Issuu on Google+

bonjoursoleil Agosto #1

savoir vivre mobilidade na moda living uma casa no bambuzal fala-se de... fÊrias de Sophia ilha de santa catarina – bonjoursoleil

1


Carta da editora Abro os braços e desejo: sejam bem-vindos! Bienvenus à primeira edição da bonjoursoleil. A revista é uma extensão do meu blog bonjoursoleil, que cresceu, ganhou seu próprio domínio e se transformou em um site. Fazer uma edição bimestral é a chance de poder falar um pouco mais do que num post sobre estilo de vida, beleza, moda, cultura – assuntos que me motivam porque alegram a vida. Também quis aproveitar meus amigos talentosos, que, mesmo ocupadíssimos, tiveram tempo para intermináveis reuniões de trabalho. Enfim, formamos uma equipe disposta a tudo por gargalhadas regadas a vinho. Ih, informação demais! O que quero dizer é que esta revista foi feita com prazer e chega até você com muito carinho.


5 14 18

28 9

Voilà l’Île en hiver, eis a ilha no inverno! Fizemos de conta que estávamos de férias e redescobrimos o charme de nossa cidade na estação fria, época de ir mais ao cinema, a exposições, de curtir costumes locais antigos despertados pela chegada dos cardumes tainhas. Apresentamos o charmoso Café da Corte, um portal fora do tempo, no centro histórico de São José. Elegemos o Sorrentino como o café mais tradicional do Centro de Florianópolis. Viramos paparazzi da casa do bambuzal, arquitetura de aconchego no meio do mato. Passeamos por estilos de bikes e ciclistas. Ficamos tão apaixonados pela vida sobre duas rodas que temos pautas para muitas edições da Bonjour.

16 32

Ah! Vou passar uma temporada de estudos em Paris, onde vou continuar garimpando novidades e preparando a bonjoursoleil para você. Bisous! Françoise Techio


Dicas

leitura Descobrir a cidade, seus meandros, ritmos e fluxos, sentindo o cheiro das ruas e o vento no rosto

Find a bike to live in the city Mais perto dos acontecimentos que escapam aos nossos olhos dentro de um carro, ao andar de bicicleta descobrimos a cidade, seus meandros, ritmos e fluxos, sentindo o cheiro das ruas e alegrando-nos com o vento no rosto. A leitura de “Diários de Bicicleta” (Editora Amarilys) é assim, um tour que flui por curiosidades históricas e musicais, particularidades urbanas e outros devaneios ciclísticos da cabeça ubber pensante de David Byrne por metrópoles variadas: Nova Iorque, Manilla, Buenos Aires, São Francisco, Berlim, Istambul. O ex-líder da banda Talking Heads começou a se deslocar de bicicleta em Nova Iorque, nos anos 80. Ele então percebeu como a bicicleta era rápida e muito eficiente como meio de transporte e passou a levar um modelo dobrável em suas turnês pelo mundo. Byrne, que também é designer, atribui a rapidez e a eficiência da bicicleta à liberdade de se escolher o caminho, sem um roteiro pré-estabelecido, de um jeito mais humano e intuitivo. (Miguel Etges) www.davidbyrne.com

4

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Dicas

Questão de arte Duas exposições convidam para uma visita ao Palácio Cruz e Souza, no centro histórico: Trabalho Abstrato de Marília Furman e a coletiva Palimpsextos.

artes visuais

Fotografias e instalações da artista plástica Marília Furman questionam o fazer artístico, sua ligação e possível subordinação às mesmas regras da produção de mercadorias na sociedade. A exposição Trabalho Abstrato está no Museu Histórico de Santa Catarina, que fica no Palácio Cruz e Souza. No mesmo prédio, na Praça XV, a chance de ver trabalhos de seis artistas, do mestrado em Artes Visuais, da Universidade de Santa Catarina (Udesc), reunidos na “Palimpsextos”. As obras representam um imaginário repleto de lembranças, sensibilidades e percepções, por meio de fotografia, desenho, pintura, instalação e arte digital. Cada uma delas propõe um território que é passível de mudança para outro, onde o desenho pode ser uma fotografia, a pintura pode ser uma narrativa e vice-versa. Os artistas são: André Rigatti , Andréa Bertoletti, Audrey Hojda, Gleyce Cruz, Lilian Barbon e Silvia Teske. As duas exposições podem ser vistas até o dia 28 de agosto. (Fernanda França) www.mhsc.sc.gov.br/

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

5


Dicas

cinema Poesia beat Howl se passa em 1957, durante o julgamento do poema de mesmo nome, hoje considerado uma das obras mais significativas da geração beatnik. Estrelado por James Franco, ator em ascensão, que vem construindo uma produtiva carreira alternando obras do grande circuito com filmes independentes, Howl é mais uma de suas arriscadas e bem sucedidas investidas e que tem como foco a controversa obra de Allen Gisnberg. Durante a projeção, que se divide em três linhas de ação intercaladas, Ginsberg (Franco) comenta sua trajetória como se estivesse conversando diretamente com o espectador ao mesmo tempo em que revemos a primeira leitura de Howl em um pequeno bar do underground de Nova Iorque. A grande sacada do filme é a aposta em animações densas e complexas, que representam com maestria toda a angústia do autor. Uma obra vibrante que ecoa por bem mais do que seus curtos 90 minutos de duração. (Fernanda França)

Até no fim do mundo Em 2009, o grupo espanhol Chambao se apresentou em um palco diante do glaciar Perito Moreno, na Patagônia argentina. É a nossa dica de clip para se apreciar no frio. O calor do flamenco contemporâneo desses músicos de Málaga, para lembrar que toda música é do mundo, até no fim do mundo. A canção “Ahí estás tu”, do Chambao, é um dos belos achados da radioweb Música do Mundo. http://migre.me/5ovt4 Fonte de ritmos variados, o programa Música do Mundo, de Ricardo Barão – um dos melhores e mais cultos DJs do Sul –, começou há uns cinco anos na Rádio Ipanema, de Porto (RS). Lastimo apresentá-lo a Bonjour e ter de dizer que Ricardo Barão morreu este ano. Mas a generosidade dele continua no ar.

6

bonjoursoleil – ilha de santa catarina

Howl (2010), 84 min Diretores: Rob Epstein e Jeffrey Friedman Com: James Franco, Todd Rotondi e Jon Prescott

música

Todos os programas encontram-se no site, que se mantém atualizado com novas funções e playlists. (Julia Berutti) www.musicadomundo.com.br


Dicas

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

7


8

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Nostalgia

Pesca da tainha Desde 2005, o casal de fotĂłgrafos Felipe Aguillar e Silvia Hudak documenta a pesca da tainha nas praias da Ilha de Santa Catarina.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

9


Nostalgia

A pesca artesanal revive hábitos dos tempos dos primeiros açorianos que povoaram a ilha no século XVIII.

10

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


A chegada dos cardumes de tainha, entre junho e agosto, traz Ă  tona o lado mais autĂŞntico da cultura ilhoa.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

11


12

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Nostalgia

A cor local é realçada pela estação fria, naqueles dias de sol e céu azul em que se consegue enxergar longe.


Savoir Vivre

Café da Corte Texto e fotos Françoise Techio

14

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


E

m um mundo paralelo, no centro histórico de São José, cidade do continente na entrada de Florianópolis, um sobrado centenário, daqueles com varanda que leva até o mar, abriu suas portas para o público. É o Café da Corte, um ambiente atemporal, pensado para se desligar do cotidiano e se deixar transportar pelos prazeres da mesa e da boa música.  “A vida é a Arte do Encontro”, a frase de Vinicius de Moraes abre o cardápio e dá o tom desse lugar. Dizem que o Solar dos Neves foi construído antes de 1800, que o casal imperial, dom Pedro II e dona Tereza Cristina, circulou por seus salões. Todos os ambientes do café, inclusive o palco, são decorados por poltronas, em semicírculo, num convite para se sentar e conversar com os com amigos. As mesas evocam um ar familiar, amoroso. Há ainda sofás para namorar, tapetes antigos e nostálgicas cadeiras de balanço. Você pode ir de dia, com o espírito tranquilo, na companhia de um bom livro; ou à noite, para ouvir músicos de alto nível, com programação de jazz, MPB e samba durante a semana. www.cafedacorte.com.br/

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

15


Savoir Vivre

Sorrentino Texto Fernanda França | Fotos Françoise Techio

L

ocalizado no centro administrativo de Florianópolis, bem ao lado da Catedral, é um pequeno café que não quer ser mais do que parece. Em suma: um ambiente agradável, bem frequentado, com ótimo atendimento, comida de primeira, onde você conhece e faz amizade com o dono, Nivaldo. Há seis anos, para quem quiser conversar ou apenas escutar um pouquinho sobre atualidades, política ou futebol, lá é o lugar. Para os pragmáticos de plantão, não é necessário muito tempo para escolher. Basta sentar-se e pedir um ou meio prato. Daí prepare-se para uma comida honesta e saborosa. Ainda há a possibilidade de arrematar qualquer pedido com o melhor quibe da cidade, temperadinho na medida e com uma pitadinha especial de canela.

16

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Dicas

Aberto das 8h30 ás 19h, o Sorrentino vale uma escapadinha do trabalho e até o puxão de orelha do chefe. 48 3224-4388 Padre Miguelinho, 55 Centro - Florianópolis – SC

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

17


Carpe diem de bike A vida sobre duas rodas inspira a moda e mostra como consciência também é uma questão de bom gosto

18

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


ilha de santa catarina – bonjoursoleil

19


A

dotar a bike para passear ou trabalhar é optar por respirar melhor, ter mais liberdade e não se esconder mais dentro de um carro. Elegância sobre duas rodas já é natural em cidades como Paris, Amsterdam, Berlim, Copenhagen, onde o uso de bicicletas faz parte da cultura. Mas, agora, em tempos de aquecimento global, que a bike assume o status de ser o veículo mais sustentável, a moda passou a prestar atenção ao estilo dos ciclistas. Grifes de luxo que a gente adora lançaram bicicletas que refletem sua linguagem. O site Cycle Chic, criado pelo fotógrafo canadense Mikael Colville-Andersen, centraliza na capital sueca, Estocolmo, um movimento mundial que reafirma o glamour das bikes. Tudo isso demonstra que é possível se vestir bem, harmonizando estilo e conforto sobre duas rodas.

1. Chanel 2. Hermés 3. Agatha Ruiz de la Prada 4. Fendi

20

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Savoir Vivre

Beleza sobre duas rodas Você pode ir trabalhar de bicicleta, ir ao parque. Do passeio aos afazeres, a bicicleta é um meio de transporte ecológico e prático. Você não precisa de uma roupa especial de atleta para andar de bike. O estilo casual da Ilha, que caracteriza tantas marcas locais, é perfeito para pedalar. Seguem algumas dicas para sair com sua bike sem se descuidar do visual (e da segurança). Educação no trânsito Ande no sentido dos automóveis, sinalize sua bicicleta e faça sinal com a mão quando for virar em alguma rua. Utilize uma bicicleta que tenha bagageiro ou cesto, paralamas e protetores de correia, que servem para não estragar suas roupas na parte inferior. ✩✩Saias e vestidos pedem um short de lycra por baixo. ✩✩Lenços ajudam a proteger o cabelo. ✩✩Independentemente do tamanho do salto, é importante que o calçado prenda os calcanhares. ✩✩Luvas são úteis para trocar correntes e pneus e previnem calos. Não precisam ser esportivas; podem ser de couro ou de tecido sintético. ✩✩Em dias muito quentes, leve uma blusa reserva para trocar quando chegar a seu destino. ✩✩No verão, lembre-se de levar lencinhos higiênicos e desodorante na bolsa. ✩✩Bolsa, blusas e pastas podem ser acomodadas no cestinho ou em alforjes. ✩✩Em época de chuva, vale a pena levar uma capa ou jaqueta impermeável. Há várias opções levinhas e que, dobradas, cabem na bolsa. StreetFSN; TheJulieBlog; Visualize.us; Downtown From Behind

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

21


Savoir Vivre

A menina da bicicleta azul Você não é a menina da bicicleta azul? A estudante de Design Gráfico da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Tina Merz, 22 anos, já ouviu essa pergunta várias vezes. Desde que voltou da Alemanha, no ano passado, Tina não se separa da bicicleta dobrável, dos anos 70, que comprou no mercado de pulgas de Düsseldorf. Tina já era acostumada a circular de bike pela sua cidade natal, Guabiruba, próxima a Brusque, no Vale do Itajaí. A bicicleta faz parte da cultura das cidades de origem alemã de Santa Catarina, mas na capital... Bem, em Florianópolis, onde sistema viário e transporte público ainda são questões mal resolvidas, andar de bicicleta requer um ativismo forte por parte

22

bonjoursoleil – ilha de santa catarina

“Gosto do sentimento de liberdade que a bicicleta proporciona, já faz parte do meu estilo”


Savoir Vivre

dos aficionados. Muitos jovens, como Tina, já incorporaram o tema mobilidade urbana a seus projetos de estudo e de vida. Ela e alguns colegas criaram o Muvem (Movimento e Nuvem). A ideia inicial era trabalhar com a sinalização urbana. Durante a pesquisa, eles constataram que o mais urgente, além de estimular o uso da bicicleta, era sinalizar os próprios ciclistas, torná-los visíveis. Assim, o símbolo do Muvem, a bike com nuvenzinhas nas rodas, se transformou num adesivo que pode ser usado no capacete – um sonho para ficar na cabeça.

VALE A PENA CONFERIR: Revista canadense Momentum: http://momentumplanet.com/

Neste site, você tem alguns exemplos para se ispirar: www.rapha.cc/shop/shorts-and-trousers

Sites e blogs pró-bikers brasileiros http://blog.ta.org.br/ http://pedalinas.wordpress.com/ http://gataderodas.blogspot.com/ http://cafeletour.wordpress.com www.pedalajoinville.com.br http://bicicletadafloripa.wordpress.com/

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

23


Aproveite as promoçþes de inverno


Beauté

Lápis preto, o SuperPreto da Contém 1g, tem uma concentração de pigmentos que oferece uma intensidade de cor. Fácil de aplicar e tem na outra ponta um esfumaçador, prático para dar aquele efeito borrado nos olhos. A Neutrogena lançou uma linha especial, mais leve, ideal pra quem tem entre 20 e 35 anos. São três produtos: Ultra Light hidratante facial com protetor solar (que você passa rapidinho de manhã, antes da maquiagem), Ultra Light hidratante para a área dos olhos, que promete atenuar linhas de expressão e inchaço (para manhã e noite) e o Ultra Light hidratante facial noturno. Lembre-se de sempre limpar sua pele antes do creme diurno e, principalmente, noturno, que é quando sua pele faz a renovação celular. Se a pele estiver limpa e com um bom hidratante, ela agradece.

Lip Color, o batom em lápis, é tendência em produtos de maquiagem. Na nova coleção da Tracta, a “Les Poetiques”, ele está presente com características de cobertura de batom e brilho intenso de gloss, em um formato que é fácil de aplicar.

26

bonjoursoleil – ilha de santa catarina

Serum Suavizante Clarité, da Dermage, um gel de contorno de olhos com uma embalagem roll-on, que trata olheiras e bolsas sob os olhos. Ideal para os dias em que você não dormiu direito e quer recuperar aquele ar jovial. R$ 105, no site da marca.

Delineador é a marca registrada da maquiagem atual. Com a caneta delineadora Duda Molinos vai ser fácil desenhar tanto os traços finos quanto os mais espessos ou dramáticos, sempre precisos e sem borrar.


Beauté

Day spa A localização do Aruna Health Spa já é um belo argumento para se levar uma vida mais verde e harmonizada. Fica no Sul da Ilha, entre o mar e a mata nativa, com opção de hospedagem e pacotes de um dia, que a equipe bonjoursoleil testou e recomenda. O day spa começa com uma conversa com um profissional, que avalia como você está e o que vai fazer bem para você, pela observação da íris e dos pontos de reflexologia nos pés. Impressionante como se pode fazer tanta coisa boa num dia só: aulas de relaxamento, alongamento, um passeio no Parque da Lagoa do Peri (com banho de cachoeira nos dias quentes), terapias de argila, cores, aromas e refeições para comer sem culpa. Um delicioso banho de imersão, com pétalas de flores, encerra o dia.

Lifting sem bisturi O Spectra é a grande novidade na área da estética, pois atua no rejuvenescimento facial, trazendo de volta a qualidade e o brilho da pele. Trata-se de um aparelho de radiofrequência, que, com duas manoplas, dá um up no rosto. Também é usado em tratamento corporal, no combate a flacidez, celulite, envelhecimento e até gordura localizada. Com resultados rápidos, aumenta a produção de colágeno e elastina. Estimula a drenagem linfática, proporcionando o tão desejado efeito lifting. Aqui em Florianópolis, o tratamento é oferecido pelo salão Bellessence, no Centro. Experimentei e a gente só sente um calorzinho durante a aplicação, que dura de 45 minutos a uma hora. Vale a pena. Bellessence 48 32247626 / 33222812

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

27


Ensaio de férias A designer gráfico Juliana Shiraiwa brinca de férias com a filha Sophia e dá dicas do que fazer em Florianópolis no inverno Texto Juliana Shiraiwa | Modelo Sophia Shiraiwa | Fotos Juliana Shiraiwa e Miguel Etges

F

érias de inverno, no Sul, com criança pequena. Dá o que pensar. Frio, sol, vento, chuva, atividade ao ar livre? Ambientes fechados? Esta é a primeira vez que temos que nos preocupar com isso, já que nossa filha, com quase dois anos, superagitada, anda para todos os lados. Ano passado foi bem tranquilo, agora já temos que programar nossos finais de semana. Não que ela tenha férias. O berçário não para durante o mês de julho. Mas, para já ter um hábito que se repetirá nos anos seguintes, resolvemos tratar como se fossem férias.

28

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


No início de julho, em Florianópolis, tem o Festival Internacional de Teatro de Animação (Fita) e a Mostra de Cinema Infantil para ir com as crianças. Para a faixa de idade de nossa filha, há atrações livres. Ela gostou do que viu nas ruas e no teatro. Além disso, na Mostra de Cinema Infantil, escolhemos as sessões de curtas. Assim a atenção dela se fixou um pouco mais na telona. Ela adorou, ainda mais com a pipoca depois do filme. Com a reabertura do Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), no Centro Integrado de Cultura (CIC), temos agora outro programa que dá certo. A dica é sempre ir em um horário mais tranquilo, um dia de semana (o museu só fecha às segundas-feiras), de manhã ou no início da tarde. Assim, a criança tem espaço para andar e correr, e nós, pais, menos preocupação com alguém que possa não gostar de ter crianças esbarrando nas pernas ou rindo alto. Para crianças maiores, já com uns quatro anos, vale a pena agendar uma visita com um monitor treinado para explicar as telas de um jeito mais lúdico.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

29


fala-se de... Ensaio de Férias

Uma ótima pedida é ir às sessões do Cinematerna, que acontecem às terças-feiras, nos shopping Iguatemi e Floripa, alternadamente. Há sempre uma enquete no site da ong Cinematerna para escolher o filme. A sala de cinema tem trocadores, e a primeira fila é forrada por um tapete de EVA, para acomodar as mamães com bebês que preferem ficar no chão. O som é mais baixo do que o usual, e o ar-condicionado é menos frio. Também tem um “estacionamento” de carrinhos na entrada das salas. Opções ao ar livre, nesses tempos gélidos, são poucas, mas sempre vale um passeio na Lagoa da Conceição ou no Parque Ecológico do Córrego Grande, que tem trilhas, parquinho, local para piquenique, patos, marrecos, jacarés, coelhos e outros animais para serem vistos, além das árvores. E também nas pracinhas e no calçadão da Beira-mar ou de Coqueiros, onde as crianças adoram pedalar, correr, caminhar, brincar com os cães. Se você vai viajar, há vários sites com dicas para ajudar os pais a entreterem os filhos durante viagens curtas, longas, de avião, carro ou ônibus. Dê uma pesquisada e escolha as que têm mais a ver com sua família. Com a nossa filha, sempre levamos água, comida, um bicho de pelúcia, caderninho, adesivos, um livro e, é claro, a mente cheia de ideias para fazer história com qualquer coisa, desde a cadeira do ônibus ao folheto do avião. http://bebeblogger.com.br http://viajandocompimpolhos.wordpress.com http://revistacrescer.globo.com

30

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Lazer para toda família O parque do Córrego Grande é um ótimo lugar para atividades ao ar livre, como correr, brincar, fazer um piquenique. No dia em que levamos nossa filha, havia um grupo de mães que se encontram regularmente. Veja o facebook delas aqui.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

31


Bonjour Bambuzal Casa com jeito de sĂ­tio e vista para o mar nasce a partir da amizade entre vizinhas Texto Julia Berutti | Fotos Felipe Aguillar e Miguel Etges

32

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


A

equipe bonjoursoleil me pediu para apresentar a casa do bambuzal na estreia da seção Living. Sou suspeita para falar da minha própria casa, mas vamos lá. O projeto é da arquiteta Luciana Caiaffa, por sorte, minha amiga. Decoração? Um amigo muito certinho definiu o estilo como praiano, “do tipo vai deixando”. Eu deixo mesmo. Descobri que, quando o projeto é bom, até um pouco de bagunça tem seu charme. A casa se abre para o sol nascente, entre taquarais, num terreno estreito e íngreme. As madeiras com as marcas dos nós dão um ar de aconchego. Hoje vejo esse lugar como uma prova de que vale a pena dar uma chance ao acaso.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

33


Living

Há séculos criava coragem para construir. Mas dá pra dizer que tudo começou em 2005, num batepapo com minha vizinha, no meio da rua, comprando pão caseiro. Era a arquiteta, Luciana, que, recém tinha mudado com o filho, de São Paulo, para a casa nova, na Lagoa da Conceição, projetada e executada por ela. Bem na frente, morávamos eu e meu filho. Sou jornalista, e sempre me interessei por temas que envolvessem design ou arquitetura. A ideia da casa cresceu junto com a amizade, em caminhadas pela trilha que levava até a praia. Eu já tinha o terreno. As madeiras são de árvores derrubadas por um tornado no sítio de minha mãe, na região da serra. Obter permissão dos órgãos ambientais para usar os troncos é outra longa história. O projeto foi aprovado na primeira apresentação. Pensava numa casa suspensa, com deque, bem iluminada e arejada, mas aquele desenho! 34

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Living

À meia luz Ao lado, arandela da entrada, decorada com mandalas coloridas sobre fibra de vidro, da Arte em Fibra, fábrica de canoas artesanais no Sul da Ilha. Abaixo, detalhe do lustre sobre a mesa de jantar, relíquia dos anos 70, do Artesanato Guarisse, de Porto Alegre.

Velas A casa toda se ilumina com luz natural, desde o nascer do sol. As velas são acesas à tardinha... Este castiçal de cerâmica com o símbolo do Divino Espírito Santo, é um achado do Brique da Redenção, em Porto Alegre.

ilha de santa catarina – bonjoursoleil

35


Living

Era muito mais do que eu sonhava. Combinamos alguns padrões: portas de correr, corredor-bibliotecadeque, telas, paredes e louças brancas, madeira clara e acessórios os mais básicos (e econômicos) que encontrássemos. Sabia que teríamos de combinar meus móveis com a mobília de minha mãe, que vinha de mudança. O cenário tinha de ser neutro para juntarmos nossas histórias, gostos e diferenças.

Bamboo Revista de interiores, design e arquitetura, com curadoria de Clarissa Schneider, ex-editora da Casa Vogue: http://www.bamboonet.com.br/

Aubergine Decoração e Design Achados cozy do Oriente no Porto da Lagoa. Rua Vereador Osni Ortiga, 3010 Lagoa da Conceição, Florianópolis / SC Horário de atendimento: De segunda a sábado, das 10h às 20h. (48) 3232-0410

36

bonjoursoleil – ilha de santa catarina

Lucia do Valle As criações dessa designer que adora fazer coisas fotas de tecido ficaram conhecidas na antiga Giovanna Baby, na Imaginarium e na Tok Stok. Ela instala sua tenda todos os sábados de manhã na feirinha de alimentos orgânicos na Lagoa da Conceição, um luxo! www.wix.com/luciadovalle/online#!bichos


ilha de santa catarina – bonjoursoleil

37


Expediente | Colaboradores

quem fez a primeira bonjoursoleil para você Em caráter extraordinário apresentamos as personnes por trás das movimentações ao redor do sol e das ideias, porque todos os dias teremos um bonjoursoleil.

Fernanda França Esta gaúcha veio para Florianópolis para cursar a universidade e acabou ficando. Foi no curso de design que conheceu Fran Techio, a nossa editora. Trabalha com e-learning, mas prioriza sempre a boa convivência offline. Vive envolta em música e cinema, sempre procurando novidades. Fernanda colaborou com ideias divertidas para esta edição e com a nota do filme Howl, na seção de Dicas.

Françoise Techio A editora-chefe da revista bonjoursoleil e criadora do blog de mesmo nome é apaixonada pela cultura francesa. Fran é uma catarinense que respira moda, design, música e filmes. Por muitos anos viveu no mundo das misses, fato que marcou sua forma de dar tchauzinho. Está de malas prontas para uma temporada de estudos em Paris.

www.sulphurico.wordpress.com

www.bonjoursoleil.com.br

Felipe Aguillar Depois de uma temporada atrás das câmeras da MTV, este paulista veio de mala e cuia, e com a mulher, Silvia Hudak, para Florianópolis. Agora os dois fotografam as belezas da ilha e de Santa Catarina para deleite de nossos olhos. Felipe gosta de viajar, dormir e reclamar por ainda não trabalhar na National Geographic. Suas fotos ilustram as seções Nostalgia e Living.

www.felipeaguillar.com.br

38

bonjoursoleil – ilha de santa catarina


Expediente | Colaboradores

Julia Berutti Ela gosta de ler, reunir os amigos e cozinhar no fogão a lenha. Tem um filho skatista, que adora praticar o esporte no piso de madeira da casa, que a gente mostra na seção Living. Na cozinha, Julia acolheu a equipe bonjoursoleil e deu uma geral nos textos.

Miguel Etges O marido da Ju e pai da Sophia gosta de pedalar, lomografia, grafite estêncil e tomar vinho. Atualmente está trabalhando na parte continental de Florianópolis. É o responsável pela direção de arte da revista bonjoursoleil e por assar os churrascos e as tainhas nas reuniões.

www.cafeletour.wordpress.com

Juliana Shiraiwa Mora em Florianópolis há quatro anos. É casada com o artista gráfico Miguel Etges. Eles são pais da Sophia (futura modelo exótica) e têm dois gatos adotados. Ju trabalha com design gráfico e sempre procura conhecer a ilha com quem já é daqui, para descobrir locais fora da rota turística. Adora sol, praia e brincar com a filha. Colaborou com a seção Fala-se de..., sobre férias de julho na ilha.

Agradecemos às pessoas e empresas, que, direta ou indiretamente, contribuíram nesta edição da revista: Diogo Ropelato, Tina Merz, Alexandre Silveira, equipe do Aruna Health Spa, criadores dos tipos Helvetica Neue (Max Miedinger e Eduard Hoffmann) e Jayne Print YOFF (Your Own Font), grupo Mães de Florianópolis, Café Sorrentino, Café da Corte, equipe do Bellessence, assessoria de imprensa e arte-educadora do Museu de Artes do Estado de Santa Catarina, grupo Cinematerna, e às fontes: StreetFSN; Visualize.us; Downtown From Behind e CycleChic.

Silvia Hudak Mora em Florianópolis há dois anos junto com o marido, Felipe Aguillar. Já foi professora de dança do ventre, é fã de alimentação natural, terapias alternativas e atividades ao ar livre. Silvia fotografa paisagens junto com Felipe, mas gosta mesmo é de retratar pessoas.

www.flickr.com/photos/ silviahudak/

Para entrar em contato com a equipe, envie um e-mail para blogbonjour@gmail.com ou encontre-nos nas redes sociais. ilha de santa catarina – bonjoursoleil

39


À la prochaine

Tanta compenetração desarma qualquer profecia bombástica do tipo “é o fim da letra de mão”. Afinal, o excesso de tecnologia ameaça ou valoriza o toque humano? Isso vai dar muito pano pra manga. Estamos costurando o tema para a próxima edição da revista, em outubro. Vamos mostrar o lado contemporâneo do feito à mão: em moda, déco, livros e gastronomia (inholini, nham-nham!).


bonjoursoleil