Page 28

26 CULTURA RACIONAL – 5º O

encontrando, por admitirem essa vida falsa, essa vida aparente como se fosse verdadeira, por desconhecerem a verdadeira. Vivendo em falso, surpreendido sempre com os golpes cruéis e vivendo nesse desespero, nessa intranquilidade, sem sossego, assustados, com medo de tudo, com tudo assombrados e sem terem onde se agarrar e com quem se agarrar para se verem livre dos males, e por isso estão aí sendo tragados pelos males, sendo vítimas dos males, por não terem, como nunca tiveram, quem os livrasse dos males, quem os livrasse dos sofrimentos, das dores, dos tormentos, dos desastres, dos dissabores, das doenças, dos padecimentos e das injustiças. Nunca tiveram com quem se agarrar, como nunca existiu esse ou aquele que pudesse livrá-los de tanto sofrimento. Por isso, por não terem é que sempre o sofrimento se multiplicou desde que nascem, sofrendo até que morrem. Nunca tiveram com quem contar, com quem se agarrarem para se livrarem dos males das tempestades. Vejam o quanto viviam iludidos e iludindo os demais, sugestionados por sujeira por asneiras. Isso é uma fantasia, pensando estarem bem assistidos e o sofrimento provando o contrário. Sendo tragados pelos sofrimentos, com a prova evidente que nunca tiveram com quem contar para livrá-los dos padecimentos, dos sofrimentos, que são de um modo geral. Tudo sugestão, alta sugestão, e os males sempre se multiplicando por nunca existir quem pudesse livrá-lo dos males atordoantes dia e noite. Nunca existiu com quem pudessem contar para abolir o sofrimento, para abolir os males da vida de todos. E vivem aí de aventuras. Aventurando, experimentando para acertar ou não, nessa vida de inconscientes, nessa vida de desequilíbrio, nessa vida onde sempre persistiu a chama da maldade, por a

Cultura Racional - 5º volume da Obra  
Cultura Racional - 5º volume da Obra  

Cultura Racional - Conhecimento de retorno da humanidade ao seu verdadeiro mundo de origem, o Mundo Racional.

Advertisement