Issuu on Google+


ÍNDICE

+BOB 5 à leitora 11 web: bastidores e dicas de moda e estilo... saiba antes o que você vai encontrar em nosso blog

14 perfil: um bate-papo exclusivo com a nossa musa da vez, a supertop Alessandra Ambrosio

108 Making of: as imagens e os relatos dos bastidores de nossos editoriais de moda por Anna Fasano 136 INSTABOB: uma seleção de flagras BOBSTORE no Instagram, a rede social que amamos 138 circuito: as melhores cenas dos happenings da BOBSTORE pelo país

moda 40 estilo: toda a bossa das musas contemporâneas da moda francesa

44 ESPECIAL: encante-se pelas tee-shirts

paris

criadas especialmente para Paris e para a primavera BOBSTORE

18 GPS: cinema, música, artes, musas. Confira nosso guia com o melhor da cultura pop francesa

52 Vitrine: as peças-chave da estação para quem

113 Paris para todas: conheça nossas dicas e personalize a cidade luz de acordo com seu estilo ou humor

60 Ela, Ale: Alessandra Ambrosio apresenta a

124 Paris é uma festa!: dicas quentíssimas

quer estar por dentro das tendências do momento

tendência que soma o índigo ao branco com muito glam

68 Eau Verre: um editorial com os tons das

águas e dos vidros, na melhor leitura do mood glass

da noite (e do day after) parisiense por um superexpert

132 6 X Paris: seis endereços gastronômicos que você não pode deixar de visitar na capital francesa

74 La Plage et les points: a boníssima onda do tricô+jeans, direto da costa francesa. Simples e tudo! 88 La Ville Lumière: BOBSTORE leva você para um giro pelas principais apostas da temporada e pelas ruas de Paris

140 Life style: gypsetter: saiba tudo sobre a nova tendência de estilo e comportamento


74


À leitora

P r i m av e r a printemps Alessandra Ambrosio na revista BOBSTORE e na campanha Primavera 2013. Olha, fazer esta revista é sempre muito especial, mas, desta vez, foi mais. Isso porque temos uma das mais prestigiadas tops do mundo no nosso time. Mas não é a fama de Alessandra que faz toda a diferença aqui, e sim o fato de ela representar um digno retrato da mulher contemporânea, da cliente BOBSTORE, que é superfeminina, sabida, sensual na medida certa e profissional competente. Alessandra parece ter o tempo e as decisões nas mãos, como só as mulheres são capazes de ter. E isso é poder. Como se não bastasse contar com a imagem (e o conteúdo) de Alessandra, esta edição também apresenta Paris como destino cenário. Levamos uma seleção de looks de nossa nova coleção (superfemininos e desejosos) para a capital da França e estendemos nossas fotos de moda pela costa francesa. Falo no plural porque a revista BOBSTORE é resultado do envolvimento de muitas pessoas e sonhos. Aliás, fotografar em Paris era um sonho por aqui até pouco tempo atrás. Contar com Alessandra Ambrosio idem. E, como a vida só vale a pena com sonhos, já estamos sonhando (de novo) e planejando as próximas realizações, sempre pensando em você. Enquanto os novos desejos e desafios se formam, curta cada página desta revista, feita especialmente para você. E, claro, sonhe e realize mais e mais. Não há exercício melhor que esse, pode acreditar! Tico Sahyoun


Diretora Monica Junqueira Diretor de Marketing Tico Sahyoun Editora Mariana Abreu Sodré Estilo Fabiana Miranda, Luciana Campos, Tamara Moura e Vanessa Corraini Gomes Assistentes de estilo Bianca Potenza, Gabriela Aeckerle e Vanessa Andrade Projeto gráfico e direção de arte Paola Giavina-Bianchi Arte Carolina Gresse e Gian Lucca Amoroso Produtora executiva Thais Carvalho Assistente de produção Pamela Silva Projetos especiais Carolina Perez (carolina.perez@inbrands.com.br) Tratamento de imagem WM fusion (wmfusion.com.br) e Bruno Rezende Gráfica Burti Gráfica Colaboradores André Nicolau, André Santos, André Schiliró, Anna Fasano, Carl Duquete, Carla Biriba, Caroline Medeiros, Daniella Bianchi, Daniela Lima, Dominick Pucciarello, Fabrício Pimentel, Flavia Brunetti, Flavio Bataiolla, Hemish Lauber, Karan Mitchell, Karine Basilio, Leticia Toniazzo, Pamela Silva, Paulo Reis, Renata Maiato, Ricardo dos Anjos, Tiago Molinos, Victor Collor e Weslei Marinho.

A tiragem desta edição é de 130.000 exemplares. A revista BOBSTORE é uma publicação trimestral, distribuída gratuitamente ao mailing e às lojas por todo o Brasil. A publicação não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, este último de inteira responsabilidade dos anunciantes. Apenas os que constam no expediente da revista têm autorização para responder pelo conteúdo do material. As peças, assim como mostradas nesta revista, são meramente ilustrativas e podem não corresponder exatamente às vendidas nas lojas, devido a uma possível variação de tecidos e cores.

Capa Alessandra Ambrosio (WAY Model) Foto Tiago Molinos Stylist Letícia Toniazzo Beleza Karan Mitchell/Make (Tracey Mattingly) e Dominick Pucciarello/Hair (Timothy Priano)

INAUGURAÇÕES FLORIANÓPOLIS Shopping Beiramar | AGOSTO 2013 MANAUS Shopping Ponta Negra | AGOSTO 2013 TERESINA Av. Nossa Senhora de Fátima, 590 – Jóquei | OUTUBRO 2013

SÃO PAULO Shopping Villa Lobos Tel. 11 3021.0671 • Al. Lorena, 1.420 Jardins Tel. 11 3061.1411 • Rua Tupi, 754 | Higienópolis Tel. 11 3884.3406 Shopping JK Iguatemi Tel. 11 3152.6520 • Shopping Iguatemi Tel. 11 3815.8569 • Shopping Iguatemi Alphaville Tel. 11 4195.8101 • Market Place Shopping Center Tel. 11 5182.8853 • Mooca Plaza Shopping Tel. 11 3548.4795 • Rua Domingos Leme, 247 | Vl. Nova Conceição Tel. 11 3842.0678 • Rua Gaivota, 1.198 | Moema Tel. 11 5532.0032 Rua Maestro Tom Jobim, 98 | Jardim Anália Franco Tel. 11 2672.5114 Showroom | Rua Coronel Luis Barroso, 151 | Santo Amaro Tel. 11 2186.9000 ARACAJU Shopping Riomar Tel. 79 3217.5123 BALNEÁRIO CAMBORIÚ Balneário Camboriú Shopping Tel. 47 3263. 8522 BAURU Av. Com. José da Silva Martha, 6-8 | Jardim Estoril Tel. 14 3223.0373 BELÉM Boulevard Shopping Tel. 91 3224.0151 BELO HORIZONTE BH Shopping Tel. 31 3286.6006 • Rua São Paulo, 2.146 | Lourdes Tel. 31 3292.5500 BRASÍLIA Gilberto Salomão SHI | Lago Sul – QI Bloco D Tel. 61 3248.0009 • Brasília Shopping Tel. 61 3306.1979 Park Shopping Tel. 61 3361.8187 CAMPINA GRANDE Rua Irineu Joffily, 301 A Centro Tel. 83 3063.6300 CAMPINAS Galleria Shopping Tel. 19 3207.0605 Shopping Iguatemi Tel. 19 3294.6617 CAMPO GRANDE Rua Euclides da Cunha, 147 | Jardim dos Estados Tel. 67 3321.1212 CUIABÁ Goiabeiras Shopping Tel. 65 3616.4614 CURITIBA Crystal Plaza Shopping Tel. 41 3224.7240 • Park Shopping Barigui Tel. 41 3223.6237 FORTALEZA Rua Marcos Macedo, 1.211 Aldeota Tel. 85 3264.0154 FOZ DO IGUAÇU Rua Almirante Barroso, 1.087 Centro Tel. 45 3523.4883 GOIÂNIA Flamboyant Shopping Center Tel. 62 3095.1587 JOÃO PESSOA Av. General Edson Ramalho, 248 | Manaíra Tel. 83 3247.7727 JOINVILLE Joinville Garten Shopping Tel. 47 3043.9220 JUIZ DE FORA Rua Moraes e Castro, 583 | Alto dos Passos Tel. 32 3217.6543 JUNDIAÍ Rua São Lázaro, 476 | Jardim Morumbi Tel. 11 4521.6552 LONDRINA Catuaí Shopping Center Tel. 43 3325.4004 MACEIÓ Maceió Shopping Tel. 82 3325.9805 MANAUS Rua Rio Itannana, 155 – Q 66 | Conjunto Vieiralves Tel. 92 3584.3421 MARINGÁ Catuaí Shopping Maringá Tel. 44 3123.5152 NATAL Av. Afonso Pena, 565 | Petrópolis Tel. 84 3201.2980 • Natal Shopping Tel. 84 2226.6262 PALMAS Quadra 204 Sul, Alameda 09 Lote 06 Tel. 63 3213.2425 PIRACICABA Rua Samuel Neves, 1.181 | Jardim Europa Tel. 19 2533.0708 PORTO ALEGRE Shopping Iguatemi Tel. 51 3334.7591 Moinhos Shopping Tel. 51 3222.2239 PRESIDENTE PRUDENTE Rua Winston Churchill, 111 | Jardim Paulistano Tel. 18 3221.7733 RECIFE Shopping Center Recife Tel. 81 3464.6325 • Rua José de Godoy e Vasconcelos, 75 Casa Forte Tel. 81 3268.3037 • Shopping RioMar Recife | Tel. 81 3327.1552 RIBEIRÃO PRETO Rua Eliseu Guilherme, 276 | Boulevard Tel. 16 3931.3736 RIO DE JANEIRO Shopping Rio Design Barra Tel. 21 3328.0067 SALVADOR Salvador Shopping Tel. 71 3341.2563 • Shopping Barra Tel. 71 3264.2997 Shopping Iguatemi Tel. 71 3431.3033 SANTOS Rua Azevedo Sodré, 56 Boqueirão Tel. 13 3221.1989 SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Rua XV de Novembro, 3.847 | Redentora Tel. 17 3304.2600 SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Av. Rio Branco, 434 | Jardim Esplanada Tel. 12 3941.4672 SOROCABA Av. Caribe, 400 | Jardim Campolim Tel. 15 3211.2270 UBERLÂNDIA Av. Francisco Galassi, 1.000 | Morada da Colina Tel. 34 3224.0010 VILA VELHA Shopping Praia da Costa | Tel 27 3320.6122 VITÓRIA Shopping Vitória Tel. 27 3335.1707


Estes seis CÚMPLICES TALENTOSOS foram ESSENCIAIS para a feitura da REVISTA que você tem em mãos

TIAGO MOLINOS

Em Los Angeles, o top fotógrafo clicou a insuperável Alessandra Ambrosio. O resultado está em um minieditorial nesta edição e na campanha Primavera 2013 da BOBSTORE

RENATA MAIATO

Paris? Nossa querida colaboradora sabe tudo da cidade para onde sempre vai e onde viveu um par de anos quando estudava na Sorbonne. Conteúdo e sorriso aberto, sempre!

ANdRé NIcOLAu

O fotógrafo carioca assina o seu primeiro editorial de moda para a revista BOBSTORE e também os retratos que você confere na seção Vitrine. Bem-vindo!


LETIcIA TONIAzzO Somos muito fãs do trabalho impecável da stylist que, nesta edição, assinou a curadoria de peças dos lookbooks e de todos os editoriais de moda.

RIcARdO dOS ANJOS

Fotos Arquivo Pessoal

Talentoso, comprometido e divertido, o maquiador realçou a beleza de Renata Kuerten e Barbara Fialho, as tops dos editoriais realizados na França.

KARINE BASILIO

Muito querida no time BOBSTORE, a fotógrafa emprestou seu olhar precioso para os editoriais de moda clicados em Paris e Etretat. Ficaram lindos!


WEB

POR DENTRO

No site da BOBSTORE, você encontra dicas de moda, estilo e life style. Acesse e confira nosso lookbook, wishlists, agenda e mais. Veja aqui alguns destaques...

insta tee

As tee-shirts com fotoestampa realizam aquela vontade de deixar o look mais atual, ousado, descontraído e jovem. E vão bem em qualquer produção

on-line REGATA HAVANA

Bom E novo Fotos Paulo Reis

O short jeans é o companheiro ideal para tricôs, jaquetas e paletós em dias de sol e clima ameno. Desta vez, exibem aviamentos e lavagens ainda mais cool

SHORT AUSTIN

bobstore 11


WEB

Filme Fashion

Vídeo campanha - Alta Filmes (altafilmes.com.br) – Cadu Zahran

BOBSTORE convida você a conferir os bastidores de nossos editoriais de moda em curtas-metragens superinsiders. Siga para bobstore.com.br e play!

vídeo

Renata Kuerten em Etretat, Barbara Fialho em Paris e Alessandra Ambrosio em Los Angeles. bobstore registrou em vídeo cada detalhe do por de trás das cenas de três dos editoriais de moda desta edição. os filmes da França ficaram a cargo de Ariella Dorf, da boutique de Imagens, enquanto Cadu Zahran, da Alta Filmes, seguiu para Los Angeles e registrou as cenas da nossa garota da vez, Alessandra Ambrosio. os curtas-metragens insiders estão em nosso canal da web. Passe lá...

bobstore 13


bobstore 14


A top model mundial, nascida no Rio Grande do Sul, Ê a estrela da campanha Primavera 2013 da BOBSTORE. Conheça aqui um pouco mais a mulher embalada por uma das belezas mais perfeitas do mundo... _Por Caroline Medeiros

bobstore 15


Q

uando Alessandra Ambrosio chegou à locação escolhida por BOBSTORE, em West Hollywood, Los Angeles (a 12 horas de voo direto de Paris, cidade que tematiza esta revista), ela já tinha arrumado Anja Louise (a filha mais velha, 5 anos) para ir à escola e dado atenção aos primeiros passos de Noah (1 ano), seu caçula com o empresário e marido Jamie Mazur. E o relógio só contava as primeiras horas da manhã (10h15) na Califórnia, onde a top vive com a família. Nessa época do ano (meados de junho), o sol já aparece com força no pedaço, mas, mesmo que não aparecesse, Alessandra estaria com a pele morena, uma vez que seu sedutor bronzeado (pois é, gente) é natural. A simpatia idem: ao lado da mãe (Lucilda), Alessandra cumprimentou e se apresentou (como se fosse preciso) para cada pessoa da equipe que acompanharia o trabalho, antes de conferir looks e referências de beleza e maquiagem da nova campanha BOBSTORE. Sim, o profissionalismo é outra virtude da garota (ops, mulher, ela tem 32 anos, 17 de carreira) nascida em Erechim, no Rio grande do Sul. Após cada clique, ela conferia o resultado da foto e depois de uma breve e admirável autoanálise voltava para o set sabendo como poderia melhorar o que já estava excelente. É impressionante: Alessandra olha para a lente da câmera e pronto, a foto vem sem nenhum esforço aparente. Mas ela gosta do que é mais que perfeito. E, lá pelas tantas, pediu água gelada (ela só bebe assim) e chá verde, e eu pensava em pedir para trocar a minha barriga pela dela. Mas achei melhor não verbalizar. Obviamente não seria um bom negócio, e de boba Alessandra nada tem. Além de ser mais do que linda, está entre as profissionais mais valorizadas e prestigiadas de sua área, é embaixadora da National Multiple Sclerosis Society nos Estados Unidos (uma entidade que ajuda pessoas com esclerose múltipla), mãe, esposa, divertida, zero poser, adoradora da palavra MUITO e pé no chão. Pode parecer muita qualidade para uma pessoa só, eu sei. Mas garanto: você poderá perceber tudo isso na entrevista (em tom de bate-papo) a seguir.

bobstore 16


Como você faz para administrar sua rotina profissional com a de mãe e esposa? Eu tenho bastante suporte. Minha família também me ajuda bastante no dia a dia, e temos um sistema que eu criei para quando viajo a trabalho. Assim, consigo organizar o meu tempo, mas filtro muito bem as propostas de trabalho. Meu agente de Nova York me manda uma lista de possíveis contratos e eu seleciono o que posso fazer, conforme a minha agenda com as crianças. Quero ficar o máximo possível ao lado dos meus filhos, até porque a Anja está em uma fase que tem muitas atividades que precisam da minha participação. Não quero e não posso perder. Você consegue acompanhá-la na escola? Com certeza. Em tudo. Inclusive, faço questão de levar e buscar na escola, eu e meu noivo nos revezamos. O que você mais preza na educação dos seus filhos? Eu acho que criança tem que ter rotina. Eu tento educá-los do mesmo jeito que eu fui educada. Mas o mais importante é passar tempo com eles. A vida passa muito rápido e, quando você fecha os olhos, as crianças já cresceram. A gente tem que curtir o máximo que pode juntos. Acredito que você tenha uma alimentação especial. Todo mundo em casa segue a sua dieta? Eu tenho uma alimentação supernormal: como de tudo, mas não muito. É bem equilibrado, mas eu não encano muito. Aqui em Los Angeles eu aprendi a comer superclean, a prestar muita atenção no que estamos escolhendo para nos alimentar. Eu vou ao Farmer’s Market para comprar os tomates de casa e temos a nossa própria horta, ainda em desenvolvimento. No geral, optamos por produtos frescos, como peixes, frutas, folhas verdes, vegetais e sucos batidos na hora. E exercício? Qual a sua rotina? Depende de como está o meu tempo. Costumo variar entre pilates, yoga e spinning, no mínimo três vezes por semana. Cada dia eu faço uma coisa diferente. Se eu sinto que preciso de mais stretch (flexibilidade), faço yoga, quando preciso de mais cardio, vou de spinning, e por aí vai. Isso muda se tem algum desfile de biquíni? Eu acho que na verdade o que muda é o meu corpo, e não o

trabalho. Se eu sinto que estou bem, tenho que estar bem pra tudo. Com o tempo a gente começa a conhecer o próprio corpo. Depois dos 30, você já sabe o que funciona melhor e o que você precisa fazer para melhorar. Tenho prazer em me cuidar, sou muito vaidosa. Acho que toda mulher, no fundo, deveria ser. Faz parte da feminilidade. É um luxo poder se cuidar, se alimentar bem, cuidar do corpo, da pele, do estilo... Você tem aqueles dias em que quer sair de moletom e gorro na rua? Tenho e saio! (Ri.) Ainda mais quando está friozinho de manhã e eu acordo pra levar minha filha para a escola. De moletom é fácil, mas, às vezes, eu quero sair de roupão... (ri). Eu só não saio porque eu sei que tem paparazzi. Se não, eu sairia de roupão. Sério! E o que você gosta de vestir no dia a dia? Eu preciso estar confortável. Short, calça, saia longa... se me levarem a uma loja eu vou comprar uma peça de cada tipo (das peças usadas nas fotos). Eu amei a jaquetinha de couro – que eu quero e já vou ficar (ri) –, achei a estampa do vestido muito legal e gostei muito também da proposta do paletó com o shortinho estampado, uma linha mais náutica... Você é daquelas pessoas que vão fazer compras querendo uma peça específica? Sim, mas de vez em quando eu vou e compro algo completamente diferente do que planejava. Um dia eu saí para comprar uma sapatilha cinza, queria uma da Chloè, aí eu passei na Yves Saint Laurent e comprei um vestido longo maravilhoso (ri). Ou seja, uma coisa completamente diferente da outra. Tem dias que eu penso “nossa, não devia ter saído de casa. Fiz um estrago”. Tem a ajuda de algum personal stylist? Minha cunhada trabalha comigo há mais de um ano. Ela faz uma primeira seleção e eu decido o que eu quero. Eu sempre dou a última palavra, tenho a minha personalidade, e meu humor é o que dita como eu vou me vestir. Às vezes, antes de dormir, me programo para vestir uma roupa no dia seguinte, mas acordo de um jeito que muda completamente a minha opinião. Tudo depende do meu estado de espírito. Falando em humor, o que tira você do sério? (Pensa muito) Eu gosto de ter o meu espaço... muita gente em volta às vezes me irrita.

bobstore 17


GPS CULT

Foto Tuca Vieira

E B O B S TO R E FRANC

bobstore 18


Bienvenue! *

Na edição em que Paris é nosso destino cenário, BOBSTORE convida você a uma viagem pela cultura pop francesa. Músicas, filmes, artes visuais, ícones da literatura, arquitetura, filosofia... a partir desta página, há um pout pourri pensado especialmente para você, com o clima leve e colorido da primavera. Carimbe aqui seu passaporte e boa viagem!

bobstore 19


GPS CULT // CINEMA

Paris Popcorn A cidade mais romântica do imaginário mundial é o cenário ideal para filmes leves e

inspiradores. BOBSTORE deixou a densidade do cinema francês no outono e selecionou alguns longas açucarados (com a capital francesa e o amor em cena) para deixar sua primavera (ainda) mais doce e colorida. Poesia e Paris nunca são demais

O fabuloso d e s t i n o de Amélie P o u l a i n O longa é ideal para converter incrédulos e para alimentar a alma dos empenhados em multiplicar a poesia do (e no) mundo. Superlúdico, narra a saga de Amélie Poulain (Audrey Tautou) para realizar o que ela acredita ser a missão de sua vida: tornar a felicidade alheia uma realidade. No meio do caminho, Amélie encontra quem pode fazer dela uma mulher (ainda mais) feliz. Divertido e fofo, o filme apresenta o doce lado B de Jean-Pierre Jeunet, diretor conhecido por obras de ficção sombria. E tem trilha sonora lindíssima, assinada por Yann Tiersen. Aliás, vale a pena ouvir e ver o filme. O melhor é fazer os dois ao mesmo tempo, depois só escutar a trilha sonora, mais de uma vez.

Inspirado nos clássicos infantis lançados em 1959 (escritos por René Goscinny e ilustrados por Jean-Jacques Sempé), apresenta uma crônica do popular personagem francês Le Petit Nicolas, uma criança livre, de imaginação fertilíssima digna das eras pré- games. No longa, Nicolas (Maxime Godart), filho único, ouve uma conversa dos pais e começa a crer que sua mãe está grávida e que vai abandoná-lo para ficar com o novo filho. Os amigos da escola se solidarizam com o sofrimento de Nicolas e tentam ajudá-lo a evitar tamanha tragédia (que, na verdade, não existe). Daí, desenrola-se o roteiro divertido, leve e encantador. Prepare-se para muitas expressões como “ai, que fofo!”, ou simplesmente “oinnnn” e “ahhh”.

bobstore 20

Fotos Divulgação

O PEQUENO NICOLAU


Pa r i s , Te amo

O longa soma diferentes histórias em diferentes cenários parisienses. E todas essas diferenças encontram interseção no amor e na cidade. Com final feliz ou não. Amor maternal? Está ali. Amor adolescente? Idem. E assim vai, com amor platônico, pela cidade, pela vida, pelo trabalho. No total são 21 curtas-metragens de 5 minutos, cada um de um diretor, apresentados

de maneira não linear. Em 105 minutos de duração, há “contos” de cortar o coração, outros para sorrir, há os que despertam o desejo de amar mais ou amar um pouco menos. Um deles é meio chatinho, o filme poderia ter 100 minutos. Para descobrir qual é o patinho feio, assista. Até porque os outros 20 curtas são demais.

Um lugar na plateia O enredo lembra o do filme Amélie Poulain, e isso é bom para quem curte um pantone delicado. Traz a vivência de uma garota do interior da França recém-chegada a Paris. Jessica (Cécile de France) cresceu ouvindo a avó contar sobre o luxo da capital francesa e sonha com um emprego no hotel Ritz, mas acaba trabalhando em um café decadente um tanto mais poético que o emblemático hotel. Ali, ela participa da história de vida de artistas como um pianista que fará seu último concerto e uma atriz pop que quer o calor dos aplausos dos palcos. A direção é de Daniele Thompson. Delicado e forte, por isso inspirador. bobstore 21


GPS CULT // CINEMA

A invenção de H u g o Cabret Baseado no romance de Brian Selznick, o filme “é a Terra do Nunca, Oz e A Ilha do Tesouro, tudo em um só”, como bem define a personagem Isabelle (Chloe Grace Moretz) em certa cena. Ela é a parceira de Hugo Cabret (Asa Butterfield), órfão que mora clandestinamente na estação de trem Montparnasse, na Paris dos anos 30. De lá, ele parte para uma aventura guiada por esboços deixados pelo pai e só possível após a abertura de uma fechadura em formato de coração. O filme é considerado uma homenagem do diretor Martin Scorsese ao cineasta francês Georges Méliès, inventor do stop motion e fundador do primeiro estúdio de cinema da Europa. Méliès morreu pobre embora tenha inspirado de Chaplin a Scorsese.

É o filme menos pop desta lista. Com edição perspicaz, conta a história do cantor e compositor Serge Gainsbourg desde a infância, passando pelos pianos da Rive Gaúche, palcos punks, festas badaladas, programas de TV e pelos braços de Brigitte Bardot, Juliette Gréco e Jane Birkin. Gainsbourg foi amado e odiado por elas e pela imprensa, compôs hits, canções de amor, música experimental, rock e não largou o cigarro, o whisky e a boemia. É um ícone da cultura francesa. Era romântico, autodestrutivo, exagerado, não exatamente lindo, mas muito charmoso e muito talentoso. Era o cara dos anos 60 em Paris. bobstore 22

Fotos Divulgação

Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres


M eia noite em Paris Gil (Owen Wilson) é um turista americano entediado na capital francesa, na companhia de sua noiva e dos pais dela. Até que ele descobre um “portal” para a Paris dos anos 20, onde tem contato com pessoas interessantes e de espírito livre, coisa tão essencial a uma boa viagem quanto é a beleza do lugar visitado. Nesse tour, Gil, que é roteirista, conhece os escritores americanos F. Scott Fitzgerald e Ernest Hemingway e outras personalidades da década de 20 e do livro Paris É uma Festa, de Hemingway. Em seu escapismo, ele se apaixona por Adriana (Marion Cottilard). Ela vive nos anos 20, mas gosta mesmo é da belle époque, destacando o embate entre a (dura) realidade e a (traiçoeira) nostalgia do que não vivemos.

e viveram felizes para s em p r e

Yvan Attal é diretor, roteirista e ator do longa que conta sobre três amigos de meia-idade, suas mulheres e suas relações em Paris. Yvan interpreta o marido de Charlotte Gainsbourg, assim como é na vida real. Ele tem um filho com ela, um suposto caso com outra mulher, muitas dúvidas e um amigo solteiro com uma

vida pouco invejável. Ela é corretora de imóveis e espertinha. A crítica detonou o filme, mas, olha, é uma ótima opção de sessão da tarde, principalmente por causa da participação especial de Johnny Depp, de Charlotte e da trilha sonora. Jogue “Johnny Depp + Creep” na busca do Youtube e tenha um aperitivo. bobstore 23


GPS CULT // MÚsica

Musique française Nesta primavera, incremente seu setlist com o som de dez nomes franceses que fazem

a cena da música global produzida no país. Não espere ouvir a língua nativa da turma, com exceções, esses artistas preferem o inglês ou a ausência das palavras para fazer pessoas do mundo todo dançarem como se não houvesse amanhã...

a i r

Nicolas Gordin e Jean-Benoît Dunckel se conheceram na faculdade e em 1995 decidiram largar a arquitetura e a matemática, respectivamente, para criar a dupla Air, projeto de música eletrônica dos mais celebrados do mundo, com nove discos lançados. Recentes sucessos como a suave “Sexy Boys” e a incrível “People in the city” dão boa pista do clima das composições do duo, que também está na trilha sonora de filmes como Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola, e na versão restaurada do clássico Viagem a Lua, do mestre do cinema George Méliès. (aircheology.com)

A revista Rolling Stone americana já definiu a dupla assim “o Justice não se encaixa em um determinado gênero: os DJs franceses Gaspard Augé e Xavier de Rosnay podem ser, ao mesmo tempo, uma banda de rock que faz a pista de dança ferver e um potente expoente do eletrônico apreciador de explosões sonoras”. Essa combinação faz deles presença quase sempre certa em grandes festivais de rock e de música eletrônica desde 2007, quando lançaram o primeiro álbum. Escute a música “D.A.N.C.E” e... dance like nobody´s watching. (myspace.com/etjusticepourtous) bobstore 24

Fotos Divulgação

j u s t i ce


phoenix “Lisztomania” é o principal hit do quarteto. Você pode não associar o nome à música, mas certamente já dançou ao som dela caso tenha ido a alguma festa (realmente boa) de 2009 para cá. A banda de indie rock está na ativa desde 1999 e tem Thomas Mars como vocalista. Ele é marido e pai dos dois filhos da cineasta Sofia Coppola. Mas não é só por isso que as trilhas sonoras dos filmes da moça sempre têm Phoenix. A banda é boa. Relembre a já antiguinha “Lisztomania” ou a versão homemade de “Entertainment”, do último disco, Bankrupt! (wearephoenix.com)

daft

punk

Como Air e Justice, o Daft Punk é formado por dois DJs: Guy-Manuel e Thomas Bangalter. E eles são tão consagrados na cena eletrônica quanto os outros dois duos (veja, trata-se de uma especialidade francesa). Considerados os precursores do house francês, depois de alguns singles de sucesso, lançaram o primeiro disco, Homework, em 1997. Desde então, sempre vestidos em fantasias de robô (ou do Jaspion, se preferir), lotam festivais ao redor do mundo. O que ouvir? “Around The World” é sempre uma boa pedida. Sendo que o recente disco, Random Access Memories, é considerado o melhor de todos os tempos. Yeah! (daftpunk.com)

yelle nadéah Nadéah é cantora, compositora e guitarrista. Representa bem o perfil da jeunesse innovatrice, embora tenha nascido na Austrália, vivido em Londres por dez anos para só depois se radicar na França. Tem uma voz potente e doce, uma pegada pop, mas um tiquinho transgressora. Na França é superpop. Quem foi a um show da moça conhece bem os motivos que fazem o trabalho dela um hype. Se você ainda não conhece, experimente as músicas “Nobody But You” e “Odile”. No Brasil, o disco de Nadéah leva o selo da incrível Inker Agência Cultural. (nadeah.com)

O primeiro disco da cantora foi lançado em 2007 e conquistou artistas como Katy Perry e M.I.A. O estilo é o eletropop, inspirado no som das pistas de dança dos anos 80. Os responsáveis pela sonoridade são os produtores Grand Marnier (Jean-François Perrier) e Tepr (Tanguy Destable), fiéis escudeiros de Yelle (Julie Budet). Os nomes fantasia (tipo artístico, sabe?) fazem parte da cena eletropop que tem a francesa como um dos destaques. Ouça a abusada “Je Veux Te Voir” e desça até o chão. É quase um funk carioca em francês, em todos os sentidos. (yelle.fr) bobstore 25


GPS CULT // MÚsica

d a v i d g u e t ta Em meados dos anos 80, Guetta já era figura fácil da noite de Paris. Trabalhava como promotor de baladas e (vez ou outra) colocava os vinis nas pickups de algumas noitadas. Ele tinha 17 anos. Mais de uma década depois, em 2008, era um famoso internacional e estava entre os cinco melhores DJs do mundo, segundo a lista da DJ Mag. Em 2011 tirou o trance do topo desse ranking e ocupou o posto de DJ número 1 do globo. Hoje, o mestre do house está entre os cinco mais mais, sendo o mais midiático entre os coleguinhas. Para ouvir: “Play Hard”. (davidguetta.com)

Tiersen não faz música para dançar na pista. É uma exceção nesta lista. É citado na nota sobre o filme Amélie Poulain e também aqui porque a música dele é mesmo especial, desperta o sentir. Pianista e violinista desde os 4 anos, domina muitos outros instrumentos conhecidos por ele em conservatórios musicais. Quando adolescente liderou uma derrotada banda de rock. Maduro, uniu a expertise acadêmica com o fervor punk, e com sensibilidade produziu sete discos instrumentais. O filme Adeus Lênin tem sua assinatura. “Summer 78” e “La Valse d’Amélie” são lindas músicas. (yanntiersen.fr) bobstore 26

Fotos Divulgação

y ann tiersen


laurent garnier

charlotte gainsbourg Ela é ícone de estilo, filha de Serge Gainsbourg e Jane Birkin, atriz ousada e cantora de voz suave. E tem uma beleza intrigante. A primeira aventura musical foi aos 13, com o pai, na polêmica música “Lemon Incest”. Aos 15 veio o primeiro disco solo. Depois, parceria com Madonna. Em 2006 agradou a crítica e o público alternativo com o disco 5:55, com participação de Air. O disco IRM teve Beck como produtor e “Heaven Can Wait” como hit. O álbum atual é Stage Whisper, traz inéditas e novas versões de antigas músicas. Ouça “Memoir”. (charlottegainsbourg.com)

Ainda nos anos 80 o DJ tinha seguidores nas noites mais moderninhas de Paris e Manchester (Inglaterra). Muito antes disso, aos 10 anos, transformou o quarto em uma pista de dança, com direito a iluminação especial. Dando continuidade ao vai e vem, em 2003, Garnier lançou uma autobiografia em que compartilha sua visão sobre o nascimento da cena eletrônica na Europa. Segue forte na ativa, sempre com boas novidades, como trilhas para espetáculos de balé. A música “Acid Eiffel” é boa amostra de sua verve. (laurentgarnier.com) bobstore 27


GPS CULT // MÚsica

Música de hotel Com arte high fashion e curadoria do top DJ e produtor francês Stéphane Pompougnac,

as compilações musicais com remixes exclusivos do hotel Costes são joias valiosas para os amantes da lounge music e já ganharam status de clássicos contemporâneos. Entre no clima!

Como se manter em topo tão cíclico por quase duas décadas? Pois bem, o sucesso do hotel que se tornou uma marca se vale, principalmente, de cinco motivos:

1. a decoração exuberante, exagerada e extraordinária assinada por Jacques Garcia; 2. o fervo de seu The Bar (com noites disputadas a partir de quintafeira); 3. os bons pratos servidos no restaurante (um dos 50 melhores da cidade) entre flertes e drinks; 4. o clima glam de sua piscina; 5. sua coletânea de CDs de música eletrônica com remixes exclusivos do top DJ e produtor francês Stéphane Pompougnac. E é este o nosso foco aqui (não o DJ, mas seu trabalho impecável). bobstore 28

Quem gosta de lounge music conhece as compilações e, mesmo em tempos de iTunes, Apple TV, etc. e tal, coleciona os CDs do selo Pschent com a label do hotel rico em lifestyle. Ou melhor, em je ne sais quoi. A primeira edição foi lançada em 1999, com direito a samba-canção remixado: “Chorando, sim”, de Almeidinha do El Gringo. O disco mais recente, o número 15, saiu em 2011, não tem nenhuma versão tupi e ficou marcado por reafirmar a capacidade da Pschent e do hotel Costes em lançar tendências e artistas sob a batuta de Pompougnac. Daí, você pode perguntar: “pera aí, o disco mais novo da série é de 2011?”. Mas, antes que você comece a imaginar que estamos falando aqui de um material passado, datado, antigo, vale destacar que o site do Costes vende todas as edições, desde a primeira. Isso acontece exatamente porque a curadoria da casa não é perecível, é coisa atemporal. Para quem ama house é praticamente um diamante, ou seja, eterno. Algo como uma joia embalada em arte high fashion, com capas merecedoras das páginas das melhores revistas de moda do globo. Curiosidade? A coleção de CDs vai até o número 15, mas pula o 13 por superstição. O hotel também não tem quarto com o número, numa prova de que o mundo pode ser dividido em três grupos: os que creem no azar do 13, os que acreditam na sorte do 13 e os que não dão a menor bola para o 13. Independente da sua colocação nessa segmentação, se você gosta de house pode conhecer o conteúdo dos 14 CDs da coleção Costes no shop.hotelcostes.com/en/5-music.

Fotos Divulgação

Levando em conta que os primeiros ocupantes das margens do rio Sena chegaram ali por volta de 2000 a.C., quando o pedaço ainda era denominado Lutécia, pode-se dizer que a onda do hotel Costes é coisa nova. Por outro lado, considerando a velocidade dos tempos atuais, o hype do Costes pode até ser entendido como um clássico: dura desde 1996, quando o hotel do grupo (que tem restaurantes, bares e clubs em Paris) abriu suas portas com nova proposta na Rue Saint Honoré.

Clima noir no The Bar, hotspot das noites parisienses, dentro do hotel Costes


Os discos da coleção Costes são clássicos da lounge music e têm capas high fashion

bobstore 29


GPS CULT // livros

Voyage, Voyage

Antes de fechar as malas, ou antes de desfazê-las no hotel em Paris, vale muito a pena conferir as dicas destes quatros guias especiais sobre a cidade...

P a r i s ConfidenCial Editora Memória Visual, 144 páginas

Helen Kupfer-Haas e Sylvia Demetresco são brasileiras respeitadas no circuito de moda, design e luxo de Paris, onde vivem por mais de década. Com o consultor de moda Lorenzo Martone, elas assinam o guia com endereços não óbvios dos segmentos que dominam, mais dicas artsy.

Ta s c h e n ´ s Pa r i s

Editora Taschen, 384 páginas

Híbrido de livro-conceito com guia, o livro é de autoria de Angelika Taschen, todo-poderosa da informação de lifestyle e, atualmente, de sua própria editora, a Angelika Books. A autora não faz mais parte do time da editora que leva seu sobrenome. Mas o guia segue ótima referência. há o formato pocket e o table book, daqueles gigantões que ficam lindos em cima da mesa da sala.

bobstore 30


Paris – tudo o que você semPre quis saber Editora Globo Livros, 96 páginas

O guia de curiosidades e dicas de turismo faz parte do selo “proibido para adultos”, da conceituada Lonely Planet. Com linguagem leve e bem ilustrada, aborda eventos históricos, costumes locais e cultura para despertar o interesse dos pequenos e, assim, tornar a viagem em família bem mais proveitosa e divertida.

Wallpaper City Guide – paris Editora Phaidon, 128 páginas

Stills Flavio Battaiola

O guia traz os endereços mais queridos dos editores e dos colaboradores especiais da renomada revista Wallpaper. Restaurantes, lojas de design, hotéis butique, a noitada da vez e a galeria do momento estão entre as boas dicas, em embalagem leve que cabe direitinho na bolsa.

bobstore 31


GPS CULT // ARTE

O reiNventor Desde os anos 60, o artista francês Bertrand Lavier se mantém livre de qualquer estética,

reinventa o real, inspira-se igualmente em museus e supermercados e faz história na arte... _Por Daniella Giavina-Bianchi

Nascido em Chatillon-sur-Seine, Bertrand Lavier não é exatamente um mocinho, mas um artista contemporâneo de peso que década após década foi capaz de reinventar o nosso universo e o senso estético por meio de uma obra com muitos suportes: da pintura à escultura, do vídeo ao texto, sempre ressaltando a interseção entre a realidade de todos os dias e a sua própria capacidade de representação. Nessa profusão de obras e diferentes estéticas, gosto mais dos seus “ready-mades” e também dos “ready destroyed”, além das sobreposições que criam uma certa ilusão de ótica, algo que lembra (arrisco dizer) muito Carlos Cruz Diez, o venezuelano mestre da arte cinética que é o meu preferido entre todos. Artista de muitas exposições, Lavier já ganhou uma retrospectiva exclusiva no Centre George Pompidou, duas participações na Documenta de Kassel (1982 e 1987) e hoje é representado pela supergaleria Yvon Lambert em Paris, que tem no seu portfólio artistas como Barbara Kruger, Sol Lewitt, On Kawara, entre outros.

bobstore 32

Fotos Divulgação

Reinvenção: La Bocca/Bosch, 2005 (inspirada na obra de Salvador Dalí) e Teddy, 1994, são exemplos do ready made provocador de Bertrand Lavier, e foram expostas este ano na mostra “Desde 1969”, no Centre Pompidou, em Paris


Bem antes de Bertrand Lavier

Um top 10 de mestres franceses que fizeram a história da arte do mundo ocidental:

3

1. Claude Matisse A Dança (1909)

4

2. Fernand Lerger Machine Elements (1919)

3. augusto Rodin O Pensador (1904)

4. Paul Cézanne Banhistas (1874-1875)

5. Pierre-Auguste Renoir

Jeanne Samary em um Vestido Decotado (1877)

6. Marcel Duchamp A Fonte (1917)

7. claude monet

Mulher com Sombrinha (1875)

8. Louise Bourgeois Maman (1999)

9. Henri Cartier-Bresson Magnum Series (1947)

10. Robert Doisneau

Le Remorqueur du Champs de Mars (1943)

6 5

1 2

8

7 9

10 bobstore 33


GPS CULT // livros

Les Mots

Os pensadores, autores e obras do país que é berço da moda _Por Hemish Lauber

São tantos autores e mestres que não caberiam aqui. De modo geral ral (e portanto superficial), as letras francesas são um convite para refletir, se revoltar, se divertir, imaginar, amar e sofrer. Um chamado para a emoção e também para a razão. Daí, sua importância imensurável. E os quotes que sempre explicam ou complicam um pouco mais as relações humanas por séculos. Para dizer o óbvio, nem só de “você é responsável pelo que cativa” (em uma tradução bem livre) são feitas a literatura e a ciência humana vindas da França, mas o quote famosíssimo traduz bem a sedução e o compromisso de pensadores e autores franceses.

bobstore 34

Fotos e Ilustrações - Colagem Divulgação

Voltaire, Honoré de Balzac, Michel Foucault, Arthur Rimbaud, Charles Baudelaire, Jules Verne, Marcel Proust, Gustav Flaubert, Antoine de Saint Exupéry, Jean-Paul Sartre, Claude Lévi-Strauss, Alexandre Dumas, René Goscinny… a lista dos grandes escritores franceses é tão extensa quanto os gêneros escolhidos por eles: romance, filosofia, antropologia, poesia, ensaios e ficção. E atravessa diferentes décadas. Cândido (Voltaire), A Mulher de 30 Anos (Balzac), Vigiar e Punir (Foucault), Uma Tempestade no Inferno (Rimbaud), Flores do Mal (Baudelaire), Madame Bovary (Flaubert), Em Busca do Tempo Perdido (Proust) e As Palavras (Sartre) são alguns exemplos de títulos de forte influencia na cultura universal. Tem ainda Vinte Mil Léguas Submarinas (Jules Verne), O Pequeno Príncipe (Saint Exupéry), Os Três Mosqueteiros (Dumas) e As Aventuras de Asterix (Goscinny), igualmente de imenso valor. Isso sem falar do autor de Tristes Trópicos, Claude Lévi-Strauss, que pode ser chamado sem erro de “o” cara da antropologia.


bobstore 35


VERSUS

a filóSofa Filósofa e escritora, também tinha diploma em matemática, era acadêmica, existencialista e dona de pontos de vista considerados inovadores até hoje. Viveu com vontade intensa, rodou o mundo (em palavras e em pessoa) divulgando seus pensamentos, participou da revolução de 68 e ocasionou várias outras revoluções comportamentais e filosóficas. Pra falar a verdade, ainda inspira revoluções pessoais e promete seguir inspirando (tudo depende de suas leitoras e leitores). entre suas obras, destaca-se o ensaio O Segundo Sexo, considerado o mais importante manifesto do feminismo. Ali, expressou-se sobre as relações entre homens e mulheres e cunhou a expressão que virou mote universal: “Não se nasce mulher, tornase”, em tradução livre. Viveu com o filósofo Jean-Paul sartre em uma relação livre. seu corpo está enterrado com o dele em Paris. Foi musa de vaidade exclusivamente intelectual.

bobstore 36

Fotos Divulgação

Simone de Beauvoir (1908-1986)


E a cantoRa as duas parisienses marcaram suas épocas na França e no mundo. São ícones cult, provavelmente eternos

edith PiaF (1915-1963) Piaf não era o sobrenome da cantora francesa edith Giovanna Gassion, mas o apelido dado por Louis Leplée, o dono de cabaré que a descobriu cantando nas ruas de Paris. Piaf é pardal, em francês, e para ele edith se parecia com um pequeno pardal... mas com voz de fada. em plena segunda Guerra Mundial, ela conheceu o sucesso e até hoje sua voz reverbera em trilhas sonoras de cinema, novela, teatro e da vida. Canções como “Je ne veux pas travailler”, “La Vie en rose” e “Non, je ne regrette rien” são bons exemplos de hits atemporais da pequena pardal, que ao contrário do que sugere os títulos das músicas citadas (eu não quero trabalhar, A vida em rosa e Não tenho nada para lamentar, em tradução livre) trabalhava um monte (foi artista de rua e superstar mundial), levou uma vida dura (infância pobre, abandono na adolescência, vícios, acidentes, desamores, perdas e doença na vida adulta) e tinha um tanto para lamentar. Publicamente, preferiu cantar e inspirar... até hoje.

bobstore 37


BELEZA

Genuinamente lindas Brigitte Bardot, Françoise Hardy e Juliette Gréco são ícones de beleza por mais de meio século. Donas do indefinível – mas muito perceptível – je ne sais quoi, são eternamente jovens e belas... ao menos no inconsciente coletivo

O mundo a conheceu em 1956 pelas cenas do filme E Deus Criou a Mulher, de Roger Vadim. Desde então, Brigitte Bardot é sinônimo de beleza. Mais de meio século divide o hoje do dia em que ela apareceu nas telonas do mundo com sua figura jovem de longos cabelos loiros, corpo curvilíneo, pele irretocável, olhos e olhar marcantes e lábios que nenhum dermatologista esteta e estrela foi capaz de reproduzir sem cair no bico de pato. O meio rabo, a franja caindo sobre os olhos, o delineador são outras referências atemporais. Quase toda mulher já usou, quer usar ou vai usar um dia. Até o que poderia ser considerado um defeito, é uma virtude na beleza de BB: o diastema, os dentes da frente levemente separados. Tudo isso e um imenso sex appeal fizeram o mito dessa francesa, ícone de beleza mundial.

bobstore 38

Fotos Divulgação

Brigitte Bardot


Françoise Hardy Ainda que tivesse um colorido incrível (olhos verdes e espessos cabelos cor de mel) em um rosto angelical, a cantora francesa diz que só notou que era bonita quando Mick Jagger declarou publicamente que ela era seu ideal de beleza feminina em plenos anos 60, quando ele era o ideal de beleza masculina de qualquer pessoa do gênero oposto, ou não. Bob Dylan até poema escreveu para a charmosa e tímida garota francesa que não carregava na maquiagem e vestia com delicadeza looks com shapes masculinos (jaquetas de couro, paletós, camisas, calças sociais e até gravata) ou ousados modelos de Paco Rabanne, de quem era musa. Contudo, mesmo nos metálicos do estilista espanhol, Françoise mantinha o tom minimalista e cool que serve de inspiração para estilistas e stylists da geração atual.

Juliette Gréco Cantora, atriz e existencialista, dona de voz e pele de veludo, cabelos negros brilhantes e de um olhar profundo, Juliette Gréco era musa dos intelectuais de Paris. Usou o corte chanel com franja, franja assimétrica, puxou o delineador gatinho e, nos anos 60, aderiu à maquiagem metálica futurista, mas logo voltou ao preto casual. Vanguardista e determinada, arrebatou fãs, não só com sua beleza exótica, mas também com seu talento. Jean-Paul Sartre dizia que havia mais de mil poemas no timbre de voz dessa mulher de traços fortes. Jean Cocteau a convidou para uma participação em seu filme Orfeu (1949) e Miles Davis a amou tanto (e foi recíproco) a ponto de dizer a Sartre que só não se casaria com ela porque a “amava demais para correr o risco de fazê-la infeliz”. Diz que ela foi o grande amor da vida dele. Gréco teve outros amores, casou-se três vezes. Até hoje sua beleza encanta.


estilo

Savoir -faire

Elas não carregam na maquiagem, parecem estar sempre meio despenteadas de uma maneira linda e irreproduzível, exalam liberdade e aparentemente não fazem nenhum esforço para serem magras e sedutoras. BOBSTORE apresenta as atuais musas francesas, mulheres (e garotas) contemporâneas cheias de estilo e autenticidade

Joséphine de la Baume

Indies Joséphine de la Baume tem uma banda (Singtank), é modelo, atriz, esposa do produtor musical Mark Ronson e dona de ares boêmios e de uma charmosa rebeldia. Lou Doillon tem o mesmo currículo e twist, e é filha de Jane Birkin. As duas costumam quebrar regras de estilo, fugir das supertendências e sempre acertar.

Lou Doillon

Lou Doillon

As cools Joséphine de la Baume

bobstore 40

As herdeiras

Fotos Divulgação

Família As irmãs CourtinClarins (Jenna, Virginie, Prisca e Claire) são talk of the town. Nada discretas, dispensam os basiquinhos; adoram vestir looks inéditos de superlabels, que adoram vesti-las.


Léa Seydoux

Léa Seydoux

Clémence Poèsy

Clémence Poèsy

Nova safra Léa Seydoux e Clémence Poèsy deixam os tapetes vermelhos mais jovens e estão em campanhas e editoriais de moda. Léa é protagonista do filme La Vie d’Adele, vencedor da Palma de Ouro do último festival de Cannes.

As atrizes Audrey Tautou

Supertrio No tapete vermelho, as lindas Audrey Tautou, Marion Cottilard e Vanessa Paradis evitam exageros típicos das atrizes americanas. Na vida real, também seguem a linha low profile, de preferência, sem salto alto.

Marion Cottilard

Vanessa Paradis

Naturalmente sexy Carine Roitfeld não desce do salto alto e, ao contrário de muitas poderosas da moda, dispensa os óculos escuros e o carão.

As fashionistas Très cool Emmanuelle Alt é adepta do jeans, do salto alto e da maquiagem bem leve. Usa no máximo um olho bem marcado e cabelos (quase sempre) soltos.

bobstore 41


Foto Andr茅 Schilir贸

abre moda

bobstore 42


BOBSTORE apresenta os moods que embalam os vestidos, os tricôs, a alfaiataria superfresh, as transparências e todos os looks superglam da temporada... *

A temperatura sobe, os dias ficam mais iluminados e tudo fica mais colorido. Os looks ganham mais leveza, o corpo mais evidência e, mais uma vez, tudo fica mais colorido também na moda. O amarelo chega para pontuar looks de cores básicas. O couro aparece em versão soft, a alfaiataria é construída em uma cartela de cor suave e alegre. As estampas anunciam que o outono passou, é hora de primavera! E quem não quer mais cor na vida? A nova coleção da BOBSTORE foi pensada para atender aos anseios de toda mulher contemporânea, decidida e muito feminina. Alessandra Ambrosio é o retrato dessa persona e, por isso, nossa escolhida da vez. Nesta edição, é ela quem anuncia a nova onda do índigo + branco, que até pode lembrar o navy, mas é coisa nova, zero caricata. Moda não é fantasia, afinal. E sim desejo. Reflexo do agora e já, mas com certa poesia. Bom exemplo é o mood glass, inspirado no reflexo dos raios de sol que atravessam vitrais, águas, a janela da sua casa, do escritório, do carro, sinalizando uma nova fase. A partir desses efeitos, desenvolvemos estampas guiadas por um pantone rico em tons de azul, verde, roxo e rosa. E, como há um ventinho lá fora, caprichamos nos tricôs, que nesta temporada ganham pontos inventivos, por vezes bem vazados. Quer uma segunda pele? Elejaos! E potencialize o efeito simples apostando na dobradinha com jeans. É sensual na medida certa para a luz do dia e, acredite, pode ir para a noite sem erro. O animal print tem a mesma versatilidade e, agora, ganha escala maior, que acentua o apelo sexy selvagem da estampa que é eterno fetiche feminino. Quer saber se o preto + branco permanece em alta? A resposta certa é: a combinação nunca sai de cena, embora apareça em diferentes leituras em cada temporada. Nesta, o PB seduz em geometrismos mais discretos, em fotoestampas e chapados em peças atemporais. De maneira geral, a coleção de primavera é mais alegre, menos rococó e igualmente feminina. O desejo de simplificar e alegrar a vida com atitudes novas e essencialmente femininas contagiou a moda. E isso é motivo para celebração! Renove, sempre! bobstore 43


especial

Paris, je t’aime

BOBSTORE convidou um quarteto de clientes superespeciais para homenagear Paris – a cidade cenário de nossa Primavera 2013. Com total liberdade, elas criaram camisetas exclusivas que são verdadeiras declarações de amor. Confira aqui a tee-shirt de cada uma delas e visite nosso blog para conhecer melhor estas garotas superpoderosas... _Fotos André Schiliró

“Minha relação com Paris é antiga. É uma das cidades preferidas do meu pai, sempre vamos em família. É uma cidade romântica, artística e... (risos) berço dos macarons. Sintetizei tudo isso em minha tee-shirt” Maysa Marques, 27 anos, jornalista

bobstore 44


Tee Maysa Fotos Paris Short Kecil Denim Light Blue Estampa Pulseira Pedras Lisas Bilbao Cinto Duas Fivelas Rincon

v e ja + n o b lo g da BOB

bobstore 45


“Paris respira amor em todas as estações. Independente de sua idade e companhia (ou falta de), a cidade proporciona momentos inesquecíveis. Por isso, é sempre uma boa ideia” Giulia Bonotto, 21 anos, estudante

bobstore 46


Tee Giulia Torre Paris Saia Velika Drapeado Malha Cupro Pulseira Pedras Largas Pamplona Colar Placas Castellon Cinto Duas Fivelas Rincon

bobstore 47


Tee Renata Villet Pour Paris Short Durban Viscose Estampa Pintada Pulseira Ginj贸 Conjunto Cinto Malha Metal Pamplona

bobstore 48


“Como boa carioca, gosto de andar na rua, de ver gente, da vida cotidiana... e é isso que me encanta em Paris. Eu me inspirei nesse cenário para criar minha camiseta especial para a BOBSTORE” Renata Meirelles, 28 anos, designer de joias

bobstore 49


Tee Raquel Arabesco Paris Short Malazia ilh贸s Colar Corrente e Pedras Teruel

bobstore 50


“Adoro a cidade, andar de bicicleta por suas ruas e jantar em bons restaurantes. Acho Paris um lugar mágico. E procurei passar toda sua sofisticação e charme para a camiseta que criei” Raquel Mattar, do blog Las Mimas

bobstore 51


abre VITRINE

bobstore 52


Ess nciais EssE Levamos você para os bastidores da BOBSTORE e indicamos peças-chave que sintetizam as propostas de uma trinca de moods da Primavera 2013 _Fotos Paulo Reis *

O preto + branco da Primavera não é igual ao do Outono. As proporções e as intenções dos geometrismos agora são outras, as estampas estão menores, brincam com a ilusão de óptica, pode-se dizer até que flertam com a cinética. A dobradinha de cores básicas ainda se estende por tee-shirts com fotosestampas, em registros aparentemente fugazes, mas cheios de atitude. Outro clássico que ganha releitura nesta temporada é o animal print. Surge em estampas mais selvagens, maiores, mais sensuais. E ainda está presente em acessórios desejo e em um pantone safári. Por falar em cores, elas não faltarão na temporada e ganham destaque no mood glass, superfresco, superin. Para traduzir em imagens os novos direcionamentos da moda, levamos você para os bastidores da BOBSTORE e indicamos peçaschave que sintetizam as principais propostas da Primavera 2013. Tudo com a providencial ajuda e expertise de Rafael Bortoluzzi, responsável pela programação visual de nossas lojas. Siga as dicas e garanta seu passaporte de estilo para a nova estação!

bobstore 53


Camisa Onรงa Calรงa Onรงa Pulseira Cรกdiz Colar Castellon Sandรกlia Sevilha

bobstore 54


reGaT aTa aT Ta NICe

COLar La DÉSIraDe

InstInto nto Está aberta a temporada de estampas, formas e texturas, que migram da selvageria para a chiqueria sem fim...

JaQUeTa T barI Ta

SHOrT ONÇa

bOLSa HaIa


VITrINe

bobstore 56

Camisa Colorado Short bali ali Colar Hanauma Pulseira bandon andon Cinto Olivenza SandĂĄlia MilĂŁo


TrICô ICô SUNSHIN SUNSHINe

SaNDÁLIa bUCareSTe

COLar OLIV OLIVeNZa

VItral

As cores dos antigos mosaicos de vidro e os tons das luzes refletidas neles conquistam o pantone da estação...

reGaT aTa aT Ta Ta TaVI aVIra

SHOrT GÊNOVa V Va

PULSeIra OLIVeNZa


vitrine

bobstore 58

Clutch Lisboa Saia Optical Pulseira Castellon Clutch Lisboa


COLar La PaLMa

T-SHIrT HaV aVa aV VaNa

COLar TerUeL

Contraste básico

CINTO SaINT barTS

SaIa MIaMI

O Black & White ganha formas e estampas geométricas e se sobressai como a dobradinha certeira que é...

T T-SHI rT MOUSe


Vamos pular Paris? Alessandra Ambrosio, musa da BOBSTORE, em branco + índigo (tendência forte da vez), com Los Angeles aos seus pés. Precisa dizer mais? _Fotos Tiago Molinos _STYLING LETICIA TONIAZZO

bobstore 60


Blusa Ândrea Saia Ândrea Pulseira Pamplona Pulseira Gijón Colar La Palma

bobstore 61


Vestido Valencia Pulseira Pamplona Pulseira Gij贸n

bobstore 62


Jaqueta Savona Regata Calif贸rnia Saia Istambul Pulseira Gij贸n Pulseira Pamplona Colar La Palma Sand谩lia Bucareste

bobstore 63


Casaqueto Valencia Regata Vyronas Short Valencia Pulseira Pamplona Pulseira Gijรณn Pulseira Cรกdiz Sandรกlia Bucareste

bobstore 64


bobstore 65


Vestido Istambul Pulseira Gij贸n Pulseira Pamplona Cinto Lucena Sand谩lia Bucareste bobstore 66


Blazer Medellin Short Negril Cinto Lucena * Modelo Alessandra Ambrosio (WAY MODEL) Assistente de Fotografia Carl Duquette Beleza Karan Mitchell/Make (TRACEY MATTINGLY) e Dominick Pucciarello/Hair (TIMOTHY PRIANO)

bobstore 67


Eau

Verre O verde e o azul estão no mar, na piscina, no reflexo de vidros e vitrais. Junto com o lilás e com o branco, essas cores predominam na cartela de cores da tendência glass, uma das mais fortes da temporada, e fazem estampas orgânicas, tramas de tricô, enquanto refrescam a nova alfaiataria. Inspire-se e crie seus próprios looks... _Fotos andré nicolau _STYLING LETiCIA TONIAZZO

bobstore 68


Tric么 Sunshine Short Denver Colar Teruel Colar La Palma Pulseira Bilbao Pulseira Bahamas Pulseira Gij贸n

bobstore 69


Regata Colorado Jaqueta Sassari Colar La Palma Colar Teruel Pulseira Castellon

bobstore 70


Regata Colorado Calรงa Skinny Estampada Jaqueta Sassari Pulseira Castellon Colar Teruel Colar La Palma

bobstore 71


Top Los Cabos Casaqueto Santiago Short Pireus Colar Teruel Colar La Palma Cinto Saint Barts

bobstore 72


Blusa RosĂĄrio Colar La Palma Colar Bilbao * Modelo Mariana Almeida (Ford Models) Assistente de Fotografia FabrĂ­cio Pimentel Beleza Carla Biriba (Bliss Me) Agradecimento Hotel Villa Rio bobstore 73


bobstore 74


Tricô Dubai Short Àvila Cinto Granadinas Pulseira Olivenza Pulseira Gijón Pulseiras acervo BOBSTORE

Em diversos pontos e tramas, o tricô ganha status de segunda pele e reina como uma das peças-chave da primavera. Combinado com jeans, acessórios e atitude, resgata uma sensualidade minimal que contrasta com o over que já foi sucesso em outras estações. O menos volta a ser mais. E fica ainda mais cool banhado pelas águas de Etretat, refúgio natural a 30 minutos de Paris... _Fotos KARINE BASILIO _STYLING LETICIA TONIAZZO

bobstore 75


Tric么 Trindad Short Teruel Pulseira Olivenza Pulseira Gij贸n Chap茅u e Pulseiras acervo BOBSTORE bobstore 76


Biquíni Valverde Cardigã Aurora Pulseira Olivenza Pulseira Gijón Pulseiras acervo BOBSTORE

bobstore 77


Blusa Adana Minissaia Rinco Pulseira Olivenza Pulseira Gij贸n Chap茅u e Pulseiras acervo BOBSTORE

bobstore 78


Tric么 Aruana Short Gij贸n Cinto Montserrat Pulseira Gij贸n Pulseiras acervo BOBSTORE

bobstore 79


bobstore 80

Cardigã Texas Pulseira Olivenza Pulseira Gijón Puseiras e chapéu acervo BOBSTORE


Tric么 Tahala Minissaia Teruel Pulseira Gij贸n Chap茅u e Pulseiras acervo BOBSTORE

bobstore 81


Tric么 Aruana Short Gij贸n Cinto Montserrat

bobstore 82


bobstore 83


Tric么 Tun铆sia Short Gij贸n Cinto Terrerias Pulseira Olivenza Pulseira Gij贸n Puseiras acervo BOBSTORE

bobstore 84


Blusa Elmira Minissaia Gante ChapĂŠu e Pulseiras acervo BOBSTORE

bobstore 85


Tricô Sunshine Biquíni Punta Cana * Modelo Renata Kuerten (MEGA MODEL) Assistente de Fotografia André Santos Beleza Ricardo dos Anjos (CAPA MGT)

bobstore 86


bobstore 87


bobstore 88


Regata Greenville Jaqueta Savona Saia Chantal Colar Cádiz Colar Teruel Pulseira Castellon

La Ville Lumière BOBSTORE leva você para um passeio pelas ruas da capital francesa embalado pelas principais propostas de nossa coleção Primavera 2013. Tem a clássica Torre Eiffel e alfaiataria cool, o contemporâneo Palais de Tokyo e estampa + estampa, pontos de amarelo luz por Saint-Germain-des-Près, a bossa do Marais com preto + branco, a sofisticação da Place Vendôme com vestido boxe, o charme da Place des Vosges com renda + calça desejo e ainda mais brilho na Champs-Élysées. Vem? _Fotos KARINE BASILIO _STYLING LETICIA TONIAZZO

bobstore 89


Blusa Estampa Luz Calça Estampa Luz Colar Cádiz Colar La Désirade Sandália Bruxelas

bobstore 90


Blusa Albany Saia Estampa Luz Colar Cádiz Colar La Désirade

bobstore 91


Jaqueta Kecil Regata Tavira Calça Skinny Color Pulseira La Désirade Cinto Saint Barts Sandália Bruxelas bobstore 92


bobstore 93


Regata Formosa Saia Formosa Colar Castellon Colar Cรกdiz Colar Bahamas Sandรกlia Belgrado

bobstore 94


Blusa Medellin Bermuda Carmiel Bolsa Shopping Colar Castellon Colar Cรกdiz Colar Bahamas Sandรกlia Bruxelas bobstore 95


Vestido Nova York Pulseira La DĂŠsirade SandĂĄlia Pireus

bobstore 96


Casaqueto Santiago Regata Greenville Short Madri Colar Castellon Colar Cรกdiz Colar Bahamas Cinto Saint Barts

bobstore 97


bobstore 98


Blusa Montpellier Short Talora Colar Castellon Colar Cรกdiz Colar Bahamas bobstore 99


bobstore 100


Blazer Constanza Regata Greenville Calรงa Constanza Colar Castellon Colar Cรกdiz Colar Bahamas Sandรกlia Belgrado bobstore 101


Blusa Tayma Brincos Bahamas

bobstore 102


Camisa Montpellier Calรงa Medellin Brinco Bahamas Pulseira Gijรณn Clutch Bruxelas Sandรกlia Bruxelas

bobstore 103


Camisa Lille Saia Santiago Brincos Bahamas Pulseira Gij贸n Sand谩lia Bruxelas

bobstore 104


Regata Tarija Calça Skinny Boot Brincos Bahamas Cinto Saint Barts * Modelo Barbara Fialho (MEGA MODEL) Assistente de Fotografia André Santos Beleza Ricardo dos Anjos (CAPA MGT) bobstore 105


Casaqueto Santiago Regata Panam谩 Saia Lille Brincos Bahamas Pulseira Gij贸n Clutch Bruxelas

bobstore 106


bobstore 107


making of

POR TRÁS DAS CENAS

A blogueira Anna Fasano relata sua experiência com a equipe da revista BOBSTORE na França e revela os bastidores de uma dupla de editoriais de moda desta edição bastidores por anna fasano

t a t e r Et anna fasanno

bobstore 108


ricardo dos anjos, maquiador

tico sahyoun

anna fasano

karine basilio renata kuerten

leticia toniazzo thaís carvalho

ariela dorf

Em meados de maio segui para a França com a equipe BOBSTORE para acompanhar de perto o backstage da revista Primavera 2013, que você tem em mãos. Foi uma experiência incrível, em que pude conhecer outro ângulo dos editorias de moda... um lado que é inimaginável para quem os vê prontos e impressos nas páginas da revista. Assisti ao making of de dois editoriais desta edição. Um foi fotografado na praia, em Etretat, o outro pelas ruas de Paris, em três dias de fotos. Detalhe: o último dia foi de chuva intensa, e você nem vai perceber um pingo. Isso porque imprevistos (o serviço meteorológico falhou) são tirados de letra pela equipe, que considera os contratempos apenas uma emoção a mais. Por isso, assim que a chuva começou, não teve lamentação (a vibe é superpositiva), mas um replanejamento apoiado em otimismo e em providenciais guarda-chuvas para proteger a fotógrafa e a modelo. A equipe está acostumada com esses solavancos e o resultado final ficou lindo, sem sinal de chuva. É curioso como “detalhes” como esses ficam imperceptíveis na revista, quem vê as fotos nem imagina o que aconteceu por trás delas, eu pelo menos nunca imaginei a possibilidade de “não chuva” em uma foto... com chuva (risos). Também achei interessante o ritmo intenso da produção. Todos os dias, acordávamos por volta das seis da manhã e nos encontrávamos para ir às locações, onde a fotógrafa Karine Basilio avaliava a luz e, junto com a equipe, o cenário. Os looks já chegavam ao local editados pela stylist Lelê Toniazzo. A maquiagem e o penteado da modelo também eram decididos previamente com o maquiador Ricardo Dos Anjos, de acordo com os looks e os moods propostos em cada editorial. Esse conceito/tema é discutido amplamente por toda a equipe BOBSTORE, às vezes por semanas ou meses. Tudo para que a história saia perfeita e desperte desejo (na chuva, no sol, na praia ou na cidade). No meu blog (annafasano.com.br), detalhei o passo a passo de cada dia de making of. Espero que você goste do resultado e se surpreenda, assim como eu.

bobstore 109


making of

barbara fialho


Paris

equipe bobstore


Paris para todas Paris é destino desejo e o cenário da Primavera 2013 da BOBSTORE. Quem (ainda) não teve a oportunidade de conhecer a capital francesa sonha com dias e noites por lá. Quem já foi quer voltar mais e mais. O fascínio pode estar na poesia da cidade de amplas avenidas, ruelas charmosas, construções centenárias, na vida intensa dia e noite. Ou apenas no estilo de vida parisiense. Supertradiconal, Paris tem forte cena contemporânea. É cult, cult, fashionista e sedutora ao mesmo tempo e desde sempre. É um lugar ideal para românticas, moderninhas, mães, culturetes e clássicas. Ou para uma única mulher com todos esses moods. BOBSTORE desenvolveu o roteiro das páginas a seguir especialmente para você. Certifique-se de levar os melhores looks em sua bagagem e bon voyage! _Por Renata Maiato * bobstoRe viajou para Paris por intermédio da Intertur


Romântica Um jantar a dois em um restaurante arrasador, doces esculturais na mais elegante pâtisserie da França, uma volta pelo rio Sena com direito a uma superstição do amor (já ouviu falar dos cadeados dos apaixonados da Pont Des Arts?) e até um piquenique. BOBSTORE indica programas imperdíveis para quem quer viver o romantismo em Paris, com direito a flores assinadas por um top designer, chá para aquecer ainda mais a alma, arte, turismo e dia de princesa em um palácio. Vista seus looks mais femininos e vá, feliz...

que diriez-vous du thé? A Maison Mariage Frères é tradicionalíssima.Em um ambiente elegante, oferece chás de origem chinesa e indiana, geleias, macarons e outros doces tentadores. Além disso, vende chaleiras, xícaras e demais acessórios de enlouquecer qualquer amante de chás. mariagefreres.com

bobstore 114

casinha A poucos minutos de Paris, o Palácio de Versailles é passeio clássico e enriquecedor. Construído a partir de 1664 por Luís XIV, o “Rei Sol”, foi por mais de um século modelo de residência real na Europa. O Salão dos Espelhos é o ponto alto do lugar, em que o Tratado de Versailles foi assinado (a fim de encerrar oficialmente a Primeira Guerra) e os maiores bailes da corte francesa aconteceram. E ainda tem os jardins... chateauversailles.fr

letras No livro Casados com Paris a autora Paula McLain nos delicia com diálogos entre Hemingway e sua entourage, gente como Gertrudes Stein, os Fitzgerald, Sylvia Beach e muitos outros que faziam parte da nata da intelectualidade dos anos 20. É apaixonante!

Fotos Divulgação, Arquivo Pessoal e Paulo Reis (lookbook)

cartão-Postal Sempre ela, a Torre Eiffel! Clichê maior de Paris, é também a grande musa inspiradora de cineastas e fotógrafos. Iluminada à noite é um desbunde de beleza, e quando suas luzes começam a piscar é o momento de parar onde quer que você esteja e entender por que Paris é especial e romântica.


fleurs As butiques (e as bancas) de flores de Paris são charmosas e sempre convidativas. Mas a de Eric Chauvin é mais. O florista é queridinho de Karl Lagerfeld e da franco-brasileira Betty Lagardère. Assina cenários de jantares, desfiles, campanhas de moda, hotéis luxuosos... é um star. A rosa dele é mais rosa... ericchauvin.fr

docinho A Fauchon é das mais tradicionais pâtisseries francesas. Está na Place de La Madeleine (ao lado da igrejavisita-obrigatória) desde 1886. Os doces são lindos (lindos demais) e deliciosos. E a identidade visual da marca é superchique. fauchon.com

de mãos dadas Um passeio às margens do Sena é indispensável para as românticas. Siga em direção a Pont des Arts, onde há milhares de “cadeados do amor” presos às grades. Diz que o casal deve escrever seus nomes em um cadeado e trancá-lo ali, garantido assim o amor eterno. Vai que funciona.

ao ar livre Um piquenique no parque pode soar exótico para nós, brasileiros. Mas em Paris é superin. Para desfrutar a ocasião, o Fridge Rosé, da Veuve Clicquot, é uma boa dica. Siga com seu cooler retrô para o parque Buttes Chaumont, obra napoleônica, fora da rota central, com um lindo lago artificial. butteschaumont.free.fr

date Leve seu par para um jantar ou almoço no encantador restaurante Le Laurent e experimente o menu clássico com toques contemporâneos e a carta de vinhos. Escolha algum dos cinco salões exuberantes deste que é um dos restaurantes mais clássicos da cidade, a dois passos da Champs-Élysées. Os pratos são tão sofisticados quanto os ambientes da casa, chegam à mesa em belas montagens, daquelas que podem dar dó de devorar. Não tenha piedade... le-laurent.com

o beijo Inspire-se com O Beijo, de Rodin. A escultura de mármore retrata Paola e Francesco (da Divina Comédia)) e transmite um erotismo elegante e perturbador. Mais: é um convite irrecusável para um dos museus mais afamados de Paris. musee-rodin.fr

bobstore 115


memória Paris É uma Festa é como um diário sentimental em que Hemingway relata os felizes anos 20 em Paris, quando ele (com orçamento curto) fez da cidade sua escola literária, apoiado por amigos como Gertrudes Stein, Ezra Pound e James Joyce. Clássico e delicioso. Para ler mais de uma vez.

Recitais de poesia em uma livraria-santuário, um blood mary no bar em que a música “An American in Paris” foi criada, uma visita à antiga universidade de Lévi-Strauss, ver a vida passar em Saint-Germain-des-Prés. Tem mais: um jantar na companhia da memória da intelectualidade da década de 20, uma conferida na arte de agora já feita na França e... ufa, mensagens de amor nos muros de um poeta. BOBSTORE indica programas para quem sente saudades (sem ter vivido) da Paris de outrora.

voltinha Passear por Saint-Germain-desPrés e entrar em suas livrarias, cinemas, galerias de arte e cafés deliciosos é ótimo para ver o mundo inteiro passar por você. Caminhe pela Place de la Sorbonne e conheça uma das universidades mais conceituadas do mundo; Godard e LéviStrauss estudaram lá!

bobstore 116

Fotos Divulgação, Arquivo Pessoal e Paulo Reis (lookbook)

Cult

além do cartão-Postal A livraria Shakespeare and Company. original foi fundada por Sylvia Beach em 1919 e logo se tornou ponto de encontro de escritores jovens e expatriados. Fechou em 1941. Dez anos depois, o americano George Whitman abriu a Le Misttral e, com a autorização de Sylvia Beach, rebatizou sua livraria como Shakespeare and Company prestando uma homenagem. O endereço é até hoje independente e um santuário de escritores e leitores apaixonados. Às segundas-feiras há leituras e recitais a partir das 19 horas, e a casa lota (tem que chegar cedo). Detalhe: viajantes do mundo todo podem se hospedar na livraria (sim, pernoitar por lá) gratuitamente, bem pertinho da Notre Dame. O lugar pode ser considerado um cartão-postal de Paris! shakespeareandcompany.com


drink Desde 1911 o Harry´s Bar segue vermelho como o drink que fez sua fama: o bloody mary. Diz que a bebida foi criada lá, na casa de paredes cor de sangue frequentada por toda a turma cabeça que já viveu em Paris. Fala-se também que George Gershwin compôs “An American in Paris” no piano do porão do bar old school. harrysbar.fr

artsy Centro de referência de difusão de imagens, o museu Jeu de Paume é especializado em fotografia, cinema, videoinstalações, net art. Situado na Place de la Concorde, possui também uma extensa biblioteca, que permite aos visitantes se aprofundarem nas obras dos artistas presentes nas exposições! jeudepaume.org

restô Há cem anos, o restaurante Le Dome é um marco da cidade e apresenta em fotos cenas de escritores, escultores e pintores que ali confraternizaram e tiveram boas ideias. Além do caráter cultural e nostálgico, tem cozinha aplaudida pela severa crítica gastronômica parisiense. 109, Boulevard Montparnasse

Lar Os fãs de Gainsbourg consideram a casa em que ele viveu e morreu (em 1991) um território sagrado. E costumam deixar mensagens nos muros (grafitados e multicoloridos) para homenagear o cantor, compositor e poeta. A família proibiu a prefeitura de cobrir os dizeres com tinta e comenta-se que pouco mudou no interior da casa (apenas dois pianos foram tirados dali). Há planos de criar um museu no endereço – ponto turístico – cult... 5 bis Rue de Verneuil

bobstore 117


dia Ande em todas as direções e ruas do Marais. Entre em todas as lojinhas, galerias, cafés e esqueça o tempo. Finalize com um crepe de Nutella. Não tem como não ser inesquecível. Mesmo!

cartão-Postal Opa, Montmartre! De Sacré-Coeur, pegue o bondinho, vá para a igreja (uma das mais famosas e bonitas), tome fôlego, admire a vista e depois desça andando pelas ruas menos óbvias, conhecendo mais que a praça dos pintores e os pontos turísticos tradicionais. Montmartre pode ser uma boa surpresa, acredite!

Almoçar um típico prato comercial parisiense, andar sem destino ou pressa pelas ruas do Marrais, esquecer as calorias com um crepe de Nutella para depois curtir o pôr do sol no Parc de Belleville (que oferece uma linda vista de Paris), em uma região cheia de bares de jazz. À noite pode ser ali, ou mais agitada em Pigalle, o bairro deliciosamente cadente que abriga clubs alternativos e um dos melhores bares da cidade. Arte? Centre Pompidou! Aqui, BOBSTORE indica endereços para a garota moderninha. E para quem quer conhecer uma Paris jovem e livre.

noite As mais moderninhas podem gostar de dar uma volta pelas ruas decadentes de Pigalle, o distrito da luz vermelha de Paris, em que estão bares e clubs de música alternativa da cena atual, como a casa de shows La Boule Noire e o bar La Fourmi, considerado um dos melhores da cidade. Prefere jazz? Siga para Belleville e escolha seu lugar pelo som. laboule-noire.fr La Fourmi (74 Rue des Martyrs)

bobstore 118

Pf très chic Entrecôte, batata frita e salada verde. Lendo assim, parece que o famoso l’entrecôte parisiense é uma bobagem. Mas tem o molho, e que molho! O prato é, talvez, mais popular, simples e delicioso que o Croque Monsieur. E a melhor porção desse prato feito versão très chic, segundo rankings locais, está no Le Relais de Venise, restaurante pop, dono do melhor molho secreto da cidade! relaisdevenise.com

Fotos Divulgação, Arquivo Pessoal, Stephen Alvarez (Catacumbas) e Paulo Reis (lookbook)

Moderninha


Pic-drink Dica? Coloque vinho, queijo, baguete e um bom setlist na cesta de uma bicicleta e siga para o Parc de Belleville. Localizado em uma colina no alto do 20ème, é um dos mais charmosos da cidade e tem uma vista incrível de Paris. É demais ver o sol cair na capital francesa dali... 47 Rue des Couronnes

letras O livro Hell-Paris 75016 relata de maneira crua o modus vivendi de Lolita Pille e sua turma. É tipo um Gossip Girl parisiense, da vida real, com locações glam vista de forma punk e narrado por uma garota rica e fútil, obcecada por sua imagem e pelo consumo. A atriz Barbara Paz adaptou a obra para o teatro anos atrás.

visuais O Centre Pompidou continua sendo a grande meca da arte moderna de Paris. Repleto de obras do surrealismo, cubismo, entre outros, o acervo do museu é riquíssimo e as exposições temporárias sempre trazem boas surpresas. Visita obrigatória! centrepompidou.fr

exPeriência Há quem ache trash e há quem ache cool. Fato é que o cemitério Père Lachaise, assim como as galerias subterrâneas de Paris, são pontos turísticos da cidade. O primeiro atrai fãs de Piaf, Molière, Chopin e Jim Morrison (yeah!). O segundo, pessoas interessadas no verdadeiro universo underground da cidade luz, com arte clássica, contemporânea, crânios, histórias e mais. O passeio está entre os mais muderninhos (com u, mesmo) e está na programação do parismuseumpass.com hpere-lachaise.com parismuseumpass.com

bobstore 119


miniPostal Há vários carrosséis na cidade luz, todos lindíssimos. Há um no Place Saint-Pierre in Montmartre, outro no Jardin des Tuileries e também no Jardin du Luxembourg (com pôneis e pedalinho). Mas o carrossel mais bacana é o mais turístico, que fica entre as pontes d’Iéna e Quai Branly, na Torre Eiffel. Depois do giro (e das fotos), vale tomar um sorvete ou comer um crepe nas barraquinhas do pedaço.

Mãe

bichinhos Museu de História Natural é sempre uma boa pedida para crianças curiosas e para adultos com alma de crianças curiosas. O de Paris sempre tem exposições interessantes (como a dos dinossauros ou dos insetos), além de um rico acervo de taxidermia (Grande Galerie de l’Évolution), fósseis e esqueletos (Galeries de Paléontologie et d’Anatomie comparée). Não bastasse, conta com zoológico (zoo du Jardin des Plantes) e jardim botânico. Tem mais: na Galerie dês enfants, as crianças aprendem tudo sobre o reino animal em módulos interativos. É para passar o dia! mnhn.fr bobstore 120

Fotos Divulgação, Arquivo Pessoal e Paulo Reis (lookbook)

Um livro que promete dar o passo a passo para a boa educação francesa, o carrossel mais chique e bacana do mundo, lojas de brinquedos para crianças de todos os gostos, um restaurante com shows de marionetes. E ainda: parque de diversão com proposta cult, parque fino com pedalinho e pôneis e museu de história natural e zoológico numa tacada só. BOBSTORE selecionou indicações para quem pretende seguir para Paris acompanhada dos pequenos e (ao menos tentar) desviar da Disney Paris, oferecendo uma experiência très française para a criançada.

livrinhos Enquanto os pequenos se distraem com o clássico O Pequeno Príncipe, vale conferir o livro Crianças Francesas Não Fazem Manha – Os Segredos Parisienses na Arte de Criar Filhos, de Pamela Duckerman, para ficar apta a concordar ou discordar do título que faz sucesso no mundo todo e causa polêmica. A obra da jornalista americana promete entregar o modo francês de educação que, segundo ela, resulta em crianças muito mais centradas e educadas que as de seu país.


restaurante O restaurante Buvette des Marionnettes é o endereço das crianças em Paris. Com cardápio pensado para pais e crianças, conta com seu próprio jardim e apresenta shows de marionetes, um clássico francês. Fica pertinho do Jardin du Luxembourg e é bem frequentado pelas famílias locais. buvettedesmarionnettes.fr

energia Respire fundo e vá. O parque La Villette tem o objetivo de associar brincadeiras com a arte e a tecnologia. A proposta é nobre, mas sucesso mesmo fazem o escorregador em forma de dragão e os labirintos. É uma opção bem francesa à Disney, com programação diversificada de cursos e exposições. villette.com

brinquedos A loja de brinquedos Au nain bleu foi inaugurada no século XIX. Desde então, é claro, moderniza seus brinquedos, mas não muito. E é aí que está o charme todo. Ali, há uma vasta diversidade de pelúcias, bonecas e carrinhos, trenzinhos e aviões de madeira ou com estética artesanal. Os carrinhos tipo motoca têm traços vintage também, as fantasias de animais ou medievais são lindas, assim como as cabanas e casinhas. É o oposto do iPad, por isso, mágica. Mas se quiser mais opções e tecnologia a dica é a filial parisiense da Toys R’Us. boutique.aunainbleu.com toysrus.fr

Parquinhos O Jardin des Tuileries é bem localizado (fica entre o Louvre e a Place de La Concorde) e é dos endereços públicos mais amigáveis para as crianças em Paris. Fora os pôneis e o parquinho, há patos que podem ser alimentados e, nos dias mais quentes, barquinhos artesanais para locação. As crianças podem conduzir o artefato com o uso de varas pelos lagos. No verão, as atrações são a roda-gigante e as aulas de jardinagem para os pequenos. Idioma? Isso não é uma barreira para eles, pode acreditar!

bobstore 121


menu O restaurante L’Avenue é um clássico parisiense. Além do cardápio sempre muito bem avaliado, ganha pontos pela localização (41 Avenue Montaigne), pelo ambiente (sofisticado na medida e aconchegante) e pelo mix de turistas e locais (o maior número de elegantes/mesa da cidade). É descomplicado e agradável. Ideal para um almoço. Faça reservas. Em dias de sol, nas mesas da calçada... avenue-restaurant.com

sorriso Louvre nunca é demais. Monalisa também merece visitas múltiplas. Sempre é dica. Sem mais. louvre.fr

Clássica Uma visita à capela da santa da medalha milagrosa e ao sorriso de Monalisa, ali no Louvre. Depois, um almoço na calçada da Avenue Montaigne e uma tarde recheada de macarons com champanhe para agradar o paladar e entrar ainda mais no clima parisiense. À noite, o convite é para uma ópera ou balé no palco mais tradicional da capital francesa. Para completar, uma visita ao terraço do Arco do Triunfo e a história real da última rainha da França. Mais clássico, impossível. Vem!

brinde O champanhe é orgulho e produto nacional na França. Criado por um monge no século XVIII era consumido apenas pela nobreza, daí o status glamoroso do vinho borbulhante. Escolha uma safra especial de Moet & Chandon e deixe o clima ainda mais especial.

Picture Point Em plena Champs-Élysées, o Arco do Triunfo.. O monumento é uma homenagem aos exércitos da revolução e do império, por isso um de seus destaques é o Túmulo do Soldado Desconhecido, que tem sua chama acesa diariamente às 18h30. Começou a ser erguido por Napoleão e, 30 anos depois, foi finalizado no reinado de Luís Felipe. Os detalhes e as esculturas remetem a cenas da revolução e do império. Um clássico! bobstore 122


doce de cor Os macarons são símbolo de Paris e criação da Ladurée. Por isso os docinhos da casa são mais especiais. O endereço do número 16 da Rue Royale é da primeira casa da marca, aberta em 1862. Atualmente está em processo de restauração. A reabertura será em outubro deste ano. Vai antes para Paris? Então, pode ir à Ladurée da mesma rua, no número 8, ou seguir para a da Champs-Élysées. Certeza que o desvio de rota não será um grande esforço...

leitura O livro Maria Antonieta, a Última Rainha da França desfaz a imagem de “doidinha” que colou na última e mais fashionista rainha francesa. É baseado em documentos originais (diários, cartas e registros) e um prato cheio para quem gosta de história contada tim-tim por tim-tim.

Fotos Divulgação, Arquivo Pessoal e Paulo Reis (lookbook)

très très Além de arquitetura imponente e inteiramente restaurada, a Opera Nacional de Paris tem programação para agradar os gostos mais exigentes. Você pode escolher: concerto, balé, ópera. O site da casa inaugurada em 1661 apresenta a agenda de espetáculos de hoje até 2014. É bom comprar ingressos com antecedência. operadeparis.fr

fé Toda menina e toda mulher católica tem (ou deseja ter) a sua medalhinha da Chapelle Notre Dame de la Médaille Miraculeuse, no número 140 da Rue Du Bac. Antes, ali, estava o “hotel de Châtillon”, concedido à Companhia, em 1813, por Napoleão Bonaparte. As aparições se deram em 1830 e até hoje o endereço é ponto de encontro de fiéis do mundo todo, principalmente dos brasileiros. chapellenotredamedelamedaillemiraculeuse.com bobstore 123


TURISMO

Paris é uma festa!

Conheça a noite e o melhor do day after parisiense pelas indicações preciosas do globetrotter Guilherme Badra Sallum Paris é um dos destinos mais queridos dos clientes da butique de viagens Intertur, de Guilherme Sallum. Dono de um critério de seleção apurado, capaz de distinguir com segurança o bom, o ótimo e o excelente, o empresário está sempre em busca dos melhores endereços da capital francesa (e do mundo) para atender com precisão seus clientes triple A. Especialmente para a BOBSTORE, ele selecionou os lugares certos para quem quer experimentar a boemia contemporânea da cidade e (ainda) repor as energias no dia seguinte da noitada. Há hot tips para quem quer um drink, um drink para o esquenta, ferver na pista e depois lembrar da noitada nos melhores brunchs parisienses. Suba no salto, respire fundo e vá...

ESQU Esquenta

Experimente os drinks mais bem comentados de Paris em lugares frequentados pelos insiders da cidade

Bar Ballroom Du Beef CluB Está no andar de baixo do restaurante Beef Club. É um speakeasy com carta de drinks de rótulos tradicionais de cerveja, vinhos e espumantes, além de oito opções de preparos sem clichês (não espere encontrar mojito ou cosmopolitan, e sim receitas mais elaboradas). Decorado com veludo vermelho, tem clima bem intimista. eccbeefclub.com bobstore 124

Fotos Divulgação

Bar La Vue O bar fica no 34º andar do hotel Concorde Lafayette, por isso, e como o nome entrega, oferece vista incrível da cidade luz. Os drinks são preparados por barmen badalados da cena francesa, e casais são maioria por ali. concorde-lafayette.com


matignon O bar e restaurante é endereço pedida em Paris desde 2010. Jet setters e parisienses bem relacionados compõem a clientela da casa, decorada por Jacques Garcia. O ambiente é muito mais sério que o clima do lugar, cujo slogan é “restaurante e playground”, em outras palavras, o lugar certo para você se divertir cercada de pessoas bacanas da cena de Paris. matignonparis.com

UENTA silenCio Você desce lances de escada e depara V com um club inteiramente pensado por David Lynch, cineasta americano, diretor de filmes como Cidade dos Sonhos e da série Twin Peaks, que marcou o início dos anos 90 (saudades, Laura Palmer). Ou seja, a caretice passa longe: no ambiente, no staff e nos frequentadores, moderninhos e inventivos. E o silêncio fica só no nome. silencio-club.com

+

le mathis Bar Não é fácil localizar a entrada do bar no número 3 da Rue de Ponthieu. E essa dificuldade faz parte do charme da casa frequentada pelos parisienses notívagos e apreciadores da exclusividade. Entrar ali também não é tarefa fácil. Tem que chegar cedo. paris-hotel-mathis.com

bobstore 125


TURISMO

PIS La VilLa A dica é jantar e depois estender a noite na pista. O La Villa é um típico club glam da Europa, na linha restaurante com pista. As modelos que vivem em Paris adoram a casa, os meninos do high também. A música é pop para dançar. Para entender o clima, passe pelo facebook da casa, facebook.com/LaVillaParisOfficial.

Pista

le Baron É um pequeno club com uma imensa reputação na cena noturna da cidade, desde 2004. O sucesso é tanto que um de seus sócios, André Saraiva, importou o conceito para Nova York e Tóquio. Antes do Le Baron, ele comandava o (não mais fervido) Paris Paris com o sócio Lionel Bensemoun. No tempo livre, exerce a profissão de designer gráfico e artista plástico com colaborações para marcas como Louis Vuitton e revistas como a L’officiel hommes. É o homem da noite da cidade luz. clublebaron.com

bobstore 126

Clubs e casas noturnas para dançar, ver e ser vista. Paris é mesmo uma festa nessas pistas de dança...


STA raspoutine Antes das 11 horas da noite, o clima esquenta com shows de dançarinas burlescas e engolidores de faca. Soa bizarro lendo, mas na casa decorada com mood russo (viva o veludo vermelho) as performances fazem todo sentido e são incríveis. Depois, a pista abre, sempre com um top DJ no comando do som. A pista ferve e as garotas (a vibe é jovem) capricham nos modelos e na ousadia. Para evitar o constrangimento de ser medida pela hostess (sim, essa parte é bem anos 90), aproveite para jantar por ali e depois emendar a noite. raspoutine-paris.com

soCial CluB O club apresenta apresenta os principais e mais inovadores DJs de eletro e house. É lugar para dançar, dançar e dançar. O público é interessado em novidades da cena eletrônica e (também) só quer saber da pista, que é pequena e traz cubos de neons no teto. Para chegar nela, é preciso encarar fila e um lance de escada. Vale a pena se a ideia for a diversão e mais nada. Ideal para ir com (muitos) amigos. parissocialclub.com

+

le montana Desde 2009, a casa é comandada por um sócio da Le Baron (André Saraiva) e pelo editor da revista moderninha Purple (Olivier Zahm). Modelos, artistas alternativos, celebridades da lista A e parisienses midiáticos estão sempre na pista. O melhor é ir acompanhado daquele amigo ou amiga que mora ou vive em Paris, isso porque entrar na casa não é assim tão fácil. 28 Rue Saint-Benoît

bobstore 127


TURISMO

DAY A Day after

La loire Dans La theière Aos finais de semana, você pode encontrar fila na porta nesta casa famosa por seus pães artesanais. Se este for o caso, aproveite o tempo para decidir entre a torta de chocolate e o merengue de limão, considerados os hits do endereço que tem sofás aconchegantes e pratos em apresentações lindíssimas. 3 Rue des Rosiers - 4e

Os melhores brunchs para repor as energias e comentar as melhores cenas da noite passada...

Cru O restaurante de raw food (comida crua) tem cardápio vasto e apresenta receitas que fazem o forno parecer dispensável. Contudo, há exceções, nem tudo ali é cru como indica o nome, os chips de legumes são hits. E nem tudo é verde: os carpaccios estão no menu. As saladas são memoráveis, os molhos, idem. restaurantcru.fr

bobstore 128


AFTER rose Bakery Saladas, risotos, sanduíches, bolos e tortas feitos com ingredientes orgânicos comprado de pequenos produtores dos arredores de Paris. Aqui, você encontrará opções saudáveis e saborosas em um ambiente minimalista e charmoso frequentado por quem cuida da saúde sem dispensar a boa gastronomia. 46 Rue des Martyrs - 9e

le floors Se a last night foi tão animada que seguiu pela manhã, dá para pular o brunch e partir direto para um almoço. E para quem quer continuar com o pé na jaca a dica está neste endereço moderninho especializado em hambúrgueres. Quer algo mais saudável? Escolha a Rose Bakery ou o Cru. lefloors.com

le fumoir Poucos lugares podem ser reconhecidos por sua excelência nas três refeições e no happy hour, este é o caso do Le Fumoir, que serve o brunch mais esplêndido e o martini mais desejado de Paris, segundo a revista Times. Fica bem perto do Louvre e, curiosamente, não é lotado de turistas. lefumoir.com

bobstore 129


bob indica

Preciosidade Parisiense

Construído em 1928 para hospedar Edward VIII durante suas temporadas em Paris, o hotel Prince de Galles é uma joia art déco totalmente restaurada, com quartos modernos e restaurante estrelado na melhor região de Paris

Foto

O Prince de Galles é uma joia do estilo art déco lapidada por André Arfvidson em 1928. Mas não é só esse predicado que faz do hotel o lugar perfeito para se estar em Paris. O serviço e a localização impecáveis, mais o conforto extremo, completam os atrativos do lugar, totalmente restaurado e reinaugurado em maio deste ano. A tarefa de recuperar e modernizar o prédio situado no número 33 da Avenue George V (colada à Champs-Élysées e aos principais pontos da capital francesa) ficou a cargo do renomado grupo de arquitetos da ERTIM Architectes e levou dois anos. O resultado é esplendido como mostra o pátio interno do hotel, onde está um mosaico-obra-de-arte que é um autêntico exemplar art déco. Nesse pátio encontram-se as áreas externas do restaurante do hotel (sempre muito bem resenhado, de original gastronomia francesa, comandado pela renomada chef Stéphanie Le Quellec) e do bar Les Hauers. Os dois espaços são assinados pelo arquiteto Bruno Borrione (ex-pupilo e grande parceiro de Philippe Starck) e, a saber, ali, o staff veste uniformes desenvolvidos pela Maison Rochas. Indo das áreas comuns para as privativas, o mood permanece o mesmo, mas ganha nova interpretação. É Pierre-Yves Rochon – premiado arquiteto de hotéis, como o The Savoy, de Londres – o autor dos quartos do Prince de Galles, criados a partir da ideia de reproduzir o aconchego e a elegância característicos dos aposentos de hóspedes de residências de extremo luxo da França. Funciona: a impessoalidade passa longe das acomodações, que são lindíssimas, donas de amplas janelas e de banheiros feitos com mármore negro Saint-Laurent. No total, o Prince de Galles conta com 115 quartos de diferentes estilos, 44 deles art déco autêntico e restaurado. O destaque máximo, é claro, está no topo, no chamado Appartement Parisien, um duplex com 165 metros quadrados, terraço exclusivo e vista emocionante de Paris (sim, sim, Torre Eiffel inclusa). Há ainda salão de beleza e sala de ginástica no hotel criado originalmente para receber Edward VIII, o príncipe de Gales (interpretado por Guy Pearce no filme O Discurso do Rei, que traz Colin Firth como George VI) nos idos de 1928. Na época, o filho do rei George V costumava passar uma temporada anual em Paris. Marlene Dietrich era outra assídua do hotel, que hoje recebe todos seus hóspedes como se fossem príncipes ou divas do cinema. Não à toa, o endereço do grupo Starwoods é merecedor do selo “a luxury collection Paris”. princedegallesparis.com

bobstore 130


bobstore 131

Fotos Divulgação


GASTRร”

Paris 6 X 6

Especialmente para BOBSTORE, o restaurateur Isaac Azar, do Paris 6, indica os seis endereรงos mais saborosos de Paris. Inclua em seu roteiro e bom apetite!

bobstore 132


Fotos Divulgação

Poucos brasileiros conhecem tão bem o roteiro gastronômico da capital francesa como o empresário Isaac Azar. Há cinco anos, inspirado pelo emblemático café parisiense Procope, ele inaugurou o seu Paris 6, um verdadeiro sucesso no coração dos Jardins, em São Paulo. Com cardápio impecável, charme e essência de bistrô, a casa acompanha o ritmo paulistano e nunca fecha suas portas. Funciona 24 horas. Durante o jantar e a madrugada recebe boêmios e artistas contemporâneos de todas as cenas; no almoço, fashionistas ocupam as mesas; no café da manhã, os esportistas vão ali para recuperar o fôlego e a energia com o saboroso buffet. Como manda a tradição europeia, Isaac recebe todos os perfis de clientes com simpatia. É um apaixonado pela cultura da gastronomia e todas as suas nuances, por isso, foi escolhido por BOBSTORE para indicar os seis endereços mais mais da cozinha francesa em Paris. Siga as dicas do especialista e inclua novos sabores e momentos em sua memória afetiva. Em tempo, Isaac aponta o Musée d’Orsay, o Centre Georges Pompidou e o Musée Rodin como outros CEPs imperdíveis da cidade luz. Comida, afinal, é arte. E o empresário sabe bem disso. paris6.com.br

bobstore 133


BASSERIE LA COUPOLE

Fundada em 1927, é um símbolo do art déco francês. Sem mais, tem que ir e sentir. lacoupole-paris.com

BRASSERIE LIPP

Faz parte do lendário trio de cafés de Saint-Germain-des-Prés (junto com o Les Deux Magots e o Café de Flore). É obrigatório pedir um poulet fermier acompanhado de uma garrafa de pinot noir d’Alsace! groupe-bertrand.com/lipp

bobstore 134

CAFÉ DE FLORE

Fica em frente à Brasserie Lipp. Era um dos cafés favoritos de Picasso. Muitos filmes foram rodados no lugar. Recomendo o confit de canard com salada verde. É bom demais! Principalmente se acompanhado por um vinho tinto Côtes du Rhône. cafedeflore.fr


LA MAISON ANGELINA

O chá da tarde acompanhado de deliciosos doces típicos é um programa imperdível! A casa fica no coração de Paris (no número 226 da Rue de Rivoli) e conta a legítima história de alguns dos maiores símbolos das docerias e dos cafés franceses, como o delicioso Mont Blanc (espécie de mousse de castanha portuguesa) e o Chocolat Chaud (chocolate quente). angelina-paris.fr

LES DEUX MAGOTS

Fica ao lado do Café de Flore. Tem um dos melhores Croque Monsieur de Paris. Vai bem com um tinto de Bourgogne. lesdeuxmagots.fr

Fotos Divulgação

PROCOPE

É o café mais antigo da França, fundado em 1686 pelo italiano Francesco Procópio. Napoleão Bonaparte era frequentador. Há cinco anos, foi o Procope que me inspirou a abrir o Paris 6. procope.com

bobstore 135


INSTA BOB

@BOBSTORE

Fotos Arquivo BOBSTORE

Os melhores registros da BOB pelos canais mais mais do Instagram. Você também e um intagram lover? Siga @bobstore e entre na onda da #bobstore

bobstore 136


bobstore 137


CIRCUITO

BOB fever Confira as melhores cenas do desfile da BOBSTORE durante o evento Rio + design + experience, que aconteceu no shopping Rio Design Barra, na cidade maravilhosa

CARMELA RIBAS E LIZANDRA SOUTO

GIUSEPPE DIOGUARDI, VANESSA GIACOMO E TICO SAHYOUN

BRUNO GISSONI

CAIO RIBEIRO E TIAGO LEIFERT YANNA LAVIGNE

bobstore 138

Fotos Arquivo BOBSTORE

ANNA FASANO


marina ruy barbosa

bobstore 139


lifestyle

from paris to everywhere Saiba sobre o estilo de vida cigano e cool que está mudando os hábitos de consumo e a interpretação da moda e do glamour _Por Flavia Brunetti _Fotos Victor Collor

Referência: Inês Coelho, jornalista, empresária, fundadora e diretora da rede social The Connect Club (theconnectclub. com), faz parte do seleto grupo de Gypsetters que rodam o mundo em busca de destinos não óbvios. Especialmente para BOBSTORE ela posou para as lentes de Victor Collor em Bedford, NY.

bobstore 140

Cardigan La Palma Blusa Nova York Recorte Renda Calça Skinny Print Colar, Pulseiras e Anel acervo BOBSTORE


Blusa Sopro Saia Sopro Lenços e Pulseiras acervo BOBSTORE

Camisa Esperance Lenço, Pulseiras e Colares acervo BOBSTORE

Gypsetter é um termo resultante da junção das palavras, em inglês, gypsy (cigano) e jet setter (nome dado aos bacanas que circulam em esquema VIP pelo mundo). Foi inventado em 2009 pela jornalista e estilista americana Julia Chaplin. “Estava desiludida com o jet set e resolvi buscar alternativas descobrindo points de surf nos lugares mais escondidos. Para chegar a eles, fui perguntando para pessoas que viajam muito e que eu admiro”, contou a novaiorquina com exclusividade para a revista BOBSTORE. A nomenclatura gypsetter é nova, mas o estilo de vida já existe desde a década de 70, quando surgiu em Ibiza, como continuidade de eventos que já aconteciam na Tailândia e em Goa, na Índia. Aqui no Brasil, destinos como Trancoso, na Bahia, décadas atrás, passando por Alto Paraíso, na chapada dos Veadeiros, já foram território dessa tribo. Hoje os gypsetters os consideram lugares muito turísticos ou território de banqueiros e grandes empresários. Os atuais e ideais spots gypsetters unem beleza natural, cultura local interessante e o menor índice de exploração turística ou comercial possível. “Quanto mais longe e ‘untouched’, melhor! Muitas vezes artistas e freelancers descobrem esses destinos e se mudam para lá e, lentamente, vão atraindo os gypsetters”, conta de Bali Rita Bastos, ex-modelo portuguesa, hoje designer de acessórios, que já viveu em vários países do mundo. Ser um gypsetter não significa, necessariamente, ser rico ou ter muito dinheiro. Então, como essa turma se sustenta? Eles são geralmente artistas plásticos, ativistas, modelos, jornalistas, escritores... pessoas com profissões mais criativas e livres quanto à posição geográfica. Podem, é claro, ser herdeiros, mas sempre muito mais ligados à arte do que ao mercado financeiro. E vivem mais de contatos do que propriamente pagando por todo o luxo que usufruem. bobstore 141


lifestyle

Adepta: a ex-modelo Rita Bastos leva uma vida nômade e supercool. Atualmente, ela vive em Bali.

“Muitas vezes artistas e freelancers descobrem esses destinos e se mudam para lá e, lentamente, vão atraindo os gypsetters” julia chaplin bobstore 142

Fotos Divulgação e na página ao lado Brian Hodges e Assouline

Cardigan Morelia Cardigan Panamá Brinco, Pulseiras, Colar e Óculos acervo BOBSTORE


“Subalugue seu apartamento e use todo o dinheiro para viajar. Tenha amigos que te convidem para suas casas pelo mundo”, nos ensina Julia, a maior gypsetter de todas, que nomeia a modelo Raquel Zimmermann como a mais fiel tradução desse estilo no Brasil. “Para quem é considerado um gypsetter, viajar não é apenas sinônimo de descansar. É precisamente o contrário: quando eu viajo me conecto muito mais com o mundo!”, conta Inês Coelho, que faz parte dessa tribo e ilustra as páginas desta matéria vestindo BOBSTORE. “É um estilo de vida, não somos hippies, trabalhamos! E o verdadeiro luxo está na experiência de encontrar lugares paradisíacos, praias preservadas, comida local e peças originais que levamos para os nossos closets. Viver para nós é a fusão de tudo isso”, explica Inês. Adeptos do estilo back to basis, os gypsetters valorizam as coisas simples da vida, levantam a bandeira do resgate à espiritualidade, do bem-estar proporcionado pelo contato com a natureza, dos benefícios dos alimentos orgânicos e são contra o consumo desenfreado. Um exemplo famoso é Isabel Marant, uma das estilistas cool do momento, que tem suas peças disputadas pelas maiores it-girls do mundo. Ela vive numa casinha de campo rústica e cheia de estilo nos arredores de Paris, às margens do rio Loing, em Fontainebleau. A casa que divide com o marido, o designer de acessórios Jérôme Dreyfuss, está sempre cheia de amigos, com quem tomam vinho enrolados em cobertores, passeiam de canoa, sem nenhum dos confortos modernos como eletricidade, calor e encanamentos. Na moda, os seguidores desse estilo de vida prezam, acima de tudo, o conforto das roupas mais fluidas e dos tecidos naturais. Mas, sem dúvida, o étnico é um estilo inerente à vida gypsetter. “Não só porque é prático viajar com pouco e comprar peças étnicas locais – que normalmente são muito especiais e com um trabalho manual fantástico –, mas também porque um gypsetter procura sempre ter peças únicas e com alma, com uma história”, diz Rita, a ex-modelo que hoje vive em Bali. “A palavra-chave é conforto e saber apreciar a simplicidade com os mesmos olhos que se aprecia o luxo”, completa Inês, direto da cidade de Bedford, a 40 minutos de Nova York, onde seus retratos foram feitos especialmente para BOBSTORE. “O segredo é saber misturar acessórios trazidos de viagens, como brincos chandelier feitos na Índia ou pulseiras achadas nas feiras de Instambul, algo artesanal ligado à cultura local, e colocar em cima de peças de marcas consagradas”, continua ela, que como boa gypsetter adora lenços, muitos lenços! Portanto, fica aqui a dica da BOBSTORE para você começar a busca por seu sonho, que pode ser uma mansão, uma cabana numa praia ou simplesmente um estilo de vida diferente como o dos gypsetters. Criadora: a jornalista americana Julia Chaplin é a autora do termo Gypsetter e do livro Gypset Travel, que traz as fotos que estampam esta página


NEXT LOOK

Colete St Maarten Regata Folhagem Calça Barths Folhagem Pulseira Bottom Bracelete Flamenco Pack Myrtle Pack Marsa Clutch Margueret * Modelo Mayara Fabbri (Ford Models) Foto Paulo Reis Assistente de Foto Thiago Lepri Beleza Vicente Lujan (CAPA MGT)

Deixar o verão para mais tarde por quê? O mercado de moda, você sabe, está sempre algumas estações na frente. Para você ter uma ideia, agora, em plena primavera, a equipe de estilo da BOBSTORE já finaliza a coleção Outono 2014. Mas antes tem o verão, e o nosso nunca é menos que especial. A saber, as estampas terão destaque na próxima estação de temperaturas altas. Elas aparecerão em diversos moods. Exemplos? Espere por uma nova leitura do animal print e por um twist chique tropical, com motivos inspirados em folhagens e na natureza. Desenvolvemos também estamparias irisadas (que trazem os tons do arco-íris) e pegamos a onda da vibe havaiana, que será forte na temporada, convidando você para dias de sal e sol. No Verão 2014, a energia surf chic vai até o asfalto, com direito a modelos superfemininos criados em uma autêntica versão high fashion do neoprene das roupas dos surfistas. Por falar nos tecidos, teremos uma rica gama deles, muito leves e refrescantes, em modelos fluidos, bem construídos, em shapes ora mínis, ora longos, ora assimétricos. Quer mais? Nós também! A contagem regressiva para a estação desejo já começou. Entre no clima... bobstore 144



Revista 36 - Primavera 2013