Page 1

Asa notícias

Asa notícias

retrospectiva

Fotos: Rogério Porto

Inauguração da Filial 16 A Asa Alimentos em parceria com a empresa Agaipito Costa acaba de inaugurar as novas instalações da Filial 16, na cidade de Nova Veneza, em Goiás do Silva Amorim Filho contou um pouco da trajetória da Asa Alimentos e Bonasa, e aproveitou a presença das autoridades do primeiro escalão do governo de Goiás e do prefeito de Nova Veneza para frisar a importância da liberação de recursos junto ao FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para a construção de mais 50 aviários e para a pavimentação que facilitará o acesso à fábrica, o que é um dos requisitos básicos para habilitar a marca para exportação. Além de agradecer a parceria que continua dando certo com o presidente da empesa Agaipito Costa, Valdemar Batista Costa. Potencial produtivo Com o objetivo de proporcionar uma maior participação dos produtos da

palavra do presidente

Bonasa no ponto de venda, com essa ampliação, a empresa fará uso de túnel contínuo de congelamento, o que possibilitará o aumento da produção estimado em um aumento de 50% na produção total em sua unidade, sendo maior o aumento nos cortes de frango. Com isso, a empresa prevê um crescimento de 50% no quadro de funcionários totalizando 600 colaboradores diretos e 3 mil indiretos. O investimento foi de aproximadamente 15 milhões e consolida ainda mais a participação da marca Bonasa no Estado de Goiás, uma vez que seus produtos já estão presentes em 180 cidades, o que corresponde a 80% do estado. Vale ressaltar que o empreendimento também proporcionará um crescimento de 50% nas granjas integradas da empresa.

Cinthia Amorim, Aroldo Neto, Katia Amorim, Aroldo Filho e Pedro Amorim

Lincoln Tejota (deputado estadual GO) e Aroldo Silva Amorim Filho

Uma integração promovida pela empresa que deu certo

Fotos: Rogério Porto

5

Eduardo (Frango GM), Sérgio caixeta(Frango GM), Uacir Bernardes (Ass. Go de Av) e Sérgio Araújo

Segunda Copa Asa de Futebol Society marca mais um ano emocionante com sucesso, e muita alegria, integração e espírito esportivo são as grandes marcas dessa competição saudável. A grande final ficou entre os colaboradores das Filiais 18 e 3 disputando o primeiro lugar, com o placar de 2 x 0 para os campeões da Filial 18. Já na disputa do terceiro lugar entre Filial 4C e Filial 6 quem levou a melhor foi a Filial 6.

Tobias Soares, Paulo Roberto, Dr Aparecido e Dr Balian Filial 3, segundo lugar

Ricardo(BRF), Sérgio Araújo, Aroldo Filho, Aroldo Neto e Pedro Amorim

André Vianna, Denner Alves e Carlos Alberto

Copa Asa de Futebol Society

Filial 18, primeiro lugar

Aroldo Silva Amorim filho recebe os cumprimentos do vice-governador de GO

26ª EDIÇÃO

Janei ro /f everei ro /março • 2013

EXPEDIENTE Presidente: Aroldo Silva Amorim Filho Vice-Presidente: Sérgio Costa Araújo Diretora Administrativa: Kátia Pinto de Amorim Diretor de Unidades de Produção e Comercial de Produtos Vivos: José Henrique Tostes Barbi Diretor Financeiro: Paulo Roberto Oliveira Silva Gestor do Departamento Comercial de Produtos Vivos: Aroldo Silva Amorim Neto Gestor do Comercial - DF e TO: Celso Praun Gestor do Comercial - GO: Walter de Souza Lopes Gestor de Controladoria: Tobias Soares Gestor do Departamento de Logística: Romeu de Sousa Gestor do Departamento de Abate e Produção Industrial: André Vianna

Hilton, Luiz Roberto, José Maricato e José Walter

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Filial 6, terceiro lugar

6

Gestor do Departamento Financeiro: Wandir Fernandes Silva Gestor do Departamento de Produção Avícola: Luiz Eduardo Carneiro Baião Gestor de Suinocultura: Eduardo Henrique Okuda Gestor do Departamento de Informática: Marcus Lanna Gestor de Fomento: Luís Roberto Gonçalves Gestor de Parcerias e Novos Projetos: Heber Silva Editado pelo Departamento de Marketing da Asa Alimentos Gerente de Marketing: Elizete Batista Tiragem: 1.500 Contatos: SIA Trecho 3 Lotes 385/395 - CEP 71200-030 Brasília-DF - Tel. (61) 2106.3733. www.asaalimentos.com.br e www.bonasa.com.br

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Moon noon onono nonon onon onono onono non Na história da Asa Alimentos, o ano de 2012 ficará marcado como o ano em que avançamos fortemente na melhoria da gestão e da governança corporativa. Transformamos a Asa Alimentos em empresa S/A, implantamos o Conselho de Administração e formalizamos o Conselho de acionistas, reforçando tanto a perenidade corporativa quanto a percepção de solidez do grupo. No campo dos negócios, enfrentamos a continuidade da crise econômica internacional iniciada em 2008 e um aumento de custos sem precedentes, com alta volatilidade e elevação dos preços dos grãos, o que caracterizou um dos anos mais difíceis para o segmento de proteínas. Apesar das dificuldades impostas pelo aumento expressivo das matérias primas, especialmente milho e soja, devido à seca no hemisfério norte, terminamos o ano com lucro. Esse resultado positivo refletiu trabalho pujante e consistente de todos os colaboradores da companhia, que executaram de forma muito eficiente às operações do dia a dia, apesar das condições adversas. Conseguimos ampliar a receita líquida em 4,6%, para R$ 403.889 mil. O EBITDA alcançou R$ 55.526 mil, com lucro CEDOC/Jornal da Comunidade/Alan Santos

A empresa recebeu mais de 300 convidados para o evento de inauguração ocorrido no dia 19 de setembro, em Nova Veneza, Goiás. Entre as autoridades que compareceram, e representando o governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, o vice-governador José Eliton de Figuerêdo Júnior (DEM/GO), que em seu discurso exaltou a importância da iniciativa do grupo. “O grupo Asa Alimentos acaba de entregar essa expansão de abate que salta de 30 mil frangos/dia para 100 mil frangos/dia, o que naturalmente tem importância econômica em toda região de abrangência, com reflexos importantes. Esse conjunto de ações visa desenvolver o Estado de Goiás, e eu parabenizo o grupo por essa iniciativa”, afirmou. O presidente da Asa Alimentos, Arol-

Autoridades inauguram ampliação do abatedouro da Asa Alimentos

ASA NOTÍCIAS

retrospectiva

líquido de R$ 1.324 mil. A conquista desse resultado, em especial nos últimos meses do ano, reafirmou nossa capacidade de planejamento como um importante diferencial. O período especialmente desafiador não impediu avanços relevantes nas estratégias de mercado, com lançamento da linha de produtos marinados suínos e investimentos em produtos com maior valor agregado. A companhia deu um passo histórico ao revitalizar o designe dos produtos de nossa marca, unificando a identidade visual de 100% de nossas embalagens. Reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade, cada vez mais arraigada em nossa cultura. Como resultado disso, melhoramos indicadores de segurança no trabalho, com a redução da taxa de frequência de acidentes com afastamento em 10,53% na comparação com 2.011. Nosso índice FAP (Fator Previdenciário) passou para 0,96 com redução de 54% em comparação com o ano anterior. A perspectiva dos negócios para 2013 é bastante positiva, com rentabilidade consistente para o setor de proteína animal.. Refletindo uma safra brasileira prevista acima de 180 milhões de toneladas, deveremos ter os preços dos ingredientes das ra-

ções inferiores ao ano passado. Por sua vez, esperamos uma menor disponibilidade de carne de aves devido ao menor alojamento de matrizes em 2012, e, consequentemente, maior demanda por ovos férteis e pintos. No mercado de suínos, o crescimento das exportações e a estabilidade dos alojamentos do ano anterior tendem a resultar em uma menor disponibilidade no mercado interno, com evidências de preços firmes para todo o segmento de carnes. A desoneração da folha de pagamento, a redução do custo da energia elétrica e a manutenção das taxas de juros também são componentes importantes nessa previsão de diminuição do custo da produção. Portanto, este novo ano apresenta todos os ingredientes setoriais para impulsionar favoravelmente os resultados da ASA. O orçamento para 2013 aprovados pelo Conselho está alinhado com o Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos, indicando crescimento sólido e margens robustas com maior participação de produtos industrializados com maior retorno econômico. Além da confirmação de um resultado de rentabilidade histórico para a companhia, em 2013 estaremos focados na estruturação e consolidação da Asa Alimentos, com especial atenção para adequar a estrutura de capital às perspectivas de rápido crescimento previstas no Planejamento Estratégico e no aperfeiçoamento da Governança Corporativa que favorecerá essa trajetória.

CONFIRA nesta edição compromisso com o meio ambiente

Novas embalagens termoformado

Copa Asa de Futebol Society

(pág. 2)

(pág. 3)

(pág. 6)


Asa notícias

Asa notícias

meio ambiente

comercial de vivos

2

bo orgânico e a expansão da comercialização deste produto para o varejo foi inciado em 2012. O bem estar animal tem evoluído de maneira constante durante cada etapa do ciclo de vida das aves e suínos, garantindo a qualidade da carne. Este cuidado é expresso desde o cuidado com a seleção genética das avós, adaptação adequada ao clima, condições sanitárias e de biossegurança, nutrição balanceada, manejo sustentável minimizando o estresse, treinamento da pega, ambiência, transporte, pré-abate (área de descanso para os animais), abate (insensibilização e sangria), até a destinação correta dos resíduos. Cereais O armazém de grãos possui sistema de captação de pó nas máquinas de pré e pós limpeza de grãos através do método de ciclone, no qual as partículas grosseiras ficam retidas em sacos e o ar é lançado na atmosfera. Foi renovada a certificação no MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), com normas estabelecidas pelo INMETRO, por meio da instrução normativa nº 41, publicada em 14 de dezembro de 2010. A certificação possui como vantagem o cumprimento com as regulamentações, manejo de risco e de responsabilidade legal, melhoria da imagem da unidade armazenadora, melhoria nas relações comerciais e de posicionamento no mercado, qualificação dos serviços de armazenagem e sustentabilidade com menores perdas e bom manejo ambiental. Número do certificado OCP 0065. Empresa responsável pelas auditorias SEIVA AMBIENTAL, Resíduos sólidos Separação de resíduos destinados à reciclagem nas plantas industriais e parceria com serviço público de coleta de lixo para coleta nas vilas de operários, melhorando a qualidade de vida dos colaboradores. Resíduos perigosos Destinação dos resíduos perigosos

No dia 4 de Abril a Asa Alimentos teve a felicidade de receber a visita de vários clientes como o sr. Atila, representante comercial de produtos vivos em Minas Gerais, do sr. Robson, representante comercial de produtos vivos, do sr. Ademir de Araújo, importante cliente de pintos em Pará de Minas MG. A visita baseou-se em conhecer conceitos modernos na construção de aviários de frango de corte, foram visitados duas granjas de grande importância e referencia, para acompanhar alguns importantes integrantes da Asa Alimentos Aroldo Neto, gestor comercial de produtos vivos, Magner assistente técnico de frango de corte, também consultor de incubatórios, Thiago Rezende, novo integrante do departamento comercial de produtos vivos, Luiz Roberto, gestor de frango de corte, Eugenio Alves responsável pela integração de frango de corte no Distrito Federal . A primeira visita foi ao escritório da matriz localizada na S.I.A tivemos a oportunidade de apresentar ao Ademir e Atila nosso presidente Aroldo Silva Amorim, vice presidente Sergio Araújo diretor financeiro Paulo Roberto e gestor comercial de produtos Celso Praun, após uma rápida conversa, fomos para granja do sr Odair Framesqui Integrado frango de corte em Padre Bernardo GO, nessa propriedade foi visto um aviário de pressão negativa e painel evaporativo, com capacidade de alojar (32 mil aves) no qual

gerados nas atividades para destruição térmica efetuada em empresa Licenciada em conformidade com as normas aplicáveis da Legislação Ambiental. Tratamento de efluentes abatedouros - aves/suínos Aperfeiçoamento no sistema de monitoramento do rendimento operacional das E.T.E’s com definição de meta de redução de carga poluente dos efluentes líquidos em 90% Tratamento de resíduos avicultura/suinocultura Destinação sustentável dos resíduos de composteiras das granjas, cama de aves e suínos para Fábrica de Composto Orgânico, obtendo um produto de alta qualidade e ambientalmente correto. Tratamento efluentes de incubatório Tratamento e destinação dos resíduos sólidos de incubatório para Fábrica de Composto Orgânico e Instalação de Estação de pré-tratamento de efluentes líquidos para melhorar a qualidade do efluente lançado na rede coletora de esgotos. Licenciamento ambiental As licenças de operação dos empreendimentos tiveram todas condicionantes ambientais para devida operação cumpridas, sendo, atualmente, licenciadas ou renovadas, as licenças dos seguintes empreendimentos: Avicultura; Suinocultura; Fabrica de Rações; Abatedouros e Fábrica de Compostos.

Asa Norte Alimentos No Ano 2000 o Sr Aroldo Silva Amorim, age como um visionário e resolve instalar a integração de frango de corte no norte do Tocantins. A Asa Norte Alimentos foi apresentada na edição anterior com a descrição da localização geográfica, capacidade instalada e principalmente o do seu potencial. A evolução da Produtividade da Asa Norte Alimentos começou com 5 integrados e 155.800 aves alojadas, hoje com 12 anos no estado e sob o comando do sucessor Sr Aroldo Silva Amorim

podemos perceber o grande controle e eficiência para manutenção de um ambiente adequado para os frangos. Trocamos experiências sobre detalhe da construção da granja e o sr Odair Framesqui foi muito atencioso e receptivo. Segunda granja a ser visitada foi a granja sr Lindinalvo proprietário do incubatório e da granja de frango de corte integrada a Asa Alimentos LGIL Avicola que fica em Alexânia GO, logo na chegada já pode notar o grande diferencial, a atenção aos cuidados relacionados a biossegurança, além de ser uma granja isolada é exigido banho e utilização de uniformes de todos, para se ter acesso interno. Também chamou atenção o conceito de construção utilizado no 5º aviá-

3

sua capacidade produtiva e investirem em tecnologia de ponta em busca de maior produtividade, como vários exemplos de integrados que iniciaram na parceria com área para alojar 20.000 aves em aviário manual e já alojou de 50.000 a 150.000 aves no mesmo núcleo com todos os aviários automatizados e adequados a legislação federal e estadual vigente, possibilitando os registros e se tornando aptas para atender ao frigorifico sem restrição para o mercado internacional.

Um novo olhar sobre a carne suína

rio, trata-se de um aviário com paredes de alvenaria de pé direito mais baixas, no qual ficou muito evidente o bem estar das aves (frangos 25 dias) nessa granja o sr Linthon Vinicius ressaltou os aspectos interessantes dos manejos de ambiência, tanto para pinto de 1 dia quanto para frangos quase no final de vida. Fechamos com um jantar com a presença do vice-presidente da Asa Alimentos Sergio Araújo onde em um ambiente descontraído conversamos sobre tendências e historias da avicultura foi uma ótima oportunidade, muito interessante para trocar conhecimentos e experiências sobre manejo e principalmente padrões atuais de construções de aviários para criação de frangos de corte.

Nos dias 03 a 07 de abril, aconteceu a II Mostra Orpheum no próprio espaço Orpheum Event Center, no Jardim Botânico e contou com varias parcerias como a DFsuin e Bonasa atraindo centenas de visitantes. Participação essa que teve como objetivo mostrar ao público menus com a carne suína, com uma ótima opção para casamentos, festas e eventos. Os pratos preparados pela chef Leninha Camargo com os produtos Bonasa durante toda amostra, teve grande impacto reforçando um novo olhar sobre a carne suína. Na abertura do evento que aconteceu dia 03, foi apresentada no centro do salão uma refinada e maravilhosa mesa aos convidados, servida de picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com mousseline de abobora e gorgonzola; picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com risoto de arroz selvagem, trigo, triticalle, arroz negro, feijão fradinho, molho roti, cogumelos paris e funghi secchi. Outros pratos foram servidos na ilha de pestiscos (servido de entrada) com: mini almondegas de lombo suíno em redução de vinho tinto, Tiras de costelinha defumada servida com noisettes de mandioca, pirulitos de calabresa defumada servida ao barbecue, pancetta defumada assada em chair broiller servida com chips

Novas embalagens termoformado Em continuação à substituição de material de comunicação visual da logomarca Bonasa, e melhoria das embalagens, chega aos mercados às novas embalagens dos produtos marinados em termoformado. As máquinas termoformadoras foram desenvolvidas para trabalhar com alta produtividade com a tecnologia empregada, o conceito de qualidade total e o acabamento sanitário,

Filho, que não tem medido esforços no crescimento da integração, que já chega a 70 integrados e 3.800.000 aves alojadas/ ciclo. A Asa Norte Alimentos tem se modernizado fazendo uso da tecnologia de ultima geração. A fabrica de ração foi adequada para atender a nova demanda de ate 15 mil ton/mês e já esta planejada para chegar ao potencial de 25 mil tonelada. A integração também sofreu uma expansão que permitiu aos atuais parceiros integrados ampliarem

carne suína

marketing

Gestão de recursos hídricos Incentivo ao uso racional de água e outorga de direito de uso de recursos hídricos de todas as unidades que utilizam captação superficial ou subterrânea (poços) em regularidade com a Legislação pertinente, bem como manutenção das área de preservação permanente dos corpos hídricos localizados dentro das unidades com plantio de espécies nativas do Cerrado. Janeiro/Fevereiro/Março 2013

coligadas

Visita de clientes de produtos vivos em granjas

Compromisso com o meio ambiente A Asa Alimentos, consciente de sua responsabilidade ambiental, desde o início mantém suas atividades com valores e projetos em sustentabilidade, com o compromisso em todas as partes com um relacionamento ético e dinâmico com os órgãos de fiscalização tanto do governo quanto da sociedade, com vistas à melhoria do sistema de preservação. Atualmente todas as coligadas e as 23 filiais passíveis de licenciamento estão regulares junto aos organismos ambientais correlatos. Uma das formas de atuação sustentável da empresa são os cuidados com as entradas e saídas em seu processo produtivo, tanto da cadeia de aves quanto de suínos, tratamento de efluentes, utilização racional de energia, água e insumos necessários à produção agroindustrial. Os fornecedores são selecionados dentre os que utilizam práticas socioambientais sustentáveis em seus produtos e serviços. Nossos 243 integrados são obrigados a cumprir todas as normas ambientais e exigências sanitárias. A opção pela criação de suínos em cama sobreposta apesar de ser mais dispendiosa, privilegia o bem estar animal e o respeito ao meio ambiente reduzindo-se sobremaneira a emissão de amônia na atmosfera. Sabendo-se da escassez de água potável que impacta nosso planeta, o grupo Asa Alimentos faz uso racional da água nas unidades abastecidas pela CAESB, bem como nas abastecidas por meio de poços artesianos. Todas as unidades são outorgadas pela ADASA, respeitando seus limites de vazão diária. Os efluentes sólidos gerados como cama de frango e de suíno são direcionados para a Fábrica de Composto Orgânico, localizada na Filial 04, em Samambaia/ DF, após seu beneficiamento. O que antes era um passivo ambiental torna-se um novo adubo que é comercializado, principalmente, para produtores de milho, soja e cana-de-açúcar, substituindo, em parte, a adubação química. A inclusão dos resíduos dos incubatórios na composição do adu-

Asa notícias

são decisivos no aumento dessa produtividade. De acordo com nosso gestor industrial André Vianna as embalagens vácuo empregadas tem o objetivo de proteger o produto de contato com o oxigêncio do ar que favorece a vida útil do produto com qualidade e segurança. A versatilidade no sistema é totalmente higiênico, pois a dosagem e a selagem são feitas imediatamente após a formagem (forma

a embalagem, envasa e sela), evitando a manipulação das embalagens e impedindo a contaminação por impurezas, pó etc. Do ponto de vista comercial, termoformagem é uma tecnologia que permite favorecer os produtos com as formas. Tem um impacto significativo sobre o aspecto final de um produto no mercado, com uma melhor apresentação para nossos clientes.

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

4

de banana da terra. Segundo Leninha Camargo, organizadora do evento, a opção carne suína para menus de buffet, foi bem aceita pelo público. “Foi maravilhoso criar menus diferenciados para o evento, apresentar novas alternativas para os inúmeros insumos que temos, a carne suína é um exemplo típico, o público só conhece a carne suína para uso em pratos natalinos, feijoada e assados tradicionais, mas a criação com essa carne maravilhosa vai além desses menus tradicionais, muito além, tanto que a repercussão foi fantástica, recebemos inúmeros elogios sobre as criações apresentadas, muitos dizendo que o que viram até então era inusitado”. Ela comentou ainda, “Amou trabalhar com os cortes suínos Bonasa, são cortes de excelente qualidade, o tempero suave, a embalagem com design arrojado e elegante, o fácil preparo acho que é o fator principal para quem inicia na área de preparações”. Esteve presente na abertura o vice-presidente da DFsuin, Josemar Xavier, do 2º Vice-Presidente do Sindisuínos, Alexandre Cenci, das gestoras da ABCS e da gestora Daniela Albuquerque, por parte da DFSuin e Sindisuínos. “O evento superou as expectativas, houve uma

repercussão maravilhosa em todos os dias, muitas pessoas que ali estavam, se surpreenderam das possíveis variedades que a carne suína pode ser apresentada, confirmando que além de saborosa é também, versátil, saudável e sofisticada”, afirmou Daniela. Também esteve presente André Vianna gestor industrial da Bonasa, Tatiane Pozzatti supervisora do controle de qualidade Bonasa e Elizete Silva trade Bonasa, que ressaltou que o evento foi uma oportunidade de mostrar que a carne suína pode ser inserida nas mais diversas ocasiões e que os benefícios dessa proteína são de grande valor nutritivo. “O evento foi importante para provocarmos um novo olhar sobre a carne suína a uma sociedade repleta de preconceitos a esse alimento,” conclui. Janeiro/Fevereiro/Março 2013


Asa notícias

Asa notícias

meio ambiente

comercial de vivos

2

bo orgânico e a expansão da comercialização deste produto para o varejo foi inciado em 2012. O bem estar animal tem evoluído de maneira constante durante cada etapa do ciclo de vida das aves e suínos, garantindo a qualidade da carne. Este cuidado é expresso desde o cuidado com a seleção genética das avós, adaptação adequada ao clima, condições sanitárias e de biossegurança, nutrição balanceada, manejo sustentável minimizando o estresse, treinamento da pega, ambiência, transporte, pré-abate (área de descanso para os animais), abate (insensibilização e sangria), até a destinação correta dos resíduos. Cereais O armazém de grãos possui sistema de captação de pó nas máquinas de pré e pós limpeza de grãos através do método de ciclone, no qual as partículas grosseiras ficam retidas em sacos e o ar é lançado na atmosfera. Foi renovada a certificação no MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), com normas estabelecidas pelo INMETRO, por meio da instrução normativa nº 41, publicada em 14 de dezembro de 2010. A certificação possui como vantagem o cumprimento com as regulamentações, manejo de risco e de responsabilidade legal, melhoria da imagem da unidade armazenadora, melhoria nas relações comerciais e de posicionamento no mercado, qualificação dos serviços de armazenagem e sustentabilidade com menores perdas e bom manejo ambiental. Número do certificado OCP 0065. Empresa responsável pelas auditorias SEIVA AMBIENTAL, Resíduos sólidos Separação de resíduos destinados à reciclagem nas plantas industriais e parceria com serviço público de coleta de lixo para coleta nas vilas de operários, melhorando a qualidade de vida dos colaboradores. Resíduos perigosos Destinação dos resíduos perigosos

No dia 4 de Abril a Asa Alimentos teve a felicidade de receber a visita de vários clientes como o sr. Atila, representante comercial de produtos vivos em Minas Gerais, do sr. Robson, representante comercial de produtos vivos, do sr. Ademir de Araújo, importante cliente de pintos em Pará de Minas MG. A visita baseou-se em conhecer conceitos modernos na construção de aviários de frango de corte, foram visitados duas granjas de grande importância e referencia, para acompanhar alguns importantes integrantes da Asa Alimentos Aroldo Neto, gestor comercial de produtos vivos, Magner assistente técnico de frango de corte, também consultor de incubatórios, Thiago Rezende, novo integrante do departamento comercial de produtos vivos, Luiz Roberto, gestor de frango de corte, Eugenio Alves responsável pela integração de frango de corte no Distrito Federal . A primeira visita foi ao escritório da matriz localizada na S.I.A tivemos a oportunidade de apresentar ao Ademir e Atila nosso presidente Aroldo Silva Amorim, vice presidente Sergio Araújo diretor financeiro Paulo Roberto e gestor comercial de produtos Celso Praun, após uma rápida conversa, fomos para granja do sr Odair Framesqui Integrado frango de corte em Padre Bernardo GO, nessa propriedade foi visto um aviário de pressão negativa e painel evaporativo, com capacidade de alojar (32 mil aves) no qual

gerados nas atividades para destruição térmica efetuada em empresa Licenciada em conformidade com as normas aplicáveis da Legislação Ambiental. Tratamento de efluentes abatedouros - aves/suínos Aperfeiçoamento no sistema de monitoramento do rendimento operacional das E.T.E’s com definição de meta de redução de carga poluente dos efluentes líquidos em 90% Tratamento de resíduos avicultura/suinocultura Destinação sustentável dos resíduos de composteiras das granjas, cama de aves e suínos para Fábrica de Composto Orgânico, obtendo um produto de alta qualidade e ambientalmente correto. Tratamento efluentes de incubatório Tratamento e destinação dos resíduos sólidos de incubatório para Fábrica de Composto Orgânico e Instalação de Estação de pré-tratamento de efluentes líquidos para melhorar a qualidade do efluente lançado na rede coletora de esgotos. Licenciamento ambiental As licenças de operação dos empreendimentos tiveram todas condicionantes ambientais para devida operação cumpridas, sendo, atualmente, licenciadas ou renovadas, as licenças dos seguintes empreendimentos: Avicultura; Suinocultura; Fabrica de Rações; Abatedouros e Fábrica de Compostos.

Asa Norte Alimentos No Ano 2000 o Sr Aroldo Silva Amorim, age como um visionário e resolve instalar a integração de frango de corte no norte do Tocantins. A Asa Norte Alimentos foi apresentada na edição anterior com a descrição da localização geográfica, capacidade instalada e principalmente o do seu potencial. A evolução da Produtividade da Asa Norte Alimentos começou com 5 integrados e 155.800 aves alojadas, hoje com 12 anos no estado e sob o comando do sucessor Sr Aroldo Silva Amorim

podemos perceber o grande controle e eficiência para manutenção de um ambiente adequado para os frangos. Trocamos experiências sobre detalhe da construção da granja e o sr Odair Framesqui foi muito atencioso e receptivo. Segunda granja a ser visitada foi a granja sr Lindinalvo proprietário do incubatório e da granja de frango de corte integrada a Asa Alimentos LGIL Avicola que fica em Alexânia GO, logo na chegada já pode notar o grande diferencial, a atenção aos cuidados relacionados a biossegurança, além de ser uma granja isolada é exigido banho e utilização de uniformes de todos, para se ter acesso interno. Também chamou atenção o conceito de construção utilizado no 5º aviá-

3

sua capacidade produtiva e investirem em tecnologia de ponta em busca de maior produtividade, como vários exemplos de integrados que iniciaram na parceria com área para alojar 20.000 aves em aviário manual e já alojou de 50.000 a 150.000 aves no mesmo núcleo com todos os aviários automatizados e adequados a legislação federal e estadual vigente, possibilitando os registros e se tornando aptas para atender ao frigorifico sem restrição para o mercado internacional.

Um novo olhar sobre a carne suína

rio, trata-se de um aviário com paredes de alvenaria de pé direito mais baixas, no qual ficou muito evidente o bem estar das aves (frangos 25 dias) nessa granja o sr Linthon Vinicius ressaltou os aspectos interessantes dos manejos de ambiência, tanto para pinto de 1 dia quanto para frangos quase no final de vida. Fechamos com um jantar com a presença do vice-presidente da Asa Alimentos Sergio Araújo onde em um ambiente descontraído conversamos sobre tendências e historias da avicultura foi uma ótima oportunidade, muito interessante para trocar conhecimentos e experiências sobre manejo e principalmente padrões atuais de construções de aviários para criação de frangos de corte.

Nos dias 03 a 07 de abril, aconteceu a II Mostra Orpheum no próprio espaço Orpheum Event Center, no Jardim Botânico e contou com varias parcerias como a DFsuin e Bonasa atraindo centenas de visitantes. Participação essa que teve como objetivo mostrar ao público menus com a carne suína, com uma ótima opção para casamentos, festas e eventos. Os pratos preparados pela chef Leninha Camargo com os produtos Bonasa durante toda amostra, teve grande impacto reforçando um novo olhar sobre a carne suína. Na abertura do evento que aconteceu dia 03, foi apresentada no centro do salão uma refinada e maravilhosa mesa aos convidados, servida de picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com mousseline de abobora e gorgonzola; picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com risoto de arroz selvagem, trigo, triticalle, arroz negro, feijão fradinho, molho roti, cogumelos paris e funghi secchi. Outros pratos foram servidos na ilha de pestiscos (servido de entrada) com: mini almondegas de lombo suíno em redução de vinho tinto, Tiras de costelinha defumada servida com noisettes de mandioca, pirulitos de calabresa defumada servida ao barbecue, pancetta defumada assada em chair broiller servida com chips

Novas embalagens termoformado Em continuação à substituição de material de comunicação visual da logomarca Bonasa, e melhoria das embalagens, chega aos mercados às novas embalagens dos produtos marinados em termoformado. As máquinas termoformadoras foram desenvolvidas para trabalhar com alta produtividade com a tecnologia empregada, o conceito de qualidade total e o acabamento sanitário,

Filho, que não tem medido esforços no crescimento da integração, que já chega a 70 integrados e 3.800.000 aves alojadas/ ciclo. A Asa Norte Alimentos tem se modernizado fazendo uso da tecnologia de ultima geração. A fabrica de ração foi adequada para atender a nova demanda de ate 15 mil ton/mês e já esta planejada para chegar ao potencial de 25 mil tonelada. A integração também sofreu uma expansão que permitiu aos atuais parceiros integrados ampliarem

carne suína

marketing

Gestão de recursos hídricos Incentivo ao uso racional de água e outorga de direito de uso de recursos hídricos de todas as unidades que utilizam captação superficial ou subterrânea (poços) em regularidade com a Legislação pertinente, bem como manutenção das área de preservação permanente dos corpos hídricos localizados dentro das unidades com plantio de espécies nativas do Cerrado. Janeiro/Fevereiro/Março 2013

coligadas

Visita de clientes de produtos vivos em granjas

Compromisso com o meio ambiente A Asa Alimentos, consciente de sua responsabilidade ambiental, desde o início mantém suas atividades com valores e projetos em sustentabilidade, com o compromisso em todas as partes com um relacionamento ético e dinâmico com os órgãos de fiscalização tanto do governo quanto da sociedade, com vistas à melhoria do sistema de preservação. Atualmente todas as coligadas e as 23 filiais passíveis de licenciamento estão regulares junto aos organismos ambientais correlatos. Uma das formas de atuação sustentável da empresa são os cuidados com as entradas e saídas em seu processo produtivo, tanto da cadeia de aves quanto de suínos, tratamento de efluentes, utilização racional de energia, água e insumos necessários à produção agroindustrial. Os fornecedores são selecionados dentre os que utilizam práticas socioambientais sustentáveis em seus produtos e serviços. Nossos 243 integrados são obrigados a cumprir todas as normas ambientais e exigências sanitárias. A opção pela criação de suínos em cama sobreposta apesar de ser mais dispendiosa, privilegia o bem estar animal e o respeito ao meio ambiente reduzindo-se sobremaneira a emissão de amônia na atmosfera. Sabendo-se da escassez de água potável que impacta nosso planeta, o grupo Asa Alimentos faz uso racional da água nas unidades abastecidas pela CAESB, bem como nas abastecidas por meio de poços artesianos. Todas as unidades são outorgadas pela ADASA, respeitando seus limites de vazão diária. Os efluentes sólidos gerados como cama de frango e de suíno são direcionados para a Fábrica de Composto Orgânico, localizada na Filial 04, em Samambaia/ DF, após seu beneficiamento. O que antes era um passivo ambiental torna-se um novo adubo que é comercializado, principalmente, para produtores de milho, soja e cana-de-açúcar, substituindo, em parte, a adubação química. A inclusão dos resíduos dos incubatórios na composição do adu-

Asa notícias

são decisivos no aumento dessa produtividade. De acordo com nosso gestor industrial André Vianna as embalagens vácuo empregadas tem o objetivo de proteger o produto de contato com o oxigêncio do ar que favorece a vida útil do produto com qualidade e segurança. A versatilidade no sistema é totalmente higiênico, pois a dosagem e a selagem são feitas imediatamente após a formagem (forma

a embalagem, envasa e sela), evitando a manipulação das embalagens e impedindo a contaminação por impurezas, pó etc. Do ponto de vista comercial, termoformagem é uma tecnologia que permite favorecer os produtos com as formas. Tem um impacto significativo sobre o aspecto final de um produto no mercado, com uma melhor apresentação para nossos clientes.

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

4

de banana da terra. Segundo Leninha Camargo, organizadora do evento, a opção carne suína para menus de buffet, foi bem aceita pelo público. “Foi maravilhoso criar menus diferenciados para o evento, apresentar novas alternativas para os inúmeros insumos que temos, a carne suína é um exemplo típico, o público só conhece a carne suína para uso em pratos natalinos, feijoada e assados tradicionais, mas a criação com essa carne maravilhosa vai além desses menus tradicionais, muito além, tanto que a repercussão foi fantástica, recebemos inúmeros elogios sobre as criações apresentadas, muitos dizendo que o que viram até então era inusitado”. Ela comentou ainda, “Amou trabalhar com os cortes suínos Bonasa, são cortes de excelente qualidade, o tempero suave, a embalagem com design arrojado e elegante, o fácil preparo acho que é o fator principal para quem inicia na área de preparações”. Esteve presente na abertura o vice-presidente da DFsuin, Josemar Xavier, do 2º Vice-Presidente do Sindisuínos, Alexandre Cenci, das gestoras da ABCS e da gestora Daniela Albuquerque, por parte da DFSuin e Sindisuínos. “O evento superou as expectativas, houve uma

repercussão maravilhosa em todos os dias, muitas pessoas que ali estavam, se surpreenderam das possíveis variedades que a carne suína pode ser apresentada, confirmando que além de saborosa é também, versátil, saudável e sofisticada”, afirmou Daniela. Também esteve presente André Vianna gestor industrial da Bonasa, Tatiane Pozzatti supervisora do controle de qualidade Bonasa e Elizete Silva trade Bonasa, que ressaltou que o evento foi uma oportunidade de mostrar que a carne suína pode ser inserida nas mais diversas ocasiões e que os benefícios dessa proteína são de grande valor nutritivo. “O evento foi importante para provocarmos um novo olhar sobre a carne suína a uma sociedade repleta de preconceitos a esse alimento,” conclui. Janeiro/Fevereiro/Março 2013


Asa notícias

Asa notícias

meio ambiente

comercial de vivos

2

bo orgânico e a expansão da comercialização deste produto para o varejo foi inciado em 2012. O bem estar animal tem evoluído de maneira constante durante cada etapa do ciclo de vida das aves e suínos, garantindo a qualidade da carne. Este cuidado é expresso desde o cuidado com a seleção genética das avós, adaptação adequada ao clima, condições sanitárias e de biossegurança, nutrição balanceada, manejo sustentável minimizando o estresse, treinamento da pega, ambiência, transporte, pré-abate (área de descanso para os animais), abate (insensibilização e sangria), até a destinação correta dos resíduos. Cereais O armazém de grãos possui sistema de captação de pó nas máquinas de pré e pós limpeza de grãos através do método de ciclone, no qual as partículas grosseiras ficam retidas em sacos e o ar é lançado na atmosfera. Foi renovada a certificação no MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), com normas estabelecidas pelo INMETRO, por meio da instrução normativa nº 41, publicada em 14 de dezembro de 2010. A certificação possui como vantagem o cumprimento com as regulamentações, manejo de risco e de responsabilidade legal, melhoria da imagem da unidade armazenadora, melhoria nas relações comerciais e de posicionamento no mercado, qualificação dos serviços de armazenagem e sustentabilidade com menores perdas e bom manejo ambiental. Número do certificado OCP 0065. Empresa responsável pelas auditorias SEIVA AMBIENTAL, Resíduos sólidos Separação de resíduos destinados à reciclagem nas plantas industriais e parceria com serviço público de coleta de lixo para coleta nas vilas de operários, melhorando a qualidade de vida dos colaboradores. Resíduos perigosos Destinação dos resíduos perigosos

No dia 4 de Abril a Asa Alimentos teve a felicidade de receber a visita de vários clientes como o sr. Atila, representante comercial de produtos vivos em Minas Gerais, do sr. Robson, representante comercial de produtos vivos, do sr. Ademir de Araújo, importante cliente de pintos em Pará de Minas MG. A visita baseou-se em conhecer conceitos modernos na construção de aviários de frango de corte, foram visitados duas granjas de grande importância e referencia, para acompanhar alguns importantes integrantes da Asa Alimentos Aroldo Neto, gestor comercial de produtos vivos, Magner assistente técnico de frango de corte, também consultor de incubatórios, Thiago Rezende, novo integrante do departamento comercial de produtos vivos, Luiz Roberto, gestor de frango de corte, Eugenio Alves responsável pela integração de frango de corte no Distrito Federal . A primeira visita foi ao escritório da matriz localizada na S.I.A tivemos a oportunidade de apresentar ao Ademir e Atila nosso presidente Aroldo Silva Amorim, vice presidente Sergio Araújo diretor financeiro Paulo Roberto e gestor comercial de produtos Celso Praun, após uma rápida conversa, fomos para granja do sr Odair Framesqui Integrado frango de corte em Padre Bernardo GO, nessa propriedade foi visto um aviário de pressão negativa e painel evaporativo, com capacidade de alojar (32 mil aves) no qual

gerados nas atividades para destruição térmica efetuada em empresa Licenciada em conformidade com as normas aplicáveis da Legislação Ambiental. Tratamento de efluentes abatedouros - aves/suínos Aperfeiçoamento no sistema de monitoramento do rendimento operacional das E.T.E’s com definição de meta de redução de carga poluente dos efluentes líquidos em 90% Tratamento de resíduos avicultura/suinocultura Destinação sustentável dos resíduos de composteiras das granjas, cama de aves e suínos para Fábrica de Composto Orgânico, obtendo um produto de alta qualidade e ambientalmente correto. Tratamento efluentes de incubatório Tratamento e destinação dos resíduos sólidos de incubatório para Fábrica de Composto Orgânico e Instalação de Estação de pré-tratamento de efluentes líquidos para melhorar a qualidade do efluente lançado na rede coletora de esgotos. Licenciamento ambiental As licenças de operação dos empreendimentos tiveram todas condicionantes ambientais para devida operação cumpridas, sendo, atualmente, licenciadas ou renovadas, as licenças dos seguintes empreendimentos: Avicultura; Suinocultura; Fabrica de Rações; Abatedouros e Fábrica de Compostos.

Asa Norte Alimentos No Ano 2000 o Sr Aroldo Silva Amorim, age como um visionário e resolve instalar a integração de frango de corte no norte do Tocantins. A Asa Norte Alimentos foi apresentada na edição anterior com a descrição da localização geográfica, capacidade instalada e principalmente o do seu potencial. A evolução da Produtividade da Asa Norte Alimentos começou com 5 integrados e 155.800 aves alojadas, hoje com 12 anos no estado e sob o comando do sucessor Sr Aroldo Silva Amorim

podemos perceber o grande controle e eficiência para manutenção de um ambiente adequado para os frangos. Trocamos experiências sobre detalhe da construção da granja e o sr Odair Framesqui foi muito atencioso e receptivo. Segunda granja a ser visitada foi a granja sr Lindinalvo proprietário do incubatório e da granja de frango de corte integrada a Asa Alimentos LGIL Avicola que fica em Alexânia GO, logo na chegada já pode notar o grande diferencial, a atenção aos cuidados relacionados a biossegurança, além de ser uma granja isolada é exigido banho e utilização de uniformes de todos, para se ter acesso interno. Também chamou atenção o conceito de construção utilizado no 5º aviá-

3

sua capacidade produtiva e investirem em tecnologia de ponta em busca de maior produtividade, como vários exemplos de integrados que iniciaram na parceria com área para alojar 20.000 aves em aviário manual e já alojou de 50.000 a 150.000 aves no mesmo núcleo com todos os aviários automatizados e adequados a legislação federal e estadual vigente, possibilitando os registros e se tornando aptas para atender ao frigorifico sem restrição para o mercado internacional.

Um novo olhar sobre a carne suína

rio, trata-se de um aviário com paredes de alvenaria de pé direito mais baixas, no qual ficou muito evidente o bem estar das aves (frangos 25 dias) nessa granja o sr Linthon Vinicius ressaltou os aspectos interessantes dos manejos de ambiência, tanto para pinto de 1 dia quanto para frangos quase no final de vida. Fechamos com um jantar com a presença do vice-presidente da Asa Alimentos Sergio Araújo onde em um ambiente descontraído conversamos sobre tendências e historias da avicultura foi uma ótima oportunidade, muito interessante para trocar conhecimentos e experiências sobre manejo e principalmente padrões atuais de construções de aviários para criação de frangos de corte.

Nos dias 03 a 07 de abril, aconteceu a II Mostra Orpheum no próprio espaço Orpheum Event Center, no Jardim Botânico e contou com varias parcerias como a DFsuin e Bonasa atraindo centenas de visitantes. Participação essa que teve como objetivo mostrar ao público menus com a carne suína, com uma ótima opção para casamentos, festas e eventos. Os pratos preparados pela chef Leninha Camargo com os produtos Bonasa durante toda amostra, teve grande impacto reforçando um novo olhar sobre a carne suína. Na abertura do evento que aconteceu dia 03, foi apresentada no centro do salão uma refinada e maravilhosa mesa aos convidados, servida de picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com mousseline de abobora e gorgonzola; picanha suína finamente laminada, grelhada em manteiga de ervas servida com risoto de arroz selvagem, trigo, triticalle, arroz negro, feijão fradinho, molho roti, cogumelos paris e funghi secchi. Outros pratos foram servidos na ilha de pestiscos (servido de entrada) com: mini almondegas de lombo suíno em redução de vinho tinto, Tiras de costelinha defumada servida com noisettes de mandioca, pirulitos de calabresa defumada servida ao barbecue, pancetta defumada assada em chair broiller servida com chips

Novas embalagens termoformado Em continuação à substituição de material de comunicação visual da logomarca Bonasa, e melhoria das embalagens, chega aos mercados às novas embalagens dos produtos marinados em termoformado. As máquinas termoformadoras foram desenvolvidas para trabalhar com alta produtividade com a tecnologia empregada, o conceito de qualidade total e o acabamento sanitário,

Filho, que não tem medido esforços no crescimento da integração, que já chega a 70 integrados e 3.800.000 aves alojadas/ ciclo. A Asa Norte Alimentos tem se modernizado fazendo uso da tecnologia de ultima geração. A fabrica de ração foi adequada para atender a nova demanda de ate 15 mil ton/mês e já esta planejada para chegar ao potencial de 25 mil tonelada. A integração também sofreu uma expansão que permitiu aos atuais parceiros integrados ampliarem

carne suína

marketing

Gestão de recursos hídricos Incentivo ao uso racional de água e outorga de direito de uso de recursos hídricos de todas as unidades que utilizam captação superficial ou subterrânea (poços) em regularidade com a Legislação pertinente, bem como manutenção das área de preservação permanente dos corpos hídricos localizados dentro das unidades com plantio de espécies nativas do Cerrado. Janeiro/Fevereiro/Março 2013

coligadas

Visita de clientes de produtos vivos em granjas

Compromisso com o meio ambiente A Asa Alimentos, consciente de sua responsabilidade ambiental, desde o início mantém suas atividades com valores e projetos em sustentabilidade, com o compromisso em todas as partes com um relacionamento ético e dinâmico com os órgãos de fiscalização tanto do governo quanto da sociedade, com vistas à melhoria do sistema de preservação. Atualmente todas as coligadas e as 23 filiais passíveis de licenciamento estão regulares junto aos organismos ambientais correlatos. Uma das formas de atuação sustentável da empresa são os cuidados com as entradas e saídas em seu processo produtivo, tanto da cadeia de aves quanto de suínos, tratamento de efluentes, utilização racional de energia, água e insumos necessários à produção agroindustrial. Os fornecedores são selecionados dentre os que utilizam práticas socioambientais sustentáveis em seus produtos e serviços. Nossos 243 integrados são obrigados a cumprir todas as normas ambientais e exigências sanitárias. A opção pela criação de suínos em cama sobreposta apesar de ser mais dispendiosa, privilegia o bem estar animal e o respeito ao meio ambiente reduzindo-se sobremaneira a emissão de amônia na atmosfera. Sabendo-se da escassez de água potável que impacta nosso planeta, o grupo Asa Alimentos faz uso racional da água nas unidades abastecidas pela CAESB, bem como nas abastecidas por meio de poços artesianos. Todas as unidades são outorgadas pela ADASA, respeitando seus limites de vazão diária. Os efluentes sólidos gerados como cama de frango e de suíno são direcionados para a Fábrica de Composto Orgânico, localizada na Filial 04, em Samambaia/ DF, após seu beneficiamento. O que antes era um passivo ambiental torna-se um novo adubo que é comercializado, principalmente, para produtores de milho, soja e cana-de-açúcar, substituindo, em parte, a adubação química. A inclusão dos resíduos dos incubatórios na composição do adu-

Asa notícias

são decisivos no aumento dessa produtividade. De acordo com nosso gestor industrial André Vianna as embalagens vácuo empregadas tem o objetivo de proteger o produto de contato com o oxigêncio do ar que favorece a vida útil do produto com qualidade e segurança. A versatilidade no sistema é totalmente higiênico, pois a dosagem e a selagem são feitas imediatamente após a formagem (forma

a embalagem, envasa e sela), evitando a manipulação das embalagens e impedindo a contaminação por impurezas, pó etc. Do ponto de vista comercial, termoformagem é uma tecnologia que permite favorecer os produtos com as formas. Tem um impacto significativo sobre o aspecto final de um produto no mercado, com uma melhor apresentação para nossos clientes.

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

4

de banana da terra. Segundo Leninha Camargo, organizadora do evento, a opção carne suína para menus de buffet, foi bem aceita pelo público. “Foi maravilhoso criar menus diferenciados para o evento, apresentar novas alternativas para os inúmeros insumos que temos, a carne suína é um exemplo típico, o público só conhece a carne suína para uso em pratos natalinos, feijoada e assados tradicionais, mas a criação com essa carne maravilhosa vai além desses menus tradicionais, muito além, tanto que a repercussão foi fantástica, recebemos inúmeros elogios sobre as criações apresentadas, muitos dizendo que o que viram até então era inusitado”. Ela comentou ainda, “Amou trabalhar com os cortes suínos Bonasa, são cortes de excelente qualidade, o tempero suave, a embalagem com design arrojado e elegante, o fácil preparo acho que é o fator principal para quem inicia na área de preparações”. Esteve presente na abertura o vice-presidente da DFsuin, Josemar Xavier, do 2º Vice-Presidente do Sindisuínos, Alexandre Cenci, das gestoras da ABCS e da gestora Daniela Albuquerque, por parte da DFSuin e Sindisuínos. “O evento superou as expectativas, houve uma

repercussão maravilhosa em todos os dias, muitas pessoas que ali estavam, se surpreenderam das possíveis variedades que a carne suína pode ser apresentada, confirmando que além de saborosa é também, versátil, saudável e sofisticada”, afirmou Daniela. Também esteve presente André Vianna gestor industrial da Bonasa, Tatiane Pozzatti supervisora do controle de qualidade Bonasa e Elizete Silva trade Bonasa, que ressaltou que o evento foi uma oportunidade de mostrar que a carne suína pode ser inserida nas mais diversas ocasiões e que os benefícios dessa proteína são de grande valor nutritivo. “O evento foi importante para provocarmos um novo olhar sobre a carne suína a uma sociedade repleta de preconceitos a esse alimento,” conclui. Janeiro/Fevereiro/Março 2013


Asa notícias

Asa notícias

retrospectiva

Fotos: Rogério Porto

Inauguração da Filial 16 A Asa Alimentos em parceria com a empresa Agaipito Costa acaba de inaugurar as novas instalações da Filial 16, na cidade de Nova Veneza, em Goiás do Silva Amorim Filho contou um pouco da trajetória da Asa Alimentos e Bonasa, e aproveitou a presença das autoridades do primeiro escalão do governo de Goiás e do prefeito de Nova Veneza para frisar a importância da liberação de recursos junto ao FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para a construção de mais 50 aviários e para a pavimentação que facilitará o acesso à fábrica, o que é um dos requisitos básicos para habilitar a marca para exportação. Além de agradecer a parceria que continua dando certo com o presidente da empesa Agaipito Costa, Valdemar Batista Costa. Potencial produtivo Com o objetivo de proporcionar uma maior participação dos produtos da

palavra do presidente

Bonasa no ponto de venda, com essa ampliação, a empresa fará uso de túnel contínuo de congelamento, o que possibilitará o aumento da produção estimado em um aumento de 50% na produção total em sua unidade, sendo maior o aumento nos cortes de frango. Com isso, a empresa prevê um crescimento de 50% no quadro de funcionários totalizando 600 colaboradores diretos e 3 mil indiretos. O investimento foi de aproximadamente 15 milhões e consolida ainda mais a participação da marca Bonasa no Estado de Goiás, uma vez que seus produtos já estão presentes em 180 cidades, o que corresponde a 80% do estado. Vale ressaltar que o empreendimento também proporcionará um crescimento de 50% nas granjas integradas da empresa.

Cinthia Amorim, Aroldo Neto, Katia Amorim, Aroldo Filho e Pedro Amorim

Lincoln Tejota (deputado estadual GO) e Aroldo Silva Amorim Filho

Uma integração promovida pela empresa que deu certo

Fotos: Rogério Porto

5

Eduardo (Frango GM), Sérgio caixeta(Frango GM), Uacir Bernardes (Ass. Go de Av) e Sérgio Araújo

Segunda Copa Asa de Futebol Society marca mais um ano emocionante com sucesso, e muita alegria, integração e espírito esportivo são as grandes marcas dessa competição saudável. A grande final ficou entre os colaboradores das Filiais 18 e 3 disputando o primeiro lugar, com o placar de 2 x 0 para os campeões da Filial 18. Já na disputa do terceiro lugar entre Filial 4C e Filial 6 quem levou a melhor foi a Filial 6.

Tobias Soares, Paulo Roberto, Dr Aparecido e Dr Balian Filial 3, segundo lugar

Ricardo(BRF), Sérgio Araújo, Aroldo Filho, Aroldo Neto e Pedro Amorim

André Vianna, Denner Alves e Carlos Alberto

Copa Asa de Futebol Society

Filial 18, primeiro lugar

Aroldo Silva Amorim filho recebe os cumprimentos do vice-governador de GO

26ª EDIÇÃO

Janei ro /f everei ro /março • 2013

EXPEDIENTE Presidente: Aroldo Silva Amorim Filho Vice-Presidente: Sérgio Costa Araújo Diretora Administrativa: Kátia Pinto de Amorim Diretor de Unidades de Produção e Comercial de Produtos Vivos: José Henrique Tostes Barbi Diretor Financeiro: Paulo Roberto Oliveira Silva Gestor do Departamento Comercial de Produtos Vivos: Aroldo Silva Amorim Neto Gestor do Comercial - DF e TO: Celso Praun Gestor do Comercial - GO: Walter de Souza Lopes Gestor de Controladoria: Tobias Soares Gestor do Departamento de Logística: Romeu de Sousa Gestor do Departamento de Abate e Produção Industrial: André Vianna

Hilton, Luiz Roberto, José Maricato e José Walter

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Filial 6, terceiro lugar

6

Gestor do Departamento Financeiro: Wandir Fernandes Silva Gestor do Departamento de Produção Avícola: Luiz Eduardo Carneiro Baião Gestor de Suinocultura: Eduardo Henrique Okuda Gestor do Departamento de Informática: Marcus Lanna Gestor de Fomento: Luís Roberto Gonçalves Gestor de Parcerias e Novos Projetos: Heber Silva Editado pelo Departamento de Marketing da Asa Alimentos Gerente de Marketing: Elizete Batista Tiragem: 1.500 Contatos: SIA Trecho 3 Lotes 385/395 - CEP 71200-030 Brasília-DF - Tel. (61) 2106.3733. www.asaalimentos.com.br e www.bonasa.com.br

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Moon noon onono nonon onon onono onono non Na história da Asa Alimentos, o ano de 2012 ficará marcado como o ano em que avançamos fortemente na melhoria da gestão e da governança corporativa. Transformamos a Asa Alimentos em empresa S/A, implantamos o Conselho de Administração e formalizamos o Conselho de acionistas, reforçando tanto a perenidade corporativa quanto a percepção de solidez do grupo. No campo dos negócios, enfrentamos a continuidade da crise econômica internacional iniciada em 2008 e um aumento de custos sem precedentes, com alta volatilidade e elevação dos preços dos grãos, o que caracterizou um dos anos mais difíceis para o segmento de proteínas. Apesar das dificuldades impostas pelo aumento expressivo das matérias primas, especialmente milho e soja, devido à seca no hemisfério norte, terminamos o ano com lucro. Esse resultado positivo refletiu trabalho pujante e consistente de todos os colaboradores da companhia, que executaram de forma muito eficiente às operações do dia a dia, apesar das condições adversas. Conseguimos ampliar a receita líquida em 4,6%, para R$ 403.889 mil. O EBITDA alcançou R$ 55.526 mil, com lucro CEDOC/Jornal da Comunidade/Alan Santos

A empresa recebeu mais de 300 convidados para o evento de inauguração ocorrido no dia 19 de setembro, em Nova Veneza, Goiás. Entre as autoridades que compareceram, e representando o governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, o vice-governador José Eliton de Figuerêdo Júnior (DEM/GO), que em seu discurso exaltou a importância da iniciativa do grupo. “O grupo Asa Alimentos acaba de entregar essa expansão de abate que salta de 30 mil frangos/dia para 100 mil frangos/dia, o que naturalmente tem importância econômica em toda região de abrangência, com reflexos importantes. Esse conjunto de ações visa desenvolver o Estado de Goiás, e eu parabenizo o grupo por essa iniciativa”, afirmou. O presidente da Asa Alimentos, Arol-

Autoridades inauguram ampliação do abatedouro da Asa Alimentos

ASA NOTÍCIAS

retrospectiva

líquido de R$ 1.324 mil. A conquista desse resultado, em especial nos últimos meses do ano, reafirmou nossa capacidade de planejamento como um importante diferencial. O período especialmente desafiador não impediu avanços relevantes nas estratégias de mercado, com lançamento da linha de produtos marinados suínos e investimentos em produtos com maior valor agregado. A companhia deu um passo histórico ao revitalizar o designe dos produtos de nossa marca, unificando a identidade visual de 100% de nossas embalagens. Reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade, cada vez mais arraigada em nossa cultura. Como resultado disso, melhoramos indicadores de segurança no trabalho, com a redução da taxa de frequência de acidentes com afastamento em 10,53% na comparação com 2.011. Nosso índice FAP (Fator Previdenciário) passou para 0,96 com redução de 54% em comparação com o ano anterior. A perspectiva dos negócios para 2013 é bastante positiva, com rentabilidade consistente para o setor de proteína animal.. Refletindo uma safra brasileira prevista acima de 180 milhões de toneladas, deveremos ter os preços dos ingredientes das ra-

ções inferiores ao ano passado. Por sua vez, esperamos uma menor disponibilidade de carne de aves devido ao menor alojamento de matrizes em 2012, e, consequentemente, maior demanda por ovos férteis e pintos. No mercado de suínos, o crescimento das exportações e a estabilidade dos alojamentos do ano anterior tendem a resultar em uma menor disponibilidade no mercado interno, com evidências de preços firmes para todo o segmento de carnes. A desoneração da folha de pagamento, a redução do custo da energia elétrica e a manutenção das taxas de juros também são componentes importantes nessa previsão de diminuição do custo da produção. Portanto, este novo ano apresenta todos os ingredientes setoriais para impulsionar favoravelmente os resultados da ASA. O orçamento para 2013 aprovados pelo Conselho está alinhado com o Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos, indicando crescimento sólido e margens robustas com maior participação de produtos industrializados com maior retorno econômico. Além da confirmação de um resultado de rentabilidade histórico para a companhia, em 2013 estaremos focados na estruturação e consolidação da Asa Alimentos, com especial atenção para adequar a estrutura de capital às perspectivas de rápido crescimento previstas no Planejamento Estratégico e no aperfeiçoamento da Governança Corporativa que favorecerá essa trajetória.

CONFIRA nesta edição compromisso com o meio ambiente

Novas embalagens termoformado

Copa Asa de Futebol Society

(pág. 2)

(pág. 3)

(pág. 6)


Asa notícias

Asa notícias

retrospectiva

Fotos: Rogério Porto

Inauguração da Filial 16 A Asa Alimentos em parceria com a empresa Agaipito Costa acaba de inaugurar as novas instalações da Filial 16, na cidade de Nova Veneza, em Goiás do Silva Amorim Filho contou um pouco da trajetória da Asa Alimentos e Bonasa, e aproveitou a presença das autoridades do primeiro escalão do governo de Goiás e do prefeito de Nova Veneza para frisar a importância da liberação de recursos junto ao FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para a construção de mais 50 aviários e para a pavimentação que facilitará o acesso à fábrica, o que é um dos requisitos básicos para habilitar a marca para exportação. Além de agradecer a parceria que continua dando certo com o presidente da empesa Agaipito Costa, Valdemar Batista Costa. Potencial produtivo Com o objetivo de proporcionar uma maior participação dos produtos da

palavra do presidente

Bonasa no ponto de venda, com essa ampliação, a empresa fará uso de túnel contínuo de congelamento, o que possibilitará o aumento da produção estimado em um aumento de 50% na produção total em sua unidade, sendo maior o aumento nos cortes de frango. Com isso, a empresa prevê um crescimento de 50% no quadro de funcionários totalizando 600 colaboradores diretos e 3 mil indiretos. O investimento foi de aproximadamente 15 milhões e consolida ainda mais a participação da marca Bonasa no Estado de Goiás, uma vez que seus produtos já estão presentes em 180 cidades, o que corresponde a 80% do estado. Vale ressaltar que o empreendimento também proporcionará um crescimento de 50% nas granjas integradas da empresa.

Cinthia Amorim, Aroldo Neto, Katia Amorim, Aroldo Filho e Pedro Amorim

Lincoln Tejota (deputado estadual GO) e Aroldo Silva Amorim Filho

Uma integração promovida pela empresa que deu certo

Fotos: Rogério Porto

5

Eduardo (Frango GM), Sérgio caixeta(Frango GM), Uacir Bernardes (Ass. Go de Av) e Sérgio Araújo

Segunda Copa Asa de Futebol Society marca mais um ano emocionante com sucesso, e muita alegria, integração e espírito esportivo são as grandes marcas dessa competição saudável. A grande final ficou entre os colaboradores das Filiais 18 e 3 disputando o primeiro lugar, com o placar de 2 x 0 para os campeões da Filial 18. Já na disputa do terceiro lugar entre Filial 4C e Filial 6 quem levou a melhor foi a Filial 6.

Tobias Soares, Paulo Roberto, Dr Aparecido e Dr Balian Filial 3, segundo lugar

Ricardo(BRF), Sérgio Araújo, Aroldo Filho, Aroldo Neto e Pedro Amorim

André Vianna, Denner Alves e Carlos Alberto

Copa Asa de Futebol Society

Filial 18, primeiro lugar

Aroldo Silva Amorim filho recebe os cumprimentos do vice-governador de GO

26ª EDIÇÃO

Janei ro /f everei ro /março • 2013

EXPEDIENTE Presidente: Aroldo Silva Amorim Filho Vice-Presidente: Sérgio Costa Araújo Diretora Administrativa: Kátia Pinto de Amorim Diretor de Unidades de Produção e Comercial de Produtos Vivos: José Henrique Tostes Barbi Diretor Financeiro: Paulo Roberto Oliveira Silva Gestor do Departamento Comercial de Produtos Vivos: Aroldo Silva Amorim Neto Gestor do Comercial - DF e TO: Celso Praun Gestor do Comercial - GO: Walter de Souza Lopes Gestor de Controladoria: Tobias Soares Gestor do Departamento de Logística: Romeu de Sousa Gestor do Departamento de Abate e Produção Industrial: André Vianna

Hilton, Luiz Roberto, José Maricato e José Walter

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Filial 6, terceiro lugar

6

Gestor do Departamento Financeiro: Wandir Fernandes Silva Gestor do Departamento de Produção Avícola: Luiz Eduardo Carneiro Baião Gestor de Suinocultura: Eduardo Henrique Okuda Gestor do Departamento de Informática: Marcus Lanna Gestor de Fomento: Luís Roberto Gonçalves Gestor de Parcerias e Novos Projetos: Heber Silva Editado pelo Departamento de Marketing da Asa Alimentos Gerente de Marketing: Elizete Batista Tiragem: 1.500 Contatos: SIA Trecho 3 Lotes 385/395 - CEP 71200-030 Brasília-DF - Tel. (61) 2106.3733. www.asaalimentos.com.br e www.bonasa.com.br

Janeiro/Fevereiro/Março 2013

Moon noon onono nonon onon onono onono non Na história da Asa Alimentos, o ano de 2012 ficará marcado como o ano em que avançamos fortemente na melhoria da gestão e da governança corporativa. Transformamos a Asa Alimentos em empresa S/A, implantamos o Conselho de Administração e formalizamos o Conselho de acionistas, reforçando tanto a perenidade corporativa quanto a percepção de solidez do grupo. No campo dos negócios, enfrentamos a continuidade da crise econômica internacional iniciada em 2008 e um aumento de custos sem precedentes, com alta volatilidade e elevação dos preços dos grãos, o que caracterizou um dos anos mais difíceis para o segmento de proteínas. Apesar das dificuldades impostas pelo aumento expressivo das matérias primas, especialmente milho e soja, devido à seca no hemisfério norte, terminamos o ano com lucro. Esse resultado positivo refletiu trabalho pujante e consistente de todos os colaboradores da companhia, que executaram de forma muito eficiente às operações do dia a dia, apesar das condições adversas. Conseguimos ampliar a receita líquida em 4,6%, para R$ 403.889 mil. O EBITDA alcançou R$ 55.526 mil, com lucro CEDOC/Jornal da Comunidade/Alan Santos

A empresa recebeu mais de 300 convidados para o evento de inauguração ocorrido no dia 19 de setembro, em Nova Veneza, Goiás. Entre as autoridades que compareceram, e representando o governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, o vice-governador José Eliton de Figuerêdo Júnior (DEM/GO), que em seu discurso exaltou a importância da iniciativa do grupo. “O grupo Asa Alimentos acaba de entregar essa expansão de abate que salta de 30 mil frangos/dia para 100 mil frangos/dia, o que naturalmente tem importância econômica em toda região de abrangência, com reflexos importantes. Esse conjunto de ações visa desenvolver o Estado de Goiás, e eu parabenizo o grupo por essa iniciativa”, afirmou. O presidente da Asa Alimentos, Arol-

Autoridades inauguram ampliação do abatedouro da Asa Alimentos

ASA NOTÍCIAS

retrospectiva

líquido de R$ 1.324 mil. A conquista desse resultado, em especial nos últimos meses do ano, reafirmou nossa capacidade de planejamento como um importante diferencial. O período especialmente desafiador não impediu avanços relevantes nas estratégias de mercado, com lançamento da linha de produtos marinados suínos e investimentos em produtos com maior valor agregado. A companhia deu um passo histórico ao revitalizar o designe dos produtos de nossa marca, unificando a identidade visual de 100% de nossas embalagens. Reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade, cada vez mais arraigada em nossa cultura. Como resultado disso, melhoramos indicadores de segurança no trabalho, com a redução da taxa de frequência de acidentes com afastamento em 10,53% na comparação com 2.011. Nosso índice FAP (Fator Previdenciário) passou para 0,96 com redução de 54% em comparação com o ano anterior. A perspectiva dos negócios para 2013 é bastante positiva, com rentabilidade consistente para o setor de proteína animal.. Refletindo uma safra brasileira prevista acima de 180 milhões de toneladas, deveremos ter os preços dos ingredientes das ra-

ções inferiores ao ano passado. Por sua vez, esperamos uma menor disponibilidade de carne de aves devido ao menor alojamento de matrizes em 2012, e, consequentemente, maior demanda por ovos férteis e pintos. No mercado de suínos, o crescimento das exportações e a estabilidade dos alojamentos do ano anterior tendem a resultar em uma menor disponibilidade no mercado interno, com evidências de preços firmes para todo o segmento de carnes. A desoneração da folha de pagamento, a redução do custo da energia elétrica e a manutenção das taxas de juros também são componentes importantes nessa previsão de diminuição do custo da produção. Portanto, este novo ano apresenta todos os ingredientes setoriais para impulsionar favoravelmente os resultados da ASA. O orçamento para 2013 aprovados pelo Conselho está alinhado com o Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos, indicando crescimento sólido e margens robustas com maior participação de produtos industrializados com maior retorno econômico. Além da confirmação de um resultado de rentabilidade histórico para a companhia, em 2013 estaremos focados na estruturação e consolidação da Asa Alimentos, com especial atenção para adequar a estrutura de capital às perspectivas de rápido crescimento previstas no Planejamento Estratégico e no aperfeiçoamento da Governança Corporativa que favorecerá essa trajetória.

CONFIRA nesta edição compromisso com o meio ambiente

Novas embalagens termoformado

Copa Asa de Futebol Society

(pág. 2)

(pág. 3)

(pág. 6)

Jornal asa 26  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you