Issuu on Google+

FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE-FAINOR CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

LUANNA CLARA SANTOS SANTANA

CARACTERIZAR OS SERVIÇOS CONTÁBEIS MAIS DEMANDADOS PELOS CLIENTES EM DEZ CONTABILIDADES COMERCIAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA EM 2016.

VITÓRIA DA CONQUISTA - BA 2016


LUANNA CLARA SANTOS SANTANA

CARACTERIZAR OS SERVIÇOS CONTÁBEIS MAIS DEMANDADOS PELOS CLIENTES EM DEZ CONTABILIDADES COMERCIAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA EM 2016.

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Independente do Nordeste como requisito à obtenção do título de Grau de Bacharel em Ciências Contábeis.

Área de Concentração: Contabilidade Comercial Orientador: Prof. Me. Abmael da Cruz Farias.

VITÓRIA DA CONQUISTA- BA 2016


LUANNA CLARA SANTOS SANTANA CARACTERIZAR OS SERVIÇOS CONTÁBEIS MAIS DEMANDADOS PELOS CLIENTES EM DEZ CONTABILIDADES COMERCIAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA EM 2016.

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Independente do Nordeste, Curso de Ciências Contábeis, como pré-requisito para obtenção do grau de Bacharel em Ciências Contábeis.

Aprovado em: _____/_____/__________

BANCA EXAMINADORA

_________________________________________________ Prof. Prof. Me. Abmael da Cruz Farias.

__________________________________________________ Nome do 2º Componente:

__________________________________________________ Nome do 3º Componente


5

CARACTERIZAR OS SERVIÇOS CONTÁBEIS MAIS DEMANDADOS PELOS CLIENTES EM DEZ CONTABILIDADES COMERCIAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA EM 2016. Luanna clara santos Santana1 Abmael da Cruz Farias2

RESUMO O estudo teve como objetivo analisar o perfil dos serviços contábeis que são mais demandados em Vitória da Conquista. Para isso utilizou-se da pesquisa bibliográfica e de campo, onde foi aplicado um questionário em 10 contabilidades que foram utilizadas como amostra para a pesquisa. Os resultados apontam que os serviços mais demandados ainda são os de escrituração e atualização de guias, e que existe um descompasso entre a oferta e a demanda dos serviços contábeis. Apesar de uma grande parcela das contabilidades pesquisadas ofertarem serviços que vão auxiliar na tomada de decisões, os clientes têm utilizado apenas os que visam cumprir a legislação fiscal. As contabilidades necessitam apresentar aos seus clientes todos os serviços que são ofertados e como cada um destes pode beneficiar com informações e inovações para as entidades.

Palavras-chaves: Contabilidade, Serviço Contábil, Clientes.

ABSTRACT The study aimed to analyze the profile of accounting services that are more defendants in Vitória da Conquista. For this was used the bibliographical research and field, where a questionnaire was applied in 10 accounts which were used as a sample for the survey. The results indicate that the services are more defendants are still the bookkeeping and update guides, and that there is a mismatch between supply and demand of accounting services. Although a large portion of the surveyed 1

Graduando no Curso de Ciências Contábeis. Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR). 2016.2 E-mail: luanna.clara@hotmail.com 2 Professor Orientador, Professor Mestre da Faculdade Independente do Nordeste - FAINOR, E-mail: abmael.farias@yahoo.com.br


6

accounts offer services that will assist in making decisions, customers have used only the services that aims to fulfill only the tax legislation. The accounts need to present to their customers all the services that are offered and how each of these can benefit from information and innovations for the entities. Keywords: Accounting, Accounting Service, Customers.

1. INTRODUÇÃO Não há prestação de serviço contábil sem que o prestador e o tomador estejam presentes no processo de produção das informações contábeis. Tal prestação é o resultado dessa relação que pode ser produzida e consumida oportunamente. Não havendo como desvincular um do outro, do mesmo modo que não há com dissociar o perfil do serviço consumido do perfil do cliente que os consome. Os serviços contábeis solicitados dizem muito do perfil do usuário da contabilidade quando investidos na qualidade de consumidores, mais ainda da capacidade da organização em criar demanda. Entretanto parece existir um descompasso entre: a oferta e demanda por tais serviços; ou entre o que o profissional pode fazer e o cliente consumir. Logo, apesar de ambos (prestador e tomador) participarem do mesmo processo é necessário que um ou outro insira estímulos novos que possam resultar em novos serviços ou novas demandas. Essa discussão passa pela capacidade de ambos poderem inovar dentro da sua relação. Por isso há necessidade de traçar o perfil dos serviços contábeis demandados. Diversas são as variáveis que podem afetar a oferta e a procura dos serviços contábeis. Estariam dentre elas: a falta de habilidade e competência dos usuários; a falta de comunicação entre o prestador e o consumidor; a necessidade objetiva do cliente em suas organizações; as especificidades dos serviços requeridos; as mudanças constantes do negócio; a capacidade do profissional envolvido e muitos outros. De forma que pode não existir demanda para alguns dos referidos serviços, outros nem sequer são cogitados pelos profissionais diante de seus clientes. Em


7

suma, trata-se de fatores que afetam tanto quem produz as informações contábeis quanto aqueles que as consomem. Seja como for, traçar o perfil dos serviços contábeis é um estudo que pode ajudar as organizações contábeis a melhorar os serviços oferecidos além de identificar a necessidade diante dos fatos e das circunstâncias. O estudo da demanda permitirá as organizações contábeis focar seus esforços onde realmente precisa.

1.1 Problema de pesquisa Diante desse cenário, tem a seguinte questão que orienta este estudo: Qual o perfil dos serviços contábeis demandados pelos clientes em dez contabilidades comerciais de Vitória da Conquista em 2016?

1.2 Objetivos 1.2.1 Objetivo geral Analisar o perfil dos serviços contábeis demandados pelos clientes em dez contabilidades comerciais de Vitória da Conquista em 2016.

1.2.2 Objetivos específicos

1. Identificar quais serviços contábeis são demandados pelos clientes em dez contabilidades em Vitória da Conquista para traçar o perfil deles. 2. Examinar se existe um descompasso entre a oferta e a procura dos serviços prestados e demandados. 3. Checar se existe falta de comunicação entre tomadores e prestadores dos serviços contábeis e se isso afeta a procura ou oferta dos serviços contábeis.

1.2 Metodologia


8

Esta pesquisa terá a abordagem paradigmática qualitativa, pois trabalha com interpretação dos hábitos e opiniões de um grupo, permitindo que seja um estudo aprofundado sobre o perfil dos serviços contábeis mais solicitados pelos clientes. Tendo como base para a coleta de dados dez contabilidades comerciais de Vitória da Conquista, em um universo de 101 contabilidades registradas no Conselho Regional de Contabilidade no ano de 2016. A pesquisa foi realizada no mês de Outubro de 2016, sendo pesquisadas contabilidades que atendem desde pequenas a grandes empresas, de todos os ramos. Construída com o método indutivo, pois estabelece uma verdade geral com base em fatos individuais. Sua forma de análise será descritiva, descrevendo a complexidade do tema comparando-o a teoria que o fundamenta. O instrumento utilizado para coleta de dados foi o questionário, o qual é misto, contendo perguntas abertas e fechadas, que objetiva caracterizar a relação entre tomadores e prestadores usuários das informações contábeis, assim como caracterizar os serviços contábeis que são mais utilizados. Foi utilizada como sua forma de interpretação a empírica, sendo o total 12 perguntas. Alguns questionários foram enviados por e-mail, outros foram realizados as entrevistas pessoalmente.

2. REFERENCIAL TEÓRICO 2.1 A contabilidade e as informações A contabilidade busca atender as necessidades de controlar o patrimônio. Com as informações contábeis, os proprietários das riquezas começam a controlar com mais rigor o seu patrimônio, auxiliando assim na tomada de decisões e aumentando a sobrevivência no mercado. De acordo a equipe de professores da FEA/USP (1998, p. 21), a função da contabilidade é “captar, registrar, acumular, resumir e interpretar os fenômenos que afetam as situações patrimoniais, financeiras e econômicas de qualquer ente”. Segundo Szuster e Cardoso (2008, p.17) “A contabilidade é o processo cujas metas são registrar, resumir, classificar e comunicar as informações financeiras”.


9

O objetivo da contabilidade é fazer com que as informações geradas para seus usuários, permitam o conhecimento da situação econômica e financeira da organização, auxiliando no controle do patrimônio e na tomada de decisão. De

acordo

com

Peters

(2004,

p.

7),

“a

contabilidade

busca,

probabilisticamente, minorar o grau de incerteza em relação à tomada de decisões, por meio de um sistema informacional que dá qualidade racional à tomada de decisão”. As chances de continuidade da entidade são maiores quando se utiliza a contabilidade como um aliado para a administração da empresa. A contabilidade é capacitada para fornecer dados de extrema importância para a administração das empresas, que a todo o momento solicitam dos seus usuários as informações contábeis para auxílio na tomada de decisões eficientes. Padoveze (2015) fala que o objetivo da informação contábil é fornecer aos gestores dados adequados que supra suas necessidades, fazendo alcançar os objetivos desejados. Os dados econômicos fornecidos pelas entidades são as fontes básicas para a contabilidade conseguir gerar as informações necessárias. Entretanto, as informações devem ser selecionadas com rigor, levando em consideração a importância destas para as empresas. Caso a informação contábil não seja relevante, os administradores podem não conseguir planejar o sucesso financeiro da entidade. Segundo Szuster e Cardoso (2008) O propósito básico da contabilidade é prover aos administradores informações uteis para a tomada de decisões. As informações geradas pela contabilidade têm como finalidade produzir dados expressos em relatórios, de maneira que atenda às necessidades de cada usuário. É preciso destacar a importância que para prover informações úteis deve levar em consideração os interesses de cada tomador, e que este deve estar qualificado para fazer o uso adequado das informações disponibilizadas pela contabilidade.

2.3 Usuários das informações contábeis


10

São classificados como usuários das informações contábeis aqueles que vão fazer uso delas. De acordo com a necessidade que os usuários têm das informações contábeis, Hendriksen e Breda (1999, p. 135) colocam que “é evidente, portanto, que precisamos estudar como os usuários de informações contábeis tomam decisões. Se pudéssemos determinar como isso ocorre, poderíamos ser capazes de deduzir que informação teria mais valor para eles”. Para Borgerth (2007, p. 50) Apud Fedel et al (2009), “[...] o universo dos usuários da informação contábil, também conhecido como stakeholders, é hoje bastante abrangente.” Ainda completa afirmando que “[...]é desnecessário dizer que nenhum deles poderia alcançar seus objetivos sem informação contábil.” Existem muitos usuários das informações contábeis, cada um com interesses particulares, existindo diversos tipos de decisões que devem ser tomadas baseadas nas informações. Segundo Ferrari (2012, p.03), detalha os diversos usuários das informações geradas pela contabilidade: •

Sócios (Acionistas ou quotistas) - Necessitam da informação contábil, de forma resumida e concisa, principalmente par fins de avaliação da rentabilidade e segurança de seus investimentos.

Administradores, diretores e executivos- Necessitam da informação contábil, de forma detalhada e constante, sobretudo, com as finalidades de

controle

e

planejamento,

visando

à

tomada

de

decisões.

CONTROLAR é verificar se os elementos materiais e humanos na entidade estão de acordo com os planos e políticas traçados. PLANEJAR é determinar a linha de ação para o futuro. •

Bancos, capitalistas e financeiras- Necessitam da informação contábil, principalmente para avaliarem a segurança de seus empréstimos ou financiamentos.

Governo- Necessita da informação contábil principalmente para viabilizar a fiscalização de tributos.

Fávero et al (1995), classifica os usuários da informação contábil como internos e externos. Os internos são os que estão dentro da empresa (diretores, gerentes, chefes de departamentos, etc.), os externos são os bancos, o governo, acionistas, fornecedores, entre outros.


11

Tanto os usuários internos como os externos devem ser atendidos de maneira satisfatória através das informações contábeis. Para os usuários internos, as informações têm características voltadas mais para a contabilidade gerencial, para os externos, as informações são voltadas mais para a contabilidade financeira. Cada um tem necessidades informacionais de acordo com os seus objetivos. As necessidades dos usuários internos são preenchidas, principalmente, através de relatórios que possuem dados gerenciais e financeiros que os ajudem a programar decisões com maior segurança. De acordo com Glautier e Underdown (1994), os usuários externos têm interesses indiretos que devem ser destacados. Por exemplo, o governo faz uso de informações como o lucro obtido, os investimentos realizados, a distribuição de dividendos, dentre outras, que além da sua importância para a cobrança de impostos, interferem também na economia do país.

2.4 Os serviços contábeis No universo contábil existem vários tipos de serviços que são destinados na contribuição para o campo empresarial, trazendo grandes vantagens para o desenvolvimento da entidade. Ocorre que muitas vezes os serviços são oferecidos apenas para cumprir com as obrigações da legislação Fiscal e Contábil e acaba deixando de ofertar os que vão apoiar na gestão das empresas. (Vieira, 2016)De acordo com a resolução do CFC Nº560/83, alguns dos serviços que fazem parte do universo geral que podem ser desenvolvidos exclusivamente pelo profissional contábil são: •

Apuração do valor patrimonial de participações, quotas ou ações;

Concepção dos planos de determinação das taxas de depreciação e exaustão dos bens materiais e dos de amortização dos valores imateriais inclusive de valores diferidos;

Escrituração regular, oficial ou não, de todos os fatos relativos aos patrimônios e às variações patrimoniais das entidades, por quaisquer métodos, técnicos ou processo;


12

Classificação dos fatos para registro contábeis, por qualquer processo, inclusive computação eletrônica, e respectiva validação dos registros e demonstrações;

Abertura e encerramento de escritas contábeis;

Execução dos serviços de escrituração em todas as modalidades específicas, conhecidas por denominações que informam sobre o ramo de atividade, como contabilidade bancária, contabilidade comercial, contabilidade de condomínio, contabilidade industrial, contabilidade

imobiliária,

contabilidade

macroeconômica,

contabilidade seguros, contabilidade de serviços contabilidade pública, contabilidade agrícola, contabilidade pastoril, contabilidade das entidades de fins ideais, contabilidade de transportes, e outras; •

Elaboração de balancetes e de demonstrações do movimento por contas ou grupos de contas, de forma analítica ou sintética;

Controle, avaliação e estudo da gestão econômica, financeira e patrimonial das empresas e demais entidades;

Análise de custos com vistas ao estabelecimento dos preços de venda de mercadorias, produtos ou serviços, bem como de tarifas nos serviços públicos, e a comprovação dos reflexos dos aumentos de custos nos preços de venda, diante de órgãos governamentais;

Análise de balanços;

An��lise do comportamento das receitas;

Análise das variações orçamentárias;

Planificação das contas, com a descrição das suas funções e do funcionamento dos serviços contábeis;

Declaração de Imposto de Renda, pessoa jurídica;

Demais

atividades

inerentes

às

Ciências

Contábeis

e

suas

aplicações. Desta forma, é notório que o universo dos serviços contábeis é vasto, porém se resume em fornecer informações proporcionando aos seus usuários uma visão mais transparente sobre o presente e o que possivelmente vai ocorrer no futuro das organizações.


13

3. APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DOS DADOS Conforme mencionado anteriormente, foi utilizado como instrumento de coleta de dados um questionário semiestruturado elaborado pela pesquisadora, contendo 12 questões objetivas e subjetivas (Apêndice), aplicado às contabilidades comerciais componentes da amostra. Seis questionários foram enviados por e-mail e quatro foram aplicados pessoalmente, sendo realizada assim uma entrevista, de forma individual em que conforme o entrevistado respondia, a pesquisadora realizava as anotações. A questão fundamental dessa pesquisa é caracterizar o perfil dos serviços contábeis mais demandados pelos clientes em Vitória da Conquista, para isso, o questionário ajudou na compreensão dos tipos mais demandados, na qualidade destes e se são suficientes para atender as necessidades dos clientes. Para a descrição do porte das contabilidades pesquisadas foi utilizado como parâmetro para critério de classificação das empresas, o números de empregados, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Para empresas do ramo de prestação de serviços, é considerada como Microempresas as que possuem até 09 funcionários, pequeno porte de 10 a 49, médio porte de 50 a 99 e grande porte as contabilidades que possuem acima de 100 funcionários.

Figura 1- Porte Das Contabilidades Pesquisadas

Porte das contabilidades 0% 0%

20%

80%

Micro

Pequena

Média

Grande


14

Fonte: Pesquisa de Campo (2016).

Observa-se que 80% do campo de análise é composta por contabilidades consideradas microempresas e 20% de pequeno porte. Nessa amostra não houve nenhuma contabilidade considerada de médio ou grande porte. Procurou-se saber com qual frequência as contabilidades tem realizado contato com os seus clientes.

Figura 2- Frequência Que É Realizado Contato Com Os Clientes

Frequência do contato 0% 10% 10%

80%

Uma vez por semana

Uma vez por quinzena

Uma vez por mês

Fonte: Pesquisa de campo (2016).

Nota-se que 20% das contabilidades afirmam manter contato com os clientes por quinzena ou mensalmente, sendo essas as mesmas contabilidades que são consideradas de pequeno porte, conforme a Figura 1. A análise desses dados leva a conclusão de que conforme maior for a organização, mais bem estruturada se torna, tornando-se desnecessário aquele contato semanalmente que normalmente é utilizado nas coletas de dados necessários para as contabilidades cumprirem com suas obrigações. Isso influencia diretamente no perfil dos serviços, uma vez que as contabilidades que tem mais habilidade para diminuir a frequência dos contatos com os seus clientes, são as que atendem com maior satisfação as necessidades do mesmo. Pois, os clientes e as contabilidades não têm necessidade em manter contato semanalmente, o que não quer dizer que isso não ocorra.


15

De acordo com a quantidade de funcionários empregadas nas organizações, foi perguntado o nível de formação de cada uma delas, os resultados podem ser observados através da Figura 3.

Figura 3Nível contabilidades.

de

formação

das

pessoas

empregadas

nas

Nível de formação 8%

11%

15%

24%

42%

Nível médio

Nível técnico

Superior Completo

Pós-Graduado

Superior Incompleto

Fonte: Pesquisa de campo (2016).

Observa-se que a grande maioria é formada por pessoas que ainda são graduandos, concluindo que a contabilidade é um ramo que tem atraído mais profissionais recentemente. Quando nota-se a quantidade de pós-graduado, reforça ser um ramo pouco explorado na área acadêmica pelos profissionais, talvez por ainda existir poucos profissionais já graduados, visto que grande maioria está em formação. O fato da grande maioria não ser composta por profissionais já qualificados, pode influenciar diretamente na qualidade dos serviços que são ofertados, visto que estes ainda não estão 100% preparados para encarar o mercado de trabalho. Quanto mais especializado for o profissional (graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado), melhor capacitado será para atender as necessidades que o mercado demanda.


16

Conforme falado anteriormente, nos dados apresentados pela Figura 1 e 2, as contabilidades classificadas como pequeno porte são as que possuem mais profissionais pós-graduados, o que justifica estas serem as maiores e mais bem preparadas para atender as necessidades dos clientes. Auxiliando na tomada de decisões, conforme apresentado no referencial teórico, em que o objetivo da contabilidade consiste em gerar informações que corrobora com as decisões necessárias para o crescimento das empresas, não apenas em atender as exigências do fisco. Em seguida foi realizado um levantamento que buscou saber dos escritórios de contabilidade se no último ano eles aumentaram ou diminuíram a quantidade de clientes na contabilidade e os motivos que teriam levado a esse resultado, 67% responderam que houve um aumento de e 33% que diminuíram. Os que afirmam ter aumentado o número de clientes, lista como responsáveis os seguintes fatores: •

Abertura de novas empresas;

Indicação de outros clientes. Os que afirmaram ter diminuído o número de clientes, lista como

responsáveis os seguintes fatores: •

Crise econômica;

A empresa encerrou as atividades;

A empresa mudou de cidade;

O escritório não estava mais satisfeito em trabalhar com esse cliente;

Implantação da contabilidade interna na empresa. O crescimento do número de clientes segundo a percepção dos entrevistados

não se deu por causa das qualidades desejáveis do serviço, mas pela necessidade do cliente em ter uma contabilidade naquele momento. Nota-se que ao procurar uma contabilidade, os clientes não buscam somente qualidade, mas também atender as exigências fiscais e previdenciárias. Foi realizado na pesquisa o levantamento que buscou saber se os clientes utilizam de todos os serviços oferecidos pela contabilidade. Figura 4- Utilização Dos Serviços Fornecidos Pela Contabilidade


17

Utilização dos serviços

17%

83%

Sim

Não

Fonte: Pesquisa de campo (2016).

Observa-se que 83% afirmam que os clientes utilizam de todos os serviços oferecidos e 17% que não utilizam. Os que afirmaram que não são utilizados todos os serviços justificam que muitos clientes não fazer o uso de alguns serviços do setor contábil. O que evidencia um descompasso entre a oferta e demanda dos serviços contábeis ofertados pelas contabilidades. Dando continuidade a pesquisa, foi solicitado que os entrevistados listassem ações que os clientes praticam que facilitam a produção dos serviços que são prestados pela contabilidade. Essa questão foi elaborada de maneira que os entrevistados listassem 10 ações, porém nenhum dos entrevistados respondeu listou a quantidade solicitada. O máximo que foi colocado pelos entrevistados foram 04 ações que facilitam. Os resultados obtidos podem ser analisados através da figura 5 logo abaixo:

Figura 5- Ações Que Facilitam A Produção Dos Serviços Contábeis


18

Ações que facilitam

15%

19%

33% 33%

Controle Interno

Fácil comunicação

Fácil acesso as informações

Organização dos documentos

Fonte: Pesquisa de campo (2016).

Nota-se que os entrevistados, através da figura 5, enfatizam muito a importância de ter uma comunicação fácil com a empresa e também um acesso facilitado das informações necessárias. Porém, não foi colocado por nenhum entrevistado como uma ação que pode facilitar a produção dos serviços, novos estímulos que devem ser inseridos por ambas as partes. Concluindo que o frequente contato entre os clientes e contador, conforme apresentado na Figura 2, não tem por finalidade melhorar a qualidade dos serviços prestados. Não existe habilidade ou preocupação em se utilizar desses contatos para criar novas demandas e melhorar as que já existem. Foi colocada uma planilha com diversos aspectos que são relacionados aos serviços prestados pela contabilidade, pedindo que fossem assinalados os que são utilizados pela contabilidade e que atribuíssem uma nota de 0 a 10 para a qualidade deles. Serviços como manual de orientação para os clientes sobre os serviços que são prestados pela contabilidade, visita técnica aos clientes e controle de acompanhamento dos serviços contábeis pelos clientes, pouco foram assinalados como aspectos oferecidos ou que os clientes fazem uso. Apenas 2 contabilidades afirmaram existir um manual de orientação para os clientes e as duas afirmaram que apesar de disponibilizar, os clientes não fazem a


19

leitura desse manual, ou seja, tanto para o prestador como para o tomador, o uso de manual se fez desnecessário. A grande questão orientadora desse estudo era apurar quais os serviços que os clientes mais solicitam nas contabilidades, foi pedido que as contabilidades listassem, por ordem de maior demanda, os 10 serviços contábeis mais solicitados pelos clientes. Apenas 4 entrevistados listaram os 10, os demais listaram entre 8 a 6 serviços. As respostas foram organizadas por quantidade de solicitações, conforme pode ser observado na Tabela 1:

Tabela 1- Os serviços contábeis mais utilizados pelos clientes Serviços

Solicitações

Emissão/Atualização de guias

10

Relação de Faturamento

8

Certidões Negativas

8

Admissão/Rescisão de funcionários

8

Folha de Pagamento

5

Cópias de documentos

5

Consultoria

5

Assessoria

5

Balanço Patrimonial

3

Demonstração do Resultado do Exercício

3

Documentação p/ cadastro em bancos

3

Emissão de notas

3

Declarações ao fisco

2

Documentação p/ licitações

2

Emissão dos livros fiscais

2

Acompanhamento em repartições

1

DECORES

1

Fonte: Pesquisa de campo (2016).

Como podem ser observados através da Tabela 1, os serviços mais solicitados são serviços de cunho fiscal e trabalhista, visando apenas cumprir com a legislação. Poucos são os empresários que utilizam do serviço de assessoria, consultoria, balanço patrimonial e demonstração dos resultados dos exercícios. Apesar dos escritórios oferecerem os serviços voltados para o planejamento e controle das organizações, nota-se que os clientes estão fazendo uso dos serviços básicos da contabilidade. Cabe aos escritórios mostrarem para seus clientes os diversos serviços que podem ser oferecidos e as vantagens para as organizações,


20

como relatórios que possam contribuir para estabelecer estratégias visando retorno financeiro. A pesquisa corrobora com os resultados obtidos através da Figura 4, em que os serviços tidos como do setor contábil (balanço patrimonial e as demonstrações), são pouco solicitados pelos clientes. O fato de prestadores e tomadores dos serviços contábeis considerarem desnecessário o uso de um manual de orientação dos serviços ofertados justifica esse resultado. Pois, uma vez que os clientes não tem o devido conhecimento dos serviços e dos benefícios que podem trazer para suas organizações, não farão o uso dos mesmos. Pode-se observar a falta de conhecimento que alguns empresários do município de Vitória da Conquista sobre os serviços prestados pelo contador. Por outro lado, nota-se que os profissionais não buscam oferecer esse conhecimento aos empresários, existindo um comodismo em ambas as partes. Isso evidencia uma falha na comunicação que existe entre tomadores e prestadores. Os escritórios e seus clientes não devem se limitar apenas em cumprir com as exigências do fisco, pois muitas são as ferramentas que podem auxiliar no crescimento das empresas.

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS A presente pesquisa teve como objetivo caracterizar o perfil dos serviços contábeis mais utilizados em Vitória da Conquista, bem como identificar se existe falta de comunicação entre prestador e tomador e um possível descompasso entre a oferta e a demanda. As contabilidades entrevistadas afirmaram que o perfil dos serviços mais solicitados está voltado mais para cálculo de impostos, rotinas trabalhistas e escrituração, com participação tímida do cliente na produção desses serviços, com indícios de poucas ações inovadoras quanto aplicação de novos serviços ou identificação de outras necessidades que poderiam ser

atendidas por serviços

contábeis ainda não demandados. Mesmo com uma gama abrangente de serviços que poderiam ser prestados, atribuídos ao profissional contábil, o que tem sido falado entre os escritores é que o contador deve assumir uma postura inovadora, postura essa que venha fornecer


21

informações e soluções, através do seu banco de dados, para viabilizar futuras oportunidades para as empresas. Tem-se, por exemplo, a falta de demanda por contabilidade gerencial, bem como seu oferecimento pelos prestadores do serviço. Pode ser observado que existe sim um descompasso entre a oferta e procura dos serviços que são solicitados e demandados. Uma vez que, os escritórios fornecem serviços e estes não têm sido utilizados pelos seus usuários. Porém, foi observado também que os escritórios não estão mostrando aos seus clientes que existem esses serviços e que estes são ofertados, o que acabou mostrando que existe uma falha na comunicação que é realizada entre prestadores e tomadores dos serviços contábeis. A pesquisa pretendeu contribuir com o profissional contábil mostrando os pontos positivos e negativos dos serviços que tem sido ofertado por eles. Visto que este é um fator que pode garantir a permanência do mesmo no mercado de trabalhando, contribuindo com as empresas no fornecimento de informações relevantes para o desenvolvimento das organizações.


22

5. REFERENCIAS CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Legislação da profissão contábil/ Conselho Federal de Contabilidade. –Brasilia : CFC, 2003. Disponível em: <cfc.org.br/wp-content/uploads/2015/12/legis_profcontabil.pdf> Acesso em: 05 Nov. 2016.

FAVERO, Hamilton Luiz et al. Contabilidde: Teoria e Prática. São Paulo: Atlas, 1995.

FEDEL, Lucas Barbosa et al. A contabilidade terceirizada: uma análise dos serviços demandados pelas empresas e a sua satisfação com os escritórios contábeis. Disponívelem<http://www.unioeste.br/campi/cascavel/ccsa/VIIISeminario/PESQUISA /CIENCIAS_CONTABEIS/ARTIGO_57.pdf> Acesso em 01 Ago. 2016.

FERRARI, Luiz Ed. Contabilidade Geral: Teoria e mais de 1.000 questões. São Paulo: Editora Impetus, 2012.

IUDÍCIBUS, Sérgio de, MARTINS, Eliseu. Contabilidade Introdutória. 9ª ed. São Paulo: Atlas-1998.

PADOVEZE, Luís Clovis. Sistemas de Informações Contábeis: Fudamento e Análises. São Paulo: Editora Atlas, 2015.

PETERS, Marcos R.S. Controladoria Internacional: Incluindo Sarbanes Oxley Act e USGAAP. São Paulo: DVS Editora, 2004. SANVICENTE, Antonio Zoratto. Teoria da Contabilidade. 5a Ed. São Paulo: Editora Atlas, 1999.

Souza, A. B. (2002). Contabilidade de Empresas Comerciais. São Paulo: Atlas. Szuster,Natan / Cardoso,Ricardo Lopes / Rechtman Szuster,Fortunée. Contabilidade Geral - Introdução À Contabilidade Societária - 2ª Ed São Paulo: Editora Atlas, 2008.


23

Vieira, C. Conselho Federal de Contabilidade. DisponĂ­vel em:<http://www.ceap.br/material/MAT13082008114120.pdf> Acesso em 08 de Nov. de 2016.


APÊNDICE A QUESTIONÁRIO TCC QUESTIONÁRIO

NOME DA EMPRESA _________________________________________________ CNPJ_______________________________________________________________

AUTORIZADO POR: __________________________________________________

Tendo em vista a presente pesquisa acadêmica informamos que as informações coletadas através desse questionário serão utilizadas, exclusivamente, na construção de artigo cientifico proposto na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso da FAINOR – Faculdade Independente do Nordeste. Mantendo-se o sigilo para qualquer outro fim. Dessa forma solicitamos sua colaboração no sentido de responder os quesitos que seguem:

Nome da Contabilidade: Qual o número de clientes da contabilidade? a. (

) de 1 a 20

b. (

) de 21 a 40

c. (

) de 41 a 60

d. (

) de 60 a 41

e. (

) de 61 a 100

f. (

) acima de 100

Contato com os clientes é feito com que frequência? a. (

) Pelo menos uma vez por semana;

b. (

) Pelo menos uma vez por mês;

c. (

) Pelo menos uma vez por quinzena

d. (

) Pelo menos uma vez a cada dois meses;

e. (

) Pelo menos uma vez a cada três meses;


Qual a finalidade desses contatos? a. (

) Instruir o cliente

b. (

) Cobrar do cliente;

c. (

) Tirar dúvidas do cliente;

d. (

) Apresentar novos serviços;

e. (

) outro. Qual?_____________________________

Escreva o número de empregados no serviço, inclusive proprietários, conforme a formação deles? (

) Nível fundamental, (

) médio, (

) técnico, (

) superior e

(

) pós-graduado.

Liste 10 serviços contábeis mais utilizados pelos clientes, por ordem de maior demanda. Ordene do mais solicitado para o menos solicitado. 1- _________________________________________________ 2-_________________________________________________ 3-_________________________________________________ 4-_________________________________________________ 5-_________________________________________________ 6-_________________________________________________ 7-_________________________________________________ 8-_________________________________________________ 9-_________________________________________________ 10-________________________________________________

No último ano entraram ou saíram mais clientes na contabilidade? Justifique. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ______________________________

De 0 a 10, quais são os motivos que justificam a entrada ou saída dos clientes no escritório? Motivos Crise econômica

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10


Desgaste da relação Cliente não estava satisfeito com os serviços prestados pela contabilidade Cliente mudou de cidade ou endereço A empresa encerrou as atividades Abertura de novas empresas O escritório não estava mais satisfeito em trabalhar com esse cliente Indicação de outros clientes Implantação da contabilidade interna da empresa Outros – Quais

Existe algum serviço que é ofertado pela contabilidade e que seus clientes não utilizam? ( )Sim

Qual? ________________________________________

( )Não

Quais são as ações que seus clientes praticam e facilitam a produção dos serviços prestados pela contabilidade? 1- _________________________________________________ 2-_________________________________________________ 3-_________________________________________________ 4-_________________________________________________ 5-_________________________________________________ 6-_________________________________________________ 7-_________________________________________________ 8-_________________________________________________ 9-_________________________________________________ 10-________________________________________________ Quais são as ações que seus clientes praticam e que dificultam a produção dos serviços prestados pela contabilidade? 1- _________________________________________________


2-_________________________________________________ 3-_________________________________________________ 4-_________________________________________________ 5-_________________________________________________ 6-_________________________________________________ 7-_________________________________________________ 8-_________________________________________________ 9-_________________________________________________ 10-________________________________________________ Quais serviços contábeis abaixo NÃO são prestados pela contabilidade? a) (

) Auditoria contábil

b) (

) Perícia contábil

c) (

) Analista contábil

d) (

) Analista e chefe de custos e formação de preços de venda

e) (

) Analista e chefe de orçamento

f) (

) Analista e controle de investimentos

g) (

) Analista e gerente de tributos

h) (

) Analista financeiro

i) (

) Analista e contabilidade em princípios contábeis internacionais

j) (

) Gestão de riscos e monitoramento de estratégia

k) (

)Consultor em contabilidade e finanças

l) (

) Consultor para implantação de sistemas de informações contábeis

m) (

) Avaliador de empresas

n) (

) Analista em incorporações, fusões e aquisições

Julgue os diversos aspectos relacionados aos serviços prestados pela contabilidade, atribuindo nota de ZERO a DEZ. Aspectos dos serviços considerados

S/ Sim Frequência Nota N/ Não p/ mês 0 a 10

Treinamento de novos funcionários Treinamento

de

funcionários

apenas

atualização Os clientes enviam as documentações

para


Há um manual de orientação p/ o cliente usar sobre os serviços Os clientes leem o manual Os clientes enviam a documentação no prazo estipulado A documentação recebida dos clientes chegam organizadas Há visita técnica aos clientes Há atraso na entrega de guias para pagamento- por causa do cliente Há atraso na entrega de guias para pagamento- por causa da contabilidade Os documentos voltam para os clientes protocolados A contabilidade atende seus clientes com hora marcada A contabilidade atende seus clientes a qualquer momento Existe um controle para acompanhamento dos serviços contábeis pelo cliente Existe um controle para acompanhamento dos serviços contábeis pela organização contábil Há serviços para atender apenas aspectos fiscais Há

serviços

para

atender

apenas

aspectos

previdenciários Há serviços para atender apenas aspectos contábeis


Luanna Clara S Santana