Issuu on Google+

100 % LENÇOENSE TEMPO E TEMPERATURA

HOJE

AMANHÃ

33C° 27C°

33C°

Máxima: Minina:

18C° 20C°

Máxima: Minina:

19C°

Fonte: Climatempo

HOJE

LENÇÓIS PAULISTA - SP - SÁBADO, 08 DE SETEMBRO DE 2012 - EDIÇÃO Nº 50 - ANO 1 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Fotos: Biilly Ma o

Senai/Lençóis constrói unidades para divulgar a nanotecnologia pelo Estado de São Paulo Estaria a humanidade, em pleno século XXI iniciando a 2ª Revolução Industrial? Essa é uma pergunta que poderíamos fazer depois de ouvir do diretor do Senai/ Lençóis, Everson De Aro Capobianco (foto), explicações sobre as aplicações da nanotecnologia, palavra que muita gente já ouviu, mas não sabe o que significa, ou é desconhecida por muitos. Everson assumiu a unidade local do Senai há pouco mais de um mês, mas já faz parte da rotina da escola há quatro anos. Conhece bem os procedimentos que o Senai aplica na unidade lençoense e sabe bem quanta responsabilidade

tem em suas mãos, principalmente na criação das unidades móveis. Para a construção da unidade móvel voltada para a divulgação da nanotecnologia, o Senai/Lençóis Paulista precisou inovar e aprender também, como conta o diretor. “Levamos vários meses para desenvolver uma unidade. Não poderíamos usar os mesmos materiais que usávamos. Tivemos que repensar tudo que foi feito até agora para nos adaptar a uma nova realidade, inclusive de materiais usados para a confecção das unidades. Foi preciso repensar o conceito de unidades móveis”, disse. Página 5

Tráficantes são presos embalando drogas Duas ocorrências foram registradas quase simultaneamente, na quinta-feira, dia 6, véspera de feriado, pela Polícia Militar. Quatro pessoas foram encaminhadas para a delegacia por envolvimento com tráfico e o motorista de um micro-ônibus se envolveu em um acidente. Na primeira ocorrência, segundo o sargento Lucas, que comandou a operação, dois homens foram flagrados em um imóvel, na Vila Contente, onde a polícia tinha informações de que ocorria tráfico de entorpecentes. O imóvel teria sido ocupado há cerca de dois meses, quando o movimento de pessoas passou a chamar a atenção. Os policiais então observaram a casa até que, na noite de quinta-feira, quando um veículo Kadet ocupado por dois homens parou no lo-

moedas. Uma faca e giletes, aparentemente com resquícios de cocaína, que seriam usadas para separar a droga, também foram apreendidas. Um dos homens presos em flagrante já era procurado pela polícia há 10 meses, acusado de tráfico de drogas. Na outra ocorrência, Osvaldo Antonio da Sil-

cal, fizeram a abordagem. Na casa, onde estavam outros dois homens, foram encontradas três porções de maconha (14 gramas), uma pedra de crack de 70 gramas e 31 pinos e cocaína. Também foram localizados aparelhos eletrônicos, nove celulares e três relógios sem notas fiscais, além de R$ 64 em dinheiro e muitas

Hoje tem debate ao vivo na TV Prevê

Jovem é estuprada na Vl. Cruzeiro Uma jovem de 16 anos foi estuprada nesta sexta-feira, quando se dirigia para a Concha Acústica, onde participaria das comemorações de 7 de Setembro. Dois homens renderam a adolescente, por volta das 7h, na altura da passarela na Vila Cruzeiro. Um deles encostou uma faca em sua barriga e ordenou que ela se comportasse como sendo sua namorada, até uma casa na Rua Minas Gerais, 90, no mesmo bairro. No local, ao menos um dos dois homens violentou a jovem, que faz parte de uma banda musical da cidade. Depois de sentirem falta da jovem, pessoas da banda entraram em contato sua mãe, que ligou em seu celular, momento que ela foi libertada pelos agressores. Os dois foram identificados e presos e a jovem encaminhada ao IML para exame de corpo delito. Página 4

va, de 52 anos, perdeu o controle do micro-ônibus que conduzia pela Rua Marechal Rondon e desceu cerca de 30 metros em um canteiro de contenção, às margens da rodovia Osni Matheus, até parar na canaleta da rodovia, com as rodas do veículo quebradas. No momento do acidente, próximo ao trevo de acesso à Avenida Padre Salústio, apenas o motorista estava no veículo. De acordo com a Sargento Belato, da Polícia Militar, o homem apresentava sinais de embriaguês. Ele foi socorrido pelo Samu e Resgate Integrado e encaminhado para o Pronto Socorro. Veja os vídeos no canal do Youtube de Billy Mao: http://youtu.be/ tgZkyPpZkj8 - http:// migre.me/aBXs0

PÁG. 3

Receitas para você! Confira na Página 7 as deliciosas receitas produzidas por Paulo Campanholi exclusivamente para o Sabadão.

HASTE | Término do hasteamento, no pavilhão das bandeiras, na Concha Acústica, ontem pela manhã, 7 de Setembro.

Sonho de brasileira vira pesadelo na Bolívia PÁGINA 6


2

OPINIÃO

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

EDITORIAL

ANTENADO... para pensar

Sonho, realidade e justiça O sonho do diploma e de uma carreira profissional, que mude sua história de vida e de seus familiares é comum a muitas pessoas e também é o desejo da personagem de uma matéria que este jornal publica hoje. Para a jovem de 20 e poucos anos na época, a saída foi o exterior, já que o curso de medicina, apesar das mudanças no ensino superior brasileiro, continua sendo reservado a universitários vindos de famílias de alto poder aquisitivo, que puderam estudar durante toda sua vida em escolas particulares de alto nível e que por isso entram nas concorridas universidades públicas, ou àqueles que conseguem pagar pelos cursos particulares.

“Não espere o futuro mudar a sua vida, porque o futuro será consequência do presente”. MANO BROW - RACIONAIS MC’S

www.taioquecancioneiro.blogspot.com.br/

Que jornalista é esse?

Na Bolívia, nossa universitária pagaria por uma faculdade de medicina, de bom nível educacional, cerca R$ 250,00 mensais. Sua história expõe o quanto ainda é preciso caminhar no Brasil para fazer com que a busca pela melhoria de vida, através da educação, deixe de ser um sonho e se torne o cotidiano de jovens pertencentes a famílias menos privilegiadas. Atualmente, milhares de jovens estão na Bolívia para conquistar essa realidade. Expostos às mais diversas dificuldades e riscos, mas dispostos a chegar onde o seu próprio país ainda não lhes permite, ao menos à grande maioria. Enquanto ser médica, advogada ou engenheira continuar a ser um sonho do jovem brasileiro, ou enquanto ricos ingressarem em universidades públicas e pobres continuarem a entregar todo o suor de seu trabalho nas instituições privadas, por uma chance única de mudar de vida, não se poderá falar em Justiça nesse país.

se cobrir...!!! NORBERTO PORTES Andando pela cidade na região central, próximo a minha residência, é possivel ver na prática o que se espalha pelas redes sociais na internet. Para um aposentado como eu, o que mais fazer do que passear pela cidade e navegar pela internet? Escrever! Pois bem, uma demonstração branda de vandalismo se espalha pela cidade e principalmente pelo centro, na minha opinião em três épocas do ano. No final do ano quando a rua Quinze de Novembro se transforma em um mini calçadão, em abril, no período da Facilpa e agora, em setembro, quando temos a “Facilpa do Monsenhor Carlos”. Carinhosamente chamada assim, pelo número de pessoas que frequenta a Concha Acústica e a glamorosidade da festa, com artistas e tudo o mais. Apesar de me dar saudades aquele lago na Praça Comendador José Zillo, que era para ser tranformada em fonte, mas não chegou a ser e dos garotos que aproveitavam de suas águas para banhar-se nas tardes calorentas. Hoje o local é quase exclusivo para realização de eventos. Bem, o vandalismo juvenil que acontece ao arredor da festa é fruto da imaturidade dos pré adolescentes que depois de umas e outras se sentem adultos irresponsáveis e saem por ai derrubando placas, chutando lixeiras. Ou seja, uma verdadeira rebeldia sem causa, pois lhes faltam um por quê. Como diria o Roger em sua música: Inúteis, nós somos todos inúteis.... Norberto Portes é construtor

FALE CONOSCO IE: 416.050.229.111 Redação e administração Lençóis Paulista Av. José Antonio Lorenzetti, 537– Telefone – (14) 3263-1740 sabadaoantenado@gmail.com billymao@gmail.com Sugestão de Pautas: 9104.6460

Sabadão online: issuu.com/billymao/docs/

JOSÉ HAMILTON RIBEIRO Dizem que o diploma é uma reserva de mercado. Não é. Jornalista vocacionado e com energia para enfrentar profissão tão estressante acaba achando emprego, seja qual for a forma de ingresso na profissão. Jornal sem jornalista nunca vai ter. Assim, para o profissional, tanto faz ter lei de diploma ou não ter. Já para a nação... É bom que jornalista tenha sólida formação --sim, com curso superior-- tanto quanto é bom que, para toda profissão, de funileiro a dentista, haja a melhor qualificação possível. Um país se faz com bons profissionais em todas as áreas. Malandragem e jeitinho podem ser engraçados, mas não levam a nada. Quase 70% da população adulta no Brasil não consegue entender um texto de dez linhas. A universidade brasileira, que devia estar entre as dez melhores do mundo --coerente com nossa posição de 6ª ou 7ª maior economia-- não aparece nem entre as cem. Num país assim, tão atrasado e carente, ser contra escola de jornalismo, qualquer escola, é cinismo ou má intenção. Argumento muito usado: o decreto que regulamentou a profissão é de 1969, no governo militar, sendo assim “entulho autoritário”. Primeiro: a luta pela formação superior do jornalista vinha desde os anos 1930. Segundo: gato que nasce no forno é biscoito ou é gato? Seria o caso então

de dinamitar Itaipu, a ponte Rio-Niterói e acabar com a fluoretação da água potável das cidades? Existe um axioma no jornalismo: notícia deve ser feita com isenção, não envolve opinião de quem escreveu. Opinião o leitor encontra nos editoriais, nos colunistas, nos colaboradores (não jornalistas). Em 2009, o STF acabou com o diploma --após 40 anos, com resultados tão bons que até mudaram a “paisagem” das redações, com a chegada (hoje hegemônica) das mulheres, antes excluídas. A sentença foi tão inapropriada que, de certa forma, não “pegou”: estudantes, professores, entidades, intelectuais e políticos iniciaram movimento para restabelecer a regulamentação pelo Congresso. Já passou pelo Senado, com mais de 90% dos votos dos presentes. Agora vai para a Câmara, onde deve também ser aprovada. O STF confundiu liberdade de expressão com regras para exercício de uma profissão. Liberdade de expressão tem a ver com partidos políticos livres, as pessoas poderem se unir em sindicatos e associações, com a porta da Justiça aberta a todos. Nada a ver com requisitos para ingresso numa profissão, como de advogado, jornalista ou médico. Antes do diploma, os integrantes de uma redação tinham origem em frustrados de outras profissões, estudantes sem rumo,

boêmios, poetas (alguns finíssimos) e... braçais das empresas jornalísticas. O jovem entrava no jornal (ou TV) como faxineiro, boy, porteiro. Ia se enturmando, acabava jornalista --principalmente pela porta da fotografia, reportagem policial e esportiva. Pesquisa de 1997 do Sindicato de São Paulo revelou a existência, a três anos do século 21, de 19 jornalistas sindicalizados --e analfabetos. Um contou sua história para um livro que escrevi: era “chapa” de caminhão, descarregava de madrugada pacotes de jornais. Tornou-se “colega” do motorista, aprendeu a fotografar, virou “jornalista”. Dizia que nunca esteve numa escola. É um perfil diferente do jornalista que veio com a escola de comunicações, com no mínimo 16 anos de estudo, sendo quatro na universidade (com todo aquele agito) e anos de inglês. Uma estrutura cultural e psicológica aparentemente mais forte do que a do ex-carregador de caminhão... Qual jornalista é melhor para um país que quer um dia ser sério, desenvolvido? José Hamilton Ribeiro, 77 anos, 57 de profissão, é repórter do “Globo Rural” (TV Globo). Formado em jornalismo, trabalhou nas revistas “Realidade”, “Quatro Rodas” e na Folha. É autor de “O Gosto da Guerra” (Objetiva), entre outros.

Verbos que não se ensinam CLÓVIS ROSSI Jornalismo é um exercício basicamente simples, que depende da boa execução de apenas quatro verbos: saber ler, ouvir, ver e contar. Se alguém acha que ao menos um desses verbos (o ideal seria que fossem todos) pode ser ensinado em uma faculdade de jornalismo, deve mesmo ser a favor do diploma específico. Quem, como eu, duvida dessa possibilidade só pode ser contra. Eu sou. Pegue-se o verbo ler, em ambos os sentidos, o mais primário, de alfabetização para compreender palavras escritas, e o mais nobre, o de gosto pela leitura. No primeiro caso, ou se aprende a ler na escola primária ou nunca mais, salvo raros casos de autodidatas. No segundo, tampouco a faculdade pode ensinar o gosto pela leitura. Ou vem do berço ou se adquire nos primeiros tempos pós-alfabetização. Como não creio que se possa escrever bem sem ler bastante, depender da faculdade de jornalismo para desenvolver esse gosto só fará o profissional chegar ao mercado de trabalho com um déficit talvez irreparável. Alguma faculdade pode ensinar a ver? Ou a ouvir? Duvido. Pode, sim, desenvolver o talento, de todo modo natural, para contar histórias. Mas qualquer faculdade pode fazê-lo, acho. Pulemos da teoria para os fatos concretos. Ricardo Kotscho não fez faculdade de

jornalismo. Nem qualquer outra, a não ser depois que já estava solidamente instalado na profissão. Nada disso o impediu de se tornar um dos melhores repórteres de todos os tempos no jornalismo brasileiro. Se, quando eu lhe dei o primeiro emprego na chamada grande imprensa (no “Estadão”), já vigorasse a exigência do diploma, o jornalismo brasileiro teria perdido um imenso talento. Se a obrigatoriedade do diploma valesse nos anos 1960, o jornalismo brasileiro teria ficado sem o gênio de Cláudio Abramo (1923-1987), que foi corresponsável pelas reformas que tornaram o “Estadão”, primeiro, e a Folha, depois, os grandes jornais que são. Abramo não tinha diploma algum. Não obstante, foi convidado pela USP para ministrar curso de aperfeiçoamento para estudantes de pós-graduação. Irônico, não? Desconfio que boa parte das equipes com as quais Cláudio trabalhou tampouco tinha diploma de jornalista, o que não impediu que fizessem grandes jornais. Esclareço, antes que alguém suspeite que estou advogando em causa própria, que eu, ao contrário de Kotscho e Abramo, tenho, sim, diploma específico, aliás o único. Mas garanto que aprendi mais, na prática, com gente como Kotscho, Abramo e tantos ou-

EXPEDIENTE

Diagramação e fotografia Billy Mao

Jornalista Responsável Tânia Morbi (MTB 52.193)

Reportagens Tânia Morbi (MTB 52.193) e Billy Mao (MTB 39650)

tros sem diploma do que na faculdade. Um segundo ponto que me leva a ser contra o diploma específico é a evidência de que nem a mais perfeita faculdade de jornalismo do mundo pode ter um currículo que ensine a seus alunos todos os temas que, um dia ou outro, podem lhes cair sobre a cabeça. Não dá para ensinar agricultura e transportes, tênis e política, legislação e teatro --e por aí vai. Não dá. Quem pensa em entrar para o jornalismo com um objetivo definido (jornalismo econômico, digamos) deve fazer economia e não jornalismo. Se tiver desenvolvido os quatro verbos-pilares (ver, ouvir, ler e contar), estará mais pronto para a profissão, na área específica, do que se fizer jornalismo. Último ponto: não entro na discussão sobre a diferença entre profissões (medicina, engenharia, por exemplo) que, mal exercidas, podem matar, e aquelas (jornalismo) que não podem e, portanto, não precisam de diploma específico. Jornalismo pode matar, sim, mesmo que seja moralmente. Mas é de uma presunção absurda supor que só faculdades de jornalismo ensinam ética. CLÓVIS ROSSI, 69 anos, 49 de profissão, é colunista da Folha. Formado em jornalismo, trabalhou também nos jornais “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Tiragem 3.000 exemplares

Artigos assinados não exprimem a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores


HOJE

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

LEGISLATIVO

Apae e Legião Mirim recebem recurso para projetos internos fotos: Biilly Mao

Sessão aprovou projetos das entidades em regime de urgência e ainda duas propostas apresentadas por vereadores, na segunda-feira, dia 3. Tânia Morbi Repasses feitos pela Prefeitura para projetos especiais que devem ser desenvolvidos na Apae e na Legião Mirim foram aprovados em regime de urgência na sessão da Câmara na segunda-feira, dia 3. As duas entidades pretendem desenvolver os projetos Espaço, Arte e Contos, no caso da Apae, e Globaliza Ação, por parte da Legião Mirim. De autoria de vereadores, dois projetos foram aprovados em definitivo. Um deles estabelece a obrigatoriedade para Prefeitura e demais autarquias e Legislativo de conceder anualmente, em forma de licença remunerada, um dia para que seus servidores façam exames de saúde. O autor da proposta é o vereador Sidney Bernardes.

AUDIÊNCIA PÚBLICA Conselho de Pastores Evangélicos de Lençóis Paulista

Outra proposta aprovada é de autoria de Gumercindo Ticianelli Júnior, que define a abertura de farmácia com distribuição de remédios gratuitos para usuários do Pronto Socorro, nos finais de semana. De acordo com o vereador, a ideia é que os usuários que procurem o serviço durante fins de semana e feriados, que geralmente saem com receitas de medicamentos para dar continuidade ao tratamento, possam ter acesso imediato aos remédios. Gumercindo defendeu que grande parte das pessoas não tem condições de comprar os remédios, por isso espera até que o posto de saúde abra para retirar os medicamentos gratuitamente. De acordo com a proposta, deverão ser distribuídos na farmácia do Pronto Socorro os remédios da cesta básica do

+

VELOZ| Sessão foi rápida e sem discursos; apenas Manezinho usou a tribuna para fazer requerimento verbal sobre falta do serviço dos Correios nos bairros Santa Terezinha e Ibaté SUS. “Sei que o projeto causa despesas, mas faz tempo que o povo tem pedido essa medida”, considerou o vereador. Os dois projetos de autoria dos vereadores foram aprovados em definitivo e agora seguem para análise do Executivo, que pode sancionar ou vetar as propostas. Em caso de veto, a Câmara pode ainda sancionar a lei. Dança, teatro e idiomas O projeto Espaço Artes e Contos irá receber R$ 9.990,70, vindos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, gerido pela comissão ligada a diretoria de Assistência e Promoção Social. De acordo com a coordenadora da Apae Diusaléia Oliver, os recursos irão possibilitar a instalação de um espaço mais adequado para o desenvolvimento de atividades ligadas a dança, teatro e literatura, além de aquisição de material didático e pedagógico, que estimulem desenvolvimento físico, inte-

+

lectual e emocional dos alunos. Os professores que irão desenvolver as atividades são os mesmos já contratados pela escola, mas em um espaço mais adequado para as suas atividades. No caso do projeto Globaliza Ação serão repassados R$ 12.500,00, também do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, para o desenvolvimento de cursos básicos, de curta duração de língua portuguesa, inglês, espanhol, ética e sustentabilidade, além de noções de raciocínio lógico matemático e de meio ambiente. A assistente social da MirimMaria Maganha explicou que o projeto prevê 132 horas aulas que devem ser direcionadas para cerca de 80 alunos. O curso será dividido em duas turmas (66 horas/aulas cada) de novembro a março do ano que vem, e de abril a setembro de 2013. Para isso a entidade irá contratar uma escola de idiomas ou empresa que possa oferecer o treinamento completo.

+

=?

Edson diz que Cultura de Lençóis é elitizada e critica financiamento privado de campanhas A primeira audiência pública com candidatos à prefeitura de Lençóis Paulista foi realizada na manhã de sábado, dia 1º, na Câmara Municipal. A série de encontros é promovida pelo Conselho de Pastores de Lençóis Paulista. No primeiro evento da série quem respondeu as perguntas elaboradas pelos conselheiros foi o candidato Edson Fernandes, do PSOL, que foi acompanhado de seu candidato a vice Hermes Botan. A audiência foi dividida em quatro blocos e em cada um foram feitas quatro perguntas ao candidato, referentes a temas como Educação, Saúde, Esporte, Indústria e Comércio, Transporte, Habitação, entre outros. Ainda no primeiro bloco, na abertura da audiência, Edson Fernandes pode se apresentar, falar de sua profissão como professor, de seu mandato como vereador pelo PT, e sua ida para o Psol. Durante as considerações feitas em torno das perguntas dos organizadores, o candidato pontuou criticas às administrações municipais da cidade. Sobre Educação, avaliou que a nota do Ideb poderia ser maior. “6 é pouco considerando que o mesmo grupo político está a 12 anos

PÚBLICO| O candidato e seu vice fizeram críticas a forma usada pela administração administrando a cidade”, afirmou. Ainda sobre Educação, o professor candidato disse que o sistema apostilado utilizado na rede pública municipal de ensino não representa a realidade vivida nas escolas. “Os projetos vêm de cima para baixo, sem a cumplicidade do professor”, avaliou. Em suas respostas, o candidato alinhou assuntos próximos para sustentar suas

críticas, como sobre a Cultura, setor que não tem estimulado a leitura do moradores, principalmente entre jovens, em sua opinião. “Não adianta nada ser a cidade do livro, mas não de leitores. As escolas devem estimular as crianças a escrever. É preciso criar um prêmio literário que seja referência em todo país e estimular para que as pessoas sejam produtoras de cultura e não apenas

consumidoras. É preciso um evento que justifique o título de Cidade do Livro”. O candidato a vice, Hermes Botan acrescentou que, “a cultura de Lençóis Paulista é elitizada e hierarquizada”. Sobre política, por diversas vezes, o candidato fez críticas ao financiamento de campanhas pela iniciativa privada, e defendeu que a violência só irá diminuir com a garantia de direitos sociais ao cidadão. “Assim vai melhorar a questão da violência”, disse. O último bloco foi reservado para as perguntas feitas pelo pequeno público que acompanhou a audiência , que terminou por volta das 11h20. Como opções para contribuir com a escolha nas próximas eleições municipais, será transmitido hoje, a partir das 21h, o debate entre os candidatos de Lençóis Paulista, realizado pela TV Prevê. No próximo fim de semana voltar a acontecer as audiências públicas, com a participação do candidato Marcos Rodrigues de Lima. Os encontros continuam sendo realizados na Câmara Municipal, das 9h às 11h. No dia 22 será a vez de Izabel Lorenzetti e no último fim de semana antes das eleições participa Cleuza Spirandelli

3

Café na Câmara THE FLASH - A sessão da Câmara na segunda-feira, 3, foi tão rápida que mal sentaram em suas cadeiras, os vereadores já se retiraram da Sala Mário Trecenti. A impressão que dá é que todos estão ansiosos para que o dia 8 de outubro chegue logo e possam saber quem fica e quem sai. PAPEL RASGADO - O vereador Nardeli da Silva estava relaxado na quinta-feira. Acontece que o processo, que corria no TRE sobre uma suposta infidelidade partidária, denunciada pelo PV, em busca de sua cadeira na Câmara, foi arquivado no final da tarde do dia 6. Segundo Nardeli, sua total atenção agora está voltada para o benefício que ele pode proporcionar à cidade. E fim de papo! SALA - A Audiência Pública realizada na Câmara no sábado com o ex-vereador Edson Fernandes, promovida pelo Conselho de Pastores, contou com pouco mais de 10 pessoas na platéia, entre candidatos a vereador, jornalistas e eleitores. A ideia era que o eleitor acompanhasse de casa a transmissão on line pela AliançaTV. OBSERVATÓRIO - Um observador da política lençoense comentou com a Coluna a postura do candidato do PSOL durante a Audiência ocorrida na Câmara e mandou: “Edson tem o direito de questionar e apontar toda e qualquer possível irregularidade no poder público, como qualquer outro cidadão, mas ele esteve por quatro anos como vereador na Câmara e lá tinha muito mais peso sua fiscalização e questionamento. Por quê não o fez, quando também detinha o poder? O PT não deixava?”, disparou. VERMELHO - O próximo a ser sabatinado na Sala Mário Trecenti é o Candidato do PCdoB, Marcão Piauí, no dia 15 de setembro. Marcão anda pela linha oposicionista já há algum tempo e pretende levar questionamentos sobre o desenvolvimento da cidade e a geração de renda para o cidadão comum. TELINHA - A TV Prevê promove hoje, às 21h, com transmissão pelo canal 33 UHF ou pelo site www.tvpreve. com.br o primeiro debate com candidatos de Lençóis Paulista, transmitido ao vivo por tv aberta. Pelo que a Coluna pode apurar, todos os candidatos participarão e as perguntas mais pesadas, segundo a apuração, devem ser voltadas para a candidata à reeleição, Izabel Lorenzetti. TECLA - As propagandas políticas nas redes sociais na internet continuam sendo um forte meio de abranger número maior de pessoas. O problema é que, dependendo da forma que o candidato se apresenta ou expõe suas ideias, pode soar como demagogia e até superficialidade. A mecanização das mensagem nessas redes é outro ponto questionável. SOLA - Uma sondagem rápida pela Coluna mostra que os candidatos que já ocupam uma cadeira no Legislativo

estão muito mais preocupados em visitar pessoalmente seus “redutos” do que os candidatos novatos. DE OLHO - Durante esses primeiros dias de setembro, a equipe do Sabadão flagrou alguns candidatos à reeleição suando a camisa, colocando placas e visitando eleitores, ou seja, fora do conforto de uma cadeira à frente de um computador e debaixo do sol ardente, em busca de votos. NA MIÚDA - Muito sutilmente, o cenário político para o lado dos candidatos a vereador está mudando a cada dia que passa, rumo ao dia 7 de outubro. Alguns candidatos podem dormir tranquilos. Estes têm aparecido em prévias e pequenas pesquisas de intenção de voto. Outros, devem colocar o pé na estrada e correr, mas correr muito para poder alcançar os votos necessários para garantir uma cadeira na Câmara. NA ESTRADA - A Facol (Faculdade Orígenes Lessa) fechou no dia 4 um ciclo de audiências promovido na instituição de ensino esta semana. Quem fechou a série foi a candidata a reeleição Izabel Lorenzetti, acompanhada de seu vice José Antonio Marise. PAREDE - Segundo uma fonte, Izabel Lorenzetti foi questionada sobre o transporte de alunos, o transporte coletivo da cidade, entre outros assuntos. CONSCIÊNCIA - Sua assessoria divulgou release onde a candidata avalia a importância do evento. “É importante que os jovens participem ativamente do processo democrático chamado eleição. A escolha dos canditados vai influenciar no futuro de nossa cidade e precisa ser feita com responsabilidade e conhecimento”. RUA - Na quinta-feira, véspera de feriado nacional, Marcão Rodrigues de Lima esteve na redação do Sabadão para avisar que reforçaria ainda mais sua campanha, na rua, promovendo uma ação direta na rua 15 de Novembro, com cabos eleitorais e panfletagem. ESTUDO - Cleuza Spirandelli ficou no feriado de ontem se preparando para o debate da TV Prevê, que acontece hoje, segundo sua assessoria. OFF LINE - O candidato Edson Fernandes não enviou release de alguma possível ação na campanha, mas estava confirmada sua participação no debate de hoje. GLAMOUR EU TENHO, ME FALTA O DINHEIRO - Vários candidatos têm reclamado da falta de dinheiro para a campanha. As empresas que gentilmente ajudavam alguns, hoje são mais ponderadadas devido à Legislação e seus investimentos internos. Tem candidato que nem saindo de casa está. Nem parece candidato. Além disso, o voto hoje é muito mais consciênte. Mas que tem candidato bravo, isso tem. E não são poucos.


4

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

Eleição 2012 - Pergunta da Semana

O critério de escolha da posição de cada candidato foi feita pela ordem da efetuação do registro no Cartório Eleitoral Municipal e para as próximas edições o candidato (a) irá mudar de posição na página, obedecendo a sequência em sentido horário, partindo do canto superior direito. Caso algum candidato (a) não responda uma pergunta, o espaço reservado ficará em branco com o nome do candidato. Todos tem o direito de responder ou não e também de não participar dessa disposição do jornal em divulgar as propostas gratuitamente. Os textos são de responsabilidade do candidato, sendo publicados da forma que são recebidos.

Considerando a expansão imobiliária, com novos empreendimentos surgindo e novos bairros sendo necessários, como o candidato pretende ordenar esse crescimento, considerando a geografia da cidade?? PROFESSOR EDSON - HERMES

BEL LORENZETTI - MARISE

RESPOSTA - O crescimento da cidade vem sendo promovido de acordo com as diretrizes do Plano Diretor, para que aconteça de forma ordenada, sem prejuízos à população e privilegiando todas as regiões. Por exemplo, optamos pela construção da Etec Cidade do Livro na região do Jardim Caju e da unidade do Sesi nas imediações do Jardim Nações e Nova Lençóis para que os dois extremos da cidade apresentem crescimento imobiliário e tenham valorização. Temos estimulado a ocupação dos bolsões urbanos que ainda restam em Lençóis Paulista. Também procuramos levar os novos conjuntos habitacionais para áreas que já contam com alguma infraestrutura.

RESPOSTA - Temos que centrar esforços no planejamento urbano, levando em conta aspectos como a especulação imobiliária, o transporte público e a implantação de ciclovias e sua utilização como meio de transporte. Há vários terrenos baldios e casas desabitadas no centro da cidade, destinados à especulação imobiliária. Pretendemos adotar o IPTU progressivo no tempo, ou seja, quanto mais tempo sem uso, maior o imposto, de modo a aumentar a oferta de imóveis, forçando uma baixa nos preços. Devemos incentivar a construção de moradias populares nestes espaços vazios, onde a infraestrutura (rede de água, esgoto, luz, telefone etc.) já está pronta, trazendo a população mais perto do centro e de seu emprego e reduzindo a necessidade da utilização de automóveis ou ônibus.

CLEUZA SPIRANDELLI - ISRAEL

MARCÃO MARCÃO PIAUÍ PIAUÍ -- ROSÂNGELA ROSÂNGELA

RESPOSTA - Lençóis aumentou muito nos últimos anos. Existe um déficit imobiliário em nosso município. Para resolver este problema trabalharemos para que a cidade cresça de forma ordenada. Isso acontece com planejamento. Para a construção de novas moradias iremos buscar terrenos próximos ao centro da cidade. Isso ajuda muito, uma vez que nestes terrenos a infraestrutura – pavimentação, esgoto e energia elétrica – já esta pronta. Facilitando e barateando o processo. Firmaremos convênios com o governo federal e estadual para a construção de residências. Porém seremos muito criteriosos para a entrega das casas. As moradias irão para o lençoense que realmente precisa, diferente do que acontece hoje.

RESPOSTA - Considerando a geografia da cidade, é necessário que novos bairros e empreendimentos sejam implantados respeitando o meio ambiente. E necessário que esses novos bairros sejam implantados próximos aos já existentes, onde já tenha toda infraestrutura, como escola, creches, posto de saude e saneamento, para que o municipio não tenha gastos elevados para implantação de novos conjuntos habitacionais.

Garota é estuprada e agressores Esquina da Geraldo com Cel. são identificados e presos pela PM Joaquim A. Martins terá semáforo Uma jovem de 16 anos foi estuprada nesta sexta-feira, quando se dirigia para a Concha Acústica, onde participaria das comemorações de 7 de Setembro. Dois homens renderam a adolescente, por volta das 7h da manhã, na altura da passarela na Vila Cruzeiro. Um deles encostou uma faca em sua barriga e ordenou que ela se comportasse como sendo sua namorada, até uma casa na Rua Minas Gerais, 90, na Vila Cruzeiro. No local, ao menos um dos dois homens violentou a jovem, que faz parte de uma banda musical da cidade. Pessoas que esperavam a adolescente na sede da banda, que faria a apresentação na Concha Acústica, notaram sua falta e entraram em contato com a família. A mãe da moça então ligou em seu celular que foi atendido por um dos estupradores. Depois da ligação, eles liberaram a jovem sob a ameaça de que caso contasse para alguém o que havia ocorrido, seria morta. Os homens ainda acompanharam a jovem por várias quadras. Na sede da banda, sem conseguir esconder o nervosismo, a jovem expôs o que havia acontecido. A coordenadora do grupo musical então acionou os familiares. De acordo com informações, a mãe da jovem teria

O Comutran (Conselho Municipal de Trânsito) decidiu na quinta-feira, dia 6,

COVARDIA | Rapaz apontado como estuprador é detido pela PM e levado para delegacia procurado a delegacia, mas teria sido informada de que só poderia ser atendida na próxima semana. Desesperada, a mãe procurou o Conselho Tutelar, que acionou a Polícia Militar. Juntos identificaram o local, os acusados e a PM faz a prisão em flagrante. Um dos agressores foi preso ainda na casa e entregou o outro, que também foi localizado e detido. Até às 15h conselheiros tutelares, a vítima e familiares aguardavam a chegada do delegado titular de Lençóis Paulista Luiz Cláudio Massa, que viria de Bauru, para liberar uma guia de encaminhamento- para que a jovem fosse levada ao IML para realizar novos exames e para que fizesse o flagrante do crime.

que irá instalar um semáforo no cruzamento das Ruas Geraldo Pereira de Barros com a

FAROL| Cruzamento terá nova sinalização

Joaquim Anselmo Martins. O objetivo é ordenar o fluxo de veículos e pedestres no local, um dos que mais registrou acidentes após a remodelação no trânsito, feita pela Prefeitura. O dispositivo que será instalado é o mesmo que estava em operação próximo ao Cemitério Municipal, entre a Rua Geraldo Pereira de Barros e Avenida Ubirama e possui contador de tempo, segundo a assessoria da Prefeitura. De acordo com o Comutran, o equipamento entrará em operação dentro de 10 dias.

Comemoração na Concha Acústica marca 7 de Setembro Cerca de 300 estudantes, de escolas municipais, estaduais e particulares de Lençóis Paulista participaram das apresentações em comemoração ao Dia da Independência do Brasil. A programação teve início às 8h do feriado nacional de 7 de Setembro, na Praça Comendador José Zillo (Concha Acústica). A primeira atividade foi o hasteamento das bandeiras nacional, do estado e do município, em seguida se apresentou a Orquestra Municipal de Sopros, Banda Musical Zillo Lorenzetti, bandas de escolas da cidade e a fanfarra da Apae.

7/9|Comemoração em todo Brasil Houve ainda o encerramento dos Jogos Escolares de Lençóis Paulista (Joelp e Joelpin), com entrega de troféus as escolas campeãs gerais das duas competições.

RACHID DO MERCADINHO

23100 COLIGAÇÃO: LENÇÓIS LEVADA A SÉRIO - PSDB - PRB - PR - PMDB - PHS - PPS - DEM - PRP - CNPJ: 16.426.489/0001-6 - VALOR: R$50,00


GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

5

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

Senai Lençóis populariza ciência da nanotecnologia em Unidades Móveis Billy Mao Estamos nós, em pleno século XXI, iniciando a 2ª Revolução Industrial? Essa é uma pergunta que poderíamos fazer depois de ouvir do diretor do Senai/Lençóis, Everson De Aro Capobianco, explicações sobre as aplicações da nanotecnologia, palavra que muita gente já ouviu e não sabe o que significa, ou é desconhecida por muitos. Everson assumiu a unidade local do Senai há pouco mais de um mês, mas já faz parte da rotina da escola há quatro anos. Conhece bem os procedimentos que o Senai aplica na unidade lençoense e sabe bem quanta responsabilidade tem em suas mãos, principalmente na criação das unidades móveis. Em entrevista ao Jornal Sabadão, o novo diretor falou sobre uma unidade móvel diferenciada, encomendada pelo Senai Central, voltada para a exposição didática do que é a chamada nanotecnologia. Das cinco unidades pedidas, duas já foram produzidas e as demais devem ser entregues até o final do ano. “A nanotecnologia é a capacidade de criar coisas muito pequenas, usando técnicas e ferramentas em uma proporção muito menor daquilo que

FORTE| Diretor posa ao lado da unidade, totalmente inovadora a maioria das pessoas está acostumada”, disse o diretor. “Essa é a tecnologia de colocar átomos e moléculas em lugares determinados, para funcionar de acordo com um projeto, e, por incrível que possa parecer, isto já está acontecendo”, explicou. A aplicação prática e no dia a dia dessa tecnologia, de uma forma simples, é que através da nanotecnologia pode-se alterar características intrínsecas, próprias de alguns materiais. “Por exemplo, todos sabem que o papel é feito de celulose e colocado na água ele se rasga e esfarela

facilmente. É uma característica dele, de sua composição molecular. Se aplicássemos a nanotecnologia na celulose e criássemos outro tipo de papel, ele poderia ser impermeável, por exemplo, e não se desmancharia facilmente com a água”, sugere Everson. No caso da unidade móvel, o diretor Everson explica que ela não formará nanocientistas ou tecnólogos, mas sim, servirá para explicar o que é a nanotecnologia e quais suas possíveis aplicações. “Lá será possível ter conhecimento do que é a nanotecnologia. A pessoa que entrar na unidade sairá

sabendo como é possível essa tecnologia e o que ela poderá trazer de benefício para a sociedade”, explica. Capobianco cita, como exemplo, uma experiência que está exposta na unidade - duas toradas de pão de forma, estão acondicionadas em embalagens plásticas, uma delas feita a partir da nanotecnologia. “Na embalagem comum uma torrada pode durar até seis meses. Já na modificada, a torrada poderá durar até dois anos. Isso porque a embalagem modificada impede a entrada de bactérias, umidade. Ela conserva por muito mais tem-

po o ambiente interno que a embalagem normal”, explica. Na década de 1980 o cientista e engenheiro Eric Drexler popularizou a palavra “nanotecnologia” se referindo à construção de máquinas em escala molecular, muito pequenas de se imaginar. Foi também através dele que o conceito de nanotecnologia começou a ser aceito nos meios científicos de engenharia, segundo o site Euroresidentes. Conforme conta o diretor do Senai, muita gente não imagina que altas tecnologias possam estar tão próximas de suas casas, pelo menos a teoria dessas tecnologias. “O propósito dessa unidade é levar o conhecimento e

ACONTECE

mostrar, mesmo que para uma pessoa leiga, o que pode beneficiar a vida do cidadão através dessa tecnologia. São produtos que podem ser melhorados para uma maior absorção do organismo, por exemplo, ferramentas que podem ser criadas para aplicação na medicina, e com o avanço do conhecimento, outras coisas vão surgindo e que serão usadas por pessoas comuns. Seja uma roupa impermeável, uma tinta com mais durabilidade. É um assunto que parece complexo, e é para alguns, mas essa unidade foi criada para desmistificar essa complexidade da nanotecnologia e difundi-la de forma simples de entender”, garante.

ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

Tânia Morbi

Carreta de corte e Unidade é automatizada costura em El Salvador Para a construção da uni-

VALOR: R$ 150,00

dade móvel voltada para o ensino da nanotecnologia, o Senai/Lençóis Paulista precisou inovar e aprender também, como conta o diretor. “Levamos vários meses para desenvolver uma unidade. Não poderíamos usar os mesmos materiais que usávamos até então. Tivemos que repensar tudo que foi feito até agora para adaptarmos a uma nova realidade, inclusive de materiais usados para a confecção das unidades. Foi preciso repensar o conceito de unidades móveis”, disse. Everson De Aro contou à reportagem que outras unidades do Senai participaram da construção. O projeto envolveu a área de marketing e comunicação do Senai São Paulo. Estrutura e materiais foram levantados por outras equipes que trabalharam em parceria. “Na verdade toda a unidade móvel de nanotecnologia é automatizada e controlada através de uma tela de LCD em sistema touch screen, sensível ao toque”, disse.

PROJETO| Escola teve que se adaptar “Essa unidade é diferente porque ela não é para ensinar a parte prática de uma profissão, como por exemplo, a solda. Temos unidades que internamente são oficinas de solda, sala de aula, tudo junto. Essa de nanotecnologia é completamente diferente, ela interage com o professor, alterando a iluminação no desenrolar da aula, o som é controlado, tudo é feito de forma diferente daquilo que fazíamos até então”,

Uma parceria entre os governos brasileiro e de El Salvador, através da ABC (Agência de Cooperação Brasileira), do Ministério das Relações Exteriores, levou o Senai de Lençóis Paulista a produzir uma unidade móvel voltada para o ensino do corte e costura. A diferença unidade está pronta para ser transportada para o exterior. A informação do diretor da Unidade do Senai de Lençóis Everson Capobianco é que para a produção da unidade tudo transcorreu normalmente pela facilidade que o Senai Lençóis tem nesse tipo de construção. “O que está tomando um pouco mais de tempo para a entrega é a logística de transporte, pois a unidade será transportada por navio”, disse o diretor. Everson conta ainda que a ABC está prestando um atendimento ao pessoal daquele país para capacitar pessoas na área industrial e o Brasil se dispôs a fornecer essa formação de corte e costura para futuros profissionais salvadorenhos. A escolha considera a maior rapidez na formação da mão de obra. “É mais ou menos a mesma situação que temos

aqui no Brasil. Uma escola construída em determinado local, não dá para atender todo Estado ou mesmo todo país. Então essas unidades levam esse conhecimento onde há a necessidade”, aponta. De acordo com informações disponíveis no site da ABC, em  27 de abril de 2011 foi firmada a parceria entre os dois países, sendo a data de início da parceria 12 de dezembro daquele ano e de término o mês de dezembro de 2012. Com a unidade completamente pronta para o transporte, o Senai Lençóis apenas aguarda o trâmite para liberação do envio. “A unidade está completa, só o transporte é que ainda está sendo resolvido. Nós criamos as unidades para andar em asfalto, pelo chão. Como terá que ser transportada por navio, a logística ficou um pouco mais complicada”, concluiu.

atendimento@asplp.com.br

3264.8998


6

GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

EDUCAÇÃO

Sonho de tornar-se médica vira pesadelo na Bolívia Jovem se aventura para tentar um diploma de medicina no país vizinho e mãe relata o drama de querer a filha de volta ao Brasil Tânia Morbi Há dois meses, a casa de Elizinda Aguiar das Neves Braz (foto abaixo) na Cecap, está em clima de festa. Mas, quem acompanhou o drama da dona de casa em sua tentativa de trazer de volta para o Brasil a filha Simony Aguiar das Neves, de 28 anos, é testemunha de quanto a família sofreu nos últimos anos. Simony estava na Bolívia, com um filho de pouco mais de dois anos e não tinha recursos para voltar ao seu país. A viagem em busca de um sonho se transformou em dificuldades. No final de 2007, Simony embarcou para a Bolívia, deixando para trás a casa dos avós maternos, na cidadezinha de Irapuru, na divisa com Mato Grosso do Sul, onde havia passado a infância. O sonho era fazer uma faculdade de medicina em Santa Cruz de La Sierra, objetivo bem mais fácil de ser atingido no país vizinho, devido às facilidades de ingresso e valor de mensalidades em faculdades particulares. “Uma amiga minha que já estudava medicina na Bolívia disse que me ajudaria”, contou a jovem. Ela tinha R$ 2 mil para se sustentar até conseguir um emprego que pagasse também a faculdade. Chegando à Bolívia, o pri-

DE VOLTA| Na casa da mãe, com o filho no colo, Simony se emocionou ao relembrar momentos difíceis e decisão de deixar faculdade meiro emprego foi lavar roupa para as brasileiras que moravam no mesmo prédio que ela. “A gente comia o que dava, fazia ‘vaquinha’ para comprar, porque a gente vivia como república”, lembrou. Apesar das dificuldades iniciais, Simony conseguiu ingressar no curso de Engenharia Petroquímica, com destaque em sua turma, por ser a única mulher entre 40 alunos homens e sem entender o idioma espanhol. Simony conta que sua condição ilegal no país não permitia que fosse registrada em um bom emprego. “Eu estava com visto de turista. A faculdade cobrava o visto de estudante, mas esse eu tinha que pagar, mas não tinha condições”. Há dois anos, quando planejava trancar a matrícula da

AMIGO ELEITOR LENÇOENSE, ÀS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO ESTOU AQUI PEDINDO SEU VOTO. SOU SERVIDOR PÚBLICO HÁ MAIS DE 18 ANOS E PRESIDENTE DA ASP (ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PUBLICOS) HÁ MAIS DE 4 MANDATOS. SOU AUTOR DAS DENÚNCIAS CONTRA A CÂMARA MUNICIPAL, QUE DERAM ORIGEM A DEZENAS DE PROCESSOS CONTRA ALGUNS VEREADORES, ACUSADOS DE VIAGENS IRREGULARES E CONTRATAÇÕES DE EMPRESAS FANTASMAS, QUE ESTÃO EM ANDAMENTO NA PROMOTORIA PÚBLICA. SENDO QUE ALGUNS VEREADORES CHEGARAM A TER SUAS CONTAS BANCÁRIAS BLOQUEADAS PELA JUSTIÇA E MESMO ASSIM, APESAR DE SEREM NOTÍCIA NA MIDIA LOCAL E REGIONAL, HOJE ESTÃO NOVAMENTE PEDINDO VOTOS DE CONFIANÇA. NÃO SE DEIXE SER ENGANADO, VOTE PELA RENOVAÇÃO,

faculdade, voltar ao Brasil, trabalhar e com as economias voltar à Bolívia para terminar o curso e se formar, Simony soube que estava grávida do pequeno Diogo, fruto de seu relacionamento de cinco anos com o boliviano Milton Leither Landivar. Sem poder trabalhar e dividindo as dificuldades com o namorado, a situação piorou ainda mais e a jovem resolveu que teria o filho na Bolívia para depois tentar deixar o país. “Eu não tinha dinheiro para a passagem e como iria explicar que estava a três anos vivendo de forma ilegal”, lembrou. Nesse período foi que a mãe de Simony passou a procurar por ajuda em Lençóis, através dos órgãos de assistência social e de representantes públicos, na Prefeitura e na Câmara de Vereadores. “Não consegui nada, em alguns casos eles nem me receberam. Me trataram muito mal”. Elizinda lamenta o fato de Simony ter que passar por todas as dificuldades que passou em um país desconhecido, apenas por ter um sonho de conseguir um diploma de nível superior e assim mudar as condições da família. “O que mais dói é que o filho quer estudar, ser alguém na vida, mas o que acontece é que não se tem oportunidade. Você vai pedir ajuda, encontra portas fechadas. Fui tantas vezes na Prefeitura e na Câmara e não achei apoio”, contou. Entre

os meios para trazer a filha de volta, a mãe tentou todas as alternativas, como os programas de televisão. “Procurei Globo, SBT e Record e mandei vídeo, porque queria minha filha de volta”, afirmou. Para deixar a Bolívia, depois de contatos feitos pelo namorado, finalmente, pagando um valor muito inferior ao que lhe seria exigido, Simony conseguiu cruzar a fronteira de ônibus e fazer a viagem de volta que levou três dias até Bauru. Hoje, apesar de acolhida na casa da mãe, Simony confessa que a experiência na Bolívia tirou um pouco sua alegria. “Eu não tenho vontade de sair de casa, me arrumar, fiquei meio depressiva”, diz. Diego é o único que a faz sorrir com facilidade. Como ela, milhares de jovens brasileiros têm buscado o mesmo caminho, enfrentando dificuldades de adaptação e barreiras culturais para conseguir uma formação profissional. No início do ano, o Ministério das Relações pontuou como principais dificuldades para esses estudantes obter autorização para prestar o exame de graduação e regularizar sua situação, tendo em vista que ingressaram no país com visto de residência temporária do Mercosul. Após negociações que contaram com a participação de comissões da Câmara dos Deputados, o Consulado do Brasil na Bolívia lançou uma cartilha de apoio aos estudantes, com informações como encontrar como residência temporária e permanente, matricular-se na universidade, modalidades de apoio e endereços úteis. Em 2010, o governo brasileiro estimava em quatro mil estudantes nessa situação. Quando esteve fora, segundo Simony, seu único apoio na Bolívia foi a família do pai de Diego, que apesar de humilde, a amparou principalmente na gravidez e após o nascimento do menino.

PRECISA URGENTE DE UMA AUDITORIA QUE APURE TANTAS DENÚNCIAS POR ISSO, VAMOS RENOVAR PEÇO SEU VOTO E SEU APOIO!

Fotos: Billy Mao

Caminhão com laminado tomba no Monte Azul O movimento da carga é a causa mais provável para o tombamento de um caminhão, no sábado, dia 1º. O acidente foi registrado pela PM nas proximidades da escola Nelson Brollo, no Jardim Monte Azul. O caminhão estava carregado

de laminados para confecção de móveis. Segundo apurou o Jornal Sabadão, o motorista tentou realizar uma conversão quando houve o deslizamento da carga, provocando o tombamento do caminhão. Ninguém se feriu.

Furto de roupas e utensílios foi visto por vizinhos Dois indivíduos entraram em uma residência do Jardim Europa na tarde de terça-feira, dia 4, mas pessoas próximas à residência perceberam a movimentação estranha e acionaram a Polícia. O Sargente Lucas da Polícia Militar disse

que em ronda pelo bairro avistou os dois suspeitos. Um ainda conseguiu fugir. O outro, mesmo atravessando o Córrego da Prata, foi alcançado pelo soldado Vinícius. Os utensílios haviam sido ganhados de presente de casamanento.

PM recupera motocicleta

VOTE POR TRANSPARÊNCIA. A CÂMARA PRECISA DE GENTE NOVA COM IDEIAS NOVAS,

A Casa Caiu

MERCADO mini LENÇÓIS Av. José Antonio Lorenzetti, 494 - Jd. Nelly - fone: 3264.7200

A equipe do Sargento Lucas e Soldado Marcelino recuperou mais uma motocicleta que havia sido furtada em Lençóis, na tarde de quinta-feira, dia 6. A moto estava em uma casa do Jardim Primavera. Ao checar o chassi, os policiais confirmaram o registro de furto. S.A.R, de 47 anos, afirmou que tinha trocado a CG Titan 125, sem placas, de cor cinza, com L.G.J, de 18 anos. Em sua casa,

no mesmo bairro, L.G.J. afirmou que havia encontrado a moto abandonada na Cecap. Os dois foram encaminhados à delegacia de polícia. O rapaz de 18 anos, suspeito de envolvimento no furto da moto, já o homem de 47 anos era suspeito de receptação, mas no momento em que foram apresentados na delegacia, o delegado de plantão não ratificou o flagrante. Os dois foram ouvidos e liberados.

CONVITE DA ASSEMBLÉIA DE DEUS A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério de Madureira, no Jardim Itapuã, vem através desse convidar a todos os fiéis, especialmente ao círculo de oração para participar da 10ª Confraternização do Circulo de Oração Adoração, que se realizará nos dias 9 e 10 de setembro, com o tem “Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas” (2 reis: cap. 20, v. 5, parte B) Domingo, dia 9 Cantor: Edimilson Preletora: Missionária Ana Paula (Igreja Pentecostal Santidade ao Senhor - Laranjal Paulista)

Autor das denúncias de irregularidades da atual Câmara Municipal

Coligação: Os Independentes PSC PT PP PSB PSL

4 Mandatos à frente da ASP Criador do Cartão do Servidor Público Eleição 2012 - Jonadabe José de Souza - Vereador - CNPJ: 16.008.423/0001-98

Segunda-feira, dia 10 Cantor: Daniel e Juliana (Macatuba)

PÃES - DOCES - BEBIDAS

Disk Entrega: 3264.7200 *R$2,00 por entrega

Preletora: Missionária Ana Paula (Igreja Pentecostal Santidade ao Senhor - Laranjal Paulista)

Pb. Oscar Vaz Dirigente Local Tereza Vaz dirigente das Irmãs


GERAL

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

7

Cultura Livre Blog literário é recurso terapêutico emocional Página do jornalista Cristiano Guirado já teve mais de quatro mil acessos e serve como ferramenta no controle de transtornos de ansiedade do profissional Da Redação Um projeto editorial na internet, que surgiu durante uma crise de pânico, no começo desse ano hoje possui mais de quatro mil acessos, de quase 30 países. O autor, jornalista lençoense Cristiano Guirado comemora o sucesso da empreitada, que além de divulgar a produção de seus artigos, tem contribuído para controlar as crises de ansiedade e o ajudado a manter o equilíbrio. “Já convivia com a depressão há mais de um ano e comecei a ter transtornos de ansiedade, que culminaram em ataques de pânico. No pior deles, no dia 26 de abril - não vou me esquecer nunca - precisei ser hospi-

talizado. Dez dias depois, o psiquiatra me recomendou um afastamento de 15 dias. E por mais que esse período sem trabalhar tenha sido fundamental no tratamento, foi um dos piores da minha vida”, contou. Com três livros escritos, o jornalista descobriu no blog a opção para manter o equilíbrio emocional, divulgar seu trabalho, conquistar leitores e principalmente dar continuidade ao projeto anterior à página virtual e os problemas emocionais, dedicar-se à literatura. “O resumo do blog é a primeira postagem - A Fábula da Mão no Buraco. Depois de sofrer com os ataques de pânico comecei a procurar alternativas de trabalho que me tirassem do ambiente de pres-

TERAPIA| Escrever sem amarras do texto jornalístico tem ajudado jornalista são e adrenalina da redação de um jornal e publicar livros era a alternativa mais próxima. No contato com as editoras, a resposta era basicamente a

mesma: é difícil lançar um escritor “sem plataforma”. O blog é isso, é a busca por organizar minha plataforma de leitores e melhorar meu

currículo na hora de negociar com as editoras. Neste blog tem de tudo, inclusive alguns contos e poemas que, em princípio, considerei sem valor comercial, mas que são interessantes para dar ao leitor uma ideia de como é minha escrita. Também tem jornalismo, é claro, aliás, de vez em quando eu dou a notícia antes do próprio jornal onde eu trabalho, e minha militância”. O empenho na escrita e atualização do blog contribui para manter o transtorno psicológico sob controle. Para Guirado, a mesma escrita que pressiona e estressa, tem ajudado na cura. “A depressão está controlada, o último ataque de pânico que eu tive foi no começo de maio, mas o transtorno de ansiedade continua, me arrisco a dizer que mais forte do que antes de ser hospitalizado. O blog me lembra, todos os dias, que minha vida vocacional, digamos assim, não se restringe ao jornal”, analisou. Outras atividades poderiam contribuir com a saúde emocional do escritor, mas um teste vocacional pode ter

sido fundamental na definição profissional de Guirado. “É até um lance engraçado. Quando eu terminei o segundo grau, orientação vocacional no interior era pura filosofia. A minha se baseou em uma pergunta e uma resposta. ‘O que você gosta de fazer?’. E eu respondi ‘escrever, tocar música e cozinhar’. ‘Então você vai ser jornalista’. Quer dizer, pra “orientadora”, gastronomia e música não eram profissões. Não sei se seria bom no palco, mas até hoje acho que cozinho melhor do que escrevo”, brinca. A divulgação inicial do blog ficou restrita a contatos do jornalista nas páginas de relacionamento da internet, mas desde que entrou no ar, os acessos ultrapassaram quatro mil e são originários, além do Brasil, de países como Portugal, Estados Unidos e Alemanha, em quarto lugar. “Tenho acesso em muitos países inusitados, como a Indonésia, Bangladesh, Índia e Rússia”, completa. O endereço do blog do Guirado é www.blogdoguirado. wordpress.com ou facebook. com/jornalistacristianoguirado

Expovelha terá festivais de bandas e música sertaneja Começam na próxima segunda-feira, dia 10, as inscrições para o 5º Festival de Bandas que será realizado nos dias 17 e 18 de outubro durante a 25ª Expovelha. As informações, regulamento e ficha de inscrição estão disponíveis no site www.arlp.

com.br/expovelha2012/expo. No mesmo endereço estão as informações e inscrições para a novidade desse ano da feita, o 1º Festival Sertanejo, que ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro, com a participação de cidades da região. A edição desse ano da Ex-

povelha será realizada de 15 a 21 de outubro. Além dos festivais de musica, as atrações tradicionais foram mantidas, como ovinos das raças Santa Inês, Ile de France, Suffolk, Hampshire Down, Dorper, Texel e Poll Dorset para Exposição e Leilão, 10ª Exposi-

ção Nacional de Orquídeas, Exposição “Natureza Artista” - Galhos e Raízes, Provas de Tambor e Baliza, Exposição de Carros Antigos Outras informações sobre os estivais e a Expovelha através do (14) 3263-1411 e contato@facilpa.com.br

ARIES TOURO GEMEOS CANCÊR LEÃO VIRGEM

No serviço, procure finalizar tarefas pendentes. Demonstre suas qualidades para garantir que os resultados dos seus esforços apareçam. Na vida em geral, abra-se ao diálogo e ouça opiniões alheias, pode ser que lhe tragam a luz que está precisando. Aproxime-se de pessoas de sua estima.

2 col. sopa

suco de limão

Ânimo não vai faltar, procure trabalhar firme e demonstre determinação para alcançar seus objetivos. Decepção com colegas de trabalho não está descartado. Conte com o apoio de seus familiares para o que precisar. Dê atenção àqueles amigos que estimulam sua vida e traze mais alegria para você.

120 g

açúcar (equiv..1 xíc. de chá rasa ) 2.

2 unid.

pêras maduras

50 g

nozes moídas

200 ml

creme de leite

1 col. sopa

açúcar de baunilha

ESCORPIÃO

Novas oportunidades de trabalho podem surgir, fique de olho. Bom momento para investir na ampliação de seus projetos profissionais. Também não está descartado o reconhecimento de chefes ou superiores pelo seu desempenho. Em casa, é hora de agir para acabar com desentendimentos e divergências.

No trabalho, as atividades desenvolvidas em equipe trarão ótimos resultados desde que você aceite as ideias e sugestões dos colegas. Mantenha suas finanças pessoais bem organizadas. Situações envolvendo pessoas mais velhas podem incomodar, tenha mais paciência e busque a causa dos problemas.

SARGITÁRIO

Tudo o que envolva estudos ou novos métodos de trabalho está favorecido. No trabalho, exerça sua liderança, mas saiba respeitar as opiniões alheias. Procure cumprir os prazos estabelecidos e mostre que podem confiar em você. Cuidado com gente oportunista. Ótimo clima em família, divirta-se.

Procure formar parcerias com pessoas que possam ajudar você em suas tarefas. Terá facilidade para aprender novos métodos de desenvolver seu trabalho. Em casa, estimule e incentive os seus familiares a realizarem seus desejos. A saúde pede mais cuidado. Passeios junto com pessoas queridas estão favorecidos.

CAPRICÓRNIO

Energia não vai faltar para ir atrás dos seus interesses. Ótima semana para começar um novo curso ou aprender coisas diferentes. No trabalho, antes de apresentar um projeto aos chefes, procure trocar ideias com pessoas mais experientes. Bom momento para resolver divergências em família.

No trabalho, talvez seja preciso ceder para manter a harmonia entre os colegas. Você está mais detalhista e buscará executar suas tarefas com perfeição. Seja mais flexível e não se incomode se tiver de mudar sua programação. Conhecer pessoas novas e com ideias diferentes será bom para você.

AQUÁRIO

Se mostrar a sua força de trabalho e a sua determinação em alcançar metas, terá boas chances de reconhecimento de superiores no seu serviço. Procure rever seus gastos, considere outras possibilidades de ganhos e também em cortar despesas com supérfluos. Reúna as pessoas de sua estima e agite sua vida social.

Se quiser progredir na carreira, terá que se dedicar para aprender coisas novas e iniciar cursos de seu interesse. No trabalho, não perca o foco e concentre-se em seus objetivos para superar obstáculos do caminho. A saúde pede uma alimentação mais leve e saudável. Fazer exercícios também irá ajudar no seu bem-estar.

PEIXES

Não tenha medo de encarar desafios, tome a iniciativa e tudo dará certo. Boa semana para investir em estudos ou viagens que possam lhe trazer conhecimentos novos. É tempo de organizar as finanças para não entrar no vermelho. Poderá conhecer pessoas novas e fazer amizades com facilidade.

LIBRA

HORÓSCOPO Receitas para você!

Poderá ter que enfrentar alguns contratempos e discussões nesta semana, portanto, mantenha a calma e evite agir por impulso. O trabalho vai exigir mais dedicação, faça a sua parte. Sua família pode precisar de mais atenção e cuidados. Demonstre alegria e entusiasmo no contato com as pessoas que ama.

Por Paulo Campanholi

chef_x@ig.com.br

PERAS COM CHANTILI

A comida da Hungria é realmente deliciosa. Os pratos são contundentes e são temperados com muito acerto, pois combinam a tradição histórica com a nova culinária. INGREDIENTES

MODO DE PREPARO 1. Misture uma colher de sopa de suco de limão com açúcar em ½ litro de água e deixe ferver. Descasque as pêras, corte ao meio e retire as sementes. 3. Adicione as pêras a calda e cozinhe-as até ficarem macias. 4. Bata o creme de leite em ponto de quase chantilly, misture com o restante de suco de limão, o açúcar baunilhado e as nozes.

INGREDIENTES DA RECEITA ACIMA VOCE ENCONTRA NO SUPERMERCADO TUPÃ ONDE VOCÊ ENCONTRA, ALÉM DE QUALIDADE, O MELHOR PREÇO. CONFIRA!


8

Sua Imagem

LENÇÓIS PAULISTA, 08 DE SETEMBRO DE 2012

Fotos: Billy Mao

Alunos das redes pública e particular, professores e autoridades acompanharam o hasteamento das bandeiras, na Concha Acústica, em comemoração à Independência do Brasil, comemorada ontem. Nas fotos, a Fanfarra do Colégio São José, tendo a sua frente o experiente regente Almir; o músico José Santos, da Orquestra Municipal “Agostinho Duarte Martins”, competente e carismático ; e professoras da rede durante a festa. Informe Publicitário

Caro leitor A Associação Protetora Amigos dos Animais de Lençóis Paulista vem à público prestar esclarecimentos importantes acerca da leishmaniose canina, bem como informar sobre os métodos de prevenção e tratamento. A leishmaniose é uma doença parasitária transmitida pela picada do mosquito infectado (fêmea da espécie Lutzomia longipalpis, também conhecido como mosquito palha). Existem dois tipos de leishmaniose – a cutânea e a visceral. A primeira caracteriza-se por feridas cutâneas persistentes, ao passo que a visceral desenvolve-se em órgãos internos como fígado, baço e medula óssea. Segundo Doutor Dráuzio Varella, “a leishmaniose não é contagiosa nem se transmite diretamente de uma pessoa para outra, nem de um animal para outro, nem dos animais para as pessoas. A transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito (fêmea) infectado”. Por se tratar de doença grave e de tratamento complexo, a prevenção é a estratégia recomendada para controlá-la. O controle do inseto transmissor é considerado a melhor opção na luta contra a doença, segundo a Fundação Nacional de Saúde. Mas que métodos de prevenção devem ser utilizados para conter a proliferação da dessa doença? Eis aqui algumas dicas, que poderão ser de grande valia. Os donos de cães devem ficar atentos com áreas úmidas ou de decomposição de lixo; as-

sim recomenda-se: 1) Evitar acúmulo de lixo no quintal e descartar o lixo adequadamente (é também uma maneira de contribuir para a saúde do meio ambiente e ao mesmo tempo evitar a proliferação do mosquito); 2) Manter o ambiente do cão, o quintal ou a varanda sempre limpos, livres de fezes e acúmulo de restos de alimentos e folhagem; 3) Manter a grama e o mato sempre cortados, com retirada de entulhos e lixo, evitando a formação de uma fonte de umidade e matéria orgânica em decomposição; 4) Utilizar spray repelente ou inseticida e cultivar plantas com ação repelente, como a citronela, ou nem, no ambiente. Em publicação veiculada por um jornal de Lençóis Paulista José Aparecido do Santos, responsável pela Vigilância Epidemiológica da cidade fala da campanha de controle e prevenção da leishmaniose que vem se realizada nessa cidade. Esclarece que o proprietário de cachorro diagnosticado positivo tem dez dias de prazo para apresentar a contra prova. Pois bem, essa associação promoveu pesquisa em vários sites e praticamente todos enfatizam acerca da dificuldade de se chegar a um diagnóstico preciso da doença em tela. Segundo a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), “o diagnóstico da leishmaniose requer a realização de vários exames laboratoriais associados ao exame clínico para se chegar ao resultado definitivo. Geralmente, são realizados exames iniciais de triagem, chamados exames sorológicos (ELISA e RIF) e depois devem ser solicitados os exames parasitológicos ou moleculares para confirmar a infecção. Não exis-

tem métodos de diagnóstico que sejam 100% confiáveis. Por isso, leitor, se o seu cão for diagnosticado como positivo, num primeiro exame, não o entregue para eutanásia. Primeiramente, leve-o ao veterinário que o assiste e solicite novos exames. Lembre-se você tem dez dias para apresentar a contra prova, que poderá salvar a vida do seu cão. De acordo com a ANDA, “a eutanásia é a última forma de controle de fato, a menos eficiente. Prova disso é que a política brasileira de prevenção da doença, por meio da eutanásia de milhares de cães, não proporcionou nos últimos 50 anos, nenhuma mudança no controle da doença”. Nos países da Europa, onde o índice de incidência da leishmaniose é alto, os cães são submetidos a tratamento. Uma organização protetora do Mato Grosso do Sul impetrou Ação Civil Pública e conseguiu autorização para o tratamento de cães com leishmaniose, portanto já existe jurisprudência no Brasil permitindo o tratamento. O Ministério Público Federal do Mato Grosso do Sul também recomendou aos Ministérios Públicos que revoguem a portaria que não permite o tratamento, com medicação humana, de cães infectados, portanto: tratar cachorro com leishmaniose não é crime! A Associação Protetora Amigos dos Animais está sempre atenta às causas do nosso melhor amigo e espera sinceramente que eles tenham dias mais humanos e justos, pois eles merecem...

Sugerimos ao leitor, acessar os sites pesquisados por essa associação e colher maiores informações sobre o assunto. O Professor André Luis Soares da Fonseca mostra o antes e o depois de vários cachorros que foram tratados da doença – é maravilhoso! www.anda.jor/br; www.fielamigo.com.br/tratamento; www.wsoabrasil.org; www.revista.inf.br/veterinaria/10/revisao; www. youtube.com/watch; Dr. Paulo Tabanez, Médico Veterinário – Especialista em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais, Mestre em Imunologia pela Universidade de Brasília-DF e Diretor da Clínica Veterinária Prontovet – pctabanez@uol. com.br; Professor André Luis Soares da Fonseca – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – UFMS – Campo Grande/MS – Andre. fonseca@ufms.br Associação Protetora Amigos dos Animais de Lençóis Paulista. (14) 32631379 “A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana” Charles Darwin.

Avilapan Valor: R$8,00

FERMENTO FRESCO LEVASAF

Para não perder nenhuma edição do Sabadão Neide Rosa, na foto com Geise, improvisou um dispositivo para guardar os jornais entregues na mercearia do Léo.

Elson Avila

(14) 9643.4517

PRODUTOS DE PADARIAS E CONFEITARIAS Rua Otaviano Brizola, 168 - Vila Mamedina _ Lençóis Paulista - SP Fone: 14-3263.7300 - e-mail: avilapan@hotmail.com

GRUPO LWART

Fazendo hoje, cuidando do futuro Este é o nosso compromisso traduzido em responsabilidade corporativa, crescimento equilibrado e valorização da força de nossa gente.

www.grupolwart.com.br


SABADÃO_50