Page 1

DIÁRIO DO AÇO

CIDADES

Quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Consul distribui mudas no Dia de Combate ao Câncer Divulgação

Matusalém Sampaio ajudou a distribuir as mudas de ipês

DA REDAÇÃO - A Consul promoveu a distribuição de mudas de Ipê a pacientes da Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha, em comemoração ao Dia Nacional Contra o Câncer, celebrado em 4 de fevereiro. As mudas são resultado do trabalho voluntário de empregados e diretores da cooperativa, que colheram as sementes, plantaram e cuidam diariamente de sua manutenção. Com a distribuição, incentivam o plantio por vários cidadãos, contribuindo ainda com a preservação do meio ambiente e celebrando a vida. Na solenidade, o presidente Matusalém Sampaio e o superintendente do HMC, Mauro Oscar Soares de Souza Lima, discursaram enfatizando a parceria entre as duas entidades em prol de uma causa tão importante. Foi um momento emocionante, com a presença de pacientes em tratamento e outros que por ali passaram. Todos queriam levar sua muda, distribuída pelo pessoal da Consul e do Hospital Márcio Cunha. Uma equipe da Unidade de Oncologia encenou uma peça teatral com fantoches, abordando a importância do combate ao câncer e esclarecendo vários aspectos da doença. A peça foi criada e apresentada pelo médico radiologista Pedro Paulo, pela enfermeira Kelly Pena e pelo enfermeiro Edvane Soares e tocou muito a sensibilidade dos presentes, sendo muito aplaudida.

4 Divulgação

Marília Campos endossou proposta do deputado Celinho

Deputado reapresenta PL do Piso Estadual DA REDAÇÃO - Ao final de toda legislatura na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), as proposições dos deputados são arquivadas e podem ser desarquivadas e reapresentadas pelos parlamentares da legislatura seguinte. O deputado José Célio Alvarenga, o Celinho do Sinttrocel (PCdoB), reeleito em 2014, desarquivou e reapresentou 34 projetos de lei de sua própria autoria e desarquivou mais dois. Entre os projetos reapresentados pelo parlamentar está o que propõe a criação do piso regional para Minas Gerais. O PL 77/2011 foi o primeiro projeto de lei apresentado por Celinho no mandato passado. O projeto foi objeto de muito debate e discussão, incluindo a realização de um Debate Público na casa. O piso regional é uma proposição difícil de avançar no Legislativo, pela própria configuração profissional dos deputados, mas Celinho mantém a expectativa para a matéria nesta legislatura. “As mudanças que aconteceram no cenário político estadual podem favorecer a aprovação da matéria”, acredita Celinho, que abordou o assunto com

o governador Fernando Pimentel (PT), durante a campanha eleitoral, e com o secretário de Governo, Odair Cunha. É uma lei importante para milhares de trabalhadores no estado e até já ganhou a adesão e apoio da deputada Marília Campos (PT) que, em seu primeiro mandato (2003-2004), já havia apresentado projeto semelhante. Além do piso estadual, o deputado Celinho reapresentou projetos importantes que deseja ver avançar na Assembleia e receberão empenho do mandato. Entre os quais ele cita os pisos salariais para diversas categorias profissionais como enfermagem, fisioterapeutas e advogados, direito de greve para servidores públicos, manutenção de agentes de bordo no transporte intermunicipal de passageiros, proibição da dupla função para motoristas do transporte intermunicipal, implantação de delegacia especializada em acidentes de trabalho, ciclovias em margens de rodovias, nos trechos que cortam áreas urbanas, e criação da Empresa Mineira de Comunicação, entre outros.

Aciati e CDL elegem nova diretoria TODO PODER DE SER FEMININA Compre já a sua!

facebook.com/revistanova

instagram.com/NOVA_online

@revistanova

DA REDAÇÃO - A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços (Aciati) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Timóteo realizam, nesta quinta–feira (5), eleição da diretoria e conselho fiscal para o biênio 2015/2017. Usando das atribuições conferidas pelo Estatuto Social, a diretoria convocou os associados para

se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, que se realizará na sede das entidades. A assembleia terá sua primeira convocação às 18h30, com a presença de 2/3 (dois terços) do número total de associados em pleno gozo de seus direitos estatutários.  Caso não haja número legal para a instalação, ficam, desde já, convocados para a segunda convocação

às 19h, no mesmo dia e local, com qualquer número de presentes. “Como se trata de chapa única, estatutariamente a eleição se dará por aclamação, mas é de suma importância a participação do associado, pois são eles que legitimam as ações da entidade”, convoca o presidente das entidades, Antônio Teixeira.

Deputado representa PL do piso Estadual  
Advertisement