco.pt N. Museológ. de Castro Laboreiro tel.: 251 465 016 museclaboreiro@cm-melgaco.pt

Rota do Alvarinho Provas gratuitas nas adegas da Rota do vinho Alvarinho e no Solar do Alvarinho. (Reguengo de Melgaço, CastaBoa, Quintas de Melgaço, Soalheiro) Adegas no Solar do Alvarinho solardoalvarinho@cm-melgaco.pt rotadoalvarinho@cm-melgaco.pt tel.: 251 410 195)

Bucho doce Ingredientes (para um bucho médio): 2 Peças de pão duro; 250 gr de açúcar; 12 ovos; 3 colheres de farinha; 150 ml de leite; 1 pacote de açafrão; Canela q.b; Sumo de meio limão; 1 pitada de sal. Partir o pão em bocados muito pequeninos. Num recipiente juntar os ovos com o açúcar e mexer. Adicionar o açafrão, o sumo de limão, a canela, a farinha e o sal. Entretanto, colocar o leite previamente aquecido por cima do pão para o ajudar a amolecer. Juntar o pão à massa e mexer muito bem para que o pão deixe de se ver. Colocar o bucho dentro de um saco plástico e este dentro de 50

fds gastronómicos ‘14

um saco de pano. Fechar bem o saco e levar a cozer (numa panela grande) durante 2h/ 2h e 30. Animação Porta do PNPG de Lamas de Mouro tel.: 251 465 010 portadelamas@cm-melgaco.pt. Melgaço Radical (30% desconto) www.melgacoradical.com geral@melgacoradical.com tel.: 251 402 155 Montes Laboreiro (30% desc.) www.montesdelaboreiro.pt; geral@montesdelaboreiro.pt tel.: 251 466 041 Ecotura (30% desconto) Marcações em: www.ecotura.com

MELGAÇO 28 FEV. 1, 2 MAR.

Adega do Sabino Largo Hermenegildo Solheiro 251404576 Adega do Sossego Peso - Paderne 251404308 Castrum villae Vila - Castro Laboreiro 251460010

Visit Melgaço Tour Enoturístico* Consulte programa e preços geral@visitmelgaco.com.pt tel.: 251 414 443 * Deslocação em autocarro incluída nos preços Termas de Melgaço Medical SPA 20% desconto geral@termasdemelgaco.pt tel.: 251 404 404 Clube Saúde Complexo Desportivo e de Lazer info@melgacosportscenter.com tel.: 251 400 450 Rede Melgaço Museus Núcleo Museológico da Torre de Menagem tel.: 251 410 191 nucleomuseologico@cm-melgaco.pt 51

Chafarix Praça Amadeu A. Lopes 251403400

Panorama Largo do Mercado Municipal - Vila 251410400

Foral de Melgaço Monte Prado-Prado 251400130

Paris Rua Velha, nº135 251418037

Inês Negra Rua da Calçada, nº 10 251418 164

Real Rua 1º Maio 251402435

Mini -Zip Av das Tílias- Vila 251418286

Serra Vila - Castro laboreiro 251465412

Miradouro do Castelo Vila - Castro Laboreiro 251465469

Tasquinha da Portela Portela - Paderne 251401109

O Adérito Quinta do Pombal - Remoães 251404412

Verde Minho Peso - Paderne

fds gastronómicos ‘14

251416081


La gastronomie tradecional mirandesa, eilha sola, spierta ls cinco santidos i un nun ye capaç de se le squecer de l gusto ameroso de la puosta mirandesa, l çumarento cordeiro de raça churra galhega mirandesa, l gusto sien par de l fumeiro, l lambuxe de la bolha doce i l bino sien par fabricado nas Arribas de l Douro. De a par cula gastronomie, heis de dar fé de l “ancanto tremendo de la peizaige” de l cunceilho mirandês plantado ne l cento de l Parque de l Douro Anternacional, adonde l sonido de l silenço ye de ua fermosura smagadora. Por bias disto todo, ye defícel falar de gastronomie sien falar de cultura, de tradiçon, de 52

fds gastronómicos ‘14

patrimonho, de fauna, de flora i de la Lhéngua Mirandesa. Beni a porbar i a cunhecer este paraíso chamado Miranda de l Douro, adonde ls saberes i ls sabores reçúman de ls dies. Bamos a Miranda... (Neste texto fazemos uso da Língua Mirandesa, conforme a Lei 7/99.)

Posta mirandesa Ingredientes: 1,200Kg de carne de vitela mirandesa, sal grosso. Acenda as brasas utilizando lenha que não seja resinosa. O lume deverá estar forte ao início, espalhando-se de forma uniforme pela lareira para que a distribuição do calor seja uniforme. Ponha então a grelha a uma altura de 10 cm das brasas, onde vai colocar as postas com uma espessura de 3 a 4 cm, sem nenhum tempero. Pouco depois ponha um pouco de sal grosso e volte a carne, sem espetar e apenas quando aparecerem à superfície pequenas pérolas de sangue. Deixe a carne na grelha o tempo suficiente para ficar passada consoante o seu gosto, nunca a picando para que conserve a suculência. Acompanhe com batata frita ou assada, legumes ou salada.

farinha. Estende-se uma folha de massa, polvilhando a mesa e o rolo com farinha. Estica-se e com ela forra-se o fundo e os lados do tabuleiro. Esta camada não pode ficar com buracos, para evitar que o açúcar e canela escapem. Divide-se a canela em sete partes e o açúcar em oito. Polvilha-se a massa com uma parte de açúcar e outra de canela. Estende-se nova camada está já muito fina e coloca-se de modo a cobrir apenas o fundo, isto é, a cobrir apenas o açúcar e a canela. Repetem-se estas operações até se obterem sete camadas. Quando se colocar a última camada, unem-se os bordos de modo a obter um cordão. Polvilha-se a última camada com a oitava parte do açúcar. Leva-se a cozer em forno a cerca de 190C, durante 25 a 30 minutos. Animação Pauliteiros, gaiteiros, música tradicional mirandesa, Passeios de comboio turístico, Acompanhamento de grupos em visitas à cidade e concelho (com marcação prévia), Passeios de Barco no Douro (Estação Biológica Internacional - horários (hora portuguesa): 28 fevereiro: 16h00 e 1 e 2 de março: 11h00 e 16h00), Passeios de Burro (AEPGA)

Bola doce mirandesa Ingredientes: 1,5Kg de massa de pão, 2 ovos inteiros, 4 gemas, 1 dl de azeite, 50gr de manteiga, 300gr de açúcar, 40gr de canela em pó, 500gr de farinha, sal. À massa juntam-se os ovos e a mistura das duas gorduras derretidas em banho-maria. Bate-se a massa com a ajuda de um pouco de farinha de modo a ficar com a consistência de uma massa que possa ser estendida com o rolo. Unta-se um tabuleiro com manteiga e polvilha-se com 53

fds gastronómicos ‘14

MIRANDA DO DOURO 28 FEV. 1, 2 MAR.

Miradouro Rua do Mercado nº 43 273431259


A cozinha mirandelense excede o quotidiano das “postas”, a rotina dos ranchos, as festas do leitão, o ciclo dos cogumelos, a celebração do cabrito e das caçadas, a Páscoa dos folares, o petisco dos tordos azeitoneiros e dos peixinhos do rio, a saudade das cascas e das sopas rijadas, os azedos, os queijos e as azeitonas, aqui o azeite e a alheira é que dão o grande contributo para a felicidade gastronómica geral.

Alheira de mirandela Enchido tradicional fumado, feito de carnes diversas (de porco e de aves, podendo levar carne de caça, de vaca, salpicão ou presunto) cozidas e condimentadas (sal, alho e colorau doce e/ ou picante), azeite de Trás os Montes e pão regional de trigo. Tem formato de ferradura, cilíndrico e cor alaranjada. O comprimento é variável (20 a 25 cm), o diâmetro vai de 2 a 3 cm e o peso de 150 a 200g; o invólucro é constituído por tripa seca de vaca ou de porco. A carne deve constituir pelo menos 60% e o pão um máximo de 25% do total de matérias primas. O sabor é característico destacando-se a condimentação com alho que estará na origem da sua designação de alheira. A fumagem é feita com lume brando de madeira de oliveira, ou de quercíneas, durante um período inferior a oito dias.

Adega Regional Av. 25 Abril, 465 278263330

Animação Feira da Alheira de Mirandela Consultar programa específico.

Afonso III Rua D. Afonso III 278203563 Antónios Av das Comunidades Europeias 278257415 D. Dinis Av. Nª Srª do Amparo 278260100 D. Maria Rua Dr. Jorge Pires, 3 278248455 Flor de Sal Parque Dr. José Gama 278203063 Luso Brasileiro Rua Santa Luzia, 18 278249059

O Recanto Travessa de Santa Luzia 278262524

Mourel Vale Rodrigo 916980411

O Transmontano Rau João Maria Sarmento Pimentel 278265108

O Cândido Rua Dr. Jorge Pires 969259384

Pinheiro Rua São Cosme, 9 278263806

O Lagar Rua da republica, 118 278261001

Rei DÒrelhão Largo da Igreja, 1 278979074

O Loureiro Av. das Amoreiras, Ed. Belo - R/C 278263593

Távora Av. Varandas do Tua, Loja 4 278249200

O Pomar Av. Francisco Sá Carneiro 278249277

54

fds gastronómicos ‘14

MIRANDELA 28 FEV. 1, 2 MAR.

55

fds gastronómicos ‘14


Moimenta da Beira, audaz na sua herança gastronómica, é conhecida pela diversidade de ementas que compõem a nossa gastronomia. A cozinha tradicional que nos acompanha desde os nossos antepassados, é rica pelos seus sabores e iguarias que compõem os mais variados pratos da região, como os pratos de caça e das épocas festivas, não esquecendo a doçaria confecionada com maça de altitude, ex-líbris do concelho.

Oriundo de uma forte identidade cultural e que ilustra a nossa riqueza e intensidade territorial, os espumantes Terras do Demo consideram-se um produto turístico de excelência. Visite-nos e deleite-se nos sabores e saberes da nossa região.

Medalhões de porco com puré de maçã Ingredientes: 8 medalhões de lombinho porco; 3 dentes de alho; 2 dl de espumante Terras do Demo; 4 dl de natas; Sal e pimenta; 1 colher sopa manteiga; 1 colher sopa azeite. Para o puré de maçã: 700 gramas de maçã Golden; 3 dl de espumante Terras do Demo; Anis estrelado; Pau de canela; Sal e pimenta. Para o puré de maça Descasque e lave as maçãs, corteas aos quartos e retire os caroços. Coloque num tacho juntando todos os ingredientes, leve ao lume até que a maçã fique mole. Rejeite o anis e o pau de canela, triture e reserve. Descasque e lave os dentes de alho e pique-os finamente. Tempere os medalhões com os dentes de alho, sal e pimenta. Aqueça uma frigideira, junte o azeite e a manteiga e core os medalhões de ambos os lados. Decorrido esse tempo retire e reserve. Regue a frigideira com o espumante e deixe ferver. Junte depois as natas e deixe engrossar mexendo sempre. Disponha os medalhões numa travessa e regue com o molho. Decore a gosto e sirva.

Barre a forma com caramelo, lave as maçãs, corte-as em gomos e retire o caroço. Disponha na forma, cubra com a massa quebrada e leve ao forno pré aquecido a 180 graus durante 25 minutos aproximadamente até que a massa fique douradinha. Retire do forno, desenforme e sirva. Pode acompanhar com natas batidas ou com uma bolinha de gelado. Animação Visita Guiada às Caves Cooperativa Agrícola do Távora.

Moinhos da Tia Antoninha Lg. do Cabeço de Lebrais - Leomil 254 588 095 Peto Real Quinta do Verdeal 254 584 061 Pico do Meio Dia Av. 25 de Abril, nº95 254 582 381 Prato Dourado Av.25 de Abril, nº 68 254 583 257 Quinta do Melião Estrada Nacional 226 - Arcas 967 546 442

Tarte tartin Ingredientes: 4 maçãs golden; 1 rolo de massa quebrada; 1,5 dl de caramelo 56

fds gastronómicos ‘14

57

fds gastronómicos ‘14

MOIMENTA DA BEIRA 28 FEV. 1, 2 MAR.


A oferta gastronómica do Concelho de Montalegre é vasta e a sua qualidade reconhecida. Destaca-se a Vitela Barrosã, o cozido Barrosão, o Fumeiro, o Presunto de Barroso e o pão Centeio. No “Reino Maravilhoso” um dos ex-libris é a Vitela Barrosã, cuja carne é um manjar dos reis. É na serra do Geres, Mourela e Cabreira que esta raça autóctone encontra o seu pasto, e são as características únicas deste território que conferem a esta carne particularidades únicas. Para quem visitar Montalegre neste fim-de-semana vai ter o privilégio de saborear um autêntico manjar, a Posta Barrosã acompanhada por batatas de Montalegre. 58

fds gastronómicos ‘14

Posta barrosã Um naco de carne da rabada (parte exterior da perna traseira) ou chã de d’entro (parte interior da perna traseira) Prepare as brasas de forma a que estas libertem bastante calor, mas sem chama. Coloque sobre as brasas uma grelha bem limpa e, quando notar que esta está bem quente, coloque a posta que, anteriormente, já foi temperada apenas com sal grosso. Deixe cozinhar até pequenas gotas de sangue aparecerem à superfície. Vire a posta, evitando picar ou perfurar a carne para não perder o suco, e deixe cozinhar do outro lado. Sirva com batata cozida, passada nas brasas na mesma grelha que serviu para cozinhar a carne. Acompanhe com couve troncha cozida ou grelos salteados. Compota de castanha com queijo Ingredientes: 500gr de castanha; 500gr. de açúcar;Pau de canela ou canela em pó: q.b.; Sal: q.b. Tire a casca das castanhas e leve-as a cozer em água temperada, com uma pitada de sal, até verificar que se desfazem facilmente. Depois de cozidas e coadas, pele-as e passe-as por um passe-vite, peneira ou esmague-as com um garfo. Faça o açúcar em ponto de pasta. Ao atingir esse

ponto, retire-o do lume e, lentamente, junte-o ao puré de castanha. Aromatize com pau de canela ou canela em pó. Leve ao lume, novamente, até levantar fervura e mexa sempre com uma colher de pau. Deite em frascos esterilizados e, depois de arrefecer ligeiramente, pode fechá-los.

Costa Rª Victor Branco, 7 276511437

MONTALEGRE 28 FEV. 1, 2 MAR.

D. Pedro de Pitões Largo do Salgueiro, 4 - Pitões das Júnias 276566288 Dias Largo do Penedo, nº 2 (EN 103 Parafita) - Viade de Baixo 276556123

Animação Desfile de Carnaval em Pitões da Júnias, Tourem, Cabril e Vilar de Perdizes. O Ecomuseu de Barroso e os Pólos de Salto, Pitões das Júnias e Tourem encontram-se abertos e com entrada gratuita.

Falta D’Ar R. do Avelar 276512664 Foz do Rabagão S. Vicente da Châ, 22 - Chã 276549328 Larouco 2ª Travessa da Pedreira,6 276536351

A Cista EN 103 - Vila da Ponte 276556235

Monte Alegre R. do Casal,7 - Covelães 276563085

A Ilha R. Principal nº2 - Vilarinho de Negrões 276549529

Nevada R. Estada da da Fronteira,11 276512411

Albufeira R. Central,5 - Lama da Missa - Viade de Baixo 276556213

O Castelo Terreiro do Açougue, nº1 276511237

Aqua Barroso Alto de Santo Aleixo - Penedones 965898040

O Paço (só com reserva) Travessa do Valado, nº2 - Vilar de Perdizes 962729699

Cabaço Av. Da Igreja,4 - Vilar de Perdizes 276536136

Pedreira/Adega O Fumeiro Av. D. Afonso III 935125010

Casa do Preto Largo do Salgueiro,3 - Pitões das Júnias 276566158

Pólo Norte R. da Pondeira (EN 103 - Aldeia Nova) - Chã 276549230 59

fds gastronómicos ‘14

Rabagão EN 103, 56 - Viade de Baixo 276555207 Ricotero R. do Reigoso 276512122 Rocha R.ª das Almas,15 - Paredes do Rio 276566147 S. Cristóvão R. Seara Velha,14 - Venda Nova 253659387 S. José R. Ferreira de Castro,98 276512384 Sol e Chuva R.7 de Risante,1 - Pisões 276556171 Srª dos Remédios Mourilhe 276510260 Taberna da Misarela Ferral 969513434 Tasca do Açougue Terreiro do Açougue,7 276511164 Terra Fria R. Dr. Victor Branco 276512101


A gastronomia no concelho de S. João da Pesqueira está recheada de iguarias cujos segredos de confeção se perdem nos memoráveis tempos dos nossos avós, em receitas saborosíssimas de culinária, raras vezes passadas a papel. O município é rico na sua imensa variedade e qualidade gastronómica. Os típicos pratos e doçarias regionais são justamente afamados pelo facto de nada ser deixado ao acaso, nunca perdendo aquele toque de rusticidade e autenticidade primitivas. São inúmeros os pratos típicos da região, dos quais se destacam o célebre cabrito assado, arroz de cabidela, bacalhau assado, feijoada à transmontana, entre outros. 60

fds gastronómicos ‘14

Torresmos com batata cozida e grelos Ingredientes: 1kg carne de porco limpa (entremeada e fígado); sal: q.b.; pimentão-doce: q.b.; pipiri: q.b.; 2 folhas de louro; 2 dentes de Alho; \2 colheres de sopa de banha; Azeite: q.b.; 1 copo grande de vinho tinto; 750g batatas; grelos de nabiça. Corta-se a carne e o fígado em pequenos cubos e tempera-se com sal e louro. Leva-se ao lume uma frigideira ou pote de ferro com banha e azeite. Quando estiver bem quente, junta-se a carne e deixa-se fritar até alourar uniformemente. Por fim picam-se os dentes de alho, mistura-se o pimento e o pipiri, e o vinho tinto, deixa-se refogar por mais algum tempo para que o vinho evapore e deixe um molho grosso. Entretanto cozem-se as batatas e as nabiças. Como acompanhamento: Batata cozida ou passada na brasa, grelos de nabiça salteados e migas de sarrabulho.

Quando engrossar, deita-se o leite-creme numa taça ou em pratinhos, para arrefecer. Na altura de servir polvilha-se com açúcar e queima-se com um ferro em brasa. Animação Ranchos Folclóricos, Bandas Filarmónicas, Acordeões e Concertinas (Integrados na Festa dos Saberes e Sabores do Douro VII Edição). Museus: - Eduardo Tavares em S. João da Pesqueira; - Museu Etnográfico de Trevões; - Museu de Arte Sacra de Trevões. A Toca da Raposa EN 222 – Ervedosa do Douro 254423466 Adega d´Ana Largo do Torrão 254488127

Leite creme Ingredientes: 1l leite; 6 gemas ovos; 200g açúcar; 2 colheres sopa de farinha de trigo; açúcar para queimar: q.b. Mistura-se as gemas com a farinha e o açúcar, vai-se acrescentando o leite até ficar um líquido homogéneo, leva-se ao lume, mexendo sempre. 61

SÃO JOÃO DA PESQUEIRA 28 FEV. 1, 2 MAR.

Costa Verde R. da Praça, 6 – Ervedosa do Douro 254105040 Cruzeiro EM 505, 54 – Paredes da Beira 254463012 O Cais da Ferradosa EN 222-3 Ferradosa – Vale de Figueira 936117994 O Casarão Largo do Casarão - Trevões 254477247 O Forno da Devesa R. do Fonte, 6 254484414

Aguiar R. João Ilídio Morgado, 48 – Paredes da Beira 254477191

O Nacional Lugar das Eiras, 4 – Valongo dos Azeites 254474066

Cantiflas R. Nova, 13 254484474

O Olival Av. Do Progresso – Trevões 254477009

Carocha Recta Dessarges, 160 254488151

O Sobreiro Senhora da Estrada– Vilarouco 254452111

Cepa Velha Av. Marquês de Soveral, 48-B 254484597

Pesqueirense R. da Devesa

fds gastronómicos ‘14

254481102


Barcelos é o coração do Minho e comunga da excelência que esta região possui na gastronomia, com a mais valia, em face da sua localização, de possuir uma variedade e riqueza gastronómica que funde como poucos concelhos as tradições da gastronomia da ribeira e serra minhota. Um conjunto de iguarias que se estendem do Bacalhau, à Lampreia, ao Polvo, aos Rojões, às tradicionais Papas de Sarrabulho à moda de Barcelos, ao arroz pica no chão, ao cabrito assado, ao Cozido entre muitos outros que posicionam Barcelos como um território de excelência gastronómica. Uma cozinha que, aos ancestrais saberes associa 62

fds gastronómicos ‘14

incursões criativas e de modernidade que sem desvirtuar a identidade se corporizam em iguarias únicas. Uma gastronomia de fusão onde a tradição se associa à inovação. O Galo à moda de Barcelos é fruto deste contexto ímpar. Uma iguaria, que encerra, como poucas outras, um contexto simbólico e cerimonial ímpar ligado à Lenda do Galo de Barcelos e à peregrinação medieval a Santiago de Compostela. Degustar um Galo Assado à moda de Barcelos é muito mais que um ato de pura gastronomia é uma viagem pelas estórias, lendas e caminhos da peregrinação a Santiago. É uma recriação de um legado do passado que o tempo tornou atual. Rememore o passado à mesa de um restaurante a saborear um Galo à moda de Barcelos acompanhado por um verde loureiro de excelência produzido no concelho. Galo assado à moda de Barcelos Ingredientes: galo; cebola; azeite; vinho verde; batatas; chouriço; bacon; tomate. Limpe o galo, retirando os miúdos, e tempere-o no dia anterior com cebola, azeite e vinho verde. Pegue nos miúdos, no chouriço e no bacon e pique tudo na máquina, formando uma pasta para recheio do frango. À parte prepare uma assadeira com rodelas de cebola, azeite e

tomate, coloque o frango já recheado e as batatas, como acompanhamento. Vai ao forno para assar durante 50 minutos.

Casa dos Arcos Rua Duques de Bragança, 185 912539667

BARCELOS 7, 8, 9 MAR.

Casa Lourenço Lugar da Igreja - Areias S. Vicente 964355380

Doçaria de Barcelos Em Barcelos existe uma vasta e rica doçaria tradicional de base conventual e rural com características muito singulares, confecionada nas pastelarias e restaurantes. Destacam-se os famosos doces de romaria, as laranjinhas doces, os bolos caseiros, as queijadinhas, os sonhos, os doces da casa entre muitos outros, que são um convite a visitar Barcelos dada à sua excepcionalidade criativa e gastronómica.

Chuva Avenida de S. João - Barcelinhos 253831242 Dom António Rua D. António Barroso, 87 253812285 Dom Carlos Lugar de Trás do Prado - Silva 253881311 Furna Largo da Madalena, nº105 253811177

Animação Animação Musical, Animação Folclórica e Rotas Tematicas;

Galliano Campo 5 de Outubro, nº20 253815104 Galo Novo Av. S. João, nº700 - Lugar de Mereces - Barcelinhos 253831728

Abel Martins Rua do Fráz, nº 715 - Várzea 253832793

Manjar das Estrelas Rua do Pinheiro, n.º 675 - Várzea 253834650

Bagoeira Av. Dr. Sidónio Pais, 495 253811236 Belchior Lugar da Gandra - Campo 253882503 Belo Horizonte Monte Real - Cova Sta. Eulália 252961344 Bom Gosto Av. Paulo Felisberto, 164 - Arcozelo 253814110

63

Os Mouros Rua Henrique Correia - Arcozelo 253816865 Pedra Furada Rua Santa Leocádia, 1415 - Pedra Furada 252951144 Pérola da Avenida Av. D. Nuno Álvares Pereira, 50 253821363 Rústico Lugar do Terreiro - Mariz 253815250 Solar Real Praça de Pontevedra, 15 253813439 Sonho do Cávado Rua da Igreja, nº 37 - Manhente 253843099 Taberna do Manhoso Avenida das Pontes, nº264 - Tamel S. Vericis 939593593

Messias Lugar da Igreja - Galelos S. Martinho 253841180

Três Marias Rua Barjona de Freitas, 137 253813200

Muralha Largo da Porta Nova 253812042

Tropical Rua da Estrada, 793-805 - Várzea 253832312

Oliveira Largo do Município, 17 253814775

Vera Cruz Av. Dr. Sidónio Pais, 379 253811333

fds gastronómicos ‘14


A Rojoada é o prato típico escolhido para esta edição dos fins-de-semana Gastronómicos, ao qual se aliam o Pão de Ul, verdadeiro ex-libris oliveirense, e as Papas de S. Miguel. Sendo toda a Beira Litoral um repositório de relíquias pantagruélicas, é, na sua parte Norte, que se radica este prato típico, uma Rojoada como não se faz em mais nenhum local do país. A Rojoada típica desta região, na qual se salienta a junção de várias partes provenientes da raça suína bem como enchidos de vinho e sangue, aliados ao sabor e saber de gerações passadas que legaram a este território esta iguaria, conta com uma preparação simples que 64

fds gastronómicos ‘14

assenta no uso de alho, azeite, pimenta e banha. A acompanhar, o arroz malandrinho confecionado com chispes e feijão vermelho, e com batatinhas alouradas. Para sobremesa, os doces de colher, com destaque para o creme queimado nesta edição, ainda a destacar a aletria, formigos, rabanadas de leite ou vinho, entre muitos outros em que o concelho de Oliveira de Azeméis é pródigo. Rojoada Cortar a carne de Porco (Pá e entrecosto) e temperá-las com sal, alho, pimenta e vinho branco. Colocar num tacho toda a carne, a marinada, a banha de porco e meio copo de água, deixando cozer em

lume esperto. Entretanto, à parte, num refogado com azeite e cebola, junta-se os enchidos (chouriço de vinho e chouriço de sangue) e os chispes bem como o feijão cozido.Tempera-se de sal e pimenta, acrescentando-se a calda suficiente para cozer o arroz malandro. Estando os rojões louros, retira-se do lume e, na banha que sobrou, alouram-se as batatas. Cozer grelos à parte. Sugestão de empratamento: Numa travessa de barro, dispõe-se os rojões ao centro. À volta destes, colocam-se enchidos, grelos e as batatinhas alouradas na banha, decorando com gomos e limão. Por fim, perfuma-se com cominhos. Numa púcara, serve-se o arroz que deve ser malandrinho.

Animação Rojoada 22 de fevereiro de 2014 Confraria das Papas de S. Miguel Rua da Ribeira Verde, nº 15 (Cruzamento com Rua da Covada) 3720-734 S. Roque OAZ Parque Temático Molinológico Rua Ponte da Igreja, 3720-604 UL Oliveira de Azeméis (visita marcação prévia) 256 683 170/925 661 458 parque.moinhos@cm-oaz.pt GPS: 40º48’52.51’’ N 8º29’48.77’’ W Casa Museu Ferreira de Castro (visita marcação prévia) Rua Escritor José Maria Ferreira de Castro, n.º 1645 - 3720 Ossela - Oliveira de Azeméis (visita marcação prévia) 927994397 patrimonio.cultural@cm-oaz.pt GPS: 40°50’13.14”N 8°25’42.77”W Berço Vidreiro Parque de La Salette - 3720 Oliveira de Azeméis 10h às 12h30m | 14h30 às 19h00 GPS: 40°50’38.14”N 8°27’54.63”W

Creme queimado Leve ao lume 3/4 do leite com o açúcar, sal, manteiga, casca de limão e pau de canela. Deixe levantar fervura e prove. À parte misture a farinha, o restante leite e as gemas; bata tudo. Verta o leite quente nesta mistura, mexendo sempre. Leve novamente ao lume para cozer as gemas e a farinha. Retire a casca e o pau de canela e coloque numa travessa ou prato fundo. Deixe arrefecer para ganhar pele. Aqueça o ferro até ficar em brasa. Espalhe o açúcar e uma pitada de canela; queime com o ferro em brasa.

Brasão de Azeméis Rua Tomás Figueiredo Araújo Costa 256683227 D. Gomado Rua Doutor Albino dos Reis - Edifício Dighton 256661371 Diplomata Rua Dr. Simões dos Reis, 125 256682590

65

fds gastronómicos ‘14

OLIVEIRA DE AZEMÉIS 7, 8, 9 MAR.

Hídrica do Caima Av. Soares de Basto, n.4346 – Palmaz 256990003 Las Vegas City Av. dos Descobrimentos – Nogueira do Cravo 256866196 Lindolfo Rua Villa Cesari 45 – Gândara – Cesar 256851721 Magnólia Rua Francisco Landureza, Lt. 17 Zona Industrial 256602360 Pinheiro Rua de Vermoim – Ossela 256484685 Pouso Alto Sanfins – Travanca 256991015 Quinta do Barão Rua do Barão, nº 1 130 – Loureiro 934908925 Ricoca Parque La Salette 256688443 Solar (Ramos) Vale do Solar – Pindelo 256602066 Tasquinha Alentejana Rua D. Egas Odoriz, nº 94 – Cucujães 256892394


PONTE DE LIMA 7, 8, 9 MAR.

Em Ponte de Lima a gastronomia, suculenta e saborosa tem o seu ex-libris no Arroz de sarrabulho, servido com rojões de porco. Um prato rico e sabores e tradição. O louro, o cravinho, a noz moscada, o sal e a pimenta temperam as carnes que, depois de cozinhadas e desfiadas, se juntam ao Arroz. O sabor singular dos cominhos é acrescentado no fim. O porco é uma das principais bases da cozinha limiana. O Porco é o ingrediente rei. Não podem deixar de saborear a textura do leitecreme queimado pela férrea. um ferro em brasa com o qual se queima o açúcar espalhado à superfície do creme. Pegando nas palavras de António Manuel Couto 66

fds gastronómicos ‘14

Viana “Sarrabulho sem remate de leite creme é como mesa sem pão, que só no inferno a dão”. Localizada na zona dos afamados vinhos verdes, com realce para a casta loureiro nos brancos e para o vinhão nos tintos. Os vinhos verdes de qualidade distinguem-se facilmente pela cor e pelo aroma, que os caracteriza. Refrescantes e frutados, os vinhos verdes de Ponte de Lima devem ser apreciados devidamente o branco muito fresco, combinando divinalmente com os pratos e doçarias tradicionais limianas.

Arroz de sarrabulho Ingredientes: 1/2 Kg. de carne de vaca (ganso redondo), 1/2 Kg galinha gorda, 1/2 Kg de costeletas de porco frescas, 1 osso de assuão fresco, 150 g. de chouriço de carne (caseiro), 1/2 coração de porco, 1/4 kg. De bofe de porco, 1 Kg. de arro, 1/4 de litro aproximadamente de sangue de porco (ao que se junta um pouquinho de vinagre para não coagular). Num tacho, põem-se as carnes todas a ferver em 3 litros aprox. de água fria, junta-se um pouco de louro, cravinho, noz moscada, sal e pimenta. Deixam-se cozer as carnes muito bem retirando a

espuma que se forma na superfície. Logo que as carnes estejam bem cozidas, retira-se tudo do lume. As carnes depois de arrefecidas são desfiadas. À calda de cozer as carnes, depois de retificados os temperos é retirada a gordura que porventura esteja a mais, leva-a novamente ao lume e deixa-se levantar fervura tendo já acrescentado a água necessária. Junta-se o arroz. Quando estiver meio cozido, juntase as carnes desfiadas e o sangue liquefeito. Retificam-se temperos e deixa-se ferver até o arroz estar cozido completamente. Junta-se-lhe, então, sumo de 67

fds gastronómicos ‘14

limão, cravinho e cominhos em pó. Serve-se, de imediato. Em travessa à parte vão os rojões e as frituras de belouras, chouriça de verde e tripa enfarinhada. Os rojões levam também batata loura, cortada em cubos e vão guarnecidas as travessas com limão às rodas e salsa em ramo. (Receita de D. Belozinda Varela) Leite creme Os Restaurantes de Ponte de Lima oferecem o Leite Creme, em todas as refeições, em troca dos 10% de desconto. Animação Feira do Porco e Delicias do Sarrabulho


A Taberna Avenida de Sto André Vitorino dos Piães 258768872 A Torre Rua do Postigo nº17 258741293 Açude Lugar de S.Gonçalo Arcozelo 258944158 Alameda Largo da Feira nº 44 258941630 Aquário Rua Agostinho José Taveira-Parque Quinta da Guia nº 200 258751134 Astro Avenida António Feijó nº 19 258751411 Beco das Selas Beco das Selas nº 11 258943576 Brasão Rua Formosa nº 1, 258941890 Braseiro Lugar da Igreja S.João da Ribeira 258742509 Cedro Rua da Paradela da Seara nº 567 258942155 Celeiro I Rua da Aldeia Bertiandos nº61 Bertiandos 258942815 Celeiro II Largo Dr António Magalhães nº12 258943073 68

fds gastronómicos ‘14

Confrade Mercado Municipal Loja 1 Passeio 25 de Abril 258753609 Convento da Gula Rua do Rosário nº 2, 258749055 Cozinha Velha Rua de São João Baptista da Queijada, nº1695 Queijada 258749664 Cunha Rua do Telheiro nº 49 Gandra, 258948286 Diamante Azul Rua de Vandoeuvre- BI.3-r/c loja AM 258742754 Encanada Rua Doutor António Magalhães, Loja 7, 258941189 Escondidinho Rua do Rosário nº5, 258942828 Fátima Amorim Lugar de Carvalho -Correlhã 258944081 Fonte da Vila Rua Fonte da Vila 258948035 Gaio Rua Agostinho José Taveira nº1 258941251 KateKero Rua do Mercado 258941625

Manuel Padeiro Rua do Senhor do Bonfim 258941649

Pinheiro Manso Rua da Paradela da Seara nº379 Seara, 258742263

Mercado Rua do Mercado 258753700

Pombinha Rua de s. Tiago de Brandara nº 801 258947444

Mercearia da Vila Rua Cardeal Saraiva Nº34 258753562

Porta do Lima Rua da Ponte de Crasto nº 90 – Ribeira 258938477

Migaitas Golf Rua do Sobreiro nº 533 Feitosa, 258751452

Prego Rua Doutor José Cassiano de Azevedo Baptista nº 16 258743472

Monte da Nó Sra da Boa Morte- Correlhã 258942973

PONTE DE LIMA 7, 8, 9 MAR.

River View Rua João Rodrigues de Morais 258943213

Muralha Largo da Cadeia Velha nº19, 258741997

Rotunda da Feitosa Rua da Feitosa nº 1634 - Feitosa 258742003

O Garfo Rua da Lebre nº10, Ribeira 258404080

S. Nicolau I Lugar de Carvalhal – Fontão 258732086

Sonho Azul Fontão 258733284

S. Nicolau II Rua António Amorim nº 10 258742806

Sonho do Capitão Largo de Campo Raso - Correlhã 258741138

O Telhadinho Largo Conselheiro Arnaldo Norton de Matos nº 13, 258942274

Sabores do Lima Largo Doutor Francisco Malheiro nº 78 258931121

Taverna da Vaca das Cordas Rua Beato Francisco Pacheco, n.º 39-41 258741167

Olho Marinho Rua Cidade de Xinzo do Limia nº 8, 258943856

Senhora da Luz Lugar Senhora da Luz - Arcozelo 258942464

Tulha Rua Formosa nº 4 258942879

Parisiense Passeio 25 de Abril nº17 258942159

Solar das Arcadas Largo Cais do Rio Lima – Vitorino das Donas 258731351

Verde Minho Lugar da Gandara Correlhã 258941082

Picadeiro Rua do Senhor de Pias nº 1336, Feitosa 258943834

Solar do Taberneiro C.C. Rio Lima – Pta Dr. Vieira de Araújo 2, L1 258942169

O Marquês Lugar de São Gonçalo - Arcozelo 258947066

69

fds gastronómicos ‘14


com água, uma panela de fundo espesso. Ao ferver, juntam-se os milhos bem lavados e isentos de casca. Vão-se mexendo com uma colher de pau para não pegar no fundo. Quando estiverem quase cozidos e se apresentarem espessos, acrescenta-se a água das carnes. Numa frigideira, faz-se o refogado com azeite, o alho e a cebola, podendo também juntar uma colher de polpa de tomate e uma colher de vinagre. Depois de apurado, junta-se os milhos, rectifique os temperos e serve-se num prato coberto com alguns pingos de limão.

Venha a Ribeira de Pena desfrutar os pratos mais típicos da nossa região. Os milhos são um dos ex-líbris gastronómicos do concelho. Mas também o cabrito assado, criado nas terras altas deste concelho serrano, as couves com feijão ou mesmo a saborosa carne maronesa que provém do melhor gado da região, constituem excelentes embaixadores da nossa gastronomia.

70

fds gastronómicos ‘14

Milhos Ingredientes: 1 Kg de entrecosto de vitela (ilhada); 1Kg de entrecosto de porco; 1 chouriço de carne; 1 chouriço de sangue; 1 salpicão; 1 pé de porco ou meia orelheira com beiça; 1 galinha pequena. Para os Milhos - Duas tigelas grandes de milhos limpos (milho triturado); 1 cebola; 2 dentes de alho; 3 colheres de sopa de azeite; sal. Cozer a galinha em água e sal, bem como todas as carnes depois de bem limpas. Quando estiverem quase cozidas, introduzem-se na mesma panela os chouriços e o salpicão. Para os milhos: põe-se ao lume

18h00. Percurso Pedestre do “Caminho do Abade” mediante inscrição prévia pelo mail: daniel. cardoso@cm-rpena.pt e/ou geral@cm-rpena.pt. Venha divertir-se no Pena Aventura Park e usufruir do desconto de 10% em todas as atividades, no sábado e domingo, aos clientes que apresentarem fatura dos restaurantes aderentes. www.penaaventura.com.pt

RIBEIRA DE PENA 7, 8, 9 MAR.

Adega do Maneca Penaformosa - Cerva 259107905 Central Rua Manuel José de Carvalho 259498162

Chila no forno Ingredientes: 800 gramas de chila; 1 almoçadeira de água; 1 almoçadeira de açúcar (porque a chila assim está um pouco seca); Ponto de fio (quando começar a pegar); 10 ovos (gemas) passados num coador. Coloca-se a chila no tacho, a calda e as gemas e vão ao lume sempre a mexer. Quando levanta fervura vai para um prato de ir ao forno e polvilhe-se com canela. Leva amêndoa a gosto. Vai ao forno a gratinar.

O Mineiro Penaformosa - Cerva 964 363 404

Venda Nova Venda Nova 259109415

O Moinho Santo Aleixo de Além Tãmega 259498088

Zira Avenida da Noruega

Recanto do Lavrador Portela de Santa Eulália 259 498 183 San´T Mercado Municipal 259103171

Animação Museu da Venda Nova com a exposição do Ciclo do Linho e a Casa Museu de Camilo das 11h00 às 13h00 e 14h30 às 18h30. Parque Ambiental das 10h00 às

Tasca do Xico Entroncamento 259494178 Transmontano Rua 25 de Abril 932777012

71

fds gastronómicos ‘14

964557053


triglicéridos, caraterísticas que o tornam um “Alimento Funcional”. O Cabrito à moda do Soajo,tenro dos retouços do Mezio, com Ervas Aromáticas dessas paisagens, o “Cozido à Soajeira”, com os enchidos e fumados caseiros, acompanhado dos frescos e capitosos vinhos verdes. As doces sobremesas tradicionais, os “Charutos d’Ovos” acompanhados com a Laranja de Ermelo, ambos de origem conventual, este doce constitui um dos ex-libris da doçaria arcuense. Destamos, o Bolo de Mel e os não menos conhecidos “Rebuçados dos Arcos”, ao contrário dos charutos, de origem popular. Estes sabores esperam por si em Arcos de Valdevez. A Gastronomia de Arcos de Valdevez, apresenta iguarias e sabores únicos. A “Carne da Cachena com o Arroz de Feijão Tarrestre”, é o prato de eleição. A raça cachena é a mais pequena raça bovina portuguesa e uma das mais pequenas do mundo. É uma raça autóctone de extrema rusticidade, de pastoreio livre na serra, criada sobretudo na Serra da Peneda/Soajo, está certificada por DOP. O tipo de carne obtida resulta de um equilíbrio absoluto entre o sistema de produção utilizado e as características da própria raça; distingue-se pela sua tenrura e sabor únicos, apresentando cor rósea, clara ou pálida, vermelho claro ou escuro,

de acordo com a idade do animal, bem como pouca gordura intramuscular, muito suculenta. O Arroz de Feijão Tarrestre, é um tipo de Feijão rasteiro, semeado em conjunto com o milho. São feijões miúdos, de pele fina com formato de rim/e ou trucandos. Apresentam grande variabilidade de padrões e cores, onde predominam os bejes, mas que também incluem os brancos, amarelos, castanhos, pretos e vermelhos, e cujo padrão pode ser liso ou rajado. Tem na sua composição nutricional altos valores de fibra bruta e de ácidos gordos insaturas, o que pode contribuir para a redução dos níveis plasmáticos de colesterol e 72

fds gastronómicos ‘14

Carne da cachena com arroz de feijão tarrestre A Carne da Cachena - DOP Denominada de Origem Protegida, temperada com sal q.b. e grelhada, confecionada na hora fica com um aspecto suculento e apetitoso, acompanhada do com o Arroz de Feijão Tarrestre. Ingredientes: 250 gr. de feijão tarreste; carne de porco com osso (chispe ou mão); 1 naco de toucinho fumado ou rojões; 400 gr. de arroz; 1/2 dl de azeite ou 1 colher de sopa de banha; 1 cebola; 2 dentes de alho; 1 folha de louro; pimenta q.b.; sal q.b. Ponha o feijão de molho de um dia

para o outro. Coza o feijão em água, juntamente com as carnes. À parte faça um refogado com a cebola picada, os dentes de alho picados, a folha de louro, os rojões ou o toucinho e o azeite ou banha. Retire as carnes da panela onde cozeram e coloque-as num tacho. Adicione-lhes o refogado, que deve estar bem apurado. Acrescente a água do feijão necessária para cozer o arroz. Tempere de sal e pimenta a gosto. Pode acrescentar as carnes partidas em bocados.

recheio dentro enrolado, de modo a formar charutos que se envolvem em açúcar pilé. Possuindo como ingredientes o açúcar (250g), a amêndoa ralada (250g), os ovos (8) e a manteiga (1 colher), os charutos de ovos dos Arcos de Valdevez mantém a tradição na sua confecção. Põe-se o açúcar ao lume com a água necessária até formar o ponto de cabelo. Deita-se depois a amêndoa ralada, as 8 gemas com 1 colher de sopa de manteiga e uma casca de limão. Deixa-se ferver e deita-se numa travessa a arrefecer. Este é o recheio dos charutos. Humedecem-se as hóstias com clara de ovo e deita-se-lhes o recheio dentro enrolado, de modo a formar charutos que se envolvem em açúcar pilé.

Charutos d’ovos c/ laranja de Ermelo Os Charutos d’Ovos é um doce de origem conventual, de forma cilíndrica , o exterior é feito de massa de hóstia e o recheio de textura cremosos preparado à base de gemas e açucar. Ingredientes : açúcar 250g, amêndoa ralada 250g, ovos 8 e 1 colher de manteiga. Os charutos de ovos dos Arcos de Valdevez mantém tradição na sua confecção. Põe-se o açúcar ao lume com a água necessária até formar o ponto de cabelo. Deita-se depois a amêndoa ralada, as 8 gemas com 1 colher de sopa de manteiga e uma casca de limão. Deixa-se ferver e deita-se numa travessa a arrefecer. Este é o recheio dos charutos. Humedecem-se as hóstias com clara de ovo e deita-se-lhes o 73

ARCOS DE VALDEVEZ 14, 15, 16 MAR. Churrasqueira do Mercado Praça Salvador Alves Pereira 258516953 Costa do Vez - Grill Estrada Nacional 101 Silvares- Parada 258516122 Dª Isabel Campo do Trasladário 258520380 Espigueiro Lage - Soajo 258576136 Minho Verde Rua Dr. Mário Júlio Almeida Costa 258516296 O Lagar Rua Dr. Vaz Guedes 258516002

Animação Tocata pelos Restaurantes Aderentes. Feira: “Terras do Vez – Sabores e Tradições” - Programa de Animação a definir.

O Pote Rua Amorim Soares, 54 258515245

A Floresta Rua Amorim Soares 258515163

Peneda Hotel Lugar da Peneda - Gavieira 251460040

Alto da Prova Prova - Paçô 258455666

Ponte Nova Praça D. Manuel I - Novelhos S. Paio 258522260

Casa Real Matadouro Pedrosas - Guilhadeses 258515000

Saber ao Borralho Costa Velha - Soajo 258577296

fds gastronómicos ‘14

O Videira Eiró - Soajo 258576205


Em Celorico de Basto saboreiamse pratos de qualidade confecionados com os melhores ingredientes. Aqui Come-se bem e bebe-se melhor. As couves com feijão, acompanhadas com toucinho, são um prato rústico com tradição numa mistura intemporal de saberes e sabores. O arroz de cabidela de frango “pica no chão” continua a fazer as delícias dos apreciadores de boa mesa, ao qual não pode faltar o acompanhamento de um verde tinto “encorpado”. O bacalhau, fiel amigo, tem presença assegurada em todas as mesas e preparado das mais diversas maneiras. Salienta-se o famoso “bacalhau à 74

fds gastronómicos ‘14

Freixieiro”, preparado com broa e bom presunto, uma receita conhecida por poucos mas que faz as delícias de muitos. O cabrito assado com arroz de forno, a vitela assada, o cozido à portuguesa, a feijoada com chispe e uma carne da ilhada assada na brasa com batatas a “murro” (que se come para os lados da Lameira), são as preferências dos apreciadores de carne. Os fumeiros, com destaque para o presunto e salpicão, servem-se a qualquer hora. Com um “copito” de branco ou tinto - para o caso tanto faz - no intervalo das refeições ou no início das mesmas, acompanha nas conversas e faz as honras das visitas.

A delicadeza vem com a doçaria: pão-de-ló, cavacas, rosquilhos, galhofas...pudim caseiro, compotas (muitas e variadas). E para tornar Celorico de Basto perfeito na Gastronomia sugerimos o acompanhamento ideal, o vinho verde, que é nosso e da melhor qualidade.

Bater os ovos e o açúcar durante 10 min. depois mistura-se a farinha, de seguida forra-se a forma de barro com papel próprio para pão-de-ló e deita-se a massa na forma. Leva-se ao forno e deixa-se cozer entre 25 e 35 min. Serve-se frio acompanhado com doce de Camélia. Uma delicia de sobremesa.

Cabrito assado no forno Ingredientes: cabrito; vinho branco q.b; cebolas; azeite q.b; 1 folha de louro; pimenta q.b; alho; colorau q.b; batatas e arroz Corta-se o cabrito e pedaços pequenos e lava-se. Depois de lavado e escorrido tempera-se com vinho, alho, salsa, pimenta, louro, sal e azeite. Deixa-se a marinada para o dia seguinte. Numa assadeira colocam-se cebolas às rodelas, depois o cabrito e rega-se com a marinada. Tapa-se a Assadeira e leva-se ao forno médio a assar durante cerca de duas horas. Meia hora antes de servir, retira-se a prata e deixa-se alourar, aumentando o calor do forno.

Animação Animação permanente com a Festa Internacional das Camélias. Consultar programa específico. A Forca Rua do Castelo – Arnoia 255321729 Adelina Rua Serpa Pinto 255321364 Nova Vila António Portilho Sousa 255322494 O Grilo Barreirós – Britelo 255322085 Quinta da Fontinha Barrega – Borba da Montanha 255481422

Pão-de-ló com doce de camélia Uma receita tipicamente celoricense Ingredientes: 13 gemas; 7 ovos inteiros; 430g de açúcar; 140g de farinha; doce de camélia produzida em Celorico

Quinta do Forno Venda Nova – Britelo 255322255 Sabores da Quinta Quinta do Campo – Molares 963928369

75

fds gastronómicos ‘14

CELORICO DE BASTO 14, 15, 16 MAR.


PENAFIEL 14, 15, 16 MAR.

O Município de Penafiel tem referências ancestrais no produto Gastronomia e Vinhos. Já desde a Idade Média se consumiam alimentos que ainda hoje integram a gastronomia tradicional penafidelense, ou seja, a lampreia, o sável são exemplos categóricos. Em Penafiel, os pratos mais típicos são o cabrito ou o anho assado com arroz de forno, o cozido, o sável frito ou de escabeche, e ainda a lampreia, à bordalesa ou arroz de lampreia à moda Entreos-Rios, tudo bem acompanhado com o excelente vinho verde da região. Na doçaria, são os doces de feira os que mais se consomem, sobretudo os bolinhos de amor, o pão-de-ló, o pão podre, os 76

fds gastronómicos ‘14

rosquilhos. A originalidade doceira de Penafiel é, no entanto, bem representada pela sopa seca e pelas tortas de S. Martinho, muito apreciados por visitantes e turistas, sendo as tortas exclusivas deste concelho. Venha sentir Penafiel e os seus sabores.

Arroz de lampreia de Entre-os-Rios Ingredientes: lampreia, alho, vinagre de vinho tinto, pimenta, sal, azeite, Cebola, arroz, salsa. A lampreia deve ser escaldada com água a ferver e a seguir raspada levemente com uma faca limpa com um pano seco a fim de lhe ser retirado o lismo que envolve a pele. Depois de limpa coloca-se dentro de um alguidar juntamente com um dente de alho, um copo de vinagre de vinho tinto, sal e pimenta de seguida corta-se-lhe a cabeça e tira-se-lhe um pequeno nervo que tem junto à mesma, dá-se um pequeno golpe na parte superior da lampreia e outro junto

ao umbigo a fim de lhe ser extraída a tripa juntamente com o fel. Depois de se cortar a lampreia às postas faz-se um refogado com um pouco de azeite e coze-se a lampreia em lume brando durante o tempo que se achar necessário, de seguida coloca-se o arroz juntamente com um raminho de salsa. Bolinhos de amor

77

fds gastronómicos ‘14

O Miradouro E.N.18 – Entre-os-Rios 255613 422 Pensão Aliança Termas de S. Vicente – Entre-os-Rios 255612255 Solar do Souto Ribaçais – Abragão 255941001


PÓVOA DE LANHOSO 14, 15, 16 MAR.

Brasa D’Ouro Avenida 25 de Abril Nº 378 968049545 Fundão Rua da Escola Calvos 253639600 Montenegro EN 310 - Calvos 253631048

Póvoa de Lanhoso, soube preservar os seus pratos mais típicos que hoje são um verdadeiro embaixador da região e constituem motivo de orgulho para as suas gentes. A mulher minhota, acérrima defensora dos valores tradicional, cultivou esta arte de saberes e saberes e, com parcos recursos, criou receitas simples mas apetitosas que hoje nos fazem percorrer quilómetros na busca dos sabores das nossas memórias: o tempero da avó, a sobremesa da mãe.. receitas e segredos que são transmitidos de geração em geração e fazem parte do dote da rapariga minhota. Terra de montes e de vales, onde o gado cresce em liberdade, possui

afamada carne e outros produtos autóctones com os quais se confecionam pratos como o “cabrito assado”, os suculentos “bifes de boi”, “os sarrabulhos”, os rojões” e o “arroz de frango pica do chão”, assim como os pratos de peixe, como as “pataniscas” e as muitas receitas de bacalhau. Tudo acompanhado com pão de milho cozido em forno de lenha e regado com abundante vinho verde. A gastronomia das Terras de Lanhoso é considerada uma das mais ricas da região, apreciada e imortalizada por homens de muito saber na arte como Jorge Amado, Camilo Castelo Branco, David Mourão Ferreira e outros de reconhecido mérito. Para além das 78

fds gastronómicos ‘14

receitas comuns a todo o Minho, mas que têm um tempero especial em cada concelho, existe ainda uma gastronomia específica para assinalar dias festivos. Na Póvoa de Lanhoso, o “cabrito assado” é o prato do dia 19 de março, dia de S. José e feriado municipal; o “bife” à Romaria e o melão apimentado, de sobremesa, são características da Romaria de N.ª Sr.ª de Porto d’Ave que se realiza no 1º domingo de setembro.

Cabrito à S. José Ingredientes: cabrito: 3kg, vinho branco: q.b, cebolas: 2, azeite: Um fio generoso, sal: q.b, louro: 1 folha, pimenta: uma pitada, alho: 4 dentes, colorau doce, salsa: A gosto, cenoura em meia-lua. Corta-se o cabrito em pedaços pequenos, lava-se e limpa-se de gorduras. Depois, tempera-se com vinho branco, dentes de alho, salsa, pimenta, louro, sal e azeite. Deixa-se a marinada para o dia seguinte. Numa assadeira colocam-se as cebolas cortadas às rodelas, o cabrito, as batatinhas e a cenoura, rega-se com a marinada. Leva-se a assadeira ao forno, de preferência a lenha cerca de 1 hora.

Rochas do pilar Especialidade originária do concelho, feita exclusivamente de ovos, gemas, açúcar, coco, amêndoa e baunilha. Animação O programa de animação é o programa das Festividades de S. José. Consultar programa específico.

ABBA Avenida de Aguas Santas nº 320 253992796 Avenida Avenida da República 144 253631524

O Victor Largo do Laranjal - S. João de Rei 253909100 Panorâmico (DiverLanhoso) Porto de Bois, Oliveira 934721909 Velho Minho Rua Doutor Manuel Ferreira 8 253634522 O Miradouro E.N.18 - Entre-os-Rios 255613422 Pensão Aliança Termas de S. Vicente - Entre-os-Rios 255612255 Solar do Souto Ribaçais - Abragão 255941001

79

fds gastronómicos ‘14


Arroz de favas com frango alourado Picar a cebola e os alhos para um tacho, juntar azeite e levar ao lume. Quando começar a lourar juntar as favas e o molho de carne assada. Tapar e deixar cozer 5 minutos. Regar com água (3 vezes o volume do arroz) e introduzir as folhas de louro e deixar levantar fervura. Temperar com sal e pimenta e juntar o arroz previamente lavado. Deixar cozer.

A gastronomia de Baião é tão especial que até há quem diga que Eça de Queiroz se apaixonou tanto pela paisagem desta terra como pelos sabores da sua cozinha tradicional quando escreveu “A Cidade e as Serras”, referindo o magnífico arroz de favas. Obrigatório em dias de festa, casamentos, batizados e aniversários é o Anho assado com arroz do forno. O fumeiro tradicional com características únicas, e a posta de vitela arouquesa, raça autóctone, constituem especialidades a não esquecer pelos apreciadores. E o que dizer do mais famoso doce, sempre presente em todas as romarias do norte de Portugal! O 80

fds gastronómicos ‘14

Biscoito da Teixeira, genuíno. Por fim, de que valeriam todas estas iguarias se não fossem acompanhadas pelo tal vinho que também é único desta terra e que “entra mais na alma do que qualquer poema ou livro santo”?! Um vinho de casta Avesso, que diversos produtores cultivam como uma verdadeira arte, numa região onde já começaram a dar provas de excelência os espumantes naturais.

Santo André de Ancede (sexta, sábado e domingo); Núcleo de Arqueologia do Museu Municipal de Baião (sexta, sábado e domingo das 14h00 às 16h00)

Assador da Vila Rua de Camões 255541305 Douro Palace Hotel Resort & Spa Lugar de Carrapatelo – Sta. Cruz do Douro 254880000 Flor de Baião Rua de Camões 255542424

Pêras bêbedas e creme d’água Descascar as pêras inteiras mantendo lhes o pé e envolver em sumo de limão. Encher recipiente de água e juntar o açúcar. Levar ao lume. Adicionar o vinho tinto e deixar levantar fervura. Juntar o pau de canela e uma casca de limão. Introduzir as pêras e deixar cozer em lume brando até ficarem macias. Quando estiverem prontas retirar com cuidado para uma taça manter no lume o vinho com o açúcar e juntar vinho do Porto. Deixar ferver até a calda apresentar um aspecto de xarope. Retirar o molho do lume e derramar sobre as pêras.

Fonte Nova Rua de Camões Bairro da Fonte Nova 255541257 O Almocreve Rua do Fontanario - Portela Do Gôve 255551226 O Alpendre Lugar de Quintela - Gôve 918987894 Pensão Borges Rua de Camões 255541322 Primavera Rua Abel Ribeiro, 8 255542895

Animação Música ao vivo nos restaurantes aderentes na sexta; Animação de Rua na vila de Campelo na tarde de sábado; Visitas gratuitas nos espaços culturais do Mosteiro de 81

fds gastronómicos ‘14

BAIÃO 21, 22, 23 MAR.


GONDOMAR 21, 22, 23 MAR.

Em Gondomar, o turismo gastronómico expressa o retrato fiel da história de uma terra com os seus usos, costumes e tradições, numa dicotomia perfeita entre a boa mesa e o bem receber. A gastronomia é valorizada, preservada e transmitida às gerações actuais e vindouras, já que constitui um ícone turístico a nível nacional, que representa, uma das nossas maiores riquezas, entendida pelos turistas e visitantes mais do que um acto comensal, uma herança de gerações de cozinheiras e cozinheiros que apuraram com sabedoria os aromas da terra e sabores do rio.

82

fds gastronómicos ‘14

A Restauração, ciente da gastronomia como jóia preciosa do nosso património cultural, e como instrumento de transmissão de valores, concentra todos os esforços numa relação de confiança com os seus clientes, assente, quer na qualidade de confecção, quer no primor do acolhimento. Nos braços do rio Douro, emoldurado por uma paisagem de beleza inigualável, Gondomar com a sua gastronomia de excelência, espera por si e convida-o a deleitar-se nos sabores e saberes tradicionais, que, oferecidos por pessoas com coração de ouro, assumem uma qualidade ímpar.

83

fds gastronómicos ‘14


Bolo “coração de Gondomar” Ingredientes: massa folhada; doce de abóbora; nozes; creme pasteleiro; creme de ovos Misturar os 2 cremes; Com a massa folhada estendida moldar 2 corações. Sobre um dos corações colocar a mistura dos cremes, por cima, colocar o doce de abóbora e as nozes e cobrir com o outro coração. Pintar com ovo e levar ao forno a 180º. Depois de cozido, pincelar com geleia de abóbora.

Arroz de lampreia Ingredientes: lampreia; vinho tinto; alho; louro; salsa; sal, cravinho e pimenta; cebola; azeite; arroz Amanha-se a lampreia e faz-se uma vinha de alho com o sangue, o vinho maduro tinto, o alho, a salsa e o louro. Tempera-se com sal, pimenta e cravinho. Leva-se um tacho ao lume com o azeite e a cebola picada. Deixa-se alourar um pouco e junta-se a lampreia com o molho (previamente coado), deixa-se refogar um pouco e acrescenta-se o arroz. Retificam-se os temperos e deixa-se cozer cerca de 15 minutos. Serve-se imediatamente. 84

fds gastronómicos ‘14

Animação Lugar do Desenho|Fundação Júlio Resende Rua Pintor Júlio Resende, 346 – Valbom - 4420-534 Gondomar Tel.: 224 649 061/2 info@lugardodesenho.org Horário: terça a sexta: 14h30 -18h30 sábado e domingo: 14h30 - 17h30 Entrada gratuita para visita às exposições patentes. Quinta do Passal - Centro de Educação Ambiental Rua Clube Naval Infante D. Henrique 4420-412 Valbom Tel.: 224 837 065 quintadopassal@cm-gondomar.pt Horário: segunda a sábado: 10h00 - 12h30 / 14h00 -18h00 Entrada gratuita para visita à quinta, hortas biológicas e

Casa Lindo Trav. Convenção de Gramido, 26 – Valbom 224830200

exposição patente Utilização gratuita das bicicletas. Museu Adão Soares Rei dos Congros Rua Rei dos Congros 495 - 4420-606 Gondomar Tel.: 967 163 214 museureidoscongros@sapo.pt Horário: terça a sexta: 14h30 -18h30 sábado e domingo: 14h30 - 17h00 Entrada gratuita. Casa da Malta|Museu Mineiro de S. Pedro da Cova Rua de Vila Verde, 253 4510-457 S. Pedro da Cova Tel.: 935 663 998 Horário: terça a sábado: 10h00 - 12h00 / 13h30 -17h30 Entrada gratuita.

GONDOMAR 21, 22, 23 MAR.

Choupal dos Melros* Rua de Tardinhade, 425 – Fânzeres 919677859 Dom Vicente Av. do Miradouro, 76 – Lomba 918350648 Dubai Av. Clube de Caçadores, 5559 – Atães – Jovim 224041456 Estalagem Santiago Av. Clube de Caçadores, 4715 224502151 Estrelas do Douro Av. Foz do Sousa, 2 – Foz do Sousa 224500030 Flôr do Nilo R. Eng.º Barbosa de Matos, 31 – Baguim do Monte 224886444

3MMM Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, 216 224834946

Kim Kim R. D. A. Castro Meireles, 1240 – Baguim do Monte 224892409

Aliança (O Aníbal) Rua Clube Naval Infante D. Henrique, 187 – Valbom 224836092

Madureira’s Vera Cruz Pç. da República, S/n Edificio Património do Município 224935999

Bom Retiro Rua Capela da Lagoa, 105 – Valbom 224837105

Margem Douro Av. Clube de Caçadores, 4503 (EN 108) 224541852

Cantinho das Manas Rua da Vessada, 17 - Vilar S. Cosme 224646242

O Trombinhas Rua Vasco da Gama, 1132 – Baguim do Monte 915109778

Casa Amarela Av. Miguel Bombarda, 1 – Valbom 965695711

85

fds gastronómicos ‘14

Ouro Rua 25 de Abril, 335 224836523 Ponte do Freixo Rua S. Miguel, 27 – Rio Tinto 224802277 Quinta D. José Rua Paredes Novas, 207 Trás-da-Serra – Jovim 224541827 Ritual Prova Av. Escritor Costa Barreto, 3000 – Valbom 224637286


Cozido de couves com feijões O tradicional Cozido de Couves com Feijões é extremamente simples na sua confeção, uma vez que se colocam as couves a cozer com as diversas carnes de porco para lhes dar sabor. Depois de escoados estes ingredientes são juntos aos feijões amarelos, previamente cozidos, e temperados com azeite, alho e vinagre. O cabrito da serra assado é outro dos pratos com grande tradição no concelho que poderá ser degustado neste fim-de-semana, mediante prévia reserva (um dia antes) com os restaurantes aderentes.

Os pratos típicos do concelho de Terras de Bouro estão relacionados com as suas características de terra de montanha e com os produtos hortícolas que a terra oferece, dos quais se salienta as couves, os feijões e as batatas, consumidos de forma simples em sopas e cozidos. A carne de cabrito, cujo sabor característico se deve à alimentação dos animais, torna-se ainda melhor assada nos fornos de lenha.

86

fds gastronómicos ‘14

A carne de porco, a mais consumida pelos habitantes do concelho, é salgada e comida durante todo o ano. Os doces que mais se distinguem são, sem dúvida, os que se confecionam na época natalícia, como a aletria ou as rabanadas.

Adega da Vila Av. Dr. Paulo Marcelino, 74 - Moimeta 253351152

TERRAS DE BOURO 21, 22, 23 MAR.

Adelaide Rua de Arnaçó, 45 - Gerês 253390020 Baltazar Rua Eng. José Lagrifa Mendes, nº 6 – Gerês 253391131 Casa do Criado Ermida, nº 279 – Vilar da Veiga 253391390 Cávado Rua 1, nº 20 – Rio Caldo 253391157 Cerdeira Campo do Gerês 253351005

Rabanadas de mel do Gerês A tradição doceira de Terras de Bouro está muito ligada aos doces festivos natalícios, pelo que, para este ano, foram adotadas as deliciosas Rabanadas de Mel do Gerês. Receita: Feitas com pão de trigo endurecido, demolhado em calda quente, cujos ingredientes são leite, água, canela, casca de limão, mel, açúcar e noz de manteiga. Depois de escorrido, o pão é passado por ovo batido e frito em azeite, posteriormente é polvilhado com açúcar e canela. Como acompanhamento, faz-se um molho com água, vinho do Porto, mel, açúcar, canela e laranja que, depois de ferver por algum tempo, se torna em xarope grosso e é servido à parte.

Do Rita Rua 2, nº 64 – Assento – Rio Caldo 253391164 Geresiana Rua Augusto Sérgio Almeida Maia, nº 1 –Gerês 919743939 Lua de Mel Av. D. Manuel I, nº 75 253351322 Lurdes Capela Rua Manuel Gomes de Almeida, nº 77 253391208

87

O Cantinho de Antigamente Lugar de Sá, nº 145- Covide 253353195 Rio Homem Av. Dr. Paulo Marcelino, 64 Moimenta 253351136 Sobreiro Lugar de Paredes, Rua 5, nº 11 – Rio Caldo 253397128 Stop Rua de S. João, nº 915 – Campo do Gerês 253350040

O Abocanhado Brufe 253352944

Toca do Caçador Av. D. Manuel I, nº15 Moimenta 253351137

O Bem Cozinhado Lugar do Outeiro, nº 257 - Souto 253351392

Vessada Assento, Rua 1, nº 24 - Valdozende 253377134

fds gastronómicos ‘14


Rojões Temperam-se os rojões com sal, pimenta, louro e alho. Num tacho com a banha, cozem-se em lume brando, cerca de 1 hora. Cozem-se as batatas, depois são descascadas e passadas numa sertã em banha e cebola até ficarem “loirinhas”. Põe-se o sal, pimenta e alho. Com banha, frita-se o fígado, o sangue do porco com alho e louro. As farinheiras e as castanhas são fritas normalmente. Cozem-se os grelos e colocam-se numa sertã com sal, alho, pimenta e azeite. Está tudo pronto para empratar e servir.

A cozinha minhota está presente nas ementas dos restaurantes do concelho. Com uma excelente confeção e apresentação, podem ser apreciados os rojões à minhota, a vitela assada, o cabrito assado e o bacalhau. São muitas as tradições que ainda persistem, em especial na doçaria, onde temos o reconhecido e distinguido “Bolinhol” ou “Pão-de-ló coberto”, que é o doce tradicional de Vizela, único no país.

88

fds gastronómicos ‘14

movimentos de vaivém em cima do pão-de-ló até a calda se tornar opaca. Depois de seco é embrulhado em papel vegetal. Nada melhor do que prova-lo em Vizela, pois são as nossas mãos e a nossa gente que lhe dão um sabor incomparável. Um doce sentido. Animação 22 de março 15h00: Visita ao Centro Etnográfico do Grupo Folclórico de St.ª Eulália Ladeira da Devesinha, 118-St.ª Eulália 4620-541-GPS: 41.212143N/8.180537W 23 de março 15h00: Visita às Termas de Vizela Rua das Termas, nº37 4815-416 GPS: 41.224310N/8.185370W inscrições até dia 20 de março: turismo@cm-vizela.pt tel.: 253 489 640

Bolinhol Ingredientes: 24 gemas + 3 claras, 400g açúcar, 300g farinha de trigo e 200g açúcar para a cobertura Bater as gemas e as claras com o açúcar até obter um preparado espesso e quase branco. Juntar a farinha que foi peneirada várias vezes. Deve apenas misturar sem bater. Forrar formas retangulares ou quadradas com cartolina. Distribuir a massa pelas formas e levar a cozer em forno pré-aquecido a 220º. A meio da cozedura reduzir o calor acabando de cozer o pão-de-ló. Quando sair do forno tirar o papel e deixar arrefecer. Com os 200g de açúcar fazer uma calda forte e trabalhar o pão-de-ló molhando uma colher de pau na calda, fazendo

Adega Avelino Rua Pereira Caldas, nº. 34 - S. Miguel 253584324 Adega Regional Zé Manel R. de Pousada , nº. 223 - Bouça de Ramilo - Sta. Eulália 253488472

89

VIZELA 21, 22, 23 MAR.

Eusébio Rua Portos Júnior, n.º 388 - Infias 253565428 Marisqueira Peixoto Rua Regedor Miguel Costa, n.º 91 - Santo Adrião 253582686 Nacional Rua Dr. Abílio Torres, n.º 1232 - S. João 253481228 O Pinto Rua Dr. Pereira Caldas n.º 275 - S. Miguel 964439993 Rainha Rua Dr. Pereira Caldas - S. Miguel 253482101

Bom de Brasa Rua Nacional 106, n.º 437 - Infias 253567274

Termas Rua Dr. Abílio Torres, n.º 1236 - S. João 253481275

Braseiro Avenida Abade Tagilde, n.º 197 - S. Miguel 253482566

Zeca Pinto Rua Elisa Torres Soares, n.º 540 - S. João 253481332

fds gastronómicos ‘14


ALFANDEGA DA FÉ 28, 29, 30 MAR.

Em plena Terra Quente Transmontana, Alfândega da Fé é um território de produtos agroalimentares de excelência. Produtos que à tipicidade juntam a tradição, alicerçada em modos de produção singulares. Facto que torna inquestionável a qualidade, mas também a personalidade do Azeite, do Queijo, do Fumeiro, da Amêndoa e da Cereja de Alfândega da Fé. E que dizer quando todos estes elementos se conjugam num verdadeiro festim capaz de despertar o mais exigente dos palatos? É assim à mesa em Alfândega da Fé. A gastronomia faz-se do saber e do sabor dos produtos locais. Quem por aqui 90

fds gastronómicos ‘14

passar não vai ficar indiferente às Repolgas – variedade de cogumelos que crescem em troncos de árvores – com Presunto, ao Bife com Queijo e Doce das afamadas cerejas Alfandeguenses ou ao Sorvete de Amêndoa com Café. A tradição reinventa-se e surpreende em Alfândega da Fé, na certeza de que, tal como um dia escreveu Torga, basta chegar para ouvir um “Entre quem é”. Nós já estamos à sua espera!

Tarte de Borrego com Legumes assados

Cantinho de S. Francisco Vale do Boi 279463019

Farófias com caldudo de castanhas aromatizado com tomilho limão

Arreguiça (Soeiro) Av. Dr. Francisco de Sá Carneiro 914771968 Garfo 2 Av. Eng. Camilo Lemos de Mendonça 279462147 Hotel&SPA Alfândega Alto da Serra de Bornes 279200260 S. Sebastião Largo S. Sebastião nº 83 279462118

91

fds gastronómicos ‘14


MONDIM DE BASTO 28, 29, 30 MAR.

É na riqueza do nosso património natural que a gastronomia de Mondim de Basto vai buscar os seus principais valores. Nos lameiros verdejantes das freguesias de montanha, “nasce” a carne bovina maronesa, produto com características sensoriais e nutritivas de elevada qualidade. Das meias encostas do vale do Tâmega vem os vinhos verdes de Mondim, brancos e tintos, qual “bênção divina”!

92

fds gastronómicos ‘14

Posta maronesa A Posta Maronesa é temperada só com sal grosso e grelhada na brasa. Feita na hora, vai para a mesa com aspecto rosado, suculento e apetitoso. Serve-se com batatinhas a murro e grelos salteados em azeite e alho e acompanha muito bem com os Vinhos Verdes de Mondim, brancos ou tintos. O molho, feito através da mistura de azeite cru, alho picado, louro e piripiri, é uma opção.

Pão-de-ló húmido O Pão-de-ló húmido é confeccionado só com gemas de ovos, açúcar e farinha. Vai a cozer em tigelinhas forradas com papel almaço e retira-se do forno antes da massa estar completamente cozida. Animação Festival de Teatro Miguel Torga Visitas guiadas ao Núcleo Histórico e ao Museu Municipal\ Inscrições no Posto de Turismo ou pelo email: turismo@cm-mondimdebasto.pt. As visitas estarão condicionadas ao número de inscrições. Festival Harmos Classical

93

fds gastronómicos ‘14

7 Condes - Adega Regional Rua Velha 255382342 Casa da Caínha - Adega Regional Rua Velha 966769265 Casa do Lago Barrio- Piscinas Municipais 255381065 Dylan Quinta da Igreja 255381041 Tâmega Monte da Paradela 255389040


O Município de Resende realiza de 28 a 30 de março de 2014, o fim de semana gastronómico. Propomos o anho assado, tradicionalmente preparado e confecionado em forno a lenha, acompanhado com arroz e batata assada e para sobremesa as já afamadas Cavacas de Resende. Iguarias da nossa região que farão com toda a certeza a delícia de quem nos visita. Na tentativa de aliar artes e sabores e preferência por produtos da nossa região, procuramos uma posição de destaque no panorama gastronómico.

Anho assado Ingredientes: 4Kg de anho, sal, 5 dentes de alho, 3 folhas de louro, ramo de salsa, 3 colheres de banha, azeite, vinho tinto Lava-se o anho com vinho e esfrega-se com sal. Junta-se banha, salsa picada, alho e louro e esmaga-se no almofariz. Fazem-se uns golpes no anho e esfrega-se com a mistura, colocando-se numa assadeira onde permanece de um dia para o outro. No dia seguinte leva-se a assar no forno.

O período de abertura é o seguinte: 28 de março das 9h00 às 13hoo e das 14h00 às 18h00. Dia 29 de março das 10h00 às 12h00 e das 14H00 às 18h00. No dia 30 de março das 10h00 às 13h00. No dia 30 de março será apresentado o cartaz de animação musical já habitual na Festa das Cavacas, a realizar no Celeiro de Caldas de Aregos.

Cavacas de Resende Ingredientes: 15 ovos (dos quais 8 inteiros e 7 só gemas), 750 g de açúcar, 280 g de farinha Coloque os 8 ovos inteiros e as 7 gemas num alguidar e acrescente o açúcar batendo muito bem. De seguida vá juntando a farinha aos poucos mexendo sempre até envolver bem a massa. Polvilhe o tabuleiro com a farinha e coloque a massa levando ao forno. Prepare a calda de açúcar (ponto de mel). Depois de pronta a massa retire do forno e corte em fatias. Molhe as fatias num pouco da calda. Cubra depois cada fatia com calda em ponto de pérola.

Bengalas Rua Dr. Correia Pinto 254877427 Delícia do Douro Rua José Pereira Monteiro 254878321 Douro à Vista Lugar de Quintela 254877900 Douro Park Hotel Caldas de Aregos – Miomães 254870700 Gentleman Rua Egas Moniz 254871113 Restaurante das Caldas Caldas de Aregos – Anreade 254875173

Animação Entrada gratuita no Museu Municipal durante os dias 28, 29 e 30 de março. 94

fds gastronómicos ‘14

95

fds gastronómicos ‘14

RESENDE 28, 29, 30 MAR.


O concelho de Vila Verde está localizado no distrito de Braga, coração do Minho, região delimitada pela Galiza, montanhas da Serra do Gêres e Costa Maritima. No que toca à gastronomia, este território impera pela oferta de um cardápio gastronómico de excelência, rico e diversificado, constituindo-se como uma verdadeira montra do potencial turistico do concelho. Reconhecido como a “capital do Pica no Chão”, Vila Verde é palco de mais um Fim de Semana Gastronómico a ter lugar de 28 a 30 de Março, com a participação dos mais prestigiados restaurantes do concelho. O frango pica no chão confecionado 96

fds gastronómicos ‘14

de variadas formas, ilustra a riqueza e a intensidade da região, tendo no arroz de cabidela a sua expressão mais emblemática. Como acompanhamento, a sugestão passa pelos vinhos verdes tipicos, de aroma acre e delicado. Uma harmonia perfeita! Para sobremesa recomenda-se o “Pudim Abade Priscos”, o ex libris da pastelaria local, cuja receita o famoso religioso, nato no concelho, deixou em testamento. Mais informações: www.cm-vilaverde.pt

Pica-no-chão Promoção do Pica no chão confecionado de variadas formas: no forno, de fricassé, estufado, na púcara., tendo no arroz de cabidela a sua maior expressão.

Horário: domingo aberto das 10h00 às 12h00, restantes dias através de marcação: tel.: 918 022 390 / 960 290 850 jloupinto@gmail.com

Pudim Abade de Priscos Ingredientes: 650 gr. de açúcar, 50gr. de toucinho gordo; 1 cálice de vinho do porto; 1 casca de limão; 1 pau de canela; 1/2 litro de água; 24 gemas Misture 500 gr. de açúcar e água, na qual introduziu o toucinho, a casca de limão e a canela. Leve ao forno e quando estiver no ponto, passe a calda por um passador de rede, vazando-a numa tigela, na qual já se deitaram as gemas e o vinho do porto, misturando ligeiramente. Com o restante açúcar faça uma calda em ponto de caramelo. Unte a forma com esta calda e leve ao forno para cozinhar em banho-maria.

A Toca do Lobo L. da Igreja – Aboim da Nóbrega 253341326

Animação Programa de animação tradicional e popular a decorrer nos restaurantes aderentes. Museu do Linho em Marrancos - Vila Verde (41º39’58’’N 8º31’11’’W) Horário: sábado 9h00 às12h00 e das 14h00 às 19h00; domingo: 9h00 às 12h00 (marcação tel.: 253 381 218 / 919 625 131); Museu de Arte Sacra Pico de Regalados/Vila Verde,

Visconde R. 25 de Abril, nº53

Alivio Av. N. Sra do Alivio - Soutelo 253322106 Manjar do Mar P. Dr. Francisco Gonçalves,18 – Prado 253924800 Martinho L. da Gandra – Soutelo 253322770 Torres L. da Bouça, nº280 - Ponte 253361619 Vila Luena Pr. da República,nº67 253311432

253311776

97

fds gastronómicos ‘14

VILA VERDE 28, 29, 30 MAR.


abril

Abril frio e molhado, enche o celeiro e farta o gado. provérbio popular

98

fds gastronómicos ‘14

99

fds gastronómicos ‘14


Ponte da Barca é um concelho que preserva orgulhosamente o seu património no que toca à gastronomia. Neste território podemos encontrar o mais tradicional sabor, fruto da utilização dos mais variados e ricos produtos da região para a confeção das mais diversas especialidades. Merecem destaque o Cabrito da Serra Amarela, as Papas de Sarrabulho, o Arroz de Sarrabulho, a Posta Barrosã, o Sável e a Lampreia; nos doces podemos destacar o Leite-creme, as Rabanadas de Mel que com facilidade se podem encontrar nas ementas dos restaurantes.

100

fds gastronómicos ‘14

Destacamos também na doçaria as Queijadas de Laranja e os Magalhães concebidos em homenagem ao navegador com raízes barquenses.

Posta barrosã Posta da rabada de vitela Barrosã, com uma espessura de 3 a 4 centímetros, é temperada apenas com sal na altura de grelhar Grelha-se na brasa com carvão forte até ganhar cor, após grelhada é passada por um molho constituído por azeite, vinho branco, vinagre, alho, pimenta e alecrim. É servida mal passada acompanhada com batata “a murro” e arroz de feijão malandro. Para o arroz , faz-se o refogado com cebola picada, azeite, salsa, louro e alecrim. À parte deverá ser cozido o feijão em lume brando, depois de cozido acrescentar-se-á ao refogado, juntando-lhe a água da cozedura. Deite o arroz e as hortaliças (bróculos, repolho ou couve galega), deixe cozer durante 15 min.

e canela. Para acompanhar as rabanadas, também se pode fazer uma calda: 1/4 de litro de água, ¼ de litro de vinho do Porto, 4 colheres de mel, 4 colheres de açucar amarelo, 2 paus de canela e 6 flores de laranja frescas.

PONTE DA BARCA 4, 5, 6 ABR.

Animação Animação musical, elaboração de pacotes de animação turística com diversas atividades. Para mais informações consultar programa específico.

Adega do Lavrador Av. Fernão de Magalhães 258455546 Barquense (Churrasqueira) Rua Francisco Sá Carneiro 258454104 Emigrante Rua António José Pereira 258452248

Rabanadas de mel Cortam-se fatias de pão de trigo que se deixou endurecer, com dois centímetros de espessura. Numa panela põe-se a ferver 1 litro de leite, 1 litro de água, 2 paus de canela, casca de um limão, 3 colheres de mel, 3 colheres de açucar, 1 noz de manteiga fresca. Em travessa funda, põe-se o pão a demolhar e passa-se por ovos batidos. Frita-se em azeite fino. Tiradas as rabanadas bem loiras, ficam algum tempo a escorrer e servem-se polvilhadas com açucar

Kibom Rua Dr. Joaquim Moreira de Barros 258452175 Lobo Tamente – Entre Ambos-os-Rios 258587081 Nappoli Av. Fernão de Magalhães 258455047 O Churrasco Av. Fernão de Magalhães 258452513

101

fds gastronómicos ‘14

O Moinho Campo do Côrro 258452035 S. Martinho Saném – S. Martinho de Crasto 258098110 Santana Lugar de Igreja – Grovelas 258454576


Cambitos de raia com arroz de hortaliça Ingredientes: 1 raia tamanho médio; 150gr. arroz; 500 gr. grelos ou penca; azeite; sal; limões; azeitonas Corta-se a raia em tiras médias e tempera-se com sal e limão, deixando repousar um pouco. Para o arroz aloura-se a cebola picada em azeite, junta-se água e sal e deixa-se ferver. Introduzem-se os grelos ou a penca e o arroz e deixase cozer. Entretanto, fritam-se as tiras de raia depois de passadas por farinha e ovo. Coloca-se a raia numa travessa decorada com limão e azeitonas. O arroz serve-se numa caçarola. Na herança cultural da Póvoa de Varzim, a Gastronomia reflete por excelência a combinação da pesca e da agricultura, donde se destacam os produtos dos «campos de masseira». Nos restaurantes da cidade, pode saborear pratos de referência local, como a «Pescada à Poveira» e outros que conjugam de forma harmoniosa os melhores sabores da terra e do mar, como é o caso dos «Cambitos de Raia com Arroz de Hortaliça». À sobremesa, a tentação recai sobre a «Rabanada à Poveira». Visite-nos!

102

fds gastronómicos ‘14

Animação Entrada gratuita - Museu Municipal de Etnografia e História da Póvoa de Varzim

31 Rua 31 de Janeiro, 161 252614116 Casa Cecília Largo António Nobre, 113 252653512 Costa Rua Dr. Armindo Graça, 193 252684139 Estrela do Mar Rua Dr. Caetano de Oliveira, 144 252684975 Ibérica Rua Gomes Amorim, 103 252683240

Rabanada à Poveira Ingredientes: pão «trigo» (molete ou bijou) – de preferência seco e de boa qualidade, com massa bem fermentada; leite em quantidade suficiente para que os pães fiquem a «nadar»; ovos, em média 1 ovo por pão; açúcar; canela em pó e pau de canela; sal, 1 pitada; casca de limão Aparar e cortar o pão ao meio. Aquecer o leite com sal, pau de canela, casca de limão, canela em pó e açúcar a gosto. Adicionar metade dos ovos batidos ao leite já frio. Demolhar os pães no leite e depois no ovo. Fritar em óleo abundante. Retirar e polvilhar com açúcar misturado com canela.

Manjar dos Leitões Rua 5, Aldeam. Santana, Edf. Santana 1, 51 252619966

O Tacho Rua José Malgueira 252683393 Os 3 Rapazes Rua Toca do Silva, 67 - Rates 252951456

Marcelino Rua Imaculada Conceição, 49 Aguçadoura 252601534

Recife Rua Paulo Barreto, 9 252622226

Natália Rua Santos Minho, 48 R/Ch 916333551

Santo André Rua Santo André de Baixo, 867 Aguçadoura 252637479

O Campino Rua Paulo Barreto, 16 252624798 O Pátio Rua Dr. Artur Aires, Edf. Rio 252684325

103

PÓVOA DE VARZIM 4, 5, 6 ABR.

fds gastronómicos ‘14


Rojões à moda de Cambra 1 Kg de carne de porco com alguma gordura, 2 cabeças de dentes de alho, sal q.b., 1 malagueta, 1 copo de vinho branco, 2 colheres de banha de porco e sal e pimenta q.b. Corte a carne em pedaços não muito pequenos. Derreta a banha num tacho e junte a carne. Tape e mexa de vez e quando. Junte o sal e pimenta. Adicione os dentes de alho cortados ao meio. Deixe apurar uns 15 minutos. Junte o vinho branco e tape. Cozinhe durante mais 40 minutos, até o molho ficar bem reduzido e os rojões ganharem uma cor bem dourada.

Oriundo de receitas antigas e ancestrais perpetuadas ao longo de gerações, o Património Gastronómico de Vale de Cambra é histórico e muito rico. Os Restaurantes servem iguarias como rojões, vitela assada ou cozido à portuguesa. É obrigatório provar os enchidos, o presunto ou o queijo com bom vinho verde das castas locais. O Leite Creme, a Sopa Seca ou a Aletria são as sobremesas de destaque.

6 de abril Mini-Maratona e Feira de Velharias no centro da Cidade.

Adega 21 Rua de Santo António, nº 35 256464832 Adega Castelões Av. Camilo Tavares de Matos, 234 256462717 Adega Soares Avenida de Santo António, nº 75 256463225 Andreina Rua do Jogo, 680 Agros 256403380 Britannia Rua de Santo António, nº 222 256422841

Leite creme 5dl leite, 1 casca de limão, 4 a 6 gemas,120grs de açucar, 1 colher (sopa) de farinha de trigo, açucar para queimar. Ferva o leite com a casca de limão. À parte bata bem as gemas com o açúcar e a farinha, junte ao leite quente e leve ao lume, mexendo sempre. Quando engrossar, deite o leite-creme numa taça ou em pratinhos, para arrefecer. Na altura de servir polvilhe com açúcar e queime com um ferro em brasa.

Junqueira Av. Infante D. Henrique, 235 cave 256465251 Mira Freita Felgueira - Arões 256402788 Nucho Rua do Mercado,256 256484013 O Cantinho da Europa Várzea - S. P. Castelões 256472939

Animação 4 de abril Concerto no Salão Nobre dos Paços do Concelho; 5 de abril (Manhã) Dinamização de percurso pedestre; (Noite) Concerto; 104

fds gastronómicos ‘14

VALE DE CAMBRA 4, 5, 6 ABR.

O Telheiro Av. António Alberto Almeida Pinheiro 256408056 O Valente Rua das Regadinhas, nº 60 256465945

105

fds gastronómicos ‘14

Parlamento Av. Camilo Tavares de Matos, 329 256387770 Portas da Freita Felgueira - Arões 256418142 Porto Nnovo Porto Novo - Macieira de Cambra 256472343 QB Rua da Fábrica, 25 Edifício Rotunda 914878632 Romãozinho Rua de Santiago,1/64 256385497 Solar das Laranjeiras Salgueirinhos - Macieira de Cambra 256423977


Bacalhau à moda de Braga Ingredientes: postas de bacalhau do lombo demolhado, 3 cebolas grandes, azeite, colorau, pimenta, sal, folha de louro, vinagre, 1 kg de batatas (fritas às rodelas). Frite muito bem as postas de bacalhau em azeite. Faça uma cebolada no azeite em que fritou o bacalhau e deite uma folha de louro, o colorau, a pimenta, o sal e uma gotas de vinagre. Coloque as postas do bacalhau numa travessa e coloque por cima a cebola. Acompanhe com batatas fritas às rodelas.

A Gastronomia em Braga é um ato social e cultural na memória e no imaginário, de todos os que nos procuram pela diferença, para sentir e saborear as tradições. Nos restaurantes de Braga encontra a garantia das nossas receitas nos pratos coloridos, suculentos, diversificados e sempre saborosos. Coincidindo com a Semana Santa, o nosso fim de semana gastronómico de 11,12 e 13 de abril.

106

fds gastronómicos ‘14

Animação Durante este fim de semana e mediante comprovativo do restaurante visite os nossos museus e espaços musealizados com 50% de desconto. 11 abril 21h30 – Concerto na Igreja de São Marcos 12 abril 21h30 – Procissão em que se faz a transladação da imagem do Sr. dos Passos, da igreja de Santa Cruz para a Igreja do Seminário. 22h00 – Via Sacra percorrendo os Calvários, em que estão representados os oito “passos” de Cristo no seu caminho para o Calvário. 13 abril Domingo de Ramos 11h00 – Igreja do Seminário Bênção dos Ramos e Procissão até à Catedral. 11h30 – Missa do Domingo de Ramos. 17h00 – Procissão dos Passos.

Pudim Abade de Priscos Ingredientes: 400 g de açúcar, 50 g de toucinho fresco, 15 gemas, 5 dl de água, 1 cálice de Vinho do Porto, 1 casca de limão, 1 pau de canela, caramelo (200 g de açúcar) Leva-se o açúcar ao lume com a água, a casca de limão, o pau de canela e o toucinho cortado em tirinhas fininhas. Deixa-se ferver até fazer ponto de fio (103ºC). Retira-se a calda do lume, deixa-se arrefecer e juntam-se as gemas misturadas com o vinho do Porto. Deita-se a massa numa forma de pudim com tampa, previamente barrada com caramelo. Leva-se a cozer em forno bem quente (250ºC), em banho-maria, durante cerca de 1 hora. Desenforma-se quase frio.

Mais informações: www.semanasantabraga.com ou https://www.facebook.com/pages/ Semana-Santa-deBraga/112881175455744

107

fds gastronómicos ‘14

BRAGA 11, 12, 13 ABR.

Adega Malhoa Rua Dom Paio Mendes, 19 - Sé 964005971 O Gato do Rio Travessa de Linhares, nº4 Este S. Pedro 253677078 S.Frutuoso Rua Costa Gomes, 168 - Real 253623372


Acompanham o cabrito batatas assadas, o arroz de forno, e os grelos.

Felgueiras, um destino mais positivo! Em Felgueiras terá a oportunidade de saborear a tradição, e o paladar de produtos genuinos e de singular qualidade da cozinha autêntica de Felgueiras. Não resista à tentação, e reserve a sua mesa num dos restaurantes que lhe sugerimos, aproveitando para se divertir e para degustar doçaria e vinhos no Festival de Pão-de-ló que se realiza no mesmo fim-desemana no Mosteiro de Pombeiro, um tesouro da Rota do Românico que não pode deixar de visitar. Para que possa usufruir de toda a experiência, que lhe irá despertar os sentidos, reserve o seu quarto no conforto do alojamento de uma 108

fds gastronómicos ‘14

terra acolhedora, a preços promocionais. Sejam bem-vindos e felizes em Felgueiras! Cabrito assado no forno É um prato de eleição na oferta gastronómica de Felgueiras – pela genuinidade e criatividade na confeção. Ingredientes (4 PAX): 700 g de cabrito; 2 folhas de louro; 4 cebolas; azeite q.b.; sal q.b.; malagueta q.b; 30 cl de vinho branco de Felgueiras; 1 garrafa de cerveja; 5 cl de vinho do porto ; alho q.b. Deixar a marinar no dia anterior. O cabrito vai ao forno (1 h), de preferência a lenha, numa assadeira de barro.

3 Jorges Rua da Devesa, Airães 255488000

Pão-de-ló de Margaride É um doce delicioso com cerca de 300 anos de tradição, e que foi servido à mesa da Família Real Portuguesa desde o século XIX. A sua receita mantém-se inalterada até aos dias de hoje. Ingredientes para 1 KG: 25 gemas de ovos; 300 g de açúcar; 260 g de farinha Bater as gemas e o açúcar durante 40 m. Depois juntar a farinha, e mexer durante 2 m. Colocar a massa numa forma de barro, não vidrado, forrada em papel adequado, e meter ao forno a 280 graus. Aguardar 50 m , e estará pronto a ser apreciado! Animação Festival do pão-de-ló 5.ª mostra anual de doces tradicionais 12/13 abril 2014 Mosteiro de Pombeiro Tendo sido um sucesso logo na 1.ª edição, na 4.ª edição em 2013 registou mais de 20 mil visitantes. O programa é rico e diversificado: degustações de doçaria, vinhos, e licores; musica; ateliers de Pão-deló; visitas guiadas ao Mosteiro de Pombeiro, entre outras “experiências” que lhe dedicamos! Informação disponível em: http://www.festivaldopaodelo.com

Adega Sousa Cimo de Vila, Rande, Felgueiras 255341286 Adega Tascareca* Lugar da Lage, Rande, Felgueiras 912314932 Brasão Cimo de Vila, Refontoura, Felgueiras 255336118

Quinta da Laranjeira* Rua do Cidral, n.º 1161, Borba de Godim, Lixa 255483638

Caffé Caffé Cimo de Vila, Refontoura, Felgueiras 255921455

Quinta da Rapadiça* Rua da Castanheira, Revinhade 910588814

Cantinho Rústico Rua Nicolau Coelho, Sendim 2882 255346560

S. José Av. General Sarmento Pimentel, 420, Margaride 255923394

Cimo de Vila Av. da Liberdade, 308, Sernande 255336285 Espíuca * Espiuca, Vila Cova de Lixa 918563176 Feijoeira Sorte, Pedreira 255921150 HEDE* Praceta Aniceto Pinto Ferreira, n.º 20, Margaride 255346193 Hotel Albano * Rua 25 de Abril, Margaride, Felgueiras 255318840 Monte Belo* Rua de Guilhomil, n.º 102, Lagares 255314148

109

FELGUEIRAS 11, 12, 13 ABR.

fds gastronómicos ‘14

S. Pedro Rua Tenente Coronel Emídio Peixoto, Margaride 255923346 St.ª Quitéria Alameda de St.ª Quitéria, Margaride 255313712 Tasca da Isaura Rua de Basto, Torrados 255312137 Veleiro Rua da Indústria do calçado, n.º 620, Campas, Lagares 255313919 Zona Verde Rua D. Afonso Henriques, Margaride 255924125 *Somente por encomenda.


Ensopado de Eirós Corte as eirós em bocados regulares e tempere com sal. Aloure bem as cebolas em óleo e duas colheres de sopa de margarina, juntando depois tomate, dente de alho esmagado, louro, um ramo de salsa, colorau, sal e pimenta. Deixe refogar e introduza as eirós, envolvendo-as bem em vinho branco sobre lume brando. Dez minutos depois de começar a ferver, adicione os pimentos em tiras. Deixe o ensopado apurar e sirva numa terrina sobre as fatias de pão torrado, colocando em cima hortelã picada. Outrora, as Terras de Santa Maria encontravam-se abastadas de eirós, ou enguias, uma espécie comum nos rios do concelho, do Uíma ao Inha, que desagua no Douro. Na época do ano em que abundam na região, entre o Douro e Vouga, convidamo-lo a ter o privilégio de saborear, um menu especialmente confecionado para a Semana Santa de Santa Maria da Feira: Ensopado de Eirós e Tigelada de Fogaça com Mirtilos.

110

fds gastronómicos ‘14

Animação As ruas e praças de Santa Maria da Feira voltam a encher-se para celebrar a Semana Santa, através do envolvimento da sociedade civil e eclesiástica local na rigorosa recriação dos últimos dias da vida de Jesus Cristo. Visite Santa Maria da Feira, desfrute da gastronomia da região, e viva o património, as tradições e os seus eventos!

Adega Monhé Rua Dr. Elísio de Castro,nº55 256375412 Tábua Rasa (Sabores, Sons & Risos) Rua Elisio Castro, 68 256303347

Tigelada de fogaça com mirtilos Aqueça o forno com as duas caçoilas de barro. Dentro de uma tigela, bata os ovos com o açúcar, juntando-lhes a farinha e gradualmente acrescente o leite, misturando muito bem com a fogaça e os mirtilos. Deite o preparado dentro das caçoilas sem as tirar do forno. Cozinhe durante cerca de 30 minutos ou até o doce ficar firme e tostado. Este é um ensaio a partir do doce típico de Santa Maria da Feira e símbolo votivo da secular Festa das Fogaceiras – a Fogaça.

Praceta Rua das Fogaceiras, 15 256305245 Orfeu & Wine Bar Rua António Castro Corte Real 256283002 Massa9va Rua Serralheiros 256313060 Cantinho Nobre Rua Dr. Eduardo Vaz, 85 A/B 256375420 Renascer Rua Dr. Henrique Veiga de Macedo, Lote 5 256374301

111

fds gastronómicos ‘14

SANTA MARIA DA FEIRA 11, 12, 13 ABR.


Mas é na doçaria, rica e de longa tradição, que Santo Tirso mais se destaca: os famosos pastéis jesuítas e limonetes e as bolachas do Mosteiro de Santa Escolástica. E para terminar um licor do Mosteiro de Singeverga, preparado por destilação direta de plantas aromáticas de reconhecidas propriedades balsâmicas e terapêuticas. Santo Tirso ConVida!

Em Santo Tirso a gastronomia é característica do Minho e Douro Litoral, região onde se integra. Sendo uma das potencialidades mais representativas do concelho, atrai não só os seus apreciadores, como também aqueles que associam a boa mesa ao conhecimento do património cultural e natural. São inúmeros os restaurantes que bem confecionam as iguarias tradicionais, como o cozido à portuguesa, com vários tipos de carnes e enchidos, o cabrito e vitela assada no forno, os saborosos rojões, a feijoada, o arroz “pica no chão” e os mais variados pratos de bacalhau. De referir o famoso vinho verde da região para acompanhar. 112

fds gastronómicos ‘14

Bacalhau assado no forno Ingredientes (para 4 pessoas): 4 postas de bacalhau já demolhadas; 1,5 kg de batatinhas; Sal, pimenta e colorau q.b.; 3 dl. de azeite; 3 dentes de alho; 2 cebolas; 1 folha de louro; Salsa Lave as batatinhas com pele e leve-as a cozer ligeiramente em água temperada com sal. Depois escorra-as e, com cuidado, retirelhes a pele. Num tabuleiro, deite 1 dl de azeite, os dentes de alho e as cebolas, cortadas às rodelas, e, por cima, coloque as postas de bacalhau, salpicando tudo com sal, pimenta e colorau. Disponha as batatas peladas em volta do bacalhau e regue com o restante azeite. Leve ao forno a 190º, cerca de 40 minutos, regando algumas vezes com o próprio molho durante a assadura. Sirva polvilhado com salsa picada e acompanhe com grelos salteados ou outro legume.

Jesuítas e licor de Singeverga Ingredientes: Para a massa: 300 g de farinha; 250 g de manteiga; 1 a 1,5 dl de água; sal Para o recheio: 2 gemas; 3 colheres de sopa de açúcar Para a cobertura: 2 claras; 6 colheres de sopa de açúcar Prepara-se a massa folhada com os ingredientes indicados e estende-se em tiras com cerca de 4 mm de espessura. Batem-se muito bem as gemas com o açúcar. Barram-se as tiras de massa com este preparado e dobram-se. Com uma faca muito afiada cortam-se as tiras em triângulos. Batem-se as claras em espuma e nesta altura começa a juntar-se o açúcar, continuando sempre a bater-se até se obter um merengue pouco espesso. Barra-se a parte superior dos jesuítas com este merengue e levam-se a cozer em forno quente, mas sem exagero. *Diz-se que o sabor dos jesuítas, se a água for calcária, não será o característico dos jesuítas de Santo Tirso. (MODESTO, Maria de Lourdes In “Cozinha Tradicional Portuguesa”, Verbo, pág. 41) Animação Sabores e Saberes Tirsenses Mostra de Produtos Locais 12 e 13 de Abril 2014 Praça 25 de Abril Objetivo: Dar a conhecer os

produtos locais, com vista a projetar as potencialidades turísticas do concelho.

O Escondidinho (Adega Regional) Rua das Escolas, nº 180 - S. Mamede de Negrelos 252841355 Assunção R. Padre M. Miranda, 170 – M.Srª da Assunção - Monte Córdova 252898262 Belo Horizonte Rua 25 de Abril, nº 109 - Agrela 229681164 Campinhos Av. S. Rosendo, nº 22 - Santo Tirso 252049555 Cozinha do Ave Rua Dr. Alexandre Lima Carneiro, nº 131 - Areias 252862588 Dona Unisco – Hotel Cidnay Rua Dr. João Gonçalves - Santo Tirso 252859300 Excelência de Sabores Rua dos Carvalhais, nº 60/64 - Santo Tirso 252851412 Mira Parque Rua Francisco Moreira, nº 8 - Santo Tirso 309899869 Mira Rio Rua João Paulo II, nº 400 - Rebordões 252853492 Olímpico Rua Sousa Trêpa, nº 63 - Santo Tirso 252891617

113

SANTO TIRSO 11, 12, 13 ABR.

fds gastronómicos ‘14

Os Irmãos Rua Alferes de Gião, bloco 2 , loja 4 - Santo Tirso 252858945 Ponto Final Tv. Veiga do Leça, nº 26 - Lamelas 252891095 RBrandão (B. V. Tirsenses - Amarelos) Av. Sousa Cruz - Santo Tirso 913919363 S. Rosendo Praça 25 de Abril, nº 6 - Santo Tirso 252853054 Santo António Largo dos Antigos Combatentes, nº 85 - Lamelas 229687516 Tirsense Praça Conde S. Bento, nº 25 - Santo Tirso 252852889 Zona Verde Av. Dr. Délio Santarém, nº 122 - Monte Córdova 252898104


VIANA DO CASTELO 11, 12, 13 ABR.

A gastronomia e o património monumental e ambiental fazem de Viana do Castelo um destino turístico que oferece a quem a visita vastos motivos de encanto e brinda o paladar com requintados e substanciados prazeres. Viana do Castelo está, desde sempre, ligada ao fiel amigo, o bacalhau. Daqui partiam para a Terra Nova e Gronelândia, os bacalhoeiros carregados de fé e com esperança numa boa faina. Por lá ficavam seis meses, após o que regressavam às suas terras. E o bacalhau assentou arraiais, gastronomicamente, neste concelho, fazendo dele o centro de todas as atenções dos gastrónomos fiéis a uma boa bacalhoada. 114

fds gastronómicos ‘14

Bacalhau à Viana Ingredientes: 220 g de bacalhau em posta, 30 g cebola, 2 dentes de alho, Pimentão-doce / colorau q.b, 150 g de batata, 100 g couve portuguesa, 1 fatia de broa, 1/2 l de azeite. Confeção: Confitar o bacalhau com a cebola em meia-lua e alho picado e pimentão-doce (cozer em baixa temperatura no azeite). Cozer a batata com pele e alourar no mesmo azeite (às rodelas grossas). Cortar uma fatia de broa e fritar em azeite. Saltear a couve cozida em azeite e alho. Dispor no prato ou travessa com disposição adequada. Decorar com azeitona (pasta de azeitona) e salsa.

Meias luas – doce conventual vianense Massa: 300 g de farinha aprox.; 75 g de manteiga aprox.; 2 dl de leite; sal e manteiga para fritar. Peneira-se a farinha em monte, fazendo uma cova no centro e deita-se a manteiga. Liga-se tudo e deita-se a água necessária para ficar bem trabalhada. Faz-se um rolo e corta-se em fatias. Com a ajuda do rolo, estende-se a massa e corta-se com a carretilha, fazendo as Meias-luas. Depois de prontas, fritam-se em manteiga. Quando frias polvilham-se com açúcar pilé. Recheio: 300 g de açúcar aprox.; 75 g de amêndoa aprox.; 50 g de farinha de pau (mandioca) aprox. e 6 a 7 gemas de ovo. 115

fds gastronómicos ‘14

Põe-se ao lume o açúcar com um pouco de água até atingir o ponto pérola. Junta-se a amêndoa pelada e deixa-se ferver um pouco. Adiciona-se a farinha de pau, mexendo sempre e quando estiver cozida retira-se e deixa-se arrefecer. De seguida, juntam-se as gemas e vai novamente ao lume até ferver. Tem de estar frio para fazer as Meias Luas. in “A Boa Mesa do Alto Minho” edição RTAM

Animação Dia 12 Feirão da Patanisca Praça da República (10h/13h00). Poderá saborear, como aperitivo ao “Bacalhau à Viana”, as tradicionais


116

especialidades vianenses, à base do “fiel amigo”: pataniscas, bolinhos de bacalhau, bacalhau frito, sonhos e, também, os tradicionais enchidos de tempero caseiro e os docinhos à moda de Viana. Atuação de Grupos Folclóricos do concelho. Dia 13 Domingo, a partir das 10h30, animação contínua pelo centro histórico, com Bandas de Gaitas e Grupos de Bombos e Zés Pereiras. Visite o Museu do Traje, o Museu de Artes Decorativas, os Núcleos Museológicos de Arqueologia da Casa dos Nichos e da Igreja das Almas, com entrada gratuita e ainda o Navio-Hospital Gil Eannes.

Átrio Rua da Gramática, nº 77 258823944

A Matriz Rua do Tourinho, nº 5 258826069

Compostela Estrada Nacional 13, Km 79 – Afife 258981465

Adega do Padrinho Rua Gago Coutinho, 162 258826954

Coral Praça Timor - P. Empresarial Praia Norte 258847176

Alcazar Avenida de S. Romão, nº 7 – Neiva 258871125

Covas Rua Prior do Crato, nº 41 258828376

Artes Café Avª da Povoença, nº 451 258813177

D. Augusto Travessa dos Antúrios, nº 60/70 – Darque 258322491

As Quatro Colunas Rua João Paulo II R.Ch.d.f. lote 4 258408215

Espigueiro Lugar de Santoinho - Darque 258322156

Astúrias Largo 5 de outubro, nº 21 258823814

Gago Coutinho Rua Gago Coutinho, 146 258104188

fds gastronómicos ‘14

Bandeira Rua da Bandeira, nº 13 – 15 258822794 Beira Rio Praia da Argaçosa - Azenhas D. Prior, Meadela 258842550 Camelo Rua de Santa Marta, nº 119 258839090 Casa da Avó Rua Linha Vale do Lima, nº 189 – Serreleis 258838168 Cogumelo Rua de Viana, nº 112-114 258405986

Ponte Neiva Av. S. Romão, 10 – S. Romão do Neiva 258871466

Manus Avenida do Atlântico, nº 216, R/c Esq. - Amorosa 964033794

VIANA DO CASTELO 11, 12, 13 ABR.

Portas da Ribeira Rua Monsenhor Daniel Machado, nº 211 A 258836413

Margarida da Praça Largo 5 de Outubro, 58 258809630

Postilhão Avª 1º de Maio 258331031

Maria de Perre Rua de Viana, nº 118 258822410

Pousada Monte de Santa Luzia Monte de Santa Luzia 258800370

Marinho Av. do Norte, Lote 186-187, R/C. Esq. Amorosa 258331046

Quinta da Presa Rua da Presa, nº 110 258823771

Martins Darque Rua da Feira, 178 – Darque 258322211

S.João Monte de S. João – Subportela 258773142

Montanha Estrada de Santa Luzia, Apartado 122 258821307 Náutico Praça da Galiza 258822330 O Caracol Estrada Nova, nº 853 – Chafé 258351887

Sabores Lugar da Igreja, casa n.º124 – Cardielos 258831143

Teresa Largo da Feira – Lanheses 258731409

Saleiro – Hotel Flôr de Sal Avenida de Cabo Verde Nº 100 258800100

Vianamar Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, nº 201

Scala Caffé Avenida do Atlântico, nº 813, Praia Norte 258836600

O Garfo Largo 5 de Outubro, nº 28 258829415

Sonho do Padrinho Largo João Tomás da Costa, nº 42 258824560

O Laranjeira Rua Manuel Espregueira, nº 24

Sport Rua dos Manjovos, 8 – 10 258822117

258822258 Os 3 Potes Beco dos Fornos, nº 7 258829928

Sr. Bife Rua Frei Bartolomeu dos Mártires, nº 90 965319300

117

fds gastronómicos ‘14

258823032


VILA DO CONDE 11, 12, 13 ABR.

Em Vila do Conde, a gastronomia reflete a sua situação geográfica em relação ao mar e à rica região agrícola. É particularmente apreciado o cabrito assado e pratos de peixe e marisco sempre frescos. O Pão Doce de Vila do Conde era tradicionalmente confecionado, por alturas da páscoa, nos fornos a lenha das casas agrícolas e no natal e festas de família, onde a dona da casa fazia sempre uma fornada de Pão Doce.

Petinga à moda das Caxinas É uma Caldeirada de Petinga com batata acompanhada de farinha de pau que usa uma diversidade de ingredientes: cebolas às rodelas, alho picado, tirinhas de pimentos, salsa picada, loureiro e massa de tomate, juntando-se as batatas em rodelas e a petinga aliada à arte e dedicação do povo das Caxinas. O tempero baseia-se no sal, vinho maduro e azeite. A tradicional farinha de pau é feita usando a calda da petinga.

parte da farinha, mistura-se bem e deixa-se levedar, pouco tempo até dobrar volume. Depois de levedado, junta-se a restante farinha, e todos os ingredientes, amassando. Colocase a massa numa mesa e tendem-se rolos que se entrelaçam ligando-os em forma de rosca e deixa-se levedar cerca de duas horas. Vai ao forno e pincela-se com manteiga. Animação Consultar programa específico. Adega do Monte Rua das Donas, 2 252631666

Pão doce tradicional Derrete-se a manteiga, coze-se a canela em água, dissolve-se o fermento em água morna. Juntase o fermento dissolvido a uma 118

fds gastronómicos ‘14

Alfândega Largo da Alfândega 252041613

119

fds gastronómicos ‘14

Cangalho Rua Cais das Lavandeiras, 48 252110898 Costa Verde Rua Dr. Pereira Júnior,138 252631835 Posta do Conde Avenida Júlio Graça, 160 252696255 Praça Velha Largo Antero de Quental, 33 252612121 Ramon Rua 5 de Outubro, 176 252631334 S. João Avenida Brasil, 582 252631275


Os frutos da terra, as águas das fontes, as aves de criação, o porco caseiro, o cabrito do rebanho, a caça do monte eram, e são ainda, as principais matérias-primas confecionadas segundo o saber antigo da cozinheira. Destaca-se o cabrito assado com castanhas e cogumelos silvestres, o arroz de feijocas, os enchidos (salpicão e chouriço), o presunto, as alheiras e as mouras pretas servidas com grelos. Nas sobremesas, os doces à base de castanha (bolo, pudim, torta) ocupam lugar de destaque, bem como o mel de urze e as compotas caseiras (de abóbora, pêra ou figo, muitas vezes com frutos secos).

120

fds gastronómicos ‘14

Cabrito à serrana assado no forno Ingredientes: 500 ml de vinho branco; banha de porco; 20 dentes de alho; 1 folha de louro; colorau; pimenta; salsa; sal; 1 cabrito Limpar a carne do cabrito e escaldar com água à ferver. Fazer uma mistura com a banha, o alho picado, o sal, o colorau e a pimenta e temperar o cabrito por dentro e por fora com este preparado. Regar tudo com o vinho branco e deixar a marinar para o dia seguinte. No dia seguinte levar a assar em forno de lenha, numa tabuleiro de barro, de preferência em cima de paus de loureiro. Regar, de vez em quando, com vinho branco. Quando o cabrito estiver bem assado, acompanhar com batatas miúdas assadas.

Colocar o creme numa forma e deixar no frigorífico de um dia para o outro. Ao servir, desenformar o pudim cobrindo com açúcar e decorando com chantilly ou castanhas cozidas cobertas com chocolate derretido.

VILA POUCA DE AGUIAR 11, 12, 13 ABR.

Animação Museu Municipal Padre José Rafael Rodrigues De terça a sexta das 14h00 às 17h30, sábado e domingo das 15h00 às 17h30. Visitas guiadas às Minas de Ouro Romanas. informação: www.vitaguiar.pt

Pudim de castanhas Fazer um golpe fundo nas castanhas, levando-as a cozer 2 minutos, descascá-las e colocá-las de novo na água para acabar de cozer. Terminada a cozedura, passá-las pelo passevite. Junte ao puré de castanhas a manteiga e o chocolate, previamente derretidos em lume brando, o açúcar, gemas e brandy. Bater bem. Bater as claras em castelo e juntar cuidadosamente ao creme.

Costa do Sol Rua Imperador Teodósio, 22. Vila Pouca de Aguiar 259417624

Recta Lugar do Ferreirinho Telões 259468134

Escalhão Rua Duque D’Ávila e Bolama, 61. Vila Pouca de Aguiar 259402114

Rogério Lugar da Brangada 259416018

Ferreirinho Rua Padre Manuel do Couto. Lugar do Ferreirinho – Telões 259469225 Nascente do Corgo Rua António José D’Ávila. Vila Pouca de Aguiar 259417294 O Conde Rua Ernesto Paralelo, 5. Pedras Salgadas 259433000

121

fds gastronómicos ‘14

Tijolo Largo Camilo Castelo Branco, 6. Vila Pouca de Aguiar 259417424 Três Velhotes Largo Sousa Teixeira, 28. Vila Pouca de Aguiar 935022869


Leite creme Coloque o leite a ferver com a casca de limão e o pau de canela. Misture bem o açúcar com a farinha e adicione progressivamente ao leite quente. Deixe ferver durante alguns minutos, mexendo sempre, até adquirir uma consistência menos líquida. Junte umas colheres do creme às gemas de ovo mexidas e adicione-as lentamente ao creme, mexendo sempre. Retire o pau de canela e a casca de limão e coloque num recipiente. Polvilhe com açúcar e queime com um ferro próprio (pode polvilhar apenas com canela).

Matosinhos, terra de pescadores, de mar, de uma orla costeira de grande beleza, de saberes e sabores, é o maior cluster europeu de restaurantes por metro quadrado, reunindo uma oferta gastronómica sem paralelo. Desde a tradicional sardinha assada na brasa à mais requintada cozinha internacional, sem esquecer o marisco, em Matosinhos vai encontrar aproximadamente 600 restaurantes. Matosinhos mantém a tradição, servindo mariscos frescos de grande qualidade e, acima de tudo, o peixe fresco que diariamente vem da lota de Matosinhos e da lota de Angeiras. 122

fds gastronómicos ‘14

Pratos de peixe e marisco Receita de Caldeirada de Peixe Escolher peixes a gosto. Colocar no tacho as amêijoas até cobrir o fundo, evitando que o cozinhado pegue. Dispor uma camada de cebola e tomate às rodelas, metade do pimento em tiras, alho, folha de louro, salsa e sal. Por cima colocar o peixe e o pimentão-doce. Por fim colocar batatas às rodelas. Continuar por esta ordem acabando com uma camada de peixe, cebola, tomate, pimento, folha de louro e salsa. Temperar com sal, pimentão-doce e mistura de pimentas. Regar com um fio de azeite e vinho branco e cozinhar até a batata estar cozida.

A Casinha Travessa Gândara, 111 – Perafita 229954224

MATOSINHOS 18, 19, 20 ABR.

Cais 51 Rua Gago Coutinho, 51 229370976 Dom Peixe Rua Heróis de França, 241 224927160 Mauritânia Grill Av. Comb.Grande Guerra, 50/86 Leça Palmeira 229999480 O António Rua Óscar da Silva, 2402 – Perafita 229960741 O Bem Arranjadinho Travessa do Matinho, 1 Leça Palmeira 229952106

Animação Museu da Quinta da Santiago (entrada gratuita para quem apresentar talão de refeição num dos estabelecimentos aderentes) Rua de Vila Franca, 134, 4460-802, Leça da Palmeira Telf: 229 952 401 museuqsantiago@cm-matosinhos.pt Horário fim-de semana de Páscoa: 10h00 às 13h00/15h00 às 18h00. Encerra Domingo dia 20. Piscina das Marés (entrada gratuita para quem apresentar talão de refeição num dos estabelecimentos aderentes)

O Casarão do Castelo Rua Santa Catarina, 74 Leça Palmeira 229951626

5 Oceanos Rua Heróis de França, 689 229372941

123

Os Lúsiadas Rua Tomás Ribeiro, 257 229378242 Os Rapazes Largo do Castelo, 39 229953380

O Chanquinhas Rua de Santana, 243 Leça Palmeira 229951884

Palato Rua Heróis de França, 487 R/Ch 229350936

O Gaveto Av. Serpa Pinto, 761 R/Ch 229378796

Sarrabulho Av. Dr. Fernando Aroso, 242 – Leça Palmeira 229953671

O Valentim Rua Heróis de França, 263 229388015

Segundacasa Av. Serpa Pinto, 124/129 229379627

O Xarroco Rua Heróis de França, 507 229381649

Trás D’ Orelha Rua Heróis de França, 549

fds gastronómicos ‘14

229371920


Na rota dos sabores há um prato que a cidade convida obrigatoriamente a provar – o Bacalhau D’Ouro. Sendo o bacalhau uma referência gastronómica pela história e tradição que comporta, este novo prato brinda-nos com o “fiel amigo português”. Mas este é, de facto, um brinde a preceito, sendo o ex-libris vínico – o Vinho do Porto – marco obrigatório na confeção desta nova delícia gastronómica. Para além destas incontornáveis referências, sublinha-se também o lado “tripeiro” da cidade, juntando aos ingredientes os “samos” de bacalhau, bem como a broa de Avintes, tão emblemática no imaginário regional. Um índice que 124

fds gastronómicos ‘14

incorpora muito da tradição e história da cidade e que o Porto já leva à mesa com todo o orgulho. O “Bacalhau D’Ouro “ já pode ser saboreado em vários restaurantes da cidade e promete continuar a fazer as delícias de todos! São inúmeros os espaços que conquistam na arte do paladar e servem melhor o acolhimento. Espaços antigos e bem afamados, espaços mais recentes ou recémcelebrados, a verdade é que no Porto há sempre um espaço que promete fazer a delícia do dia ou da noite de alguém. Aqui deixamos-lhe um roteiro dos locais privilegiados para provar o Porto, para sorrir à alquimia gastronómica da cidade.

Bacalhau D’Ouro Ingredientes (4 doses): 400g de grelos; 800g de lombo de bacalhau; 60g chouriço; 80g samos de bacalhau; Sal; pimenta; 260g de azeite; 100g cebola; Louro; alho; vinagre de vinho; vinho branco; vinho do Porto branco seco; 200g broa de Avintes; salsa Arranjar os grelos e cozer. Depois, cortar um pouco e saltear com sal e azeite. Confitar a 100ºC o bacalhau em azeite e lascá-lo, retirando todas as espinhas e peles. Saltear um pouco de broa migada com azeite e alho e salsa, que será colocada por cima do bacalhau. Demolhar bem os samos de bacalhau e verificar se não estão salgados antes de cozinhar. Saltear o chouriço cortado aos cubos com um fio de azeite. Adicionar os samos de bacalhau. Fazer uma cebolada com a cebola em meias luas com o azeite, alho, louro, vinagre de vinho e Vinho do Porto seco, sal e pimenta. O prato pode ser montado num aro, na seguinte ordem: grelos salteados, bacalhau lascado, samos salteados com o chouriço, a broa migada e salteada e por fim a cebolada. Como acompanhamento pode juntar-se batatas a murro.

leite, 1 pau de canela, qb casca de limão Colocar num tacho o leite, a canela e a casca de limão. Levar ao lume até levantar fervura. Numa taça juntar os restantes ingredientes e envolver bem sem fazer espuma. Acrescentar o leite em fio aos ingredientes anteriores. Voltar a colocar tudo num tacho e levar a lume brando ate engrossar sem nunca ferver. (nunca ultrapassar os 80ºC). Quando atingir a consistência desejada verta para umas taças e queime com açúcar. Animação Num complemento perfeito à nossa proposta de degustação da gastronomia, temos para lhe oferecer um programa aliciante, que alia na perfeição a gastronomia e vinhos, bastando para isso visitar os nossos Postos de Turismo de 18 a 20 de abril 2014. Posto de Turismo do Centro Rua Clube dos Fenianos, 25 Todos os dias 9h00/19h00 Posto de Turismo da Sé Terreiro da Sé Todos os dias 9h00/19h00 www.visitporto.travel visitporto.travel@cm-porto.pt

Leite creme Ingredientes: 10 gemas, 40 gr de maizena, 170 gr de açúcar, 1l 125

fds gastronómicos ‘14

PORTO 18, 19, 20 ABR.

17º Restaurante & Bar Rua do Bolhão, 223 223401617 Café Progresso Rua Actor João Guedes, nº 5 223755835 Chic Dream Campo Mártires da Pátria, 64 222010291


Em Armamar têm sido preservadas receitas e segredos culinários que fazem a riqueza gastronómica do Município. Numa terra rica em matériasprimas de excelência a gastronomia é o “mostruário” da qualidade dos nossos produtos: os vinhos do Douro, condimento e companhia perfeita dos nossos pratos típicos; a maçã de montanha, única pelas suas características; os nossos queijos e os fumeiros, resultado do saber de gerações.

O Símbolo máximo da nossa gastronomia é o cabritinho. A fama desta iguaria traz a Armamar muitos visitantes! Assado no forno a lenha, acompanhado por batatinhas e arroz do forno… vai ver que vale a pena!

Cabritinho de Armamar Ingredientes para tempero do Cabrito Cabrito: 1 pequeno; alho : 4 dentes; azeite: 1 dl; salsa: 1 raminho; sal: q.b.; colorau: q.b.; hortelã: q.b.; vinho branco: 2 copos; louro: 3 folhas Junte o alho, a salsa, o azeite, o sal, o colorau e o vinho branco, e tempera-se o cabrito com esta mistura no fim coloca-se a hortelã e o louro. Fica a repousar durante 2 horas. Ingredientes para o Recheio: Azeite: 1 dl; cebola: 1; alho: 2 dentes; os miúdos do cabrito; batatas cortadas em cubos; azeitonas Leve ao lume um recipiente com o azeite, 1 cebola e 2 dentes de alho picados, deixe estufar, introduza os miúdos do cabrito cortados aos bocadinhos, batatas cortados em cubos e as azeitonas. Deixe refogar, tempere com sal, pimenta e um pouco de nozmoscada e salpique com vinho branco. Deixe cozinhar. Recheie o cabrito com o estufado de miúdos, costure-o e perfure-o em vários lugares com um espeto. Coloque-o no forno já quente até que o cabrito esteja lourinho e assado.

Adega da Vila Praça da República 254855328 Az Douro Estrada Nacional 222 - Folgosa 254858222 DOC Estrada Nacional 222, Folgosa 254858123 Fonte Nova Av. 8 de Setembro 254855387 Mercantil Mercado Municipal 254851469 Misarela Gostos e Temperos Av. Dr Oliveira Salazar, 1 254858116 O Lagar (apenas dia 27) Queimada 254855806 (Reserva obrigatória em todos os restaurantes)

Leite de creme de maçã Animação Consultar programa específico. 126

fds gastronómicos ‘14

127

fds gastronómicos ‘14

ARMAMAR 25, 26, 27 ABR.


Posta à mogadourense Ingredientes: uma fatia de carne de vitela tenra, com cerca de 3 cm de espessura e aproximadamente 250gr. sal marinho grosso. Molho da posta: azeite, vinagre de vinho tinto, alho e outros temperos a gosto (colorau, loureiro, tomilho e salsa) Depois do lume acesso, com as brasas bem vivas, coloca-se a posta a assar sobre uma grelha, durante o tempo necessário para não ficar seca, sendo virada só uma vez. É servida com o molho, a gosto. Pode acompanhar com batata cozida, assada, a murro ou frita e legumes ou saladas. A gastronomia mogadourense, assente em produtos genuínos da terra e confecção tradicional, oferece uma variedade de sabores onde se destacam as seguintes iguarias: posta, marrã, enchidos de carnes de porco, cabrito e cordeiro assado, folares da Páscoa, cogumelos silvestres, queijos (ovelha e cabra), compotas variadas e bolos secos.

2000 R. de Ploumagoar n. 10 279343007 A Lareira Av.N. Sra do Caminho, 58 279342363 Dias Rua Capitão Cruz, 34 279341560 Estoril Rua da República, nº 61 279342793 Europeu Av. do Sabor 279343891 Kalifa OK Rua da República, nº 18 279342115 Pensão Russo Rua. Dr. António Francisco Vicente 279342134

Queijo cabra ou ovelha com compotas

Primavera Rua das Sortes 279341285

Animação Animação de rua: grupo de gaiteiros e bombos nos restaurantes aderentes. Visitas guiadas ao património edificado do concelho de Mogadouro (sob marcação até ao dia 4 de abril de 2014)

Rolima Avenida de Espanha, 27 279342732 Solar dos Marcos Rua Santa Cruz - Bemposta 279578084 Turismo Rua Santa Marinha, nº 7 279342113

128

fds gastronómicos ‘14

129

fds gastronómicos ‘14

MOGADOURO 25, 26, 27 ABR.


maio

Maio hortelão, muita parra e pouco pão. provérbio popular

130

fds gastronómicos ‘14

131

fds gastronómicos ‘14


Espetada ou posta de vitela arouquesa grelhada Carne de Raça Arouquesa DOP - Denominação de Origem Protegida, temperada com sal q.b. e gralhada na brasa. Carne acompanhada com arroz simples ou com feijão, batata frita tradicional ou batata a murro e legumes salteados ou salada.

Caetano Alvarenga 965070232 Casa no Campo Moldes 256941900 Central (Cabeçais) Fermêdo 256922492 Churrascão Rossas 256947407

Doçaria conventual ou regional São diversas as iguarias selecionadas para a sobremesa, cujas receitas são segredo dos dois únicos doceiros existentes na região.

O Arouca Geopark é possuidor de um excecional património natural e cultural. Depois de se deliciar com magnificas paisagens e com as páginas da história que aqui pode percorrer, termine a sua visita à mesa. Delicie-se a carne de raça arouquesa, de paladar único, fruto da calma dos ares serranos, das pastagens por lugares cuja beleza ultrapassa a sua imaginação. Desvende também os segredos da tentação dos doces conventuais, finos e requintados, das castanhas doces, às roscas de amêndoa e das morcelas aos charutos... são de degustação obrigatória, depois da deliciosa vitela assada.

132

fds gastronómicos ‘14

AROUCA 2, 3, 4 MAI.

Décio Alvarenga 256951666 Hotel Rural Quinta de Novais Santa Eulália 256940100

Animação Programa inserido nas comemorações da Festa de Santa Mafalda - Feriado Municipal, que decorre dias 1 e 2 de maio. Desfile e atuação de Bandas de Música, procissão da Rainha Santa Mafalda, visitas aos espaços Conventuais, Concerto no órgão de Tubos. Programação a confirmar.

Alto da Estrada Arouca 256944796 Assembleia Wine Bar & Restaurant Arouca 256944392

Hotel S. Pedro Arouca 256944580

Quinta Além da Ponte Tropeço 962333211

Mota Alvarenga 256955250

Tartulho Restaurante & Tapaa Arouca 256948439

O Júlio Escariz 256921099

Tasquinha da Quinta Arouca 256944080

O Manjar de Arouca Arouca 256940070

Trilobite Canelas 962333211

Parlamento Arouca 256949604

Varandinha Arouca 256941865

Pedrogão Pedrogão 256941733

Avistada Rossas 256947213

133

fds gastronómicos ‘14


Este evento permitirá a quem visitar Valongo conhecer e degustar as especialidades gastronómicas deste concelho. O Bacalhau com Broa primará pela qualidade do bacalhau e do pão que o complementa. A refeição terminará da melhor forma com a degustação das Rabanadas, executadas com pão cacete, de valor incondicional pelo facto de ser elaborado com pão, produto de excelência de Valongo. Venha saborear as nossas iguarias de 2 a 4 de Maio de 2014.

134

fds gastronómicos ‘14

Bacalhau com broa Ingredientes: 1 posta de bacalhau, batatas pequenas, couve coração, broa, azeite, presunto, pimenta, cebola. Laminar a cebola e colocar no fundo da assadeira. Colocar o bacalhau com a batata, regar com azeite e levar ao forno por 40min. Fazer a pasta da broa: desfiar a broa, juntar presunto picado, um bocadinho de pimenta e azeite até ficar em pasta. Reservar. Laminar a couve coração e reservar. Cobrir o bacalhau com a pasta da broa e decorar com tiras de presunto. Colocar no forno até ficar crocante. Colocar a couve coração numa frigideira com azeite, sal e saltear. Dar murro nas batatas juntar aos restantes ingredientes e servir.

Padaria da Chã sexta e sábado: 15h-18h. Quinta das Arcas: Sexta-feira - Provas gratuitas, mínimo de 5 pessoas. Oferta 10% desconto na compra de qualquer produto. Sábado - Caminhada de grupo no Percurso Pedestre da Quinta das Arcas, pelas 9h30, com prova de vinhos e queijos no final da caminhada. Oferta 10% desconto na compra de qualquer produto.

VALONGO 2, 3, 4 MAI.

A Cozinha da Toca R. Engº Armando Magalhães, 65 – Ermesinde 229720628 A Regional de Ermesinde R. Rodrigues de Freitas, 1628 – Ermesinde 229745989 A Regional Valonguense R. D. Pedro IV, 150 – Valongo 224223299

Rabanadas Ingredientes: Pão cacete, ovos, calda: água, açucar, limão, canela em pau e pitada de sal, açucar e canela em pó Cortar o pão com +/- 1,5cm de espessura, molhar na calda morna, previamente feita, passar por ovo e fritar. Polvilhar com açucar e canela em pó. Servir.

Abê R. Rodrigues de Freitas, 1574 – Ermesinde 229711622 Bibó Porto II R. 1º de Maio, 481 – Alfena 224087611 Churrasco & Companhia R. José Joaquim Ribeiro Teles, 424-F – Ermesinde 229720414

Animação Visitas guiadas às empresas Fábrica de Biscoitos Paupério sexta: 15h-18h; sábado: 10h-13h. Oferta de biscoitos a quem participar nas visitas.

Churrasqueira da Estação R. 5 de Outubro, 1190 – Ermesinde 229710305

135

fds gastronómicos ‘14

Engenho R. S. João de Sobrado, 2352 – Sobrado 224910151 Estica a Brasa R. Aldeia, 13 – Sobrado 915506760 Museu R. Rodrigues de Freitas, 1547- Ermesinde 229740671 Quinta do Cabo R. Várzea, 75 - Alfena 229690309 Ribeiro Largo do Centenário, 10 – Valongo 224220100 Teles R. 1º de Maio, 589 - Alfena 229673152


Galo de cabidela Morto o Galo, recolhe-se o sangue para um recipiente com vinagre. Corta-se o Galo em pedaços e leva-se a estufar, juntamente com o azeite, a cebola picada, o dente de alho esmagado, sal, pimenta e a salsa. Vai-se acrescentando a água e deixa-se cozer em lume brando. Quando a carne estiver macia, adiciona-se a água suficiente para obter o caldo para o arroz e retificam-se os temperos. Em seguida, adiciona-se o arroz e deixa-se cozer. Depois do arroz cozido, junta-se o sangue com o vinagre, deixa-se levantar fervura e serve-se. A gastronomia típica de Vila Nova de Cerveira, esteve sempre associada ao cultiva da terra e à criação de animais e aves. Em todas as casas existia um galinheiro, sinónimo de alegria e fartura. O melhor Galo era sempre o eleito, a ser poupado e engordado, para ser servido á mesa em dias festivos, mergulhado num delicioso Arroz de Cabidela.

136

fds gastronómicos ‘14

Animação Visita aos Museus de Cerveira Museu da Bienal, Aquamuseu, Convento de S.Payo e Moinhos da Gávea, percursos pedestres, atividades radicais e um conjunto de iniciativas de carácter cultural e etnográfico.

VILA NOVA DE CERVEIRA 2, 3, 4 MAI.

Abrigo das Andorinhas Rua Queirós Ribeiro, nº 76 251795335 Braseirão do Minho Rua da Tomada, En 13 Campos 251700240 Cantinho dos Amigos Rua Queirós Ribeiro 251795725

Biscoito de milho 1Kg de farinha de milho, 750 gr. de açúcar amarelo, 250 gr. de manteiga, 8 ovos, 1 colher de sopa de canela, raspa de limão Peneira-se a farinha para um recipiente e envolve-se com a manteiga derretida. Batem-se os ovos e adiciona-se à mistura anterior, assim como o açúcar, a canela e a raspa de limão. Amassa-se tudo muito bem, até ficar uma massa homogénea e consistente. Unta-se o tabuleiro com a manteiga e com a ajuda de uma máquina de churros, dispõe-se a massa a gosto. Vai ao forno bem quente até ficarem cozidos.

Casa Lau Lugar da Igreja Loivo 251795162

Lavrador Alto das Cerejas, nº 15 Campos 251796604

Central Terreiro - VNC 251794898

Luso Galaico Terreiro 251795225

Costa Verde Avenida, EN13, nº 15 Campos 251795430

Sol Nascente Vale - Sapardos 251941233

D. Maria Rua 25 de Abril 251797229 Glutão Sta. Marinha Loivo 251795654

137

fds gastronómicos ‘14


Cozido à moda de Coura Colocam-se as carnes frescas de porco (cabeça, xispe, entremeada e costela) em salmoura durante uns dias. Cozem-se as carnes que estiveram em salmoura, juntando-se o frango, os enchidos e a carne de vaca Cachena. A meio da cozedura juntam-se os legumes, batata, couve galega, repolho, cenoura e nabo (legumes da horta). Deve cuidar-se o sal durante a cozedura. Para acompanhar arroz confeccionado com o caldo de cozer as carnes.

A gastronomia é uma expressão de cultura e de bem viver. Os saberes e sabores tradicionais evidenciam os produtos locais de que o Homem dispunha para a sua alimentação, os modos e as formas que foi apurando para os tornar mais úteis, mais saborosos e agradáveis. Paredes de Coura possui um vasto e rico património gastronómico, assente em produtos naturais e ecológicos de uma sã economia rural. Destacamos a truta do rio coura, os deliciosos enchidos, as carnes de cabrito, anho e de cachena criados nos nossos montes, assim como a mítica batata da boalhosa e a saborosa couve galega. 138

fds gastronómicos ‘14

Toda esta variedade de pratos regionais e de cozinha tradicional torna-se um deleite para o nosso palato.

Abrigo do Tabuão Praia Fluvial do Tabuão 251782135

PAREDES DE COURA 9, 10, 11 MAI.

Albergaria Rua Dr. Narcizo Alves da Cunha 251782450 Arcada Rua Conselheiro Miguel Dantas 251782440 Bom Retiro Ageito - Rubiães 961256679 Casa do Frei Largo Frei Redento da Cruz 251107332 Conselheiro Largo visconde de Moselos 251782610

Formigos de Coura Parte-se a peça de pão (pequena) em fatias e passa-se pelo ovo já previamente misturado com o leite ou no caso de preferirem passemnas por vinho verde tinto morno. De seguida alouram-se de ambos os lados numa sertã com óleo. No final passam-se as fatias por açucar e canela. Animação O Fim de Semana Gastronómico em Paredes de Coura, conta com uma Prova e Exposição de carrinhos de rolamentos, Festival de Folclore, Encontro de Concertinas, Mostra de Produtos e Gastronomia Tradicional, ateliers de culinária e outras actividades.

Constantino Nogueira - Cossourado 251782390

O Barbaças - Adega Regional Rua Dr. Narcizo Alves da Cunha, 19 916938212

Forno do Minho Rua Padre Casimiro Rodrigues de Sá 251783226

O Furão Rua Dr. Narcizo Alves da Cunha, 6 251782602

Lagoa Azul Rua Dr. Bernardino António Gomes 251788495

Pedras Finas Agro do Monte - Romarigães 251943660

Lino Coqueira - Castanheira 251782069

Romântica Rua Dr. Afonso Viana , 34 251782280

Miquelina Rua Conselheiro Miguel Dantas, 66 251783298

Xisto Boalhosa - Insalde 939334565

Nova Lareira Sub- Resende - Resende 251782759

139

fds gastronómicos ‘14


A cozinha tradicional da TROFA rica e variada em sabores fortes e naturais está fortemente ligada ao modo de vida dos nossos antepassados. Na casa dos lavradores para além das aves de capoeira criavam-se também os porcos. A matança do porco davase na altura do tempo frio e em épocas festivas. O aproveitamento de todas as carnes do porco inclusive o sangue deu origem a uma panóplia de “pratos fartos” que permanecem no tempo, nomeadamente os ROJÕES. Propomos para o seu acompanhamento o vinho verde Castro Trofa e para a sobremesa sugerimos o delicioso leite-creme. Visite a Trofa! 140

fds gastronómicos ‘14

Rojões Ingredientes: 800 gr. carne da pá do porco; 200 gr. tripa enfarinhada; 200 gr. sangue de porco; 1 farinheira; 1 molho de grelos; 1 cebola; 6 batatas; vinho branco q.b.; salsa q.b.; alhos q.b.; louro q.b.; pimenta q.b.; cominhos q.b.; sal q.b.; banha de porco Prepara-se uma marinada com alhos picados, pimenta, vinho branco, cominhos, louro e sal. Cortam-se as carnes em pedaços não muito grandes. Envolvem-se os pedaços de carne nesta marinada e deixa-se repousar umas horas. Deita-se a banha num tacho e fritam-se os pedaços de carne. Noutro tacho coloca-se a cebola picada com banha e deixase alourar juntando a salsa picada e o sangue já previamente cozido. À parte, fritam-se, em banha, as batatas cortadas aos quartos. Serve-se numa púcara de barro e enfeita-se com os grelos salteados.

Levantando fervura, reduz-se a chama e junta-se o preparado anterior mexendo lentamente até engrossar. Deita-se o creme em tigelas onde deverá arrefecer à temperatura ambiente. Antes de servir polvilha-se com açúcar e queima-se com ferro próprio. Animação 10 a 17 de Maio X Encontro Lusófono de Literatura Infanto-Juvenil e XIV Feira do Livro da Trofa Este evento pretende promover os hábitos de leitura, os autores e a sua obra. A iniciativa é ainda acompanhada por exposições, espetáculos de música, teatro e dança, que pretendem divulgar as artes e a(s) cultura(s) dos países de língua oficial portuguesa.

Leite creme Ingredientes: 1 lt leite; 8 gemas; 10 colheres sopa açúcar; 2 colheres sopa farinha maisena; 1 pau de canela; casca de limão q.b. Batem-se as gemas com duas colheres de sopa de açúcar e junta-se a farinha maisena diluída num pouco de leite. Num tacho aquece-se o leite com 4 colheres de sopa de açúcar, a casca de limão e o pau de canela. 141

TROFA 9, 10, 11 MAI.

Pym`s R. Marquês de Pombal, n.º 321 - S. M. Bougado 252416406

B. Correia Avenida de St.ª Eufémia - Alvarelhos 229812287

Rochedo dos Leitões Lugar de Cidai, Monte de S. Gens 252413422

Cantinho da Feira Rua do Padrão, 393 - Santiago de Bougado 252098647

S. Cristóvão Rua José Moura Coutinho n.º 3383 - Muro 229810252

Félix Avenida do Bicho, 629 - Guidões 252418893

S. Pantaleão Rua Agra da Cana, Lote 4 - Muro 229820744

Flor do Ave Rua 16 de Maio, n.º 2291 - Bairros 252417598

São Romão Rua do Horizonte, n.º 2225 - S. Romão 229827711

Os Braguinhas Act. Hot. Lda Rua das Indústrias - Pateiras 966650100

Tourigalo Rua das Indústrias - Pateiras 252419758

fds gastronómicos ‘14


Doces de gema Bate-se muito bem as gemas com o açúcar até que este preparado fique cremoso. Depois vai acrescentando aos bocados a farinha. Pronta a massa, fazem-se uns bolos redondos e achatados e levam-se ao forno a lenha para cozer num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha. Prontos os doces, e ainda quentes, estes são barrados com calda de açúcar em ponto. eixam-se em descanso para secar, o que ao fim de algum tempo lhe confere a cor branca tão característica deste doce.

A vitela assada projetou a gastronomia fafense por todo este país. É a coroa de glória dos comeres locais. Na verdade, o concelho de Fafe é conhecido a nível nacional pela saborosa vitela assada à moda de Fafe. No último quartel do séc. XIX, já escrevia José Augusto Vieira que “é afamada a vitella de Fafe”. O autor de “O Minho Pitoresco” enaltece, por mais do que uma vez, a “deliciosa vitella, que torna Fafe uma celebridade entre os amadores da carne tenra e branca”.

142

fds gastronómicos ‘14

Vitela assada à moda de Fafe Coloque a vitela numa pingadeira e tempere-a, de forma a ficar completamente coberta, com sal, pimenta, três dentes de alho picado, cebola aos gomos, vinho, azeite, salsa e uma folha de louro sem o veio. Leve-a a assar, em forno de lenha, cerca de três horas. Retire a vitela coloque-a num tacho. Disponha, por cima, a cebola aos gomos e os alhos cortados em lasca. Regue com metade do molho que ficou na pingadeira. Tape e leve ao forno dez minutos. Asse as batatas na pingadeira com o restante molho. Acompanhe com arroz de forno.

A Cabana Rua Luís de Camões, n.º121 253503233

FAFE 16, 17, 18 MAI.

A Desportiva Rua Aquilino Ribeiro, n 80/88 253494750 Académico Rua Serpa Pinto, n.º142 253599657

Animação O Programa da animação é assegurado pelas Feiras Francas e Expo Rural 2014, a realizar de 15 a 18 de Maio. A feira franca data desde finais do séc. XVII e surgiu devido a uma provisão expedida por D. João V (1689-1750). O cartaz contempla, para além de uma exposição multissectorial; exibições dos pirotécnicos concelhios; grupos de folclore; concertinas; bandas filarmónicas, dois números obrigatórios, sendo o concurso pecuário e a corrida de cavalos. Os museus abertos ao público, com entradas gratuitas, serão o Museu Regional do Automóvel, o Museu da Imprensa e o Museu das Migrações e das Comunidades. 143

Adega Popular Praça 25 de Abril, n.º286 253599747

Dom Luis Avenida S. Jorge, nº 383 R/C 253595837

Aldeia do Pontido Lugar do Pontido - Queimadela 253508108

Egas Moniz Praceta Egas Moniz, n.º24 253597279

Cá Te Espero Rua do Retiro, n.º156 253590436

Feira Velha Praça Mártires do Fascismo, n.º167 253599680

Casa da Cêra Rua Monsenhor Vieira de Castro, n.º14 253590255

Janta Comigo Zona Industrial do Socorro, lote Z 2 253498358

Casa de Pasto Reis Rua Visconde Moreira de Rei, n.º319 253598542

O Fogueteiro Rua Trindade Coelho, n.º65 253503024

Come e Bebe Rua da Cumieira, n.º96 253503403

O Girassol Rua Camilo Castelo Branco, nº 93 253590225

Comfort Inn Avenida do Brasil - Hotel Comfort Inn 253000700

Porto Seguro Rua de Moçambique, n.º300 253599160

Divinus Rua de Inglaterra, n.º61 253491352

Taberna do Rilhas Lugar de Cancelo - Cepães 253591916

Doce Abrigo Rua Major Miguel Ferreira, n.º50 R/C 253492653

Tia Graça Rua dos Aliados, n.º325 R/C Esq.

fds gastronómicos ‘14

253593411


O concelho da Maia, como parte integrante do Douro litoral, possui pratos, de confeção refinada, que proporcionam momentos de satisfação aos amantes da boa mesa. Falamos assim, do Bacalhau à Lidador, da Vitela Assada”, do Cabrito Assado à Maiata. Nos doces encontramos os Lidadores os Biscoitos da Maia, o Pão-Doce, a Aletria, as Rabanadas e os doces conventuais dos Mosteiros de Vairão e Stª Clara.

144

fds gastronómicos ‘14

Bacalhau à lidador Ingredientes: 6 postas de bacalhau demolhado; azeite q.b.; 2 colheres de chá de vinagre; 6 grãos de pimenta; dentes de alho q.b.; salsa q.b.; manteiga q.b.; 1 folha de louro; batatas q.b. Limpam-se as postas de bacalhau das peles e das espinhas grossas e colocam-se, aconchegadas, dentro duma assadeira de barro. Regam-se com bastante azeite, temperam-se com 3 dentes de alho esborrachados, 1 folha de louro, 6 grãos de pimenta, 2 colheres de chá de vinagre e 1 noz de manteiga sobre cada posta . Pré- aqueça o forno em temperatura média (180°C). Leve ao forno, regando de vez em quando com o molho que se forma no fundo da assadeira, até que o bacalhau fique bem dourado. Retire do forno e sirva com batatas a murro. Servem-se polvilhadas com alho e salsa picados. Lidadores e doçaria regional e conventual da Maia Para 10 Lidadores grandes: Num tacho junta-se 500g de manteiga e 2,5kg de açúcar e deixa-se arrefecer. Depois juntam-se 60 gemas, 950g de amêndoa moída, 950g de abóbora cristalizada e picada. Dilui-se 100g de farinha para não ficar com grumos e juntase ao preparado, deixando 145

repousar meia hora. Forram-se tigelas de barro com papel vegetal e vão ao forno durante 1 hora a temperatura baixa. Animação Workshops de Culinária Biscoitos da Maia 17 de Maio; Tarde - 5€ por pessoa Dia Internacional dos Museus Visita Guiada ao Museu de História e Etnologia da Terra da Maia Gratuito 17 e 18 de maio A Música vem ao Museu Concerto dos alunos do Conserv. de Música, 17 de maio, 21h30 no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia - Gratuito Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal da Maia Contemporâneos Clássicos Por-Vir 16 de maio - 21H00 Gratuito

MAIA 16, 17, 18 MAI.

O Industrial Rua José Manuel da Silva, 450 R/C Moreira 229440967

Casa do Alexandre Rua da Estação Maia 229423911

Quinta das Raparigas Rua do souto, 920 Maia 229420505

Cervejaria Maior E.N. 14, 2405 - Parque Comercial Barca 229415507

Sal e Pimenta Rua de Argentat, 78 e 84 Maia 229447865

Dona Lurdes Av. António Santos Leite, 265 Maia 229483680

Tomar de Sal Praça do Exército Libertador, 132 Moreira

Merendola Rua Dr. Carlos Pires felgueiras, 402 Maia 229442423

fds gastronómicos ‘14

229423908


Cozido à moda de Vinhais (com fumeiro de Vinhais e carnes fumadas de Porco Bísaro) Coloque as carnes numa panela a cozer (depois de terem sido devidamente lavadas e demolhadas). As cascas ficam em água de um dia para o outro. De seguida, coloque as cascas a cozer numa panela e, quando estiveram a ficar moles, retire o butelo, o salpicão e a chouriça da panela das carnes, e coloque-os a cozer junto com as cascas. Coza à parte as batatas. Quando tudo estiver cozido, ponha as cascas numa travessa e as batatas a enfeitar a mesma, com todas as carnes já partidas. Vinhais apresenta uma gastronomia rica e variada, baseando-se nos produtos genuínos e naturais. O turista que dedicar algum do seu tempo à descoberta desta bela e acolhedora Vila não poderá partir sem se deliciar com algumas das especialidades gastronómicas locais, as saborosas sopas, as deliciosas entradas, as Casulas, os Milhos (milho moído, podendo ser confeccionado com tomate ou couve), os Cuscus (farinha de trigo e água, cozidos em banho-maria), o celebérrimo Fumeiro típico desta região e as magnificas sobremesas de castanha acompanhadas com os doces caseiros.

146

fds gastronómicos ‘14

Animação Acesso gratuito aos eventos culturais a decorrer nos dias 16, 17 e 18 de Maio, programados para as comemorações do Feriado Municipal. Entradas livres no Parque Biológico de Vinhais, Centro Micológico e Centro de Interpretação de Raças Autóctones.

O Silva Rua de São Francisco, nr. 27 273771242 O Tapas Avenida Padre Firmino Martins, nr. 12 273105661 Comercial Rua da Calçada 273772169

Pudim de castanha Coza as castanhas. Descasque-as ainda quentes, passando-as por um espremedor e misture bem. Faça uma calda de ponto grosso, com o açúcar, a água e o vinho. Retire do lume, junte a manteiga e não mexa até amornar. Bata ligeiramente os ovos com a farinha e passe por uma peneira. Numa tigela, junte as castanhas, a calda e os ovos com a farinha. Aromatize com a baunilha e misture tudo muito bem. Unte uma forma lisa com buraco no centro, com bastante manteiga e polvilhe com açúcar. Leve ao forno a cozer em banho-maria, durante 35 minutos. Retire do forno e desenforme morno. Sirva frio decorado a gosto.

Vasco da Gama Rua da Calçada 273106257

147

fds gastronómicos ‘14

VINHAIS 16, 17, 18 MAI.


VILA REAL 21, 22, 23 MAI.

O Transmontano sempre foi apreciador da Boa Mesa: das soberbas Sopas, à Dobrada Transmontana, e das Tripas aos Molhos à Carne Maronesa - DOP, combinadas com vinho das encostas do Corgo ou do Douro, as mesas tornam-se autênticas telas coloridas de sabores e aromas. A coroar estes prodígios, Cristas de Galo, Pitos de Santa Luzia e Cavacórios são um legado que os antepassados deixaram generosamente, como Generoso é o Vinho que os pode acompanhar, digno da grandeza das fragas que o produzem!

Carne maronesa - DOP É nas Serras do Marão, Alvão e Padrela que esta raça autóctone encontra apascento, e são as características únicas deste território que conferem à Carne Maronesa particularidades incomparáveis, como o aroma simples e delicado, a suculência extraordinária e o “flavor” excecional, proporcionando sensações olfativas e gustativas ímpares. Seja grelhada, apenas com sal grosso, ou assada no forno, com os temperos típicos de Trás-os-Montes, convidamo-lo a uma singular experiência de degustação!

Cavacórios com vinho do Porto Os cavacórios são feitos de massa de farinha de trigo, ovos e banha, que depois de frita, passa por uma calda de açúcar. Tiveram origem na devoção que as gentes de um dos bairros mais típicos da Cidade, o “Bairro dos Ferreiros”, tinham por São Lázaro, que, reza a lenda, os protegeu de uma epidemia de pele. O resto dos segredos desta iguaria está guardado a sete chaves em Vila Real. Regue o seu Cavacório com Vinho do Porto, e, num misto de sensações de paladar, venha desvendá-los!

fds gastronómicos ‘14

Paulo Bairro de Vilalva 259372526

Cais da Vila Rua Monsenhor Jerónimo de Amaral 259351209

Tasca dos Sabores Rua da Misericórdia nº 33 259341309

Chaxoila Estrada Nacional nº 2 259322654 Estalagem Quinta do Paço Bairro de Vilalva 259372526 Maranus Lote 2, loja 5 – Quinta do Seixo 259321521 O Costa Rua Dr. Sousa Costa, 16 R/C – Vilalva 259321988

Animação Consultar programa específico. 148

A Viúva Largo da Borralha – Abambres 259338499

149

fds gastronómicos ‘14


junho

Quem em junho não descansa, enche a bolsa e farta a pança. provérbio popular

150

fds gastronómicos ‘14

151

fds gastronómicos ‘14


SABROSA 30, 31 MAI. 1 JUN.

Gastronomia muito suculenta tal como a bola de carne, milhos, cabrito assado com batata assada e arroz no forno; e arroz de feijão com pataniscas de bacalhau e Massa à lavrador. Como doçaria temos, as cavas altas, as cavaquinhas, Bolo Borrachão e Pêras bêbedas. Sabrosa possui um variadíssimo leque de vinhos Doc Douro e Porto classificados como os melhores do mundo.

152

fds gastronómicos ‘14

Favas guisadas com enchidos 500g de batatinhas novas, Salq.b; 1 kg de favas descascadas; 1 fatia grossa de toucinho de porco salgado; 1 salpicâo ou uma chouriça de carne; 2dl de azeite; 2 dentes de alho; 4 folhas da rama do alho; 2 colheres de sopa de vinagre.

Animação Festa das Flores Passadeiras em Flor pelas Ruas; Museus (Entrada Livre) Aires Torres Pólo Arqueologico da Garganta Espaço Miguel Torga (se tiver sido inaugurado na data).

Conceitus Covas do Douro 254730438

Bolo borrachão 325g de açúcar, o peso de 4 ovos de farinha, 4 ovos, 6 gemas, 140g de manteiga, 180g de farinha, 1 colher (sobremesa) de fermento em pó, 1/2 cálice de vinho do porto. Para o molho: 100g de açúcar, 6 colheres (sopa) de vinho do porto, 0,5dl de água.

Quinta do Portal Celeirós do Duro 259937000

153

fds gastronómicos ‘14


VILA NOVA DE GAIA 30, 31 MAI. 1 JUN.

(…) Cheira a mar, a peixe e a fartum, e as mulheres curvam-se sobre a pesca e regateiam-na, enquanto em baixo os barcos despejam mais peixe vivo, toninhas, gorazes e a sardinha que começa a alastrar de prata todo o vasto areal.(…) Raul Brandão no livro “ Os Pescadores”. A posição geográfica de Gaia face ao mar faz do peixe e do marisco importantes ingredientes da sua gastronomia, e desde sempre a sardinha assumiu um especial realce, assada na brasa, nas tradicionais festas dos santos populares. A sardinha foi, durante séculos, o sustento das populações mais pobres do litoral e do interior do

país. Reconhecidos os seus méritos nutricionais ocupa agora lugar de destaque na confeção de pratos regionais ou gourmet, assada, grelhada, de escabeche ou frita, preferencialmente fresca. E em bom português, Vila Nova de Gaia para esta nova edição dos Fins de Semana gastronómicos, apostou “puxar a brasa à sua sardinha”, e trazer a “lume “ uma receita tradicional Gulpilharense, onde as sardinhas, por serem fritas espalmadas, chamam-se de” bifes de cabeça chata”. Os “bifes de cabeça chata”, como petisco, podem ser acompanhados com broa de Avintes e azeitonas, mas o tradicional arroz de hortos 154

fds gastronómicos ‘14

(espigos, grelos de couve, rebentos de penca) transformaos numa apetitosa refeição. O menu não estaria completo sem a sobremesa considerada uma das mais famosas que se conhecem, o leite- creme, cuja origem remonta ao século XVII, não se apurando se em França, Inglaterra ou em Espanha. Na nossa região as variedades de leite-creme existentes são infindáveis e é uma sobremesa reconhecidamente deliciosa. Nos restaurantes aderentes, antes ou durante a refeição, ou após a sobremesa o Vinho do Porto é uma constante como anfitrião da região que viu expandir a sua notoriedade.

Bifes de cabeça chata com Arroz de hortos Ingredientes: sardinhas; sal; farinha Preparam-se a sardinhas, tirando a espinha e a cabeça, abrem-se e espalmam-se. A sua designação deriva do formato que adquirem depois de espalmadas. Temperadas a gosto, são passadas por farinha e fritam-se. Servem-se acompanhadas com arroz de hortos.

sal qb; rodelas de chouriço vermelho; folha de louro; cebola picada; dentes de alho picados Leva-se ao lume brando um tacho que se cobriu o fundo com azeite e onde se juntou a cebola picada, a folha de louro, o chouriço cortado, um pouco de sal e o alho picado. Deixa-se cozinhar tapado, durante alguns minutos. De seguida, junta-se a água quente e os espigos. Retiram-se os espigos meio cozidos e reservam-se. Acrescenta-se o arroz e quando este estiver quase cozido junta-se o feijão (opcional) e os espigos. Retifica-se de sal e deixa-se apurar um pouco.

Arroz de Hortos Ingredientes: molho de espigos ou grelos das couves; arroz carolino; feijão branco/vermelho cozido (opcional); água quente; 155

fds gastronómicos ‘14

Leite creme Ingredientes: leite; casca de limão; gemas; farinha maizena; açúcar Ferva o leite com a casca de limão. À parte bata bem as gemas com o açúcar e a farinha, junte ao leite quente e leve ao lume, mexendo sempre. Quando engrossar, deite o leite-creme numa taça ou em pratinhos, para arrefecer. Na altura de servir polvilhe com açúcar e queime com um ferro em brasa. Animação Consultar programa específico.


A Casa do Pescador Rua Vasco da Gama, 18 Afurada 227813077 Adega Presuntaria Transmontana I Rua Cândido dos Reis, 132 Santa Marinha 223759792 Adega Presuntaria Transmontana II Avenida Diogo Leite, 80 Santa Marinha 223758380 Aguda Mar Avenida Jorge Correia, 641 Arcozelo 227621448 A Margem Rua Agostinho Albano, 18 Afurada 227724788 Ar de Rio Avenida Diogo Leite, 5 Santa Marinha 223701797 Arco Íris Rua Cândido dos Reis, 59 Santa Marinha 963524630 Avó Cana R. Gonçalves de Castro, 231 Carvalhos – Pedroso 227837054 Beira Rio Avenida Diogo Leite, 64 Santa Marinha 223756959 Casa Branca Avenida Beira Mar, 751 – Canidelo 227727400 156

fds gastronómicos ‘14

Caves da Cerveja Av. Ramos Pinto, Cais de Gaia – Loja 710 223747400

Peixe na Brasa Serra do Pilar Rua Luis de Camões, 610 223709004

Ciprianu’s Rua E. Alves de Sousa, 105 Vilar de Andorinho 220154911

Ports&Co - Hotel Mercure Rua Manuel Moreira Barros, 618D – Afurada 223740800

Cotê Jardin Novotel Porto-Gaia - Lugar das Chãs Afurada 227728700

Provas Av. Ramos Pinto - Cais de Gaia, loja 310 223744297 Quinta da Boucinha Avenida Vasco da Gama Oliveira do Douro 227827815

de Castro Espaço Porto Cruz Largo Miguel Bombarda, 23 220925340

Rabelos 370 Avenida Diogo Leite, 68 Santa Marinha 913874810

Dom Marisco Avenida Gago Coutinho, 792 Gulpilhares 227623207

Uíma Rio - Villa Sandini Hotel &Spa Rua do Calvário, 562 Sandim 220825881

Food &Friends Hotel Holiday Inn R. Diogo Macedo, 220 223747500

Zizi Rua Do Mar Arcozelo 227620728

Mário Luso Largo França Borges, 308 Carvalhos – Pedroso 227842111 O Broas Rua 5 de Outubro, 2200 Avintes 220968279 Parque da Aguda Avenida Gomes Guerra Arcozelo 227622929 Peixe na Brasa Avenida João Paulo II, 520 – Arcozelo 914083178

157

fds gastronómicos ‘14

VILA NOVA DE GAIA 30, 31 MAI. 1 JUN.


alojamento


Quinta da Ermida Lugar da Ermida 254881588 quintadaermida@gmail.com

AROUCA Casa do Paúl Espiunca 938336017 casadopaul@live.com

Quinta das Quintãs Lugar de Mirão 254882269 mail@quintadasquintas.com www.quintadasquintas.com

Hotel Rural Quinta de Novais Santa Eulália 256940100 geral@quintadenovais.com

Quinta de Marnotos Lugar de Marnotos 935525886 info@marnotos.pt www.quintademarnotos.com

Hotel S. Pedro Arouca 256944580 direccao@hotelspedro.com Quinta da Vila Alvarenga 918528478 qdavila.tur@gmail.com   Quinta do Pomarinho Burgo 256948198 reservas@quintadopomarinho.com   BAIÃO FEQ Casa do Silvério Quinta de Vila Nova -Tormes 254882120 info.turismo@feq.pt www.feq.pt

Quinta do Ervedal Lugar do Ervedal 254882468 quintadoervedal@sapo.pt www.quintadoervedal.net

Casa do Bísaro Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

Hotel S. Lázaro Av. Cidade de Zamora 273302700 comercial.hsl@hoteis-arco.com www.hoteis-arco.com

Casa da Eira Rua do Ingusto, 274 Gateira 258722180 info@casadaeira.com www.casadaeira.com

Parque de Campismo Sereia da Gelfa Pinhal da Gelfa 258911537 sereiagelfa@gmail.com www.sereiadagelfa.com

Casa do Forno Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

Hotel Santa Apolónia Rua Madre Teresa de Calcutá Bairro dos Formarigos nº3 273312073 santa_apolonia@iol.pt

Casa da Torre Rua do Enchão, 43 258911897 casadatorre@sapo.pt www.casadatorre.com.pt

Quinta da Cantareira Caminho do Ranhada, Marinhas 258724167 caminha@quintadacantareira.com www.quintadacantareira.com

Casa do Guieiro Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

Hotel Tic – Tac Rua Emídio Navarro nº85 273331373 residencial.tictac@gmail.com

Casa de Leiras Calçada da Escola 258921299 teresasanogueira@live.com.pt

CELORICO DE BASTO Camélias de Basto Rua Senhora da Súde , nº347 Britelo 914880608 info@cameliasdebasto.com

Hotel Tulipa Rua Dr. Francisco Felgueiras nº8 /10 273331675 hotel.tulipa@hotmail.com www.tulipaturismo.com

Design & Wine Hotel Praça Conselheiro Silva Torres, nº 8 258719040 info@designwinehotel.com www.designwinehotel.com

Pousada S. Bartolomeu Estrada do Turismo 273331493 recepcao.sbartolomeu@pousadas.pt www.pousadas.pt

Hotel Meira Rua 5 de Outubro, 56 258911111 reservas@hotelmeira.com www.hotelmeira.com

CAMINHA Aldeamento Turístico do Camarido Lugar da Joaninha 258722130 info@aldeamentocamarido.com www.aldeamentocamarido.com

Hotel Porta do Sol Conference Center & SPA Av. Marginal, lote 1 258710360 reservas@hotelportadosol.com.pt www.hotelportadosol.com.pt

Casa do Lúpulo Rua Coronel Álvaro Cepeda - Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

BARCELOS Casa do Fiscal Rua de Sá, n.º 386 253811345 e.soucasaux@netcabo.pt www.casadofiscal.com

Hotel Classis Av. João da Cruz, 102 273331631 geral@hotelclassis.com www.hotelclassis.com

Quinta de Santa Comba Lugar de Crujães 253832101 turismostacomba@hotmail.com www.stacomba.com

Hotel Estalagem Turismo Estrada do Turismo - Cabeça Boa 273310700 estalagemturismo@clix.pt www.estalagemturismo.com

O Aconchego das Raízes Rua de Freixieiro, n.º 664 915107317 info@aconchegodasraizes.com www.oaconchegodasraizes.com

BRAGANÇA Casa da Mestra Rua Coronel Álvaro Cepeda – Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

Hotel Ibis Avenida das Forças Armadas Rotunda do Lavrador Transmontano 273302520 h3338@accor.com www.ibishotels.com

Quinta da Casa Grande de Pinheiro Calçada da Casa Grande, n.º 45 254882202 casagrande.pinheiro@gmail.com www.casagrandepinheiro.com

Casa da Escola Rua Coronel Álvaro Cepeda – Gimonde 273302510 geral@amontesinho.pt www.amontesinho.com

Hotel Nordeste Shalom Av. Abade de Baçal nº39 273331667 hotel.nordeste.shalom@gmail.com www.hotel-shalom.com

Hotel Douro Palace & Spa Lugar de Carrapatelo 254880000 reservas@douropalace.com www.douropalace

160

fds gastronómicos ‘14

Hotel Rural Casa da Anta Rua Ilídio Couto, nº 180 258724043 casadaanta@sapo.pt www.casa-da-anta.com

Apartamentos Turísticos Vila Praia Rua Cândido dos Reis 258950050 geral@apartamentosvilapraia.com www.apartamentosvilapraia.com

Parque de Campismo e Caravanismo, Caminha – Orbitur Mata Nacional do Camarido, E.N 13, km 90 258921295 infocaminha@orbitur.pt www.orbitur.pt/camping-orbitur-caminha

Casa da Brétema Largo do Salgueiro 966857920 casadabretema@gmail.com

161

fds gastronómicos ‘14

Casa do Campo Fermil - Molares 255361231 infogeral@casadocampo.pt Casa de Canedo R. Abelheiro de Baixo – Canedo casadecanedo@meo.pt Quinta da Fontinha Barrega - Borba da Montanha 255481422 quintadafontinha@sapo.pt http://quintadafontinha.pt Quinta dos Mouras Ribeira de Cima – Infesta 935322786 hedemoura65@gmail.com  CHAVES Casa da Vinha Velha Cruzamento da Vinha Velha, Sesmil - S. Pedro de Agostém 276346514 Hotel AJ Rua Joaquim José Delgado 276301050 www.hotelaj.pt


Hotel Brites Av Eng. Duarte Pacheco, 112 276332777 www.hotelbrites.com

Hotel Reguenga Rua de Ribes,4 - Antas 253873214 residencial@reguenga.com.pt www.reguenga.com.pt

Hotel Casino de Chaves Lugar do Extremo – Valdanta 276309600

Hotel Suave Mar Av. Eng. Arantes de Oliveira - Esposende 253969400 geral@suavemar.com www.suavemar.com

Hotel Petrus Rua da Família de Camões Edf. Solar Flaviense, 20 276351500 www.petrushotel.com

Hotel Zende Av. Dr. Henrique de Barros Lima Esposende 253960090 estalagemzende@gmail.com www.estalagemzende.com

Primavera Perfume Hotel Av. Teixeira de Sousa, 2 - Vidago 276907230 www.primaveraperfumehotel.com

Quinta da Seara Rua Padre José Pires Afonso Palmeira do Faro 253961284 geral@quintadaseara.com www.quintadaseara.com

Solar de Oura Rua do Olmo,37 - OURA-VIDAGO 276999070 www.solardeoura.pt Vidago Palace Hotel Parque de Vidago 276990920

FAFE Aldeia do Pontido Lugar do Pontido - Queimadela 253508108 geral@aldeiadopontido.com www.aldeiadopontido.com

ESPOSENDE Apartamentos Turísticos Pinhal da Foz Rua João Ferreira da Silva- Esposende 253961098 info@clubepinhaldafoz.com www.clubepinhaldafoz.com

Comfort Inn Avenida do Brasil - Hotel Comfort Inn 253000700 comfort.fafe@grupo-continental.com www.choicehotelseurope.com Rilhadas Turismo Rua de Cancelo, Apartado 177 Cepães 253591916 rilhadas@rilhadas.com www.rilhadas.com

Apúlia Praia Hotel Av. Da Praia, 45- Apúlia 253989290 geral@apuliapraia-hotel.com www.apuliapraiahotel.com Hotel Mira Rio Estrada nacional13 - J unqueira – Gandra 253964430 geral@hotel-mirario.com www.hotel-mirario.com

FELGUEIRAS Hotel Albano Rua 25 de Abril, 45 Margaride 255318840

162

fds gastronómicos ‘14

reservas@hotelalbano.com www.hotelalbano.com Hotel Hórus Avª Drº Leonardo Coimbra, Ap 153 255312400 reservas@horus-II.pt www.hotelhorus.pt Paço de Pombeiro Rua do Burgo, nº 590 - Pombeiro 255926523 info@pacodepombeiro.pt www.pacodepombeiro.pt GONDOMAR Hotel Estalagem Santiago Av. Clube de Caçadores, 4715 224502151 info@hotelestalagemsantiago.pt www.hotelestalagemsantiago.pt GUIMARÃES Hotel Mestre de Avis Rua D. João I, n.º 36-44 253422770 geral@hotelmestredeavis.pt www.hotelmestredeavis.pt Quinta Pedras de Baixo Qta P. Baixo, R. Sta Marta, 3262, Longos 253578447 geral@pedrasdebaixo.pt www.pedrasdebaixo.pt LOUSADA Casa de Juste Avenida do Rio nº14 255821626 casadejuste@casadejuste.com www.casadejuste.com Quinta da Longra EN 207-1 – Barrosas (Santo Estevão) 253583570 quintadalongra@gmail.com www.quintadalongra.com

251487188 brandadaaveleira@hotmail.com www.brandadaaveleira.com

Quinta de Lourosa Lourosa - Sousela 255810480 joanadecastro@quintadelourosa.com www.quintadelourosa.com

Casa das Falagueiras Falagueiras - Castro Laboreiro 258728413 reservas@castrolaboreiro.com www.castrolaboreiro.com

MARCO DE CANAVESES Casa de Campo de Santa Cristina Caminho das Andrades 255630193 geral@santacristina.pt www.facebook.com/santacristina.pt

Casa de Cabreiros Cabreiros - Roussas 963447825 casacabreiros@gmail.com

Quinta da Raposeira Rua Paços de Gaiolo, 4149 919881215 fernandalapa@evac.pt https://pt-pt.facebook.com/QuintaBouca. Agroturismo/timeline

Casa do Barreiro Barreiro - Castro Laboreiro 939775577 silviabernardo@recantosdecastro.com www.recantosdecastro.com

MATOSINHOS Hotel Tryp Porto Expo Rua Veloso Salgado 229990000 tryp.porto.expo@solmeliaportugal.com www.tryphotels.com

Casa do Castanheiro Branda da Aveleira – Gave 251403550 patriciasolha@gmail.com www.brandadaaveleira.com Casa do Eirado Vila - Castro Laboreiro 966434263 reservas@eirado.com.pt http://eirado.com.pt

MELGAÇO Alojamento das Janelas Azuis Rua Dr Afonso Costa nº7 1ºD 251416048 cristinabesteiro@sapo.pt http://alojamentodasjanelasazuis.blogspot.pt

Casa do Maninho Maninho – Alvaredo 251416048 cristinabesteiro@sapo.pt http://casadomaninho.blogspot.pt

Casa Cova dos Anhos Branda da Aveleira – Gave 251487403 brandadaaveleira@hotmail.com www.brandadaaveleira.com

Casa do Piorno Branda da Aveleira – Gave 251403550 patriciasolha@gmail.com www.brandadaaveleira.com

Casa da Bica Branda da Aveleira – Gave 252487360 brandadaaveleira@hotmail.com www.brandadaaveleira.com

Casa do Rio Branda da Aveleira - Gave 251487188

Casa da Fonte Branda da Aveleira – Gave

163

fds gastronómicos ‘14

brandadaaveleira@hotmail.com www.brandadaaveleira.com Casa Fonte do Carvalhinho Branda da Aveleira – Gave 251487360 brandadaaveleira@hotmail.com www.brandadaaveleira.com Casa Fonte do Laboreiro Vila-Castro Laboreiro 251465133 armandino.monteiro@hotmail.com Casa João Alvo Barreiro - Castro Laboreiro 939775577 silviabernardo@recantosdecastro.com www.recantosdecastro.com Hotel Boavista Peso - Paderne 251416350 geral@hotelboavistamelgaco.com www.hotelboavistamelgaco.com Monte Prado Hotel & SPA Monte Prado – Prado 251400130 hotelmonteprado@casais.pt www.hotelmonteprado.pt Quinta da Calçada Quinta da Calçada 251402547 luismmfp@hotmail.com www.quintadacalcada.com Quinta do Reguengo Peso - Paderne / 251410150 geral@reguengodemelgaco.pt www.reguengodemelgaco.pt Villas do Laboreiro Vila - Castro Laboreiro 922119433 scpires@hotmail.com www.villasdolaboreiro.com


MIRANDELA Hotel D. Dinis Av. N.ª S.ª do Amparo 278260100 ereservas.hdd@hoteis-arco.com

info@moinhostiaantoninha.com www.moinhostiaantoninha.com Solar dos Correia Alves Terreiro das Freiras, nº27 254588127 cronicasdaterra@sapo.pt www.solardoscorreiaalves.home.sapo.pt

MOGADOURO Casa das Arribas Cardal do Douro Bemposta 963425680 contacto@naturisnor.com www.naturisnor.com

MONÇÃO Fonte da Vila Estrada de Melgaço 251656269 info@fontedavila.com www.fontedavila.com

Casa das Quintas Quintas das Quebradas 279599435 info@casadasquintas.com www.casadasquintas.com

Hotel Bienestar Termas de Monção Avenida das Caldas 251030092 reservas@hotelbienestartermasdemoncao.com www.hotelbienestartermasdemoncao.com

Hotel Rural Solar dos Marcos Bemposta 279570010 geral@solar-dos-marcos.com www.solar-dos-marcos.com

Hotel Dom Afonso Quinta da Caldeira Estrada de Melgaço 251656187 info@albergariadomafonso.com www.hoteldomafonso.pt

MOIMENTA DA BEIRA Casa da Legião Rua do Curcial 254588127 cronicasdaterra@sapo.pt www.casadalegiao.no.sapo.pt

Hotel Rural Convento dos Capuchos Qta Convento de Sto António dos Capuchos 251640090 reservas@conventodoscaouchos.com www.conventodoscapuchos.com

Casa do Monge Rua dos Malmequeres, nº6 968628069 casadomonge@gmail.com www.casadomonge.com

Muralhas do Miño Rua D. Pedro V, nº 45 251656424 muralhas.mino@gmail.com

Hotel Verdeal Quinta do Verdeal 254584061 hotelverdeal@gmail.com www.hotel-verdeal.com

Solar de Serrade SAVAM - Apt. 85 251654008 info@solardeserrade.pt www.solardeserrade.pt

Moinhos Tia Antoninha Lugar do Cabeço de Lebrais - Leomil 254588095

MONDIM DE BASTO Águahotels Mondim de Basto Monte da Paradela / Mondim de Basto

164

fds gastronómicos ‘14

255389040 geral@aguahotels.pt www.aguahotels.pt

Casa da Barreira Sirvozelo 253659860 trotegeres@sapo.pt www.adere-pg.pt

Entre Palheiros Rua entre palheiros 276518125 geral@naturbarroso.net www.naturbarroso.net

Casa da Castanheira Rua de Cima das Eiras, nº21 276563180 mariahelenasms@gmail.com www.adere-pg.pt

Hotel Rural Srª dos Remédios Mourilhe 276510260 hotel_mourilhe@iol.pt http://www.padrefontes.com

Casa de Campo Avelã Brava Rua da Escola, nº11 936265833 reservas.avelabrava@gmail.com http://avelabrava.blogspot.pt

Montalegre Hotel Rª do Avelar, nº100 276510220 info@montalegrehotel.pt www.montalegrehotel.pt

Casa de Bormela Bormela - Atei 939546002 info@casadebormela.com http://casadebormela.com

Casa de Campo Ferreira Pitões das Júnias 276512367 www.casacampoferreira.blogspot.com

Casa do Barreiro de Cima Lugar de Parada de Atei Mondim de basto 255386491 casadobarreirodecima@hotmail.com www.casadobarreirodecima.com

Casa de Campo O Castelo Terreiro do Açougue, nº1 276511237 geral@naturbarroso.net www.naturbarroso.net

O Paço Travessa do Valado, nº2 962729699 Oficina do Joe Rª de Pereiró, 16 276563156 horst.stricker@sapo.pt www.oficinadojoe.com

Quinta do Fundo Vilar de Viando Mondim de Basto 255381291 fernandobouca@quintadofundo.com www.quintadofundo.com

Casa de Sudres Bairro de Sudres 276511437 abrigodemontanha@gmail.com http://www.abrigodemontanha.com

Casa da Caínha Lugar da Caínha Mondim de Basto 966769265 casadacainha@gmail.com Casa da Tialbina Aldeia de Travassos / Bilhó / Mondim de Basto 255381225 macman@sapo.pt www.acasadatiaalbina.com

MONTALEGRE A Cista Avenida do Emigrante (EN 103) 276556235 acista@centrobarrosao.com www.acista.web.pt Abrigo de Montanha 276511437 abrigodemontanha@gmail.com www.abrigodemontanha.com

Parque de campismo GERÊS GREEN PARK Cabril 914054410 geral@geresgreenpark.com www.geresgreenpark.com Parque de Campismo Municipal Penedones / 965898040 aquabarroso@gmail.com www.aquabarroso.com

Casa dos Braganças Rua das Braganças, 8/10 276579138 info@casadosbragancas.com www.casadosbragancas.com

S. Cristovão de Barroso Rua Seara Velha, nº 14 253 659 387 geral@scristovao.com.pt www.scristovao.com.pt

Casa Fontes da Mijareta Rª da Mijareta, 865 (EN 308) 936428015 casafontesmijareta@gmail.com www.padrefontes.com

Sol e Chuva R. Ridante, 1, Pisões

165

fds gastronómicos ‘14

276556171 solechuva@iol.pt www.solechuva.com OLIVEIRA DE AZEMÉIS Hotel Dighton Rua Dr. Albino dos Reis 256682191 info@hotel-dighton.com http://www.hotel-dighton.com/ Hotel Rural Vale do Rio Av. Soares de Basto, n.4346 256 990 000 geral@valedorio.com http://www.valedorio.com/ PAÇOS DE FERREIRA Paços Ferrara Hotel Avenida 1ª de dezembro,137 255962548 geral@pacosferrarahotel.com www.pacosferrarahotel.com Hotel de Charme Quinta do Pinheiro Rua do Miraldo, 262 255870097 hotelcharme@quinta-do-pinheiro.com www.hotelquintadopinheiro.com Hotel Rural Quinta da Vista Alegre Rua Leopoldo Saraiva,48 255880150 hotel@quintavistalegre.com www.quintavistalegre.com Quinta do Passal Casa de Campo Rua de São João, 279 255870420 www.quintadopassal.com PAREDES Casa de Estrebuela Av. Republica, n.º 95 255777543 estrebuela@gmail.com 


Paredes Design Hotel Rua Central de Mouriz, 1595 255781521 geral@paredesdesignhotel.com www.paredesdesignhotel.com

casinhademozelos@gmail.com www.casinhademozelos.com Quinta da Cruz de Arestim Arestim - Linhares 251783850 quintadacruz@hotmail.com

PAREDES DE COURA Casa da Capela Pecene – Cossourado 251782005 geral@casadacapela.pt

Quinta de S. Roque de Rubiães S. Roque - Rubiães 258817161 info@quintasaoroque.com

Casa da Oliveirinha Trulho - Agualonga 251941281 www.casadaoliveirinha.com

Sonho da Seara Seara - Bico 251788041 contacto@sonhodaseara.com

Casa de Eiró Rir 968870301 sergio@distinctiveportugal.com www.casadeeiro.com

PONTE DA BARCA Casa da Corça Bravães 919905970 quintadovedouro@gmail.com www.adere-pg.pt

Casa do Corno de Bico Lameira - Bico 939531372 ccb@tourgreen.pt www.tougreen.pt

Casa da Eira Germil 258452250 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casa do Outeirinho Val - Ferreira 251783715 outeirinho@.transcoura.com

Casa da Fonte da Tornada Castelo – Lindoso 258576142 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casa do Paço Veiga - Ferreira 251782542 casadopaco@nortenet.pt Casa Paz do Outeiro Venade - Ferreira 251782404 info@casapazdoouteiro.com www.casapazdoouteiro.com

Casa d’Auleira Alvarinha – Grovelas 258488020 placido.gomes@mail.telepac.pt www.adere-pg.pt Casa do Amparo Parada – Lindoso 258577140 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casinha de Moselos Eiró - Linhares 251788439

166

fds gastronómicos ‘14

Casa do Assento Castelo – Lindoso 258102114 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casa do Pomar Parada – Lindoso 258576189 info@casadopomar.net www.adere-pg.pt

Casa Real Danaia Germil 258588297 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casa do Cruzeiro Igreja – Entre Ambos-os-Rios 919030149 juliomanuelcalcada@gmail.com www.adere-pg.pt

Casa do Sertão Parada – Lindoso 258576115 geral@casadosertao.com www.adere-pg.pt

Casa Velha Paradamonte – Britelo 917256810 casavelha.turismo@gmail.com www.adere-pg.pt

Casa do Espigueiro Igreja – Entre Ambos-os-Rios 919030149 juliomanuelcalcada@gmail.com www.adere-pg.pt

Casa dos Cabecinhos Paradamonte – Britelo 258576526 casadoscabecinhos@iol.pt www.adere-pg.pt

Magalhães Hostel Rua Dr. Joaquim Moreira de Barros nº 14 965492032 info@magalhaeshostel.com www.magalhaeshostel.com

Casa do Javali Bravães 919905970 quintadovedouro@gmail.com www.adere-pg.pt

Casa dos Espigueiros Castelo – Lindoso 258576142 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Quinta da Prova Prova 258452163 jmcruz@clix.pt www.adere-pg.pt

Casa do João Parada – Lindoso 936261593 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

Casa dos Passais Igreja Entre Ambos-os-Rios 919030149 juliomanuelcalcada@gmail.com www.adere-pg.pt

Quinta dos Casais Bravães / 258452129 laceme@sapo.pt www.adere-pg.pt

Casa do Miradouro Prova 967071650 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt Casa do Moinho Castelo – Lindoso 258576142 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt Casa do Morangueiro Tamente Entre Ambos-os-Rios 258480500 reservas@casadomorangueiro.com www.casadomorangueiro.com

PONTE DE LIMA Albergue Quinta de Pentieiros Rua de São Pedro de Arcos 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt

Casa dos Pintos Parada – Lindoso 258576115 geral@casadosertao.com www.adere-pg.pt

Albergue Vacariça Lugar da Vacariça Refóios 258931414 reservas@arc-otel.pt

Casa Nobre do Correio Mor Rua Trás do Forno nº1 258452129 laceme@sapo.pt www.adere-pg.pt

Arc’otel Largo da Alegria Nº24 e Nº9 258931414 reservas@arc-otel.pt Axis Ponte de Lima Golf Resort Hotel Rua do Sobreiro, 346 - Fornelos e Queijada

Casa Nova Germil 258452250 geral@adere-pg.pt www.adere-pg.pt

167

fds gastronómicos ‘14

258900250 reservas@hoteldogolfe.com www.axishoteis.com/golfe Azenha do Rei Lugar da Ponte- Estorãos 258931750 info@casasnocampo.net www.casasnocampo.net Bungalow do Espigueiro Rua de São Pedro de Arcos 258 240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Bungalow do Lago Rua de São Pedro de Arcos 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Bungalow do Olival Rua de São Pedro de Arcos 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Bungalow do Prado Rua de São Pedro de Arcos 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Bungalow do Resineiro Rua de São Pedro de Arcos 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Bungalows da Expolima Caminho da Veiga 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa da Cabração Avenida da Cabração Nº2844


258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt

258931750 varzea@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa da Encruzilhada Avenida da Cabração, 1558 Cabração e Moreira do Lima 258931750 encruzilhada@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa das Oliveiras Lugar da Igreja Nova Santa Comba 967248822 casaoliveiras.scomba@portugalmail.pt Casa das Pereiras Largo Capitão José de Magalhães 258942939   Casa das Torres Lugar de Arribão Facha 258931 750 torres@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa da Floresta Rua do Castelo da Formiga São Pedro de Arcos Nº 788 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa da Gaiba Lugar da Ponte Estorãos 258931750 gaiba@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa de Abades Rua do Paço, 8 Gandra 258948227 casadeabbades@casadeabbades.com

Casa da Lage Rua de Lage, 274-São Pedro d’Arcos 258931750 lage@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa de Anquião Rua do Anquião, 184 Fornelos e Queijada 258931 750 anquiao@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa da Madalena Rua de Santa Maria Madalena Nº 78 Arca 258931414 reservas@arc-otel.pt Casa da Quinta do Outeiro Lugar do Outeiro-Cabaços 258763317 mosteiro.ptl@farmalink.pt 

Casa de Castro Lugar de Crasto- Ribeira 258931 750 crasto@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt Casa de Faldejães Lugar de Faldejães-Arcozelo 258943035 inspire.altar@gmail.com Casa de Fontão Lugar do Carvalhal - Fontão 258931750 fontao@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa da Ramada Quinta dos Casais Cepões 258742498 casadaramada@gmail.com Casa da Várzea Lugar da Várzea Beiral do Lima

168

fds gastronómicos ‘14

Casa de Labrujó Labrujó 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa de Pormarchão Quinta de Pormachão – Arcozelo 258741742 frederico-vilar@clix.pt Casa de Rendufe – Verde Lugar casal de São Pedro Rendufe 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa de Rendufe – Vermelha Lugar casal de São Pedro Rendufe 258240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa de S. João Lugar da Ribeira-São João da Ribeira 258948144 turismo@casasjoao.com www.casasaojoao.com Casa de São Gonçalo Lugar de S. Gonçalo Arcozelo 258931750 saogoncalo@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt Casa de São Mamede – Verde Rua de São Mamede Refóios 258931414 reservas@arc-otel.pt   Casa de São Mamede - Vermelha Rua de São Mamede Refóios 258931414 reservas@arc-otel.pt   Casa de Vilar do Monte Lugar do Rego Vilar do Monte 258240201

lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt

Casa Perestrelo Rua General Norton de Matos nº 340 965110739 mariagoretti_perestrelo@hotmail.com Eido da Casa do Cruzeirinho Lugar da Devesa 258942892 anibalamorim@hotmail.com 

Casa do Arrabalde Lugar de Além da Ponte Arcozelo 258742442 geral@casadoarrabalde.com www.casadoarrabalde.com Casa do Barreiro Rua de Santiago-Gemieira 258931750 barreiro@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Encosta do Monte Lugar de Agoeiros- Arcozelo 258941844 encostadomonte@sapo.pt

Casa do Cuco Lugar de Carvalhas Fontão 258 240201 lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt Casa do Eido da Devesa Lugar da Mota Devesa Bárrio 258757467 Casa do Mormeiral Rua de Mormeiral Rebordões Souto 258741594 casademormeiral@gmail.com  Casa do Outeiro Lugar do Outeiro Arcozelo 258931750 outeiro@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa do Salgueirinho Lugar do Salgueirinho - Arcozelo 258931750 salgueirinho@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Quinta da Agra Rua de Lamezinhos-Correlhã 967075154 quinta.agra@gmail.pt Quinta da Agra Rua de Lamezinhos-Correlhã 258931 750 agra@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Mercearia da Vila Rua Cardeal Saraiva, 34 258753562 mercearia da vila@live.com.pt www.merceariadavila.pt

Quinta da Aldeia Lugar de Crasto Ribeira 258931 750 aldeia@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Moinho de Estorãos Rua da Capela de Santo Amaro, 781 - Estorãos 258931750 moinhoestoraos@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Quinta da Bemvisa Calheiros 258931 750 info@casasnocampo.net www.casasnocampo.net

Parque de Campismo Quinta de Pentieiros Rua de São Pedro de Arcos 258240201

169

Pinheiro Manso Rua da Paradela da Seara nº379 Seara, 258742263 info@pinheiromanso.com www.pinheiromanso.com

Inlima Hotel and SPA Rua Agostinho José Taveira, lote 6 258900050 info@inlimahotel.com www.inlimahotel.com

O Marquês Lugar de São Gonçalo- Arcozelo 258947066 amandiobarrocas@sapo.pt Paço de Calheiros Rua de Calheiros – Calheiros 258931750 calheiros@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt

Casa do Pinheiro Rua General Norton de Matos,40-50 258943971 casa_do_pinheiro@sapo.pt

lagoas@cm-pontedelima.pt www.lagoas.cm-pontedelima.pt

fds gastronómicos ‘14

Quinta da Roseira Rua de Campo Raso-Feitosa 258931 750 roseira@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt Quinta de Martim Rua de São Brás-Calheiros 258941 677 Quinta de Santa Baía Avenida de Santa Baía, 1930 Gaifar 258931750 santabaia@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt


Quinta de Santa Quitéria Rua da Posa, 1288 – Feitosa 258938060 geral@quintadesantaquiteria.com Quinta do Casal Lugar do Casal Facha 258931750 casal@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt Quinta do Rei Lugar da Ponte – Estorãos 258931750 rei@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt São João Rua Rosário 39 258941288 alojamentosjoao@portugalmail.pt   Solar das Arcadas Largo Cais do Rio Lima – Vitorino das Donas 258731351 solardasarcadas@planeta-turismo.com Solar do Pessegueiro Lugar da Aldeia – Vitorino das Donas 258730644 solar_de_pessegueiro@hotmail.com www.solardopessegueiro.com Torre de Refoios Rua de Penas – Refóios do Lima 258751030 reservas@torrederefoios.com www.torrederefoios.com PORTO Hotel Portofoz Rua do Farol, 155, 3º 226172357 portofoz@portofoz.com www.portofoz.com PÓVOA DE LANHOSO Casa Moinho da Porta 

170

Taíde 253576842   Casa de Alfena Rua de Aldeia de Baixo, n.º 291 – Travassos 253943790     Casa de Requeixo Rua Central, n.º 350 – Frades  253636591      Casa do Outeiro Estrada do  Outeiro n.º 531 968881402     Casa Oceane Largo da Poça do Brito n.º 142 - Sobradelo da Goma 968881402     DiverLanhoso Lugar de Porto de Bois - Oliveira 253635764     Quinta do Rego  Trav. do Rego, nº 214 - Campos, S. Martinho 253738611     Quinta do Riacho Rua de Requeixo 303 253738162     Quinta São Vicente Caminho de São Vicente 337   253632466     RESENDE Douro Park Hotel Caldas de Aregos 254870700 geral@douroparkhotel.com www.douroparkhotel.com

RIBEIRA DE PENA Casa do Mota Alvite 259470981   Hotel de Cerva Feira da Lomba 259470125 hotelcerva@gmail.com www.hoteldecervaboguinhas.com

Vald´âregos – Turismo Rural Senhora da Piedade 254874176 brunodiogo@sapo.pt www.valdaregos.com

Hotel das Aves Av. Silva Araújo, nº 324 - Vila das Aves 252872363 geral@hoteldasaves.com www.hoteldasaves.com

fds gastronómicos ‘14

SANTA MARTA DE PENAGUIÃO Quinta Sra da Graça Qta da Sra da Graça – S. João de Lobrigos 254811609 quintasenhoradagraca@live.com.pt Quinta da Cumieira Cumieira - Lugar da Capela 259969114 webmaster@quintacumieira.com www.quintacumieira.com/quinta/ quintalinux/paginaprincipal.html Solar Quinta da Portela Quinta da Portela, Veiga - Cumieira 259373451 solarquintadaportela@hotmail.com http://solarportela.com/quinta.php SANTO TIRSO Casa de Vilela Tv. de Vilela, nº 37 – S. Tomé de Negrelos 252941336 ccoutinhoum@gmail.com www.casadevilela.com Hotel Cidnay Rua Dr. João Gonçalves 252859300 reservas@hotel-cidnay.pt www.hotel-cidnay.pt

Quinta da Picaria Rua da Picaria, nº 194 – Guimarei 252891297 picaria@solaresdeportugal.pt www.solaresdeportugal.pt Santo Thyrso Hotel Praça Conde S. Bento, nº 29 A 252830420 geral@santothyrsohotel.com www.santothyrsohotel.com

info@hotelpedrabela.com www.hotelpedrabela.com

reservas@geresalbufeira.com www.geresalbufeira.com

TERRAS DE BOURO Casa de Emaús Lugar de Emaús, nº 85 253356046 info@casa-de-emaus.com www.casa-de-emaus.com

Hotel Adelaide Rua de Arnaçó, 45 253390020 geral@adelaidehotel.pt www.adelaidehotel.pt

Casa de Padre Alexandre Rua da Carreira, nº 113 253357015 julia_carvalho_sousa@hotmail.com www.bemviveremcovide.netau.net

Zé da Rampa Hotel Av. de Poldrães, nº 272 – Vila das Aves 252871044 zedarampa@hotmail.com

Hotel Baltazar Rua Eng. José Lagrifa Mendes, nº 6 253391131 geral@baltazarhotel.com www.baltazarhotel.com

Casa do Bárrio Lugar do Bárrio, nº 77 253107660 quintadobarrio@hotmail.com

Hotel Carvalho Araújo Rua de Arnaçó, nº 6 253391185 geral@hotelcarvalhoaraujo.com www.hotelcarvalhoaraujo.com

Casa do Cavacadouro Cavacadouro, nº 189 938499252 casadocavacadouro@gmail.com www.casadocavacadouro.wix.com/pt

Hotel Universal Av. Manuel Francisco da Costa, nº 115 253390220 infohoteis@ehgeres.com www.ehgeres.com

SANTA MARIA DA FEIRA Hotel dos Lóios R. Dr. António C. Ferreira Soares, 2 256379570 geral@hoteldosloios.com www.hoteldosloios.com

Casa Encosta da Torre Guardenha, 1º C 963099549 geral@encostasdatorre.com www.encostasdatorre.com

Parque Campismo Cerdeira Campo do Gerês 253351005 info@parquecerdeira.com www.parquecerdeira.com

Nova Cruz Hotel R. S. Paulo da Cruz, Apartado 125 256371400 info@novacruzhotel.com www.novacruz.com

Casa O Postigo Rua da Igreja 253353122 casadopostigo@hotmail.com www.casadopostigo.webnode.pt

Quinta de Gestaçós Pereiró, nº 21 253391491 info@quintadegestacos.com www.quintadegestacos.com

Hotel Ibís Espargo – Europarque 256307040 h1729@accor.com www.ibishotel.com

Casas da Aguça Lugar do Assento, nº 21 253991986 casasdaaguca@gmail.com www.casasdaguca.com

Vale das Mós Lugar de Quintão, nº 8 253356026 geral@valedasmos.com www.valedasmos.com

Hotel Feira Pedra Bela Rua da Malaposta, Nº 510 256910350

Gerês Albufeira Lugar de Cubos, nº 210 – Vilar da Veiga 253390030

VALE DE CAMBRA Quinta Progresso Macieira-a-Velha – Macieira de Cambra

SÃO JOÃO DA PESQUEIRA Montanhas do Douro Resort & Spa Paredes da Beira 931105779   O Forno da Devesa, Lda Pereiros / 254484414 caetano.isabel@hotmail.com  

171

fds gastronómicos ‘14


256410890 quintaprogresso@netvisao.pt www.quintaprogresso.com

Hotel Laranjeira Rua Cândido dos Reis, nº 45-47 258822261 info@residencialaranjeira.com www.residencialaranjeira.com

Solar das Laranjeiras Salgueirinhos – Macieira de Cambra 256423977 geral@solar das laranjeiras.pt www.solardaslaranjeiras.pt

Hotel Rali Av. Afonso III, nº 180 258829770 reservas@hotelraliviana.com www.hotelraliviana.com

VALONGO Parkhotel Valongo R. Regedor José Diogo, 90 220125200 geral.valongo@parkhotel.pt www.parkhotel.pt

Paço de Lanheses Largo Capitão Castro, nº 465 258731134 reservas@pacodelenheses.com www.pacodelanheses.com

VIANA DO CASTELO Albergaria Margarida da Praça Largo 5 de Outubro, 58 258809630 info@margaridadapraca.com www.margaridadapraca.com

Postilhão Avª 1º de Maio 258331031 info@postilhao.com www.postilhao.com

Axis Viana Business & SPA Hotel Av. Capitão Gaspar de Castro 258802000 reservas@axisviana.com www.axishoteis.com/pt/Axis-VianaBusiness-Spa/Hotel.aspx

Pousada Monte de Santa Luzia Monte de Santa Luzia 258800370 recepcao.mluzia@pestana.com www.pousadas.pt/historic-hotels-portugal/ pt/pousadas/north-hotels/pousada-deviana-do-castelo/monte-de-sta-luzia/ pages/home.aspx

Hotel Calatrava Rua Manuel Fiúza Júnior, nº 157 258828911 hotelcalatrava@gmail.com www.hotelcalatrava.com

Quinta da Bouça d’Arques Rua Abreu Teixeira, nº 333 968044992 joaomcouto@net.sapo.pt www.boucadarques.com

Hotel Flôr de Sal Avenida de Cabo Verde, nº 100 258800100 reservas@hotelflordesal.com www.hotelflordesal.com Hotel Jardim Viana do Castelo Largo 5 de Outubro, nº 68 258828915 hoteljardim.vc@sapo.pt www.hoteljardim-vianadocastelo.com

172

geral@pacoanha.com www.pacoanha.com

casadachoqueira@gmail.com www.casadachoqueira.com

VIEIRA DO MINHO Aldeia Turística de Louredo Cubo – Louredo 914609118 info@aldeiaturisticadelouredo.com.pt www.aldeiaturisticadelouredo.com.pt

Casa da Gaiteira Espindo – Ruivães 253658169 anacasagaiteira@hotmail.com www.casadagaiteira.pt

Casa Campo do Ermal Lug. Rio Longo – Mosteiro 914089690 geral@casacampoermal.com www.casacampoermal.com Casa Cancela da Renda Souto – Anjos 253656881 info@casacanceladarenda.com www.casacanceladarenda.com Casa Capitão-mor Vila Ruivães 253658117 casadedentro@gmail.com www.casadedentro.com Casa Cruzeiro do Ave Agra – Rossas 253656768 reservas@casadocruzeirodoave.com www.casadocruzeirodoave.com Casa da Batoca Taboadela – Mosteiro 253647641 geral@casadabatoca.pt www.casadabatoca.com

Quinta das Tuias Rua S. Roques, 68 258832840 qtatuias@hotmail.com www.quintadastuias.com

Casa da Cerca Aldeia – Parada de Bouro 253377627 www.casa-da-cerca.com

Quinta do Paço Anha Avª da Estrada Real 258322459

Casa da Choqueira Choqueira – Louredo 968678173

fds gastronómicos ‘14

966515384 susanamrgoncalves@sapo.pt www.casafidalgo.blogspot.com Casa Mindinha Salgueiros – Mosteiro 253647252 www.vieiraminhoturismo.com/pt/index. php?option=com_content&task=view&id= 112&Itemid=32

Casa da Ponte de São Pedro São Pedro – Cantelães 253646708 casa.da.ponte@sapo.pt www.casadapontesaopedro.com

Casa Nascente do Ave Agra – Rossas 253656119   Casa Tadeu Portelas – Anjos 253647001 casatadeu@hotmail.com www.casatadeuanjos.webnode.com.pt

Casa da Sarraguinha Mosteiro 253647225 baralha@quintadabaralha.com www.quintadabaralha.com Casa de São Paio Eira Vedra 253647431   Casa do Hospital Sanguinhedo / 914174407 casadohospital@gmail.com www.casadohospital.web.pt

Casa Travassô Agra – Rossas 253656815 Hotel Nascente do Ave Saínhas – Guilhofrei 253752030 nascenteave@oninet.pt www.nascenteave.web.pt

Casa do Mercador Real – Tabuaças 219232676 noemiapedregal@hotmail.com www.casadomercador.com

Lindo Verde Bouças – Ventosa 253640363 contactos@lindo-verde.com www.lindo-verde.com

Casa do Pontido Eiró – Cantelães 253647222 Casa dos Gaios Lug. Rio Longo – Mosteiro 964434475 cardocely@gmail.com www.casadosgaios.com

Quinta Casa da Fonte Tabuadela – Pinheiro 253741345 info@quintacasadafonte.com www.quintacasadafonte.com Quinta da Baralha Mosteiro 253647225 baralha@quintadabaralha.com www.quintadabaralha.com

Casa Fidalgo Calvos – Rossas

173

fds gastronómicos ‘14

Quinta da Penela Penela – Cantelães 253391157 info@quintadapenela.com www.quintadapenela.com Quinta da Veiga Revolta – Ventosa 253277222 contactos@quintadaveiga.com.pt www.quintadaveiga.com.pt Quinta das Glicineas Terra Feita – Eira Vedra 253648436 fernanda_rocha@sorilhal.com Quinta de Calvelos Calvelos – Soengas 253647582 geral@quintadecalvelos.com www.quintadecalvelos.com Quinta do Barbedo Barbedo – Caniçada 253640414 geral@quinta-barbedo.com www.quinta-barbedo.com Quinta do Negral Bouças – Ventosa 917630088 reservas@quintadonegral.com.pt www.quintadonegral.com.pt Quinta do Poço Outeiro – Tabuaças 253647167 geral@quintadopoco.com www.quintadopoco.com Quinta dos Martinhos Agra – Rossas / 253656331 geral@quintadosmartinhos.com www.quintadosmartinhos.com Quinta dos Vieiras Outeiro – Tabuaças


253647327 geral@quintadosvieiras.com www.quintadosvieiras.com Quinta São Simão Real – Tabuaças 253648270 geral@quintasaosimao.com www.quintasaosimao.com Quinta Travessa Ameã – Eira Vedra 253647430 geral@quintatravessa.com www.quintatravessa.com Zé da Estrada Penelas – Guilhofrei 253656184 www.vieiraminhoturismo.com/pt/index. php?option=com_content&task=view&id= 103&Itemid=32 VILA NOVA DE CERVEIRA Boega Hotel Quinta do Outeiral – Gondarém 251700500 reservas@boegahotel.com www.boegahotel.com Costa Verde Estrada nacional 13 – Campos 251795430 geral@costaverde.com.pt www.costaverde.com.pt Hotel Minho Belo Lourido- Lovelhe 251794690 minhobelo@gmail.com www.minhobelo.com Hotel Rural Quinta da Malaposta Largo Virgilio Fiúza – Lovelhe 931172626 geral@malapostahotelrural.com www.malapostahotelrural.com

174

Hotel Turismo do Minho Estrada Nacional 13 – Vila Meã 251700245 geral@hotelminho.com www.hotelminho.com

Hotel Mercure R. Manuel Moreira Barros, 618 D – Afurada 223740800 h3347@accor.com www.mercure.com

Hotel Miraneve Rua D. Pedro de Castro 259323153 hotelmiraneve@live.com.pt www.hotelmiraneve.com

INATEL Cerveira Lovelhe 251002080 inatel.cerveira@inatel.pt www.inatel.pt

Hotel Requinte Rua do Bairro Japonês, 2 – Arcozelo 227624076 residencialrequinte@sapo.pt www.hotelrequinte.com

Quinta do Paço Hotel Estrada Nacional 32 – Arroios 259340790 hotel@quintapaco.com www.quintapaco.com

Quinta de S.Roque S. Roque 251795227 s_roque1@hotmail.com www.quintas-roque.com

Novotel Porto Gaia Lugar das Chãs – Afurada 227728700 h1050@accor.com www.novotel.com

VILA VERDE Azenhas do Rio Homem Lugar de Germel 253361619 fernandotorresrest@hotmail.com

VILA NOVA DE GAIA Clip Hotel Av. República, 1559 – Mafamude 223745910 info@cliphotel.pt www.cliphotel.pt

Villa Sandini Hotel & SPA Rua do Calvário, 562 – Sandim 220825881 desk@villasandini.pt www.villasandini.pt

Casa Araújo Lugar de Sande de Baixo 966875495   Casa da Nóbrega Lugar de Casais de Vide 253453764 www.casadanobrega.com

Holiday Inn Porto Gaia R. Diogo de Macedo, 220 – Santa Marinha 223747500 info@hiportogaia.com www.holidayinn.com

VILA REAL Casa da Campânia Rua do Mineiro - Campeã 917523575 casadacruz@mail.telepac.pt www.casadacruz.com

Hotel Casabranca Rua da Bélgica, 96 - Canidelo 227727418 reservas@casabranca.com www.casabranca.com

Casa da Cruz Rua da Cruz – Campeã 917523575 casadacruz@mail.telepac.pt www.casadacruz.com

Hotel Davilina Av. República, 1571 – Mafamude 223757521 geral@hoteldavilina.com www.hoteldavilina.com

Casa da Quinta de São Martinho Rua de São Martinho, Mateus 259323986 geral@quintasaomartinho.com www.quintasaomartinho.com

Hotel Ibis R. Martires de São Sebastião, 247 – Afurada 227728200 h1274@accor.com www.ibishotel.com

Casa do Mineiro Rua do Mineiro – Campeã 917523575 casadacruz@mail.telepac.pt www.casadacruz.com

fds gastronómicos ‘14

casadofaial@gmail.com Casa dos Carvalhais Lugar do Rego 253367145 casadoscarvalhais@gmail.com www.casadoscarvalhais.com Casa dos Fernandes Lugar da Igreja 253312793 geral@casadosfernandos.pt www.casadosfernandos.pt Casal S. Miguel Soutelo Lugar do Casal 253310360 info@quintadocasal.eu www.quintadocasal.eu Hotel Bom Sucesso Largo Antunes de Lima, 5 253929070 reservas@bomsucesso.com www.bomsucesso.com Hotel Vila Luena Praça da República, 67 253319540 info@vilaluena.com www.vilaluena.com

Casa de Fundevila Fundevila 253214275 geral@casafundevila.com www.casafundevila.com

Leirinhas de Mondim 967266061 leirasdemondim@gmail.com www.leirasdemondim.com

Casa de Saramago Lugar do Monte 227127788 info@casadosaramago.com www.casadosaramago.com

Quinta da Cina Rua Francisco Joaquim Fernandes Azevedo 253311918 geral@cinaquinta.com www.cinaquinta.com

Casa de Sequeirô Lugar de Sequeirô, n.º 77 918501727 geral@casasequeiro.com www.casasequeiro.com

Quinta da Ramalha Rua n.º 1, Lugar da Ramalha 253925210 quintadaramalha@sapo.pt www.quintadaramalha.com

Casa do Faial Lugar do Faial, Rua 2 253273270

175

fds gastronómicos ‘14

Quinta da Resela Avª do Sobral – Castelo, n.º 17 917540539 geral@quintaderesela.com www.quintaderesela.com Quinta da Sara Lugar de Fundevila 253321370 qs@quintadesara.com www.quintadesara.com Quinta de Cachopães Cachopães, n.º 4 253311292 geral@cachopaes.com www.cachopaes.com Quinta de São Bento do Prado Lugar da Vila 253922210 quintasaobento@gmail.com Quinta do Sobreiro Lugar do Sobreiro 253923504 casadosobreiro@casadosobreiro.com www.casadosobreiro.com Quinta Dom José Rua de S. Miguel, n.º 44 253925220 quintadomjose@gmail.com www.quintadomjose.com VINHAIS Bungalows - P. Biológico de Vinhais Rua das Freiras, n.º 13 273771040 geral@parquebiologicodevinhais.com www.parquebiologicodevinhais.com VIZELA Hotel Termas Rua Dr. Abílio Torres, n.º 1236 – S. João 253481275 geral@hoteltermasvizela.com www.hoteltermasvizela.com


Turismo do Porto e Norte de Portugal Castelo Santiago da Barra 4900-360 Viana do Castelo Portugal

Tel.: +351 258 820 270 Fax: +351 258 829 798 turismo@portoenorte.pt www.portoenorte.pt/gastronomia www.portoenorte.pt


Fins de Semana Gastronómicos  

Iniciativa da Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal para celebrar a gastronomia do norte do país.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you