Page 1

Presidente R.I.

William Boyd

Governador do Distrito

Artur Almeida e Silva

12

CARTA MENSAL doGOVERNADOR

junho’07

Distrito 1960

Mensagem

do Governador

Mostrámos o Caminho... Caros Amigos,

www.rotary.pt

Mais um ano rotário termina e outro se vai iniciar, vamos ter novos líderes nos clubes, nos Distritos, nos órgãos dirigentes de Rotary International, de acordo com o calendário e a rotatividade característica do nosso Movimento. Mas o ano de 2006-07 foi um ano especial para mim e para Lili, não só e principalmente por ter exercido a honrosa missão de Governador, mas sobretudo pela oportunidade que tivemos de conhecer, ou conhecer melhor, pessoas magníficas, em Portugal e nos eventos internacionais em que participámos, rotários e seus cônjuges, cidadãos com grande sentido cívico e de solidariedade social, pessoas que são rotários e não estão apenas em Rotary, que dão de si antes de pensar em si, que mostram o caminho, com o seu exemplo da maneira de estar na vida e de como actuam e realizam ou colaboram em projectos de apoio aos mais carenciados, sem esperar ou procurar vantagens pessoais da sua acção e condição de rotário. Foi um ano em que criámos muitos amigos e em que reforçámos amizades já antigas, baseadas no entendimento comum do ideal rotário, dos seus princípios e das suas práticas. Conhecemos também muitos não rotários, responsáveis ou colaboradores de instituições de solidariedade social que visitámos, pessoas de grande dádiva pessoal, que têm em si o verdadeiro espírito rotário. Estamos muito felizes por tudo isto, que foi e é para nós muito gratificante. Olhando para trás e tendo presente o Programa de Acção do ano rotário, julgo que foi um ano positivo em que se cumpriram os principais objectivos e metas fixados, mas compete a vós, caros companheiros e companheiras, avaliar a orientação seguida e o trabalho realizado, pelos clubes e pela Governadoria. Na linha do feliz lema “Mostremos o Caminho” do nosso

Presidente Bill Boyd, procurei desenvolver uma acção de sensibilização, informação, formação, motivação, junto de rotários e não rotários, que mais se manifestou no projecto distrital de Responsabilidade Social e na introdução de novas formas de formação rotária, que tiveram por objectivo a maior consciencialização de ser rotário e da necessidade cada vez maior de todos nós, cidadãos, organizações, empresas, sermos socialmente responsáveis, contribuindo para um Mundo melhor. Tal como o nosso Presidente, estou convencido que pela nossa parte, os verdadeiros rotários podem fazer mudar as coisas, com organização, planeamento, cooperação e trabalho eficaz, deixando de lado questões menores e pessoais, que a mesquinhez e a procura de protagonismo de alguns, leva por vezes a divisões e problemas dentro dos clubes que afectam o seu desempenho e a imagem de Rotary. Felizmente, não é o caso do que se passa na maioria dos clubes do nosso Distrito, que este ano realizaram as suas acções habituais e se empenharam também em novos projectos e na divulgação dos princípios e práticas da Responsabilidade Social. Estou também muito feliz por isso. A todos vós, Presidentes dos clubes, membros da Equipa Distrital, companheiros e companheiras que vivem Rotary com amor e entusiasmo, deixo a minha palavra de agradecimento por tudo aquilo que a mim e a Lili proporcionaram viver neste ano rotário, certo de que continuarão a mostrar o caminho, compartilhando Rotary e cooperando com o Governador Eduardo Caetano de Sousa a quem auguro um excelente ano rotário de 2007-08. Até sempre!

Artur Almeida e Silva


61ª Conferência Distrital

61ª CONFERÊNCIA DISTRITAL Ética, Responsabilidade Social, Desenvolvimento Sustentável Évora - 25 a 27 de Maio de 2007

Numa óptica substantiva poderemos atribuir à nossa Conferência um conjunto de vocábulos que de algum modo a enformaram: planeamento, preparação, escolha, modelo de organização, trabalho de equipa – muito trabalho –, solenidade, música, cultura, palestras, divertimento, companheirismo, decisões, gastronomia, artesanato e muito sentimento rotário que perpassou por aqueles três dias de inquestionáveis momentos elevados pela intervenção de convidados e companheiros que dignificaram com a sua presença o maior e mais conseguido evento do ano rotário de 2006-07.

A Sessão Solene de Abertura A Conferência propriamente dita iniciou-se ao fim da tarde de 25 de Maio, pela excelente Sessão Solene de Abertura, no lindíssimo Teatro Garcia de Resende, que teve a dignidade que o momento requeria através de uma bem concebida apresentação, com fundo musical da Marcha da Alegria interpretada pela Banda do Exército, de Évora, dos símbolos municipais de todos os clubes do distrito e dos clubes presentes de outros distritos nacional e estrangeiros, seguida do desfile das bandeiras de Interact, Rotaract, F.R.P., de Évora, do México, da Nova Zelândia, de Rotary e de Portugal, todas transportadas por jovens pertencentes aos Escoteiros de Évora, que foram sendo sucessivamente saudadas pela audiência, Actuação do grupo “Os Almocreves”.

Ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Dr. Vieira da Silva.

terminando-se o acto com a execução dos hinos do México, país do Representante do Presidente, e de Portugal. Estiveram presentes o Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Évora, Dr. José Ernesto de Oliveira, a Senhora Governadora Civil de Évora, Drª Fernanda Ramos, a Senhora Deputada por Évora, Drª Paula de Deus, e outras entidades civis e militares da Região. Entre os rotários, saliente-se a presença do Governador Álvaro Gomes e sua mulher Lúcia, do Distrito 1970, muitos Past-Governadores dos dois Distritos portugueses, os Governadores Eleitos Eduardo Caetano de Sousa (D1960) e Bernardino Pereira (D1970), os Governadores Indicados Teresa Mayer e Felizardo Cota (D1960), assim como outros companheiros e acompanhantes, que encheram a plateia do teatro.

Ficha Técnica escritório da governadoria Rua Sofia de Carvalho, 2-A | 1495-121 Algés | Tel. 210 174 226 | Fax 210 174 230 | E-mail governadoria06-07.d1960@rotary.pt editor Artur Almeida e Silva [RC Algés] ∫ colaboração editorial José Monteiro Martins [RC Sintra] | António Ferreira dos Santos [RC Carnaxide] | Maria de Lurdes Paiva [RC Carnaxide] | Manuel Gerardo [RC Algés] | Medeiros de Sousa [RC Lisboa-Estrela] | José Mocito [RC Castelo Branco] | Álvaro Ribeiro [RC Sintra] | Paulo Martins [RC Lisboa-Norte] ∫ projecto gráfico Jorge Ferreira [RC Palmela] ∫ execução Arm. de Papéis do Sado, Lda. | Praça do Quebedo, 14 | 2900-575 Setúbal ∫ distribuição gratuita

2 Carta Mensal do Governador

Junho’07


61ª Conferência Distrital agradeceu a execução do hino mexicano o que considerou uma deferência para com o seu País, que o sensibilizou naturalmente. Brindou a assistência expressando-se em português durante uma boa parte da sua intervenção, durante a qual transmitiu uma mensagem de incentivo ao trabalho rotário.

Mesa da Sessão Solene de Abertura e a Banda Militar de Évora.

Protocolo e saudação das bandeiras.

O momento cultural que se seguiu foi impressivo por, numa primeiro intervenção, se ter apresentado o cante alentejano pelo qualificado grupo “Os Almocreves” e, finalizando, nos terem sido oferecidas interpretações de música clássica e ligeira a cargo da Banda do Exército, que num dos trechos acompanhou uma cantora lírica, tendo tido ambos um desempenho muito apreciado e aplaudido. Saudação de abertura da Conferência pelo Governador.

As Sessões de Trabalho Decorreram em três momentos: a primeira sessão de trabalhos na manhã de sábado, dia 26 de Maio, em que foram expostas as realizações do ano pelo Governador Artur Almeida e Silva, assim como o trabalho levado a bom termo por algumas estruturas – caso do Rotaract e Interact, apresentadas pelos respectivos Representantes, Companheiros Mara Duarte e Vasco Galhofo; a Fundação Rotária Portuguesa, apresentado pelo PGD Frederico Nascimento; a Rotary Foundation, cuja acção do Distrito foi apresentada pelo próprio Governador que também incentivou à participação na Convenção de Salt Lake City, com a apresentação de um

Intervenção do Representante do Presidente de R.I., Paco Creo.

Pelo Governador Artur Almeida e Silva foi dada por aberta a 61ª Conferência do Distrito 1960, seguindo-se as intervenções protocolares e de saudações, após o que teve lugar a palestra adequada ao tema da Conferência, proferida pelo convidado especial, o Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Dr. José António Vieira da Silva, que dissertou sobre o tema da Conferência e abordou as questões fundamentais relacionadas com a política de solidariedade social. Teve-se, então, oportunidade de escutar pela primeira vez o Representante do Presidente de Rotary International, Companheiro Francisco Creo que, com alguma emoção pelo que havia apreciado,

Mesa da primeira sessão de trabalhos.

Junho’07

Carta Mensal do Governador

3


61ª Conferência Distrital filme de promoção deste evento e, finalmente, o trabalho desenvolvido pela Comissão do Instituto Rotário Lisboa 2007, que nos foi presente pelos seus Chairman PGD Manuel Cardona e Co-Chairman Frederico Nascimento. Ainda nesta sessão o Companheiro GE Eduardo Caetano de Sousa e a respectiva Comissão Organizadora apresentaram a perspectiva da 62ª Conferência Distrital a realizar na Horta, Açores, em Maio de 2008. A segunda sessão de trabalhos teve lugar no fim da manhã onde foi feita referência, pelo Companheiro Marcelino Pena Costa, às principais preocupações saídas do Ciclo de Fora sobre Desenvolvimento Sustentável e onde tiveram lugar duas excelentes palestras proferidas pelas Dra. Helena Gonçalves e Dra. Manuela Ferreira Leite sobre o tema geral da Conferência. A palestra da Dra. Helena Gonçalves, professora da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica – Porto e muito conhecedora da temática em análise, versou sobre as preocupações sociais e ambientais que se colocam hoje perante os desafios do mundo actual, ilustrando com números e outras informações as perspectivas negativas futuras, se os Estados, as Organizações, e todos nós, não adoptarmos uma postura e vontade de mudança, baseadas em princípios de justiça, de solidariedade social e de maior respeito pelo mundo em que vivemos, ou seja trabalhando para um Desenvolvimento Sustentável que garanta uma vida melhor às gerações vindouras. A Dra. Manuela Ferreira Leite focou a sua palestra fundamentalmente nos aspectos económicos do Desenvolvimento Sustentável, salientando a necessidade imperiosa de assegurar o crescimento económico para se poder atingir estádios mais avançados de riqueza nacional e de integração social, não descurando a problemática das finanças públicas.

nosso Distrito e, de uma forma geral, em Portugal, ressaltando o meritório e importante trabalho da Fundação Rotária Portuguesa. Na tarde de sábado houve a formação de dois Grupos de Discussão sobre as Ênfases Presidenciais e a Responsabilidade Social. O primeiro tratou de Alfabetização, Saúde e Nutrição, moderado pela Companheira GI Teresa Mayer e com intervenções dos Companheiros António Mendes e PGD Diamantino Gomes e da Drª Helena Gonçalves e o segundo,

Grupo de Discussão.

moderado pelo Companheiro Marcelino Pena Costa e com intervenções dos Companheiros José Rodrigues, PGD Henrique Pinto e Profª. Fátima Jorge, aprofundou as ênfases Recursos Hídricos e Família Rotária. Em ambos os grupos verificou-se um interessante ambiente de participação dos presentes, tendo-se adiantado várias formas de como os princípios e as práticas da Responsabilidade Social podem contribuir para a resolução de muitas necessidades ligadas àquelas ênfases. A terceira sessão de trabalhos teve lugar no domingo de manhã, dia 27 de Maio, tratando-se de assuntos e tomando-se resoluções, que adiante se referem.

A Convenção Internacional - Lisboa 2013 O Companheiro Luís Miguel Duarte, Presidente da Comissão Executiva para a Convenção de Lisboa 2013, prestou informações sobre o andamento dos trabalhos preparatórios deste importante evento a realizar pelo Movimento Rotário Português. Palestrante Drª Helena Gonçalves.

Palestrante Drª Manuela Ferreira Leite.

A apresentação do Grupo do IGE do Distrito 4540 (Brasil) Pelo PGD José Maria Gonçalves Pereira foi feita a apresentação do Grupo do IGE do Distrito 4540 que corresponde ao norte do Estado de S. Paulo e ao sul do Estado de Minas Gerais, no Brasil, e que foi constituído pela sua líder Companheira Márcia Soncini e pelos jovens profissionais Alexandre Bortolato, Anna Regina, Job Júnior e Juliana Souza. O Grupo expôs um muito bem organizado trabalho em power point que traduziu o seu périplo pelo Distrito e as emoções que foram vivendo.

Aspecto da sala das sessões de trabalho.

A apresentação do Governador Indicado para o ano 2009-10

A encerrar esta sessão escutámos uma vez mais o Representante do Presidente, Companheiro Francisco Creo que, na ocasião, aprofundou conceitos rotários e fez uma positiva apreciação ao trabalho rotário no

Foi formalmente apresentado o Governador Indicado para o ano 2009-10, Companheiro Felizardo Cota, do RC Lisboa-Belém, que foi saudado pela assistência e que, acompanhado de sua mulher Alzira, se dirigiu

4 Carta Mensal do Governador

Junho’07


61ª Conferência Distrital

As Visitas Culturais

Apresentação do Governador Indicado Felizardo Cota e sua mulher Alzira.

aos conferencistas transmitindo-lhes a sua determinação em fazer um trabalho que honre o Distrito em conjunto com a equipa que formará. Felicidades ao nosso Companheiro Felizardo Cota!

A apresentação de contas do ano rotário 2005-06

O Almoço de Governadores

O PGD José Manuel Pereira apresentou as contas do seu ano que desde logo evidenciam que o seu equilíbrio apenas foi possível graças a um vultuoso donativo daquele nosso companheiro. As contas foram apresentadas por distribuição de exemplares das mesmas que ficaram à disposição dos conferencistas, as quais foram aprovadas por aclamação.

A Associação “Governadoria Clubes Rotários Distrito 1960” De acordo com convocatória específica enviada em devido tempo a todos os clubes, conjuntamente com documentação explicativa e relativa aos assuntos a tratar, realizou-se a Assembleia Geral da Associação “Governadoria Clubes Rotários Distrito 1960”, associação sem fins lucrativos constituída por escritura pública em 27 de Junho de 2006, para de acordo com a referida convocatória, ratificar a composição dos Corpos Sociais dos anos 2005-2006 e 2006-2007; eleger os mesmos órgãos para o ano vindouro de 2007-2008 e proceder à apreciação de uma proposta de alteração dos Estatutos. Tudo foi aprovado por ampla maioria.

Alocução final do Governador, acompanhado da Lili.

Muito bem preparadas pelos nossos companheiros da Comissão Organizadora, do RC de Évora, realizaram-se duas visitas culturais que constituíram duas opções possíveis para os acompanhantes não rotários. Uma ao Centro Histórico da esplendorosa Cidade de Évora, Património Mundial, com o acompanhamento do Dr. Francisco Bilou que magnificamente expôs aos participantes a envolvência histórica e cultural do património eborense. A outra à Fundação Eugénio de Almeida, acompanhada pelo Compº GA Fernando Canha da Silva, administrador da Fundação, tendo sido visitados o seu Centro de Exposições e o palacete familiar, cujo acervo histórico e cultural foi muito apreciado.

Esta terceira sessão de trabalhos terminou com a intervenção do Governador Artur Almeida e Silva que sintetizou o ambiente e conteúdo da Conferência e agradeceu a todos quantos permitiram a sua realização, sendo que, imediatamente antes, o Companheiro Francisco Creo, fez uma alocução bem humorada, mas profunda, transmitindo o sentir de quão gratificante tinha sido para ele e sua mulher Lupita a estadia entre nós como Representante do Presidente de R.I., Bill Boyd e sua mulher Lorna.

Realizou-se na 6ª feira 25, na Messe de Oficiais de Évora, instalada no antigo Convento da Graça, o tradicional Almoço de Governadores, com o Representante do Presidente, Companheiro Ex-Director Francisco Creo e Lupita, e a presença dos Governadores, Past-Governadores, Governadores Eleitos e Indicados, dos Distritos 1960 e 1970, acompanhados dos seus cônjuges, num total de cerca de 50 pessoas. Foi um muito agradável momento de convívio e companheirismo, para o que contribuiu o agradável ambiente do local e a boa disposição de todos proporcionada pelo reencontro de amigos.

A Conferência em números A Conferência teve 327 participantes, distribuídos pelas várias actividades, tendo estado representados 49 clubes do Distrito 1960, 10 clubes do Distrito 1970, 4 clubes estrangeiros (do México, do Brasil(2) e de Angola), 1 clube Rotaract e 2 Interact.

Junho’07

Carta Mensal do Governador

5


61ª Conferência Distrital

Os momentos de convívio e Companheirismo Na 6ª feira, 25, realizou-se o Jantar “Paul Harris”, no Jardim do Paço, junto ao Templo Romano, durante o qual foram entregues insígnias “Paul Harris” referentes a doações de companheiros e também as respeitantes aos fundos angariados no Projecto dos Cônjuges, a favor dos programas humanitários e educacionais da Rotary Foundation, tendo sido igualmente sorteados os prémios obtidos no âmbito deste Projecto. O Jantar de Gala da Conferência, no sábado 26, no ÉvoraHotel, precedido de um coktail de confraternização, teve uma larga participação de

A plantação da “Árvore da Amizade” Fazendo jus à tradição, foi plantada nos jardins do ÉvoraHotel, junto à piscina, um sobreiro que prolongará no tempo a memória local da 61ª Conferência do Distrito 1960 de Rotary International.

A Organização da Conferência Casal Governador e casal Representante no Jantar de Gala.

companheiros e seus familiares, assim como de convidados entre os quais o Sr. Presidente da Câmara de Évora e esposa, que encheram o Fórum do Hotel e conviveram em ambiente de grande companheirismo, animados por um conjunto musical que proporcionou a todos agradáveis momentos de dança. O Governador Artur acompanhado do Ex-Director Paco Creo, Representante do Presidente, entregaram as Menções Presidenciais e os Prémios de Parceria Externa, atribuídas por R.I. sob proposta do Governador, aos clubes que mais se distinguiram neste ano rotário e satisfizeram as respectivas condições estabelecidas.

Jantar de Gala.

A Conferência terminou com o Almoço de Encerramento, no domingo 27, no Monte da Graciete, nos arredores da cidade, onde voltou a imperar o companheirismo num ambiente informal e já de natural despedida. Foi o momento de homenagem e agradecimento do Governador aos companheiros e companheiras que colaboraram e organizaram a Conferência: o Chairman PGD Frederico Nascimento, a Comissão Organizadora presidida pela Compª Maria João Costa, Presidente do RC Évora, e os companheiros Manuel Gerardo e Maria de Lurdes Paiva, membros da Equipa Distrital.

6 Carta Mensal do Governador

Junho’07

Uma saudação ao Rotary Club de Évora, em especial à Comissão Organizadora da Conferência, liderada pela Compª Maria João Costa, Presidente do clube, e integrada pelos Companheiros Fernando Canha da Silva (Vice-Presidente), Prazeres Nunes, Joaquim Piteira Alberto, Jorge Pires, Luís Oliveira Rodrigues e José Bandeira Martins, que desenvolveram esta missão rotária com muito empenho e dedicação. O Compº PGD Frederico Nascimento foi um Chairman activo da Conferência, exercendo um trabalho eficaz de coordenação, de realização e de apoio, muito contribuindo com a sua experiência para o êxito da organização. O Companheiro Manuel Gerardo, Secretário da Governadoria, assegurou as inscrições, a tesouraria e outras tarefas de preparação da Conferência, participando em muitas das reuniões de trabalho que tivemos. A Companheira Maria de Lurdes Paiva, da equipa do Governador, apoiou este na preparação das suas apresentações. A todos são dirigidos os reconhecimentos do Governador e do Distrito.


61ª Conferência Distrital

O Representante ROTARY INTERNATIONAL do Presidente de R.I.

ROTARY INTERNATIONAL FRANCISCO CREO

O Governador Artur e Lili ficaram muito gratos ao Presidente Bill Boyd e a sua esposa Lorna, por terem designado seus Representantes à nossa Conferência o Ex-Director de R.I. Francisco Creo e sua mulher e nossa companheira Lupita. De facto Paco Creo e Lupita são um casal de rotários magnífico, de elevado nível pessoal, que muito nos impressionou pela sua simpatia, cortesia e amabilidade. Paco é um rotário muito experiente e conhecedor, que mostrou grande disponibilidade de cooperação com o Governador e com o Rotary em Portugal. Muito apreciámos as suas mensagens dirigidas aos participantes da Conferência, a sua intervenção no Conselho de Governadores doAv. Obregón 1001-8 nosso Distrito em que participou,Ensenada, e B.C. 22800 as conversas que tivemos sobre os México diversos temas de Rotary. Tel.+52 646 178 2970 Lupita é uma senhora admirável, de Fx + 52 646 178 6250 grande sentido humano e social, que Francisco.Creo@rotary.org vive Rotary como cônjuge de rotário, www.rotary.org mas também como rotária que é e www.multipetsmexico.org futura Governadora do seu Distrito em 2007-08. Ao casal PGD Henrique Gomes de Almeida e Márcia, “aids” de Paco e de Lupita durante a sua estadia em Portugal, que tão eficaz e simpaticamente desempenharam a sua missão, uma palavra de profundo reconhecimento e apreço.

RI Director, 1996-1998

Junio 5 de 2007 Don Artur Almeida e Silva Gobernador del Distrito 1960 de RI

Querido Gobernador Artur,

Junio 5 de 2007 Don Artur Almeida e Silva Gobernador del Distrito 1960 de RI

Querido Gobernador Artur,

Ya de regreso en México le enviamos a usted y a Lili nuestro más cordial saludo. Ya de regreso en México le enviamos a usted y a Lili nuestr

Mi esposa Lupita y yo deseamos agradecerle de la manera mas cumplida todas las atenciones de que Mi esposa Lupita y yo deseamos agradecerle de la manera m fuimos objeto durante nuestra visita reciente a su bello país, particularmente a Evora, con motivo de fuimos objeto durante nuestra visita reciente a su bello país, su Conferencia de Distrito, nuestra Conferencia. su Conferencia de Distrito, nuestra Conferencia.

En nombre de nuestro Presidente William B. Boyd y su esposa Lorna, así como el mío propio, lo En nombre de nuestro Presidente William B. Boyd y su espo felicito. Por una parte por la excelente conferencia que ha cumplido a mi juicio con todos los felicito. Por una parte por la excelente conferencia que ha c elementos de una reunión Rotaria exitosa, pero también por el extraordinario trabajo que ha realizado elementos de una reunión Rotaria exitosa, pero también por en su gestión como Gobernador. Ciertamente usted ejemplifica el ideal Rotario del servicio en su gestión como Gobernador. Ciertamente usted ejempl Mostrando o Caminho. Mostrando o Caminho.

Su lideranza se evidencia en la gran cantidad de iniciativas que los Clubes Rotarios del Distrito 1960 Su lideranza se evidencia en la gran cantidad de iniciativas q han llevado a cabo, muchos de ellos de manera permanente, algunos quizás iniciados durante su han llevado a cabo, muchos de ellos de manera permanente, gestión, pero todos ciertamente proyectos muy valiosos que por una parte alivian las carencias, gestión, pero todos ciertamente proyectos muy valiosos que locales y en la comunidad internacional de muchas personas. Y otros de carácter profundamente locales y en la comunidad internacional de muchas personas filosóficos que usted ha promovido en el ámbito de la muy necesaria promoción de los valores éticos, filosóficos que usted ha promovido en el ámbito de la muy n la responsabilidad social, y el desarrollo sustentable. Av. Obregón 1001-8 la responsabilidad social, y el desarrollo sustentable.

Ensenada, 22800 Ha sido para nosotros un verdadero privilegio, y un B.C. honor, el haber participado con usted y Lili en el Ha sido para nosotros un verdadero privilegio, y un honor, e desarrollo de la Conferencia, representando a nuestro Presidente y su esposa. México desarrollo de la Conferencia, representando a nuestro Presid

646Gobernadores, 178 2970 Le ruego de nuestro agradecimiento a todosTel.+52 los Past los Gobernadores futuros y a los Le ruego de nuestro agradecimiento a todos los Past Gobern Rotarios y Rotarias y sus cónyuges del Distrito 1960; a su equipo Distrital; a todos quienes Rotarios y Rotarias y sus cónyuges del Distrito 1960; a su e Fx + 52 646 178 6250 colaboraron en la organización de nuestra conferencia y en particular al Club Rotario de Evora. colaboraron en la organización de nuestra conferencia y en p Todos y cada uno nos brindaron su amistad y una hospitalidad y generosidad que valoramos Francisco.Creo@rotary.org Todos y cada uno nos brindaron su amistad y una hospitalid profundamente. profundamente. www.rotary.org

Un agradecimiento especial que le pidowww.multipetsmexico.org de a nuestros amigos el Past Gobernador Enrique Gomes de Un agradecimiento especial que le pido de a nuestros amigo Almeida y Marcia por sus atenciones. Almeida y Marcia por sus atenciones.

Amigos Artur y Lili, les enviamos nuestro cariño y un fuerte abrazo, esperando que los caminos de Amigos Artur y Lili, les enviamos nuestro cariño y un fuerte Rotary nos den la oportunidad de re encontrarnos en un futuro cercano. Rotary nos den la oportunidad de re encontrarnos en un futu Francisco Creo

cc. William B. Boyd, President, Rotary International

Francisco Creo

cc. William B. Boyd, President, Rotary International

Junho’07

Carta Mensal do Governador

7


Presidente de RI

Mensagem do Presidente de RI Há quase um ano, escrevi que, como rotários, “não nos contentamos em deixar as coisas como sempre foram, seja em nossos clubes ou nas comunidades onde actuamos. Nós somos sempre aqueles que perguntam: não podemos fazer algo?” No ano que passou, eu tive o privilégio de conhecer milhares de rotários que colocaram a si mesmos esta pergunta e aceitaram os desafios propostos por ela. Vi diversos projectos que me chamaram a atenção, alguns surpreendentes pela sua criatividade e ambição, outros pela sua visão e planeamento meticuloso. Vi clubes que ultrapassaram todo o tipo de barreiras para lidar com os verdadeiros problemas das suas comunidades. E vi tudo isto feito com entusiasmo, boa vontade e um conhecimento profundo da realidade local – e frequentemente com o apoio da nossa Fundação Rotária. Todos os projectos me chamaram a atenção de alguma forma. No entanto fiquei particularmente impressionado com aqueles que lidavam com problemas que ninguém tinha enfrentado até então, seja pela falta de recursos, de habilidades específicas para esse trabalho ou simplesmente pela falta de conhecimento da situação. Em muitos casos, os problemas são conhecidos por todos, tais como uma clínica mal equipada ou uma nascente de água poluída. Em outros, os problemas nem são comentados, como o das jovens que frequentam escolas sem casas de banho. No fundo, o que eu acabei por descobrir é que, qualquer que seja o desafio – como garantir água potável às pessoas, combater o HIV e o analfabetismo – os rotários decidem o que precisa ser feito e fazem. Mas existem projectos que eu jamais vou esquecer: aqueles que têm enfrentado necessidades reais e que de alguma maneira estão mudando a vida das pessoas. Lembrarei sempre o do clube que, com a doação de próteses de mão de baixo custo, mas muito eficientes, devolveu a muitas pessoas auto-suficiência e dignidade; da biblioteca de Hsinchu, em Taiwan, que abriu o caminho das letras para muitas crianças; da sala de aula criada na ala de tuberculose infantil de um hospital africano; e da escola para crianças autistas erguida numa região onde não havia assistência especializada. Estes são apenas alguns dos projectos que eu vi realmente fazer a diferença. Não é exagero dizer que essas iniciativas mudaram o curso de muitas vidas por intermédio de melhor educação, melhores condições de saúde e a oportunidade de um futuro melhor. Em muitos casos, houve um enorme investimento de tempo, energia e recursos (às vezes dos próprios rotários). Noutros, a solução, dependia simplesmente de alguém que se dispusesse a conhecer o problema, encontrasse uma solução e fizesse o que precisava ser feito. Neste ano, tive a grande alegria de ver como os rotários estão Mostrando o Caminho para um mundo melhor. Espero poder participar desta missão ainda por muitos anos. Lorna e eu gostaríamos de agradecer a sua imensa generosidade em relação a nós. Este ano mudou nossas vidas para sempre.

William “Bill” Boyd Presidente RI 2006-07

8 Carta Mensal do Governador

Junho’07


Canto lírico | inrot-6

1º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa Sob os auspícios da Fundação Rotária Portuguesa, o Rotary Club de Lisboa-Estrela em parceria com a Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e com a Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE), organizou o 1º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa, que decorreu entre 14 de Abril e 8 de Maio. Candidataram-se 37 alunos de canto e jovens cantores em início de carreira de todo o país, tendo um Júri Nacional, composto por prestigiados professores de canto das escolas de música atrás citadas, seleccionado através de gravações apresentadas pelos candidatos 24 concorrentes. Foram realizadas no Porto pelos Clubes Rotários desta cidade uma eliminatória no Auditório da ESMAE e uma semi-final na Fundação António de Almeida, durante o III Congresso da F.R.P.; o Rotary Clube de Cascais-Estoril realizou nesta cidade uma eliminatória e o Rotary Club de Lisboa-Estrela realizou em Lisboa uma eliminatória e uma semi final no

Realizou-se no dia 9 de Junho, em Cáceres, no Hotel V Centenário, o 2º Congresso de INROT-6 (Agrupamento de Clubes Rotários de Badajoz, Cáceres, Castelo Branco, Évora, Mérida e Portalegre). Este evento materializa

Palácio Foz e a final no Jardim de Inverno do Teatro de S. Luiz. Os prémios foram bolsas de estudo atribuídas pela Fundação Rotária Portuguesa com os nomes das pessoas e organizações que as instituíram:   1º Prémio Job Arantes Tomé, barítono Bolsa Comendador Rui Nabeiro – 3.000 euros

  2º Prémio Cátia Moreso, mezzo-soprano Bolsa Delta Cafés – 2.000 euros   3º Prémio - Ex Equo Fernando Guimarães, tenor e Raquel Camarinha Rosa, soprano Bolsa Rotary Club Lisboa-Estrela – 1.000 euros   Prémio do Público Cátia Moreso Bolsa Caixa Geral de Depósitos – 1.000 euros   Melhor Interpretação da Canção Portuguesa Job Arantes Tomé Bolsa Rotary Club Lisboa-Oeste – 300 euros   Melhor Interpretação de Lied ou Melodie Job Arantes Tomé Bolsa Joana Silva – 300 euros

Job Arantes Tomé recebendo o 1º Prémio das mãos do representante do Comendador Rui Nabeiro.

a Assembleia Geral do agrupamento, que é realizada anualmente. A sessão de abertura contou com a presença do Alcaide de Cáceres D. José Maria Saponi Mendo e dos Governadores dos Distritos 1960 e 2200, respectivamente os Companheiros Artur Almeida e Silva e Juan Jesús Suárez. A presença destas entidades enalteceu enormemente o acto e contribuiu para que o INROT-6 saisse mais forte e coeso desta reunião. Os Governadores participaram na sessão de trabalho com intervenções que versaram e esclareceram aspectos fundamentais para a relação entre INROT-6 e Rotary International, nomeadamente referindo-se ao programa de Subsídios Equivalentes e na ligação dos projectos de INROT-6 à Rotary Foundation como forma de contribuir para o apoio a outros projectos distritais. Por fim, ambos enalteceram a existência do agrupamento, reconheceram a sua importância e fizeram votos para que este dure por muitos e bons anos.

  Melhor Pianista Acompanhador Gonçalo Carvalho Vasquez Bolsa ROMINVESCOL – Estudos e Projectos Lda. – 1.000 euros

A Assembleia Geral foi este ano subordinada ao tema “INROT-6, que futuro?”. Todos os clubes fizeram uma comunicação sobre este tema tendo apresentado várias propostas e idéias que podem vir a ser desenvolvidas no futuro e que serão submetidas à apreciação dos clubes. Todos os clubes manifestaram o interesse em INROT-6, concordaram com a necessidade da sua manutenção e realçaram a sua vertente transfronteiriça que promove a amizade e o companheirismo entre clubes portugueses e espanhóis. Para finalizar as actividades teve lugar um almoço no hotel onde decorreram os trabalhos. No final tiveram lugar as últimas intervenções a cargo do Presidente do RC Cáceres, Compº Rafael Bergillos Lopez que agradeceu a presença de todos, do Presidente do INROT-6 Compº José Carlos Mocito que apresentou as conclusões do encontro e dos dois Governadores que manifestaram o seu apreço por terem estado presentes neste evento.

Junho’07

Carta Mensal do Governador

9


Cônjuges

Mensagem da Lili

Projecto dos Cônjuges

Lili Almeida e Silva

Caras Amigas e Cônjuges, A actividade desenvolvida durante o ano rotário que agora termina, enquanto mulher do Governador, permitiu-me aprofundar o conhecimento do Rotary, os seus desígnios, os ambientes com que lida e as instituições com que coopera, designadamente as de carácter social. Neste contexto, adquiri também um património de companheirismo e afectos que é meu dever enaltecer e testemunhar. Com efeito, o apoio dado ao Governador, que passou pelas visitas aos clubes, contactos internacionais e uma maior aproximação a diversas realidades e diferentes formas de estar, foi de tal modo gratificante, que me permite reconhecer a importância da sua divulgação

O Projecto dos Cônjuges teve como objectivo a angariação de fundos para os programas humanitários e educacionais da Rotary Foundation. Ao longo do ano, nas minhas mensagens aqui publicadas, fui dando conta do andamento do projecto, em resultado dos meus contactos com os cônjuges dos companheiros rotários, durante os eventos distritais e as visitas oficiais aos clubes. Os cônjuges realizaram preferentemente acções locais de angariação de fundos, muitas delas com uma componente lúdica e de convívio e companheirismo. Outros optaram pela venda de senhas para o sorteio realizado na Conferência Distrital, de prémios oferecidos por rotários, seus cônjuges e minhas amigas. Tive a satisfação de constatar que na maioria dos clubes os cônjuges se mobilizaram para este projecto, que se traduziu num bom resultado final: a angariação de um

total de 14 972e, o equivalente a 19 700US$, para a Rotary Foundation, o que permitiu atribuir 19 reconhecimentos “Paul Harris”, 12 resultantes de fundos angariados, em cada clube, iguais ou superiores a 760e = 1 000US$ e 7 sorteados pelos restantes clubes. Os títulos de “Companheiro Paul Harris” foram emitidos em nome das pessoas indicadas pelos clubes, os primeiros 12 dos RC de Alcobaça, Algés, Almada (2), Castelo Branco, Entroncamento, Évora, Faro, Lagos, Loulé, Sesimbra e Silves, e os 7 sorteados dos RC de Abrantes, Almeirim, Carnaxide, Lisboa-Olivais, Oeiras, Tomar e Torres Vedras. A todos os cônjuges e amigos, envio o meu agradecimento pela vossa preciosa participação e colaboração na concretização deste projecto. Bem hajam.

e apelar aos cônjuges para que participem efectiva e activamente nas acções da Família Rotária, a que

Reconhecimento do Governador

todos nós pertencemos.

Artur Almeida e Silva

Também nós, cônjuges, devemos continuar a mostrar o caminho. Beijos de amizade,

Lili

10 Carta Mensal do Governador

Junho’07

Desejo manifestar o meu apreço e reconhecimento aos cônjuges dos rotários do nosso Distrito, que promoveram e concretizaram um importante Projecto, angariando fundos de montante significativo que vão contribuir para que a nossa Rotary Foundation possa apoiar mais pessoas carenciadas, doentes e jovens estudantes em todo o Mundo. Este Projecto foi uma manifestação de grande sentido rotário e um exemplo de participação dos cônjuges, dentro do espírito da grande Família Rotária. Não posso deixar de registar o empenhamento e o trabalho desenvolvido pela Lili para o sucesso dos resultados do Projecto. Por isso já lhe dei um beijo de reconhecimento.


Mérito e reconhecimento

Sessão de Mérito e Reconhecimento Distrital Clubes distinguidos com a Menção Presidencial ou Menção Distrital Companheiros distinguidos com o Diploma de Mérito Distrital.

Menção Presidencial

Homenagem ao PGD Joaquim Gonçalves.

Em 16 de Junho de 2007 realizou-se em Lisboa, no auditório do ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão – a Sessão de Mérito e Reconhecimento Distrital na qual o Governador Artur Almeida e Silva quiz distinguir os companheiros e clubes que, durante o ano rotário 2006-07, mais contribuiram para o serviço rotário, visando premiar o mérito e reconhecer o espírito rotário, o empenhamento, a dedicação e o trabalho desenvolvido no Distrito 1960. Começaram por ser entregues as insígnias Paul Harris, as Menções Presidenciais e os Prémios de Parceria Externa não atribuídos na Conferência Distrital por ausência dos distinguidos. Ainda no âmbito de distinções de R.I. foram entregues os Prémios Rotary por Desenvolvimento do Quadro Social e Expansão, tendo depois sido atribuídas Menções Distritais aos Clubes que, por não atingirem a meta obrigatória do aumento líquido do seu quadro social não puderam ser contemplados com a Menção Presidencial, mas desenvolveram um trabalho rotário muito meritório. Foram igualmente atribuídos os Prémios Distritais por Serviços Prestados à Rotary Foundation, Menções

Distinção aos representantes Rotaract e Interact.

Distritais a Presidentes de Clubes Rotary e Rotaract e Diplomas de Reconhecimento aos Representantes Rotaract e Interact, membros da Equipa Distrital, Governadores Assistentes e organizadores dos vários eventos distritais. Distinguidos, também, com Diplomas de Mérito Distrital os Companheiros Avelino Matos, Vasco Lança, Marcelino Pena Costa, Medeiros de Sousa, Luís Miguel Duarte, Maria de Lurdes Paiva, Manuel Gerardo e Frederico Nascimento, “pelos serviços relevantes, de excelência e dedicação a Rotary e ao Distrito no Ano Rotário 2006-07”. A cerimónia rotária terminou com uma homenagem ao Past-Governador Joaquim da Silva Gonçalves, padrinho em Rotary do Governador e seu Conselheiro Distrital, o qual, pese embora os problemas de saúde que enfrentou, quiz estar presente. Associando-se a esta homenagem toda a assistência, de pé, tributoulhe uma estrondosa e demorada salva de palmas. Após este acto rotário segui-se um almoço, nos claustros do ISEG magnificamente restaurados, no qual o companheirismo foi a tónica presente.

Rotary Clubs de: Almada, Almeirim, Amadora, Carnaxide, Costa da Caparica, Estremoz, Évora, Faro, Horta, Lagos, Lisboa, Lisboa-Belém, Lisboa-Benfica, Lisboa-Estrela, Lisboa-Oeste, Lisboa-Olivais, Loulé, Loures, Montijo, Oeiras, Parede-Carcavelos, Portela, Praia da Rocha, Sesimbra, Sintra e Tavira. Rotaract Clubs de: Algés, Castelo Branco e Loulé.

Menção Distrital Rotary Clubs de: Abrantes, Cascais-Estoril, Castelo Branco, Entroncamento, Mafra, Odivelas, Portalegre, Setúbal, Silves e Torres Vedras.

Junho’07

Carta Mensal do Governador 11


Seminário | rotaract | interact

Seminário «Obesidade, Causas e Consequências» assistência composta por profissionais de saúde, de educação, alunos da ESTeSL e Rotários. Presidiu à Sessão de Abertura o Dr. Francisco George, Director Geral da Saúde, em representação do Sr. Ministro da Saúde, que dava a sua direita ao Compº Governador Artur Almeida e Silva. A qualidade deste seminário mereceu calorosas felicitações de diversas entidades presentes assim como dos próprios palestrantes e também de muitas pessoas que a ele assistiram. O Rotary Club de Lisboa-Estrela foi mesmo convidado a participar num programa de prevenção e de combate à Obesidade nas crianças em idade escolar que foi apresentado neste Seminário.

Organizado pelo Rotary Club de LisboaEstrela, em parceria com a Fundação Professor Fernando de Pádua e com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) decorreu no Auditório desta escola no passado dia 31 de Maio das 09:00h às 18:00h o semináro “Obesidade, Causas e Consequências”. Este seminário teve com principal objectivo a refexão, em conjunto com personalidades especialistas nos diversos temas abordados, sobre alguns dos graves problemas que a Obesidade está a provocar na população portuguesa, especialmente nas crianças e adolescentes. A reconhecida competência dos oradores e a importância dos temas tratados suscitou o interesse e a atenção da numerosa

Congresso Nacional Rotaract e Interact

De 27 de Abril a 1 de Maio, realizou-se em São Pedro do Sul, o XXIII Congresso Nacional de Rotaract e de Interact, organizado pelo Rotaract Club de Pombal. Durante estes dias, os jovens estreitaram as relações entre os dois distritos, debateram com rigor e abertura o futuro do movimento, tiveram a possibilidade de na sessão de trabalhos lançar ideias base para a

12 Carta Mensal do Governador

Junho’07

sustentabilidade futura do movimento: rigor na admissão de sócios, retenção de sócios, maiores e melhores parcerias entre os dois Distritos, necessidade de o Rotary se envolver mais dedicadamente nas suas estruturas jovens, necessidade de promover fóruns de formação rotária e por fim desenvolver plataformas dinâmicas de divulgação do Movimento.

Paralelamente houve momentos de grande companheirismo e de profunda amizade, que irão permitir o crescimento e a garantia de que os próximos encontros nacionais de Rotaract e de Interact serão cada vez mais profícuos no engrandecimento da chama do ideal de servir, servir os nossos Distritos e servir as nossas Comunidades.


rotaract | interact

Após um ano de trabalho ao serviço da Representadoria Distrital de Rotaract, após um ano de dedicação ao Movimento que escolhi abraçar e defender, é hora de olhar para o que foi feito e perguntar: valeu a pena? A resposta surge clara e é simples, valeu claramente a pena! Com efeito, no início a Representadoria delineou em conjunto com todos os Clubes, um Plano de Acção para o Distrito, todos os clubes, a Comissão das Novas Gerações de Rotary e o nosso Governador tiveram acesso ao mesmo, todos sabíamos o que tínhamos para fazer. Ao longo deste ano, a Representadoria Distrital de Rotaract esteve presente em vários

eventos do nosso Distrito, como o Seminário das CIP’S, o III Congresso da Fundação Rotária, em Conferências Distritais dos dois Distritos, tanto de Rotaract como de Rotary, participou no XXIII Congresso Nacional de Rotaract em S. Pedro do Sul, promoveu actividades interclubes, realçando as parcerias estabelecidas pelos próprios clubes, houve um intercâmbio de experiências e de actuações em conjunto com a Representadoria Distrital de Rotaract do D4480 do Brasil, houve uma elevada preocupação com o quadro social, houve um apelo forte nesse sentido aos clubes, e em particular apelou-se para um maior esforço de retenção de sócios e sobretudo para um maior rigor qualitativo na admissão de sócios. Nas visitas oficiais aos clubes de todo o Distrito, tivemos o prazer de verificar o trabalho dos clubes, tivemos o prazer de conhecer as Instituições de Solidariedade que os clubes apoiam e pudemos reconhecer uma vontade muito própria dos Rotaractistas e dos clubes de Rotaract para um querer fazer, para um querer ajudar! Houve momentos plenos de companheirismo, como o I Almoço de Natal da Família Rotária do D1960, evento promovido pelas Representadorias Distritais de Rotaract e de Interact, pudemos ajudar a Casa da Criança de Tires através da nossa Festa de Rentrée e sobretudo coleccionámos muitos

sorrisos para mais tarde recordar. Neste sentido, posso dizer com alegria que a maior parte dos clubes interpretaram na perfeição os objectivos que foram lançados, viveram Rotaract, dignificaram Rotary e sobretudo construíram uma comunhão mais perfeita entre as suas acções e as comunidades que delas beneficiam. É hora de agradecer a todos aqueles que este ano viveram Rotaract com um verdadeiro espírito de serviço, é hora de deixar uma palavra de muito apreço ao nosso Governador, Comp. Artur Almeida e Silva, é hora de agradecer a todos os clubes de Rotaract que me permitiram viver um ano inesquecível, um ano de muita felicidade e de muita alegria, que me permite chegar ao fim desta etapa com o sentir rigoroso de ter cumprido a missão que me foi confiada. A todos deixo um forte abraço de muita amizade e estima!

Representadoria, algo que há muito não vinha a acontecer. De resto, há que destacar o empenho e trabalho do Interact Club de Castelo Branco e do Interact club do Entroncamento, que mostraram ser verdadeiros exemplos de serviço Rotário às suas comunidades e a nível Distrital também. Apesar de não ter sido um ano repleto de actividades, foi um ano proveitoso e de muito trabalho “de fundo”. Foi sem dúvida positivo e daqui para a frente só podemos melhorar. Saudações Interactistas.

Qual a razão da existência humana? Serão os sorrisos, a amizade, o amor, a alegria? Talvez. E aqueles que infelizmente não têm nada disso? É essa então a nossa missão, enquanto membros do movimento Rotário. Vamos dar significado à vida daqueles que mais necessitam da nossa ajuda. Interact serve para isso. Porque não nos

podemos esquecer que mesmo longe dos grandes conflitos internacionais, longe das zonas de flagelo, existem, na nossa comunidade, crianças e idosos, doentes, pobres... pessoas necessitadas a quem podemos dar a mão. Um dos objectivos era precisamente criar essa dinâmica de ajuda à comunidade. Reforçar a posição dos clubes, criar condições para que os próximos Representantes actuem no terreno, junto das comunidades locais. Assim, faço aqui um resumo dos projectos: O ITC KIT lançado já no final do ano, serviu ou servirá para que os clubes de Rotary tenham a informação necessária para expandirem Interact e sobre as condições em que ela deve ser feita. Ao longo do ano Interact esteve presente nos mais variados eventos, deixando a mensagem e fazendo acreditar (e bem) que Interact é uma solução para alguns problemas do movimento. O projecto InfoITC acabou por culminar no Relatório Anual da

Mara Ribeiro Duarte Representante Distrital de Rotaract

António Vasco Galhofo Representante Distrital de Interact

Junho’07

Carta Mensal do Governador 13


IGE

IGE - Intercâmbio de Grupos de Estudo Neste ano rotário, o Intercâmbio de Grupos de Estudos foi efectuado com o Distrito Rotário 4540 (Brasil). Durante 4 semanas, duas jornalistas, Anna Tomicioli e Juliana Souza, um professor de informática, Job Junior e um advogado, Alexandre Bortolato, acompanhados pela Compª Márcia Sancini do RC de Ribeirão Preto – Norte, visitaram o nosso Distrito, tiveram a possibilidade de trocar conhecimentos e saberes sobre o exercício das suas actividades, conhecer e aprofundar a história e a cultura lusas e conviver com o modo de estar do nosso país. Visitaram 28 Clubes, disseminados por todo o Distrito e assistiram à Conferência Distrital de Évora. Ficaram alojados em casas de companheiros em Alcobaça, Sintra, Amadora

e Silves, aqui, enquanto visitaram os clubes do Algarve e, em unidades hoteleiras quando visitaram os restantes Clubes. Do mesmo passo, o Distrito 1960 enviou uma embaixada de cooperação e boa vontade, a par da divulgação da cultura portuguesa, liderada pelo Compº Messias Gomes do RC de Alcobaça e composta por duas engenheiras, uma industrial, Susana Gariso, outra florestal, Ana Silva, um psicólogo, Vasco Oliveira e um professor, Pedro Tavares, os quais, durante um período similar, puderam observar a vivência do povo irmão, trocar informações com congéneres profissionais locais, estreitar laços de amizade entre os dois povos e divulgar as realidades portuguesas. Durante a sua estadia no Brasil, ficaram

Mensagem do “Team Leader” Português

sediados em 8 cidades de onde partiam para visitar os Clubes limítrofes, tendo ficado permanentemente alojados em casas de companheiros rotários. Assistiram igualmente à Conferência Distrital do Distrito 4540. Foram recebidos com a simpatia própria do povo brasileiro, tendo ficado muito bem impressionados com os contactos desenvolvidos. Em ambos os intercâmbios, as recordações trazidas e levadas, estamos certos irão perdurar nas suas vidas futuras. Cumpriu-se assim mais um objectivo rotário, visando o estreitamento de relações de amizade e de compreensão mundial, bem como o reforço das relações rotárias entre os dois países irmãos.

Mensagem de um “amigão”, que fizémos do IGE do D4540, o poeta, advogado e actor Alexandre Bortolato

IGE – Um sonho que se tornou realidade e que nunca poderá acabar. Vamos dar asas a esse sonho, tornando-o contínuo e ainda mais real. IGE é experiência profissional, é amizade, é companheirismo, é cultura, é paz, é amor e compreensão, é o alargar dos horizontes, é conhecer a realidade e universalidade de Rotary.

“Quando cheguei de Portugal, após o término do programa IGE 2007, estabelecido entre os Distritos Rotários 4540 e 1960, tive somente a certeza de duas coisas: estava muito cansado e esta foi sem dúvidas a 2ª maior experiência de minha vida.

IGE é, porventura um dos programas da Fundação Rotária de Rotary International, que mais aproxima povos e culturas diferentes, que mais contribui para a “Paz e Compreensão Mundial”. O Distrito 4540 – Norte do Estado de S. Paulo e Sul de Minas Gerais”, – no Brasil, foi o anfitrião do IGE do D1960, este ano. Desde, Ribeirão Preto, Sertãozinha, Franca, Lindóia, Bebedouro, Jaboticabal, S. Carlos e Araraquara, os 5 Portugueses, receberam sempre, amizade, carinho e muito amor e companheirismo. As famílias que nos acolheram, fizeram-nos sentir, como se em nossas casas estivéssemos. Para todos os Rotários e Familiares do Distrito 4540, incluindo o seu Governador Nivaldo Alves, passando por todos os Coordenadores Distritais, o profundo agradecimento da equipe do IGE Português: Messias, Ana Silva, Pedro Tavares, Susana Gariso e Vasco Oliveira.

O cansaço não era ruim. Era um cansaço de dever cumprido. Era a fatiga daquelas em que nos dissemos: ‘parabéns, você se dispôs a conhecer tudo o que podias’. E o que conheci foi uma cultura maravilhosa. Um país tão distante e tão próximo ao meu. Já o fato desta ter sido minha 2ª maior experiência de vida, deu-se porque somente tive uma experiência maior que esta: meu nascimento. O IGE 2007 transformou-me, mostrou-me um mundo diferente e maior do que aquele que nosso cotidiano é capaz de mostrar. A codificação dos sentimentos e informações ainda está sendo processada em minha mente. Por enquanto, somente tenho a dimensão disso tudo. Por último, quero apenas lembar dos amigos Rotários que deixei em Portugal. E aí o coração se aperta. Pessoas como NT, Jacinto Baeta, Isabel Flores, dentre tantos, fazem-me crer que vale à pena servir. Para essas pessoas de alma cheia, minha eterna gratidão. Deixo aqui meu testemunho, dizendo um até sempre a todos!”

Messias Gomes

Alexandre Dias Bortolato

IGE 2007 - D1960

IGE 2007 - D4540

14 Carta Mensal do Governador

Junho’07


Instituto Lisboa 2007

Instituto Lisboa 2007

Caros Companheiros e Companheiras, Anualmente, Rotary International promove a realização de eventos de âmbito internacional, sendo os mais importantes os seguintes:   A Convenção de Rotary International, que reúne numa determinada cidade, mais de 40.000 rotários e convidados, de todo o mundo.   A Assembleia Internacional, durante a qual os Governadores Eleitos recebem a instrução e a preparação para o exercício do cargo.   Instituto Rotários, normalmente associados aos GETS (Seminário de Treinamento de Governadores Eleitos) que reúne, anualmente, Governadores e Past-Governadores, para debater assuntos rotários da maior relevância. Como todos deverão saber, Lisboa foi seleccionada para receber a Convenção do Rotary International do ano 2013; honra e privilégio a que só algumas cidades têm tido acesso. Isto é, cidades que reúnam condições logísticas e outras para acolher tão elevado número de visitantes. E Lisboa, também foi convidada, pelo Director da nossa zona, Companheiro Örsçelik Balkan, através dos Governadores Artur Almeida e Silva e Álvaro Gomes, para acolher entre 5 e 9 de Dezembro de 2007 o Instituto Rotário da Zona 10-B, que inclui países como Portugal, Espanha, Grécia, Macedónia, Sérvia, Montenegro, Roménia, Turquia, Emiratos Árabes, Egipto, Azerbeijão, Bahrein, Chipre, Geórgia, Jordânia, Líbano, Sudão, Mauritânia,

Director Örsçelik Balkan em Lisboa

Argélia, Marrocos, e Tunísia. O Rotarismo Português é desta forma reconhecido por Rotary International, como capaz de organizar tão importantes eventos. Sendo uma honra e um privilégio é, também, e acima de tudo, uma enorme responsabilidade, para a qual todos os rotários e rotárias de Portugal são chamados a intervir e a participar. Estamos, por isso, todos “convocados” para que estes eventos sejam a demonstração da raça portuguesa; aos olhos do mundo, não podemos fazer por menos. E podem crer, meus amigos e amigas de que as atenções do mundo rotário e não só, estão colocadas sobre nós. Por isso, não podemos falhar. O Instituto Rotário de Lisboa 2007, vai estar aberto a todos os Companheiros e Companheiras, sem excepção. Seja qual for o grau de responsabilidade que cada um de nós exerce, o Instituto é para todos nós. Nele serão debatidos importantes assuntos rotários. Temas que são as preocupações dos rotários à escala mundial. Por isso, meu amigo e minha amiga, companheiro(a) em Rotary. É assim que me dirijo directamente. Tome como uma responsabilidade sua estar presente e participar dos trabalhos do Instituto de Lisboa. Ajude ao êxito deste Instituto e ajude a prestigiar Portugal. O Director Convocador Örsçelik Balkan, os Governadores dos dois distritos, o Chairman Honorário PDRI Marcelino Chaves, o Chairman PGD Manuel Cardona, a Comissão Organizadora, a Comissão Executiva, através do seu Presidente, Companheiro Luís Miguel Duarte e eu próprio contamos consigo. No Instituto de Lisboa2007, estarão presentes, o Presidente Eleito 2008-09, Directores de RI, Past-Presidentes do RI, o Secretário Geral do RI, Past-Directores do RI, entre outras individualidades do RI. Na certeza do vosso apoio e da vossa participação.

PGD

Frederico Nascimento

Co-Chairman

De 11 a 13 de Maio, esteve em Lisboa o nosso Director de R.I Örsçelik Balkan, Convocador do Instituto Rotário de Lisboa 2007, acompanhado do Ex-Director Júlio Sórjus, para participarem em reuniões de trabalho com a Comissão Organizadora do Instituto e visitarem as instalações do Hotel Marriott Lisboa, onde o evento se vai realizar. Recebidos pelos Governadores Artur Almeida e Silva e Álvaro Gomes, pelo Ex-Director Marcelino Chaves, pelos Chairman e Co-Chairman do Instituto, PGD Manuel Cardona e Frederico Nascimento e restantes membros da Organização, participaram igualmente num jantar de convívio, dia 12 no Hotel Tivoli, promovido pelos Governadores.

Reunião de trabalho do Director Örsçelik Balkan e Ex-Director Júlio Sórjus com a Comissão Organizadora do Instituto.

Örsçelik Balkan com Marcelino Chaves, Júlio Sórjus, Artur Almeida e Silva e Álvaro Gomes.

Junho’07

Carta Mensal do Governador 15


Rotary Foundation

Rotary Foundation Subsídio Distrital Simplificado Em devido tempo (Março de 2006), de acordo com as normas da Rotary Foundation, o nosso Distrito neste ano rotário de 2006-07 solicitou pela primeira vez um Subsídio Distrital Simplificado, no montante máximo de 20% do valor do FDUC (Fundo Distrital de Utilização Controlada) deste ano (53 247 US$), o que correspondeu a 10 649 US, ou seja 8 093,24!, ao câmbio rotário de 1 US$ = 0,76! à data da transferência bancária. Este tipo de Subsídio tem por objectivo “apoiar Distritos nas suas actividades de prestação de serviços ou iniciativas humanitárias”e é gerido pelo Governador e pelo Presidente da Comissão Distrital da Rotary Foundation, que decidiram dirigir aquele valor prioritariamente para o apoio à luta contra a Fome e a Pobreza, uma das grandes preocupações de Rotary. Assim, foi apoiada a AMI – Porta Amiga que desenvolve uma importante acção junto dos sem-abrigo e de pessoas muito carenciadas,

Uma das máquinas de lavar roupa oferecidas pelo Rotary, chegando ao armazém da AMI – Porta Amiga.

de Almeirim, que desenvolve três valências: Escola de Educação Especial, Centro de Actividades Ocupacionais e Intervenção Precoce. A oferta no valor de 1 678,24! consistiu num fogão industrial de 4 queimadores e forno para equipar a “Cozinha Pedagógica” – um espaço próprio para o desenvolvimento da actividade de Culinária, inserida na área programática AVD – Actividades de Vida Diária, que se entende ser vertente de importância fulcral na recuperação de deficientes. O fogão era uma necessidade há muito sentida para permitir a prossecução desta meritória actividade.

com a oferta de 7 máquinas de lavar roupa e 7 máquinas de secar roupa, no valor total de 6 415!, equipamento destinado aos seus Centros Porta Amiga de Lisboa-Olaias, Cascais, Almada, Porto e Gaia e aos Abrigos de Lisboa-Graça e do Porto, de acordo com as necessidades mais prementes que nos foram transmitidas. Foi também apoiada a associação CRIAL – Centro de Recuperação Infantil

CRIAL - O PGD José Manuel Cordeiro, Presidente da C.D. da R.F., e o Presidente Filipe Teixeira, do RC Almeirim, entregaram o valor do fogão aos dirigentes da CRIAL, nas instalações da “Cozinha Pedagógica”.

Subsídios Equivalentes 2006-07 Na Carta Mensal anterior fez-se um ponto de situação dos Subsídios Equivalentes neste ano rotário. Por força da evolução faz-se agora uma actualização final que se resume deste modo (vidé Mapa 1 da Carta Mensal de Maio, nº 11 – página 9): os processos referentes aos clubes proponentes de Ponta Delgada, Carnaxide, Beja e Tavira estão aprovados; os da Portela e Odivelas transitam para 2007-08. Aqueles em que clubes do nosso Distrito são parceiros com proponentes do Brasil

16 Carta Mensal do Governador

Junho’07

estão aprovados, com excepção dos de Porto Ferreira e Sertãozinho, cujos processos não estão completados. Verifica-se ainda que o valor total dos projectos (coteje-se com Mapa 2 da Carta Mensal de Maio, nº 11 – página 9) ascendeu a US$ 178.069,72, uma vez que o processo 3 (Beja) teve alteração na comparticipação do FDUC D1960 e da Rotary Foundation, passando a ter o valor global de US$ 12.959,80.

Doações do D1960 em 2006-07 Considerando os dados reais referentes a 31 Maio fornecidos pela Rotary Foundation e os valores conhecidos do mês de Junho, até à data de fecho da edição desta Carta, o total das doações do Distrito 1960 em 2006-07 deverá atingir um valor superior a 80 000 US$, o que ultrapassa largamente o objectivo fixado de 60 000 US$.


Rotary Foundation | clubes

Origem e aplicação do F.D.U.C. (*) em 2006-07

ORIGEM

F.D.U.C. 2006-07

Transferência de 2005-06

Transferência saldo final 2005-06

APLICAÇÃO

2 Bolsas Educacionais 2007-08

52.000,00 US$

Subsídio Simplificado

10.649,00 US$

Subsídios Equivalentes

31.293,63 US$

Donativo à Polio Plus

2.000,00 US$

SALDO DE 2006-07

2.762,37 US$

53.247,00 US$ 9.402,00 US$ 36.056,00 US$

(*) Fundo Distrital de Utilização Controlada / Sistema SHARE / R.F.

Rotary Foundation

Contas 2005-06 Depois de devidamente auditadas a Rotary Foundation publicou as contas do exercício referente ao Ano Rotário 2005-06, as quais apresentaram os seguintes valores: (MILHÕES DE DOLARES) CONTRIBUIÇÕES FUNDO ANUAL DE PROGRAMAS 92.6 FUNDO PERMANENTE 12.1 FUNDO POLIO PLUS 5.6 OUTROS 1.6 DISPENDIOS PROGRAMAS HUMANITÁRIOS 44.6 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 21.8 PROGRAMA POLIO PLUS 24.7   O quantitativo de Comp. Paul Harris reportado a 1/Dez/06 era de 1.036.616.   2.180 Jovens Profissionais, integrados em 545 equipas, participaram nos IGEs, constituindo o valor mais elevado na história da Fundação.   O objectivo estratégico do Fundo Permanente, visando assegurar a perpetuação do Movimento – que recorde-se é de $ 1 Bilião a atingir em 2025 – mantém-se dentro dos horizontes traçados. Face ao ritmo de crescimento registado nos últimos anos, o valor do fundo ultrapassou já os $ 500 milhões, quantitativo este que poderá pressupor vir a sua antecipação temporal a constituir uma meta perfeitamente alcansável.   Manteve-se, em termos gerais, a atribuição de quantitativos similares de Bolsas Educacionais, de Bolsas para Professores Univeritários e de Frequência de Alunos nos Centros Rotary de Estudos Internacionais.

Instituições apoiadas pelos Clubes do D1960 Os clubes do Distrito 1960 apoiam e colaboram com muitas instituições de carácter social, educativo ou hospitalar, ajudando a minimizar as carências sentidas e as necessidades dos seus utentes. Durante as visitas oficiais aos clubes tive a oportunidade de visitar com a Lili a grande maioria dessas instituições, de contactar com os seus responsáveis e colaboradores e de apreciar a sua dedicação e capacidade de dádiva. Alguns dirigentes são já rotários, membros dos clubes patrocinadores ou apoiantes, muitos outros têm verdadeiro espírito rotário não sendo rotários. Deixo aqui uma palavra de muito apreço a todas estas pessoas e aos clubes que apoiam estas instituições, pelo que este meritório trabalho rotário significa no conjunto das acções e projectos desenvolvidos no nosso Distrito. No quadro anexo está indicado o número de instituições apoiadas pelos nossos clubes, por tipo de actividades ou valências.

POR ACTIVIDADES / VALÊNCIAS Apoio a Idosos

24

Apoio a Deficientes

19

Apoio a crianças e jovens em risco

14

Creches, Jardins de Infância, ATL

10

Apoio a pessoas carenciadas

9

Hospitais - Serviços de Pediatria - Crianças doentes

8

Associações de Doenças graves ou raras

6

Lares de Jovens desprotegidos

4

TOTAL

97

Nota: Existem instituições com mais de uma actividade.

Junho’07

Carta Mensal do Governador 17


Frequências Até 3º Semestre 2006-07

%

%

Abrantes 4 50.00% 4 26.67% 4 54.88% 5 61.76% 5 67.33% 4 60.98% 5 70.30% 4 67.47% 5 49.49% 56.54% Albufeira 4 68.75% 5 63.00% 4 76.32% 4 71.05% 5 62.00% 4 76.32% 4 78.95% 4 84.21% 5 68.42% 72.11% 2 Alcobaça 6 61.45% 3 38.54% 4 50.75% 5 57.50% 4 54.00% 3 68.80% 4 48.48% 3 47.47% 4 53.78% 53.42% Algés 4 69.17% 5 26.67% 4 65.18% 5 65.00% 4 58.04% 3 66.67% 5 53.57% 4 62.04% 4 52.78% 57.68% 4 Almada 4 85.29% 4 61.11% 4 65.28% 5 63.33% 4 58.33% 3 72.22% 4 90.28% 3 79.63% 4 86.11% 73.51% 5 Almancil-Internacional 4 80.56% 5 67.59% 4 78.13% 4 81.62% 4 73.61% 3 70.48% 75.33% 1 Almeirim 4 57.81% 3 29.17% 4 62.50% 5 58.80% 4 47.00% 2 64.70% 53.33% 3 Amadora 4 65.00% 5 46.67% 4 60.00% 3 76.19% 5 72.31% 3 76.92% 66.18% 6 Angra Heroismo, CPM Barreiro 5 53.08% 4 35.58% 4 60.00% 5 65.60% 4 71.00% 3 64.00% 4 56.25% 4 44.64% 4 49.11% 55.47% 2 Beja Benedita 4 87.50% 2 37.50% 4 93.75% 4 84.38% 4 81.25% 3 100.00% 4 90.63% 4 84.38% 5 72.50% 81.32% 2 Caldas da Rainha 5 20.87% 3 31.94% 4 25.00% 5 42.61% 4 43.18% 3 48.00% 35.27% 2 Carnaxide 4 76.40% 4 40.30% 4 58.30% 3 25.93% 4 18.06% 3 25.93% 4 27.27% 4 31.82% 4 36.36% 37.82% Cascais-Estoril 4 51.92% 1 33.33% 4 54.61% 5 62.05% 5 54.21% 3 57.66% 5 54.59% 3 40.54% 4 41.89% 50.09% 6 Castelo Branco 4 38.89% 4 22.92% 4 41.43% 5 46.86% 5 33.14% 3 43.24% 5 52.90% 3 58.06% 4 48.39% 42.87% Costa da Caparica 4 62.50% 4 52.08% 4 64.58% 3 77.78% 5 63.45% 4 65.52% 4 75.86% 4 68.97% 5 67.59% 66.48% Entroncamento 4 38.64% 5 40.91% 4 54.55% 4 48.86% 4 59.09% 4 39.77% 5 60.91% 4 56.82% 4 54.55% 50.46% 4 Estremoz Évora 4 64.47% 4 35.53% 4 61.84% 4 78.95% 3 59.65% 4 53.95% 5 80.00% 3 57.41% 4 75.00% 62.98% Faro 4 62.50% 4 67.50% 4 67.50% 5 88.30% 4 68.30% 3 70.00% 5 64.52% 3 68.82% 4 66.90% 69.37% 18 Fátima 4 63.00% 3 42.67% 4 71.00% 5 60.00% 4 53.00% 3 68.00% 4 44.44% 57.44% Funchal 4 35.00% 4 10.00% 4 22.50% 4 37.50% 3 18.33% 3 33.33% 26.11% Horta 5 76.00% 5 53.60% 4 69.00% 3 77.33% 5 71.20% 4 63.00% 4 75.00% 4 63.00% 5 61.48% 67.73% Lagoa - Algarve 4 67.05% 3 100.00% 4 61.36% 4 68.18% 5 69.09% 3 51.52% 69.53% 3 Lagos 4 73.75% 4 53.57% 4 56.25% 5 65.71% 4 59.52% 3 66.66% 62.58% Lisboa 4 18.55% 4 15.32% 5 16.13% 4 19.67% 3 20.77% 18.09% Lisboa-Belém 4 47.73% 1 54.55% 4 53.85% 4 92.31% 4 92.31% 4 82.14% 5 74.29% 4 71.43% 4 85.71% 72.70% 2 Lisboa-Benfica 2 46.43% 4 50.00% 48.22% Lisboa-Centennarium 4 77.00% 2 70.00% 4 72.00% 73.00% Lisboa-Centro Lisboa-Estrela 5 47.50% 4 54.03% 4 49.19% 5 54.19% 4 56.45% 3 68.82% 4 66.13% 4 54.03% 4 54.03% 56.04% 5 Lisboa-Lumiar 4 50.00% 4 35.00% 4 57.00% 47.33% Lisboa-Norte 4 36.81% 4 4.86% 4 32.14% 4 35.00% 4 36.43% 4 23.57% 28.14% Lisboa-Oeste 4 55.88% 5 36.47% 4 62.50% 3 75.00% 5 65.88% 3 64.71% 4 3 5 60.07% 6 Lisboa-Olivais 4 50.00% 2 33.33% 4 75.00% 3 78.43% 5 66.67% 2 82.35% 4 76.25% 4 66.25% 5 60.00% 65.36% 3 Lisboa Sul 60.42% 60.42% Loulé 5 76.50% 4 66.70% 5 75.00% 5 73.83% 4 68.18% 3 71.21% 4 63.00% 3 73.00% 4 76.00% 71.49% 7 Loures 5 52.63% 3 49.12% 4 55.26% 5 60.00% 4 53.95% 3 43.86% 52.47% 7 Machico-Santa Cruz 4 62.50% 4 54.17% 4 51.39% 4 47.06% 4 60.94% 3 75.00% 58.51% Mafra 4 70.00% 4 50.00% 4 45.00% 4 55.00% 4 35.00% 4 45.00% 5 83.33% 3 81.48% 4 69.44% 59.36% 4 Moita 3 57.97% 1 56.52% 3 71.01% 4 63.04% 4 52.27% 3 40.91% 3 39.39% 3 39.39% 3 34.85% 50.59% 2 Montijo 3 53.85% 3 48.72% 4 45.83% 4 50.00% 3 52.78% 50.24% Odivelas 4 55.56% 4 30.56% 4 50.00% 5 52.22% 4 50.00% 3 61.11% 3 61.11% 3 64.81% 53.17% 2 Oeiras 5 85.00% 4 27.08% 4 97.22% 5 57.33% 4 70.00% 3 73.33% 4 73.33% 3 75.56% 3 86.67% 71.72% Olhão Palmela Parede-Carcavelos 4 30.36% 5 24.29% 4 30.36% 3 50.00% 5 35.71% 3 41.03% 4 53.57% 4 46.15% 5 35.38% 38.54% Peniche 4 39.77% 3 45.45% 4 39.77% 4 37.50% 1 54.55% 4 42.05% 4 36.36% 5 30.91% 40.80% 1 Pico 2 50.00% 2 45.00% 2 40.00% 2 40.00% 2 37.50% 2 55.00% 44.58% 4 Ponta Delgada 3 58.82% 5 41.18% 4 30.88% 6 67.65% 4 70.59% 4 70.59% 4 55.00% 3 60.00% 4 60.00% 57.19% Portalegre 4 38.54% 5 17.50% 5 33.33% 3 40.28% 5 42.50% 5 41.90% 5 40.83% 4 41.67% 5 30.43% 36.33% Portela 4 62.50% 5 45.00% 4 81.25% 4 90.63% 5 68.75% 4 93.75% 5 52.50% 4 66.67% 4 73.33% 70.49% Portimão 5 71.30% 3 60.61% 4 56.82% 5 66.36% 4 64.77% 3 72.73% 65.43% 4 Porto Santo 4 53.85% 2 61.54% 2 65.38% 4 48.08% 4 51.56% 3 66.67% 4 62.50% 4 53.13% 57.84% Praia da Rocha 4 62.50% 4 39.77% 4 55.68% 5 54.54% 4 63.04% 3 56.51% 5 49.56% 3 60.86% 4 49.99% 54.72% 5 Praia da Vitória Rio Maior 2 70.00% 4 72.22% 4 50.00% 4 87.50% 4 90.63% 74.07% 8 Santarém 4 65.48% 4 27.38% 4 59.52% 5 52.38% 4 60.71% 3 85.71% 4 69.05% 60.03% 2 S. Jorge 4 51.19% 3 57.89% 4 61.84% 4 62.50% 4 65.63% 4 70.31% 3 53.85% 3 48.72% 4 77.27% 61.02% 4 Seixal Sesimbra 5 58.00% 4 33.75% 4 53.75% 5 54.00% 4 56.25% 2 57.50% 52.21% 4 Setúbal 3 60.00% 5 18.40% 4 27.00% 3 44.00% 5 41.60% 4 47.92% 4 55.21% 4 43.75% 5 48.33% 42.91% Setúbal-Sado Silves 4 39.00% 5 43.00% 4 60.00% 3 69.57% 3 76.19% 4 76.19% 60.66% 7 Sintra 5 72.50% 4 60.42% 4 71.88% 5 78.33% 4 75.00% 3 66.67% 4 64.77% 4 55.95% 4 61.96% 67.50% Tavira 4 66.67% 5 46.67% 4 80.00% 4 73.33% 4 80.00% 4 82.35% 5 61.18% 4 91.67% 4 66.67% 72.06% 3 Tomar Torres Vedras 4 74.04% 5 56.92% 4 69.23% 5 72.31% 4 61.54% 4 59.62% 5 63.20% 4 74.00% 66.36% 3 Vila Franca de Xira Vila Real Stº António 4 36.11% 4 36.11% 4 27.78% 5 43.33% 4 43.06% 3 33.30% 5 46.67% 3 46.30% 4 48.61% 40.14% (a) Dados incompletos

(b) Clube fundado em Novembro de 2006

Observações

%

Média até 3º Semestre 2006-07 %

Sócios 100% até 3º Semestre

%

Março

Fevereiro Nº Reuniões

%

Janeiro

Nº Reuniões

Dezembro

Nº Reuniões

%

Novembro

Nº Reuniões

%

Outubro Nº Reuniões

%

Setembro Nº Reuniões

%

Nº Reuniões

Nº Reuniões

CLUBES

Agosto

Nº Reuniões

FREQUÊNCIA Julho

(a) (a) (a)

(a)

(a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a) (a)

(a)

(a) (a) (b) (a) (a) (a)

(a)


Visita Oficial | Comemorações

Visita oficial ao Rotary Club de Lisboa-Centro 3 Maio 2007 A visita oficial ao mais novo clube do nosso Distrito, iniciou-se pela ida à Escola Selecta Prof. Doutor Amadeu Andrés, de que é Directora a Drª Maria Emília Andrés, amiga do clube. Acompanhados pelo Presidente Miguel Rijo e sua esposa, e por vários outros companheiros do clube e do RC de Lisboa-Norte, seu clube padrinho, Lili e eu fomos simpaticamente recebidos e participámos na cerimónia de evocação do Fundador da instituição e de entrega pelo RC Lisboa-Centro de um prémio escolar à melhor aluna da escola no ano lectivo de 2006-07. Seguiu-se a reunião de trabalho, nas instalações daquela escola, com o Presidente e o seu Conselho Director, com a presença do Compº Marques Torres, que foi o Representante do Governador para a formação do clube. Com 23 membros, sendo a maioria senhoras (13), o RC Lisboa-Centro

O Presidente Miguel Rijo entrega o prémio escolar à melhor aluna da Escola Selecta.

tem já um conjunto de projectos que vai desenvolver a curto prazo, como sejam o apoio à Associação S. Vicente de Paulo, com fornecimento de mobiliário, computadores e

outro equipamento, o acompanhamento de crianças à praia e ao campo em Junho/Julho em cooperação com a Junta de Freguesia do Campo Grande, com quem também vão promover passeios para idosos e o apoio a um Centro de Dia de acolhimento de crianças desprotegidas. Têm em elaboração o Plano de Liderança de Clube, para pôr em prática no início do próximo ano rotário. A visita terminou com o jantar festivo no Hotel Corinthia Alfa Lisboa, local das reuniões do clube, com a presença do Presidente da Junta de Freguesia de Campo Grande, Sr. Waldemar Salgado, da Drª Maria Emília Andrés, de um companheiro do Lions e outros convidados, assim como de muitos companheiros rotários. A minha mensagem naturalmente atendeu ao facto de se tratar de um clube jovem, que inicia agora a sua acção rotária, assegurando a contínua formação dos seus membros.

Celebradas datas importantes na vida dos Clubes Rotary Club do Entroncamento – 25 anos Rotary Club da Amadora – 30 anos Rotary Club de Palmela – 10 anos Os aniversários dos Clubes são sempre efemérides marcantes que todos celebramos com júbilo. Mas quando se trata de comemorar as bodas de prata, ou uma ou mais décadas de prestação de serviços no seio do Movimento Rotário justifica-se uma menção especial. Neste mês de Junho, o Rotary Club do Entroncamento, do dia 2, o Rotary

O Companheiro Agostinho Rebelo, fundador e sócio honorário do Rotary Club da Amadora, recebeu o Diploma de Benemérito da F.R.P. da Presidente Manuela Branco.

Club da Amadora, no dia 23, e o Rotary Club de Palmela, no dia 27, festejaram respectivamente vinte e cinco, trinta e dez

PORTUGAL Distrito 1960

Saudação às Bandeiras no Rotary Club do Entroncamento.

anos de vida rotária, pelo que estão de parabéns todos aqueles que contribuíram para o trabalho que estes clubes desenvolveram em benefício das suas comunidades e das acções e projectos de Rotary International. Estive presente com a Lili nos eventos comemorativos destes aniversários, que tiveram a participação de convidados e de muitos companheiros de outros clubes, tendo em todos eles havido um ambiente de festa, de grande companheirismo e amizade, com homenagem aos seus membros fundadores e uma retrospectiva mais ou menos completa da história do clube. O Rotary Club de Amadora também inaugurou oficialmente a sua Sede, na data do seu 30º Aniversário, a qual proporcionará aos seus membros uma base importante para planearem e desenvolverem as acções de serviço do Clube e também para a guarda do respectivo acervo. Muitos parabéns aos três clubes e votos de muito sucesso para o futuro.

Junho’07

Carta Mensal do Governador 19


não esqueça | notícias | Agenda

Campo de Férias Internacional – Sintra, Património da Humanidade   Aos Secretários dos clubes que, por

30 Junho a 14 Julho 2007

qualquer motivo, ainda não pagaram os per capita do 2º semestre rotário a Rotary International, numa derradeira lembrança pedimos que não esqueçam de o fazer urgentemente, uma vez que se o não fizerem até 30 de Junho (data de recepção no Banco em Zurique) os vossos clubes correm sério risco de serem desactivados em R.I., resultando daí importantes inconvenientes, pelo menos financeiros, para poderem reactivá-los.

  Não esqueça de colaborar com

o Conselho Director entrante na sua tarefa de planeamento do ano 2007-08 fornecendo os dados relevantes de continuidade por forma a permitir alguma homogeneidade na condução dos assuntos correntes do clube, fortalecendo desse modo a sua identidade.

  Ainda há clubes que não honraram

os seus compromissos financeiros para com as instâncias do Distrito, como sejam o per capita do Fundo de Distrito, a assinatura do Portugal Rotário e a contribuição para a Fundação Rotária

Inicia-se no próximo dia 30 de Junho o Campo de Férias de Rotary do Distrito 1960, subordinado ao tema “Sintra, Património da Humanidade”. Este evento, organizado pelo Rotary Club de Sintra com o apoio da Governadoria do Distrito e do Rotaract Club de Sintra, receberá 7 jovens de diversas nacionalidades (Antoine Houtart – Bélgica, Marek Ondrüj – Rep. Checa, Pierre-Adrien Ponthieux – França, Gokhan Erguven – Túrquia, Eva Nagyfejeo e Zsuzsanna Vasas – Húngria e Pauline Maassen – Holanda). O programa, com a duração de 15 dias, incluirá visitas a monumentos históricos em diversas cidades e vilas (Lisboa, Sintra, Mafra, Cascais, Estoril, Alcobaça, Batalha e Óbidos, entre outras), museus, exposições, espectáculos, passeios na baixa pombalina e no parque das nações, idas à praia e visitas a outros locais emblemáticos do nosso País. Será dado particular ênfase aos aspectos culturais, históricos, arquitectónicos, gastronómicos e de vivência social, que nos caracterizam. Salienta-se a colaboração, já confirmada, de diversos clubes rotários (Alcobaça, Cascais-Estoril, Lisboa, Lisboa-Belém e Lisboa-Norte entre outros), bem como de diversas entidades, empresas e estabelecimentos que patrocinam esta iniciativa. Espera-se que este campo de férias proporcione bons momentos de companheirismo e que promova a imagem de Portugal nas suas distintas facetas, contribuindo dessa forma para o objectivo deste tipo de iniciativas, a promoção da paz e da compreensão mundial. Aproveitamos para dar as boas vindas aos jovens que nos visitam.

Portuguesa. Ou seja, estamos a dias de terminar o ano rotário e continuamos com situações por regularizar, algumas delas desde o início do ano rotário e, até em casos extremos, desde anos anteriores. Não esqueçam, companheiros e clubes responsáveis por estas situações, que os destinatários também têm compromissos para com terceiros.

20 Carta Mensal do Governador

Maio’07

Donativos dos Clubes Os clubes do Distrito 1960 contribuíram para a Fundação Rotária Portuguesa, através da entrega de valores aquando das Visitas Oficiais do Governador, durante este ano rotário de 2006-07, com o montante total de e17.532,00.

Agenda EVENTOS ROTÁRIOS 16 / Junho Sessão de Mérito e Reconhecimento Distrital ISEG – Lisboa

17 a 20 / Junho Convenção Internacional Salt Lake City, Utah – EUA

29 / Junho Transmissão de Tarefas dos Representantes Rotaract e Interact do D1960 Hotel Cidadela – Cascais

30 / Junho Transmissão de Tarefas dos Governadores do D1970 Quinta de Vilarinho – Maia

7 / Julho Transmissão de Tarefas dos Gevernadores do D1960 Hotel do Canal – Horta (Açores)

Aniversários de Clubes    JUNHO

6 11 12 16 19 23 25 26 27 29 30

RC Almeirim RC Beja RC Fátima RC Entroncamento RC Lisboa-Olivais RC Albufeira RC Algés RC Amadora RC Barreiro RC Benedita RC Alcobaça RC Palmela RC Sesimbra RC Tavira RC Vila Real Sto. António RC Lisboa-Lumiar

CARTA Distrito 1960 - JUNHO de 2007 -nº12  

Mais um ano rotário termina e outro se vai iniciar, vamos ter novos líderes nos clubes, nos Distritos, nos órgãos dirigentes de Rotary Inter...

Advertisement