Page 1

MS TERÁ MAIOR AQUÁRIO DA AMÉRICA LATINA NOVO LIVRO O Com uma infinidade de peixes e outros animais aquáticos, aquário está em construção em Campo Grande com término previsto para 2013 • PÁGINA 16

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

• PÁGINA NA 6

JULHO DE 2012

CIRCULAÇÃO MENSAL

ANO V - Nº 67

Após contrair leishmaniose pastor Nunes recebe cura divina

Foto: ADM Portugal

Durante os quatro meses em que permaneceu doente, pastor Nunes perdeu peso e sofreu muito, mas o Senhor falou-lhe de sua cura por profecia e, desde então, a doença sumiu. • PÁGINA 15

CONCÍLIO

Comadems se reúne e discute assuntos relevantes à igreja em Coxim

ADM NO VELHO CONTINENTE

CASCAIS TEM NOVO PASTOR Pastor Antonio Dionizio empossou pastor Jean Girard em Cascais (Portugal) e Europa deverá ganhar novo impulso e mais aproximação da ADM.

• PÁGINA 13

Missionários se reúnem em escola bíblica no Peru

• PÁGINAS 8 e 9

MISSÕES Foto: Divulgação

• PÁGINA 11

E MAIS: ARTIGO Pastor Samuel Silva esclarece sobre política. PÁGINA 2 MÚSICA Congresso de louvor leva à valorização. PÁGINA 4 NOVO Reinaugurado templo do Jardim Paulista. PÁGINA 7

PRÓ-REINO

TEOLOGIA

‘Âncora da Alma’ leva mais a Cristo

Apocalipse em final de trimestre da ED • PÁGINA 6

• PÁGINA 5

ENT ENTREVISTA

Pa Pastor Dionizio fal fala do segredo de seu sucesso m i ministerial • PÁGINA 3


2 OPINIÃO

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

PALAVRA PASTORAL

Política na visão Bíblica Pr. Samuel Silva

Pr. Antonio Dionizio Presidente ADM

Entre final de maio e meados de junho, a ADM esteve presente na Europa – onde recebemos oficialmente a igreja em Cascais (Portugal) e empossamos o companheiro, pastor Jean Girard –, também marcamos presença na Escola Bíblica em Arequipa (Peru), na igreja em Lima, na Bolívia, Chile e Paraguai, demonstrando o nosso apoio aos missionários, sem descuidar dos outros na África, Estados Unidos e países da Europa. Portanto, enquanto tivermos vida, saúde e, principalmente, a Graça dos Céus, não pararemos de investir em Missões. A Assembleia de Deus Missões está inteiramente compromissada com o alvo da Grande Comissão. O “Ide” de Jesus é imperativo e importa que nós atendamos a essa convocação que move a Igreja do Senhor. Vamos prosseguir com determinação, pois Missões é um projeto do Reino dos Céus, como mostra-nos a Palavra: “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”.

EDITORIAL Esta edição torna-se uma figura de marco incontestável da história da ADM, em função do realce de temas nela inseridos. A visão de Reino do pastor Antonio Dionizio, seguido por todos os colegas de ministério – ao menos tenta-se –, faz com que não nos falte assuntos e, dentre eles, destaques que não nos deixam nem mesmo nos lindes da pobreza editorial. As atividades do Reino, por sua abrangência impõem movimentação, indica o novo e não pouco trabalho. Portanto, os espaços são disputados por grandes realizações, como as viagens missionárias – à Europa e Amé-

67 - 3325.5678 Rua Brilhante, 1408 - Bairro Amambaí Campo Grande-MS - CEP 79005-250 decom.jpp@gmail.com

rica Latina – a Cruzada Âncora da Alma e seus resultados alvissareiros, o concílio estadual da igreja – a Comadems – com suas atividades pelo Estado, e tantas outras, que nem mesmo chegam até nós, em função da própria dimensão da Igreja do Senhor no Mato Grosso do Sul. Aliás, também fazemos valer as grandezas da Cidade Morena e dos demais centros urbanos, uma região de riquezas e, portanto, não se pode olvidar tamanha notoriedade de tantas belezas e projeções futuras e responsáveis, que podem, perfeitamente, receber a bênção da Igreja do Senhor. Conselho Editorial Antonio Dionizio da Silva, presidente Membros: Orlando Monteiro, David Tavares, Antônio Mesquita, Jacob Melo, Arthur Falcão, Cinara S. N. Tavares

O que diz a Bíblia sobre a política? Para ser honesto, não se encontra na Bíblia o termo política, ou mesmo uma definição de política, mas isso se explica: A Bíblia Sagrada não intenciona ser um manual ou um tratado sobre política no sentido restrito do termo. Entretanto, do Gênesis ao Apocalipse, a ideia de política está presente o tempo todo. A arte de bem governar e administrar com competência são exigências constantes de Deus nas páginas sagradas. À guisa de exemplo, citamos o livro do profeta Isaías, o qual é corretamente denominado pelos estudiosos de “o profeta da justiça social”. Sua reivindicação pela justiça social como resultado de uma política responsável e consciente era a reivindicação do próprio Deus que o enviara a profetizar, denunciando a ausência do senso de justiça e humanidade nos dirigentes da nação. A causa das crises e suas soluções Não é necessário ser versado em política para constatar que a causa das crises socioeconômicas, reside no fato de se estar praticando uma política viciosa. São inúmeros os vícios que marcam o modelo de política estabelecido, entre os quais se destaca a corrupção e o tão constrangedor favoritismo. A maioria dos líderes políticos está dirigindo o povo sem Deus e sem a Bíblia! Ora, dizemos sem medo de errar que o maior e o melhor modelo político para o cristão estão na Bíblia Sagrada, conforme Deuteronômio 17.15,17-20. Alguém pode censurar-nos e dizer que tentar aplicar o modelo que a Bíblia estabelece para a política, baseado no temor de Deus, parece algo impraticável nesses tempos pós-moderno. A nossa resposta é que para a formação de uma consciência política, baseada no ponto de vista divino basta continuar lendo a história dos reis de Israel. Os reis que governaram sob o temor de Deus e em obediência à Sua Palavra foram bem sucedidos, agregaram riquezas ao país, e o Senhor livrou dos inimigos. Portanto, o segredo de uma política eficiente não está na forma de governo (monarquia ou democracia) e nem no regime político (parlamentarismo ou presidencialismo), mas na aplicação prática dos princípios morais e civis da lei de Deus. Jesus, Pedro, Paulo e o poder político O maior conceito de política que a Bíblia nos apresenta foi dado pelo Senhor Jesus. Certa feita o Mestre foi interpelado por pessoas mal intencionadas sobre a questão do pagamento de impostos ao imperador romano, conforme Mateus 22.15-22. Em outras palavras o Mestre queria dizer: Sim, devemos pagar imposto. Honrar a Deus não significa desonrar o imperador! A desobediência civil é justificada na Bíblia somente quando as autoridades intencionalmente se opõem a Deus para cometerem injustiças (cf. At 4.18-19). E se a desobediência civil não fosse justificável somente nesse sentido, os apóstolos Pedro e Paulo jamais insistiriam em suas epístolas pela obediência às autoridades (1Pd 2.13-14; Rm 13.1-7 e Tt 3.1-2). É interessante o apelo apostólico porque Pedro e Paulo e as igrejas a quem eles se dirigiam viviam, naquela época, sob o governo déspota e tiranos imperadores romanos. Porém, a recomendação de deveres não era pelo que o imperador e as demais autoridades significavam em si mesmos, e sim, porque ocupavam a posição político-administrativa instituída por Deus. Caso haja alguma dificuldade em aceitar esta verdade, vejamos o que o Senhor Jesus disse nessa questão específica do poder político, na ocasião do seu julgamento. Pilatos disse a Jesus: “Não sabes que tenho autoridade para te soltar, e autoridade para te crucificar?”, a resposta do nosso Senhor foi: “Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima (de Deus) não te fosse dada”, Jo 19.10-11. Jesus poderia estar sugerindo a Pilatos que por causa dessa autoridade vinda de Deus é que os políticos devem tratar o povo com justiça e respeito. O propósito da política segundo a Bíblia De acordo com a Bíblia, a política em si é boa porque foi instituída por Deus como instrumento para a promoção da justiça social, para promover o bem-estar público, para o estabelecimento da ordem social. As autoridades receberam da parte de Deus o poder da espada para a defesa dos bons e castigo dos maus. A impunidade desonra a Deus. Leia Esdras 7.25-26. O cidadão do Céu e a política O cristão, conquanto seja um cidadão do Céu, antes disso ser consumado é cidadão na terra. Portanto, é necessário enquadrar-se nas leis que rege a nação e cumpri-las, como um bom patriota. Os deveres civis se aplicam a todos os cidadãos, independente de sua cor, religião ou situação econômica. O Senhor Jesus orientou os seus discípulos a serem bons cidadãos, cumpridores das normas instituídas. E como luz do mundo (cf Mt5.13-16), ao invés de nos escondermos enquanto luz, Jesus nos orienta a nos expormos ainda mais, afim de iluminar o ambiente. Nessa vertente é nosso dever exercer a nossa cidadania. Breve os cidadãos brasileiros irão exercer o seu poder de voto. O direito político é extensivo a todos. Isto significa que qualquer um pode também candidatar-se. Cabe a cada eleitor cristão, dentro de suas convicções, escolher para representá-lo aquele que pauta a sua conduta de acordo com a Bíblia Sagrada. E nesse quesito a Bíblia orienta claramente: “Porás certamente sobre ti como rei aquele que escolher o Senhor teu Deus; dentre teus irmãos porás rei sobre ti; não poderás pôr homem estranho sobre ti, que não seja de teus irmãos”, Dt 17.15. Soli Deo Gloria! *Pr. Samuel Silva é secretário de Relação Pública da Comadems e diretor do Isercamp.

Flor e Suziney Santana. Diretor Decom-ADM Antonio Mesquita - Mtb 350.02.78 Editoração Eletronica Arthur Falcão

Projeto Gráfico Vladimir Malfará Colaboradores Miguel Angelo Quevedo Samuel Silva Daniel Almeida

Tiragem 5.000 Os artigos assinados não representam necessáriamente a opnião deste jornal


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

ENTREVISTA

3

Pastor Antonio Dionizio da Silva F t Alexis Foto: Alexiis Prappas Alex Al Pr P appas pp

De ministério mi ascendente na representatividade eclesiástica é um homem que detém eclesi a rara habilidade de unir a visão à competência

Natural do Rio Grande do Norte, pastor Antonio Dioniozio da Silva, pastoreou igrejas em Vitória, onde iniciou sua carreira ministerial com o saudoso pastor José de Souza Reis. Foi secretário da igreja, professor de ED, líder de jovens, tesoureiro, co-pastor e ainda secretário da Cadeeso. No Espírito Santo casou-se com a jovem capixaba, Elizabeth Souza da Silva, com quem teve os filhos Lóide, Quésia e Elizeu. Homem de confiança do pastor Reis, foi convidado posteriormente pelo mesmo a mudar-se para Rondônia. Tornou-se vice-presidente da igreja no Estado e após a morte do pastor Reis, foi empossado como pastor-presidente da igreja em todo o Estado. Na mesma época, passou a conviver com líderes nacionais das ADs no Brasil. Desde então, sua ascensão ministerial não mais parou. Em 1991, a convite, assumiu a Assembleia de Deus em Campo Grande (MS) e a Convenção estadual (Comadems). Desde então, a igreja experimentou amplo crescimento, reflexo da bênção do Senhor, confirmação de seu ministério e a dinâmica de um homem que aprendeu a confiar no Senhor e manter-se como visionário para uma igreja crescente.

Pastor Dionizio e sua esposa Missionária Elizabeth

BN - Como ocorreu o ministério e seu crescimento em sua vida e quais eram os seus objetivos? Pr. AD - Quando iniciei o meu ministério não sabia o que poderia acontecer, pois era jovem, com pouco mais de 20 anos. Pastoreei em Vitória e Anchieta alguns anos..., construímos igrejas e nunca tive pretensões e este tem sido o meu foco. Quando fui para Rondônia recebi o convite para ser o vice do pastor Reis. Depois ele faleceu e tomei posse da igreja, praticamente sem me dar conta do que estava acontecendo. Naquela época, o presidente da CGADB era o pastor Manoel Ferreira e pastor Reis já havia dito-me que pretendia falar com o presidente nacional de seu desejo de jubilar-se, mas faleceu antes. Rondônia contava com seis congregações e cerca de 500 a 600 crentes. Havia uma obra inicial de construção imensa do templo e da casa pastoral e muitos outros desafios. Na mesma ocasião, conheci de perto pastor Alcebíades Vasconcelos. Foi por ele que me levou para o Conselho da CPAD, embora quisesse mesmo é apresentar-me na CGAD, como candidato dele. Eu estava com pouco mais de 30 anos e era o mais jovem a assumir uma igreja na capital e também o Conselho Administrativo da editora assembleiana – a CPAD. BN - Quais foram os desafios no Mato Grosso do Sul? Pr. AD - Quando chegamos tínhamos o projeto para construir 100 templos em 10 a 15 anos. Foi difícil. Não havia setores e presbíteros e diáconos dirigiam congregações. Em algumas situações eram igrejas maiores que a de um pastor. Com isso, havia diáconos que queria ter mais voz que um pastor. Havia muitos conflitos, mas fomos administrando a situação até definir por completo as situações controvérsias. Além disto, tínhamos de construir o templo, mas não havia

meios, pois o nosso projeto era para 100 e hoje estamos com mais de 200, mas se computarmos o interior, esse número chega a cerca de 300 igrejas ligadas à região eclesiástica de Campo Grande. BN - Missões tem sido um alvo constante na vida do irmão... A igreja está em vários continentes do mundo. E agora o que resta? Pr. AD - A igreja mantém hoje cerca de 100 famílias, na América Latina, América do Norte, África e Europa. Não me sinto ainda realizado ministerialmente. O meu desejo é fazer ainda mais. BN - O que leva o irmão a preservar a dinâmica do Reino, notória em suas atividades? Pr. AD - No dia em que perder o apetite espiritual, não tiver mais vontade de fazer a obra do Senhor, ficar estático e perder a visão do Reino de Deus, paro. Entretanto, por enquanto mantenho a missão que o Senhor pôs em meus ombros. Quero manter-me dentro da oportunidade que Ele me deu e terminar a carreira conforme a visão do apóstolo Paulo: Terminar a carreira a mim proposta e guardar a fé. Também porque acredito que Jesus Cristo está voltando. Só peço saúde e Graça para continuar nesta dinâmica. BN - Qual o segredo de um ministério bemsucedido? Pr. AD - Quando estava aqui havia somente um ano, fizeram esta mesma pergunta... O temor a Deus é o ponto fundamental para o sucesso na vida ministerial, além de ter fé e confiar inteiramente na sua chamada, pois a visão é Deus quem dá. O temor é o princípio da sabedoria, como preconiza a Palavra. Foi justamente isso que o Senhor falou-me ao usar uma pessoa que, mesmo sem conhecer-me, passou a revelar os segredos de minha postura diante do Senhor. Ela disse-me: - Continue assim.

BN - Tendo em vista as filosofias pós-modernas e que buscam alterações da ética humana, qual é a sua postura com respeito a questões de preservações, que dizem respeito à moral e dignidade humanas, conforme preconiza a Igreja de Cristo? Pr. AD - Hoje existem muitas linhas, como a igreja emergente, pós-moderna, igreja com tendências, pragmática, que não tem um norte, algo concreto... O pragmatismo é coisa do momento. A igreja não pode fugir de sua origem, de seus princípios. Temos que contextualizar sim, pois não podemos viver no tempo de Noé, de Abraão..., mas sem jamais agredir a doutrina da Palavra e não nos prender a coisas que nada tem que ver com as verdades que fundamentam a fé cristã. Nas épocas passadas, não se contava com a mídia como temos hoje e temos de aproveitar os meios, como forma de comunicar o Reino de Deus. O mundo não deve entrar na igreja e temos de combater tudo o que diz respeito às práticas pecaminosas, quando se foge do aspecto bíblico. Não podemos estacionar no tempo. O próprio Senhor Jesus, quando distribui os talentos, indica-nos o sistema de três gestores com atitudes diferentes, conforme a capacidade de cada um. Mas Ele determinou um prazo. É dentro dessa visão, que devemos caminhar. Ele nos deu algo a fazer e por isso o meu segredo é trabalhar. Tenho que realizar a tarefa que Ele mesmo me deu. BN - Qual é a sua postura diante de todas as bênçãos alcançadas? Pr. AD - A Ele toda a honra, glória e louvor, pois Ele mesmo disse: “Sem mim nada podeis fazer”. Agradeço a minha família, esposa Elizabeth, que o Senhor me deu-me, louvo-o, pois toda a minha família está na Casa do Senhor, servindo-o. A todos os colegas, pois gosto de trabalhar em equipe, outro fato que o próprio Senhor nos ensina. Levei 5 anos, mas consegui formar uma boa equipe aqui em Campo Grande, dentre os que estão aqui e outros na região e em outros locais.


4 DINÂMICA

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Jovens arrecadam alimentos Mais de 3 mil jovens se envolvem na arrecadação de toneladas de alimentos e agasalhos Foto: Decom-ADM-Campo Grande (MS)

Foto: Ramão Colmam

Jovens se envolvem por completo e se destacam com ações sociais pró-sociedade campo-grandense Da Redação

A 2ª Gincana arrecadou mais de 10 mil agasalhos, 3 toneladas de alimentos, registraram 300 doações de sangue e recolheram mais de 300 quilos de pilhas e baterias. Os donativos serão entregues ao Centro de Recuperação de Dependentes Químicos Minha Esperança e à comunidade carente da periferia de Campo Grande.

Mais de três mil jovens da União de Mocidade das Assembleias de Campo Grande (Umadecamp), segundo os organizadores, enfrentaram o frio e participaram da 2ª Gincana Gospel de Campo Grande, dia 7 de junho, no Parque das Nações Indígenas. O evento, além das provas físicas, de corridas, equilíbrio, habilidade e psicológicas como montar um quebra-cabeça de 500 peças e des-

vendar um enigma bíblico, tem o objetivo social de arrecadar alimentos, agasalhos, doações de sangue e recolher material que contaminam o meio ambiente. Para animar a juventude varias bandas locais, tocaram durante o dia, à noite o encerramento foi com a Cantora Gabriela Rocha. “Este é um evento que reúne jovens de todas as regiões de Campo Grande, apesar do frio a participação foi muito

Unelo marca história na ADM Oficinas em congresso ajuda no aperfeiçoamento de músicos

Foto: Arthur Falcão

Durante os dias 22 e 23 de junho centenas de jovens envolvidos no louvor congregacional, estiveram no primeiro congresso de louvor – Unelo Celebra “A excelência na Adoração”. O evento contou com a participação do ministério de louvor Vineyard Brasil de Piratininga – SP e do pastor Domício Junior da Primeira Igreja Batista (PIB) em Campo Grande – MS. Na sexta-feira com a igreja repleta de jovens, o pastor Domício Junior trouxe uma mensagem sobre o exemplo da mulher pecadora, onde sua coragem, ousadia e determinação foram determinantes em sua vida. Ao fim do culto o ministério Vineyard Brasil veio ao altar para adorar junto com a igreja. Cerca de 100 jovens participaram do workshop realizado no sábado à tarde, com a equipe Vineyard Brasil e Domício Junior que trouxeram suas experiências na área de louvor congregacional.

ADM Teen realiza culto em Colégio Militar Da Redação

Congresso de louvor leva à meditação de conceitos bíblicos de adoração e que produzem enlevo espiritual Da Redação

boa, é a segunda edição que realizamos este ano, o tema é Uma Geração em Busca da Excelência, pois é um momento de comunhão e ajuda ao próximo também, ou seja, temos um objetivo espiritual, mas social também”, comenta o presidente da Umadecamp pastor e vereador Lidio Lopes. “Este evento foi preparado com muito carinho e tínhamos uma expectativa muito grande por ser essa a segun-

No sábado à noite o evento contou com a participação da equipe de louvor Adorando o Rei, da ADM central, que levou a igreja a declarar a dependência de Deus. Em seguida o ministério Vineyard subiu ao altar, trazendo canções que aproximam a criatura do criador. O pastor Domício Junior ministrou sobre os verdadeiros adoradores. Para Domício, “marcar a história neste primeiro congresso, foi muito bom, pois ampliar o conhecimento de pessoas para o serviço no reino de Deus é gratificante”. Ao fim deste primeiro congresso, o presbítero Edvardes Araújo agradeceu a todos os colaboradores, familiares e principalmente a Deus, “foi muito difícil realizar este congresso, mas para a gloria de Deus a semente foi plantada. No próximo ano esperamos superar as expectativas novamente”, salientou.

da dessa natureza, mas Deus abençoou e aprovou o nosso trabalho. A participação da mocidade foi excelente e também a participação da igreja. A gincana foi muito disputada e venceu a equipe que conseguiu uma boa regularidade durante as provas, mas todas as equipes estão de parabéns”, ressalta Lidio Lopes. O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad Filho passou pelo local e parabenizou a igreja pela iniciativa de fazer com que os jovens se conscientizem de sua responsabilidade social e aproveitou para entregar o prêmio de R$ 2 mil reais à Equipe Roxa, vencedora e R$ 1 mil e R$ 500 ao segundo e terceiro colocados, respectivamente. Já o promotor de Justiça da 27° Vara da Infância e Adolescência de Campo Grande, Sérgio Harfouche em sua participação, lembrou aos jovens da luta contra as drogas e a necessidade de o jovem se apegar a Deus, para que tenha uma vida bem sucedida. “Escolhi este caminho com 19 anos e não me arrependo. Sou abençoado e tenho uma família abençoada. O jovem que quer ser bem sucedido deve andar pelos caminhos da Palavra de Deus”, alertou Harfourche.

No primeiro culto, realizado no Colégio Militar em Campo Grande, cerca de 130 pessoas, entre pais e adolescentes, compareceram ao auditório para a adoração Deus. Durante o culto, houve uma palestra sobre relacionamento, com a psicóloga Rosilene Gisoato, que orientou pais e adolescentes a como proceder em seus relacionamentos diários, baseado em conceitos bíblicos. O culto, realizado no dia 31 de maio, foi programado pelo Departamento de Adolescentes da ADM- Central (ADM Teen). O projeto é uma parce-

ria entre o Núcleo de Alunos Evangélicos do Colégio Militar (NAE) e a ADM Teen, liderada pelo presbítero Ângelo Augusto dos Santos. Segundo Ângelo, a intermediação para a parceria foi efetivada pelo subcomandante do colégio, coronel Paulo Cleto da Silva Filho, que falou aos membros do NAE sobre as atividades desenvolvidas pela ADM Teen e viu a oportunidade de somar forças pró-Reino de Deus. De acordo com a diretoria dos adolescentes, o evento será realizado uma vez por mês com o intuito de levar os adolescentes a se envolverem com a obra de Deus.

Foto: ADM Teen

Pais e adolescentes participaram do evento


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

FATOS

5

ANUNCIAÇÃO

Cruzada alcança mais 17 almas Avivamento no domingo de manhã, resulta em vidas renovadas e batismo no Espírito Santo Fotos: Decom - ADM

Da Redação

Mais 17 almas se rendem a Jesus e confirma o objetivo de expandir o Reino de Deus, por meio da Cruzada Âncora da Alma. Nos dias 23 e 24 de junho, a cruzada realizou mais uma atividade evangelística no bairro Tiradentes, com a igreja do Setor 6 – Tiradentes, dirigida pelo pastor Giuliano Stephanini, que serviu como base para a coordenação do evangelismo. Antes da realização da cruzada, os membros do grupo evangelístico e membros da igreja, visitaram casas no bairro com distribuição de folhetos e convites para o evento e muitas pessoas compareceram no sábado na cruzada, à Rua Barão de Ubá. De acordo com supervisor do Departamento de Cruzadas, pastor José Nunes, Deus tem operado maravilhas nos bairros por onde passaram. “O apoio das igrejas nos bairros facilita bastante a aproximação à população, que precisa ouvir do amor de Cristo”, observou pastor Nunes. O evento na noite de sábado, contou com a participação do cantor João Carlos, do conjunto do Círculo de Oração e da mocidade do Setor 6 e também participaram do evangelismo. O evangelista Vanilson de Souza ministrou a Palavra de Deus para aqueles que nunca tinham ouvido falar de Cristo. Após a pregação 17 pessoas aceitaram Cristo, além de outras que se reconciliaram.

Realização da Cruzada Âncora da Alma contempla a igreja com 17 almas, reconciliações e renovação espiritual

No domingo pela manhã, foi realizado na sub-sede do Tiradentes, um culto de avivamento com a participação de toda a igreja, o preletor foi o pastor José Nunes. Houve cinco pessoas batizadas com o Espírito Santo, entre crianças e adultos e a manifestação da glória de Deus sobre todos. “Para que este trabalho fosse realizado, entregamos três mil folhetos durante a semana, 30 cartazes foram pregados em estabelecimentos comerciais da região e três motos equipadas com som, anunciaram o evento de quinta-feira à sábado, pelo bairro”, destacou pastor José Nunes.

O mover do Espírito Santo impactou a igreja, batizando, curando e renovando

Congresso de Missões impacta vidas no Bom Jardim Todos os departamentos da igreja se mobilizaram para ajudar na realização do congresso de missões Da Redação

Com a proposta de conscientização missionária o Setor 11 – Bom Jardim, realizou entre os dias 15 e 17 de junho o 2º Congresso de Missões. Para o secretário de Missões do Setor, pastor Carlos Jorge Rodrigues da Silva “a expectativa da secretaria era uma, mas Deus os surpreendeu fazendo coisas tremendas”. O tema com base em Romanos 13.11, em que apóstolo Paulo traça reflexão sobre a necessidade de despertarmos do sono espiritual, destacou-se durante a celebração. Segundo o secretário, durante os dias do evento, Deus manifestouo seu poder renovando o amor pelas almas. De acordo com o pastor Carlos Jorge foram distribuídos dois mil folhetos evangelísticos nas imediações da congregação. Jovens e adolescen-

tes mobilizaram a cantina beneficente, mostrando comprometimento com a obra missionária. A festividade contou com a participação do pastor Leidir Ribeiro, presidente da Assembleia de Deus em Três Lagoas (MS). Ele pregou na sexta-feira (15 de junho) e levou a igreja a despertar a visão missionária e o amor pelas almas. No sábado, o preletor foi o vice-presidente da Assembleia de Deus em Campo Grande, pastor Orlando Monteiro. Ele evidenciou vários testemunhos vividos no campo missionário. No domingo, pastor José Anselmo da Silva, supervisor do Setor 10 – Santo Amaro, ministrou a Palavra Missões Nacionais e Internacionais é uma dos pujantes trabalhos da ADM na manhã missionária e levou os fiéis ao entendimento sobre a obra mis- o 2º vice-presidente da ADM, pastor José Nunes de Andrade, que contou suas experiências com Missões e mostrou à igreja a necessidade de despertar-se para sionária. No domingo à noite, o preletor foi cumprir o chamado de Jesus.


6 CULTURA

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Seminário marca final de trimestre Panorama sobre Final dos Tempos concluiu o trimestre de Escola Dominical

Foto: Elen Mesquita

Pastor Lauri falou sobre as Últimas Coisas, a partir daquilo já revelado e do que acontecerá Da Redação

O

tema Escatologia (Doutrina das Últimas Coisas) esteve presente todos os domingos pela manhã nos estudos da Escola Dominical no segundo trimes-

tre de 2012, nas classes Jovens e Adultos. Para marcar o encerramento do respectivo trimestre, a Superintendência da Escola Dominical, liderada pelo pastor Samuel Silva, promoveu um estimulante Seminário

Panorâmico do Apocalipse. Pastor Lauri Franco Villas Bôas, da AD em Bonsucesso, subúrbio do Rio de Janeiro, ministrar o tema. Durante todo o período da manhã, o templo estava repleto de fiéis que queriam

ampliar conhecimentos sobre o Apocalipse. Com peculiaridade ímpar e graça, o referido preletor expôs com muita graça o tema. Também não faltou-lhe sabedoria e coerência nas questões reservadas. Suas exposições sobre o Tempo do Fim situou a igreja em muitos pontos difíceis de entender numa simples leitura do livro do Apocalipse. Após, foi servido no salão de festas da igreja um almoço gratuitamente para aproximadamente quatrocentos presentes ao Seminário. A Superintendência da Escola Dominical, por meio do pastores Samuel Silva, Oséias Viana e Arildo Santos se utiliza desse espaço para agradecer publicamente a Deus pelos objetivos alcançados, que não eram outros senão promover, através da Escola Dominical o ensino genuinamente bíblico e a

comunhão fraterna entre todos os alunos desta que é a maior e melhor escola do mundo! Expressa ainda os agradecimentos ao apoio irrestrito que o pastor Antonio Dionízio tem dado a iniciativas como esta, privilegiando sempre a busca do conhecimento da Palavra de Deus. Finalmente, aproveita o ensejo para convidar a todos que ainda não são matriculados para fazê-lo já no próximo domingo e tornar-se um aluno assíduo da Escola Bíblica Dominical. Por ela, a igreja congrega famílias e, com isso, fortalece o relacionamento entre pais e filhos, enquanto as crianças crescem na disciplina do Senhor e os casais aperfeiçoam a vida conjugal. Portanto “sirva a Deus com excelência e participe da Escola Bíblica Dominical”, conclui pastor Samuel Silva.

Li e recomendo Pr. Samuel Silva

O MUNDO DAS PALAVRAS

De forma humorada o pastor Antônio Mesquita aborda com muita propriedade um assunto que interessa tanto a quem escreve quanto a quem le, isto é, O Mundo das Palavras. A obra desde o seu início aguça tremendamente a curiosidade do leitor. Cada palavra está carregada de informações pertinentes ao vocábulo em questão tais como a sua etimologia, a progressão do seu uso, quando é inconvenientemente usá-la etc. No universo de palavras abordadas, algumas são curiosíssimas. Como exemplo citamos a palavra bigode e o contexto de sua valorização, isto é, o fio do bigode. Segundo Mesquita, “antigamente, entre os ingleses os negócios e compromissos eram garantidos por um pêlo de bigode dizendo: By God! (por Deus). Daí o nome transliterado do inglês bygod para o português bigode”. A explicação desta palavra ocupa quase uma página, portanto há muito mais para saber sobre o bigode também em outras culturas. A palavra calote também é curiosa. A palavra obrigado recebe hoje uma conotação totalmente distinta do início do seu uso. E a palavra sanduíche, que designa esse lanche tão popular, você sabe como surgiu? Está lá, em “O mundo das palavras”. Os alunos vão se divertir enquanto aprendem. Centenas de outras palavras são abordadas de forma curiosa, informativa, cultural, sempre com uma pitada de humor. Em O Mundo das Palavras, o autor aborda cada uma delas com propriedade, já que o mesmo é autor também de outras obras afins, quais sejam Tira-dúvidas da Língua Portuguesa e Manual da Nova Ortografia da Língua Portuguesa. Outrora diríamos que O Mundo das Palavras é um livro bacana, mas aprendemos no livro que tal palavra deriva de bacanal, festa banhada de orgia em honra a Baco, deus do vinho. No livro, o vocábulo bacana traz ainda outras informações que justificam o abandono do seu uso. Por aí o leitor já tem uma noção do quanto é importante adquirir uma obra como esta, um verdadeiro auxílio na hora de preparar um sermão, uma aula, um discurso, um artigo etc. Para não ficar só nas suas palavras, leia também “O Mundo das Palavras”.

*Pr. Samuel Silva é articulista, graduado em Ciências da Religião, graduando em Pedagogia e diretor do Instituto de Educação Teológica da ADM em Campo Grande (MS).


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

EVIDÊNCIA 7

Provação seguida de bênção

75 dias após ser destelhado, templo no Jardim Paulista é reinaugurado com festa Da Redação Foto: DECOM-ADM

D

urante o período de 75 dias, após ser totalmente destelhado por uma tempestade, o templo da ADM no Jardim Paulista – Setor 8, foi reinaugurada. Reformada e ampliada, o destelhamento sofrido no dia 2 de abril, durante vendaval que atingiu a região da capital, a igreja comemorou a reinauguração no domingo, 17 de junho, durante o Congresso de Jovens. Com a visão de ter templos espaçosos e acolhedores, o pastor-presidente da ADM, Antonio Dionizio solicitou ao Departamento de Obras da igreja, para que, além da reforma, ampliasse a sub-sede para receber os membros com mais conforto. Quem gostou das alterações, após sofrer com a provação, foi o superintendente do Setor 8, pastor Julinei Herão. De acordo com pastor Julinei, a igreja foi ampliada

Depois de toda a prova, a Assembleia de Deus em Jardim Paulista comemorou a vitória com a reinauguração

quatro metros, além de ganhar novo forro, piso e telhado. “Apesar das dificuldades que enfrentamos, Deus abençoou grandemente

neste período. Muitos irmãos, de forma voluntária contribuíram para o término da obra”, observou pastor Julinei.

Sessão solene na Câmara homenageia pastores Câmara de Vereadores reconhece atividade social dos pastores da ADM Giuliano Stefanini e Julinei Herão Da Redação

Em comemoração ao Dia do Pastor, a Câmara de Vereadores de Campo Grande, realizou sessão solene no dia 11 de junho, quando seu 1º vice-presidente, vereador Lidio Lopes homenageou os pastores Julinei Herão Ferreira e Giuliano Jacobina Stefanini. Pastor Julinei é formado em Ciências Contábeis, bacharel em Teologia e atuou por vários anos na AD em Cuiabá. Em 2005, assumiu a igreja na Vila Kellen, posteriormente no Tijuca 2, em 2007, o Setor 12 e hoje é supervisor do 8.

Giuliano é dentista e bacharel em Teologia. Batizou na ADM em 1996 e chegou ao ministério pastoral em 2006. Atuou em algumas regiões da capital como dirigente de congregação e hoje é supervisor do Setor 6. “Como obreiros do Senhor, não esperamos reconhecimento humano, mas, louvo a Deus pela iniciativa dessa Casa de Leis e pela indicação do meu nome e a do colega de ministério, pastor Julinei, pelo vereador Lidio Lopes. Estamos honrados e gratos”, manifestou pastor Giuliano.

Durante o período das obras, os cultos foram transferidos para o pátio ao lado da igreja, em meio a chuvas e vento frio. “Houve um

esforço por parte do pastor Julinei e da congregação”, ressaltou pastor Olímpio Oliveira, diretor do Departamento de Obras da ADM.

Como vencer o mundo foi tema de congresso no Jardim Paulista Durante os 3 dias, 12 almas recebem Jesus e jovens são renovados pelo Espírito Santo Foto: DECOM-ADM

Foto: Ramão Colmam

Jovens buscam ao Senhor e encontram bênçãos e milagres durante o congresso Da Redação

Vereador Lidio Lopes ladeado pelos pastores homenageados na Câmara

Sob o tema Vencendo o presente século por meio da Palavra, jovens do Setor 8 – Jardim Paulista, levaram 12 pessoas a receberem Jesus Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas. O congresso ocorreu de 16 a 18 (junho) e teve a participação do pastor Osvandir Paiva, da Assembleia de Deus em Pontes Lacerda (MT). Ele ministrou a Palavra nos três dias de festa. Sob a liderança do pastor Julinei Herão, supervisor do Setor, a igreja celebrou os benefícios do Senhor na vida dos jovens. No domingo pela manhã, Deus operou milagres

e muitos jovens foram batizados no Espírito Santo e outros renovados. De acordo com o líder de Jovens do setor, presbítero Weslei Trajano, 2,5 mil folhetos foram distribuídos na região. O resultado deste trabalho foi a conversão de 12 almas e a reconciliação de mais 5. Na segunda feira e último dia de festa, novamente a presença do Senhor foi notória na igreja. Para Weslei Trajano, “Deus operou poderosamente nestes três dias, tratando na vida de muitos jovens e ainda salvou vidas importantes das garras do maligno, fato mais notório e de glória”, comemorou.


8 FATO

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

A igreja na Europa ganha um novo p Da Redação

Pastor Jean Girard Miranda Junior é o novo pastor da Assembleia de Deus em Cascais (Portugal). Sua posse ocorreu em clima de alegria, no dia 26 de maio (sábado). Pastor Jean Girard Miranda Júnior era o diretor da Secretaria de Missões em Campo Grande (MS), função assumida após pastorear várias igrejas dessa mesma região eclesiástica. Enviado com a família a Portugal pelo pastor Antonio Dionizio, ele substituiu pastor Francisco Pereira da Silva, que se transferiu com a família para Campo Grande, onde assumiu a diretoria da Secretaria de Missões (Semadems). A programação de posse foi realizada pelo presidente da Comadems (convenção do Estado de Mato Grosso do Sul e Outros), da Convenção Européia (Comadeur) e da Região Eclesiástica de Campo Grande, pastor Antonio Dionizio. Durante a posse estiveram presentes membros da Convenção de Ministros

das Assembleias de Deus na Europa e também pastores-presidentes de igrejas em Portugal, Itália, Alemanha, Suíça e Espanha. Todos deram as boas-vindas ao pastor Jean Girard, a sua esposa, missionária Lenice e aos filhos, Pablo, Renan e Paola. Também na oportunidade, a igreja de Cascais e suas congregações em Barreiro, Pontinha, Leiria e Beja saudaram a nova família pastoral que assume a presidência do ministério local. A igreja também saudou e homenageou pastor Francisco Pereira da Silva, que por mais de uma década, com sua esposa, missionária Sônia e seus filhos, Willian, Abiqueila e Rodrigo se dedicaram com amor para o trabalho que o Senhor os confiou em Cascais. Pastor Dionizio fez questão de destacar a fidelidade e lealdade de pastor Francisco, que agora faz parte das atividades da igreja em Campo Grande. Na mensagem ministra-

A família de pastor Francisco se despede da igreja...

Fotos: ADM Portugal

Igreja em Cascais recebe a família missionária e obreiros oram com pastor Dionizio durante o momento

enquanto a do pastor Jean Girard é recebida com carinho pelos membros


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

9

Foto: Decom-ADM-Campo Grande (MS)

pastor, a partir da ADM em Portugal

solene de posse do novo pastor

da, pastor Antonio Dionízio ressaltou o maravilhoso trabalho realizado por aqueles que vivem intensamente a obra do Senhor no exterior. Ainda o presidente destacou também o trabalho realizado pelo pastor Jean Girard, que atuou como supervisor de Setores na ADM em Campo Grande, co-pastor no templo-central, secretário da Comadems, presidente da ADM em Miranda (MS) e como diretor da Secretaria de Missões (Semadems). O missionário da ADM em Portugal, pastor Samuel Laurênio, parabenizou o pastor Francisco pela dedicação na obra do Senhor. “Ao pastor Francisco deixo os agradecimentos pelo maravilhoso período de dedicação e responsabilidade para com a causa do Mestre em Portugal, onde também atuou como vice-presidente da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus para a Europa (Comadeur) e que agora fortalecerá a igreja de Cristo Jesus em Mato Grosso do Sul”, ressaltou. Nova fase Com a posse do pastor

Jean Girard, pastor Antonio Dionizio pretende unificar ainda mais as igrejas na Europa e incrementar um trabalho com vistas ao crescimento dessas igrejas, tanto em Portugal, onde a igreja já está bem estabelecida, com número razoável de membros, quanto em

outros países. A partir da Comadeur, que já tem significativa atuação na Europa, congregando Portugal, Itália, Alemanha, Suíça, França, Luxemburgo e Espanha, pastor Jean Girard terá também a função de provocar maior proximidade dos

Em culto solene, a igreja em Cascais e colegas em outros países europeus receberam pastor Jean Girad em culto dirigido pelo presidente da ADM, pastor Dionizio missionários e intensificar suas atividades. Com isso, a integração de todas as igrejas e missionários irá contribuir com o próprio avanço da igreja do Senhor em toda a Europa. Na verdade, pastor Antonio Dionizio quer aproveitar o momento para investir ainda mais nas atividades das igrejas no Velho Continente. Todos reconhecem a dificuldade da propagação do Evangelho em países europeus, onde a frieza espiritual, a indiferença e distanciamento do Criador tornaram-se realidade. Atualmente a Europa registra grande crescimento do ateísmo e de todo tipo de relativismo (“teoria filosófica baseada na relatividade do conhecimento e que repudia qualquer verdade ou valor absoluto”). A anunciação das Boas-Novas do Reino divino encontra inúme-

Obreiros fazem fundo aos pastores Francisco e Jean Girard e evidenciam a mudança

ras barreiras e até relativas proibições. Com o dom ministerial evangelístico e toda sua preparação, pastor Jean Girard poderá ser usado pelo Senhor para uma grande obra, tanto em Portugal quanto de ajuda aos companheiros. “Buscamos sempre fazer com que a Igreja do Senhor mostre-se presente por meio da Anunciação do Reino de Deus, em cumprimento ao ‘Ide de Jesus’. Com a posse do pastor Jean esperamos que a igreja seja muito bem representada e que toda essa movimentação se traduza em salvação e libertação de vidas. Ele deve unir-se aos colegas já presentes na Europa, para que juntos possam fazer ainda mais pelo Senhor. Não temos outro objetivo senão ganhar almas para o Reino do Senhor”, enfatizou pastor Antonio Dionizio.


10 GERAL

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Arequipa: a notoriedade do Peru

Por suas propriedades e fatos históricos a cidade é marca da disputa de influência política Foto: Antonio Mesquita

O imponente Vulcão Misti, fotografado a partir do aeroporto de Arequipa e parte da cidade aos seus pés Antônio Mesquita

Arequipa não detém somente a presença do respeitado Vulcão Misti, escalado por aventureiros e místicos, que gastam até três dias para chegarem ao topo de glória do ameaçador vulcão. Mas, por detrás do monte de 5.800m, está o preconceito entre Lima e a própria cidade, em função de seus fatos históri-

cos e influência turística e também por ser a segunda maior cidade o Peru, com cerca de 900 mil habitantes. Há uma relação de disputa e influência entre as duas cidades. Ao sul do país, a antiga cidade inca foi fundada pelo espanhol Francisco Pizarro em 1540 e parcialmente destruída por dois terremotos, em 1687 e

1868. Os tremores sísmicos podem ser sentidos, pois ocorrem todos os dias, em escalas nem sempre perceptíveis. Arequipa tem muitos atrativos turísticos, como os suntuosos prédios construídos pelos espanhóis e que levam a cidade a figurar entre as cidades do patrimônio histórico do mundo. A 2,3 mil metros de al-

titude, às vezes é preciso tomar um chá de coca, para aliviar a pressão. Há muitas frutas (e grandes), várias espécies de milho, como um totalmente preto, outros enormes, e várias espécies de batatas. A comida é barata e um dos pratos prediletos é o porquinho da índia assado, mas a culinária é variada. Taxi também é barato (ali-

ás, sem medo de errar, cerca de 70% dos veículos da cidade são formados por taxis). A cidade tem uma boa rede de turismo, tida como a melhor do Peru. A moeda é o Sol e um dólar equivale a 2,665 soles. Situada em um grande vale entre montanhas dos Andes, a cidade fica à mercê do sono do Vulcão Misti, o único ativo, mas sem erupções. Conhecido também como El Misti, é único simétrico em forma de cone e no inverno tem seu cume coberto de neve. Está entre a montanha Chachani, de 6.075m e o vulcão Pichu-Pichu, de 5.669m. A última erupção ocorreu 1985. Em toda a cidade nota-se a presença de lava seca e os blocos de construções são feitos a partir do mesmo produto, lava do Misti, pois a cidade está aos seus pés, em um grande vale. A escalada do vulcão, com saída a partir da Plaza de Armas, local mais visitado e histórico, leva em torno de 7h e a caminhada é feita em dois dias, com acampamentos intermediários. O ar rarefeito causa desgastes, riscos de vômitos, por causa da altitude. Há muitas agências, que oferecem guias, roupas e equipamentos para a neve, além de barracas, com o custo entre US$ 80 e 120. Aconselha-se a ingestão de chá de coca ou mastigação de folhas, vendidas normalmente. Para quem gosta de aventuras é uma ótima opção (enquanto o vulcão dorme!).

O Muro das Lamentações Ev. Miguel Quevedo Secretário Geral ADM

Para compreender o valor dado ao Muro das Lamentações, o kotel, temos recordar que Abraão, em obediência ao Senhor, levou seu filho Isaac ao Monte Moriá para ali apresentá-lo em sacrifício. Jeová impediu a morte do menino. O local aproximado deu origem à cidade santa, a Jerusalém do grande rei Davi cerca de mil anos depois. Quando Davi pecou contra o Senhor ordenando um censo, Deus deu-lhe a escolha de como Israel seria ferido. Em três dias de peste, 70 mil homens pereceram. Quando o Senhor diz basta, o anjo estava próximo à eira de Araúna. A eira é onde se separa o joio do trigo, um terreno duro de chão batido, onde o trigo é espalhado e batido para retirar a palha. Uma posição no monte favorecia o trabalho em função do vento.

O rei compra a eira por cerca de 7kg de ouro e ali apresenta sacrifício ao Senhor, que responde com fogo do céu. O local é escolhido para receber o templo de Deus, que seria edificado por Salomão. No culto inaugural, a glória de Deus enche o Templo, a shekkinah. Após a divisão do reino e a contínua decadência espiritual, Jerusalém é invadida, saqueada e o Templo totalmente destruído por Nabucobonosor, rei da Babilônia. Findo o exílio, o Templo é reconstruído. No dia de sua consagração há um misto de alegria e tristeza pela lembrança da riqueza passada. Cerca de 30aC, o Templo é totalmente remodelado por Herodes, que construindo quatro grandes muros de contenção, cria uma esplanada capaz de receber 300 mil peregrinos. No ano 70dC, o general romano Tito destrói totalmente a cidade, inclusive o Templo, e jamais o povo judeu teve novamente domínio sobre a área do Templo, hoje tomado por mesquitas (templos muçulmanos).

O muro, uma imponente estrutura, originalmente com 488m de comprimento, 40m de altura e 4,6m de profundidade é o único vestígio do complexo do Templo. Até mesmo o acesso a ele somente foi possível a partir de 1967, quando Israel conquistou parte da cidade. O muro é chamado das lamentações por ser o local mais próximo do Templo que um judeu pode chegar. Chamado das lamentações, pois o Templo foi destruído e não pode ser reedificado. Chamado das lamentações, pois a soberania total de Israel sobre Jerusalém ainda não existe. Para aquele que crê em Jesus como o Messias, o Templo já foi reedificado pela sua ressurreição. Cada um torna-se então templo do Espírito Santo em Cristo. A soberania é total do Senhor, nome sobre todo nome, a quem foi dado todo o poder. A Jerusalém que almejamos é a celestial, que tem a glória de Deus e não necessita de sol ou lua. O seu muro é de jaspe e a cidade de ouro puro. O seu templo é o Senhor Deus Todo-Poderoso e o Cordeiro. Louvado seja o nome do Senhor!


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

DESTAQUE

11

ENSINO DA PALAVRA EXCELÊNCIA EM AREQUIPA

Escola Bíblica no Peru Pastores da ADM ministram em cidade vigiada pelo Vulcão Misti Fotos: AD Peru

Reunião da Semadems discute prioridade e apoio Missionários ouviram declarações da preocupação e investimento em Missões da Igreja em Campo Grande

Os crentes em Arequipa mantiveram-se presentes durante os períodos de estudos e nos cultos Da Redação

Em clima de comunhão e demonstração de interesse pelo aprendizado da Palavra, a Igreja do Senhor em Arequipa (Peru), localizada no vale do Vulcão Misti, se alegrou com a realização da 17ª Escuela Bíblica da La Asamblea de Dios em El Perú. Além da igreja local e de membros das 15 congregações regionais, missionários de países vizinhos também participaram. Iniciada no dia 1, a escola se estendeu até 3 de junho, com estudos, sob o mega-tema Excelência, nos dois períodos e com cultos à noite. Os preletores recebidos pelo pastor-presidente Santiago Mendoza Luque foram Antônio Mesquita (Campo Grande-MS) – Excelência no Ministério Cristão; Vilmar Machado (Nova Alvorada-MS) – Excelência na Família; Leandro José da Silva, missionário da ADM em Chile – Excelência em Missões. Nos cultos realizados à noite, o Senhor mostrou-se presente por meio da ação do seu Espírito. Houve conversões, volta de pessoas aos pés de Cristo e momentos de evidente ação espiritual. No domingo pela manhã, houve batismo nas águas quando cerca de 20 novos membros do Corpo de Cristo ‘foram sepultados com Cristo’ e, após, foi realizada a Ceia do Senhor, com término do evento. Estiveram presentes obreiros e membros das 16 congregações da AD

Palestrantes e missionários presentes na Escola, em frente ao templo em Arequipa

em Arequipa e outros de cidades regionais. O novo templo, programado para ser inaugurado em quatro anos, teve a pré-inauguração em dois, restando somente obras de acabamento de alguns setores. Porém, o templo já funciona em toda a sua capacidade de acomodação e com boas instalações. ADM em Lima Em Lima, na volta para o Brasil, estivemos na igreja pastoreada pelo missionário Jairson Bispo Gomes, enviado da AD em Campo Grande e que nos re-

cebeu com a esposa Jane Cristina Machado Gomes. Falamos a um grupo de líderes da igreja, com incentivo à dinâmica espiritual, que alavanca projetos de investimento, tanto na vida pessoal quanto no país. As mudanças almejadas ao país devem ser pensadas a partir da alteração de rumos da população. Nisto o Evangelho tem fundamental importância. À medida que o Evangelho cresce em um país, o povo também passa a sentir os benefícios por meio do bem-estar social, pois os homens passam a ser mais justos.

Durante o evento, houve uma dinâmica reunião com os missionários presentes: Leandro José-Simone Rodrigues (Alto Hospício, Iquique, Chile); Francemildo Alexandre Ribeiro e Arciel Alves dos Santos (Trujillo); Jairson Bispo Gomes (Lima) e Amarildo Alves Candelário (Santa Cruz de La Sierra, Bolívia). Também estavam presentes evangelista Moisés Mendonça, representando a Secretaria de Missões em Campo Grande (Semadms), pastor Silvano da Costa, de Bandeirantes (MS), pastor Vilmar Machado e esposa Raquel, de Nova Alvorada (MS), missionário Leandro Machado (Cusco, Peru), enviado pela AD em Rondônia, o peruano Wilkerson Jauregui, pastor em Cusco e pastor Martin Mendonza, filho do pastor Santiago Mendonza. Em nome do pastor Antonio Dionizio, presidente da ADM-Campo Grande, pastor Mesquita ouviu os missionários e transmitiu a todos o plano de ação de aproximação e investimento em suas respectivas áreas, por meio de projetos, que visam à aproximação da central.


12

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Família, Mulher & filhos

“É esforçada, forte e trabalhadora... (...). Ajuda os pobres e os necessitados. (...). O seu marido é estimado por todos... É forte, respeitada e não tem medo do futuro. Fala com sabedoria e delicadeza. Ela nunca tem preguiça e está sempre cuidando da sua família. Os seus filhos a respeitam e falam bem dela, e o seu marido a elogia. (...). A formosura é uma ilusão, e a beleza acaba, mas a mulher que teme o Senhor Deus será elogiada”, Provérbios 31

Dezenove recebem Jesus em festa

D

ezenove vidas rendem-se aos pés do Senhor Jesus durante a realização do Congresso do Círculo de Oração Fonte de Águas Vivas, da ADM-Setor 17, cujo supervisor é o pastor Gilmar Flor. Todos os participantes foram impactados e renovados pelo poder da Palavra do Senhor. “Os desafios foram muitos, contudo, a recompensa veio com a graça de Deus apresentando-se de forma maravilhosa, e oferecendo-nos o privilégio de contemplarmos a sua Bondade”, disse pastor Gilmar. Os preletores foram o pastor José Carlos Santos, de Guarulhos (SP) e o evangelista Anderson M. Souza, prata da casa. Os dois ministraram a Palavra com excelência e autoridade. O tema proposto teve como base Lucas 9.23, a destacar o nosso compromisso total e diário com Aquele que nos convocou para uma grande obra. O evento contou ainda com a participação especial do pastor Olimpio Bezerra Oliveira e de sua esposa missionária Eliana S. Oliveira (Lia). Foi uma valiosa contribuição, pois o casal compartilhou a experiência da providência divina em mais de 20 anos no campo missionário (em Portugal). Foram testemunhos que levaram os corações a pulsarem acelerados e desejosos a fazer mais, muito mais, por Missões. A beleza, elegância e a adoração das irmãs, tão somente confirmaram toda a dedicação na oração e planejamento de um grupo unido e forte composto por mais de 150 se-

Foto: Divulgação

Irmãs-membros do ‘Oração Fonte de Águas Vivas’ investiram com dedicação para o enlevo espiritual da igreja

nhoras. Segundo irmã Cinara Flor, esposa do pastor Gilmar, “as regentes abençoadas, Michele e Cleonice e uma diretoria exemplar, que tem à frente a subdiretora, missionária Luciene Pereira, elevaram a graça da realização do evento, para a glória do Senhor”. Portanto, o Setor 17 (Santo Eugênio), por meio de seu superintendente, pastor Gilmar Tavares Flor, agradece a todos que prestigiaram o Congresso. “Que a mensagem de Cristo continue a ecoar em nossas vidas até a sua Vinda”, ressaltou pastor Gilmar.

Projeto Embelezando Mulheres de Deus Curso para Noivos

abre espaço para inscrições em agosto

Foto: ADM Setor 1

Foto: Arthur Falcão

Mulheres e servas do Senhor se empenham na busca pela excelência por meio de atividades

Com o apoio do pastor-supervisor Jorge Luiz Franco, do Setor 1 – Aero Rancho, a missionária Beatriz Duran implantou o Projeto Embelezando Mulheres de Deus. O projeto tem como meta a evangelização. Segundo Beatriz, “o projeto tem como objetivo mostrar às participantes, que para nós e para Deus elas têm muito valor”. Elas são mulheres não-evangélicas que recebem o convite para visitar a igreja

quando então participam do projeto e recebendo toda a atenção e carinho especial, a partir do embelezamento e mudança de sua aparência. Simultaneamente elas recebem a ministração da Palavra, pela diaconisa Adelaide. Também durante as apresentações, uma delas é sorteada e ganha roupa, sapato, trabalho de manicure, pedicure e cabelo. “Elas saem do local lindas, feliz e ainda levam na alma a Palavra de Deus.

Com o objetivo de produzir noções básicas para auxiliar e tranquilizar que está às vésperas de iniciar sua vida conjugal, o Curso para Noivos da Assembleia de Deus Missões, ocorre a cada dois meses. Os ministrantes querem que a nova experiência, por meio do casamento, seja verdadeira bênção entre o homem e a mulher, para uma união além de abençoada também prolongada e vivida com excelência. Cada módulo do curso oferece orientações úteis e práticas, para que os sonhos de uma vida a dois em paz, romântica e boa em todos os aspectos, tornem-se realidade. O próximo curso terá início no dia 1 de agosto, a partir das 9h. As palestras serão ministradas pelos pastores Paulo de Cristo e José Santelli. Depois o curso voltará a ser ministrado em outubro e em novembro. Módulos Os módulos são os seguintes: Módulo 1 – Princípios divinos para o casamento; Módulo 2 – Economia familiar; Módulo 3 – Relacionamento; e Múdulo 4 – Tira-dúvidas.


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

FATO

13

Coxim hospeda Comadems

Palestras realçaram a importância dos encontros de pastores-membros do concílio regional das ADs Da Redação

Foto: Decom - ADM

Com o objetivo de promover a comunhão entre os seus ministros filiados e o fortalecimento das igrejas, a Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus do Estado do Mato Grosso do Sul (Comadems), realiza reuniões periódicas, com estudo da Palavra, conforme observa seu presidente, pastor Antonio Dionizio da Silva. Desta vez, o encontro de ministros ocorreu na ADM em Coxim, presidida pelo pastor Espedito Coelho, 2º vice-presidente da Comadems, de 14 a 17 de junho. A exposição da Palavra pregada esteve sob a responsabilidade do pastor Ivaldo Domingos Leôncio, presidente da ADM em Jardim (MS) e do pastor Alcino Lopes de Toledo, diretor da Faetel (SP). Lideranças eclesiásticas do Estado estiveram presentes. A proposta temática foi: Obreiros com Espírito de Excelência. Pastor David Tavares Duarte, diretor-executivo da Comadems, abordou o tema A Excelência da Igreja no Contexto Interno e Externo. Com muita propriedade,

Pastores-membros da Comadems tiveram notável aproveitamento com temas atuais e de importância à Igreja

o pastor e advogado, instruiu os ministros e obreiros em geral, sobre as obrigações religiosas e civis que competem à Igreja. Falou ainda sobre o casamento, homossexualismo e a homofobia na perspectiva do Estado, com orientação de como lidar com questões melindrosas como esta, preservando o

rebanho sem, contudo, sofrer censuras pelos oportunistas malévolos que querem acusar a Igreja. Questões como o volume do som na igreja e suas implicações legais também mereceram espaço na preleção do pastor Davi Tavares Duarte. Pastor Oséias Viana Correia, gestor da ADM-Campo

Grande, impressionou o auditório ao discorrer sobre um tema bastante relevante, porém raramente abordado publicamente: “As instituições religiosas e suas obrigações legais”. Foi um verdadeiro curso sobre Administração Eclesiástica. Ao discorrer sobre o tema Liderando com Excelência,

pastor Samuel Silva, diretor da escola de Teologia da ADM, numa abordagem dinâmica e consistente, discorreu sobre o conceito de liderança; o perfil de um líder; submissão à liderança; o diferencial do líder cristão e o perfil de um líder excelente. Em julho, a 3ª EBC ocorrerá em Paranaíba e em setembro em Aquidauana.

Feira arrecada fundos para Obra do Senhor cresce no obra missionária sertão baiano Além de se deliciar com pratos regionais, participantes contribuíram com a propagação do Evangelho Foto: ADM Setor 1

A Feira Missionária está se tornando tradicional e produzindo frutos para o Reino de Deus Da Redação

A Feira de Consciência Missionária (Feicom) realizou sua 2ª edição, no sábado (9/jun), no bairro Aero Rancho, na capital. O evento realizado três vezes ao ano, pela Assembleia de Deus Missões, sob coordenação do pastor-supervisor Jorge Franco. A Feira visa atrair a comunidade local, por meio de atrativos, como pratos da culinária regional e reverter todo o dinheiro arrecadado para a obra missionária. A feira contou com onze barracas tradicionalmente caracterizadas e montadas no pátio lateral da igreja, das 14h às 22h. Simultaneamente à feira foi realizado o culto mensal da Santa Ceia e os visitantes puderam ouvir hinos de adoração e a exposição da Palavra.

Da Redação

Cerca de 500 pessoas saborearam salgados, milho cozido, pastel, espetinho de carne com mandioca e vinagrete, tapioca e creps e de sobremesa sonho, sorvete, bolo confeitado e bombons. As crianças foram brindadas com pula-pula, algodão-doce e pipoca. Para o participante Nivaldo Teles, a feira é uma oportunidade para gerar integração entre os irmãos. “Durante a Feicom os irmãos interagiram em um ambiente propício. Houve aperitivos para todos os gostos e as crianças também puderam aproveitar com um espaço criado propriamente a elas. O evento foi excelente, pois os irmãos estavam empenhados em fazer o melhor para a obra do Senhor”, finalizou.

Há quatro anos em Candiba (BA), o obreiro Uilson Fonseca de Jesus permanece ativo na evangelização e com novas igrejas na zona rural. “Queremos louvar a Deus pela vida do pastor Antonio Dionizio, que por meio de Secretaria de Missões tem nos dado o devido apoio”, ressalta o obreiro do Senhor. Em seu relatório ele diz que pretende realizar a pré-inauguração da congregação em Lagoa de Felipe, em 15 de junho, onde 20 pessoas estão congregando (foto).

Por outro lado, a região convive com um momento difícil em função da seca, que já causa desemprego de 95% da população de alguns municípios. Um deles é Planaltino, no Vale do Jequiriça, que tem como seus principais cultivos café, feijão, milho e mandioca, afetados pela falta de água. Na pecuária o gado de corte e de leite perdeu o peso para abate e a produção de leite foi drasticamente reduzida. A caprinocultura também já sofreu forte impacto.


14 SOCIAL

BOAS-NOVAS CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Social

Foto 1 – Pastor Abel Sanches, comemorou no dia 12 de junho, ao lado de sua família e irmãos em Cristo, a passagem de seu aniversário no dia 13 de maio. Felicidades!

Fotos: DECOM-ADM

Foto 2 – Pastor Gessé Martins, supervisor do Setor 9 (Boa Vista), recebeu homenagem da família, igreja e amigos, durante o culto em ação de graças no dia 14 de junho, em comemoração ao seu aniversário (15 de maio). Parabéns! Foto 3 – Pastor José Nunes de Andrade, 2º vice-presidente da ADM em Campo Grande, também comemorou seu aniversário no dia 26 de junho, ao lado de sua esposa Heloisa Helena Moraes de Andrade, irmãos em Cristo e amigos. Que Deus o abençoe ricamente.

Foto 1

Foto 2

Foto 4 – Pastor David Duarte, 3º vice-presidente da ADM, comemorou mais um ano de vida no dia 6 de junho, com sua família e amigos. Muitas felicidades. Foto 3

Foto 4

Foto 5 – Pastor Orlando Monteiro, 1º vice-presidente da ADM, completou mais um ano de vida no dia 16 de maio, com a presença de sua família, irmãos em Cristo e amigos. Todos desejaram-lhe felicidades e a benção de Deus sobre a sua vida. Foto 6 – Com muita satisfação, o pastor Oséias Viana, comemorou mais um ano de vida no dia 19 de junho, desejamos que as ricas bênçãos do Senhor sejam sobre sua vida e de sua família. Parabéns!

Foto 5

Foto 6


BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

TESTEMUNHO

15

Leishmaniose some após profecia O Senhor curou pastor Nunes, a partir de uma profecia por uma irmã em pleno supermercado

Da Redação

Quem vê o pastor José Nunes de Andrade, hoje realizando a obra de Deus através da Cruzada Âncora da Alma, com todo o vigor, não imagina o que ele passou há 3 anos. O 2º vice-presidente da ADM em Campo Grande é também testemunha do milagre que Deus realizou em sua vida. Entre maio e agosto de 2009, ele pastoreava a igreja ADM em Bonito, época em que contraiu leishmaniose visceral e passou quatro meses em tratamento. Segundo José Nunes, este período foi um tempo muito difícil, pois ficou muito desanimado. Os sintomas da doença começaram a aparecer depois de algum tempo. O pastor começou a sentir muita febre e dor na cabeça e como o vírus se instalou em seu intestino, passou a perceber que seu intestino estava inchando. Com isso, debilitou-se ainda mais e os médicos apenas deram-lhe um paliativo para diminuir a febre. Ao chegar a Campo Gran-

de, José Nunes passou por 13 médicos que não diagnosticaram nenhum problema. O médico Carlos Geraldo, diretor do Hospital Universitário, foi quem lhe deu um diagnóstico mais preciso. Segundo o médico, ou ele estaria com dengue hemorrágica, leucemia ou leishmaniose. Carlos Geraldo pediu que o pastor fizesse exames de leishmaniose. Com sangramento na gengiva e no nariz, foi constatado que, realmente, estava com o vírus da leishmaniose visceral. “O pastor Dionizio colocou a igreja de Campo Grande em oração ao meu favor. Após dois meses de tratamento, retornei a Bonito, porém, os sintomas voltaram, fazendo-me voltar para a capital”, relatou pastor José Nunes. O pastor conta que já em Campo Grande, houve um dia que ele e sua esposa Heloisa Helena foram ao supermercado comprar pão, e, de repente, chegou à fila do pão, uma irmã desconhecia. Ela disse-lhe que, ao entrar

Foto: Decom - ADM

Nem só a experiência ministerial tem fortalecido a fé de pastor Nunes, mas também milagres realidades em sua vida

no estabelecimento, o Senhor falou-lhe algo sobre a vida do pastor José Nunes. Através desta irmã, o Senhor disse que me curaria e que voltaria para Bonito sem a doença, observou. Após a profecia, ele vol-

tou para Bonito e, tempos depois, retornou ao mesmo médico para ser examinado. Depois dos exames de rotina, constatou-se que estava totalmente curado da leishmaniose. “Hoje sou agradecido a

Deus, por que Ele proporcionou essa nova vida a mim. E caso você esteja com problemas de soluções impossíveis, creia que este mesmo Deus, que me deu vitória, dará a vitória a você também”, festejou pastor José Nunes.


16 MATO GROSSO DO SUL

BOA-NOTÍCIA CAMPO GRANDE, JULHO DE 2012

Maior aquário da América Latina

Fotos: Divulgação

Aquário do Pantanal terá diversificação em peixes e milhares de outros animais

Da Redação

A capital do Mato Grosso do Sul é conhecida por sua infra-estrutura, grandes avenidas e espaços arborizados. Porém, um novo empreendimento pretende deixar Campo Grande com um pouco mais destaque no cenário pantaneiro do Estado. Localizado no Parque das Nações Indígenas, o Aquário do Pantanal é uma construção com 18,6 mil metros quadrados e conterá 6,6 milhões de litros de água, 263 espécies de peixe e 7 mil animais. Tudo isso, em uma estrutura moderna aberta ao público e que leva a assinatura do arquiteto Ruy Othake, que atesta ser, depois de pronto, o maior aquário da América Latina. O Aquário do Pantanal

Aquário do Pantanal mostrará a grandeza e a diversidade da natureza de Mato Grosso do Sul, dentro de uma arquitetura futurística e não menos bonita, como nota-se nas maquetes

começou a ser construído no dia 14 de maio de 2011, com previsão de término em 26 de outubro de 2013, data esta em que se comemora o 36º aniversário de criação do Estado de MS. O ambiente interno do aquário inclui um túnel de 180 graus e mais 24 tanques com jacarés, peixes, sucuris entre outros animais. Além disso, na parte externa haverá cinco tanques que po-

derão ser percorridos a pé ou em um trajeto aquaviário em barco com fundo de vidro. Ao lado dos tanques, será construído um centro de conferências, laboratórios e biblioteca para livros e teses sobre o Pantanal. Atualmente, foi construído um stand na lateral da obra, equipado com projeções, fotos da fauna e da flora do Pantanal, sob comando de uma equipe de

guia turísticos. Segundo o guia turístico, Carlos Iracy Coelho Neto, o espaço esta aberto a visitações desde que agendadas com antecedência. “Temos guias turísticos treinados para acompanhar os visitantes e apresentar detalhes do projeto e de sua estrutura. São também exibidas projeções da fauna, dos rios, espécies de peixes dos rios pantaneiros e de Bonito”,

explicou. Os interessados em visitar estande do Aquário do Pantanal podem realizar as reservas pelo telefone 673327.2514, gratuitamente. O horário de funcionamento é de terça-feira a domingo, das 9h às 21h. A visitação está aberta também para escolas ou entidades que queiram conhecê-lo e o máximo de pessoas por caravana é de 40 pessoas.

Jornal Boa Notícia - Ano 5 Número 67  

Assembleia de Deus Missões