Page 65

128

ATRATIVIDADE DO BRASIL COMO POLO INTERNACIONAL DE INVESTIMENTOS E NEGÓCIOS

BRA ABERTURA

crítico MEX

1. INTERNACIONAL

ATRATIVIDADE DO BRASIL COMO POLO INTERNACIONAL DE INVESTIMENTOS E NEGÓCIOS

a desenvolver IND

bom

RUS

KOR

JPN DEU CHN

SGP

PARA BENS

excelente CHL USA

HKG

GBR FRA

COMÉRCIO

BRA

2.

COMÉRCIO DE BENS

3.

ABERTURA INTERNACIONAL PARA SERVIÇOS

USA

JPN

GBR RUS CHN

IND

MEX

FRA

DEU

KOR

SGP

CHL

HKG

BRA IND CHL

KOR

MEX CHN

SGP

FRA DEU

HKG

JPN

USA

GBR

BRA

4.

COMÉRCIO DE SERVIÇOS

5.

FLUXOS DE CAPITAIS

6.

ACORDOS DE ABERTURA PARA CAPITAIS

7.

REGULAÇÃO PROMOTORA DE ABERTURA A CAPITAIS

8.

EXPANSÃO DE MULTINACIONAIS DO PAÍS

9.

FACILIDADE DE ENTRADA DE MULTINACIONAIS ESTRANGEIRAS

MEX

CHN

FRA CHL

RUS

KOR GBR

IND

USA

SGP

DEU

HKG

BRA CHN IND

KOR JPN

RUS

DEU

FRA

GBR

MEX USA

SGP HKG

CHL

CAPITAL

BRA GBR

JPN

DEU RUS CHL

SGP

HKG

FRA

CHN

KOR IND

USA

MEX

BRA CHN RUS

KOR

USA

CHL

JPN FRA

IND

MEX

GBR

HKG

DEU

SGP

DEU

FRA

EMPRESAS

BRA IND

RUS

SGP

MEX

KOR

HKG

CHN

JPN

GBR

USA

PESSOAS

RECEPÇÃO DE IMIGRANTES

MEX RUS KOR

IND

FRA USA SGP JPN GBR

CHN IND

KOR MEX

RUS

JPN

GBR DEU

HKG

FRA USA

CHL

SGP

BRA

11.

Na dimensão de comércio, a América Latina tem poucos países de expressão mundial em exportação e importação de bens e, portanto, deveria garantir o desenvolvimento desta área. Ao mesmo tempo, é mais incipiente ainda o comércio de serviços intra e extrarregionais. Para tornar a região ainda mais conectada com o mundo e entre si, é preciso focar em iniciativas que melhorem a infraestrutura e os acordos de comércio. Existem também espaços para iniciativas que promovam reformas para entrada e saída de investimentos da região, de maneira a aumentar ainda mais estes fluxos. O Brasil, especificamente, mesmo com sua já expoente posição no continente, pode se consolidar ainda mais ao investir na promoção de acordos de investimentos e na revisão do sistema cambial.

BRA CHL

CHN

Grandes fluxos internacionais definem primordialmente um polo, que acaba por contribuir para a economia do país e de sua região ao canalizar, estimular e irradiar a circulação de bens e serviços, de capitais, de negócios ou de pessoas. O tamanho do Brasil e a pujança de sua economia o tornam, por si só, um centro importante de conexão com o mundo. Com foco em melhorias na facilidade de recebimento de empresas, investimentos e pessoas, a posição brasileira poderia ser ainda mais consolidada, e traria fortes benefícios ao País e à região. Este tópico de conectividade será ainda mais explorado em um futuro relatório da BRAiN planejado para ser publicado no segundo semestre de 2011.

CHL

BRA

10.

Conclusão

CHL

MOBILIDADE DE PESSOAS

HKG JPN MEX

PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO

IND

CHN

RUS

SGP KOR

OUTROS PAÍSES DESENVOLVIDOS

GBR USA

PRINCIPAIS POLOS INTERNACIONAIS

O Brasil ainda tem bastante espaço para se desenvolver no pilar de conectividade. Com exceção dos acordos e da regulação para abertura a fluxos de capitais, onde o País começa a chegar a um nível bom, em todas as outras dimensões não se apresenta tão atrativo quando comparado ao grupo de países selecionados.

FRA

DEU

Empresas latino-americanas estão ganhando cada vez mais força e sem dúvida têm crescimento significativo internacionalmente. No entanto, com poucas exceções, ainda não são um destaque na arena global. A promoção de um maior alinhamento regional para a operação de empresas permitirá não apenas que elas se destaquem mundialmente, mas também que tragam mais investimentos diretos para a região, consolidando ainda mais o polo de investimentos e negócios brasileiro. Finalmente, no que tange à capacidade de movimento das pessoas, o Brasil ainda se mostra pouco integrado com o restante do mundo em termos do volume de pessoas que permanecem ou passam pelo País por outras razões além do turismo. Para avançar, é importante melhorar tanto a regulação da entrada de estrangeiros, para aumentar a flexibilidade e as possibilidades de contratação nacional, como também a infraestrutura aeroviária, de forma que a chegada e a saída do polo sejam facilitadas.

129

Atratividade do Brasil como polo internacional de investimentos e negócios  
Atratividade do Brasil como polo internacional de investimentos e negócios  

Neste relatório a BRAiN identifica os 7 pilares que caracterizam a atratividade de um polo internacional de investimentos e negócios e compa...

Advertisement