Page 229

227 UNIVERSO EM DESENCANTO – 5º O

pior para pior sempre, uns contra os outros, guerras de todos os feitios, de todos os jeitos, de todas as maneiras, de todas as formas e guerreando, guerreando a vida inteira para poder viver. A luta dia e noite lutando ferozmente, enfrentando os maiores obstáculos, os sacrifícios, para a sobrevivência, e a correspondência, muda sempre ficava e o sofrimento sempre imperava e imperando entre todos, as agonias permanecendo. Enfim chegando todos no auge e dizendo: “Não sei mais o que vou fazer para encontrar a paz, a alegria e o bem-estar, não sabemos mais o que vamos fazer, para encontrar a paz de todos, a alegria de todos, o bem-estar de todos, quanto mais procuramos consertar, tudo se multiplica ao contrário, o sofrimento sempre aí está, não há mais quem possa equilibrar esta humanidade, o desequilíbrio cada vez aumenta mais, os distúrbios, as confusões, as brigas.” “Enfim tudo de ruim cada vez se multiplica mais, não sabemos mais o que vamos fazer para o equilíbrio de todos, esta vida e este mundo envolvidos em grandes mistérios, e por isso surpresas em cima de surpresas, o mundo se tornou um enigma indecifrável, nós que aqui vivemos neste mundo uns enigmáticos, porque desconhecíamos o porquê que assim somos, vivermos mesmo como uns aventureiros, aventurando para acertar ou não.” A vida se tornou um sonho por a inconsciência permanecer, o inconsciente é um animal, e o animal não dá conta do seu ser, não dá conta do porquê que ele assim é. “E vivemos aqui se destruindo porquê nascemos de uma podridão sem saber por que, podres em vida, e per ser podres vamos nos destruindo.” Quando se vê, a vida acabou-se e ficam os demais ai neste mundo nas mesmas lutas, com as mesmas idéias, amassando essa lama sem saber porque e alimentando de lama sem saber porque, e vivendo neste

Cultura Racional - 5º volume da Obra  

Cultura Racional - Conhecimento de retorno da humanidade ao seu verdadeiro mundo de origem, o Mundo Racional.