Page 1

Sexta-feira 28-02-14

Ano 06 | Nº 213

Obras devem ser concluídas até outubro

Obras para construção de UTI e ampliação de leitos SUS têm início no HNSC, em Resplendor Teve início no Hospital Nossa Senhora do Carmo, as obras para construção da Unidade de Tratamento Intensivo, UTI adulto, com capacidade para 10 leitos que atenderá a microrregião estimada em 85 mil habitantes. As obras fazem parte de um convênio firmado entre a Sociedade Beneficente São Camilo, mantenedora do Hospital Nossa Senhora do Carmo, e a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. Também estão previstos a instalação de outros 14 leitos de retaguarda destinados ao Sistema Único de Saúde, SUS. Pacientes das cidades circunvizi-

nhas, além da população da região leste assistida, não precisam mais se deslocar para grandes centros em busca do tratamento intensivo, devido à nova oferta de serviço que o Hospital oferecerá, o que o torna mais resolutivo e com estrutura adequada ao recebimento de pacientes com risco iminente. Após aprovação de todos os trâmites burocráticos o projeto foi aprovado e as obras têm previsão de serem concluídas em 210 dias, sob responsabilidade de uma empresa especializada na área que venceu a licitação. O Hospital é referência em urgência, emergência e maternida-

de para a microrregião, sendo mais um polo de recebimento de pacientes críticos. O diretor administrativo do HNSC, Agnaldo Polito, acredita que o convênio é uma conquista alcançada pela população de Resplendor. “É um sonho antigo da nossa comunidade e irá contemplar muitos pacientes que hoje temos que transferir por não termos a complexidade exigida pelos casos críticos. Ampliaremos nossa resolutividade, corpo clínico, além de ampliar nossas especialidades e parque tecnológico”, afirma.


Página 2

São Camilo Timóteo cria setor de Pré Internação para pacientes com agendamento cirúrgico Com a proposta de facilitar a vida de pacientes eletivos com cirurgias e demais procedimentos previstos, o São Camilo Timóteo implantou o setor de Pré Internação, destinado ao adiantamento do cadastro de dados, informações burocráticas e com função de orientação para a internação. Na Pré Internação é possível esclarecer dúvidas sobre os processos em até 72 horas antes do procedimento. São repassadas informações gerais, como atualização de dados, autorização de convênio e SUS, horários de chegada, jejum, permissão de acompanhantes, trocas, visitas e horário de funcionamento da recep-

ção. A marcação da cirurgia é realizada pelo médico em casos eletivos, ou seja, que não se enquadram em urgência ou emergência A Pré Internação fica localizada numa sala anexa à recepção de internações do São Camilo Timóteo, na Portaria (3). O contato do setor é o 3849 9589. De acordo com a gerente administrativa, Kelly Mota, o objetivo da Pré Internação é facilitar a vida do paciente enquanto aguarda seu procedimento. “É uma comodidade que oferecemos a fim de melhor acolher nossos pacientes cirúrgicos, quando podemos proporcionar o máximo possível de informações referente à sua inter-

Promoção da Saúde é capacitação no São Camilo de Fabriciano Com o objetivo de contribuir para a ampliação de conhecimentos e análises sobre a promoção e prevenção da saúde, o Serviço Social do Hospital São Camilo de Fabriciano promoveu como parte do Programa de Educação Continuada, PEC, um treinamento destinado a todos os colaboradores e acompanhantes de pacientes no Hospital. A proposta foi abordar os conceitos, estratégias e tendências da promoção da saúde como principal forma de prevenção de doenças crônicas e outras que são passíveis de serem evitadas com hábitos de vida saudáveis. A gerente da atenção básica do município, Maria Neuza Lessa e Hielem Talita Oliveira da Vigilância Sanitária focaram na

interdisciplinaridade com apresentação de vídeos educativos e dinâmica de grupo. Foi mostrado que hipertensão, diabetes e outras doenças crônicas quando não tratadas podem desencadear problemas sérios de saúde e a dependência hospitalar. “Nosso objetivo é o fortalecimento da corresponsabilização das pessoas no cuidado da saúde dos pacientes”, afirma Ana Daniela da Silva, assistente social do São Camilo de Fabriciano.

Gerente da Atenção Básica e representante da Vigilância Sanitária do município em palestra

nação e ao seu procedimento. Temos percebido tranquilidade por parte do paciente que chega aqui e esclarece suas dúvidas e seus anseios”, afirma.

Sala anexa à Portaria de Internações

HMH, em Mariana, realiza treinamento em Asilo Como parte de uma parceria social, o Hospital Monsenhor Horta promoveu uma palestra educativa no Lar Santa Maria, Obras Sociais Monsenhor Horta, a fim de reforçar a importância de uma boa Limpeza e Lavanderia para higienização correta de ambientes e evitar infecções e transmissão de microorganismos. A gerente de Apoio, Tarcila Costa e a coordenadora de Hotelaria, Aparecida Custódio lembraram importantes técnicas que podem auxiliar na manutenção do ambiente livre de contaminações. Esta é uma parceria entre o Hospital com projeto voluntário que beneficia dezenas de idosos no Lar.

“Abordamos os principais mitos sobre limpeza, uso de Equipamentos de Proteção Individual, como proceder adequadamente a limpeza e adequações solicitadas pela Vigilância Sanitária, a fim de melhor orientar e adequar o Lar aos requisitos das leis em saúde”, afirma Tarcila Costa.

Importantes técnicas que auxiliam na manutenção do ambiente livre de contaminações


Página 3

Pacientes do São Camilo Formosa recebem visita de Sras. Missionárias Em cumprimento a uma das missões das entidades camilianas, de dar apoio psicossocial e espiritual aos nossos pacientes, o São Camilo de Formosa recebeu a visita da Senhora Nadima Fayad e da Senhora Nizete Lourenço, ambas voluntárias da Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição, que realizaram visitas aos pacientes internados, com orações e mensagens de amor. Palavras de fé, esperança e de amor, motivam a recuperação, o tratamento e aceitação da condição de cada um. As visitas serão semanais. “Sabemos que o cuidado

com o paciente demanda muito além de cuidados médicos, requer cuidados espirituais, emocionais e psíquicos. Percebemos que é um complemento da assistência, conforme São Camilo de Lellis mencionava o cuidado ao enfermo em todas as dimensões”, afirma a diretora Vânia Fernandes.

Parceria entre Paróquia e HSC

São Camilo de Salto e Itu participam de Encontro de Pastorais na Cúria Diocesana Esta semana aconteceu na Cúria Diocesana, em Jundiaí, o Encontro de coordenadores de Pastorais da Saúde da região. Os Hospitais São Camilo de Salto e Itu marcaram presença no evento que foi aberto com a celebração de uma missa, seguida de uma explanação sobre as atividades da Pastoral no âmbito hospitalar, assim como foram discutidos os desafios,

Pe. Clóvis conduziu o Encontro em Jundiaí

obstáculos e metas. O capelão dos Hospitais Camilianos, Pe. Clóvis Wilson Fontenla, conduziu o Encontro, em que cada coordenador respondeu a um questionário e houve muita troca de experiência no evento. Formada por dezenas de agentes, os grupos de Pastoral da Saúde dos Hospitais Camilianos têm como missão realizar visitas aos pacientes com mensagens de solidariedade e amor e ajudar de forma espiritual na compreensão do processo de enfermidade. Os principais trabalhos dentro das instituições foram detalhados pelos coordenadores.

Criança desaparecida por 16 horas é atendida no Hospital Regional de Itapetininga e passa bem Esta semana, o Hospital Regional de Itapetininga acompanhou momentos de muita emoção da família de Luana Vitória Brudeck Ferreira, de apenas dois anos, que estava desaparecida há 16 horas, após ter saído despercebida por um buraco do quintal de sua casa quando brincava com os irmãos. A família, que reside no Jardim Bela Vista, logo registrou o desaparecimento na Delegacia de Polícia da cidade, quando se deu conta do sumiço e, a partir de então, começouse uma busca ativa incansável nos locais próximos à casa da família

de Luana. A menina percorreu quase dois quilômetros de distância de sua residência, onde foi encontrada por duas vizinhas num terreno com plantação de soja. Diretamente levada ao Hospital Regional de Itapetininga pela equipe do Corpo de Bombeiros pouco antes das 10h, Luana passou por constantes avaliações clínicas da pediatra, Dr.ª Michelli de Freitas Gomes, e permaneceu em observação após ser liberada. Após atendimento social realizado pelo HRI com a mãe da criança,

elas foram liberadas para retorno ao lar. “Foi muito emocionante perceber a alegria de ter encontrado a menina, que graças a Deus, estava bem”, afirma a assistente social do HRI, Elaine Cristina de Góes.

Equipe do HRI, Polícia, familiares e Luana

São Camilo Saúde - edição 213  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you