Page 5

5

4 Sistemas

A teoria de sistemas estuda a organização abstrata de fenômenos, independente de sua formação e configuração presente. Investiga todos os princípios comuns a todas as entidades complexas, e modelos que podem ser utilizados para sua descrição. Sua relevância é significativa tendo em vista a necessidade de se avaliar a organização como um todo e não somente em departamentos ou setores, identificando o maior número de variáveis possíveis, externas e internas que, de alguma forma, influenciam todo processo existente na organização.

Sistema

é

um

conjunto

de

partes

integrantes

e

interdependentes

que,

conjuntamente, formam um todo unitário com determinado objetivo e efetuam determinada função. De acordo com Padoveze (2000, p. 42), sistema pode ser definido como: um conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que integram formando um todo unitário e complexo. Como uma resultante do enfoque sistêmico, o todo deve ser mais que a soma das partes. Fundamentalmente, o funcionamento de um sistema configura-se a um processamento de recursos (entradas do sistema), obtendo-se, com esse processamento, as saídas ou produtos do sistema (entradas, processamento e saídas).

Outra visão sobre sistema é apresentada por O’Brien (2004, p.7), para ele “um sistema é um grupo de componentes inter-relacionados que trabalham rumo a uma meta comum, recebendo insumos e produzindo resultados em um processo organizado de transformação.”

Para O’Brien (2004, p.7) sistema, dentro da ótica por ele apresentada, possui três componentes ou funções básicas de interação: • Entrada: envolve a captação e reunião de elementos que ingressam no sistema para serem processados. • Processamento: envolve processos de transformação que convertem insumos (entrada) em produto.

M0725  

Dayanna Santos Fontana 1 Palavras-Chaves: Sistemas de Informações. Sistemas de Informações Contábeis. 1 Graduanda do curso de Ciências Contá...

Advertisement