Page 1

Informativo Equipamentos Sociais Sociedade Beneficente São Camilo Edição 117 - 26 de abril de 2013

Equipamentos Sociais destacam importância da Cultura Indígena As unidades de educação infantil da São Camilo desenvolveram ao longo das duas últimas semanas atividades relacionadas ao Dia do Índio. Com os projetos, as crianças conheceram mais sobre a cultura indígena, os costumes, as danças e tradições. Com a orientação das professoras, os alunos realizaram diversas apresentações teatrais sobre o tema. Exposições foram montadas para os pais e comunidade.


Vida e costume dos índios em destaque no CEI Teotônio Vilela II Durante este mês de abril as professoras do Centro de Educação Infantil Teotônio Vilela II desenvolvem o projeto “Vida de Índio”, em que destacam a importância e a influência desta cultura em nossos costumes. O objetivo do projeto é transmitir e sensibilizar as crianças sobre a história dos índios, para que elas aprendam sobre seus costumes, hábitos alimentares, linguagens, lendas e crenças. As atividades tiveram o objetivo de estimular a criatividade, desenvolver o gosto pela leitura, a atenção e diferenciar a vida do índio da vida do homem da cidade. As Professoras do Berçário Maior A, Gianes Simões e Shirley Pereira, prepararam a sala com árvores, índios na parede e ocas com a ajuda das crianças. Após contarem histórias sobre os Curumins, realizaram brincadeiras nas Ocas e finalizaram com

ram roda de dança com instrumentos musicais, cantaram músicas e terminaram com as brincadeiras indígenas. As Professoras trabalharam a linguagem verbal, a coordenação motora global tocando e cantando ao mesmo tempo, despertando o inDanças As Professoras do Minigrupo teresse pela cultura indígena, IA, Daniele Alves e Elessan- para que as crianças pudesdra Moreira, fantasiaram as sem imaginar como seria crianças de Índios, efetua- viver uma cultura diferente. roda de danças típicas. As Professoras tiveram o objetivo de trabalhar a coordenação motora, a imaginação, o conhecimento e aprendizado sobre uma cultura diferente junto com a diversão.

Expediente Presidente e Provincial: Pe. Leocir Pessini Superintendente: Pe. Justino Scatolin Diretor geral SBSC: Domingos Sávio Alves de Faria Coordenadora Social: Gilda Helena Jornalista Responsável: Roberto Bertozi comunicacao@saocamilosocial.com

Sociedade Beneficente São Camilo Área Social - SBSC Av. Pompéia, 888 - Vila Pompéia São Paulo - SP (11) 3675 - 0035 (11) 3673 - 2379


Edição 117/ abril 2013

Dia do Índio no CEI Jd. Damasceno A turma do Minigrupo I A/B das professoras Maria Inês e Girlaine fizeram uma apresentação no parque para todas as crianças do Centro de Educação Infantil Jardim Damasceno. Para tal, elas confeccionaram um bote para usar durante a apresentação, se caracterizaram, com as próprias crianças tendo produzido as fantasias utilizadas. Todas as crianças gostaram de assistir a apresentação. As PEI´s escolheram alguns bebês para sentarem no bote durante uma das músicas e eles ficaram bastante contentes. Foi uma tarde diferenciada em que as crianças puderam conhecer e aprender sobre nossa cultura de uma forma lúdica e diferenciada.

Comemorações do Dia do Índio no CEI Sonho Na semana do Dia do Índio, as professoras do Centro de Educação Infantil Sonho de Criança realizou atividades sobre utensílios e costumes indígenas. Todas as turmas desenvolveram atividades como confecção de cocar, colares, ocas, alimentação e festas. Para finalizar as atividades sobre o tema foi realizada uma festa indígena com as crianças, em que elas tiveram a oportunidade de vivenciar o assunto abordado durante a semana. “É importante trabalharmos essa data para que nossas crianças conheçam a nossa cultura e a valorizem, respeitando a pluralidade cultural”, destacaram as professoras.

3


Equipamentos Sociais

Cultura Indígena em destaque no CEI Vila Maria O Centro de Educação Infantil Vila Maria comemorou nesta semana o Dia do Índio com diversas atividades. Entre elas as Professoras de Educação Infantil explicaram nos momentos da roda da história a vida dos índios, como a alimentação, costumes, músicas, vestuário e danças, sempre de forma criativa e bastante lúdica. As professoras também confeccionaram cartazes e o cocar indígena junto às crianças, que ficaram eufóricas para utilizá-lo. Eles foram confeccionados com pintura a dedo e giz de cera. A PEI Juliana Gabriela confeccionou junto aos alunos uma oca em sua sala, em que todos puderam utilizar e explorá-la, mais uma forma de conhecer de perto a vida dos índios.

indígena, e voltamos nossos olhos à conscientização da preservação dessa cultura tão rica”, destacou Bianca do Nascimento, coordenadora pedagógica da unidade.

Dia do Índio no CEI Jardim Arpoador

O Dia do Índio no Centro de Educação Infantil Jardim Arpoador foi comemorado com euforia e muita satisfação pelas crianças. De acordo com a coordenadora pedagógica da unidade, Liliane Costa, toda a equipe preparou uma grande festa para que a data fosse lembrada de forma significativa por todos. “O dia 19 de Abril é uma data que deve ser comemorado todos os dias, pois os Índios fazem parte da nossa cultura”, destacou a coordenadora. Ela explica que todos trabalharam a semana do índio apresentando sua alimentação, seus costumes,

4

Ao final do dia, todos foram para casa com o seu cocar e o rostinho pintado. “Foi um dia muito rico e produtivo, pois as crianças puderam aprendem um pouco da cultura/história do povo

músicas, sempre de forma criativa e bastante lúdica. As professoras trabalharam ainda noções de sustentabilidade e meio ambiente, mos-

trando às crianças que elas podem se espelhar na relação harmoniosa que os índios mantêm com a natureza.


Edição 117/ abril 2013

Dia do Índio é destaque no CEI Jardim Itaguaçu

As professoras Ailza Teixeira, Geovane Balbino, Ednalva Carvalho, Silvania Nascimento; Shislaine Maria e Veronice Miranda, das turmas do Berçário II A e B e Mini Grupo II B, do Centro de Educação Infantil Jardim Itaguaçu trabalham atividades relacionadas ao Dia do Índio.

Os objetivos são conhecer a Cultura Indígena e seus costumes, alimentação e vestuário, mostrando às crianças como eles foram e são importante para o Brasil. Na oportunidade, as professoras conversaram com as crianças sobre a data comemorativa, 19 de abril, res-

saltando que eles foram os primeiros habitantes do Brasil e também sobre seus costumes e cultura. Para melhor fixar o tema, orientaram as crianças a confeccionar o cocar indígena. Elas ainda cantaram e dançaram ao som de músicas relacionadas ao tema.

5


Equipamentos Sociais

CEI Jd. Antártica e o Dia do Índio Comemorou-se na última semana o Dia do Índio, ocasião em que toda a equipe do CEI organizou uma linda apresentação para os pais, em que se falou da cultura e história indígena. Mostraram a todos o fato de atualmente a população indígena no Brasil representar somente 0,2% da população brasileira. Nos trabalhos em comemoração à data, as PEI´s Zenaide Simões, Gisele Correia, Maria Aparecida de Sá, Ana Paula Santos, Rouse Kenia, Edenilza Rodrigues, Pamela Perolina, Amanda Solovioff e as crianças da sala dos Berçários I, IIA, IIB, cantaram e se divertiram bastante com apresentação realizada. Nos Minigrupos também houve homenagens ao 19 de abril. Com muita dedicação, as crianças trabalharam suas culturas, costumes, danças e também apresentaram para os pais os tipos de alimentos que os índios comiam e como era a vidas deles. Foi passado um vídeo para os pais assistirem. Para finalizar, foi montada uma mesa com pratos típico dos índios

6

para os pais saborearem. de Aro, da sala do Minigrupo II A,desenvolveu com as crianças uma atividade de Brincadeiras Direção, coordenação e toda pintura com objetivo de faa equipe do CEI desenvolve vorecer uma aprendizagem com as crianças o projeto de forma prazerosa e eficaz. “É Brincando que se Apren- Já as PEI´s Priscila Aparecide”, com o objetivo de res- da Paiva e Márcia dos Angatar as brincadeiras anti- jos, do Minigrupo IB, confecgas trabalhando a interação cionaram com as crianças e criatividade, utilizando as um brinquedo (pipa) desferramentas para reduzir pertando a interação, dedificuldades apresentadas senvolvendo a expressão pelas crianças em todas as corporal, a curiosidade, os áreas de seu conhecimento. conhecimentos aprendidos. Na ocasião, a PEI Mariana


Edição 117/ abril 2013

Projeto “Que som é esse?” no CEI Cocaia O Minigrupo II A do Centro de Educação Infantil Parque Residencial Cocaia está em meio ao projeto “Que som é esse? - MPB na Educação Infantil”, atividade proposta pela professora Camila Sandes que envolveu a música Águas de Março, de Tom Jobim, interpretada por Elis Regina e pelo próprio autor. As crianças conheceram a música, apreciaram, tiveram contato reflexivo com a letra, e para fechar a sequência, pesquisaram algumas palavras que não fazem parte do cotidiano das crianças no Dicionário. Esta atividade chamou muito a atenção dos pequenos, pois além deles gostarem das propostas do projeto, é uma turma que está aberta ao novo, que é curiosa e que gosta de pesquisar para obter novos conhecimentos. O Dicionário da Língua Portuguesa já é um instrumento conhecido pelas crianças, e a atividade proporcionou mais estímulo para a pesquisa.

Mundo da Fantasia As professoras do Minigrupo I A, Ana Lúcia Sena e Sidnéia Souza, iniciaram o projeto “Viagem ao mundo da fantasia”, Contos Maravilhosos. Elas fizeram uma roda para a apresentação do projeto, conversaram sobre os objetivos propostos com as crianças e transmitiram passo a passo como realizariam o projeto. Como existem muitos con-

tos maravilhosos, as professoras fizeram uma dinâmica para escolherem o primeiro conto a ser trabalhado: fizeram uma votação! As crianças conheceram os livros sugeridos e escolheram, por meio de votos, qual gostariam de ouvir. De forma democrática, todos participaram da escolha e curtiram muito a leitura do conto.

7


Equipamentos Sociais

CEI Camélias destaca projeto nos Minigrupos No Centro de Educação Infantil Camélias dois projetos estão em destaque nas turmas dos Minigrupos. No MG I C/ D, as Professoras de Educação Infantil Daniela Nogueira e Wanessa Felipe desenvolvem o projeto “Boas Maneiras para viver melhor”, tema pensado a partir da necessidade da sala. As fotos retratam momentos da rotina da sala. Nelas, as professoras realizam atividades para que as crianças percebam que: existem outras crianças na sala; é preciso dividir o mesmo espaço e é preciso dividir brinquedos. “As crianças aprendem assim a trabalhar com atividades nas quais, um dos pilares da educação, aprender a conviver, seja desenvolvido”,

destacaram as professoras. Já na turma do Minigrupo I E/F, das professoras Marcia Souza e Dulcilene Nascimento, está em desenvolvimento o projeto “Construindo a Identidade com Autonomia”, com atividades de conheci-

mento pessoal e do outro. Esse projeto surgiu a partir da necessidade de estímulos para que a turma pudesse entender do que já são capazes, pois todas as crianças dessa turma começaram a frequentar o CEI neste ano

CEI Guguinha II apresenta projeto Literatura No mês de abril foi desenvolvido no Centro de Educação Infantil Guguinha II o projeto “Literatura Brasileira na Educação Infantil”. O tema foi proposto com o objetivo de propiciar o conhecimento, despertando a criatividade, a imaginação, desenvolvendo a linguagem verbal e corporal, a observação, identificando assim diversos tipos de história, de forma que aguce o imaginário e incentive o gosto por histórias e livros. As crianças tiveram contato com as histórias em livros, em pequenos filmes, histórias contadas com fantoches, além de realizarem atividades de pintura incluindo a confecção

8

dos cenários das histórias. Foram trabalhadas as histórias do Sitio do Pica Pau Amarelo, Os Três Porquinhos, A Branca de Neve e os Sete Anões, entre outras. As professoras iniciaram a introdução ao tema nas rodas de conversa e o desenvolvimento nas atividades e rodas de história, o que possibilitou a integração com todos os campos de experiência.

O produto final do projeto foi a realização de peças de teatro e a exposição de todo o trabalho desenvolvido durante o mês para os pais. “Foi possível perceber o envolvimento das crianças no projeto, pois muitas delas saiam do CEI contando com muito entusiasmo para os pais as histórias que haviam ouvido das professoras”, destaca a diretora Gisele Fulas


Edição 117/ abril 2013

CEI Jd. Tremembé confecciona sucata A professora Verônica do Centro de Educação Infantil Jardim Tremembé trabalha com as crianças o projeto Mestres da Literatura que encantam, oportunidade na qual tem apresentado aos alunos escritores como Vinicius de Moraes, Ziraldo, entre outros. Num primeiro momento, a professora fez a leitura visual e auditiva do poema Elefantinho, de Vinicius de Moraes. Após a leitura as crianças confeccionaram um elefante de sucata, ocasião na qual a professora aproveitou para falar da importância da reciclagem de materiais e como todos devem preservar o meio ambiente.

“Acolhendo com Amor” no CEI Jd. Guanabara No Centro de Educação Infantil Jardim Guanabara, a sala do Minigrupo llA, da Professora de Educação Infantil Márcia Morais, desenvolveu o projeto “Acolhendo com amor”, cujo objetivo foi promover a interação das crianças através de brincadeiras diversas, ampliando as relações de grupo. No decorrer do projeto as crianças brincaram entre si por meio de cirandas cantadas com canções diversificadas e propostas com exploração de diferentes posturas corporais, incluindo gestos, movimentos em conjunto e jogos cooperativos. As estratégias utilizadas pela professora foram brincadeiras e canções que fazem parte da nossa cultura, numa tentativa de resgate de costumes antigos, am-

pliando assim o conhecimento de mundo das crianças. Em uma das brincadeiras cantadas, as crianças se organizaram em roda, ficando uma ao centro dramatizando o que a canção dizia e as demais cantaram juntas, expressando-se atra-

vés de diferentes gestos. “O projeto Acolhendo com amor favoreceu a integração, o envolvimento do grupo e a construção de vínculos afetivos importantes para a boa relação do grupo”, afirmou Marcia Morais, professora da sala.

9

Sao Camilo Social - 117  

Sao Camilo Social - 117

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you