Page 1

Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém

Escola de Ensino Básico de 2º e 3º ciclos António Sérgio - Cacém “É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança” (Projecto Educativo do AEAS)

BE/CRE Plano de Acção de 2009/2013 Janeiro de 2010

Coordenadora: Graciete Monteiro BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém

INTRODUÇÂO

O presente Plano de Acção pretende dar resposta às orientações da Rede de Bibliotecas Escolares, na sequência da aplicação do novo Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares e da formação desencadeada aos Professores Bibliotecários, agora, com novo estatuto e com funções definidas e normalizadas, nas escolas/agrupamentos que coordenam. O Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares apresenta um conjunto de indicações, sugestões e guias de trabalho que possibilitam desencadear o processo para a sua aplicação e que visam uma melhoria contínua do trabalho que é desenvolvido na BE/CRE. Esse trabalho será analisado em termos de processos (trabalho realizado pela BE/CRE) e de resultados e impactos (efeitos desse trabalho nas aprendizagens dos alunos e na própria biblioteca). Os quatro Domínios (A, B, C e D) que integram o modelo serão sujeitos a uma avaliação anual, um domínio em cada ano, cumprindo um ciclo de quatro anos, correspondente ao tempo de funções do Professor Bibliotecário. Com a aplicação do modelo pretende-se “estabelecer padrões de funcionamento que consolidem o trabalho substantivo que a Biblioteca Escolar deve desenvolver em áreas consideradas fulcrais para o seu sucesso e efectiva integração pedagógica na escola” (MABE). O Modelo orienta ainda a sua aplicação, através de etapas com uma determinada sequência e respectivos procedimentos. O Modelo de Auto-avaliação da BE deve contribuir e cooperar para a avaliação externa da escola.

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém

“A avaliação não constitui um fim em si mesmo mas um meio ao serviço da melhoria”. (MABE) O Plano de Acção deverá estabelecer objectivos e metas a serem alcançados em função da concretização de acções que são definidas e delimitadas no tempo. O presente Plano de Acção foi elaborado de acordo com as seguintes orientações:  A experiência da coordenação da BE/CRE nos últimos quatro anos e como elemento da equipa desde a integração da BE da nossa escola na RBE (2003);  O diagnóstico dos Pontos Fortes e dos Pontos Fracos nos diferentes Domínios da BE;  A identificação de áreas prioritárias de actuação;  A selecção, com a equipa e com a Direcção da Escola, do Domínio B, como prioridade para o primeiro ano, por estar em consonância com projectos são desenvolvidos na escola e que têm tido impactos positivos na comunidade escolar;  A selecção sequencial dos domínios B, D, A e C para os quatro anos;  Os constrangimentos da sua aplicação pela primeira vez, sem qualquer modelo de outras escolas como referência e com grande dificuldade de tempo para reflectir e responder a tantas solicitações no Agrupamento. A Professora Bibliotecária Graciete Monteiro

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém B- Leitura e Literacia Metas: 1- Promover a leitura na escola 2- Integrar a BE nas estratégias e programas de leitura na escola/ agrupamento 3- Desenvolver hábitos e competências de leitura e literacia , nos alunos 2009/2010 2010/2011 2011/2012 -Avaliar e adequar a colecção de acordo com - Desenvolver acções de leitura e de literacia diferentes gostos, interesses e necessidades em articulação com o PE e PC do dos utilizadores Agrupamento

OBJECTIVOS ANUAIS

- Sensibilizar a escola para a importãncia da leitura como suporte e progressão das aprendizagens - Proporcionar o uso de livros e outros suportes de leitura, para os alunos lerem de forma recreativa, para se informarem, para realizarem trabalhos escolares e para a comemoração de efemérides

- Incentivar a leitura informativa, articulando actividades de ensino e aprendizagem, projectos e acções que incentivem a leitura, com os departamentos curriculares e/ou outros - Promover acções de formação para alunos e professores no domínio da literacia da informação

- Consolidar o trabalho articulado com - Apoiar e incentivar o desenvolvimento do departamentos, docentes e a abertura a PNL na escola e no agrupamento(1º, 2º e 3º projectos externos ciclos); planificar e articular actividades com docentes/sala de aula - Produzir Guiões de Trabalho, Fichas de Leitura e outros materiais de apoio para - Dinamizar acções de promoção da leitura, docentes e alunos nomeadamente, encontros com escritores, contadores de histórias, declamadores de - Envolver a familia em projectos ou poesia; celebração da Semana da Leitura, actividades, na área da leitura Leituras inter-turmas, Sarau de Leitura; - Consolidar a promoção da leitura, projectos de leitura em parceria com a BM; nomeadamente, encontros com escritores, Maratona da Poesia e Projectos da contadores de histórias, declamadores de Multiculturalidade poesia; celebração da Semana da Leitura, - Desenvolver parcerias com a BM Leituras inter-turmas, Sarau de Leitura; Maratona da Poesia e outros Projectos em - Aplicar o Modelo de Auto-avaliação da parceria com outras instituições/ parceiros BE / Divulgar resultados

-Avaliar e adequar a colecção de acordo com novos públicos

2012/2013 - Promover a discussão conjunta( com alunos e professores) sobre a importãncia da leitura na formação pessoal e no sucesso educativo

- Promover acções formativas que ajudem a desenvolver as competências na área da - Consolidar o trabalho articulado com leitura, em parceria com o Grupo Disciplinar departamentos, docentes e a abertura a de Língua Portuguesa e no âmbito dos novos projectos externos programas de LP - Consolidar a promoção da leitura, - Consolidar o trabalho articulado com nomeadamente, encontros com escritores, departamentos, docentes e a abertura a contadores de histórias, declamadores de projectos externos poesia; celebração da Semana da Leitura, Leituras inter-turmas, Sarau de Leitura; - Consolidar a promoção da leitura, Maratona da Poesia e outros Projectos em nomeadamente, encontros com escritores, parceria com outras instituições/ parceiros contadores de histórias, declamadores de - Produzir e difundir informação sobre poesia; celebração da Semana da Leitura, livros, autores, Guiões de Leitura e outros Leituras inter-turmas, Sarau de Leitura; materiais de apoio com matérias de interesse Maratona da Poesia e outros Projectos em curricular ou formativo parceria com outras instituições/ parceiros - Proporcionar e incentivar o empréstimo - Proporcionar e incentivar o empréstimo domiciliário domiciliário - Continuar a promover acções de formação para alunos e professores no domínio da - Promover e participar na criação de literacia da informação instrumentos de apoio a actividades de leitura e de escrita e na produção de - Organizar e difundir as listagens dos informação em blogs, Jornal da Escola, recursos documentais existentes que Página da BE/CRE e/ou Boletim do CRE. garantem a transversalidade e o desenvolvimento de competências associadas à leitura

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém D- Gestão da Biblioteca Metas: 1. Valorizar o papel da BE na escola/agrupamento

OBJECTIVOS ANUAIS

2. Promover a melhoria de condições fisicas e de equipamento da BE/CRE 3. Divulgar a colecção e difundir a informação 2009/2010 2010/2011 2011/2012 - Assegurar a formação de uma equipa - Manter uma equipa adequada de pluridisciplinar com formação e colaboradores da BE competências adequadas às suas funções - Elaborar um documento orientador da - Criar uma equipa de colaboradores e Política de Gestão da Colecção proporcionar formação adequada às suas - Manter actualizada a Colecção de funções, nomeadamente no domínio das acordo com as necessidades dos utentes TIC - Assegurar condições de acolhimento e - Inventariar as necessidades da BE no um ambiente propício à fruição do que respeita a obras de manutenção do espaço e ao estudo e pesquisa/uso da espaço e do mobiliário informação - Rever e actualizar os documentos de - Realizar reuniões com Departamentos orientação da BE (Regulamento, curriculares e demais estruturas de Regimento, Plano de Actividades, coordenação educativa e supervisão Regras de Utilização da BE) pedagógica que discutam e definam os - Planificar actividades da BE com apoio objectivos e a missão da BE ao currículo, com o PAA da escola e - Promover acções de formação de com outros projectos em utilizadores desenvolvimento - Continuar a informatização do catálogo - Garantir o bom estado das redes, equipamentos e software existente na - Promover exposições e encontros, BE divulgar trabalhos, envolver os pais/E.E. - Manter a colaboração com o Jornal da Escola

- Criar um boletim informativo

2012/2013

- Manter uma equipa adequada de colaboradores da BE

- Manter uma equipa adequada de colaboradores da BE

- Rever e actualizar os documentos de orientação da BE (Regulamento, Regimento, Plano de Actividades, Regras de Utilização da BE)

- Manter actualizada a Colecção de acordo com as necessidades dos utentes

- Promover acções de formação de utilizadores - Manter actualizada a Colecção de acordo com as necessidades dos utentes - Elaborar um documento, com a comunidade escolar, que oriente a gestão da colecção

- Promover acções de formação de utilizadores - Assegurar a difusão da informação relevante através da página web , blog e boletim mensal do centro de recursos - Manter a colaboração com o Jornal da Escola

- Explorar e difundir o uso de recursos online e incentivar o recurso de - Manter a colaboração com o Jornal da dispositivos da WEB para produzir e Escola e o Boletim Informativo difundir informação

- Assegurar a difusão da informação relevante através da página web, blog e boletim mensal do centro de recursos - Facilitar a utilização do catálogo informatizado a todos os utilizadores - Promover exposições e encontros, divulgar trabalhos, envolver os pais/E.E. - Proporcionar e incentivar o empréstimo domiciliário

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013

- Facilitar a utilização do catálogo informatizado a todos os utilizadores - Promover exposições e encontros, divulgar trabalhos, envolver os pais/E.E. - Proporcionar e incentivar o empréstimo domiciliário


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém A- Apoio ao Desenvolvimento Curricular Metas: 1- Consolidar a BE como espaço de conhecimento, aprendizagem e trabalho colaborativo 2- Aproximar a BE dos novos ambientes digitais

OBJECTIVOS ANUAIS

2009/2010

2010/2011

2011/2012

- Promover a participação periódica da - Organizar acções informais de BE em reuniões de planificação das formação sobre a BE junto dos docentes estruturas de coordenação educativa e de - Reunir periodicamente com os supervisão pedagógica coordenadores dos vários departamentos - Acolher propostas de actividades para definir parcerias no apresentadas pelos vários departamentos desenvolvimento das actividades lectivas

- Integrar os novos docentes como colaboradores do trabalho da BE - Facilitar o acesso à Informação e à aquisição de conhecimento a todos os utilizadores - Integrar o PB na equipa do PTE - Incluir colaboradores provenientes de áreas disciplinares variadas e/ou com formações diferenciadas - Formar utilizadores (alunos)

2012/2013

- Apresentar aos docentes sugestões de - Formar utilizadores (alunos) trabalho conjunto em torno de diferentes - Consolidar a cooperação e o diálogo unidades de ensino ou de com todos os professores, áreas temas/projectos curriculares disciplinares e não -Promover reuniões com os responsáveis disciplinares e com os responsáveis po pelos diferentes programas e projectos e projectos da escola. estudar formas de colaboração - Formar utilizadores (alunos) - Recolher, organizar e difundir - Formar utilizadores (alunos) materiais relacionados com temas e - Reunir e planificar actividades com os necessidades formativas dos docentes docentes responsáveis pelas ACND - Incentivar o desenvolvimento de envolvidos nos diferentes programas e métodos de estudo e hábitos de trabalho - Participar no PTE e no Plano TIC no projectos autónomo ou em grupo sentido de promover a utilização das - Disponibilizar equipamentos que TIC no contexto das actividades - Proporcionar formação para a garantam o acesso e a utilização das curriculares aquisição de capacidades críticas e salas virtuais on-line (plataforma competências técnicas que facilitem a - Dinamizar estratégias de Informação e Moodle) das diferentes áreas pesquisa, recolha e selecção de Comunicação através do Blog e página disciplinares informação web do Centro de Recursos - Encorajar a comunidade escolar a - Produzir ou colaborar com os docentes partilhar os seus pontos de vista sobre as na elaboração de materiais didácticos, actividades que desenvolve no âmbito páginas da internet, guiões de pesquisa do plano de Actividades da Biblioteca ou outros de apoio a diferentes actividades.

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém C- Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de abertura à comunidade Metas: 1- Dinamizar projectos e actividades de carácter cultural que envolvam a comunidade

OBJECTIVOS ANUAIS

2009/2010

2010/2011

2011/2012

2012/2013

- Fomentar a aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomo

- Fomentar a aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomo

- Fomentar a aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomo

- Fomentar a aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomo

- Dinamizar actividades livres, de carácter lúdico e cultural

- Dinamizar actividades livres, de carácter lúdico e cultural

- Dinamizar actividades livres, de carácter lúdico e cultural

- Dinamizar actividades livres, de carácter lúdico e cultural

- Promover projectos e parcerias com outras escolas do agrupamento, com a BM, com pais e E.Educação e com organismos de apoio a actividades da multi e interculturalidade

- Promover projectos e parcerias com outras escolas do agrupamento, com a BM, com pais e E.Educação e com organismos de apoio a actividades da multi e interculturalidade

- Promover projectos e parcerias com outras escolas do agrupamento, com a BM, com pais e E.Educação e com organismos de apoio a actividades da multi e interculturalidade

- Promover projectos e parcerias com outras escolas do agrupamento, com a BM, com pais e E.Educação e com organismos de apoio a actividades da multi e interculturalidade

- Organizar o Sarau de Leitura e momentos de partilha de actividades com pais, E. educação e familiares

- Organizar o Sarau de Leitura e momentos de partilha de actividades com pais, E. educação e familiares

- Organizar o Sarau de Leitura e momentos de partilha de actividades com pais, E. educação e familiares

- Organizar o Sarau de Leitura e momentos de partilha de actividades com pais, E. educação e familiares

- Reforçar a articulação com as ACND

- Reforçar a articulação com as ACND

- Reforçar a articulação com as ACND

- Reforçar a articulação com as ACND

- Divulgar informação de interesse cultural

- Divulgar informação de interesse cultural

- Divulgar informação de interesse cultural

- Divulgar informação de interesse cultural

- Proporcionar à comunidade educativa um programa de animação cultural

- Proporcionar à comunidade educativa um programa de animação cultural

- Proporcionar à comunidade educativa um programa de animação cultural

- Proporcionar à comunidade educativa um programa de animação cultural

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém Conclusão Confrontei-me ainda com a díficuldade de apresentar um Plano de Acção conjunto com a EB1, JI, Agualva2, uma vez que a mesma integra agora a RBE. Mas apesar de trabalharmos em estreita colaboração, as caracteristicas diferentes das escolas e a sua situação em relacção à fase de processo em que se encontram, remeteram-nos para Planos de Acção diferentes. No entanto, ambos serão apresentados na mesma sessão do Conselho Pedagógico. Este Plano de Acção suscita-me algumas dúvidas, uma vez que é a primeira vez que o elaboro e receio algumas dificuldades, quer na sua aplicação, quer na adequação das acções na distribuição pelos quatro anos. Contudo, se se vier a verificar a necessidade de introduzir alterações, o Plano de Acção é reformulável, tendo em conta os resultados da avaliação e as necessidades ditadas pela prática. Apesar da escolha do Dominio B para a avaliação no primeiro ano, os restantes domínios desenvolver-se-ão em simultâneo, e serão naturalmente “avaliados” e “reformulados” sempre que seja necessário adequar às situações e às necessidades de momento. Desenvolvo a minha acção na escola sede do Agrupamento António Sérgio, com cerca de 1600 alunos, do 2º e 3º ciclo, com características diversas e com uma população muito heterogénea do ponto de vista cultural (cerca de 30% da população com LPNM), social e económico. A BE/CRE tenta responder a uma série de solicitações, de apoio aos alunos individualmente e em grupos (por iniciativa própria), de apoio a turmas em sala de aula, às áreas curriculares disciplinares e não disciplinares, aos projectos de turma e de escola, de apoio educativo, à prática dos docentes, aos projectos de leitura e escrita, ao PNL, ao apoio de utilização das TIC. Muitas são as respostas que tentamos proporcionar e já são alguns os projectos da nossa iniciativa que têm envolvido muitos alunos e docentes. Partímos para esta etapa de implementação do MABE com a esperança e vontade de acreditar que “a avaliação não constitui um fim em si mesmo mas um meio ao serviço da melhoria” BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013


Agrupamento de Escolas António Sérgio

Escola E. B. 2,3 António Sérgio – Agualva – Cacém

Maria Graciete Dos Santos Cordeiro Monteiro Professora Bibliotecária Da Escola E.B. 2,3 António Sérgio Avenida dos Missionários – Agualva - Cacém

BE/CRE – Plano de Acção 2009/2013

Plano de Acção da BECRE 2009-2013  

De acordo com o Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares(MABE), o Plano de Ação é um documento que pretende orientar as principais açõe...