Page 34

66

DO BROADCAST AO SOCIALCAST

cas que permitam o estabelecimento objetivo de métricas e a respectiva quantificação dos resultados. Agências que sejam formadas entendendo as necessidades das pessoas de participar e que saibam como criar e operar o canal com as empresas, que precisam ouvir seus consumidores e serem ouvidos, terão

12

grande chance de sucesso, não importa se forem formadas por cidadãos digitais de vinte e poucos anos, com tatuagens, brincos e um grande desejo de mudar o mundo.

Neste novo mundo digital, um conselho do mundo real: fique com um olho no gato e outro no mouse Ruy Lindenberg

C

erta vez, há muitos anos, entrei distraidamente no cinema e saí de lá chocado. Acabara de assistir Blade Runner e uma das coisas que

mais me marcaram foi a visão de futuro como um lugar que não seria limpinho e bem arrumado como nos filmes de ficção científica ou no seriado dos Jetsons. Seria sim, uma mistura de tecnologia avançada que não conhecíamos com as velharias com as quais estávamos acostumados, como as ruas sujas de Nova York, os luminosos piscantes de Tóquio e as esquinas cheias de tipos bizarros como as de São Paulo. É assim o mundo das comunicações hoje, um cruzamento entre o mundo real e o virtual, num descompasso contínuo, um interferindo no outro, se somando e se contradizendo. E tudo isso vai influenciar a nossa

Sérgio Cavalcanti é psicólogo com mestrado em Internet Marketing na Universidade de Stanford e diretor da agência PeopleMedia

vida radicalmente, seja como seres humanos ou como profissionais, tenhamos internet ou não, gostemos ou não dela.

Profile for Bites

Do Broadcast ao Socialcast  

O livro da BITES com 14 artigos sobre redes sociais

Do Broadcast ao Socialcast  

O livro da BITES com 14 artigos sobre redes sociais

Profile for bites
Advertisement