Page 1

TEMPO E TEMPERATURA

HOJE

AMANHÃ

27C° 32C°

32C°

Máxima: Máxima: Minina: Minina:

20C° 20C°

Máxima: Minina:

22C°

Fonte: Climatempo

HOJE

LENÇÓIS PAULISTA - SP - SÁBADO, 05 DE JANEIRO DE 2013 - EDIÇÃO Nº 65 - ANO 2 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

CIDADE | Pela nova

EDUCAÇÃO | Inscri-

lei, veículos abando-

ções para cursos pro-

nados pelas ruas serão

fissionalizantes do Se-

recolhidos e enviados

nai vão até a próxima

para o pátio

sexta-feira, dia 11

Pág. 5

Pág. 4

POLÍTICA | Izabel Lorenzeti e Marise; Mané Frias e Pastor Adilson foram empossados prefeitos e vices,

Começou! em Lençóis Paulista e Borebi, no dia 1º de Janeiro; o Legislativo das duas cidades tiveram surpresas

Fotos: Billy Mao

Desde o dia 1º de Janeiro, a prefeita reeleita de Lençóis Paulista Izabel Lorenzetti e seu vice-prefeito José Antonio Marise, ambos do PSDB, assumiram o novo mandato no Executivo lençoense. Com a casa em ordem, depois de anunciada as mudanças de diretores, o trabalho seguiu o ritmo que já vinha sendo empregado pela equipe da prefeita. Bem diferente do que ocorreu em Borebi, onde a primeira semana do novo mandato de Mané Frias Filho e seu vice-prefeito Adilson Vera foi de muito trabalho, com o levantamento do que precisa de prioridade nas ações do novo governo. A semana também foi de

CULTURA | Exposição de instrumentos musicais no saguão da Casa de Cultura pode ser vista até o dia 31 desse mês. VIAGENS | Agendamentos de viagens ligadas à Saúde ue Henriq

passarão a ser feitos ao lado

Mucci

do almoxarifado central (rua José Paulino da Silva, 147), a partir do dia 9 de Janeiro. O atendimento é das 7h às 17h, mas agendamentos só serão feitos até às 10h. O telefone é 3264-3881

adequações no Legislativo das duas ci-dades, após as mudanças provocadas pela eleição do comando da mesa diretora. Página 3

Três postos são roubados em três dias de 2013 Um homem foi baleado na noite de quinta-feira, dia 3, durante troca de tiros com a Polícia Militar, após assalto a um posto de combustíveis às margens da rodovia Marechal Rondon. Foi o terceiro assalto a este tipo de estabelecimento registrado em Lençóis Paulista em três dias. Segundo a PM, o assaltante que foi baleado e outros três homens chegaram ao posto, por volta das 20h30, em duas motos - uma YBR e uma Titan 15 - e anunciaram o assalto, sem perceber que uma viatura da PM estava estacionada próxima ao local, atrás de uma churrascaria. Os policiais perceberam a movimentação e durante a abordagem houve troca de tiros. O único ferido, que não teve o nome divulgado, recebeu um disparo que atingiu o abdomem, mas foi encaminhado consciente ao PS e

permanecia estável. O homem é egresso do sistema penitenciário. Durante o confronto com a polícia, os outros três abandonaram as motos e fugiram a pé, em direção à rodovia. Um deles, segundo testemunhas, único que não estaria armado, foi atingido com um tiro nas costas. Os militares não se feriram e após várias buscas com apoio de policiais de Macatuba e Agudos, conseguiram capturar outros dois envolvidos, por volta das -, nas imediações do Jardim Nova Lençóis. A informação não oficial é de que ao menos R$ 700 teriam sido roubados, já que essa quantia em dinheiro teria sido encontrada com o ladrão baleado. Na noite de 1º de janeiro, dois homens armados e encapuzados levaram R$ 900,00 de um estabelecimento localizado no quilô-

FÉRIAS |

“A ausência da rotina e dos deveres escolares faz com que a proposta de permanecer na inércia se torne tentador”. Estréia nessa edição a coluna “Jornalistinha”, que será escrita por estudantes adolescentes

FÉRIAS 2 | O projeto Biblioférias tem atividades programadas para cinco regiões da cidade, entre os dias 11 e 25 de janeiro. Os locais e as atrações oferecidas, que incluem brincadeiras tradicionais podem ser consultados na Casa da metro 308 da rodovia Marechal Rondon. No dia seguinte, três adolescentes entre 17 e 18 anos de idade foram apreendidos após

roubarem maços de cigarro e R$ 260,00 de outro posto da avenida Jalisco, na Vila Prata. Eles confessaram o crime. Polícia página 5

Cultura ou pelo telefone 3263-6525.


2

OPINIÃO

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

EDITORIAL O rumo da nau Mais uma vez surpresas na escolha para a mesa diretora da Câmara de Lençóis Paulista, mantendo a tradição de que quando o assunto é presidência do Legislativo lençoense o barco nunca ruma para onde o vento parece soprar. Manoel dos Santos Silva era o nome que supostamente seria escolhido com o apoio dos vereadores eleitos na coligação que reelegeu a prefeita Izabel Lorenzetti, somados aos votos de Nardeli da Silva e Jonadabe dos Santos, eleitos pelo PSC. Era, não foi. O médico Humberto José Pita, do PR, foi o escolhido inclusive por aqueles que já haviam declarado apoio a Manezinho. A composição da mesa diretora, que com Manezinho tinha predominância do PSDB, com a nova formação tem mais representatividade partidária, por ter vereadores, além do PR, do PSDB, PSC e PV, o que dá ao grupo maior pluralidade de idéias e princípios políticos, o que é sempre saudável para a democracia. A pergunta que os leitores mais atentos se fazem e que os vereadores deveriam se fazer é: porque Manezinho mudou de ideia? A quem interessou que ele não fosse presidente? O que o levou a se retirar em nome do médico Humberto Pita? Essas e outras perguntas como - quais forças derrotaram Manezinho dessa vez e essas forças irão influenciar nos rumos do Legislativo? - precisam ser respondidas o mais rápido possível para que a Câmara realmente comece uma nova legislatura e a renovação determinada pela população em outubro ocorra de fato. Assim, somado ao esforço dos novos marujos que irão trabalhar por essa nau, o comando não voltará para os porões do navio, onde já esteve, entre as sombras de um mar de águas turvas, que mantinha vícios e privilégios e que perduraram por tempo demais.

Coluna do Portes

A Polícia que temos, a Polícia que queremos Como esperar que a polícia realmente faça seu trabalho, quando sua estrutura está sucateada pelo Estado? Essa é uma pergunta que ouço a todo instante quando estou com meus amigos conversando sobre os mais variados assuntos. O corpo policial aqui em nossa cidada até que tenta, mas como conseguir evitar uma série de roubos, ataques ao comércio e as pessoas de bem que estão pelas ruas? Essa eu respondo. Aumentando o efetivo de soldados. Dando condições dignas para este perigoso trabalho. Dando-lhes condições de locomoção! Uma chamada para qualquer acontecimento, onde seja necessária a presença da polícia, não demora menos de 15 minutos. Tempo suficiênte para praticar qualquer ato criminoso e sumir. Não dá para ficar ai parado vendo a bandidagem tomar conta de nossas vidas. Não dá. Lençóis Paulista não é mais aquela cidadezinha onde meia dúzia de policiais resolviam o problema. Não! A porcaria da droga está ai, se alastrando dia-a-dia. Com isso, aumentando o número de dependentes e traficantes. A polícia não consegue fazer mais, de fato, pela precariedade com que está no Estado. Gasta-se horrores com a construção do campo do timão e paga-se uma miséria para o policial que coloca sua vida em risco constantemente e ainda assim sai para a rua defender o cidadão e tentar colocar ordem no caos que está se tornando a sociedade. Digo sociedade pelo fato da polícia prender e essas Leis mentirosas colocarem o bandido de volta na rua. Essa mesma sociedade que sofre, também não tem coragem de se mobilizar e cobrar atitudes do Estado, da Nação. Enquanto isso, quem se preocupa, corre o risco de morrer com uma bala de bandido. Norberto Portes é construtor

FALE CONOSCO

CNPJ: 14.647.331./0001-22 IE: 416.050.229.111 Jornalista Responsável: Tânia Morbi - Mtb: 52.193 Redação e administração Lençóis Paulista Av. José Antonio Lorenzetti, 537– Telefone – (14) 3263-1740 jornalsabadao@gmail.com billymao@gmail.com Sugestão de Pautas: 9104.6460

Reflexão “Deixe o mundo mudar você e você mudará o mundo” Che Guevara

Sabadão online: issuu.com/billymao/docs/

OPINIÃO

Um gole de vida, um resumo de 2012 JEAN MELLO Amor, ainda como um simples educador blogueiro, que muito tem a aprender e ensinar. Lamentando pelo egoísmo e pelos guetos nos movimentos sociais. Fragmentação de quem poderia fazer a diferença. Especificidade no que poderia ser holístico. Com os olhos na totalidade, mas sem assumir o compromisso de abranger o todo, simplesmente por ser impossível, mas ainda com a esperança de que na prática a maioria perceba que unidos podemos fazer muito mais. Separados torcemos para apagar incêndios do cotidiano, representar uma causa no ganho de prêmios legítimos ou ilegítimos, para, então, ir com a consciência tranquila para casa com a pseudo-sensação de missão cumprida. Comunidades tomadas pela injustiça de não ter ao menos o pão na mesa ou moradia adequada para viver. Espaço para os filhos ou condições mínimas de dignidade. Na grande maioria famílias negras, um povo lindo e inteligente e ao mesmo tempo sofrido, lutando para que não esqueçam seu passado histórico, pelo respeito no presente e pela esperança

do porvir. Ouço, pelas pesquisas, conversas olho no olho e até pelas pessoas que me chama para conversas esporádicas nas redes que participo, o quanto o presente de uma ilusão humana se faz vivo nos dias que nos cerca. Pessimismo que não se traduz em um olhar prejudicado pela neblina do engano. A voz da multidão ecoa! Estariam errados os injustiçados? Nada de amor, tudo quase escasso, pouco nos resta de real esperança no amanhã. Até o porvir nos escraviza. Uma nuvem de gafanhotos se aproveita da carência emocional da sociedade atual. Parece que quanto mais andamos mais para trás ficamos. Avidez nas palavras e nas ações é o que precisamos. Sentimento de simplicidade e zero de desprezo pelo semelhante temos de resgatar. Alguma porta aberta, em que a vida clama por um espaço para que ela possa existir no coração da maioria. Roendo as unhas de ansiedade por um mundo melhor. Precisão em logo afirmar que não sou eu, isso se dá no coletivo das utopias

de quem trabalha para que outras pessoas sejam levadas a sério nesse caldeirão em que se encontra o mundo e o Brasil. Tudo é novo, apesar de antigo. Igrejas, escolas, empresas, associações, pessoas, olhem para fora da janela do egoísmo. Tempo em que não nos sobra mais tempo de refazer nossas origens. Porém, dá pra assumir alguns erros e trabalhar para que não se repitam. Atrás das atitudes tem o que impulsiona a ruína – devo mesmo estar lendo muito o mestre Freud para estar com todo esse pessimismo, mas que culpa tenho se o que ele tanto disse me faz o mais absoluto sentido? As respostas vem a cada nova leitura, mesmo sabendo que preciso ainda de muita capacitação para entender na plenitude. Jean Mello é educador social formado pelo Núcleo de Trabalhos Comunitários da PUC/SP, vinculado à Faculdade de Educação, educomunicador, músico, escritor e estudante de Psicologia.

Meio Ambiente: Problema ou solução? SID AGUIAR Até o inicio da década de 1990, falar em políticas ambientais eram sinônimos de perda de produção, perda de áreas agricultáveis e coisa de pessoas desocupadas. A partir da teoria de Brown sobre as políticas de responsabilidades socioambientais, as mudanças dessas filosofias retrógradas ganharam força na Europa e somente agora, as organizações empresariais brasileiras estão se dando conta e aprendendo a trabalhar as questões ambientais como fatores mercadológicos agregados. Para muitas organizações empresariais, que entende os investimentos nas questões ambientais como uma solução, hoje, colhem os frutos de uma expansão corporativa vertical, entretanto, as que ainda optam em manter suas velhas filosofias estão em declínio vertiginoso. Algumas maneiras de identificarmos essas diferenças quando se agrega o meio

ambiente como aliado, são visíveis nas formas que as organizações crescem, expandem sua produção, conquistam novos mercados e na maneira que ela é percebida pelas comunidades do entorno. Habitualmente, as organizações empresariais que tem uma visão de que os investimentos na área de meio ambiente é um problema, são organizações de visão ultrapassada, de políticas corporativas ineficazes, não conseguem expandir seus negócios, perdem mercados, possuem dificuldades operacionais e não são bem aceitas nas comunidades circunvizinhas. Podemos citar grandes grupos empresariais que saíram em um curto espaço de tempo de pequenas unidades e se transformaram em grandes conglomerados, sem perder a suas características de origem; e outros que há anos não saem do habitual, ficam vendo

seus concorrentes crescerem e se expandirem enquanto seus negócios estacionam. As grandes razões que levam essas organizações a se diferenciarem umas das outras estão no campo da administração corporativa, modelo de gestão e na capacidade de explorar novas tendências. Tudo depende da iniciativa que seus administradores definem os negócios das empresas; quando estas organizações empresariais incorporam os investimentos no meio ambiente como uma solução torna - se um ponto positivo, os resultados são extremamente expressivos; ao contrário, as que veem os investimentos como problemas, são reféns das suas próprias opiniões e perdem a oportunidade de desenvolvimento. Sidney AguiaRr é Especialista em Sustentabilidade Corporativa e Recursos Hídricos

Adeus ano velho BILLY MAO “O ano passou e talvez não tenha deixado saudade, apenas uma breve lembrança de realizações que se completam com o futuro” ...então ele abriu seu olho direito, depois da tempestade de fogos artificiais e se esquivou um pouco do vento que soprava. Aquela noite parecia igual a todas as outras. Nada do que estava representado ali condizia com seus pensamentos, que naquele momento divagavam entre uma sutil tristeza e uma força para lembrar-se. Ao redor, restos de vidros, provavelmente garrafas quebradas ou espelhos abandonados por seus egocêntricos donos. O cheiro de perfume barato lhe parecia familiar, assim como aquela sensação de abandono e solidão. Não tardou muito para que apenas uma breve brisa suave tocasse seu rosto e seus olhos voltassem a se fechar. Os pensamentos agora migravam para um instante onde a alegria era o fio que lhe prendia àquela vida naufragada em sonhos irreais. Um fio

tênue, é verdade, mas era forte o suficiente para mante-lo preso a uma realidade inexistente. E o pensamento não parava e rodopiava entre pessoas sorridentes, bêbadas e tropegas de ilusão. Alegres, se sentiam parte de toda aquela farça. Não ele, mesmo com um suspeito sorriso, duvidava de seus sentidos. Depois de alguns segundos nesse torpor, sua débil lucidez o colocou de volta ao mundo ao qual pertence. Mais uma ilusão! Um assassinato cru, estampado na tela da única TV. E era o seu assassinato. Meticulosamente planejado. Ou seria apenas um frouxo suicídio! Os fogos voltaram como rajadas de metralhadoras enferrujadas,

cuspindo chumbo tão pesado quanto o desejo de não sentir nada. De ser nada, diante da grande mentira há muito estabelecida. A força contida em sua vontade de deixar-se esvair foi vagarosamente sendo tomada por um gosto amargo, em que parecia mergulhar seus lábios, agora trêmulos. Isso fez seus olhos novamente se abrirem, repletos de lágrimas. A morte, o esquecimento se aproximava vertiginosamente em grande velocidade. Era o fim. Nada mais importava, nem seus pensamentos, nem suas lágrimas, nem seus derradeiros sonhos... Tudo seria passado dentro de segundos... E assim ele se foi. Angustiado com os sonhos não realizados, entristecido com a sua consciência de saber que seu fim não muda o conceito de que essa realidade não existe, em nenhum momento do tempo... ADEUS 2012! Billy Mao é jornalista e repórter fotográfico do Sabadão do Povo


HOJE

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

Frias anuncia investimentos em Saúde e Educação Tania Morbi

Segundo Mané Frias, recursos virão da sobra de caixa, após extinção de 10 cargos de confiança; anúncio foi feito após sessão de posse

NÓ - Se emocionou quando contou do esforço para alcançar seus sonhos e por poder participar do desenvolvimento de Lençóis Paulista. GRAVATA - A sessão foi presidida pelo vereador eleito mais votado. Ailton Tipó Laurindo se colocou à frente e orquestrou o andamento dos trabalhos.

Tânia Morbi Cerca de 200 pessoas lotaram o auditório da Prefeitura Municipal de Borebi para acompanhar a posse do prefeito Manoel Frias (PR) e do vice Adilson Vera. O padre Antonio Grilo e representantes das polícias Militar e Civil fizeram parte da sessão solene, que foi presidida pelo vereador José Roberto da Silva (PR). O prefeito Mané Frias afirmou, após a cerimônia, que Educação e Saúde são os dois setores que necessitam de investimento imediato, por isso devem ser as prioridades no início de seu mandato. Os recursos extras para os investimentos virão da sobra resultante da extinção de 10 cargos de confiança no Executivo. Frias reduziu de 32 para 22 os cargos de confiança. “Saúde e Educação são as prioridades do nosso governo nesse começo de mandato”, afirmou. Outra ação que deve receber parte dos recursos é a criação

VENCEDOR| Mané Frias é aplaudido durante a cerimônia de posse, que foi comandada pelo vereador José Roberto da Silva, em Borebi do parque industrial da cidade e de um ecoparque, que irá incentivar o turismo em Borebi Na quarta-feira, dia 02, o prefeito Frias se reuniu com os diretores já nomeados para seu governo para as áreas de Saúde, Educação, Esporte, Assistência Social, Finanças e Administrativo, além de responsáveis por outros setores da prefeitura. Sobre a eleição da mesa diretora da Câmara, Frias disse que não acredita que terá dificuldade para aprovar os projetos. “Vou conversar com os vereadores e acredito que todos querem o bem de Borebi”, afirmou.

O vice-prefeito Adilson Vera se emocionou ao discursar, citando as famílias e trabalhadores carentes da cidade. “Como muitos que estão aqui, eu também carpi cana, por isso sei de onde sai, de onde vem 60% ou 70% dos moradores da cidade. Por isso nossa responsabilidade, minha e do prefeito Mané Frias, é muito grande, para que esses trabalhadores tenham opção de trabalho em nossa cidade”, afirmou. José Roberto, que assume o segundo mandato e deve ser a liderança do prefeito Mané Frias na Câmara, também se emocionou durante seu discurso, ao relembrar de seu pai

falecido e agradecer ao apoio dos familiares durante a eleição. “Passamos por momentos difíceis nesses últimos quatro anos, mas graças à compreensão da minha família, pude me dedicar à minha vida política. Sofri muita pressão, tentaram me fazer acreditar que sozinho não conseguiria fazer meu trabalho, mas mantive meus sonhos e o resultado está aqui”, afirmou. José Roberto convocou servidores, ruralistas e assentados para que contribuam com a nova administração municipal. “Para consolidarmos uma Borebi cada vez mais moderna e competitiva”, conclamou.

Oposição elege presidência da Câmara e povo vaia Os vereadores eleitos de Borebi precisaram de duas votações para definir os integrantes da mesa diretora que irá comandar os trabalhos do Legislativo nos próximos dois anos. Os escolhidos para presidência e vice do Legislativo foram eleitos pela coligação que apoiava a reeleição do ex-prefeito Antonio Carlos Vaca (PSDB). Foram eleitos para a mesa diretora da Câmara, como

presidente Reginaldo Cesar Martins (PV); vice-presidente, Amarildo Bueno (PSDB); primeira secretária Miriani Cristina dos Santos (PSDB), e empatados para o cargo de segundo secretário Valdinéia Aparecida Bueno Ferreira (PMDB) e Pedro Miguel (PV). Após a confirmação da nova formação da mesa, o público presente ao auditório da Prefeitura vaiou fortemente o resultado da eleição.

Sem a apresentação de chapas fechadas, cada vereador votou em cédulas especiais para os quatro cargos que compõem a mesa. José Roberto da Silva, que tinha como vice-presidente Cláudio Roberto Frias, ambos do PR, recebeu quatro votos para a presidência, assim como Reginaldo Cesar e seu vice Amarildo. Como os dois vereadores que concorriam à presidência

também tiveram a mesma quantidade de votos nas últimas eleições, José Roberto realizou a segunda votação para confirmar o empate, que caso permanecesse seria decidido pelo fator idade, sendo eleito o vereador mais velho. Mas, o resultado entre uma votação e outra deu vantagem de um voto a Reginaldo, que foi eleito. O voto para a eleição da presidência do Legislativo é secreto.

Manézinho fica sem presidência e Pita é escolhido em sala fechada Henrique Mucci

Da redação Para confirmar o que ocorre há alguns anos em Lençóis Paulista, a eleição da presidência da Câmara teve uma reviravolta de última hora e o candidato Manoel dos Santos Silva (PSDB), tido como único candidato até então, não foi eleito e o médico Humberto José Pita (PR) foi o escolhido por unanimidade. A eleição da mesa aconteceu tradicionalmente logo após a posse da prefeita Izabel Lorenzetti (PSDB), de seu vice José Antonio Marise e vereadores eleitos. Autoridades, diretores municipais e familiares dos empossados encheram a sala de audiências Mário Trecenti, no dia 1º de janeiro. A cerimônia de posse foi rápida, seguindo os trâmites convencionais de assinatura do termo de posse e juramento, mas teve a novidade de contar com a apresentações musicais. Foi presidida por Ailton Tipó Laurindo (PV), vereador mais votado nas últimas eleições. Além de Tipó, que declarou apoio à

TERNO - A sessão solene para a posse dos eleitos em outubro correu tranquila. A prefeita empossada fez um discurso emocionado, lembrando de seu início de carreira, como estudante, depois professora, diretora de Cultura e por fim, prefeita.

GRATO| Eleito, Pita agracedeu Manezinho por abrir mão da presidência da mesa prefeita Izabel nos projetos que, segundo ele, forem bons para a cidade, discursaram os vereadores Nardeli da Silva (PSC) e Anderson Prado de Lima (PV), além do vice-prefeito Marise. “Aprendemos com os erros e com as adversidades da vida e a cada dificuldade superada, ressurgimos mais fortes e amadurecidos”, afirmou Tipó. Em seu discurso, a prefeita Izabel, que foi reconduzida ao cargo, relembrou das difi-

culdades enfrentadas por sua família, durante sua infância, de seus desafios na adolescência e maturidade, passando pelos cargos que ocupou até sua primeira eleição e posterior reeleição. Ressaltou sobre os desafios que os eleitos terão para proporcionar que o serviço público continue sendo bem prestado à população. “Vai depender do nosso trabalho, compromisso e de nossa vontade e atuação séria e honesta a melhoria da

vida dos lençoenses no futuro, a partir desse próximos quatro anos”, definiu. A eleição Após a cerimônia de posse, a portas fechadas os vereadores definiriam a chapa única apresentada para ocupar a mesa diretora, durante o biênio 2013/2014, e Manezinho, então cotado para ocupar a presidência ficou apenas com o cargo de primeiro secretário. Foram eleitos para presidente, Humberto José Pita (PR); vice-presidente, Jonadabe José de Souza (PSC), e segundo secretário, Anderson Prado de Lima. Após ser empossado presidente da mesa, Pita disse que o discurso de improviso ocorreu porque a escolha da mesa sempre se decide a poucos minutos da eleição. Pita agradeceu a Manezinho por ter aberto mão da presidência em seu favor e garantiu transparência aos atos da mesa, inclusive relacionados à admissão e demissão de funcionários, além de enaltecer a disponibilidade de Manezinho em buscar recursos para o município.

COMISSÃO DE FRENTE - Na platéia, todos os diretores da administração estavam presentes. Familiares dos empossados tabém somavam a Câmara lotada. JUNTINHO - Em seu discurso, Tipó fez questão de frisar que estará à disposição da prefeita para votar junto com a administração. “Pode contar comigo para a administração da cidade”, disse o vereador da tribuna da Câmara. CAÇADA - Como acontece em todo começo de mandato, a batalha pelo poder da presidência da Câmara Municipal começa assim que termina a eleição e os vereadores se propõem formarem chapas para concorrer à Mesa Diretora. ESPELHO - Com a máxima de que é necessário mudar a imagem da Câmara, a eleição para a Mesa teve uma virada de última hora e mostrou que na prática o discurso é mera suposição verbal. PÓDIO - A próxima presidência da Câmara ficará composta da seguinte forma: Humbert Pita (PR), presidente; Jonadabe de Souza (PSD), vice-presidente; Manezinho, (PSDB), 1º secretário e Anderson Prado de Lima (PV), 2º secretário. PROMESSA - Mesmo sendo declarado aos quatro cantos vários apoios ao vereador Manezinho, para ser o candidato único e presidir a Casa neste primeiro biênio, até mesmo seus companheiros o deixaram sozinho. Segundo consta, apenas Chico Naves e José Santana, o Dodô, se mantiveram firmes ao apoio. LAMA - A articulação para derrubar a candidatura de Manezinho começou a muito tempo. Logo depois da eleição. Fontes dentro da Câmara apontavam para uma dispersão na hora da votação. SATÉLITE - Pela internet foi possível acompanhar pelas redes sociais auma verdadeira guerrilha para macular a imagem do candidato à Mesa. Além de factóides, saídos de dentro da Câmara, várias ligações telefônicas rasgaram a noite atravessando a madrugada no intuito de demonstrar força política.

3

ele um eterno buscador de verbas, como disse o vereador Pita, em seu discurso, também para o grupo político a que pertence? NÃO DIGA - O que houve entre quatro paredes que levou Manezinho e o PSDB abrirem mão da cadeira principal? E a conversa entre Marise e um marqueteiro político, antes da votação, o que tem em comum com o resultado da eleição? São perguntas, caro leitor, que somente sua presença semanalmente na Câmara Municipal, acompanhando as várias contradições políticas, poderá responder. ECOA - Essa atitude demonstra bem que em política tudo é mero jogo de interesses. Pior quando os interesses são próprios e a população corre o risco de ficar em outros planos. Os discursos inflamados que rasgaram os corredores da Câmara poderão permanecer como o são. Apenas discursos. Ou não! Ou realmente o Poder Legislativo lençoense mostrar sua força arrebatando o eleitor para a Câmara e mostrando para que veio. CORDA - Depois do empate na votação que definiu a presidência do Legislativo de Borebi, reuniões a portas fechadas e diversas ligações telefônicas parecem ter contribuído para que um dos vereadores que havia votado em José Roberto mudasse de lado, nomeando o candidato eleito pela coligação que apoiava a reeleição do ex-prefeito Antonio Carlos Vaca. ANTENA - Apesar de ter minoria na Câmara e de não ter conseguido a presidência, Mané Frias disse que não acredita que os vereadores da oposição irão dificultar sua gestão, já que o povo borebiense está muito ligado em tudo o que acontece no Legislativo e quatro anos passam rápido. TOSSE - Dados divulgados pelo Tribunal de Contas do Estado sobre o resultado das finanças dos municípios em 2011, mostram que Borebi investiu menos em Saúde do que determina a Constituição Federal. Borebi ficou em 17ª lugar no ranking de investimentos mais baixos na Saúde por, segundo o TCE, ter investido em 2009, 2010 e 2011 os percentuais de 1,77%, 3,49% e 2,17% no setor. CONTRA - O ex-prefeito Antonio Carlos Vaca (PSDB) nega a informação e defende que teve suas contas aprovadas pelo TCE e que o resultado negativo ocorreu devido a um erro na inserção dos códigos da Audesp. Segundo Vaca, os percentuais aplicados no setor nos três anos foram 17,42%, 17,91% e 21,31%, respectivamente. OUTRA - O TCE esclarece que as diferenças nos números podem ter sido ocasionadas por atrasos na entrega de documentos pelos próprios municípios.

ALI BABÁ - Segundo apurou a Coluna, políticos e articulistas ligados a Manezinho confabulavam antes da reunião que definiu o presidente da Câmara. AH, TÁ! - Uma dúvida pairou sobre a cabeça de alguns no dia 1º. Estaria a base de apoio da prefeita Izabel Lorenzetti rachada, como já foi questionado? Partindo do princípio de que o nome de Manezinho era tão bem cotado, correndo o risco de fechamento de questão pelo partido, caso seu nome não fosse o escolhido. Qual o peso do vereador Menezinho para a base de apoio? Será

ABANDONOU - Pelo menos 25 funcionários municipais de Borebi ficaram sem o pagamento de férias do ano de 2012. O ex-prefeito não quis saber de cumprir com sua obrigação como chefe do executivo e deixou a pendenga para o atual prefeito eleito, Mané Frias. O ex-prefeito aproveitou a derrota nas urnas para desfrutar de sua casa na capital paulista e pensar no futuro.


4

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

Inscrições para cursos de qualificação profissional vão até o próximo dia 11 A Prefeitura de Lençóis Paulista, através da diretoria de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda (DDGER) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) oferece mais de 2.000 vagas para cursos gratuitos de capacitação e qualificação profissional em 2013. Serão oferecidos 39 cursos, em diversas áreas, destinadas para aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho ou aprimorar os conhecimentos profissionais. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de janeiro. De acordo com Altair Toniolo, diretor de Desenvolvimento, a oferta dos cursos tem objetivo de ampliar a

qualificação e a requalificação profissional dos lençoenses, contribuindo para aumentar suas chances de ocupar as vagas de trabalho abertas na cidade e região. Os interessados devem se inscrever na sede do PAT, instalado no Centro do Empreendedor. Para isso, é preciso apresentar cópia do RG, CPF, comprovante de endereço, histórico escolar (comprovante escolaridade), e para os menores de 18 anos, cópia do CPF do responsável. As vagas são limitadas e serão oferecidas preferencialmente para quem reside no município, sendo necessária a apresentação do cartão cidadão de Lençóis Paulista no ato da inscrição.

Diretoria de Assistência e Promoção Social divulga balanço de 2012 Um levantamento da diretoria de Assistência e Promoção Social (DAPS) mostra que foram realizados 9.211 atendimentos em 2012. Os atendimentos incluem emissão de documentos, orientações sociais, psicológicas, encaminhamentos e acompanhamento e realização de programas sociais desenvolvidos pelo setor. Segundo os dados da diretoria, em 2012, foram entregues 2.338 cestas básicas e 450 famílias foram atendidas com agasalhos e cobertores, incluindo famílias de Alfredo Guedes. Foram disponibilizadas também 1.470 passagens de ônibus intermunicipal e

ACONTECE

realizados 369 atendimentos dentro do programa Renda Cidadã e Ação Jovem. Já os programas Arte e Vida, as Oficinas de Costura, a Escola da Moda e os agendamentos no segmento habitacional (CDHU) totalizaram 1.523 atendimentos. 613 estudantes receberam o benefício do Auxílio Transporte. A diretoria também é responsável pela Gestão do Cadastro Único para inclusão de usuários em programas sociais e de transferência de renda (Bolsa Família, Renda Cidadã e Ação Jovem). Em 2012, foram atendidas 2.236 pessoas para preenchimento e atualização do CadÚnico

Curso gratuito de marcenaria tem inscrições abertas no Senai Vão até a próxima sexta-feira, dia 11, as inscrições para o curso de Aprendizagem Industrial em Marcenaria, oferecido pelo Senai, de Lençóis Paulista. São 16 vagas para o curso que é totalmente gratuito. Para participar o interessado tem que ter no mínimo 14 anos, e ter concluído a oitava série ou nono ano do ensino fundamental. As aulas serão apenas no período da tarde e têm duração de dois anos. O processo seletivo será no dia 13 de janeiro e o resultado da seleção e inscrições serão realizados no dia 15. AS aulas começam no dia 17 desse mês. De acordo com o Senai, fazem parte da programação, parte teórica sobre marce-

Fotos: Billy Mao

naria (incluindo informações sobre tipos adequados de madeira para cada serviço, entre outros), e na parte prática o aluno terá acesso a ferramentas desde as mais tradicionais

e rústicos (como formões e furadeiras), até equipamentos sofisticados, como as usadas na usinagem da madeira. O conteúdo prepara o aluno caso queira ser um empreendedor e

montar seu próprio negócio, como para ingressar em grandes empresas do ramo. As inscrições para o processo seletivo podem sem feitas na secretaria do Senai.

ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

Tânia Morbi

--- Luan Castro Silva, 14 anos --Aluno da Escola Leonina A. Coneglian 8º ano do ensino mádio Esta coluna será escrita por alunos das escolas públicas e particulares e publicada mensalmente neste espaço. Se quiser participar, envie seu texto para o e-mail jornalsabadao@gmail.com informando nome, idade, escola e o nome de uma professora de sua escola. Os textos serão selecionados.

Férias escolares podem ser bem aproveitadas Luan Castro Silva Após o produtivo e árduo ano letivo, chega um dos períodos anuais mais apreciados pelos jovens e crianças em idade estudantil: as férias escolares de fim de ano. Durante as férias, a ausência da rotina e dos deveres escolares habituais faz com que a proposta de permanecer na inércia e ociosidade se torne tentadora para muitos dos estudantes. No entanto, esse período deve ser intensa e ativamente desfrutado, de modo que não haja espaço

para indisposição e inatividade excessiva. Deste modo, uma série de atividades e ações podem ser desenvolvidas, com o intuito de tornar o período de férias ainda mais divertido, prazeroso e produtivo. Entre essas atividades estão: a prática de esportes e exercícios físicos; a prática de brincadeiras e jogos típicos passados de geração em geração, que, além de nos divertirem, preservam os valores culturais de nossa sociedade; o contato com o meio ambiente, através de visitas a parques e áreas verdes do mu-

atendimento@asplp.com.br

3264.8998

Anuncie no Sabadão: 3263.1740

SAÚDE| Exercício contra sedentarismo e ócio

LUAN| Descando com qualidade nas férias nicípio; o exercício da leitura e da escrita; a participação em eventos e atrações culturais da cidade; o desenvolvimento de ações solidárias, que ajudam muitas pessoas e contribuem para o bem estar social; entre diversas outras, que podem proporcionar conhecimento, diversão e um direcionamento positivo do tempo livre das férias escolares. Contudo, o tão apreciado descanso não deve ser ignorado, pois, desde que não exceda os limites a ponto de se tornar ociosidade e sedentarismo,

pode gerar muitos benefícios físicos e mentais. Em síntese, devemos direcionar o tempo livre proporcionado pelo período de férias escolares para a prática de atividades e ações que possam, simultaneamente, nos proporcionar diversão, aquisição de conhecimento, exercício da cidadania e descanso saudável. Assim, o já tão apreciado período se mostrará ainda mais produtivo, importante e acrescentador do que muitos estudantes imaginam.


GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

Carros abandonados ainda geram problema, apesar da lei

Ciclista é atropelado na avenida Pe. Salústio

Da redação

FEIO| Carros nas ruas servem como pontos para o tráfico de drogas passou a coordenar as ações do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Para isso, será necessário convênio com o governo do Estado,segundo Silvia Maria Gasparoto, diretora Administrativa, que irá dar suporte as ações de segurança promovidas pela Polícia Militar, que terá mais condições para exercer a fiscalização das infrações de trânsito, sabendo que os carros e motos apreendidos terão um local adequado para serem depositados. Já o recolhimento de veículos abandonados será feito pela prefeitura. Segundo Beto Placa, coordenador municipal de trânsito, a primeira providência, que já vem sendo tomada pela prefeitura, é notificar o proprietário para que dê um encaminhamento adequado ao veículo. Essa tarefa, de acordo com Beto, nem sempre é simples, porque

existe a dificuldade em identificar o proprietário, quando o veículo em questão está muito deteriorado ou queimado, como ocorre com a maioria dos carros que estão estacionados em locais públicos. Após a identificação e notificação, o proprietário tem 15 dias para tomar as providências, caso isso não ocorra, o veículo é recolhido pela equipe do Demutran. “Como a lei ainda é nova, os proprietários já foram notificados e o Demutran aguarda ainda a manifestação dos proprietários antes de recolher os veículos”, informou a assessoria de imprensa da prefeitura. Para ter direito de prestar o serviço de pátio municipal, o interessado terá que apresentar propostas adequadas ao que determina a lei, quanto a especificações do local onde funcionará o serviço, como

dimensões do local e as reservadas para cada veículo, local para atendimento ao público, sistema de vigilância, piso pavimentado e área destinada à perícia, entre outras. O atendimento deverá ser prestado 24 horas por dia. A partir do novo serviço, os donos de veículos passarão a pagar pelo reboque e estadia, com preços que variam entre motocicletas, veículos leves, pesados (caminhões) e ônibus. Antes da aprovação da lei, que teve polêmica na Câmara, o promotor de Justiça Henrique Ribeiro Varonez chegou a pedir sensibilidade aos vereadores, já que o promotor entende que o serviço também será importante para coibir o abuso de som por parte de donos de veículos equipados. A perspectiva do promotor era de que o serviço tivesse inicio no ano passado.

Homem morre em acidente na SP 300 Um homem de 51 anos morreu depois de se envolver em um acidente, na tarde quarta-feira, na rodovia Marechal Rondon (SP 300), próximo ao trevo do Distrito Empresarial, no sentido interior/capital, em Lençóis Paulista. Por volta das 15h, Antonio Cassimiro Barbosa, de 51 anos, conduzia uma motocicleta CG 150, com placas CDI 5872, de Lençóis, quando por motivos desconhecidos se chocou contra o veículo Astra, placa CYK 3400, de Jundiaí, na altura do km 304 da rodovia. O piloto da moto teve morte instantânea devido ao impacto da batida. Pedaços da motocicleta ficaram espalhados por vários metros da rodovia, que teve parte da

pista interrompida durante algumas horas. Segundo informações da Polícia Rodoviária, das quatro pessoas que estavam no Astra, três tiveram ferimentos leves e foram socorridas no Pronto Socorro de Lençóis Paulista. A parte da frente do veículo ficou destruída devido ao choque. Polícias rodoviários que atenderam à ocorrência não souberam explicar como os dois veículos que trafegavam na mesma direção se chocaram de forma tão forte, mas a suspeita é de que Antonio estivesse trafegando na contramão da direção. A perícia esteve no local e deve confirmar as circunstâncias do acidente.

Fotos: Tania Morbi

FATAL| Vítima morreu no local; suspeita é de que tenha cruzado a rodovia, por isso estaria na contramão

ais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres)

Tabela de vencimento do IPVA 2013 Automóveis, camionetas, caminhonetes, ônibus, microônibus, motos e similares

está 4,63% mais caro esse ano, mas poderá ser parcelado juntamente com o IPVA, que começa a vencer na próxima semana. O reajuste vale para donos de carros de passeio, táxis, motos, caminhões e tratores, mas não pagam aumento ônibus e micro-ônibus, mas nem todos poderão fazer o parcelamento. Para veículos de passeio e táxis, o valor total, incluindo a cobrança de 0,38% de IOF e de R$ 4,15 pela emissão do bilhete, deve ficar em R$ 105,63. Para as motocicletas e similares, o valor total a ser pago deve ficar em R$ 292. Já o valor total a ser pago pelos donos de máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral, quando licenciados, camionetas tipo picape de até 1.500 quilos de carga, caminhões e outros

Um acidente grave na noite de domingo, dia 30, passou muito perto de transformar-se em uma trajédia. O Resgate foi chamado e socorreu o rapaz. Um motorista embriagado, segundo testemunhas, atropelou um ciclista na avenida Padre Salústio Rodrigues Machado e segundo informações, o condutor do veículo fugiu do local sem

prestar socorro à vítima que ficou desmaiada no chão e com uma fratura exposta na perna, além de escoriações pelo corpo. Um motociclista que passava pelo local seguiu o condutor do veículo e anotou a placa. O colaborador do Sabadão, Guilherme Almeida, enviou esta foto (e outras) que mostra o ciclista sendo atendido.

Postos de combustíveis são novamente assaltados Dois homens armados e com rostos cobertos com camisetas assaltaram um posto de combustíveis localizado no quilômetro 308 da rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Lençóis Paulista. O roubo foi registrado por volta das 20h15 da última terça-feira, dia 1º. Segundo informações da polícia, os assaltantes

renderam o frentista e levaram R$ 900 em dinheiro, fugindo em seguida. No centro da cidade um posto foi assaltado e uma testemunha informou que possivelmente um menor, aparentando estatura física de criança, estaria envolvido no crime. As imagens do circuíto de segurança não foram divulgadas.

Adolescente é detido após roubo em mini-mercado Um adolescente foi detido depois de confessar o roubo a um supermercado, ocorrido no início da noite de sábado, dia 29, no bairro Jardim das Nações. O menor de 14 anos estaria com outros dois menores durante o roubo. Segunda a Polícia Militar, dois dos adolescentes estavam armados com uma faca e um revolver calibre 32. Após roubar R$ 450,00 do estabelecimento, o grupo fugiu em um carro. Com as características físicas dos adolescentes os policiais fizeram rondas e na altura do quilômetro 301 da rodovia Marechal Rondon,

um dos menores foi localizado. O adolescente de 14 anos assumiu ter realizado o furto e alegou ter alugado o veículo pelo valor de R$ 50,00. Em seu bolso, foram encontrados R$ 150,00. Os outros dois envolvidos não foram identificados. Mais tarde, o veículo utilizado na fuga foi encontrado na rua Ângelo Giovaneti, no Núcleo Luiz Zilo. Uma faca foi localizada em seu interior. O menor foi encaminhado à delegacia, autuado em flagrante por roubo e conduzido à Delegacia da Infância e Juventude (Diju) de Bauru, onde permanece à disposição da Justiça.

Dupla rouba R$1,7 de salão

Seguro obrigatório sobe, mas será parcelado O valor do Dpvat (Seguro Obrigatório de Danos Pesso-

A Casa Caiu

Billy Mao

Lei que cria pátio municipal foi aprovada em novembro e prefeitura já notificou proprietários Apesar da aprovação da lei que regulamenta a criação do serviço de recolhimento e depósito de veículos em situação irregular na cidade, um problema persiste incomodando moradores de vários pontos de Lençóis Paulista - os carros abandonados nas ruas. Mais do que afetar o cenário urbano, os veículos representam risco de segurança para a população, segundo reclamações ouvidas pela reportagem do Jornal Sabadão. Pessoas que preferiram não se identificar afirmaram que é comum desconhecidos rondarem esses carros, que aparentemente são usados para armazenar drogas, devido ao movimento que se forma nesses locais. O medo dos moradores que têm esses veículos próximos de suas casas é que o tráfico leve a outros tipos de violência, principalmente à noite, e contra mulheres e estudantes. A lei que cria o pátio municipal, aprovada em novembro do ano passado, prevê que o serviço será terceirizado e a empresa escolhida através de licitação, seguindo uma recomendação da Secretaria de Gestão Pública do Estado, que

5

veículos deverá ficar em R$ 110,38. Proprietários de ônibus, micro-ônibus e lotações com cobrança de frete continuarão pagando R$ 396,49. Para micro-ônibus (cobrança de frete e lotação não superior a dez passageiros) e ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete, o valor total cobrado permanecerá em R$ 247,42. Essa é a primeira vez que o seguro poderá ser parcelado, exceto qualquer tipo de veículo zero-quilômetro. A Secretaria da Fazenda de São Paulo divulgou que os interessados poderão fazer o pagamento em três vezes, por meio de boletos bancários, que podem ser gerados desde o dia 2 de janeiro. A emissão será pelo site http://parcelamento.dpvatsegurodotransito. com.br.

Dois homens, um deles encapuzado e armado com revólver, roubaram R$ 1,7 mil de um salão de beleza localizado na rua Alexandre Raimundo Paccola, no Parque Residencial Rondon, na quinta-feira, dia 27. De acordo com informações da Polícia Militar, a dupla

entrou no estabelecimento por volta das 17h, anunciou o assalto, rendeu os funcionários e fugiu a pé levando o dinheiro do caixa, além de uma bolsa com documentos pessoais e um aparelho celular. Apesar das buscas, os ladrões não foram localizados.

MERCADO mini LENÇÓIS Av. José Antonio Lorenzetti, 494 - Jd. Nelly - fone: 3264.7200

PÃES - DOCES - BEBIDAS

Disk Entrega: 3264.7200 *R$2,00 por entrega


6

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

ENTREVISTA

“Borebi começou caminhar para o desenvolvimento”, diz Mané Frias Billy Mao O candidato eleito para a prefeitura de Borebi, Manoel Frias Filho, 54 anos, assumiu seu posto na tarde de quarta-feira. Em sua nova cadeira Mané Frias vai tomando conhecimento dos problemas e das soluções que deverá apresentar para a cidade. O corpo administrativo já definido para seguir esse mandato também foi apresentado aos servidores públicos na tarde do dia 3. Para começar bem a administração e deixar sua marca na história da cidade, Mané é meticuloso. Fez um levantamento em todos os departamentos municipais e já está sabendo como anda a situação nesses locais. Mané se surpreendeu ao constatar, ‘in loco’, o sucateamento da coisa pública. São ambulâncias paradas no pátio do Posto de Saúde, que poderiam estar em atendimento à população; caminhões e máquinas encostados na garagem sem manutençã, falta de remédios, biblioteca fechada e creche necessitando urgente de reformas. Enquanto tomava conhecimento dos que vai enfrentar, juntmente com seu vice Adilson Vera e sua equipe, o prefeito conversou com o Sabadão em seu gabinete e demonstrou que está empenhado em deixar a cidade de forma a atender a população. Diferente do que possa pensar quem o vê tímido, sem fazer discursos acalorados, Mané falou sobre aquilo que é de sua responsabilidade. “Sou um homem de poucas palavras. Não gosto de ficar com discursos, essas coisas, converso sobre qualquer assunto e, principalmente, sobre Borebi. Prefiro partir para a ação, a realização”, disse o prefeito. Leia a entrevista a seguir. O que o senhor pensa sobre o desenvolvimento de Borebi? Não dá para pensar em desenvolvimento sem pensar em criação de vagas de emprego. Minha prioridade, desde a campanha é a criação do Distrito Industrial Empresarial de Borebi. Já estamos estudando as possibilidades da disposição de uma área para o município, onde poderá facilmente ser implantado esse empreendimento. Além disso, já tivemos várias conversas com empresários da região que se demonstraram interessados em instalar algo aqui em nossa cidade.

Fotos: Billy Mao

FRENTE| O prefeito Mané Frias assumiu a prefeitura reunindo servidores e fazendo levantamento das prioridades; Saúde e Educação precisam de investimentos urgentes, segundo ele Saúde? Começamos contratando a médica Fabiana Sandri, que vai implantar uma gestão de Saúde voltada para o atendimento da população. Tudo que diz respeito à Saúde será de inteira responsabilidade dela. A logística de trabalho, as prioridades serão, a partir de agora, voltadas exclusivamente para o cidadão que paga seus impostos em Borebi. Não podemos nos dar ao luxo de deixar três ambulâncias paradas no pátio do posto por falta de manutenção. Sobre isso também gostaríamos de saber, como vai fazer para colocar esses veículos parados para funcionar e quais as prioridades nessa frota? Todos são prioridade. Acontece que a Saúde é mais urgente. De seis veículos daquela diretoria, apenas dois estão funcionando corretamente. Lá tem ambulância sem vidro, ambulância sem pneus, UTI Móvel com problema de bomba e por ai vai. A frota foi sendo sucateada e deixada de lado. Ninguém se preocupou em deixar em ordem os veículos para o uso da população. Já ouvi até que os veículos eram usados para outros fins, menos para o que realmente deveriam ser: para o povo. Além de tudo isso, a

prefeitura tem um contrato de abastecimento de combustíveis que deverá ser revisto pelo Departamento Jurídico, formado pela advogada Carolina Dezembro e sua equipe. Enquanto o parecer jurídico não estiver pronto, vamos fazer um controle mais apurado de abastecimento. A “farra do boi” do abastecimento já acabou. Temos também nos auxiliando para colocar a casa em ordem o engenheiro em manutenção Ronderlei Repeker. Ele tem vasta experiência em frotas de veículos, trabalha há muitos na Scania e parte de sua família é daqui de Borebi. Vai ficar umas semanas por aqui para ajudar. E o servidor, o que ele pode esperar do prefeito Mané Frias? Sou morador de Borebi há muitos anos e conheço cada cidadão dessa cidade. Com os servidores não é diferente. O que pretendemos é dar mais dignidade ao servidor público borebiense. Incentivá-lo a desempenhar seu trabalho com amor, com doação. Porque ele está trabalhando para todos nós, não é só para ele ganhar seu salário. Um servidor contente, ajuda ainda mais a cidade a crescer. E isso vale para todos os funcionários, sem distinção. Uma novidade

E quanto ao desenvolvimento consciente, respeitando o meio ambiente? Não podemos pensar em desenvolvimento ao custo da degradação ambiental. Borebi, mesmo sendo um cidade pequena, começou desenvolver problemas de grandes cidades. Temos um local aqui onde é despejado todo tipo de resíduos a cerca de 20 metros do rio Das Antas, que futuramente poderá ser uma opção de abastecimento para a cidade, diante de seu crescimento. Não podemos falar de desenvolvimento e bem estar para a população e deixar que isso continue. Foram vários anos de administração pública sem controle ou atenção com o ambiente borebiense. Quais mudanças o senhor pretende fazer na área da

PARCEIROS| A prefeita Izabel, Mané Frias e pastor Adilson, após a diplomação, em Lençóis

que estamos estudando é a criação de uma Cozinha Piloto ou a distribuição de um tquete alimentação. Estamos estudando a melhor forma para o município e para o servidor. Como o senhor pretende atender a população? Todos os moradores de Borebi encontrarão a porta da prefeitura aberta. Não importa se votou na gente ou não. Agora é tempo de pensar para frente. O que passou, passou. Nossa administração deverá ser um marco para a história de Borebi, assim como foi nossa vitória. Penso que trabalhando para a cidade, as coisas boas vão acontecendo. Temos como linha de trabalho que é atender bem o cidadão, oferecendo a ele o que é dele por direito. Um exemplo disso é o remédio que o município fornece através dos repasses do governo. Hoje (quarta) lá no posto, a maioria das caixas de remédio está vazia. O povo precisa ser bem atendido. A prefeitura não precisa ser paternalista, precisa fornecer o que é de direito.

O senhor pensa algo para a área de lazer da população? Claro. Temos um projeto de construir um Eco-parque na cidade para atrair visitantes e dar opção de lazer para nossa população. Estamos conversando para formar a diretoria de Cultura da cidade e beneficiar ainda mais nossos jovens que sofrem sem opções. Um exemplo disso é a biblioteca que foi inaugurada em novembro de 2011 e fechada três meses depois. E permanece fechada até hoje, sem oferecer uma opção de descontração, cultura e educação para a população. Vamos reabrir a biblioteca e colocar ela para funcionar. Como o senhor vê o Legislativo ficando sob a presidência da oposição ao seu governo? Penso que isso faz parte da democracia. São poderes distintos e cada um tem suas obrigações. Quanto a Câmara ficar com a oposição, vejo que qualquer um que for oposição

às mudanças na cidade, será oposição ao povo de Borebi. Digo isso porque tudo que fizermos no nosso governo, será para beneficiar a cidade. Então, se um vereador votar contra um bem para a população, um ato que possa beneficiar o pai de família, esse vereador estará deixando de cumprir com o papel que lhe cabe, que é representar o povo. Se vota contra algo que beneficia a população, não estará sendo representante. Além disso, pretendemos levar projetos que beneficiem a cidade como um todo, então vamos chamar a outra ala e mostrar que estamos governando por um bem comum. A eleição do senhor deu mais voz para a população, o que diz? A população tem direito de se manifestar. A prova disso foi o grande número de pessoas que participou da posse, no Anfiteatro. Não queremos fazer um governo para uma pequena minoria, vamos fazer um governo para todos. Sempre com o pensamento voltado para a transparência, a ética e a democracia. Nosso governo é popular e feito para o benefício de toda a comunidade. Quais as considerações finais que gostaria de deixar para o leitor e para a população de Borebi? Agradeço a Deus pela minha vitória.E gostaria de agradecer ao povo borebiense que acreditou em mim e na equipe que estava comigo e proporcionou a mudança da história da cidade nos elegendo como administradores da cidade que amamos. Quero agradecer cada companheiro que esteve comigo nesta empreitada, o meu vice, Pastor Adilson Vera, os vereadores que caminharam com a gente, tanto os eleitos, quanto os que não conseguiram dessa vez chegar ao Legislativo. Agradeço a minha família que me apoiou em todos os momentos e também aos novos parceiros que estão chegando agora para somar a nossa empreitada rumo ao desenvolvimento de nossa cidade.


2013 DESAF

IOS

DE

BOREBI

Quais os principais problemas que o prefeito eleito terá pela frente Um dos principais problemas pelo qual passa a cidade de Borebi, e será o principal desafio para o prefeito eleito em 7 de Outubro, é o sucateamento da frota de veículos do município. São ambulâncias, veículos leves, ônibus, caminhões e máquinas encostados em garagens e na oficina, sem nenhum tipo de manutenção. Alguns veículos estão parados por

motivos simples, por manutenção barata, como é o caso de uma ambulância parada por falta de um vidro em sua carroceria. O mau atendimento à população é o principal reflexo do problema, já que os equipamentos são voltados diretamente para serviços prestados a ela. O sucateamento da frota é, na avaliação do prefeito Mané Frias

Filhos, o maior e mais complexo problema a ser resolvido no início de mandato. O Jornal Sabadão, que tem circulação em Lençóis Paulista, Borebi e Agudos, escolheu Borebi para levantar e mostrar, em uma edição especial, os principais problemas herdados pelo prefeito, após vinte anos da administração do grupo tucano na cidade.

Nas próximas edições, esse levantamento será feito nas cidades de Lençóis Paulista e Agudos, onde houve reeleição e a prefeita Izabel Lorenzetti e o prefeito Everton Octaviani tiverão votações expressivas nas urnas. Vamos saber quais projetos ficaram para este segundo mandato e quais deles terão prioridade.

Fotos: Billy Mao

Caminhões e máquinas parados na garagem municipal por problemas de manutenção. O problema atinge diretamente o contribuinte e coloca em risco serviços essenciais da administração pública

Este caminhão está com problemas de retentor na roda (detalhe na foto central), máquina de vidro quebrada e inutilizado para atender o município.

Parado a meses, este outro caminhão tem problemas no motor de partida

A ambulância acima está parada há anos. Um problema no motor levou o veículo ficar parado. Sem atender a população, permanecesse no pátio Esta é a realidade dos veículos na frota de Borebi. A população continua dependendo de servíços básicos de transporte mas a demanda é maior que os veículos em condição de uso no município

Já o trator poderia ser usado na zona rural se sua manutenção fosse feita: motor com problemas.


8

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

DESAF

IOS

DE

BOREBI

A Saúde está doente em Borebi, o que aconteceu para chegar a esse ponto? O sistema de Saúde do pequeno município é insuficiente para o atendimento da população. Moradores ouvidos pelo jornal, garantiram que a burocracia para a utilização desse serviço trazia transtornos para o cidadão. O maior problema do setor, aparentemente, é o sistema de transporte de doentes para outras cidades. Dos veículos disponíveis

em Borebi para o uso diário da Saúde, apenas uma ambulância e um carro pequeno estão em condições normais de uso. O restante da frota apresenta, em cada veículo, um problema de manutenção que o impede de ser utilizado da forma correta e segura, tanto para o servidor, quanto para o paciente. A falta constante de remédios

é outro problema que o a população tem enfrentado, segundo constatou a reportagem, que flagrou diversas caixas vazias de medicamentos no Posto de Saúde. A enfermeira responsável afirmou que o Governo faz o repasse de medicamentos constantemente, que apenas alguns remédios estão em falta e estes serão repostos brevemente.

Outra questão que dificultou bastante o acesso do borebiense ao serviço gratuito de Saúde foi a locação dos servidores da área para exercerem suas funções em outros departamentos, como os motoristas do setor que constantemente eram incumbidos de realizar viagens e serviços de outros departamentos, de acordo com informações de servidores.

Os remédios mais procurados pela população estão em falta na farmácia. Uma nova gestão da Saúde deverá entrar em vigor para garantir o direito do cidadão.

A ambulância está sem vidros laterais, por isso não pode atender a população. Praticamente todos os veículos da Saúde estão com algum problema e sem condições de uso

A frota, se estivesse em condições de uso, daria conta da demanda facilmente e o usuário não sofreria com a falta, de acordo com levantamento da própria prefeitura

Entre os problemas mais graves está o estado dos pneus dos veículos, que podem colocar em risco o usuário e os condutores


GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

DESAF

IOS

DE

9

BOREBI

Prédios públicos têm danos causados pelo tempo e precisam de reformas Mato nas áreas de convivência das crianças, brinquedos quebrados e falta de manutenção em diversos sistemas, como o elétrico e o hidráulico, fazem parte do ‘balanço’ na única creche da cidade, que já foi modelo, logo que inaugurada. O levantamento feito pela reportagem do Jornal Sabadão apontou problemas graves na

estrutura física da Educação em Borebi. Os brinquedos que atendem as crianças na creche estão destruídos e colocam em risco a integridade física dos pequenos. Os ventiladores das salas e dos quatro berçários estão com problemas elétricos (inclusive um ventilador foi “emprestado” pelos funcionários de uma

moradora vizinha para ajudar a refrescar o forte calor feito nos últimos dias). Móveis estão amontoados em um canto. A escola Professora Iracema Leite e Silva também tem problemas. São portas quebradas, falta de funcionamento dos ventiladores e de cobertura para os alunos, além da infiltração da água da chuva nas

salas de aula. Também existem torneiras quebras, mobiliário precário. Mas não é só na Saúde e Educação que os problemas são graves. Outros pontos da cidade também necessitam de atenção, como a guarita da entrada do Ginásio Municipal, que está praticamente destruída, com vidraças quebradas.

O que antes era modelo, se tornou motivo de privação para um serviço importante para as mães que trabalham e dependem de uma creche que ofereça alimento, conforto e segurança para seus filhos

A maioria dos brinquedos da creche está quebrada, o que impede o uso pelas crianças. Embora os de plástico sejam mais duráveis, o balanço é disputado, apesar de precisar de conserto.

A estrutura elétrica da creche precisa de manutenção e novos móveis, como a substituição de cadeiras que depois de quebradas foram encostadas em um canto.

Como ventiladores não funcionam, foi necessário fazer um “empréstimo” na vizinhança para ajudar a refrescar o ambiente


10

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

DESAF

IOS

DE

BOREBI

Borebi precisa de uma revisão na Gestão Pública, afirma prefeito O resultado dos diversos problemas diagnosticados pela reportagem do Jornal Sabadão, em Borebi, sugere que é necessário uma mudança drástica na Gestão Pública do pequeno município, para que a ‘casa entre em ordem’. Esse deve ser um grande desafio para a nova administração: se adequar a realidade deixada pelo governo anterior e promover as

mudanças necessárias para que erros cometidos no passado não se repitam e que o serviço público se torne eficiente para a população. A falta de controle com gastos em coisas simples, como é o caso do setor de almoxarifado, que carece de materiais (prateleiras vazias) e a falta de produtos essenciais para o bom funcionamento da máquina administrativa, são

exemplo de erros que não podem se repetir, tendo a administração diversos recursos para evitá-los. A cidade, aliás, não possui um inventário dos bens públicos que possui, segundo seus novos administradores. Outro exemplo, também no almoxarifado existe uma serraria “quase” completa que, por permanecer desmontada, não serve a várias finalidades.

O prefeito Mané Frias, que assume o posto de homem à frente do município, afirma que precisará de um certo tempo para poder adequar tudo em seu devido lugar e organizar o município do seu jeito e de forma que tome o rumo do desenvolvimento, seguindo todas as leis que regem e cobram as responsabilidade dos dirigentes público.

A Biblioteca Municipal, fonte de conhecimento, está fechada, depois de funcionar por três meses e permanecer indisponível para o cidadão, principalmente o estudante borebiense, que poderia ter no local uma fonte de conhecimento

Uma serraria “quase” completa permanecesem uso, mesmo podendo gerar empregos ou servir para baratear reformas de bens públicos

Os paletes do almoxarifado estão vazios, as vidraças do ginásio destruídas e o ‘Vacódromo’, referência da cidade, repleto de mato

Na escola, a água da chuva invade as salas de aula e torneiras precisam de reparos. Restos de construção, pregos e farpas de cerca no chão, colocam alunos em risco na volta às aulas


POLÍTICA

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

Mundo Sustentável Uma franquia de reaproveitamento Em 2008 começa a trajetória de uma das franquias que mais cresce no Brasil. A ideia foi do empresário gaúcho André Krai, que viu a oportunidade de transformar containers velhos em lindas boutiques de moda. Além do visual moderno que proporcionam, ainda atendem a uma demanda cada vez maior de obras sustentáveis, ecologicamente corretas. As primeiras lojas foram em Xangri-Lá, no litoral do Rio Grande do Sul e em Florianópolis, na Praia dos Ingleses. O projeto, como era de se esperar, despertou a curiosidade e interessou quem viu aquelas lojas totalmente fora do que estavam acostumados a ver. No início, a ideia era montar lojas próprias em todo o Brasil, mas o sucesso foi tão grande que foram filiads a ABF (Associação Brasileira de Franchising) e logo vieram as primeiras franquias. O sucesso, no entanto, não se deve apenas a proposta inovadora apresentada, mas também, e principalmente, pela seriedade da empresa e a experiência de seus gestores no ramo. Isto se comprova na satisfação de

quem adquire uma franquia Container Ecology Store ou de quem conhece melhor o projeto. Com trabalho árduo e muita dedicação, hoje a Container está presente em todas as regiões do Brasil, com lojas arrojadas, que viram destaque nas cidades onde chegam. O ritmo de crescimento da franquia é impressionante! Em menos de 3 anos já conquistou o país de norte a sul com sua proposta

inovadora e sustentável. Sustentabilidade Cada loja Container entregue no Brasil ajuda a preservar o meio ambiente! São usados para a edificação de nossas lojas, materiais reciclados, como containers com mais de 20 anos de uso. Araras que são feitas de corrimão de ônibus. Decks de casca de arroz e muitos outros

materiais reciclados que são usados dentro e fora da loja. Com isso a franquia deixa de cortar mais de 500 árvores e faz sua parte a favor da preservação da natureza. Em Lençóis Paulista a loja Container está situada na rua Coronel Joaquim Anselmo Martins, na esquina da rua Sete de Setembro e seguiu o padrão de reaproveitamento. A água da chuva, por exemplo, é direcionada para irrigar o jardim.

SUCESSO| O conceito de consumo com responsabilidade social e ambiental são as principais marcas das lojas Container; franquia em Lençóis Paulista (foto acima) é exemplo do sucesso do empreendimento no país

TIRINHAS

Estranha Noite

Tapera Queimada A história de um vilarejo

Tânia Morbi

Quatro ruas Como era mesmo aquela musiquinha que o professor japonês ensinava? Em 2007, com 88 anos, “Seu Dico” não consegue recordar o resto da música, que todos os dias indicavam o início das aulas na vila de Tapera Queimada. Em uma conversa em sua confortável casa em Borebi, agora um município emancipado, não mais distrito de Lençóis Paulista, o ancião insiste em contar a história que conhece realmente desde o começo, já que foi um dos primeiros moradores do local... “Ah, mas é da Tapera que a senhora quer saber”. Nascido em Lençóis Paulista, depois de viver a primeira infância na região de Tapera Queimada, Seu Dico formou família e criou os oito filhos, hoje adultos, sem nunca se mudar de Borebi. A esposa, Guiomar Danelon Duarte, alguns anos mais nova (ela não revela a idade) respeita a memória do companheiro, com a demonstração de quem sabe o que aquele homem franzino, mas de olhos ainda astutos, guarda no fundo de suas recordações. “Ele se lembra de muita coisa.” Apesar de entrecortada por longos silêncios sua narrativa segura constrói cenários que trazem de longe um passado que aos poucos se aproxima do ouvinte, como se este estivesse assistindo a um filme de época. Apesar da riqueza de lembranças, parece que o tempo, caprichosamente, foi colocando espaços em branco nos cenários desse passado que Seu Dico conhece tão bem. As pausas servem para um respiro, um fôlego durante seu relato.

Com um pouco mais de esforço entre os silêncios, as recordações da Tapera vão chegando embaralhadas às lembranças de quando a energia elétrica chegou a Borebi, já em 1929, e os lampiões de querosene foram aos poucos sendo retirados dos postes; de como um grupo de moradores do local trabalhou para que o distrito se emancipasse e, antes disso, para que as famílias pudessem ter o mínimo de conforto e dignidade. Entre as lutas travadas, o velho morador se lembra da implantação da rede de distribuição de água, quando principalmente os espanhóis que residiam em Borebi resolveram canalizar uma das nascentes próximas. “Captaram a água a cerca de um quilômetro e meio da cidade. Depois da captação, uns cerca de 300 metros, desviaram para direita e construíam uma caixa, onde ela descia para chegar na cidade. Mas só que colocaram a bomba dentro do brejo e por isso vivia dando problema”. Essas conquistas dos moradores ocorreram em uma época em que a pequena Borebi, hoje com pouco mais de dois mil habitantes, possuía quatro ruas principais: Rua Pinheiro Machado, Coronel Leite, 7 de Setembro e 13 de Maio. As lembranças são do tempo em que Dico morava na casa dos avós, a terceira a ser construída no bairro. Ele se lembra que a cidade era um “céu aberto”. 50% dos moradores era espanhóis, 30% italianos e 20% “dos que vieram do fim do mundo.” Uma pausa! As lembranças vêm e, de repente: “Certo, o assunto é a Tapera”.

Receitas para você!

Michel Ramalho - michelramalho.blogspot.com

Por Paulo Campanholi Demo

11

chef_x@ig.com.br

ALCATRA RECHEADA

Guilherme Evangelista Ingredientes:

Os espantalóides

• 1 alcatra de um quilo • 50g de alho moído • 50g de salsa • 50g de cebolinha • Sal fino a gosto • 1 taça de vinho branco • ½ taça de vinagre tinto • Queijo provolone ou Gruyère

Cristiano Taioque

Modo de Preparar:

Os espantalóides

Cristiano Taioque

Uma peça inteira de alcatra pode chegar até a cinco quilos. Por isso, escolha o miolo da alcatra, que deve ter aproximadamente um quilo e é a parte mais macia desse corte. Escolhida a carne, corte-a em pedaços de aproximadamente 50 gramas e tempere-a com todos os ingredientes (inclusive o vinho e o vinagre), deixando descansar de um dia para o outro para pegar gosto. No dia do churrasco, abra veios em cada pedaço e recheie com uma fatia de queijo, espete e leve ao fogo. Como a carne foi cortada em pequenos pedaços,em apenas 10 ou 15 minutos, a uma distância de 30 centímetros da brasa, ela estará pronta para servir. Para acompanhar, duas sugestões: vinho tinto ou um chopp bem gelado.

Tente controlar a sua ansiedade, não deixe que os seus sonhos retirem você completamente da realidade. Pessoas interessantes provocando a sua atenção, dia de fazer escolhas totalmente incompreensíveis.

VIRGEM

LEÃO

Evite se ausentar do centro das decisões do dia pois hoje muitas coisas poderão ser acertadas. Amor não convencional, cheio de dramas e confetes. Porém, o final promete ser positivo para o casal.

Dia de libertação de dificuldades através de parcerias e de acordos favoráveis a você. Bom período para trazer mais equilíbrio para o relacionamento, hoje o casal pode acertar as suas diferenças.

Coragem, você está muito mais decidida a se arriscar pelos seus sonhos e crenças, grande entusiasmo. Dia de embromar o amor só na lábia, você sabe o que ele quer e como quer ouvir as coisas.

PEIXES

Dia de reagir bravamente perante situações que precisam ser concluídas com o maior êxito possível. Dia de sacadas e flutuações de humor que precisam ser compensadas para dar tudo certo no final.

AQUÁRIO

CANCÊR

GEMEOS

Dia de reagir bravamente perante situações que precisam ser concluídas com o maior êxito possível. Dia de sacadas e flutuações de humor que precisam ser compensadas para dar tudo certo no final.

Dia instável cheio de curvas que devem ser feitas com cuidado para não tombar. No final tudo acaba bem. Vale tudo para estar de bem com o seu amor e namorar à vontade, jogue com as suas melhores armas.

CAPRICÓRNIO

Conte com a generosidade das pessoas para você poder resolver problemas que estão lhe incomodando. Intensidade na relação, muitos tapas e beijos até que tudo fique certo entre o casal.

Boas soluções e respostas positivas para os seus problemas se aproximando, fique antenada. Estresse positivo no amor, você e o seu companheiro muito mais ligados, prontos para vencer o mundo.

SARGITÁRIO

LIBRA

Boa oportunidade para colocar as cartas na mesa e resolver pendências que estão em aberto. A relação pode ficar muito tumultuada até que tudo se acerte, porém o dia promete ser cheio de emoções.

Sábado com Mercúrio em sextil com Saturno e Netuno, trazendo junto com outros aspectos da Lua no signo de Gêmeos boas energias para eventos sociais, apresentações artísticas, baladas, e tudo mais que envolva grandes públicos.

TOURO

Ótima semana para traçar prioridades, disciplinar o seu trabalho e também para investir em sua atualização profissional. Evite desperdiçar sua energia com algo que não vale a pena. Viagens estão protegidas.

ESCORPIÃO

ARIES

H O R Ó S C O P O


12

Sua Imagem

LENÇÓIS PAULISTA, 05 DE JANEIRO DE 2013

Mantendo uma tradição de 11 anos, o vereador Ailton Tipó Laurindo fez a entrega de brinquedos, nas vésperas do Natal, em bairros carentes da cidade. Cerca de 30 voluntários ajudaram a distribuir cinco mil brinquedos. Este ano, Tipó diz que espera aumentar as doações com a particpção de empresários e pessoas interessadas em contribuir com o projeto

Durante a posse do prefeito de Borebi Mané Frias e de seu vice Adilson Vera, suas esposas também foram homenageadas. A primeira dama do município, Edenir Carrijo recebeu flores de Eliane Cristina, e Vânia Rodrigues de Oliveira Vera foi homenageada por Marlene Prata de Oliveira e Silva, esposa do vereador José Roberto da Silva

SHOW EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DE BOREBI

Avilapan FERMENTO FRESCO LEVASAF

Elson Avila

(14) 9643.4517

PRODUTOS DE PADARIAS E CONFEITARIAS Rua Otaviano Brizola, 168 - Vila Mamedina _ Lençóis Paulista - SP Fone: 14-3263.7300 - e-mail: avilapan@hotmail.com

GRUPO LWART

Fazendo hoje, cuidando do futuro Este é o nosso compromisso traduzido em responsabilidade corporativa, crescimento equilibrado e valorização da força de nossa gente.

www.grupolwart.com.br

Sabadão_65  

Jornal semanal de Lençóis Paulista, Borebi e Agudos.

Advertisement