Page 1

mgzn Free Paper

TOKYO

www.tokyomagazine.info Fevereiro, 2018 |

Vol. 6 | Ano 01 | Fevereiro | 2018

Steve Jobs & Curiosidades 6 curiosidades sobre Steve Jobs, o controverso criador da Apple

ENTREVISTA COM RUBENS MAEDA Rubens Maeda fala sobre curiosidades da sua vida e da dicas para quem esta iniciando seu próprio negócio no Japão

KOBE, JAPÃO

Kitano-chō

A maior colonia japonesa de mansões de estilo ocidental na cidade portuária de Kobe inclui uma recreação dos quarteirões 221B Baker Street de Sherlock Holmes.

PÁG

15

Curiosidades sobre o Aborto no Japão O aborto (Chūzetsu) no Japão é legalizado desde o ano de 1948. Felizmente o Japão têm uma taxa de gravidez indesejada bastante pequena.

Starbucks agora tem um Lemon Zest Macchiato

10 PAGE

www.tokyomagazine.info

O maior portal de Notícias do Japão


Magazine Expediente

PRESIDENTE Marco Munetaka VICE PRESIDENTE Everton Fukuji MARKETING & PRODUÇÃO Tokyo Group Mídia PESQUISA & REDAÇÃO Maycon Ishii GERENTE DE VENDAS Nadia Hayashida CORREÇÃO FINAL Valeria Aoyama MÍDIA DIGITAL Erika Hayashida Jackie Fukuji INFORMAÇÕES DISTRIBUIÇÃO: Kantō / Chūbu / Tōkai TIRAGEM: 10 MIL EXEMPLARES PUBLICAÇÃO: TODO DIA 15 FORMATO: A4 E-MAIL info@tokyomagazine.info TEL. 046-216-9142 SITE www.tokyomagazine.info

Seu tempo é limitado Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro. Não sejam aprisionados pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário. Steve Jobs

PÁGINA 04


Capa

Steve Jobs curiosidades sobre Steve Jobs, o controverso criador da Apple

1) Família Jandali Steve era adotado. Seus pais biológicos eram os universitários Joanne Carole Schieble, descendente de alemães e suíços, e Abdulfattah Jandali, que nasceu na Síria. O pai de Joanne era contra o casamento e o bebê foi colocado para adoção, sendo acolhido pela família Jobs. O casal se reuniu tempos depois e até tiveram uma filha.

2) Sem curso superior Assim como o confundador da Microsoft, Steve Jobs não se formou na universidade — mas isso não significa que não gostava de educação ou conhecimento. Ele fez só um semestre no Reed College e largou os estudos, pois ficou entediado e não queria gastar o dinheiro dos pais fazendo o que não queria. Porém, continuou por mais um ano e meio no lugar em aulas que despertaram o seu interesse, como caligrafia e até dança. PÁGINA 06

3) Sem banho Não foram poucas as pessoas que falaram para o jovem Steve Jobs tomar um banho. O cofundador da Apple não gostava muito da prática e muita gente reclamava de seu mau cheiro. Quando trabalhava na Atari, em 1974, até foi transferido para o turno da noite para que menos gente fosse... “prejudicada”.


Capa

O dia da sua Morte, Steve Steve Jobs morreu no dia 5 de outubro de 2011 na sequência de um câncer Steven Paul Jobs (São Francisco, Califórnia, 24 de fevereiro de 1955

5) Criando uma identidade Calça jeans azul e moletom preto de gola rolê é praticamente uma fantasia de Jobs — e essa roupa tem uma história interessante. Nos anos 1980, ele conheceu o designer japonês Issey Miyake, que desenhou uniformes para fábricas da Sony. Jobs sugeriu o mesmo para a Apple, mas a ideia foi completamente rejeitada. Em seguida, o executivo pediu pra Miyake fazer uma roupa só para

No verão de 1972, aos 17 anos, Steve sai de casa, contra a vontade dos pais, para morar numa cabana com sua primeira namorada, Chrisann Brennan. Nesse mesmo período começa a beber, fumar.

ele que fosse uma espécie de marca registrada ou identidade. Jobs tinha mais de 100 unidades do mesmo agasalho. 6) Último suspiro Nada de produtos comerciais: o último projeto de Jobs foi o iate Venus, que ele encomendou com a ajuda do renomado designer francês Philippe Starck. Com 80 metros de comprimento e um custo de mais de US$ 300 milhões, o veículo ficou pronto um ano após a sua morte e hoje pertence à família de Steve. Ele é flagrado volta e meia próximo a alguma ilha paradisíaca.

Em 2015, houve o lançamento do filme biográfico Steve Jobs, onde conta parte da vida do co-fundador da Apple Inc., 4) Malandragem

U

m dos primeiros trabalhos em dupla de Jobs e Steve Wozniak foi vender equipamentos chamados de bluebox, que permitiam a qualquer pessoa fazer ligações telefônicas de graça. Eles lucraram cerca de 6 mil dólares nessa brincadeira.

PÁGINA 07


Entrevista

Um pouco da História de Rubens Maeda Maeda é uns dos maiores empresários da comunidade brasileira no Japão 1- De qual lugar do Brasil você é e quanto tempo está no Japão? R.M.- São Paulo-SP e 30 anos de Japão (Desde 1988) 2- Em 1988, tinha poucos brasileiros? E como foi a recepção dos japoneses para com você? R.M.- Quase não tinha brasileiros e quando encontrávamos um ficávamos surpresos. Sobre a recepção dos japoneses, não posso reclamar porque fui muito bem

recebido.

e saia para vender.

3- Trabalhou muito em fábricas aqui no Japão?

5- Como e para quem vendia as revistas?

R.M.- Trabalhei em Gunma de Abril até Dezembro e vim para Kanagawa,trabalhei 1 ano e pouco fazendo horas extras e depois disso eu trabalhava até as 18:00 porque eu já estava querendo começar a fazer meu próprio negócio. 4- E que tipo de negócio era esse? R.M.- Eu já estava trazendo revistas, colocava tudo em uma mochila e sacolas

R.M.- Eu conversava com o pessoal da fábrica e eles me falavam que em certo lugar tinha uma concentração de brasileiros e apartamentos aonde tinha mais brasileiros. Eu chegava da fábrica, tomava um banho, comia alguma coisa e saia para esses lugares para vender as revistas.

Rubens Maeda é de São Paulo-SP e 30 anos de Japão (Desde 1988) PÁGINA 08


Entrevista

9- Qual a dica você daria para as pessoas que querem ser um bom empreendedor e para os brasileiros que aqui estão? R.M.- Coragem e pensar grande. Porque as vezes a pessoa tem um bom potencial,mas parece que tem medo ou insegurança para fazer o que sabe e realmente gosta. Por isso se forem fazer, pense e faça algo grande. É preciso estudar também, uma dica para as pessoas da minha geração que vieram para o Japão: procure estar estudando para que não chegue aos sessenta e poucos anos e serem demitidos por causa da idade. Temos que ter algo a mais, o mundo de hoje está muito tecnológico e temos que estar “conectados”, pois talvez até a moeda do futuro será a criptomoeda.

Comecei a ler desde muito cedo

Trabalho há 28 anos como empreendendor no Japão. Ter

coragem e pensar grande. Porque as vezes a pessoa tem um bom potencial,mas parece que tem medo ou insegurança para fazer o que sabe e realmente gosta.

Por isso ao cincos anos de idade já estava na primeira série do primário. 6- Mas porquê revistas? R.M.- Quando eu estava em Gunma,gostava muito de estudar e meu pai me enviava sempre um livro e uma revista. O pessoal gostava muito de estar podendo ver e ler alguma coisa do nosso idioma. ( Dava até uma briguinha de leve entre eles por conta de um pular a vez do outro na leitura. Risos...) Porque a revista era um tipo de companheira para nós na época. Automaticamente pedi para meu pai enviar mais exemplares,chegava mais de 50 exemplares pelo correio.

R.M.- DE 1991 para 1992, como sou uma pessoa muito correta, resolvi correr atrás dos direitos legais para poder abrir uma empresa. Fui até o zeimusho,eles dão toda a acessoria para abrir uma empresa. 8- E no Brasil, você já tinha experiência com vendas? R.M.- Bem, começou assim: Com 8 anos de idade eu já lia muito e tinha muitos gibis. E como na época meus pais não me davam dinheiro,resolvi vender meus gibis na feira local, enchia a sacola de lona da minha mãe com eles,forrava um jornal no chão e uma placa de vende-se.

7- E quando resolveu abrir seu próprio negócio? PÁGINA 09


Lançamento

Sempre que a Starbucks anuncia que eles estarão adicionando uma nova bebida à sua formação no Japão, começamos imediatamente a pensar na sua gama de Frappuccino cremoso, perguntando-se sobre os novos sabores que eles já sonharam com os nossos sabores para desfrutar.

Starbucks agora tem um Lemon Zest Macchiato, limitado para venda em apenas nove locais no Japão

À

s vezes, porém, a cadeia mundial de cafés gosta de nos surpreender com uma nova versão que nunca teríamos visto, e isso é exatamente o que eles fizeram nesta semana quando anunciaram a chegada do seu novo Lemon Zest Macchiato.

Ao contrário de muitas das ofertas de edição limitada da empresa, o novo macchiato só pode ser encontrado em nove lojas Starbucks, todas localizadas em Tóquio. Felizmente para nós, não estávamos tão longe de um dos locais escolhidos, em

Okusawa, então nos dirigimos lá o mais rápido possível para obter um sabor do incomum café com citrinos. Esses pontos de venda “Bairro e Café” são conhecidos por ter uma vibração mais sofisticada do que os locais regulares da Starbucks, com interiores elegantes e itens elegantes, como café da marca Reserve e bebidas alcoólicas no menu. Hoje eles estavam anunciando seu novo Lemon Zest Macchiato com muita sinalização fora e dentro da loja.

Os clientes com sabores de gosto à procura de aventura podem escolher entre a seção “Criações” do menu, que inclui iguarias como macchiatos de espuma gelada, tonics espresso e Lemon Zest Macchiato. O que torna este café tão especial é o fato de que contém leite que foi mergulhado com cascas de limão por três horas. Este leite tem um gosto tão exclusivo que o leite em pó sobrando é derramado em um copo separado para que você possa desfrutar plenamente o seu sabor. Com tanta coisa incluída no conjunto, pode ser confuso saber por onde começar, mas de acordo com a equipe, é melhor tentar o macchiato primeiro, seguido de amostragens de chocolate e leite como você quiser, para que você possa desfrutar de todos os diferentes variações de sabor.

PÁGINA 10


Assunto...

Sobre o Aborto no Japão O aborto (Chūzetsu) no Japão é legalizado desde o ano de 1948. O aborto (Chūzetsu) no Japão é legalizado desde o ano de 1948. Felizmente o Japão têm uma taxa de gravidez indesejada bastante pequena. Não é comum discussões religiosas, ou morais em torno da liberação do aborto, a única preocupação do governo é que isso ajuda a diminuir a taxa de natalidade japonesa que é um grande problema. O Japão só permite o aborto com consentimento da mãe e se for por um motivo válido. Qualquer pessoa que tentar praticar ou induzir o aborto sem o consentimento da mãe ou utilizando métodos clandestinos e não autorizados, podem ser punidos e presos. Atualmente, o aborto é amplamente aceito por mais de 70% da população no Japão, isso não significam que eles concordam em abortar, apenas não têm problemas com a lei que permite PÁGINA 12

Aborto De acordo com a lei japonesa, você pode abortar caso: A gravidez foi um resultado de estupro. Não tem condições financeiras para sustentar o filho. Pode comprometer a saúde da mãe. Pode prejudicar a saúde mental ou psíquica da mãe. Não tem condições mentais para cuidar de uma criança.

o aborto e acha que é opção da família decidir tal ato. Outro grande fator é que os japoneses não possuem o costume de se intrometer na vida e decisão dos outros, eles acham falta de respeito e educação ir contra uma opinião alheia. Os números mostram que os médicos e as famílias não são honestas em relação aos motivos permitidos para o aborto. Cerca de 250 mil abortos acontecem no Japão por ano, é impossível que esse numero seja de mães com problemas. Acredita-se que a cada 1.000 mulheres grávidas no Japão, 40 abortam. Vale lembrar que os números nunca são exatos, já que médicos acabam ocultando esses números para não pagarem impostos ou para abortar sem motivo válido.


Turismo

Kitano-chō Um lugar para seu passeio em família

Envie para nossa redação dicas de lugares do Japão, info@tokyomagazine.info

H

á muitos exemplos de arquitetura de estilo ocidental em todo o Japão , mas o distrito histórico de Kitano-chō, de Kobe, tem uma coleção rara e extensa de lares do final do século XIX e início do século XX, quando o porto de Hyogo da cidade se abriu para comerciantes americanos e europeus e diplomatas, que trouxeram suas preferências arquitetônicas particulares com eles.

Localizado no coração da cidade, no sopé do Monte. Rokko, Kitano-chō está cheio de lojas, restaurantes e cafés modernos com uma sensação distintamente internacional, mas o principal sorteio do distrito são as 30 antigas mansões mercantes dos períodos de Meiji e Taishō, muitas das quais abertas ao público como museus. PÁGINA 14

O bairro de Kitano-chō está na cidade de Kobe na prefeitura de Hyogo.

R

esidências estrangeiras como essas são conhecidas como ijinkan , e enquanto existem em outras cidades portuguesas, nenhuma delas está tão concentrada ou bem preservada quanto a de Kitano-chō.

Cada mansão é única e exibe antiguidades, obras de arte e itens históricos. Os fãs de Sherlock Holmes apreciarão a Inglaterra House, onde o segundo andar apresenta memorabilia do grande detetive e uma recreação de seus bairros de 221B Baker Street. As casas da França e da Itália são notáveis ​​por suas coleções de móveis e belas artes, e o Museu Holandês inclui uma perfumaria.


Turismo

Kobe, Japão Os preços de entrada variam de cerca de 500 a 1.000 ienes.

T

alvez a residência mais distintiva do distrito seja a Uroko House, o nome traduzindo grosseiramente a casa “escamosa” - um edifício maciço com torres e telhas de ardósia de várias cores que se parecem com escamas de peixe. A casa oferece belas vistas de Kobe a partir do seu último andar (se você pode parar de olhar para aquelas escamas de peixe maluco).

Saiba como encontrar este bairro. O distrito de Kitano-chō está na cidade de Kobe, na prefeitura de Hyogo. Suas mansões estão a uma curta caminhada de Sannomiya ou Shin-Kobe Stations, e muitas das casas estão abertas ao público. Os preços de entrada variam de cerca de 500 a 1.000 ienes.

A maior coleção japonesa de mansões de estilo ocidental na cidade portuária de Kobe inclui uma recreação dos quarteirões 221B Baker Street de Sherlock Holmes. PÁGINA 15


Saúde Inside Story

Hipnose clínica, tratamento Depressão tem solução! Entenda como funciona a hipnose clínica

O

fato é que hoje existe muito mais informação a respeito, bem como opções de tratamentos. Entre as possibilidades está a hipnose clínica. A técnica, reconhecida pela área médica, tem obtido resultados positivos e em menos tempo na comparação com outras intervenções. No entanto, como sempre digo, é preciso uma primeira consulta para avaliar de que forma o método será aplicado durante o tratamento. Afinal, o que é depressão?

A

ntes de abordar um pouco mais sobre tratamentos e a hipnose clínica vou apresentar uma breve explicação sobre depressão. Vários fatores podem levar uma pessoa a desenvolver a patologia, como genética e condições externas adversas (mortes na família, por exemplo). Ainda não está muito claro como ela surge, mas o fato é que se trata de um problema químico no cérebro.

PÁGINA 16


Inside Story


Esporte / Futsal

Sangue brasileiro no futsal japonês Começamos por Fabio Fiuza O goleiro do Shonan Bellmare Futsal, que é gaúcho,natural de Porto Alegre e está na sua segunda temporada pela liga nacional de futsal japonês (F-League) Antes disso o goleiro já tinha atuado por importantes times do Brasil e da Romênia, são eles: Inter RS(categoria mirim), Ulbra (cat. juvenil), Ulbra/ São Paulo, já como profissional, Cipdeva (Romênia), Brashof(Romênia), Suzano SP, Asaf RS,Cascavel PR e Marreco PR, onde é considerado um grande ídolo e inspiração para futuros goleiros. Fiuza disse em entrevista a Tokyo Magazine que sua adaptação no país asiático foi rápida e fácil, pois o time conta com 2 brasileiros e 1 jogador que tem dupla nacionalidade ( *matéria ao lado) e o técnico do time apesar de ser japonês,fala o idoma português. “O futsal japonês tem muita qualidade individual mas falta o coletivo,principalmente na parte defensiva,os treinos são muito bons mas treinamos apenas 1 período,diferentemente dos times brasileiros.” A torcida e comissão técnica logo se identificaram com o goleiro, pois ele é muito carismático mas principalmente por suas belas atuações e liderança dentro de quadra. “Vim para o Japão para fazer história.” Dicas para os jogadores que estão vindo para o Japão: “Tentar entender a cultura do país, ter respeito,tentar aprender a se comunicar e principalmente: “Jogar bola.” (Risos...)

“Vim para o Japão para fazer história.” PÁGINA 18

Fabio Fiuza


Esporte / Futsal Inside Story

Sangue brasileiro no futsal japonês Na nossa segunda matéria sobre o futsal profissional japonês; apresentaremos agora Felipe Hayashida, jogador que tem dupla nacionalidade (Brasileiro e japonês) O jogador de 25 anos é um dos alas do Shonan Bellmare Futsal e está jogando profissionalmente desde 2016. Filho de pais brasileiros (Nikkeis), nascido em Fujisawa e criado no Japão,Felipe estudou em escolas japonesas. Deu seus primeiros “chutes” aos 6 anos de idade em uma escolinha de futsal; depois disso começou a jogar no time da escola (futebol de campo),apesar de sempre ter sido de baixa estatura e franzino,logo de cara já era um dos destaques do time. Mas a vida foi passando e as responsabilidades chegaram, resolveu que iria trabalhar em uma fábrica, mas nunca deixou de bater sua bolinha. O ala chegava a disputar torneios e sempre com destaque,até que então as pessoas ao seu redor sempre diziam a ele que tinha que tentar fazer um teste em algum time,até que ele mesmo entrou no site do P.S.T.C. Londrina (base do Shonan Bellmare Futsal) e lá estava escrito que estava em aberto a temporada de testes. Teve que passar por 2 testes, a famosa peneira como se diz no Brasil; passou pelas duas e assim conseguiu entrar para a base do Shonan Bellmare. Mas mesmo assim ainda tinha que trabalhar normalmente na fábrica. Atuou 2 anos pelo P.S.T.C. Londrina e subiu para o time principal ha 2 anos atrás. O jogador disse a Tokyo Magazine: “ Foi com muito esforço, muita dedicação e apoio da família que hoje cheguei aonde estou, acreditando no meu potencial.” O ala foi sempre muito veloz e técnico jogando futsal; e não é a toa que foi considerado o jogador mais veloz da liga japonesa de futsal (F-League) na última temporada.

Deu seus primeiros “chutes” aos 6 anos de idade em uma escolinha de futsal; depois disso começou a jogar no time da escola (futebol de campo),apesar de sempre ter sido de baixa estatura e franzino,logo de cara já era um dos destaques do time.

Felipe Hayashida


Vitrine

“Do velho para o novo” “ O intuito é para que todos os clientes se sintam a vontade da mesma forma”

E

xistem muitos bares e restaurantes latinos pelo Japão, mas muitos tendem a sucumbir com o tempo por algum motivo. Mas com o Nays Restobar a história foi bem diferente; situado no estado de Kanagawa, na cidade de Aikawa, o restaurante e bar internacional teve até que mudar de estabelecimento para melhor atender seus clientes. Comandado pelo casal Miyuki e Nory, o projeto foi concretizado no ano de 1997, curiosamente como uma locadora de fitas VHS (na época), mas já com alguns petiscos sendo servidos também. Em entrevista a Tokyo Maga-

“Recebemos indicações dos clientes mais assíduos,quando os mesmos retornam, sua bebida predileta está lá...”

zine, o casal disse que a partir do ano de 2000, como a era da internet se estabeleceu de vez, a parte da locadora naturalmente diminuiu, foi então que resolveram focarem na parte gastronômica do negócio. Tanto que hoje existe uma grande variedade de pratos peruanos, brasileiros, japoneses, PÁGINA 20

lanches e porções, especialidade em bebidas típicas peruanas, brasileiras e um arsenal de bebidas de vários países. É diferente da maioria dos bares e restaurantes brasileiros e latinos, não vemos aquela “tradicional” e “famosa” bandeira dos países específicos no local, pois o intuito é para que todos se sintam a vontade da mesma forma, interessante não ? Além da variedade da casa, o Nays Restobar faz também lanches e pratos específicos para cada temporada do ano, como estamos no inverno, tem: a sopa da casa, seco de carne (costela) com feijão, lanche de lombinho de porco e o sanduíche de frango na brasa, que segue o nome a risca, pois é feito literalmente na brasa do carvão e não


Vitrine

“Por eu ser supersticioso, não costumo falar o que vai vir daqui pra frente, somente que vem muitas novidades.”

a gás

trabalharmos com o

como a

que gostamos, além

maioria. Na parte das bebidas o grande diferencial é

de recebermos muitos elogios, o mais gostoso de tudo é ver nossos clientes satisfeitos e a vontade.”

que recebem

A grande novidade da

indicações dos

casa que está por vir,

próprios clientes mais assíduos,

serão os shows ao vivo (aos domingos)

quando os mesmos

com artistas locais e

retornam, sua bebida

variados, vale a pena

predileta está lá para

conferir.

ser consumida. “ É muito gratificante

PÁGINA 21


ACONTECE...

Festival do morango em Yokohama “bomba” na sexta edição.

O Strawberry Festival

D

PÁGINA 22

esde a primeira edição em 2013 o festival de morangos vem crescendo a cada ano.

Localizado na cidade de Yokohama (Minato Mirai-Akarenga), o intuito do evento é para que as pessoas consumam o morango de uma forma diferente e divertida. No calçadão do Akarenga entre os 2 prédios cujo o nome é Yokohama Red Brick Warehouse, onde é feito o evento, batizaram com o nome de “ichigo Market”;contando com mais de 20 stands no local. Além da imensa variedade de deliciosos,lindos e engenhosos pratos feitos com o tema do festival,o evento também conta com a degustação gratuita de morangos;esse ano foram fornecidos os morangos de TochigiIwaki city (Tome Tochio e Sky Berry) e mais 4 variedades de Fukushima. Existe também stands de souvenirs em 3D,artesanato e atrações como o pula-pula e o jump zone para as crianças, com as proteções adequadas e personalizadas. Durante o período do evento, os restaurantes,cafés e lojas de merchandising situados dentro dos prédios Yokohama Brick Warehouse oferecem itens de seus menus relacionados com o tema. O Strawberry Festival aconteceu entre os dias 2/2 a 12/2/2018.


Música

Dolores O’Riordan é considerada a maior cantora de todos os tempos em seu

O adeus de Dolores O’Riordan Cantora faleceu no último dia 15 de Janeiro. Dolores era vocalista da banda The Cranberries, formada no final dos anos 80 na Irlanda, é considerada uma das bandas mais bem sucedidas de pop rock da década de 90. Chamaram a atenção logo no álbum de estréia com os hits “Linger e dreams”,onde todas as letras das músicas foram compostas por Dolores, mas era só o começo de sua brilhante carreira. No ano passado Dolores teve que cancelar a turnê entre EUA e Europa por problemas de saúde. No último mês de Janeiro a cantora estava em Londres para sessões de gravações, mas no dia 15 de Janeiro Dolores foi encontrada morta no hotel em que estava hospedada (London Hilton on Park Lane). A causa da morte da cantora ainda não foi divulgada oficialmente, mas ha suspeita de suicídio por overdose de Fentanil.

PÁGINA 26

país (Irlanda), faleceu aos 46 anos de idade.


Comunidade


Comunidade

Gostinho de Feira no Japão “ Há 7 anos atrás surgiu a idéia de poder estar fazendo alguma coisa para a comunidade, especificamente de Aikawa (Kanagawa) ”

C

omo nós vendíamos churros em Okazaki, tivemos a idéia de estar fazendo algo útil e agradável para a comunidade de Aikawa.

E juntamente com a barraca de pastel e churros, existe também a igreja INSEJEC ( Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo). Mas na verdade, o propósito desse projeto é para manter a mesma nas finanças e levar qualidade gastronômica e satisfação para as pessoas envolvidas.

Pessoas de diferentes culturas vem para consumir o pastel e churros(Brasileiros,peruanos,japoneses, cambodianos,dominicanos e outras etinias) Muitos sabores estão disponíveis no local, como o clássico pastel de carne,queijo,carne com queijo,pizza,palmito,especial e também o mega especial. Não esquecendo do famoso churros. E o atendimento é: todo último sábado de cada mês, das 11:30 as 20:30. Deus abençoe a todos!

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry’s standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.


Aqui tem produtos do Brasil, Perú é muito mais!

Ás Melhores Carnes e Linguiças!

(Português, Español, 日本語 )

0120 85 6740

Free Dial:

Tel:

046 285 8489

Aberto de Terça a Dom. de 10 a 21hs email: info@saborlatino.jp

facebook: saborlatinoaikawa


TOKYO MAGAZINE NUMBER 6  
TOKYO MAGAZINE NUMBER 6  
Advertisement