Page 1

[Escrever texto]

BIBLIOTECA ESCOLAR – CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS BE/CRE

Dezembro 2010


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Artigo 1º

Escola, do Projecto Curricular de Escola e dos Projectos Curriculares de Turma.

Objecto e âmbito do Regimento Interno da 3. A Biblioteca Escolar é um centro de

Biblioteca Escolar/Centro de Recursos

recursos

Educativos

educativos

de

natureza

e

suporte diversificados apropriados para 1. Este

regimento

pretende

definir

os

promover novas opções educativas e

princípios orientadores da organização,

pedagógicas,

funcionamento e utilização da Biblioteca

utilizadores

Escolar/Centro de Recursos Educativos

diversificadas, de meios socioeconómicos

(BE/CRE) ou abreviadamente Biblioteca

diferentes

Escolar (BE) da Escola Secundária com

profissionais diversas.

Ciclo

do

Cartaxo,

segundo

e

a

características

com

expectativas

Artigo 3º Missão e finalidades

2. O Regimento Interno da BE/CRE aplica-

1. A Biblioteca Escolar tem a missão de

se a todos os utilizadores:

promover e desenvolver as metas e objectivos

a) Alunos.

educativos,

proporcionando

recursos pedagógicos e serviços de

b) Professores.

aprendizagem

c) Assistentes Operacionais. membros e

atender

os

Escolar da IFLA/UNESCO.

escolar

de

com

princípios do Manifesto da Biblioteca

d) Outros

capazes

educativa,

do ensino/aprendizagem e da cultura,

desde

contribuindo para o sucesso educativo.

que

2. A Biblioteca Escolar disponibiliza serviços de aprendizagem, livros e recursos, que

3. O Regimento Interno da BE/CRE deve ser conhecido e respeitado por todos os

permitem

utilizadores.

comunidade

a

pensadores Artigo 2º

os

membros

escolar críticos

da

tornarem-se e

utilizadores

suportes e meios de comunicação.

1. A Biblioteca Escolar/Centro de Recursos

do

todos

efectivos da informação em todos os

Identidade

dinamizador

de

comunidade

devidamente identificados.

assume-se

perspectiva

desenvolvimento das diversas literacias,

da

Educativos,

numa

o

Manifesto

da

Biblioteca

1

pólo

Escolar da IFLA/UNESCO “A Biblioteca

educativo

Escolar proporciona informação e ideias

como

processo

3. Segundo

promovendo as competências de literacia

fundamentais

(leitura,

e

sucedidos na sociedade actual, baseada

digitais), proporcionando o acesso à

na informação e no conhecimento. A

informação,

tecnologias

para

sermos

bem

informação e conhecimento. 1

2. A Biblioteca Escolar assume-se como parte integrante do Projecto Educativo de

Recursos, F. I. (1999). A Biblioteca Escolar no Ensino-Aprendizagem para todos. Manifesto da Biblioteca Escolar da IFLA/UNESCO.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 1 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos biblioteca

escolar

estudantes

desenvolve

competências

aprendizagem

ao

longo

para da

vida

nos

d) RECREATIVAS:

cidadãos

a

a

ocupação útil dos tempos livres e

e

elaborando informação, materiais e

desenvolve a imaginação, permitindo-lhes tornarem-se

valorizando

programas de valor recreativo.

responsáveis”

(1999, p. 1). Artigo 4º 4. A Biblioteca Escolar procura diversificar Metas

os ambientes educativos numa lógica de aquisição

e

desenvolvimento

de

competências para a aprendizagem ao

As grandes metas para a Biblioteca Escolar da Escola Secundária do Cartaxo são:

longo da vida, fundamentais para a sociedade

de

informação

e

do

prazer pela leitura.

conhecimento. 5. A Biblioteca Escolar assume uma posição privilegiada

enquanto

instrumento

ao

serviço da igualdade de oportunidades, da liberdade intelectual e da educação gratuita, promovendo o acesso livre a recursos, serviços e equipamentos e não se

sujeitando

a

qualquer

forma

de

censura ideológica, política ou religiosa ou a pressões comerciais.

pressupostos, a Biblioteca desenvolve funções com finalidades:

informação

Informação

e

e

Comunicação

nas

actividades lectivas e não-lectivas, em articulação com o Plano Tecnológico da Educação. 3. Abrir a escola ao exterior, principalmente na

elaboração

e

concretização

de

projectos educativos. a

prática

colaborativa

e

reflexiva na concepção e implementação do currículo. 5. Adequar

a) INFORMATIVAS: fornecendo acesso, de

2. Promover a utilização das Tecnologias de

4. Promover

6. De acordo com a sua missão e os seus

partilha

1. Desenvolver nos jovens o hábito e o

as

instalações

às

reais

necessidades da comunidade escolar. 6. Promover o sucesso escolar.

conhecimento. 7. Reduzir o abandono escolar. b) EDUCATIVAS:

promovendo

um

ambiente favorável às aprendizagens, recursos,

meios,

equipamentos

Artigo 5º

e

serviços de orientação e formação em

Objectivos

integração com as actividades em sala de aula.

A Biblioteca Escolar tem como principais objectivos:

c) CULTURAIS: melhorando a qualidade da criatividade e do desenvolvimento das relações humanas positivas.

1. GESTÃO DA BE a) Contribuir para uma gestão mais eficiente.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 2 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos b) Melhorar as condições de instalação e

(cinco) elementos: 4 (quatro) professores,

equipamentos.

para além do Coordenador, pertencentes

c) Organizar os recursos humanos.

ao quadro de escola com formação em

d) Mobilizar recursos financeiros.

bibliotecas escolares e sólida formação

e) Desenvolver os serviços.

em

f)

Promover

a

cooperação

com

o

Tecnologias

de

Informação

e

Comunicação (TIC) e pelo menos 1 (um)

exterior.

assistente operacional. b) Os professores da equipa são designados

2. GESTÃO DA COLECÇÃO

por um período de 4 anos, pelo Director,

a) Estabelecer e aplicar um conjunto de princípios

de

política

ouvido o parecer do Coordenador.

documental

c) Os professores da equipa poderão ser

adequados à Escola. b) Manter

o

Fundo

substituídos por falta injustificada de documental

cumprimento das actividades propostas

organizado.

no Plano Anual/Plurianual de Actividades.

c) Difundir os recursos. 2. Critérios de selecção 3. CURRÍCULO a) Apoiar as actividades lectivas de ensinoaprendizagem.

O Coordenador é apoiado por uma equipa, cuja selecção foi ponderada a formação académica, de modo a abranger diferentes 2

4. UTILIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO a) Promover a formação de utilizadores. b) Assegurar o ensino e aplicação em contexto de competências de informação.

áreas do saber , assim como a elevada experiência dos diferentes elementos em Bibliotecas Escolares e Competências de Tecnologia de Informação e Comunicação. São critérios de selecção:

5. LEITURA

a) A formação adequada nas áreas de

a) Promover a leitura.

trabalho

b) Desenvolver nos jovens o hábito e o

da

gestão,

organização

e

dinamização das bibliotecas escolares.

prazer da leitura. b) Áreas

multidisciplinares

académica/científica

6. ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO

de

dos

formação diferentes

elementos da equipa.

CURRICULAR E EXTRACURRICULAR

a) Reforçar o papel formativo da BE.

c) Formação/Competências nos seguintes 3

domínios : Artigo 6º - Tecnologias Equipa da BE/CRE

de

Informação

e

Comunicação.

1. Constituição a) O Coordenador da Biblioteca Escolar é apoiado por uma equipa constituída por 5

2

In artº 4º da Portaria n.º 756/2009 de 14 de Julho in Artº 4º, Cap I da Portaria n.º 756/2009 de 14 de Julho 3

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 3 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos - Ciências Documentais.

c) Assegurar a gestão dos recursos humanos

- Gestão de Projectos.

afectos à biblioteca.

- Gestão da Informação.

d) Garantir a organização do espaço e

- Gestão do Domínio Pedagógico.

assegurar a gestão funcional e pedagógica dos recursos materiais afectos à biblioteca.

Artigo 7º

e) Definir e operacionalizar uma política de

Competências do Coordenador da BE/CRE

gestão

dos

recursos

de

informação,

promovendo a sua integração nas práticas de Coordenação nos seguintes domínios:  Tecnologias

de

Informação

professores e alunos. e

Comunicação.  Ciências Documentais.  Gestão de Projectos.

f)

Apoiar

as

 Gestão do domínio pedagógico.

curriculares

e

favorecer o desenvolvimento dos hábitos e competências de literacia (leitura, informação, tecnologias

 Gestão da Informação.

actividades

e

digitais),

trabalhando

colaborativamente com todas as estruturas da escola.

(in Artº 4º, Cap I da Portaria n.º 756/2009 de 14 g)

de Julho)

Apoiar

as

extracurriculares curricular Artigo 8º Funções 1. Coordenador

4

5

actividades

e

incluídas

de no

livres,

enriquecimento plano

anual

de

actividades ou no projecto educativo da escola. h) Estabelecer redes de trabalho cooperativo,

1 - Ao professor Coordenador cabe, com apoio

desenvolvendo projectos de parceria com

da equipa da Biblioteca Escolar, a gestão da

entidades locais.

biblioteca da escola.

i) Implementar processos de avaliação dos

2 - Sem prejuízo de outras tarefas a definir em

serviços e elaborar um relatório anual de auto-

regulamento interno, compete ao professor

avaliação.

Coordenador:

j) Representar a biblioteca escolar no conselho

a) Assegurar um serviço de biblioteca para

pedagógico,

todos os alunos da escola.

interno.

b) Promover a articulação das actividades da

l) Pertencer à equipa do Plano Tecnológico da

biblioteca com os objectivos do projecto

Educação

6

nos

termos

do

regulamento

(PTE), exercendo as seguintes

7

educativo, do projecto curricular de escola e

funções , ao nível do estabelecimento de

dos projectos curriculares de turma.

ensino:

4

In Art 3º da Portaria n.º 756/2009 de 14 de Julho (adaptado)

6

5

7

In Portaria nº 756/2009 de 14 de Julho, a realizar por um professor bibliotecário, com 35 h na BE.

Artº 19, Cap VIII, ponto 4 alínea c Artº 18, Cap V do Despacho n.º 700/2009 de 9 de Janeiro (adaptado)

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 4 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos i. Ajudar na elaboração, de um plano de

Domínio Pedagógico), não excluindo a

acção anual para as Tecnologias de

possível

Informação e Comunicação (Plano TIC).

funções.

Este plano visa promover a utilização das TIC nas actividades lectivas e não lectivas, rentabilizando disponíveis

os e

meios

generalizando

a

sua

comunidade educativa. Este plano TIC ser

concebido

no

quadro

do

projecto educativo da escola e integrar o plano anual de actividades, em estreita articulação com o plano de formação.

ii. Contribuir

para

a

b) Auxiliar

no

nas

tratamento

restantes

do

fundo

documental.

informáticos

utilização por todos os elementos da

deverá

colaboração

elaboração

c) Dinamizar/participar

nas

actividades

propostas no plano de acção da BE. d) Apoiar os alunos em técnicas de estudo e pesquisa e na selecção de material livro e não-livro destinados à sua formação. e) Coadjuvar

o

Coordenador

no

desempenho das suas funções. dos

instrumentos de autonomia definidos no

f) Manter a ordem e um bom ambiente de trabalho na BE.

artigo 9.º do Decreto -Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, integrando a estratégia TIC na

3. Docentes colaboradores na BE/CRE

estratégia global da escola. a) Apoiar os alunos na vertente pedagógica iii. Promover e apoiar a integração das TIC no ensino, na aprendizagem, ao nível de escola.

e operacional. b) Apoiar os utilizadores nas actividades implementadas

ou

desenvolvidas

no

da

BE/CRE

na

Plano

Anual

(ou

BE/CRE

na

espaço da BE/CRE. iv. Colaborar

no

levantamento

de

necessidades de formação e certificação em TIC de docentes e não-docentes.

em

redes

colaborativas

a

equipa

concretização

do

plurianual) de actividades.

v. Fomentar a criação e participação dos docentes

c) Apoiar

de

trabalho com outros docentes ou agentes da comunidade educativa.

d) Apoiar

a

equipa

da

concretização do seu Plano de Acção. e) Manter em condições de funcionamento o espaço

e

serviços

oferecidos

pela

BE/CRE. f) Cumprir e fazer cumprir o regimento da

2. Equipa a) Cada elemento da equipa da BE/CRE fica responsável pela Coordenação de uma determinada Documentais, Gestão

da

função Gestão

BE/CRE. g) Cumprir o horário atribuído.

(Ciências de

Informação,

Projectos, Gestão

do

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 5 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos 4. Assistente(s) operacional(ais) na

Artigo 9º

BE-CRE

Caracterização do espaço

a) Cumprir e fazer cumprir as normas de funcionamento da BE/CRE.

1. A Biblioteca Escolar localiza-se no segundo piso do edifício escolar. Dispõe de mobiliário,

b) Apoiar os utilizadores no uso dos serviços e recursos da Biblioteca

equipamento informático e fundo documental (livro e não - livro).

Escolar. 2. A BE está dividida em cinco áreas c) Assegurar

o

preenchimento

das

funcionais:

grelhas de ocupação diária da BE. a) ZONA DE ATENDIMENTO: Esta zona, d) Elaborar e controlar a leitura de

destinada ao atendimento e serviço de

presença e o empréstimo domiciliário

empréstimo, localizado à entrada da

ou destinado ao trabalho na sala de

Biblioteca, de modo a constituir um posto

aula.

de

observação

e

de

apoio

ao

funcionamento geral. e) Proceder ao tratamento do fundo documental: inventário,

CDU,

b) ZONA DE LEITURA INFORMAL: Esta

respectivas

zona destina-se à leitura em ambiente

catalogação cotação

e

informal

etiquetas.

e

acolhedor,

dispondo

de

mobiliário confortável e adequado. f)

Manter

os

arquivos/registos

actualizados, de forma a permitir e facilitar

o

acesso/consulta

dos

c) ZONA DE LEITURA IMPRESSA: Esta zona acomoda o fundo documental da Biblioteca Escolar, arrumado segundo as

documentos.

normas da CDU. g) Verificar periodicamente o estado de conservação

de

cada

um

dos

d) ZONA

DE

LEITURA

materiais e propor, se necessário, a

MULTIMÉDIA/INTERNET:

sua reparação ou substituição.

localiza-se

na

disponibilizando h) Coadjuvar

o

Coordenador

no

Esta

sala

zona

multimédia,

computadores

com

acesso à Internet.

desempenho das suas funções. e) ZONA i)

Comunicar ao Coordenador da BE a existência de avaria ou anomalia no equipamento

informático

ou

audiovisual.

DE

LEITURA

AUDIOVISUAL/VIDEOTECA: Esta zona localiza-se

na

sala

multimédia

e

disponibiliza fundo documental não - livro e outros recursos materiais no campo áudio - visual e multimédia.

j)

Zelar pela manutenção da BE em condições de arrumação e higiene.

k) Cumprir o horário atribuído.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 6 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Artigo 10º

enciclopédias, dicionários e obras de colecção

Regras de funcionamento das áreas funcionais

c) A disponibilização do fundo documental

1. Regras de funcionamento da ZONA DE

pretende-se de acesso livre, excepto

ATENDIMENTO:

dicionários e enciclopédias, os quais deverão ser facultados pela assistente

a) Sendo um local privilegiado para obter acesso à informação e ao apoio da assistente

operacional,

o

balcão

de

operacional

da

Biblioteca,

ou

eventualmente, na sua ausência, por um professor.

atendimento deve manter-se livre de d) Para que a ordem de arrumação não se

objectos dos utilizadores.

altere, os documentos consultados não b) Os utilizadores são atendidos por ordem de chegada e devem aguardar a sua vez. c) Têm acesso à parte interior do balcão de atendimento a assistente operacional e os professores da equipa educativa, sendo este espaço interdito aos utilizadores. 2. Regras de funcionamento da ZONA DE

devem ser colocados nas estantes pelos utilizadores,

mas

antes

entregues

à

funcionária ou colocados na mesa da área de atendimento. e) Os utilizadores não devem proceder a alterações

na

equipamentos,

configuração incluindo

mesas

dos e

cadeiras.

LEITURA INFORMAL:

a) Nesta zona estão disponíveis revistas,

f) Em caso de extravio ou dano irreparável

jornais, álbuns, obras de ficção dispostos

dos documentos desta área, o utilizador

de forma atractiva e informal.

deve obrigatoriamente proceder à sua substituição por um exemplar em bom

b) Os utilizadores devem manter o material consultado em perfeitas condições de

estado ou ao pagamento dos custos de reposição.

conservação. 4. Regras de funcionamento da ZONA DE a) Os utilizadores são responsáveis pelo

LEITURA MULTIMÉDIA/INTERNET:

extravio e degradação do material, pelo que

o

incumprimento

desta

norma

implicará o pagamento dos custos de reposição. 3. Regras de funcionamento da ZONA DE LEITURA IMPRESSA:

b) Esta zona é uma área de consulta estrita de material impresso, nomeadamente:

a) O número de utilizadores por computador não poderá ser superior a dois. b) A utilização do equipamento informático destina-se exclusivamente ao trabalho de pesquisa e investigação. c) Está interdito o uso dos computadores para jogos não autorizados.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 7 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos d) No início da utilização do equipamento

c) Esta

sala

não

pode

ser

informático, o utilizador deve verificar se

requisitada/utilizada em situação de aula

este se encontra em perfeitas condições.

normal

que

não

necessite

destes

recursos específicos. A sua utilização por e) Qualquer anomalia no hardware e/ou software

deve

comunicada

à

ser

de

assistente

cada docente fica restringida a 2 (duas)

imediato

requisições por mês.

operacional d) Qualquer anomalia verificada aquando da

/docente responsável.

utilização

dos

recursos

deve

ser

Exemplos de anomalias a comunicar de

imediatamente comunicada por escrito e

imediato:

entregue à assistente operacional da BE. Artigo 11º

1. A falta de algum componente (rato, teclado ou tecla, cabo de energia ou outro).

Fundo documental

2. O rato não funciona ou funciona com defeito.

1. O fundo documental pretende-se tratado

3. O teclado não funciona ou funciona com defeito.

Universal (CDU), de acordo com as

4. O teclado tem botões trocados.

Bibliográfica (ISBD) e com as Regras

5. O computador não tem internet.

Portuguesas de Catalogação (RPC).

6. Sujidade por má propositadamente.

utilização

ou

de acordo com a Classificação Decimal

Normas

nas estantes por assuntos, que pretende abarcar, sem

nenhuma excepção, o

conjunto do saber, da actividade e do

componente entre computadores, tais

pensamento do Homem.

como ratos ou teclados. cumprimento

destas

normas

3. Para facilitar a procura, a cada assunto está associada cota e uma cor diferente:

implica a responsabilização do utilizador assim como a restrição do serviço. 5. Regras de funcionamento da ZONA DE

Cota 0

Tema Generalidades

Cor

1

Filosofia

2

Religião e Teologia

a) O acesso aos sistemas vídeo e áudio é

3

feito mediante autorização prévia, junto

4

6

Ciências Sociais Plano Nacional de Leitura Matemática e Ciências Naturais. Ciências Aplicadas

7

Artes e Desporto

8

Línguas e Literaturas

9

História e Geografia

LEITURA AUDIOVISUAL/VIDEOTECA:

da assistente operacional da Biblioteca. 5 b) A leitura de material vídeo e/ou áudio deve

ser

feita

Descrição

regime de livre acesso, está arrumado

f) É proibido trocar ou desligar qualquer

não

de

2. O fundo documental, que se pretende em

7. Outro, que implique a não utilização do equipamento em boas condições.

g) O

Internacionais

com

próprios.

auscultadores

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 8 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Artigo 12º

obras

1. A BE encontra-se em funcionamento

ao último dia do ano escolar, de segunda

assistente operacional. c) É permitido requisitar, no máximo, dois

a sexta-feira. No período nocturno será com

as

orientações

documentos diferentes de cada vez.

da

Directora da Escola.

d) A devolução das obras deve ser feita no prazo de 8 dias.

2. O horário de funcionamento está afixado à entrada da Biblioteca Escolar. 3. As

alterações

exposições

b) A requisição das obras é feita junto da

entre as 8:30h e as 16:30h, do primeiro

acordo

integrem

temporárias.

Normas de funcionamento

de

que

ao

e) A requisição poderá ser renovada, após o

horário

prazo

de

terminado,

preenchimento

menos com 48h de antecedência, através

requisição (caso os documentos não se

de aviso escrito, em local visível na

encontrem em lista de espera).

exceptuando

situações

imprevistas.

nova

o

funcionamento serão anunciadas pelo

Biblioteca,

de

mediante ficha

de

f) Caso a restituição das obras não ocorra no prazo estipulado, a ocorrência deverá

4. Os utilizadores da Biblioteca são avisados

ser comunicada por escrito ao Director de

do encerramento 5 minutos antes da hora

Turma, ao Encarregado de Educação e

do fecho, de modo a que os serviços

eventualmente à Directora.

encerrem à hora determinada. g) É estipulada uma multa de 1 €, caso o 5. Após o encerramento do serviço ao

aluno não entregue a obra no prazo

público, é interdita a entrada para outro fim

que

não

seja

a

limpeza

estipulado.

e

casos

h) Todo o material extraviado ou danificado

devidamente autorizados pela Directora

terá de ser substituído pelo responsável,

ou pela Coordenadora da Biblioteca

na forma de reposição

Escolar.

idêntico ou do seu valor em numerário.

manutenção,

excepto

nos

de material

i) O utilizador não pode requisitar outras obras, enquanto não regularizar situações

Artigo 13º

pendentes. Requisições 1.

Regras

de

requisição

para

leitura

j) Os períodos de interrupção lectiva (Natal, Carnaval

domiciliária: a) Podem

materiais

contabilizados

ser

domiciliária

e

requisitadas obras,

de

à

para

referência:

de

dicionários,

enciclopédias, atlas, livros de colecção e

como

não

são

prazos

para

devolução das obras.

leitura

excepção

Páscoa)

2.

Regras

de

utilização

do

serviço

de

empréstimo para sala de aula:

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 9 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos a) O fundo documental da Biblioteca Escolar pode ser requisitado para uso na sala de

c) Ser orientado de forma correcta sobre o funcionamento dos recursos disponíveis.

aula, pelos professores ou pelos alunos, à d) Participar

excepção de enciclopédias.

em

todas

as

actividades

promovidas pela Biblioteca. b) Os utilizadores devem requisitar junto do balcão de atendimento, os recursos que necessitam, com 24h de antecedência, para que a funcionária possa verificar se estão disponíveis para a aula.

e) Usufruir

de

um

ambiente

calmo

e

agradável, propício à leitura e ao estudo. f) Requisitar para leitura domiciliária as obras disponíveis para esse efeito.

c) Os dicionários podem ser requisitados antes do início da aula e devolvidos

visem optimizar o funcionamento da

depois da aula. d) É

preenchida

documentos

g) Apresentar críticas e sugestões que

a

requisição

ficam

à

e

guarda

os do

Biblioteca. 3. Constituem DEVERES dos utilizadores:

requisitante, que deve igualmente garantir pessoalmente a sua devolução após o fim

a) Conhecer

e

respeitar

o

presente

regimento.

da aula.

b) Manter o silêncio e não perturbar o normal funcionamento da Biblioteca. Artigo 14º c) Manter todos os espaços limpos e em Utilizadores

bom estado de conservação.

1. Poderão ser considerados utilizadores da BE/CRE todos os agentes educativos: alunos, professores, pais/encarregados

d) Ter

o

cuidado

de

deixar

o

fundo

documental nos lugares apropriados. e) Zelar pelo bom estado de conservação

de educação, funcionários administrativos

dos

e assistentes operacionais.

Biblioteca, sendo expressamente proibido

2. Também podem recorrer a este espaço, outros

elementos

educativa, autorizados

desde pela

recursos

e

equipamentos

da

anotar, riscar, rasgar, dobrar ou qualquer

da

comunidade

outra forma de danificar o material

que

devidamente

utilizado.

Directora

e/ou

Coordenadora da BE/CRE. 2. Constituem DIREITOS dos utilizadores: a) Conhecer o presente regimento interno.

f) Deixar pastas e mochilas nos locais reservados para o efeito antes de entrar na Biblioteca, excepto o material mínimo necessário à consulta ou trabalho a realizar.

b) Usufruir de todos os recursos e serviços prestados pela Biblioteca Escolar, de

g) Não comer, beber ou usar bonés.

acordo com as normas de funcionamento.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 10 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos h) Desligar

o

pessoais,

som

por

dos

exemplo

equipamentos

acordo

telemóveis

regulamento interno da escola.

e

computadores portáteis.

com

o

estabelecido

no

c) Os procedimentos acima transcritos não

i) Não levar para fora da Biblioteca qualquer material sem prévia autorização.

tiram

lugar

ao

cumprimento

das

penalizações descritas nas normas de

j) Preencher a ficha de requisição dos

funcionamento

das

diversas

áreas

funcionais.

materiais a utilizar. k) Substituir ou indemnizar a Biblioteca de qualquer material perdido ou danificado. l) Cumprir transmitidas

sempre

as

pelos

responsáveis

da

Normas de utilização da Biblioteca para grupos/turma em aula

biblioteca. m) Cumprir os prazos estipulados para a devolução

Artigo 15º

instruções

do

fundo

documental

1. A Biblioteca não pode ser considerada como um espaço equivalente a sala de aula, por se reger por objectivos próprios

requisitado. n) Contribuir com sugestões e críticas para o aperfeiçoamento da Biblioteca, no sentido de uma melhor utilização e funcionalidade

e precisar de garantir o interesse comum de todos os utilizadores. 2. O professor que o deseje pode trazer durante

da mesma. 4. A Biblioteca não se responsabiliza por valores que o utilizador deve guardar sempre consigo, por exemplo, relógios, telemóveis,

o

decurso

da

sua

aula

grupos/turma de alunos ao espaço da Biblioteca, mediante requisição com 48 horas

antecedência

no

balcão

de

atendimento e entrega de objectivos da

portáteis, carteiras, dinheiro etc.

aula a realizar.

5. O não cumprimento dos deveres dará lugar aos seguintes procedimentos:

3. O

professor

dos

grupos/turma

é

responsável pelos seus alunos, no que

a) O utilizador será chamado à atenção pelo

diz respeito ao conhecimento do presente

incumprimento do dever pelo professor ou

regimento interno e à necessidade de o

pela funcionária afecta à BE e solicitado a

fazer cumprir no espaço da Biblioteca

modificar o comportamento que deu

Escolar.

origem à advertência. b) Caso o incumprimento se mantenha ou seja

reincidente,

o

utilizador

Artigo 16º

será Convocatória das reuniões

convidado a abandonar o espaço da Biblioteca e os factos que lhe deram

1. As

reuniões

são da

convocadas

origem serão comunicados ao Director de

Coordenador

Biblioteca

Turma ou à Directora, que procederão de

mediante autorização do Director.

pelo

Escolar

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 11 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos 2. As convocatórias são efectuadas e-mail organizacional

pelo

coordenador

membro presente com mais tempo de

com

antecedência mínima de quarenta e oito

serviço. 6. O substituto, em exercício efectivo de

horas. Caso não seja possível com vinte e

funções, por aplicação deste Regimento,

quatro horas pelo meio mais expedito.

assume todas as competências inerentes

3. Todas as convocatórias têm uma ordem de trabalhos na qual, de forma explícita,

ao cargo assumido. 7. O substituto deve, após as reuniões, dar

constam todos os assuntos a tratar. 4. Qualquer

ilegalidade

inobservância

resultante

das

supracitadas,

sobre

a conhecer ao Coordenador todas as da

disposições convocação

quando

comparecerem

todos na

os

e

e

deliberações

que esteve presente. 8. Nas reuniões ordinárias a ordem de

membros

reunião

tratadas

tomadas nas respectivas reuniões em

de

reuniões, considera-se automaticamente sanada

matérias

trabalhos pode ser aditada no início da

não

reunião por decisão de dois terços dos

apresentarem qualquer oposição.

membros presentes.

Artigo 17º Artigo 18º

Reuniões

Ac ta s d as r eu niõ e s

1. As reuniões da Biblioteca Escolar são presididas pelo Coordenador.

1. De cada reunião, será lavrada acta, que conterá um resumo de tudo o que nela

2. As reuniões têm a duração máxima de

tiver ocorrido.

duas horas e trinta minutos. 3. A duração de cada reunião pode ser maior

se

aprovada

por

todos

2. As actas são lavradas por um Secretário designado pelo Coordenador, em cada

os

reunião

membros presentes.

e

segundo

o

sistema

de

rotatividade por ordem alfabética do nome. 4. Se, por aplicação do número dois deste artigo,

a

reunião

for

adiada,

deve

3. As actas das reuniões serão lidas e aprovadas no dia das mesmas, sendo

continuar, sempre que possível, em data

registadas

e hora aprovadas pela maioria dos

impresso

próprio

informatizado nas 48 horas seguintes.

membros presentes. 5. Nas reuniões de carácter extraordinário,

em

4. As

actas,

após

aprovação,

são

assinadas/rubricadas, em todas as suas

caso o Coordenador não possa estar

folhas,

presente, será substituído:

pelo

Coordenador

e

pelo

Secretário. a) Pelo elemento da equipa com mais tempo de serviço.

5. As actas serão entregues no Director da Escola, que as arquivará.

b) Não sendo possível a solução prevista no ponto anterior o substituto é o

6.

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 12 de 13


Regimento Interno da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Artigo 19º

Artigo 20º

Avaliação

Disposições finais

A avaliação e mais especificamente a autoavaliação

da

fundamental

BE/CRE a

uma

é

uma

atitude

medida reflexiva,

necessária ao melhoramento da função da

a) As informações gerais sobre a dinâmica e funcionamento afixadas

da

Biblioteca

regularmente

no

serão placard

informativo e/ou num dossier.

Biblioteca Escolar, implementando medidas adequadas

aos

resultados

obtidos.

b) Outras

formas

de

divulgação

das

actividades e recursos da Biblioteca serão

Contemplará três tipos de avaliação:

também utilizadas, tais como boletins informativos, folhetos, plataforma Moodle 1 – Avaliação Contínua

e

A avaliação contínua será efectuada ao longo

Blogue

da

BE

(http://bibseccartaxo.blogspot.com/).

dos quatro anos, pela equipa de professores

c) Sempre que o espaço da Biblioteca

da biblioteca e pelos assistentes operacionais

Escolar for referenciado ou utilizado em

afectos a este serviço, no final de cada

actividades/documentos,

período

comunicado à Coordenadora da BE.

ou

sempre

que

se

considerar

deverá

ser

necessário, tomando como base a análise Artigo 21º

reflexiva dos acontecimentos e os dados da utilização da BE/CRE.

Casos omissos

2 - Avaliação Intermédia

1. Os casos omissos neste regimento são

A avaliação intermédia decorrerá no final dos

resolvidos pela Directora da Escola,

anos lectivos de 2009/2010, 2010/2011 e

ouvida a Coordenadora da Biblioteca.

2011/2012, através da análise do grau de

Artigo 22º

cumprimento das actividades calendarizadas, Entrada em vigor e alterações

assim como das tarefas propostas, o que permitirá aferir do rigor e pertinência das

1. Este regimento aplica-se por um período

actividades planeadas. Esta avaliação é da

de

responsabilidade do professor Coordenador da

anualmente

BE/CRE.

regulamentação adicional.

3 – Avaliação Final

4

anos,

podendo por

ser

revisto

necessidade

de

2. As alterações entram em vigor no dia

A avaliação final será realizada no término de

seguinte à data da reunião em que

2009/2013, através da elaboração de um

tenham sido aprovadas.

relatório de avaliação/portefólio incidindo no grau

de

concretização

das

actividades

3. O

presente

regimento

integrará

o

Regulamento Interno da escola.

propostas e principalmente na análise reflexiva dos acontecimentos.

Regimento interno aprovado em reunião do Conselho Pedagógico 03 de Dezembro de 2010

__________________________________________________________________________________ Escola Secundária do Cartaxo

Página 13 de 13

Regimento Interno da Biblioteca Escolar - Cartaxo  

Regimento Interno da Biblioteca da Escola Secundária do Cartaxo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you