Issuu on Google+

A galinha vermelha

Tradução de ESCOLOVAR


Era uma vez uma galinha que vivia numa quinta.

Certa manhã, ela encontrou algumas espigas de trigo.

Essas espigas tinham muitos grãos.

“Quem me ajuda a semear estes grãozinhos?”


“Eu não!” disse o porco. “Eu não!” disse o gato. “Eu não!” disse o rato.

“Oh, muito bem.,” respondeu a galinha, “Eu faço sozinha!”

E assim fez!


“Quem me ajuda a regar o trigo?” perguntou a galinha.

“Oh, muito bem.,” respondeu a galinha, “Eu faço sozinha!”

“Eu não!” disse o porco. “Eu não!” disse o gato. “Eu não!” disse o rato.

E assim fez!


“Quem me ajuda a cortar o trigo?” perguntou a galinha.

“Oh, muito bem.,” respondeu a galinha, “Eu faço sozinha!”

“Eu não!” disse o porco.

“Eu não!” disse o gato. “Eu não!” disse o rato.

E assim fez!


“Quem me ajuda a levar estes grãos para o moinho?” perguntou a galinha.

“Oh, muito bem.,” respondeu a galinha, “Eu faço isso sozinha!”

E assim fez!

“Eu não!” disse o porco. “Eu não!” disse o gato. “Eu não!” disse o rato.


“Ai, sim? Muito bem. Eu faço sozinha,” respondeu a galinha. “Quem me ajuda a preparar o pão?” perguntou a galinha. “Eu não!” disse o porco. “Eu não!” disse o gato. “Eu não!” disse o rato.

E assim fez!


“Quem me ajuda a comer este pão fresco?” perguntou a Galinha Vermelha.

“Oh, não!” respondeu a galinha.

“Eu vou comer tudo sozinha!”

“Eu!” disse o porco.

“Eu!” disse o gato. “Eu!” disse o rato.

E assim fez!


FIM Tradução de ESCOLOVAR

Images by Liz Pichon ©Ladybird books


A galinha vermelha