Page 49

tados, onde cumpriu mais dois mandatos. Em fevereiro de 2003 foi eleito senador, sendo também na atualidade conselheiro da Carreira de Diplomata do Ministério das Relações Exteriores.

Photos.com

Proteção da floresta

gia e Política da Universidade Católica do Rio de Janeiro, mas não o concluiu. Estudou Teoria das Relações Internacionais, na Universidade de Brasília (UnB), e estagiou no Centro de Estudos sobre o Brasil Contemporâneo da Escola de Altos Estudos de Paris. Em 1982 assumiu seu primeiro compromisso político ao ser eleito deputado federal pelo Estado do Amazonas. Entre os anos de 1989 e 1992 exerceu o cargo de prefeito na cidade de Manaus e, posteriormente, retornou à Câmara dos Depu-

O senador Arthur Virgílio é autor do projeto de lei 460/08, em tramitação na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O projeto acrescenta dispositivo à Lei de Crimes Ambientais (9.605/98) que torna imprescritíveis e inafiançáveis crimes como desmatamento, destruição ou danos à Floresta Amazônica ou exploração econômica sem autorização e impedimento da regeneração natural da vegetação. Para o senador, existe uma sensação de impunidade por parte de quem comete crime ambiental: “Eles não temem a aplicação da lei, tendo em vista as reduzidas penas a que estariam sujeitos”. Ressalta ainda que, à exceção do artigo 40 da Lei 9.605/98, todos os delitos contra a flora possuem penas de até quatro anos somente. Nesse aspecto, a proposição legislativa 460/08 apresenta a finalidade de aumentar o rigor da repressão penal das condutas e atividades lesivas ao ambiente, de forma que a punição

Maior rigor — Está em tramitação o projeto de lei 460/08 na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O projeto acrescenta dispositivo à Lei de Crimes Ambientais (9.605/98) que torna imprescritíveis e inafiançáveis crimes como desmatamento, destruição ou danos à Floresta Amazônica ou exploração econômica sem autorização e impedimento da regeneração natural da vegetação.

BOA VONTADE |

49

Revista Boa Vontade - Sérgio Britto  

Aos 86 anos, o consagrado ator, roteirista e diretor diz que teatro é para a vida toda e não esconde a satisfação de poder inovar no palco.

Revista Boa Vontade - Sérgio Britto  

Aos 86 anos, o consagrado ator, roteirista e diretor diz que teatro é para a vida toda e não esconde a satisfação de poder inovar no palco.

Advertisement