Page 1

INFORMATIVO SEMANAL 09/02/18 | Ed. 57 | Ano III mais em www.ibcc.org.br

Vai pular o carnaval? Veja as dicas para curtir numa boa O carnaval já está aí e todo mundo tem o direito de se divertir, todo mundo mesmo. No caso dos pacientes oncológicos, independentemente do seu estágio nessa caminhada da descoberta do diagnóstico até sua reabilitação, é preciso ter alguns cuidados para se dar durante a folia. A primeira delas é “bebidas alcoólicas, nem pensar”, conforme afirma o diretor técnico médico do IBCC, Dr. Walter Galvão. “Todos devem entender que estão em tratamento, e o uso dessas substâncias podem inibir ou potencializar os efeitos de determinados medicamentos. O ideal mesmo é ir de água ou sucos, de preferência naturais”, orienta. Pacientes em tratamento quimioterápico, a recomendação, além de curtir a folia sem o consumo de bebidas alcoólicas, é evitar lugares muito cheios, manter-se sempre hidratado e longe do sol. “Tem que ter ainda uma alimentação leve, se manter hidratado, usar protetor solar e renová-lo a cada duas horas, explica Carla Angelini, enfermeira do setor de quimioterapia do IBCC. Pacientes em tratamento radioterápico

O cuidado está relacionado à pele. Durante o tratamento, o paciente é demarcado no local que será irradiado, por isso o

uso de tintas ou adesivos podem prejudicar a demarcação e a pele do paciente, potencializando o risco de dermatite. “Os pacientes devem evitar o uso de substâncias tóxicas no local irradiado e exposição solar. menciona Viviane Zan, coordenadora assistencial do SADT. Sobre pacientes pós-cirúrgicos, conforme a coordenadora de fisioterapia do IBCC, Lara Balestra, toda cirurgia exige um cuidado específico, por isso é importante cada um seguir as orientações médicas. Em relação aos movimentos, devem ser feitos sempre com muito cuidado, utilizando calçados que evitem o risco de torção, especialmente quando se trata de pisos irregulares. “O tênis é sempre o mais indicado, sandálias e sapatilhas não conferem estabilidade, por isso é bom evitá-las”, frisa, acrescentando que locais com muita gente oferecem maior risco de queda. Todos ainda devem estar ligados quanto à alimentação, que deve ser saudável e equilibrada. Nos locais abertos, como desfile de blocos, por exemplo, muita atenção com a higienização, procedência e conservação dos alimentos e utensílios. Bom mesmo é evitar comer alimentos fora de casa. Fica a dica. Bom carnaval.

Oficina de Criação traz Carnaval A Oficina de Criação teve como tema Carnaval. Orientados pela Natalia Sales, Terapeuta Ocupacional do IBCC, os participantes foram estimulados a fazer um “Headband” personalizado. Uma das participantes Adriana Aparecida (SAC) reforçou a importância da Oficina, que é uma terapia, baseada em suas experiências e sobre como pode interagir e conhecer novas pessoas e ter novas percepções sobre elas. Letícia

Sampaio, auxiliar da Pastoral da saúde, enfatiza o convite para os próximos: “A Natália liberta o que há de melhor em nós com suas atividades e nos faz sentir criativos e valorizados pelo que fazemos. Todos deviam vir pelo menos uma vez para relaxar”. Os participantes desta edição foram: Katherine Mota (Assuntos Regulatórios), Adriana Aparecida (SAC), Letícia Sampaio (Pastoral), Silvestre Bruno (Comunicação).

Superintendente: Justino Scatolin | Dir Geral: Domingos Sávio Alves de Faria | Dir Téc Científico: Dr. João Carlos Guedes Sampaio Goes | Dir Administrativa: Joyce Romanelli | Dir Téc Médico: Dr. Walter Galvão Dir Clínica: Dra. Karina Infante | Dir de Negócios e Gestor Médico Comercial: Dr. Paulo Angelis | Dir de Serv. de Apoio: Stela Bridi | Dir de Serv. Administrativos: Carla Petreca | Jornalistas: Lilian Cacau e Roberto Bertozi Web Comunicação - 11 3474 9282 | www.ibcc.org.br

IBCC - 09/02/2018  
IBCC - 09/02/2018  
Advertisement