Issuu on Google+

FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS JOVANO LEAL MAIA

IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO NA TOMADA DE DECISÃO NA EMPRESA CASA MAIA

VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA DEZEMBRO - 2006


JOVANO LEAL MAIA

IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO NA TOMADA DE DECISÃO NA EMPRESA CASA MAIA

Monografia apresentada ao curso de Ciências Contábeis da Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR), como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Ciências Contábeis. Orientador: Prof. Franklin Delano.

VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA DEZEMBRO - 2006


M217i

Maia, Jovano Leal Importância do sistema de informação na tomada de decisão na empresa Casa Maia. / Jovano Leal Maia - Vitória da Conquista: Fainor, 2006. 40 f. Monografia (Graduação em Ciência Contabeis) - Faculdade Independente do Nordeste. Orientador: Prof. Franklin Delano. 1. Sistema de Informação. 2. Tomada de Decisão. 3. Tecnologia da Informação. I. T. CDD 658. 1511

Catalogação na fonte: Bibliotecária Sônia Iraína da Silva Roque CRB-5/1203


FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE

FOLHA DE APROVAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

JOVANO LEAL MAIA

IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO NA TOMADA DE DECISÃO NA EMPRESA CASA MAIA

Monografia do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR), como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Ciências Contábeis. Aprovado em ___/___/______

BANCA EXAMINADORA

Nome: Prof. Franklin Delano Assinatura:_____________________________________

Nome:_________________________________________ Assinatura:_____________________________________ Nome:_________________________________________ Assinatura:_____________________________________


Dedico este trabalho ao meu amado Deus, a origem de tudo, aos meus pais, meus irm達os, amigos (as) e a minha querida esposa, que foram fundamentais em toda minha caminhada, minha profunda gratid達o.


AGRADECIMENTOS

Agradeço primeiramente a Deus, pelo dom da vida, por me dar força e perseverança nos momentos mais difíceis desta trajetória. Agradeço também aos meus familiares, em especial aos meus pais, que sempre estiveram presentes em todos os momentos especiais da minha vida, a minha querida esposa Jack, pelo amor e incentivo, e a todos os meus amigos que acreditaram em mim. Aos colegas de curso, pois juntos construímos não apenas o saber, mas, sobretudo uma amizade inesquecível que perdurará por toda a vida. Tenho imensa gratidão por todos os professores; ao professor Franklin Delano, orientador desta Monografia, minha profunda gratidão. Hoje estou feliz por ter vencido mais uma fase da minha vida e sabendo que o senhor nosso Deus estará sempre ao meu lado em todos os momentos.


“Tudo posso naquele que me fortalece. ” Fil. 4. 13


RESUMO

O trabalho tem por objetivo mostrar a necessidade da utilização do Sistema de Informação na tomada de decisão da empresa. Pois o Sistema de Informação é um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta, processa, armazena e distribui informações destinadas a facilitar no processo decisório e no controle da organização. Também pretende contribuir para o entendimento da importância da tecnologia de informação como ferramenta essencial no cotidiano da empresa, a fim de que se possa ampliar e melhorar a qualidade dos serviços oferecidos. A informação é muito importante para a tomada de decisão, quanto mais estruturado for este processo, melhor será na realização das necessidades do gestor. Portanto a empresa tem que obter melhores resultados para conseguir um diferencial competitivo, investindo em meios que forneçam melhores informações para tomarem decisões mais seguras. Palavras-chave: Sistema de Informação. Tomada de Decisão. Tecnologia de Informação.


ABSTRACT

This work has as objective to show the need of the use of Informational System at the company’s taken of decision. Because Information System is a group of interrelated components that collect, process, file and distribute informations that will make easier the decisive process and the organization’s control. It also intend to contribute for the understanding of the importance of information’s technology as an essential tool at company’s daily routine, in order to increase and improve the quality of offered services. The information is very important for the taken of decision, the more structured this process, the realization of manager’s needs will be better. Therefore, the company has to get better results to achieve a competitive differential, investing in ways that supply better informations to take safer decisions. Key words: Informational System. Taken of decision. Informational Technology.


LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS

B2B B2C C2C CRM ERP GC LAN SAE SI SIG SPT SSD SSE STC TI WAN www

empresa-a-empresa empresa-a-consumidor consumidor-a-consumidor Gestão do Relacionamento com os Clientes Enterprise Resource Planning Gestão do Conhecimento rede local Automação de Escritório Sistemas de Informação Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Processamento de Transações Sistemas de Suporte de Decisões Sistemas de Suporte Executivo Sistemas de Trabalho do Conhecimento Tecnologia da Informação rede remota de longo alcance World, Wide Web, Web, W3 ou Teia de Alcance Mundial


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ................................................................ ......................................11 1.1 Problema................................ ................................................................ ............12 1.2 Hipóteses ................................................................ ........................................... 12 1.3 Objetivos ................................ ................................................................ ............12 1.3.1 Objetivos gerais................................ ............................................................... 12 1.3.2 Objetivos específicos................................ ....................................................... 12 1.4 Justificativa................................................................ .........................................13 1.5 Metodologia................................................................ ........................................ 13 2 REFERENCIAL TEÓRICO................................ .................................................... 15 2.1 Sistemas de informação nas empresas ................................ ............................. 15 2.2 Os principais Tipos de Sistemas ................................ ........................................ 17 2.2.1 Sistemas de Processamento de Transações (SPT)........................................ 17 2.2.2 Sistemas de Trabalho do Conhecimento (STC) e de Automação de Escritório (SAE)................................................................ ........................................ 18 2.2.3 Sistemas de Informação Gerenciais (SIG) ...................................................... 18 2.2.4 Sistemas de Suporte de Decisões (SSD)................................ ........................19 2.2.5 Sistemas de Suporte Executivo (SSE) ............................................................ 19 2.2.6 Gestão do Relacionamento com os Clientes (CRM)................................ .......20 2.2.7 O Enterprise Resource Planning (ERP) ................................ .......................... 20 2.3 Objetivos dos Sistemas de Informações Gerenciais (SIG)................................ .21 2.4 A Importância dos Sistemas de Informação para Tomada de Decisão.............. 23 2.4.1 Gestão do Conhecimento (GC) ................................................................ .......24 2. 5 Tecnologia da Informação (TI) ................................................................ ..........25 2.5.1 Hardware................................................................ .........................................26 2.5.2 Software ................................ ................................................................ ..........27 2.5.3 Banco de dados ................................ ................................ ..............................27 2.5.4 Redes ................................................................ .............................................. 28 2.5.5 Gestão de pessoas ................................ ......................................................... 29 2.6 A internet e o comércio eletrônico (e-commerce)................................ ...............29 3 ANÁLISE DE DADOS ................................................................ ...........................32 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................ ..................34 REFERÊNCIAS................................................................ ................................ .....36 APÊNDICE................................ ................................................................ ............37


11

1 INTRODUÇÃO

Atualmente

os

avanços

tecnológicos,

estão

induzindo

importantes

transformações nas empresas, que afetam diretamente nas estratégias de negócios e nas tomadas de decisões mais eficientes. E a competitividade no mercado de trabalho vêm exigindo cada vez mais das organizações. Os Sistemas de Informação (SI)1 tem tido uma participação cada vez mais significativa no processo de gestão empresarial. Através dele obtêm-se melhorias nas comunicações, possibilitando melhorias no atendimento ao consumidor. Conhecendo o potencial destes sistemas e ter a capacidade para trabalhar com eles pode resultar numa carreira de sucesso, em empresas que alcançam suas metas e numa sociedade com maior qualidade de vida. As empresas não podem caminhar separadamente do departamento de Sistema de Informação, pois as estratégias do SI têm que estar em total sincronia com a estratégia da própria empresa. É indiscutível a importância das informações2, em cada uma das fases do processo de tomadas de decisões. O fato de se poder contar com informações adequadas e oportunas é de importância capital para o sucesso da empresa. O objetivo na realização desse trabalho é mostrar que os Sistemas de Informação Gerenciais se forem usados corretamente são uma ferramenta muito útil na empresa Casa Maia, pois além de fornecer informações para tomada de decisões ajudará nas resoluções de problemas, na produção do conhecimento, para ampliar os lucros nos negócios e o sucesso da empresa. Com o uso dos Sistemas de Informação a empresa Casa Maia poderá ampliar o seu alcance a locais distantes, oferecer novos produtos e serviços, e até modificar o modo como conduzem os negócios. Com a utilização do SI a empresa faz a diferença diante da concorrência, pois a obtenção de resultados é de maneira bem mais eficiente. 1

Sistemas de Informações (SI) , é um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta, processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, e o controle de uma organização. 2 Informações - é uma coleção de fatos organizados de modo que adquirem um valor adicional do valor dos próprios fatos.


12 1.1 Problema

Qual a influência do Sistema de Informação no processo decisório na empresa Casa Maia?

1.2 Hipóteses

H1 - O planejamento da empresa é definido através da extração das informações do seu Sistema de Informação para atender as necessidades de seus usuários. H2 - O Sistema de Informação ajuda a empresa Casa Maia na tomada de decisões para atingir seus objetivos. H3 - Com o uso do Sistema de Informação, a Casa Maia aumenta a lucratividade, através da redução dos custos e melhoria dos processos internos.

1.3 Objetivos

1.3.1 Objetivos gerais

Verificar se o Sistema de Informação Gerencial utilizado na Casa Maia fornece instruções para a tomada de decisões da empresa.

1.3.2 Objetivos específicos

* Verificar o uso do Sistema de Informação na tomada de decisão da Casa Maia; * Observar se o Sistema de Informação estão presentes em todos os departamentos da empresa; * Identificar as características dos processos decisórios dos Sistemas de Informação na empresa Casa Maia.


13 1.4 Justificativa No mercado atual existe uma intensidade de mudanças significativas como o desenvolvimento tecnológico, o aumento da competitividade, a complexidade do ambiente econômico e a globalização, colocando as empresas diante de novos desafios. Através da obtenção de melhores resultados a empresa Casa Maia têm que buscar um diferencial competitivo e investir em meios que ofereçam informações estratégicas a fim de possibilitar aos seus administradores tomadas de decisões mais seguras. O uso do Sistema de Informação oferece a empresa relatórios com informações que facilita o processo de gestão criando vantagens competitivas no mercado concorrente. Através dos Sistemas de Informação, com o envolvimento dos gerentes e de tomadores de decisão representa o principal fator para o sucesso organizacional, obtendo maiores lucros e menores custos. A informação é necessária para a empresa atender as suas necessidades e obter melhor desempenho. Entre todas as condições encontradas que determinam a tomada de decisão pelo gestor empresarial está o processo da informação, como é tratada, ordenada e manipulada no mundo empresarial. Para sobreviver e prosperar no mercado cada vez mais competitivo, a empresa precisa buscar informações precisas, completas e acessíveis, pois não basta ter somente uma ótima ferramenta de trabalho nas mãos, é preciso inovar a cada dia, acompanhar as necessidades do mercado com eficiência e eficácia para conduzir os negócios com excelência e maior lucratividade.

1.5 Metodologia

Para a realização desta monografia, os procedimentos metodológicos adotados constituíram, inicialmente, de uma pesquisa bibliográfica e na internet sobre o tema, para uma melhor compreensão do objeto de estudo, o método utilizado foi o exploratório e descritivo. É de caráter exploratório, pois não existem estudos sobre a eficácia do Sistema de Informação na Tomada de Decisão na empresa, e com vistas a prover


14

maior conhecimento sobre o assunto. Isto gera conhecimentos novos e úteis para o avanço da ciência. E foi descritiva, pois teve o objetivo de narrar e desenvolver percepções e experiências das rotinas diárias, através de identificação e avaliação das tomadas de decisões. A investigação foi documental, através da aplicação de questionários, onde foram levados em conta a utilização do Sistema de Informação. Para realização deste estudo foi visitada a empresa Casa Maia e feita uma abordagem sobre o Sistema de Informação e demonstrado a importância para auxiliar a instituição aumentar a sua produtividade.


15

2 REFERENCIAL TEÓRICO 2. 1 Sistemas de informação nas empresas

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os gestores administrativos buscam informações mais confiáveis e precisas para tomada de decisão3, o uso da informática tem crescido constantemente nas empresas facilitando o trabalho de seus usuários. Segundo Stair e Reynolds (1999, p. 4): O Sistema de Informação (SI) é um conjunto de componentes interrelacionados que coletam, manipulam e disseminam dados e informação, 4 proporcionando um mecanismo de realimentação (feedback) para atender a um objetivo.

Através do SI a empresa obtém melhores resultados das entradas e saídas de dados e informações, facilitando a realização das tarefas. Os sistemas de informação estão difundidos por todas as funções organizacionais. Eles são usados por áreas como contabilidade, finanças, vendas, produção e assim por diante. Para Laudon e Laudon (2004, p. 7): Um Sistema de Informação pode ser definido tecnicamente como um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta (ou recupera), processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, a coordenação e o controle de uma organização. Além de dar suporte na tomada de decisões, a coordenação e ao controle, esses sistemas também auxiliam os gerentes e os trabalhadores a analisar problemas, visualizar assuntos complexos e criar novos produtos.

Os Sistemas de Informação integram o cotidiano das organizações devido à expansão e conseqüente acesso à Tecnologia de Informação5 . Avaliar esses sistemas é de extrema relevância, visto a quantidade de recursos financeiros, de pessoal e tempo empregados no seu desenvolvimento e

3

Tomada de Decisão – determina os objetivos a serem alcançados com eficiência e eficácia de uma organização. 4 Feedback – em Sistemas de Informação é a saída utilizada para promover as mudanças na entrada ou nas atividades de processamento. 5 Tecnologia da Informação – é um conjunto de Hardware e Software empregados para coletar, transmitir, armazenar e disseminar informação e a maneira pela quais esses recursos são organizados em um sistema capaz de desempenhar um conjunto de tarefas.


16

implantação. Também é uma importante atividade para caracterizar o sucesso do sistema e garantir seu continuado uso. A

qualidade

dos

sistemas

de

informação

de

uma

empresa

é

reconhecidamente uma vantagem corporativa estratégica. Mas, apesar de todos os avanços tecnológicos, o processamento de informações corporativas continua sendo complexo e merecedor de especial atenção. Segundo Batista (2004, p. 39):

O objetivo de usar os Sistemas de Informação é a criação de um ambiente empresarial em que as informações sejam confiáveis e possam fluir na estrutura organizacional. Dentro da organização, muitos profissionais que utilizam a informação constantemente acreditam não ter a necessidade de conhecer algumas definições no tocante às informações, o que resulta em excesso de trabalho para eles mesmos.

O uso do SI proporciona aos usuários melhores informações, que auxiliam na realização dos objetivos da empresa com mais eficácia, e evitando trabalhos desnecessários. Um papel importante do Sistema de Informação é de aumentar o uso das informações dentro das empresas, melhorando a qualidade dos trabalhos realizados pelos funcionários. Segundo Oliveira (2002, p. 180):

Para garantir a aplicação coerente da informática, é preciso assegurar que o dado correto está sendo armazenado, que o processamento necessário a empresa está sendo empregado, que a informação pertinente está sendo recuperada e, primordial, que os resultados de tudo isso estão sendo corretamente aplicados na evolução da organização.

O SI tem que ser eficiente6 , com qualidade e ser avaliado continuamente, pois os mesmos mudam freqüentemente visando atender as necessidades do mercado. De acordo com Stair e Reynolds (1999, p. 33): Dentro de uma visão mais recente no que concerne à utilização dos Sistemas de Informação nas empresas, não cabe compreender o processo de adicionar valor independentemente desses sistemas. Ao contrário, devemos considerar o papel potencial do sistema de Informação dentro do próprio processo, freqüentemente conduzindo à descoberta de novas e melhores maneiras para completar o processo.

6

Eficiente – que tem eficiência, com capacidade de realizar.


17

A tecnologia da informação contribui de forma significativa para a empresa, através dos Sistemas de Informação que fornecem subsídios para o planejamento e controle das atividades operacionais, comerciais, financeiras e administrativas da empresa no acompanhamento para a tomada de decisões.

2.2 Os principais Tipos de Sistemas

2.2.1 Sistemas de Processamento de Transações (SPT)

Cada empresa possui Sistemas de Processamento de Transações, sendo manuais e automatizados. Segundo Laudon e Laudon (1999, p. 31), os SPT são:

Sistemas empresariais básicos que servem o nível operacional da organização. Um sistema de processamento de transações é um sistema computadorizado que executa e registra as transações diárias necessárias para o andamento do negócio.

Visam atualizar os registros das operações da empresa, que incluem controle de estoque, folha de pagamento, lançamentos de pedidos, conta a pagar, contas a receber e outros. Inclui também transações de negócios básicos como pedidos de clientes e pedidos de compra. Como executam atividades relacionadas a contato com clientes, esses sistemas exercem um papel muito importante em fornecer valor ao cliente. O SPT fornece relatórios detalhados, listas e resumos. São essenciais para monitorar a posição das operações internas e o relacionamento da firma com o ambiente externo. De acordo com Stair e Reynolds (1999, p. 240), as organizações esperam que seus SPT atinjam vários objetivos específicos, incluindo os seguintes: Processar dados gerados pelas e sobre as transações; Manter um alto grau de precisão; Assegurar a integridade e a precisão dos dados e das informações; Produzir documentos e relatórios com pontualidade; Aumentar a eficiência do trabalho; Ajudar a fornecer mais e melhores serviços; Ajudar a construir e a manter a fidelidade dos clientes; Alcançar vantagem competitiva.


18

Os Sistemas de Processamento de Transações tem objetivos vitais para um bom funcionamento da empresa se forem usados de maneira correta. 2.2.2 Sistemas de Trabalho do Conhecimento (STC) e de Automação de Escritório (SAE)

Estes dois sistemas realizam as necessidades de informação no estado de conhecimento da organização. O STC auxilia os trabalhadores do conhecimento. E o SAE auxiliam principalmente os trabalhadores de dados, que possuem níveis educacionais menos formais e menos avançados e tendem a processar em lugar de criar informação. Consistem especialmente em secretárias, contadores, arquivistas ou gerentes cujas tarefas são principalmente usar e manipular informação. Segundo Laudon e Laudon (1999, p. 31): O STC consiste principalmente em criar informação e conhecimento novo, tem como exemplo os sistemas de projeto assistido por computador e sistemas de robótica. O SAE são aplicações de informática projetadas para aumentar a produtividade dos trabalhadores de dados, dando suporte à coordenação e às atividades de comunicação de um escritório.

Os Sistemas de Trabalho do Conhecimento promovem a criação de novos conhecimentos e asseguram que sejam adequadamente integrados à empresa. E o os Sistemas de Automação de Escritório não criam informações e sim tendem a processar e difundir a informação.

2.2.3 Sistemas de Informação Gerenciais (SIG)

Auxilia o nível gerencial da empresa, proporcionando aos gerentes relatórios e resumos para obterem melhores resultados. Dão suporte às funções de planejamento, controle e tomada de decisão no nível gerencial. Segundo Stair e Reynolds (1999, p. 278): O propósito básico de um SIG é ajudar a empresa a alcançar suas metas, fornecendo as seus gerentes detalhes sobre as operações regulares da organização, de forma que possam controlar, organizar e planejar com mais efetividade e com maior eficiência.


19

O SIG resume e produz relatórios sobre as operações básicas da empresa; normalmente serve a gerentes interessados por resultados semanais, mensais e anuais, e não atividades diárias. Estes sistemas geralmente não são flexíveis e têm pequena capacidade analítica, usa rotinas simples tais como resumos e comparações.

2.2.4 Sistemas de Suporte de Decisões (SSD)

Oferecerem apoio ao nível gerencial da empresa. Auxiliam os administradores e gerentes a tomarem decisões. Trazem informações de fontes externas, tais como preços de produtos dos concorrentes. Esses sistemas são projetados para que os usuários possam trabalhar diretamente com eles. E incluem explicitamente um software amigável para o usuário, e são interativos; os usuários podem trocar suposições, fazer perguntas novas i incluir novos dados. Os SSD fornecem informações que vão gerar maiores lucros, custos menores e melhores produtos e serviços. Deve ser projetado e utilizado para ajudar a empresa à alcançar suas metas e objetivos. Geralmente deve auxiliar aos tomadores de decisão em todos os aspectos da tomada de decisão, incluindo aquelas relacionadas com os processos do negócio que adicionam valor. Conforme Stair e Reynolds (1999, p. 319): Os SSD podem dar assistência em todas ou na maioria das fases de solução de problema, nas situações de decisão e em diferentes estruturas de problemas, assim como em todas as etapas do processo de tomada de decisão.

Através do uso desse sistema obtêm suporte ao planejamento estratégico e à solução de problemas. Quando se identifica o problema, o método de solução tem início com a tomada de decisão.

2.2.5 Sistemas de Suporte Executivo (SSE)

Usados por gerentes seniores para a tomada de decisão. Os SSE dão suporte ao nível estratégico da empresa. Criam um ambiente computadorizado e de


20

comunicações generalizado, em vez de fornecerem qualquer aplicação fixa. Estes sistemas também informam sobre eventos externos como a situação dos concorrentes. Segundo Laudon e Laudon (1999, p. 36): Os SSE são projetados para incorporar dados sobre eventos externos tais como uma nova lei tributária ou concorrentes, mas também extraem informações internas resumidas do SIG e SSD. Eles filtram, comprimem e monitoram dados vitais, enfatizando a redução de tempo e exigindo esforços para obter informações proveitosas para os executivos.

2.2.6 Gestão do Relacionamento com os Clientes (CRM)

Os CRM usam o sistema de informação para empregar todos os métodos de negócios que cercam as interações da empresa com seus clientes em vendas, marketing e serviços. Com o bom uso desse sistema, a empresa obtém informações mais precisas, sabendo da fidelidade de cada cliente, quais clientes dão mais lucro para a empresa, com esses dados à empresa pode conquistar novos clientes e oferecer melhores serviços. Para Laudon e Laudon (2004, p. 53): Em vez de tratar os clientes como fontes de receita a serem exploradas, agora as empresas estão vendo-os como ativos de longo prazo que precisam ser nutridos por meio do gerenciamento das relações com clientes.

As organizações estão investindo nas relações com os clientes, pois eles são os principais patrimônios que a empresa possui.

2.2.7 O Enterprise Resource Planning (ERP)

O ERP permite que a empresa conquiste diferenciais competitivos, por ser uma solução que relaciona todas as necessidades de uma empresa às visões de processo que suportam seu negócio e promovem maior integração entre as funções de diversas áreas. Segundo wikipédia (2006): Um sistema de ERP propicia a uma corporação, a maior confiabilidade dos dados, agora monitorados em tempo real, e a diminuição do retrabalho. Algo que é conseguido com o auxílio e o comprometimento dos funcionários, responsáveis por fazer a atualização sistemática dos dados que alimentam


21 toda a cadeia de módulos do ERP e que, em última instância, fazem com que a empresa possa interagir. Assim, as informações trafegam pelos módulos em tempo real, ou seja, uma ordem de vendas dispara o processo de fabricação com o envio da informação para múltiplas bases, do estoque de insumos à logística do produto.

2.3 Objetivos dos Sistemas de Informações Gerenciais (SIG)

O SIG tem como objetivo auxiliar os administradores nas tomadas de decisões e também dão suporte as funções de planejamento, controle e operacionais da empresa para que sejam executadas com eficácia7 . Auxilia também a consolidar a sustentação básica da empresa; a qualidade, produtividade e participação. A produtividade não deve ser abordada como um assunto de tempos e métodos ou linhas de produção. Deve ir até o nível global e consolidar a filosofia de comprometimento de todos. Vários fatores influenciam na produtividade de uma empresa, como a tecnologia, a disponibilidade de recursos, o ambiente de trabalho, as relações entre empregado e empregador e principalmente estipular metas, controlando resultados que estejam associados às melhorias das operações. E isso é o que toda empresa almeja; aumentar os negócios, crescer as vendas, ter um maior fluxo de clientes na loja. Segundo Stair e Reynolds (1999, p. 278): O propósito básico de um SIG é ajudar as empresas alcançar suas metas, fornecendo aos seus gerentes detalhes sobre as operações regulares da organização, que possam controlar, organizar e planejar com mais efetividade e com maior eficiência.

O SIG transforma os dados em informações que são utilizadas na estrutura decisória da empresa. Através dos Sistemas de Informações Gerenciais, os gerentes terão mais facilidade na resolução dos problemas, na produção do conhecimento e na tomada de consciência. A utilização do SIG na área comercial serve para auxiliar no monitoramento dos clientes e na probabilidade de novos produtos como também para subsidiar a geração de novos canais de vendas. 7

Eficácia - está associado à qualidade de algo que se faz, produzindo efeito desejado no cumprimento dos objetivos pretendidos.


22

A utilização desses sistemas, apesar de oferecerem recursos tecnológicos capazes de facilitar o trabalho organizacional, tem também apresentado enorme desafios para as organizações e seus gestores. O desafio empresarial estratégico diz respeito a como as organizações podem utilizar os sistemas de informações para obterem vantagens competitivas no foco de seu negócio. Apesar de altos investimentos na tecnologia de informação, nem sempre as organizações se posicionam de forma vantajosa, pois em muitos casos, estas não conseguem repensar o modo como projetam, produzem, entregam e mantêm bens e serviços. A importância da utilização dos Sistemas de Informações Gerenciais para as empresas é de proporcionar os seguintes benefícios: redução dos custos das operações, melhoria no acesso às informações, melhoria na produtividade, melhoria na tomada de decisões, fornecimento de melhores projeções dos efeitos das decisões, redução do grau de centralização de decisões na empresa, melhor interação com os fornecedores, e outros. Conforme Oliveira (2002, p. 185): Pode-se afirmar que os Sistemas de Informações Gerenciais podem, sob determinadas condições, trazer os seguintes benefícios para as empresas: redução de custos das operações; melhoria no acesso às informações propiciando relatórios mais precisos e rápidos, com menor esforço; melhorias na produtividade, tanto setorial quanto global; melhoria nos serviços realizados e oferecidos; melhoria na tomada de decisões, por meio do fornecimento de informações mais rápidas e precisas, entre outros.

A falta de recursos adequados de hardware8 e software9 , falta de recursos humanos

internos

qualificados

tecnicamente,

insuficientes

capacitação

no

gerenciamento do sistema de informações, se torna importante à elaboração de sistemas de informações voltados para a realidade das empresas, tendo por objetivo proporcionar uma ferramenta de apoio no gerenciamento estratégico das mesmas, contribuindo para seu desenvolvimento, melhoria da qualidade e produtividade.

8

Hardware – Conotação de produto palpável, ou seja, todo e qualquer equipamento e acessório ligado a informática, mesmo que indiretamente. 9 Software – Conotação de produto descartável, ou seja, todo e qualquer componente associado ao computador que pode ser facilmente substituído por uma nova versão. São os programas.


23 2.4 A Importância dos Sistemas de Informação para Tomada de Decisão

Todo sistema de informação pode ser visto, do ponto de vista mais técnico, como um conjunto de programas e de estruturas de dados. Os métodos de análise e projeto de sistemas historicamente enfocaram dados e processos. Mas de uma ênfase inicial em programas e processos, as metodologias de desenvolvimento migraram para uma abordagem centrada nos dados. A partir dai, as preocupações dos desenvolvedores e dos usuários foram passando dos dados operacionais para as informações agregadas 10 envolvidas no processo de tomada de decisão.

Os sistemas de suporte à decisão são projetados para apoiar os gestores de negócio no processo de tomada de decisão numa perspectiva de mais longo prazo, no trato da informação, e envolvendo um maior julgamento humano. Segundo Laudon e Laudon (1999, p. 66): A tomada de decisão pode ser classificada em: Tomada de decisão estratégica – determina os objetivos, os recursos e as políticas de uma organização. Tomada de decisão para o controle gerencial – preocupa-se principalmente com a eficiência e a eficácia com que os recursos são usados e como as unidades operacionais estão se saindo. Tomada de decisão de controle operacional – determina como realizar tarefas específicas expostas pelos tomadores de decisão estratégicos e pela gerência média. Tomada de decisão do nível do conhecimento – lida com a avaliação de novas idéias para produtos e serviços, modos de comunicar novos conhecimentos e maneiras para distribuir a informação por toda a empresa.

A decisão é fruto de uma série de fatores influenciadores do processo, e a informação é mais um desses fatores. No processo decisório, o volume de informações e dados colocados à disposição do gestor deve ser na medida certa. Um papel essencial da tomada de decisão é para a solução de problemas nas empresas; onde são identificados, desenvolvidos recursos e solucionados. Diversos fatores influenciam o tomador de decisão na seleção de uma solução. Conforme Stair e Reynolds (1999, p. 313) as decisões podem ser: As decisões programadas são aquelas norteadas por regra, procedimento ou método quantitativo. Por exemplo, afirmar que certos itens do estoque devem ser repostos quando atingir até 100 unidades equivale a concordar com uma regra. As decisões programadas são relativamente simples de se implementar nos sistemas nos sistemas de informação tradicionais. 10

Retirado do site: http://www.serpro.gov.br/publicacao/tematec/publicacao/tematec/2003/ttec68.


24 As decisões não-programadas lidam com situações excepcionais ou incomuns e, em muitos casos, são difíceis de quantificar. Determinar o programa de treinamento mais apropriado para um novo empregado, dar início a uma nova linha de produtos e analisar benefícios e desvantagens da instalação de um novo sistema de controle de poluição são exemplos de decisões não-programadas.

A informação é muito importante para tomada de decisão, quanto mais estruturado for este processo mais indicado se faz o uso de sistemas de informação que possam responder às necessidades informacionais do administrador. Da mesma forma, as informações requeridas para este tipo de decisão são mais objetivas e quantificáveis, tornando mais indicada a utilização de recursos informacionais que possam organizar, recuperar e disponibilizar as informações coletadas durante o processo de trabalho. Para Laudon e Laudon (2004, p. 86):

A tomada de decisões pode ser classificada por nível organizacional, correspondendo aos níveis estratégico, gerencial, de conhecimento e operacional da organização. A tomada de decisões estratégicas determina os objetivos, os recursos e as políticas da organização. A tomada de decisão para o controle da gestão preocupa-se principalmente com o grau de eficiência e eficácia com que os recursos são utilizados e com a qualidade do desempenho das unidades de operação.

Através de estratégias bem elaboradas, com ótimas informações, os gestores irão tomar decisões bem mais precisas e com eficácia.

2.4.1 Gestão do Conhecimento (GC)

Desenvolve hábitos e sistemas para que todo o conhecimento obtido num determinado ambiente desenvolva e seja dividido, gerando novos conhecimentos. Segundo Laudon e Laudon (1999, p. 291): “A Gestão do Conhecimento é o processo de sistemática e ativamente gerenciar e alavancar o armazenamento de conhecimento numa organização.” Um papel importante da GC nas empresas está em transformar informação em conhecimento, e o profissional necessita conhecer bem tanto os negócios quanto às tecnologias, e para obter melhores resultados o uso da criatividade é essencial. De acordo Laudon e Laudon (2004, p. 325):


25

A gestão do conhecimento aumenta a capacidade da organização de aprender com seu ambiente e incorporar conhecimento a seus processos de negócios. Refere-se ao conjunto de processos desenvolvidos em uma organização para criar, armazenar, transferir e aplicar conhecimento.

A empresa que faz uso da Gestão do Conhecimento se torna mais eficaz na realização das tarefas e se destaca em relação a concorrência.

2. 5 Tecnologia da Informação (TI)

A evolução das telecomunicações permitiu que, aos poucos, os computadores passassem a se comunicar. Como conseqüência, tais máquinas deixaram de simplesmente automatizar tarefas e passaram a lidar com Informação. A informação é um patrimônio, é algo de valor. É um fator que pode determinar a sobrevivência ou a descontinuidade das atividades de uma empresa. Segundo Batista (2004, p. 59):

Tecnologia da Informação é todo e qualquer dispositivo que tenha a capacidade para tratar dados e informações, tanto de forma sistêmica como esporádica, independentemente da maneira como é aplicada. É conhecida como hardware (equipamentos e acessórios), softwares (programas, utilitários etc.) e firmware (circuitos integrados de alguns equipamentos que possuem programas internos para determinadas atividades).

A Tecnologia da Informação (TI) pode ser definida como um conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação. As aplicações para TI são tantas e estão ligadas às mais diversas áreas, que existem várias definições e nenhuma consegue determiná-la por completo. Como a informação é um bem que agrega valor a uma empresa, é necessário fazer uso de recursos de TI de maneira apropriada, precisa-se utilizar ferramentas, sistemas ou outros meios que façam das informações um diferencial competitivo. Além disso, é necessário buscar soluções que tragam bons resultados, mas que tenham o menor custo possível para a empresa. Um fator importante para a implantação da TI na empresa será nas escolhas para compras de equipamentos que precisam ser bem feitas, pois poderão ocasionar gastos desnecessários e também perda de desempenho.


26

Comprar máquinas de boa qualidade não significa comprar as mais caras, mas aquelas que possuem os recursos necessários, também é preciso saber quais as necessidades de cada setor, de cada departamento e de cada usuário. A tecnologia pode auxiliar empresas dos mais variados portes e segmentos, garantindo a possibilidade de se implantar processos mais automáticos, dinâmicos e eficientes. Os administradores e gerentes têm que diagnosticar o mercado, reconhecer as carências dos diversos nichos existentes e procurar atender as expectativas mercadológicas e financeiras. Sempre focando o bom relacionamento e pronto para atender as solicitações por parte do cliente. Para Oliveira (2002, p. 225): O uso da tecnologia da informação nas empresas está também fortemente ligado ao cumprimento de metas referentes à redução de custos, melhoria da qualidade de seus produtos e serviços e aos processos de automação.

A TI é algo cada vez mais comum no dia-a-dia das empresas, esta que melhor conseguir lidar com a informação, certamente terá vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

2.5.1 Hardware

Está ligado à parte física do computador como, por exemplo, teclado, mouse, gabinete e monitor, que são usados para realizar as atividades de entrada, de processamento e de saída. Segundo Stair e Reynolds (1999, p. 13):

Os dispositivos de entrada abrangem teclados, dispositivos de scanners automáticos, equipamentos de leitura de caracteres em tinta magnética, entre outros. Os dispositivos de processamento compreendem a unidade de processamento central e a memória principal, enquanto os dispositivos de saída incluem dispositivos de armazenamento secundário, impressoras e monitores.

Com os avanços em hardware, os sistemas de computadores são encontrados de acordo tamanhos, forma e capacidade de computação. Por exemplo, os micros computadores, são os computadores pessoais que estão cada vez mais rápidos e com os preços mais acessíveis; os computadores de médio porte são usados por servidores de rede, servidores de internet e outros; os computadores de


27

grande porte (mainframes) que possuem alta capacidade de processamento e são usados por sistemas empresariais, superservidores de internet e etc.

2.5.2 Software

São os programas utilizados nos computadores para auxiliar a operação dos seus usuários Sem eles os computadores não poderiam realizar suas tarefas, ambos estão associados. Pois eles administram as funções e repassam para as pessoas ferramentas para extrair melhores resultados. Os principais tipos de software conforme Laudon e Laudon (1999, p. 129) são: O software de sistema é um conjunto de programas generalizados que gerencia os recursos do computador, tais como o processador central, 11 links de comunicações e dispositivos periféricos. O software aplicativo descreve os programas que são escritos para ou pelos usuários para solicitar ao computador que execute uma tarefa específica

O software de sistema também é chamado de sistema operacional. Ele controla o funcionamento do computador e controla a alocação de recursos tais como a comunicação com os usuários, são exemplos desse sistema o DOS, o Windows e outros. E o software aplicativo é qualquer programa que permiti usar os recursos oferecidos pelo computador. Por exemplo, processador de Texto, planilhas, jogos e etc.

2.5.3 Banco de dados

De acordo O’Brien (2004, p. 136) Banco de Dados é: Um conjunto integrado de elementos de dados relacionados logicamente. Consolida registros previamente armazenados em arquivos separados em uma fonte comum de registros de dados que fornece dados para muitas aplicações.

11

Links - Vínculo ou ligação. Conexão entre duas páginas ou na mesma página (âncora), realizada através de uma figura, uma letra, número ou palavra.


28

É um conjunto de dados organizados que permite fácil acesso por parte dos programas de aplicação. É uma das partes do sistema de informação mais importante para a empresa, pois contém informações sobre os clientes, empregados, estoque, entre outros. Segundo O’Brien (2004, p. 141) os Bancos de Dados podem ser: Banco de Dados Operacionais – armazenam dados detalhados 12 necessários para apoiar os processos e operações de e-business . São exemplos os bancos de dados de cliente, banco de dados de pessoal, bancos de dados de estoque e outros bancos de dados contendo dados gerados pelas operações das empresas. Banco de Dados Distribuídos – podem ser cópias de bancos de dados operacionais ou analíticos, bancos de dados em hipermídia ou de discussão, ou qualquer outro tipo de base de dados. A reprodução e distribuição de bancos de dados é feita para melhorar o desempenho e a segurança do banco de dados. Banco de Dados Externos – o acesso a uma abundância de informações de bancos de dados internos e externos é disponibilizado mediante o 13 pagamento de uma taxa em serviços comerciais online , e com ou sem 14 tarifas de muitas fontes na Internet, particularmente na WWW .

2.5.4 Redes São conjuntos de computadores interligados, compartilhando serviços e arquivos. Servem para unir os computadores e seus equipamentos a outros locais. A empresa que implanta o uso de redes se torna mais rápida e criativa, pois os computadores estando conectados em redes simplificam o trabalho, fazendo a diferença no mercado competitivo. Conforme Stair e Reynolds (1999, p. 183) as redes podem ser: Redes locais - Uma rede que conecta computadores e dispositivos dentro da mesma área geográfica é uma rede local (LAN). Geralmente, as redes locais são aplicáveis a escritórios e fábricas. Redes remotas - Uma rede remota (WAN) abrange grandes regiões geográficas, usando transmissão por microondas, satélite ou por linhas telefônicas. WAN privada - As companhias também projetam e implementam WANs para uso particular. Essas WANs geralmente consistem em equipamentos de propriedade do usuário.

12

e-business- visão de negócios manipulada por meio eletrônico. online- Estar em linha; Estar ligado em determinado momento à rede ou a um outro computador. 14 www- World, Wide Web, Web, W3 ou Teia de Alcance Mundial; Baseada em hipertextos, integra diversos serviços Internet que oferecem acesso, através de hiperlinks, a recursos multimídia da Internet. 13


29 Redes internacionais - As redes que interligam sistemas entre países são chamadas de redes internacionais. Cliente/servidor - Múltiplas plataformas de computadores estão dedicadas a funções especiais, tais como gerenciamento de banco de dados, impressão, comunicação e execução de programas.

2.5.5 Gestão de pessoas

O sistema de informação é um facilitador de muitos problemas na empresa, mas sem as pessoas que vão usar desta ferramenta eles não tem utilidade nenhuma. Segundo Stair e Reynolds (1999, p. 15): As pessoas representam o elemento mais importante na maioria dos sistemas de informação computadorizados, incluindo aquelas que gerenciam, executam, programam e mantêm o sistema. Já o usuário é qualquer pessoa que usa o sistema de informação para obter resultados, tais como: executivos financeiros, representantes de marketing, operadores de fabricação e muitos outros.

Também, de acordo com Mascarenhas e Vasconcelos (2004, p. 1), a Gestão de Negócios é: A maneira como uma organização se estrutura para gerenciar e orientar o comportamento humano no ambiente de trabalho. Um modelo de Gestão de Pessoas é formado por todos os elementos que interferem de alguma maneira no comportamento dos indivíduos no contexto organizacional.

A Gestão de Pessoas orienta e decide o comportamento das pessoas na empresa. Tem como elementos os princípios de atendimento ao cliente, a influência entre chefes e subordinados entre outros. Para obter um melhor resultado depende de vários fatores como: o ambiente em que trabalha, a tecnologia usada, as estratégias no trabalho e outros.

2.6 A internet e o comércio eletrônico (e-commerce)

A internet oferece às empresas a maneira mais fácil e com o custo mais barato para se comunicar. As empresas passaram a ter mais campo de mercado com o uso da internet, com o uso adequado as organizações começaram a criar e


30

capturar lucros de novas maneiras, agregando valor extra a produtos e serviços existentes, e o mais importante é a implantação de novos modelos de negócios. As vendas de produtos diretamente ao consumidor é uma estratégia excelente, pois facilita aos consumidores de uma forma que ele não precisar sair da sua residência para ir até a loja do seu interesse, e a empresa consegue alcançar uma clientela exclusiva, pois através da internet a loja irá ficar mais exposta ao público e chegará em lugares que a estrutura tradicional não tem como alcançar e economizará bastante. O comércio eletrônico pode ser classificado em três principais tipos. Conforme Laudon (2004, p. 116) são: Comércio eletrônico empresa - consumidor (B2C): venda de produtos e serviços no varejo diretamente a compradores individuais. Comércio eletrônico empresa - empresa (B2B): venda de bens e serviços entre empresas. Comércio eletrônico consumidor - consumidor (C2C): venda eletrônica de bens e serviços por consumidores diretamente a outros consumidores.

Também segundo O’Brien (2004, p. 244): E-commerce de empresa-a-consumidor (B2C) – as empresas precisam desenvolver praças de mercado eletrônico atraentes para seduzir seus consumidores e vender produtos e serviços a eles. E-commerce de empresa-a-empresa (B2B) – envolve mercados eletrônicos e ligações diretas de mercado entre as empresas. Muitas empresas, por exemplo, oferecem a seus clientes websites seguros de catálogo de e-commerce na Internet. E-commerce de consumidor-a-consumidor (C2C) – o enorme sucesso dos leilões online como os da eBay, nos quais os consumidores (assim com as empresas) podem comprar e vender entre si num processo de leilão, num site de leilões, torna este modelo de e-commerce uma importante estratégia de negócios.

A internet propicia às empresas novos canais de comunicação e interação que podem criar relacionamentos com clientes mais próximos e também mais eficientes em custo nas atividades de vendas, marketing e atendimento. As empresas podem usar a internet como meio de interação com os clientes, obtendo relacionamentos mais duradouros e gerando compram mais freqüentes. Uma decisão estratégica importante para o sucesso da empresa Casa Maia é ampliar mais o uso da internet e a implantação do e-commerce, pois esta ferramenta faz muita diferença no mercado competitivo. Ela abrange um mercado com alto


31

potencial de compra que são os usuários da Internet, e alcançam locais que a empresa estruturada no ambiente físico não consegue.


32 3 ANÁLISE DE DADOS

Baseado no questionário aplicado na empresa Casa Maia, que tem como razão social o nome de Minercamping Magazine LTDA, com oito anos de fundação, a empresa esta localizada na Rua Dois de Julho nº 190 Centro, na cidade de Vitória da Conquista - BA, explorando o comércio varejista de material de caça, pesca e camping. É uma empresa optante pelo Simples e não possui funcionários, pois só existem os sócios gerentes no controle da empresa. As questões que foram apresentadas pelo questionário possuem em sua essência a tentativa de revelar a influência do Sistema de Informação na tomada de decisão na empresa Casa Maia, que foi respondido pela sócia gerente responsável pela área do Sistema de Informação, verificou uma importância significativa quanto ao nível do sistema implantado na empresa. Pois através desse sistema irá atender as necessidades de cada usuário, melhorando os serviços prestados, tendo um melhor relacionamento com os clientes e traçar metas a serem alcançadas com bastante eficiência, fazendo com que a empresa seja mais produtiva. Baseado no uso do SI para tomada de decisão, a Casa Maia utiliza-o ocasionalmente e obtém informações de boa qualidade, criando um ambiente empresarial em que as informações sejam precisas, confiáveis e acessíveis que possam fluir na estrutura da empresa. Quanto mais a empresa faz uso das boas informações fornecidas para a tomada de decisão, atingirá seus objetivos mais facilmente, evitando trabalhos desnecessários e erros causados por falta de uma melhor comunicação interna dos usuários do sistema. O Sistema de Informação oferece segurança na realização de suas atividades na empresa, de tal maneira que os usuários trabalhem com mais segurança sabendo que os dados obtidos facilitam as decisões no ambiente de trabalho. A segurança nas informações é um fator importante para realização de tarefas mais eficientes. A utilização do SI na tomada de decisão exerce bastante influência nos negócios da empresa, facilitando o surgimento de novas idéias a serem implantadas e facilitando na solução de problemas. Pois quando se tem um grau de


33

entendimento mais fácil em relação à sua utilização, propicia em uma melhor tomada de decisão. A empresa Casa Maia busca obter maiores lucros e menores custos, aumentar a sua lucratividade, fornecer melhores produtos e serviços aos seus clientes, portanto, verificamos que o instrumento essencial para essa melhoria é realizado através do Sistema de Informação, possibilitando a geração de resultados satisfatórios. Atualmente a empresa Casa Maia não utiliza o sistema de comércio eletrônico para a venda de seus produtos, mas analisamos que possui interesse em adaptar o mesmo. A falta de oportunidade e a falta de melhores informações sobre a eficácia do sistema foram objeções que impediram esta implantação. A empresa utiliza alguns recursos do Sistema de Informação como: a internet, e-mail e compras de mercadorias dos fornecedores pela internet, mas em breve utilizará outras ferramentas essenciais para o desenvolvimento das suas atividades. Os recursos fornecidos pela informática são utilizados na empresa como uma ferramenta de produtividade, mas sem tomar todas as decisões através dela. Atualmente a Casa Maia faz o uso desses recursos para facilitar os serviços internos e para ter um melhor desempenho perante aos clientes, mas não é utilizado aproveitando intensamente os recursos e instruções fornecidas pelo Sistema de Informação para procurar aumentar os seus negócios, e facilitar no processo de tomada de decisão. A Tecnologia de Informação influencia na produtividade da empresa, pois fazendo

investimentos

ocasionalmente

obtém

resultados

satisfatórios

no

desempenho da instituição. A Casa Maia investiu na atualização de seus equipamentos como hardware e software recentemente, em busca de conseguir lidar melhor com a informação e poder atender nas necessidades dos clientes. Constatamos que a Casa Maia não utiliza um sistema especializado, de apoio a decisão, onde só é utilizado um programa de controle de estoque.


34 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Através da realização desta monografia foi observada a importância do Sistema de Informação na tomada de decisão na empresa Casa Maia. A necessidade de implantar o uso desse sistema é de vital importância para o crescimento e prosperidade da empresa. Pois com o mercado tão competitivo, se a organização não utilizar ferramentas mais eficazes para facilitar todos os trabalhos, dificilmente conseguirá obter resultados mais proveitosos. Para a Casa Maia ter um desempenho satisfatório é preciso utilizar ao máximo todos os recursos fornecidos pelo SI, de tal maneira que seja implantado nas mínimas tarefas até as mais complexas, conforme a validação das hipóteses levantadas neste estudo de caso: H1 – O planejamento da empresa é definido através da extração das informações do seu Sistema de Informação para atender as necessidades de seus usuários. Esta hipótese foi parcialmente confirmada, pois foi notado que o uso do Sistema de Informação para a tomada de decisão, é feito de forma muito superficial, sem abranger totalmente os pontos mais importantes do sistema. É preciso fazer corretamente um planejamento eficiente para extrair informações para atender as necessidades dos usuários. H2 - O Sistema de Informação ajuda a empresa Casa Maia na tomada de decisões para atingir seus objetivos. Esta hipótese foi confirmada, pois através dela verificamos que o Sistema de Informação pode ajudar a empresa na tomada de decisão para atingir seus objetivos, pois fornecerá informações na medida correta para atender as necessidades do gestor e melhorando os serviços oferecidos pela empresa. H3 - Com o uso do Sistema de Informação, a Casa Maia aumenta a lucratividade, através da redução dos custos e melhoria dos processos internos. Esta hipótese foi confirmada, pois a pesquisa nos revelou que utilizando o Sistema de Informação a empresa Casa Maia poderá obter maior lucratividade, melhorando assim o desempenho das atividades. Também, a pesquisa mostrou que o Sistema de Informação é muito importante para o desenvolvimento da Casa Maia, mas recomendamos que além da


35

qualidade das informações fornecidas para o processo decisório da empresa, é preciso que os administradores estejam mais incentivados a buscar conhecer e participar de forma efetiva da utilização das ferramentas de trabalho que o SI proporciona. Não só utilizar como algo obrigatório, más de forma eficiente contribuindo para o aperfeiçoamento tanto da organização quanto dos gestores. A empresa Casa Maia utiliza o Sistema Aplicativo Comercial, onde as informações geradas pelo o mesmo são restritas. Por isso, recomendamos também que a referida empresa utilize um Sistema de Informação mais completo, com maior capacidade nos dados gerenciais e nos relatórios, ajudando na tomada de decisão e contribuindo para o crescimento almejado. Uma maneira que existe para a empresa poder expandir os seus negócios, aumentando sua clientela e com um investimento razoavelmente barato é a implantação do e-commerce; mas neste caso específico da Casa Maia, será o uso deste sistema aproveitando a estrutura principal que seria a construção de um site na internet, para poder divulgar a empresa, mostrando a variedade de produtos disponíveis, de forma que divulgaria as mercadorias e os clientes saberiam quais os produtos a loja tem para oferecer e estes entrariam em contato com a empresa através de e-mail para tomarem informações sobre preços e forma de pagamento e a empresa esclarecia todas as dúvidas.


36

REFERÊNCIAS

BATISTA, Emerson de O. Sistemas de informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva, 2004. LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane P. Gerenciamento de sistemas de informação. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999. ______. Sistema de informação gerenciais. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2004. MASCARENHAS, André Ofenhejm; VASCONCELOS, Flávio Carvalho de. Tecnologia na gestão de pessoas: estratégias de auto-atendimento para o novo RH. São Paulo: Thomson, 2004. MATTOS, Antonio Carlos M. Sistemas de informação: uma visa executiva. São Paulo: Saraiva, 2005. O’BRIEN, James A. Sistemas de informação: e as decisões gerenciais na era da internet. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004. OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de. Sistemas de informação: um enfoque gerencial inserido no contexto empresarial e tecnológico. 3. ed. São Paulo: Érika, 2002 STAIR, Ralph M.; REYNOLDS, George W. Princípios de sistemas de informação. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999. Site: www.serpro.gov.br/publicacao/tematec/publicacao/tematec/2003/ttec68; Data de Acesso 18/10/2006.


37

APÊNDICE


38 APÊNDICE A - Modelo do questionário aplicado na pesquisa de campo. RAZÃO SOCIAL: MINERCAMPING MAGAZINE LTDA NOME FANTASIA: CASA MAIA ENDEREÇO: RUA 2 DE JULHO, 190 – CENTRO CIDADE: VITÓRIA DA CONQUISTA ESTADO: BAHIA CEP:45. 000, 00 SETOR: COMÉRCIO VAREJISTA

1) Qual o nível de importância do Sistema de Informação à sua empresa? a- ( ) Muito importante b- ( ) Importância significativa c- ( ) Pouca importância d- ( )Nenhuma importância 2) A empresa Casa Maia tem utilizado o Sistema de Informação para tomada de decisão de que maneira? a- ( ) Frequentemente b- ( ) Ocasionalmente c- ( ) Raramente d- ( ) Nunca 3) Quanto à qualidade das informações geradas no Sistema de Informação na empresa Casa Maia, qual a sua opinião? a- ( ) Excelente qualidade b- ( ) Muito boa c- ( ) Regular d- ( ) Péssima 4) O Sistema de Informação na Casa Maia oferece segurança no desempenho de suas atividades? a- ( ) Sim

b- ( ) Não

5) Que influência o Sistema de Informação exerce na tomada de decisão em seus negócios? a- ( ) Bastante influência em meus negócios


39

b- ( ) Pouca influência c- ( ) Não as utilizo para tomada de decisão em meus negócios 6) Qual o seu grau de entendimento em relação à utilização do Sistema de Informação para tomada de decisão? a- ( ) São informações técnicas e que necessitam de interpretação b- ( ) O Sistema de Informação é de fácil entendimento e propicia melhores tomadas de decisão c- ( ) Não possuo nenhum entendimento acerca do Sistema de Informação 7) Quais os resultados fornecidos pelo Sistema de Informação seria mais utilizado na sua empresa? a- ( ) Decisões mais eficientes b- ( ) Melhorias no atendimento ao consumidor c- ( ) Resoluções de problemas d- ( ) Obter maiores lucros e menores custos 8) A empresa já possui um site? ( ) Sim

( ) Não

Em caso negativo, indique o motivo: a- ( ) Não surgiu interesse até o momento b- ( ) Falta de oportunidade, mas pretendo implantar c- ( ) Não acho necessário o uso 9) Quais são os meios de tecnologia do comércio eletrônico que a sua empresa utiliza? a- ( ) E-mail b- ( ) Internet c- ( ) Compras de mercadorias dos fornecedores pela internet d- ( ) Vendas pelo site 10) O comércio eletrônico, e-commerce, é utilizado pela sua empresa? ( ) Sim

( ) Não


40

Em caso negativo, indique o motivo: a- ( ) Não conheço a sua utilidade b- ( ) Este investimento para implantação esta fora do orçamento c- ( ) Preciso de informações para saber a sua eficácia, se vai ser útil 11) A empresa utiliza os recursos fornecidos pela informática como? a- ( ) Um instrumento para realizar tarefas mais rapidamente b- ( ) Como uma ferramenta de produtividade, mas sem tomar todas as decisões através dela. c- ( ) Uma ferramenta que ajuda em todos os setores da empresa e auxilia nas tomadas de decisões d- ( ) Não tem muita importância e é pouco utilizado pela empresa 12) A Tecnologia de Informação influencia na produtividade de sua empresa? a- ( ) Sim

b- ( ) Não

13) Quanto ao investimento, a empresa investe de que maneira na Tecnologia de Informação? a- ( ) Freqüentemente b- ( ) Ocasionalmente c- ( ) Raramente d- ( ) Nunca 14)A empresa Casa Maia investe mais em que área da Tecnologia de Informação? a- ( ) Treinamento b- ( ) Software c- ( ) Hardware


M0096