Page 1

INFORMATIVO SEMANAL 0710/16 | Ed. 18 | Ano I

Câncer de Mama: Prevenção e diagnóstico precoce podem salvar muitas vidas! Em prol da mulher, durante todo mês de outubro são realizadas campanhas de prevenção ao câncer de mama, o chamado Outubro Rosa. O hospital IBCC – Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, um dos maiores centros de diagnóstico e tratamento da doença do Estado de São Paulo, também adere essa campanha rosa tendo criado um cata-vento rosa, para disseminar as informações de prevenção. O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. “Calcula-se hoje que mais de 50 mil novos casos de câncer de mama são diagnosticados no Brasil ao ano. Indicando que quanto mais precoce o diagnóstico, maior a chance de cura e menor dano a mulher”, alerta o Dr. Marcelo A. Calil, diretor médico do IBCC. Ainda segundo ele o diagnóstico positivo é sempre uma notícia impactante, mas é importante estar bem informada para conversar com a equipe médica sobre as opções de terapias disponíveis e mais apropriadas para cada caso. Os sintomas costumam surgir tardiamente, mas existem alguns sinais de alerta, como abau-

Mamografia é o principal exame detector

lamentos na mama e axila, alterações no formato da mama e secreções papilares espontâneas, que ao serem percebidos, a mulher deve procurar auxílio médico. O IBCC acredita que é preciso haver uma conscientização sobre a saúde da mulher considerando os aspectos físico e psicológico, buscando assim disseminar as informações mais importantes, incentivando sempre o autoexame e consultas regulares no médico. Ao sinal de qualquer caroço ou dor, o hospital aconselha a procura de um especialista para avaliação. “O melhor método para se diagnosticar precocemente o câncer de mama é o exame mamográfico. Por meio dele, podemos identificar a doença antes mesmo dela se tornar um nódulo”, explica o médico. Este exame pode detectar lesões não palpáveis e é indicado para mulheres que tem acima de 40 anos de idade. Além disso, o hospital, incentiva e realiza constantemente pesquisas sobre o câncer, corroborando para a busca da cura. “Quanto melhor a utilização da tecnologia e mais campanhas de conscientização, mais prevenida estará a mulher”, conclui o Dr. Marcelo A. Calil.

OUTUBRO ROSA

Superintendente: Justino Scatolin | Dir.Geral: Domingos Sávio A. de Faria | Ass. de Diretoria: Joyce Romanelli Dir. Clínico: Dr. Marcelo Callil | Dir. Comercial: Dr. Paulo Angelis | Dir. de Serviços de Apoio: Stela Bridi Dir. de Serv. Assistenciais: Débora Montezello | Dir. de Serviços Administrativos: Carla Petreca Jornalistas: Lilian Cacau e Renata Mello | Agência: Web Comunicação (lilian.comunicacao@ibcc.org.br) | 11 3474 9223 www.ibcc.org.br

Boletim IBCC - 07/10/2016  
Advertisement