Page 1


Tratando câncer com humor! Luís Carlos Menezes Negri 1956 a 2012 Campinas, SP


Arte da capa: Paulo Nilson Editoração: Gabriel Negri Nilson Julho de 2013


Sumário Biópsia. 11 Descobrindo o câncer. 12 A consulta. 13 O início. 14 Encaminhado para especialistas. 18 Turismo atômico. 24 Tortura cintilante. 27 Sensações Cirúrgicas. 32 Turismo na UNICAMP. 34 Caminhando com a morte! 35 Estou na rádio! Crônicas de um hospital.

38

Chamado na Rádio! 41 Stars Wars – O retorno na oncologia!

43

A meleca assassina! 45 Acelerando vidas! 48 No interior do micro-ondas!!!!!!

49


Prezados Amigos leitores, Foi-me concedida à honra de introduzir este livro tão diferenciado, elaborado pelo primeiro amigo que fiz quando me mudei para São Carlos há 50 anos, e que continua sendo sempre o Primeiro, mesmo agora depois que viajou. Embora sem o mínimo dom, o que transborda no autor, tentarei fazer jus à confiança depositada. E não é difícil para qualquer pessoa que o tenha conhecido o suficiente, tal a grandiosidade inerente ao Luís Carlos. Aos familiares e amigos estas palavras serão óbvias, mas aqueles que lerão sem o conhecimento de quem se trata, necessitam saber que Luís Carlos Menezes Negri é um ser dotado de ímpar sensibilidade, e que em quaisquer situações e lugares, a bondade, altruísmo, doação, fraternidade e desprendimento da matéria compunham a sua essência. Sua companhia sempre nos trazia bem estar e uma amizade com tal quilate é algo que cada cidadão deveria ter o sagrado direito de possuir garantido pela Constituição Federal! O bom humor que mantinha na maior parte do tempo o acompanhou desde que nasceu até o final do “primeiro capítulo”, e está estampado nas páginas seguintes, porque escrever com tanta sabedoria e otimismo sabendo qual seria o epílogo da História, é coisa de anjo, de alma iluminada e muito elevada. E a ideia de publicar a trajetória de seu tratamento e enfermidade desde o início da doença em suas próprias letras, é genial e necessária, bravos! Assim, tantas pessoas quantas lerem este livro sentir-se-ão enriquecidas pelo conhecimento e pela energia que emana de suas palavras, e certamente carregarão este ensinamento consigo para sempre. Muito mais que relatos reais, “Tratando Câncer com Humor” é uma aula de mestre em como se lidar com as adversidades que, de repente, da noite para o dia, tomam conta de nossas vidas e daqueles que nos cercam, transformando-as radicalmente e muitas vezes nos mutilando. O “Lisca”, mesmo “invisível para os olhos”, continua semeando riquezas de espírito e do coração através destes escritos (essa é uma das virtudes dos anjos terrenos!). Suavemente, docemente, agora viajando num lindo submarino amarelo! Ótima leitura, Amigos! Guellinho

7


Luís, Luís Carlos, Negri, Bilisca, Lisca, amigo, primão, Éramos seis... Não! Éramos muitos a brincar e a aprontar na casa da vó Emília e do vô Anésio. Fazíamos parte da primeira leva de 13 netos e nos divertimos juntos pelo menos alguns dias de todas as férias escolares por pelo menos 10 anos seguidos. Os anos passaram, crescemos, casamos, tivemos filhos. Filhos lindos! rsrs (O Luís Carlos não só encontrou uma garota bonita e alegre para casar, como teve com ela quatro princesas). Conseguíamos nos reencontrar (quase) uma vez por ano no aniversário da vó Emília. E ano após ano o Lisca mostrou ter conseguido trazer da infância a rara capacidade de rir de si mesmo. Não importava o que acontecesse: bons momentos, durezas da vida, erros e acertos, recomeços... com um humor fino ou sarcástico, ele estava sempre pronto para rir e fazer rir. Aí a vó morreu. E levou consigo a capacidade de agregar essa família imensa. Alguns filhos, netos e bisnetos tentaram (e continuam tentando) repetir essa façanha. Mas, inevitavelmente, nos afastamos. Eu me afastei. A maravilha da internet e alguns familiares mais próximos às vezes conseguiam trazer notícias e novidades sobre os demais: sabe que o primo casou? A prima virou avó, o bisneto do tio está morando no exterior, o neto da tia passou no vestibular. E, claro, também trouxe as más notícias: a tia foi operada, o tio está doente e foi internado, o Lisca fez uma biópsia e vai precisar fazer uma cirurgia. Meu Deus, que susto! Mas de novo ele ri de si mesmo e passa a nos dar notícias a seu respeito que nos fazem rir apesar da seriedade da situação. E acreditamos que ele seria capaz de dobrar de risos e afastar até a morte e que ainda teríamos tempo para remediar o distanciamento físico entre nós. Outras energias, porém, o reclamaram. Outras dimensões precisavam do seu riso. E ele foi, deixando-nos como presente seu jeito único, sua lembrança inesquecível. Até um dia, primão querido. Jane Menezes

9


Biópsia.

1 de setembro de 2011 - Ainda não está na hora de te mandar para o padre! Apesar da preocupação estampada no rosto do Dr. João, foi assim que ele me deu a notícia de positivo para melanoma. Rosangela, em pé ao nosso lado, ficou um pouco constrangida, ela sempre alegre e falante, calou. Minha preocupação naquele instante era tirar os pontos da primeira biópsia, toda vez que eu penteava os cabelos, sangrava, eu devo continuar com uma pontaria muito boa, em meio a tantos fios de cabelo acerto os três pontinhos. Dr. João não quis nem mexer, não naquele momento, passei em seu consultório no fim da tarde só para saber o resultado da biópsia e estava indo para Itu. A notícia não mudou em nada meus planos. Acho que eu já sabia o resultado.

11


Descobrindo o câncer. 1 de setembro de 2011

Aquela pinta em minha cabeça fazia parte de minha existência, desde sempre eu via ela por lá. Era só minha mãe me mandar cortar o cabelo que ela aparecia, era uma bolinha preta bem redondinha, ficava no alto de minha cabeça no lado direito. A forma como eu era obrigado a cortar o cabelo, só com uma franjinha na frente, me deixava muito bravo, nessas horas a pinta aparecia, esse fato era o que me dava certeza para afirmar a todos os médicos que ela sempre esteve ali, bonitinha, redondinha e pretinha. Depois que eu cresci e pude escolher meu corte de cabelos era muito difícil ver a pinta, às vezes depois do banho eu a via. Lembro que o Eduardo, nosso cabeleireiro atual, mencionou a mancha que havia na cabeça, mas, essa eu sabia, era ela que estava ali, agora muito tempo depois, eu penso se já não era ela crescendo. A Cláudia minha esposa, havia comentado alguma coisa sobre a pinta, mas eu, como todo homem da humanidade nunca me importei sobre o fato, um dia iria ao médico ver o que acontecia. Esse dia nunca chegava. A pinta começou a tomar volume, acho que ela queria “nascer” e cada dia aumentava um pouquinho mais. No início era uma verruga pequena que coçava e me incomodava, aí cometi meu primeiro erro, tentei tirar com as unhas, coçando saiu um pedacinho, achei que tinha sumido, mas era brincadeira de esconde-esconde, eu coçava ela sumia, passava um tempinho ela voltava. Só as manchas de sangue que apareciam em meu travesseiro eram um sinal que ela estava ali e aumentando... e a Cláudia me “perturbando” para ir ao médico e eu,,,, já vouuuuu!!!!!!!

12


A consulta.

1 de setembro de 2011 Marcar a consulta foi outra novela. No nosso plano de saúde, a consulta com especialista em dermatologia só era possível em outra cidade, não muito longe daqui e a enfermeira chefe do posto de saúde onde faço tratamentos, já havia informado que nesses casos seria feita uma coleta de material no próprio consultório e o plano não cobria esses custos. Teria que ser feito em São Paulo. Tinha que começar por algum lugar, então marquei uma consulta com a dermatologista, um único, porém era a data, só um mês depois. O fato importante, apesar de ser bem longe, era que já tinha dado início aos procedimentos. Nesse meio tempo estava pensando em alternativas, mas não apareciam ideias, nem possibilidades, então restava esperar o tempo passar. O tempo passa lerdo como em dia de outono, meio frio, meio quente e a consulta ainda era para o fim do mês. A sorte mais uma vez me favoreceu. Num dia estava eu no shopping, coisa que eu só faço uma vez a cada dez anos e na saída, vi alguém conhecido estacionando o carro, alguém que seria meu protetor por muito tempo, direta e indiretamente. Dr. João! Parei meu carro na frente do dele, pedi desculpas e já pedi para ele olhar a mancha que se espalhava na minha cabeça. Ele sempre muito gentil, olhou e já afirmou com certeza que só um médico poderia ter. É melanoma, você precisa cuidar disso com urgência. Perguntei das possibilidades de ser tratado no Hospital Dr. Mário Gatti, onde ele é neurocirurgião, mas com a falta de especialistas na área, já que não havia mais equipe de dermatologistas, seria algo sem possibilidades. Não fiquei sem esperanças: - Vou conversar com alguns médicos amigos meus e te ligo para saber o que pode ser feito. Assim começou minha maratona na busca de cura para o melanoma.

13


O início.

1 de setembro de 2011 Quando o Dr. João me ligou, foi bem direto, entre em contato com a Rosangela (que seria meu anjo da guarda nos próximos meses), ela te dará todos os caminhos necessários e informações que você vai precisar. Combinamos um encontro no hospital e lá ela já fez tudo que tinha que ser feito para dar início ao tratamento, inclusive me levando para uma consulta com o Dr. Marcelo, médico especialista em cabeça e pescoço, que olhou e já marcou a primeira biópsia. Foi para a próxima quinta-feira, final da tarde. Esse foi meu primeiro contato com procedimentos hospitalares, achei que era uma operação sem nada de especial e foi, mas com todo procedimento de uma cirurgia. Entrei naquele corredor cheio de pacientes esperando para alguma cirurgia ambulatorial, uma vez que aquele posto de atendimento do SUS só fazia isso, não executava operações que exigissem internações. A minha mania de achar ia se esvaindo por terra, achei que era só sentar na cadeira e seria realizada a retirada de material para biópsia. Não era bem assim, a recepcionista, uma enfermeira muito simpática me deu uma daquelas roupas de hospital e mandou tirar toda minha roupa, sapatos e meias, lá estava eu nu!!!!!! Logo depois Dr. Marcelo mandou me chamar deu inicio a coleta de material que seria enviado para analise. Nesse meio tempo, como eu estava acordado, só com anestesia local, pude conversar um pouco com o doutor que na maioria das vezes era bem calado, não perdi tempo e perguntei o que ele achava da mancha, a resposta foi seca: - Só vou saber depois da biópsia! Insisti mais um pouco, mas o que o senhor acha, sem compromisso, qual a possibilidade de ser melanoma, ai sim veio a resposta, não a que eu queria ouvir, mas a que ele estava pensando: - Oitenta por cento de chance de ser melanoma, mas só terei certeza depois da biópsia. Eles nunca afirmavam nada, mesmo tendo certeza, acho que é uma ética médica ou poderia acontecer um milagre!!!!!!! O resultado veio alguns dias depois, com o Dr. João, como já contei anteriormente. Nesse meio tempo a notícia já se espalhava e os e-mails eram o meio de comunicação mais eficiente.

14


Guelinho Lisca, como você está? A Ciça me falou que você esperava o resultado de uma biópsia, o que houve? Dá um alô, estamos apreensivos! Luís Carlos

Bom dia!!!!!! Meu querido irmão! Acho que a Ciça está mais apavorada que eu hehehehehe... Ela tem razão, estou aguardando um resultado de biópsia. É consequência de uma pinta que eu tinha na cabeça desde sempre, mas, era só um ponto e agora de uns tempos para cá começou aumentar desordenadamente, sinal claro de melanoma. Porém o médico só é conclusivo com a biópsia, então estou aguardando. Aparentemente é positivo, mas, só com o resultado... Então, por que por a carruagem na frente dos bois? Caso seja positivo vou ter que fazer uma cirurgia para retirada da peça. Isso não teria problema não fosse o fato de ter que fazer junto, a retirada, um enxerto e nesse local não cresce cabelo. Para meu médico não será problema pelo tanto de cabelo que eu tenho, me cheirou inveja isso, por ele ser completamente careca. Para meu cabeleireiro, também não é problema, vai mudar o corte, depois vai deixar uma franja de EMO, não entendi bem isso, mas acho que ele está me gozando!!!!!! Enfim é isso, temos que aguardar... Semana que vem a gente vê o que faz....... Beijos bem grande pro cê!!!!!! Abraços Guelinho

Lisca, tudo bem? E a biópsia, já tens o resultado? Mantenha-me “up to date, please!” Aquele abraço

Luís Carlos Bom dia meus queridos amigos !!! E irmãs... mais novas!!!! Depois de um bom tempo, me ligaram do hospital, saiu o dito cujo do resultado. Deu positivo para melanoma, até pensei em escanear o laudo do laboratório para vocês poderem ler, mas, acho que como eu, vocês também não vão entender nada dos dados técnicos que estão lá. E vejam bem, já estou quase me tornando um especialista em melanoma. Caso vocês queriam saber sobre o “Laudo Anatomopatológico produto de exérese de lesão de pele”, tem outros assim : -microanatômico de clark II.....medida micrométrica de BRESLOW de... linfohistiocitário.. Querem mais???? Tem um dicionário de palavrões aqui...... hehehehe......


Mas tem um monte de informações que são boas .. Além dessas que a gente não entende,,, assim: -extensivo superficial....... leve infiltrado........não detectados (ai tem um monte de coisas)..... A partir de hoje vou fazer um série de exames e novas consultas, a enfermeira chefe, que me atendeu pela primeira vez, acho que é meu anjo da guarda que está de férias aqui na terra, ela já vai adiantando tudo, marca consulta, já quer enviar minha documentação para os dois hospitais de referência no Brasil... Jaú e Barretos, apesar do médico que está me ajudando não acreditar, ela já conseguiu consulta na Unicamp de uma hora para outra.... Estou muito bem amparado.......Enfim, é isso por enquanto!!!! Sempre que eu puder mando notícias e deixo vocês informados..... Beijossss Cecília Oi.... as notícias chegaram finalmente.... a parte boa da história é que agora tem um diagnóstico, então chega de ansiedade não produtiva e vamos passar para a fase da ansiedade produtiva... mãos a obra.... Eu quero te dar toda força que eu puder.... contudo não adianta pedir dinheiro porque eu sou duranga também =) Falando sério.... aquelas coisas básicas que a gente pode fazer sem te comunicar e sem você pedir já estou fazendo.... orações, energizações orientadas para você, muito pensamento positivo... Mas, estou disponível para o que você precisar... é só pedir... E vai junto com essa todo o meu carinho e torcida para que você passe por isso tudo bem rápido, com o mínimo de complicações e saia mais saudável e charmoso!!!! Beijinhos Guelinho

Lisca, a certeza que tenho que esse procedimento dará 100% certo em você e que essa p... nunca mais te incomodará é igual a certeza que tenho que amanhã o sol nascerá! A maneira como você está encarando e como tudo está se encaixando, como que por encanto, só confirma isso. Você é grande, cara!! Conte comigo. Já pedi à poderosa Santa Rita de Cássia para interceder por ti e tudo transcorrerá em paz. Ela é muito poderosa. Guelinho

16


Luís Carlos Oi Guelinho! Tenho que encarar de maneira positiva, as notícias são cada vez mais animadoras. Tá certo que não é um programa divertido ter que fazer uma cirurgia na metade da cabeça, mas, segundo o resultado da biópsia, ainda é superficial e não atingiu nenhum “veículo” de disseminação, linfáticos ou coisa assim, portanto, está localizado na mancha. A cirurgia deve resolver a maior parte, mas tenho que fazer radioterapia preventiva. Segundo o médico ainda não é caso de entregar para o padre...... só ele para falar assim. O interessante é que prestei vestibular no sábado e passei, recebi a confirmação ontem, então... vamos de volta para o banco da escola.. agora,,,, graduação em turismo!!! Esse é mais um motivo para querer sarar logo.... Vamos que vamos...

17


Encaminhado para especialistas. 27 de setembro de 2011

Queridos amigos e irmãs mais novas.... Estive na UNICAMP hoje com uma junta médica.... a cirurgia foi marcada para dia 04 de novembro, vão fazer uma nova biópsia e aguardar para terminar a cirurgia após o resultado, o médico que mais parece o Dr. House, não fosse japonês, anda cercado por um monte de estagiários, dando aula, o bom é que pude acompanhar o raciocínio dele e quais as expectativas e opções para meu caso. Porém não há uma definição completa e descartaram a biópsia anterior, não fosse na UNICAMP eu acharia que era guerra de egos. Tipos.... “Essa m...****%%$$$$ não foi bem feita, pede para fazer outra......”, mas na verdade o médico é bem consciente, hummmm... japonês e professor,,, deve ser uma fera....(espero que sim).. Ele entendeu que a biópsia é parcial, por ter sido feita em um dos cantos e quer mais detalhes. - Guelinho você iria adorar estar no meu lugar, só na consulta é claro,,,,, Em primeiro lugar fui atendido por uma médica Dr. Juliana,, dermatologista,,, médica residente, depois pediu para eu entrar em uma sala onde estava a professora dela................. legal né..... só não falou que tinha mais umas vinte juntas.............,, sentei em uma cadeira e todas estavam dando bola para mim...... queriam me ver o tempo todo,,, cara.......... nunca tinha visto tanta mulher se interessando por mim ao mesmo tempo.... Para estragar chamaram um especialista em melanoma, que está defendendo uma tese sobre problemas iguais ao meu,,,, ecaaaaa,, mas tudo bem ,,é médico está interessado no problema,,, mas, as meninas todas continuaram querendo ver o que estava acontecendo..... Aí ele pediu para eu tirar a camisa...................... até aí,,,,,, e todas queriam ver as pintas em meu corpo, exame que a outra já tinha feito,,!!! Pelo bem da ciência... deixei (como se eu pudesse dar palpite)....não contente, o sacana pediu para eu tirar as calças..................pode isso?????? Tirei,,,,,,,,, depois pediu para tirar o sapato, meia,,,,,,,,,, e não é que ele pediu para tirar tudo....... esse negócio de ser manequim e modelo está mais para cobaia.... eitaaaaaaaa......... tava eu lá nu.... sem jeitooooo..... acho que fiquei vermelho,,, nessa altura do campeonato.....!!!!!!!!!!!!! Depois disso fui passear em outra especialidade,, agora cabeça e pescoço,,,,, depois de outra aula,,,, otorrinolaringologista,,, kkkkkkkkkkkkkk estou conhecendo todas as médicas do hospital... Vamos ver o que acontece na semana que vem... porque domingo estarei no Rock in Rio !!!!!!! Beijos e abraços, depois mando mais notícias Beijos pro cêis!!! Beth Oi Bilisca, tudo bem? Hoje a Lucia Helena me ligou me contando sobre este e-mail. Eu raramente abro msn.. Pedi para a Natalia me avisar quando saísse o resultado dos seus exames acho que ela esqueceu. Bom enfim a cirurgia é 4 de novembro ou de outubro? Beijos

18


Luís Carlos Notícias: - Vou ser operado na terça-feira 04 de outubro mesmo,,,, vou entrar de manhã e sair a tarde, isso por que tenho uma ressonância magnética agendada no mesmo dia, a boa notícia é que vai ser uma cirurgia ambulatorial, com anestesia local. Depois disso vou ficar de molho por um mês inteiro aguardando o resultado da biópsia, literalmente de molho, porque não vão fechar a pele, vão aguardar os resultados para saber se há necessidade de uma nova intervenção cirúrgica..... em caso negativo, vão fazer uma plástica, já dei uma cantada na Dra. Juliana, (dermatologista) para aproveitar a deixa e dar uma esticadinha no rosto,, quem sabe uns 20 anos mais moço....ela deu uma risadinha e não respondeu,,, não entendi o porque!!!!!.... Abraços Cecília Como você está???? Como vai a enfermaria de plantão??? Você não deu mais notícias.... já saiu o resultado da biópsia??? O corte na tua cabeça cicatrizou???? Você está fazendo químio???? Como tá o ânimo e a moral???? As pessoas a tua volta estão te dando colinho???? Você continua charmosíssimo, encantando a todos e todas????? Beijo Luís Carlos

!!Buenos dias mi amiguita!!!! ¿Como está usted? ¿Bien? Eu continuo na mesma, sem notícias da biópsia, só a tomografia que o médico viu, mas, está aguardando o laudo escrito! Meu médico Dr. Alexandre é muito bonzinho, está fazendo especialização em cabeça & pescoço e tem um cuidado todo especial para falar e tratar dos pacientes. Ele foi um dos alunos da academia em que minha filha trabalhava então houve um elo de ligação desde o começo. A tomografia pelo que ele viu está ótima, não há infiltração para os gânglios, mas, ele quer ver o laudo escrito, antes disso ele não comenta mais nada. Então nos resta aguardar. Não dei notícias porque a senhorita estava se divertindo nos desertos da vida e as suas notícias estavam mais interessantes. Voltando ao assunto da hora........ não estou fazendo químio e espero não ter que fazer, rádio sei que terei........ minha cabeça continua aberta, mas, já tem uma “cobertura” no buraco, ontem é que vi o estrago todo, agora estou fazendo um curativo em casa e outro no hospital, então deu para eu ver o tamanho..... perto de outros que vi no hospital.. até que é razoável!!!!!!! O ânimo e a moral estão bem,,,, um pouco desanimado, porque estou diminuindo meu ritmo de trabalho, justo agora no fim do ano que aparece um monte de coisas pra


fazer estou tendo que recusar.. domingo passado deixei de ir a São Paulo com 4 chineses.... e sábado perdi um jantar no Terraço Itália com um grupo que foi ao “Cirque du Soleil”...... enfim..... estou quase abrindo mão de uma semana em uma fazenda hotel em Minas Gerais,, estou esperando o último minuto para fazer isso, mas, estou achando que devo fazer isso logo.... para não perder trabalhos futuros! As pessoas à minha volta já acostumaram com meu estado de “enfermo” nem estão dando bola, acho que já acostumaram.. perdeu a graça! Quanto a charmosíssimo, delicadeza sua.... continuo tentando encantar a todas, só mudei a classe profissional, agora meu caso é com médicas.... achei umas ótimas.... Outro dia estava conversando com o meu médico e a Dra. Priscila saiu do consultório dela e veio falar comigo, disse que eu parecia um judeu usando aquela toquinha e ria que não parava mais,, ela é muito séria e compenetrada o tempo todo, são raras as vezes que vejo ela rindo, dessa vez foi hilário a situação,,, ela ria, até alto rsrsrsrsrsrs..... Tem a Dra. Patrícia, que foi a primeira médica que viu minha ficha e encaminhou para a dermatologia.. lembra da história de tirar a roupa em frente a um monte de médicas..... então... foi ela que fez o encaminhamento... Beijos Regina Buzo - COMTUR

Luís Carlos

E ai meu amigo, está melhor??? Espero que esteja fazendo direitinho todas as recomendações... e não abusando. Fiquei preocupada, você foi lá naquele sol quente, eu nem notei que você tinha feito cirurgia... eu sou muito desligada... me desculpe... Você esta passando bem, manda notícias de você tá bom?.. Bjooo Inté, fica com Deus

Bom dia minha amiga! Estou bem, só não estou abusando de nada, por isso não fiquei a tarde toda com você! Acho que teríamos assunto para a tarde toda,, ainda mais de namorado novo,,,,rsrsrsrsrs Às vezes tenho vontade de ir para Mococa e passar o dia conversando com você sobre as possibilidades que temos em conjunto, o turismo do interior ainda é muito fraco e desorganizado e achar umas Regina nesse meio é complicado, tá em falta no mercado! A que tem vive ocupada em ajudar os outros!!!!! Eita mundão sem portera sôh! Vou ter que adiar essa data para o ano que vem, cuida bem do namorado e vai domando ele para o turismo, quem sabe ele nos ajude em alguns eventos.... afinal cavalo e turismo rural tem tudo a ver!!!!!! Se possível me mande o cronograma do curso de compostagem para eu colocar no blog ou em um novo site que


me convidaram para escrever para eles....... vamos voltar à mídia!!!!! Vai preparando matéria para incluir nessa nova oportunidade de divulgação. Bejão prô cê!!!! Inté Cecília Manda fazer outra biópsia em outro lugar, please!!!! Cada patologista vê as coisas de um jeito, e como diz meu cunhado que é médico, tem patologista que adora dizer que você tem câncer!!! Estou te enviando muitas energias boas... quero ir aí logo.... você deixa eu benzer o lugar onde você operou???? Eu acho que eu sou benzedeira, apesar de não gostar nem um pouquinho dessas coisas!!! Abraço apertado e beijinhos.... Luís Carlos Oi Cecília! Essa é a segunda biópsia (em diferentes hospitais) e quem analisa não é um médico e sim uma junta médica, então, acho que eles não iriam errar. A primeira foi analisada por um médico oncologista que é amigo de um primo de minha mulher (também médico) ele concordou com o laudo. Esse negócio de ficar procurando um monte de médico também é uma faca de dois gumes, ainda mais se todos estão dizendo a mesma coisa.... Então é melhor benzer..... e rezar para eu passar por essa numa boa. Ah! Ser benzedeira é um presente dos céus,,,, e usar é uma maneira de ser útil aqui na terra....tem muita gente precisando.... Beijinhossssssss Luís Carlos Boa noite pessoal!! Mais uma vez fui fazer turismo na UNICAMP, como toda semana! Agora deu uma maneirada não preciso ir mais duas vezes, só uma. Porém, saiu o resultado da biópsia tanto esperado e tão temido rsrsrsrs,, mas, como sou bom aluno e sempre tiro nota máxima, dessa vez não foi diferente. Consegui clark 5, numa tabela que vai de 1 a 5, e dez em um outro trem que não lembro o nome, mas, são medidas usadas no diagnóstico de tumores. Enfim, tinha que ser em grande estilo! Devido a esses resultados, devo ser operado no próximo dia 28, de novo... agora é para tirar mais uma borda (uns 2 cm a mais) e depois devo fazer uma outra cirurgia para fazer enxerto. Depois o tratamento definitivo que ainda não sei quais serão os remédios, mas, pelo andar da carruagem, deve ser quimioterapia. Aproveitei para acrescentar mais uma pessoa na lista, que para mim é muito importante e assim todos vocês ficam sabendo das notícias...... Beijos 21


Regina Buzo - COMTUR Admiro você demais...estamos aqui pra passar o que tiver que passar...juntos... Bjooo...inté Guelinho Luís Carlos, Tenho te escrito pouco, mas rezado e pensado bastante, tenha certeza. É difícil dizer algo para um cara igual a você que está levando tudo isso de uma maneira tão inteligente e até divertida. Tenho tanta certeza que o final será feliz como sei que o sol amanhã vai raiar. Tenho muita fé nisso. Você é fora de série, cara, demais. Estou do teu lado, meu irmão. Obrigado pelas noticias sempre up to date. Beijão Paulo Nilson

Luís Carlos

Lisca, A She repassou sua mensagem! Estamos torcendo para tudo ser tranquilo, no tratamento! Você vai superar isso, e sair muito mais experiente do episódio... Um grande abraço!

Oi Paulinho! Muito obrigado pela solidariedade e companheirismo, espero passar logo por isso e aprender que na vida tudo passa. Felizmente tenho uma boa equipe de médicos cuidando de mim, vou precisar mesmo o tratamento será bem longo. Abraços Luís Carlos Boa tarde minhas queridas amigas e amigos! Como vocês pediram aqui vai um relatório de minha jornada pelo HC da Unicamp. Era para eu estar internado hoje para passar por uma cirurgia na segunda-feira, mas, devido à alteração em meu quadro clínico, apareceu um inchaço do lado da orelha e um nódulo no pescoço, que um dos médicos que me atendem num grupo de dez, entendeu ser metástase, portanto para continuar o tratamento tem que ser feito um exame o “PET Scan” que é uma tomografia mais precisa. O único inconveniente é que é um exame muito caro, mas, posso fazer no Boldrini, um hospital de referência no tratamento do câncer infantil que tem a máquina e cede para pacientes da UNICAMP. Então devo passar por essa cirurgia só


na quinta-feira que vem, é uma intervenção bem grande e demorada e deve se feita por cinco médicos da equipe que cuidam de mim, depois dessa ainda deve ter uma de reconstituição do couro cabeludo, se não vou ficar careca!!!!!!!!!!!!! Vixê..... Após a cirurgia devo começar a radioterapia e o Dr. Chone, o chefe da equipe já sinalizou para a possibilidade quimioterapia. Enfim tenho que ficar feliz por nossa medicina estar muito avançada e eu estar sendo tratado em um hospital de referência. Apesar desses reveses, tenho aprendido muito nessa passada por um hospital do tamanho do HC da Unicamp, há muita gente com problemas iguais ao meu e piores, vejo muita gente sem a traqueia e ainda insistindo em fumar, eu tenho o privilégio de ter parado a tempo. Além disso, tem o pessoal que vem de muito longe as vezes sem dinheiro para lanche e alguns com uma dificuldade de compreensão até para ler uma receita médica, podemos nos vangloriar e agradecer por ter o privilégio de poder conversar com um médico e entender o que ele diz, mesmo quando é uma notícia diferente. Um agradecimento especial a todas nossas professoras e professores! Enfim é isso aí! Ainda estou aguardando! Um beijo a todas vocês que torcem por mim e um abraço aos meninos, assim que tiver notícias mando mais um boletim! Antônio Carlos Olá Companheiro!!! Também estamos na torcida pelo seu sucesso... O hospital é um local cheio de lições de vida... Ali não tem sexo, cor, credo, etc. etc. etc. todo mundo ali percebe o quanto somos frágeis. Grato pelo informe. Grande abraço Silvia Querido Luís, Como tu disse e vê tudo pelo lado mais sensato,, olhar para outros que ali estão e ver suas necessidades deve ser difícil, não ter compreensão, entendimento é de dar dó, mas como você vê as coisas de outro ângulo elas tendem a serem diferentes. Imagino que deve ser um impacto muito forte vivenciar tudo isso, mas nisso também temos muito a aprender e Deus somente dá o fardo do tamanho que podemos carregar.. Fico feliz que você tem uma equipe médica boa e bons hospitais, e com toda equipe espiritual ao seu lado e te protegendo. Vamos tendo essas noticias e em breve espaço de tempo, melhores ainda. Força sempre,, confiança e fé pois somente Deus sabe de nos.. minhas orações estão contigo. Obrigada e muita paz e bom tratamento. Com carinho 23


Turismo atômico. 03 de dezembro de 2011

Notícias: Minhas queridas amigas e amigos! Acho que dessa vez vou fazer o “exame atômico”.. PET Scan, uma tomografia ultra moderna e muito mais sensível que a outra que fiz. O contraste é alguma coisa atômica, espero que não seja com urânio enriquecido..... se não vou virar uma bombinha atômica ambulante ou vou sair de lá com ar de casa noturna brilhante tipo “luz negra”, essa só o pessoal das discotecas vão saber... O exame definitivo está marcado para segunda-feira às nove horas da manhã, portanto Grazie, pede para a Dra. Elza intensificar suas orações e pedir para Nossa Senhora Desatadora de Nós, da qual ela é fiel fervorosa, ajudar nessa hora. Há duas vertentes nesse exame, finalmente um dos médicos foi mais claro, ou deixou escapar, o exame foi pedido por ter suspeita de metástase, que seria comprovado só com uma nova biópsia, aí eu seria o campeão de biópsia em um só ano. Como o PET Scan é ultrassensível, consegue detectar o menor sinal de um novo tumor em qualquer parte do corpo, nesse caso não vão fazer a cirurgia e sim um outro tratamento, muito provável quimioterapia direto. Se não houver nada de novo devo ser operado imediatamente. “Se correr o bicho pega,,, se ficar o bicho come!!!!!” Seja qual for o resultado estou pronto para enfrentar o problema..... afinal, depois de tantos anos plantando, justo agora que as coisas estão dando certo, tenho direito de colher alguns frutos. O interessante é a forma que o exame foi pedido, eu estava na fila de espera do Boldrini para fazer lá, porém as chances de ser chamado eram muito remotas e devido à urgência resolvemos pagar particular... “haja cheque especial”, ainda bem que tem rsrsrsrsrs.... Já estava tudo agendado e com data marcada, nesse caso eu não poderia cancelar porque o contraste é exclusivo para o paciente, caso eu desistisse deveria pagar o remédio. Um “Anjo da Guarda” me ligou e mandou cancelar o agendamento que a prefeitura iria pagar o exame (prefeitura de uma cidade próxima daqui),,,,, essa é um verdadeiro Anjo mesmo, liguei na clínica, consegui cancelar sem ter que pagar nada e o mais interessante é que havia uma reserva na mesma clínica em meu nome com uma outra data............... ela conseguiu em tempo recorde a autorização para pagamento..... essa foi a primeira atendente de hospital pelo qual eu passei,,, que agilizou tudo para mim,,,, inclusive o encaminhamento para a UNICAMP, acabou virando minha amiga e protetora........... Essas são as notícias recentes...... assim que eu souber o resultado do exame, mando um outro boletim médico............ Beijos a todas..............

24


Cissie Querido amigo.... Eu estava esperando notícias... um pouco apreensiva, confesso, porque você disse que ia fazer o exame ontem, e depois não deu notícias... Vou continuar minha mentalização positiva pra você, pra não falar das rezas =) Fiz esse ano uma “cintilografia cardíaca” que não deve ser muito diferente do que você vai fazer, tomei o tal do contraste radioativo, e depois brinquei que não podia entrar em banco, pois não ia conseguir passar na porta sem esta apitar... O máximo que pode acontecer é você fazer xixi prateado kkkkkk. Também faça mentalizações positivas para mim.... de quarta a sexta estarei em São Carlos prestando concurso para professor da UFSCAR. Quero virar professor mesmo, confesso que preferiria uma vaga em SP ou mais perto, tipo Campinas, mas São Carlos ainda é melhor que Rio Claro, o outro lugar que me inscrevi e que devo prestar em Janeiro, porque afinal conheço a cidade, tenho família e amigos (de infância e escola) por lá. Mas vai ser difícil me acostumar de novo com uma cidadezinha e tão longe de SP.... Mas quem sabe aí volto a morar numa casa (um sonho antigo), posso ter uns pés de fruta, um canteiro de temperos, um forno de barro..... coisas que só quem teve infância em cidade de interior e um pé na fazenda sabe o que é... Beijos e vou aguardar as notícias... Luís Carlos Minha querida amiga!!!!!! Não sei se a cintilografia é diferente, mas deve ser porque a minha é reciclável,, é feita com PET Scan........... PET Scan (ou PET/CT), é a sigla para Positron Emission Tomography ou, em português, Tomografia por Emissão de Pósitrons, é uma modalidade de diagnóstico por imagem que permite avaliar funções importantes do corpo, tais como o fluxo do sangue, o uso do oxigênio, e o metabolismo do açúcar (glicose), ajudando aos médicos a avaliar como os órgãos e os tecidos estão funcionando. Para que serve: A detecção de anormalidades metabólicas através da tomografia por emissão de pósitrons (PET Scan) tem sido aplicada nas áreas de oncologia, neurologia e cardiologia. Os avanços na área de diagnósticos por imagem utilizando o PET Scan têm permitido diagnósticos mais precisos de diferentes doenças, possibilitando um planejamento terapêutico mais adequado ao paciente. O PET Scan é realizado para: Detectar tumores cancerígenos; Determinar se o câncer se espalhou pelo corpo e quanto (metástases); Avaliar a eficácia de um determinado tratamento, por exemplo, a terapia contra câncer que um paciente recebe; Determinar se o câncer retorna após o tratamento;


Determinar o fluxo do sangue que chega ao músculo cardíaco; Determinar a lesão no coração que provocou um infarto cardíaco; Identificar áreas do músculo cardíaco que se potencialmente podem se beneficiar de um procedimento invasivo, por exemplo, angioplastia; Avaliar anormalidades no cérebro, tais como tumores e alterações da memória; Estudar o funcionamento normal do cérebro e coração humanos. Henrique Conde

Graziela Grec co

Fala meu brother, estamos aqui na torcida pra que dos males seja o menor e que tua recuperação seja a melhor e mais breve possível. O mundo do turismo aguarda o teu retorno. Forte abraço e força mano

Luís, Obrigada pelas notícias, por aqui tem uma saraivada em cima de você. Não é só a Nossa Senhora não, se bobear a sala de exames estará superlotada com seus acompanhantes. Pesquisei sobre o Pet Scan, realmente é um sistema ultramoderno que trabalha com antipartículas e por isso consegue detectar as células cancerígenas. Vai tranquilo irmão que vai dar tudo certo, estamos por aqui na torcida, se lembre que pode contar conosco. Grande beijo por ai.

26


Tortura cintilante. 06 de dezembro de 2011

Bom dia amigas e amigos! Não há efeito pirotécnico nem xixi brilhante....... por fora não mudei nada,, e acho que por dentro o efeito passa logo....... espero!!!! Enfim fiz a tal da tortura chinesa,,,,,,, o massacre da cinta elétrica.... a tortura de imobilidade forçada...... teste de resistência mental.........como ser enganado por uma mocinha....... ou melhor o PET Scan, não devemos desejar isso ao pior inimigo nosso........... Ainda estou com a sensação de que aquilo vai durar mais uns dias ou anos........ que ainda tenho que passar por isso de novo!!!!! Ec c c caaaaaaaaa!!!! A coisa é mais ou menos assim............ marcam às 09h00,,,, fazem um questionário, que já havia sido feito: - Agora é só esperar! (uma mocinha que nunca vai lembrar seu rosto, porque ela não olha para você). Passa um tempão, para quem está sem comer desde ontem...... apesar de ser jejum de 06 horas quem, vai levantar às 03h00 para tomar um lanchinho????? Aí vem uma “enfermeira” essa muito simpática, acho que é para você não ficar mais nervoso do que já está.... nada como suspense para te deixar com as veias a flor da pele, devia ser nervos??? RSRSRSRS.... você fica só pele, tudo quer sair....... A simpatia da mocinha ajuda muito na hora de enfiar uma agulha no seu braço e firmar com um quilo de fita adesiva para não sair.... - Agora é só descansar, por 45 minutos........ te colocam em uma sala de um metro por um metro e meio, em uma poltrona confortável e deixa por lá esquecido do mundo.......a única vantagem foi a “enfermeira” simpática, falante explicou tudo que deveria ser feito e para que!!!! Nessas horas faz diferença! Segundo ela, devemos estar com o metabolismo de nosso corpo totalmente desativado, o máximo possível é claro (pensou que era tudo é ???), para quando aplicar o “trem” radioativo fosse para todo corpo por igual.... já que o acumulo do liquido indica tumor!!!!!! Depois de 45 minutos vem e me manda para a pré tortura, uma outra enfermeira, uma loura com cara de alemã nazista, com um avental protetor de chumbo, te aplica uma injeção, que acho eu, a seringa era da segunda guerra mundial, ainda de metal e aparentemente gelada, saindo fumacinha e tudo........ aí começa a tortura,,,,, lavagem cerebral,,,,,, mandam de volta para a salinha, agora sem poder falar.....dá para imaginar eu quietinho por quarenta minutos,,,,, mas, acho que o relógio dela deveria estar quebrado só me chamou uma hora e meia depois..... apesar da Cláudia poder ficar na sala, ficamos os dois sem falar nadica de nada..... mais uma vez era para o remédio não parar nas cordas vocais!!!! Aí continuava a tortura... expulsaram a Cláudia da sala e me levaram para o porão,, o elevador era lerdooooo...... um silêncio mortal invadia o espaço..... assim fomos descendo em direção a sala de gelo! Mais uma vez minha acompanhante me largou nas mãos de uma desconhecida,,, essa não era simpática e fazia questão de mostrar isso,, tão novinha,,, tadinha!!!!! Se bem que era tadinho de mim................ eu era o torturado e ela o carrasco..... Sem muita conversa mandou eu deitar em uma maca, que mal cabia meu corpo, acho que estou precisando emagrecer.....e para continuar o drama,, amarrou meus braços,,, bem colado ao corpo e bem apertado,,, fazer isso com neto de italiano é a pior tortura do mundo!!!!!!! Mas ela tentou amenizar o drama que eu estava fazendo, disse: - Tem que aguentar assim, não pode se mexer se não perde a marcação aí tem que começar tudo de novo.... só dura uma hora..........(SÓ????????) Lembrei meus tempos de criança : “Se se mexer te deixo de castigo por um anoooooooooo..... ela deve ter feito isso só porque era hora do almoço e eu ali atrapalhando a vida dela..........” Bom,,, eu tinha que passar por aquilo então respirei fundo, tentei não pensar negativamente,, lembrei de todos os Santos que a Grazie disse que estariam ali comigo e aguentei firme..... Ajudou muito!!!!!!! 27


Aguentei firme até a maca começar a andar e passar por dentro de um túnel que ficava a um palmo do meu nariz.............. será que é esse o túnel que todo mundo fala em experiências de quase morte??????? Acho que era, tinha uma luz no fim do túnel..........,, nossa..... fiz a passagem e foi rapidinho nem senti dor........... só faltava aquela paz que todos falam que sentiram,,, eu estava com coração saindo pela boca............... Aquilo foi e voltou rapidinho,,,,, uma luz vermelha bateu em meu olho, então lembrei da marcação que haviam feito na primeira tomografia....... isso me deixou um pouco mais calmo, só um pouco,,,,,, eu estava entrando no túnel de novo............. agora devagarinho...... de soquinho... andava um pouquinho... parava um tempão........andava mais um pouquinho parava mais um tempão..... agora maior ainda.... Assim foi, até que eu comecei a sentir minhas costas doendo..... meus braços doíam mais ainda.... fui tentar me ajeitar,,,,,,,,,, estava amarrado!!!!!!!!!!!!!!!!! Minha respiração começou a aumentar... aumentar,,, lembrei do Guelinho contando a história do pai dele que escrevia enquanto estava tendo um infarto,,, só que eu não podia escrever,, muito menos me mexer........... achei que não conseguiria respirar mais.... Mas torturador quando é bom não perde sua vitima....... a máquina parou e lá veio ela com suas ameaças............... se o senhor não parar quieto vamos ter que começar tudo de novo,, eles chamam de senhor para que a gente se sinta valorizado ou respeitado,, lembrei do peru em véspera de Natal, quando minha avó dava pinga para ele,,, acho que ele pensava que era convidado da festa................ e já estavam servindo o aperitivo.. Como eu confessei que estava sofrendo muitooooooooo,,, ela me deu algo em troca soltou minhas mãos!!!!! O quartel serviu para alguma coisa.... lembrei das técnicas de tortura,, em que o prisioneiro deveria ter alguma coisa em troca quando cooperasse. Não sem antes me dizer que estávamos na metade do exame e se eu mexesse teríamos que começar tudo de novo...ela não deixava eu esquecer esse detalhe...... No ano seguinte.... na minha concepção e nos minutos seguintes na dela....acabou................................................................................. Só a primeira parte,,, mas eu pude me mexer um pouquinho................não por muito tempo é claro,,,, Depois de fazer uma tomada só da cabeça,, fizemos um do peito,,, agora com os braços para cima e prendendo a respiração........ - Prende a respiração e só solte quando eu mandar!!!!!! Cadê a moça ??????????????????? Foi almoçar???????????? Me esqueceu por aqui????????? Vou desistir.............. cadê o botão do pânico????????????????? - Agora pode respirar normalmente!!!!!!! Acho que esqueci como se fazia isso........ Depois que me levantei e já estava indo embora,,, (estava tentando é claro).... agora vire de lado e vamos fazer as pernas,,, será que tiraram o relógio dessa menina??? Não era uma hora??????? Já havia se passado umas duas pelo menos........ se bem que agora eu podia mudar a posição das mãos e recomeçamos... não sem antes: - Não pode se mexer se não vamos ter que recomeçar tudo de novo!!!!!!! Agora eu já estava escolado,, se é nas pernas porque não pode mexer o braço???,,Arrisquei perguntar e esperei levar um choque de 220 W!!!!!! - Ela também deveria estar “morta de fome”: - O braço pode,, mas se se mexer....................... Enfim um bom tempo depois, acabou de fato............. eu parecia o Gavião Bueno berrando que nem louco no fim da copa do mundo do Tetra..... ACABOU.............!!!!!!!!!!! ACABOU.............!!!!!!!!!!! ACABOU.............!!!!!!!!!!! ACABOU.............!!!!!!!!!!! Só na minha cabeça... imagina se ela pensa que eu queria mais??????????????????????? Para continuar... agora é esperar o resultado do exame e saber qual minha sina!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Beijosssssss

“Tortura Nunca Mais” Fora......FMI......!!!!!! Yankee go home !!!!! 28


Luís Carlos Meus agradecimentos especiais à Rosângela de Indaiatuba e ao Dr. João, do Hospital Dia, que foram meus anjos e ajudaram a realizar esse exame da maneira mais positiva possível e o mais rápida que a necessidade exigia..... A todos vocês que estão em oração e pensamentos positivos para que tudo seja feito da melhor maneira e mais rápido que dá para ser feito” E a todos que ofereceram ajuda, espiritual, mental e material, sem vocês isso tudo seria muito difícil passar!!!! Beijos Regina Buzzo - COMTUR

Nossa Negri, eu ia morrer só de ficar nesse túnel... tenho claustrofobia... O homem vai pra lua e aqui ainda tem que fazer esse tratamento tão desconfortável... Meu amigo vai passar... logo... logo... Você é demais mesmo, especial...pra contar tudo isso pros amigos... nós te amamos muito... Bjooo Luís Carlos Oi Re!!!!! Adoro receber notícias suas, você é a pessoal mais otimista que conheço e a que consegue passar isso pros amigos com uma naturalidade formidável........ nós também te amamos muito, você é a irmã do coração que todos nós queríamos ter... e eu tenho a felicidade de ter te encontrado....... Fico muito feliz quando as pessoas vem falar de você e o quanto minha amiga caipirinha é especial,, e já foram várias as pessoas que fizeram isso...continue assim,,,, mesmo quando alguns não entenderem isso, sempre tem alguém com um coração como o seu que entende...... Beijos Inté........... Luciano Liesenberg Oi Liska que saco hein?! @#% será que você foi abduzido e esqueceram de te hipnotizar para você não ter nenhuma lembrança ? Estará chipado, como a Elba? Enfim, continuamos a torcer para que dê tudo certo no seu tratamento e que logo possa voltar à boa forma =) um abração Luís Carlos Oi Lu! Xiiiiiiiiiiiiiiiiiii, será que é naquela hora que a luz do fim do túnel aparece??????????????????? Ou aquela seringa saindo fumacinha era a que tinha o chip dentro??????? Obrigado Lu! Vamos torcer para que tudo passe logo!!!!


Afinal ainda temos que fazer muito churrasco e um deles é no seu apê!!!!!! Não esqueci não.. Beijos na Alessandra!!!! Luís Carlos Oi Luciana! Saí do hospital hoje para um refresco antes da cirurgia, estava internado desde àquela hora em que falei com você para fazer uma série de exames, hoje consegui uma trégua. Eu ainda não entendi se poderia fazer o exame com o uso de algum ansiolítico ou mesmo o Rescue, (um remédio bem levinho). A minha “crônica” sobre o exame foi não só um desabafo, mas, um pedido de socorro para humanizar mais a medicina, acho que estou muito mal acostumado com o tratamento que venho recebendo no SUS, desde minha primeira intervenção fui atendido em hospitais públicos. Esse exame fiz em uma clínica particular por causa da urgência, se eu deixar o tempo passar pode dar metástase mesmo. A diferença entre um tratamento e outro está ficando gritante, apesar do exame custar entre R$ 3.500,00, o tratamento dado às pessoas é de uma indiferença total, durante o exame a menina que faz todo procedimento é completamente despreparada para lidar com pessoas, mais fria que a sala em que estive. Se ela ficasse falando comigo o tempo todo ou pelo menos nas mudanças de procedimento com certeza eu ficaria muito mais calmo. No hospital público acho eu que as pessoas se compadecem dos atendidos e dão toda atenção necessária, achamos que era por serem mais humildes e terem uma dificuldade enorme para entenderem tudo, mas, eu posso me considerar um privilegiado já que consigo discutir com médicos meus problemas e entender o que eles querem dizer. Então sai daquela clínica aquele dia bem para baixo...Hoje sai do hospital muito feliz por estar indo para casa, mas sabendo que voltarei sábado para uma parte mais complicada, mas com a luz azul por todos os chacras e dando um pouco de luz a todos que forem participar desse procedimento. Muito obrigado pela ajuda, assim que eu tiver notícias e puder escrever mando para vocês. Abraços no Sérgio e um beijo especial para você, com toda força positiva.. Lucia Helena (She) Lisca!!! Está virando um escritor e tanto!!! Estou reenviando seu texto para que todos possam conhecer a descrição do que passou! E que eles também tenham seu e-mail para responder a você. Mas também acho que, apesar de tudo, fazer esse exame vai ajudar e espero, facilitar muito seu tratamento. Um beijo muito grande!! 30


Jane Menezes Concordo com a She, Lisca, você está me saindo um cronista dos bons. rsrsrsr Eu podia “ouvir” você contando as peripécias da tortura cintilante. Apesar da gravidade da situação, talvez você possa pensar em mais uma carreira. Afinal, alguns de nós dessa família (como você e eu) parecemos viver buscando novos desafios. rsrsrs Depois de ler o seu relato, me volta uma antiga e cada vez mais recorrente pergunta: como é possível que a ciência e a medicina tenham avançado tanto e ainda continuem a submeter os pacientes (e impacientes) a essas torturas todas: injeção de líquidos que parecem que vão nos corroer por dentro, imobilidade total (como se fosse possível, né? tudo por dentro fica turbilhonando de tensão) e ainda por cima essa coisa de enfiar a pessoa dentro de um “túnel” estreito e claustrofóbico. Tenebroso e revoltante. Obrigada, primão, por compartilhar essa peleja, deixando que, mesmo de longe, façamos parte da sua vida neste momento. E agradeço também esse seu humor gozador, irônico, sarcástico, cansado, apavorado, mas que certamente vai te manter forte até a recuperação total. Se é verdade que sofrimento traz sabedoria, espero que, depois dessa, você possa esbanjar e usufruir dessa sabedoria, meu querido. Não consigo nem imaginar o que você está passando e continuo rezando para você se recuperar bem e rapidamente, para que o resultado do exame torturante indique um bom caminho. Beijo estalado na bochecha. Tia Claudette

Concordo com a She, Lisca, você está me saindo um cronista dos Adorei seu texto. Pena que represente algo por que você passou. Torço e rezo (e não oro, porque não sou evangélica) para que a tortura não tenha mais que ser realizada e que seu restabelecimento seja rápido e total. Bjks

31


Sensações cirúrgicas. 09 de dezembro de 2011

Amigos, amigas, tios, tias, primos e primas! A lista está aumentando, está me lembrando das épocas da “Histórias da Família Menezes” se alguém quiser relembrar, tem que resgatar os originais com a tia Thera! A todos que rezaram, oraram, mandaram força, pensamentos de luz, pensamentos positivos, meus sinceros agradecimentos! O resultado do PET Scan foi negativo para metástase, o que mostra que o tumor está localizado na parótida, um grupo de gânglios localizado no lado direito do meu rosto, saindo do alto da cabeça (local onde iniciou e onde fizeram as duas biópsias) e se estendendo até o pescoço. Portanto é possível extrair por meio mecânico, ou seja, por cirurgia. Vai ser uma operação muito delicada, de longa duração e de risco, mas, os médicos são especialistas nesse tipo de operação e segundo o médico que me explicou esses detalhes e perguntou se eu queria fazer a cirurgia, nunca perderam um paciente. É uma equipe de dez cirurgiões então para aqueles que acham que preciso de uma segunda opinião .........rsrsrsrs.... Nos encontraremos na semana que vem e assim que eu melhorar, já que devo sair do hospital parecendo uma múmia de tanto que eles protegem, mando notícias. Beijos a todas e abraços aos meninos. Até semana que vem! Luís Carlos Meus queridos amigos! Para todos aqueles que acompanharam minha maratona, informo que já estou em casa. Minha alta foi anunciada hoje às 06h30 pela equipe médica que tem me acompanhado e estiverem em meu quarto para uma visita de rotina e avaliação de meu quadro clínico. Depois de um dia de espera e aguardando minha médica Dra. Patrícia vir para assinar a documentação formal e tirar o último elo que me unia ao hospital... o temeroso dreno.......... às 16h30 ela fez isso, tirou o dreno (que não demora mais que alguns segundos) não fosse meu temor de ter uma crise de dor e ter que rolar pelo chão do hospital pra poder me conter..... quando percebi ela estava com o “cachorrinho” (nome carinhoso dado a ele pelas enfermeiras) dentro da lata de lixo e eu nem percebi sair. Acabei de perder uma fonte de matéria para filme de terror,,,, não dói nadica de nada.!!!!!!!!! Minha estada no hospital da UNICAMP nesses últimos quinze dias foi uma lição de vida que não vou esquecer nunca mais, presenciei fatos que não teria visto nunca em nossa confortável vida de humanos de classe média com preocupações medíocres. Agradeço a cada um dos que estiveram a meu lado, trocando meus curativos, minha roupa de cama, aplicando remédios, às vezes às 02h00 da madrugada, me levando alimentos a cada duas horas ou só perguntando se eu estava bem ou sentindo dor,,,,,,, estar ali foi estar um pouquinho no céu com anjos em nossa volta.......... agradeço a Deus por ter tido essa oportunidade e já convoco a todos os que participaram da 1º parte do Turismo Voluntário, o “Roteiro das Sensações” para reiniciarmos esse projeto interrompido pela minha parada involuntária. Estou pronto para retornar e aguardo notícias de todos.


Muito obrigado pelas orações, luzes azuis, rezas, mensagens, pensamentos positivos e força que vocês enviaram para mim, foram muito úteis! No dia em que sai da UTI, estava em meu leito no quarto, início da noite, uma moça se aproximou bem perto de minha cabeceira e como tudo era novidade não estranhei, na verdade assustei um pouco de ver alguém tão perto de mim. Com uma voz muito doce olhou para mim e perguntou se podia fazer uma oração para mim.......... agradeci e fechei os olhos esperando a oração,,,,,, nunca mais vi essa moça em meu quarto, nem sei quem era,,,,,,,, mas, lembrei de cada um de vocês, como se ela fosse uma representante e estivesse trazendo pessoalmente suas mensagens e luz!!!!!! Beijos E muito obrigado por tudo!

33


Turismo na UNICAMP. 27 de janeiro de 2012

Bom dia meninos e meninas! Para aqueles que esperam por notícias aqui vai. Ontem estive na UNICAMP (no HC) fui visitar minha equipe de médicos e médicas como de praxe. As notícias são boas em relação à cirurgia, a cicatrização está ótima, já recebi autorização para ficar sem o curativo, em casa, se for sair tenho que fazer de novo, faz parte do jogo, “enrolar o meio de campo”. Sendo assim encerro minha participação no ambulatório de _Cabeça e Pescoço_ volto na sexta que vem para lavar o ouvido, mas, aí já é na otorrinolaringologia com a Dra. Maria Augusta, a única médica da equipe que eu ainda não conhecia, vê se pode ficar surdo nessa altura do campeonato. Não fosse isso já estaria liberado, primeira fase é claro, ainda volto lá daqui uns meses e devo fazer acompanhamento por cinco anos. Bom... para terminar essa boa fase, tive essa semana uma hemorragia no olho direito o que foi afetado pela cirurgia e ainda estava inchado, fiquei parecendo ator da série Crepúsculo, até uma vampirinha se apaixonou por mim, aí até explicar que eu não era....... mas, não afetou o olho, apesar de estar cheio de sangue já que não há espaço para vazão, fica parecendo um aquário do mar vermelho, só colírio e compressas de água gelada resolve. O resultado disso tudo é que ficou, no lugar da cirurgia, um espaço sem cabelo parecendo uma Lua cheia, para amenizar estou lançando um concurso de ideias de como disfarçar esse espaço vazio. Algumas sugestões já foram dadas...... 1_ De meu cabeleireiro.... deixar uma franja tipo EMO!!!!!! Hummmmm....... 2_ Fazer uma tatuagem de lua cheia com direito a Dragão e São Jorge... os Curintianus adoraram a ideia,, já os sampaulinos nem tanto, alguns ainda perguntaram se o dragão era cor de rosa e gay......... tira isso da cabeça!!!!!!!!!!! 3_ Mandar fazer um peruca para colocar no local que pode ser colada, o Eduardo disse que não sai nem na piscina................ Essas foram algumas,,, se vocês puderem me ajudar,,, estou esperando sugestões........ Para encerrar meu turismo na UNICAMP ontem, que durou o dia inteiro,, ecaaaaaaaaa...... fui promovido.... agora estou no departamento de oncologia, até estou procurando informações se há residência para pacientes,,, se tem para médico por que não para mim???????? Na oncologia a história muda um pouco, vou passar por uma assistente social e fazer terapia com uma psicóloga, viu que chique?????? A notícia ruim do dia é que tenho que fazer quimioterapia e devo iniciar no dia 15 de fevereiro, então a ideia do concurso vai ter que esperar..... ainda não sei se haverá cabelo para combinar com as sugestões, portanto por favor aguardem até eu saber qual vai ser o efeito colateral aí sim a gente pensa em um efeito especial..... Assim que eu souber mando mais notícias........... Beijos a todos!!!! Jane Menezes Ai, Lisca, você é inacreditável. Consegue me fazer rir com essa sua situação braba. Rio me sentindo culpada de poder rir apesar de tudo e, ao mesmo tempo, admirando a sua capacidade de fazer piada de tudo isso. Para a lua cheia na sua cabeça, você podia usar uma boina de pintor francês, que vai combinar muito bem com você. Com quimioterapia ou sem, você vai ficar um charme. Continue firme, primão. Você está vencendo todas as batalhas e vai ganhar essa guerra. Vamos continuar não dando folga para os santos e anjos da guarda e te mandando muita energia positiva. Beijos saudosos 34


Caminhando com a morte! 16 de fevereiro de 2012

Ela estava ali, na sala a minha frente sentada em uma maca, branca, pálida, era só pele e osso, era a própria vida se esvaindo de um corpo. Esse foi um dos piores setores que passei nesse hospital, a oncologia. No corredor de espera eram muitos, segundo a assistente social atendem 130 por dia. No rosto já não se vê a esperança de cura, mas, a falta de informação do que ira acontecer nas próximas horas. Ainda não entendi o que se passa na cabeça dessas pessoas, até na minha havia um vazio com incertezas. A campainha de chamada começava a incomodar, os números aparecem aleatoriamente sem uma razão aparente, eram minutos sem fim. Até que enfim chamaram o meu, do pouco que eu sabia era que deveria passar por nutricionista, assistente social, psicólogo e médico. A primeira chamada era só para entregar minha ficha de consulta, nesse instante aprendi que o número de chamada seria sempre o mesmo. Logo em seguida fui chamado de novo, agora para uma sala 14, que não existia, é no corredor que uma enfermeira atende seus pacientes para medir a altura, pesar e foi aí meu primeiro contato com a vida indo. Um senhor de aproximadamente uns sessenta a setenta anos, não dá mais para perceber a idade, seu aspecto físico está bem debilitado, peso de 45 kg, altura 1,65 m., seus passos bem curtinhos eram amparados pela enfermeira que parecia cuidar de um parente próximo, com toda paciência que Deus deu a essas profissionais. Ainda não entendi de onde sai a força para essas profissionais cuidarem de pessoas com um fim próximo, como se fossem o Anjo da passagem para outros mundos, como se a elas fosse dado o poder de fazer a dor a angustia e o desespero sumirem em um passe de mágica. Até agora só encontrei esse dom na rede pública de saúde, a diferença entre um e outro é o fato do saldo bancário se tornar o analgésico para esses males. Quanta ironia do destino. O retorno para a fila de espera, aquela campainha da tecnologia faz soar um alerta em nossa mente, para cada toque um novo quadro se forma. Alguns amparados por cadeiras de rodas, as forças já se foram, outros na espera de uma notícia boa que nem sempre vem, são poucos que saem dali como aquela senhora que após a consulta saiu como se fosse dar piruetas no ar, ainda não sei se de angustia ou de dor, saiu daquele corredor rindo e apressada como o vento. A cada chamada uma história inteira de vida se passa em nossa frente. Ali não existe rico, não existe pobre, todos estão juntos no mesmo barco. A chamada agora é pelo nome, uma voz feminina de uma adolescente, a nutricionista, na aparência de uma jovem que há poucos dias deixou sua mãe com o coração aflito de uma filha que “bate asas”, mas com a firmeza de quem foi a melhor aluna da classe, característica da maioria dos profissionais daquele hospital que é referencia em todo país. Ela explica todos os detalhes das mudanças que terei que fazer em minha vida alimentar, para que minha saúde seja um aliado em meu próximo tratamento, que meu corpo esteja forte e pronto para enfrentar todas as agressividades que as drogas venham causar. A clareza com que ela fala é própria de quem explica para o mais ignorante dos seres humanos, uma condição quase que unânime naquele hospital, lá se atende aqueles que vêm de todo canto do país, muitos deles viajaram por horas a fio no meio da madrugada, alguns sem nada para se alimentar e por ali ficam horas até o retorno a cidade de origem. Acho que essa condição amolece o coração até do mais duro ser humano e o transforma em gelatina......Talvez seja por isso que ao passar para a iniciativa privada eles encontrem com as “madames” e os “senhores do destino da humanidade”, reclamando da falta de caviar na dieta, os façam ficar irônicos....... E assim vai a pequena notável, explicando cada passo de meu novo procedimento com a paciência de quem tem todo tempo do mundo, mesmo sabendo que eu sou só um das centenas de pessoas que a esperam naquele dia. A gente começa a se apaixonar por cada um desses profissionais que nos atendem...... Vamos nós de novo para a fila de espera....... Mais uma chamada, mais uma “criança” com característica de médico nos atende,,,, a aparência pode nos enganar, mas a firmeza de suas palavras nos indicam mais um atendimento eficiente....nova lista de perguntas, a maioria iguais, o único inconveniente que se nota a repetição de informações (as básicas) para todos os profissionais que nos atendem.......enfim rsrsrs....vamos lá...já disse trezentas vezes que não 35


fumo mais,,, rsrsrsrs que bebo socialmente e que exagero na alimentação,,, rsrsrsrs... mas sem essas, eles não podem dar o diagnóstico e o tratamento certo que precisamos, a moça da balança disse o menor detalhe, como peso errado ou altura, pode fazer diferença na droga utilizada, aí fazer mal ou bem ou simplesmente agredir... Depois da sabatina e de uma sessão de análise,,,,,, aperta pescoço, aperta a garganta,,,,, dessa vez ele apertou entre as axilas....... perguntas,,,,, respostas... aperta mais um pouco,,,, procura nódulos ou informações que possam alterar o diagnóstico............ não fala nada pede para esperar um pouco e sai da sala com todo meu prontuário...foi consultar seu professor sobre o que ele entendeu e o que deve ser feito, uma atitude que já acostumei depois de seis meses zanzando pelos corredores daquele hospital/escola..... A longa espera pelo diagnóstico é interrompida por um médico, esse aparentemente já professor, solicitando o espaço para outra consulta, que deixou aparente as mazelas da falta de estrutura e espaço que aquele setor tem..... no estado mais rico da nação um dos maiores hospital de clínicas agoniza por falta de coragem de seus governantes em aplicar recursos na saúde pública.....isso ficou claro quando o governador em entrevista a uma rede local de televisão disse não ter nada a ver com esse hospital, que não era um problema dele ,,,deve ser nosso que não aprendemos a votar......... Enfim a espera agora foi no corredor da clínica,,,,, foi onde vi a “Morte” sentada em uma maca,,, vi a morte andando de cadeiras de rodas,,, vi a agonia de não saber o que iria acontecer........vi o efeito da “droga salvadora” saindo pelos poros e deixando a pele alva como nuvem, ficando sem brilho e tomando o formato dos ossos....para alguns um último momento de agonia..... para outros esperança de sair logo daquele tratamento.......... As diversas formas da morte sumiram, quando o futuro doutor me chamou para o consultório para me dar uma notícia ao menos inusitada,,,, pelo menos para mim foi...... Depois de uma longa conversa sobre sonhos, desejos e incertezas que pairam na cabeça de um jovem estudante de medicina veio o diagnóstico final: - Não há estudo no Brasil e no mundo que confirme a eficácia da droga sugerida em pacientes com quadro clínico igual ao meu, portanto a partir daquele momento eu seria encaminhado para a radioterapia, “para avaliação” se aquele setor indica tratamento de radiação ou não, porque aparentemente não há de nenhuma intervenção medicamentosa que seja adjuvante......... Para isso vou passar por uma nova bateria de exames, incluindo uma nova tomografia, (ainda bem que ele não falou em PET Scan CT.....) e uma série de exames de sangue para verificar se há algum indicio de sobra da doença e se há necessidade ou não de radioterapia......... Depois de passar horas ao lado da morte,,,,,, a vida me dá um novo alento e assim vou enfrentando os descaminhos da vida.. agora mais forte do que nunca.....ou pelo menos com mais esperança de poder ficar mais um pouco nesse planeta,,, que apesar de todas as agressões sofridas ainda tem esperança de um dia se encontrar um modo equilibrado de receber e cuidar de seus habitantes...

36


Luciano Liesenberg Liska, obrigado pelas notícias e sempre que puder, nos mantenha atualizados. Continuamos a rezar para que você esteja o mais breve possível plenamente recuperado, e tenhamos força e clareza mental para superar esses desafios. Abração Cleide e José Carlos Luís Carlos, Por quanto aprendizado você tem passado! Apesar de, aparentemente ser bastante difícil, tenho certeza que você tem conseguido tirar de letra, uma vez que você é uma pessoa espiritualizada, otimista, que segue em frente! Somente quem já passou ou está passando por este processo tem condições de avaliar cada etapa vencida. O que a gente tem certeza é que Deus prepara sempre o melhor caminho! Estamos constantemente torcendo por você! E, se precisar de alguma coisa, conte conosco! Um grande beijo Jane Menezes Primão querido, Essa experiência deve ter sido extremamente pesada para você. É a primeira vez que o sinto tão tenso, mesmo com o novo alento de vida. Provavelmente, nada do que eu diga seja bom o suficiente para levantar mais o seu moral, porque nunca trilhei esses caminhos que você descreve tão vividamente. Mas duas pessoas sempre me veem à memória quando penso em situações assim: a vó Emília, que não sofreu essa dor física, mas passou pela dor inimaginável que é a de uma mãe que perde algum dos seus filhos, e o meu cunhado, irmão do meu ex-marido, que contraiu AIDS quando a doença ainda não era controlada. Ambos demonstraram sempre muita fé e muita gratidão por todas as demais coisas boas que tiveram na vida. E os dois, em momentos diferentes, disseram que essa fé e essa gratidão os ajudou a viver mais e melhor. Peço a Deus que me abençoe com essa fé e essa gratidão e peço o mesmo para você. Com amor

37


Estou na rádio! Crônicas de um hospital. 28 de fevereiro de 2012

Bom dia queridos amigos e amigas, primos e primas, irmãs e irmãos........!!!!!!! Minha maratona continua agora de uma maneira mais amena, espero! Na última sexta-feira estive no HC da UNICAMP pra mais uma consulta, agora com uma médica que, acho eu, é caça talentos também, vocês acreditam que ela me mandou para a rádio? Verdade......... Será que alguém de vocês andou fazendo propaganda de minhas crônicas?????? “Ela até que disfarçou eu “hobby” de caça talentos, me mandou sentar em uma maca,,, me apertou... apertou,,, fez um questionário enorme,,,,,, perguntou se fumava...... será que é para garantir que minha voz saia perfeita no ar???????? Perguntou se eu bebia e ficou contente com a resposta de beber socialmente.... se não teria que cantar,,,,, O ébrio ou o Bêbado equilibrista... rsrsrsrs.... Apesar dela não ter me mandado o contrato ainda, me fez assinar um monte de documentos, declarando que estou ciente de estar na rádio,,, eu fiquei feliz, apesar de não falar nada de cachê...... será que é por enquanto quer não tem cachê????......... Depois de escrever para jornais e sites...... Enfim estou na rádio........ Assim que eu souber qual faixa mando notícias...... Seria interessante poder contar a vocês dessa maneira minha nova aventura,,, essa não menos pior que que a oncologia, mas tem uma vantagem, a enfermeira que faz os procedimentos de praxe é uma gozadora de primeira,,, e todos os atendentes são extremamente bem humorados,,, nem a fragilidade e agonia dos pacientes faz eles perderem o bom humor....... Cada procedimento se torna uma piadinha e um motivo para dar risadas...... todos muito atenciosos,,,, até exagerado as vezes, mas faz um bem danado àqueles que ali estão!!!!! Minha nova médica é uma graça, apesar de nome de índia, Jumara, não tem nada de nativa.... muito pelo contrário, é nórdica!!!!!! Loira de pele bem clara, idade de menina ainda,, essa já tem aparência de mais madura..... o que é uma característica do ambiente, não sei o porque mas não há aqueles médicos novinhos,, todos tem aparência de médicos com mais experiência!!!!!! Muito simpática Jumara atende aos pacientes como se fosse o único... com uma paciência de oriental ..responde a todas as perguntas com clareza e detalhes........ e se desilude quando diz que temos que entrar em uma fila de espera...... Depois dessa médica, fui encaminhado ao dentista, outro setor onde não se vê alunos,,,, não sei porque essa discriminação com a criançada.....até tenho saudades de minha junta médica da “Cabeça e pescoço”.... onde há R1 - R2 – R3---professor 1 ---professor 2,,,, especialistas e experts (Ph.D., Ph.Z., Ph.Y.).... tinha de tudo por lá!!!! Enfim...... o dentista com nome de vindo do “Neurolinguista” Ignácio,,, aquele que dá início!!!!!! Essa parte me desanimou um pouco, ele me falou sobre as alterações que a rádio fará em meu organismo,,,, é claro dependendo do tipo de radiação que irão usar no meu caso, mas, ele deu sinal de que a rádio detona o sistema imunológico tanto quanto a quimio!!! Engraçado que para a quimio eu já estava preparado,,, para a rádio não!!!!!!!! Algumas coisas que fiquei sabendo na radiologia.............. a cirurgia, apesar de ter sido muito complexa,,,,,, deixou resquícios do tumor na parótida... não muito para a quimioterapia mas o suficiente para a radioterapia......... Vou ter que fazer uma série de exames para saber qual o grau de evolução e qual o tratamento adequado,,,,, devo passar por uma série de especialistas para avaliações, já comecei na odonto porque vai ser feito “rádio” na região do pescoço de onde foi extraído um gânglio contaminado,,,,,,,, e na parótida e isso faz que a região do maxilar seja afetada.................. Enfim,,,,,,, não se preocupem,,, não vou cantar na rádio, portanto não obrigarei vocês a ficarem ouvindo rádio o dia inteiro só para dar ibope.rsrsrsr Beijos a todos,, logo mando mais notícias

38


Julia Pallandi Caro Luís, Que bom seu bom humor... Sempre digo que há duas maneiras de fazer as coisas: sorrindo ou chorando. Quando as meninas eram pequenas e precisavam tomar injeção ou algum remédio horrível eu logo falava: você vai ter que tomar, agora escolhe como... se chorar acho que vai demorar mais... Com o meu irmão doente eu havia esquecido disso, de como enfrentar as coisas... agora você me fez lembrar... Espero que tudo corra da melhor maneira possível. Um abraço Prof. Ângela Barbieri Nigro

Boa tarde!!! Você eeeeee muito malucooooo!! Provavelmente você já começou a escrever um livro né.... quero um autografado!!! Que historia de vida! Ângela

Cássia

Jane Menezes

Luís, Você é um ser iluminado e um grande amigo, um amigo especial. Fique bem! E que Nossa Senhora esteja sempre ao seu lado. Beijos

Negri, Estou torcendo por você e colocando você em minhas orações e em meus pensamentos positivos. Deus te abençoe e te proteja. Beijos

Bom dia primão, Até acreditei que seu bom humor tinha feito tamanho sucesso que você, seguindo os passos da Cíntia, ia começar um programa de rádio. Santa ignorância a minha! Parece que você encontrou uma médica especial: nome de índia, cara de nórdica, paciência de oriental... Tomara que ela tenha o conhecimento dos sábios de todas as raças. E tomara que o tal do Ignácio dê início a algo que traga resultados definitivamente positivos. Depois de tudo isso, querido, acho que você vai ter todo o direito de cantar no rádio com todos nós que te amamos ligados em você. rsrsrsrs Que Deus te abençoe e que todas as nossas orações e pedidos pela sua cura encontrem os ouvidos e a boa vontade divinos. Beijos

39


Antônio Carlos Nossas jornadas sempre são bem variadas, nos bancos das escolas, buscando trabalho, passeando, mostrando, ensinando ............. nos curando. Tenho certeza que com a paciência, humor e humildade que você tem nos mostrado a distância do seu objetivo será bem pequena e o sucesso logo virá. Abraços Regina Buzo - COMTUR

Negri... Enfrente tudo... assim mesmo... do seu jeito de ver tudo por ângulos nunca vistos... isso é exemplo ...isso é força tirada nem sei de onde... ou sei... de você mesmo... Um beijo meu amigo e minha admiração sempre...

40


Chamado na rádio! 19 de março de 2012

Enfim a continuação. Após um longo e tenebroso silêncio, de deixar qualquer um de cabelos em pé, quanto mais àqueles que estão na cena do evento, recebi um telefonema. Nessa segunda meu sono estava um tanto quanto agitado, já viu geminiano sem informações, fica desesperado. O silencio do hospital era mórbido, apesar de eu ter passado por todas as cirurgias necessárias e possíveis ainda falta o complemento do tratamento, as duas vertentes seriam a quimioterapia ou a radioterapia. Como fui reprovado na quimio, só restou a rádio, mas, a espera é longa. Demora mais que namorada se aprontando para sair! Depois que passei por avaliação pela Dra Jumara, a nórdica com nome de índia e paciência de oriental, não consegui mais informações sobre como e quando seria o tratamento. Voltei várias vezes para obter informações, mas, o máximo que consegui foi, devem te chamar dentro de quinze dias, depois você vai ser chamado dentro de vinte dias, o tempo passa e a espera não diminui???????? Não entendi muito bem isso!!!!! Na última vez que voltei na radiologia, a informação era que estavam chamando os pacientes do mês de janeiro e eu tinha chegado lá no dia 24 de fevereiro. Pelo menos eles sabiam que eu tinha passado por lá. Isso tudo seria tranquilo não fosse o fato do tumor localizado na parótida estar aumentando novamente, por isso corremos ao médico do “Pescoço e Cabeça”. Com a falta de informação o jeito era correr para o lado que a corda é mais grossa e onde eu havia passado os últimos seis meses de minha vida, pelo menos lá conheço todos os caminhos do intrincado mundo dos hospitais. A conversa com a Dra. Vanessa foi muito rápida, o suficiente para ela saber que havia urgência, em poucos instantes voltou com o Dr. Pablo, o médico que fez a última cirurgia. Ele não nos deu muitas esperanças, sua frase final foi: - Na radiologia todos são casos de urgência! Isso broxa qualquer um..... pior que “Estou com dor de cabeça!!!!!” A solução é esperar a chamada da radiologia. Mas aquela bolinha do lado do ouvido aumentando é como um alarme que não para de tocar e ninguém desativa....... fica buzinando dentro de nossas cabeças,,, ou fora como é o caso. Eu não via mais soluções aparentes a não ser me conformar, a Cláudia sugeriu o Hospital do Servidor em São Paulo, mas, teria que começar tudo de novo e se é para esperar melhor “esperar no ponto”. Outra opção seria a Rosangela, do Hospital Dia, essa teria uma solução imediata, como sempre. Dr. João deve ficar feliz em saber que ela está ao seu lado auxiliando em todos os casos com uma rapidez enorme, até pensei em como ele sobrevive se ela tirar férias!!!!!!!!!!! Toda vez que liguei para ela havia uma solução, seja lá qual for o problema.. Até para a sogra de um amigo que está nas últimas ela indicou um médico especialista em tratamento paliativo, se há problema a Rosângela tem a solução!!!!!! Mas antes de fazer isso tentei mais uma vez com o Dr. Pablo, até teria o Dr. Chone, como última opção. Quarta-feira passada voltei na radiologia e a atendente com uma calma de fazer inveja à tartaruga, foi mais uma vez ver como estava minha situação, o engraçado é que ela nunca esboçou nenhum indicativo de que eu estava incomodando, mesmo com minhas perguntas insistentes, ela sempre atende como se fosse a primeira vez. Lá foi ela mais uma vez perguntar à médica quais eram as minhas possibilidades. Quando ela voltou com a resposta de que estavam chamando o pessoal de janeiro eu quase desmontei................ eu era de 24 de fevereiro!!!! Nada disso teria importância não fosse o fato de eu estar sentindo uma nova sensação que até então não havia em meu tratamento... a dor! Isso para mim era novidade até então...... mas começou a aparecer no lugar da bolinha! Sai da radiologia um tanto quanto desanimado da vida.... nada na vida é pior do que a sensação de não ter esperanças, de não saber o que fazer....eu que sou crítico quando escuto na TV a frase coloquial de catástrofes...... - Mais, o que nóis podia fazê?????? A gente num temos pra onde í, o jeito é morrê mesmo!!!! 41


Não é o meu caso, os pensamentos correm como a velocidade da luz e já nos aponta para os possíveis “portos-seguro”, quais as possibilidades nessa situação, às vezes o trabalho como guia nos auxilia nessas ondas de crise...... nos dá novas visões de uma mesma situação. Já que estava no HC da UNICAMP, fui até o ambulatório de Pescoço e Cabeça, de novo. Dessa vez até a Graça, cujo nome diz o que ela é de fato, ficou meio sem jeito de me atender, Sugeriu um atendimento de emergência.... não me convenceu!!!!!! Como ela sempre tem uma solução para tudo, disse o seguinte: - Vou abrir uma guia de atendimento emergencial e vou tentar achar um médico para assinar....... coisas da burocracia nacional!!!!!! Pouco depois veio ela e um médico que não faz jus ao nome, nem ao pessoal do pescoço e cabeça “Dr. Carlos”,,, que deveria ser alguém sorridente, parecia que acordou do lado errado, fato que ficou descartado no dia seguinte,,,,, continuava com a mesma cara “ de quem comeu e não gostou”!!!! Fato raríssimo nesse hospital, mas, como eu não conhecia o doutor e não sabia seus motivos para estar de mal humor..... e ele fez o que eu precisava.....!!!!!!! A coisa era tão feia que até para assinar na requisição ele se recusou,,,, bateu o carimbo virou as costas e se mandou! O que leva uma pessoa assim ser médico???????????? Enfim........ No dia seguinte estava eu lá,,,,, Dessa vez o Dr. Pablo veio me atender direto...sem a Dra. Vanessa. Às vezes acho que há alguém lá em cima que gosta muito de mim...... Cheguei no hospital uma hora após o combinado, uma fila enorme para ser atendido,,,, fui chamado em menos de dez minutos!!!!! Dr. Pablo ouviu mais uma vez minhas lamentações e minha ladainha,,,,, Um fato mudou nesse dia, a atendente da radiologia havia dado uma sugestão, falar com o médico que fez a cirurgia e pedir para ele conversar direto com a médica da radiologia,,,,, falou em um sussurro como se fosse segredo......com certeza é melhor! Esse foi o meu pedido ao Dr. Pablo e ele vendo que não poderia fazer mais nada, disse que iria imediatamente falar com a médica. A resposta veio em menos de cinco minutos: - Falei com a médica, há uma fila de espera de vinte e cinco pessoas, mas ela vai tentar te passar na frente! As minhas esperanças não eram tão grande assim, nessa segunda feira, acordei pensando em ligar para a Rosangela, meu Anjo da Guarda aqui da terra e pedir encaminhamento para outro hospital, que com certeza seria Barretos ou Jaú, onde há hospitais de referência nesses tratamentos e não seria nada confortável passar um mês fora de casa em um lugar desconhecido, mas, se fosse a solução..........vamos lá!!!!! Acordei muito cedo nessa segunda, uma dorzinha de barriga, me incomodou o final da noite e me fez acordar bem antes do normal, como eu tinha que escrever alguns artigos para o Jornal de Mococa, vim para o computador, respondi um único e-mail que havia recebido durante a noite e escrevi mais um, não era nem sete e meia o telefone tocou, coisa rara aqui em casa, salvo emergências ou notícias ruins as ligações são sempre depois das nove. Era para mim essa ligação, perguntaram por mim, e só depois disseram que era da UNICAMP, perguntando se eu poderia estar no HC dia 22 próximo,,, como se houvesse escolha e se isso fosse uma vontade minha,,, rsrsrsrs.... Fui chamado na Rádio!!!!!!!!!!

42


Star Wars - O retorno da onconlogia! 27 de março de 2012

Vigésimo primeiro dia solar, achar um lugar para estacionar a “Estrela de Prata”, apesar de ser uma nave compacta, estava sendo uma tortura, nem no fundo da galáxia havia espaço sideral suficiente. Lá se vai mais uma vez cinco solaris, moeda local, para estacionar no satélite particular. O calor que é gerado pela proximidade do sol faz a caminhada ser extenuante, o ar quente e pesado está difícil de ser captado pelos ventiladores pulmonares. Lembra uma Lua deserta e sem ar. Na chegada já não havia local nem para sentar, a senha de acesso mostrava um número enorme de visitantes para aquele dia, para minha sorte a maioria já tinha ido embora, mesmo assim o desfile de aberrações da natureza era intenso. Eu não saberia denominar os planetas de onde se originavam aqueles seres, cada um com suas dores e peculiaridades, as deformações nem sempre eram aparentes, mas a maioria assim como eu já não faz questão de esconder a diferença de terráqueos normais. São bolas grudadas no pescoço, nódulos que crescem aleatoriamente, a minha falta de cabelo era no meu ponto de vista a mais normal diferença. Só o som da campainha, no fundo do corredor ainda lotado chamava a atenção de todos ao mesmo tempo, era por lá que iriamos para o cadafalso. Cada um com sua sina, cada um com sua dor, mas todos com esperança de um dia sair definitivamente daquele corredor de angustias. Só pensando assim, como Luke Skywalker viria aquele lugar para passar o tempo na longa espera por atendimento. A oncologia é o único lugar deste hospital onde eu me sinto angustiado, ainda não entendi o porquê disso. Nos outros setores há o mesmo número de pessoas, o atendimento, em média, dura o mesmo tempo, a visão de pessoas sendo retalhadas na tentativa de estancar a doença é a mesma e o fim de todos é a oncologia. Ontem não foi diferente da primeira vez (Caminhando com a morte), quando percebi o ar angustiante daquele setor. A rotina foi a mesma, passar pelo atendente, depois pesar e aguardar. O espaço de tempo entre uma chamada e outra é rápido, mas minutos passados naquele corredor são suficientes para deparar com tragédias humanas. Pessoas com náuseas, em cadeira de rodas impossibilitadas de caminhar por causa da fragilidade causada pela quimioterapia. A traqueostomia é quase unânime em todos os setores, uma vez que a maioria dos pacientes vem da “Cabeça e Pescoço”, eu acabei sendo uma aberração. A espera estava sendo um pouco mais difícil por causa da novidade em meu caso, a dor. Só de pensar que a dor era causada pela agressividade do tumor e que ele está se espalhando por todo cérebro dá “pano pra manga”!!!!! Tocou a campainha e apareceu meu número com indicação da sala que devo ir. Na porta, uma garotinha loirinha de uns vinte e poucos anos, nem chega aos vinte e cinco, Izabela, se apresenta como a psicóloga. Nessa sala só eu e ela entramos, as perguntas de praxe e ela tentou fazer uma consulta, tentou porque não durou mais que dez minutos, mas foi o suficiente para eu perceber que ela tem muito caminho a percorrer. Ali está o divisor de águas entre ser uma profissional de potencial ou uma terapeuta de causas sem nexo. Essa tem muita água para passar debaixo da ponte para ser alguém da medicina dos pensamentos sadios. Terminada a “sessão” ela me deu opção de voltar ou não, ao meu gosto!!!! Enfim um lugar que possa escolher continuar ou não, os outros eu não tenho essa mordomia toda. Mais um pouco de tempo nova chamada, agora de uma profissional de verdade, tive o privilégio de ser atendido pela professora de nutricionismo. Checou minha ficha, fez algumas recomendações, esclareceu alguns detalhes que eu nem pensei que poderiam acontecer, a necessidade de uma alimentação diferenciada no final da radiologia e na possibilidade de alimentação via sonda. Segundo ela os raios que queimam o tumor também atingem as mucosas internas da boca e garganta, então a possibilidade de ficar difícil de engolir. Nada como ser preparado antes. De volta para o corredor de espera o tédio toma conta,,,,, o tempo passa mais lento, temperado pela fome, já era hora do almoço e o tempo corre em compasso de sesta. Apesar de parecer uma eternidade, logo a Dra. Aline chamou para usa sala, uma graça de médica, alegre e muito simpática, leu meu prontuário com algumas perguntas para ace43


lerar o processo e já dava uma versão para a dor. Não era o tumor que estava comendo meu cérebro,,,,,,, porque tumor não dói!!!!!! Deveria ser alguma inflamação decorrente da cirurgia..... nada que sete dias de antibiótico não resolvesse......e esse do tamanho de uma jujuba.....deve curar até o tumor. Como já havia sido chamado para a rádio, ela marcou um retorno para após o tratamento, daqui a dois meses para uma reavaliação e me dispensou. Nessa altura do campeonato a fome era o meu pior inimigo,,, sai correndo,,, mas não sem esquecer que no dia seguinte haveria a avaliação para inicio da rádio e eu não sabia o que me esperava..... A meleca assassina!!!!!!!!!!!!!!!!

44


A meleca assassina! 27 de março de 2012

Enfim a tão esperada radioterapia, a solução de todos os problemas. De todos os diagnósticos só esse tratamento era viável para meu caso, todos os médicos foram unânimes e eu esperando o início desse que será o fim de todas as angustias, dores e cirurgias invasivas. Com a ligação recebida na segunda-feira confirmando hoje como data de início das sessões, lá fui eu para lá saber o que me esperava. Não foi menos angustiante quanto ao PET Scan.. Na chegada um stress desnecessário, meu prontuário sumiu e a recepcionista pediu para eu buscar, virou uma maratona digna de Sherlock Homes, quais eram as pistas deste prontuário? A primeira pista era uma ficha que havia na radiologia que indicava todos os passos que eu dei nos últimos meses, portanto por onde foi usado meu prontuário, o mais engraçado que a última pista nos levava direto para o ambulatório de Cabeça e Pescoço, para minha sorte lá conheço a maioria dos médicos e atendentes, o que foi ótimo para descartar esse local. A enfermeira chefe, Sônia, me atendeu e deu a próxima pista, poderia ser um departamento da oncologia, o de Cabeça e Pescoço, na oncologia. De volta para aquele corredor comprido, hoje mais vazio. O Atendente um garoto “bem humorado” e muito atencioso, disse que se lembrava de mim, porque eu pedi umas informações para ele, caso eu precisasse falar com a nutricionista sem marcar consulta, mas, não sabia de meu prontuário..... Um último lampejo..... uma ligação,,,, acharam o prontuário,,, estava no arquivo central, de onde nunca saiu naquele dia....... Resolvido isso, estava pronto para o inicio da “marcação” na radiologia, mal sabia eu o que me esperava....... A meleca assassina!!!!!!!!!!!!!!! A enfermeira atendente da “Marcação”, muito simpática e falante,,, me levou para uma sala que lembra uma sala de Raio-X, lá me explicou os próximos passos, iriam colocar uma máscara de plástico quente no rosto para moldar segundo meus contornos e assim fazer a marcação dos lugares onde serão aplicados os raios para queimar o tumor, essa máscara será minha companheira por longos 35 dias, tempo que deve durar a radioterapia. Será usada por longos dez minutos todos os dias....... Assim fixar meu rosto para o raio ser aplicado todos os dias no mesmo lugar. Tem coisas que só passando para a gente entender como funciona a mente humana.... quantas vezes usei máscara de carnaval ou pano no rosto tentando imitar o Zorro!!!!!!!! Não sabia o desespero que daria quando fosse colocado em meu rosto a “Meleca Assassina”. O procedimento deveria durar dez minutos no máximo, mas devem ter encurtado tamanho foi meu desespero,,,, aquele plástico quente colocado no rosto, não queima, não é mais diferente que uma compressa quente, mas parecia gosmento e grudou no rosto de uma forma que eu não poderia tirar, a mente viaja................palco de tragédia Grega!!!!!! Além de tudo a cor é de um verde clarinho, quase para o transparente,,, haja imaginação...... e paciência dos médicos, técnicos e enfermeiros/as que ali estavam e pediam paciência que já estava acabando. A máscara esfriou e ficou dura, só aí eu percebi que estava preso na mesa, não conseguia virar a cabeça... e a respiração ficou mais pesada,,,, lembrava o momento do PET Scan... A impressão que eu tinha é que iria faltar ar........sensação que para mim é uma constante, devido ao meu passado tenebroso de ex-fumante...... - Só mais um minuto - pedia a enfermeira, o médico o técnico todos que estavam na sala... se eu mexesse estragaria todo trabalho.... - Só mais um minuto e vamos tirar,,,, só fazer mais uma marcação e tirar uma foto....... - o desespero aumentava........enfim a foto e a retirada da “Máscara de Ferro”..... Encerrou ... por hoje!!!!! Semana que vem começa tudo de novo, agora por 35 dias seguidos.... Vamos lá...

45


Jane Menezes Lisca, “Ouvindo” o seu relato, me espanto mais uma vez com a incrível capacidade de adaptação e resistência que temos. Cansei de me dizer e de ouvir outras pessoas dizerem que jamais suportariam determinadas coisas, como essa da meleca assassina. E sempre me surpreendo quando vejo ou fico sabendo que alguém passou por essas coisas terríveis e, no final das contas, sobreviveu muito bem, obrigado. Querido, depois de tudo o que você enfrentou até agora, esses 35 dias seguidos vão ser fichinha, você vai ver, mesmo que o seu cansaço diga que não. E, nesse tempo, há um batalhão de gente se concentrando em você e enviando boas energias para a sua cura. =) Imagino a dureza que deve ser, mas estamos respirando fundo com você, primão. Beijocas Luís Carlos Querida prima! Eu também me surpreendo com minha falta de coragem e agonia por não conseguir passar alguns minutos, não chegou a quinze minutos o procedimento total, do tempo que deitei e a enfermeira colocou a meleca quente em meu rosto. O físico fez a marcação e orientou o técnico dos lugares por onde deveria fazer a radiação. Como nós somos frágeis......... Porém não poderia deixar de ouvir as gozações da enfermeira, por sinal uma graça de pessoa. ela olhava para a Cláudia e dizia:- Só podia ser homem..... se fosse mulher ...!!!!!!!!! Depois ela confessou que também não saberia qual seria a reação se fosse ela no meu lugar, não resolveu, mas, mostrou o quanto ela estava preocupada com minha situação, aliás uma característica comum naquele hospital. Mas,,,,, como vivemos de surpresas,,,, sempre lembro que há mais de cinco anos atrás eu dizia que largaria minha esposa, família mas, não pararia de fumar! Para quem fumava quatro maços de cigarros por dia, era uma afirmativa mais que real..... faz cinco anos e dois meses que fumei meu último cigarro, então vamos enfrentar essa, cada dia uma etapa...... Muito obrigado pelas energias positivas....minhas radioterapias serão todos os dias às 19h40...de segunda a sextafeira, até o 35º dia, por favor pensamentos positivos nesse horário. Beijos

46


Beth É Bilisca, parece que a última etapa de seu tratamento ainda será longa, mas eu acho que passará logo!!!!! Vai valer a pena, eu já passei por isso e já se passaram 4 anos. Será que se você, há um tempo atrás, quando ainda fumava, tivesse lido uma historia parecida com a sua, vc teria conseguido parar de fumar antes? Quero dizer se você pretende escrever um livro, você não acha que ele vai ajudar muita gente a parar de fumar? Beijos Luís Carlos

Não tinha pensado nessa vertente... vou pensar nisso com mais cuidado, quem sabe uns dois ou três parem de fumar por causa disso! Beijos Lucia Helena (She)

Oi Lisca.... É... a vida não é fácil e às vezes nos deixa malucos!! Como você disse, serão 35 dias. Mas que acabam!! E passam rápido apesar de parecerem uma eternidade... Saiba que estamos junto.. rezando, torcendo e enviando muitas forças pra você! Muitos beijos!!!

47


Acelerando vidas! 27 de março de 2012

Chegou o tão tenebroso dia, minha primeira participação na radioterapia, meu primeiro dia com a máscara de meleca assassina! A solicitação era para eu estar no ambulatório quarenta minutos antes da primeira aplicação e assim fiz, às 19h eu estava lá. A entrada é pelo setor de emergência do HC, o que não sei se nos dá motivos para acalmar ou piora a situação, uma vez que há centenas de pessoas em macas aguardando para serem atendidas ou esperando para algum procedimento. A dor dos outros é sempre alento para as nossas, mas ainda não entendi se era para a minha angustia. A passagem foi rápida e sem muitos olhares, como se fosse possível não ver aquilo tudo em nosso redor. A escolha para aplicações noturnas acho eu que foi uma das mais acertadas, a sala de recepção da radioterapia que de dia é bem tumultuada, com uma mistura de tratamentos, consultas e pessoas procurando informações, a noite já dá para perceber é mais tranquila, não está vazia, mas se percebe que é só de pacientes em tratamento e devido a longa jornada de cada um deles, já são íntimos e solidários. Informei a enfermeira sobre minha chegada e uma primeira informação nada animadora, aquele dia estavam atrasadas as aplicações, para eu ter um pouco de paciência e aguardar ser chamado, frase que aterroriza qualquer paciente, mas como o nome diz, somos pacientes. Apesar da demora anunciada, não foi tão drástico assim, logo ela me chamou para a entrevista e esclarecimentos, o que foi um alento a espera, a fila anda. Valeu esperar, a enfermeira chefe, Virginia com toda calma do mundo me explicou o que iria acontecer, especificamente no meu caso. A primeira explicação não pude deixar de fazer uma piadinha, coisa que não costumo fazer, é claro, ainda mais em uma situação tão séria como essa. Virgínia nos explicou que existem dois tipos de radiação a de cobalto e a do acelerador de partículas o que logo associei a um micro-ondas que é um acelerador de átomos também. Acho que ela não entendeu a piada, porque com toda calma, me explicou todos os pormenores do acelerador de partículas linear. Essa calma vai ser muito útil nas próximas sessões, uma vez que ela me orientou sobre um monte de dúvidas que a nutricionista havia deixado como tomar sopinha para me manter nutrido, usar uma serie de complementos alimentares, ter que usar sonda gastro no final do tratamento e aftas que poderiam aparecer no interior bucal. Devido ser um tratamento só na pele, não atingiria nem a boca nem a garganta, nem o fígado nem o baço nem o dedão do pé......!!!!!! A She já quer saber quem falou sobre o baço, fígado e dedão do pé.....!!!!!!!! Alguém por favor, explica??????? Outras explicações vieram em seguida, como a de virar nenê.....só tomar banho com shampoo neutro, sabão neutro ......sem perfumes ......justo agora que achei meu Brutt????? Desodorante pode.............. As recomendações não paravam por aí, iam para a alimentação mais segura,,,,,,, ou mais saudável, muito mais água,,, adeus cervejinha de fim de semana.............. menos gordura, menos churrascos,,, nada de sol,,,,, mais frutas.......isso para mim já é mais que normal,, fora a cervejinha de fim de semana..snifffffffffff......... a que eu achei mais engraçada foi a de ,....não nadar!!!!!!!! Nada de piscina,,,, nada de exercícios na água!!! Puxa ..... arrumei uma boa desculpa para fugir da academia que a Natália tanto queria eu fizesse......mas.......fazer exercícios, pode, desde que seja na sombra!!!!!!!. Outra novidade foi a de evitar lugares muito quentes, lugares muito frio, lugares com aglomeração de pessoas...ou seja.....estou fora de atividades...... Virginia se mostrou extremamente atenciosa, depois de meu relato sobre a Meleca Assassina e de meu pavor por ficar preso na maca, ela com toda calma do mundo disse que a aplicação era muito rápida, só no primeiro dia seria mais demorado porque teriam de fazer marcação, foi o suficiente para todo “litro” de Rescue que a Cláudia me fez tomar perdesse o efeito instantaneamente. Não adiantou ela tentar me convencer de que seria “normal”, seria no ponto de vista dela, então ela se rendeu e foi conversar com a médica. A resposta não foi diferente do esperado, já que eu estava usando o Rescue, um floral conhecido, vamos tentar hoje para ver qual seria minha reação........ depois dessas considerações finais, pediu para eu aguardar na recepção que iriam chamar em seguida. 48


No interior do micro-ondas! 27 de março de 2012

No retorno a sala de recepção, uma surpresa, uma senhora que entrava com cara de quem iria fazer radioterapia, muito conhecida nossa, inclusive de minha família. Dona Antonieta era uma das moradoras do edifício Primavera na Rua Luzitana, ela era recepcionista do cardiologista da Vó Emília e muito amiga de minha mãe, acompanhou todo tratamento dela até o final e sempre nos deu apoio nas horas mais difíceis. Apesar da aparência mais acabada e dos cabelos bem brancos e curtos, que é um indicio de quimioterapia, ela não tinha mudado muito foi fácil reconhece-la. Fui lá conversar com ela. Sua lucidez é de fazer inveja a qualquer um, há anos que não nos encontramos e ela me reconheceu, não falou meu nome, mas disse: - Você é filho da Maria?????? - Perguntou das “crianças” e comentou: - Está na radioterapia também??? Não havia mais tempo para conversas a médica veio me chamar......... Entrar na sala do “microondas” foi início de mal estar e agonia, mas até ali eu estava bem calmo, olhei o aparelho e a maca. Era grande aberto, uma sala bem iluminada e com ar condicionado, lá estavam dois meninos que ainda não sei se são médicos ou físicos, um enfermeiro que eu já tinha visto várias vezes chamando pacientes para pesar e depois para consultas e a física, uma loira alta, muito bonita, mas até então não havia entendido qual seria a linha dela, de boazinha ou tirana??????? A segunda hipótese eu já descartei por conta dos outros profissionais desse hospital, em geral eram todos muito “humanos” e tratavam os pacientes com toda calma do mundo. Expliquei para eles sobre minha condição de terror, principalmente depois da “Meleca Assassina”, mas acho que eles não deram muita bola para o que eu falei!!!!!!! - Vai ser rapidinho...... - Nós fazemos isso até com crianças......... - Deita aí...... Deitei colocaram a máscara, não durou nem dois segundos ....se eles não tirassem eu iria arrancar.......acho que fiquei com vergonha nessa hora......deitei e fiquei quietinho enquanto eles colocavam a “Máscara de Ferro”. Tentei lembrar coisas boas, como o de expirar mais do que respirar, conforme orientações da Heloísa. Ela havia me dito que quando estamos nervosos a tendência é de respirar mais forte e mais vezes, então o pulmão fica sem espaço para receber mais ar e não conseguimos respirar mais, dá ansiedade e ansiosos tentamos puxar mais ar...,,,, assim vira uma bola de neve e a consequência é pânico....... Só aí percebi que meu coração estava a mil por hora......então comecei a respirar mais lentamente e soltando mais ar do que puxando...ajudou...pensei que eu estava ali para meu bem,,,, e para me ajudar na cura ....... Mas às vezes dava desespero de novo.... tentava sair e a cabeça estava presa, aí a respiração voltava a ficar mais intensa.................. A frase que mais escutei foi .... calma,,, já vai acabar,,,,, estamos fazendo a marcação...... nesse instante ouvi a maior mentira de todos os tempos que uma física poderia dizer......................... - Quando terminar a primeira parte, nós tiramos a máscara antes de continuar...!!!!! Sei lá se ela achou que eu iria acreditar nela, mas funcionou!!!! Logo sumiu todo mundo a luz piscou, mudou a intensidade e começou um barulho de caixa eletrônico soltando dinheiro....... aparentemente não durou mais do que 30 segundos......acho que terminou a primeira parte!!!!!!!! - Eles iriam soltar a máscara????????? Nesse momento nem eu achava necessário soltar...... percebi que eu estava indo bem, apesar da vontade de sair correndo.......... pensei em tentar dormir um pouco , mas não sem antes tentar me ajeitar e levar mais uma “bronca” Não se mexe que vai estragar a marcação,,, ainda bem que eles não usaram a frase: - Aí vai ter que começar tudo de novo.................. como a menina do PET Scan CT,,, seria o disparo de uma crise de pânico!!!!!!! Eles tinham uma paciência enorme para lidar com isso, a segunda marcação não estava dando certo, ainda não tinham atingido um último ponto e do pouco que entendi tinha que estar tudo em um conjunto para uma única aplicação, ficar prestando atenção na conversa deles ajudou a me distrair!!!!!! Mas e a pausa para o café que haveria entre uma aplicação e 49


outra?????? Vou perguntar para a médica......!!!!!! Físicaa ??????? Físicaaaaaaaa???????? Sumiu...........,,,,,será que ela desconfiou que eu iria cobrar o “Coffee – break?????? Percebi que havia sido enganado, mas, por uma boa causa!!!!! então o jeito era cooperar. Não sem antes levar outra bronca por estar me mexendo....... Depois de “horas” ouvindo entrou 100, entrou 100, faltou um!!!!!! Vira a mesa de lado....entrou 100, entrou 100, faltou um.......... Abaixa a mesa..... e aquele barulhinho de jogos eletrônicos movendo grua.... mexia toda a maca para baixo... para cima......... para o lado.. até o destino final....... entrou 100.... entrou 100,,, entrou 100!!!!!! A luz apagou,, sumiu todo mundo e o barulho que não dura mais que 30 segundos.......... o Fim................ não era, ainda faltava marcar, não resisti em perguntar: - Acabou? Como perguntar não ofende!!!!! A resposta foi curta e grossa, faltam mais três minutos... Será que eles sabem o quanto dura três minutos naquela situação?????? Escutei o barulho de soltar a máscara da cama,,,, até esperei um segundo para ter certeza que não iria encontrar resistência.... levantei e pedi mil desculpas pelo trabalho que dei a eles..... e eles: - Até que você foi bem! Antes de sair ainda um comentário que faz qualquer um se emocionar..... e confiar no trabalho desses profissionais que lidam com a nossa vida!!!! - Nós vamos sair dessa juntos! Até amanhã!

50


51


Lisca em foto de julho de 2010.

Luís Carlos, o Lisca, faleceu no dia 26 de junho de 2012 depois de uma brava e intensa luta contra o melanoma que avançou em todo seu corpo. O seu desejo de publicar essas páginas sempre foi muito grande. Chegou a aprovar a capa elaborada por Paulo Nilson. Tenho certeza de que está no céu, acompanhado de muitas pessoas de nossa família e feliz por ver essa possibilidade de disseminação de sua experiência. Lucia Helena (She) 52

Tratando câncer com humor  

A busca do tratamento de um paciente de melanoma de uma forma bem-humorada.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you