Page 1

DIÁRIO DO AÇO

CIDADES

Domingo, 4 de janeiro de 2015

3

Empenho para solucionar demandas Bruna Lage IPATINGA - O governo que assumiu o comando de Minas Gerais no dia 1º de janeiro tem pela frente grandes desafios. Primeiro, o de assumir o comando da máquina pública após a quebra da hegemonia do PSDB, que governou o Estado por 16 anos. Em relação ao Vale do Aço, há importantes projetos estruturantes que começaram a ser desenvolvidos e pararam à espera de ação do governo. O DIÁRIO DO AÇO ouviu o deputado estadual José Célio Alvarenga, o Celinho do Sinttrocel (PCdoB), e o deputado federal Gabriel Guimarães (PT), que falaram sobre o diálogo com o governador recém-empossado, Fernando Pimentel (PT), sobre temas relacionados à região. Entre os projetos está a pavimentação da ligação Timóteo/São José do Goia-

bal, trecho da MG-760 cujas obras foram iniciadas e paralisadas por entraves no licenciamento ambiental. Essa obra é importante por criar uma alternativa viária entre o Vale do Aço e Belo Horizonte e com os municípios da Zona da Mata Norte (Rio Casca, Viçosa, Ponte Nova e Ubá). Há ainda outros projetos, como a pavimentação da estrada que interliga o município de Vargem Alegre ao entroncamento com a MG-759, no distrito de Revés do Belém, em Bom Jesus do Galho. Essa estrada chegou a ter obra anunciada e levantamentos topográficos feitos, mas não saiu do papel. A via é importante por melhorar a ligação do Vale do Aço com a região de Vargem Alegre e Caratinga, encurtar o acesso entre as duas regiões e melhorar a condição do escoamento da produção rural, bem como estimular a

Fotos:Wôlmer Ezequiel

Para Gabriel Guimarães, o novo governador terá sensibilidade para solucionar necessidades da região

Celinho do Sinttrocel afirma que demandas serão levadas ao governador já no primeiro mês de trabalho

criação de um novo polo de desenvolvimento em uma região com grandes loteamentos. Até pouco tempo, as terras nessa região eram de propriedade de grandes empresas - sucessoras da antiga Acesita. Os ativos foram vendidos a particulares na década anterior e agora têm sido palco de uma importante expansão urbana. A região tem, ainda, ou-

governador, sua equipe irá se empenhar para tornar essa obra uma realidade. “A equipe do governador Pimentel terá, com toda certeza, a sensibilidade para solucionar as questões ambientais com projetos adequados e para que seja dada uma ordem de serviço definitiva para uma obra tão importante para o Vale do Aço e Minas Gerais”, acrescentou Guimarães. Em relação à MG-760, Celinho do Sinttrocel informou que, no fim de dezembro, esteve com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), José Élcio Santos, que assegurou que o edital seria publicado, para cumprir as determinações do Ministério Público. “O governo anterior fez compromisso de publicar o edital, e a retomada tem que ser do governo eleito. Já a partir do primeiro mês de trabalho de 2015 vamos levar essa preocupação ao novo governador. A MG-760 é uma de nossas prioridades”, garantiu.

tros projetos parados à espera de iniciativa do governo estadual. A retomada das obras da Estrada Parque Dom Helvécio é outro empreendimento paralisado. Iniciada em 2011, deveria ter sido entregue em 2013 mas parou pela metade, com o descumprimento do projeto pela empreiteira que venceu a licitação. A estrada liga a sede do município de Marliéria ao Parque Estadual do Rio Doce, tem importância turística e econômica para a região. A retomada da obra aguarda uma nova licitação. Trabalho Sobre as demandas da região, os deputados afirmam que um trabalho junto ao governo será feito para o andamento dos projetos em questão. Gabriel Guimarães pontua que, durante a campanha, Fernando Pimentel esteve no Vale do Aço para ouvir sobre as importantes questões da região, principalmente sobre a MG-760. Nos últimos anos, destaca, foram dadas sucessivas ordens de serviço e a pavimentação não saiu efetivamente do papel. Mas, por determinação do

suntos, os deputados reforçam que o trabalho junto ao novo governador será feito. “Todos os assuntos já foram abordados durante o processo eleitoral e mesmo depois da eleição. Até o momento, a equipe de transição se ocupou em ver a situação da máquina administrativa. Passada a posse, vamos levar a ele (Pimentel) e pedir que cumpra com o compromisso de concluir essas obras”, destaca Celinho. Gabriel Guimarães assegura que irá trabalhar para garantir uma solução para essas e outras demandas, além de novos investimentos nas áreas de infraestrutura, desenvolvimento econômico e social do Vale do Aço. Sobre o andamento dos projetos ainda no primeiro semestre, o petista pondera que, no caso da MG-760, pode-se esperar empenho para solucionar o problema. Entretanto, projetos ambientais pendentes demandam tempo. “O que posso garantir é que o governador tem compromisso com a região e irá trabalhar para que os projetos das obras sejam bem planejados Demais demandas Quanto aos demais as- e executados”, afirmou.

Entrevista DA  
Advertisement