Issuu on Google+

Andreia Costa n º1 Bruna Falcão nº 3 Liliana Paulos nº10

A violência sexual

20 de Novembro de 2013


Andreia Costa n º1 Liliana Paulos nº10 Bruna Falcão nº 3

A VIOLÊNCIA SEXUAL Disciplina: Educação para a Cidadania Professora: Margarida Santeiro

7 de Fevereiro de 2014


Agradecimentos Andreia Costa: Quero agradecer a todos aqueles que me apoiaram durante a realização deste trabalho.

Liliana Paulos: Quero agradecer a minha família e amigos.

Bruna Falcão: Quero agradecer a toda a minha família.


Resumo O abuso sexual é uma conduta sexual praticada com uma criança por um adulto ou por outra criança mais velha. A nível psicológico e emocional os danos provocados pelo abuso sexual contra uma criança são gigantescos. Apesar de qualquer número que se possa dar à quantidade de casos tem de se ter em conta que a quantidade real é muito superior, pelos mais diversos motivos, vergonha, medo, ameaças, poucas são as crianças apoiadas pelas famílias a apresentar queixa.

Palavras-chave: Sexualidade; violência; consequências; agressão.


Índice Introdução ..................................................................................................................................... 7 1.O que é uma agressão sexual? ................................................................................................... 7 2.Que consequências tem uma violação? ..................................................................................... 8 3.Violação e tentativa de violação ................................................................................................ 8 4.O abuso sexual ........................................................................................................................... 9 5.Abuso sexual de menores .......................................................................................................... 9 Conclusão .................................................................................................................................... 10 Bibliografia .................................................................................................................................. 10

Índice de imagens Imagem 1 - o medo........................................................................................................... 7 Imagem 2 - agressão física................................................................................................ 8 Imagem 3 - agressão verbal.............................................................................................. 8 Imagem 4 - escravatura humana ...................................................................................... 9 Imagem 5 - o silêncio e o medo........................................................................................ 9


Introdução Este é o trabalho de Cidadania que foi pedido para ser realizado pela professora Margarida Santeiro no 2º período. Neste trabalho dentro do tema A Sexualidade iremos apresentar o tema da Violência Sexual. Escolhemos este tema porque a violência é um problema que atinge milhares de pessoas e não só as crianças, adolescentes ou as mulheres. É praticada por qualquer pessoa e pode ser realizada contra quase tudo – pessoas, animais e objectos. É um tema que possui muitas vertentes.

1. O que é uma agressão sexual? Uma agressão sexual é uma relação sexual não consentida, que se deu por intimidação, violação ou outra circunstância grave. A agressão sexual acarreta sempre violência ou intimidação quando se atenta contra a liberdade da vítima. Uma agressão sexual é um acto muito serio, uma vez que atenta contra a dignidade da vítima. Portanto, é punível por lei, uma vez que se restringiu, limitou ou anulou a livre decisão de uma pessoa em relação à sua actividade sexual. Imagem 1 - o medo

Fonte: Falemos de sexualidade

7


2. Que consequências tem uma violação? Uma violação acarreta sempre consequências graves para a vítima. A agressão sexual provoca profundas alterações no estado emocional. Alem disso, deve-se logo no primeiro momento analisar se terá produzido uma gravidez ou contágio de uma infecção sexualmente transmissível. Então, a vítima deve contactar de imediato um hospital ou centro e saúde. A violação representa um dos motivos legais para se poder proceder a uma interrupção voluntária de gravidez. Imagem 2 -agressão física

Fonte: Falemos de sexualidade

3.Violação e tentativa de violação A violação é uma agressão sexual. Usou-se de violência para forçar uma pessoa a realizar um acto sexual sem o seu consentimento. Pode ter-se dado o caso de, num momento inicial, essa pessoa ter consentido beijos e carícias; mas depois pode ter sido obrigada e ameaçada a continuar o jogo sexual sem o desejar. Pode ter havido violação (se se consumou o ato sexual ou pode ter-se tratado de uma tentativa de violação, se não se deu o coito. Nem o álcool ou outras drogas, nem a “provocação” (da rapariga), nem a “necessidade sexual” (do rapaz) desculpam alguma vez uma violação. Imagem 3 - agressão verbal

Fonte: Falemos de sexualidade

8


4.O abuso sexual As hormonas são a base química do desejo sexual. E podem atuar diretamente sobre o cérebro. Quando se mistura a força das hormonas, as necessidades sexuais insatisfeitas e certos tipos de personalidade, o resultado final pode ser uma pessoa com um comportamento sexual explosivo. Por vezes, pessoas assim desejam aproveitar-se de outras pessoas para se satisfazerem sexualmente, mesmo que seja contra o consentimento delas. Pode haver violência e intimidação (abuso sexual) ou mesmo que o acossador se exceda na sua autoridade e force e ameace a vítima (assédio sexual). Imagem 4 - escravatura humana

Fonte: Falemos de sexualidade

5.Abuso sexual de menores Os motivos do abuso infantil são vários, entre elas, destacam-se a própria ignorância do que é abuso infantil - neste sentido veja-se quão nova é a temática no Brasil da síndrome da alienação parental, e, é claro, os resultantes de transtornos vários da mente humana, além de vícios, como o alcoolismo e o uso de drogas ilegais. Muitas vezes, os pais/cuidadores da criança são pobres e/ou possuem pouca educação, e podem tentar impedir o acesso da criança aos serviços médicos necessários, evitando a descoberta do abuso por parte dos médicos. Imagem 5 - o silêncio e o medo

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Abuso_infantil

9


Conclusão A agressão sexual é o ato de forçar alguém a ter relações sexuais contra a sua vontade, por meio de violência ou ameaça. A violência na qual o agressor abusa do poder que tem sobre a vítima para obter gratificação sexual, sem o seu consentimento, sendo induzida ou obrigada a práticas sexuais com ou sem violência física. A violência sexual acaba por englobar o medo, a vergonha e a culpa sentidos pela vítima, mesmo naquelas que acabam por denunciar o agressor, por essa razão, a ocorrência destes crimes tende a ser ocultada.

Bibliografia Mateu, L. C. (2008). Falemos de Sexualidade (C.Ramos, Trad.). Lisboa: Plátano Editora. Frade, A. M. (1999). Educação Sexual na Escola. Lisboa: Texto Editora. Silva, N. M. (1988). Os Jovens e a Sexualidade. Lisboa: Editorial do Ministério da Educação. http://pt.wikipedia.org/wiki/Abuso_infantil, consultado em 29 de janeiro de 2014.

10


Andreia