Page 1

Boletim

Bairro a bairro Carro Biblioteca da Escola de Ciência da Informação

Universidade Federal de Minas Gerais – Ano 21 – Nº 3 – Maio/ 2017

Feliz dia das

Mães A edição deste mês é só aconchego, afinal, maio é o mês dedicado às mães! É muito amor envolvido, não acha? Por isso, o “Você Sabia?” é especial sobre o dia das mães, comemorado no segundo domingo deste mês. A receita é de um delicioso milk-shake, uma boa opção para você fazer para a sua mãe! Na hora da leitura temos uma tirinha bem legal que fala sobre o nosso amor pelos livros, seguida de uma poesia da autora Elisa Lucinda. Vamos falar também sobre o dia do museu, um lugar muito importante para a preservação da nossa história. A profissão de destaque vai falar sobre o geógrafo e, logo após, temos uma indicação de aulas e palestras para quem se interessa pela cultura chinesa: fique ligado que é tudo de graça! Para encerrar, vamos indicar dois livros que podem ser a sua próxima escolha de leitura no acervo do carro biblioteca. Aproveite e ótima leitura! O Boletim Bairro a Bairro é o boletim informativo do Carro-Biblioteca do Centro de Extensão da Escola de Ciência da Informação da UFMG na sua comunidade! Visite o nosso site: carrobib.eci.ufmg.br


Expediente Projeto Boletim Bairro a Bairro Edição Kathléen Carneiro Projeto gráfico e diagramação Gustavo Luís Veloso Horta Coordenação e Revisão Profª Marina Cajaíba da Silva Horta

Carro-Biblioteca Coordenação do Carro-Biblioteca Prof. Fabrício José do Nascimento Co-coordenação e Bibliotecária Responsável Gracielle Mendonça Rodrigues Gomes Subcoordenadora e secretária do Cenex Gilma Pereira Funcionário administrativo Edson Lucide do Nascimento (motorista) Bolsistas Guímel Fonseca de Oliveira (Letras), Heloísa Yukie Hashimoto (Museologia), Kathléen Carneiro (Biblioteconomia), Lorena Nonato Carlos (Letras), Maria Alice da Silva (Letras)

Projetos associados - coordenadores Projeto Boletim Bairro a Bairro Profª Marina Cajaíba da Silva Horta Projeto Conto e Reconto Profª Adriana Bogliolo Sirihal Duarte e Bibliotecária Raquel Miranda Vilela Projeto Inclusão Digital Profª Renata Maria Abranches Baracho Porto e Profª Cátia Rodrigues Barbosa Projeto ARCA - Biblioteca Virtual Temática em Artes e Antiguidades Profª Júlia Gonçalves da Silveira

Agenda de visitas às comunidades 2017 Comunidades Dias Horários São Marcos Segunda 14h – 16h Bonsucesso Terça 9h – 11h Goiânia Quarta 14h – 16h Lagoa Quinta 14h – 16h Morada do Rio Sexta 9h – 11h Tiragem: 120 exemplares

Ilustrações: Freepik.com

Estamos também no Facebook! Perfil: Carro Bibloteca cenex ECI Página: Programa Carro-Biblioteca

boletimbairroabairro@gmail.com Av. Antônio Carlos, 6627. Pampulha CEP: 31.270-901 Tel.: 3409-5202 Impressão: Imprensa Universitária da UFMG


Hora da leitura!

Disponível em: <http://acervo.novaescola.org.br/avulsas/235-emdia.shtml>. Acesso em: 7 abr. 2017.

POESIA Elisa Lucinda

A folha se exibe pra mim. Me diz sou verde, no movimento. Se espreguiça a ponto de eu avistar sua intimidade, a clorofila das axilas. A folha se exibe lisa, lustrosa pra mim na janela. Eu sei o que isso quer dizer: a folha quer que eu escreva ela. Poeta, cantora, atriz e jornalista, Elisa Lucinda nasceu em 1958, na cidade de Cariacica, no Espírito Santo. Fez personagens em novelas da Rede Globo, como Mulheres apaixonadas, Página da vida e Insensato coração, além de diversas apresentações teatrais. Em 2010, recebeu o Troféu Raça Negra na categoria teatro. Autora dos livros “A dona da festa” e “Parem de falar mal da rotina”, possui diversas obras publicadas. Gostou do poema1 deste mês? Este e muitos outros poemas de Elisa Lucinda podem ser encontrados no acervo do Carro-Biblioteca!

LUCINDA, Elisa. A fúria da beleza. Rio de janeiro: Record, 2006. 274 p.

1


Você sabia? Como surgiu o dia das mães?

Feliz dia das

Mães Mulheres tão especiais que fazem parte de nossas vidas desde que nos entendemos por gente. Sempre que precisamos de um colo ou um ombro para chorar e sorrir elas estão lá. Cuidam da gente mesmo depois que nós achamos que crescemos, mas para elas nós nunca cresceremos. Essas são as nossas mães. Mas, você sabe quando essa data surgiu? O dia das mães é uma data móvel, muda de ano em ano. No Brasil sempre é comemorada no segundo domingo do mês de maio. Em outros lugares do mundo pode variar a data, como na Tailândia que é dia 12 de agosto e Indonésia que é 22 de dezembro, vai depender do surgimento dessa data comemorativa em cada país. A comemoração mais antiga do dia das mães foi na Grécia Antiga, em que se comemorava o dia da mãe de todos os seres, Reia. Nos Estados Unidos, a comemoração teve início oficialmente em 1914 após empenho de uma jovem chamada Anna Jarvis que, ao perder sua mãe em uma doença, criou um memorial em sua homenagem e iniciou uma campanha para que o dia das mães fosse um feriado reconhecido por todos. Na visão de Anna, tal gesto deveria se estender a todas as mães, independente se estivessem vivas ou mortas. No Brasil, a primeira comemoração foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918, mas a data só foi oficializada em 1932 por Getúlio Vargas.


Receita do mês A receita deste mês é um delicioso milkshake de Ovomaltine. Aproveite e compartilhe com a sua família, seus amigos e, principalmente, com a sua mãe!

Nessa data, aproveite e abrace bastante a sua mãe e cuide bem dela, porque só existe uma que é tão especial assim: a nossa! E lembre-se que tudo o que ela faz é para o seu bem. Nenhuma pessoa do mundo é tão boa e dedicada a nós, filhos, quanto nossas mães! No acervo do Carro Biblioteca nós temos alguns livros sobre esse tema: • Coisa de mãe • Mãe em noite de lua cheia • Minha querida mãe

INGREDIENTES • 3 colheres de sopa de ovomaltine • 1/4 xícara de leite • 3 bolas de sorvete de creme MODO DE PREPARO 1. Misture 2 colheres de ovomaltine com o leite; 2. Leve à geladeira para que a mistura fique bem gelada; 3. Depois coloque esta mistura em um liquidificador, acrescentando as 3 bolas de sorvete; 4. Bata rapidamente até ficar uma mistura cremosa. 5. Agora, coloque em um copo, salpique com o ovomaltine restante e sirva.


Datas comemorativas Dia Internacional dos museus

Dia 18 de maio é o Dia Internacional dos museus. A palavra “museu” vem do grego, “templo das musas”, e começou a ser usada em Alexandria, já se referindo a locais onde se estudavam as artes e ciências. Os primeiros museus modernos, como conhecemos hoje, começaram a surgir no século XVII e eles eram formados por coleções particulares doadas pelo próprio artista ou por familiares. O primeiro museu público criado foi o Museu do Louvre, em 1793, na França. Pela primeira vez, o acesso a uma rica coleção de arte foi disponibilizada a todos. Na Inglaterra, o parlamento inglês permitiu a criação do segundo museu público da história e, a partir da doação do acervo de Hans Sloane, médico, naturalista e colecionador irlandês, surgiu o Museu Britânico. No século XIX, devido a grandes doações de coleções particulares, muitos museus foram criados na Europa: o Museu do Prado, na Espanha, e o Museu Mauritshuis, na Holanda, são dois exemplos importantes que surgiram nesse período. O primeiro museu brasileiro foi criado em 1862 em Pernambuco, trata-se do Museu do Instituto Arqueológico Histórico e

Geográfico Pernambucano que possui em seu acervo documentos e objetos relativos à memória de Pernambuco, com destaque para a biblioteca, composta por cerca de 16 mil volumes. No século XX foram construídos vários outros museus no Brasil e, atualmente, muitas dessas instituições têm sido restauradas e reformuladas, inclusive sob o aspecto tecnológico, unindo a tecnologia às exposições museológicas. Um exemplo dessa nova realidade é o Memorial Minas Gerais Vale, localizado no Circuito Cultural da Praça da Liberdade, onde a história da conjuração mineira é contada pelos próprios personagens históricos ou mesmo o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, que congrega o conceito de museu experiencial, no qual o conteúdo é apresentado de forma sensorial e interativa examinando o passado, apresentando tendências do presente e explorando cenários possíveis para os próximos 50 anos. Por isso, sempre que você tiver oportunidade, visite os museus e aproveite para ampliar seus conhecimentos sobre o passado, o presente e também o futuro!


Quando eu crescer, eu vou ser... Geógrafo O profissional formado em geografia é conhecido como geógrafo. A geografia estuda a superfície terrestre e seus fenômenos, assim como a relação humana com essa superfície. Dessa maneira, o geógrafo analisa a interação entre natureza e sociedade. Quando se faz o curso de geografia, você tem duas opções que irá determinar o seu enfoque profissional: pode escolher se formar no curso de licenciatura, voltada para a formação de professores e profissionais do ensino, ou bacharelado, voltado para o profissional ligado à indústria. Na licenciatura, o profissional pode dar aula em escolas públicas e particulares,

além de universidades (caso tenha uma pós graduação). No bacharelado, o profissional pode trabalhar produzindo mapas dos mais diversos tipos, fazer levantamento de dados para as empresas, criar estratégia de trabalhar melhor com a ocupação da terra, planejar sistemas, dentre outras funções. Gostou de conhecer esse trabalho? É uma profissão bem legal e que te dará muitas chances de crescimento profissional! Na UFMG o curso de geografia existe nas duas modalidades citadas, para mais informações, acesse: https://www2.ufmg. br/mostradasprofissoes/Mostra/Cursos/ Ciencias-Sociais-Aplicadas/Geografia.

UniverCidade Instituto Confúcio UFMG O Instituto Confúcio da UFMG tem como objetivo incrementar as atividades de cooperação acadêmica entre a UFMG e instituições de ensino superior chinesas, bem como promover acesso à cultura chinesa pela comunidade acadêmica através de cursos e palestras. Se você quer conhecer um pouco mais sobre a cultura chinesa e praticar a arte do corte de papel, caligrafia, pintura e jogos chineses, você pode ir a um dos encontros gratuitos promovidos pelo instituto. Eles acontecem em dois lugares: CAD II Bloco C, sala 312 - Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha/BH. Horário: todas as quartas feiras, no horário de 14 a 16horas. Faculdade de direito Sala 1207 - Av. João Pinheiro, 100 - Centro/BH. Horário: todas as quintas feiras, no horário de 14 a 16horas. Para mais informações, acesse: www.ufmg.br/dri/tag/instituto-confucio


O Carro-Biblioteca indica ♫

Sonho de uma noite de verão Autor: William Shakespeare Helena amava Demétrio, que amava Hérmia, que amava Lisandro. Se Hérmia não cumprisse o desejo do pai, que era casar-se com Demétrio, seria condenada à morte. Ela, então, decide fugir com Lisandro e os dois marcam o encontro num bosque, onde moravam seres fantásticos. É uma confusão amorosa envolvente cheia de acontecimentos inesperados.

♫ ♫

Redações perigosas Autora: Telma Guimarães Castro Andrade Quem nunca teve que escrever uma redação falando sobre as suas férias quando retornava às aulas? Esse vai ser o pedido da professora Rosimeire aos seus alunos. O que ela não esperava é que essas redações teriam tantas confissões e mostrariam o quanto seus alunos sofrem. Com isso, eventos inesperadas começam a acontecer com a professora, como ter a sua vida ameaçada e também se apaixonar...

Referências MARTINI, Glaucia. Milkshake com ovomaltine. Disponível em: <http://www.tudogostoso.com.br/receita/5342-milk -shake-com-ovomaltine.html>. Acesso em: 30 mar. 2017. ELISA Lucinda. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/ wiki/Elisa_Lucinda>. Acesso em: 30 mar. 2017. SHAKESPEARE, Wilian. Sonho de uma noite de verão. São Paulo: Scipione, 2003. 39 p. ANDRADE, Telma Guimarães Castro. Redações perigosas. 2. ed. São Paulo: Atual, 1993. 91 p. A CARREIRA da geografia. Disponível em: <http://www. guiadacarreira.com.br/guia-das-profissoes/geografia/>. Acesso em: 5 abr. 2017. GEOGRAFIA. Disponível em: <http://www.guiadacarreira. com.br/guia-das-profissoes/geografia/>. Acesso em: 5 abr. 2017. DIA das mães. Disponível em: <https://www.calendarr.com/ brasil/dia-das-maes/>. Acesso em: 5 abr. 2017.

Você também pode enviar a sua sugestão pelo email: boletimbairroabairro@gmail.com

ALGUMAS curiosidades sobre a história dos museus. Disponível em: <https://museuevahilden.wordpress. com/2010/06/11/algumas-curiosidades-sobre-a-historiados-museus/>. Acesso em: 6 abr. 2017.

Boletim Bairro a Bairro - ano 21 nº 3 maio 2017  

A edição deste mês é só aconchego, afinal, maio é o mês dedicado às mães! É muito amor envolvido, não acha? Por isso, o “Você Sabia?” é espe...