Page 1

K


• Sustentabilidade e resíduos

• Resíduos agrícolas

• O que são?

• Resíduos perigosos

• Resíduos sólidos urbanos

• Resíduos tóxicos

• Gestão de RSU

• Resíduos nucleares

• Reciclagem

• Consequências

• Ecoponto

• Símbolos amigos do ambiente

• Prevenção da produção de RSU

• Cuidado com os resíduos

• Resíduos industrias

• Conclusão

• Resíduos hospitalares

• Fontes


A sustentabilidade da vida só é possível se os sistemas naturais funcionarem, por isso tem de se tomar medidas de protecção e conservação da natureza, eliminado os resíduos e os lixos.


Materiais gerados pela actividade humana

Na Natureza não existem resíduos

• São deitados fora ao longo do período de tempo entre a produção e o consumo por aparentemente já não serem úteis •

Vulgarmente chamados de lixo

Existem em abundância no nosso dia-a-dia (ex: jornais, pacotes de bolachas, garrafas de agua)

Rio Malabón, nas Filipinas


• Resíduos sólidos urbanos • Resíduos industrias • Resíduos hospitalares • Resíduos agrícolas • Resíduos perigosos • Resíduos tóxicos • Resíduos nucleares Zona desabitada onde foram acumulados resíduos


Os resíduos sólidos urbanos (RSU) são os resíduos que são produzidos no dia-a-dia da população humana. Ou seja são todos os resíduos produzidos nas nossas casas e nos estabelecimentos comerciais como os restaurantes, bares e cafés.

Lixo domestico e contentores do lixo na via pública


Podemos classificar os RSU da seguinte maneira: • Matéria orgânica (restos de comida) • Papel (e cartão) • Plástico( e metal) • Vidro • Outros (roupas, óleos de cozinha e óleos de motor,etc)

Percentagens da divisão dos RSU recolhidos e diferentes contentores para a divisão dos RSU


A gestão dos RSU é importante pois serve para minimizar o impacto da acumulação de resíduos.

Camiões de recolha do lixo


Até finais do século passado apenas se fazia recolha indiferenciada e deposição em lixeiras. Em 1997 foi criado um Plano Estratégico para a Gestão dos Resíduos Sólidos e Urbanos (PERSU) que decidiu: -lixeiras seriam encerradas ou convertidas em aterros. Em 2005, foi aprovado o Plano de Intervenção de Resíduos Sólidos Urbanos e Equiparados, que define que os aterros se destinam aos resíduos últimos (resíduos que já não podem ser sujeitos a operações de tratamento).

Vista aérea de um aterro sanitário e descarga de um camião do lixo numa lixeira.


A reciclagem é o reaproveitamento dos materias como matéria-prima para um novo produto. O simbolo é feito com setas onde se forma um "círculo". Cada setinha do símbolo, representa uma transformação deste material em um novo objeto. Ou seja, aquilo que foi usado para fazer um material, é utilizado de novo para fazer outro material, e de novo, e de novo, e de novo…

Latas colocadas em blocos após a primeira fase da reciclagem e ideia de reciclagem “transformar o velho e inútil em novo e útil”


A reciclagem começa em nossa casa, no momento em que separamos os nossos resíduos pelos diferentes ecopontos. Assim, eis o que se deve e não deve colocar em cada ecoponto.

Ecopontos!


Ecoponto amarelo!


Ecoponto azul!


Ecoponto verde!


Mais recentemente apareceram os ecopontos vermelhos – pilhão - (para pilhas e os ecopontos laranjas – oleão (para óleos alimentares usados).

Pilhão e oleão.


Objectivo de separar o lixo: - maximizar as quantidades de materiais para reutilizar - diminuir a necessidade de deposição em aterros.


A valorização é o reaproveitamento dos RSU e tem lugar em unidades industriais de tratamento e valorização. Nessas unidades, os RSU, são sujeitos à triagem – separação de materiais, a parte mineral vai para indústrias de reciclagem, a parte orgânica é sujeita a tratamento biológico por decomposição (compostagem) a energia libertada neste processo é utilizada para produção eléctrica.

Esquema simplificado do percurso dos materiais desde a produção até à sua reciclagem.


Os resíduos industriais são os resíduos que são produzidos nos processos industriais. Ou seja são todos os resíduos produzidos nas fábricas resultantes da exploração, manufacturação e utilização dos recursos naturais.

Zona onde se acumularem pneus e resíduos gasosos provenientes de uma fábrica


Como os processos industriais são muito diversificados geram uma diversidade muito elevada de resíduos industriais. Estes podem ser sólidos, líquidos ou gasosos. Uma grande parte destes resíduos pode ser reutilizada. Alguns dos resíduos possuem químicos que os impossibilitam de serem reciclados e poluem o ambiente.

Resíduos industriais líquidos, sólidos e gasosos


Os resíduos hospitalares (ou resíduos de serviços de saúde - RSS) são os resíduos que são produzidos nas unidades de prestação de cuidados de saúde de humanos e animais. Ou seja são todos os resíduos produzidos em hospitais, centros de saúde, laboratórios, etc.

Unidade hospitalar e laboratório.


Os Resíduos hospitalares dividem-se em: • resíduos sólidos • resíduos semi-sólidos • resíduos líquidos Estes resíduos possuem particularidades que os tornam perigosos para os ecossistemas e isso invalida-os de serem depositados na via pública juntamente com os RSU antes de serem devidamente tratados.

Contentores próprios para RSS e símbolo dos RSS


Os resíduos agrícolas são os resíduos que são gerados directa ou indirectamente na exploração agrícola. Enquadram-se neste tipo de resíduos os pneus e óleos usados, embalagens de produtos fitofarmacêuticos, embalagens de medicamentos veterinários e os Plásticos.

Prática agrícola mecanizada


Os resíduos perigosos são os resíduos que contêm substâncias extremamente prejudiciais ao equilíbrio e os ecossistemas e a saúde das suas populações. Alguns RSU, como as pilhas, óleo alimentares e electrodomésticos com CFC são considerados resíduos perigosos. No entanto também encontramos resíduos perigosos nos resíduos industriais, hospitalares, etc. Alguns destes resíduos são causadores da poluição e demoram muitos anos a decompor-se.

Electrodomésticos abandonados numa zona verde e pilha em decomposição.


Os resíduos tóxicos são os resíduos perigosos que a longo prazo causam graves problemas nos ecossistemas. Causadores de poluição, propagam-se através de toxinas que contaminam ar, água e solo.

Tratamento de resíduos tóxicos.


Os resíduos nucleares (também denominados de resíduos radioactivos) são resíduos perigosos que resultam dos processos de produção de energia nuclear. Possuem químicos radioactivos e são tão prejudiciais para a saúde que pode até mesmo provocar mutações nos seres.

Acumulação de resíduos tóxicos, transporte dos mesmos e símbolo da radioactividade.


Eis as consequências da deposição de resíduos em locais desapropriados...

http://www.youtube.com/watch?v=_Oh9F8RyJII&feature=related


Simbolo do ponto verde: As embalagens que possuem este s铆mbolo informam o consumidor que podem ser recicladas.

Rotulo ecol贸gico: Significa que o produto tem um reduzido impacte ambiental durante o s eu ciclo de vida.


SĂ­mbolo internacional da reciclagem

SĂ­mbolos dos diferentes materiais: Simbolizam os diferentes materiais que podem ser reciclados


Devemos ter cuidado com os resíduos que produzimos porque estes podem afectar a geodiversidade! Geodiversidade È a variedade de elementos e de processos geológicos, sob qualquer forma, a qualquer escala e a qualquer nível de integração, existente no nosso Planeta. Ou seja… Conceito de Geodiversidade- é um conceito integrador fundamental que engloba todos os materiais e fenómenos geológicos que dão corpo ao Planeta e o modificam (a sua estrutura e a sua superfície) e que, em conjugação com a biodiversidade, define a essência material da Terra e o modo como ela se transforma e evolui. Ou seja…


• Os resíduos estão presentes em toda a nossa vida. • Todas as nossas acções têm impacto no ambiente. • A reciclagem é o primeiro passo num mundo mais limpo.

Dá para reflectir…


• http://www.netfontes.com.br/create_logo.php/xenophone.htm • http://minhavidaeumatreva.blogspot.com/2010/05/o-brasil-e-umlixo.html • http://neburi.wordpress.com/2007/12/page/2/ • http://politicacampinas.blogspot.com/2010_08_01_archive.html • www.eb23-d-miguelalmeida.rcts.pt/ArcaNoe/Jornal40/residuos.htm • http://www.canalkids.com.br/tecnologia/invencoes/lixo.htm • http://afonsoisaac.wordpress.com/2011/01/28/dinheiro-nao-elixo-mas-lixo-e-dinheiro/ • www.wikipedia.com • http://www.google.pt/webhp?hl=pt-PT • http://www.youtube.com/watch?v=_Oh9F8RyJII&feature=related

beatriz carrancho_catarina gomes_claudia almeida_residuos_8c_maristas  

KK • Sustentabilidade e resíduos • O que são? • Resíduos sólidos urbanos • Gestão de RSU • Reciclagem • Ecoponto • Prevenção da produção de...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you