Page 1

CB0207

HOMOGENIZADOR ULTRASSÔNICO PROGRAMÁVEL PARA VOLUMES DE 1 A 200 ML - MODELO HD 2070 CARACTERÍSTICAS: Homogeneizador (disruptor) ultrassônico programável para volumes de 1 a 200 ml, dependendo da ponteira utilizada (conferir acessórios), fornecendo ao usuário várias formas de resultado, devido à ampla quantidade de acessórios disponíveis. Apresenta as seguintes características técnicas: APLICAÇÕES:  Disrupção de células (extração de microrganismos, tecidos celulares, esporos, bactérias, etc.)  Homogeneização de líquidos  Emulsificação de líquidos de difícil mistura  Dispersamento de aglomerados  Aumento de velocidade nas reações químicas  Análises ambientais (investigação de água, amostras de solo e etc.)  Desgaseificação de líquidos

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO:  O conversor transforma a energia elétrica em energia mecânica a um frequência de ±20 Khz, sendo que a oscilação de cristais piezoeléctricos é transmitida (conduzida) por um disruptor de titânio que irradia energia para o líquido que está sendo processado;  O ultrassom emitido produz então um fenômeno conhecido com “cavitação”, que é a formação de “colapso” de bolhas de vapor microscópicas geradas por fortes ondas de som, que produzem uma ação de cisalhamento e despedaçamento;  Os pulsos de alta tensão e energia (20 Khz) se ajustam às variadas condições de temperaturas e viscosidades dos produtos a serem homogeneizados, pois conforme aumenta ou diminui a impedância, esta força é automaticamente transferida para as sondas (ponteiras). ACESSÓRIOS OPCIONAIS:  Ponteiras de espessura média, fina ou grossa, dependendo do tipo de amostra a ser processada  Câmaras para resfriamento de amostras sensíveis a temperaturas elevadas  Câmaras de fluxo contínuo de células  Câmaras de introdução de gases ou sensores de medição  Caixa para redução de ruídos  Suporte em aço inoxidável, para fixação do homogeneizador  Amplificadores auxiliares (Standard Horns)  Controle remoto acionado pelo pé (pedal)  Adaptadores  Extensores das ponteiras, para possibilitar o trabalho em recipientes que possuam gargalos longos e estreitos.

HF Generator

GM 2070

LxWxH (mm) Ultrasonic converter Dia. X L (mm) Available probes dia. (mm)

257 x 180 x 115 UW 2070 70 x 150 2/3/6/13 Stainless steel

Biosystems Comércio, Imp. e Exp. de Equip. para Laboratório Rua Theodoro Makiolka, 885, Santa Cândida, Curitiba – PR - CEP: 82640-010 E-commerce: www.biosystems.com.br E-mail: comercial@biosystems.com.br

Sound proof box LS

Pág. 1 - 4


CB0207

HOMOGENIZADOR ULTRASSÔNICO PROGRAMÁVEL PARA VOLUMES DE 1 A 200 ML - MODELO HD 2070

FUNÇÃO CICLO PULSADO: Função de ciclos de pulsação (em intervalos ativos e passivos), com nove diferentes opções:  Ciclo Pulsado 1: Intervalo ativo 0,1 segundo; intervalo passivo 0,9 segundo;  Ciclo Pulsado 2: Intervalo ativo 0,2 segundo; intervalo passivo 0,8 segundo;  Ciclo Pulsado 3: Intervalo ativo 0,3 segundo; intervalo passivo 0,7 segundo;  Ciclo Pulsado 4: Intervalo ativo 0,4 segundo; intervalo passivo 0,6 segundo;  Ciclo Pulsado 5: Intervalo ativo 0,5 segundo; intervalo passivo 0,5 segundo;  Ciclo Pulsado 6: Intervalo ativo 0,6 segundo; intervalo passivo 0,4 segundo;  Ciclo Pulsado 7: Intervalo ativo 0,7 segundo; intervalo passivo 0,3 segundo;  Ciclo Pulsado 8: Intervalo ativo 0,8 segundo; intervalo passivo 0,2 segundo;  Ciclo Pulsado 9: Intervalo ativo 0,9 segundo; intervalo passivo 0,1 segundo; O ciclo pulsado possui essa configuração, pois assim evita-se o aumento da temperatura das amostras sensíveis ao calor, devido ao resfriamento que ocorre durante os intervalos passivos do ciclo de processamento. FUNÇÃO TIMER:  Cronômetro digital com memória para armazenamento da duração do processo ultrassônico.  Programável de 1 segundo até 99 minutos (regressivo), ou em modo contínuo. FUNÇÃO MODE:  Tecla sensitiva para programação e armazenamento das funções “tempo” e “pulsação”. MÓDULO CONTROLADOR (GERADOR):  Módulo controlador e gerador com tecnologia digital, com teclas e sinais luminosos indicativo das funções. TECLA +/-:  Os valores indicados da “pulsação” e do “tempo” podem ser aumentados ou reduzidos em intervalos de 1 dígito. TECLA START/STOP:  Tecla sensitiva de dupla função: início (START) e parada (STOP) de operação. TECLA ON/OFF:  Tecla de contato Liga/Desliga. LÂMPADA DA PILOTO:  Indicativa (cor verde) quando o equipamento estiver operando. TECLA RESET:  Quando o equipamento estiver em espera, serve para alternar entre os modos de operação contínuo e regressivo (timer). TECLA POWER:  Indicador de potência expresso em porcentagem, que corresponde a 20 Khz (máximo).  A indicação sonora de 1 “assobio”, refere-se as condições de funcionamento da microponteira que, neste caso, necessita da substituição ou reaperto para a normalização da operação.  Acompanha uma chave tipo “boca” SW10 para montagem e desmontagem da ponteira.

Biosystems Comércio, Imp. e Exp. de Equip. para Laboratório Rua Theodoro Makiolka, 885, Santa Cândida, Curitiba – PR - CEP: 82640-010 E-commerce: www.biosystems.com.br E-mail: comercial@biosystems.com.br

Pág. 2 - 4


CB0207

HOMOGENIZADOR ULTRASSÔNICO PROGRAMÁVEL PARA VOLUMES DE 1 A 200 ML - MODELO HD 2070 MICROPONTEIRA MS73: Microponteira cônica moldada em titânio (TI-AL6-V4) para homogeneização de amostras de pequeno volume, contidas em tubos de teste ou microtubos, e submetidas ao ultrassom.  Processa volumes de 2 a 50 ml;  Pode ser imersa no líquido a uma profundidade de até 2 cm;  Seu diâmetro de 3 mm garante alta amplitude e densidade ultrassônica aos líquidos;  Comprimento de 175 mm;  Muito utilizada em testes de laboratório, principalmente para disrupção de células e bactérias, e aumento da velocidade nas reações químicas;  Amplitude máxima de 100% = 210µm pico a pico; DIMENSÕES DO CONJUNTO:  Conversor de ultrassom.  Diâmetro: 7,0 cm  Comprimento: 12,0 cm PESO:  

Conversor de ultrassom: 1,0 kg Unidade geradora e de operação: 2,5 kg

UNIDADE GERADORA E DE OPERAÇÃO:  Largura: 25,7 cm  Profundidade: 18,0 cm  Altura: 11,5 cm FREQUÊNCIA:  20 KHz POTÊNCIA:  70 Watts TENSÃO (VOLTAGEM):  220 Volts / 50-60 Hz

Biosystems Comércio, Imp. e Exp. de Equip. para Laboratório Rua Theodoro Makiolka, 885, Santa Cândida, Curitiba – PR - CEP: 82640-010 E-commerce: www.biosystems.com.br E-mail: comercial@biosystems.com.br

Pág. 3 - 4


Como selecionar o equipamento adequado: Homogeneizadores ultrassônicos são utilizados em laboratórios, hospitais e indústrias para experimentos e análises científicas, bem como em produções piloto ou de pequenos lotes. Qual a diferença entre homogenizadores e banhos ultrassônicos: A potência efetiva dos banhos ultrassônicos é fixa. Sua densidade de potencia (W/I) é relativamente baixa e dependente do local. Quando várias amostras em processo de sonicação estão em lotes, a posição das amostras deve sempre ser considerada. No caso da utilização de homogenizadores ultrassônicos, tanto a potência efetiva como a amplitude podem ser ajustados. A densidade de potência (W/l) é muito alta e focada. Utilizando ponteiras com radiação definida, a reprodutibilidade é garantida. Quais são as ponteiras mais adequadas? A seleção da ponteira é determinada pelo volume da amostra a ser processada e a densidade de potência desejada. Quanto maior o diâmetro da superfície de radiação da ponteira, maior o volume que pode ser sonicado; Mas a densidade de potência diminuirá. Por exemplo, para disrupção de células de levedura é necessário uma densidade de potência muito elevada. A superfície de irradiação da ponteira é somente na ponta, não em sua volta. É possível fabricar ponteiras personalizadas? Não. As ponteiras são sintonizadas para uma frequência específica (metade do comprimento de onda ou múltiplos). Os seus comprimentos são fixados de acordo com seu projeto.

CB0207

GUIA RÁPIDO PARA SELEÇÃO DE SONICADORES (HOMOGENEIZADORES ULTRASSÔNICOS) E APLICAÇÕES GERAIS

O que é mais importante ao escolher um dispositivo ultrassônico: potência ou amplitude? A potência de saída (W) não é o único critério para a seleção do homogeneizador ultrassônico. Este valor indica apenas a potência do gerador de alta frequência (HF), mas não a energia fornecida à amostra. A amplitude na superfície de irradiação da ponteira é o fator determinante para a avaliação do resultado da irradiação levando em consideração o volume da amostra. Áreas típicas de aplicação: • Disrupção de células, bactérias, vírus, tecidos, tecido misto para a extração do conteúdo das células; • Emulsificação de líquidos dificilmente misturáveis, por exemplo, óleo e água, partículas com tamanho na faixa μm; • Desaglomeração de nanopartículas em material de pesquisa (material nanoestruturado) em Medicina, Biotecnologia e Indústria automobilística; • Disrupção de tecido, também tecido misto; • Aceleração de reações químicas; • Produção de dispersões. Análise Preparação de amostras para a determinação do tamanho do grão ou análise ambiental; Homogeneização de amostras de queijo para determinação de nitratos. Química - Sonoquímica Aceleração de reações químicas ou destruição de compostos de alto nível molecular.

Biosystems Comércio, Imp. e Exp. de Equip. para Laboratório Rua Theodoro Makiolka, 885, Santa Cândida, Curitiba – PR - CEP: 82640-010 E-commerce: www.biosystems.com.br E-mail: comercial@biosystems.com.br

Pág. 4 - 4


CB0207

GUIA RÁPIDO PARA SELEÇÃO DE SONICADORES (HOMOGENEIZADORES ULTRASSÔNICOS) E APLICAÇÕES GERAIS

Farmácia - Cosméticos Produção de grandes volumes de emulsões de longa duração, por exemplo, loções e produção de antígenos, vacinas ou lipossomas. Bioquímica - Biologia - Medicina Sonicação de pequenas amostras de alta qualidade para análise como EIA ou RIA; Devido a amplitudes elevadas, é possível a ruptura de bactérias, células ou tecidos com alta resistência. O processamento indireto de amostras em recipientes com circulação é recomendado para evitar a contaminação cruzada (Modelos BR 30 ou BB 6). Detecção de príons pela amplificação cíclica de proteínas enoveladas.

A “BANDELIN” DISPONIBILIZA, PARA OS INTERESSADOS, ATRAVES DO E-MAIL INFO@BANDELIN.COM TODAS AS LEITURAS ABAIXO NUMERADAS.

Dicas profissionais (Extração) Biologia Molecular – Microbiologia – Farmácia – Medicina B-101: Extração de Proteínas; B-102: Leveduras; B-103: Testes de hemolisados ou de paternidade; B-104: Tecidos de músculo e pulmonar de camundongos– homogeneização para isolar RNA; B-106: Liposomos – produção de SLV (lipossomos unilamelar) pela desintegração do MLV (lipossomo multilamelar); B-109: Homogenização da polpa da beterraba, para disrupção celular; B-110: Replicação de príons infeciosos – processo de aceleração por ultrassom; B-111: Disrupção de tecidos em geral; B-112: Disrupção de tecidos de aorta, estômago, fígado, intestino e pulmão; B-121: Escherichia coli; B-124: Fragmentação de DNA; B-125: Enterobacter Preparação de amostras para análise C-105: Amostras de Celulose C-106: Amostras de Sedimentos em água/desaglomeração C-108: Dispersão de partículas sólidas (Al2O3, SiO2) C-113: Preparação de amostras para análise de tamanho. Preparação de amostra analítica para área ambiental U-101: Amostras de esgoto/homogenização U-102: Amostras de solo/homogenização U-103: Produção de cerâmica U-104: Amostras solo/ Adubo Informações Gerais (extração) 5119i:Informação geral sobre os homogenizadores ultrassônicos; 5169b: Determinação da potência 5159i: Vida útil das ponteiras 5469b: Aplicações gerais 5299b: Setor de alimentos

Biosystems Comércio, Imp. e Exp. de Equip. para Laboratório Rua Theodoro Makiolka, 885, Santa Cândida, Curitiba – PR - CEP: 82640-010 E-commerce: www.biosystems.com.br E-mail: comercial@biosystems.com.br

Pág. 5 - 5

Cb0207 bandelin hd2070  
Cb0207 bandelin hd2070