Issuu on Google+

www.afresp.org.br

Ano XLVII | Edição n.º 356 | Setembro de 2011

AGO aprova contas da Afresp de 2010 por unanimidade

Conselho Deliberativo Em reunião realizada no dia 27 de agosto, o Conselho Deliberativo da Afresp tratou de assuntos de interesse da Associação, da Amafresp e da classe. Pág. 7

Campeonato Estadual O XVII Campeonato “AFR Edvar Pimenta” encerrou com muita animação sua fase classificatória. O destaque ficou para a equipe Ribeirão/Araraquara. Confira! Pág. 10

Talentos AFRs

498 associados, entre presentes e representados por procurações, aprovaram durante Assembleia Geral Ordinária, realizada no dia 27 de agosto, as Contas e Relatórios da Comissão Fiscal do Conselho Deliberativo e da Diretoria Executiva da Afresp relativas a 2010. “A Afresp apresenta um balanço patrimonial consistente, evidenciado pelos índices e análises realizadas, apresentando superávit em 2010”, conforme parecer da Comissão Fiscal. Leia matéria da página 5

Afresp inaugura academia na sede

4

Dando continuidade ao projeto de crescimento e modernização de suas instalações, a diretoria da Afresp inaugurou no dia 30 de agosto as novas instalações de sua academia, que recebeu o nome do atual diretor de Esportes da Afresp, Américo Castagna Neto.

Diretores Regionais participam de reunião

00 8

Com o objetivo de tratar de assuntos da Afresp, classistas, operacionais e de investimentos, a Diretoria Executiva se reuniu com os diretores Regionais no dia 26 de agosto na sede da Associação. O encontro foi bastante produtivo.

Sérgio Haroldo, o criador do “Zeca, o fiscal” é o nosso entrevistado deste mês. Conheça um pouco mais sobre a história deste talentoso AFR. Pág. 12

Noite Cultural Os AFRs Carmem Queiroz e Cássio Junqueira foram as estrelas da Noite Cultural da Afresp realizada no dia 1º de setembro. Pág. 14

00 16 Cresce número de jovens inscritos na Amafresp

Mais de 290 novos filiados se inscreveram na Amafresp entre os meses de janeiro a agosto deste ano. A faixa etária média dos novos inscritos é de 20 anos. Do total, 110 são recém-nascidos. É a qualidade do plano Amafresp conquistando cada vez mais pessoas!


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

2

Expediente Jornal da Afresp - Órgão oficial da Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo Reconhecida de Utilidade Pública Estadual pela Lei nº 277, de 5/5/1949. Reconhecida de Utilidade Pública Municipal pelo Decreto nº 40.019 de 1/11/2000. CNPJ nº 62.635.990/0001-91 - Inscrição Municipal nº 1.005.705-6 Edifício Sede - Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4843 - Jd. Paulista- São Paulo - SP - CEP 01401-002 - PABX 11 3886-8800 Escritório Centro AFR João Álfaro Soto - Rua Roberto Simonsen, 62, 2º andar, sl. 21 - CEP 01017-020 - Tel.: 11 3242-0372/3107-9623

E-mail: associacao@afresp.org.br - Site www.afresp.org.br Diretoria Executiva

Sedes Regionais - Diretores

Presidente: Luiz Carlos Toloi Junior 1º Vice-Presidente: João Dias Yanes 2º Vice-Presidente: Hildebrando Djalma Pirágine Secretário Geral: Marcimedes Martins da Silva Secretário Adjunto: Arnaldo Marquezini 1º Tesoureiro: Omar Roldão de Moura 2º Tesoureiro: Angela Manzoti Nahman

Conselho Deliberativo Presidente: João Álfaro Soto (Capital); Vice-Presidente: José Varkulja (Capital); 1º Secretário: Eduardo Gonçalves (Ribeirão Preto); 2º Secretário: Roberto Garcia (Santos). Comissão Fiscal: Ari José Brandão (Sorocaba), Claiton Osnir do Amaral (Piracicaba) e Luís Augusto Sanches (Jundiaí). Conselheiros (ordem alfabética): André Pachione Pillay (Bauru), Antenor Roberto Barbosa (Presidente Prudente), Antonio Guerra (São José dos Campos), Benedito Franco da Silveira Filho (Conselheiro nato), Durvail Soares Pompeo (Capital), Eliana Maria Pessoa F. de Oliveira (Capital), Fabiano Buchetti de Sousa (Araraquara), Heitor Okuma (Marília), Honorato Sanchez Duran (Capital), José Eduardo Gracioto (ABCD), Miguel Siqueira (Taubaté), Miguel Ângelo C. da Silva (Campinas), Nilza Bardi Romano (Araçatuba), Roberto Bonifácio de Souza (São José do Rio Preto), Roberto Chiaverini (Osasco), Ruy Sarzedas Cunha (Guarulhos), Sebastião Tadeu de Vasconcelos (Franca) e Teruo Massita (Capital).

Diretorias da Afresp João Dias Yanes (Amafresp e de Inscrição); Marcimedes Martins da Silva (Seguros); Arnaldo Marquezini (Administrativa e de Patrimônio); Omar Roldão de Moura (Financeiro e de Tecnologia da Informação); Hildebrando Djalma Pirágine (Recursos Humanos) e Angela Manzoti Nahman (Convênios e de Cultura).

Diretorias Designadas Américo Castagna Neto (Esportes); Arthur Antonio Chagas Pisani (Planejamento); Benedito Franco da Silveira Filho (Aposentados e de Previdência); Cézar José D´Avoglio (Regionais); José Pucci Cuan (Assessoria Jurídica) e Maria da Graça Palumbo Gaiarsa (Social).

Fundafresp Aldo Gentile (coordenação) Membros da Comissão: Luiz Fernando Catta Preta César, Luiz Waldemar Zuolo, Roberto Garcia, Francisco Lucindo Ramalho Netto e João Álfaro Soto.

Ouvidoria Hélio Pires Monteiro Tels: 0800-550679/11-3886-8843 Fax: 11-3886-8852. E-mail:ouvidor@afresp.org.br

Auditoria Interna da Amafresp José Carlos Franco Fernandes

Filiada à Febrafite

ABCD/S. B. do Campo- Pedro Rosálio da Cunha Pereira R. Doutor Dupré, 50 - Nova Petrópolis - S. Bernardo do Campo - CEP 09770-030 - Tel. 11 4330-3466 - 11 4121-8511 Araçatuba - José Carlos Almada R. São Paulo, 538 - Vila Mendonça - CEP 16015-130 Tel. 18 3623.6394 e 3623.1888 Araraquara - Anselmo Abdala Av. Espanha, 188 - 1º andar - CEP 14801-130 Tel. 16 3322-9034 - Tel/Fax. 16 3322-7245 Bauru - Carlos Inácio da Silva R. Rio Branco, 15-15 - sala 11 - Ed.Tocantins - CEP 17015-311 Tel. 14 3227-8987 e 14 3226-2850 Campinas - José Lúcio Zambrotti Gomes Campos Av. Andrade Neves, 2.412 - 6° and.- sl. 62 CEP 13070-001 - Tel. 19 3242-9571 e 3241-8811 Franca - João Batista de Matos R. Luiz Silva Diniz, 2451 - CEP 14403-422 - Tel. 16 3724-1057 Guarulhos - Eugênio Evandro Fernandes R. Tapajós, 298 - CEP 07111-340 - Tel. 11 2468-8906 e 2409-8622 Jundiaí - Antonio Jair Simionato Rua Flávio Rossi, 42 - Vila Maria Luiza - CEP 13209-301 Tel. 11 4586-8637 e 4586-8636 Marília - Airton Marcos Alves R. Paes Leme, 47 - 2° and. - sl. 21 - CEP 17500-150 Tel. 14 3413-4270 e 3433-5679 Osasco - Antonio Carlos de Oliveira Joaquim Condomínio Sant’Agostinho (Shopping Primitiva) R. Dona Primitiva Vianco,244, sl. 907/908- CEP 06016-000 Tel. 11 3681-7583 e 3682-1449 Piracicaba - Alberto Penno Junior R. Prudente de Moraes, nº 525 - Sl 03 - Centro CEP:13400-310 - Tels: 19 3433-1849 e 19 3422-9166 Presidente Prudente - Ailton Estácio R. Siqueira Campos, 172 - Bairro do Bosque - CEP 19010-060 Tel/Fax. 18 3221-6928 - Tel. 18 3221-3682 Ribeirão Preto - Rose Mary T. Lino do Nascimento R. Américo Brasiliense, 405, 10º, sl. 1009 - CEP 14015-050 Tel/Fax. 16 3610-4936 e Tel. 16 3635-9053 Santos - Décio Correa Villela Av. Conselheiro Nébias, 576 - CEP 11045-002 Tel. 13 3233-2115 e 3222-5757 São José do Rio Preto - Alberto Aparecido de Andrade Av. Francisco das Chagas de Oliveira, 245 - CEP 15091-330 Tel. 17 3227-8133 e 3227-8598 São José dos Campos - Everaldo de Melo Brandão Av. Mario Galvão, 403, Jardim Bela Vista- CEP 12209-004 Tel. 12 3922-0010 - 3922-4024 Sorocaba - Vanderlei Correa Fidelis Av. Antônio Carlos Comitrê, 510, 1º andar, sala 15, CEP 18047-620 - Tel. 15 3231-7290 e 3232-7004 Taubaté - Maria Leonidas Coelho Jaques Rua José Dias de Carvalho, nº 130, Jardim Russi - Taubaté CEP 12010-370 - Tel. 12 3632-6415 e 3624-2413 Subsede - Av. Roberto Simonsen, 62 - 2º and- sl. 21 - Centro São Paulo - CEP 01017-020 - Tel.: 11 3242-0372/3107-9623 DRTC-I Gilberto Carlos de Lima DRTC-II João Ramalho DRTC-III João Alves Pereira Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4843 - CEP 01401-002 Tel. 11- 3886-8800 Endereços e mais informações disponíveis no site da Afresp www.afresp.org.br, link Regionais e CCs.

Centros de Convivência

Araçatuba - Rod. Marechal Rondon, Km 527,5 - Fazenda Baguassu - (Próx. à Assoc. Atlética - Banco do Brasil) Tel.: 18-3625-3586 AFR Luiz Carlos Toloi Junior, Araraquara - Av. Dr. Renato Santini Junior, 117 - Recreio Campestre Idanorama. Tel.: 16-3335-2371/Cel.:16-8119-2435 Bauru - Chácara Vale São Luís, lote 15 - Rod. Bauru-Iacanga (saída Estrada Água do Capim). Tel.: 14-3239-4272 Campinas - Rua Alexandre Cazelatto, s/nº Bairro Betel (Município de Paulínia). Tel.: 19-3884-7407/Cel.: 19-9139-1851 Franca - Rod. João Traficante, km 5 - chácara 01 - Cond. “Recanto Esperança”- (Saída Franca-Ibiraci). Tel.: 16-9969-6011 AFR Luiz Dias, Grande São Paulo - Guarulhos - Rua Maria Garcia Utrilla, n°50 Próx.a acesso para Cumbica. Bairro Nova Cumbica CEP 07230-640. Tel.: 11-2446-1584 Jundiaí - Trav. Rod. Geraldo Dias, altura do nº 1300 Vila Formosa - Jundiaí - Tel.: (11) 4492-4575 Marília - R. José Paschoal Gervásio, 325, quadra 6 - Bairro Letícia II - Distrito de Padre Nóbrega. Tel.: 14-3415-1658 AFR Roberto Chiaverini, Grande São Paulo - Osasco -Rua Octávio Catelani, n° 172 - Jardim Adalgisa - Tel.: 11-3682-5096 Presidente Prudente - Rua dos Jasmins, s/nº - Bairro do Limoeiro - Álvares Machado (próx. Balneário Amizade) Tel.: 18-9703-8870 Ribeirão Preto - Rua E, 15 - Recreio Internacional (saída Estrada de Serrana) Tel.: 16-3629-0213 São José do Rio Preto - Rua Jairo de Andrade Leme s/n (antiga rua 2) - Morada Campestre Tel.: 17-3238-1080 Sorocaba - Av. Francisco Roldão Sanches, 1000 (antiga Estrada da Serrinha) - Alto da Boa Vista - Sítio Darcy Tel.: 15-3228-2933 Vale do Paraíba - Rua do Aconchego, 295 Bairro do Sapé II - Caçapava. Tel.: 12-9784-2279 OBS.: Santos - Os colegas de Santos têm a Barraca da Afresp: Pto. de Referência R. Ângelo Guerra (1ª rua após a Av. Cons. Nébias, direção Pta. da Praia/Gonzaga) - Conj. 04 - Ponto 27

Expediente Jornal da Afresp Marketing & Comunicação: Presidente Luiz Carlos Toloi Junior Assessor de Marketing & Comunicação: Arthur Antônio Chagas Pisani O Conselho Editorial do Jornal da Afresp é formado por todos os membros da Diretoria Executiva. Coordenadora de Marketing: Viviane Bulbow de A. Mendes (MTB 33.251JP/SP) Assessor: Nivaldo Nocelli Jornalista: Fabieli de Paula Soares Designers: Eduardo R. de Oliveira, Leandro G. de Sousa e Vivian de Oliveira Periodicidade: mensal Tiragem: 9.750 exemplares Circulação: setembro e outubro/2011 Redação: Av. Brig. Luís Antônio, 4843 - São Paulo - SP CEP 01401-002 - Telefones: 11 3886-8837/ 8901 E-mail: marketing@afresp.org.br Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e a sua publicação neste periódico não implica, necessariamente, em concordância da Diretoria da Afresp com os conceitos neles emitidos.

Comunicados Saudades Profundamente consternada, a Diretoria da Afresp cumpre o doloroso dever de noticiar o falecimento dos seguin­tes colegas: 18/07/2011- Claudinei Mendonça, aos 69 anos, aposentado de São Paulo 07/08/2011- Francisco Haytzmann, aos 82 anos, aposentado de Santos 16/08/2011- Jorge Peres Rodrigues, aos 74 anos, aposentado de Guarujá 17/08/2011- João Jaquery, aos 83 anos, aposentado São Paulo

Às famílias enlutadas, nossas mais sentidas condolências.

Contribuições O comunicado nº10 de 2011, assinado pelo presidente Luiz Carlos Toloi Junior em 09/09/201, determina as seguintes cotas para o mês de setembro/2011: a) mensalidade Afresp= R$ 71,62 (setenta e um reais e sessenta e dois centavos), mantendo o valor anteriormente cobrado; b) cota Amafresp= R$ 365,00 (trezentos e sessenta e cinco Jul Ago Set reais), mantendo o valor anteriormente co2011 2011 2011 brado; c) cota Fundafresp Mensalidade da = R$ 31,21 (trinta e um 71,62 71,62 71,62 reais e vinte e um cenAfresp tavos), correspondentes 360,00 365,00 365,00 Cota Amafresp a contribuição mínima de 20 (vinte) cotas no valor Cota do Fundo unitário de R$ 1,5605 (jade Solidariedade neiro/2011). Informamos ainda que os citados valores 31,21 31,21 31,21 Cota Fundafresp terão vigência a partir de 01/09/2011 .


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

3

Editorial Os excluídos No dia 31 de agosto desse ano, o governo do Estado de São Paulo encaminhou à Assembleia Legislativa Projeto de Lei que institui o regime de previdência complementar no Estado e fixa o limite máximo para a concessão de aposentadorias e pensões de que trata o artigo 40 da Constituição Federal. No referido projeto, a Previdência Complementar implantará o teto do Regime Geral de Previdência Social, somente para os futuros servidores públicos do Estado, não implicando em nenhuma mudança para servidores que atualmente se encontram em atividade, inativos ou dependentes. Na exposição de motivos o governo declara que, para cerca de 70% dos novos servidores que ingressarão no Estado, a implantação da Previdência Complementar não trará nenhuma mudança em relação ao regime atual. E para os demais 30%, aqueles que ganharão acima do teto do Regime Geral de Previdência Social, hoje fixado em R$ 3.691,74, o sistema trará vantagens, dentre as quais a possibilidade de uma aposentadoria até maior do que os proventos recebidos pelos servidores atuais, permitindo o aporte de contribuições extraordinárias sem a contrapartida do Estado. Não cabe aqui entrar no mérito da proposta, uma vez que ela decorre de dispositivos constitucionais inseridos na reforma da previdência de 2003, de triste memória, impostos ao setor público “goela a baixo” e impulsionados por propinas conhecidas como

mensalões. Porém, é necessário esclarecer que as vantagens enunciadas na exposição de motivos nada mais são do que o adocicado exterior de uma pílula contendo um remédio amargo, com inevitáveis e desastrosos efeitos colaterais, particularmente para as carreiras típicas e exclusivas de Estado.

economia que se vislum“braA como benefício, com a aprovação desse projeto de lei, terá seu custo.

Essas carreiras se situam no alto da pirâmide dos 30% de servidores. E uma superficial análise do projeto revela: a contribuição do Estado, que hoje é duas vezes a do servidor, será igual à deste e limitada a 7,5% da remuneração no regime normal; com a necessidade de contribuições extraordinárias sem contrapartida oficial, a contribuição do Estado passará a ser bem menor do que a do servidor e a deste ainda maior, já que o cálculo atuarial não faz milagres; não há garantias de que o benefício corresponda à expectativa de ganho, uma vez que os valores dos proventos e pensões dependerão do rendimento da carteira no mercado financeiro ávido por lucro; sepultado está o princípio da paridade para os novos servidores, morto e velado que já se encontrava desde a reforma da previdência, com incertezas sobre a atualização dos benefícios; o Estado,

além de contribuir bem menos para os proventos e pensões, “lava as mãos”, feito Pilatos, quanto às garantias oferecidas aos atuais servidores e negadas aos que ingressarem após essa lei: “A iniciativa decorre unicamente do desejo de obedecer ao disposto na Constituição Federal e nas Leis Complementares Federais nºs 108/01 e 109/01”. As carreiras típicas e exclusivas de Estado, por sua natureza e por não possibilitarem o exercício de outras atividades com raras e taxativas exceções, deveriam ter seus encargos previdenciários inteiramente suportados pelo Estado, embora o servidor hoje contribua para tal, inclusive aposentado e pensionista. Mas, o que se quer é o contrário. A ruptura que se descortina nessas carreiras, decorrente da instituição de duas classes de servidores, a dos que contam com a garantia do Estado e a dos que são entregues à sua própria sorte, só pode acarretar sérios prejuízos a seu equilíbrio interno e, consequentemente, à eficiência, eficácia e efetividade das ações de estado. Infelizmente, por falta de descortino de nossos políticos e governantes – a reforma da previdência aí está para atestar – só o tempo revelará as reais e nefastas conseqüências que advirão em decorrência da secção de uma carreira típica e exclusiva em dois grupos. O futuro do Estado estará nas mãos do grupo dos excluídos de seu amparo e segurança. E a economia que se vislumbra como benefício, com a aprovação desse projeto de lei, terá seu custo.

O tempo passa... Acervo do AFR Jair Monteiro Ao lado temos a foto dos Agentes Fiscais de Rendas concursados em 1951 durante um almoço festivo. Da esquerda para direita vemos os seguintes AFRs: Antonio Roque Basile, Gaspar Peres, Moacyr Ramos, Jair Monteiro, Orlando Teixeira Pinto, José Rezende, Silvio Faria, José Vicente Silva e Nelson Queiroz.

Seção “O tempo passa...” tem por finalidade resgatar momentos da história da fiscalização. Se você tem alguma foto em que possa identificar alguns colegas, pode remetê-la A/C Jornal da Afresp, à Av. Brig. Luís Antônio, 4843 - Jd. Paulista - CEP 01401-002 e-mail: marketing@afresp.org.br


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

4

Afresp

Diretoria inaugura academia na sede social da Afresp e presta homenagem Academia da Afresp recebeu o nome do atual diretor de Esportes da Afresp, Américo Castagna Neto Dando continuidade ao projeto de crescimento e modernização de suas instalações, a diretoria da Afresp inaugurou no dia 30 de agosto as novas instalações de sua academia, que recebeu o nome do atual diretor de Esportes da Afresp, Américo Castagna Neto. O evento contou com a presença dos diretores da Afresp e também dos atuais frequentadores da academia: AFRs, esposas, familiares e colegas pensionistas. O momento do descerramento da placa foi uma surpresa. O diretor de Esportes, Américo Castagna Neto, não sabia da homenagem e se emocionou. "Não tenho palavras para agradecer este gesto", disse. O presidente da Afresp, Luiz Carlos Toloi Junior, também discursou. "Existem pessoas que trabalharam incansavelmente na área de esportes e lazer em prol da família Afrespiana, por isso nossa diretoria tem a honra de inaugurar a 'Academia Américo Castagna Neto', uma singela homenagem ao nosso atual diretor de Esportes, que tanto fez por nossa classe”. Toloi ressaltou que o esporte além de trazer qualidade de vida para os associados é também um momento de união.

Durante descerramento da placa de inauguração

Os associados podem usar a academia de segunda a sexta, além de contar com a importante orientação dos educadores físicos, Ana Maria Fernandes e Paulo de Carvalho, que são profissionais experientes e qualificados. Novas instalações da academia

Ana Maria é graduada em educação física pela FMU, sendo colaboradora da Afresp há 11 anos. Uma de suas especialidades é trabalhar com a terceira idade. A profissional atenderá os associados às terças e quintas, das 9h às 11h.

Maria do Carmo, Américo e Toloi Junior

Já o coordenador de esportes da Afresp, professor Paulo, também é graduado em educação física e trabalha há 16 anos na Associação. Paulo é especialista em diversas áreas esportivas e tem vasta experiência em condicionamento físico. Ele atenderá os associados às segundas e quartas, das 9h às 11h. Esta é mais uma iniciativa da diretoria Executiva da Afresp em prol do bem-estar de seus associados. Acesse nosso site e confira mais fotos deste evento. Colegas AFRs e educadores físicos Ana e Paulo (agachados)

Justas homenagens... Américo Castagna Neto recebeu a justa homenagem por ser um dos idealizadores de práticas esportivas na Afresp. Sua trajetória começou no ano de 1984, quando reativou junto com outros colegas os campeonatos estaduais de futebol da classe, que já não eram realizados há alguns anos. Desde aquela época, até os dias de hoje, Américo realizou junto com a direção da Afresp muitas ações esportivas, visando sempre a qualidade de vida dos associados e principalmente a união da classe. Mas não é só na Afresp que nosso diretor de Esportes é reconhecido. Recentemente ele ganhou da Câmara Municipal de São Paulo um certificado que homenageia incentivadores da prática de futebol de várzea na região da Mooca.(veja foto ao lado).

Diretores da Afresp e o colega AFR Israel (seg. à esquerda)


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

5

Afresp AGO aprova contas da Afresp de 2010 por unanimidade No total 498 assinaturas foram registradas, entre colegas presentes e representados por procuração

A Afresp realizou, dia 27 de agosto, a Assembleia Geral Ordinária para deliberação das “Contas e Relatórios da Comissão Fiscal do Conselho Deliberativo e da Diretoria Executiva, relativas ao exercício de 2010”.

Colegas durante votação

As contas foram aprovadas por unanimidade pelos 498 associados, entre presentes e representados por procurações específicas. A reunião foi presidida pelo diretor da Regional de Santos, Décio Correa Vilela e secretariada pela conselheira Nilza Bardi Romano e pelo Diretor Regional de Marília, Airton Marcos Alves. A leitura do parecer da Comissão Fiscal foi feita por Ari José Brandão. “A Afresp apresenta um balanço patrimonial consistente, evidenciado pelos índices e análises realizadas, apresentando um superávit em 2010”, afirmou. O diretor Financeiro, Omar Roldão de Moura, falou da solidez que a Afresp demonstra em seu balanço patrimonial. “Felizmente, os números de 2010 superaram os de 2009. Tivemos um índice de acréscimo no balanço patrimonial de 8,68%, sendo que o PIB de 2010, estabelecido pelo governo federal, foi de 7,5 %”. Omar também falou das aplicações e adiantou que os números de 2011 serão ainda superiores.

Airton, Décio e Nilza

Depois foi feita a leitura do parecer da Rodyo’s Auditores Independentes por Milton Miranda Rodrigues. O presidente da Afresp, Luiz Carlos Toloi Junior, após aprovação, agradeceu a dedicação e trabalho dos diretores Regionais e designados, e de toda a diretoria Executiva.

Toloi, Milton,Omar e Ari

Toloi Junior elogiou o trabalho do Conselho Deliberativo e da Comissão Fiscal. “Um conselho forte é um grande estímulo para toda a diretoria. Agradeço ao presidente do Conselho Deliberativo, João Álfaro Soto e todos os conselheiros que contribuem para o crescimento da nossa entidade. Quero resOmar Roldão de Moura saltar também o trabalho desempenhado pela Comissão Fiscal, que foi composta pelos colegas Ari José Brandão, Claiton Osnir do Amaral e Luis Augusto Sanches”. Antes de encerrar a Assembleia, o presidente da Afresp agradeceu o trabalho dos colaboradores da Associação.

Associados elogiam Guia de Procedimentos “Parabéns Afresp pela iniciativa de editar e distribuir a todos os AFRs o ‘Guia de Procedimentos para AFR e familiares’. É muito importante um guia com essas orientações em momentos difíceis. Agora, posso dispensar os rascunhos de procedimentos finais que estão arquivados junto com as apólices de seguro de vida e demais documentos”. Noboo Nakasone “Recebi em minha casa o ‘Guia de Procedimentos para AFR e familiares’. Aproveito para elogiar o trabalho de grande utilidade”. Sebastião P. C. Neves Filho


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

6

Afresp

Afresp adota solução que moderniza transmissão de fax Novo sistema oferece mais benefícios a colaboradores e associados A Afresp, preocupada com a modernização tecnológica de seus equipamentos, instalou em todas as estações de trabalho de sua sede a solução LFax para transmissão e recepção automatizada de fax. O novo sistema, que substituiu o antigo aparelho de fax, permite a visualização e impressão da mensagem em qualquer computador da rede. Com o LFax haverá, por exemplo, a redução de custos com a utilização de papel, pois somente serão impressos os documentos (fax) necessários e legíveis. Além disso, o novo sistema também permite que todos os documentos sejam salvos no backup da rede. O LFax trabalha com um servidor próprio, duas placas ligadas ao PABX e um ramal dedicado para o fax em cada departamento. “A Afresp irá reduzir consideravelmente seus custos operacionais além de se manter tecnologicamente atualizada, acompanhando e implementando soluções que geram economia, agregam agilidade, qualidade e mais benefícios aos associados”, afirmou o diretor do departamento de Administração, Arnaldo Marquezini.

Arnaldo Marquezini

AFRs da Ativa Se você faz aniversário no mês de setembro: o prazo para realizar o recadastramento obrigatório vai até 30 de setembro

Aposentados Almoço dos aposentados reúne 150 colegas no mês de agosto A Comissão Organizadora dos Almoços dos Aposentados e a diretoria de Aposentados e Previdência da Afresp realizaram no 17 de agosto mais um tradicional almoço dos aposentados. O evento reuniu 150 colegas, entre eles a diretoria da Afresp, o deputado estadual e AFR Vitor Sapienza. O deputado Federal, João Eduardo Dado Leite de Carvalho, foi representado pelo diretor de Aposentados e Previdência, Benedito Franco da Silveira Filho. Finalizando os discursos, o presidente da Afresp, Luiz Carlos Toloi Junior, falou do prazer que era ter os colegas reunidos na Associação. “É importante vocês participarem da vida associativa”.

Atenção

Chuteiras Penduradas AFRs APOSENTADOS

Se você faz aniversário no mês de setembro, você tem até o dia 30/09 para realizar o recadastramento anual em uma agência do Banco do Brasil.

Agora chegou a vez de mais alguns poderem deliciar-se com tudo aquilo que desejavam quando se dirigiam ao trabalho nos dias mais difíceis. E nunca o tempo é demais para a vontade do homem de contemplar, de buscar, de conhecer. Que o jornal seja lido com mais calma, que novos livros sejam descobertos, que o sol morene a pele todos os dias e a lua abençoe, todas as noites, os sonhos ou os pensamentos que a madrugada inspira. Saúde e alegria para vocês: 09/06/2011 - Manoel Reinato Rocha, nível VI 16/08/2011 - José Hiro Nakamura (nível não informado) 16/08/2011 - Marilene Arantes Nuzzo (nível não informado) 18/08/2011 - Maurício Aparecido Colin (nível não informado) 20/08/2011 - José Carlos Balestero (nível não informado)


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

7

Conselho Deliberativo

Membros do Conselho Deliberativo participam de reunião no mês de agosto Reunião tratou de assuntos de interesse da Afresp, Amafresp e da classe O Conselho Deliberativo da Afresp esteve reunido no dia 27 de agosto na sala de reuniões “Benedito Franco da Silveira Filho” para tratar de assuntos de interesse da Afresp, Amafresp e da classe. Após a execução do Hino Nacional, o presidente do Conselho Deliberativo, João Álfaro Soto, fez uma homenagem ao conselheiro Benedito Franco da Silveira Filho que, excepcionalmente, não estava presente por motivos de saúde. Os conselheiros aprovaram a ata da reunião anterior por unanimidade e foi dado início à leitura de processo Amafresp, onde o Conselho fez o julgamento do caso. Em seguida o conselheiro Ari José Brandão leu um relatório evidenciando todas as informações pertinentes ao Fundo de Reserva da Afresp. Após a leitura os conselheiros elogiaram o conteúdo apresentado. O conselheiro Honorato Sanchez Duran parabenizou o colega Roberto Chiaverini, que no mês de junho foi homenageado pelas Forças Soto e Eduardo Gonçalves da paz do Brasil. “Essa medalha é resultado do trabalho desempenhado pela Secretaria da Fazenda e pelos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de

São Paulo”, disse Chiaverini. Ele também agradeceu ao Jornal da Afresp, que publicou a referida homenagem na edição nº 354. Antes de terminar a reunião os conselheiros trataram de assuntos classistas. Conselheiros Presentes Presidente: João Álfaro Soto. Conselheiros: André Pachione Pillay, Antenor Roberto Barbosa, Antonio Guerra, Ari José Brandão, Claiton Osnir do Amaral, Durvail Soares Pompeo, Eduardo Gonçalves, Eliana Maria Pessoa Ferreira de Oliveira, Fabiano Buchetti de Sousa, Honorato Sanches Duran, José Eduardo Gracioto, José Varkulja, Luís Augusto Sanches, Miguel Ângelo Carvalho Silva, Miguel Siqueira, Nilza Bardi Romano, Roberto Bonifácio de Souza, Roberto Chiaverini, Roberto Garcia, Sebastião Tadeu de Vasconcelos e Teruo Massita.

Comissão Eleitoral - Eleições 2011 INSTRUÇÕES CE Nº 02/2011 A Comissão Eleitoral, tendo como membros os Agentes Fiscais de Rendas José Carlos Franco Fernandes, Oswaldo Garcia da Cunha e Francisco Lucindo Ramalho Netto, aprovados pelo Conselho Deliberativo da Afresp - Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo. Em reunião do dia 18 de junho de 2011, conforme o estabelecido no item I do art. 88 do Estatuto Social da Afresp baixa as seguintes instruções, para as eleições da Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo a serem realizadas no dia 22 de novembro de 2011. ROTEIRO PARA AS INSCRIÇÕES 1.1 - Somente poderão inscrever-se como candidatos, os associados Agentes Fiscais de Rendas definidos no § 1º do artigo 4º, e em dia com suas obrigações sociais e financeiras de acordo com o que preceitua o item I do artigo 10, ambos do Estatuto Social da Afresp. 1.2 Para o Conselho Deliberativo e Diretoria Executiva, os candidatos deverão ter tempo de permanência no quadro associativo superior a um e três anos, respectivamente na data de sua inscrição junto a Comissão Eleitoral. 1.3 As inscrições dos candidatos tanto para a Diretoria Executiva como para o Conselho Deliberativo, dar-se-ão perante a Comissão Eleitoral, na forma estabelecida no edital publicado no jornal “Diário de São Paulo”, no dia 02 de agosto de 2011,

somente nos dias úteis, das 9h00 às 17h00, na Sede Social da Afresp, com início no dia 21 de setembro de 2011 e término impreterível no dia 21 de outubro de 2011 (artigo 82-caput). 1.4 A inscrição dos candidatos para os cargos da Diretoria Executiva será feita obrigatoriamente sob a forma de chapa completa, vedada a participação do candidato em mais de uma chapa (artigo 82 § 1º) 1.5 A inscrição para o cargo de Conselheiro e respectivo Suplente será individual, sendo vedada qualquer vinculação com a chapa de candidatos à Diretoria Executiva (art. 82 § 2º). 1.6 Após a inscrição para a disputa dos cargos à Diretoria Executiva, a chapa só poderá ser modificada até as 17h00 do dia 21 de outubro de 2011. Esgotado esse prazo, a substituição de candidatos somente será permitida, no todo ou em partes nos seguintes casos: falecimento, exoneração ou demissão do cargo de Agente Fiscal de Rendas ou ainda, suspensão ou exclusão do candidato do quadro associativo da Afresp. São Paulo, 23 de agosto de 2011.

José Carlos Franco Fernandes Presidente da Comissão Eleitoral


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

8

Regionais

Diretores Regionais participam de reunião na sede da Afresp O objetivo do encontro foi tratar de assuntos da Afresp, classistas, operacionais e de investimentos

A Diretoria Executiva esteve reunida dia 26 de agosto, na sala de reuniões do 4º andar da Afresp, com os diretores Regionais. O presidente da Associação, Luiz Carlos Toloi Junior, deu início a reunião, que teve como objetivo tratar de assuntos da Afresp, classistas, operacionais e de investimentos. Na oportunidade Toloi Junior apresentou o presidente da Comissão Eleitoral, José Carlos Franco Fernandes, que se colocou a disposição de todos para eventuais dúvidas. Dando continuidade à reunião, o presidente da Afresp falou sobre a ação de irredutibilidade salarial dos AFRs, cujo patrono da causa é o Dr. Márcio Cammarosano. E destacou que a ação foi ganha em todas as instâncias no âmbito estadual, inclusive o pleito interposto para execução da sentença, onde o Estado recorreu. Dessa forma, a ação foi para análise do Supremo Tribunal Federal – STF. Ainda referente a assuntos classistas foi feita a explicação sobre o projeto de reforma da previdência tramitando em Brasília. Toloi Junior também fez considerações sobre as contas da Afresp e a solidez financeira da entidade. “É importante ter consciência do cumprimento da peça orçamentária, bem como

Happy Hour no C.C. de Jundiaí

a cautela para se realizar despesas”, ainda ressaltou que há cinco anos a Afresp não reajusta sua mensalidade, por causa de medidas de contenção de gastos e os avanços obtidos na área de seguro de vida. O diretor de Administração e Patrimônio, Arnaldo Marquezini, explicou o cronograma de redução de despesas adotado pela Afresp, o qual surtiu efeito substancial para se obter benefícios diretos aos associados. Já o 1º vice-presidente da Afresp, João Dias Yanes, falou sobre a excelência no atendimento prestado pela equipe de auditoria médica da Amafresp, como também sobre as atualizações da Agência Nacional de Saúde – ANS. O diretor de Seguros, Marcimedes Martins da Silva, o diretor do Financeiro e de TI, Omar Roldão de Moura e a diretora de Convênios e Cultura, Angela Manzoti Nahman, também explanaram assuntos sobre suas respectivas áreas. Para encerrar, o diretor de Regionais, Cézar José D' Avoglio, tratou dos investimentos e obras em curso das Regionais; investimentos e obras a realizar.

Regional de Piracicaba realiza jantar para pensionistas

Em 11 de agosto os colegas de Jundiaí participaram de um agradável Happy Hour no Centro de Convivência da região.

Na ocasião foram recebidos os novos "TEFE'S - Técnicos da Fazenda Estadual Sefaz/SP ".

A Regional de Piracicaba promoveu em julho um delicioso jantar no tradicional restaurante Pavanelli. O encontro contou com a participação de 48 colegas, sendo a maioria delas pensionistas. A bacalhoada deu um toque especial ao jantar.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

9

Regionais Ex-Delegado Regional Tributário de Campinas recebe homenagem A foto do colega José Eduardo de Paula Saran foi colocada na galeria de ex-delegados No dia 16 de agosto, durante ato solene, a foto do colega AFR José Eduardo de Paula Saran foi colocada na "Galeria de ex- Delegados" da DRT de Campinas. Participaram do evento o presidente da Afresp, Luiz Carlos Toloi Junior, o secretário geral, Marcimedes Martins da Silva, e a segunda tesoureira, Angela Manzoti Nahman. A solenidade contou com a presença de aproximadamente 70 convidados. O colega José Eduardo de Paula Saran, agradeceu sensibilizado a homenagem recebida. Saran fez menção ao período em que esteve como Delegado Regional Tributário de Campinas, enfatizando que foi uma época de grande aprendizado, e que também fez muitos amigos. "Meu desejo é que esta foto, pertencente à galeria, seja uma homenagem a todos que, por quatro anos, conviveram e trabalharam comigo". Ele acrescentou que se lembrará com carinho do período em que foi Delegado. Na oportunidade o atual Delegado Regional Tributário de Campinas, José Carlos Vecchiato, falou que a DRT/5 reconhece o trabalho desenvolvido pelo colega Saran. "As fotos colocadas na galeria, apesar do simbolismo, perpetuam a imagem daqueles que construíram a história desta DRT".

Esther, Vecchiato, Angela, Toloi, Saran e Ademir

Estiveram presentes também o delegado de Julgamento da DTJ/2-Campinas, Baltazar Garcia, a presidente da Apafresp, Thereza Ignez Pereira (Tereka), o diretor Regional de Campinas, José Lúcio Zambrotti, o conselheiro da região, Miguel Ângelo C. da Silva, o diretor Regional de Piracicaba, Alberto Penno Junior, representantes Regionais do Sinafresp, Inspetores Fiscais, chefes de unidades, assistentes fiscais, e aposentados.

Presidente da Afresp visita Regional e DRT de Araraquara e Santos Com o intuito de acompanhar o andamento das reformas nas Regionais de Araraquara e Santos, o presidente da Afresp , Luiz Carlos Toloi Junior , visitou cada uma delas no mês de agosto. No dia 9 de agosto, Toloi Junior acompanhado do diretor de Regionais, Cézar José D’Avoglio, visitou os colegas da DRT/15 e foi até o Centro de Convivência de Araraquara para o acompanhamento da reforma da quadra de tênis. Conforme já divulgado, no dia 4 de abril ocorreu uma forte chuva, acompanhada de granizo e de ventos de alta velocidade, na cidade de Araraquara e região, o que provocou danos na quadra. O diretor Regional de Araraquara, Anselmo Abdala, não pôde comparecer, por estar exercendo seu trabalho fiscal fora do município.

Cézar e Toloi na regional de Araraquara

Já no dia 24 de agosto, Toloi Junior pôde verificar o andamento da reforma do telhado do salão de festas da Regional de Santos que segue em ritmo acelerado. O novo telhado do forro de gesso com iluminação e som já estão prontos.

Confraternização mensal em Bauru recebe colegas de outras Regionais No dia 17 de agosto foi realizado no Centro de Convivência da Afresp em Bauru mais um encontro mensal de confraternização entre os colegas AFRs. O evento foi prestigiado pelos chefes, titulares e substitutos, das Unidades de Julgamento de Araraquara, Araçatuba, Marília, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, que se encontravam na cidade para a realização do treinamento com vistas à implantação do Processo Administrativo Tributário Eletrônico – e-PAT. Também compareceram ao evento os colegas Julgadores Tributários e Técnicos da Fazenda Estadual da Delegacia Tributária de Julgamento de Bauru, que da mesma forma celebraram o bem sucedido treinamento.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

10

Esportes

Começam as eliminatórias do Campeonato “AFR Edvar Pimenta” Equipes se preparam para novas disputas. Final está agendada para novembro O XVII Campeonato Estadual de Futebol da Afresp “AFR Edvar Pimenta” encerrou com muita animação sua fase classificatória. Agora as equipes se preparam para as eliminatórias, que acontecem nos dias 17 de setembro e 1º de outubro. Em 3 de setembro foram realizados os últimos jogos da primeira fase. As equipes Bauru/Araçatuba/São José do Rio Preto e DRTC-I empataram em 2 a 2 e Guarulhos venceu a DRTC-II/III/ABCD por 2 a 1. O destaque ficou para a equipe Ribeirão/Araraquara, que venceu por 4 a 0 o time de Osasco. Com esse excelente resultado a equipe terminou esta fase como primeira colocada, somando 16 pontos e já garantiu uma vaga para os jogos da semifinal, marcados para os dias 15 e 29 de outubro. As finais estão agendadas para os dias 05 e 19 de novembro, dependendo, no entanto, de um ajuste final face ao dia do funcionário público.

Ribeirão/Araraquara: melhor equipe da 1ª fase

CLASSIFICAÇÃO GERAL EQUIPES

PG J

V

E

D

Ribeirão/Araraquara

16

6

5

1

0

DRTC-I

13

6

4

1

1

Osasco

10

6

3

1

2

Campinas /Jundiaí

9

6

3

0

3

Bauru/Araçatuba/S.J.R.Preto/Marília

9

6

2

3

1

Guarulhos

3

6

1

0

5

DRTC-II/III/ABCD

0

6

0

0

6

DRTC-I

Bauru/Araçatuba/S.J. R. Preto/ Marília

Corridas favorecem qualidade de vida e bem-estar de AFRs Tendo como meta a busca pela qualidade de vida e bem-estar por meio da prática de esportes, colegas atletas de Afresp participaram entre os meses de julho e setembro de três importantes corridas nacionais: Corrida dos Bombeiros, em 03 de julho; Corrida “Centro Histórico” em 7 de agosto e Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, em 21 de agosto. Realizada em São Paulo, na região do Ipiranga, a Corrida dos Bombeiros homenageia os profissionais da área. Os 14 atletas que representaram a Afresp nesta corrida puderam retirar seus kits e contar com toda a assistência prestada pela tenda da Afresp, montada no Parque da Independência, ao lado do Museu do Ipiranga. O destaque da equipe foi o AFR Luiz Carlos Lopes, que cruzou a linha de chegada com o tempo de 50m57s. O centro antigo de São Paulo, com sua bela arquitetura e patrimônios como o Teatro Municipal, o Mosteiro de São Bento e a Catedral da Sé, também serviu de palco para a realização de outra importante prova: a Corrida do Centro Histórico, com um percurso de 9 km. A tenda azul da Afresp foi montada no Vale do Anhangabaú. Lá os 20 atletas da equipe retiraram seus chips e números, aqueceram e fizeram o alongamento antes da largada. Um dos destaques foi a estreia do AFR Martin Friedrich Heiken Muller em corridas de rua. Ele concluiu os 9 km em 52m06s. O bairro de São Conrado, Zona Sul do Rio, sediou a 15ª edição da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro. Dos inscritos, 59% vieram de outros estados e países da América do Sul. A largada aconteceu às 9h na praia de São Conrado rumo ao Aterro do Flamengo, passando por pontos turísticos como Leblon, Ipanema, Copacabana e Botafogo. Os atletas Antonio Roberto Ruffino, Alexandre Lania Gonçalves, Camila Atletas participam de Meia Maratona do RJ Sobral Rodrigues, Carlos Eduardo Pastor de Oliveira, Eran Manuchakian, Haroldo Rosa Rodrigues, Luciano Ortega, Luiz Claudio Santos Bueno, Márcia A. Dias Lacerda, Márcio Antonio Nascimento, Márcio França Teixeira, Nilton Braga Renó e Ricardo Crispim Oliveira da Silva fizeram parte da equipe da Afresp. O destaque foi o AFR Nilton Braga Renó, que concluiu a Meia Maratona em 1h28m03s.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

11

Fundafresp Entidades agradecem auxílio do Fundafresp Veja depoimentos de entidades beneficiadas Como resultado de seu trabalho de auxílio a entidades que atendem menores e idosos carentes de todo o Estado de São Paulo, todos os meses o Fundafresp recebe cartas de agradecimento. Veja a seguir depoimentos dos representantes de algumas dessas entidades. “Agradeço ao Fundafresp pelo empenho ao agraciar a Instituição Assistencial e Educacional Dr. Klaide. Entre todos os cuidados que dispensamos às nossas crianças, adolescentes e idosos, nossa proposta pedagógica baseia-se no respeito à criança na aceitação de seus valores culturais e sociais. Nossa intenção é oferecer um ambiente acolhedor, onde todos possam desenvolver plenamente, tornando-se assim cidadãos do bem. Muito gratos comemoramos pelo gesto de Amor”, afirmou a vice-presidente da entidade, Aparecida Pelegrin Tarifa. A presidente da Casa Abrigo da Criança do Município de Tupã, Paulete Tânia da Silva também enviou o seu depoimento: “Em nome das crianças da entidade agradeço a valiosa doação feita pelo Fundafresp. A obra do bem em favor de todos precisa de muitos braços e do espírito altruísta. Deixamos nossos agradecimentos e reafirmamos nosso apreço e consideração”, disse Tânia.

Jornal da entidade Dr. Klaide

Digitais das crianças da Casa Abrigo de Tupã

Beneficiados Confira a lista de entidades assistenciais que receberam recursos no mês de Agosto 01) Casa dos Idosos de Nova Granada – R$ 3.000,00 02) Associação Nosso Desafio Pirassununga – R$ 3.100,00 03) Creche Bom Pastor – Franca - R$ 4.000,00 04) Casa Transitória Nossa Senhora Aparecida – Jundiaí – R$ 3.000,00 05) Associação Educacional para Crianças Especiais Bem-Te-Vi – São José dos Campos – R$ 2.700,00 06) Creche Berçário Cruzada dos Pastores de Belém – Bauru – R$ 3.100,00 07) Associação Legião Filantrópica Jauense – Jaú – R$ 2.500,00 08) Lar São Vicente de Paulo de Avaré – R$ 3.600,00 09) Associação para Síndrome de Down de Taubaté – R$ 2.000,00 10) Rede de Combate ao Câncer de Ourinhos – R$ 2.000,00 11) União dos Deficientes Físicos de Araraquara – R$ 4.000,00 12) Núcleo Multidisciplinar Social de Nova Granada – R$ 2.700,00 13) Recanto do Menor da Paróquia Sant’ana – Itapeva – R$ 3.400,00 14) Associação das Senhoras Espíritas de Catanduva – R$ 3.900,00 15) Associação Faça uma Criança Sorrir de Osasco e Região – R$ 4.000,00 16) Instituição Beneficente Nosso Lar – São Paulo – R$ 4.000,00 17) Núcleo Coração Materno – São Paulo – R$ 4.000,00 18) Casa da Criança de Leme Cecília de Souza Queiróz – Leme – R$ 4.000,00 19) Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos – Presidente Prudente – R$ 4.000,00 20) Comunidade Vida Nova – Leme – R$ 3.100,00 21) Associação União Beneficente das Irmãs de São Vicente de Paulo de Gysegem – Lar Nossa Senhora das Graças – Jundiaí – R$ 4.000,00 22) Educandário Santa Maria – Avaré – R$ 3.000,00 23) Associação Religiosa e Beneficente Jesus Maria José – Centro Social Escola Amada – Igarapava – R$ 2.000,00 24) Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Espírito Santo do Pinhal – R$ 2.000,00 25) Associação Franciscana de Solidariedade – São Paulo – R$ 4.000,00 26) Associação Aliança de Misericórdia – Casa de Formação Imaculada

do Espírito Santo – São Paulo – R$ 2.000,00 27) Lar Anjo Gabriel – São Paulo – R$ 2.500,00 28) Associação de Assistência Social de Icém – R$ 4.000,00 29) Sociedade Espírita Allan Kardec – Ibaté – R$ 2.000,00 30) Oficina Educacional da Criança e do Adolescente – Novo Horizonte – R$ 2.000,00 31) Creche São Cristóvão – Amparo – R$ 4.000,00 32) Casa Bom Samaritano de Araçatuba Manolo Garcia – Araçatuba – R$ 3.600,00 33) Associação de Combate ao Câncer de Marília e Região – Marília – R$ 2.000,00 34) Instituição Nosso Lar – Araçatuba – R$ 3.500,00 35) Centro Espírita Seareiros de Jesus – Americana – R$ 2.000,00 36) Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids de Catanduva – R$ 2.000,00 37) Casa de Apoio ao Paciente Oncológico – Casa Recomeço – São José dos Campos – R$ 2.000,00 38) Núcleo Assistencial Educacional Espírita Joanna de Ângelis – São Manuel – R$ 3.500,00 39) Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de General Salgado – R$ 2.000,00 40) Lar São Vicente de Paulo de Cerqueira César – R$ 3.000,00 41) Lar dos Velhinhos Dr. Adolpho Barretto – Mococa – R$ 3.700,00 42) Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Marília – Marília – R$ 2.000,00 43) Instituição Casa dos Velhos – Tupã – R$ 4.000,00 44) Associação Beneficente de Carapicuíba – R$ 2.400,00 45) Associação Pró Reintegração Social da Criança – Sorocaba – R$ 2.000,00 46) Associação Penapolense de Proteção a Infância Anjo da Guarda – Penápolis - R$ 3.000,00

Fundafresp informa

3.235 doações já realizadas a entidades carentes

Casa do AFR Total distribuído desde 1995:

Valor contabilizado:

R$ 7.296.020,00

R$ 2.635.224,90


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

12

Talentos AFRs

“Zeca, o fiscal”: conheça a história de seu criador Sérgio Haroldo fala sobre personagem do Jornal da Afresp Todos os AFRs que leem o Jornal da Afresp conhecem o personagem “Zeca, o Fiscal”. Este AFR do mundo imaginário vive as mesmas situações que os AFRs na realidade. O que poucos sabem é quem está por trás desse personagem. O criador do Zeca é o AFR Sérgio Haroldo, que desde agosto de 1990 (edição 139), desenha e cria histórias para o Jornal da Afresp. “Em uma conversa com o então presidente da Afresp (daquela época), João Dado, me ofereci para colaborar com o Jornal da Afresp. Minha intenção era personificar a publicação com o AFR Zeca”. Nas “tiras”, Sérgio Haroldo enfoca, em traços expressivos, o cotidiano de um personagem que sintetiza vários momentos vividos pelos AFRs. E com senso crítico aguçado “o Zeca Fiscal” provoca boas gargalhadas e leva os AFRs a pensar em questionamentos classistas.

Sérgio Haroldo, presidente e diretores da Afresp e membro do Fundafresp

Realmente o personagem conseguiu criar uma identidade com o Jornal da Afresp e se consagrar, afinal muitos AFRs comentam que antes de ler a publicação da entidade, preferem apreciar a ‘tirinha do Zeca’.

uma carta que recebi de associado fui questionado sobre as roupas da esposa do Zeca, que usava sempre o mesmo vestido de bolinhas e bobes no cabelo. Respondi bem-humorado que todos os personagens têm uma identidade, afinal quem já viu o Tio Patinhas, a Dona Florinda ou o Chaves trocar de roupa?”.

“Fazer o Zeca é uma satisfação e me proporciona colaborar com a Afresp, uma entidade de classe muito representativa, a qual estimo muito”, comentou.

E por falar na mulher do Zeca, qual é o nome desta personagem? “Podemos chamá-la de Margarida, acredito que este nome combina com ela”, afirmou.

Durante entrevista concedida ao Jornal da Afresp, Sérgio Haroldo contou algumas curiosidades do personagem. “Em

Para esta edição nosso ilustre cartonista preparou uma “tira” especial. Veja no rodapé desta página.

Mais sobre Sérgio Haroldo... Autodidata, Sérgio Haroldo prestou concurso para o cargo de Agente Fiscal de Rendas no ano de 1960, mas, por questões administrativas, foi chamado somente em abril de 1978, ou seja, 18 anos depois. Antes de ser AFR sempre trabalhou com vendas em empresas como a Nestlé e Nutrimental. Sua carreira na Secretaria da Fazenda foi de aproximadamente 20 anos. Trabalhou nas DRTs de Osasco, Bragança Paulista e Campinas. Após se aposentar, Sérgio Haroldo não parou, pois além de colaborar com o Jornal da Afresp realiza diversas atividades. Ele escreve uma coluna sobre defesa do Consumidor para o jornal “O Atibaiense” e apresenta um programa de rádio diário, onde comenta as notícias locais. Sérgio Haroldo também foi presidente da Comissão Municipal da Defesa do Consumidor de Atibaia - Comdecon. “Não podemos ficar com a mente parada”, afirmou o simpático criador do Zeca, que atualmente mora na cidade de Atibaia, terra de muitos artistas, entre eles o cantor Silvio Caldas, o sambista Noite Ilustrada, e a atriz Ruth Escobar.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

13

Seguros Associados elogiam atendimento do Departamento de Seguros Setor de Sinistro da Afresp oferece comodidade e exclusivas vantagens para seus associados Associados da Afresp que utilizam os seguros de automóveis oferecidos pela entidade elogiam os serviços prestados que garantem atendimento personalizado, com rapidez no pagamento de indenizações. A Afresp oferece seguros com vantagens exclusivas para associados nos ramos de autos, residência e vida, operando com seguradoras parceiras. Exclusividade do Setor de Sinistro O atendimento dispensado pelo Setor de Sinistro do Departamento de Seguros oferece comodidades que são exclusivas para os associados. A rapidez no pagamento das indenizações e o acompanhamento do caso são diferenciais dos seguros de automóveis da Afresp, que agradam aos segurados. Com profissionais qualificados o Setor de Sinistro faz a interface entre o associado, seguradora e oficina, abreviando os tramites burocráticos pertinentes aos sinistros, sempre proporcionando a agilidade necessária em cada situação. “Nosso setor está apto a fazer o atendimento e gerir todo e qualquer tipo de sinistro, resultando para o associado uma rápida e justa indenização, de acordo com suas apólices”, explicou a encarregada do setor de Sinistro, Joceli Barbosa de Souza. Em agosto, foram atendidos 55 sinistros de automóveis, sendo oito de indenizações integrais, 26 de indenizações parciais e 21 de indenizações a terceiros. As indenizações integrais (perdas totais) foram feitas em até seis dias úteis, quando o veículo está quitado. Esse prazo pode ser um pouco maior com automóveis sinistrados financiados e que dependem do envio de documentação pelas instituições financeiras.

Departamento Seguros Responde

Setor de Sinistro da Afresp

Bom atendimento rende elogios O AFR Osvaldo Shigueharu Yamasaki, da DRT 12, teve seu carro furtado e, graças ao seguro feito na Afresp com a Porto Seguro, foi ressarcido rapidamente. “Além do atendimento da seguradora, recebi a assistência do Setor de Sinistro da Afresp que acompanhou de perto o meu caso, até o rápido recebimento da indenização. É um serviço excelente que a Afresp oferece e que eu recomendo”, afirma Yamasaki. Atendimento setor de Sinistro Segunda a sexta, das 8h às 17h (sede da Afresp) (11) 3886-8860/8921/8918 ou 0800 77224747 Finais de semana: Sinistro Mapfre - 0800 775 1000 Sinistro Porto Seguros - 4004-76786

?

O que é Questionário de Avaliação do Risco? O ‘Questionário de Avaliação do Risco’ é uma série de perguntas que a seguradora faz para definir o perfil do segurado e desta forma, poder avaliar melhor o risco que ela irá assumir. Algumas Seguradoras concedem descontos ou agravam (aumentam) o valor do prêmio de seguro de acordo com as respostas fornecidas pelo segurado.

Seguro de Vida Afresp informa No mês de agosto 5 famílias foram amparadas pelo Seguro de Vida Afresp e receberam indenização. Valorizando a Vida Parceria

Comunicado de Sinistros O setor de Sinistro da Afresp comunica que em agosto foram atendidos 55 casos de sinistros de automóveis e 1 sinistro de residência.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

14

Sociocultural

Associados prestigiam Noite Cultural Os AFRs Carmem Queiroz e Cássio Junqueira mostram talento durante apresentação no auditório da Afresp A Noite Cultural da Afresp, que contou com a participação especial dos AFRs Carmem Queiroz e Cássio Junqueira, comprovou mais uma vez o talento da classe dos Agentes Fiscais de Rendas. Carmen Queiroz e sua banda fizeram um verdadeiro show no palco da Afresp. A intérprete cantou músicas de Chico Buarque, Ângela Maria, Clara Nunes, Beth Carvalho e muitos outros artistas consagrados da música popular brasileira - MPB. Durante o show, Carmem aproveitou a oportunidade para falar do seu 4º álbum solo “Enquanto Eu Fizer Canção” – lançado no mês de maio desse ano. Nesse álbum, a artista comemora seus 20 anos de carreira e faz uma homenagem às cantoras que foram importantes na construção de sua identidade artística. Em seguida, Cássio Junqueira recitou trechos do seu novo livro “Só Poesias” acompanhado da tradutora, Amina Di Munno.

Recital do livro “Só Poesias” realizado durante Noite Cultural na Afresp

Para abrilhantar ainda mais o evento, Carmen, Cássio e Amina fizeram um belíssimo recital, que inclusive foi premiado na Itália. O evento realizado no dia 1º de setembro contou com a presença do escritor, tradutor e professor brasileiro, Milton Hatoum; diretores da Afresp; associados e familiares. O AFR Israel Ribeiro e sua esposa Maria Aparecida Ferrazoli Ribeiro, que sempre participam dos eventos realizados pela Afresp, Carmem Queiroz, Amina e Cássio Junqueira ficaram encantados com o talento dos artistas. “Nós gostamos muito das poesias recitadas por Cássio e do show da colega Carmem”. Israel ressaltou que “o mundo precisa de cultura”. Ao final, todos participaram de um coquetel servido no saguão da sede da Afresp. Mais uma vez o departamento de Convênios e Cultural da Afresp realizou um evento de sucesso. Veja mais fotos em: www.afresp.org.br


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

ANS - nº31763-2

15

Amafresp Hospital 9 de Julho tem novo setor de oncologia Centro conta com profissionais capacitados e modernos recursos tecnológicos para exames

O Hospital 9 de Julho, credenciado da Amafresp, firmou parceria operacional com o Centro Paulista de Oncologia (CPO), também credenciado da Amafresp, dando início a uma nova visão de coordenação técnica e científica na instituição. O CPO, fundado há 27 anos, é dirigido por especialistas de renome mundial como Jacques Tabacof, médico credenciado da Afresp, Sergio Daniel Simon, Rene Claudio Gansl, Marcelo Aisen e Roberto Abramoff. “Aliado aos novos recursos tecnológicos para os exames por imagem molecular (PET/CT), trabalharemos o melhor diagnóstico anátomo-patológico adequado ao tumor de cada paciente. Uma nova área foi criada no Hospital 9 de Julho. Enfermeiros, farmacêuticos, psicólogos e outros profissionais estão sendo treinados para o atendimento”, afirma Tabacof. Hospital 9 de Julho O hospital inaugurou em julho um ambulatório de quimioterapia idealizado de acordo com a nova visão oncológica. Além do ambulatório, o hospital possui um andar de internação exclusivo para esses pacientes. O espaço conta com 16 leitos e equipe de enfermagem especializada. É a Amafresp sempre em busca de centros de referência e profissionais qualificados para oferecer o melhor atendimento a seus filiados. Dr. Jacques Tabacof

Após transplante, filiada Amafresp publica livro Ligia Cristiane Jimenez, que é filiada Amafresp, publicou recentemente o livro “Doença, transplante e UTI: a morte vencida”. Na publicação, ela conta sua trajetória em busca da cura de uma doença hepática, que teve como desfecho um bem-sucedido transplante de fígado, realizado pela Amafresp em julho de 2010. “Um livro de vida e não de morte. Neste relato sincero, o sofrimento não é uma hipérbole para um enredo, simplesmente porque foi vivido; aparece, sobretudo, porque foi superado. Valeu a pena relembrar tudo o que passei para mostrar como até casos mais críticos podem ter um final feliz”, afirmou Ligia.

Ligia Cristiane, filiada Amafresp

Ligia é mais um caso de sucesso da Amafresp – um dos poucos planos de saúde do Brasil que oferece cobertura para todos os tipos de transplantes. Isso significa mais tranquilidade ao filiado e toda sua família. Confira reportagem sobre o caso da filiada Ligia no Jornal da Afresp, edição 349, ou acesse a versão online do Jornal no site da Afresp: www.afresp.org.br.

Planilha de Custos da Amafresp - 2011 (Regime Contábil - Competência) Confira os demais valores do ano de 2011 no site da Afresp (www.afresp.org.br) em Amafresp, link Informações Financeiras. Demais Convênio Emergências Despesas OdontolóMédicas Assistenciais gico

Reembolso Odontológico

Ressarc. ao SUS

95.266,46

13,71

20.300,46

448.184,33

583,15

87.335,56

Exames

Terapias

Internações

Outros Atend. Ambulatoriais

358.486,38

1.181.605,67

200.836,29

3.222.672,11

1.591.468,46

1.298.154,97

59.101,42

*TOT.

2.604.719,89

7.057.713,84

2.072.454,36 25.506.416,30

8.605.267,38

5.530.388,86

410.765,01

Mês

Atend. Prestados por Reciprocidade

Glosas Geradas

Despesa com INSS

Devoluções Cotas

Descontos obtidos

Recuperação Cobranças

Taxa ADM. 8,5%

JUL

472.855,63

(388.503,95)

33.627,00

0,00

0

(452.958,05)

733.896,83

8.426.823,39

22.620,80

372,53

*TOT.

2.759.844,97

(2.758.100,50)

192.854,67

4.276,74

0,00

(3.045.397,26)

4.396.993,58

53.874.300,88

-

-

Mês

Consultas

JUL

Despesas Totais

Qtde. de Cotas

Valor da Cota Real

Sujeito a alterações. Atualizada em 15/09/2011. Saldo Fundo de Reserva Amafresp, atualizado em 16/09/2011 R$ 6.798.320,79. Saldo do Fundo de Solidariedade: atualizado em 16/09/2011 R$ 642.679,56. * Valores totais referentes ao acumulado entre janeiro a julho de 2011.


Jornal da Afresp | Setembro de 2011

16

ANS - nº31763-2

Amafresp

Cresce número de jovens inscritos na Amafresp Faixa etária média dos novos inscritos é de 20 anos Com 45 anos de atuação, a Amafresp é um plano forte e estável que, a cada ano, registra significativo crescimento no número de filiados. Entre os meses de janeiro a agosto deste ano, por exemplo, 297 novos inscritos aderiram ao plano, sendo que a maioria (54,89%), é composta por jovens com até 23 anos (veja tabela abaixo). Considerando a faixa etária de 0 a 1 ano, 110 novos filiados passaram a fazer parte do plano, o que demonstra a preocupação dos titulares Amafresp em oferecer a toda sua família, especialmente netos e netas, a qualidade de atendimento do plano. O regulamento da Amafresp permite que sejam inscritos os dependentes e os beneficiários do filiado Agente Fiscal de Rendas. Assim, podem usufruir dos benefícios da Amafresp os cônjuges e filhos menores de 21 anos e menor sob guarda (dependentes) e os filhos e enteados maiores de 21 anos, os pais, o padrasto, a madastra, irmãos, sogros, genros, noras, netos, bisnetos, sobrinhos e cunhados (beneficiários).

Na Amafresp, desde o nascimento Entre os novos beneficiários está João Vitor Dombrady Pucci, nascido no último mês de maio, e que foi inscrito na Amafresp pelo avô, o AFR aposentado Antonio Carlos Dombrady. Ele conta que confia na Amafresp há muito tempo: “No dia seguinte ao nascimento do João Vitor eu já o havia inscrito, pela segurança que a Amafresp oferece. Eu sou sócio-fundador da Afresp e estou filiado à Amafresp desde a sua criação. O plano de saúde passou a fazer parte da minha vida, pois, assim que me casei, inscrevi minha mulher e depois as filhas que nasceram. À medida que elas foram se casando, genros e netos também foram inscritos. A Antonio Carlos e seu neto João Vitor Amafresp é algo que recomendo pela confiabilidade dos serviços médicos. Acabo de passar por uma cirurgia no punho, feita na Beneficência Portuguesa, e fui muito bem atendido”, diz Dombrady. Ana Maria Ferreira Bidoia é outra filiada que inscreveu a neta recém-nascida Geórgia na Amafresp. “Na verdade, a Geórgia é a minha segunda neta que faz parte da Amafresp. Antes dela, havia inscrito a irmã, Beatriz, que hoje está com cinco anos.Eu fiquei viúva do AFR Clariovaldo Bidoia, em 1997, fui muito bem amparada pelo seguro de vida que ele tinha na Afresp e con-

Carta

tinuei com o plano da Amafresp que é ótimo, pois me sinto protegida, algo que estendi para as minhas netas”, afirma Ana Maria. A AFR Maria Tereza Oliveira de Souza e seu marido, também AFR, José Pedro de Souza, estão (da esq. p/ dir.) Elisa, Marina e Ana com Geórgia no colo muito satisfeitos com a Amafresp e comemoram a inscrição das netas Ana Chiara e Maria Cecília, gêmeas de apenas seis meses, no plano. “Queríamos muito que elas tivessem a mesma assistência que temos”, conta a avó. As netas de Maria Tereza nasceram e moram em Curitiba. “Mesmo estando em outro estado, elas contam com um atendimento de excelência prestado por meio das Unimeds. Ficamos muito tranquilos com isso”, diz. Cely Renata Oliveira de Souza, a mãe de Ana Chiara e Maria Cecília, também filiada Amafresp, contou com toda a assistência necessária durante todo o pré-natal, tanto nas consultas quanto na realização de todos os exames. “Com a Amafresp ela sempre esteve em boas mãos”, ressalta Maria Tereza. Maria com as gêmeas Ana Chiara e Maria Cecília

FAIXA ETÁRIA

TOTAL (janeiro a agosto)

%

0 a 23

163

54,89

24 a 28

20

6,74

29 a 43

74

24,92

44 a 48

13

4,37

49 a 58

16

5,38

59 ou +

11

3,70

TOTAL

297

100

Você Sabia

À Amafresp Em 28 de junho de 2011 fui submetida a uma cirurgia de hérnia de disco no Hospital Vera Cruz, em Campinas, pelo plano de saúde Amafresp. Gostaria de agradecer o excelente atendimento prestado pelo Hospital e pela Amafresp, que me ampararam neste momento difícil de minha vida.

Conceição Godoy Salman

Que a Amafresp possui 3.365 profissionais, clínicas, laboratórios e hospitais credenciados? Tudo para oferecer o melhor atendimento a seus filiados. Para saber mais ligue: (11) 3886-8855.


Jornal da Afresp ed 356