Page 1

BOLETIM HMI

Ano 1 |Edição nº 2

11

Novembro/2013

Boletim H O S P I T A L MATERNIDADE

Interlagos

HMI: O GRANDE ABRAÇO! COMEMORAÇÃO 19º ANIVERSÁRIO por[Francisca

Arruda]

“Hospital Maternidade Interlagos: Gerando Vidas, Valorizado Pessoas”. A leitura desta frase no dia 15 de outubro durante o Abraço Simbólico coletivo ao HMI, encerrou as atividades em comemoração aos 19 anos. A comemoração trouxe emoção, reflexão e enternecimento pela grandiosidade do trabalho que o HMI tem realizado na Região de Capela do Socorro. Segundo a Dra. Rita de Cássia Calabresi, diretora do HMI, “Nascer é um ato de felicidade e tem que ser perto de casa. Sinto-me honrada por estar à frente desta Instituição que presta um grande serviço à população com qualidade técnica e segurança. São 90 mil partos realizados! É um número de alegria! O HMI é um local em que as famílias da região marcarão sua presença na qualidade de pais, avós tios ou amigos”.

O Evento iniciou com Ato Ecumênico tendo a participação do Padre Paulo da Eucaristia Lino da Paz (Paróquia Bororé), Pastora Márcia Ap. Pereira Sanchez (Instituto Novidade de Vida) e da Sra. Célia Maria Poli Pulino (Entidade Espírita Recanto de Interlagos). Estes trouxeram uma mensagem de esperança e reconhecimento ao trabalho dos profissionais do HMI. A jornada diária é a verdadeira expressão do amor cristão e capacidade de doação. “O HMI é o exemplo de amor e dedicação para mim e minha família”, afirma Tânia Magali da Silva, mãe de Gabriel (11 anos) e Ana Beatriz (4 anos), ambos nascidos no HMI. Tânia relembra a experiência em que o longo período de angústia e ansiedade, quanto às expectativas do prognóstico de seu bebê, foi minimizado pelo acolhimento, carinho, afeto, atenção especializada e humanizada recebidos desde sua chegada no HMI até a alta exitosa de Gabriel, que nasceu prematuro extremo com 6 meses. O relato de Maria da Paz Bianchi, deficiente visual, ex-integrante do grupo de Mulheres do Ambulatório, e atualmente Voluntária, contadora de histórias às gestantes internadas na semi-intensiva, trouxe emoção e reflexão. Maria manifestou sua gratidão ao HMI por acreditar em seu potencial e ajudá-la no enfrentamento e superação de desafios. Afirmou que o “Hospital a enxergou com os olhos da alma”.

O Coral do Centro de Convivência de Idoso Lago Azul abrilhantou este momento com canções populares brasileiras.

Destacamos ainda o trabalho do Conselho Gestor que nos presenteou com as flores, deixando nossa casa mais bonita e cheia de vida! A Equipe Organizadora agradece a todos que contribuíram para realização deste momento com dedicação, entusiasmo e alegria. Nosso Muito Obrigada!

Grande Abraço HMI! Francisca Arruda é psicóloga, Coordenadora do Centro Integrado de Humanização (CIH/HMI). E mail: cih.hmi@gmail.com


BOLETIM HMI - | ANO 1 | Edição Nº 2 – NOVEMBRO 2013

HMI EM DADOS |SETEMBRO| 2013 Número de Parto

340 Taxa de cesárea

39% Taxa Cesárea em Primípara

40%

Taxa de ocupação de leito

70% Nº de Consultas Ambulatorial

4.576 Nº de Grupos Educativos

28 Nº de Atendimentos no PS

1.713 Índice de Satisfação do Cliente

96% Datas Comemorativas 08/11 | Dia do Radiologista 20/11 | Dia da Consciência Negra 25/11 | Dia Nacional do Doador de Sangue

Agenda 28/11 | 10:00h | Reunião Conselho Gestor 27/11 | 14:30h | Reunião CAHAG 29/11 | 10:00h | Reunião COMSAT

Parto Normal ou Cesárea?

2

SALA DE VACINA: POLO REFERENCIA PALIVIZUMABE por[Rosemary

Aparecida Cunha]

Regina Honda]

por[

Parto normal ou cesárea? Sempre há controvérsias e ponderações sobre o assunto. Para esclarecer um pouco, BOLETIM HMI conversou com Dr.Alexandre Nozaki, Mestre em Obstetrícia e Ginecologia (FMUSP), Preceptor da Residência Médica de Obstetrícia do HMI e Especialista em Ultrassonografia em GO e Medicina Fetal.

Número de crianças tratadas com Palivizumabe no período de 2009 a 2013/HMI

BOLETIM HMI: Em sua opinião, quais as vantagens do parto normal? A.N.: O parto normal não é uma cirurgia como a cesariana. Ele tem participação ativa da mãe e melhor acolhimento ao bebê, acentua o vínculo mãe-filho, facilitando a amamentação, além da recuperação ser mais rápida e menos dolorosa. BOLETIM HMI: E o parto cesariana? A.N.: Por tratar-se de uma cirurgia em que vários planos abdominais são abertos até atingir o útero para o nascimento do bebê, apresenta maior incidência de complicações como infecções, sangramento e aderências, entre outras. BOLETIM HMI: Quais as principais indicações do parto cesariana? A.N.: Sua indicação pode ser tanto devido a causas maternas, como nas gestações de alto risco em pacientes com pressão alta e diabetes, quanto por indicações do bebê, por exemplo, quando diagnosticado risco de vida fetal. A indicação da cesariana pode ainda, ser de causa materno-fetal como na desproporção céfalo-pélvica, que ocorre quando a cabeça do bebê é maior que a passagem do canal de parto da mãe. BOLETIM HMI: Qual importância do indicador taxa de cesárea em primípara para a gestão do serviço? A.N.: Ele demonstra a qualidade da assistência obstétrica prestada, pois evitar a realização da primeira cesárea é um fator determinante para o futuro obstétrico da mulher e de sua saúde reprodutiva.

Infográfico Lucilene Terrengui

Em março de 2013 a Sala de Vacina foi reformada em sua totalidade para torná-la mais funcional, confortável e com design acolhedor para o trabalhador e cliente. Em junho de 2009 o Ambulatório do HMI tornou-se Pólo de Referência para aplicação da Medicação Palivizumabe. Esta tem como finalidade imunizar crianças menores de 1 ano que nasceram prematuras, e crianças menores de 2 anos de idade portadoras de patologia congênita com comprometimento cardiovascular ou respiratório contra infecções por Vírus Sincicial Respiratório (VSR). Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o VSR está presente em todo o mundo e é responsável por cerca de 60 milhões de infecções e 160.000 mortes anuais. É o agente causador mais frequente das Infecções Respiratórias Agudas (IRA) acarretando elevados gastos aos serviços de saúde, especialmente com hospitalizações de crianças no primeiro ano de vida. Rosemary Ap. Cunha é Enfermeira e Coordenadora de Enfermagem do Ambulatório HMI | email: ambulatoriodir@gmail.com

Expediente

Editoração e Coordenação

Colaboradores nesta Edição

Dra. Rita de Cássia Silva Calabresi

Lucilene Coelho Souza Terrengui

Diretor Técnico de Departamento HMI

Contato: boletimhmi@gmail.com

Dra. Regina Honda | Rosa Maria Ludeman e Equipe Solange Lamon |Rosemary Ap.Cunha Dr. Alexandre Nozaki| Francisca Arruda

Boletim hmi nº2 novembro 2013