BlueAuto#51

Page 1

guia atualizado

Todos os modelos elétricos e híbridos à venda em Portugal

blueauto blue auto www.blueauto.pt

nº 51

l

janeiro 2022

Portugal (cont.):

2,50€

HÍBRIDOS E ELÉTRICOS

00051

à descoberta do futuro do automóvel

concept-cars

607727 5

ao volante

Mercedes EQXX: 1000 km sem recarregar

BMW 520e Touring Jeep Renegade 4xe

Os veículos 100% elétricos estão a impor-se!

lançamento

Renault Mégane E-TECH Electric Mercedes EQB

apresentação

Gama eletrificada Hyundai Kauai Toyota: 30 elétricos a bateria até 2030

171300

NOVIDADES 2022

Nissan EV36Zero solução 360o para uma mobilidade sem emissões

mercado

1/3 dos carros novos vendidos em Portugal já são eletrificados



sumário 06

mercado Vendas em Portugal: 1/3 dos carros novos já são eletrificados

08 13

atualidade Notícias

22

13

novidade Toyota anuncia 30 modelos elétricos a bateria até 2030

14 16 20 22 28 30 34 38

revista de imprensa Declarações em destaque lançamento Renault Mégane E-TECH Electric lançamento Mercedes EQB apresentação Gama eletrificada Hyundai Kauai novos modelos BMW Série 2 Active Tourer

52

mobilidade sustentável Nissan EV36Zero ao volante Jeep Renegade 4xe

especial Híbridos e Elétricos: Novidades 2022

48 52

ao volante BMW 520e Touring

concept-cars Mercedes EQXX: 1000 km sem recarregar

54

guia de compras Todos os modelos elétricos e híbridos à venda em Portugal

77 80

tecnologia C.E.S. 2022 mobilidade elétrica Os Veículos 100% Elétricos estão a impor-se!

blueauto

3


blueauto blue auto

À DESCOBERTA DO FUTURO DO AUTOMÓVEL www.blueauto.pt DIREÇÃO Francisco Vieira REDAÇÃO Paulo Manuel Costa COLABORADORES Nuno Fatela Tiago Beato José Barros Rodrigues José Pontes SECRETARIA DE REDAÇÃO Isabel Brito CONTACTOS 8 blueauto@pressfactory.pt facebook.com/blueauto MARKETING & PUBLICIDADE Luís Mesquitela Lima ) 93 702 94 44 8 luis.mesquitela@blueauto.pt PRODUÇÃO Rogério Bastos Studio PressFactory PROJETO & LAYOUT Studio PressFactory IMPRESSÃO & ACABAMENTO Lisgráfica – Impressão e Artes Gráficas SA Rua Consiglieri Pedroso, n.º 90 Casal de Sta. Leopoldina, 2730-053 Barcarena TIRAGEM 7.500 exemplares PERIODICIDADE Mensal DISTRIBUIÇÃO VASP – Distribuidora de Publicações, SA Quinta do Grajal - Venda Seca 2739-511 Agualva Cacém Apoio ao Ponto de Venda Tel.: 21 433 70 01 | contactcenter@vasp.pt A BlueAuto é impressa em papel com origem em fontes sustentáveis e com tintas amigas do ambiente. Depois de a ler, dê-lhe um final ecológico: partilhe-a ou coloque-a no Ecoponto Azul.

editorial

O melhor negócio...

No que diz respeito ao mercado automóvel, 2021 ficará marcado como o ano do verdadeiro “boom” da mobilidade elétrica, como comprova a evolução dos dados estatísticos: praticamente 1/3 dos veículos ligeiros de passageiros vendidos no último ano em Portugal foram carros com algum tipo de eletrificação, entre híbridos elétricos, híbridos recarregáveis e elétricos a bateria, o que significou uma impressionante progressão na quota de mercado conjunta dos modelos HEV, PHEV e BEV ao passarem do share de 21,8% registado em 2020 para os 32,7% de 2021; e praticamente 1/5 (19,7%) das vendas nacionais corresponderam a automóveis recarregáveis, entre híbridos plug-in e totalmente elétricos, quando no final de 2020 somavam apenas 13,6% do mercado. Um crescimento para o qual muito contribuíram os modelos 100% elétricos, cujas vendas aumentaram mais de 70% num ano depois de terem ultrapassado sucessivos recordes de unidades matriculadas nos últimos meses de 2021. Como sintetiza o título de um dos temas desta edição, os veículos elétricos estão de facto a impor-se no mercado, o que se explica sobretudo pelo aumento da oferta, tanto em quantidade (número e diversidade de modelos já comercializados, uma realidade que vai acelerar ainda mais no ano que agora começa, como exemplifica na prática outro tema abordado nesta edição BlueAuto, este dedicado às novidades com lançamento previsto para 2022) como em qualidade (a começar pela maior autonomia, cuja média real chega já aos 400 km). Mas não só: a esses fatores juntam-se ainda a componente ecológica, traduzida no facto dos veículos elétricos representarem uma escolha muito mais amiga do ambiente, algo cada vez mais importante para a maioria dos consumidores; bem como a inegável maior economia na utilização de um veículo elétrico face a um veículo com motor de combustão interna, uma poupança bem explícita comparando os custos de percorrer 100 km com cada uma das diferentes motorizações (elétrico, a gasolina, a gasóleo), como fez a Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos e esta revista reproduz. O que vem comprovar os resultados dos estudos comparativos mais recentes que têm destacado a crescente competitividade dos automóveis elétricos, tal como volta agora a acontecer com a insuspeita Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor ao concluir na mais recente edição da sua publicação mensal que o carro “elétrico já é o melhor negócio”... n

EDIÇÃO PressFactory PROPRIEDADE PRESS.in, Lda. Edifício LACS Rocha Conde de Óbidos 1350-352 Lisboa BlueAuto é uma marca registada. Direito de reprodução (textos e fotos) reservados.

4

blueauto


Gestora de Frota Ano 2021 Sim. A LeasePlan acabou de ser premiada pela sétima vez Gestora de Frota do Ano. Inovação, qualidade e foco no cliente são palavras que ajudam a explicar este sucesso. Mas não dizem tudo. Temos de acrescentar ‘talento’ e ‘equipa’. Esta é a essência da nossa liderança e é com esta atitude que damos tudo pelo sucesso dos nossos Clientes.

Obrigado A todos os clientes e parceiros que uma vez mais contribuíram para este Prémio.


mercado VENDAS DE AUTOMÓVEIS EM PORTUGAL

1/3 dos carros novos já são eletrificados!

N

o último mês de 2021 alternativa com mais unidades AUTOMÓVEIS LIGEIROS DE PASSAGEIROS foram colocados em cirmatriculadas) chegaram ao fiVENDAS EM PORTUGAL JANEIRO-DEZEMBRO 2021 culação em Portugal nal do ano a crescerem +69,3% SHARE POR TIPO DE MOTORIZAÇÃO 12.608 automóveis ligeiros de face a janeiro-dezembro 2020, passageiros, fazendo com que bem à frente dos híbridos de janeiro a dezembro do ano (+60,3%) e dos híbridos plug-in agora terminado as vendas de (+32%). Num ano 2021 em que DIESEL carros novos no mercado nacioas motorizações tradicionais 21,7% nal tenham totalizado 146.637 voltaram a perder peso graças GASOLINA unidades, o que significa uma sobretudo à queda vertiginosa BEV 43,1% variação negativa de 34,5% redas vendas de carros a diesel 9,0% lativamente a 2019 (ainda em (os quais representam agoperíodo pré-pandemia) e apera 21,7% do mercado, quanBEV + PHEV nas +0,8% em comparação com do em 2020 chegavam ainda 19,7% o ano de 2020. Se esse foi o paaos 32,7%!), esse crescimento norama geral, os dados estatísacentuado nas vendas de veíPHEV 10,7% ticos revelados pela Associação culos eletrificados faz com que Automóvel de Portugal (ACAP) os modelos elétricos recarreOUTRAS HEV 2,4% indicam que o grande destaque gáveis (BEV + PHEV) atinjam 13,0% do mercado automóvel portujá praticamente 20% de share TOTAL UNIDADES VENDIDAS: Legenda: guês em 2021 vai para o crescide mercado; e somando a isso BEV – Elétrico a bateria PHEV – Híbrido plug-in HEV – Híbrido não recarregável 146.637 (+0,8%) mento acentuado dos veículos também as vendas dos mode() – % variação 2021/2020 ligeiros de passageiros movidos los HEV (híbridos elétricos, cujo a energias alternativas: +54,2%. A começar pelos 100% eléshare é de 13%), conclui-se que estamos agora muito perto de tricos, que graças ao “boom” de vendas registado no último poder dizer que 1 em cada 3 automóveis novos vendidos em trimestre (em dezembro 2021 voltaram a ser a motorização Portugal já é eletrificado... n

ELÉTRICOS RECARREGÁVEIS

AS MARCAS MAIS VENDIDAS EM PORTUGAL - JANEIRO-DEZEMBRO 2021

BEV – 100% ELÉTRICOS

20%

Peugeot 11,7%

Tesla 11,4%

Renault 8,9%

10%

6

Nissan 8,2%

PHEV – HÍBRIDOS PLUG-IN

30%

20%

Hyundai 8,4%

Mercedes-Benz 24,2%

BMW 22,0%

Volvo 14,0%

blueauto

Peugeot 7,1%

Renault 4,2%

Dados: ACAP

10%



atualidade

Opel Astra Sports Tourer também vai ser PHEV A estreia do novo Opel Astra será feita com o lançamento da variante de 5 portas, na qual se destaca a par da oferta de motores a gasolina e turbodiesel a novidade de uma motorização híbrida plug-in. Depois da berlina, a Opel confirma

que também a versão carrinha da nova geração Astra estará disponível com 2 níveis de motorização híbrida plug-in: a Astra Sports Tourer passará assim a ser o primeiro modelo “station wagon” eletrificado da marca, estreando motor

híbrido recarregável com 180 ou 225 cv de potência combinada como opção às motorizações convencionais a gasolina e gasóleo; em Portugal as configurações para encomenda têm início previsto para fevereiro.

Novo Lexus NX já pode ser reservado

Agora disponível também numa variante recarregável, a nova geração do modelo híbrido Lexus NX já pode ser reservada em Portugal (https://www.lexus.pt/car-models/ all-new-nx/pre-order/#introduction), mercado onde irá chegar ainda no primeiro trimestre deste novo ano. Oferecendo uma nova linguagem de design exterior e interior e novas motorizações, a que associa melhorias dinâmicas que prometem uma experiência de condução mais gratificante e conectada, além de um novo sistema multimédia de última geração e o recurso a tecnologias avançadas a nível de interatividade, conforto e segurança, o novo Lexus NX junta à versão “self-charging hybrid” NX 350h (vendido em Portugal a preços que começam nos 66.153€) a estreia da opção híbrida plug-in: o NX 450h+ (com preços desde 69.853€) combina motor 2.5 litros híbrido em ciclo Atkinson, motor elétrico dianteiro de 134 kW, motor elétrico traseiro de 40 kW, caixa híbrida e bateria de iões de lítio com capacidade de 18,1 kWh, o que resulta numa potência máxima de 309 cv, aceleração 0-100 km/h de 6,3 segundos, emissões e consumos líderes na sua classe, bem como autonomia elétrica de 69 a 76 km no ciclo WLTP combinado.

8

blueauto



atualidade

Breves n Composto por jornalistas de 32 países europeus, o júri AUTOBEST votou o Dacia Spring como vencedor do prémio “A Melhor Compra Automóvel da Europa 2022”. n A Mazda prepara-se para lançar o primeiro modelo da sua gama equipado com tecnologia “full hybrid”, Mazda 2 Hybrid. n As motorizações eletrificadas pesam atualmente 30% nas vendas da Hyundai Portugal, sendo que a mais relevante é a motorização 100% elétrica, com 15%. n Já a venda de veículos eletrificados BMW aumentou 31% em 2021 (em relação ao ano anterior), representando atualmente 36% do total de vendas da marca.

Novas motorizações híbridas para o DS 9 A DS reforça a oferta do seu modelo topo de gama DS 9 com o lançamento das novas motorizações 250 e 360. O DS 9 E-TENSE 250 está equipado com um motor PureTech de 4 cilindros e 200 cavalos de potência, acompanhado por um motor elétrico de 80 kW (110 cv), novo conjunto que substitui a motorização de 225 cv e cuja nova bateria de 15,6 kWh permite percorrer até 70 quilómetros de acordo com o ciclo urbano WLTP ou 61 km no ciclo combinado WLTP; o carregador de bordo de 7,4 kW permite um carregamento completo de 0 a 100% em 2 horas e 23 minutos. Enquanto o DS 9 E-TENSE 360 4x4 passa a ser a versão mais potente da marca DS: graças a uma preparação específica, o novo DS 9 360 4x4 equipado com um motor PureTech de 4 cilindros de 200 cv associado a um motor elétrico dianteiro de 81,2 kW (110 cv) e a um motor traseiro de 83 kW (113 cv) oferece potência máxima que chega aos 360 cv; a autonomia em modo elétrico cifra-se em 47 km (ciclo combinado WLTP). Os novos DS 9 E-TENSE 250 e E-TENSE 360 4x4 já estão disponíveis para encomenda em Portugal, prevendo-se a chegada das primeiras unidades para o primeiro trimestre 2022: quanto a preços, os do DS 9 E-TENSE 250 começam nos 62.100€ e o DS 9 E-TENSE 360 4x4 está disponível a partir de 74.900€.

n A Mercedes-Benz vai investir na Factorial Energy, empresa especializada nas baterias de estado sólido, tendo já anunciado a intenção de integrar esta nova tecnologia num número limitado de veículos no prazo de 5 anos. n Nuno Serrano/Alexandre Berardo, em Renault Zoe, foram os vencedores da primeira edição do Campeonato de Portugal de Novas Energias – PRIO, competição reservada a veículos de estrada normais do tipo BEV (elétricos a bateria). n A Opel já estreou o Vivaro-e HYDROGEN, furgão a pilha de combustível de hidrogénio com autonomia superior a 400 km e que necessita de apenas 3 minutos para reabastecer. n Ainda no primeiro trimestre 2022 chegará a Portugal uma nova edição limitada do DS 3 E-TENSE 100% elétrico, denominada “Toits de Paris”.

10

Kia: gama europeia totalmente elétrica em 2035 A Kia Corporation anunciou já a sua intenção de se tornar um líder em soluções de mobilidade sustentáveis, responsáveis e inovadoras, numa estratégia que inclui o compromisso de alcançar a neutralidade carbónica até 2045. Esse objetivo leva agora a marca sul-coreana a acelerar os esforços para reduzir as emissões de carbono em todas as suas facetas operacionais, desde o abastecimento, a logística, a produção de veículos e a sua utilização até à reciclagem de resíduos. E sabendo que a maior parcela individual de emissões de carbono geradas por um fabricante de automóveis ocorre quando os veículos se encontram na fase de utilização, a aposta da

blueauto

Kia passa por dar prioridade à transição dos modelos com motor de combustão interna para uma gama composta exclusivamente por automóveis amigos do ambiente. É nesse sentido que surge a confirmação de que até 2030 a marca irá proceder à eletrificação de toda a sua gama de modelos, num calendário de transição energética que levará à eletrificação total nos principais mercados mundiais até 2040, ano a partir do qual a oferta será composta exclusivamente por automóveis zero emissões; e o objetivo para o mercado europeu é ainda mais ambicioso, com a Kia a revelar que a sua gama na Europa deverá ser totalmente elétrica já em 2035.


LeasePlan: 60.000 veículos em renting

Líder nacional no mercado de “car-as-service” e soluções de mobilidade, gerindo uma frota total de 115.000 veículos, a LeasePlan Portugal assinala agora um marco histórico: 60.000 veículos em renting. “Atingir este marco é, para a LeasePlan, particularmente significativo, considerando o enquadramento pandémico vivido nos últimos dois anos e o contexto adverso que daí resultou, com a escassez de semi-condutores e de outros componentes, que afetou e vai continuar a afetar toda a indústria”, refere António Oliveira Martins, diretor-geral da empresa cuja estratégia inclui a sensibilização dos clientes de modo a facilitar a adoção de veículos de baixas emissões. Para a LeasePlan, as vantagens que esta solução representa (maior flexibilidade, previsibilidade e controlo de custos, menos riscos, menos custos e menos trabalho burocrático) contribuem para uma avaliação cada vez mais positiva quer das empresas quer dos particulares, que começam a ver o renting como uma opção mais segura e de menor risco.

Transforma qualquer tomada elétrica num posto de carregamento App para smartphone Funciona em todas as tomadas, com adaptadores para todos os países Proteção anti-roubo e inviolável Display de energia e carregamento Corrente de carga ajustável Até 22 kW

Mobi.E inaugura primeiro hub de carregamento para veículos elétricos

Leiria é a primeira cidade a beneficiar de um dos 9 hubs de carregamento para veículos elétricos destinados a reforçar a infraestrutura nacional de acesso público e previstos no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES). Além deste primeiro hub agora inaugurado pela Mobi.E em Leiria, serão também contempladas com o mesmo tipo de infraestrutura as cidades de Almada, Coimbra, Guimarães, Loulé, Loures, Matosinhos, Vila Nova de Gaia e Viseu. Cada hub é constituído por 1 posto de carregamento ultrarrápido (150 kW), 3 postos de carregamento rápido (50 kW), 5 postos de carregamento normal (22 kW) e 1 posto de transformação, permitindo o carregamento simultâneo de 18 veículos.

blueauto

NOVO MODELO

11


atualidade

Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos é entidade de utilidade pública Na sequência da candidatura submetida pela UVE em agosto de 2018, foi publicada a 7 de dezembro de 2021 a decisão da Presidência do Conselho de Ministros que atribui o estatuto de Entidade de Utilidade Pública à Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, por atividades relevantes no âmbito da promoção da Mobilidade Elétrica em Portugal. Constituída em 2015, a UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos vem desenvolvendo, sem fins lucrativos, relevantes atividades de interesse geral no âmbito da promoção da mobilidade elétrica, promovendo diversas ações e iniciativas que visam sobretudo sensibilizar entidades públicas e privadas para os benefícios da utilização da mobilidade elétrica como alternativa à utilização de meios mais poluentes.

Hyundai Portugal inaugura “EV Showroom”

Atualmente o mercado apresenta uma tendência positiva na adoção de motorizações ecológicas, no entanto um dos grandes desafios que as marcas do setor automóvel ainda encontram é esclarecer e simplificar a tecnologia 100% elétrica. Por essa razão, e tirando partido da posição de destaque que a marca ocupa na ecomobilidade, a Hyundai Portugal implementou recentemente o seu primeiro “EV Showroom” no nosso país, que é também um dos primeiros da marca sul-coreana na Europa: localizado nas instalações da Caetano Energy Porto, este novo espaço dedicado exclusivamente a viaturas eletrificadas tem como objetivo acompanhar, envolver e educar os consumidores sobre as diferentes tecnologias de eletrificação – 48V mild-hybrid, híbrida, híbrida plug-in, elétrica e fuel cell. Além de colocar à disposição uma equipa de consultores especializados preparados para responder e esclarecer todas as questões, do consumidor particular e empresarial, relacionadas com a mobilidade eletrificada, no “EV Showroom” está também disponível toda a gama de viaturas eletrificadas da Hyundai para que os clientes possam realizar um test-drive.

12

blueauto


novidade

Toyota anuncia 30 modelos elétricos a bateria até 2030 A Toyota Motor Corporation irá lançar uma gama global de modelos elétricos a bateria, anunciando uma autêntica “revolução elétrica” na sua oferta de modo a sustentar o plano estratégico do fabricante japonês que prevê uma redução de 100% nas emissões CO2 em todas as vendas de veículos novos até 2035 na Europa Ocidental. E essa estratégia rumo à neutralidade carbónica passa pelo lançamento até 2030 de nada menos do que 30 novos modelos elétricos a bateria.

E

stando agora confirmado que a nova família bZ (de “beyond Zero”, ou “além do Zero”, expressão que simboliza o objetivo da marca de oferecer aos seus clientes não apenas emissões zero mas também liberdade de movimentos e mobilidade divertida para todos) de modelos elétricos a bateria que terá início com o lançamento em 2022 do já anunciado bZ4X irá expandir-se na Europa através da introdução posterior de um pequeno “crossover”, seguindo-se um SUV de tamanho médio e o SUV mais compacto desta nova geração bZ, além de um grande SUV equipado com uma terceira fila de bancos; com as novidades elétricas a chegarem a todos os segmentos, incluindo aos modelos comerciais, bem como a novas soluções de mobilidade servidas por modelos específicos. A Toyota adianta que, além de querer adicionar a opção de variantes elétricas a bateria a modelos já existentes, vai também oferecer uma gama completa de novos modelos de produção em série com preços acessíveis – como será o caso da nova série bZ – de modo a atender às necessidades de todos os tipos de clientes: “um veículo elétrico para todos”, prometeu o fabricante japonês na revelação do seu “showroom do futuro”, anunciando ainda que a maioria destes novos modelos 100% elétricos tem lançamento previsto para os próximos anos.

E essa “revolução elétrica” chegará também à marca “premium” do grupo Toyota, a Lexus, que para atingir em 2030 o objetivo de passar a vender apenas veículos 100% elétricos a bateria aposta em novidades como o “crossover” RZ a lançar já este ano ou um futuro novo modelo desportivo de alto desempenho e tecnologia de última geração (incluindo a adoção de baterias de estado sólido) capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 2 segundos e de oferecer autonomia acima dos 700 km. A Toyota conta com estas 30 novidades agora anunciadas para atingir até 2030 o objetivo declarado de vender globalmente nada menos do que 3,5 milhões de automóveis elétricos a bateria por ano. n

blueauto

13


REVISTA DE IMPRENSA “A nossa expectativa para 2030 é que pelo menos metade dos veículos vendidos pelo Grupo BMW sejam totalmente elétricos” Pieter Nota Membro do Conselho de Administração – BMW AG

“Novembro de 2021 ficará na história da indústria automóvel em Portugal, pois pela primeira vez, na categoria de automóveis ligeiros de passageiros, os veículos 100% elétricos (18.1%) superaram os veículos com motores a gasóleo (17.7%)”

“O carregamento bidirecional irá transformar os carros elétricos nos dispositivos móveis de armazenamento de energia do futuro”

UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos

Volkswagen

“A mobilidade elétrica é fundamental para a redução de emissões de gases com efeito de estufa, em grande parte responsáveis pelas alterações climáticas que já sentimos. O Governo vai continuar a apoiar as medidas que permitam acelerar a adoção de veículos elétricos em detrimento de veículos poluentes”

“Precisamos de reduzir as emissões de CO2 o máximo possível e o mais rápido possível”

Eduardo Pinheiro Secretário de Estado da Mobilidade

Akio Toyoda Presidente Toyota Motor Corporation

“Não há plano B, o futuro é elétrico” SEAT

“O que foi decidido foi impor à indústria automóvel a eletrificação, que representa 50% de custos adicionais face aos veículos convencionais. (...) Não há como transferir para o consumidor final esse custo adicional. (...) A indústria está a ser levada ao limite”

“Não se pode contrariar o futuro. É preciso estar à frente dele. (...) O que mais gosto é de não ter de ir abastecer a um posto de combustível” Pedro García Cliente espanhol de 87 anos de idade, proprietário do Ford Mustang Mach-E

Carlos Tavares CEO – Stellantis (em entrevista à Reuters)

“Os carros elétricos estão a tornar-se comuns em todo o lado” Julia Poliscanova Diretora Sénior, Veículos e Mobilidade Elétrica Federação Europeia dos Transportes e Ambiente

14

blueauto


atualidade

Skoda Enyaq Coupé a 31 janeiro A Skoda confirmou 31 de janeiro como data para a estreia mundial da nova variante coupé do seu modelo SUV 100% elétrico Enyaq. Tal como o Enyaq iV, o novo Skoda Enyaq Coupé iV também tem como base a plataforma modular para automóveis elétricos (MEB) do Grupo Volkswagen. A carroçaria de elegante coupé, com a linha do tejadilho a partir do pilar B a inclinar-se suavemente para a retaguarda, fundindo-se com o

portão da bagageira e culminando numa aresta com um corte acentuado, permite à marca checa do Grupo VW anunciar para a versão Coupé do 100% elétrico Enyaq iV um coeficiente de resistência aerodinâmico (com um valor Cx de 0,234) que é referência no seu segmento, característica que deverá ajudar a otimizar a autonomia máxima permitida com uma carga de bateria.

Condução autónoma: Volvo vai lançar testes-piloto A Volvo Cars prepara-se para lançar uma nova funcionalidade de condução autónoma não assistida: a novidade Ride Pilot estará acessível ainda este ano aos clientes da marca nos EUA, com o fabricante automóvel sueco a adiantar que, uma vez homologado e credenciado para utilização em autoestradas, este modo de condução autónoma será disponibilizado como uma subscrição adicional no próximo SUV totalmente elétrico da Volvo, novo modelo a revelar no final de 2022. Esses teste-piloto terão como palco as estradas da Califórnia, onde o clima, as condições de tráfego e o quadro regulamentar proporcionam – refere a Volvo Cars – um ambiente favorável para a introdução da condução autó-

noma. Baseada num padrão de segurança líder na indústria automóvel, a funcionalidade de condução autónoma Ride Pilot vai permitir que a próxima geração de veículos Volvo possa libertar mais tempo para os clientes e tornar a condução ainda mais segura e agradável, nomeadamente reduzindo o stress causado por situações de trânsito como engarrafamentos ou tráfego intenso.

blueauto

15


lançamento

RENAULT MÉGANE E-TECH ELECTRIC Pronto para a ação

A nova geração do Renault Mégane já está disponível em Portugal. Exclusivamente elétrico, o modelo francês chega ao nosso país em duas versões, com dois tamanhos diferentes de bateria, dois níveis de potência, um alto nível de equipamento de série e preços a começar na casa dos 35 mil euros. VERSÕES E PREÇOS EV40 Equilibre EV60 Techno

16

35.200€ 43.200€

blueauto


O

antigo Renault Mégane ainda está à venda, mas isso não é obstáculo para a Renault colocar à venda a nova geração ao mesmo tempo. E nem há perigo de confusão, pois o novo Mégane distingue-se facilmente, não só pelo seu design diferenciado, mas também porque também vem acompanhado da designação E-Tech Electric, não dando qualquer margem para dúvidas: o novo Renault Mégane é um automóvel exclusivamente elétrico, o primeiro modelo de grande produção a usar um nome tradicional para o seu automóvel 100% elétrico. Com encomendas abertas a partir de fevereiro, o Mégane E-Tech Electric tem duas versões no lançamento. Equilibre, com a bateria de 40 kWh; e Techno, com a bateria de 60 kWh. Sendo que a primeira já oferece um preço acessível para as suas dimensões e capacidades, começando nos 35.200 euros. Já a segunda oferece mais equipamento e autonomia ampliada, com um preço de 43.200 euros, um diferencial considerável que demarca o público-alvo para cada variante. Em alternativa, as duas opções estão disponíveis por mensalidades de 290 e 390 euros, respetivamente, e a Renault propõe ainda serviços adicionais como o Renault Care Services, que permite aceder a um serviço de carregamento de emergência, caso fique sem bateria no decurso de uma viagem, ou o Switch Car, para trocar de automóvel numa viagem onde não pode beneficiar do carro elétrico. Com a bateria de 40 kWh, o Mégane Equilibre tem uma autonomia anunciada de 300 quilómetros, recorrendo a um motor de 96 kW (130 cv) para propulsão, enquanto a bateria de 60 kWh do Mégane Techno permite fazer viagens até 470 km, ao mesmo tempo que também pode extrair performances mais interessantes do motor de 160 kW (218 cv). Ambas as baterias são oferecidas com 8 anos ou 160 mil quilómetros de garantia, e são compatíveis com carregamento caseiro trifásico até 22 kW. A bateria de maiores dimensões também pode ser recarregada até 130 kW num carregador público, recuperando carga suficiente para 300 km em apenas meia hora. Durante uma deslocação, o condutor vai poder aceder aos dados de consumo de energia, navegação e entretenimento através do sistema OpenR Link, baseado no mesmo usado nos smartphones Android, com uma utilização mais intuitiva, e acesso constante a atualizações através da internet. O condutor do Mégane elétrico vai beneficiar ainda da presença de nada menos que 26 sistemas de assistência à condução, tornando a experiência de condução mais segura e facilitando várias manobras, já com condução autónoma de segundo nível, representada pelo “cruise control” adaptativo. O sistema de assistência de travagem também pode reconhecer a presença de peões, ciclistas e postes em vários tipos de manobras, e a assistência ao estacionamento inclui câmara de 360 graus e parqueamento automático total. Com uma distância entre eixos de 2,7 metros e um conjunto de baterias com uma altura de apenas 110 milímetros, o Mégane E-Tech Electric destaca-se pelo seu nível superior de conforto face a automóveis familiares tradicionais, com motores de combustão. Os passageiros também vão poder beneficiar de uma condução estável graças ao baixo centro de gravidade e à suspensão traseira multibraços, soluções que tornam a vida mais simples para toda a família. n

blueauto

17


atualidade Volvo: modelos Recharge cada vez mais populares A gama de automóveis Recharge – que designa o conjunto de modelos híbridos plug-in e 100% elétricos da Volvo – continua a apresentar uma popularidade crescente: as vendas mundiais da marca relativas ao 3.º trimestre de 2021 apresentaram uma taxa de penetração destes modelos de 26% em relação às vendas totais (com 22% de modelos plug-in e 4% de modelos 100% elétricos); e em Portugal esta taxa de eletrificação é ainda superior, tendo no mesmo período os modelos Recharge representado mais de metade dos números nacionais da Volvo Cars, alcançando os 57% (51% em modelos plug-in e 6% em modelos totalmente elétricos). Recorde-se que a gama Recharge da Volvo conta já com dois modelos 100% elétricos: os novos Volvo XC40 Recharge e C40 Recharge.

Cepsa e Endesa aliam-se para acelerar a mobilidade elétrica

As empresas Cepsa e Endesa anunciaram no último mês um acordo destinado a acelerar a transição energética em Espanha e Portugal através do impulso da descarbonização dos transportes e da promoção da mobilidade sustentável. Esta aliança estratégica entre a petrolífera Cepsa e o operador elétrico Endesa permitirá aos utilizadores ibéricos de veículos elétricos recarregáveis acederem facilmente, via app, tanto à infraestrutura de carregamento Endesa X já operacional em território espanhol como à rede de recarga ultrarrápida que a Cepsa vai instalar a partir de 2022. Constituída por postos de potência até 150 kW com localização prevista nas principais vias de comunicação e corredores rodoviários ligando os 2 países, este projeto promete tornar-se na maior infraestrutura de carregamento elétrico ultrarrápido “on the go” (em estrada) em Espanha e Portugal, anunciando a possibilidade de recarregar até 80% da bateria de um veículo elétrico em apenas 10 minutos.

Peugeot lidera vendas de modelos BEV e PHEV

Segundo dados da ACAP, a Peugeot fechou o ano de 2021 com 22.891 unidades vendidas, 17.595 das quais respeitantes a veículos de passageiros, tornando-se assim na marca líder nas vendas de automóveis novos em Portugal. Uma liderança que se estendeu também aos modelos eletrificados: a Peugeot terminou o ano como marca líder em termos absolutos do mercado BEV (100% elétricos), com 1545 unidades vendidas dos modelos e-208, e-2008, e-Rifter e e-Traveller/e-Expert e uma quota de mercado de 11,7%; bem como dos híbridos plug-in, comercializando 1116 unidades nas gamas 3008 Hybrid, 508/508 SW Hybrid e 508 Peugeot Sport Engineered, registando nos PHEV uma quota de 7,1%.

18

blueauto


atualidade

Carregamento elétrico: BMW mantém tarifas exclusivas Neste ano de 2022 os condutores de veículos eletrificados do Grupo BMW vão continuar a usufruir de carregamentos públicos a preços fixos atrativos, com as tarifas em vigor a manterem-se: com a tarifa base Active mantém-se a oferta de um ano sem taxa base para clientes de veículos novos das marcas BMW e MINI, enquanto o pacote especial IONITY Plus será alargado automaticamente aos modelos mais recentes (BMW iX3, iX e i4), durante um ano, sem qualquer taxa associada. A tarifa Active tem uma mensalidade base de 3,99€ e garante carregamentos CC a 0,29€/minuto e CA a 0,04€/minuto, sem qualquer taxa de ativação. Já o pacote IONITY Plus, com uma mensalidade de 13€, garante preços fixos de carregamento elétrico de 0,30€/kW (o carregamento à taxa normal IONITY custa 0,79€/kW): tomando como exemplo o novo iX3, os clientes podem assim utilizar es-

ses postos de carregamento ultrarrápido beneficiando de maior eficácia e com uma poupança de 62% em cada sessão de carga. Recorde-se que estas opções de carre-

gamento fazem parte da BMW Charging e MINI Charging, plataforma que garante aos condutores BMW e MINI uma série de serviços extra.

Opel cada vez mais eletrificada

Não há alternativa à eletrificação, confirma a Opel, marca que se prepara para oferecer uma versão eletrificada em cada modelo da sua gama. Até meados deste ano serão já 11 os modelos Opel equipados com motorização eletrificada, incluindo a nova geração Astra (que estreia em 2022 versões híbridas plug-in, estando o 100% elétrico Astra-e agendado para 2023) e toda a gama de veículos comerciais ligeiros (passando o Combo Life, Vivaro Combi e Zafira Life a estar disponíveis exclusivamente com motor elétrico), estendendo-se essa oferta mais amiga do ambiente a toda a gama em 2024, ano em que os sucessores do Crossland e do Insignia serão – sabe-se agora – também eles eletrificados. Uma estratégia de eletrificação que irá atingir o seu ponto alto em 2028, ano a partir do qual a marca alemã de Rüsselsheim passará a vender na Europa exclusivamente veículos elétricos alimentados a bateria.

blueauto

Gama Citroën acelera eletrificação Já a partir deste mês de janeiro, a Citroën dá mais um passo na eletrificação da sua gama ao passar a disponibilizar os veículos de passageiros Berlingo, Jumpy Combi e Spacetourer exclusivamente nas variantes 100% elétricas alimentadas a bateria. Esta novidade aplica-se às novas encomendas na Europa das versões de passageiros dos 3 modelos multiusos ë-Berlingo, ë-Jumpy Combi e ë-SpaceTourer, não englobando as versões comerciais (as quais, além das versões elétricas, mantêm disponíveis as propostas BlueHDi). A Citroën passa assim a disponibilizar em Portugal um total de 7 veículos de passageiros com soluções eletrificadas.

19


lançamento

MERCEDES EQB

Aventura elétrica para 7 Depois do sucesso do EQA, a Mercedes já colocou à venda em Portugal o seu segundo modelo elétrico compacto. O EQB junta-se agora ao seu irmão, apresentando-se como uma proposta mais familiar, com espaço para sete pessoas viajarem em conforto, sem qualquer emissão poluente.

VERSÕES E PREÇOS EQB 350 EQB Edition 1

20

64.950€ 71.050€

A

gama EQ da Mercedes vai crescer depressa durante os próximos anos, e a marca alemã já dispõe de quatro modelos diferentes desta família em Portugal: o EQC, o primeiro modelo; o EQA, mais acessível; o espaçoso EQV; e, mais recentemente, o luxuoso EQS. Agora, chega mais um elemento, o EQB, um SUV compacto 100% elétrico. Tal como o EQA é derivado do GLA, o EQB usa a mesma base técnica do GLB, e mesmo com a introdução da bateria e do motor elétrico continua a oferecer sete lugares, algo que ainda não é usual entre os SUV compactos. O EQB beneficia de uma longa distância entre eixos, de 2,83 metros, mas também de um habitáculo que, mesmo com a bateria, oferece uma quantidade generosa de espaço para a cabeça. O condutor pode escolher entre uma configuração de cinco ou de sete lugares, a primeira oferecendo mais espaço para os joelhos dos ocupantes e uma bagageira com uma capacidade de 495 litros (1720 litros com os bancos rebatidos), e a segunda sacrificando um pouco de conforto para as pernas, mas mantendo uma bagageira de 465 litros. Mesmo assim, a Mercedes garante conforto para um adulto de 165 cm de altura na terceira fila de bancos. O Mercedes EQB chega a Portugal, para já, numa única versão, EQB 350, com tração às quatro rodas. Tal como o EQA, dispõe de uma bateria de 66,5 kWh, que

blueauto


pode ser recarregada em casa numa wallbox de 11 kW, necessitando de 6 horas e 25 minutos para obter uma carga total, ou com um carregador público de corrente contínua até 100 kW, atingindo 80 por cento de bateria em 32 minutos, ou autonomia para 150 quilómetros em apenas 11 minutos. Em circunstâncias normais, adotando um ritmo de condução menos agressivo, o EQB 350 consegue percorrer 419 quilómetros antes de necessitar de parar para recarregar. A bateria fornece energia a um conjunto de dois motores, um em cada eixo, com 215 kW (equivalente a 292 cv) de potência. Com um motor elétrico em cada eixo, aproxima-se de um todo-o-terreno ao oferecer tração às quatro rodas, mas a sua suspensão com amortecedores a gás e eixo traseiro multilink mostra que o SUV alemão está mais à vontade em estrada asfaltada. Os pneus, que calçam jantes até 20 polegadas, ajudam a manter os consumos reduzidos. Com uma única versão, a EQB 350, o novo modelo da família Mercedes-EQ está disponível com um preço abaixo dos 65 mil euros, uma diferença de apenas 2300 euros em relação ao EQA com motor equivalente. A linha de acabamentos Progressive é oferecida de série, incluindo faróis LED de alto desempenho, câmara de marcha-atrás, sistema multimédia MBUX, navegação instalada no sistema de infoentretenimento e portão traseiro com acesso fácil à bagageira. Em alternativa, pode personalizar o EQB, ao escolher a versão especial Edition 1, que acresce 6150 euros ao preço final. Esta acrescenta elementos com um design de inspiração em eletricidade (“Electric Art”), vidros traseiros escurecidos, bancos dianteiros aquecidos, o pacote de equipamento Advanced, estofos em pele, acabamentos exteriores com peças AMG, jantes de 20 polegadas e tapetes exclusivos. n

blueauto

21


apresentação

Com vários opções de eletrificação, o Hyundai Kauai tem muito para

oferecer àqueles que querem reduzir

o seu impacto ambiental diário, tanto para os que se dedicam a fundo à

eliminação de todos os poluentes do seu estilo de vida como para aqueles que, com menos recursos, aceitam

toda a ajuda que podem para cortar nas emissões.

GAMA ELETRIFICADA

HYUNDAI KAUAI Menu completo

22

blueauto


A

Hyundai renovou recentemente o Kauai, um SUV bastante equilibrado, compacto o suficiente para circular alegremente pela cidade, mas também com uma forma aventureira que obriga o condutor a convidar os amigos a fazer uma viagem para passar o fim de semana numa praia remota. O Kauai é também um dos poucos modelos automóveis que oferece uma gama ampla de modelos eletrificados, começando nos simples semi-híbridos, passando pelos híbridos convencionais e por cima dos plug-ins (disponível no Ioniq, mas não no Kauai) e terminando em duas variantes 100% eletrificadas diferentes. Desta forma, a Hyundai oferece formas diferentes para cada condutor, à sua maneira, reduzir as emissões poluentes do seu automóvel, todas com as suas vantagens.

Com o recente restyling, a Hyundai também renovou o Kauai por baixo da pele, com o objetivo de o tornar mais confortável. Em comparação com o modelo anterior, o carro parece mais ágil em trânsito urbano, no que diz respeito à direção. Os Kauai híbrido e semi-híbrido não têm a mesma configuração de suspensão do elétrico, e isso faz-se notar na cidade, onde o eixo de torção na traseira das versões de entrada é algo vulnerável a alguns buracos no asfalto, mas não afeta a sua capacidade de curvar rapidamente e de forma estável. O elétrico é mais suave a passar por cima de irregularidades na estrada e também mais interessante de conduzir, lidando mais facilmente com curvas rápidas. Mas também se nota que o SUV sul-coreano perdeu algum fulgor, consequência da entrada em cena de uma versão de alta performance com o nome Kauai N.

blueauto

23


apresentação

KAUAI 1.6 CRDi 48V Como parte do processo de eletrificação da sua gama, a Hyundai instalou uma bateria de 48 volts nos motores 1.0 T-GDI, com turbo e injeção direta a gasolina; e 1.6 CRDi, nova geração do motor diesel com common-rail. Mas há uma certa tendência do público neste segmento para comprar veículos diesel, pelo que o 1.6 CRDi acaba por ser um exemplo mais representativo do uso desta tecnologia. Este tipo de eletrificação é fácil de disfarçar num uso diário normal, é por isso que os condutores com espírito mais ecológico não prestam muita atenção a esta forma de reduzir as emissões. É uma maneira mais simples e barata de um condutor comum aceder a este tipo de tecnologias, mas não será a sua maior preocupação na hora da aquisição. Com 136 cv de potência, consegue atingir níveis de performance mais altos que muitos outros SUV urbanos com estas dimensões, tanto que, para manobras comuns, como ultrapassagens ou arranques, não precisa da energia adicional acumulada na bateria. Mas o sistema é importante para conseguir manter os consumos em níveis mais reduzidos que o habitual para motores deste tipo, e atingir uma média nos 5 litros baixos não é complicado. O que impede o Kauai 1.6 CRDi 48V de explorar um andamento mais aventureiro é que só está disponível com eixo traseiro de torção, funcional mas não adaptado para a estabilidade necessária para acelerar nas curvas. FICHA TÉCNICA Motor Bateria Potência Binário Tração Suspensão Comprimento Largura Altura Bagageira Peso Consumo Acel. 0-100 km/h Emissões CO2

4 cilindros, 1598 cc, 16 v., common-rail e turbo 48 V, gerador por correia 136 cv/4000 rpm 280 Nm/1500-3000 rpm dianteira, caixa manual de 6 vel. McPherson à frente, barra de torção atrás 4205 mm 1800 mm 1565 mm 374 litros 1340 kg 5,2 l/100 km (testado) 10,3 segundos 134 g/km

PREÇO desde 26.580€

24

blueauto


KAUAI HEV

KAUAI EV39

O Hyundai Kauai só tem uma variante híbrida, convencional e não plug-in, mas é mais que suficiente para se tornar uma alternativa interessante dentro da gama do SUV sul-coreano. Tecnicamente, o Kauai HEV transita do modelo anterior sem grandes alterações, mantendo a mesma combinação de propulsor 1.6 de injeção directa, motor elétrico de 32 kW e uma bateria de 1,56 kWh. A bateria tem capacidade suficiente para garantir que o Kauai consegue percorrer à volta de dois quilómetros com o motor de combustão desligado. Mas na prática vai ter uma atuação intermitente, ora ativando-se quando se desliga o motor elétrico para percorrer uma pequena distância em modo de emissões zero, ou quando for necessária energia adicional para manobras de ultrapassagem, em subidas ou em arranques. Com 141 cv de potência total combinada, o Kauai HEV não fica muito longe dos 136 cv do diesel. O mesmo se passa com o consumo, que pode ficar na casa dos 5 litros baixos a 5,5 litros sem grandes problemas. Até mesmo quando é preciso potência adicional, o motor elétrico comporta-se como um turbo. Mas consegue ser mais eficiente em termos de emissões, por passar mais tempo em modo zero. O híbrido tem o mesmo problema de comportamento dinâmico, com um eixo de torção na suspensão traseira, suficiente para lhe tirar alguma estabilidade em curva em aceleração rápida.

Quando foi introduzida como versão de entrada na gama elétrica do Kauai, a variante de bateria mais pequena foi a que forçou os condutores a levantar questões sobre o uso racional de carros elétricos. Com 39,2 kWh em vez de 64 kWh, a sua autonomia anunciada é pouco mais de 300 quilómetros, um número que deixa os não-iniciados aos carros elétricos com os típicos receios de falta de autonomia. Mas a bateria mais pequena acaba por ser apropriada para a maior parte dos condutores que querem um Kauai elétrico. Os seus utilizadores vão utilizá-lo primariamente em trânsito citadino, onde as distâncias são mais curtas e o acesso imediato a postos de carregamento (tanto públicos como caseiros) é mais fácil. Além do mais, é mais fácil de gerir um valor seguro de carga, pois demora menos tempo a recarregar completamente que a bateria grande. Outra vantagem de ter a bateria pequena é a poupança de peso (150 kg de diferença), permitindo um consumo mais eficiente. O motor de 100 kW, contra os 150 kW do topo de gama, também é suficiente para convencer o condutor que não vale a pena acelerar a fundo. Por isso, não é complicado atingir consumos abaixo dos 14 kWh, tornando o modelo elétrico de 39,2 kWh a opção mais apropriada para quem procura um carro elétrico confortável e não se preocupa com as performances.

4 cilindros, 1580 cc, 16 v., inj. direta e híbrido Bateria iões de lítio, 1,56 kWh Potência 141 cv (total combinado) Binário 265 Nm (total combinado) Tração dianteira, caixa dupla embr. 6 vel. Suspensão McPherson à frente, eixo de torção atrás Comprimento 4205 mm Largura 1800 mm Altura 1565 mm Bagageira 374 litros Peso 1376 kg Consumo 5,4 l/100 km (testado) Acel. 0-100 km/h 11,3 segundos 115 g/km Emissões CO2

FICHA TÉCNICA Motor Bateria Potência Binário Tração Suspensão Comprimento Largura Altura Bagageira Peso Consumo Autonomia Acel. 0-100 km/h Emissões CO2 Carregamento

PREÇO desde 27.330€

PREÇO desde 33.005€

FICHA TÉCNICA Motor

blueauto

elétrico tipo síncrono iões de lítio, 39,2 kWh 136 cv 395 Nm dianteira, caixa de relação única McPherson à frente, multibraços atrás 4205 mm 1800 mm 1570 mm 332 litros 1610 kg 13,9 kWh/100 km (testado) 305 km (anunciada) 9,9 segundos – 4h20 (10,5 kW)

25


apresentação

KAUAI EV64 Durante algum tempo, este foi o modelo elétrico mais potente da Hyundai e, para alguns clientes, era também um automóvel com algum espírito desportivo. Para isso muito contribuíam as acelerações rápidas providenciadas pelo motor de 150 kW, alimentado pela bateria de 64 kWh. Mas com esta atualização esse detalhe desaparece, e mesmo mantendo a potência dá vontade de adotar um comportamento mais civilizado ao volante. O Kauai elétrico mais potente é mais pesado que o modelo mais acessível, mas isso não significa que é difícil obter consumos reduzidos. Optando pelo modo de condução Eco, também é possível obter valores na casa dos 14 kWh baixos por cada

26

100 quilómetros percorridos, e percorrer uma distância maior que os 484 km homologados de autonomia. A bateria grande demora mais tempo a recarregar, mas num carregador público até 100 kW nem é preciso ficar parado durante uma hora. Graças à potência elevada e à suspensão traseira multibraços, o Kauai 64 oferece alguma diversão ao volante, pois mantém a mesma estabilidade em curva que já lhe era conhecida. Mas o restyling veio acompanhado de uma maior preocupação com o conforto dos ocupantes, deixando a verdadeira imagem desportiva para o Kauai N, e agora o SUV urbano elétrico está mais virado para o conforto, visto principalmente no reforço do equipamento e dos sistemas de apoio à condução.

blueauto


FICHA TÉCNICA Motor Bateria Potência Binário Tração Suspensão Comprimento Largura Altura Bagageira Peso Consumo Autonomia Acel. 0-100 km/h Emissões CO2 Carregamento PREÇO desde 37.555€

elétrico tipo síncrono iões de lítio, 64 kWh 204 cv 395 Nm dianteira, caixa de relação única McPherson à frente, multibraços atrás 4205 mm 1800 mm 1570 mm 332 litros 1760 kg 14,2 kWh/100 km (testado) 484 km (anunciada) 7,9 segundos – 6h50 (10,5 kW)

Conclusão

Com várias opções de eletrificação à escolha, o tamanho da bolsa vai ser o primeiro fator a definir a escolha dos clientes no que diz respeito ao Kauai. E até é notório que vão existir dois tipos de clientes: um procurando uma leve hibridação e o outro concentrando-se exclusivamente nos modelos 100% elétricos. Este sentimento é reforçado pelo visual dos dois modelos, o Kauai CRDi e o HEV com um design semelhante, enquanto as variantes elétricas são visualmente distintas. Muitas das novidades tecnológicas introduzidas com o restyling são comuns a todos os modelos. É o caso do novo painel de instrumentos de 10,25 polegadas e do ecrã tátil de 8 polegadas com novas funções de infoentretenimento. Em opção, este ecrã pode crescer para as 10,25 polegadas, mas sempre ocupando um lugar de destaque no tablier. Os sistemas de segurança e assistência à condução passam a incluir uma evolução do detetor de ângulo morto, agora com prevenção de colisão, alerta de saída segura do habitáculo, “cruise control” inteligente com função de “stop/go”, e detetor do nível de atenção do condutor. Com preços a começar à volta dos 27 mil euros em ambos os casos, o diesel semi-híbrido e o híbrido tradicional vão ser opção um ao outro. Em termos de potência, estão bastante próximos, com uma ligeira vantagem de consumo para o diesel com bateria de 48 volts, pelo menos enquanto o gasóleo continuar a ser mais barato que a gasolina. Em contrapartida, o híbrido tem emissões poluentes mais baixas, por poder circular com alguma regularidade só com potência elétrica. Ambos também têm configurações semelhantes do chassis, mais adaptadas para uso citadino. A vantagem sobre os elétricos é que, com baterias de pequenas dimensões, têm um habitáculo e uma bagageira mais espaçosos, neste caso de 374 litros contra 332 litros. Os elétricos, em contrapartida, vão depender do interesse do condutor em ter mais potência e mais autonomia à sua disposição. Notoriamente mais caros que os outros modelos eletrificados, os dois Kauai 100% elétricos têm também uma diferença de mais de 4500 euros entre as respetivas versões de entrada, uma diferença que apenas poderá ser justificada em favor da bateria de 64 kWh para quem necessitar de passar mais tempo na estrada, mas também é, de certa forma, um símbolo de estatuto. Há a notar, no entanto que, com o restyling, o Kauai elétrico mais potente tem agora um preço em redor dos 37.500 euros, mais barato que no modelo anterior. Em termos de comportamento, os elétricos são mais interessantes, graças à suspensão traseira multibraços, oferecendo melhor absorção das irregularidades do asfalto em estrada aberta, bem como melhor estabilidade em curvas rápidas. n

blueauto

27


novos modelos

BMW SÉRIE 2

ACTIVE TOURER Familiar irrequieto Uma figura invulgar dentro da família BMW, o Active Tourer da Série 2 ganha uma nova geração, com um visual mais irreverente. Conhecido pela sua antiga versão híbrida, agora ganha uma família maior de motores eletrificados, com nada menos que duas opções híbridas.

28

blueauto


S

VERSÕES E PREÇOS 220i Active Tourer

38.100€

endo um modelo diferente de qualquer outro que a BMW tinha feito anteriormente, o Série 2 Active Tourer acabou por tornar-se uma opção interessante para quem quer um automóvel para uso familiar na cidade, mas também algo com o logótipo da marca. Tornou-se, também, um dos primeiros híbridos da BMW, que agora precisa de evoluir o conceito para manter o Active Tourer relevante face a um “oceano” de crossovers e SUVs urbanos. Mantendo a plataforma de tração dianteira, as suas dimensões são semelhantes, com a mesma distância entre eixos mas crescendo ligeiramente em comprimento, altura e largura, o Active Tourer ganha ainda um novo visual, mais irreverente, incorporando a nova grelha de família da BMW, com novos faróis LED. No interior, a BMW recuperou alguma espaço, adotando o conjunto Curved Display com painel de instrumentos e sistema de infoentretenimento mais compacto, bem como um novo encosto de braço flutuante. Os bancos traseiros têm encostos ajustáveis, que permitem recuperar 90 litros de espaço na bagageira, para um total de 470 litros, ou 415 litros nas variantes híbridas. O modelo híbrido 225xe foi o ex-libris do primeiro Active Tourer, e no verão a nova geração também vai ter direito a duas variantes híbridas plug-in, 225e xDrive e 230e xDrive. Ambas combinam um propulsor de três cilindros a gasolina com motores elétricos de 80 e 130 kW de potência, respetivamente, atingindo valores totais combinados de 245 e 326 cv, bem mais potentes que os 225 cv do antigo 225xe. Ambos são alimentados por uma bateria de 14,2 kWh utilizáveis, que lhes garante uma autonomia elétrica de 80 quilómetros. A bateria também é compatível com carregamento caseiro até 7,4 kW, necessitando apenas de duas horas e meia para recarregar completamente. Enquanto não chegam as versões híbridas, o Active Tourer está disponível com novos motores eletrificados, com destaque para o 220i Active Tourer: uma bateria de 48 volts fornece energia a um motor de 14 kW, que oferece mais força em aceleração até a regimes superiores, ou seja, trabalhando em conjunto com o motor 1.5 turbo a gasolina, garantindo uma potência combinada de 170 cv. Como o 223i (que usa um 2.0 turbo) não está disponível, o 220i é o único modelo eletrificado em Portugal até chegarem os híbridos, com um preço de entrada ligeiramente superior a 38 mil euros e um consumo médio anunciado inferior a seis litros por cada cem quilómetros percorridos. As outras versões disponíveis (218i e 218d) não possuem eletrificação. Como partilha a mesma base mecânica dos modelos MINI e dos BMW Série 1 e Série 2 Gran Coupé, o Active Tourer também é capaz de oferecer algumas emoções ao volante, mesmo sendo virado para um uso mais familiar. A suspensão foi alvo de diversas modificações de modo a melhorar a estabilidade quando o carro acelera à saída das curvas, com destaque para o ângulo de direção das rodas dianteiras e da rigidez do eixo traseiro. Em alternativa, pode acrescentar a suspensão desportiva com amortecedores adaptativos, que reduz a distância ao solo em 15 milímetros. Diversão em família, com menos combustível!. n

blueauto

29


mobilidade sustentável

Nissan EV36Zero

solução 360° para a mobilidade automóvel sem emissões

NOVO CROSSOVER ELÉTRICO NISSAN

MICRO-REDE ELETRICIDADE RENOVÁVEL

A

GIGAFÁBRICA ENVISION-AESC

indústria automóvel acelera o passo para chegar o quanto antes à desejada meta das emissões zero. Mas para os fabricantes de carros a neutralidade carbónica não significa apenas substituir nas linhas de montagem as até aqui motorizações tradicionais por uma gama cada vez maior de veículos elétricos, passando também por estender esse compromisso a todo o ciclo de vida dos seus produtos. Já que os benefícios da eletrificação do transporte rodoviário só serão totalmente válidos se o desenvolvimento e produção de automóveis sem emissões fizer parte de um ecossistema verdadeiramente amigo do ambiente,

30

combinando automóveis elétricos, utilização sustentável de baterias e energia obtida de fontes renováveis. É exatamente essa a abordagem da Nissan, marca que foi pioneira na mobilidade sem emissões ao lançar há mais de uma década o LEAF – o primeiro modelo totalmente elétrico a ser comercializado globalmente – e que cria agora o primeiro ecossistema de fabrico de automóveis elétricos a nível mundial: chama-se “EV36Zero” e tem como objetivo acelerar a progressão da Nissan em direção à neutralidade de carbono ao oferecer uma nova solução de 360 graus para a mobilidade automóvel com emissões zero.

blueauto


EV36 ZERO

Entering a new era of electrification, Nissan extends its commitment to innovation and transformative change by daring to do what others don’t.

NISSAN SUNDERLAND PLANT Since Nissan Sunderland Plant opened in 1986, the plant has developed into an international automotive centre, located in Sunderland, UK. BACKGROUND ■

UK engineering, design and manufacturing capability supporting 46,000 UK jobs

World-leading logistics operation managing 5 million parts a day

Exports: 70% vehicles exported to EU, 20% UK, 10% exported outside EU

1 of only 3 Global Training Centres within Nissan

Mother plant for AMIEO region

NISSAN SUNDERLAND PLANT IN NUMBERS ■

6,000 employees at Nissan Sunderland Plant, 7,000 across the UK

Supports over 46,000 jobs in the UK supply chain

2 production lines

■ Recentemente Models built:

revelado, o Chill-Out Concept é uma pré-visualização do crossover elétrico Line 1: Qashqai and LEAF deonova geração previsto para produção futura em Sunderland. o

Line 2: Qashqai and JUKE

Representando um investimento de mil milhões de libras “O Nissan EV36Zero vai transformar a ideia do que é possí■ (equivalente Produced 245,846 cars in 2020 a 1,15 mil milhões de euros), o EV36Zero será vel para a nossa indústria e definir um roteiro para o futuro um hub de vanguarda para a produção de veículos elétricos, de todos”, confirma Ashwani Gupta, COO da Nissan Motor Co. ■ masSince 1986, Nissan Sunderland Plant has producedLtd., 10.4m cars assim que a marca será pioneira na próxima não só: centrado na fábrica da marca situada em Sunderreafirmando land, no Reino Unido, este projeto inovador foi lançado pela fase da indústria automóvel, a caminho da eletrificação total. ■ Nissan More £5 com billion all time investment by Nissan emthan parceria a Envision AESC, empresa global líUm novo crossover elétrico der em tecnologia de baterias, e com a Câmara Municipal de ■ Sunderland, £400m sendo investment for the all-new Qashqai being Aproduced at Nissan Sunderland Plant longo prazo, este projeto verdadeiramente transformacomposto por três iniciativas interligacional irá modernizar e expandir a capacidade de produção das que combinam automóveis elétricos, energia renovável ■ Fastest single site UK factory to produce 10 million units (2018) de automóveis elétricos dessa importante e histórica (exise produção de baterias, gerando mais de 6.000 empregos te há já 35 anos) fábrica, e nas palavras de Makoto Uchida sustentáveis e definindo assim um modelo para o futuro:

1 in 10 cars built at Nissan Sunderland Plant last year was electric (72,745)

blueauto since 1986 and more than 65,000 North East 5,000 graduates, placements and apprenticeships youngsters have engaged with a Nissan Skills Foundation event at the plant

31


mobilidade sustentável Com o projeto “EV36Zero” a Nissan cria o primeiro ecossistema integrado de fabrico de automóveis elétricos a nível mundial.

A nova visão de longo prazo da Nissan, “Ambition 2030”, coloca a eletrificação no centro da estratégia mas o seu alcance irá muito além de novos modelos automóveis e mais tecnologias inovadoras, passando também por ajudar a construir um ecossistema inteligente de mobilidade integrada de modo a dar resposta às necessidades dos clientes e da sociedade em geral. – Presidente e CEO da Nissan – “A experiência e o know-how aí adquiridos serão partilhados globalmente, aumentando assim a competitividade global da marca”. Nessa primeira componente do ecossistema EV36Zero (a produção de veículos zero emissões), o fabricante japonês avança desde já que, do investimento total já anunciado, cerca de 486 milhões de euros vão ser dedicados à produção de um novo modelo elétrico: visto como sucessor do popular LEAF na gama 100% elétrica Nissan, chegará lá para 2025 sob a forma de “crossover” compacto construído sobre a plataforma CMF-EV da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, prometendo desde já estilo, uma eficiente motorização elétrica

32

e tecnologia de bateria de última geração; produzido em Sunderland a um ritmo esperado de até 100.000 unidades/ano, esse primeiro modelo 100% elétrico de nova geração será daí exportado para o mercado europeu, com a Nissan a prometer para mais próximo do lançamento mais detalhes sobre este novo modelo, incluindo preço e tecnologia. Recorde-se que já para o verão deste ano está prevista a entrega aos clientes das primeiras unidades do próximo grande lançamento Nissan: o Ariya, um SUV de motorização 100% elétrica que será disponibilizado em 4 versões diferenciadas pela potência e capacidade da bateria – 63 kWh, 87 kWh, e-4ORCE 87 kWh e e-4ORCE 87 kWh Performance.

blueauto


EV36 ZERO

A próxima geração de baterias

Nissanits anuncia primeirato innovation Entering a new era of electrification, Nissan extends commitment As baterias são justamente um dos componentes decisivos Fábrica Inteligente andpara transformative byacessíveis. daring toé, do what others don’t. tornar os automóveischange elétricos mais Não A Nissan revelou recentemente a primeira linha de produção pois, de admirar que elas façam parte integrante deste proconcebida segundo o novo princípio de Fábrica Inteligente jeto EV36Zero, o qual prevê, a par da produção de uma nova Nissan. Estreada nas instalações fabris de Tochigi, no Japão, geração SUNDERLAND de modelos zero emissões, a construção de uma NISSAN PLANT esta iniciativa representa um novo conceito de fabrico para nova gigafábrica destinada a produzir a próxima geração de Sincetecnologia Nissan Sunderland Plant opened in 1986, the plant hasosdeveloped into an international automotive automóveis de próxima geração, recorrendo a tecnologias de baterias: adjacente à fábrica Nissan de Sundercentre, located in Sunderland, UK. land, esta gigafábrica de baterias para carros elétricos terá a inovadoras e contribuindo para a concretização do objetivo seu cargo nomeadamente o desenvolvimento de uma nova de neutralidade carbónica com que a marca se comprometeu célula com 30% mais densidade de energia, essencial para até 2050 nas suas fábricas em todo o mundo. Além de recorBACKGROUND rer à utilização de robôs que herdaram as competências dos melhorar a autonomia e a eficiência dos novos modelos Nistakumi (técnicos-chefes artesãos) para fabricar automóveis san, aumentando a competitividade de custos e contribuindo ■ assim UKpara engineering, design and manufacturing capability 46,000 UK jobs desupporting próxima geração, com a mais alta qualidade, na nova linha se conseguir veículos elétricos mais acessíveis a foi criado um ambiente melhorado onde um vasto leque de um número crescente de clientes no futuro. ■ A nova World-leading logistics operation managing 5 millionpessoas parts pode a daytrabalhar confortavelmente, permitindo aingeração de baterias equipadas com a mais avançada da concretizar um sistema de produção de emissões zero. tecnologia estará a cargo da Envision AESC, líder mundial na ■ Exports: 70% vehicles exported to EU, 20% UK, 10% exported outside EU A nova linha da fábrica de Tochigi vai estrear a produção do produção desse tipo de componente e parceira de longa data crossover elétrico Nissan ARIYA, com início previsto para os da Nissan (há 9 anos que fornece baterias para os modelos ■ 1 of only 3 Global Training Centres within Nissan primeiros meses deste novo ano 2022. LEAF e eNV200), cuja nova gigafábrica oferecerá uma capacidade total (inicialmente de 9 GWh e podendo chegar até 25 ■ Mother plant for AMIEO region GWh em 2030) apta a fornecer baterias suficientes para alimentar até 100.000 automóveis Nissan elétricos por ano.

NISSAN SUNDERLAND PLANT IN NUMBERS

Emissões zero, sustentabilidade máxima

abordagem abrangenteat daNissan Nissan rumo às emissõesPlant, zero 7,000 across the UK ■ E a6,000 employees Sunderland

agora potenciada pela criação deste inovador hub destinado de veículos elétricosjobs estende-se todosupply o ciclo de ■ à produção Supports over 46,000 in thea UK chain vida dos mesmos. Exemplo prático disso é o facto de estar que, além da sua função a bordo dos veículos, as ■ previsto 2 production lines baterias possam ser reutilizadas para fins secundários, ar■ mazenando Models energia built: de modo a maximizar a sustentabilidade (as baterias de segunda vida dos veículos elétricos da Nissan o Line 1: Qashqai and LEAF permitirão que o excesso de energia gerada durante o dia seja armazenado em diferentes momentos, ajudando a o Linee2:usado Qashqai and JUKE equilibrar a procura na rede); por outro lado, no projeto EVuma “microrrede” energia renovável assente em ■ 36Zero Produced 245,846 de cars in 2020 parques eólicos e solares e ligado à rede energética do ReiUnido fornecerá eletricidade 100% limpa para has a produção ■ no Since 1986, Nissan Sunderland Plant produced 10.4m cars dos automóveis em Sunderland, permitindo assim economi■ zarMore thanmilhares £5 billion all time de investment by Nissan anualmente de toneladas CO2 e completando 36Zero simboliza a próxima fase do plano de eletrificação da este ecossistema integrado de fabrico de carros elétricos. ■ £400m investment for the all-new Qashqai being Nissan, produced at automóveis Nissan Sunderland Plant na qual zero emissões e fabricados com emissões zero estarão disponíveis para milhões de condutoComposto por 3 áreas interligadas que combinam automó■ veisFastest site UK factory to produce 10 million units (2018) dessa forma para acelerar a transição enerelétricos,single energia renovável e produção de baterias, e res, contribuindo representando aquilo a que a marca japonesa chama “um gética já em curso em direção à eletrificação total e à neutra■ modelo 1 in 10 cars builtdaatindústria Nissanautomóvel”, Sunderland PlantEVlast year was para o futuro o projeto lidade em electric carbono... (72,745) n

5,000 graduates, placements and apprenticeships since 1986 and more than 65,000 North East youngsters have engaged with a Nissan blueauto Skills Foundation event at the plant

33


ao volante

34

blueauto


JEEP

RENEGADE 4xe

TT sem complexos A melhor maneira de participar em aventuras fora de estrada sem poluir a natureza é com o Jeep Renegade 4xe. Na variante Trailhawk, cumpre o que se espera de um modelo da marca americana, com um sistema híbrido eficaz e por um preço mais acessível que o de qualquer outro TT híbrido no mercado.

blueauto

35


ao volante

E

mbora muitos veículos todo-o-terreno tenham evoluído para se tornarem SUVs, partilhando as suas bases mecânicas com modelos familiares comuns, alguns construtores continuam a insistir em criar automóveis capazes de atravessar os trilhos mais difíceis, e não se deixaram ficar para trás na eliminação de obstáculos a um certo nível de eficiência energética que, durante décadas, sempre escapou aos veículos TT. No caso da Jeep, passou por substituir um peça tradicional, o veio de transmissão, por um sistema híbrido que lhe permite manter as quatro rodas motrizes, baixar o centro de gravidade e eliminar muito do impacto ambiental negativo em utilização normal. O sistema 4xe, que combina um motor 1.3 turbo a gasolina com um propulsor elétrico de 44 kW, montado na traseira, já é nosso conhecido, pois experimentámo-lo no Compass, que usa a mesma plataforma técnica mas tem maiores dimensões, mais conforto e melhor apetência para uso familiar. No Renegade, acaba por transformar o que normalmente seria um veículo urbano numa espécie de brinquedo para atravessar o mato. É sem dúvida um veículo com um cariz mais pessoal que o Compass, algo que dá mais vontade de usar como montaria numa aventura. Por isso, mesmo sendo mais pequeno e mais leve, o Renegade 4xe não gasta muito menos que o Compass equivalente. Como carro com um espírito mais individualista, o condutor vai sentir a necessidade de experimentar fazer mais passeios diferentes e de explorar a natureza do que poderia fazer com o Compass. Se optar por viver quase exclusivamente na cidade, na maior parte do tempo, deverá ser capaz, com algum jeitinho, de “esticar” a autonomia elétrica além dos 44 quilómetros anunciados, e tentar chegar aos 50 km. O Renegade é capaz de atingir os 130 km/h sem necessitar de ligar o motor a gasolina, pelo que, na maior parte dos dias, poderá simplesmente escolher o

36

modo elétrico, ir do trabalho para casa e regressar a tempo de deixar o veículo a recarregar em casa. No entanto, só o facto de ter que fazer uma viagem diária mais longa para ir trabalhar obriga a recorrer mais vezes ao motor a gasolina, através do botão E-Save, e a poupar a energia da bateria para garantir que ela está disponível para uso citadino, onde é mais importante evitar emissões poluentes. Mesmo com o nível de equipamento Trailhawk, preparado especificamente para uso em todo-o-terreno, o Renegade necessita de alguma habituação quando o condutor parte à aventura fora das estradas longe do asfalto. Em comparação com o Compass, perde pouco mais de 10 milímetros de altura ao solo, o que não é uma grande diferença, mas as suas dimensões compactas ainda fazem com que o condutor possa sentir-se mais à vontade nas ruas apertadas das cidades que nos caminhos de terra dos nossos montes. Mas, após um primeiro passo, há mais confiança. E após meia dúzia de passos, já andamos a “rasgar” com alguma alegria pelos trilhos de acesso mais fácil. O Renegade 4xe acaba por ter performances “offroad” comparáveis às do Compass, estável nas curvas com terra mais suave e com algumas pedras soltas, usando o modo “Sand/Mud”, um dos cinco modos a que o condutor pode aceder no controlo de tração. Com recurso aos dois motores, a entrega de potência é quase imediata em ambos os eixos, e as redutoras constituem uma ajuda importante quando é preciso atravessar obstáculos mais difíceis, através da seleção do modo de condução “Rock” no botão do Select-Terrain. Em cidade, o Renegade é pequeno o suficiente para ser mais ágil nas curvas que o seu irmão maior, mas continua a sentir-se o peso da bateria sobre o eixo traseiro, quando o carro só circular com tração dianteira. A força de travagem é reaproveitada rapidamente, pois é necessária para manter a bateria utilizável em trânsito citadino durante mais minutos e por mais alguns quilómetros.

blueauto


A melhor proposta

Se não precisar de um automóvel que seja apto para uso familiar, o Renegade 4xe é a melhor escolha no mercado nacional para ter um veículo preparado para todo-o-terreno e equipado com um motor híbrido plug-in. Outras opções, tanto na Jeep como noutras marcas, têm uma tendência para serem tão luxuosas como aventureiras, por preços que só os mais abonados conseguem pagar. Assim, o Renegade está disponível por preços a partir de pouco mais de 40 mil euros, com a variante aventureira, a Trailhawk, a custar 43.850 euros, uma vantagem de quase 5000 euros em relação ao Compass, e beneficiando das mesmas capacidades e do mesmo equipamento para uso fora de estrada. O equipamento do Renegade Trailhawk tem alguns dos mesmos detalhes que o Compass no que diz respeito a marcar a diferença em relação ao resto da gama, com destaque para a mais recente geração do sistema de infoentretenimento Uconnect, que recorre a um ecrã de maiores dimensões, com 8,4 polegadas, com acesso mais fácil a todas as funções. O interior é mais simples no modelo mais pequeno, mas com uma boa quantidade de espaços para a arrumação de pequenos objetos, e um bom nível de conforto para o condutor e para o passageiro. Os bancos traseiros são menos eficazes para transportar adultos durante longas distâncias, mas como já dissemos o Renegade 4xe é um automóvel essencialmente individualista. Por isso, caso não seja preciso transportar o material para as atividades das crianças ou fazer muitas compras de cada vez, a bagageira de 300 litros acaba por não ser muito problemática quando é preciso guardar tudo o que uma pessoa necessita. Por tudo isso, mesmo sendo baseado numa plataforma que deu origem à maioria dos modelos compactos e médios da Fiat, o Jeep Renegade 4xe faz jus ao nome da marca americana quando é transformado no modelo Trailhawk. n Paulo Manuel Costa (texto)

FICHA TÉCNICA Motor Bateria Potência Binário Tração Suspensão Comprimento Largura Altura Bagageira Peso Consumo Acel. 0-100 km/h Emissões CO2 Carregamento

4 cilindros, 1332 cc, 16 v., inj. direta e híbrido iões de lítio, 11,4 kWh 240 cv (total combinado) 270 Nm (gasolina) + 263 Nm (elétrico) integral, auto. de 6 vel. McPherson em ambos os eixos 4236 mm 1805 mm 1718 mm 330 litros 1935 kg 3,7 l/100 km (testado) 7,1 segundos 51 g/km 1h40 (7,2 kW)

PREÇO 43.850€ (versão Trailhawk) (gama Renegade 4xe desde 40.050€)

blueauto

37


especial HÍBRIDOS E ELÉTRICOS

NOVIDADES 2022 Numa única direção...

Não há mesmo volta a dar. As principais novidades da indústria automóvel mundial esperadas em 2022 vão ter todas algum tipo de eletrificação, e até mesmo os que ainda têm motores a gasolina serão pelo menos mild-hybrids. Os automóveis híbridos e elétricos que vão chegar este ano prometem também ser verdadeiras “montras” tecnológicas, melhorando o conforto, o acesso à informação e a facilidade de utilização de várias formas, num primeiro passo para tornar os condutores parte da mesma experiência de utilização que até agora estava só reservada aos ocupantes. Numa lista ainda longe de poder ser considerada exaustiva, vamos então conhecer a mais de meia centena (ou seja, pelo menos uma estreia todas as semanas!) de novidades com apresentação ou lançamento agendado para o novo ano que agora começa...

38

blueauto


ALFA ROMEO TONALE

HÍBRIDO

Desde que foi antecipado em 2019 sob a forma de protótipo que o Alfa Romeo Tonale tem deixado os “alfistas” na expectativa. Agora, os fãs da marca não terão que esperar mais: o modelo final vai ver as suas formas oficiais mostradas em março, para chegar ao mercado alguns meses mais tarde. Como foi desenvolvido antes da fusão da Fiat e do Grupo PSA na Stellantis, ainda usa a base do Jeep Compass, com quem partilha a sua gama de motores, incluindo um híbrido plug-in com potência total de pelo menos 240 cv, com tração às 4 rodas, ocupando o lugar de topo de gama, ao lado de opções com eletrificação mild-hybrid.

BMW i4

ELÉTRICO

Já está em comercialização, mas será só a partir de fevereiro que poderemos assistir à chegada do novo modelo elétrico BMW i4, já apresentado em detalhe noutras edições. A versão de acesso a esta elegante e sofisticada berlina desportiva 100% elétrica é o i4 eDrive 40, equipada com motores elétricos de 250 kW (340 cv) para acelerar dos 0 aos 100 km/h em 5,7 segundos e que garante 590 km de autonomia através de uma bateria de 83,9 kWh. Ainda mais aliciante é o i4 M50 de 400 kW (544 cv) e 795 Nm, capaz de acelerar até aos 100 km/h em apenas 3,9 segundos e de atingir os 520 km com uma única carga da bateria com 83,9 kWh de capacidade.

AUDI A6 E-TRON

ELÉTRICO

Até ao final de 2022 a Audi deverá apresentar ao mercado o primeiro de uma nova família de modelos elétricos, que vão estrear a plataforma para veículos de luxo do Grupo Volkswagen. O Audi A6 e-tron terá baixa resistência aerodinâmica, quase 5 metros de comprimento, visual desportivo e um interior espaçoso. A bateria de 100 kWh deverá garantir uma autonomia de 700 km e uma capacidade de recarga até 270 kW. Desta plataforma, a Audi também pretende lançar os próximos A4 e A8, bem como SUVs de luxo para substituir os atuais Q5 e Q7, tornando todos os seus modelos de grandes dimensões 100% elétricos.

blueauto

39


especial BMW i7

ELÉTRICO

Não é o primeiro a aproveitar a nova geração de baterias, que já está disponível no i4 e no iX, mas será sem dúvida o modelo elétrico mais ambicioso da BMW. O i7 chega em 2022 com uma bateria de 105,2 kWh, capacidade de recarga de 200 kW para obter 80% de energia em 35 minutos, e uma autonomia de mais de 500 km. Mesmo não revelando motores, tendo em conta as versões do iX, o i7 deverá ter os mesmos motores de 385 kW (523 cv) e 455 kW (619 cv) para as versões mais luxuosas, equipadas com tração às 4 rodas. O sistema de infoentretenimento estreado no iX também deverá ocupar um lugar central em frente ao condutor e passageiro.

CITROËN C5 X

HÍBRIDO

Em toda a sua história a Citroën sempre se destacou pelos seus modelos com uma forte linguagem de design, e o C5 X mostra uma vontade da marca francesa de regressar aos seus tempos áureos. Combinando características de carrinha, SUV e coupé, enquanto o interior recorre a uma posição sobre-elevada para combinar a sensação de conduzir um SUV com o amplo espaço (tanto para os ocupantes como arrumação de objetos) que era um dos ex-libris do CX, modelo de luxo da Citroën que serviu como inspiração para o C5 X. Chega ao mercado nacional durante o primeiro semestre, incluindo uma versão híbrida com uma potência total de 225 cv, com a bateria de 12,4 kWh a garantir uma autonomia elétrica de 55 km.

HYUNDAI IONIQ 6

ELÉTRICO

O próximo modelo da família Ioniq deve chegar antes do final do ano, e será completamente diferente do atual Ioniq 5. Apesar disso, o Ioniq 6 vai usar a mesma plataforma técnica, com baterias de 77,4 kWh, tração traseira ou dianteira, e potências elevadas, até aos 430 kW (585 cv). O Ioniq 6 vai usar uma nova linguagem de design, mostrada pela primeira vez há 3 anos no protótipo Prophecy, e embora não possa usar algumas das ideias do protótipo, como a ausência de volante, poderá aplicar outras, como banco do condutor com mais posições ajustáveis ou o sistema de limpeza de ar em vez da ventilação tradicional. Terá um interior igualmente espaçoso como o Ioniq 5, mas o 6 destina-se a um público mais tradicional.

40

blueauto


AUDI

Ainda antes do lançamento do A6 e-tron, a Audi vai contar com um novo SUV 100% elétrico: o Q6 e-tron.

BMW

JEEP GRAND CHEROKEE 4xe

HÍBRIDO

Em breve todos os modelos da Jeep para o mercado europeu vão estar eletrificados, e o próximo modelo a receber a tecnologia 4xe será a nova geração do Grand Cherokee, com estreia prevista para o segundo semestre do ano. O Grand Cherokee 4xe usa o mesmo conjunto híbrido do Wrangler, com 280 kW (381 cv) de potência, e embora seja o mais refinado e luxuoso modelo da marca americana, com reforço do equipamento de segurança, também vai ter capacidades de todo-o-terreno invejáveis, com caixa redutora e comandos da suspensão para facilitar passar por cima de rochas. Também terá 3 modos de utilização para poupar energia e vai poder percorrer até 40 km em modo completamente elétrico.

O novo modelo iX1 irá juntar-se este ano ao i4 e ao i7 como novidades 100% elétricas na gama BMW. Quanto a novos híbridos plug-in, destaque para a chegada ao mercado da nova geração do Série 2 Active Tourer e para a apresentação do XM, um grande e robusto SUV de características desportivas a produzir a partir do final de 2022 e que será o primeiro automóvel eletrificado da divisão de alta performance da marca, BMW M.

CITROËN

O Citroën ë-Berlingo Van já se encontra disponível para encomenda em Portugal. As primeiras unidades deste furgão 100% elétrico chegam ainda em janeiro.

CUPRA

Para 2022 está prevista a chegada das variantes de 45 kWh e 77 kWh do modelo elétrico Born, as quais se irão juntar assim à versão com bateria de 58 kWh já disponível.

DACIA

A oferta do primeiro modelo 100% elétrico da Dacia será alargada em breve com o lançamento de uma variante comercial, Spring Cargo.

DS

KIA NIRO

ELÉTRICO | HÍBRIDO

Não sendo completamente original, a primeira geração do Kia Niro foi uma reinterpretação interessante de conceitos tradicionais. Agora, esse conceito vai evoluir na segunda geração, que chega à Europa no segundo semestre. O Niro promete tornar-se mais ecológico em todos os sentidos, com uma versão híbrida, outra plug-in e finalmente um modelo elétrico, com os híbridos a privilegiarem o uso do motor elétrico quando o veículo reconhece estar num ambiente urbano. O SUV sul-coreano estreia uma nova configuração dos faróis LED, que ajuda a desenhar a sua nova “cara”, enquanto o interior recorre essencialmente a materiais de origem renovável ou sustentável, como papel de parede reciclado ou um plástico feito de folhas de eucalipto.

A par do novo SUV híbrido plug-in DS 4 E-TENSE, o início de 2022 vê a oferta eletrificada da marca francesa DS Automobiles ser reforçada com o lançamento de novas motorizações PHEV para a berlina topo de gama DS 9, que ainda no primeiro trimestre deste ano passará a estar disponível nas variantes E-TENSE 250, com potência combinada de 250 cv; e E-TENSE 360 4x4, de 360 cv.

FORD

Para este ano está previsto o restyling do Ford Kuga, modelo que continuará a ser oferecido com diferentes versões de eletrificação, incluindo motorização híbrida plug-in. 2022 marca também o início das entregas do Mustang Mach-E GT, a versão mais dinâmica do SUV elétrico do fabricante norte-americano, equipada com 2 motores e tração integral de modo a disponibilizar 487 cv de potência e 860 Nm de binário. Outra novidade Ford: a estreia da comercial Transit com motor 100% elétrico, E-Transit.

HONDA

A nova geração HR-V chega ao mercado no início deste ano, com a novidade de estar agora disponível apenas com motorização híbrida e:HEV.

blueauto

41


especial LEXUS NX

HÍBRIDO

Mesmo que o elétrico RZ esteja na boca do mundo, vale a pena recordar que a Lexus foi a primeira marca a ter uma gama de modelos completamente eletrificada. Por isso, é importante prestar atenção aos concessionários da marca de luxo japonesa nestes primeiros meses do ano, com a chegada ao mercado da nova geração do NX. Ligeiramente maior em todos os sentidos, estreia novos faróis máximos adaptativos de desenho compacto e uma nova plataforma multimédia. O novo SUV da Lexus está disponível com duas opções híbridas: o híbrido “self-charging” NX 350h, com tração dianteira ou integral e potência total de 179 kW (244 cv); e o híbrido “plug-in” NX 450h+, só com tração integral e 227 kW (309 cv).

MERCEDES EQE

ELÉTRICO

O número de modelos com a sigla EQ na Mercedes-Benz vai crescer em 2022, mas o destaque vai para o EQE. Não se trata de uma versão elétrica do tradicional Classe E, mas de uma aplicação mais acessível ao público da nova base tecnológica que também equipa o novo EQS, com dimensões semelhantes às do coupé CLS, mas com mais espaço interior, devido à plataforma 100% elétrica. Chega ao mercado durante os próximos meses na versão EQE 350, com 215 kW (292 cv) e tração traseira, percorrendo mais de 600 km com a sua bateria de 90 kWh. Mais tarde vai surgir uma versão AMG, prometendo mais de 500 kW (680 cv). Em opção, o EQE pode ser equipado com suspensão pneumática e com rodas traseiras direcionais.

NISSAN ARIYA

ELÉTRICO

Habituada a inovar nos últimos anos, a Nissan prepara-se para dar outro salto evolutivo antes do verão, quando o Ariya chegar ao mercado nacional. O novo modelo elétrico da marca japonesa vai estrear várias novas tecnologias, começando pelo conceito de gestão inteligente da potência junto às rodas, conhecido como “e-4orce”, melhorando a segurança e estabilidade em estrada, oferecendo mais controlo ao condutor mesmo adotando um comportamento mais desportivo. Vai oferecer uma gama ampla com tração dianteira ou integral, baterias de 63 e 87 kWh para autonomias até 500 km e potências até 290 kW (390 cv). Também vai beneficiar de uma nova geração do sistema “ProPilot” de assistência à condução, navegação mais comunicativa com o condutor e um sistema de infoentretenimento que é atualizado automaticamente.

42

blueauto


JEEP

Equipado com potente motorização híbrida plug-in, o Jeep Wrangler 4xe model year 2022 vai surgir reforçado com conteúdos tecnológicos de vanguarda e um conjunto completo de funcionalidades de segurança de nova geração.

KIA

NISSAN QASHQAI e-POWER

HÍBRIDO

Depois da estreia da nova geração Qashqai ter sido feita com motores eletrificados com hibridização ligeira, para 2022 está prevista a chegada da versão equipada com sistema e-POWER, tecnologia proprietária da Nissan na qual o motor de tração é 100% elétrico e o motor a gasolina funciona apenas como gerador de potência, para carregar a bateria: esta solução híbrida permite assim – anuncia a marca – “usufruir das vantagens de uma condução puramente elétrica sem os constrangimentos na autonomia e nos tempos de carregamento”.

O segundo modelo 100% elétrico da Kia vai ser o EV9: por agora mostrado ainda sob a forma de protótipo – Concept EV9 –, chegará como SUV de grandes dimensões e a sua estreia mundial deverá ter lugar mais para o final do ano. Ainda para o primeiro trimestre 2022 está agendado o lançamento da nova geração Kia Sportage, modelo que estreia versões híbrida elétrica (HEV) e híbrida plug-in (PHEV).

LEXUS

Em 2022 o RZ 450e vai tornar-se no primeiro 100% elétrico Lexus a utilizar uma plataforma dedicada exclusivamente a veículos BEV.

LOTUS

O primeiro Lotus 100% elétrico vai ser um SUV e tem lançamento agendado já para este ano.

MASERATI

Outra marca de automóveis desportivos a estrear uma gama elétrica em 2022 promete ser a italiana Maserati, com a eletrificação total a iniciar-se com o modelo GranTurismo.

MAZDA

A Mazda vai expandir a sua linha de modelos SUV, lançando na Europa as novidades CX-60 e CX-80: a primeira delas, CX-60, chega já este ano. Ainda durante o primeiro semestre vai chegar também a anunciada nova versão do elétrico MX-30 que recorre à tecnologia de motor rotativo exclusiva da marca como gerador, de modo a reforçar a autonomia. Novidade para 2022 é ainda o Mazda2 Hybrid.

MERCEDES

OPEL ASTRA

HÍBRIDO

É já nos primeiros meses de 2022 que a nova geração do Opel Astra começa a circular nas estradas portuguesas, começando pela berlina de 5 portas, com preços a partir dos 37.300 euros, seguindo-se muito em breve a carrinha Astra Sports Tourer, uma preferida dos portugueses. Este é o primeiro Astra desenvolvido na plataforma EMP2. O Astra está disponível com dois motores híbridos plug-in, com potências combinadas de 132 e 165 kW (180 e 225 cv) e ambas recorrendo a uma bateria de 12,4 kWh. A autonomia elétrica máxima é de 60 km. O novo Astra estreia a nova geração dos faróis inteligentes Intelli-Lux LED Pixel e um novo sistema de infoentretenimento totalmente digital. A versão 100% elétrica Astra-e está prevista para 2023.

Depois do recém-estreado EQB, além do EQE já aqui destacado a gama elétrica Mercedes-EQ será reforçada em 2022 com o novo modelo EQT e com a versão AMG 53 4Matic+ do EQS. Também da Mercedes-AMG chegará ainda o híbrido plug-in GT 63 S E Performance.

MG

Novidades desta marca agora com identidade chinesa e que já conta com distribuição em Portugal são o renovado ZS EV (B-SUV) e os novos MG Marvel R (SUV-coupé) e MG 5 (carrinha), todos eles de motorização 100% elétrica.

NISSAN

A Nissan lança agora uma gama renovada de veículos comerciais, na qual se destaca o furgão compacto Townstar, um novo comercial ligeiro cuja versão 100% elétrica Townstar EV se prepara para suceder à e-NV200.

blueauto

43


especial PEUGEOT 308 SW

HÍBRIDO

O novo 308 SW já pode ser encomendado, juntando-se assim à variante berlina. O lançamento comercial da carrinha da nova geração Peugeot 308 está previsto para o final do primeiro trimestre 2022. O novo Peugeot 308 Station Wagon destaca-se pela sua carroçaria singular, estilo expressivo, perfil desportivo e secção traseira sofisticada, além da otimização substancial da eficiência geral e da dinâmica do veículo, bem como por um impressionante arsenal tecnológico, juntando a isso a possibilidade de escolha entre motorizações térmicas a gasolina ou diesel e 2 versões híbridas plug-in – Hybrid 225 e-EAT8 e Hybrid 180 e-EAT8 –, que anunciam uma autonomia em modo elétrico até 60 km.

POLESTAR 2

ELÉTRICO

O fabricante Polestar confirmou que o seu modelo Polestar 2 irá chegar este ano a Portugal: o segundo automóvel da marca de performance elétrica da Volvo Cars é uma elegante berlina média “premium” com duplo motor elétrico, potência total de mais de 400 cv e mais de 450 km de autonomia WLTP anunciada. Confirmado está ainda que o modelo seguinte – Polestar 3, um SUV de motorização 100% elétrica a lançar ao longo de 2022 – estará disponivel em todos os mercados europeus da Polestar, logo deverá ser comercializado também entre nós.

RENAULT AUSTRAL

HÍBRIDO

Ainda não se sabe muito sobre o Austral, o próximo SUV da Renault que vai tomar o lugar do Kadjar, com um visual muito semelhante ao do Mégane, mas mais comprido e com mais espaço para os 5 ocupantes. A Renault ainda não revelou se haverá uma versão de maiores dimensões com 7 lugares, mas já anunciou que todos os motores serão eletrificados, com opções “mild-hybrid” com bateria de 12 ou 48 volts, incluindo os motores 1.3 turbo de 140 e 156 cv do seu “primo” Nissan Qashqai. Também vai existir uma versão E-Tech, híbrida e com motor até 200 cv. Valores como autonomia elétrica ainda não foram homologados, enquanto o carro termina a sua fase de desenvolvimento antes do início da produção no final do ano.

44

blueauto


OPEL

Renovado a nível de design, tecnologia e segurança, e proposto em 2 versões híbridas plug-in (Hybrid de 225 cv e Hybrid4 com tração integral e 300 cv de potência combinada), o novo Opel Grandland tem chegada ao mercado português prevista para março.

PEUGEOT

RENAULT MÉGANE E-TECH ELECTRIC ELÉTRICO

Um dos novos modelos 100% elétricos mais aguardados do ano é o Renault Mégane E-TECH Electric: a partir de fevereiro já será possível encomendar em Portugal esta grande novidade que a marca francesa anuncia como “um automóvel que faz parte de um ecossistema que representa uma plataforma de hardware que integra um software de última geração e uma conectividade otimizada, proporcionando novas experiências a todos os seus ocupantes”. Proposto em 2 versões de capacidade de bateria – 40 kWh e 60 kWh, com autonomia máxima estimada de 300 e 470 km, respetivamente – e de potência de motor – 130 cv e 220 cv –, o Mégane elétrico estará disponível no mercado nacional a preços desde 35.200€.

Para este ano é ainda esperada a estreia de uma variante de carroçaria “crossover” baseada no 308, que poderá receber a designação 4008 e que contará certamente com eletrificação.

PORSCHE

Além da recentemente anunciada nova versão GTS do Taycan e Taycan Cross Turismo (a qual se destaca pelo “look” mais desportivo e pela autonomia alargada além dos 504 km), a gama 100% elétrica da Porsche poderá passar a contar ainda este ano com um reforço de peso: a nova geração do SUV Macan vai ser elétrica e deverá ser apresentada até final de 2022.

RANGE ROVER

A Land Rover confirmou 2024 como ano de lançamento em estreia do primeiro modelo Range Rover com motor totalmente elétrico. Bem antes, ainda no início de 2022, a nova geração do luxuoso SUV acrescentará aos atuais motores micro-híbridos novas versões híbridas plug-in, com potências combinadas até 510 cv e autonomia elétrica até 100 km.

RENAULT

Equipado com motor elétrico de 90 kW e anunciando uma autonomia até 300 km graças à nova bateria de iões de lítio de 45 kWh, a nova geração do comercial Kangoo E-TECH 100% elétrico estará à venda em toda a Europa partir da primavera 2022.

SUZUKI

SKODA ENYAQ COUPÉ iV

ELÉTRICO

Embora tenha tido modelos de cariz desportivo, a Skoda não tem um modelo coupé há algumas décadas, desde os tempos em que era uma das mais bem-sucedidas marcas do outro lado da Cortina de Ferro. No entanto, este ano tudo muda, com a marca checa a lançar o novo Enyaq Coupé iV, semelhante ao Volkswagen ID.5 e ao Audi Q4 Sportback. Aerodinamicamente mais eficiente que o Enyaq familiar, será capaz de percorrer 535 km com a bateria de 77 kWh, usada nos modelos topos de gama, onde também é compatível com carregadores públicos de até 125 kW de capacidade. Tal como o Enyaq iV, a carroçaria coupé recorre a materiais sustentáveis para o habitáculo, como lã natural ou poliéster feito a partir de garrafas de plástico reciclado.

Um dos crossovers familiares mais acessíveis do mercado, o Suzuki S-Cross vai ter uma verdadeira versão híbrida, que chegará ao mercado no segundo semestre de 2022. O novo sistema PHEV também será oferecido no Vitara.

TESLA

Enquanto se espera para saber se será ou não em 2022 que vão ser conhecidos mais pormenores sobre o futuro modelo Roadster (que poderá ter sido adiado para o ano seguinte), na oferta Tesla uma novidade já confirmada para este ano é a chegada da versão Performance do Model Y, capaz de cumprir a aceleração 0-100 km/h em apenas 3,7 segundos.

VOLKSWAGEN

É praticamente certo que, à imagem dos “irmãos” ID.4 e ID.5, também o Volkswagen ID.3 passará a contar este ano com uma versão de características mais desportivas, ID.3 GTX.

blueauto

45


especial TOYOTA bZ4

ELÉTRICO

Grande novidade Toyota a estrear em 2022 é sem dúvida o primeiro automóvel 100% elétrico da marca japonesa. Apresentado há algum tempo como protótipo, o bZ4X passa agora a modelo de produção: o primeiro automóvel elétrico a bateria da Toyota é um SUV de tamanho médio espaçoso e confortável que vai chegar ao mercado em versões com tração dianteira e às 4 rodas (neste caso com um motor elétrico em cada eixo), equipado com motor elétrico de 150 kW (204 cv) e bateria com 71,4 kWh de capacidade que deverá proporcionar até 450 km de autonomia no ciclo combinado WLTP e compatibilidade com carregamento rápido até 150 kW (o que significa cerca de 30 minutos para uma recarga até aos 80%). O lançamento das pré-reservas online é esperado para breve.

TOYOTA COROLLA CROSS HÍBRIDO

Em meados deste ano a Toyota vai lançar o Corolla Cross na Europa. Embora o C-HR seja um carro que dá nas vistas como um exemplo de prazer ao volante na cidade, não tinha os argumentos, enquanto SUV crossover, para atrair a atenção das famílias. Agora, finalmente, a marca japonesa vai disponibilizar um modelo prático, espaçoso e com uma bagageira também ela bastante prática. O sistema de infoentretenimento com ecrã de 10,5 polegadas promete tornar as viagens mais simples com uma navegação mais intuitiva. Vai chegar à Europa com um motor híbrido convencional, semelhante ao do C-HR GR Sport, com potência total combinada de 145 kW (197 cv), e tração às 4 rodas em opção.

VOLKSWAGEN ID.BUZZ

ELÉTRICO

A gama ID da Volkswagen começou por tentar ser algo revolucionária em relação a todos os outros modelos da marca, mas agora é a altura ideal para fazer a ligação à sua longa história. Vai acontecer já em março a apresentação pela VW do seu primeiro veículo elétrico com inspiração nostálgica, fazendo lembrar a Transporter T1 “pão de forma”, mas virado para um público jovem. O ID.Buzz ainda só foi mostrado como protótipo, mas já dá para antecipar o que vai oferecer ao público, como um comprimento de quase 5 metros com um habitáculo com espaço para 8 pessoas, uma autonomia de 600 km, bateria com capacidade de recarga de 150 kW, tração às 4 rodas para controlar os 275 kW (374 cv) e, potencialmente, mais componentes de condução autónoma. Prevista está também uma variante Cargo para utilização comercial.

46

blueauto


VOLKSWAGEN ID.5

ELÉTRICO

Depois dos ID.3 e ID.4, a ofensiva elétrica Volkswagen prepara-se para ter continuidade com a chegada da novidade ID.5: um SUV-coupé com 4,6 metros de comprimento e traseira mergulhante que contribui para uma carroçaria de baixa resistência aerodinâmica, logo melhor autonomia (520 km nas versões de entrada). Recorre apenas à bateria de 77 kWh e vai estar equipado com os motores mais potentes da atual gama ID, de 128 ou 150 kW (174 e 204 cv), ambos disponíveis apenas com tração traseira. No topo de gama ficará o ID.5 GTX, a versão verdadeiramente desportiva, com motores em ambos os eixos, uma potência combinada de 220 kW (299 cv) e 2 modos de condução (Sport e Traction) que deixam o ID.5 GTX a funcionar com 4 rodas motrizes permanentes e a poder acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,3 segundos.

AIWAYS U5/U6

ELÉTRICO

A marca chinesa Aiways vai começar a comercializar os seus SUV zero emissões também no mercado português, dando início à distribuição nacional com o lançamento previsto para o mês de abril 2022 do modelo U5, um SUV elétrico de interior espaçoso e confortável, recheado de tecnologia, equipado com motor de 150 kW (204 cv) e bateria de 63 kWh apta a garantir autonomia acima dos 400 km. Pouco depois será a vez de chegar o U6, novo SUV-coupé elétrico aerodinâmico dotado de tecnologia inteligente e design desportivo.

SMART (nova geração) VOLVO XC90

ELÉTRICO

Espera-se que, no final do ano, a Volvo anuncie o seu próximo veículo elétrico. A marca sueca deverá apostar no sucessor do XC90 como primeiro veículo equipado com as inovações mostradas no Concept Recharge, estreando a sua primeira plataforma técnica concebida especificamente para veículos 100% elétricos, libertando mais espaço para criar um habitáculo amplo e personalizável, e recorrendo a materiais de origem sustentável e orgânica, de um modo que o próprio carro terá um impacto ambiental reduzido durante toda a sua vida útil. Visualmente, deverá inspirar-se não só no Concept Recharge, mas também casar o XC90 e o V90, fazendo lembrar as carrinhas Volvo dos anos 70 e 80.

ELÉTRICO

Uma das grandes estreias mundiais a revelar este ano deverá ser o primeiro modelo de produção em série da nova geração de automóveis elétricos da marca conhecida por ter sido precursora no segmento dos carros modernos de pequenas dimensões e vocação marcadamente citadina: o protótipo Concept #1 antecipa aquele que será o modelo inaugural da Smart Automobile Co., Ltd., “joint venture” criada em 2019 e detida em partes iguais pela Mercedes-Benz AG e pelo grupo automóvel chinês Geely, cujo foco será transformar a Smart num fornecedor de veículos elétricos e conectados para o segmento “premium”. O primeiro automóvel da nova era Smart deverá ser conhecido ainda em 2022 (com lançamento comercial talvez só no próximo ano), sabendo-se já que terá a forma de um SUV compacto de estilo desportivo e interior espaçoso, equipado com tecnologia avançada e, claro, 100% elétrico.

blueauto

47


ao volante

BMW 520e TOURING

Acesso a um mundo diferente Mesmo usando uma roupagem tradicional, o BMW Série 5 já está bem avançado no caminho da eletrificação, com uma gama cada vez mais extensa de veículos que podem circular com zero emissões. É o caso do híbrido 520e, que promete acabar com a necessidade de um motor diesel para ter acesso a um BMW de luxo.

M

esmo sendo um dos modelos com mais anos de presença na gama BMW, o Série 5 já oferece uma grande variedade de versões eletrificadas, incluindo três propostas de motores híbridos plug-in. A mais interessante para o mercado nacional é a 520e, que está disponível tanto na berlina como na touring, e que promete destronar o tradicional diesel como primeira opção de compra para quem quer uma carrinha com conforto total, ao mesmo tempo que oferece consumos e emissões de CO2 mais baixos. Este motor, que já tínhamos experimentado no 320e, tem um significado diferente no Série 5. Aqui, é a experiência de viagem que importa, com mais espaço no interior para o condutor e os passageiros, e a performance do motor é secundária. Em vez disso, o condutor que está interessado no 520e é alguém que privilegia primariamente os consumos baixos, e se fizer a sua vida primariamente na cidade pode privilegiar o uso do modo ePower e recarregar a bateria de 12 kWh em pouco mais de 3 horas para poder percorrer 50 quilómetros sem emitir um único grama de dióxido de carbono, principalmente se o condutor escolher aderir aos serviços BMW Connected para facilitar a criação de rotas que o colocam o mais próximo possível de um carregador público (ainda que não possa recarregar a alta velocidade). Tal como no 320e, o condutor vai escolher primariamente circular nos modos Hybrid, que tira partido dos dois motores de forma automática, e ePower, sendo preferível manter este desligado em viagens mais longas e guardá-lo para a cidade. Não há um modo para resguardar a energia acumulada na bateria,

48

blueauto


blueauto

49


ao volante

mas mesmo assim é possível manter os consumos médios na casa dos 3 litros sem grandes dificuldades, e o sistema tira bom partido da força de travagem para manter a carga entre os 25 e os 50 por cento mesmo andando muito tempo em estrada. Devido ao peso e às dimensões do 520e, também não há muita necessidade do condutor usar o modo Sport. O conjunto propulsor tem uma potência de “apenas” 204 cv, alto o suficiente para manobras de ultrapassagem, mas baixo para que o condutor nunca se sinta tentado a andar nos limites por diversão. Por isso, quanto mais conduzir o híbrido de acesso de gama, menos o proprietário do 520e vai sentir saudades do outro modelo mais barato, o 520d.

Suavidade permanente

Serão vários os momentos em que os passageiros quase vão esquecer que estão a fazer uma viagem num automóvel, graças ao avassalador silêncio do 520e em modo elétrico. Somente o condutor vai estar consciente do rolamento dos pneus sobre o asfalto, recebendo essas sensações através do volante. Mas como o condutor nunca vai sentir necessidade de acelerar nas curvas (como talvez quisesse experimentar com o mais potente 530e), os passageiros muito raramente vão sentir a sensação de virar nas curvas, ou de passar por irregularidades na estrada, quase como se a carrinha da BMW se movesse por cima de um tapete. A bateria de 12 kWh não retira qualquer espaço ao habitáculo, permitindo a dois adultos de estatura elevada sentarem-se nos bancos traseiros sem qualquer sensação de desconforto para as pernas e para a cabeça. Já a bagageira da variante híbrida é mais pequena que as versões normais com motor diesel, caindo dos 560 para os 430 litros, uma diferença conside-

50

rável no que diz respeito ao tipo de malas ou equipamento de lazer que se quer transportar em viagem. Ainda assim, o BMW 520e Touring só perde no espaço de carga para as variantes híbridas de um dos seus concorrentes tradicionais neste segmento, derrotando o outro concorrente. Com um preço de 65.500 euros, a carrinha 520e apresenta-se no mercado com um preço que é apenas 2200 euros mais elevado que o diesel equivalente, mas é uma diferença que poderá valer a pena o investimento em pouco tempo. No que diz respeito ao motor de combustão, com o recurso constante ao motor elétrico, os consumos do híbrido são bem mais baixos que os do diesel, e à medida que as cidades vão proibindo a entrada de motores diesel nos seus centros urbanos esta é outra vantagem para optar o mais depressa possível pelo híbrido num segmento que normalmente é tradicionalista nas suas escolhas. O BMW também é bem mais acessível na versão inicial que os seus dois concorrentes diretos de origem alemã, pelo que há algum espaço de manobra para jogar com os opcionais e manter um preço mais vantajoso quando terminar de montar o 520e Touring. Em particular, o pacote desportivo M, por 4100 euros, deverá ser uma escolha popular para dar alguma identidade desportiva à carrinha híbrida, ainda que as suas características sejam suficientes para refrear os impulsos do condutor de usar esse tipo de condução. Enquanto o volante desportivo é de série neste pacote, os bancos multifunções, por mais que aumentem consideravelmente o conforto, já representam um custo adicional de 2440 euros, e aí já se começa a atirar o preço final para cima dos 70 mil euros. Mesmo assim, entre as carrinhas de luxo híbridas, continua a ser a opção mais em conta. n Paulo Manuel Costa (texto)

blueauto


FICHA TÉCNICA Motor Bateria Potência Binário Tração Suspensão Comprimento Largura Altura Bagageira Peso Consumo Acel. 0-100 km/h Emissões CO2 Carregamento

4 cilindros, 1998 cc, 16 v. turbo inj. direta e híbrido iões de lítio, 12 kWh 204 cv (total combinado) 350 Nm (total combinado) traseira, caixa auto. de 8 vel. triângulos inferiores à frente, multibraços atrás 4963 mm 1868 mm 1498 mm 430 litros 1900 kg 3,4 l/100 km (testado) 8,2 segundos 52 g/km 3h35 (3,7 kW)

PREÇO desde 65.500€

blueauto

51


concept-cars

MERCEDES EQXX

1000 km elétricos sem parar Os carros elétricos fazem cada vez mais quilómetros e estão cada vez maiores. Para a Mercedes, isso não é a eficiência esperada deste tipo de veículos, com a marca “premium” alemã a defender que, em vez disso, os carros devem evoluir para se tornarem mais leves e percorrerem mais quilómetros sem necessitarem de baterias desmesuradamente grandes. A Mercedes já tinha avançado nessa direção com o seu carro elétrico mais moderno, o EQS. Agora, o novo protótipo EQXX mostra novas tecnologias de construção que vão tornar os seus veículos elétricos do futuro ainda mais eficientes, reduzindo a resistência aerodinâmica e aplicando materiais de origem sustentável que serão também mais leves. O objetivo é fazer com um automóvel elétrico o que o motor de combustão nunca conseguiu num veículo de produção em série: atingir a eficiência energética de 10 kWh para percorrer 100 quilómetros, equivalente a só consumir 1 litro de gasolina, ou o suficiente para fazer com que um ar condicionado trabalhe durante 3 horas consecutivas. Ao mesmo, o EQXX anuncia a possibilidade de reduzir os custos de construção, com menos peças e recorrendo a materiais com origem em produtos naturais ou reciclados.

SEM RESISTÊNCIA

A Mercedes atingiu um nível reduzido de resistência aerodinâmica, apenas Cx 0,17, pelo que, com uma bateria de 100 kWh, pode percorrer 1000 quilómetros sem ter de parar para recarregar, suficiente para ir do Porto ao Algarve e voltar. Em termos energéticos, é o equivalente a 1 litro de gasolina gasto aos 100 km. No uso diário típico na cidade o EQXX só necessita de recarregar uma vez por mês.

52

À LUZ DO SOL

A Mercedes conseguiu ampliar a autonomia deste espetacular concept-car EQXX através de um “truque” simples: instalando 117 células no tejadilho do protótipo alemão para coletar energia solar e armazená-la de seguida numa bateria compacta. Esta bateria fornece 25 quilómetros de autonomia extra, mas também alimenta os faróis LED e o sistema de infoentretenimento, poupando a bateria principal de tarefas mundanas.

blueauto


INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

O EQXX usa computação neuromórfica, ou seja, só gasta energia quando está realmente a “pensar”, tornando os sistemas de inteligência artificial bem mais eficientes. A navegação fica mais intuitiva, oferecendo informação adicional durante a viagem, sugerindo pontos de paragem ou revelando pormenores sobre os locais onde passa. Esta informação é mostrada nos múltiplos ecrãs que ocupam todo o tablier.

LEVEZA DE SER

Para tornar o EQXX mais leve, a Mercedes concentrou-se em todas as áreas possíveis, reduzindo o número de componentes e adotando materiais inspirados na natureza. É o caso da suspensão compacta, com o mínimo de peças, do aço ultraleve usado na carroçaria, e do uso de fibra de carbono nos plásticos das portas, bem como dos revestimentos interiores que usam fontes diversas como cactos e cogumelos.

blueauto

53


guia de compras

Todos os modelos elétricos e híbridos à venda em Portugal guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS

AUDI A3

AUDI A4

AUDI A6

Motor 1.0 TFSI e 1.5 TFSI, 110 a 150 cv Consumos 5,1 a 6,2 l/100 km Emissões 112 a 142 g/km PREÇOS Sportback 30 TFSI desde 31.343€ Sportback 35 TFSI desde 35.502€ Sedan 30 TFSI desde 31.952€ Sedan 35 TFSI desde 37.100€

Motor 2.0 TDI e 3.0 TDI, 163 a 341 cv Consumos 3,7 a 7,1 l/100 km Emissões 98 a 185 g/km PREÇOS 35 TDI desde 48.134€ 40 TDI desde 50.761€ S4 TDI quattro 93.489€ Avant 35 TDI desde 50.294€ Avant 40 TDI desde 52.849€ S4 Avant TDI quattro 95.510€

Motor 2.0 TDI e 3.0 TDI, 204 a 341 cv Consumos 5,3 a 7,9 l/100 km Emissões 139 a 205 g/km PREÇOS 40 TDI desde 62.496€ 50 TDI quattro desde 86.036€ S6 TDI quattro 113.321€ Avant 40 TDI desde 65.707€ Avant 50 TDI quattro desde 90.229€ S6 Avant TDI quattro 117.211€ Allroad TDI quattro desde 75.225€

AUDI A8

AUDI Q3

Motor 3.0 TDI, 286 cv Consumos 7,1 a 7,4 l/100 km Emissões 187 a 194 g/km PREÇOS 50 TDI quattro 129.660€ L 50 TDI quattro 132.991€

Motor 1.5 TFSI, 150 cv Consumos, 6,4 a 6,5 l/100 km Emissões 146 a 147 g/km PREÇOS 35 TFSI desde 45.922€ Sportback 35 TFSI desde 48.431€

AUDI A7 SPORTBACK Motor 2.0 TDI e 3.0 TDI, 204 a 341 cv Consumos 5,4 a 7,8 l/100 km Emissões 142 a 205 g/km PREÇOS 40 TDI 72.943€ 40 TDI quattro 77.986€ 50 TDI quattro 99.057€ S7 TDI quattro 117.333€

54

blueauto


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS AUDI Q5

AUDI Q7

AUDI Q8

Motor 2.0 TDI e 3.0 TDI, 163 a 341 cv Consumos 5,6 a 7,4 l/100 km Emissões 146 a 213 g/km PREÇOS 35 TDI desde 61.322€ 40 TDI quattro desde 67.891€ Sportback 35 TDI desde 65.138€ Sportback 40 TDI quattro desde 71.709€ SQ5 Sportback TDI quattro 107.589€

Motor 3.0 TDI, 286 cv Consumos 6,9 l/100 km Emissões 182 g/km PREÇOS 50 TDI quattro desde 104.436€

Motor 3.0 TDI, 286 cv Consumos 8,0 l/100 km Emissões 210 g/km PREÇOS 50 TDI quattro desde 110.248€

BMW SÉRIE 2

BMW SÉRIE 4 BMW SÉRIE 3 Motor 3.0 TwinPower, 2.0 d e 3.0 d, 122 a 374 cv Consumos 4,5 a 7,9 l/100 km Emissões 117 a 181 g/km PREÇOS 318d 320d 330d 318d Touring 320d Touring 330d Touring M340d xDrive M340d xDrive Touring M340i xDrive M340i xDrive Touring

47.400€ 50.150€ 63.500€ 48.930€ 51.790€ 65.000€ 83.220€ 84.620€ 82.020€ 86.420€

BMW SÉRIE 6 GRAN TURISMO Motor 2.0 TwinPower, 2.0 d e 3.0 d, 190 a 340 cv Consumos 5,3 a 6,8 l/100 km Emissões 140 a 155 g/km PREÇOS 630i GranTurismo 77.900€ 620d GranTurismo 71.900€ 630d GranTurismo 92.500€ 640d xDrive GranTurismo 107.200€

Motor 3.0 TwinPower, 2.0 e 3.0 d,190 a 374 cv Consumos 4,5 a 7,8 l/100 km Emissões 118 a 177 g/km PREÇOS 420d 420d xDrive 430d xDrive 420d Cabriolet M440d xDrive M440i xDrive M440d Cabriolet xDrive M440i Cabriolet xDrive 420d Gran Coupé 420d Gran Coupé xDrive M440i Gran Coupé xDrive

54.600€ 57.200€ 65.960€ 62.000€ 83.980€ 87.080€ 90.500€ 95.360€ 53.300€ 55.800€ 85.220€

BMW SÉRIE 7 Motor 3.0 d, 286 a 340 cv Consumos 5,6 a 6,0 l/100 km Emissões 147 a 158 g/km PREÇOS 730d 730Ld 740d xDrive 740Ld xDrive

blueauto

129.500€ 132.600€ 135.300€ 138.300€

Motor 2.0 TwinPower e 2.0 d, 170 a 190 cv Consumos 4,6 a 5,9 l/100 km Emissões 120 a 133 g/km PREÇOS 220d 220i Active Tourer

48.100€ 38.100€

BMW SÉRIE 5 Motor 2.0 d e 3.0 d, 190 a 340 cv Consumos 4,7 a 5,9 l/100 km Emissões 124 a 153 g/km PREÇOS 520d 60.100€ 530d 75.900€ 530d xDrive 79.700€ 540d xDrive 93.400€ 520d Touring 62.900€ 530d Touring 79.000€ 530d xDrive Touring 82.800€ 540d xDrive Touring 96.400€

BMW SÉRIE 8 Motor 3.0 d, 340 cv Consumos 6,1 a 6,3 l/100 km Emissões 161 a 165 g/km PREÇOS 840d xDrive Coupé 136.400€ 840d xDrive Cabriolet 144.600€ 840d xDrive Gran Coupé 129.600€

55


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS BMW X3

BMW X4

BMW X5

Motor 2.0 d e 3.0 d, 150 a 340 cv Consumos 5,4 a 6,5 l/100 km Emissões 142 a 171 g/km PREÇOS sDrive 18d 61.000€ xDrive 20d 66.500€ xDrive 30d 80.000€ M40d 89.500€

Motor 2.0 d e 3.0 d, 190 a 340 cv Consumos 5,8 a 6,4 l/100 km Emissões 153 a 168 g/km PREÇOS xDrive 20d 68.500€ xDrive 30d 82.000€ M40d 91.500€

Motor 3.0 TwinPower e 3.0 d, 265 a 340 cv Consumos 7,5 a 10,0 l/100 km Emissões 197 a 226 g/km PREÇOS xDrive 40i 91.000€ xDrive 30d 98.300€ xDrive 40d 110.050€

BMW X7

FIAT 500

Motor 3.0 TwinPower e 3.0 d, 333 a 340 cv Consumos 7,7 a 10,9 l/100 km Emissões 202 a 231 g/km PREÇOS xDrive 40i 115.800€ xDrive 40d 127.900€

Motor 1.0 GSE, 70 cv Consumos 5,3 l/100 km Emissões 119 g/km PREÇOS Hybrid desde 18.843€ C Hybrid desde 21.342€

BMW X6 Motor 3.0 TwinPower e 3.0 d, 265 a 340 cv Consumos 7,5 a 8,9 l/100 km Emissões 196 a 202 g/km PREÇOS xDrive 40i 103.400€ xDrive 30d 107.600€ xDrive 40d 123.250€

FIAT PANDA Motor 1.0 GSE, 70 cv Consumos 5,4 l/100 km Emissões 122 g/km PREÇOS Hybrid desde 14.014€

FORD FIESTA Motor 1.0 Ecoboost, 125 e 155 cv Consumos 4,4 a 4,6 l/100 km Emissões 99 a 103 g/km PREÇOS Fiesta 125 desde 20.731€ Fiesta 155 desde 22.748€

FORD FOCUS FORD KUGA Motor 2.0 EcoBlue, 150 cv Consumos 4,4 l/100 km Emissões 115 g/km PREÇOS EcoBlue 150 desde 40.493€

56

Motor 1.0 Ecoboost, 125 e 155 cv Consumos 5,1 a 5,3 l/100 km Emissões 116 a 121 g/km PREÇOS 125 desde 26.182€ 155 desde 28.422€ Station 125 desde 27.200€ Station 155 desde 29.441€

FORD PUMA Motor 1.0 Ecoboost, 125 e 155 cv Consumos 5,5 a 5,7 l/100 km Emissões 125 a 130 g/km PREÇOS Puma 125 desde 24.049€ Puma 155 desde 24.646€

HYUNDAI i30 Motor 1.6 CRDi, 136 cv Consumos 4,6 l/100 km Emissões 122 g/km PREÇOS 1.6 CRDi desde 27.761€ SW 1.6 CRDi desde 28.700€


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS HYUNDAI KAUAI

HYUNDAI TUCSON

JAGUAR XF

Motor 1.6 CRDi, 136 cv Consumos 5,1 l/100 km Emissões 134 g/km PREÇOS 1.6 CRDi Premium 1.6 CRDi Premium DCT

Motor 1.6 TGDi e 1.6 CRDi, 136 a 150 cv Consumos 5,2 a 6,5 l/100 km Emissões 112 a 131 g/km PREÇOS 1.6 CRDi desde 36.605€

Motor 2.0 Ingenium D, 204 cv Consumos 5,0 a 5,9 l/100 km Emissões 130 a 155 g/km PREÇOS D200 desde 62.747€ Sportbrake D200 desde 66.433€

26.580€ 28.405€

JAGUAR F-PACE

JAGUAR XE Motor 2.0 Ingenium D, 204 cv Consumos 4,9 a 5,5 l/100 km Emissões 128 a 144 g/km PREÇOS D200 desde 55.829€

JAGUAR E-PACE Motor 1.5 e 2.0 Ingenium, 2.0 Ingenium D, 160 a 300 cv Consumos 6,4 a 9,1 l/100 km Emissões 168 a 207 g/km PREÇOS P160 desde 45.113€ P300 Sport 79.476€ D165 desde 60.491€

KIA STONIC Motor 1.0 T-GDi, 120 cv Consumos 5,2 a 5,3 l/100 km Emissões 127 a 129 g/km PREÇOS GT Line GT Line DCT

KIA SPORTAGE

22.200€ 23.700€

LAND ROVER DEFENDER Motor 3.0 Ingenium e 2.0 Ingenium D, 204 a 400 cv Consumos 8,6 a 11,3 l/100 km Emissões 228 a 257 g/km PREÇOS 90 P400 desde 105.589€ 90 D200 desde 84.759€ 110 P400 desde 110.518€ 110 D200 desde 101.016€

KIA CEED Motor 1.6 CRDi, 136 cv Consumos 5,1 l/100 km Emissões 133 g/km PREÇOS SW 1.6 CRDi Drive Xceed 1.6 CRDi Drive

Motor 2.0 Ingenium D, 165 a 204 cv Consumos 6,2 a 6,4 l/100 km Emissões 164 a 169 g/km PREÇOS D165 desde 70.459€ D200 desde 73.497€

26.250€ 27.200€

blueauto

Motor 1.6 CRDi, 115 e 136 cv Consumos 5,5 a 5,9 l/100 km Emissões 143 a 153 g/km PREÇOS 1.6 CRDi desde 29.600€

LAND ROVER DISCOVERY SPORT Motor 2.0 MHEV e MHEV D, 163 a 290 cv Consumos 6,7 a 9,2 l/100 km Emissões 175 a 207 g/km PREÇOS P200 AWD desde 57.825€ P290 Black Edition 77.431€

57


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS

MASERATI GHIBLI

MASERATI LEVANTE

MAZDA 2

Motor 2.0 turbo, 330 cv Consumos 8,1 l/100 km Emissões 183 g/km PREÇOS GT Hybrid

Motor 2.0 turbo, 330 cv Consumos 9,8 l/100 km Emissões 223 g/km PREÇOS GT Hybrid

Motor 1.5 SkyActiv-G, 90 cv Consumos 5,7 l/100 km Emissões 124 g/km PREÇOS SkyActiv-G desde 17.058€

99.303€

117.124€

MAZDA 3 Motor 2.0 SkyActiv-G, 122 a 180 cv Consumos 5,4 a 6,5 l/100 km Emissões 122 a 148 g/km PREÇOS HB SkyActiv-G desde 29.505€ HB SkyActiv-X desde 38.648€ CS SkyActiv-G desde 29.533€ CS SkyActiv-X desde 38.656€

MAZDA CX-30 Motor 2.0 SkyActiv-G, 122 a 180 cv Consumos 5,9 a 7,3 l/100 km Emissões 133 a 165 g/km PREÇOS SkyActiv-G 2WD desde 30.929€ SkyActiv-G 4WD desde 34.217€ SkyActiv-X 2WD desde 38.008€ SkyActiv-X 4WD desde 40.612€

MERCEDES CLASSE C Motor 1.5 turbo e 2.0 d, 163 a 265 cv Consumos 4,5 a 6,4 l/100 km Emissões 118 a 144 g/km PREÇOS C 180 C 200 C 200 d C 220 d C 300 d C 200 Station C 200 d Station C 220 d Station C 300 d Station C 220 d 4Matic All-Terrain C 200 Coupé C 300 Coupé C 200 Cabrio C 300 Cabrio

58

48.250€ 48.600€ 53.500€ 54.250€ 60.050€ 50.350€ 55.050€ 56.150€ 61.850€ 62.450€ 53.400€ 64.000€ 62.450€ 72.800€

blueauto

Motor 3.0 turbo e 3.0 d, 367 a 435 cv Consumos 5,5 a 9,3 l/100 km Emissões 144 a 211 g/km PREÇOS CLS 450 108.000€ CLS 300 d 106.050€ AMG CLS 53 4Matic+ 135.150€

MERCEDES CLASSE S

MERCEDES CLASSE E Motor 2.0 e 3.0 turbo e 3.0 d, 197 a 435 cv Consumos 5,5 a 9,7 l/100 km Emissões 146 a 214 g/km PREÇOS E 200 Coupé E 200 Cabrio E 300 d Coupé E 300 d Cabrio AMG E 53 4Matic+ AMG E 53 4Matic+ Station AMG E 53 4Matic+ Coupé AMG E 53 4Matic+ Cabrio

MERCEDES CLS

64.150€ 71.350€ 80.630€ 89.979€ 108.250€ 111.600€ 111.100€ 117.850€

Motor 3.0 e 4.0 turbo, 435 a 503 cv Consumos 8,1 a 10,5 l/100 km Emissões 185 a 238 g/km PREÇOS S 500 4Matic 147.300€ S 500 4Matic Longo 148.950€ Maybach S 580 4Matic 218.900€


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS MERCEDES AMG GT

MERCEDES GLE

MERCEDES GLS

Motor 3.0 turbo, 367 a 435 cv Consumos 8,3 a 8,8 l/100 km Emissões 189 a 202 g/km PREÇOS GT 43 129.500€ GT 53 4Matic+ 146.750€

Motor 3.0 e 4.0 turbo e 3.0 d, 272 a 612 cv Consumos 6,8 a 12,4 l/100 km Emissões 178 a 280 g/km PREÇOS GLE 300 d 97.900€ AMG GLE 53 4Matic+ 118.450€ AMG GLE 53 4Matic+ Coupé 149.850€ AMG GLE 63S 4Matic+ 212.450€ AMG GLE 63S 4Matic+ Coupé 237.850€

Motor 4.0 turbo, 489 a 612 cv Consumos 11,6 a 13,1 l/100 km Emissões 264 a 297 g/km PREÇOS GLS 580 186.500€ AMG GLS 63 4Matic+ 223.900€ Maybach GLS 600 241.600€

NISSAN QASHQAI Motor 1.3 turbo, 140 a 158 cv Consumos 6,3 a 6,5 l/100 km Emissões 142 a 147 g/km PREÇOS 140 desde 28.500€ 160 desde 31.300€

RANGE ROVER VELAR Motor 3.0 MHEV, 2.0 e 3.0 MHEV D, 200 a 400 cv Consumos 6,4 a 9,9 l/100 km Emissões 167 a 222 g/km PREÇOS D200 desde 77.993€ D300 desde 108.099€

RANGE ROVER EVOQUE Motor 2.0 Ingenium e Ingenium D, 160 a 300 cv Consumos 6,4 a 9,6 l/100 km Emissões 168 a 217 g/km PREÇOS P160 desde 45.296€ P200 AWD desde 57.610€ P300 AWD desde 81.610€ D165 AWD desde 60.320€

Motor 1.4 TCe, 140 cv Consumos 5,8 a 5,9 l/100 km Emissões 131 a 133 g/km PREÇOS TCe 140 EDC desde 32.300€

Motor 3.0 MHEV D, 350 cv Consumos 7,7 a 8,0 l/100 km Emissões 203 a 211 g/km PREÇOS D350 desde 166.368€ D350 LWB desde 170.622€

SKODA OCTAVIA SEAT LEON

RENAULT ARKANA

RANGE ROVER

Motor 1.0 e 1.5 eTSI, 110 a 150 cv Consumos 5,5 a 5,8 l/100 km Emissões 127 a 133 g/km PREÇOS 1.0 eTSI Xcellence 31.574€ 1.5 eTSI Xcellence 34.241€ Sportstourer 1.0 eTSI Xcellence 32.635€ Sportstourer 1.5 eTSI Xcellence 35.445€

blueauto

Motor 1.0 eTSI, 110 cv Consumos 5,1 a 5,3 l/100 km Emissões 116 a 119 g/km PREÇOS 1.0 TSI desde 26.973€ Break 1.0 TSI desde 27.934€

59


guia de compras

SEMI-HÍBRIDOS

60

SUZUKI IGNIS

SUZUKI S-CROSS

SUZUKI SWIFT

Motor 1.2 SHVS, 83 cv Consumos 4,3 l/100 km Emissões 97 g/km PREÇOS 1.2 GLE 1.2 GLE 4x4 1.2 GLX 1.2 GLX CVT 1.2 GLX 4x4

Motor 1.4T SHVS, 129 cv Consumos 5,6 a 6,2 l/100 km Emissões 128 a 140 g/km PREÇOS 1.4T GLE 1.4T GLX 1.4T GLX Auto 1.4T GLX 4x4 1.4T GLX 4x4 Auto

Motor 1.2 SHVS e 1.4T SHVS, 83 a 129 cv Consumos 4,0 a 5,6 l/100 km Emissões 90 a 127 g/km PREÇOS 1.2 GLE 1.2 GLE CVT 1.2 GLE 4x4 1.2 GLX 1.2 GLX CVT Sport

16.532€ 18.058€ 17.635€ 18.861€ 19.161€

25.145€ 27.738€ 29.273€ 29.646€ 31.185€

16.901€ 18.332€ 18.430€ 17.917€ 19.349€ 24.489€

SUZUKI VITARA

VOLKSWAGEN GOLF

Motor 1.4T SHVS, 129 cv Consumos 5,7 a 6,2 l/100 km Emissões 129 a 141 g/km PREÇOS 1.4T GLE 1.4T GLE 4x4 1.4T GLX 1.4T GLX Auto 1.4T GLX 4x4 1.4T GLX 4x4 Auto

Motor 1.0 e 1.5 eTSI, 110 a 150 cv Consumos 5,2 a 5,7 l/100 km Emissões 118 a 130 g/km PREÇOS 110 eTSI desde 29.969€ 130 eTSI desde 35.752€ 150 eTSI desde 36.277€ Variant 130 eTSI desde 31.127€

VOLVO S60/V60

VOLVO XC40

VOLVO XC60

VOLVO XC90

Motor 2.0 B4, 190 cv Consumos 7,3 l/100 km Emissões 167 g/km PREÇOS XC40 B4 desde 49.591€

Motor 2.0 B4/B5 diesel, 190 a 235 cv Consumos 6,2 a 7,2 l/100 km Emissões 162 a 188 g/km PREÇOS XC60 B4 diesel desde 60.611€ XC60 B5 diesel desde 74.616€

Motor 2.0 B5 diesel, 235 cv Consumos 6,9 a 7,6 l/100 km Emissões 180 a 199 g/km PREÇOS XC90 B5 diesel desde 92.853€

26.425€ 28.341€ 28.713€ 30.237€ 30.628€ 32.160€

blueauto

Motor 2.0 B4/B5 e B4 diesel, 190 a 250 cv Consumos 5,1 a 6,4 l/100 km Emissões 134 a 147 g/km PREÇOS S60 B5 desde 52.385€ V60 B4 diesel desde 50.872€ V60 B4 desde 49.036€ V60 B4 diesel Cross Country desde 58.905€


guia de compras

HÍBRIDOS FORD KUGA HEV

FORD MONDEO HEV

HONDA CR-V HYBRID

Motor 2.5 HEV Potência combinada 190 cv Consumos 5,4 l/100 km PREÇOS HEV desde 43.664€

Motor 2.0 HEV Potência combinada 187 cv Consumos 5,6 a 6,0 l/100 km PREÇOS HEV desde 42.161€ Station HEV desde 43.712€

Motor 2.0 i-MMD Potência combinada 184 cv Consumos 5,3 a 5,5 l/100 km PREÇOS Hybrid 2WD desde 46.360€

HYUNDAI IONIQ HEV

HYUNDAI KAUAI HEV

Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 3,9 l/100 km PREÇOS HEV

Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 5,0 l/100 km PREÇOS HEV Premium

HONDA JAZZ HYBRID Motor 1.5 i-MMD Potência combinada 109 cv Consumos 4,5 a 4,8 l/100 km PREÇOS Hybrid Executive Crosstar Hybrid

29.850€ 33.225€

27.906€

HYUNDAI SANTA FÉ HEV

HYUNDAI TUCSON HEV

KIA NIRO

Motor 1.6 TGDi Potência combinada 230 cv Consumos 6,7 l/100 km PREÇOS HEV Vanguard HEV Luxury Pack

Motor 1.6 TGDi Potência combinada 230 cv Consumos 5,5 l/100 km PREÇOS HEV Premium HEV Vanguard

Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 3,8 l/100 km PREÇOS HEV Drive HEV Tech

54.481€ 55.731€

36.505€ 40.705€

27.330€

28.850€ 30.850€

KIA SORENTO

LEXUS ES

LEXUS LC

Motor 1.6 GDi Potência combinada 230 cv Consumos 6,7 l/100 km PREÇOS HEV 7L Concept

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 218 cv Consumos 4,4 l/100 km PREÇOS ES300h desde 62.900€

Motor 3.5 VVT-i Potência combinada 359 cv Consumos 6,4 l/100 km PREÇOS LC500h desde 133.000€

50.450€

61


guia de compras

HÍBRIDOS

LEXUS LS

LEXUS NX

LEXUS RX

Motor 3.5 VVT-i Potência combinada 359 cv Consumos 7,0 l/100 km PREÇOS LS500h desde 147.500€

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 197 a 244 cv Consumos 5,5 a 5,7 l/100 km PREÇOS NX300h desde 58.000€ NX350h desde 66.153€

Motor 3.5 VVT-i Potência combinada 313 cv Consumos 5,2 a 6,0 l/100 km PREÇOS RX450h desde 92.600€ RX450hL desde 100.500€

RENAULT CLIO E-TECH

RENAULT ARKANA E-TECH

Motor 1.6 E-Tech Potência combinada 140 cv Consumos 4,3 l/100 km PREÇOS E-Tech 140 Intens E-Tech 140 RS Line E-Tech 140 Initiale Paris

Motor 1.6 E-Tech Potência combinada 145 cv Consumos 4,9 l/100 km PREÇOS E-Tech 145 Business E-Tech 145 Intens E-Tech 145 RS Line

LEXUS UX Motor 2.0 VVT-i Potência combinada 184 cv Consumos 4,5 l/100 km PREÇOS UX250h FWD desde 43.600€ UX250h AWD desde 54.200€

26.880€ 28.080€ 30.480€

33.800€ 35.650€ 38.400€

RENAULT CAPTUR E-TECH Motor 1.6 E-Tech Potência combinada 145 cv Consumos 5,0 l/100 km PREÇOS E-Tech RS Line E-Tech Initiale Paris

62

SUZUKI SWACE 29.800€ 31.250€

Motor 1.8 VVT-i Potência combinada 122 cv Consumos 4,5 l/100 km PREÇOS GLE GLX

TOYOTA CAMRY

28.348€ 30.183€

TOYOTA C-HR HYBRID

TOYOTA COROLLA HYBRID

Motor 1.8 e 2.0 VVT-i Potência combinada 122 e 180 cv Consumos 4,8 a 5,3 l/100 km PREÇOS C-HR Hybrid desde 27.980€

Motor 1.8 e 2.0 VVT-i Potência combinada 122 e 180 cv Consumos 4,9 a 5,3 l/100 km PREÇOS Hybrid desde 24.950€ Sedan Hybrid desde 26.980€ Touring Hybrid desde 26.050€

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 218 cv Consumos 5,5 l/100 km PREÇOS Hybrid DF desde 46.990€

TOYOTA RAV4 Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 218 cv Consumos 5,6 l/100 km PREÇOS RAV4 desde 42.325€


guia de compras

HÍBRIDOS TOYOTA HIGHLANDER

TOYOTA YARIS HYBRID

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 244 cv Consumos 7,0 l/100 km PREÇOS Exclusive Premium

Motor 1.5 VVT-i Potência combinada 116 cv Consumos 3,7 l/100 km PREÇOS Hybrid DF desde 21.970€ Cross Hybrid DF desde 26.040€

65.990€ 74.590€

guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN AUDI A7 SPORTBACK

AUDI A3

AUDI A6

Motor 1.4 TFSI Potência combinada 204 e 245 cv Consumos 1,0 a 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 61 a 65 km PREÇOS Sportback 40 TFSIe desde 39.513€ Sportback 45 TFSIe desde 42.722€

Motor 2.0 TFSI Potência combinada 300 e 367 cv Consumos 1,6 a 2,1 l/100 km Autonomia elétrica 40 a 53 km PREÇOS 50 TFSIe quattro desde 69.333€ 55 TFSIe quattro Sport desde 77.135€ Avant 50 TFSIe quattro desde 71.693€ Avant 55 TFSIe quattro Sport desde 79.495€

Motor 2.0 TFSI Potência combinada 300 e 367 cv Consumos 1,6 a 2,1 l/100 km Autonomia elétrica 40 a 53 km PREÇOS 50 TFSIe quattro desde 79.032€ 55 TFSIe quattro desde 87.884€

AUDI Q3

AUDI Q5

Motor 1.4 TFSI Potência combinada 245 cv Consumos 1,4 a 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 50 a 51 km PREÇOS 45 TFSIe desde 51.861€ Sportback 45 TFSIe desde 54.235€

Motor 2.0 TFSI Potência combinada 300 e 367 cv Consumos 2,2 a 2,8 l/100 km Autonomia elétrica 40 a 45 km PREÇOS 50 TFSIe quattro desde 63.750€ Sportback 50 TFSIe quattro desde 67.282€

AUDI A8 Motor 3.0 TFSI Potência combinada 449 cv Consumos 2,3 a 2,4 l/100 km Autonomia elétrica 42 a 48 km PREÇOS 60 TFSIe quattro 127.420€ L 60 TFSIe quattro 129.808€

blueauto

63


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN

AUDI Q7

AUDI Q8

BENTLEY BENTAYGA HYBRID

Motor 3.0 TFSI Potência combinada 381 a 462 cv Consumos 2,7 l/100 km Autonomia elétrica 48 a 52 km PREÇOS 55 TFSIe quattro desde 89.397€ 60 TFSie quattro desde 99.724€

Motor 3.0 TFSI Potência combinada 381 a 462 cv Consumos 2,8 a 3,1 l/100 km Autonomia elétrica 44 a 53 km PREÇOS 55 TFSIe quattro 94.534€ 60 TFSie quattro 104.825€

Motor 3.0 TFSI Potência combinada 449 cv Consumos 3,5 l/100 km Autonomia elétrica 39 km PREÇOS Hybrid

BMW 225xe Active Tourer

BMW SÉRIE 5

Motor 1.5 TwinPower Potência combinada 224 cv Consumos 1,9 l/100 km Autonomia elétrica 53 km PREÇOS 225xe

Motor 2.0 e 3.0 TwinPower Potência combinada 204 a 394 cv Consumos 1,3 a 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 57 a 61 km PREÇOS 520e desde 61.400€ 530e desde 65.700€ 545e xDrive desde 84.500€ 520e Touring desde 64.200€ 530e Touring desde 68.500€

BMW SÉRIE 3 42.480€

BMW SÉRIE 7 Motor 3.0 TwinPower Potência combinada 394 cv Consumos 2,0 a 2,3 l/100 km Autonomia elétrica 45 a 50 km PREÇOS 745e xDrive 122.880€ 745Le xDrive 125.151€

BMW X1

Motor 2.0 TwinPower Potência combinada 204 a 292 cv Consumos 1,3 a 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 56 a 59 km PREÇOS 320e desde 50.360€ 330e desde 55.110€ 320e Touring desde 51.860€ 330e Touring desde 56.610€

BMW X3

BMW X2 Motor 1.5 TwinPower Potência combinada 220 cv Consumos 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 51 km PREÇOS xDrive25e desde 55.710€

Motor 1.5 TwinPower Potência combinada 220 cv Consumos 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 52 km PREÇOS xDrive25e desde 49.600€

64

216.180€

blueauto

Motor 2.0 TwinPower Potência combinada 292 cv Consumos 2,2 l/100 km Autonomia elétrica 46 km PREÇOS xDrive30e desde 65.300€


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN BMW X5

CITROËN C5 X

Motor 3.0 TwinPower Potência combinada 394 cv Consumos 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 87 km PREÇOS xDrive45e desde 88.550€

Motor 1.6 PureTech Potência combinada 225 cv Consumos 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 55 km PREÇOS Hybrid 225 desde 44.651€

CITROËN C5 AIRCROSS HYBRID Motor 1.6 PureTech Potência combinada 225 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 55 km PREÇOS Feel Hybrid Feel Pack Hybrid Shine Hybrid

39.467€ 41.617€ 43.597€

CUPRA LEON e-HYBRID CUPRA FORMENTOR e-HYBRID Motor 1.4 TSI Potência combinada 204 a 245 cv Consumos 1,2 a 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 55 a 59 km PREÇOS e-Hybrid 40.763€ VZ e-Hybrid 46.076€

Motor 1.4 TSI Potência combinada 245 cv Consumos 1,3 a 1,5 l/100 km Autonomia elétrica 52 km PREÇOS e-Hybrid desde 40.503€ Sportstourer e-Hybrid desde 41.697€

DS 9 E-TENSE DS 7 CROSSBACK E-TENSE Motor 1.6 PureTech Potência combinada 225 e 300 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 58 km PREÇOS E-Tense 4x2 desde 52.400€ E-Tense 4x4 desde 57.150€

Motor 1.6 PureTech Potência combinada 250 a 360 cv Consumos 1,1 a 1,8 l/100 km Autonomia elétrica 47 a 61 km PREÇOS E-Tense 250 desde 62.100€ E-Tense 360 4x4 desde 74.900€

DS 4 E-TENSE Motor 1.6 PureTech Potência combinada 225 cv Consumos 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 55 km PREÇOS E-Tense 225 desde 38.500€ E-Tense 225 La Première 51.000€

FORD KUGA PHEV Motor 2.5 PHEV Potência combinada 225 cv Consumos 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 56 km PREÇOS PHEV desde 44.056€

FORD EXPLORER Motor 3.0 PHEV Potência combinada 457 cv Consumos 3,1 l/100 km Autonomia elétrica 42 km PREÇOS PHEV desde 84.210€

blueauto

65


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN

HYUNDAI IONIQ HYBRID

HYUNDAI SANTA FÉ PHEV

JAGUAR E-PACE

Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 63 km PREÇOS Ioniq PHEV desde 35.180€

Motor 1.6 TGDi Potência combinada 265 cv Consumos 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 58 km PREÇOS 1.6 PHEV desde 64.900€

Motor 1.5 turbo Potência combinada 309 cv Consumos 2,0 l/100 km Autonomia elétrica 55 km PREÇOS P300e desde 60.214€

JAGUAR F-PACE Motor 2.0 turbo Potência combinada 404 cv Consumos 2,2 l/100 km Autonomia elétrica 53 km PREÇOS P400e desde 76.465€

JEEP RENEGADE 4xe Motor 1.3 turbo Potência combinada 190 a 240 cv Consumos 2,0 a 2,1 l/100 km Autonomia elétrica 43 a 44 km PREÇOS 4xe desde 40.050€

KIA NIRO PHEV JEEP WRANGLER 4xe Motor 2.0 turbo Potência combinada 380 cv Consumos 3,5 a 4,1 l/100 km Autonomia elétrica 44 a 50 km PREÇOS 4xe desde 74.800€

Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 49 km PREÇOS PHEV desde 34.400€

JEEP COMPASS 4xe Motor 1.3 turbo Potência combinada 190 a 240 cv Consumos 1,9 a 2,0 l/100 km Autonomia elétrica 52 km PREÇOS 4xe desde 44.700€

LAND ROVER DEFENDER P400e Motor 2.0 turbo Potência combinada 404 cv Consumos 2,2 l/100 km Autonomia elétrica 53 km PREÇOS 110 P400e desde 84.637€

KIA SORENTO PHEV KIA CEED PHEV Motor 1.6 GDi Potência combinada 141 cv Consumos 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 50 km PREÇOS SW PHEV desde 32.100€ XCeed PHEV desde 33.000€

66

Motor 1.6 GDi Potência combinada 265 cv Consumos 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 70 km PREÇOS PHEV 7L Concept AWD

LEXUS NX 56.950€

blueauto

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 309 cv Consumos 0,9 a 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 69 a 76 km PREÇOS NX450h+ desde 69.853€


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN LAND ROVER DISCOVERY SPORT P300e Motor 1.5 turbo Potência combinada 309 cv Consumos 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 64 km PREÇOS P300e AWD desde 59.405€

MERCEDES CLASSE A

MERCEDES CLASSE B

Motor 1.3 turbo Potência combinada 218 cv Consumos 1,0 a 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 76 km PREÇOS A 250 e desde 42.550€ A 250 e Limousine desde 44.000€

Motor 1.3 turbo Potência combinada 218 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 77 km PREÇOS B 250 e desde 44.750€

MERCEDES GLE MERCEDES CLA MERCEDES CLASSE C Motor 2.0 turbo Potência combinada 313 cv Consumos 0,7 a 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 92 a 109 km PREÇOS C 300 e desde 57.250€ C Station 300 e desde 58.800€

MERCEDES GLA Motor 1.3 turbo Potência combinada 218 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 61 km PREÇOS GLA 250 e desde 53.450€

Motor 1.3 turbo Potência combinada 218 cv Consumos 1,0 a 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 58 a 68 km PREÇOS CLA 250 e desde 51.050€ CLA 250 e Shooting Brake desde 52.100€

MERCEDES GLC Motor 2.0 turbo e diesel Potência combinada 306 a 320 cv Consumos 1,7 a 2,3 l/100 km Autonomia elétrica 42 a 44 km PREÇOS GLC 300 e 4Matic 69.200€ GLC 300 e 4Matic Coupé 66.800€ GLC 300 de 4Matic 71.550€ GLC 300 de 4Matic Coupé 73.250€

blueauto

Motor 2.0 turbo e diesel Potência combinada 320 cv Consumos 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 80 km PREÇOS GLE 350 e 4Matic GLE 350 e 4Matic Coupé GLE 350 de 4Matic GLE 350 de 4Matic Coupé

87.650€ 99.900€ 89.550€ 101.800€

MERCEDES CLASSE E Motor 2.0 turbo e diesel Potência combinada 320 e 306 cv Consumos 1,4 a 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 50 a 54 km PREÇOS E 300 e desde 68.200€ E 300 e Station desde 71.250€ E 300 de desde 70.150€ E 300 de Station desde 73.200€

67


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN MERCEDES CLASSE S

MG EHS

MINI COUNTRYMAN S E

Motor 3.0 turbo Potência combinada 510 cv Consumos 0,7 l/100 km Autonomia elétrica 111 km PREÇOS S 580 e desde 139.550€ S 580 e Longo desde 141.200€

Motor 1.5 T-GDI Potência combinada 258 cv Consumos 1,9 l/100 km Autonomia elétrica 52 km PREÇOS EHS PHEV desde 33.999€

Motor 1.5 turbo Potência combinada 220 cv Consumos 1,7 a 1,9 l/100 km Autonomia elétrica 47 a 51 km PREÇOS Countryman Cooper S E desde 42.450€

MITSUBISHI OUTLANDER

OPEL ASTRA HYBRID

Motor 2.4 MIVEC Potência combinada 230 cv Consumos 2,0 l/100 km Autonomia elétrica 45 km PREÇOS PHEV desde 33.350€

Motor 1.6 turbo PHEV Potência combinada 180 cv Consumos 1,1 a 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 60 km PREÇOS Astra Hybrid desde 37.300€

MITSUBISHI ECLIPSE CROSS Motor 2.4 MIVEC Potência combinada 188 cv Consumos 2,0 l/100 km Autonomia elétrica 45 km PREÇOS PHEV eMotion desde 33.990€

OPEL GRANDLAND PHEV Motor 1.6 turbo PHEV Potência combinada 225 a 300 cv Consumos 1,2 a 1,7 l/100 km Autonomia elétrica 55 a 65 km PREÇOS Grandland Hybrid desde 46.485€ Grandland Hybrid4 57.468€

68

PEUGEOT 508 HYBRID Motor 1.6 PureTech Potência combinada 225 cv Consumos 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 52 a 54 km PREÇOS 508 Hybrid desde 42.005€ 508 Hybrid SW desde 43.505€

508 PEUGEOT PSE Motor 1.6 PureTech Potência combinada 360 cv Consumos 2,0 l/100 km Autonomia elétrica 46 km PREÇOS 508 PSE 508 SW PSE

PEUGEOT 308 HYBRID

PEUGEOT 3008 HYBRID

Motor 1.6 PureTech Potência combinada 180 a 225 cv Consumos 1,1 a 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 59 a 60 km PREÇOS 308 Hybrid desde 34.450€ 308 Hybrid SW desde 35.550€

Motor 1.6 turbo PHEV Potência combinada 225 e 300 cv Consumos 1,3 a 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 40 a 59 km PREÇOS Hybrid 225 cv desde 47.025€ Hybrid 300 cv desde 52.475€

blueauto

64.945€ 66.445€


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN PORSCHE CAYENNE

PORSCHE PANAMERA

Motor 3.0 e 4.0 turbo Potência combinada 462 e 680 cv Consumos 3,9 a 4,9 l/100 km Autonomia elétrica 32 a 36 km PREÇOS E-Hybrid 110.848€ E-Hybrid Coupé 115.277€ Turbo S E-Hybrid 202.173€ Turbo S E-Hybrid Coupé 205.986€

Motor 3.0 e 4.5 turbo Potência combinada 462 a 680 cv Consumos 3,3 a 3,8 l/100 km Autonomia elétrica 38 a 44 km PREÇOS 4 E-Hybrid desde 122.530€ 4S E-Hybrid desde 148.636€ Turbo S E-Hybrid desde 218.591€ 4 E-Hybrid Sport Turismo desde 125.483€ 4S E-Hybrid Sport Turismo desde 152.082€ Turbo S E-Hybrid Sport Turismo desde 223.021€

RANGE ROVER EVOQUE P300e Motor 1.5 turbo Potência combinada 309 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 66 km PREÇOS P300e AWD desde 63.725€

RENAULT CAPTUR E-TECH RANGE ROVER SPORT P400e Motor 2.0 turbo Potência combinada 404 cv Consumos 3,3 l/100 km Autonomia elétrica 41 km PREÇOS P400e desde 99.782€

SEAT LEON e-HYBRID Motor 1.4 TSI Potência combinada 204 cv Consumos 1,1 a 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 58 a 64 km PREÇOS e-Hybrid desde 36.401€ Sportstourer e-Hybrid desde 37.606€

RANGE ROVER VELAR P400e Motor 2.0 turbo Potência combinada 404 cv Consumos 2,2 l/100 km Autonomia elétrica 53 km PREÇOS P400e desde 79.399€

Motor 1.6 E-Tech Potência combinada 160 cv Consumos 1,4 l/100 km Autonomia elétrica 50 km PREÇOS E-Tech 160 Intens E-Tech 160 RS Line E-Tech 160 Initiale Paris

33.840€ 35.840€ 37.290€

SEAT TARRACO e-HYBRID RENAULT MÉGANE E-TECH

Motor 1.6 E-Tech Potência combinada 160 cv Consumos 1,2 a 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 50 a 51 km PREÇOS E-Tech 160 desde 35.750€ Sport Tourer E-Tech 160 desde 37.200€

blueauto

Motor 1.4 TSI Potência combinada 245 cv Consumos 1,9 l/100 km Autonomia elétrica 46 km PREÇOS e-Hybrid desde 46.937€

69


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN SKODA OCTAVIA iV

SKODA SUPERB iV

SUZUKI ACROSS

Motor 1.4 TSI Potência combinada 204 e 245 cv Consumos 1,0 a 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 60 km PREÇOS iV desde 36.178€ Break iV desde 37.086€

Motor 1.4 TSI Potência combinada 218 cv Consumos 1,4 a 1,5 l/100 km Autonomia elétrica 55 km PREÇOS iV desde 42.389€ Break iV desde 43.538€

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 306 cv (pot. total) Consumos 1,0 l/100 km Autonomia elétrica 75 km PREÇOS Across Plug-in Hybrid 56.822€

TOYOTA PRIUS

TOYOTA RAV4

VOLKSWAGEN ARTEON GTE

Motor 1.8 VVT-i Potência combinada 122 cv Consumos 1,2 l/100 km Autonomia elétrica 45 km PREÇOS Plug-in desde 44.290€

Motor 2.5 VVT-i Potência combinada 306 cv Consumos 1,0 l/100 km Autonomia elétrica 75 km PREÇOS RAV4 Plug-in desde 49.990€

Motor 1.4 TSI Potência combinada 218 cv Consumos 1,3 l/100 km Autonomia elétrica 70 km PREÇOS GTE desde 52.281€ Shooting Break GTE desde 53.378€

VOLKSWAGEN GOLF eHYBRID

VOLKSWAGEN PASSAT GTE

VOLKSWAGEN TIGUAN HYBRID

Motor 1.4 TSI Potência combinada 218 cv Consumos 1,5 a 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 55 a 57 km PREÇOS desde 49.389€ Variant GTE desde 52.951€

Motor 1.4 TSI Potência combinada 245 cv Consumos 1,6 l/100 km Autonomia elétrica 70 km PREÇOS eHybrid desde 42.044€

Motor 1.4 TSI Potência combinada 204 a 245 cv Consumos 0,9 a 1,1 l/100 km Autonomia elétrica 64 a 71 km PREÇOS eHybrid 40.405€ GTE 44.194€ GTE+ 45.913€

70

blueauto


guia de compras

HÍBRIDOS PLUG-IN VOLVO S60/V60

VOLVO S90/V90

Motor 3.0 TSI Potência combinada 380 a 460 cv Consumos 2,7 a 2,8 l/100 km Autonomia elétrica 47 a 60 km PREÇOS eHybrid desde 90.918€

Motor 2.0 T Potência combinada 340 a 405 cv Consumos 1,8 a 2,7 l/100 km Autonomia elétrica 44 a 56 km PREÇOS S60 T8 Recharge desde 63.092€ V60 T6 Recharge desde 57.926€ V60 T8 Recharge desde 60.386€

Motor 2.0 T Potência combinada 390 cv Consumos 1,9 a 2,1 l/100 km Autonomia elétrica 53 a 55 km PREÇOS S90 T8 Recharge desde 70.595€ V90 T6 Recharge desde 71.456€ V90 T8 Recharge desde 74.531€

VOLVO XC40

VOLVO XC60

VOLVO XC90

Motor 1.5 T Potência combinada 211 a 262 cv Consumos 2,1 a 2,5 l/100 km Autonomia elétrica 45 km PREÇOS T4 Recharge desde 47.326€ T5 Recharge desde 48.802€

Motor 2.0 T Potência combinada 340 a 405 cv Consumos 2,4 a 3,3 l/100 km Autonomia elétrica 36 a 53 km PREÇOS T6 Recharge desde 65.373€ T8 Recharge desde 69.616€ Polestar Eng. 81.917€

Motor 2.0 T Potência combinada 390 cv Consumos 2,7 a 3,4 l/100 km Autonomia elétrica 43 km PREÇOS T8 Recharge desde 84.254€

VOLKSWAGEN TOUAREG HYBRID

guia de compras

AUDI E-TRON

AUDI E-TRON GT

Potência 313 a 503 cv Bateria 65 a 87 kWh Autonomia 336 a 446 km PREÇOS e-tron 50 quattro desde 72.805€ e-tron 55 quattro desde 85.958€ e-tron S quattro 99.930€ e-tron Sportback 50 quattro desde 75.475€ e-tron Sportback 55 quattro desde 88.627€ e-tron S Sportback quattro 102.600€

Potência 476 a 598 cv Bateria 85 kWh Autonomia 472 a 488 km PREÇOS GT quattro RS GT quattro

blueauto

ELÉTRICOS AUDI Q4 E-TRON

108.193€ 148.629€

Potência 170 a 299 cv Bateria 52 e 77 kWh Autonomia 341 a 520 km PREÇOS Q4 e-tron desde 44.801€ Q4 Sportback e-tron desde 46.869€

71


guia de compras

ELÉTRICOS BMW i3

BMW i4

BMW iX3

Potência 170 a 184 cv Bateria 42 kWh Autonomia 279 a 308 km PREÇOS i3 desde 42.220€ i3s desde 46.020€

Potência 340 e 544 cv Bateria 80,7 kWh Autonomia 416 a 493 km PREÇOS i4 eDrive 40 desde 60.500€ i4 M50 desde 71.820€

Potência 286 cv Bateria 75 kWh Autonomia 453 km PREÇOS iX3

CITROËN ë-SPACETOURER

BMW iX Potência 326 e 523 cv Bateria 71 e 105 kWh Autonomia 397 a 590 km PREÇOS xDrive 40 desde 89.150€ xDrive 50 desde 107.000€

CITROËN ë-C4 Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 350 km PREÇOS Feel Feel Pack Shine Shine Pack

36.267€ 37.267€ 38.667€ 40.067€

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 230 km PREÇOS ë-SpaceTourer

desde 43.194€

CUPRA BORN Potência 204 cv Bateria 58 kWh Autonomia 424 km PREÇOS Born 58 kWh

CITROËN ë-BERLINGO

DACIA SPRING

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 275 km PREÇOS ë-Berlingo

Potência 45 cv Bateria 27,4 kWh Autonomia 230 km PREÇOS Spring Comfort Spring Comfort Plus

desde 30.431€

desde 73.600€

desde 38.754€

desde 17.000€ desde 18.500€

DS 3 CROSSBACK E-TENSE Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 320 km PREÇOS E-Tense

CITROËN AMI Potência 8 cv Bateria 5,5 kWh Autonomia 75 km PREÇOS Ami My Ami Cargo

72

FIAT 500 desde 42.450€

desde 7.350€ 7.750€

blueauto

Potência 95 a 118 cv Bateria 42 kWh Autonomia 320 km PREÇOS 500e 500e 3+1 500e Cabrio

desde 24.150€ desde 31.650€ desde 29.400€


guia de compras

ELÉTRICOS FORD MUSTANG MACH-E

HONDA-E

HYUNDAI KAUAI EV

Potência 258 a 487 cv Bateria 75,7 a 98,8 kWh Autonomia 440 a 610 km PREÇOS SR RWD 49.901€ SR AWD 57.322€ ER RWD 57.835€ ER AWD 66.603€ GT desde 74.585€

Potência 136 a 154 cv Bateria 35,5 kWh Autonomia 222 km PREÇOS Base Advance

Potência 136 a 204 cv Bateria 39,2 a 64 kWh Autonomia 305 a 484 km PREÇOS 39 kWh Premium 39 kWh Vanguard 64 kWh Premium 64 kWh Vanguard

HYUNDAI IONIQ EV

KIA e-NIRO

Potência 136 cv Bateria 38,3 kWh Autonomia 311 km PREÇOS EV

36.580€

Potência 136 a 204 cv Bateria 39,2 a 64 kWh Autonomia 289 a 455 km PREÇOS Move Tech

36.360€ 38.885€

IONIQ 5

34.150€ 41.750€

JAGUAR I-PACE Potência 400 cv Bateria 90 kWh Autonomia 470 km PREÇOS EV400 S EV400 SE EV400 HSE

33.005€ 35.805€ 37.555€ 40.780€

Potência 218 cv Bateria 72,6 kWh Autonomia 481 km PREÇOS Vanguard Plug & Power Plug & Power + teto solar

50.990€ 51.490€ 53.990€

KIA e-SOUL 83.038€ 91.171€ 97.473€

KIA EV6 Potência 170 e 229 cv Bateria 58 e 77,4 kWh Autonomia 351 a 466 km PREÇOS Air desde 44.950€ GT-Line desde 51.950€

Potência 136 cv Bateria 39,2 kWh Autonomia 276 km PREÇOS e-Soul

LEXUS UX 300e Potência 204 cv Bateria 54,3 kWh Autonomia 315 km PREÇOS UX 300e Executive+ UX 300e Premium UX 300e Premium+ UX 300e Luxury UX 300e Luxury+

52.500€ 57.500€ 58.300€ 63.500€ 64.850€

MAZDA MX-30 Potência 143 cv Bateria 35,5 kWh Autonomia 200 km PREÇOS Excellence Pack Plus

blueauto

desde 37.000€

36.240€ 38.650€

73


guia de compras

ELÉTRICOS MERCEDES EQA

MERCEDES EQB

MERCEDES EQC

Potência 190 a 292 cv Bateria 66,5 kWh Autonomia 409 a 432 km PREÇOS EQA 250 desde 53.750€ EQA 350 4Matic desde 62.650€

Potência 292 cv Bateria 66,5 kWh Autonomia 423 km PREÇOS EQB 350 4Matic

Potência 408 cv Bateria 80 kWh Autonomia 410 km PREÇOS EQC 400 4Matic

desde 64.950€

MERCEDES EQV MERCEDES EQS Potência 333 a 639 cv Bateria 107,8 kWh Autonomia 529 a 785 km PREÇOS EQS 450+ desde 121.550€ EQS 580 4Matic desde 149.300€ AMG EQS 53 4Matic+ desde 171.900€

NISSAN LEAF 75.743€ 76.740€ 79.441€ 80.437€

Potência 150 e 217 cv Bateria 40 e 62 kWh Autonomia 270 e 385 km PREÇOS Acenta N-Connecta Tekna e+ Acenta e+ N-Connecta e+ Tekna

27.900€ 29.000€ 31.850€ 33.050€ 34.000€ 36.850€

MG ZS EV

MINI COOPER S E Potência 184 cv Bateria 32,6 kWh Autonomia 235 km PREÇOS Cooper S E

Potência 204 cv Bateria 60 e 90 kWh Autonomia 226 a 349 km PREÇOS EQV 250 EQV 250 Longo EQV 300 EQV 300 Longo

desde 73.550€

desde 34.750€

Potência 143 cv Bateria 44,5 kWh Autonomia 263 km PREÇOS ZS EV

desde 29.499€

OPEL MOKKA-E

74

OPEL CORSA-E

OPEL ZAFIRA-E LIFE

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 330 km PREÇOS Edition Business Edition Elegance GS Line

Potência 136 cv Bateria 50 e 75 kWh Autonomia 220 a 330 km PREÇOS Zafira-e Life 50 desde 49.520€ Zafira-e Life 75 desde 58.970€ Vivaro-e Combi desde 47.770€

30.160€ 31.840€ 32.660€ 33.260€

blueauto

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 324 km PREÇOS Editio Elegance GS-Line Ultimate

35.955€ 38.355€ 38.455€ 41.955€


guia de compras

ELÉTRICOS PEUGEOT e-208

PEUGEOT e-2008

PEUGEOT e-TRAVELLER

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 340 km PREÇOS e-208 Active e-208 Active Pack e-208 Allure e-208 Allure Pack e-208 GT e-208 GT Pack

Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 310 km PREÇOS e-2008 Active e-2008 Active Pack e-2008 Allure e-2008 Allure Pack e-2008 GT e-2008 GT Pack

Potência 136 cv Bateria 50 e 75 kWh Autonomia 220 a 330 km PREÇOS e-Traveller 50 desde 57.320€ e-Traveller 75 desde 63.320€ e-Expert 50 Combi desde 54.840€ e-Expert 75 Combi desde 60.840€

28.670€ 29.470€ 29.820€ 30.220€ 32.020€ 32.870€

32.870€ 33.570€ 34.170€ 34.620€ 36.670€ 37.920€

RENAULT TWIZY

PORSCHE TAYCAN PEUGEOT e-RIFTER Potência 136 cv Bateria 50 kWh Autonomia 230 km PREÇOS Active Pack Allure Pack Allure Pack Long

32.582€ 35.032€ 36.232€

RENAULT TWINGO Z.E. Potência 82 cv Bateria 21,3 kWh Autonomia 190 km PREÇOS Z.E. Zen Z.E. Intens

22.845€ 23.745€

Potência 408 a 761 cv Bateria 71 a 83 kWh Autonomia 407 a 484 km PREÇOS Taycan 4S Turbo Turbo S 4 Cross Turismo 4S Cross Turismo Turbo Cross Turismo Turbo S Cross Turismo

89.263€ 110.866€ 158.959€ 193.399€ 99.718€ 116.401€ 160.435€ 194.875€

Potência 13 cv Bateria 7 kWh Autonomia 90 km PREÇOS Life Intens

12.805€ 13.605€

RENAULT KANGOO Z.E. Potência 95 cv Bateria 33 kWh Autonomia 200 km PREÇOS Z.E. Maxi 5L

desde 38.364€

RENAULT ZOE Potência 109 a 136 cv Bateria 41 a 52 kWh Autonomia 306 a 395 km PREÇOS ZE40 R110 desde 32.240€ ZE50 R110 desde 32.990€ ZE50 R135 desde 35.140€

blueauto

RENAULT MÉGANE E-TECH Potência 130 e 220 cv Bateria 40 e 60 kWh Autonomia 300 a 470 km PREÇOS Mégane E-Tech 40 kWh desde 35.200€ Mégane E-Tech 60 kWh desde 43.200€

75


guia de compras

ELÉTRICOS SKODA ENYAQ iV

SMART EQ

TESLA MODEL 3

Potência 180 a 299 cv Bateria 52 a 77 kWh Autonomia 362 a 536 km PREÇOS iV 50 iV 60 iV 60 Sportline iV 80 iV 80 Sportline

Potência 82 cv Bateria 17,6 kWh Autonomia 150 a 160 km PREÇOS fortwo desde 22.845€ fortwo cabrio desde 26.395€ forfour desde 23.745€

Potência – (não indicada) Bateria 75 kWh Autonomia 448 a 580 km PREÇOS Standard Long Range Performance

36.477€ 40.503€ 45.203€ 47.105€ 51.140€

TESLA MODEL X

TESLA MODEL Y Potência – (não indicada) Bateria 75 kWh Autonomia 480 a 505 km PREÇOS Long Range Performance

TESLA MODEL S Potência – (não indicada) Bateria 100 kWh Autonomia 663 a 837 km PREÇOS Long Range Plaid

50.900€ 57.990€ 64.990€

65.000€ 71.000€

Potência – (não indicada) Bateria 100 kWh Autonomia 547 a 580 km PREÇOS Long Range Plaid

114.990€ 120.990€

105.990€ 130.990€

VOLKSWAGEN ID.4 Potência 204 a 299 cv Bateria 77 kWh Autonomia 481 a 515 km PREÇOS Pro Performance GTX

VOLKSWAGEN ID.3 Potência 145 a 204 cv Bateria 58 a 77 kWh Autonomia 424 a 540 km PREÇOS Pro Pro Performance Pro S

46.815€ 53.332€

37.516€ 39.042€ 43.011€

VOLVO XC40 RECHARGE VOLVO C40 RECHARGE Potência 408 cv Bateria 75 kWh Autonomia 441 km PREÇOS C40 Recharge

76

desde 58.273€

Potência 231 e 408 cv Bateria 67 e 75 kWh Autonomia 413 a 421 km PREÇOS Recharge 231 cv desde 49.357€ Recharge Twin 408 cv desde 57.151€

guia de compras

ELÉTRICOS FUEL-CELL TOYOTA MIRAI Célula de combustível a H2, 182 cv (pot. total) Consumos 0,8 l/100 km Autonomia 650 km PREÇOS Luxury Premium Limousine

66.990€ 69.990€ 75.990€


tecnologia

2022

Mais do que um meio de transporte

Depois da edição virtual do ano passado, o Consumer Electronics Show (C.E.S.) regressou a Las Vegas e os construtores automóveis não podiam deixar de marcar presença. No CES, o habitual é completamente diferente, com muitas das novidades no setor automóvel vindo de projetos criados paralelamente à indústria.

blueauto

77


tecnologia

A

o passar dos salões automóveis para as feiras de eletrónica, os construtores já perceberam que vão ter que mudar as suas estratégias comerciais para atrair uma nova geração de clientes para quem a liberdade de acesso a serviços e a entretenimento já não está dependente em ser presencial. Há também uma relação diferente com os objetos que usam, que tem uma componente emocional mais pessoal, mas que também é mais despegada, para se poder substituir por um aparelho mais recente e mais evoluído. Por isso, várias marcas estiveram no “Consumer Electronics Show”, a feira mundial da tecnologia, que regressou em 2022 após um ano de ausência devido à pandemia mundial de COVID-19. E as marcas estiveram representadas ao mais alto nível, com os diretores-gerais da Stellantis e da General Motors, Carlos Tavares e Mary Barra, a deslocarem-se diretamente ao evento para falarem das novas direções que a indústria automóvel vai tomar nos próximos anos. Embora tenham passado décadas a alimentar a popularidade das suas marcas, o futuro deverá passar pela partilha tecnológica com empresas que, até aqui, nunca puseram a hipótese de entrar neste ramo ao mais alto nível. A Stellantis, por exemplo, marcou presença com o Citroën Autonomous Mobility Vision Concept, um patim autónomo pensado para diminuir a intensidade de tráfego da cidade. Estas bases móveis vão transportar compartimentos que podem ser montados e retirados conforme a necessidade do tipo de transporte, e vão estar associados a serviços diferentes, escolhidos pelos clientes, com a Citroën a fornecer apenas a tecnologia. A ideia é que o passageiro poderá relaxar durante a viagem ou praticar desporto, se o desejar, mas também há espaço para o transporte de carga. As cidades entram na parceria com a criação de faixas exclusivas para estes patins. Na General Motors, a ideia era recorrer a um parceiro externo, e durante algum tempo parece que a pick-up eléctrica criada pela Rivian seria uma boa base para estes veículos que correspondem a uma grande fatia das vendas do gigante automóvel americano. Mas a Rivian acabou por encostar o seu destino à rival Ford (divorciaram-se entretanto), e a GM criou o seu próprio plano rapidamente, com a plataforma Ultium,

Plataforma ‘MobED’ da Hyundai

78

Citroën: conceito 'Autonomous Mobility Vision'

Tecnologia ‘E ink’ em demonstração no BMW iX

que em 2023 vai dar origem ao regresso da marca Hummer e em 2024 à primeira geração elétrica do Chevrolet Silverado, associados a soluções de carregamento rápido para as suas baterias de grandes dimensões. Este segmento vai dar um salto tecnológico, depois de décadas como o mais tradicional. Outras marcas presentes com novidades foram a Hyundai e a BMW. A primeira mostrou a MobED, uma plataforma com 67 cm de comprimento e 60 cm de largura, que traz a tecnologia autónoma da estrada para dentro dos edifícios, como uma forma inovadora de transportar materiais em espaços exíguos e passando facilmente por cima de obstáculos. A segunda procurou integrar a arte no automóvel, com vários conceitos distintos, como uma tinta (E ink) que muda de cor conforme as preferências do indivíduo, um “art car” com efeitos decorativos digitais, ou o BMW Theatre Screen, que transforma o para-brisas dianteiro num ecrã de cinema. O automóvel é cada vez mais uma extensão do indivíduo, e a indústria já se apercebeu da necessidade de se ligar aos seus clientes desta maneira.

Chevrolet Silverado EV

blueauto


Desporto sem piloto

Sony está de volta

Há dois anos, a Sony esteve no CES com a sua primeira proposta para a criação de um automóvel com o nome da marca japonesa de produtos eletrónicos. Com o abandono dos motores de combustão, marcas estabelecidas em eletrónica têm agora uma grande oportunidade de entrar nesta arena. Com a fundação de uma empresa de mobilidade prevista para a primavera, a Sony tinha mostrado o Vision-S 01 em 2020 e agora regressou com as lições aprendidas com a sua proposta anterior. O Vision-S 02 usa a mesma plataforma tecnológica do seu antecessor, mas agora dentro de um SUV com espaço para 7 pessoas. No exterior, o S 02 está equipado com sensores de imagem de alta resolução e de LiDAR, capaz de reconhecer a presença de veículos de emergência, tecnologia que já está a ser testada desde o ano passado nas estradas europeias, como automação acima do segundo nível. No interior, a Sony propõe a introdução de sensores capazes de reconhecer cada passageiro individualmente, de modo a criar um ambiente personalizado para cada um. Estes sensores também são capazes de reconhecer comandos vocais e por gestos. A configuração do veículo pode ser feita à distância pelo smartphone do utilizador, usando 5G para comunicar com dados armazenados em cloud.

A tecnologia para a criação de automóveis autónomos vai tirar proveito da tecnologia 5G de modo a que um veículo se possa mover no trânsito citadino, em contacto constante com outros veículos e com a infraestrutura de estradas, lendo mapas, e reconhecendo pessoas e objetos à sua volta. Mas esta tecnologia não vai ser só prática, e também vai ser utilizada em diversão. Aproveitando a proposta feita há vários anos pela Roborace, 9 equipas representando 19 universidades espalhadas pelo mundo aproveitaram o CES para participar no Indy Autonomous Challenge, o primeiro concurso de montra tecnológica para criar um carro autónomo capaz de competir diretamente contra máquinas idênticas. Com base num chassis Dallara de Indy Lights (categoria de aprendizagem para as 500 Milhas de Indianapolis), os veículos foram equipados com sensores de LiDAR da Luminar, estabelecendo visão a 360 graus, e sistemas de robótica e automação do Instituto de Inovação Tecnológica de Abu Dhabi (TII) para mover o carro. A vitória, correspondendo a um prémio de 150 mil dólares, foi para a Polimove, “joint venture” do Politécnico de Milão e da Universidade do Alabama, que bateu a TUM (Universidade Técnica de Munique) na manga final, atingindo uma velocidade máxima de 278 km/h num concurso de ultrapassagem na pista oval de Las Vegas.

Togg, o automóvel como serviço

Os novos atores que querem entrar na indústria automóvel não querem estar presos a modelos de negócio do costume: não querem redes de concessionários, não querem empréstimos bancários envolvidos, e não querem clientes cuja relação termina assim que adquirem um carro novo. A marca Togg, originária da Turquia, deslocou-se a Las Vegas para mostrar o conceito de automóvel como serviço integrado, ou como o seu presidente Gurcan Tarakas descreveu: como um ecossistema de mobilidade. Com as características técnicas, que normalmente seriam um cartão de visita para qualquer automóvel, a nem sequer importarem, o primeiro Togg vai chegar ao mercado no final do ano como um veículo conectado e partilhado através de um smartphone, oferecendo soluções individuais para as necessidades do indivíduo em cada momento, incluindo formas mais eficientes de fornecimento e utilização de energia. A Togg pretende lançar o seu primeiro automóvel no primeiro trimestre de 2023, mas primeiro vai ter que convencer o público que a sua marca de serviços integrados será mesmo o futuro do transporte individual. Dar a conhecer o seu nome no CES foi o primeiro passo.

blueauto

79


mobilidade elétrica

Os Veículos 100% Elétricos estão a impor-se!

V

Henrique Sánchez Presidente da UVE – Associação Utilizadores Veículos Elétricos

otos de um excelente Ano Novo de 2022, elétrico e eletrizante para todos os que já optaram por um veículo elétrico e pelos que irão optar num futuro próximo. Começamos 2022 com fantásticas notícias para o desenvolvimento da Mobilidade Elétrica em Portugal. • As vendas de veículos 100% elétricos (BEV-Battery Electric Vehicle), contabilizando todas as categorias (ligeiros, pesados, passageiros, mercadorias, quadriciclos, motociclos e ciclomotores), voltaram a bater o recorde anual de vendas, tendo aumentado 72.8% em relação a 2020; • A quota de mercado de vendas de veículos 100% elétricos (BEV) ligeiros de passageiros já é de 9.1%;

80

• A quota de mercado do total dos veículos elétricos ligeiros de passageiros – os 100% elétricos (BEV-Battery Electric Vehicle) e os híbridos plug-in (PHEV-Plug-in Hybrid Electric Vehicle) – é de 19.8%; • A Rede Pública de Carregamento para veículos elétricos aumentou 65% em 2021, tendo sido inauguradas as primeiras Estações com múltiplos carregadores na Rede Pública (Lisboa, Sintra e Leiria), além das que existem nas redes privadas (Tesla, Continente Plug & Charge, etc.). Temos mais carregadores e com maior potência, a capilaridade da Rede de Carregamento também se expandiu decisivamente: somente 14 dos 308 municípios do país ainda não possuem carregadores para VE; • Estão em comercialização em Portugal mais de 120 modelos e versões de veículos 100% elétricos, abrangendo a quase totalidade das marcas presentes no país; • A autonomia real média dos veículos elétricos à venda em Portugal já atinge os 400 km, sendo que alguns modelos já apresentam autonomias que ultrapassam os 600 km e os 700 km; • O custo de operação de um veículo 100% elétrico é muito inferior ao de um veículo com motores a gasolina ou a gasóleo, quer pelo custo da eletricidade em relação aos combustíveis fósseis, quer pelos reduzidos custos de manutenção no pós-venda.

blueauto


No entanto, o mais interessante é o facto de que os veículos elétricos irem triunfar e estarem a impor-se porque simplesmente são melhores, muito melhores, do que os equivalentes movidos por motores de combustão interna.

Motores muito mais eficientes, muito menor energia/combustível para percorrer a mesma distância, portanto menor custo por km percorrido, e possibilidade de gerar eletricidade apenas pela ação da travagem regenerativa.

Falaremos da condução eficiente de um veículo elétrico e da travagem regenerativa nesta edição.

veículo com motor de combustão interna – não é possível produzir gasolina ou gasóleo no próprio automóvel. Este ganho extra de eletricidade, totalmente verde e a custo zero, pode situar-se entre os 20% e os 25% dependendo do percurso, do vento e do nosso pé direito.

É possível conduzir um veículo elétrico e, simultaneamente, produzir a nossa própria energia, algo impossível de realizar num

blueauto

81


mobilidade elétrica

Os modelos atuais até já possuem diversos modos de condução que variam a capacidade de regeneração, podendo mesmo o automóvel elétrico ser conduzido com a utilização de um só pedal, o acelerador, que funcionará como acelerador quando pressionado e como travão quando ali-

Estes são apenas os dois modos mais comuns (D e B). Existem mais modos cuja designação difere de marca para marca e nalgumas marcas existe a possibilidade, através do acionamento de patilhas no próprio volante, de aumentar ou diminuir a intensidade da travagem regenerativa, e

82

viarmos a pressão no mesmo. Em áreas metropolitanas antecipando a sinalização dos semáforos, as passadeiras de peões e o próprio trânsito. Ou seja, podemos aumentar, consideravelmente, a autonomia do nosso automóvel elétrico.

portanto, a produção de mais ou menos eletricidade no nosso próprio automóvel elétrico, de uma forma totalmente sustentável e gratuita! O ano de 2022 afigura-se como mais um ano de grande expansão para a Mobilidade Elétrica, em Portugal, na Europa e no Mundo. n

blueauto


Bentayga Hybrid.

A serenidade da condução elétrica. Comece a sua viagem extraordinária em lisboa.bentleymotors.com/eu/pt/home ou visite-nos na Rua São Francisco, 582 2645-019 Alcabideche; Tel.: 213 163 155; bentley-lisboa@siva.pt Bentayga Hybrid ciclo condução WLTP em l/100km – Consumo Combinado 3,4 l/100km, Emissões CO₂ Combinado – 82 g/km. O nome ‘Bentley’ e o ‘B’ no logótipo são marcas registadas. © 2021 Bentley Motors Limited. Modelo apresentado: Bentayga Hybrid

BENTLEY LISBOA


LIDERAR ÉA A LIDERAR É NATUREZA LEÕES NATUREZA DOS DOS LEÕES Somos leões. Esta a nossa natureza e daí é daí que vemaaforça forçaque quenos Somos leões. Esta é a énossa natureza eé que vem nos distingue. Por isso, vamos à frente. A PEUGEOT é líder de mercado distingue. Por isso, vamos à frente. Somos líderes de mercado emem Portugal ee aa escolha natural dos condutores portugueses. Obrigado, leões. Portugal escolha natural dos condutores portugueses. Obrigado, Avançamos para 2022 com a mesma garra. leões. Avançamos para 2022 com a mesma garra.

Eleita Melhor Marca Automóvel pelo 9.º ano consecutivo

Eleita Melhor Marca Automóvel pelo 9.º ano consecutivo

Líder de vendas em Portugal em 2021 Líder de vendas em Portugal em 2021

Dados da ACAP. Matrículas Veículos Ligeiros de Passageiros + Veículos Comerciais Ligeiros acumulado 2021.