Issuu on Google+

Cavaco, Carmen, 1970Adultos pouco escolarizados : políticas e práticas de formação (2009). Lisboa : Educa, p. 598-602

Faculdade de Psicologia | Instituto da Educação UNIVERSIDADE DE LISBOA

mostra bibliográfica

Mostra bibliográfica sobre Reconhecimento e validação de competências e experiências

Reconhecimento e validação de competências e experiências

Uma iniciativa da Divisão de Documentação Dezembro 2011

Concepção gráfica GAIPE Imagem Microsoft

As evoluções no mundo do trabalho, nas últimas duas décadas, marcam de forma decisiva a promoção das políticas e práticas de reconhecimento de adquiridos. As evoluções no mundo do trabalho relacionam-se com vários factores, entre os quais, a crescente mobilidade profissional, a mudança da natureza dos diplomas escolares, o triunfo da noção de competência nas práticas organizativas e formativas. A mobilidade profissional, para além de um imperativo do sistema económico, transformou-se num fenómeno social valorizado, o que reforçou a necessidade de se apostar em mecanismos de reconhecimento dos saberes adquiridos nos diversos contextos profissionais. As alterações na própria concepção de trabalho deram lugar à primazia das competências de banda larga, que podem ser adquiridas através de modalidades educativas formais, não formais e informais. Por seu turno, as evoluções tecnológicas e a competição internacional exigem uma gestão rigorosa dos recursos humanos. Estes factores justificam o relevo das políticas de reconhecimento de adquiridos enquanto estratégias orientadas para a gestão de recursos humanos. (…) A identificação e reflexão sobre os pressupostos orientadores do processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) são fundamentais para compreendermos alguns elementos de complexidade e tensões notórios nas lógicas de acção e nas práticas dos actores implicados na organização e funcionamento destes dispositivos. As políticas e práticas de reconhecimento de adquiridos experienciais “surgem na sequência de um conjunto de alterações sociais, económicas, do mundo do trabalho e científicas e são marcadas por concepções do homem” (Beger, 1991: 241). As políticas e práticas de reconhecimento de adquiridos experienciais fundamentam-se, essencialmente, em duas perspectivas muito distintas, para não dizer, opostas. Por um lado, a perspectiva inspirada na corrente humanista, na qual se basearam as práticas pioneiras de reconhecimento de adquiridos, centrada na pessoa, com finalidades de emancipação individual e social. Por outro, a perspectiva orientada para a gestão de recursos humanos ao serviço da competitividade económica. Presentemente, as práticas de reconhecimento de adquiridos experienciais são enquadradas por políticas de modernização económica e de gestão de recursos humanos. O predomínio actual desta última perspectiva, induz à subordinação das práticas de RVCC a “orientações de responsabilização individual, procurando ensinar os indivíduos a gerirem-se a si próprios como um capital e incitando-os a tornarem-se empresários de si mesmos” (Canário, 2006a, pp. 42-43), privilegiando-se a adaptação social e menosprezando-se o desenvolvimento pessoal, a perspectiva crítica e de mudança social.”

Faculdade de Psicologia | Instituto de Educação UNIVERSIDADE DE LISBOA

Alameda da Universidade 1649-013 Lisboa

Faculdade de Psicologia | Instituto de Educação UNIVERSIDADE DE LISBOA

Alameda da Universidade 1649-013 Lisboa

Tel.: 21 794 36 00

Tel.: 21 794 36 00

E-mail: biblio@fpie.ul.pt

E-mail: biblio@fpie.ul.pt


Faculdade de Psicologia Instituto de Educação UNIVERSIDADE DE LISBOA

mostra bibliográfica

Reconhecimento e validação de competências e experiências

O br a s d a m o s t r a

Associação Nacional de Oficinas de Projectos O balanço de competências nas oficinas de projectos : reflexões sobre um percurso / ed. Associação Nacional de Oficinas de Projectos. - Paços de Brandão : Associação Nacional de Oficinas de Projectos, 2000. FOR/ADU RBR*BAL Aubret, Jacques Valorisation et validation de l'expérience professionnelle / Jacques Aubret, Patrick Gilbert. Paris : Dunod, 2003. FOR/ADU ABR*VAL Aubret, Jacques Reconnaissance et validation des acquis / Jacques Aubret, Patrick Gilbert. - Paris : Presses Universitaires de France, cop.1994 FOR/ADU AUB*REC Barros, Rosanna A criação do reconhecimento de adquiridos experienciais (RVCC) em Portugal : uma etnografia crítica em educação de adultos / Rosanna Barros. - Lisboa : Chiado Editora, 2011 FOR/ADU BRR*CRI Ben Moussi-Le Gall, Laure Validation des acquis de l'expérience : retour d'expériences à l'université / coord. Laure Ben Moussi-Le Gall. Paris : L'Harmattan, 2008 FOR/ADU GLL*VAL Ex. 1 Cavaco, Carmen, 1970Adultos pouco escolarizados : políticas e práticas de formação / Carmen Cavaco. -Lisboa : Educa, 2009. FOR/ADU CVC*ADU Ex. 1

Colardyn, Danielle La gestion des compétences : perspectives internationales / Danielle Colardyn. - 1e éd.. -Paris : Presses Universitaires de France, cop. 1996 FOR/ADU CLR*GES

Le Boterf, Guy Construire les compétences individuelles et collectives : agir et réussir avec compétence / Guy le Boterf. - 5ème éd. mise à jour et enrichie. - Paris : Eyrolles, 2010 FOR/ADU BTR*CON

Courtois, B., e outro, coord. La formation expérientielle des adultes / coordonné par B. Courtois et G. Pineau. - Paris : La Documentation Française, 1991 FOR/ADU CRT*FOR

Nico, Lurdes Pratas A escola da vida : reconhecimento e validação dos adquiridos experienciais em Portugal : fragmentos de uma década (20002010) / Lurdes Pratas Nico. -Ramada : Pedago, 2011 FOR/ADU NIC*ESC

Farzad, Mehdi Reconnaissance et validation des acquis en formation / Mehdi Farzad, Saeed Paivandi. Paris : Anthropos, 2000. FOR/ADU FRZ*REC Ex. 1 Figari, Gérard, e outros, ed. Evaluation des competences et apprentissages experientiels : savoirs, modèles et méthodes =Avaliação de competências e aprendizagens experienciais : saberes, modelos e métodos / ed. Gérard Figari...[et al.]. - Lisboa : Educa, 2006. FOR/ADU FGR*EVA Ex. 1 Gomes, Maria do Carmo Referencial de competências-chave para a educação e formação de adultos : nível secundário / coord. Maria do Carmo Gomes. Lisboa : Direcção-Geral de Formação Vocacional, 2006 FOR/ADU GMS*REF Le Boterf, Guy Construir as competências individuais e colectivas : resposta a 80 questões / Guy Le Boterf ; trad. Maria Dolores Garrido. Porto : Asa, 2005. - 127 p. ; 2005 FOR/ADU BTR*CON

Pires, Ana Luísa de Oliveira, 1961Educação e formação ao longo da vida : análise crítica dos sistemas e dispositivos de reconhecimento e validação de aprendizagens e de competências / Ana Luísa de Oliveira Pires. [Lisboa] : Fundação Calouste Gulbenkian : Fundação para a Ciência e Tecnologia, 2005. FOR/ADU PRS*EDU Pineau, G., e outros, coord. Reconnaître les acquis : démarches d'exploration personnalisée / coord. de G. Pineau, B. Liétard, M. Chaput. Paris : L'Harmattan, 1997 FOR/ADU PIN*REC Portugal. Instituto do Emprego e Formação Profissional. Núcleo de Estudos Profissionais. Departamento de Certificação Metodologia de elaboração de perfis profissionais para certificação / Núcleo de Estudos Profissionais. Departamento de Certificação ; coord. Ana Campos. - Lisboa : Instituto do Emprego e Formação Profissional, 2007. FOR/ADU IEF*MET Ex. 1


folheto RVCC Dez11